DECISÃO AI: 030/CF-2/2007 DATA: 12/01/07 PROC.: / REC: /10-6 AUTUADO: TAM LINHAS AÉREAS S.A.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DECISÃO AI: 030/CF-2/2007 DATA: 12/01/07 PROC.: 60830.006874/2007-12 REC: 625.783/10-6 AUTUADO: TAM LINHAS AÉREAS S.A."

Transcrição

1 DECISÃO JR Agência Nacional de Aviação Civil Brasil AI: 030/CF-2/2007 DATA: 12/01/07 PROC.: / REC: /10-6 AUTUADO: TAM LINHAS AÉREAS S.A. VOO JJ /12/06 20h05min RECORRENTE: TAM LINHAS AÉREAS S.A. MATÉRIA: CBA, art. 302, III, u atraso RECLAMANTE: ELIANE TASSINI ISR: 129/ANAC-BH RELATOR: Carlo André Leite - Especialista em Regulação de Aviação Civil - SIAPE RELATÓRIO Trata-se do recurso n o /10-6, interposto pela TAM LINHAS AÉREAS S.A. com base nos art. 16 e seguintes da Resolução n o 25/08, em face da decisão proferida no Processo Administrativo n o / , originado do Auto de Infração n o 030/CF-2/2007, lavrado em 12/01/07. No Impresso de Sugestões e Reclamações ISR n o 129/ANAC-BH (fl. 01), o(a) usuário ELIANE TASSINI em companhia da filha e do neto reclama do atraso do voo JJ3854, de 21/12/06 (com saída prevista para as 20h05min), contratado com a Reclamada para a realização do trecho Belo Horizonte/Brasília. Reclama, ainda, que as informações não foram prestadas adequadamente e que a solução só veio com a chegada da Polícia Federal. A decolagem do voo JJ3854 acabou por ocorrer, segundo a reclamante, às 05h00min, depois de 11 horas e 30 minutos de espera no aeroporto. Junta cópia de bilhete à fl. 02. Em resposta à solicitação de informações feita por essa Agência em 02/01/07 (fl. 03), a reclamada alega problemas no centro de operações (CINDACTA) para explicar o atraso em sua chegada no aeroporto de Confins. Afirma ter adotado plano de contingência e providenciado as facilidades. Conclui, afirmando que a passageira seguiu no voo, que decolou às 05h13min para o destino (fl. 04). Junta cópia do voucher de alimentação à fl. 05. No seu Relatório, o fiscal atesta o atraso do voo superior a quatro horas, e que a Empresa ofereceu as facilidades de alimentação e comunicação (fl. 07 e 08). O Auto de Infração n o 030/CF-2/2007 foi lavrado em 12/01/07, capitulando a conduta da Empresa inicialmente na alínea n do inciso III do art. 302 do Código Brasileiro de Aeronáutica CBA, para depois, em despacho à fl. 19, ser promovida sua alteração para a alínea u do inciso III do art. 302 do Código Brasileiro de Aeronáutica CBA, por atrasar, sem justa causa, a decolagem do voo JJ3854, das 20h05min do dia 21/12/06, causando transtornos à reclamante (fls.09). Antes da alteração na capitulação do Auto de Infração, a Empresa apresentou defesa às fl. 10 e seguintes. Nessa, afirma que a passageira se apresentou no aeroporto de Belo Horizonte para o voo JJ3854, das 20h05min. Afirma que tal voo atrasou por motivos operacionais. Faz referência genérica sem relacionar diretamente ao evento ocorrido e objeto do presente processo à popularização do serviço de transporte aéreo, ao aumento de demanda no período natalino, ao Página 1/6

2 fechamento temporário de aeroportos por falta de condições meteorológicas, à queda do sistema de transmissão de dados no aeroporto do Galeão, à operação de sequenciamento por parte do Controle de Voos; situações em que, segundo a empresa, foram fornecidas todas as facilidades aos usuários, reacomodados os passageiros no voo imediatamente disponível e oferecido o reembolso integral das passagens, buscando minimizar os efeitos causados. Junta ao processo (i) cópia do voucher de alimentação, e (ii) cópia da lista de passageiros embarcados no voo JJ3854, com o nome da reclamante à fl. 13. Após a notificação da mudança da capitulação do Auto de Infração em 15/01/07 (fl. 16), a Empresa não apresentou nova defesa, pelo que foi certificada sua revelia quanto à mudança, em termo no parecer do analista à fl. 21. O parecer, entretanto, relata e analisa a defesa anteriormente apresentada. Em 18/10/10, a autoridade competente decidiu pela aplicação de multa no valor de R$ 7.000,00 (sete mil reais) em razão do atraso, sem justa causa, do voo JJ3854, de 21/12/06 fls.21 e 22. Tendo tomado conhecimento da decisão em 27/12/10 (fl.23 a 25), a Empresa protocolizou recurso em 30/12/10 nesta Agência (fl.26 e 27), por meio do qual solicita recurso e consentimento de anulação ou revogação total da decisão. Na peça, repete, em linhas gerais, os argumentos apresentados quando de sua defesa à autuação tais como o fechamento temporário de aeroportos, queda do sistema de transmissão de dados no Aeroporto do Galeão, e de operação de sequenciamento (espaçamento entre voos). Não junta documentos. É o relatório. VOTO DO RELATOR Recurso interposto tempestivamente, conforme despacho de fl. 28. No mérito, a autuação teve fundamento na alínea u do inciso III do art. 302 do Código Brasileiro de Aeronáutica CBA, in verbis : CBA /86 Art A multa será aplicada pela prática das seguintes infrações: (...) III - infrações imputáveis à concessionária ou permissionária de serviços aéreos: (...) u) infringir as Condições Gerais de Transporte, bem como as demais normas que dispõem sobre os serviços aéreos; Pelo relato dos autos, a Empresa teria realizado o voo com mais de quatro horas de atraso em relação ao horário contratado, e sem motivo justificável, não reacomodando o reclamante no prazo adequado, pelo que estaria sujeita às Providências Administrativas previstas no Código Brasileiro de Aeronáutica. Nesse momento, é importante noticiar de que o mesmo fato gerador da autuação objeto desse processo administrativo (atraso do voo JJ3854, de 21/12/06) deu também origem a processo Página 2/6

3 administrativo distinto, instaurado no âmbito dessa Agência. É que à época do ocorrido estava em vigor o art. 65 das Condições Gerais de Transporte aprovadas pela Portaria 676/GC-5, de 13 de novembro de 2000, que determinava que os bilhetes de passagem seriam considerados isoladamente para efeito de aplicação de sanção, ainda que em se tratando de grupo de passageiros. Na sequência dos acontecimentos, em 25/04/08 a ANAC editou a Resolução n o 25, a qual, em seu artigo 10 passou a dispor que para cada infração constatada pelo agente da autoridade de aviação civil deveria ser lavrado um único Auto de Infração. A existência de mais de uma reclamação quanto à infração processada passou a ser considerada para efeito de agravamento da pena. Assim, desde a edição da Resolução n o 25/08, todas as reclamações resultantes de uma única infração têm de ser processadas em conjunto, só sendo capaz de gerar, ao fim desse processo administrativo, uma única providência administrativa. Dentro do mesmo espírito, a Resolução n o 34/08 revogou o mencionado artigo 65 da Portaria, pondo um fim formal ao preceito que considerava isoladamente cada bilhete de passagem para efeito de aplicação de sanção. Em observância ao princípio administrativo da retroatividade da norma mais benéfica, as Resoluções n o 25 e n o 34 devem ser consideradas como normas regentes do caso, ainda que tenham entrado em vigor em data posterior à dos fatos relatados nos autos. Acontece que esse processo do qual se trouxe notícia aos autos chegou ao conhecimento dessa Junta Recursal por meio do recurso n o /09-6, já analisado na 23ª Sessão de Julgamento, realizada no dia 18 de junho de 2009, relatado pelo Membro Sra. Alexandra da Silva Amaral, da qual restou aplicada pena pecuniária de R$ 7.000,00 (sete mil reais), publicado no sítio desta ANAC (http://www.anac.gov.br/biblioteca/juntarecursal/decisoes/rec pdf). Assim, dado o fato de que essa Junta Recursal já confirmou a aplicação de multa em decorrência da mesma conduta apreciada no presente processo, entendo que deve ser anulada a multa aplicada pelo órgão de primeira instância administrativa e ora impugnada pela recorrente, com fundamento no parágrafo único do art. 10 da Resolução n o 25/08, que ora se transcreve: Res. ANAC 25/08 Art. 10. Para cada infração constatada pelo agente da autoridade de aviação civil será lavrado um AI e instaurado o respectivo processo administrativo. Parágrafo único. No caso de infração decorrente do transporte aéreo público regular, da qual resulte reclamação de mais de um passageiro com reserva confirmada para o mesmo vôo, poderá ser aberto um único processo administrativo para todas as reclamações, considerando-se para efeitos de agravante o número de reclamações recebidas. Ressalte-se que, ainda que o pedido de anulação da sanção fundamentado na ofensa ao princípio do non bis in idem não tenha sido objeto do presente recurso, a essa instância é dado conhecer da matéria ex officio, em observância ao princípio da autotutela, o qual confere à Administração o poder-dever de controlar seus próprios atos, conforme disposto na Lei n o 9.784/99 em seu art. 53. O mesmo já foi objeto de dois enunciados do Supremo Tribunal Federal: Página 3/6

4 STF Enunciado nº A Administração Pública pode declarar a nulidade dos seus próprios atos. STF Enunciado nº 473 A Administração pode anular seus próprios atos, quando eivados de vícios que os tornam ilegais, porque deles não se originam direitos; ou revogá-los, por motivo de conveniência ou oportunidade, respeitados os direitos adquiridos, e ressalvada, em todos os casos, a apreciação judicial. CONCLUSÃO Pelo exposto, voto pelo conhecimento e PROVIMENTO do recurso, anulando-se a decisão prolatada e cancelando-se a multa aplicada pela autoridade competente da primeira instância administrativa. Rio de Janeiro, 31/01/11 CARLO ANDRÉ LEITE Membro da Junta Recursal da ANAC Especialista em Regulação de Aviação Civil SIAPE Página 4/6

5 Agência Nacional de Aviação Civil Brasil CERTIDÃO DE JULGAMENTO JR AUTUAÇÃO Nº AI: 030/CF-2/2007 LAVRATURA: 12/01/07 REC.: /10-6 AUTUADO: TAM LINHAS AÉREAS S.A. VOO JJ /12/06 20h05min RECORRENTE: TAM LINHAS AÉREAS S.A. MATÉRIA: CBA, art. 302, III, u atraso RECLAMANTE: ELIANE TASSINI ISR: 129/ANAC-BH RELATOR: Carlo André Leite - Especialista em Regulação de Aviação Civil - SIAPE PRESIDENTE DA SESSÃO: Sra. Ângela Onzi Rizzi CERTIDÃO Certifico que Junta Recursal da AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL ANAC, ao apreciar o processo em epígrafe na sessão realizada nesta data, proferiu a seguinte decisão: A Junta, por unanimidade, concedeu PROVIMENTO ao recurso, cancelando a multa aplicada pelo órgão decisório de primeira instância administrativa e arquivando o presente processo, nos termos do voto do Relator. O Membro Julgador, Sr. Sérgio Luís Pereira Santos, e a Presidente da Junta Recursal, Sra. Ângela Onzi Rizzi, votaram com o Relator. Rio de Janeiro, 31/01/11 Ângela Onzi Rizzi PRESIDENTE DA JUNTA RECURSAL Página 5/6

6 DESPACHO JR Agência Nacional de Aviação Civil Brasil Nº AI: 030/CF-2/2007 LAVRATURA: 12/01/07 Nº REC.: /10-6 AUTUADO: TAM LINHAS AÉREAS S.A. VOO JJ /12/06 20h05min RECORRENTE: TAM LINHAS AÉREAS S.A. MATÉRIA: CBA, art. 302, III, u atraso RECLAMANTE: ELIANE TASSINI ISR: 129/ANAC-BH RELATOR: Carlo André Leite - Especialista em Regulação de Aviação Civil - SIAPE PRESIDENTE DA SESSÃO: Sra. Ângela Onzi Rizzi Encaminhe-se a Secretaria da Junta Recursal para providências de praxe. Rio de Janeiro, 31/01/11 Ângela Onzi Rizzi PRESIDENTE DA JUNTA RECURSAL Página 6/6

7 DADOS DO PROCESSO (Processo) (Recurso) / /10-6 (ISR) (Reclamante) (folha) 129/ANAC-BH ELIANE TASSINI 01 (Voo) (data) (hora) JJ /12/06 20h05min Belo Horizonte/Brasília (trecho) (Aeroporto) de Belo Horizonte Sol. inf. (fl.) (data) 03 02/01/07 04 Resposta Relatório (fl.) ISR (fl.) 07 e 08 (AI) (Data lav.) (Data not.) 030/CF-2/ /01/07 15/01/07 09 (fl.) Nome da autuada TAM LINHAS AÉREAS S.A. Capitulação no AI CBA, art. 302, III, u (resumida) Capitulação no AI (completa) Matéria atraso Defesa (Data) (fl.) 06/02/07 10 e 11 Revelia (Data) (fl.) 11/10/10 21 alínea u do inciso III do art. 302 do Código Brasileiro de Aeronáutica CBA Decisão (valor) (Data) (fl.) R$ 7.000,00 (sete mil reais) 18/10/10 21 e 22 Not. (Data) (fl.) Cópia (Data) (fl.) 27/12/10 23 a 25 /\/ ** ** Recurso (nome) (Data) (fl.) TAM LINHAS AÉREAS S.A. 30/12/10 26 e 27 Certidão Temp. (fl.) 28 Número total de paginas 7 Juntado (Pr) (ISR) (AI) (Data) (fl.) ** ** ** ** ** Processo de bis in idem ** Recurso de bis in idem /09-6 Sessão Julgamento completa (ou folha da cert. de intemp.) Relator Pena (R$) Endereço no site Data Sessão Julgamento 31/01/11 Título Presidente Sessão Artigo partícula nome Membro votante da Junta 23ª Sessão de Julgamento, realizada no dia 18 de junho de 2009 Alexandra da Silva Amaral R$ 7.000,00 (sete mil reais) PRESIDENTE Presidente a Sra. Ângela Onzi Rizzi Sr. Sérgio Luís Pereira Santos Página 7/6

DECISÃO. Regularmente notificada da lavratura do AI em 25/06/2007 (fls. 09).

DECISÃO. Regularmente notificada da lavratura do AI em 25/06/2007 (fls. 09). DECISÃO JR Nº PROC. ADM.: 60860.002907/2006-17 Nº PROC.: 627.732/11-2 Nº DATA AI/NI: 286/2SDSA-2/2007 14/05/2007 NOME DO INTERESSADO: VARIG - VIAÇÃO AÉREA RIOGRANDENSE S/A. EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL Nº DATA

Leia mais

Apresentada a Certidão de Conformidade Processual, em 13/08/2010 (fls. 12).

Apresentada a Certidão de Conformidade Processual, em 13/08/2010 (fls. 12). DECISÃO JR Nº PROC. ADM.: 60850.011497/2007-97 Nº PROC.: 627.747/11-0 Nº DATA AI/NI: 278/SAC-CT/2007 31/07/2007 NOME DO INTERESSADO: VRG LINHAS AÉREAS S/A Nº DATA ISR/RO: 610/SAC-CT/2007 31/07/2007 PASSAGEIRO:

Leia mais

Em Despacho nº 715/2011/GFIS/SER/ANAC, de 11/05/2011 (fls. 12 do processo

Em Despacho nº 715/2011/GFIS/SER/ANAC, de 11/05/2011 (fls. 12 do processo DECISÃO JR Nº PROC. ADM.: 60800.084264/2011-85 Nº PROC.: 619.177/08-0 Nº DATA AI/NI: 141 e 142/SAC-GR/2006 31/08/2006 NOME DO INTERESSADO: S.A VIAÇÃO AEREA RIO-GRANDENSE EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL Nº DATA

Leia mais

DECISÃO RELATÓRIO. Proc nr 625 972 10 3 EJC. Página 1 de 6. Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil

DECISÃO RELATÓRIO. Proc nr 625 972 10 3 EJC. Página 1 de 6. Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil DECISÃO JR Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil Nº AI: 004/SAC IL/2007 PROC.:Nº: 60800.008849/2010-18 Nº PROC.: 625.972.10-3 NOME DO INTERESSADO: TAM LINHAS AÉREAS ISR PASSAGEIRO: 026/SAC SV/2007

Leia mais

GOL TRANSPORTES AÉREOS S.A

GOL TRANSPORTES AÉREOS S.A DECISÃO Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil RELATÓRIO Trata-se de recurso interposto pela GOL TRANSPORTES AÉREOS S.A face à decisão proferida em primeira instância desta Agência, nos autos do processo

Leia mais

DECISÃO (Segunda Instância)

DECISÃO (Segunda Instância) DECISÃO (Segunda Instância) JR AI nº. 00191/2011 Data: 19/01/2011 Processo nº. 60840.030085/2011-28 Interessado: Luís Filipe Alexandre Barros Crédito de Multa nº. 633.294/12-3 Código ANAC Piloto: 474379

Leia mais

GOL TRANSPORTES AÉREOS S/A

GOL TRANSPORTES AÉREOS S/A DECISÃO Agência Nacional de Aviação AI/NI: 1028/GER5/2006 Nº PROC.: 617.052.08.8 NOME DO INTERESSADO: GOL TRANSPORTES AÉREOS S/A ISR - RO / PASSAGEIRO: 228/SAC-PA/2006 - Sr(a). Jorge Federico Doldan Berlan

Leia mais

DECISÃO RELATÓRIO. Página 1 de 6. Proc nr 628 143 11 5 - EJC. Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil

DECISÃO RELATÓRIO. Página 1 de 6. Proc nr 628 143 11 5 - EJC. Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil DECISÃO JR Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil Nº AI: 122/AFZ/2007 Nº PROC.: 60800.025907/2010-78 Nº CRED.: 628.143.11-5 INTERESSADO: EMPRESA DE TRANSPORTES AÉREOS DE CABO VERDE TACV S.A. ISR/RO:

Leia mais

DECISÃO. Recurso interposto tempestivamente, conforme despacho de fls..

DECISÃO. Recurso interposto tempestivamente, conforme despacho de fls.. DECISÃO RELATOR: matrícula 1.064.742 RELATÓRIO Trata o presente processo de auto de infração, lavrado no dia 24.10.2006, em Porto Alegre, com fundamento no art. 302, III, n e p do Código Brasileiro de

Leia mais

DECISÃO. Processo nº. 620.681/09-6 SLPS 1. Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil

DECISÃO. Processo nº. 620.681/09-6 SLPS 1. Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil DECISÃO JR Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil Nº AI: 358/DSA/2006 Nº. PROC.: 620.681/09-6 NOME DO INTERESSADO: ARTHUR AMORIM WIEDEMAN ISR/RO PASSAGEIRO: ----------------- RELATOR: Sérgio Luís Pereira

Leia mais

DECISÃO. Página 1 de 7. Proc nr 626 541 11 3 - EJC. Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil

DECISÃO. Página 1 de 7. Proc nr 626 541 11 3 - EJC. Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil DECISÃO JR Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil Nº AI: 05745/2010 Nº PROC.: 60800.022085/2010-73 Nº CRED.: 626.541-11-3 INTERESSADO: DAESP Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo. DOCUMENTO

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL RESOLUÇÃO N 25, DE 25 DE ABRIL DE 2008.

AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL RESOLUÇÃO N 25, DE 25 DE ABRIL DE 2008. -0> AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL RESOLUÇÃO N 25, DE 25 DE ABRIL DE 2008. Dispõe sobre o processo administrativo para a apuração de infrações e aplicação de penalidades, no âmbito da competência da

Leia mais

DECISÃO. Consta Despacho nº 615/2010/DRE/SER/UR/SP, de 31/05/2010 (fls. 43), para encaminhamento de processo.

DECISÃO. Consta Despacho nº 615/2010/DRE/SER/UR/SP, de 31/05/2010 (fls. 43), para encaminhamento de processo. DECISÃO Nº PROC. ADM.: 60800.054574/2007-99 Nº PROC.: 627.064/11-6 alínea p do inciso III do art. 302 do CBA RELATOR: Renata de Albuquerque de Azevedo Matrícula 1766164 RELATÓRIO Trata-se de recurso interposto

Leia mais

RECURSO Nº - 52.021 ACORDÃO Nº 12.632

RECURSO Nº - 52.021 ACORDÃO Nº 12.632 PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 23 / 06 / 2014 Fls.: 04 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Sessão de 03 de junho de 2014 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO Nº - 52.021 ACORDÃO Nº 12.632 INSCRIÇÃO ESTADUAL Nº - 99.199.130

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça : UNIMED DE ARAÇATUBA - COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO EMENTA PLANO DE SAÚDE. INADIMPLÊNCIA DO SEGURADO SUPERIOR A 60 (SESSENTA) DIAS. NOTIFICAÇÃO PRÉVIA. RESCISÃO UNILATERAL. POSSIBILIDADE. 1. A rescisão

Leia mais

Publicado no Diário Oficial n o 4.412, de 10 de julho de 2015 1

Publicado no Diário Oficial n o 4.412, de 10 de julho de 2015 1 Publicado no Diário Oficial n o 4.412, de 10 de julho de 2015 1 ACÓRDÃO N o : 074/2015 REEXAME NECESSÁRIO N o : 3.393 PROCESSO N o : 2013/6860/501499 AUTO DE INFRAÇÃO N o : 2013/002475 SUJEITO PASSIVO:

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL RESOLUÇÃO Nº 141, DE 9 DE MARÇO DE 2010.

AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL RESOLUÇÃO Nº 141, DE 9 DE MARÇO DE 2010. AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL RESOLUÇÃO Nº 141, DE 9 DE MARÇO DE 2010. Dispõe sobre as Condições Gerais de Transporte aplicáveis aos atrasos e cancelamentos de voos e às hipóteses de preterição de

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO Nº : 0213/2013-CRF PAT Nº : 0535/2013-6ªURT RECURSO : EX OFFICIO RECORRENTE : SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO/RN RECORRIDO

Leia mais

O julgamento teve a participação dos MM. Juízes EGBERTO DE ALMEIDA PENIDO (Presidente), LUIS EDUARDO SCARABELLI E CLAUDIA THOMÉ TONI.

O julgamento teve a participação dos MM. Juízes EGBERTO DE ALMEIDA PENIDO (Presidente), LUIS EDUARDO SCARABELLI E CLAUDIA THOMÉ TONI. fls. 146 Registro: 2015.0000046600 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Recurso Inominado nº 1008439-47.2014.8.26.0016, da Comarca de São Paulo, em que são FÁBIO IVO ANTUNES e GABRIELA

Leia mais

OCEANAIR LINHAS AÉREAS LTDA.

OCEANAIR LINHAS AÉREAS LTDA. DECISÃO JR Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil Nº AI: 019/SBGR/2008 Nº PROC.: 620.611/09-5 NOME DO INTERESSADO: OCEANAIR LINHAS AÉREAS LTDA. ISR/RO PASSAGEIRO: Sr. Julio Cezar Navasconi RELATOR:

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO Nº 539432/2012-3 Nº DE ORDEM 0095/2013-CRF ITCD OS 2307/2012 1ª URT RECURSO EX OFFICIO RECORRENTE

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO CASTRO MEIRA ADVOGADO : LUIZ ANTÔNIO MUNIZ MACHADO E OUTRO(S) EMENTA DIREITO SINDICAL. CONTRIBUIÇÃO SINDICAL RURAL. ART. 8º, IV, DA CF/88. COMPETÊNCIA DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. PUBLICAÇÃO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 712.998 - RJ (2004/0180932-3) RELATOR : MINISTRO HERMAN BENJAMIN RECORRENTE : MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO PROCURADOR : MARIANA RODRIGUES KELLY E SOUSA E OUTRO(S) RECORRIDO : ADELINO

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO Nº PAT Nº RECURSO RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO RELATORA RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS 133/2013-CRF 3025/2013-1ª URT VOLUNTÁRIO ITALIAN COFFEE DO BRASIL

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de / / Fls. Processo n.º: E-04/897.015/1999 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 07 de Novembro de 2000 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO N.º

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS A.I.: 2/200507655 ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N 4! G /2006 2 8 CÂMARA SESSÃO DE 22/08/06 PROCESSO DE RECURSO N 1/002532/2005 AUTO DE INFRAÇÃO: 2/200507655

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIADA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIADA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS , ESTADO DO CEARÁ SECRETARIADA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS \. 1",~. - Resolução n. 01 O /03 Sessão de 09/12/02 2 a Câmara Proc.: 1/1915/01 Auto de Infração.: 1/200105680 Recorrente: SMALLBAYIND.

Leia mais

SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS ESTADO" DO CEARÁ RESOLUÇÃO N. 4VIS /2007 1a CÂMARA DE JULGAMENTO 76 a SESSÃO DE: 18.04.2007 PROCESSO N. 1/002917/2002 AUTO DE JNFRAÇÃO N 1/200210491 RECORRENTE: DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS FREIRE RECORRIDO:

Leia mais

OCEANAIR LINHAS AÉREAS LTDA.

OCEANAIR LINHAS AÉREAS LTDA. DECISÃO Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil RELATÓRIO Trata-se de recurso interposto pela OCEANAIR LINHAS AÉREAS LTDA. face à decisão proferida em primeira instância desta Agência, nos autos do

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS "'.- GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS Resolução N ~1168 Sessão: 211 a Ordinária de 12 de Novembro de 2007. Processo

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.079.644 - SP (2008/0172654-7) RELATORA : MINISTRA ELIANA CALMON RECORRENTE : VELLOZA GIROTTO E LINDENBJOM ADVOGADOS ASSOCIADOS S/C ADVOGADO : LUIZ EDUARDO DE CASTILHO GIROTTO E OUTRO(S)

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS R E L A T Ó R I O Consta que contra a autuada acima qualificada, foi lavrado o Auto de Infração n 415/2010 1ª URT, onde se denuncia: I) Saída de mercadoria desacompanhada de nota fiscal, apurada através

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça CONFLITO DE COMPETÊNCIA Nº 52.333 - SP (2005/0111505-0) RELATORA : MINISTRA ELIANA CALMON SUSCITADO : JUÍZO FEDERAL DA 21A VARA DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE SÃO PAULO EMENTA PROCESSUAL CIVIL CONFLITO

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS . PROC.: 1/4898/2006 ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N óc1/2008 2aCÂMARA - SESSÃO DE 21/01/2008 PROCESSO DE RECURSO N 1/4898/2006 AUTO DE INFRAÇÃO: 2/200625240

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 704.881 - RS (2004/0126471-0) RELATOR : MINISTRO HERMAN BENJAMIN AGRAVANTE : TRANSPORTADORA DE CARGAS MERCOSUL LTDA ADVOGADO : CLÁUDIO LEITE PIMENTEL E OUTRO(S) AGRAVADO

Leia mais

DECISÃO CBA. Processo nº /07-2 SLPS 1. Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil

DECISÃO CBA. Processo nº /07-2 SLPS 1. Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil DECISÃO Agência Nacional de Aviação ISR/RO PASSAGEIRO: ---------------- RELATOR: Sérgio Luís Pereira Santos Especialista em Regulação Mat. SIAPE 2438309 RELATÓRIO Trata-se de Recurso interposto pela empresa

Leia mais

CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS- CRT

CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS- CRT .-...- _.\ (Q~' Processo n 1/4246/2006 ~ CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS- CRT RESOLUÇÃO N ~ 50 /2010 2 8 CÂMARA DE JULGAMENTO 144 8 SESSÃO ORDINÁRIA EM: 03/09/2010 PROCESSO N 1/4246/2006 AUTO DE INFRAÇÃO

Leia mais

FL. 1 de 6 VOTO PROCESSO: 48500.000092/2014-27. INTERESSADO: Copel Distribuição S.A. - Copel Dis. RELATOR: Diretor André Pepitone da Nóbrega

FL. 1 de 6 VOTO PROCESSO: 48500.000092/2014-27. INTERESSADO: Copel Distribuição S.A. - Copel Dis. RELATOR: Diretor André Pepitone da Nóbrega FL. 1 de 6 VOTO PROCESSO: 48500.000092/2014-27 INTERESSADO: Copel Distribuição S.A. - Copel Dis RELATOR: Diretor André Pepitone da Nóbrega RESPONSÁVEL: DIRETORIA DIR ASSUNTO: Recurso Administrativo interposto

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 147/2011 RECURSO VOLUNTÁRIO N o : 7.953 PROCESSO N

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO Nº 0115 /2015-CRF

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO Nº 0115 /2015-CRF RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO Nº PAT Nº RECURSO RECORRENTE RECORRIDO RELATOR 266/2014-CRF 2216/2013-1ª URT EX OFFICIO SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO CASTRO MEIRA EMENTA TRIBUTÁRIO. TAXA DE LOCALIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO. LICENÇA. RENOVAÇÃO. LEGITIMIDADE. 1. É legítima a cobrança da taxa de localização e funcionamento para a renovação

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO JOÃO OTÁVIO DE NORONHA EMENTA PREVIDENCIÁRIO. CONTRIBUIÇÃO. SAT. ATIVIDADE PREPONDERANTE. SERVIÇO PÚBLICO. ATIVIDADE BUROCRÁTICA. MUNICÍPIO. PREFEITURA. LITIGÂNCIA DE MÁ-FÉ. ART. 17,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 074/2013 RECURSO VOLUNTÁRIO N o : 8.125 PROCESSO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.218.980 - RS (2009/0152036-0) RELATOR : MINISTRO CASTRO MEIRA EMENTA PROCESSUAL CIVIL E ADMINISTRATIVO. AÇÃO CIVIL PÚBLICA. AGRAVO REGIMENTAL. VIOLAÇÃO DO ART. 535, INCISO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.280.171 - SP (2011/0144286-3) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO : MINISTRO MASSAMI UYEDA : A C DE A : ANNA CRISTINA BORTOLOTTO SOARES E OUTRO(S) : B L C DE A E OUTRO : CLEBER SPERI EMENTA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça S EMENTA CIVIL E PROCESSUAL CIVIL. AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL. PLANO DE SAÚDE. AÇÃO DE INDENIZAÇÃO. CIRURGIA BARIÁTRICA. PEDIDO MÉDICO. NEGATIVA DE AUTORIZAÇÃO. DANO MORAL. DECISÃO

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS PROC.: 1/004275/2005 I ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃON obs/2008 la CÂMARA SESSÃODE 23/11/2007 PROCESSODE RECURSO N 1/004275/2005 AUTO DE INFRAÇÃO: 1/200517776

Leia mais

Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil

Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil DECISÃO RELATOR: matrícula 1.064.742 RELATÓRIO Trata o presente processo de notificação de infração, lavrada no dia 25.07.2005, em Manaus, com fundamento no art. 299, V do Código eiro de Aeronáutica, por

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda Contencioso Administrativo Tributário Conselho De Recursos Tributários 2" Câmara

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda Contencioso Administrativo Tributário Conselho De Recursos Tributários 2 Câmara GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda Contencioso Administrativo Tributário Conselho De Recursos Tributários 2" Câmara RESOLUÇÃO N?>3 12012 214 8 SESSÃO ORDINÁRIA DE 17.11.2011 PROCESSO DE RECURSO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATORA : MINISTRA ELIANA CALMON EMENTA TRIBUTÁRIO IMPOSTO DE RENDA SOBRE VERBAS INDENIZATÓRIAS TRÂNSITO EM JULGADO FAVORÁVEL AO CONTRIBUINTE LEVANTAMENTO DE DEPÓSITO POSSIBILIDADE. 1. Reconhecida, por

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS MAGALI COSTA CONS. HILTON PAIVA DE MACÊDO RELATÓRIO

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS MAGALI COSTA CONS. HILTON PAIVA DE MACÊDO RELATÓRIO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS Nº DE ORDEM I T C D O. S. RECURSO RECORRENTE RECORRIDO RELATOR 0099/2013-CRF 2342/2012-1ª URT EX OFFICIO MAGALI COSTA CONS. HILTON PAIVA DE MACÊDO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.191.881 - RJ (2010/0080549-7) RELATOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES RECORRENTE : RECOMEX REPRESENTAÇÃO E COMÉRCIO EXTERIOR LTDA ADVOGADO : ALBERTO DAUDT DE OLIVEIRA E OUTRO(S)

Leia mais

GOVERNO DA PARAÍBA. Secretaria de Estado da Receita. Conselho de Recursos Fiscais

GOVERNO DA PARAÍBA. Secretaria de Estado da Receita. Conselho de Recursos Fiscais GOVERNO DA PARAÍBA Secretaria de Estado da Receita Conselho de Recursos Fiscais Processo nº 146.875.2011-1 Acórdão 281/2014 Recurso VOL/CRF 221/2013 RECORRENTE: GOLDEN IMPORTADORA E EXPORTADORA LTDA. RECORRIDA:

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 30 / 09 / 2002 Fls. 15 Proc. nº: E 04/141.494/1997 Rubrica: SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 20 de agosto de 2002 PRIMEIRA CÂMARA

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Administrativo Tributário Conselho de RecursosTributários 1a Câmara de Julgamento

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Administrativo Tributário Conselho de RecursosTributários 1a Câmara de Julgamento / I PROCESSO: 1/1115/2006 ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Administrativo Tributário Conselho de RecursosTributários 1a Câmara de Julgamento ReSOlução N0. 15f'/2007 Sessão: 34a Sessão

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS PROC.: 2536/97 AI: 9701559 1 ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N 0414/2005 2 a.câmara SESSÃO DE".09/05/2005 PROCESSO DE RECURSO N 1/002536/97 AUTO DE INFRAÇÃO:

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO JORGE SCARTEZZINI EMENTA PROCESSO CIVIL - AGRAVO DE INSTRUMENTO - NEGATIVA DE PROVIMENTO - AGRAVO REGIMENTAL - SEGURO - ALEGAÇÃO DE DOENÇA PRÉ-EXISTENTE - MÁ-FÉ - REEXAME DE PROVA SÚMULA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.340.604 - RJ (2012/0141690-8) RELATOR RECORRENTE PROCURADOR RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES : ESTADO DO RIO DE JANEIRO : ALEX CORDEIRO BERTOLUCCI E OUTRO(S) :

Leia mais

Assinatura: RELATÓRIO

Assinatura: RELATÓRIO Gerência/Diretoria: NUCLEO-RJ/SEGER Protocolo nº: 33902.566210/2012-01 Data: 23/11/2012 Hora: 14:33:25 Diretoria de Fiscalização Assinatura: Processo n.º: 33902.113433/2010-08 Demanda/Protocolo: 963822/959019

Leia mais

EsTADO DO CEARÁ Secretaria,la Fazellda, CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTARIOS

EsTADO DO CEARÁ Secretaria,la Fazellda, CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTARIOS Processo de Recurso no 1/2490/2009 AlIto de Infração n' 1/200905627 e GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria,la Fazellda, CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTARIOS 115 RESOLUÇÃO N0 \.~ I ~ 10 2" CÂMARA SESSÃO DE

Leia mais

RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006

RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006 PROC: 1/004193/2004 \ AL: 1/200410475 ESTADO DO CEARA SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006 PROCESSO DE RECURSO N 1/004193/2004 AUTO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO JOÃO OTÁVIO DE NORONHA RECORRENTE : E L DOS S E OUTRO ADVOGADO : JULIANO FONSECA DE MORAIS EMENTA RECURSO ESPECIAL. PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO DE DIVÓRCIO DIRETO CONSENSUAL. CASAMENTO REALIZADO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 966.736 - RS (2007/0152846-0) RELATOR : MINISTRO NAPOLEÃO NUNES MAIA FILHO RECORRENTE : PAULO GILBERTO ALTMANN ADVOGADO : ANDRE ROBERTO MALLMANN RECORRIDO : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO : Nº 0125/2008-CRF. PAT : Nº 0140/2006-1ª URT. RECORRENTE : SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO. RECORRIDO : MARISA LOJAS VAREJISTAS LTDA. RECURSO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 89.695 - RS (2011/0212549-1) RELATOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES EMENTA PROCESSUAL CIVIL. TRIBUTÁRIO. ISS. BASE DE CÁLCULO. SERVIÇO DE TRANSPORTE COLETIVO MUNICIPAL.

Leia mais

Secretaria da Fazenda COIIfTENCIIOSCllADl"sn~mIOT'RBITÁRO- CONAT CON5EI.HODE RECURSOSI"RBI1'ARKJs.. C R T

Secretaria da Fazenda COIIfTENCIIOSCllADlsn~mIOT'RBITÁRO- CONAT CON5EI.HODE RECURSOSIRBI1'ARKJs.. C R T .'.' 1 COIIfTENCIIOSCllADl"sn~mIOT'RBITÁRO- CONAT CON5EI.HODE RECURSOSI"RBI1'ARKJs.. C R T 2lI camarade-julganenlo RESOLUÇÃO N :~?>~/2012 21 a SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DE 23/03/2012 PROCESSO N 1/3624/2008

Leia mais

DECISÃO. Segunda Instância

DECISÃO. Segunda Instância DECISÃO Segunda Instância JR AI nº. 05233/2011 Data: 20/09/2011 Processo nº. 60800.195167/2011-17 Interessado: AMERICAN AIRLINES INC Crédito de Multa nº. 634.950/12-1 Infração: Não disponibilizar veículos

Leia mais

RELATÓRIO VOTO DO RELATOR (VOTO VENCIDO)

RELATÓRIO VOTO DO RELATOR (VOTO VENCIDO) PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 07 / 12 / 2011 Fls. 24 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 04 de outubro de 2011 QUARTA CÂMARA RECURSO Nº - 41.675 ACÓRDÃO Nº 9.676

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Adrrdnistrativo Tributário Conselho de Recursos Tributários la Câmara de Julgamento Resolução N ~'O/2010 Sessão: Soa Extraordinária de 22 de Setembro de

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA. Processo nº 10950.000992/2007-74. Recurso nº 148.951

MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA. Processo nº 10950.000992/2007-74. Recurso nº 148.951 MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA Processo nº 10950.000992/2007-74 Recurso nº 148.951 Matéria IOF - Base de Cálculo e Decadência Acórdão nº 201-81.317 Sessão de 08

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES RECURSO Nº - 42.562 (ITD) ACORDÃO Nº 10.822

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES RECURSO Nº - 42.562 (ITD) ACORDÃO Nº 10.822 PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 13 / 07 / 2012 Fls. 10 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 04 de junho de 2012 TERCEIRA CÂMARA RECURSO Nº - 42.562 (ITD) ACORDÃO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 19.257 - DF (2004/0169336-4) RELATOR : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA RECORRENTE : JOSÉ FRANCISCO DE ARAÚJO ADVOGADO : ANTÔNIO VALE LEITE E OUTRO T. ORIGEM : TRIBUNAL

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES RECORRENTE : FAZENDA NACIONAL : PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL RECORRIDO : SIAM ALIMENTOS LTDA E OUTRO : MARCELO DE LIMA CASTRO DINIZ E OUTRO(S) EMENTA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 593.196 - RS (2003/0164484-3) RELATOR : MINISTRO HÉLIO QUAGLIA BARBOSA EMENTA RECURSO ESPECIAL. SEGURO. ATRASO NO PAGAMENTO DOS VALORES DEVIDOS PELA SEGURADORA. LUCROS CESSANTES. OCORRÊNCIA.

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.451.602 - PR (2014/0100898-3) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS AGRAVANTE : MTD COMÉRCIO LTDA ADVOGADOS : CHRISTIANO MARCELO BALDASONI CRISTIANO CEZAR SANFELICE

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazendn, CONTENCIOSOADMINSTRATIVOTRIBUTARIO CONSELHODE RECURSOSTRIBUTÁRIOS

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazendn, CONTENCIOSOADMINSTRATIVOTRIBUTARIO CONSELHODE RECURSOSTRIBUTÁRIOS . ',. [,. GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazendn, CONTENCIOSOADMINSTRATIVOTRIBUTARIO CONSELHODE RECURSOSTRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃON" Osb /2010 1" CÂMARADEJULGAMENTO 9" SESSÃOORDINÁRIAEM 22/01/2010

Leia mais

~1&i~ ;. \ I. ~",~ ~/ GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ

~1&i~ ;. \ I. ~,~ ~/ GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ ., ~. \ \)'f.:. ' ~1&i~ ;. \ I. ~",~ ~/ 1 GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ CONT191::IOlmlls~ecN\lrellll,ar>4lrt5' and~a ~BU1'ÁRIO- CONSB.HODE RECtRiOSI'RIBU1'ÁRIOS- 2 8 CÂMARADE.JULGANBIT'O C R T RESOLUÇÃO N

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 196, DE 24 DE AGOSTO DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº 196, DE 24 DE AGOSTO DE 2011. RESOLUÇÃO Nº 196, DE 24 DE AGOSTO DE 2011. Dispõe sobre a regulamentação do serviço de atendimento ao passageiro prestado pelas empresas de transporte aéreo regular. A DIRETORIA DA AGÊNCIA NACIONAL DE

Leia mais

DO Ó CATÃO E MARIA JOSÉ LOURENÇO DA SILVA

DO Ó CATÃO E MARIA JOSÉ LOURENÇO DA SILVA GOVERNO DA PARAÍBA Secretaria de Estado da Receita Conselho de Recursos Fiscais Processo nº 121.778.2012-0 Acórdão 401/2013 Recurso VOL/CRF- nº102/2013 Recorrente: GLOBAL VILLAGE TELECOM LTDA Recorrida:

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 21.407/14/3ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000210131-85 Reclamação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 21.407/14/3ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000210131-85 Reclamação: 40. Acórdão: 21.407/14/3ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000210131-85 Reclamação: 40.020136072-61 Reclamante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA Nutriara Alimentos Ltda IE: 578063178.00-02 Aquiles Nunes de Carvalho/Outro(s)

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.374.048 - RS (2013/0073161-8) RELATOR RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO HUMBERTO MARTINS : FAZENDA NACIONAL : PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL : EMERSON DA SILVA

Leia mais

INFORMATIVO : TRANSPORTE AÉREO

INFORMATIVO : TRANSPORTE AÉREO INFORMATIVO : TRANSPORTE AÉREO DIREITO À INFORMAÇÃO: INFORMAÇÃO CLARA E PRECISA: CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR Art. 6º São direitos básicos do consumidor: III - a informação adequada e clara sobre os

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc...

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc... Processo nº 0126452009-3 Acórdão nº 059/2012 Recurso HIE/VOL/CRF-427/2010 1ª RECORRENTE: GERÊNCIA EXECUTIVA DE JULGAMENTO DE PROCESSOS FISCAIS GEJUP 1ª RECORRIDA: LOJAS PRIMAVERA COMÉRCIO DE MÓVEIS LTDA.

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO CASTRO MEIRA AGRAVANTE : INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA - INCRA INTERES. : MARIA DE HOLANDA E SILVA E OUTROS EMENTA ADMINISTRATIVO. AGRAVO REGIMENTAL. DESAPROPRIAÇÃO.

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO CASTRO MEIRA AGRAVANTE : ONDREPSB LIMPEZA E SERVIÇOS ESPECIAIS LTDA ADVOGADO : IVAR LUIZ NUNES PIAZZETA E OUTRO(S) AGRAVADO : FAZENDA NACIONAL PROCURADORES : ANGELA T GOBBI ESTRELLA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATORA RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRA NANCY ANDRIGHI : S B : JASON SOARES DE ALBERGARIA FILHO E OUTRO : T C DA C : EBER CARVALHO DE MELO E OUTRO EMENTA Direito civil e processual civil.

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 996.613 - ES (2007/0244394-3) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS RECORRENTE : ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PROCURADOR : RAFAEL INDUZZI DREWS E OUTRO(S) RECORRIDO : COLATINA DIESEL LTDA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATORA : MINISTRA NANCY ANDRIGHI EMENTA CIVIL. RECURSO ESPECIAL. AGRAVO NO RECURSO ESPECIAL. AÇÃO DE COBRANÇA DE SEGURO OBRIGATÓRIO DPVAT. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. OMISSÃO, CONTRADIÇÃO OU OBSCURIDADE.

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO MÚLTIPLO. Trata-se de recurso interposto pela Instituição Bancária HSBC

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO MÚLTIPLO. Trata-se de recurso interposto pela Instituição Bancária HSBC JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO Processo Administrativo nº.: 0113-000.545-7 Autuada / Recorrente: HSBC BANK BRASIL S/A- BANCO MÚLTIPLO CNPJ: 01.701.201/0744-68 Trata-se de recurso interposto pela

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR-1132-24.2011.5.23.0008. A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/th/af

PROCESSO Nº TST-RR-1132-24.2011.5.23.0008. A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/th/af A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/th/af RECURSO DE REVISTA. REGULARIDADE DE REPRESENTAÇÃO. DECLARAÇÃO DE AUTENTICIDADE DO MANDATO FIRMADA PELO ADVOGADO CONSTITUÍDO. A Lei nº 11.925/2009, que alterou a redação

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 061/2013 RECURSO VOLUNTÁRIO N o : 8.135 PROCESSO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.153.218 - SP (2009/0135019-3) RELATORA : MINISTRA NANCY ANDRIGHI EMENTA PROCESSO CIVIL. REPRESENTAÇÃO PROCESSUAL. CÓPIA DE PROCURAÇÃO. INSTRUMENTO PÚBLICO. PRESUNÇÃO DE VALIDADE.

Leia mais

7ª CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL N.º 798.202-7 DA COMARCA DE CERRO AZUL VARA ÚNICA

7ª CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL N.º 798.202-7 DA COMARCA DE CERRO AZUL VARA ÚNICA 7ª CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL N.º 798.202-7 DA COMARCA DE CERRO AZUL VARA ÚNICA Apelante: MUNICÍPIO DE CERRO AZUL Apelado: ESTADO DO PARANÁ Relator: Des. GUILHERME LUIZ GOMES APELAÇÃO CÍVEL AÇÃO ANULATÓRIA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA EMENTA DIREITO ADMINISTRATIVO. RECURSO ESPECIAL. MILITAR. "AJUDA-DE-CUSTO". MUDANÇA TEMPORÁRIA DE SEDE. POSSIBILIDADE. "INDENIZAÇÃO DE TRANSPORTE". MUDANÇA DE DOMICÍLIO.

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM HABEAS CORPUS Nº 21.628 - SP (2007/0158779-3) RELATORA : MINISTRA LAURITA VAZ RECORRENTE : AGOSTINHO FERRAMENTA DA SILVA JÚNIOR ADVOGADO : JULIANA FERRAMENTA DA SILVA RECORRIDO : TRIBUNAL DE

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça EMENTA FALÊNCIA. HABILITAÇÃO DE CRÉDITO. CONTRIBUIÇÃO PARAFISCAL DEVIDA AO SENAI. POSSIBILIDADE. 1. De acordo com a jurisprudência desta Corte, a possibilidade de cobrança do crédito por meio de execução

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 494.366 - PE (2002/0172296-0) RELATOR : MINISTRO JOÃO OTÁVIO DE NORONHA RECORRENTE : COOPERATIVA DE SERVIÇOS MÉDICOS GRUPO MATERNO INFANTIL DE PERNAMBUCO ADVOGADO : CARLOS ALBERTO AQUINO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES RECORRENTE : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO RECORRIDO : MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO : WALDNER F DA SILVA INTERES. : MANOEL ALVES FERRASOL : MARCO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.054.847 - RJ (2008/0099222-6) RELATOR RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO REPR. POR RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO LUIZ FUX : TEREZINHA FUNKLER : LÍDIA MARIA SCHIMMELS E OUTRO(S) : BANCO

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação.

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação. Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 7400.011101/201-6 Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Órgão ou entidade recorrido (a): Recorrente: Recurso contra decisão denegatória

Leia mais