MANUAL DO USUÁRIO Módulo de gerenciamento do Programa Nacional de Suplementação do Ferro

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO USUÁRIO Módulo de gerenciamento do Programa Nacional de Suplementação do Ferro"

Transcrição

1 Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica Coordenação-Geral da Política de Alimentação e Nutrição MANUAL DO USUÁRIO Módulo de gerenciamento do Programa Nacional de Suplementação do Ferro BRASÍLIA 2006

2 ÍNDICE 1 Coordenação-Geral da Política de Alimentação e Nutrição Programa Nacional de Suplementação de Ferro Autenticação do usuário Cadastro da instituição Cadastro das Coordenações Funcionalidades do Sistema Acompanhamento Crianças de 4 até 24 meses Gestantes a partir da 20ª semana Ácido fólico em comprimido Sulfato ferroso em comprimido Sulfato ferroso em frasco Mulher até o 3º mês pós-parto (e até o 3º mês pós-aborto) Sulfato ferroso em comprimido Sulfato ferroso em frasco Perda de Suplementos Frascos de xarope de sulfato ferroso Comprimidos de ácido fólico Comprimidos de sulfato ferroso Controle de Estoque previsto para desenvolvimento Controle de distribuição Encaminhamento Confirmação Encaminhamento Histórico Recebimento Confirmação Recebimento - Histórico Relatórios Quantitativo total da população Quantitativo de suplementos distribuídos Quantitativo de suplementos estocados - previsto para desenvolvimento Perda de suplementos Total da população x população assistida Sistema Informações de acesso - previsto para desenvolvimento Alteração de senha Cadastro Instituição Regional de Saúde Usuário

3 1 Coordenação-Geral da Política de Alimentação e Nutrição No site da Coordenação-Geral da Política de Alimentação e Nutrição (http://www.saude.gov.br/nutricao) existe o link para o Módulo de Gerenciamento do Programa Nacional de Suplementação do Ferro. Para acessá-lo, basta clicar no menu acesso rápido no link Ferro. 3

4 1.1 Programa Nacional de Suplementação de Ferro Na página do Módulo de Gerenciamento do Programa Nacional de Suplementação de Ferro, estão disponíveis informações públicas e restritas. As informações públicas podem ser visualizadas por quaisquer pessoas que acessem a página e contém dados referentes a relatórios gerais, conceito, conduta de intervenção, beneficiários, cálculo do quantitativo de xarope, distribuição para cada município, dentre outras. As informações restritas, que são de caráter gerencial, somente serão acessadas pelos gestores estaduais e municipais do Programa que se cadastrarem no sistema. 4

5 1.2 Autenticação do usuário Para acessar a página restrita do módulo de gerenciamento do Programa Nacional de Suplementação de Ferro, os coordenadores estaduais e municipais deverão efetuar a autenticação do usuário. O procedimento de autenticação ocorre da seguinte forma: o coordenador do Programa primeiramente registra seu cadastro, em seguida recebe novas informações de usuário e senha pessoal no seu ( informado no cadastro do coordenador), e finalmente providencia a alteração deste usuário e senha na ocasião em que for acessar a página de acompanhamento do Programa Nacional de Suplementação de Ferro pela primeira vez. Será por intermédio desta nova senha, que o coordenador deverá acessar todos os meses a página restrita do Programa e registrar as informações sobre o seu acompanhamento em nível local. Para entrar na parte restrita do sistema, o usuário, após clicar no botão Entrar, acessa a tela de autenticação, onde no campo usuário deve ser digitado o nome de identificação do mesmo e a senha correspondente (utilizada como forma de segurança de acesso ao sistema) - as informações de usuário e senha serão repassadas aos municípios por meio da CGPAN e das Coordenações Estaduais de Alimentação e Nutrição. 5

6 1.3 Cadastro da instituição A tela abaixo se refere aos cadastros necessários para habilitação das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde. As informações de acompanhamento somente são enviadas se esses cadastros forem devidamente preenchidos. Clicar no link Cadastro da Secretaria Estadual de Saúde (caso seja Estado) ou Cadastro da Secretaria Municipal de Saúde (caso seja Município). 6

7 Seguindo o que é solicitado, inserir o número válido do CNPJ da Secretaria Municipal de Saúde e clicar em Enviar. Os campos obrigatórios do cadastro da Secretaria Municipal de Saúde estão marcados com *. De acordo com os dados específicos se já estiverem na base de dados, alguns campos já virão preenchidos, mas caberá ao município atualizar tais informações e ao final do processo, clicar em Atualizar. 7

8 Na próxima tela o usuário deverá cadastrar os números de telefones de sua Secretaria de Saúde. Para cadastrar, clicar em Inserir. O usuário poderá cadastrar todos os tipos de telefones - comercial, celular ou fax, basta selecionar o tipo na caixa onde aparece Selecione. Inserir o(s) telefone(s) com o DDD, número completo e ramal se houver. Após o término do processo, clicar em Inserir. 8

9 Esta é a tela de confirmação dos números de telefone inseridos. Para confirmar, clicar no botão Ok. Nesta tela o usuário poderá inserir, alterar ou excluir quaisquer dos tipos de telefones cadastrados. Basta clicar no botão correspondente a escolha. Se todos os dados estiverem corretos, clicar em Ok. 9

10 A tela abaixo permite a confirmação dos dados da Secretaria de Saúde, podendo o usuário imprimi-las para seu controle. E depois clicar em OK. 10

11 1.4 Cadastro das Coordenações Concluído o cadastro da Secretaria de Saúde, na página principal aparecerá a informação que a mesma foi cadastrada com sucesso. Neste momento, todos os cadastros de coordenações estarão habilitados para inserção de dados, bastando clicar no link correspondente ao mesmo. 11

12 Selecionando quaisquer um dos links anteriores para o cadastro de coordenadores de programas, o número do CPF será exigido. Deve-se preencher o campo com um CPF válido do responsável pela coordenação designada e clicar em Enviar. 12

13 Preencher todos os campos relativos ao cadastro do Secretário de Saúde ou dos Coordenadores (do programa de suplementação de ferro, do programa de suplementação de vitamina A, do sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional ou do responsável pelo acompanhamento das condicionalidades na saúde do Bolsa Família),. Caso o CPF já esteja na base de dados, os campos já aparecerão preenchidos. Observar que os campos marcados com * são obrigatórios. Para atualizar as informações necessárias, clicar em Atualizar. 13

14 Deve-se cadastrar pelo menos um número de telefone, pois é um dado obrigatório, clicar em Inserir. O mesmo procedimento será feito para o cadastro de . O usuário poderá cadastrar os telefones do tipo residencial, comercial, celular, fax, bip, contato, outro ou público. Escolhendo o tipo na caixa de seleção onde aparece Selecione. Inserir o(s) telefone(s) com o DDD, número completo e ramal se houver. Após o término do processo, clicar em Inserir. 14

15 Esta é a tela de confirmação dos números de telefone inseridos. Para confirmação, clicar no botão Ok. Esta é a tela do cadastro de onde o usuário digitará um válido e marcará a opção RedeNutri, caso deseje receber os informativos da RedeNutri Posteriormente se desejar, o usuário poderá desmarcar esta opção. Clicar em Inserir, após a conclusão do processo. Está é a tela de confirmação do(s) (s) cadastrado(s), clicar em Ok. 15

16 Após as inserções de telefone(s) e (s), será possível inserir, alterar ou excluir qualquer um deles, mas lembrando que deve existir (obrigatoriamente) um telefone e cadastrado para todos os coordenadores. Clicar em Ok após a conferência dos dados. 16

17 A tela abaixo permite a confirmação dos dados do coordenador de Programa, podendo o usuário imprimir as informações para seu controle e depois clicar em OK. Atenção: A senha pessoal, necessária ao acesso da pagina de acompanhamento do Programa, será encaminhada no informado no cadastro do coordenador. 17

18 Os cadastros que já tiverem sido realizados estarão com um aviso em azul constando que foram cadastrados com sucesso. Os cadastros que ainda não foram feitos estarão com uma mensagem em vermelho. Indicando o link abaixo para abertura da página correspondente. Para todos os outros cadastros os procedimentos serão os mesmos como foi para o cadastro do secretário de saúde, seguindo os passos de inserção do CPF, preenchimento e/ou atualização dos demais dados cadastrais, confirmação e retorno à tela principal. 18

19 2 Funcionalidades do Sistema Esta é a página principal do Módulo de Gerenciamento do Programa Nacional de Suplementação de Ferro. Para acessá-la, o coordenador deverá digitar o usuário e a senha pessoal, que foram encaminhados para o informado no cadastro. No menu principal da página restrita são encontradas as seguintes opções: acompanhamento, controle de estoque, perda de produtos, relatórios, sistema e cadastro. O coordenador municipal deverá acessar esta página restrita, mensalmente, para registrar todas as informações do acompanhamento do Programa. Ressalta-se que os coordenadores estaduais de alimentação e nutrição poderão registrar as informações de acompanhamento do Programa para aqueles municípios que tenham dificuldade de acessar a Internet. 19

20 2.1 Acompanhamento Crianças de 4 até 24 meses Para registrar a entrega de frascos de sulfato ferroso para crianças, faz-se necessário que o coordenador acesse a opção crianças de 4 a 24 meses, disponível no menu acompanhamento. O Coordenador Estadual poderá escolher a cidade na caixa de seleção, onde diz selecione e clicar em Ok. Caso o acesso esteja sendo realizado pelo coordenador municipal, não precisará selecionar a cidade, pois este terá acesso direto ao ambiente de sua responsabilidade. 20

21 Esta é a tela de acompanhamento. Para inserir dados de acompanhamento, o usuário irá clicar no mês que fará a inserção. Todos os dados inseridos podem ser visualizados nesta tela. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. Se desejar imprimir a tela para controle das informações, clicar em Imprimir. 21

22 Esta tela permitirá a inserção dos dados de acompanhamento da entrega de frascos de sulfato ferroso para crianças. As informações deverão ser inseridas, mensalmente, em valores numéricos, numéricos, em conformidade com o disposto no consolidado mensal de acompanhamento do fornecimento de suplementos.. Após a inserção, clicar em Inserir. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar Gestantes a partir da 20ª semana Acessando o menu Acompanhamento na opção Gestantes a partir da 20ª semana existem três possibilidades, ácido fólico em comprimido, sulfato ferroso em comprimido e sulfato ferroso em frasco Ácido fólico em comprimido Para registrar a entrega de comprimidos de ácido fólico para gestantes, fazse necessário que o coordenador acesse a opção gestantes a partir da 20ª semana (ácido fólico comprimido), disponível no menu acompanhamento. O Coordenador Estadual poderá escolher a cidade na caixa de seleção, onde diz selecione e clicar em Ok. Caso o acesso esteja sendo realizado pelo coordenador municipal, não precisará selecionar a cidade, pois este terá acesso direto ao ambiente de sua responsabilidade. 22

23 Esta é a tela de acompanhamento. Para inserir dados de acompanhamento, o usuário irá clicar no mês que fará a inserção. Todos os dados inseridos podem ser visualizados nesta tela. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. Se desejar imprimir a tela para controle das informações, clicar em Imprimir. 23

24 Esta tela permitirá a inserção dos dados de acompanhamento da entrega dos comprimidos de ácido fólico para gestantes. As informações deverão ser inseridas, mensalmente, em valores numéricos, numéricos, em conformidade com o disposto no consolidado mensal de acompanhamento do fornecimento de suplementos. Após a inserção, clicar em Inserir. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar Sulfato ferroso em comprimido Para registrar a entrega de comprimidos de sulfato ferroso para gestantes, faz-se necessário que o coordenador acesse a opção gestantes a partir da 20ª semana (sulfato ferroso comprimido), disponível no menu acompanhamento. O Coordenador Estadual poderá escolher a cidade na caixa de seleção, onde diz selecione. Clicar em Ok. Caso o acesso esteja sendo realizado pelo coordenador municipal, não precisará selecionar a cidade, pois este terá acesso direto ao ambiente de sua responsabilidade. 24

25 Esta é a tela de acompanhamento. Para inserir dados de acompanhamento, o usuário irá clicar no mês que fará a inserção. Todos os dados inseridos podem ser visualizados nesta tela. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. Se desejar imprimir a tela para controle das informações, clicar em Imprimir. 25

26 Esta tela permitirá a inserção dos dados de acompanhamento da entrega dos comprimidos sulfato ferroso para gestantes. Para cada mês poderá haver cinco entregas. As informações deverão ser inseridas em valores numéricos. Após a inserção, clicar em Inserir. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. 26

27 Sulfato ferroso em frasco Para registrar a entrega de frascos de xarope de sulfato ferroso para gestantes, faz-se necessário que o coordenador acesse a opção gestantes a partir da 20ª semana (sulfato ferroso frascos), disponível no menu acompanhamento. O Coordenador Estadual poderá escolher a cidade na caixa de seleção, onde diz selecione e clicar em Ok. Caso o acesso esteja sendo realizado pelo coordenador municipal, não precisará selecionar a cidade, pois este terá acesso direto ao ambiente de sua responsabilidade. Esta é a tela de acompanhamento. Para inserir dados de acompanhamento, o usuário irá clicar no mês que fará a inserção. Todos os dados inseridos podem ser visualizados nesta tela. 27

28 * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. Se desejar imprimir a tela para controle das informações, clicar em Imprimir. Esta tela permitirá a inserção dos dados de acompanhamento da entrega de frascos de sulfato ferroso para gestantes. As informações deverão ser inseridas, mensalmente, em valores numéricos em conformidade com o disposto no consolidado mensal de acompanhamento do fornecimento de suplementos. Após a inserção, clicar em Inserir. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. 28

29 2.1.3 Mulher até o 3º mês pós-parto (e até o 3º mês pós-aborto) Acessando o menu Acompanhamento na opção Mulher até o 3º mês pós-parto (e até o 3º mês pós-aborto) existem duas possibilidades, sulfato ferroso em comprimido e sulfato ferroso em frasco Sulfato ferroso em comprimido Para registrar a entrega de comprimidos de sulfato ferroso para mulheres até o 3º mês pós-parto (e até o 3º mês pós-aborto), faz-se necessário que o coordenador acesse a opção mulheres até o 3º mês pós-parto (e até o 3º mês pós-aborto) (sulfato ferroso comprimidos), disponível no menu acompanhamento. O Coordenador Estadual poderá escolher a cidade na caixa de seleção, onde diz selecione e clicar em Ok. Caso o acesso esteja sendo realizado pelo coordenador municipal, não precisará selecionar a cidade, pois este terá acesso direto ao ambiente de sua responsabilidade. 29

30 Esta é a tela de acompanhamento. Para inserir dados de acompanhamento, o usuário irá clicar no mês que fará a inserção. Todos os dados inseridos podem ser visualizados nesta tela. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. Se desejar imprimir a tela para controle das informações, clicar em Imprimir. 30

31 Esta tela permitirá a inserção dos dados de acompanhamento da entrega dos comprimidos de sulfato ferroso para mulheres até o 3º mês pós-parto (e até o 3º mês pós-aborto). As informações deverão ser inseridas, mensalmente, em valores numéricos, em conformidade com o disposto no consolidado mensal de acompanhamento do fornecimento de suplementos. Após a inserção, clicar em Inserir. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. 31

32 Sulfato ferroso em frasco Para registrar a entrega de frascos de sulfato ferroso para mulheres até o 3º mês pós-parto (e até o 3º mês pós-aborto), faz-se necessário que o coordenador acesse a opção mulheres até o 3º mês pós-parto (e até o 3º mês pós-aborto) (sulfato ferroso Frascos), disponível no menu acompanhamento. O Coordenador Estadual poderá escolher a cidade na caixa de seleção, onde diz selecione e clicar em Ok. Caso o acesso esteja sendo realizado pelo coordenador municipal, não precisará selecionar a cidade, pois este terá acesso direto ao ambiente de sua responsabilidade. Esta é a tela de acompanhamento. Para inserir dados de acompanhamento, o usuário irá clicar no mês que fará a inserção. Todos os dados inseridos podem ser visualizados nesta tela. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. Se desejar imprimir a tela para controle das informações, clicar em Imprimir. 32

33 Esta tela permitirá a inserção dos dados de acompanhamento da entrega de frascos de sulfato ferroso para mulheres até o 3 mês pós-parto (e até o 3º mês pós-aborto).as informações deverão ser inseridas, mensalmente, em valores numéricos, numéricos, em conformidade com o disposto no consolidado mensal de acompanhamento do fornecimento de suplementos. Após a inserção, clicar em Inserir. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. 33

34 2.2 Perda de Suplementos Frascos de xarope de sulfato ferroso Para registrar a perda de frascos de xarope de sulfato ferroso, o coordenador estadual irá escolher a cidade na caixa de seleção, onde diz selecione e após a escolha clicar em Ok. Caso o acesso esteja sendo realizado pelo coordenador municipal, não será necessário selecionar a cidade, pois ao inserir sua senha, o ambiente será específico do município de sua responsabilidade. Esta é a tela para registro de perda de frascos de xarope de sulfato ferroso. Para inserir os dados de perda, o usuário clicará no mês que fará a inserção dos dados. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. Se desejar imprimir a tela para controle das informações, clicar em Imprimir. 34

35 Esta tela permite a seleção do motivo da perda e a inserção do total de frascos de xarope de sulfato ferroso perdidos para cada um dos motivos. Para selecionar o motivo da perda, clicar em selecione e escolher dentre os itens: algum tipo de danificação, extravio, outro motivo ou vencimento de validade. Ao lado do motivo da perda, localiza-se o campo total, onde deve ser informada, a quantidade de suplementos perdidos, conforme disposto no consolidado mensal do fornecimento de suplementos. Após a inclusão de todas as informações sobre perda de suplementos para o mês determinado, clicar em Inserir. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. Abaixo do quadro de inserção de informações, poderá ser visualizado um histórico dos motivos e dos quantitativos de suplementos perdidos. 35

36 Caso seja necessário alterar a quantidade de frascos de xarope de sulfato ferroso, basta clicar no motivo e modificar o valor da perda, clicando em Alterar. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. 36

37 2.2.2 Comprimidos de ácido fólico Para registrar a perda de comprimidos de ácido fólico, o coordenador estadual irá escolher a cidade na caixa de seleção, onde diz selecione e após a escolha clicar em Ok. Caso o acesso esteja sendo realizado pelo coordenador municipal, não será necessário selecionar a cidade, pois ao inserir sua senha, o ambiente será específico do município de sua responsabilidade. 37

38 Esta é a tela para registro da perda de comprimidos de ácido fólico. Para inserir os dados de perda, o usuário clicará no mês que fará a inserção dos dados. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. Se desejar imprimir a tela para controle das informações, clicar em Imprimir. 38

39 Esta tela permite a seleção do motivo da perda e a inserção do total de comprimidos de ácido fólico perdidos para cada um dos motivos. Para selecionar o motivo da perda, clicar em selecione e escolher dentre os itens: algum tipo de danificação, extravio, outro motivo ou vencimento de validade. Ao lado do motivo da perda, localiza-se o campo total, onde deve ser informada, a quantidade de suplementos perdidos, conforme disposto no consolidado mensal do fornecimento de suplementos. Após a inclusão de todas as informações sobre perda de suplementos para o mês determinado, clicar em Inserir. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. Abaixo do quadro de inserção de informações, poderá ser visualizado um histórico dos motivos e dos quantitativos de suplementos perdidos. 39

40 Caso seja necessário alterar a quantidade de comprimidos de ácido fólico, basta clicar no motivo e modificar o valor da perda, clicando em Alterar. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. 40

41 2.2.3 Comprimidos de sulfato ferroso Para registrar a perda de comprimidos de sulfato ferroso, o coordenador estadual irá escolher a cidade na caixa de seleção, onde diz selecione e após a escolha clicar em Ok. Caso o acesso esteja sendo realizado pelo coordenador municipal, não será necessário selecionar a cidade, pois ao inserir sua senha, o ambiente será específico do município de sua responsabilidade. 41

42 Esta é a tela para registro da perda de comprimidos de sulfato ferroso. Para inserir os dados de perda, o usuário clicará no mês que fará a inserção dos dados. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. Se desejar imprimir a tela para controle das informações, clicar em Imprimir. 42

43 Esta tela permite a seleção do motivo da perda e a inserção do total de comprimidos de sulfato ferroso perdidos para cada um dos motivos. Para selecionar o motivo da perda, clicar em selecione e escolher dentre os itens: algum tipo de danificação, extravio, outro motivo ou vencimento de validade. Ao lado do motivo da perda, localiza-se o campo total, onde deve ser informada, a quantidade de suplementos perdidos, conforme disposto no consolidado mensal do fornecimento de suplementos. Após a inclusão de todas as informações sobre perda de suplementos para o mês determinado, clicar em Inserir. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. Abaixo do quadro de inserção de informações, poderá ser visualizado um histórico dos motivos e dos quantitativos de suplementos perdidos. 43

44 Caso seja necessário alterar a quantidade de comprimidos de sulfato ferroso, basta clicar no motivo e modificar o valor da perda, clicando em Alterar. * Caso o coordenador estadual deseje escolher outra cidade para se fazer o acompanhamento, clicar em Voltar. 44

45 45

46 2.3 Controle de Estoque previsto para desenvolvimento Controle de distribuição Encaminhamento Confirmação Encaminhamento Histórico Recebimento Confirmação Recebimento - Histórico 46

47 2.4 - Relatórios Quantitativo total da população Esta é a tela para geração do relatório de quantitativo total da população de crianças, gestantes e mulheres até o 3º mês pós-parto (e até o 3º mês pós-aborto). Para visualizar as informações deste relatório, basta selecionar o estado de Interesse na caixa de seleção e clicar em Ok. Se desejar voltar para a página inicial do Programa Nacional de Suplementação de Ferro, clicar em Voltar. Esta é a tela de visualização do relatório de quantitativo total da população de crianças, gestantes e mulheres até o 3º mês pós-parto (e até o 3º mês pósaborto) de todos os estados. Clicando-se em algum estado abrirá o relatório somente daquela UF. Se desejar imprimir para controle das informações, clicar em Imprimir. Se desejar voltar para a página que contém todos os Estados, clicar em Voltar. 47

48 48

49 Esta é a tela de visualização do relatório de quantitativo total da população de crianças, gestantes e mulheres até o 3º mês pós-parto (e até o 3º mês pósaborto) de um estado específico. Se desejar imprimir para controle das informações, clicar em Imprimir. Se desejar voltar para a página que contém todos os Estados, clicar em Voltar. 49

50 2.4.2 Quantitativo de suplementos distribuídos Esta é a tela para geração do relatório de quantitativo de suplementos distribuídos. Para visualizar as informações deste relatório, o coordenador estadual deverá selecionar o município, ciclo de vida, suplemento e o mês, e clicar em Ok. Caso o acesso esteja sendo realizado pelo coordenador municipal, não será necessário selecionar a cidade, sendo necessário apenas a seleção do ciclo de vida, suplemento e mês que se deseja pesquisar. Se desejar voltar para a página inicial do Programa Nacional de Suplementação de Ferro, clicar em Voltar. 50

51 Esta é a tela de visualização do relatório do quantitativo de suplementos distribuídos. Na tela abaixo há o exemplo do quantitativo de comprimidos de ácido fólico distribuídos, mensalmente, em um determinado município. Se desejar imprimir para controle das informações, clicar em Imprimir. Se desejar voltar para a página que contém todos os parâmetros de escolha para geração do relatório, clicar em Voltar. 51

52 Esta é a tela de visualização do relatório do quantitativo de suplementos distribuídos por ciclo de vida. Na tela abaixo, há o exemplo do quantitativo de comprimido de ácido fólico distribuídos, mensalmente, para as gestantes de um determinado município. Se desejar imprimir para controle das informações, clicar em Imprimir. Se desejar voltar para a página que contém todos os parâmetros de escolha para geração do relatório, clicar em Voltar. 52

53 2.4.3 Quantitativo de suplementos estocados - previsto para desenvolvimento Perda de suplementos Esta é a tela para geração do relatório da perda de suplementos. Para visualizar as informações deste relatório, o coordenador estadual deverá selecionar o município, suplemento, motivo da perda (extravio, vencimento de validade, algum tipo de danificação ou outro motivo) e o mês, e clicar em Ok.Caso o acesso esteja sendo realizado pelo coordenador municipal, não será necessário selecionar a cidade, sendo necessário apenas a seleção do suplemento, motivo da perda e mês que se deseja pesquisar. Se desejar voltar para a página inicial do programa nacional de suplementação de Ferro, clicar em Voltar. 53

54 Esta é a tela de visualização do relatório de perda de suplementos. Na tela abaixo, há o exemplo do quantitativo de comprimidos de ácido fólico perdidos em cada mês. Se desejar imprimir para controle das informações, clicar em Imprimir. Se desejar voltar para a página que contém todos os parâmetros de escolha para geração do relatório, clicar em Voltar. 54

55 2.4.5 Total da população x população assistida Esta é a tela para geração do relatório da total da população x população assistida. Para visualizar as informações deste relatório, basta selecionar o estado, o município, o ciclo de vida e o mês que se deseja pesquisar, e clicar em Ok. Se desejar voltar para a página inicial do Programa Nacional de Suplementação de Ferro, clicar em Voltar. Esta é a tela de visualização do relatório de total da população x população assistida. Na tela abaixo, encontram-se as informações gerais de todos os estados. Ao clicar na opção clique no estado para listar os municípios podese verificar informações mais específicas por município. Se desejar imprimir para controle das informações, clicar em Imprimir. Se desejar voltar para a página que contém todos os parâmetros de escolha para geração do relatório, clicar em Voltar. 55

56 56

57 Esta é a tela para geração do relatório da total da população x população assistida. Para visualizar as informações deste relatório por estado, basta selecionar o estado, o município, o ciclo de vida e o mês que se deseja pesquisar, e clicar em Ok. Se desejar voltar para a página inicial do Programa Nacional de Suplementação de Ferro, clicar em Voltar. 57

58 Esta é a tela de visualização do relatório de total da população x população assistida dos municípios de um estado específico, na tela abaixo, há o exemplo da população de crianças, gestantes e mulheres até o 3º mês pós-parto assistida nos municípios do estado de Roraima Se desejar imprimir para controle das informações, clicar em Imprimir. Se desejar voltar para a página que contém todos os parâmetros de escolha para geração do relatório, clicar em Voltar. 58

59 2.5 - Sistema Informações de acesso - previsto para desenvolvimento Alteração de senha Esta é a tela que permite a alteração da senha de acesso do usuário. Caso deseje alterar a própria senha, o coordenador deverá preencher os campos senha atual (senha antiga), escolher a sua nova senha e confirmar esta nova senha no campo seguinte. Devendo esta ter no mínimo 6 dígitos e no máximo 9. Clicar em alterar para efetuar o procedimento de alteração de senha. Se desejar voltar para a página inicial do Programa Nacional de Suplementação de Ferro, clicar em voltar. Esta é a tela que confirma se a senha foi realmente alterada com sucesso. Clicar em OK e retornar para a página inicial do Programa Nacional de Suplementação de Ferro. 59

60 2.6 - Cadastro Instituição Na tela de Cadastro da Instituição aparecem todas os dados da pessoa jurídica, ou seja, da Secretaria estadual de Saúde, por isso se o acesso for a nível municipal ou regional não será permitido a visualização dessa tela. Se for necessário atualizar os dados cadastrais clicar em atualizar. Se desejar voltar para a página inicial do Programa Nacional de Suplementação de Ferro, clicar em voltar. 60

61 61

62 Esta é a tela para a confirmação dos telefones já cadastrados da pessoa jurídica. Para excluir, inserir ou alterar telefones basta clicar na opção desejada. 62

63 A tela abaixo permite a confirmação dos dados da pessoa jurídica, podendo o usuário imprimir as informações para seu controle e depois clicar em OK. 63

64 2.6.2 Regional de Saúde O cadastro de Regional de Saúde somente estará disponível para os gestores estaduais. Na tela aparecem todas as regionais já cadastradas e se já existem pessoas com o perfil de gestor regional. Se desejar cadastrar outras regionais de saúde, clicar onde diz clique aqui para cadastrar uma nova Regional de Saúde. Caso seja necessário atualizar os dados cadastrais de alguma delas, basta clicar na opção alterar. 64

65 Se desejar verificar todos os dados cadastrais da regional de saúde com os usuários vinculados a regional em questão, clicar em detalhes. 65

66 Na tela do cadastro de uma nova regional de saúde sempre aparecerá o CNPJ da Secretaria Estadual de Saúde. Observar que os campos marcados com * são obrigatórios. Para atualizar informações, clicar em Inserir. 66

67 Deve-se cadastrar pelo menos um número de telefone, pois é um dado obrigatório, clicar em Inserir. 67

68 O usuário poderá cadastrar os telefones do tipo comercial, celular, fax escolhendo o tipo na caixa de seleção onde aparece Selecione. Inserir o(s) telefone(s) com o DDD, número completo e ramal se houver. Após o término do processo, clicar em Inserir. 68

69 Esta é a tela de confirmação dos números de telefone inseridos. Para confirmar, clicar no botão Ok. 69

70 Nesta tela o usuário poderá inserir, alterar ou excluir quaisquer dos tipos de telefones cadastrados. Basta clicar no botão correspondente a escolha. Se todos os dados estiverem corretos, clicar em Ok. 70

71 A tela abaixo permite a confirmação dos dados da Regional de Saúde, podendo o usuário imprimi-las para seu controle e depois clicar em OK. 71

72 Usuário Na tela de Cadastro de Usuário aparecem todas as pessoas já cadastradas com o respectivo perfil. Quando um usuário for um gestor regional e estiver sem vinculação a uma regional de saúde, clicar em sem vinculação para fazer o vínculo do usuário com uma da(s) regional(is) de saúde cadastrada(s) naquele estado. Se desejar cadastrar outros usuários, clicar onde diz clique aqui para cadastrar um novo usuário. Caso seja necessário atualizar os dados cadastrais de algum deles, basta clicar em alterar. Se desejar excluir algum usuário, clicar em excluir. 72

73 Esta é a tela que permitirá a alteração dos dados do gestor regional ou digitador estadual. Observar que os campos marcados com * são obrigatórios. Atualizando as informações necessárias, clicar em Atualizar. 73

74 Esta é a tela para a confirmação dos telefones já cadastrados da pessoa física. Para excluir, inserir ou alterar telefones cadastrados, basta clicar na opção desejada. O mesmo procedimento será feito para o cadastro de . 74

75 A tela abaixo permite a confirmação da pessoa física, sempre vinculada a uma pessoa jurídica, podendo o usuário imprimir as informações para seu controle e depois clicar em OK. 75

76 Para cadastrar novos usuários, o gestor estadual deverá clicar na opção clique aqui para cadastrar um novo usuário, inserir um número válido de CPF e clicar em enviar. 76

77 Em seguida, o gestor estadual deverá preencher todos os campos relativos ao cadastro da pessoa física. Caso o CPF já esteja na base de dados, os campos já aparecerão preenchidos. Observar que os campos marcados com * são obrigatórios. Na escolha do perfil as opções são digitador estadual e gestor regional. Para atualizar as informações necessárias, clicar em Atualizar. 77

78 Esta é a tela para confirmação dos telefones já cadastrados da pessoa física. Caso precise excluir, inserir ou alterar, basta clicar na opção desejada. O mesmo procedimento será feito para o cadastro de . 78

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Apresentação Este sistema faz parte do Portal NFS Digital e tem o intuito de ser utilizado por emissores de Nota Fiscal de Serviços

Leia mais

SUMÁRIO ACESSANDO O SISTEMA... 3 ACESSANDO O MENU DE CONSULTAS...6. Exemplos Práticos:...7. 1. Consulta SPC MIX...7

SUMÁRIO ACESSANDO O SISTEMA... 3 ACESSANDO O MENU DE CONSULTAS...6. Exemplos Práticos:...7. 1. Consulta SPC MIX...7 1 SUMÁRIO ACESSANDO O SISTEMA... 3 ACESSANDO O MENU DE CONSULTAS......6 Exemplos Práticos:...7 1. Consulta SPC MIX...7 2. Consulta SPC Master Jurídico...10 3. Consulta SPC Múltipla... 133 INCLUSÃO / EXCLUSÃO

Leia mais

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Secretaria De Estado de Fazenda Superintendência de Gestão da Informação Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários DECLARAÇÃO DE COMPRA

Leia mais

MANUAL DE SISTEMA. Página1

MANUAL DE SISTEMA. Página1 Página1 Página2 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 3 2 Passo a Passo... 4 2.1. Visão inicial do Sistema Presença 4 2.2. Solicitar Acesso 5 2.3. Substituição do Operador Municipal Máster 7 2.4. Acessar

Leia mais

Manual do Sistema Carteira do Idoso

Manual do Sistema Carteira do Idoso Manual do Sistema Carteira do Idoso SUMÁRIO Manual do Sistema Carteira do Idoso... 3 1. Acessando o Sistema... 3 2. Tela Inicial... 4 2.1. Início... 5 2.2. Pesquisar Idoso... 5 2.2.1. Como pesquisar o

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SISTEMA INFORMATIZADO DE REGISTRO PROFISSIONAL - SIRPWEB MANUAL DO USUÁRIO

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SISTEMA INFORMATIZADO DE REGISTRO PROFISSIONAL - SIRPWEB MANUAL DO USUÁRIO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SISTEMA INFORMATIZADO DE REGISTRO PROFISSIONAL - SIRPWEB MANUAL DO USUÁRIO 1 Sumário 1. Solicitações... 3 1.1 Solicitação do registro profissional... 3 1.2 Prorrogação

Leia mais

Universidade Federal Fluminense SIRH - SISTEMAS INTEGRADOS DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA DE FREQUÊNCIA

Universidade Federal Fluminense SIRH - SISTEMAS INTEGRADOS DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA DE FREQUÊNCIA Universidade Federal Fluminense SIRH - SISTEMAS INTEGRADOS DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA DE FREQUÊNCIA MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE 1.0 OBJETIVO:...3 2.0 ACESSO AO SISTEMA:...3 3.0 BOLETIM DE FREQÜÊNCIA:...4

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo SISRH

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo SISRH Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo SISRH Sistema de Gestão de Pessoas Versão 2.0a Manual de Operação

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema

Manual de Utilização do Sistema Manual de Utilização do Sistema 2015 Nota Control Nota Premiada Índice Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento Parte II Apresentação 1 Menu Home 2 Menu Cadastro 3 Menu Entrar 4 Menu Sorteio Realizados

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação TUTORIAL Envio e Recebimento de arquivos de consignação Para acessar o Web Colaborador e transferir arquivos de consignação, entre com os dados de CNPJ, usuário e senha, nos campos correspondentes. Regras

Leia mais

Manual do Usuário Versão 01. Ficha de Oportunidade

Manual do Usuário Versão 01. Ficha de Oportunidade Versão 01 Ficha de Oportunidade HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição Autor 24/11/2011 01 Desenvolvimento do manual do usuário baseado nas informações do sistema junto com apoio dos técnicos de implantação.

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

Sistema de Controle. Como entrar no sistema. Tela inicial. Funcionalidades do sistema. Controle de permissões. Menu Aplicativo

Sistema de Controle. Como entrar no sistema. Tela inicial. Funcionalidades do sistema. Controle de permissões. Menu Aplicativo Sistema de Controle Logístico de Medicamentos Como entrar no sistema 1 Tela inicial Funcionalidades do sistema Controle de permissões Menu Aplicativo Gerenciador de relatórios 0800 61 2439 siclom@aids.gov.br

Leia mais

NOVO SISTEMA SPC BRASIL MANUAL DE INSTRUÇÕES

NOVO SISTEMA SPC BRASIL MANUAL DE INSTRUÇÕES NOVO SISTEMA SPC BRASIL MANUAL DE INSTRUÇÕES 1 SUMÁRIO ACESSO GERAL ACESSANDO O SISTEMA... 3 ACESSANDO O MENU DE CONSULTAS... 5 Exemplos Práticos:... 7 1. Consulta SPC MIX... 7 2. Consulta SPC Master Jurídico...

Leia mais

SIPED - Sistema de Investimento em Pesquisa e Desenvolvimento. Reservado ao Ambiente Interno da ANP

SIPED - Sistema de Investimento em Pesquisa e Desenvolvimento. Reservado ao Ambiente Interno da ANP Versão 2.0 SIPED - Sistema de Investimento em Pesquisa e Aviso de Sigilo Este documento contém informações reservadas à ANP, sendo o documento como um todo classificado no nível reservado, conforme art.

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

Cadastro de Corretores Manual do Usuário

Cadastro de Corretores Manual do Usuário susep 2012 Cadastro de Corretores SUSEP - CGETI - COSIM Fevereiro/2012 Conteúdo Apresentação...3 Mapa do Sistema de Cadastro de Corretores...4 Padrões...5 Acesso ao Sistema...6 Menu Principal...6 Informações

Leia mais

Proposta de Oferta de Curso Unidade de Ensino Bolsa-Formação na forma subsequente

Proposta de Oferta de Curso Unidade de Ensino Bolsa-Formação na forma subsequente PRONATEC Proposta de Oferta de Curso Unidade de Ensino Bolsa-Formação na forma subsequente Acesso ao módulo de Proposta de Curso Descrição Este documento visa apresentar ao usuário da unidade de ensino

Leia mais

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Manual de Utilização Perfil Beneficiário 1. 2. Objetivo do Manual... 2 Siglas e Abreviações... 2 3. Perfil do Usuário... 2 4. Descrição Geral do Sistema...

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Credenciamento do Proponente. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - Siconv. Credenciamento do Proponente. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Credenciamento do Proponente Manual

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

Instruções de Preenchimento Situação do Aluno (Preliminar)

Instruções de Preenchimento Situação do Aluno (Preliminar) Instruções de Preenchimento Situação do Aluno (Preliminar) 1 2 Conteúdo INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICAÇÃO... 5 AUTENTICAR USUÁRIO... 5 USUÁRIO SEM INFORMAÇÃO DE E-MAIL... 5 SOLICITAR NOVA SENHA... 7 Acesso

Leia mais

PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL

PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL 1. Acesse http://siops.datasus.gov.br, opção Certificação Digital. 1.1. Acesse a 1ª ETAPA - Orientações Gerais e leia as informações para ter uma visão

Leia mais

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Desde o dia 01 de dezembro, o novo sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (SIGPBF) do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) está disponível para os

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO A marca do melhor atendimento. Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3.

Leia mais

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário Sistema de Protocolo Manual do Usuário Atualizado em 05/06/2010 2 Apresentação Módulo Protocolo Está disponível de forma integrada com todos os órgãos para registrar e acompanhar, de modo atualizado e

Leia mais

Utilizando o SISPC para efetuar Registros

Utilizando o SISPC para efetuar Registros Utilizando o SISPC para efetuar Registros 1. Registros O b j e t i v o Através do módulo de registros do sistema serão executadas as operações de inclusão de pessoas inadimplentes na base de dados do SPC.

Leia mais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais SIGECORS Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais Outubro 2008 Índice 1. Registrando Usuários 2. Acesso ao Sistema 3. Logar no Sistema 4. Esquecimento de Senha 5. Alteração de Senha 6.

Leia mais

Manual de acesso à área de cliente MEU SITE EXPRESSO

Manual de acesso à área de cliente MEU SITE EXPRESSO 1 Manual de acesso à área de cliente MEU SITE EXPRESSO Para a comodidade dos nossos clientes, criamos uma área exclusiva onde cada cliente com seu usuário e senha, pode efetuar o pagamento de sua mensalidade,

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

Manual do Software de Cobrança Itaú

Manual do Software de Cobrança Itaú Banco Itaú SA Manual do Software de Cobrança Itaú Última atualização: agosto/2006 Índice 1 Visão Geral 03 2 Instalação 03 3 Inserindo os dados de sua empresa 03 4 Inserindo os dados dos títulos de Cobrança

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO SERVIDOR 1ºGRAU MÓDULO 1 Sumário 1 Acesso ao Sistema...3 2 Quadro de Aviso...4 3 Menu...8 3.1 Audiência...8 3.1.1 Tempo

Leia mais

Página como comprar REQUISITOS

Página como comprar REQUISITOS Página como comprar REQUISITOS Só poderão realizar compras de Ingressos Corporativos Super Saver pessoas Jurídicas, ou seja, empresas registradas no Brasil que possuam CNPJ válidos. 1ª ETAPA - CADASTRO

Leia mais

Manual de Utilização Autorizador Web V2

Manual de Utilização Autorizador Web V2 Manual de Utilização Autorizador Web V2 OBJETIVO Esse manual tem como objetivo o auxílio no uso do Autorizador de Guias Web V2 do Padre Albino Saúde. Ele serve para base de consulta de como efetuar todos

Leia mais

Autorização de Empreendimentos de Fauna Silvestre Etapa 1.1(b) Cadastro da Pessoa Jurídica e Cadastro da Atividade.

Autorização de Empreendimentos de Fauna Silvestre Etapa 1.1(b) Cadastro da Pessoa Jurídica e Cadastro da Atividade. Autorização de Empreendimentos de Fauna Silvestre Etapa 1.1(b) Cadastro da Pessoa Jurídica e Cadastro da Atividade. a) O acesso à página de Cadastro de Atividades do CTF é feito por meio do menu de Serviços

Leia mais

Grupo de Apoio Manual de Usuário 09/05/2011 FAPESP

Grupo de Apoio Manual de Usuário 09/05/2011 FAPESP Grupo de Apoio Manual de Usuário FAPESP Conteúdo Introdução... 3 Manutenção de usuários de apoio... 3 Acesso à funcionalidade... 3 Inclusão de novo usuário... 4 Exclusão de usuários... 8 Acompanhar PC...

Leia mais

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal Manual de uso do RM Portal Acessando o portal 1º) Deve-se abrir um browser de internet (Utilizar o Internet Explorer para uma melhor visualização do portal). Após o browser aberto, deve-se digitar o endereço

Leia mais

Para pesquisar o código do cliente, caso não saiba, aperte o botão ao lado do campo Cliente.

Para pesquisar o código do cliente, caso não saiba, aperte o botão ao lado do campo Cliente. Procedimento de Lançamento de Vendas Sistema SVC 1 Para lançar um bilhete de venda ou lançar uma venda e emitir um bilhete pelo Sistema, abra a tela de vendas e pressione o botão inserir no menu superior.

Leia mais

PESSOA FÍSICA e PESSOA JURÍDICA

PESSOA FÍSICA e PESSOA JURÍDICA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS SIASGnet - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS

Leia mais

Índice. Tela Inicial -------------------------------------------------------------- 5

Índice. Tela Inicial -------------------------------------------------------------- 5 Índice Tela Inicial -------------------------------------------------------------- 5 Alteração de Senhas ------------------------------------------------------ 7 Inclusões de funcionários e dependentes

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema

Manual de Utilização do Sistema Manual de Utilização do Sistema 2013 Nota Control Nota Cuiabana Índice Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento Parte II Apresentação 1 Menu Home 2 Menu Cadastro 3 Menu Já sou cadastrado 4 Menu

Leia mais

CADASTRO NACIONAL DE ADOÇÃO

CADASTRO NACIONAL DE ADOÇÃO CADASTRO NACIONAL DE ADOÇÃO MANUAL DE SERVIDORES DE CORREGEDORIA Versão 1.2 1 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 4 USUÁRIOS... 5 1. ACESSO AO SISTEMA... 6 2. TELA DE LOGIN DO CADASTRO NACIONAL DE ADOÇÃO:... 8 2.0

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software NeXT ERP Manual do usuário Resumo das principais funcionalidades Dezembro/2009 NeXT Software Página 1 de 33 Índice Iniciando NeXT ERP...3 Tela inicial...3 Interface padrão do NeXT ERP...3 Interface - Cadastro

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

Guia operação site www.atu.com.br

Guia operação site www.atu.com.br Guia operação site www.atu.com.br OBS: as telas no site bem como no sistema de gestão poderão sofrer alguma alteração, com base nos exemplos ilustrativos deste manual. 1. Objetivo Este guia tem como objetivo

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O BOLSA FAMÍLIA NA SAÚDE. - 3 a Edição -

MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O BOLSA FAMÍLIA NA SAÚDE. - 3 a Edição - MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O BOLSA FAMÍLIA NA SAÚDE - 3 a Edição - BRASILIA DF 2009 1 MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica Coordenação-Geral da Política de

Leia mais

COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro

COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro Índice 1. Fluxo de Solicitação 2. Acesso ao Aplicativo 3. Alteração de Senha 4. Opções do Menu 5. Pesquisar um item já existente 6. Como criar

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças

Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Índice SIMEC Página 02 de10 Guia Rápido Solicitando Cadastro...4 Alterando a Chave de Acesso...6 Navegação...7 Índice de Figuras Fig. 1 Tela Inicial...4 Fig.

Leia mais

Manual do usuário APRESENTAÇÃO... 2 ACESSO AO SISTEMA... 3 CONHECENDO O SISTEMA...4 MENU ADMINISTRATIVO... 5 MENU FINANCEIRO... 6 MENU CONSULTA...

Manual do usuário APRESENTAÇÃO... 2 ACESSO AO SISTEMA... 3 CONHECENDO O SISTEMA...4 MENU ADMINISTRATIVO... 5 MENU FINANCEIRO... 6 MENU CONSULTA... Manual do usuário APRESENTAÇÃO... 2 ACESSO AO SISTEMA... 3 CONHECENDO O SISTEMA...4 MENU ADMINISTRATIVO... 5 MENU FINANCEIRO... 6 MENU CONSULTA... 7 MENU TABELA...8 CADASTRANDO USUÁRIO (LOGIN)...11 PERMISSÃO

Leia mais

CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS

CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS MANUAL

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

Faturamento Eletrônico Padrão ANS. Sumário

Faturamento Eletrônico Padrão ANS. Sumário Sumário 1. VISÃO GERAL...2 2. CONFIGURAÇÕES...2 2.1 CADASTRAR CONVÊNIOS...3 2.2 CADASTRAR COMPETÊNCIA...4 2.3 CADASTRAR LOTES...4 3. GUIAS DE CONSULTA...5 4. GUIAS DE SP/SADT...5 4. GUIAS DE OUTRAS DESPESAS...6

Leia mais

Sistema de Bilhetagem Eletrônica

Sistema de Bilhetagem Eletrônica GUIA DE REFERÊNCIA SIB Sistema de Bilhetagem Eletrônica Projeto Sistema de Bilhetagem Eletrônica Documento MR (17/Maio/2011) Tabela 1 Histórico das alterações no documento Data Versão Autor Descrição 09/11/2010

Leia mais

1 Natuur Online Cadastre-se Nome, Login E-mail Cadastrar.

1 Natuur Online Cadastre-se Nome, Login E-mail Cadastrar. 1 Essa é a tela de acesso do Natuur Online, clique aqui para acessar o site e siga o passo-apasso abaixo. Se esse é o seu primeiro acesso, clique em Cadastre-se. 2 - Preencha os dados solicitados com Nome,

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANGARATIBA. Manual Rápido SERVIDOR PÚBLICO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANGARATIBA. Manual Rápido SERVIDOR PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE MANGARATIBA Manual Rápido SERVIDOR PÚBLICO CONTRACHEQUE E COMPROVANTE DE RENDIMENTOS MANUAL DESENVOLVIDO PELA: SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO PESSOAL Elaborado

Leia mais

Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Instituto Ambiental do Paraná. Funções do Módulo Requerimento de Mudas Nativas

Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Instituto Ambiental do Paraná. Funções do Módulo Requerimento de Mudas Nativas Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos Instituto Ambiental do Paraná SGA Sistema de Gestão Ambiental Manual do Usuário Funções do Módulo Requerimento de Mudas Nativas Outubro 2014 Equipe: CELEPAR

Leia mais

Autocadastramento. (Roteiro para Solicitação de Acesso Remoto)

Autocadastramento. (Roteiro para Solicitação de Acesso Remoto) Autocadastramento (Roteiro para Solicitação de Acesso Remoto) Superintendência de Serviços Privados SPV Gerência Geral de Serviços Privados PVST Gerência de Autorização PVSTA 1. Acesso aos Sistemas Interativos

Leia mais

Manual de Procedimentos do novo Módulo de Atendimento Técnico HELPDESK

Manual de Procedimentos do novo Módulo de Atendimento Técnico HELPDESK Manual de Procedimentos do novo Módulo de Atendimento Técnico HELPDESK Novembro/2008 Módulo de Atendimento Técnico HELPDESK 2 O acesso ao Módulo de Atendimento Técnico é feito através da internet (Mozilla)

Leia mais

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência Sumário ORIENTAÇÕES GERAIS... 3 O que são Pessoas Obrigadas... 4 O que é o SISCOAF... 4 Quem deve

Leia mais

MÓDULO 5 Movimentações

MÓDULO 5 Movimentações MÓDULO 5 Movimentações Bem-vindo(a) ao quinto módulo do curso. Agora que você já conhece as entradas no HÓRUS, aprenderá como são feitas as movimentações. As movimentações do HÓRUS são: Requisição ao Almoxarifado:

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.11 1

MANUAL VERSÃO 2.11 1 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 O QUE É O EOL?... 3 3 ACESSO AO CLIENTE... 3 4 ACESSANDO O EOL... 3 5 TELA INICIAL... 4 6 EXAMES ADMISSIONAIS... 5 7 MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 8 EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA NOTA FISCAL DE SERVIÇO AVULSA NFS-eA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA NOTA FISCAL DE SERVIÇO AVULSA NFS-eA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA NOTA FISCAL DE SERVIÇO AVULSA NFS-eA 130519 Conteúdo Funcionamento... 3 Solicitar Habilitação para emissão de NFS-eA... 3 Acesso ao sistema... 4 Emissão de NFS-eA... 5 Copiar e

Leia mais

Para envio de Termos de Contrato, Editais de Licitação e Atos de Pessoal TCM-GO SUPERINTENDÊNCIA DE INFORMÁTICA

Para envio de Termos de Contrato, Editais de Licitação e Atos de Pessoal TCM-GO SUPERINTENDÊNCIA DE INFORMÁTICA Para envio de Termos de Contrato, Editais de Licitação e Atos de Pessoal TCM-GO SUPERINTENDÊNCIA DE INFORMÁTICA :: Acesso Inicial ( p/ acessar o módulo de Envio e Cadastro) Clique no link Portal dos Jurisdicionados,

Leia mais

Tutorial Folha Express. Como otimizar a confecção da folha de pagamento.

Tutorial Folha Express. Como otimizar a confecção da folha de pagamento. Tutorial Folha Express Como otimizar a confecção da folha de pagamento. Índice Apresentação Pág. 2 Passo 1 Pág. 3 Disponibilização da Folha de Pagamento Passo 2 Pág. 5 Exportação de clientes e Folha de

Leia mais

SERVICE DESK MANAGER SDM. Manual do Sistema - DPOI

SERVICE DESK MANAGER SDM. Manual do Sistema - DPOI SERVICE DESK MANAGER SDM Manual do Sistema - DPOI Conteúdo SERVICE DESK MANAGER SDM... 1 Manual do Sistema - DPOI... 1 INTRODUÇÃO... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 OPÇÕES DO SISTEMA... 6 SISTEMA... 7 Pesquisar

Leia mais

Ambiente de Pagamentos

Ambiente de Pagamentos GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃOTRIBUTÁRIA DIRETORIA DE INFORMAÇÕES Ambiente de Pagamentos Manual do Contribuinte Versão 26/09/2011 Índice Analítico 1.

Leia mais

Manual do REC. Sistema de Registro de Categorias

Manual do REC. Sistema de Registro de Categorias Manual do REC Sistema de Registro de Categorias (Usuário Externo) Atualizado em Dezembro/2013 Versão 2.0 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 6 2. FLUXO DO SISTEMA... 6 3. AUTENTICAÇÃO... 7 4. VINCULAR REPRESENTANTE/REPRESENTADO...

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Manual do Usuário WEB Versão 1.0

Manual do Usuário WEB Versão 1.0 Manual do Usuário WEB Versão 1.0 GSI / SRA Novembro de 2007 Sistema de Rede de Apoio Manual do Usuário Web 1. OBJETIVOS... 3 2. ACESSANDO O SISTEMA... 3 3. OPÇÕES DISPONÍVEIS PARA CATEGORIA PESSOA FÍSICA...

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA Secretaria de Defesa Agropecuária - SDA Vigilância Agropecuária Internacional - VIGIAGRO

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA Secretaria de Defesa Agropecuária - SDA Vigilância Agropecuária Internacional - VIGIAGRO Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA Secretaria de Defesa Agropecuária - SDA Vigilância Agropecuária Internacional - VIGIAGRO Manual Perfil: Representante Legal SIGVIG - Sistema de

Leia mais

OBJETIVO 1 ACESSANDO O SISTEMA 2 - TELA PRINCIPAL 3 MÓDULO ETIQUETAS 4 - CADASTRAR DOCUMENTOS 5 ANEXAR DOCUMENTOS 6 MENU TRÂMITE 6.

OBJETIVO 1 ACESSANDO O SISTEMA 2 - TELA PRINCIPAL 3 MÓDULO ETIQUETAS 4 - CADASTRAR DOCUMENTOS 5 ANEXAR DOCUMENTOS 6 MENU TRÂMITE 6. Sumário OBJETIVO... 2 1 ACESSANDO O SISTEMA... 3 2 - TELA PRINCIPAL (Painel de Controle)... 4 3 MÓDULO ETIQUETAS... 4 4 - CADASTRAR DOCUMENTOS... 7 5 ANEXAR DOCUMENTOS... 15 6 MENU TRÂMITE... 18 6.1 RECEBER

Leia mais

Manual do Usuário Instituição

Manual do Usuário Instituição 1 Manual do Usuário Instituição Área Restrita Site de Certificação Controle: D.04.36.00 Data da Elaboração: 13/08/2014 Data da Revisão: - Elaborado por: TIVIT / Certificação ANBIMA Aprovado por: Gerência

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 1.0

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 1.0 MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS Versão 1.0 1 >> 1º Passo: Para acessar o SalicWeb Para inscrever a sua iniciativa cultural nos editais do Ministério da Cultura acesse o Sistema SalicWeb no endereço

Leia mais

CNCT Cadastro Nacional de Cursos Técnicos http://portal.mec.gov.br/setec e-mail: cnct@mec.gov.br Telefone: (61) 2104-9202

CNCT Cadastro Nacional de Cursos Técnicos http://portal.mec.gov.br/setec e-mail: cnct@mec.gov.br Telefone: (61) 2104-9202 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Departamento de Políticas e Articulação Institucional Coordenação-Geral de Avaliação da Educação Profissional e Tecnológica CNCT

Leia mais

MANUAL DE USO FACGTO AUTORIZADOR ONLINE DE ODONTOLOGIA

MANUAL DE USO FACGTO AUTORIZADOR ONLINE DE ODONTOLOGIA MANUAL DE USO FACGTO AUTORIZADOR ONLINE DE ODONTOLOGIA 1 Acessar o endereço www.unafiscosaude.org.br, no menu Credenciados>Prestadores odontológicos>se deseja acessar o Sistema Facgto clique aqui. 1.2

Leia mais

Quer se Cadastrar na Petrobras?

Quer se Cadastrar na Petrobras? MT-611-00009 Última Atualização 25/04/2012 Quer se Cadastrar na Petrobras? Como dar início ao processo de cadastramento na Petrobras: Para dar início ao processo de cadastramento na Petrobras, é necessário

Leia mais

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras P á g i n a 1 SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Manual Operacional Cadastro e Habilitação P á g i n a 2 SUMÁRIO 1 Orientações gerais... 3 1.1 O que são Pessoas Obrigadas?... 4 1.2 O

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização 1º PASSO: ACESSO À PAGINA PARA EMPREGADORES NÃO CADASTRADOS Acesse o site www.tripoa.com.br e selecione a opção Vale-transporte, ou então acesse www.trensurb.gov.br. Neste espaço você será informado sobre

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO Processos de Concessão de Benefícios Histórico da Revisão Data Versão

Leia mais

Paciente: Pessoa física que venha a utilizar-se dos serviços da clínica quer seja uma consulta, um exame ou um procedimento.

Paciente: Pessoa física que venha a utilizar-se dos serviços da clínica quer seja uma consulta, um exame ou um procedimento. CADASTROS Efetuar Cadastros é a primeira providencia que se deve tomar ao se iniciar a operação com a plataforma clinicaonline, pois é nele que se concentrarão todos os parâmetros e informações sobre:

Leia mais

TRF5 MANUAL DO SISTEMA JURISDIÇÃO DELEGADA MANUAL DO SETOR DE PRECATÓRIOS

TRF5 MANUAL DO SISTEMA JURISDIÇÃO DELEGADA MANUAL DO SETOR DE PRECATÓRIOS 1 TRF5 MANUAL DO SISTEMA JURISDIÇÃO DELEGADA MANUAL DO SETOR DE PRECATÓRIOS 2 Sumário 1 Acesso ao Sistema...3 2- Perfil Setor de Precatórios...4 2.1 Cadastro de Usuários...4 2.1.1 Cadastro do Setor de

Leia mais

Controle de Estoque. Configuração e personalização do módulo

Controle de Estoque. Configuração e personalização do módulo Controle de Estoque O objetivo do módulo de Controle de Estoque á ajudar a controlar a quantidade de produtos no estoque da empresa, avisar sobre problemas com quantidades mínimas, lotes e validades vencendo.

Leia mais

Portal do Magistrado Guia Rápido Atualização Cadastral e Inclusão de IRPF

Portal do Magistrado Guia Rápido Atualização Cadastral e Inclusão de IRPF Acesso ao Portal do Magistrado Como entrar no Portal do Magistrado: ENDEREÇO ELETRÔNICO: www.portaldomagistrado.tjsp.jus.br/ptlpdb/ Conecte seu Certificado Digital ao computador e informe sua Senha de

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL PARTE I - INTRODUÇÃO I Requisitos do Sistema. Para utilização do Sistema de Informações Gerenciais SIG, deve-se ter os seguintes requisitos: Acesso a Internet: Discado ou Banda Larga. Navegador de Internet:

Leia mais

Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 2. CADASTRO DA EMPRESA... 8 3. CONTROLE DE PERMISSÕES... 14 4. CONFIGURAÇÕES DA EMPRESA... 19 5. CND...

Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 2. CADASTRO DA EMPRESA... 8 3. CONTROLE DE PERMISSÕES... 14 4. CONFIGURAÇÕES DA EMPRESA... 19 5. CND... Sage CND Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 1.1. Primeiro Acesso... 2 1.2. Conhecendo a Plataforma Sage... 4 1.2.1. Seleção de Empresa de Trabalho... 4 1.2.2. Sair do sistema/minhas Configurações... 5 1.2.3.

Leia mais

PASSO A PASSO Cadastramento de Empresa Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Equipe de Cadastro

PASSO A PASSO Cadastramento de Empresa Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Equipe de Cadastro ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária PASSO A PASSO Cadastramento de Empresa Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Equipe de Cadastro www.anvisa.gov.br Para acessar o cadastro

Leia mais

O sistema possui 5 módulos para registros:

O sistema possui 5 módulos para registros: ÍNDICE 1 DESCRIÇÃO...4 2 ACESSO...6 3 DADOS CADASTRAIS...7 3.1 ATUALIZAR CADASTRO...7 3.2 TROCAR SENHA...8 4 GRUPO DE USUÁRIO...9 4.1 INCLUIR...9 4.2 ATUALIZAR...9 5 FUNCIONÁRIOS...10 5.1 INCLUIR...10

Leia mais

Manual do Sistema. SMARSA WEB Atendimento de Processos

Manual do Sistema. SMARSA WEB Atendimento de Processos Manual do Sistema SMARSA WEB Atendimento de Processos Módulo Atendimento ÍNDICE INTRODUÇÃO...1 OBJETIVOS...1 BEM VINDO AO SISTEMA SMARSA WEB MÓDULO ATENDIMENTO...2 TELA DE LOGIN...2 COMO UTILIZAR?... 2

Leia mais

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRANDO-SE NO SISTEMA... 4 CADASTRANDO UM FAMILIAR... 7 ACESSANDO O SISTEMA já sou cadastrado... 8 COMO AGENDAR UMA CONSULTA pesquisar horários...

Leia mais

Manual do Sistema. SMARsa. Módulo WEB

Manual do Sistema. SMARsa. Módulo WEB Manual do Sistema SMARsa Módulo WEB Índice INTRODUÇÃO...1 OBJETIVOS....1 TELA DE LOGIN...2 Como Utilizar?...2 INICIANDO O TRABALHO...3 TELA INICIAL...3 PERDA DE CONEXÃO:...4 1. ADMINISTRAÇÃO...5 1.1. Alterar

Leia mais

TUTORIAL // MÓDULO PRESTADORES BENNER WEB MÓDULO PRESTADORES

TUTORIAL // MÓDULO PRESTADORES BENNER WEB MÓDULO PRESTADORES BENNER WEB MÓDULO PRESTADORES 1 Sumário Procedimento inicial para acessar o sistema na WEB... 3 Módulo Prestadores... 3 1. ÍCONES E FUNÇÕES... 4 2. CADASTRO DE PRESTADORES... 5 Cadastrar o prestador de

Leia mais

SICLOM Dipensação. 1 Dispensação. Versão: 2011. Manual de utilização do menu de Dispensação

SICLOM Dipensação. 1 Dispensação. Versão: 2011. Manual de utilização do menu de Dispensação 1 Dispensação SICLOM Dipensação Manual de utilização do menu de Dispensação Versão: 2011 2 Dispensação 3 Dispensação Índice Dispensação. 5. Gestante HIV + 6 Nova solicitação/gestante HIV+. 6 Consulta/Excluir/Gestante

Leia mais

Manual do usuário SIACC CAIXA Programado 1

Manual do usuário SIACC CAIXA Programado 1 Manual do usuário SIACC CAIXA Programado 1 Índice ACESSO AO SISTEMA CAIXA PROGRAMADO PELA PRIMEIRA VEZ... 6 CONFIGURAÇÕES NECESSÁRIAS PARA ACESSAR O SISTEMA... 6 TELA DE ACESSO AO SISTEMA CAIXA PROGRAMADO...

Leia mais