Princípios Básicos de Origens e Aplicações de Recursos. Balanços Sucessivos Conceituação e Prática

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Princípios Básicos de Origens e Aplicações de Recursos. Balanços Sucessivos Conceituação e Prática"

Transcrição

1 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS CONTABILIDADE O Balanço Patrimonial Ativo Passivo Patrimônio Líquido Conceitos de Conta Contas Devedoras e Contas Credoras Princípios Básicos de Origens e Aplicações de Recursos Balanços Sucessivos Conceituação e Prática Registros Contábeis Que Envolvem Ativo Passivo Patrimônio Líquido Os Livros Contábeis Diário e Razão Débito e Crédito como Mecanismo Adição e Subtração como Mecanismo registros das Operações Contábeis regime de caixa e regime de competência Ajustes contábeis conforme regime de competência Demonstração do Resultado do Exercício Despesas Receitas Resultado Apurações do Resultado Padronização e Titulação Impacto das contas de resultados no balanço patrimonial EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINSTRATIVO Conceitos fundamentais: introdução à administração e as organizações

2 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS O que é uma organização O que é administrar O processo de administrar As áreas funcionais da administração Quem é o administrador e quais os seus papeis A administração no Brasil Os desafios da administração A evolução do pensamento administrativo O que são teorias em administração A interação organização administração As origens e influências condicionantes do pensamento administrativo A escola clássica da administração A abordagem comportamental A abordagem quantitativa A visão sistêmica e a perspectiva contingencial As tendências atuais para a administração TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Teoria - O sistema empresarial e seus subsistemas A organização como um sistema; Estruturação sistêmica da organização; Dados, Informações e Banco de Dados; Classificação de Sistemas; Fundamentos do uso de TI Periféricos e classificações; Hardware e Software; Sistemas de gerenciamento de Banco de dados Linguagens e ambientes de Programação; Telecomunicações, Redes LAN, MAN e WAN; Redes sem fio (wireless) Internet x Intranet x Extranet; Os novos usos da TI nas organizações Sistemas de Apoio Gerencial: ST, SIG, SAD, SE Negócios pela Internet: E-Commerce e E-Business ERP Enterprise Resource Planning CRM Customer Relationship Management EIS Executive Information System

3 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS Qualidade e segurança da informação Segurança da Informação Prática em laboratório: Planilha eletrônica MS Excel Conceitos básicos do Excel: Inserindo dados qualitativos e quantitativos em planilhas eletrônicas Formatação, configuração de páginas Inserção de fórmulas. Trabalhando com funções. Auto-formatação Formatação condicional Funções: Funções (HOJE, CONT-SE, MÁXIMO, MÍNIMO, MÉDIA, AUTOSOMA) Funções lógicas (SE, SE(E, SE(OU...)) Vinculando dados entre planilhas. Funções de Procura e referência (PROCV, PROCH) Gráficos: Realizando análise seletiva de dados através da construção de gráficos (utilização de Gráficos integrados com as disciplinas de Matemática e Contabilidade) COMPORTAMENTO HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES Comportamento Organizacional Conceituar comportamento organizacional Fundamentos históricos da relação do homem com o trabalho: abordagem clássica, relações humanas e comportamental Níveis de análise do comportamento organizacional: micro, meso e macroorganizacional O indivíduo na Organização O ser humano O homem e o trabalho

4 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS Personalidade. Traços e tipos de personalidade Análise transacional Atitude/ Valores Temperamento/ Caráter Percepção Fundamentos teóricos da percepção e sua influência no comportamento Fatores que influem na percepção Apresentação da teoria da atribuição com seus três elementos determinantes. Importância da percepção na tomada de decisão e os vieses que interferem na forma de julgarmos o mundo Definição de Dissonância cognitiva Auto percepção e heteropercepção Motivação Conceitos básicos de motivação Motivação intrínseca x motivação extrínseca Principais teorias motivacionais Liderança Definições de liderança Liderança e poder Liderança nem sucedida Estilos de liderança Abordagens de liderança Liderança e propósitos organizacionais Comunicação O processo de comunicação Comunicação e tecnologia da informação Comunicação não-verbal Canais organizacionais de comunicação Barreiras no processo de comunicação Assertividade e feedback Grupos e desenvolvimento de equipes eficazes Definições

5 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS Características e tipos de grupos e equipes Formação de grupos Estágios de desenvolvimento dos grupos Construção do trabalho em equipe Vantagens e desvantagens do trabalho em equipe Conflitos, Estresse e Bem-estar no ambiente de trabalho O conflito nas organizações Conflitos funcionais e disfuncionais. Estresse no trabalho. Caracterização dos agentes estressores no trabalho O bem-estar nas organizações. Cultura Organizacional e Mudança Definir cultura organizacional Contextualizar como se cria uma cultura e os elementos que a constituem: ritos, valores, rituais, mitos heróis. Barreiras culturais que influenciam o gerenciamento da mudança Resistência à mudança Desenvolvimento organizacional como estratégia de mudança CONTABILIDADE COMERCIAL Operações com Mercadorias Resultado bruto com mercadorias (RCM) Custo das Mercadorias Vendidas (CMV) Inventário Periódico Inventário Permanente Atribuição de preços aos inventários (PEPS/UEPS/MPM) Contabilização de fatos que alteram os valores de compras e vendas: devoluções, abatimentos, descontos comerciais, gastos com transporte. CONTABILIDADE EMPRESARIAL

6 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS Devedores Duvidosos e Devedores Insolváveis Problema Contábil Cálculo da Perda Estimada com Créditos de Liquidação Duvidosa Natureza da Conta Perda Estimada Operações Financeiras Desconto de Duplicatas Aplicações Financeiras Financiamentos Prefixados Financiamentos Pós-Fixados Financiamentos em Moeda Estrangeira CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA Escrituração fiscal e contabilização dos impostos indiretos: IPI, ICMS, ISS Fundamentos legais Análise tributária das principais operações industriais, negócios mercantis e prestação de serviço Apuração e contabilização do IPI Apuração e contabilização do ICMS Apuração e contabilização do ISS. PIS/PASEP Incidência do PIS Modalidade de apuração e recolhimento: Cumulativa e Não Cumulativa. COFINS Incidência da COFINS Modalidade de apuração e recolhimento: Cumulativa e Não Cumulativa. GEOPOLÍTICA, REGIONALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO Geopolítica As relações entre Sociedade, Espaço e Poder.Estado e Território. Geografia Política e Geopolítica. A evolução do pensamento em Geopolítica

7 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS Clássica Contemporânea As fronteiras nacionais e internacionais, a guerra e a paz de acordo com a geopolítica, o poder central e o poder local, as políticas territoriais. Políticas territoriais no Brasil Regionalização e integração Definição e objetivos da integração econômica Etapas do processo de integração econômica Uniões aduaneiras e áreas de livre comércio Uniões aduaneiras que desviam comércio Benefícios dinâmicos obtidos das uniões aduaneiras Teoria clássica da integração econômica Os modelos de segunda geração Teoria das uniões aduaneiras na década de 60 A nova teoria do comércio internacional e a integração econômica Regionalismo versus multilateralismo Algumas experiências de integração: as experiências do regionalismo aberto O caso do Mercosul. O caso da União Europeia. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Objetivo e Ambiente da Administração Financeira Objetivos e Funções do Administrador Financeiro; Ambiente Econômico e Financeiro das Empresas ; Decisões de Investimento e Financiamento a Curto e Longo Prazo ; Decisões de Investimento a Curto e Longo Prazo ;As decisões de investimento de longo prazo, também chamadas decisões de investimento de capital ; Planejamento de Caixa Administração de Crédito, Contas a Receber e Estoques Administração de Crédito e Contas a Receber; Administração de Estoque Mercado de Capitais, Leasing e Debêntures ; Risco, Retorno e Hedge ; Indicadores de Desempenho e Diagnóstico Empresarial ANÁLISE DE BALANÇO

8 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial Demonstração do Resultado do Exercício Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos Relatório da Diretoria Notas Explicativas Publicação de Balanços Caso Prático Análise Horizontal e Análise Vertical Analise horizontal anual, encadeada Analise horizontal anual e real Analise vertical Análise através de Índice Índices de Liquidez ; Índices de Estrutura de Capitais Índices de Rentabilidade ; Índices de Rotatividade ;Comparação com índices padrão ; CONTABILIDADE SOCIETÁRIA Avaliação de Investimentos Método de Custo Método de Equivalência Patrimonial Sociedades coligadas, controladas, empresas que façam parte de um mesmo grupo ou estejam sob controle comum Controle direto e indireto A técnica da equivalência patrimonial Patrimônio Líquido das coligadas e controladas Variação de percentual de participação em investimentos avaliados pelo método da equivalência patrimonial. Resultados não realizados de operações intercompanhias. Ativo Imobilizado Conceituação Classificação e conteúdo das contas Critérios de avaliação Depreciação, Amortização e Exaustão Contabilização de baixas do ativo imobilizado

9 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS Registros e controles contábeis Redução ao Valor Recuperável do Imobilizado Ativo Intangível Conceituação Classificação e conteúdo das contas Critérios de Avaliação Amortização Registros e controles contábeis Redução ao Valor Recuperável do Intangível Introdução à Estatística ESTATÍSTICA A ciência estatística e suas técnicas. Visão global do processo estatístico. Motivações e usos da Estatística na Administração. Populações e Amostras. Variáveis qualitativas e quantitativas; Contínuas e discretas. Noções de Probabilidades Espaço Amostral e Eventos: Propriedades das Probabilidades: Eventos Soma e Eventos Produto:Eventos Independentes e Eventos Condicionados:Árvore de Decisão Estatística Descritiva Dados Estatísticos : Coleta de Dados: Tabelas de freqüências e agrupamento de dados: Representações Gráficas dos dados estatísticos: Recursos Computacionais: Medidas de Tendência Central: Média:Moda:Mediana:Recursos Computacionais:Aplicações práticas das medidas de Tendências Centrais na Administração: Medidas de Dispersão:Desvio Padrão e Variância:Coeficientes de Variação:Assimetria e Curtose: Recursos Computacionais:Aplicações práticas das medidas de dispersão na Administração. ESTRUTURA DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

10 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS Estrutura do Balanço Patrimonial ; Estrutura da Demonstração do Resultado do Exercício ; Estrutura da Demonstração dos Lucros (ou Prejuízos) Acumulados Conceito, importância e considerações gerais; Ajustes de exercícios anteriores; Proposta geral de destinação do lucro do período; Tipos de reservas e reversão de reservas, dividendos; Estruturação Básica, aspectos legais e considerações do Comitê de Pronunciamentos Contábeis CPC. Estrutura da Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido Conceito, importância e considerações gerais; Proposta geral de destinação do lucro do período e demais itens considerados na Demonstração dos Lucros (ou Prejuízos) Acumulados; Estruturação Básica, aspectos legais e considerações do Comitê de Pronunciamentos Contábeis. Estrutura da Demonstração do Fluxo de Caixa Conceito,importância e considerações gerais; Metodologias de elaboração do DFC (direto e indireto); Estruturação Básica, aspectos legais e considerações do Comitê de Pronunciamentos Contábeis. Estrutura da Demonstração do Valor Adicionado Conceito,importância e considerações gerais; Estruturação Básica, aspectos legais e considerações do Comitê de Pronunciamentos Contábeis. Conceitos básicos CONTABILIDADE DE CUSTO Origem e funções da Contabilidade de Custos Terminologia básica Classificação, nomenclatura e princípios aplicados a custos Custos para avaliação de estoques Esquema básico de contabilidade de custo Departamentalização Critérios de rateio dos custos indiretos Aplicação de custos indiretos de fabricação Materiais diretos Mão-de-obra direta

11 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS Custo por ordem e custo por processo CONTABILIDADE INTERMEDIÁRIA Ativo ;Ativo Circulante ;Ativo não Circulante ;Ativo não Circulante Realizável a Longo Prazo ;Ativo não Circulante Investimento ;Ativo não Circulante Imobilizado ;Ativo Não Circulante Intangível ;Analise da estrutura pela lei 6404/76 e a lei em vigência ; Passivo ;Passivo Circulante ;Passivo Não Circulante ;Patrimônio Líquido ;Diferença entre reservas x provisões ;Ajuste patrimonial ; Diferença da estrutura pela lei 6404/76 e a lei em vigência ; Demonstrativo de Resultado do Exercício ;Contas redutoras de vendas ;Diferença de desconto condicional e incondicional ;Conceito e ordem das outras receitas e despesas operacionais ;Impostos sobre resultado ;Diferença de DRE e DRA ;Diferença da estrutura pela lei 6404/76 e a lei em vigência DIREITO TRIBUTÁRIO Direito Tributário Direito Financeiro e Direito Tributário Conceito de Direito Tributário Tributos Conceito de Tributos Espécies tributárias Impostos Taxas Empréstimos Compulsórios Contribuições Competência Tributária Conceito Classificação da competência tributária Legislação Tributária Princípios do Direito Tributário Obrigação Tributária Definição Obrigação Tributária Principal e Acessória Hipótese de Incidência Conceito Aspectos Fato gerador Responsabilidade Tributária Por substituição

12 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS Por sucessão Solidária Crédito Tributário Constituição do Crédito Tributário Lançamento Suspensão do crédito tributário Extinção do crédito tributário Exclusão do crédito tributário Administração Tributária Fiscalização Dívida Ativa Certidões Negativas Infrações e Ilícitos Tributários Infrações e Ilícitos de natureza civil, administrativa e penal Elisão x Evasão Introdução à Matemática Financeira MATEMÁTICA FINANCEIRA Porcentagem. Conceitos básicos de capital, juro, taxa, prazo, montante. Capitalização Simples Juros simples utilizando o prazo exato e o prazo comercial ; Desconto Simples Capitalização Composta Juro e Montante compostos Desconto composto Taxas equivalentes, efetivas, nominais e proporcionais. Equivalência composta de capitais 4- Rendas Financiamento Capitalização

13 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS 5- Empréstimos SAC Sistema Francês (Price) PLANEJAMENTO CONTÁBIL TRIBUTÁRIO Planejamento Tributário Disposições Gerais Processo de planejamento tributário. Empresas Optantes pelo Simples Formalização da opção pelo Simples Nacional Tributos unificados no Simples Nacional Cálculo do Simples Nacional. Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas Lucro Arbitrado Lucro Presumido Lucro Real. Lucro Real Trimestral. Lucro Real por Estimativa. Contribuição Social sobre o Lucro Pessoas jurídicas tributadas pelo IRPJ com base no lucro presumido ou arbitrado e demais entidades dispensadas de escrituração contábil Empresas submetidas à apuração pelo lucro real trimestral Empresas optantes pelo pagamento mensal do IRPJ por estimativa. Juros sobre Capital Próprio Cálculo dos juros sobre capital próprio Limite de dedutibilidade Instrumento de planejamento tributário. Estudo sobre utilização do controle e da informação contábil no planejamento tributário Estudo comparativo entre o Simples, Lucro Real e Lucro Presumido.

14 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS ECONOMIA E NEGÓCIOS O problema econômico Recursos Limitados versus Necessidades Ilimitadas Os Fatores de Produção: Capital, Recursos Naturais, Força de Trabalho, Tecnologia, Capacidade Empresarial Curvas de Possibilidades de Produção Necessidades Humanas;Bens;As Questões Centrais: o quê, como e para quem produzir O Sistema Econômico Formas de organização: livre iniciativa, planificação central e sistemas mistos Fluxos fundamentais: real e monetário Setores de produção: primário, secundário e terciário Microeconomia e Mercados Sistemas de preços Equilíbrio entre oferta e demanda Assimetria de informações e outras falhas do mercado Concorrência perfeita e imperfeita Monopólios e oligopólios A inserção da empresa no sistema econômico Macroeconomia PIB Economia do Setor Público O setor publico como produtor de bens e serviços Financiamento das atividades públicas: poupança e investimento Relações com o exterior: noções sobre balança de pagamentos Moeda;Funções;Origens;Crédito;Bancos comerciais;banco Central

15 CONTEÚDOS PARA E DISCIPLINAS ANTERIORMENTE PRESENCIAIS Problemas Econômicos Contemporâneos A inflação;a desigualdade;os efeitos da globalização;a questão ambiental ADMINISTRAÇÃO DE RELACIONAMENTO COM O CLIENTE Definições e Entendimento do Conceito Cliente. Entendendo o significado da palavra cliente. Tipos de clientes. Segmentação de Mercado e Identificação de Clientes Alvo. Atributos valorizados pelos Clientes. Conhecimento de Clientes. Como Saber o que os Clientes Priorizam. A Necessidade Operacional de se Conhecer os Clientes. Instrumentos para Ouvir os Clientes. Será que os Clientes Sabem o que Querem. Selecionando os clientes que interessam. Canais de Acesso Oferecidos aos Clientes. Padronização do Atendimento ao Cliente. Costumer Relationship Management (CRM). Era do e-relacionamento e as Regras da Economia. Requisitos Exigidos das Pessoas que Interagem com os Clientes. Avaliação da Satisfação. Compra por Impulso e Dissonância Cognitiva. Clientes Internos.

4 Fatos Contábeis que Afetam a Situação Líquida: Receitas, Custos, Despesas, Encargos, Perdas e Provisões, 66

4 Fatos Contábeis que Afetam a Situação Líquida: Receitas, Custos, Despesas, Encargos, Perdas e Provisões, 66 Apresentação Parte I - CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE CONTABILIDADE, 1 1 Introdução ao Estudo da Ciência Contábil, 3 1 Conceito, 3 2 Objeto, 3 3 Finalidade, 4 4 Técnicas contábeis, 4 5 Campo de aplicação, 5

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

ANEXO 01. CURSO: Ciências Contábeis - UFRJ SELEÇÃO DE DOCENTES

ANEXO 01. CURSO: Ciências Contábeis - UFRJ SELEÇÃO DE DOCENTES ANEXO 01 CURSO: Ciências Contábeis - UFRJ SELEÇÃO DE DOCENTES DISCIPLINA/FUNÇÃO PROGRAMA/ATIVIDADES PERFIL DOS CANDIDATOS 1 2 3 4 de Custos Intermediária Introdução à Adm e Comp Organizacional Economia

Leia mais

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.1 CONTABEIS - Campus Mossoró) 3ª série

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.1 CONTABEIS - Campus Mossoró) 3ª série ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.1 CONTABEIS - Campus Mossoró) 3ª série CONTABILIDADE INTRODUTORIA II DIREITO TRIBUTARIO LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA ORÇAMENTO PUBLICO TEORIA DA CONTABILIDADE CONTEÚDO

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2009.1A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ADMINISTRAÇÃO... 4 02 CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA I... 4 03 MATEMÁTICA... 4 04 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 05 NOÇÕES

Leia mais

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial 01 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS I EMENTA: Introdução à administração de recursos humanos; orçamento de pessoal; processo de recrutamento e seleção de pessoal; processo de treinamento e desenvolvimento

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis 12.1. Introdução O artigo 176 da Lei nº 6.404/1976 estabelece que, ao fim de cada exercício social, a diretoria da empresa deve elaborar, com base na escrituração mercantil, as

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Resumo de Contabilidade Geral

Resumo de Contabilidade Geral Ricardo J. Ferreira Resumo de Contabilidade Geral 4ª edição Conforme a Lei das S/A, normas internacionais e CPC Rio de Janeiro 2010 Copyright Editora Ferreira Ltda., 2008-2009 1. ed. 2008; 2. ed. 2008;

Leia mais

Tecnólogo. Portfólio Easy to Learn. em gestão FINANCEIRA

Tecnólogo. Portfólio Easy to Learn. em gestão FINANCEIRA Tecnólogo Portfólio Easy to Learn em gestão FINANCEIRA ÍNDICE Introdução à Gestão Empresarial...2 Fundamentos de Sistemas de Informação...2 Gerenciamento de Projetos...2 Empreendedorismo...2 Fundamentos

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CIÊNCIAS CONTÁBEIS

MATRIZ CURRICULAR CIÊNCIAS CONTÁBEIS Curso: Graduação: Regime: Duração: CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO MATRIZ CURRICULAR SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS -

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Sem. CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS I II III IV V VI VI I Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

CONPONENTES DA DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO

CONPONENTES DA DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO CONPONENTES DA DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO (I) (II) (III) A demonstração do resultado da empresa abriga: as receitas; o custo dos produtos, mercadorias ou serviços; e as despesas relativas a determinado

Leia mais

19. Patrimônio líquido 19.1 Capital 20. Balanço patrimonial de acordo com a Lei n.º 6.404/76 e alterações Questões de provas comentadas

19. Patrimônio líquido 19.1 Capital 20. Balanço patrimonial de acordo com a Lei n.º 6.404/76 e alterações Questões de provas comentadas Sumário CAPÍTULO 1 CONCEITOS BÁSICOS 1. Conceito de contabilidade 1.1 Ciência social 1.1.1 Princípios de contabilidade 1.2 Objeto da contabilidade 1.3 Objetivo da contabilidade 1.4 Finalidade da contabilidade

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Julgue os itens a seguir, a respeito da Lei n.º 6.404/197 e suas alterações, da legislação complementar e dos pronunciamentos do Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC). 71 Os gastos incorridos com pesquisa

Leia mais

ANALISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS. Prof. Mário Leitão

ANALISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS. Prof. Mário Leitão ANALISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Prof. Mário Leitão Estrutura das Demonstrações Financeiras A análise das demonstrações financeiras exige conhecimento do que representa cada conta que nela figura. Há

Leia mais

Maratona Fiscal ISS Contabilidade geral

Maratona Fiscal ISS Contabilidade geral Maratona Fiscal ISS Contabilidade geral 1. Em relação ao princípio contábil da Competência, é correto afirmar que (A) o reconhecimento de despesas deve ser efetuado quando houver o efetivo desembolso financeiro

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) CIÊNCIAS CONTÁBEIS CIÊNCIAS CONTÁBEIS COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO A leitura como vínculo leitor/texto, através da subjetividade contextual, de atividades

Leia mais

Disciplina: Introdução à Economia

Disciplina: Introdução à Economia Ementário do Curso de Ciências Contábeis PTA Faculdade Alvorada Disciplina: Teoria da Administração Ementa: Introdução à Teoria da Administração. Escolas da Administração. Universalidade e papel do administrador.

Leia mais

1. INVENTÁRIOS 1.2 INVENTÁRIO PERIÓDICO. AGENTE E ESCRIVÃO DA POLICIA FEDERAL Disciplina: Contabilidade Prof.: Adelino Corrêa. 1..

1. INVENTÁRIOS 1.2 INVENTÁRIO PERIÓDICO. AGENTE E ESCRIVÃO DA POLICIA FEDERAL Disciplina: Contabilidade Prof.: Adelino Corrêa. 1.. 1. INVENTÁRIOS 1..1 Periódico Ocorre quando os estoques existentes são avaliados na data de encerramento do balanço, através da contagem física. Optando pelo inventário periódico, a contabilização das

Leia mais

CONTABILIDADE GERAL E GERENCIAL

CONTABILIDADE GERAL E GERENCIAL CONTABILIDADE GERAL E GERENCIAL AULA 03: ESTRUTURA DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS TÓPICO 03: ORIGEM E EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA QUALIDADE A DRE tem por objetivo evidenciar a situação econômica de uma empresa,

Leia mais

DETALHAMENTO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO APLICÁVEL À PROVA DE BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (1ª EDIÇÃO I/2011 EDITAL EXAME DE SUFICIÊNCIA N

DETALHAMENTO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO APLICÁVEL À PROVA DE BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (1ª EDIÇÃO I/2011 EDITAL EXAME DE SUFICIÊNCIA N ANEXO I DETALHAMENTO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO APLICÁVEL À PROVA DE BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (1ª EDIÇÃO I/2011 EDITAL EXAME DE SUFICIÊNCIA N.º 01/2010)) 1. CONTABILIDADE GERAL a) A Escrituração Contábil:

Leia mais

6 Balanço Patrimonial - Passivo - Classificações das Contas, 25 Exercícios, 26

6 Balanço Patrimonial - Passivo - Classificações das Contas, 25 Exercícios, 26 Prefácio 1 Exercício Social, 1 Exercícios, 2 2 Disposições Gerais, 3 2.1 Demonstrações financeiras exigidas, 3 2.2 Demonstrações financeiras comparativas, 4 2.3 Contas semelhantes e contas de pequenos,

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA

A IMPORTÂNCIA DA FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA A IMPORTÂNCIA DA FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA Palestra no SINCOPEÇAS-RS 22 de maio de 2014 www.alfredo.com.br PREÇO DE VENDA E MARGEM DE LUCRO 2 GOVERNO CONCORRENTES FORNECEDOR EMPRESA CLIENTES PREÇO DE

Leia mais

CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP. PROF. Ms. EDUARDO RAMOS. Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO

CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP. PROF. Ms. EDUARDO RAMOS. Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP PROF. Ms. EDUARDO RAMOS Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. PRINCÍPIOS CONTÁBEIS E ESTRUTURA CONCEITUAL 3. O CICLO CONTÁBIL

Leia mais

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72 Matriz Curricular do Curso de Administração 2015.1 1ª Fase CÓDIGO DISCIPLINAS PRÉ- REQUISITOS CRED ADM001 Interpretação e Produção de Textos - ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS De acordo com o comando a que cada um dos itens de 51 a 120 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com

Leia mais

MBA em Controladoria e Auditoria Carga Horária: 360 Aulas: sábados 8h30 18h Valor: R$ 380,00* JUSTIFICATIVA: Faculdade INESP

MBA em Controladoria e Auditoria Carga Horária: 360 Aulas: sábados 8h30 18h Valor: R$ 380,00* JUSTIFICATIVA: Faculdade INESP Pág. 1/6 MBA em Controladoria e Auditoria Carga Horária: 360 horas/ aulas presenciais + monografia orientada. Aulas: sábados das 8h30 às 18h, com intervalo para almoço. Valor: 16 parcelas de R$ 380,00*

Leia mais

Prefácio, xvii. Parte I Ambiente da Análise Financeira, 1

Prefácio, xvii. Parte I Ambiente da Análise Financeira, 1 Prefácio, xvii Parte I Ambiente da Análise Financeira, 1 1 Amplitude da análise financeira, 3 1.1 Visão estratégica da empresa, 3 1.2 Que é análise financeira de empresas, 6 1.3 Análise financeira e áreas

Leia mais

Tributos sobre o Lucro Seção 29

Tributos sobre o Lucro Seção 29 Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO

ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO 1º P COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO Números Reais, Expressões Algébricas, Equação do 1º grau, Equação do 2º grau, Logaritmos, Conjuntos, Funções,

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CEAP 5º CCN 2012.1 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CEAP 5º CCN 2012.1 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO O artigo 187 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976 (Lei das Sociedades por Ações), instituiu a Demonstração do Resultado do Exercício. A Demonstração do Resultado

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM CONTABILIDADE CONTABILIDADE SOCIETÁRIA

CURSO TÉCNICO EM CONTABILIDADE CONTABILIDADE SOCIETÁRIA 1 CURSO TÉCNICO EM CONTABILIDADE CONTABILIDADE SOCIETÁRIA Prof. Carmem Haab Lutte Cavalcante 2012 2 CONTABILIDADE SOCIETARIA 2 3 1 CONTABILIDADE Conceito de contabilidade, campo de atuação, usuários, objetivos

Leia mais

ETEC BENTO QUIRINO - CAMPINAS PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES.

ETEC BENTO QUIRINO - CAMPINAS PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. ETEC BENTO QUIRINO - CAMPINAS PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. AVISO Nº 043/01/14 DE 17/02/2014. PROCESSO Nº 0953/2014. AVISO DE DEFERIMENTO

Leia mais

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS.

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. I. BALANÇO ATIVO 111 Clientes: duplicatas a receber provenientes das vendas a prazo da empresa no curso de suas operações

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. I II Matriz Curricular vigente a partir de 2010-1 Disciplina Prérequisitos Carga

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Logística Empresarial

Curso Superior de Tecnologia em Logística Empresarial PRIMEIRA FASE 01 CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I Funções, gráficos e aplicações; cálculo diferencial e aplicações; funções de duas ou mais variáveis: derivadas parciais e aplicações; aplicação computacional

Leia mais

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 09. Demonstração do Valor Adicionado

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 09. Demonstração do Valor Adicionado COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 09 Demonstração do Valor Adicionado PRONUNCIAMENTO Conteúdo Item OBJETIVO 1-2 ALCANCE E APRESENTAÇÃO 3 8 DEFINIÇÕES 9 CARACTERÍSTICAS DAS

Leia mais

SUMÁRIO. Sumário 7 APRESENTAÇÃO... 23

SUMÁRIO. Sumário 7 APRESENTAÇÃO... 23 Sumário 7 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 23 Capítulo 1 CONTABILIDADE GERAL... 25 Aspectos iniciais pertinentes ao Exame de Suficiência... 25 1. Patrimônio e Variações Patrimoniais... 26 1.1. Conceito e Objeto...

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria de

Leia mais

MBA CONTROLADORIA, FINANÇAS E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

MBA CONTROLADORIA, FINANÇAS E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO MBA CONTROLADORIA, FINANÇAS E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO 1. APRESENTAÇÃO O curso de MBA em Controladoria, Finanças e Planejamento Tributário desenvolvido pela FAACZ visa oferecer aos participantes instrumentais

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO 1º SEMESTRE Administração Aplicada ao Meio Ambiente Ementa: Gestão ambiental e desenvolvimento sustentável. Compromisso dos indivíduos e das

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS DIRETORIA ACADÊMICA PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS DIRETORIA ACADÊMICA PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS DISCIPLINA GL203 NOME Contabilidade I Horas Semanais Teóricas Práticas Laboratório Orientação Distância Estudo em Casa Sala de Aula 04 00 00 00 00 00 04 Nº semanas Carga horária total Créditos Exame Frequência

Leia mais

Instrução Normativa RFB nº 1.515/2014

Instrução Normativa RFB nº 1.515/2014 1 Instrução Normativa RFB nº 1.515/2014 Alterações na Legislação do IRPJ, CSLL, PIS, COFINS e Extinção do RTT Junho/2015 2 1. Introdução à IN RFB nº 1.515/2014 Dispõe sobre a determinação e o pagamento

Leia mais

Introdução l Resumo Exercícios 15 Demonstrações Contábeis

Introdução l Resumo Exercícios 15 Demonstrações Contábeis Introdução l 1. l Um breve histórico l l.2 Definição do termo Contabilidade 2 1.3 O processo contábil 3 1.3.1 Posicionamento do contador em relação à empresa 4 l.4 Ramos de atuação da Contabilidade 5 l.4.

Leia mais

Banrisul Armazéns Gerais S.A.

Banrisul Armazéns Gerais S.A. Balanços patrimoniais 1 de dezembro de 2012 e 2011 Nota Nota explicativa 1/12/12 1/12/11 explicativa 1/12/12 1/12/11 Ativo Passivo Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 4 17.891 18.884 Contas

Leia mais

Contabilidade Básica Prof. Jackson Luis Oshiro joshiro@ibest.com.br Conceito Conta Nome dado aos componentes patrimoniais (bens, direitos, obrigações e Patrimônio Líquido) e aos elementos de resultado

Leia mais

Imunidade O PIS e a Cofins não incidem sobre as receitas decorrentes de exportação (CF, art. 149, 2º, I).

Imunidade O PIS e a Cofins não incidem sobre as receitas decorrentes de exportação (CF, art. 149, 2º, I). Comentários à nova legislação do P IS/ Cofins Ricardo J. Ferreira w w w.editoraferreira.com.br O PIS e a Cofins talvez tenham sido os tributos que mais sofreram modificações legislativas nos últimos 5

Leia mais

CONTABILIDADE. Conceito. Campo de Aplicação. Instrumento informações úteis tomada de decisões

CONTABILIDADE. Conceito. Campo de Aplicação. Instrumento informações úteis tomada de decisões Conceito Instrumento informações úteis tomada de decisões Campo de Aplicação Comércio - Indústria - Entidades Públicas - Hospitais Agropecuárias - Seguradoras - etc. Finalidade da Contabilidade Controle

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS»CONTABILIDADE «

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS»CONTABILIDADE « CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS»CONTABILIDADE «21. A respeito das funções da Contabilidade, tem-se a administrativa e a econômica. Qual das alternativas abaixo apresenta uma função econômica? a) Evitar erros

Leia mais

CURSO DE CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA

CURSO DE CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA www.editoraferreira.com.br CURSO DE CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA Professor Humberto Fernandes de Lucena 6.1. Balanço Patrimonial Desde o início de nosso curso, vimos tratando sobre Balanço Patrimonial apenas

Leia mais

Contmatic - Escrita Fiscal

Contmatic - Escrita Fiscal Lucro Presumido: É uma forma simplificada de tributação onde os impostos são calculados com base num percentual estabelecido sobre o valor das vendas realizadas, independentemente da apuração do lucro,

Leia mais

LEI N 12.973/14 (IRPJ/CSLL/PIS-PASEP E COFINS)

LEI N 12.973/14 (IRPJ/CSLL/PIS-PASEP E COFINS) LEI N 12.973/14 (IRPJ/CSLL/PIS-PASEP E COFINS) Miguel Silva RTD REGIME TRIBUTÁRIO DEFINITIVO (Vigência e Opção pela Antecipação de seus Efeitos) 1 Para efeito de determinação do IRPJ, CSLL, PIS-PASEP e

Leia mais

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004.

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004. RESOLUÇÃO CONSEAcc CPS 3 /2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE CAMPINAS, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de Campinas,

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING MÓDULO I 304101 FUNDAMENTOS DE MARKETING Fundamentos do Marketing. Processo de Marketing.

Leia mais

PERÍODO DISCIPLINAS CH MÓDULO I - FORMAÇÃO BÁSICA GERENCIAL Fundamentos da Administração 80 horas. 120 horas Economia e Mercado

PERÍODO DISCIPLINAS CH MÓDULO I - FORMAÇÃO BÁSICA GERENCIAL Fundamentos da Administração 80 horas. 120 horas Economia e Mercado ESTRUTURA CURRICULAR PERÍODO DISCIPLINAS CH MÓDULO I - FORMAÇÃO BÁSICA GERENCIAL Fundamentos da Administração Comunicação e Expressão 1º Contabilidade Gerencial 120 Economia e Mercado Matemática Financeira

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE GERENCIAL ESTRATÉGICA

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE GERENCIAL ESTRATÉGICA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE GERENCIAL ESTRATÉGICA Disciplina: Matemática Financeira para Tomada de Decisões (20 horas) Os métodos quantitativos têm sido amplamente

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Introdução 1

Sumário. Capítulo 1 Introdução 1 Capítulo 1 Introdução 1 1 Conceito 1 1.1 Contabilidade Teórica 1 1.2 Contabilidade Prática 3 2 Objeto 3 3 Finalidade ou objetivo 5 4 Pessoas interessadas nas informações contábeis 6 5 Funções 8 6 Identificação

Leia mais

FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA MÓDULO 9

FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA MÓDULO 9 FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA MÓDULO 9 Índice 1. Lucro presumido...3 2. Lucro real...4 2 Dentre os regimes tributários, os mais adotados são os seguintes: 1. LUCRO PRESUMIDO Regime de tributação colocado

Leia mais

ABDE Associação Brasileira de Desenvolvimento

ABDE Associação Brasileira de Desenvolvimento TAX ABDE Associação Brasileira de Desenvolvimento Ativo diferido de imposto de renda da pessoa jurídica e de contribuição social sobre o lucro líquido aspectos fiscais e contábeis Outubro de 2014 1. Noções

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial Coordenação Acadêmica FGV : Professora Denize Dutra CÓDIGO NO SIGA : VIANNA0/TMBAGE*1225-14 1. ECONOMIA EMPRESARIAL Fundamentos

Leia mais

Resolução 038/2001 CONSEPE

Resolução 038/2001 CONSEPE Resolução 038/2001 CONSEPE Aprova as normas de funcionamento do Curso de Administração do Centro de Ciências da Administração CCA/ESAG. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO - DVA

DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO - DVA DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO - DVA Sumário 1. Considerações Iniciais 2. Estrutura da Demonstração do Valor Adicionado 2.1 - Grupo de Receita Bruta - Outras Receitas 2.2 - Grupo de Insumos Adquiridos

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA 1 - JUSTIFICATIVA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA 1 - JUSTIFICATIVA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA 1 - JUSTIFICATIVA Atualmente, com a expansão de mercados e forte aumento da concorrência, vê-se a necessidade cada vez maior de promover

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS No exercício de 2011, a empresa ALFA auferiu juros no valor de R$ 12.500,00 e comissões sobre vendas no valor de R$ 250.000,00 de sua controlada GAMA. Considerando essa situação, julgue os itens a seguir,

Leia mais

ALTERAÇÕES DA LEI DAS SOCIEDADES POR AÇÕES MARCELO CAVALCANTI ALMEIDA

ALTERAÇÕES DA LEI DAS SOCIEDADES POR AÇÕES MARCELO CAVALCANTI ALMEIDA ALTERAÇÕES DA LEI DAS SOCIEDADES POR AÇÕES MARCELO CAVALCANTI ALMEIDA Sócio da Deloitte e autor de livros da Editora Atlas 1 EVOLUÇÃO Instrução CVM n 457/07 Demonstrações financeiras consolidadas a partir

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Identificação Disciplina: CONTABILIDADE COMERCIAL E INDUSTRIAL Corpo Docente:

Leia mais

RECEITAS E SUBVENÇÕES

RECEITAS E SUBVENÇÕES III CONGRESSO BRASILEIRO DE DIREITO TRIBUTÁRIO ATUAL IBDT/AJUFE/FDUSP-DEF RECEITAS E SUBVENÇÕES CONCEITOS ANTES E DEPOIS DA LEI 12973 RICARDO MARIZ DE OLIVEIRA RECEITAS E INGRESSOS NEM TODO INGRESSO É

Leia mais

1.1.2.07.001 Empréstimos a empregados 1.1.2.07.002 Empréstimos a terceiros 1.1.2.08 Tributos a Compensar 1.1.2.08.001 IR Retido na Fonte a Compensar

1.1.2.07.001 Empréstimos a empregados 1.1.2.07.002 Empréstimos a terceiros 1.1.2.08 Tributos a Compensar 1.1.2.08.001 IR Retido na Fonte a Compensar A seguir um modelo de Plano de Contas que poderá ser utilizado por empresas comerciais, industriais e prestadoras de serviços, com as devidas adaptações: 1 Ativo 1.1 Ativo Circulante 1.1.1 Disponível 1.1.1.01

Leia mais

2 Noções de Direito Público e Privado - Paulo César de Melo Mendes, 88 Objetivos, 88

2 Noções de Direito Público e Privado - Paulo César de Melo Mendes, 88 Objetivos, 88 Apresentação 1 Contabilidade Geral - Rodrigo de Souza Gonçalves e Fernanda Fernandes Rodrigues, 1 Objetivos, 1 Introdução, 1 1 Plano de contas - elaboração e utilização, 2 2 Balanço patrimonial - estrutura

Leia mais

Portfólio Easy to Learn ADMINISTRAÇÃO

Portfólio Easy to Learn ADMINISTRAÇÃO Portfólio Easy to Learn ADMINISTRAÇÃO ÍNDICE Fundamentos de Sistemas de Informação...2 Leitura e Interpretação de Textos...2 Matemática Básica...2 Teoria Geral da Administração I...2 Fundamentos de Contabilidade...3

Leia mais

DVA Demonstração do Valor Adicionado

DVA Demonstração do Valor Adicionado DVA Demonstração do Valor Adicionado A DVA foi inserida pela Lei nº 11.638/2007, (artigo 176, inciso V), no conjunto de demonstrações financeiras que as companhias abertas devem apresentar ao final de

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO DIRETO EMPRESARIAL FUNDAMENTOS DE CONTABILIDADE E LIVROS EMPRESARIAS PROF. SIMONE TAFFAREL FERREIRA

PÓS GRADUAÇÃO DIRETO EMPRESARIAL FUNDAMENTOS DE CONTABILIDADE E LIVROS EMPRESARIAS PROF. SIMONE TAFFAREL FERREIRA PÓS GRADUAÇÃO DIRETO EMPRESARIAL FUNDAMENTOS DE CONTABILIDADE E LIVROS EMPRESARIAS PROF. SIMONE TAFFAREL FERREIRA DISTRIBUIÇÃO DA APRESENTAÇÃO - Aspectos Conceituais - Definições Teóricas e Acadêmicas

Leia mais

MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria

MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO Coordenação Acadêmica Prof. Carlos Alberto dos Santos Silva OBJETIVO: O MBA EM GESTÃO FINANCEIRA, CONTROLADORIA

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA A atividade empresarial requer a utilização de recursos financeiros, os quais são obtidos na forma de crédito e de

Leia mais

Setembro 2012. Elaborado por: Luciano Perrone O conteúdo desta apostila é de inteira responsabilidade do autor (a).

Setembro 2012. Elaborado por: Luciano Perrone O conteúdo desta apostila é de inteira responsabilidade do autor (a). Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Com relação aos conceitos, objetivos e finalidades da contabilidade, Julgue os itens subsequentes, relativos à correta classificação e julgue os itens a seguir. utilização de

Leia mais

Principais Aspectos da Regulação da Lei 12.973/14

Principais Aspectos da Regulação da Lei 12.973/14 Principais Aspectos da Regulação da Lei 12.973/14 pela IN 1.515/14 Julio Chamarelli Sócio de Consultoria Tributária da KPMG jcepeda@kpmg.com.br Sergio André Rocha Professor Adjunto de Direito Financeiro

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Com relação a conceitos, objetivos e finalidades da contabilidade, julgue os itens que se seguem. 51 Auxiliar um governo no processo de fiscalização tributária é uma das finalidades

Leia mais

Comentários da prova SEFAZ-PI Disciplina: Contabilidade Geral Professor: Feliphe Araújo

Comentários da prova SEFAZ-PI Disciplina: Contabilidade Geral Professor: Feliphe Araújo Disciplina: Professor: Feliphe Araújo Olá amigos, Comentários da prova SEFAZ-PI ANÁLISE DA PROVA DE CONTABILIDADE GERAL - SEFAZ-PI Trago para vocês os comentários da prova da SEFAZ-PI realizado no último

Leia mais

IRPJ - REAVALIAÇÃO DE BENS BASE LEGAL PARA O PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO DE BENS

IRPJ - REAVALIAÇÃO DE BENS BASE LEGAL PARA O PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO DE BENS Page 1 of 14 IRPJ - REAVALIAÇÃO DE BENS BASE LEGAL PARA O PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO DE BENS A Lei 6.404/76 (também chamada Lei das S/A), em seu artigo 8 º, admite a possibilidade de se avaliarem os ativos

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO DO EXERCÍCIO

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO DO EXERCÍCIO DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO DO EXERCÍCIO DEMONSTRATIVO DE RESULTADOS Mostra o fluxo de eventos ocorridos em um determinado período de tempo. Quanto a empresa lucrou no ano passado? BALANÇO PATRIMONIAL Fotografia

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO.

RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria

Leia mais

Módulo Contábil e Fiscal

Módulo Contábil e Fiscal Módulo Contábil e Fiscal Contabilidade Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo Contábil e Fiscal Contabilidade. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas no

Leia mais

Conselho Universitário - Consuni

Conselho Universitário - Consuni PRIMEIRA FASE 01 ECONOMIA Definições e conceitos de economia; macroeconomia; microeconomia; a organização econômica; a atividade de produção; a moeda; a formação de preços; economia de mercado: consumo,

Leia mais

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr. 1 OBJETIVO: Objetivos Gerais: Atualizar e aprofundar

Leia mais

Projeção Integrada de Demonstrações Contábeis em MS Excel

Projeção Integrada de Demonstrações Contábeis em MS Excel Projeção Integrada de Demonstrações Contábeis em MS Excel Aprenda a fazer a projeção integrada do Balanço, da Demonstração de Resultado e do Fluxo de Caixa da empresa Objetivo Visão geral de finanças.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU Seção Judiciária do Rio Grande do Norte Rua Dr. Lauro Pinto, nº 245, Lagoa Nova, Natal/RN

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU Seção Judiciária do Rio Grande do Norte Rua Dr. Lauro Pinto, nº 245, Lagoa Nova, Natal/RN PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU Seção Judiciária do Rio Grande do Norte Rua Dr. Lauro Pinto, nº 245, Lagoa Nova, Natal/RN PROCESSO SELETIVO PARA ESTÁGIO REMUNERADO EM CIÊNCIAS

Leia mais

Ementas e bibliografia básica das disciplinas

Ementas e bibliografia básica das disciplinas Ementas e bibliografia básica das disciplinas Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva (10h) Conceitos gerais de gestão do conhecimento Conceitos gerais de inteligência competitiva Ferramentas

Leia mais

RESOLUÇÃO. São Paulo, 18 de novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. São Paulo, 18 de novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc - SP 006/2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE SÃO PAULO, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. RESOLUÇÃO Nº 1.138, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2008: Aprova a NBC T 3.7 - Demonstração do Valor Adicionado.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. RESOLUÇÃO Nº 1.138, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2008: Aprova a NBC T 3.7 - Demonstração do Valor Adicionado. CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE RESOLUÇÃO Nº 1.138, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2008: Aprova a NBC T 3.7 - Demonstração do Valor Adicionado. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições

Leia mais

Resumo Aula-tema 04: Dinâmica Funcional

Resumo Aula-tema 04: Dinâmica Funcional Resumo Aula-tema 04: Dinâmica Funcional O tamanho que a micro ou pequena empresa assumirá, dentro, é claro, dos limites legais de faturamento estipulados pela legislação para um ME ou EPP, dependerá do

Leia mais

CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS DO CURSO 1º P CONTABILIDADE GERAL I ÉTICA PROFISSIONAL INSTITUIÇÃO DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO I MATEMÁTICA

CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS DO CURSO 1º P CONTABILIDADE GERAL I ÉTICA PROFISSIONAL INSTITUIÇÃO DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO I MATEMÁTICA CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS DO CURSO 1º P CONTABILIDADE GERAL I Noções gerais da contabilidade. Conceito, Função, Objeto e Finalidade da contabilidade. Patrimônio, Fontes Patrimoniais, Atos e Fatos Administrativos.

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Matriz Curricular vigente a partir de 2010/1 Fase Cód. Disciplina Carga Horária Prérequisitos

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS (Currículo iniciado em 2012)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS (Currículo iniciado em 2012) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS (Currículo iniciado em 2012) ADMINISTRAÇÃO 1915 C/H 102 Breve histórico e fundamentos da administração. Perspectivas da administração: clássica,

Leia mais