LABORATÓRIO DE GEODÉSIA ESPACIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LABORATÓRIO DE GEODÉSIA ESPACIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ"

Transcrição

1 LABORATÓRIO DE GEODÉSIA ESPACIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ MANUAL DE OPERAÇAO DO EQUIPAMENTO LEICA 900 CS DIRECIONADO A DISCIPLINA DE LEVANTAMENTOS GEODESICOS II Autores: Profa.Dra.Claudia Pereira Krueger Aluno:Anderson Renato Viski CURITIBA 2009

2 sumario 1. Teclas Principais Menu Principal Registro de Dados Brutos Tipo de Levantamento Taxa de Gravação Configuração do Instrumento Altura de Antena Configurações de Satélite Fuso Horário Identificação do Instrumento Unidades e Formatos Idioma Criação de Obra Coleta de dados no modo Cinemático Coleta de Dados no Modo Estático

3 Tutorial Leica GPS 900 CS Configurações do Equipamento As configurações que serão apresentadas nesse documento são apenas exemplos,. Para cada levantamento a ser executado o aluno deve configurar o equipamento de acordo com as necessidades do levantamento (por exemplo: estático ou cinemático). tecla (enter) tecla (apaga),usada para corrigir algum erro na escrita Após alterar qualquer configuração para que a mesma seja salva deve-se teclar CONT. 3

4 Para acessar as configurações o aluno deve estar no Menu Principal e clicar em Configura. Em seguida clicar em configurações de medições 3 Registros de dados Brutos(por ícone) intervalo de gravação Nessa opção configura-se o método de trabalho estático ou cinemático e a intervalo de gravação Apenas Estático (quando um dos GPS servir base por exemplo), Estático e Movimento ( medições com geração de cadeias) e a opção Nunca (quando estiver a base no modo RTK). 4

5 Nessa tela também define-se o intervalo de gravação de dados a ser realizado,que é importante para cada tipo de levantamento, exemplo: Estático = 15 segundos Cinemático= 1 segundo Voltando a tela de configurações, realiza-se a Configuração do instrumento. 2 Configuração do instrumento 1- altura de antena Neste local deve-se colocar a altura da antena e o tipo do apoio empregado no levantamento ( tripé,pilar,bastão). 2-configurações do satélite Definição do Ângulo de elevação : sendo esse valor contado a partir da Linha do horizonte, abrangendo a constelação que esta na órbita dentro dessa mascara. geralmente esse valor em campo é entre 10 a 15. Exemplo: ângulo de elevação = 10 5

6 3-fuso horário Definição do fuso horário: de acordo com a região do País Exemplo: na região sul do pais usar = horas 4- identificação do instrumento Nessa opção esta listada os últimos quatro dígitos do número de série do equipamento.este passo é importante para a identificação de arquivos no momento do processamento de dados 2-unidades e formatos Definição de unidades de medição angulares, lineares, data e hora. Para essa opção a configuração de unidade de medida linear deve ser nas seguintes unidades Metro Graus, minutos e segundos. 6

7 3-idiomas Alteração da linguagem do equipamento, opções de Português e Inglês. Criação de uma Obra GPS900 Para iniciar um novo projeto no GPS900 seleciona-se a opção NOVO Na aba Lista de Códigos, definiu-se a lista que havia sido criada anteriormente. Na aba Sistema de Coordenadas, seleciona-se o sistema de interesse. 7

8 Grava confirma a obra de trabalho Cont. Coleta de Dados no Modo Cinemático Para realizar uma coleta de dados no modo cinemático deve-se entrar no programa Medição, confirmar a obra e lista de códigos a ser trabalhada e clicar na opção CONFG Clicando na Aba Pontos Auto, será apresentado uma tela onde configura-se o modo de gravação dos pontos cinemáticos, podendo ser Stop & Go, Tempo ou Distância. Logo que definido qual o método de coleta de dados clica-se duas vezes seguidas em CONT, caindo na tela de medição, desta forma seleciona-se a Aba Auto e a opção INCIO, dessa forma faz-se a sua trajetória com o código de interesse e finaliza-se clicando em Para. 8

9 Coleta de Dados no Modo Estático Entrando no programa MEDIÇÃO,confirmar o nome do trabalho, sistema de coordenadas e tipo de antena na tela inicio da medição do ponto entra em trabalho criar nome Agora na tela de coleta de dados deve-se atribuir um nome a Identificação para o ponto a ser ocupado,exemplo: nome do ponto que foi designado para o trabalho 9

10 Clicar no ponto que aparece na tela trabalho(carta CF) Clicar em novo e definir o nome do ponto para o arquivo e autor que será importante na hora de processar os dados para localizar esses arquivos Em seguida é verificado-se o ponto com o nome criado consta na lista de trabalho.(cont para confirmar) 10

11 verificar sistema de coordenada WGS 84 e tipo de antena, cont para confirmar Vai aparecer na tela de medição com o nome do ponto criado,colocar a altura da antena Feito isso aperte ENTER e OCUPA Nesse momento o equipamento passa a gravar os dados do trabalho 11

12 PARA VERIFICAR AS COORDENAS PARCIAIS, (Latitude e longitude),click NO ICONE ANTENA Para finalizar a ocupação deve-se clicar em PARÁ,Assim ele gravará automaticamente as informações coletadas e passará a numeração do ponto seguinte exemplo de A14-1 para A14-2, agora os demais pontos se sucedem da mesma forma. 12

13 This document was created with Win2PDF available at The unregistered version of Win2PDF is for evaluation or non-commercial use only. This page will not be added after purchasing Win2PDF.

TUTORIAL LEICA GPS900CS OPERAÇÃO

TUTORIAL LEICA GPS900CS OPERAÇÃO TUTORIAL LEICA GPS900CS OPERAÇÃO 1 TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO GPS900 CS (Pós Processado) Este material tem por finalidade apresentar as configurações básicas para utilização do GPS900 CS para coleta de dados

Leia mais

ANEXO II PARTILHA DO SIMPLES NACIONAL - INDÚSTRIA

ANEXO II PARTILHA DO SIMPLES NACIONAL - INDÚSTRIA ANEXO II PARTILHA DO SIMPLES NACIONAL - INDÚSTRIA Seção I: Receitas decorrentes da venda de mercadorias por elas industrializadas não sujeitas a substituição tributária, exceto as receitas decorrentes

Leia mais

CURSO DE TECN OLOGI A DO VÁCUO

CURSO DE TECN OLOGI A DO VÁCUO FATEC-SP CURSO DE TECN OLOGI A DO VÁCUO Prof. Me. Francisco Tadeu Degasperi Janeiro de 2005 Agradeço a colaboração do Tecnólogo Alexandre Cândido de Paulo Foi Auxiliar de Docente do LTV da Fatec-SP Atualmente

Leia mais

Este é um manual de procedimentos básicos padronizados para os Formulários on-line da Coleta Seletiva.

Este é um manual de procedimentos básicos padronizados para os Formulários on-line da Coleta Seletiva. MANUAL DE PROCEDIMENTOS Formulários on-line SISTEMAS INTEGRADOS MANUAL DE PROCEDI MENTOS PADRÃO Formulários on-line Este é um manual de procedimentos básicos padronizados para os Formulários on-line da

Leia mais

MANUAL DE CADASTRO DE PROJETOS DO ESCOLA DE FÁBRICA

MANUAL DE CADASTRO DE PROJETOS DO ESCOLA DE FÁBRICA MANUAL DE CADASTRO DE PROJETOS DO ESCOLA DE FÁBRICA 2 ÍNDICE 1. Acessando o Sistema...03 2. Cadastrando da Unidade Gestora...05 2.1. Adicionando Curso ao Projeto...07 2.2. Montando a Infra-Estrutura do

Leia mais

METODOLOGIA DE PROJETO

METODOLOGIA DE PROJETO METODOLOGIA DE PROJETO DE INTERIORES AULA 06: PERSPECTIVA LINEAR DE 1 PONTO. MÃO LIVRE Disciplina do Curso Superior em Design de Interiores da UNAES/Anhanguera Educacional Arq. Urb. Octavio F. Loureiro

Leia mais

Capítulo 1 Instalação e Configuração I. Instalação II. Configurações III. Parâmetros de Processamento IV. Geoide V. Antena VI.

Capítulo 1 Instalação e Configuração I. Instalação II. Configurações III. Parâmetros de Processamento IV. Geoide V. Antena VI. Capítulo 1 Instalação e Configuração I. Instalação II. Configurações III. Parâmetros de Processamento IV. Geoide V. Antena VI. Configuração de Sistema de Coordenadas e Datum VII. Opções Na pasta do seu

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PLANO DE TRABALHO INDIVIDUAL ATIVIDADES EM DESENVOLVIMENTO ENSINO ORIENTAÇÃO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PLANO DE TRABALHO INDIVIDUAL ATIVIDADES EM DESENVOLVIMENTO ENSINO ORIENTAÇÃO Amilton Giácomo Tomasi DECF 2007/2 EFETIVO Mestre 40 Estatutário Contabilidade Gerencial ADM/Empresarial (vespertino) 2º 4 ESTÁGIO 02 ADM/Empresarial 7º e 8º 02 Secretário de Comunicação Portaria Reitoria

Leia mais

Cardans de Trat ores

Cardans de Trat ores Cardans de Trat ores Com o código da Montadora ou do Fabricante, montamos qualquer tipo de Cardans e fornecemos seus componentes avulsos. N DA MONTADORA TRATORES JONH DEERE PRODUTO OBS. SERIE DQ44685 CARDAN

Leia mais

(Nota Fiscal Eletrônica no Power Systems AS/400) Projeto Nacional Versão 1.0

(Nota Fiscal Eletrônica no Power Systems AS/400) Projeto Nacional Versão 1.0 Manual do usuário (Nota Fiscal Eletrônica no Power Systems AS/400) Projeto Nacional Versão 1.0 29-03-2011 1 de 32 Í ndice 1. Descrição Geral do Sistema 1.1 Descrição 1.2 Desenho do Processo 2. Aplicação

Leia mais

Versão Effigis, Todos os direitos reservados.

Versão Effigis, Todos os direitos reservados. EZField Guia de iniciação Versão 2.96 2012-2016 Effigis, Todos os direitos reservados. 1 Sumário Aprontar o aparelho de campo Instalar e licença Configurar as Prederências Modos de operação: Base e Estático

Leia mais

METODOLOGIA DE PROJETO

METODOLOGIA DE PROJETO METODOLOGIA DE PROJETO DE INTERIORES AULA 10: PLANEJAMENTO E PRINCÍPIOS DO DESIGN Disciplina do Curso Superior em Design de Interiores da UNAES/Anhanguera Educacional Arq. Urb. Octavio F. Loureiro Data:

Leia mais

Nilson do Rosário Costa 1, Ana Paula Coelho 2, Maria Thereza Fortes 3 e Vanina Matos 4

Nilson do Rosário Costa 1, Ana Paula Coelho 2, Maria Thereza Fortes 3 e Vanina Matos 4 IX Encontro Nacional da Associação Nacional de Economia da Saúde, Rio de Janeiro, dez/2009. A posição regional das empresas no mercado de planos privados de assistência à saúde Nilson do Rosário Costa

Leia mais

Podemos representar a relação existente entre as entidades de um relacionamento 1:1 através do conjunto abaixo:

Podemos representar a relação existente entre as entidades de um relacionamento 1:1 através do conjunto abaixo: MÓDULO 10 MODELAGEM DE DADOS II Os relacionamentos devem ser enquadrados em três grandes grupos para que possam cumprir a finalidade de expressar a semântica das associações entre as entidades. As três

Leia mais

Instalação do Portal PMS Ambiente : Controladoria Data da publicação : 18/11/09 Países : Brasil Autor Wilker Valladares

Instalação do Portal PMS Ambiente : Controladoria Data da publicação : 18/11/09 Países : Brasil Autor Wilker Valladares Instalação do Portal PMS Ambiente : Controladoria Data da publicação : 18/11/09 Países : Brasil Autor Wilker Valladares O objetivo deste documento é capacitar o analista a instalar e configurar o Portal

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE CAMPO PARA LEVANTAMENTOS GNSS

PROCEDIMENTOS DE CAMPO PARA LEVANTAMENTOS GNSS Leandro,D.; Huinca,S.C.M e Krueger, C.P. LABORATÓRIO DE GEODÉSIA ESPACIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROCEDIMENTOS DE CAMPO PARA LEVANTAMENTOS GNSS Autoras: Doutoranda Diuliana Leandro, MSc. Doutoranda

Leia mais

METODOLOGIA DE PROJETO

METODOLOGIA DE PROJETO METODOLOGIA DE PROJETO DE INTERIORES AULA 13: ELEMENTOS CONSTRUTIVOS. 1ª PARTE Disciplina do Curso Superior em Design de Interiores da UNAES/Anhanguera Educacional Arq. Urb. Octavio F. Loureiro Data: 8

Leia mais

MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE

MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE 1. Procedimentos de utilização pela empresa cliente... 01 2. Funcionalidades do WebSigom... 02 2.1. Cadastro... 03 2.2. Inserir um novo usuário... 03 2.3. Consultar os dados de

Leia mais

Analise Financeira das Demonstrações Contábeis

Analise Financeira das Demonstrações Contábeis Gest ão em Cooper at i vi smo Analise Financeira das Demonstrações Contábeis Dirceu Granado de Souza Dinâmica Patrimonial Consult & Assess Empresarial www.dinamicapatrimonial.com.br 1 Serve para uma avaliação

Leia mais

TOPCON DL-500 GUIA RÁPIDO OPERAÇÕES INICIAIS

TOPCON DL-500 GUIA RÁPIDO OPERAÇÕES INICIAIS TOPCON DL-500 GUIA RÁPIDO OPERAÇÕES INICIAIS 1.Preparações iniciais do nível São apresentados nesta seção os procedimentos para configuração do Nível DL 502 503. 1.1 Configuração do nível 1. Com o nível

Leia mais

1. LEVANTAMENTO EM CAMPO

1. LEVANTAMENTO EM CAMPO 1. LEVANTAMENTO EM CAMPO O primeiro passo antes de começar um levantamento é identificar as estações que comporão à poligonal, tal que sejam acessíveis e que em conjunto abrangiam à totalidade do nosso

Leia mais

Site: http://www.parcelias.com.br/online/faet. Código da autorizada: Login: master Senha:

Site: http://www.parcelias.com.br/online/faet. Código da autorizada: Login: master Senha: Nosso novo Sistema de Garantia está em funcionamento no endereço abaixo, favor acessar o site e cadastrar as Ordens de Serviços para que possamos encaminhar os seus pedidos de Garantia. Site: http://www.parcelias.com.br/online/faet

Leia mais

Física Geral e Experimental II Engenharia Ambiental e de Produção. Prof. Dr. Aparecido Edilson Morcelli

Física Geral e Experimental II Engenharia Ambiental e de Produção. Prof. Dr. Aparecido Edilson Morcelli Física Geral e Experimental II Engenharia Ambiental e de Produção Prof. Dr. Aparecido Edilson Morcelli TERMOLOGIA A termologia é uma parte da Física que estuda as diversas manifestações de calor. A parte

Leia mais

private void btapresentanomeactionperformed(java.awt.event.actionevent evt) {

private void btapresentanomeactionperformed(java.awt.event.actionevent evt) { Jorge Ferreira 1 NOTAS DE AULA JAVA 5 E NETBEANS 5 Seguindo as configurações iniciais do formulário, devemos definir o comportamento de apresentação da janela quando executarmos o programa. Para tanto,

Leia mais

Uma revolução cultural no mundo empresarial do Brasil! (2)

Uma revolução cultural no mundo empresarial do Brasil! (2) Uma revolução cultural no mundo empresarial do Brasil! (2) José Carlos Cavalcanti Professor de Economia da UFPE, ex-secretário executivo de Tecnologia, Inovação e Ensino Superior de Pernambuco (http://jccavalcanti.wordpress.com)

Leia mais

INFORMÁTICA 9 ENCONTRO. PROF PAULO MAXIMO

INFORMÁTICA 9 ENCONTRO. PROF PAULO MAXIMO 9 ENCONTRO PROF PAULO MAXIMO pmaximo@gmail.com 1.Analise a planilha e o gráfico a seguir. Considerando a situação apresentada é correto afirmar que: (a) a média de João foi calculada utilizando a fórmula

Leia mais

BEMATECH LOJA PRACTICO PASSO A PASSO PARA UTILIZAÇÃO AMBIENTE DE CADASTROS

BEMATECH LOJA PRACTICO PASSO A PASSO PARA UTILIZAÇÃO AMBIENTE DE CADASTROS BEMATECH LOJA PRACTICO PASSO A PASSO PARA UTILIZAÇÃO AMBIENTE DE CADASTROS Acesse o programa pelo ícone indicado pelo suporte como padrão para manutenção de cadastros. Geralmente esse aplicativo estará

Leia mais

MANUAL BÁSICO DE USO DO SISTEMA GED

MANUAL BÁSICO DE USO DO SISTEMA GED ÍNDICE MANUAL BÁSICO DE USO DO SISTEMA GED ACESSO PESQUISA 1. ACESSANDO 2. TELA INICIAL 3. ALTERANDO SUA SENHA 4. TELA DE PESQUISA 5. RESULTADOS DA PESQUISA 6. DOCUMENTO 7. AJUDA // NO FINAL DESTE MANUAL

Leia mais

Capítulo 13 - A Análise SWOT

Capítulo 13 - A Análise SWOT Capítulo 13 - A Análise SWOT O objetivo da SWOT é definir estratégias para manter pontos fortes, reduzir a intensidade de pontos fracos, aproveitando oportunidades e protegendo-se de ameaças.(vana, Monteiro

Leia mais

SOB MEDIDA TEVAH WEB

SOB MEDIDA TEVAH WEB SOB MEDIDA TEVAH WEB Caro usuário, você está tendo acesso a um guia do Sob Medida TEVAH versão WEB. A seguir você poderá verificar as formas de utilização adequadas, para um resultado positivo deste processo.

Leia mais

INSS INFORMÁTICA INSS INFORMÁTICA INSS INFORMÁTICA INSS INFORMÁTICA ENCONTRO 2/7. PROF PAULO MAXIMO, MSc pmaximo@gmail.com

INSS INFORMÁTICA INSS INFORMÁTICA INSS INFORMÁTICA INSS INFORMÁTICA ENCONTRO 2/7. PROF PAULO MAXIMO, MSc pmaximo@gmail.com ENCONTRO 2/7 PROF PAULO MAXIMO, MSc pmaximo@gmail.com 1 Network Network HUB USB WiFi 2 Roteador Backbone Switch WiFi IP Protocolos TCP/IP HTTP FTP SMTP POP3 IP IPV4 a.b.c.d 0 a 255 3 IP REDES ESPECIAIS

Leia mais

As produções e interações ficarão registradas no Moodle.

As produções e interações ficarão registradas no Moodle. Disciplina: Carga Horária: 60horas Modalidade: a distância Regime: semestral Professor: Luís Felipe Schilling Esta disciplina tem por objetivo oportunizar a prática de planejamento, modelagem, implementação

Leia mais

MATEMÁTICA DISCRETA E LÓGICA MATEMÁTICA PROF. APARECIDO EDILSON MORCELLI

MATEMÁTICA DISCRETA E LÓGICA MATEMÁTICA PROF. APARECIDO EDILSON MORCELLI MATEMÁTICA DISCRETA E LÓGICA MATEMÁTICA PROF. APARECIDO EDILSON MORCELLI CONSTRUÇÃO DA TABELA- VERDADE Dada a fórmula: {A [C (A C)]} Observamos três ocorrências de conectivos:,,. O último é a primeira

Leia mais

1. Introdução 2. Configuração Bluetooth da Controladora 2.1 MIO P Magellan explorist pro 10 3.Introdução Coleta Fácil 3.

1. Introdução 2. Configuração Bluetooth da Controladora 2.1 MIO P Magellan explorist pro 10 3.Introdução Coleta Fácil 3. 1. Introdução 2. Configuração Bluetooth da Controladora 2.1 MIO P550 2.2 Magellan explorist pro 10 3.Introdução Coleta Fácil 3.1 Informações importantes 3.2 Configurações Gerais 3.3 Configuração Bluetooth

Leia mais

Importação de Sped Contribuições

Importação de Sped Contribuições Importação de Sped Contribuições Para fazer a importação de Sped Contribuições Acesse: Menu utilitários, Importação, Importação padrão, Sped Pis e Confins Nesta opção do sistema, deverá ser informada a

Leia mais

MÓDULO 16 PLANEJAMENTO DE CONSTRUÇÃO, TESTES E DOCUMENTAÇÃO DO SISTEMA

MÓDULO 16 PLANEJAMENTO DE CONSTRUÇÃO, TESTES E DOCUMENTAÇÃO DO SISTEMA MÓDULO 16 PLANEJAMENTO DE CONSTRUÇÃO, TESTES E DOCUMENTAÇÃO DO SISTEMA Quando falamos para os alunos sobre projeto e desenvolvimento de sistemas de informação eles pensam logo em programar. A programação

Leia mais

Movimento do Caixa

Movimento do Caixa Movimento do Caixa http://www.controlenanet.com.br Este manual é parte integrante do Software On-line Movimento do Caixa Concebido pela equipe técnica de ControleNaNet. http://www.controlenanet.com.br

Leia mais

Quebra Cabeça das Ligações Químicas Autora: Karine Nantes da Silva Veronez Introdução. O jogo

Quebra Cabeça das Ligações Químicas Autora: Karine Nantes da Silva Veronez Introdução. O jogo Quebra Cabeça das Ligações Químicas Autora: Karine Nantes da Silva Veronez Introdução A química estuda as substâncias e suas transformações químicas. Essas substâncias são formadas de átomos de elementos

Leia mais

Como utilizar o Tux Paint

Como utilizar o Tux Paint 1 Curso de Formação de Professores em Tecnologia de Informação e de Comunicação Acessível Como utilizar o Tux Paint Software de desenho voltado a crianças alfabetizadas ou não. PASSO 1 INTRODUÇÃO O Tux

Leia mais

Apresentação. Atuando em diversos ramos do direito, nosso Escritório tem como meta oferecer. O Escritório

Apresentação. Atuando em diversos ramos do direito, nosso Escritório tem como meta oferecer. O Escritório Um Escritório de Advocacia, atualmente, tem que estar preparado para atender as mais diversas situações do mundo moderno. Para tanto, focalizamos como nossos preceitos, que os serviços oferecidos sejam:

Leia mais

Emissão de Recibos. Copyright ControleNaNet

Emissão de Recibos. Copyright ControleNaNet Este manual é parte integrante do Software On-line Recibos Concebido pela equipe técnica de ControleNaNet. http://www.controlenanet.com.br Todos os direitos reservados. Copyright 2016 - ControleNaNet Conteúdo

Leia mais

DATAGEOSIS EDUCACIONAL 2005

DATAGEOSIS EDUCACIONAL 2005 DATAGEOSIS EDUCACIONAL 2005 GUIA DE USO Aula 1 1. Abra o aplicativo clicando no atalho na área de trabalho. 2. Clique no botão Novo projeto ou clique o comando - (ctrl + N). 3. NA janela DADOS DO PROJETO,

Leia mais

ILMO(A). SR.(A) PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS

ILMO(A). SR.(A) PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República Secretaria de Racionalização e Simplificação Departamento de Registro Empresarial e Integração Secretaria de Estado de Desenvolvimento

Leia mais

Controle de um sistema de ventilação em um quadro de comando e controle

Controle de um sistema de ventilação em um quadro de comando e controle UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA ENGENHARIA ELÉTRICA INSTRUMENTAÇÂO ELETRÔNICA Controle de um sistema de ventilação em um quadro de comando e controle

Leia mais

TUTORIAL DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM (AVA) MOODLE

TUTORIAL DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM (AVA) MOODLE TUTORIAL DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM (AVA) MOODLE Sumário COMO ACESSAR O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM...2 COMO ACESSAR O CURSO...7 COMO ACESSAR O CONTEÚDO DO CURSO...8 Como acessar o Ambiente

Leia mais

FICHA 2. Processamento de Poligonal Fechada e Calculo de Fechamento Angular e Linear no Programa POSIÇÃO

FICHA 2. Processamento de Poligonal Fechada e Calculo de Fechamento Angular e Linear no Programa POSIÇÃO FICHA 2 Processamento de Poligonal Fechada e Calculo de Fechamento Angular e Linear no Programa POSIÇÃO 1. Criar nova Pasta de Trabalho No Windows Explore criar uma pasta "ALUNO" dentro do diretório C:\Posicao\Demos,

Leia mais

Distribuidora s de Gá s Liquefeito de Petróleo. Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo

Distribuidora s de Gá s Liquefeito de Petróleo. Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo Sindicato Nacional das Empresas Distribuidora s de Gá s Liquefeito de Petróleo PROJETO GÁS LEGAL FIM DA CLANDESTINIDADE Não queremos mais nossos produtos expostos de forma equivocada, armazenados de forma

Leia mais

IV Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações. IV Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações

IV Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações. IV Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações Uma guerra pela internet: O maior ciberataque da história tira a Estônia da rede. O suspeito é a Rússia -Nas últimas três semanas, a Estônia, um dos três estados bálticos, sofreu três ondas sucessivas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA INSTITUTO CIBERESPACIAL ICIBE

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA INSTITUTO CIBERESPACIAL ICIBE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA INSTITUTO CIBERESPACIAL ICIBE ELABORADOR: STEPHAN DE ALMEIDA JESUINO ENGENHEIRO FLORESTAL UFRA / 2007 GUIA DE INSTRUMENTOS DO GPS Passos a serem realizados no GPS

Leia mais

Posicionamento na Terra suposta esférica

Posicionamento na Terra suposta esférica Posicionamento na Terra suposta esférica Primeira imagem da Terra de TV feita do espaço em 1 de abril de 1960 sombra da Terra projetada na Lua Cheia durante o eclipse total Lua mostrava que a forma da

Leia mais

Como Funciona: Esta tela é utilizada para consultar as movimentações relacionadas a consignação.

Como Funciona: Esta tela é utilizada para consultar as movimentações relacionadas a consignação. Como Consultar Movimentações? FC02 as Sistema: Futura Consignação Caminho: Consignação>Consulta Referência: FC02 Versão: 2016.03.14 Como Funciona: Esta tela é utilizada para consultar as movimentações

Leia mais

Ajuda do Usuário do Forcepoint Secure Messaging

Ajuda do Usuário do Forcepoint Secure Messaging Ajuda do Usuário do Forcepoint Secure Messaging Bem-vindo ao Forcepoint Secure Messaging, uma ferramenta que fornece um portal seguro para transmissão e exibição de dados confidenciais e pessoais em emails.

Leia mais

Procedimentos para Atualização Sisloc

Procedimentos para Atualização Sisloc Procedimentos para Atualização Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Atualização de versão no servidor... 3 Passo a passo... 3 3. Atualização de Versão nas Demais Máquinas... 9 Passo a passo...

Leia mais

ILMO(A). SR.(A) PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS

ILMO(A). SR.(A) PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República Secretaria de Racionalização e Simplificação Departamento de Registro Empresarial e Integração Secretaria de Estado de Desenvolvimento

Leia mais

Como configurar o computador para impressão de etiquetas e formulário de 40 colunas

Como configurar o computador para impressão de etiquetas e formulário de 40 colunas DIRECTA SISTEMAS INTELIGENTES SISTEMA APLWEB APLICATIVO IMPETIQ Procedimento Gestor PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO - POP Nº Versão do Documento Nº 1.0 Data da Revisão 06/09/2016 Data de Publicação 06/09/2016

Leia mais

FERRAMENTAS DO WORD PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS NAS NORMAS

FERRAMENTAS DO WORD PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS NAS NORMAS FERRAMENTAS DO WORD PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS NAS NORMAS Introdução Edite o texto normalmente no Word, sem nenhuma formatação, ou inicie a digitação com toda a formatação. Texto para formatar Insira

Leia mais

Notas sobre o processamento de dados no SKI

Notas sobre o processamento de dados no SKI Notas sobre o processamento de dados no SKI O SKI (versão 2.3), é o software usado no processamento de dados GPS, com objectivo de obter coordenadas no sistema geodésico WGS84 ou num sistema de coordenadas

Leia mais

O PROGRAMA 5 S. Prof.ª Ghislaine Bonduelle, Drª UFPR

O PROGRAMA 5 S. Prof.ª Ghislaine Bonduelle, Drª UFPR O PROGRAMA 5 S Prof.ª Ghislaine Bonduelle, Drª UFPR SUMÁRIO O PROGRAMA 5 S (PROGRAMA 8 S) O PROGRAMA 8 S IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA 5 S / 8 S MANUTENÇÃO DO PROGRAMA 5 S / 8 S A EDUCAÇÃO E O 5 S / 8 S CONCLUSÃO

Leia mais

ILMO(A). SR.(A) PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS

ILMO(A). SR.(A) PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República Secretaria de Racionalização e Simplificação Departamento de Registro Empresarial e Integração Secretaria de Estado de Desenvolvimento

Leia mais

XV COBREAP CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS IBAPE/SP 2009

XV COBREAP CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS IBAPE/SP 2009 XV COBREAP CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS IBAPE/SP 2009 ANÁLISE COMPARATIVA DOS USOS DO SOLO UTILIZANDO IMAGENS ORBITAIS COM DIFERENTES RESOLUÇÕES ESPACIAIS. JUSSARA D'AMBROSIO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Ciências e Tecnologia Campus de Presidente Prudente

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Ciências e Tecnologia Campus de Presidente Prudente UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Ciências e Tecnologia Campus de Presidente Prudente Minicurso de SPRING 5.2 https://sites.google.com/site/arletemeneguettepdf/spring Profa. Adj. Arlete Meneguette

Leia mais

ILMO(A). SR.(A) PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS

ILMO(A). SR.(A) PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República Secretaria de Racionalização e Simplificação Departamento de Registro Empresarial e Integração Secretaria de Estado de Desenvolvimento

Leia mais

MEMORIAL EXPLICATIVO

MEMORIAL EXPLICATIVO MEMORIAL EXPLICATIVO O Instituto, por ser destinado a pessoas especiais e planejado para atender suas necessidades, deve apresentar uma linguagem diferenciada e funcional. O prédio que se distribui cerca

Leia mais

Tutorial para Ativação e Atualização de GPS Importante: Para GPS com versão 8,24 não há a necessidade de atualização. Para ver que versão o cliente

Tutorial para Ativação e Atualização de GPS Importante: Para GPS com versão 8,24 não há a necessidade de atualização. Para ver que versão o cliente Tutorial para Ativação e Atualização de GPS Importante: Para GPS com versão 8,24 não há a necessidade de atualização. Para ver que versão o cliente tem no GPS basta clicar em navegação, clicar em aceito

Leia mais

INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MÁQUINA CLIENTE COM Windows XP SP3

INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MÁQUINA CLIENTE COM Windows XP SP3 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MÁQUINA CLIENTE COM Windows XP SP3 DESCRIÇÃO DO AMBIENTE Iremos utilizar um ambiente virtualizado que funcionará de acordo com a figura: Rede Virtual Servidor (Windows Server

Leia mais

Tutorial 1: Processamento de observações GPS no Pinnacle

Tutorial 1: Processamento de observações GPS no Pinnacle Versão 1.0 Tutorial 1: Processamento de observações GPS no Pinnacle 1. Introdução. Neste tutorial iremos mostrar como se efectua o processamento de observações GPS (sinal) no software Pinnacle da TOPCON.,

Leia mais

ALFACONT 2 Sistema de Contabilidade Versão Eleusmário Mariano Rabelo. Acesso ao Sistema

ALFACONT 2 Sistema de Contabilidade Versão Eleusmário Mariano Rabelo. Acesso ao Sistema ALFACONT 2 Sistema de Contabilidade Versão 2.0 2016 Eleusmário Mariano Rabelo O Alfa-Cont é um sistema contábil multi-usuário e multi-empresa para escritórios de contabilidade, contadores e empresas, com

Leia mais

Fixo (41) Vivo (41) Tim (41) Claro (41) OI (41) Sistema Descomplicado CNPJ

Fixo (41) Vivo (41) Tim (41) Claro (41) OI (41) Sistema Descomplicado CNPJ INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

LUMISOFT (Guia do usuário)

LUMISOFT (Guia do usuário) LUMISOFT (Guia do usuário) * O guia de utilização do Novo Lumisoft fornece informações completas sobre o seu uso, orientando os usuários sobre os novos recursos do programa, instruções, dicas e muito mais.

Leia mais

A experiência de um Laboratório Regional de Prótese Dentária administrado sob o contrato de gestão celebrado entre a Casa de Saúde Santa Marcelina e a Prefeitura do Município de São Paulo Adoracion de

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA DA COMARCA DE SANTA CATARINA LAUDO PERICIAL

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA DA COMARCA DE SANTA CATARINA LAUDO PERICIAL EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA DA COMARCA DE SANTA CATARINA LAUDO PERICIAL Nº DO PROCESSO: 0000000 CLASSE: AÇÃO ORDINÁRIA AUTOR: RÉU:, brasileira, solteira, contadora, estabelecida

Leia mais

-Entre no menu Cadastros / Terceiros/Optantes -Insira os dados do Empregado ou Fornecedor / clique em Gravar

-Entre no menu Cadastros / Terceiros/Optantes -Insira os dados do Empregado ou Fornecedor / clique em Gravar Acesso ao Sistema -Dê dois cliques no ícone do programa -Digite o Usuário: -Digite a Senha: -Clique em Acessar 1 o. Passo Cadastrar os Empregados ou Fornecedores CADASTRAR SEMPRE A CONTA SALÁRIO (OPERAÇÃO

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA APRESENTAÇÃO ELETRÔNICA POWER POINT (CONTINUAÇÃO)

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA APRESENTAÇÃO ELETRÔNICA POWER POINT (CONTINUAÇÃO) 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA APRESENTAÇÃO ELETRÔNICA POWER POINT (CONTINUAÇÃO) Nickerson Fonseca Ferreira nickerson.ferreira@ifrn.edu.br

Leia mais

Manual de Uso APARELHO DE GI NÁSTI CA TOTAL GYM 1000 -------------------------------------------------------DESCRIÇÃO DO PRODUTO

Manual de Uso APARELHO DE GI NÁSTI CA TOTAL GYM 1000 -------------------------------------------------------DESCRIÇÃO DO PRODUTO Manual de Uso APARELHO DE GI NÁSTI CA TOTAL GYM 1000 -------------------------------------------------------DESCRIÇÃO DO PRODUTO ATENÇÃO Mantenha cabelo, dedos, roupa, animais de estimação e crianças longe

Leia mais

Transformações (Cap 4.3, 4.4 e 4.6 a 4.10)

Transformações (Cap 4.3, 4.4 e 4.6 a 4.10) 4.6 a 4.) Transformações (Cap 4.3, 4.4 e 4.6 a 4.) Instituto Superior Técnico, 26/27 Sumário Revisões Transformações Elementares Coordenadas Homogéneas Composição de Transformações Transformações em OpenGL

Leia mais

TUTORIAL PROCESSO RESTAURANTE

TUTORIAL PROCESSO RESTAURANTE Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Cadastrar Mesas... 3 3. Configurar Registro de Vendas em Mesas... 4 4. Registrar vendas em mesas... 6 5. Emitir relatório gerencial... 15 6.

Leia mais

UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DOS DADOS DO RELATÓRIO GERENCIAL ESTATÍSTICO DO SBU

UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DOS DADOS DO RELATÓRIO GERENCIAL ESTATÍSTICO DO SBU UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DOS DADOS DO RELATÓRIO GERENCIAL ESTATÍSTICO DO SBU MANUAL 2007 Manual editado pela Assessoria de Planejamento da Biblioteca

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE CUSTOS Prof. Dr. Constantino de Gaspari Gonçalves Exemplo de Aplicação do ABC

ADMINISTRAÇÃO DE CUSTOS Prof. Dr. Constantino de Gaspari Gonçalves Exemplo de Aplicação do ABC Exemplo de Aplicação do ABC A indústria de Confecções Pano Bom Ltda produz três tipos de produtos: Camisas, Calças, Blusas. O quadro abaixo apresenta as quantidades produzidas e seus respectivos preços.

Leia mais

Tutorial Progressão Docente SEI DOCENTE (requerente)

Tutorial Progressão Docente SEI DOCENTE (requerente) Tutorial Progressão Docente SEI DOCENTE (requerente) Para entrar no SEI (sei.ufrgs.br) utilize o número do seu cartão (8 dígitos) e a senha do portal do servidor. Na tela inicial verifique a unidade que

Leia mais

Princípios Orçamentários

Princípios Orçamentários 01. Acerca dos princípios orçamentários aceitos em nosso país, é incorreto afirmar a) a existência da separação do orçamento da União em fiscal, de investimento das estatais e da seguridade social não

Leia mais

Multimedidores Inteligentes ETE30 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun

Multimedidores Inteligentes ETE30 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun Multimedidores Inteligentes ETE30 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf ABB Automação Hartmann & Braun Índice 1. IBIS_BE_CNF - DEFINIÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3 3.

Leia mais

Instituto Federal do Maranhão PRÓ- REITORIA DE ENSINO

Instituto Federal do Maranhão PRÓ- REITORIA DE ENSINO Instituto Federal do Maranhão PRÓ- REITORIA DE ENSINO QUADRO DE VAGAS PARA OS CURSOS DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO IFMA CAMPUS SÃO LUIS MONTE CASTELO Engenharia Elétrica Industrial Engenharia Civil Engenharia

Leia mais

TUTORIAL UTILIZAÇÃO XOOPS UEFS. AEI - Gerência de Suporte

TUTORIAL UTILIZAÇÃO XOOPS UEFS. AEI - Gerência de Suporte TUTORIAL UTILIZAÇÃO XOOPS UEFS AEI - Gerência de Suporte Efetuando Login Acesse a URL desejada acrescentando /user.php ao final. Exemplo: degustacao.exemplo.uefs.br/user.php 3. Na área Login do sistema

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES Obrigado por adquirir este produto. Por favor, leia essas instruções cuidadosamente para garantir melhores resultados do seu aparelho. SOBRE O PRODUTO A MINIMAXX é a menor câmera de

Leia mais

CONTROLE DE PRODUTO NÃO CONFORME. Aprovação: Olavo R. Tomasini

CONTROLE DE PRODUTO NÃO CONFORME. Aprovação: Olavo R. Tomasini Aprovação: Olavo R. Tomasini CONTROLE DE PRODUTO NÃO Código: PR 19 Revisão: 03 Página: 1 de 7 Data: 10/10/09 Arquivo: PR 19_03.doc Rubrica: 1 OBJETIVO Estabelecer a sistemática adotada para a identificação,

Leia mais

Manual do professor WEBDIARIO

Manual do professor WEBDIARIO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo Campus Cubatão. Manual do professor WEBDIARIO Versão 1.6 COORDENADORIA DE INFORMÁTICA E PLANEJAMENTO 2015 Sumário 1. Acesso ao WD 1.1 Configuração

Leia mais

Como Realizar o Cadastro de Comandas Extraviadas? FGS17

Como Realizar o Cadastro de Comandas Extraviadas? FGS17 Como Realizar o Cadastro de Comandas Extraviadas? FGS17 Sistema: Gourmet Server Caminho: Cadastros>Restaurante>Comandas Extraviadas Referência: FGS17 Versão: 2016.04.11 Como funciona: A tela de Comandas

Leia mais

Novo Modelo da Receita

Novo Modelo da Receita Conteúdo Alterar Modelo da... 2 Orçamento Aberto em 2018... 2 Importar os novos parâmetros da receita... 3 Fazer a conferência da receita... 3 Iniciando o De/Para das novas receitas 2018... 4 Importação

Leia mais

TUTORIAL LISTA DE PRESENTES

TUTORIAL LISTA DE PRESENTES Apresentação A lista de presentes é utilizada para o cadastro de listas de Chá de Cozinha, Chá de Bebê, Lista de Presentes, Chá de Casa Nova, Lista de Casamento e outras conforme o tipo de evento. Este

Leia mais

CONHEÇA O GOOGLE APPS

CONHEÇA O GOOGLE APPS CONHEÇA O GOOGLE APPS O QUE É GOOGLE APPS? É um serviço do Google baseada na internet (web), que utiliza o seu domínio de internet (Ex: empresa.com) em diversas aplicações tais como: Google mail Google

Leia mais

Declaração de Renda de Autônomo, Profissional Liberal ou Atividade Informal

Declaração de Renda de Autônomo, Profissional Liberal ou Atividade Informal Declaração de Renda de Autônomo, Profissional Liberal ou Atividade Informal Eu,...,... (membro do grupo familiar que exerce a atividade autônoma ou de profissional liberal) inscrito no CPF sob o nº....,

Leia mais

Seção Técnica de Ensino 2/8

Seção Técnica de Ensino 2/8 Escolha a única respost a certa, conform e o enunciado da quest ão, assinalandoa corretamente no CARTÃO- RESPOSTA. 01. O número natural mais próximo de ( A ) 2 ( B ) 3 ( C ) 4 ( D ) 5 ( E ) 6 3 4 7 3 5

Leia mais

INTRODUÇÃO AO USO DO DEV C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia

INTRODUÇÃO AO USO DO DEV C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia INTRODUÇÃO AO USO DO DEV C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia Tela inicial do Editor de programas do DEV C++ Dicas

Leia mais

BEKS. Modelos: BEKY e BEKS. Manual de Referência Rápida

BEKS. Modelos: BEKY e BEKS. Manual de Referência Rápida BEKS Modelos: BEKY e BEKS Manual de Referência Rápida Junho, 2017 Ícone Nome Descrição USB Imp./Exp. Entrada e Saída de bordados a partir de uma memória USB Pen Drive. Memória Acesso às 100 posições de

Leia mais

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EAD MÓDULO VI DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EAD MÓDULO VI DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EAD MÓDULO VI DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS Nesse módulo abordaremos as duas demonstrações contábeis Balanço Patrimonial BP e Demonstração do Resultado do Exercício DRE,

Leia mais

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Cargos

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Cargos C A R T I L H A - Recursos Humanos Cargos Elaborada por: DIRPD Diretoria de Processamento de Dados Universidade Federal de Uberlândia Maio/2009 Apresentação Esta cartilha foi elaborada para auxiliar os

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO PDV CAKE - NFCE

MANUAL DE OPERAÇÃO PDV CAKE - NFCE MANUAL DE OPERAÇÃO PDV CAKE - NFCE COMO FAZER O LINK DO PDV No primeiro acesso ao PDV será necessário fazer o link do aplicativo com o Cake Web. Para isso, é preciso fazer login com um usuário administrador

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Sistema integrado de Bibliotecas SIBI/PUCPR. Normalização de Trabalhos Acadêmicos. Formatação Word 2003

Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Sistema integrado de Bibliotecas SIBI/PUCPR. Normalização de Trabalhos Acadêmicos. Formatação Word 2003 Pontifícia Universidade Católica do Paraná Sistema integrado de Bibliotecas SIBI/PUCPR Normalização de Trabalhos Acadêmicos Formatação Word 2003 FONTE Utiliza-se folha branca, de formato A4 (210 X 297

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TEW-623PI 3.02

Guia de Instalação Rápida TEW-623PI 3.02 Guia de Instalação Rápida TEW-623PI 3.02 Índice Português 1. Antes de Iniciar 1 2. Como Instalar 2 3. Usando o Adaptador Wireless 4 Troubleshooting 5 Version 02.05.2010 1. Antes de Iniciar Português Conteúdo

Leia mais

INSS CESGRANRIO JAN/2005 5. FCC ABRIL 2006 1. Atualizada 18/06/2007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1

INSS CESGRANRIO JAN/2005 5. FCC ABRIL 2006 1. Atualizada 18/06/2007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1 FCC ABRIL 2006 1. CESGRANRIO JAN/2005 5. 6. 2. 7. 3. 8. 9. 4. Atualizada 18/06/2007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1 [[[[ INSS 10. CESGRANRIO JAN 2005

Leia mais