Manual Simplificado SindTR Sistemas para Sindicatos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual Simplificado SindTR Sistemas para Sindicatos"

Transcrição

1 Manual Simplificado SindTR Sistemas para Sindicatos Junho de 2010 MICRON SISTEMAS E SUPORTE STR S Desenvolvedores Analista de Sistemas e Suporte Técnico Sidney Rodrigues Tel.:(28) (28) Desenvolvedor de Sistemas e Suporte Técnico Ernane Silva Figueiredo Tel.:(27) (27) Skype: sidneyvni ernanesf Suporte Técnico Fetaes Helena Paneto Rose Zambom Skype: fetaes Tel.: (27) (27)

2 MODULO PARTE I INTRODUÇÃO AO SISTEMA SINDTR FUNÇÕES BÁSICAS Inclusões - alterações - exclusões Consultas Recebimentos - cancelamentos Caixa Parâmetros Contribuição Sindical Impressões Baixa Relatórios "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 1

3 ACESSANDO O PROGRAMA SINDTR (Cadastro de Sócios) Para acessar o programa basta dar dois cliques no ícone Cadastro de Sócios que se encontra na área de trabalho. Entre com o nome de Usuário e senha, clica no botão OK. Para alterar a senha de acesso, vá ao Menu SEGURANÇA - TROCAR SENHA DE USUÁRIO Como mostra a figura abaixo: Digite a senha atual no primeiro campo, digite a Nova Senha e repita novamente a mesma senha no campo Confirmação, clique no botão CONFIRMAR. Pronto a senha foi alterada. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 2

4 ACESSANDO A TELA DE CADASTRO DE SÓCIOS Para abrir a tela de cadastro de Sócios para INCLUIR, ALTERAR E EXCLUIR basta clicar no botão acima como mostrado na figura. INCLUI um NOVO SÓCIO ALTERA os dados do SÓCIO EXCLUI um SÓCIO DETALHA os dados do SÓCIO Após digitar o Nome ou a Matricula do Sócio, para localizar clica neste botão FECHA a tela de SÓCIO GRAVA os dados digitados ou alterados do Sócio IMPRIMI a Ficha ou a Carteirinha do Sócio Para localizar pelo o NOME OU MATRÍCULA basta selecionar a opção desejada Digite o NOME OU A MATRÍCULA do Sócio que deseja localizar CADASTRO DOS DENPENTES E ATIVIDADE Basta digitar os Dados do Dependente e clicar no botão SALVAR. GUIA FINANEIRO / CONTRIBUIÇÃO SINDICAL Emitir Cobrança Bancária: Quando marcada significa que será gerado uma Guia para ele. Última Contribuição: Informa a data que foi Gerada a Guia. Cadastro: É gravado a Data em que foi feito o CADASTRO. Filiação: É gravado a Data de Filiação. Contrato: É o período Inicial do pagamento referente aos meses pagos. Válido até: É o período Final até onde ele pagou. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 3

5 IMPRIMIR FICHA E CARTEIRINHA DO SÓCIO Para imprimir a FICHA/CARTEIRINHA do Sócio clique no botão IMPRIMIR como mostra a figura acima. Caso o computador tenha uma Webcam é possível capturar a Foto do sócio para que seja impresso na Ficha e na Carteirinha, como mostrado nas figuras abaixo. Visualização da Ficha com foto. Visualização da Carteirinha com foto. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 4

6 CONSULTANDO UM ASSOCIADO Para consultar um associado podemos usar o seguinte botão: Após abrir a tela de consulta podemos digitar a MATRICULA e em seguida tecle ENTER. O sistema busca todas as informações do sócio como: Último Mês Pago, Última Contribuição Paga ou em aberta, Último Contrato e Última Declaração. Para obter todos os Pagamentos das mensalidades, das Contribuições Sindicais, todos os Contratos e todas as Declarações, clique no botão DETALHES. Caso seja necessário localizar pelo o nome do sócio, clique no botão que tem a figura de um Binóculo, mais abaixo determine a forma de localização no campo LOCALIZAR por NOME, digita o nome do sócio e clica no botão que tem como figura uma LUPA para localizar. Dê dois cliques no nome do sócio ou clica no botão SELECIONAR. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 5

7 RECEBEBIMENTO DE MENSALIDADE SOCIAL DO SÓCIO Basta clicar neste botão para abrir a Tela de Recebimento de Mensalidades. Para fazer um recebimento clique no botão INCLUIR No campo Mensalidades deve-se digitar a quantidade de meses que o sócio está pagando. No campo Último Pgto é mostrado a última data de pagamento do sócio. No campo Vigência é informado até quando o sócio está pagando. O sistema calcula automaticamente o valor a pagar e o período de mensalidades é informado. Basta clicar no botão CONFIRMAR para gravar o lançamento RECEBENDO O PAGAMENTO Basta clicar logo depois no botão BAIXAR e CONFIRMAR novamente para concluir. Se o pagamento for feito em DINHEIRO basta clicar no botão CONFIRMAR novamente. CANCELAMENTO DE MENSALIDADE "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 6

8 Para Cancelar um recebimento de mensalidade basta acessar o menu FINANCEIRO como mostra a figura abaixo: Selecione o Sócio no qual deseja cancelar o Recebimento, e clica em CANCELAR MENSALIDADE. Para concluir o Cancelamento clicando no botão CONFIRMAR. Quando a Mensalidade é cancelada é necessário clicar neste botão para fazer a alteração ou Exclusão do lançamento. Lembrando que no Fluxo de Caixa vai ser listado o recebimento Cancelado. REIMPRIMIR UM RECIBO DE MENSALIDADE Acesse o menu FINANCEIRO como mostra a figura acima na tela de Consulta de Mensalidades Pagas, selecione o recebimento desejado e clique no botão IMPRIMIR. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 7

9 FLUXO DE CAIXA Para acompanhar a movimentação dos recebimentos e ver o Saldo do dia é necessário abrir o Fluxo de Caixa como mostra a figura acima. SANGRIA Toda vez que for feito um depósito em dinheiro no Banco, use a SANGRIA para dar a saída. Quando tiver que retirar algum dinheiro no caixa que não seja para depósito, repita o mesmo procedimento, sem informar o Banco/Conta no campo Depósito na Conta. FECHAMENTO E REABERTURA DO CAIXA Sempre no final do dia é necessário fechar o Caixa. Para receber mensalidade depois que o caixa for fechado, basta acessar o menu FINANCEIRO como mostra a figura acima e selecionar a opção Reabertura. Lembrando que para fechar ou reabrir o caixa, é necessário clicar no botão CONFIRMAR. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 8

10 RELATÓRIO CAIXA FLUXO DE CAIXA (CONTABILIDADE) RELATÓRIO CAIXA FECHAMENTO (CONTABILIDADE) RELATÓRIO CAIXA ENTRADAS (RDA) "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 9

11 ACESSANDO A TELA DE PARÂMETRO DA EMPRESA Para abrir a tela de Parâmetros da Empresa, acesse o Menu Cadastros - Sindicato como mostra a figura abaixo. Selecione o nome do Sindicato e clique em ALTERAR. Automaticamente vão aparecer as informações digitadas na Guia Dados como mostrado mais abaixo. Guia Dados - é informado os dados do Sindicato. No campo REGISTRO é importante preencher corretamente com os seguintes dados: FUNDADO EM 00/00/00 - RECONHECIDO PELO PROCESSO MTB SOB N.º , REGISTRADO NO LIVRO N.º 00 ÀS FOLHAS 00; para que apareçam esses dados na impressão da ficha do sócio e na Declaração de Atividade Rural INSS (Previdência). Guia Parâmetros 01 - é informado o modelo de Impressão do Boleto Bancário. Existem dois tipos no campo Modelo: Frente e Frente/Verso Frente: Imprime sem os dados do DESTINATÁRIO na capa (verso). Frente/Verso: Imprime frente e verso onde os dados do DESTINATÁRIO serão impressos. Neste caso o ideal e ter uma impressora que faz a impressão frente e verso automaticamente. As informações nos campos Banco/Conta/Agência, Convênio/Carteira, Seqüência Atual/ Seq. Inicial/ Seq. Final, Local Pagto e Instruções devem ser configuradas pela equipe de Suporte. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 10

12 Atenção: Essas informações não poderão ser alteradas ou inseridas pelo o Sindicato. Somente pela equipe de Suporte. Exibir Mensagem: Cadastro desatualizado de Associados (meses): De acordo com a quantidade de meses informado o Sistema vai exibir essa mensagem, sendo uma forma de estar atualizando sempre o Cadastro do Sócio principalmente o endereço e documentos. Guia Parâmetros 02 - é informado os valores a receber das Mensalidades e/ou Inscrição, podendo isentar o 1º mês. Impressão dos Recibos Permite imprimir os Recibos em uma única via quando desmarcado a opção IMPRIMIR DUAS VIAS?. Permite imprimir em impressoras Jato de Tinta, Laser, impressora Matricial de 80 e 40 colunas. Impressão Contrato: Caso marque esta opção será impresso no Cabeçalho dos Contratos a Logomarca e os dados do Sindicato. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 11

13 CONTRIBUIÇAO SINDICAL No Menu FINANCEIRO CONTRIBUIÇAO SINDICAL temos as seguintes opções para serem usadas: Cobrança Bancária: Onde vai ser incluído ou alterado um boleto bancário. Impressão de Boleto: Onde vai ser impresso um boleto após ter sido gerado no menu anterior. Processar Retorno: Onde é processado o arquivo de retorno para dar baixa automaticamente nos pagamentos de boletos. Para lançar uma Contribuição, clique no botão INCLUIR, informe o Vencimento, Valor e ano do Exercício. Após Localizar o Sócio por Matricula, Nome ou por Comunidade mais abaixo, clique no botão CONFIRMAR. Obs.: Se localizar por exemplo um sócio, será gerado uma contribuição ao clicar no botão CONFIRMAR. Caso apareça mais de um, será gerado para todos que estiverem na listagem do Gride. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 12

14 Para imprimir a Contribuição Sindical Gerada no Sistema, vá até o Menu FINANCEIRO, como mostra a figura ao lado. Caso seja necessário imprimir somente uma, utilize o campo Localizar e use a opção Cedente no qual representa o nome do sócio. Obs.: Quando é impresso uma guia, a mesma não será mais visualizada no Gride. Isso porque o sistema entende como Processado. Para localizá-la mude a opção Processado para SIM, informe o nome do Cedente e clique na Lupa ao lado. É só CONFIRMAR para imprimir. RECEBENDO ARQUIVO DE RETORNO DO GERENCIADOR FINANCEIRO Por padrão o arquivo recebido do Gerenciador Financeiro fica salvo no seguinte caminho: C:\BancoBrasil\BBTransf\Retorno Quando é recebido o arquivo, o mesmo será mostrado da mesma forma que está na figura ao lado. Dê dois cliques no arquivo ou clique em Abrir. Clique no botão CONFIRMAR para que a baixa seja feita automaticamente. Obs.: É de suma importância que todos os dias seja feito esse procedimento no final do expediente. Os arquivos de Retorno ficam expostos por alguns dias, o não recebimento pode deixar um sócio ou não sócio em situação de inadimplência devido o fato de não ter recebido as informações de pagamento do Banco. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 13

15 RELATÓRIO COBRANÇA BANCÁRIA Este Relatório deve ser apresentado para a Federação para a Prestação de Contas todo o mês. Existem dois tipos de Relatório: Detalhado: Visualiza todas as informações dos recebimentos das Contribuições Sindicais. Resumido: Visualiza a soma diária de todos os recebimentos das Contribuições Sindicais. Relatório Detalhado Relatório Resumido "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 14

16 MODULO PARTE II INTRODUÇÃO AO GERENCIADOR FINANCEIRO INSTALAÇÃO Acesso Inicial Registrando Ponto de Acesso Alteração da Senha Provisória Acesso a Saldo - Extrato - Transferência Recebendo Arquivos de Retornos Processando Arquivos de Retornos Prestação de Contas "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 15

17 1. Manual Simplificado do Gerenciador Financeiro 1. Segurança O Gerenciador Financeiro foi desenvolvido com tecnologia JAVA, uma das ferramentas de aplicações para a Internet, mais ágeis e seguras na realização de transações em meio eletrônico. Agrega ainda, o conceito de segurança distribuída, onde todas as transações são acompanhadas: no âmbito do equipamento do cliente, durante a transmissão dos dados e nos sistemas do Banco do Brasil. Itens de Segurança do Gerenciador Financeiro 1. Criptografia A comunicação entre o computador do cliente e o do Banco utiliza o protocolo SSL - Secure Sockets Layer. Este protocolo garante a autenticidade de sua conexão, verifica a identidade dos usuários e criptografa os dados que trafegam pelo sistema. 2. Certificado de segurança O site de instalação do Gerenciador Financeiro é certificado pela CertiSign, Inc., entidade responsável pela garantia de acesso a site seguro das principais empresas financeiras do mundo. Ao acessar um site seguro irá aparecer uma mensagem indicando que a página tem estas características. Nesse caso, basta clicar em OK e continuar a navegação. Além desta, existem outras duas formas de saber se o site é seguro: Primeiro - na barra de Status do navegador (canto inferior direito) aparecerá um ícone de segurança (cadeado no Internet Explorer e Mozilla FireFox ); Segundo o endereço do site começará com https://, pois os servidores seguros utilizam um protocolo especial chamado Secure Hyper Text Tranfer Protocol). "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 16

18 3. Chave e senha inicial de acesso A chave e senha inicial de acesso ao Gerenciador Financeiro são cadastradas somente na agência de relacionamento da empresa e serão fornecidas aos usuários designados como Administradores de Segurança. 4. Senhas de conta corrente Transações que envolvam consultas on-line e movimentações financeiras, exigem cadastramento de senha específica de conta corrente. 5. Assinaturas solidárias O Gerenciador Financeiro reproduz em meio eletrônico as mesmas condições de movimentação financeira estabelecidas pela empresa (poderes), possibilitando inclusive, efetuar transações que exijam mais de uma assinatura. Exemplificando: a. Um usuário realiza uma transação de movimentação financeira (um DOC Eletrônico, por exemplo); b. O Gerenciador Financeiro, antes de efetivar a transação, verifica eletronicamente em nosso cadastro se o usuário detém poder registrado para realizar esta operação pela empresa; c. Identifica também, se é necessária a assinatura (confirmação eletrônica) por outro(s) usuário(s); d. Se for este o caso, a transação fica na condição de "pendente" até que o(s) outro(s) usuário(s) confirme(m) a transação. 6. Certificação do último acesso Toda vez que o usuário abrir uma sessão no Gerenciador Financeiro, nosso sistema irá informar a data e hora do seu último acesso. 7. Fechamento automático de sessão (time-out) Se o usuário do Gerenciador Financeiro ficar mais de 15 minutos sem executar uma transação, o sistema automaticamente fechará a sessão. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 17

19 8. Teclado Virtual Para efetivação das transações, o sistema exige a impostação da senha de conta exclusivamente via Teclado Virtual. Além de ser mais seguro, existe o facilitador da senha não precisar ser digitada novamente por um período determinado de tempo, sendo 5 minutos para transações de consulta e 2 minutos para transações de movimentação financeira. 9. Cadastramento de Computadores Como mecanismo de segurança HASH, os computadores de sua empresa, usados para acesso ao Gerenciador Financeiro, são cadastrados em nosso sistema. A cada acesso, é feita a validação dos dados da máquina, a fim de se evitar conexões indesejadas e fraudes. 10. Configuração mínima recomendada Sistema Operacional: Windows 98/2000, ME, NT e XP; LINUX Kernel 2.4 Microprocessador: compatível com o padrão Intel Pentium 300Mhz; Memória RAM: 32 MB; Monitor: resolução ideal de 800 X 600; Espaço livre em disco: 8MB; Modem: com velocidade mínima de bps; Navegadores (browser): Microsoft Internet Explorer 5.X, Mozilla 5.0 ou FireFox 1.0 com os seguintes componentes: Codificação para conexão segura de 128-bits; Máquina virtual Java (Microsoft VM Java) versão superior a 3810 ou máquina virtual Java Sun versão ou superior. 2. Instalação Inicial A instalação inicial do Gerenciador Financeiro poderá ser realizada de duas formas: 1. via provedor de Internet; 2. via provedor interno do Banco do Brasil. Instalação via provedor de Internet 3. Acesse o provedor de Internet e abra o site https://office.bancobrasil.com.br/office/portal/installplugin.html 4. Caso o Gerenciador Financeiro não esteja instalado no Drive C: será emitida mensagem informando que o aplicativo não foi localizado, clique em Instalar para prosseguir; 5. O sistema irá identificar a configuração do equipamento, selecione a opção Continuar; 6. Caso o identificador sinalize (em vermelho) que algum componente esteja abaixo do recomendado, clique em Atualizar, esta opção permitirá a atualização dos componentes sinalizados; "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 18

20 7. Selecione a opção Continuar; 8. Selecione o drive em que será instalado o Gerenciador Financeiro e clique em Continuar; 9. Será iniciado o processo de baixa dos arquivos (download) em seu equipamento; 10. Aparecendo esta tela, a instalação do Gerenciador Financeiro foi concluída com sucesso; 11. Para acessá-lo, feche esta janela e utilize o atalho criado na área de trabalho. 12. Você terá acesso à tela inicial do Gerenciador Financeiro; "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 19

21 3. Acesso inicial do Administrador de Segurança 1. Digite chave e senha iniciais de acesso, fornecidas pela agência BB de relacionamento; 2. Ao tentar acessar o canal por meio de um equipamento não cadastrado, o usuário visualizará uma tela contendo um Código de Liberação de 4 dígitos numéricos, gerado pelo sistema do Banco do Brasil, que tem validade de 02 dias e deve ser utilizado para a liberação do computador. 3. Para a liberação do ponto de acesso do computador, é necessário informar a agência o Código de liberação como mostra a figura acima. Obs.: Após informar a Agência Código de liberação que pode ser feita via telefone ao gerente responsável, a liberação poderá levar de 30 ou mais minutos, para que o Gerenciador Financeiro possa ser utilizado. 4. Quando for acessar novamente o Gerenciado Financeiro, será solicitada a troca da senha inicial fornecida pelo banco que expirará automaticamente após o acesso e o sistema solicitará a criação de uma nova. 5. Informe a nova senha, confirme-a e preencha o campo Senha atual com a senha que está sendo usada para acessar o Gerenciador Financeiro ; "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 20

22 4. Cadastramento de Senhas Na operacionalização do Gerenciador Financeiro, são utilizados dois tipos de senhas: a Senha de acesso e a Senha de conta. Senha de acesso Código alfanumérico de 8 dígitos (mínimo 3 letras e um numeral), que possibilita o acesso às transações do Gerenciador Financeiro que não exigem a senha de conta (opções da cobrança de títulos e transferência de arquivos, por exemplo). Senha de conta Código numérico de 8 dígitos exigido para as transações que envolvam consulta a saldos, extratos, transações que envolvam movimentação financeira, tais como: transferências entre contas, DOC eletrônico, pagamentos, etc.). Somente poderão cadastrar este tipo de senha os usuários que detenham autorização expressa da empresa junto ao Banco do Brasil (procuração, Estatuto, Termo de Autorização etc.). "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 21

23 5. Transferência de Arquivos Canal direto e seguro para intercâmbio eletrônico de dados, permite a realização de troca de arquivos dos convênios firmados com o Banco do Brasil, tais como: pagamentos a fornecedores, pagamentos de funcionários, arrecadação de tributos, registro de títulos e instruções de cobrança, captura eletrônica de cheques, etc. Para acessar esta opção é necessário que o Administrador de Segurança autorize o usuário para a transação e para o tipo de arquivo (ver Autorizar transações, item 2.3, e Autorizar arquivos, item 2.4). Configuração de diretórios Permite alterar o caminho padrão onde serão salvos arquivos recebidos (Retorno) e onde serão buscados os arquivos a enviar (Remessa). Retorno 1. Selecione a opção Transferência de Arquivos 2. Selecione Retorno- todos ou Retorno - por contrato para receber os arquivos de convênios; 3. Marque os arquivos retorno ou clica em Marcar todas e clique em Receber; "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 22

24 4. Os arquivos selecionados serão baixados no diretório configurado; C:\BancoBrasil\BBTransf\Retorno 5. Será emitido um relatório com os dados do arquivo recebido. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 23

25 6. Recebendo o Arquivo de Retorno do Gerenciador Financeiro no SINDTR 1. Acesse o menu Financeiro Contribuição Sindical Processar Retorno Por padrão o arquivo recebido do Gerenciador Financeiro fica salvo no seguinte caminho: C:\BancoBrasil\BBTransf\Retorno Quando é recebido o arquivo, o mesmo será mostrado da mesma forma que está na figura ao lado. Dê dois cliques no arquivo ou clica em Abrir. Clique no botão CONFIRMAR para que a baixa seja feita automaticamente. Obs.: É de suma importância que todos os dias sejam feito esse procedimento no final do expediente. Os arquivos de Retorno ficam expostos por alguns dias, o não recebimento pode deixar um sócio ou não sócio em situação de inadimplência devido o fato de não ter recebido as informações de pagamento do Banco. Caso apareça alguma contribuição listada de vermelho no Grid, informar a Equipe de Suporte. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 24

26 7. Emitindo o Relatório de Prestação de Contas para a Federação 1. Acesse o menu Relatório - Cobrança Bancária Este Relatório deve ser apresentado para a Federação para a Prestação de Contas todo o mês. Relatório Resumido Caso necessitem de maiores informações, favor entrar em contato com o Suporte. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 25

27 MODULO PARTE III INSCRIÇÃO SOCIAL FUNÇÕES BÁSICAS Inclusões - Alterações - Cancelamentos Parcelamento de Mensalidades SITUAÇÃO DO SÓCIO Anistia - Transferido- Falecido - Baixa Relatórios - Associados "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 26

28 RECEBENDO INSCRIÇÃO SOCIAL Este recurso permite que o Sindicato receba a Inscrição Social após a inclusão de um novo Sócio, definido na Guia FINANCEIRO. No campo TIPO é informado INDIVIDUAL ou outra opção no qual o sócio se enquadra, podendo também ISENTAR a Inscrição quando marcada como é mostra abaixo. Após clicar no botão CONFIRMAR é aberta a tela de Pagamento da Inscrição Social. Após a confirmação do pagamento da Inscrição, o sistema vai permitir imprimir o Recibo. O valor da Inscrição é gerado no Fluxo após a confirmação do recebimento. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 27

29 CANCELANDO O RECEBIMENTO DA INSCRIÇÃO SOCIAL Para Cancelar o valor recebido da Inscrição Social, será necessário entrar no modo de ALTERAÇÃO do sócio e selecionar no TIPO a opção CANCELAR na Guia FINANCEIRO. Feito a alteração clique no botão CONFIRAMAR, o sistema vai exibir uma tela com os dados do cancelamento mostrado na figura abaixo. Clique no botão CONFIRMAR para cancelar o recebimento. Obs.: Todos os Recebimentos de mensalidades e Inscrições Sociais quando cancelados, é mostrado no fluxo de caixa na cor cinza não podendo ser excluído do sistema. REIMPRIMINDO O RECEBIMENTO DA INSCRIÇÃO SOCIAL Para reimprimir o recibo novamente clica no botão da impressora Inscrição como mostra a figura acima. ao lado do campo: TIPO de "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 28

30 PARCELANDO RECEBIMENTO DE MENSALIDADE Para parcelar uma dívida em atraso de um sócio, ao incluir o lançamento, informe a Matrícula do sócio, a quantidade de meses em atraso e digite a quantidade de vezes a parcelar como mostra a figura abaixo. Obs.: Caso seja necessário especificar o parcelamento ou valor dado no Desconto, use o campo OBS GERAIS para justificar. Após CONFIRMAR serão listadas todas as parcelas do sócio. Para receber a parcela do sócio, selecione e clica no botão BAIXAR e CONFIRME. Para gerar o carnê do parcelamento clica no botão IMPRIMIR. Para imprimir o Carnê clica no botão AVANÇAR. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 29

31 Para receber mais de uma parcela, clica no botão BAIXAR como mostra a figura abaixo: Baixar Após abrir a janela pressione e mantenha a tecla CTRL pressionada e selecione clicando em cada parcela que o sócio deseja pagar. Para confirmar o recebimento clique no botão CONFIRMAR RECEBIMENTO para receber as parcelas selecionadas. Obs.: A medida que as parcelas vão sendo pagas, o sistema vai mudando o seu último pagamento de acordo com a vigência de cada parcela como mostra a figura abaixo: Neste exemplo acima é possível verificar quantas parcelas faltam para o sócio pagar (em aberto) e quantas que estão em atraso e o total de ambas. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 30

32 DEFININO A SITUÇÃO DO SÓCIO Quando um novo sócio é incluso no sistema, por padrão é gravado no campo SITUAÇÃO: NENHUMA, podendo ser alterado para uma das seguintes opções: ANISTIA: se informado o sistema não cobrará do sócio os meses em atraso, começará a pagar do mês que está sendo feito a anistia. TRANSFERIDO: se informado o sistema vai exibir uma janela para ser informado para qual Sindicato o sócio está sendo transferido. O sistema permite fazer transferência de Aposentados com desconto em folha, (Convênio Contag INSS) A opção acima IMPRIMIR CABEÇALHO permiti imprimir a transferência com o Timbre do Sindicato. FALECIDO: se informado o sistema vai tirá-lo do quadro social. BAIXA: se informado o sistema vai tirá-lo do quadro social, podendo ser reativado novamente caso o sócio volte a procurar o Sindicato. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 31

33 RELATÓRIO DE ASSOCIADO Clica no menu RELATÓRIOS - CADASTRO - ASSOCIADOS Nesta janela e possível filtrar e imprimir várias informações dos sócios, como também dos não sócios. Esse filtro permite separar os sócios por comunidade, distrito, filiação etc. Podemos usar uma das opções acima de acordo com as informações necessárias no dia a dia. Neste exemplo o sistema irá filtrar todos os sócios Adimplentes a partir do mês de ABRIL que pagam na boca do caixa (Desc. Folha = Não) "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 32

34 Conforme mostra acima, depois que for determinado a forma do filtro clique no botão VISUALIZAR. Todos os Relatórios poderão ser organizados em ordem Crescente de acordo com o campo selecionado. Para organizar em Ordem Alfabética de Nome, clique na própria coluna ou na palavra Nome como mostra a figura abaixo: Clique aqui. Para organizar por Comunidade, Distrito ou qualquer outro campo faça o mesmo procedimento mostrado acima. Dessa forma o sistema fornece vários relatórios sendo possível organizar por ordem crescente de qualquer campo. No exemplo abaixo os dados estão em ordem alfabética. Utilizado para imprimir e/ou para selecionar outra impressora - utilizado para configurar a impressora no modo econômico, normal - utilizado para paginar o relatório. - utilizado para ampliar ou diminuir o zoom da página. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 33

35 MODULO PARTE IV CLÁUSULAS CONTRATOS PREVIDÊNCIA "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 34

36 CLÁUSULAS E CONTRATOS CLÁUSULAS Primeiramente temos que cadastrar as cláusulas que serão definidas automaticamente para cada tipo de Contrato. Acessaremos o menu CONTRATOS - CLÁUSULAS Para incluir as cláusulas para determinado tipo de Contrato, clique no botão INCLUIR, selecione o tipo de contrato e digite as cláusulas para o Contrato. Obs.: Caso tenha cláusulas digitadas no Word basta selecioná-las com CTRL + T e copiar usando CTRL + C e logo em seguida colar usando CTRL + V dentro do quadro das cláusulas. Caso seja necessário visualizar para ver como ficou, clica no botão VISUALIZAR. Quando estiver tudo certo clique no botão CONFIRMAR para que as cláusulas sejam gravadas no sistema. CONTRATOS Para começarmos incluir os Contratos, acesse o menu CONTRATOS CONTRATOS. Guia Contratado e Contratante: Nos campos acima temos CONTRATANTE e CONTRATADO, no qual deverão ser preenchidos de acordo com o tipo de contrato: Contrato de Parceria Contratante: Outorgante Contratado: Outorgado Contrato de Comodato Contratante: Comodante Contratado: Comodatário Contrato de Arrendamento Contratante: Arrendador Contratado: Arrendatário "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 35

37 Obs.: no campo Membros do Grupo Familiar, o sistema busca essas informações da ficha do cadastro do sócio da Guia Dependentes, desde que a idade mínima seja igual ou superior a 16 anos. Também sendo possível acrescentar ou apagar qualquer informação deste campo. No campo acima Dados do Imóvel, é obrigatório que seja informado em qual propriedade está sendo feito o contrato. Obs.: para que as informações deste campo apareçam ao selecionar o botão que tem como figura um Binóculo, é necessário cadastrar os dados da propriedade na ficha do cadastro do sócio onde é informado a área total e qual o valor da área cedida para que o sistema possa fazer o controle do valor da área cedida, impedindo que o sócio ceda mais do que os 50% de sua área total. Veja abaixo: Tela de Cadastro da Propriedade do Sócio Observe que na ficha ao lado do cadastro do sócio na Guia Atividade, mais abaixo temos os campos Área (ha) igual a 3 (ha) e Ceder igual a 1,5 (ha). No mesmo exemplo ao lado temos o campo Partilha que recebeu o valor 100%, isso representa o valor total do Ceder que e igual a 1,5 (ha). Caso o valor da Partilha fosse 50% isso representa que a área do Ceder seria divida por 2 tendo como resultado 0,75 (ha). "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 36

38 Guia Dados do Contrato: Observe acima no campo Área cedida onde é informado o tamanho da área a ceder. Caso o valor informado for maior que área que pode ser cedida, o sistema informará a seguinte mensagem: Neste exemplo acima o proprietário poderia ceder até 1,5 (ha), como foi informado 2 (ha) o sistema não permitiu que seja informado um valor maior do que área disponível. Guia Cláusulas: Na Guia Cláusulas, como podemos observar, elas aparecem automaticamente porque foram cadastradas e mostradas mais acima. De acordo com a necessidade as cláusulas podem ser alteradas, onde essa alteração ocorre somente no contrato que está sendo feito. Os demais e as cláusulas padrões não são alterados. Se precisar fazer modificações nas cláusulas para os demais contratos, esse procedimento é feito em Contratos Cláusulas. Neste caso todos os contratos que forem feitos, virão com as cláusulas novas. Para concluir o Contrato clica no botão CONFIRMAR, e em seguida no botão IMPRIMIR. "Quatro coisas para o sucesso: Trabalhar e orar, pensar e acreditar." 37

Manual Simplificado SindTR Sistemas para Sindicatos

Manual Simplificado SindTR Sistemas para Sindicatos Manual Simplificado SindTR Sistemas para Sindicatos Setembro de 2010 Versão 2.019.9.14 STR S Desenvolvedores Analista de Sistemas e Suporte Técnico Sidney Rodrigues Tel.:(28)3546-1805 (28)9963-5395 Desenvolvedor

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão. Manual do Data: /07/00 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão.5 Manual do Data: 04/0/0 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

Objetivo deste Manual... 03. Bem vindo ao Gerenciador Financeiro... Acesso Direto via Web... Perguntas e Respostas acesso via Web... Segurança...

Objetivo deste Manual... 03. Bem vindo ao Gerenciador Financeiro... Acesso Direto via Web... Perguntas e Respostas acesso via Web... Segurança... versão 2.10 Novembro/2007 SUMÁRIO Objetivo deste Manual... 03 Bem vindo ao Gerenciador Financeiro... Acesso Direto via Web... Perguntas e Respostas acesso via Web... Segurança... 09 004 111 004 106 0 1.

Leia mais

SICOOBNET EMPRESARIAL

SICOOBNET EMPRESARIAL SICOOBNET EMPRESARIAL Apresentação do produto Características principais Segurança Procedimentos para utilização Adesão Instalação Cadastro de computador Transações disponíveis AGENDA APRESENTAÇÃO DO PRODUTO

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS CAIXA ECONÔMICA FEDERAL NO FINANCE Finance V10 New 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pela Caixa Econômica... 3 Como efetuar a Conciliação por Extrato

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Gerenciador de Imóveis

Gerenciador de Imóveis Gerenciador de Imóveis O Corretor Top é o mais completo sistema de gestão de imóveis do mercado, onde corretores terão acesso à agenda, cadastro de imóveis, carteira de clientes, atendimento, dentre muitas

Leia mais

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples)

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento Financeiro Contas a Pagar Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento de Caixa Fechamento Caixa Bancos Apropriações de Centros de

Leia mais

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico O GCO é um sistema de controle de clínicas odontológicas, onde dentistas terão acesso a agendas, fichas de pacientes, controle de estoque,

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13 1-13 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

A.S. Sistemas Rua Prof. Carlos Schlottfeldt, 10A Clélia Bernardes Viçosa MG CEP 36570-000 Telefax: (31) 3892 7700 dietpro@dietpro.com.

A.S. Sistemas Rua Prof. Carlos Schlottfeldt, 10A Clélia Bernardes Viçosa MG CEP 36570-000 Telefax: (31) 3892 7700 dietpro@dietpro.com. Sumário Principais Características...5 Configuração necessária para instalação...6 Conteúdo do CD de Instalação...7 Instruções para Instalação...8 Solicitação da Chave de Acesso...22 Funcionamento em Rede...26

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 2013 GVDASA Sistemas Caixa AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

A.S. Sistemas Rua Prof. Carlos Schlottfeldt, 10A Clélia Bernardes Viçosa MG CEP 36570-000 Telefax: (31) 3892 7700 dietpro@dietpro.com.

A.S. Sistemas Rua Prof. Carlos Schlottfeldt, 10A Clélia Bernardes Viçosa MG CEP 36570-000 Telefax: (31) 3892 7700 dietpro@dietpro.com. Sumário Principais Características... 5 Configuração necessária para instalação... 6 Conteúdo do CD de Instalação... 7 Instruções para Instalação... 8 Solicitação da Chave de Acesso... 22 Funcionamento

Leia mais

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.0A-01 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Vendas...3 Os Recibos...6 Como imprimir?...7 As Listagens...9 Clientes... 10 Consulta... 11 Inclusão... 13 Alteração... 14 Exclusão...

Leia mais

Treinamento Módulo Contas a Pagar

Treinamento Módulo Contas a Pagar Contas a Pagar Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla F2 Gravar Tecla

Leia mais

Manual Unilote. Versão 2.1

Manual Unilote. Versão 2.1 Manual Unilote Versão 2.1 1 INDICE Apresentação...4 Principais Características...4 Requisitos Mínimos...4 Requisitos Mínimos de Software...4 Instalação...5 PRIMEIRO PASSOS Dados da Empresa...6 Acessando

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo II

Treinamento Sistema Condominium Módulo II CONDOMINIUM - Módulo II GERAÇÃO DE EMISSÕES RATEIO Neste módulo o aprendizado será a emissão dos boletos bancários. O sistema disponibiliza algumas maneiras para facilitar o seu dia-a-dia: Sequencia para

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização WebEDI - Tumelero Manual de Utilização Pedidos de Compra Notas Fiscais Relação de Produtos 1. INTRODUÇÃO Esse documento descreve o novo processo de comunicação e troca de arquivos entre a TUMELERO e seus

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema Financeiro e Caixa

Manual do Usuário. Sistema Financeiro e Caixa Manual do Usuário Sistema Financeiro e Caixa - Lançamento de receitas, despesas, gastos, depósitos. - Contas a pagar e receber. - Emissão de cheque e Autorização de pagamentos/recibos. - Controla um ou

Leia mais

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Sumário Contas á Receber...3 Como atualizar a pesquisa no contas á receber?...3 Como efetuar

Leia mais

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário Cadastramento de Computadores Manual do Usuário Agosto 2006 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 1.1 Conhecendo a solução...03 Segurança pela identificação da máquina...03 2. ADERINDO À SOLUÇÃO e CADASTRANDO COMPUTADORES

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com. Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.br 1-15 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior,

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

Manual do Usuário GEFRE

Manual do Usuário GEFRE Manual do Usuário GEFRE Gestão de Frequência - Versão 1.2 Março, 2015 Página 1 de 84 Sumário Sumário... 2 Objetivo deste Manual do Usuário... 5 1. Instalação do GEFRE... 7 1.1. Configuração Mínima Recomendada...

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?...

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... 4 COMO CONFIGURAR O CNAB... 5 CADASTRO DE BANCOS... 5 PARAMETROS DO CNAB...

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

WF Processos. Manual de Instruções

WF Processos. Manual de Instruções WF Processos Manual de Instruções O WF Processos é um sistema simples e fácil de ser utilizado, contudo para ajudar os novos usuários a se familiarizarem com o sistema, criamos este manual. Recomendamos

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo I

Treinamento Sistema Condominium Módulo I CONDOMINIUM Módulo I CADASTROS Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS 1) Clique duas vezes no arquivo ControlGasSetup.exe. Será exibida a tela de boas vindas do instalador: 2) Clique em avançar e aparecerá a tela a seguir: Manual de Instalação

Leia mais

Principais Característic

Principais Característic Principais Característic Características as Software para agendamento e controle de consultas e cadastros de pacientes. Oferece ainda, geração de etiquetas, modelos de correspondência e de cartões. Quando

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo I

Treinamento Sistema Condominium Módulo I CONDOMINIUM Módulo I CADASTROS Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla

Leia mais

Prefeitura de Rio Verde GO. SEFAZ - Secretaria da Fazenda. DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas

Prefeitura de Rio Verde GO. SEFAZ - Secretaria da Fazenda. DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas Prefeitura de Rio Verde GO SEFAZ - Secretaria da Fazenda DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas DMS e Notas Fiscais Eletrônicas Rio Verde, GO, setembro 2009 1 Sumário INTRODUÇÃO... 03 LEGISLAÇÃO...

Leia mais

Domínio Registro. Teclas de atalho para ajudar na utilização do Sistema e cadastros em todos dos Módulos. Menu Controle

Domínio Registro. Teclas de atalho para ajudar na utilização do Sistema e cadastros em todos dos Módulos. Menu Controle Domínio Registro O Domínio Registro foi desenvolvido para gerenciar todos os processos referentes à abertura e fechamento de empresas, permite a confecção de contratos, alterações e distratos sociais,

Leia mais

BH PARK Software de Estacionamento

BH PARK Software de Estacionamento BH PARK Software de Estacionamento WWW.ASASSOFTWARES.COM.BR Índice 1 Informações Básicas... 1 1.1 Sair da aplicação... 1 1.2 Travar aplicação... 1 1.3 Licenciando a aplicação... 1 1.4 Contrato de Manutenção...

Leia mais

Manual de Instalação, Configuração e Uso

Manual de Instalação, Configuração e Uso Manual de Instalação, Configuração e Uso Este Manual destina-se ao usuário do sistema Smart Manager. É proibida a duplicação ou reprodução, no todo ou em parte, sob quaisquer formas ou qualquer meio, sem

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo V

Treinamento Sistema Condominium Módulo V Módulo V Prestação de Contas Condomínio> Prestação de Contas Em Prestação de Contas Serão impressos todos os relatórios que irão compor sua Pasta mensal. Estão disponíveis diversos modelos para balancete,

Leia mais

1 - O que é o Conectividade Social? 03. 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04

1 - O que é o Conectividade Social? 03. 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04 Conteúdo 1 - O que é o Conectividade Social? 03 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04 3 - O que é necessário para instalar o Conectividade Social?.... 05 4 - Como faço para executar

Leia mais

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Material de Apoio SEB - Contas a Pagar Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Conteúdo CONFIGURAÇÃO... 3 Cadastro de Fornecedores... 3 Métodos de Pagamento...

Leia mais

TUTORIAL // MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS

TUTORIAL // MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS 1 Sumário Procedimento inicial para acessar o sistema na web... 3 Módulo Beneficiários... 3 1. INCLUSÃO DE MATRÍCULA ÚNICA, FAMÍLIAS E BENEFICIÁRIOS...4 Criar a Matrícula

Leia mais

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 MÓDULO CLIENTE Conteúdo 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 2.2 HOME 4 2.3 A VALECARD 5 2.4 PRODUTOS 6 2.5 REDE CREDENCIADA 7 2.6 ROTA 9 2.7 CONTATO 9 3. EMPRESAS 11 3.1. ACESSO

Leia mais

jfinanç as Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015

jfinanç as Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015 jfinanças Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 1 2 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INICIAL DO JFINANÇAS PESSOAL... 2 2.1 Download... 3 2.2 Instalação do jfinanças Pessoal...

Leia mais

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO PAG CONTAS CARNÊ Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DE GERAÇÃO DE BOLETOS EMPRESAS CONVENIADAS 1) REQUISITOS DO SISTEMA: Primeiramente devemos possuir seguintes itens abaixo: - Microcomputador

Leia mais

Versão: 1.7.8.8 com instruções para Protesto

Versão: 1.7.8.8 com instruções para Protesto Versão: 1.7.8.8 com instruções para Protesto Utilização Para dar início ao processo, o cooperado deverá ter acesso ao internet banking. Se ainda não possuir, dirija-se aos caixas da Sicoob-Cocred. O programa

Leia mais

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031.

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031. Sumário Legenda... 3 1. Caixa... 4 1.1. Caixa... 4 1.1.1. Abertura de Caixa... 4 1.1.1.1. Lançamentos de Caixa... 6 1.1.2. Fechamento de Caixa... 38 1.2. Consultas... 39 1.2.1. Fita do Caixa... 39 1.2.2.

Leia mais

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB CNS LEARNING MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB Versão Online 13 Índice ÍNDICE... 1 VISÃO GERAL... 2 CONCEITO E APRESENTAÇÃO VISUAL... 2 PRINCIPAIS MÓDULOS... 3 ESTRUTURAÇÃO... 3 CURSOS... 4 TURMAS... 4

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED Esta parte do sistema como descrito anteriormente neste manual permite que seus agentes tenham acesso á uma área exclusiva para acessar informações pessoais como: Meu Extrato

Leia mais

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0 Índice I ENVIO DE BOLETOS POR E-MAIL... 2 APRESENTAÇÃO... 2 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO... 4 ALTERAÇÕES NO SIGADM IMÓVEIS... 6 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONCILIAÇÃO BANCÁRIA... 8 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO

Leia mais

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031.

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031. Sumário Legenda... 3 1. Cadastros e Lançamentos... 4 1.1. Recebimento de Doc s... 4 1.2. Baixa de Proprietários... 7 1.3. Lançamento em Lote (Manual)... 10 1.4. Alteração/ Exclusão de Lançamentos... 11

Leia mais

Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual

Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual Diário On-line Apresentação ----------------------------------------------------------------------------------------- 5 Requisitos Básicos

Leia mais

Duvidas XDental 2015

Duvidas XDental 2015 Duvidas XDental 2015 Criação da requisição 1.Após aprovar um orçamento com alguma especialidade de prótese, clique em relató rios clínicos para criar uma requisição. Secione a especialidade de prótese

Leia mais

MBM Entrega Expressa www.terti.com.br. Índice

MBM Entrega Expressa www.terti.com.br. Índice Índice Instalação do programa 03 Cadastrar Usuário(s) 04 Iniciar Operações 06 Atalhos da Área de Trabalho do Sistema 08 Ícones da Área de Tarefas do Sistema 09 Cadastrar Grupos 10 Cadastrar Clientes/ Fornecedores/

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 Manual do Usuário Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 1. CONFIGURAÇÕES E ORIENTAÇÕES PARA ACESSO... 4 2 GUIAS... 11 2.1 DIGITANDO AS GUIAS... 11 2.2 SALVANDO GUIAS... 12 2.3 FINALIZANDO UMA GUIA... 13

Leia mais

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque.

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5. ALTERAÇÃO DO ESTOQUE ATUAL Não é possível alterar o estoque de um produto na tela Cadastro de Produto. Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5.1. Cadastro

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

Emissão Doc Extra de Locação Sami ERP++

Emissão Doc Extra de Locação Sami ERP++ Emissão Doc Extra de Locação Sami ERP++ 1. Chamada Extra Acesse o módulo FINANCEIRO/ CONTAS À RECEBER/ LOCAÇÃO/ CHAMADA EXTRA. Este programa emite os recibos de cobrança extra do sistema de locação. O

Leia mais

Guia Prático do Usuário

Guia Prático do Usuário Guia Prático do Usuário 3. O que esse Manual aborda Esse manual é um guia prático de utilização do sistema, ele aborda noções gerais sobre gerenciamento de sua empresa além de ter informações detalhando

Leia mais

Fixo (41) 3058-5646 - Vivo (41)9177-3270 - Tim (41)9954-0409 - Claro (41)8787-5493 - OI (41)8491-4553 Sistema Descomplicado CNPJ 13.215.

Fixo (41) 3058-5646 - Vivo (41)9177-3270 - Tim (41)9954-0409 - Claro (41)8787-5493 - OI (41)8491-4553 Sistema Descomplicado CNPJ 13.215. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário Sistema de Protocolo Manual do Usuário Atualizado em 05/06/2010 2 Apresentação Módulo Protocolo Está disponível de forma integrada com todos os órgãos para registrar e acompanhar, de modo atualizado e

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

ROTEIRO NOTA FISCAL ELETRONICA A partir de Agosto/2012

ROTEIRO NOTA FISCAL ELETRONICA A partir de Agosto/2012 ROTEIRO NOTA FISCAL ELETRONICA A partir de Agosto/2012 1. INSTALAÇÃO DO GESTOR Confira abaixo as instruções de como instalar o sistema Gestor. Caso já tenha realizado esta instalação avance ao passo seguinte:

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Este tutorial visa preparar o computador com os softwares necessários para a utilização dos sistemas de visualização

Leia mais

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 ArpPrintServer Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO SISTEMA... 3 REQUISITOS DE SISTEMA... 4 INSTALAÇÃO

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS

BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS 1 Módulo Beneficiários Onde são criados os registros das famílias dos titulares e definidas coberturas assistenciais do plano de saúde, bem como os valores de custeio, os

Leia mais

Manual Sistema Curumim. Índice

Manual Sistema Curumim. Índice Versão 1.0 Índice 1. Instalação do Sistema... 3 2. Botões e Legenda... 4 3. Login do Sistema... 5 4. Tela Principal... 6 5. Dados Cadastrais da Empresa... 7 6. Aluno Cadastro... 8 7. Aluno - Cadastro de

Leia mais

-Entre no menu Cadastros / Sacados -Insira os dados do sacado / clique em Gravar

-Entre no menu Cadastros / Sacados -Insira os dados do sacado / clique em Gravar Acesso ao Sistema -Dê dois cliques no ícone do programa. -Digite o Usuário: MASTER -Digite a Senha: MASTER -Clique em Acessar -Para selecionar o Cedente: - Entre no menu Cadastros - Clique em Selecionar

Leia mais

MÓDULO DE NOTA FISCAL ELETRONICA

MÓDULO DE NOTA FISCAL ELETRONICA MANUAL DO SISTEMA Versão 6.08 Introdução... 2 Requisitos para Utilização do Módulo NF-e... 2 Termo de Responsabilidade... 2 Certificados... 2 Criação de Séries... 2 Framework... 3 Teste de Comunicação...

Leia mais

Manual Usuário Sistema Audatex

Manual Usuário Sistema Audatex Manual Usuário Sistema Audatex Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0 Histórico das versões VER DATA AUTOR DESCRIÇÃO DA MODIFICAÇÃO 2.0 24.08.2010 MT Versão

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário Cadastramento de Computadores Manual do Usuário Setembro 2008 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 1.1 Conhecendo a solução...03 Segurança pela identificação da máquina...03 2. ADERINDO À SOLUÇÃO e CADASTRANDO COMPUTADORES

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO COBCAIXA

MANUAL DE INSTALAÇÃO COBCAIXA MANUAL DE INSTALAÇÃO COBCAIXA VERSÃO 3.2.1 NOV/2013 ATENÇÃO É importante que todas as bases de dados, arquivos remessa e retorno, base de pagadores/sacados e base de títulos sejam arquivados em cópia de

Leia mais

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Shop Control 8 Pocket. Guia do usuário

Shop Control 8 Pocket. Guia do usuário Shop Control 8 Pocket Guia do usuário Abril / 2007 1 Pocket O módulo Pocket permite fazer vendas dos produtos diretamente em handhelds Pocket PC, pelos vendedores externos da empresa. Os cadastros (clientes,

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

Controle Patrimonial WEB

Controle Patrimonial WEB Cccc Controle Patrimonial WEB Manual Unidade de Guarda Conteúdo 1. Acessar o Controle Patrimonial - Web... 4 1.1. Login... 4 1.2. Esquecer sua senha?... 5 2. Alterar a senha... 6 3. Cadastrar novo usuário...

Leia mais

Objetivos. Página - 2

Objetivos. Página - 2 Índice Índice... 1 Objetivos... 2 Configurações... 3 Cadastro de Bancos... 3 Plano de Contas... 3 Conta Corrente... 4 Instruções Bancárias... 6 Portadores Bancários... 7 Cadastro de Clientes... 8 Boletos...

Leia mais

Manual do Software de Cobrança Itaú

Manual do Software de Cobrança Itaú Banco Itaú SA Manual do Software de Cobrança Itaú Última atualização: agosto/2006 Índice 1 Visão Geral 03 2 Instalação 03 3 Inserindo os dados de sua empresa 03 4 Inserindo os dados dos títulos de Cobrança

Leia mais

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Página1 e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é Nota Fiscal de Serviço eletrônica

Leia mais

DPAlmox - Windows MANUAL DO USUÁRIO

DPAlmox - Windows MANUAL DO USUÁRIO - Windows MANUAL DO USUÁRIO DPSISTEMAS www.dpsistemas.com.br 1. Registrando o programa... 3 2. Entrando no programa Login... 5 3. Tela Principal do Sistema... 6 4. Utilizando os botões de navegação...

Leia mais

Imóvel Mix Administração

Imóvel Mix Administração Imóvel Mix Administração Guia de Referência Rápida 01. Acesso ao Sistema 02. Aspectos Gerais 03. Configuração da Empresa 04. Configuração do Sistema 05. Usuários 06. Controle de Acesso 07. Cadastro de

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

ABA: CLIENTE BOTÃO: CADASTRO

ABA: CLIENTE BOTÃO: CADASTRO ABA: CLIENTE BOTÃO: CADASTRO CADASTRO DE CLIENTES Cadastra clientes (física e jurídica) e veículos, inclusive frotas Cadastra representantes dos clientes Cadastro biométrico (digital do dedo) Localiza

Leia mais

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Desenvolvido por Hamilton Dias (31) 8829.9195 Belo Horizonte hamilton-dias@ig.com.br www.h-dias.cjb.net ÍNDICE Introdução...3 Implantação...3 Instalação...3

Leia mais

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet www.controlenanet.com.br Copyright 2015 - ControleNaNet Conteúdo Tela Principal... 3 Como imprimir?... 4 As Listagens nas Telas... 7 Clientes... 8 Consulta... 9 Inclusão... 11 Alteração... 13 Exclusão...

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA MEUSOFT MEI

MANUAL DO SISTEMA MEUSOFT MEI MANUAL DO SISTEMA MEUSOFT MEI www.meusoft.com.br Indice Item Descrição Pg 1. Objetivo e Principais Funcionalidades 3 2. Para acessar e instalar a aplicação 4 3. Conhecendo o MeuSoft MEI 6 3.0 Tela inicial

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO M3

MANUAL DO USUÁRIO DO M3 MANUAL DO USUÁRIO DO M3 1 CADASTROS 1.1 Clientes Abre uma tela de busca na qual o usuário poderá localizar o cadastro dos clientes da empresa. Preencha o campo de busca com o nome, ou parte do nome, e

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais