Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais Base de Registro Eletrônico em Saúde (B-RES)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais Base de Registro Eletrônico em Saúde (B-RES)"

Transcrição

1 Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais Base de Registro Eletrônico em Saúde (B-RES) Descrição das estruturas de dados utilizadas pelos serviços web

2 Histórico de Versões Versão Comentário Autor Data 0.1 Versão inicial Francisco Mario de Moura; 18/05/2010 Wagner Gomes Gonçalves

3 Sumário 1 MANTER (CRIAR / ALTERAR) USUÁRIO CARTÃO SUS... ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 1.1 Modelagem... Erro! Indicador não definido Parâmetros formais de entrada - Requisição... Erro! Indicador não definido Tipo de Retorno - Resposta... Erro! Indicador não definido Diagrama de sequência... Erro! Indicador não definido Diagrama de atividade... Erro! Indicador não definido.

4 1 Descrição das estruturas de dados utilizadas pelos serviços web datatypes 1.1 Identificador da Requisição IDRequisicao: atributos de controle da requisição Campo Descrição Obrigatório Formato Tamanho Domínio/Regra de Negócio idmensagemres Campo que identifica univocamente a mensagem dentro da integradora SIM Alfanumérico 15 idprofissional Campo que identifica univocamente o usuário (login) dentro da integradora SIM Alfanumérico 20 idunidadesaude Campo que identifica a Unidade de Saúde que originou a mesnagem segundo o SigTap SIM Alfanumérico 20 idres Campo que identifica a Integradora que cadastrou a informação. SIM Numérico 3 Código dos Integradores fornecido pela Prodemge Ex: RES 01; RES Identificador da Resposta IDResposta: atributos de controle da resposta Campo Descrição Obrigatório Formato Tamanho Domínio/Regra de Negócio codigobres SIM Alfanumérico 7 Ver documento de definição de mensagens mensagembres SIM Alfanumérico 100 Ver documento de definição de mensagens idmensagemres Campo que identifica univocamente a mensagem dentro da integradora SIM Alfanumérico 15 idprofissional Campo que identifica univocamente o usuário (login) dentro SIM Alfanumérico 20 4

5 da integradora idunidadesaude Campo que identifica a Unidade de Saúde que originou a mesnagem segundo o SigTap SIM Alfanumérico 20 idres Campo que identifica a Integradora que cadastrou a informação. SIM Numérico 3 Código dos Integradores fornecido pela Prodemge Ex: RES 01; RES Código Usuário CodigoUsuario: parâmetro formal da consulta usuário por código Campo Descrição Obrigatório Formato Tamanho Domínio/Regra de Negócio codigo Código identificador unívoco do usuário SIM Alfanumérico UsuárioDTO UsuarioDTO: usuário do cartão SUS Campo Descrição Obrigatório Formato Tamanho Domínio/Regra de Negócio codigousuario Código identificador unívoco do usuário SIM Alfanumérico 64 nome Nome do usuário. SIM Alfanumérico 70 Não deve conter: apenas brancos; apenas um caractere; três caracteres iguais e consecutivos numa das partes do nome (exceto III); as expressões: não informado; não cadastrado; inexistente; omitido; omitida; a declarar; não declarado; não consta; não preenchido datanascimento Data de nascimento do SIM Data 10 Ano maior que

6 usuário DD/MM/AAAA Data não pode ser maior que a data do sistema. Caso cidadão não saiba a data do seu nascimento, preencher este campo com data de nascimento estimada ou referida idadeaparente Idade do usuário SIM Numérico 03 Preenchimento obrigatório. Caso cidadão não saiba a data do seu nascimento, preencher este campo com idade estimada ou referida dataidadeaparente Data quando a idade aparente foi fornecida ao sistema SIM Data DD/MM/AAAA 10 codigomunicipionascimento Código de identificação do Município segundo o IBGE nomemae Nome da mãe do Usuário SIM Numérico 6 (6 primeiras posições do código IBGE). Preenchimento obrigatório se brasileiro nato - nacionalidade igual a 010 (brasileira) e número da Portaria de Naturalização não informada. Não preencher quando: A nacionalidade for diferente de 010 (brasileira) O usuário SUS for um brasileiro naturalizado - nacionalidade igual a 010 e número da portaria de naturalização preenchido. RNs de cruzamento dos campos município de nascimento, código de nacionalidade e dados de estrangeiro (data de chegada ao Brasil, portaria de naturalização e data de naturalização): Se brasileiro nato, isto é, código de nacionalidade igual a 010 e município de nascimento preenchido, obrigatoriamente todos os campos referentes a dados de estrangeiro não devem ser preenchidos. Se brasileiro NATURALIZADO, isto é, código de nacionalidade igual a 010 e município de nascimento sem preenchimento, o campo portaria de naturalização deverá estar obrigatoriamente preenchido e os campos data de chegada e data de naturalização serão de preenchimento opcional. Se estrangeiro, isto é, código de nacionalidade diferente de 010, os campos município de nascimento, portaria de naturalização e data de naturalização não deverão ser informados e o campo data de chegada deverá estar obrigatoriamente preenchido. Alfanumérico 70 Se não informado, deve ser preenchido com IGNORADA. Não deve conter: apenas um caractere; três caracteres iguais e consecutivos numa das partes do nome (exceto III); as expressões: não informado; não cadastrado; inexistente; omitido; 6

7 omitida; a declarar; não declarado; não consta; não preenchido nomepai Nome do pai do Usuário Alfabético 70 Se não informado, deve ser preenchido com IGNORADO. Não deve conter: apenas um caractere; três caracteres iguais e consecutivos numa das partes do nome (exceto III); as expressões: não informado; não cadastrado; inexistente; omitido; omitida; a declarar; não declarado; não consta; não preenchido. Endereço eletrônico do usuário Alfanumérico 100 Deve conter um e no mínimo um ponto. codigoraca Código de raça Numérico 1 Domínio: 1-Branca 2-.Preta 3-.Amarela 4.-Parda 5-.Indígena codigoestadocivil Código de estado civil Numérico 1 Domínio: 1. Solteiro; 2. Casado; 3. Viúvo; 4. Separado judicialmente; 5. União consensual; aceito pela B-RES. codigosituacaofamiliar Código da situação familiar Numérico 1 1. Convive c/ companheira (o) e filho(s); 2. Convive c/ companheira (o), com laços conjugais e sem filhos; 3. Convive c/ companheira (o), com filho (s) e/ou outros familiares; 4. Convive com familiar (es) sem companheira (o); 5. Convive com outra (s) pessoa (s), sem laços consangüíneos e/ou conjugais; 7

8 codigopais Código do país de origem 6.Vive só; Numérico 3 Cruzamento dos campos município de nascimento, código de nacionalidade e dados de estrangeiro (data de chegada ao Brasil, portaria de naturalização e data de naturalização): Se brasileiro nato, isto é, código de nacionalidade igual a 010 e município de nascimento preenchido, todos os campos referentes a dados de estrangeiro não devem estar preenchidos. Se brasileiro NATURALIZADO, isto é, código de nacionalidade igual a 010 e município de nascimento sem preenchimento, o campo portaria de naturalização deverá estar obrigatoriamente preenchido e os campos data de chegada e data de naturalização serão de preenchimento opcional. Se estrangeiro, isto é, código de nacionalidade diferente de 010, os campos município de nascimento, portaria de naturalização e data de naturalização não deverão ser preenchidos e o campo data de chegada deverá estar obrigatoriamente preenchido. codigocbo Código de Ocupação Alfanumérico 6 codigoescolaridade Código da escolaridade Alfanumérico 2 1.Não sabe ler/escrever; 2.Alfabetizado indivíduo que sabe ler e escrever no mínimo um bilhete. O indivíduo que apenas assina o nome não é considerado alfabetizado; 3.Nível Fundamental Incompleto (1 grau incompleto); 4.Nível Fundamental Completo (1 grau completo); 5.Nível Médio Incompleto (2 grau incompleto); 6.Nível Médio Completo (2º grau completo); 7.Superior incompleto; 8.Superior completo; 9.Especialização; 10.Mestrado; 11.Doutorado. 8

9 numeroddd numerotelefone Número do DDD do telefone do Usuário Número do telefone do Usuário Numérico 3 Preenchimento obrigatório se numerotelefone estiver preenchido. Se preenchido deverá conter pelo menos um número de 1 a 9 Numérico 8 Preenchimento obrigatório se numeroddd estiver preenchido. Se preenchido deverá conter pelo menos um número de 1 a 9. numeroddd2 Número do DDD do 2º telefone do Usuário Numérico 3 Preenchimento obrigatório se numerotelefone_2 estiver preenchido. Se preenchido deverá conter pelo menos um número de 1 a 9 numerotelefone2 codigosexo Número do 2º telefone do Usuário Código associado à descrição do sexo Numérico 8 Preenchimento obrigatório se numeroddd2 estiver preenchido. Se preenchido deverá conter pelo menos um número de 1 a 9 SIM Alfabético 1 M- Masculino; F-Feminino; I-gnorado/Indeterminado. situacaodocumento Indica se o Usuário está sem documento forte (Certidão ou uma Identidade). SIM Alfa 1 S sim N não codigoendereco Identificador do endereço de residência do usuário no RES SIM Alfanumérico 48 Preenchimento obrigatório. codigogruposanguineo Identificador do grupo Sanguíneo Alfa 2 Domínio: A B O AB 9

10 fatorrh Alfa 8 Domínio: Positivo, Negativo codigosituacaocadastral Identifica a situação cadastral do usuário no sistema SIM Numérico Ativo (Validado pelo ACS) 3 - Mudou-se 5 - Óbito 9 Temporário/ Provisório datasituacaocadastral Data da Situação atual do cadastro do cidadão no sistema RES SIM Data Hora DD/MM/AAAA HH:MI:SS 19 numerodocobito Numero do documento de óbito Alfanumérico 10 dataobito Data do Óbito Data DD/MM/AAAA 10 codigocidobito Causa do óbito Alfanumérico 4 Utilizar CID10 codigocausaobito Óbito por causa não natural. Lesão causada por violência. Numérico 2 1 Acidente 2 Suicídio 3 Homicídio 4 - Outros 9 Ignorado 10

11 datacadastrores Data do cadastro do cidadão no RES Data DD/MM/AAAA EnderecoDTO EnderecoDTO: endereço de residência do usuário Campo Descrição Obrigatório Formato Tamanho Domínio/Regra de Negócio codigoendereco Identificador unívoco do endereço no banco de dados da RES SIM Alfanumérico 48 codigomunicipio Código de identif do município segundo o IBGE SIM Numérico 6 6 primeiras posições do código IBGE aceito pela B-RES codigotipologradouro Tipo do logradouro SIM Numérico 3 aceito pela B-RES. logradouro Nome do logradouro SIM Alfanumérico 50 Só será válido se existir pelo menos um caractere maiúsculo de A à Z ou número de 1 à 9 em seu conteúdo numero Número do logradouro SIM Alfanumérico 7 S/N ou úmeros de 0 a 9 ( não permitir cadastro de 7 dígitos zerados) complemento Complemento do logradouro NÃO Alfanumérico 15 Só será válido se existir pelo menos um caractere maiúsculo de A a Z ou número de 1 a 9 em seu conteúdo bairro Nome do bairro SIM Alfanumérico 30 Só será válido se existir pelo menos um caractere maiúsculo de A a Z ou número de 1 a 9 em seu conteúdo cep latitude Código de endereçamento postal Número de coordenada da latitude SIM Numérico 8 Não colocar máscara de formatação. Se preenchido deverá conter pelo menos um número de 1 a 9 NÃO Alfanumérico 10 longitude Número de coordenada da NÃO Alfanumérico 10 11

12 longitude 1.6 DocumentoDTO DocumentoDTO: documento do usuário Campo Descrição Obrigatório Formato Tamanho Domínio/Regra de Negócio codigotipodocumento Código de tipo de documento. Pode conter o código de uma certidão ou o código do órgão emissor de um documento de identidade. codigousuario Código identificador unívoco SIM Alfanumérico 64 SIM Numérico CPF 03 - TITULO ELEITOR 04 - CTPS 05 - ESTRANGEIRO 09 - PIS 10 - SSP 40 - MINISTÉRIOS MILITARES 41 - MINISTÉRIO DA AERONÁUTICA 42 - Ministério do Exército 43 - Ministério da Marinha 44 - Policia Federal 60 - Carteira de Identidade Classista 61- Conselho Regional de Administração 62 - Conselho Regional de Assist. Social 63 - Conselho Regional de Biblioteconomia 64 - Conselho Regional de Contabilidade 65 - Conselho Regional de Corretores Imóveis 66 - Conselho Regional de Enfermagem 67 - Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia 68 - Conselho Regional de Estatística 69 - Conselho Regional de Farmácia 70 - Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional Complementar 12

13 do Usuário relacionado ao documento dataemissao Data da emissão do documento. Pode conter a data de emissão da Certidão, da Carteira de Trabalho ou a do documento de Identidade Alfanumérico DD/MM/AAAA 10 Se tipo de certidão for igual a 92, 93, 94 ou 95 a data deve ser maior que a data de nascimento e menor que a data do sistema Se tipo de certidão for igual a 91 a data deve ser maior ou igual a data de nascimento e menor que a data do sistema numerodocumento Número do documento. Pode conter o número da Carteira de Trabalho, do CPF, do documento de Identidade ou o do Título de Eleitor SIM Alfanumérico 13 Identidade: Só será válido se existir pelo menos um caractere de 1 a 9 ou de A a Z em seu conteúdo. Tamanho máxim o: 11 Tipo: Alfanumérico CTPS: Só será válido se existir pelo menos um caractere de 1 a 9 em seu conteúdo. Não será válido valor com números repetidos. Exemplo: , , etc. Tamanho: 7 Tipo: Numérico CPF: Deverá ser um número válido de acordo com a rotina de validação. Não será válido valor com números repetidos. Exemplo: , , etc. Tamanho: 11 Tipo: Numérico Titulo de Eleitor: Deverá ser um número válido de acordo com a rotina de validação. Tamanho: 13 Tipo: Numérico numerodoccomplementar Complemento do número do documento Alfanumérico 4 Só será válido de existir pelo menos um caractere de 1 a 9 ou de A a Z em seu conteúdo numerosecaoeleitoral Seção eleitoral do título de Numérico 4 Preenchimento obrigatório se informado Título de Eleitor 13

14 numerozonaeleitoral eleitor Zona eleitoral do Título de Eleitor Numérico 4 Preenchimento obrigatório se informado Título de Eleito datachegadabrasil Data da chegada ao Brasil, se estrangeiro Alfanumérico (Formatação: DD/MM/AAAA) 10. Não deve ser informado se Município de nascimento estiver preenchido. Validar data: deve ser maior que a data de nascimento e menor que a data do sistema. Críticas de cruzamento dos campos município de nascimento, código de nacionalidade e dados de estrangeiro (data de chegada ao Brasil, portaria de naturalização e data de naturalização): Se brasileiro nato, isto é, código de nacionalidade igual a 010 e município de nascimento preenchido, não preencher os campos referentes a dados de estrangeiro. Se brasileiro NATURALIZADO, isto é, código de nacionalidade igual a 010 e município de nascimento sem preenchimento, o campo portaria de naturalização deverá estar obrigatoriamente preenchido e os campos, data de chegada e data de naturalização serão de preenchimento opcional. Se estrangeiro, isto é, se código de nacionalidade diferente de 010, o campo data de chegada deverá estar obrigatoriamente preenchido e os campos município de nascimento, portaria de naturalização e data de naturalização não deverão ser preenchidos. Preenchimento obrigatório se Município de Nascimento não for informado e Nacionalidade for diferente de Brasileira (010); Opcional se nacionalidade for igual a 010 e número da portaria de naturalização estiver preenchido (Naturalizado). datanaturalizacao Data da naturalização Alfanumérico Formato: DD/MM/ AAAA. 10 Não deve ser informado se Município de nascimento estiver preenchido. Validar data: deve ser maior que a data de nascimento e menor que a data do sistema. Críticas de cruzamento dos campos município de nascimento, código de nacionalidade e dados de estrangeiro (data de chegada ao Brasil, portaria de naturalização e data de naturalização): Se brasileiro nato, isto é, código de nacionalidade igual a 010 e município de nascimento preenchido, obrigatoriamente todos os campos referentes a dados de estrangeiro não devem ser preenchidos. Se brasileiro NATURALIZADO, isto é, código de nacionalidade igual a 14

15 010 e município de nascimento sem preenchimento, o campo portaria de naturalização deverá estar obrigatoriamente preenchido e os campos data de chegada e data de naturalização serão de preenchimento opcional. Se estrangeiro, isto é, código de nacionalidade diferente de 010, campo data de chegada deverá estar obrigatoriamente preenchido e os campos município de nascimento, portaria de naturalização e data de naturalização não deverão estar preenchidos. Preenchimento: obrigatório se Município de Nascimento não for informado e Nacionalidade for diferente de Brasileira (010); opcional se nacionalidade for igual a 010 e Número da Portaria de naturalização estiver preenchido numeroportaria Número da portaria do documento de estrangeiro naturalizado. Numérico 16 Críticas de cruzamento dos campos município de nascimento, código de nacionalidade e dados de estrangeiro (data de chegada ao Brasil, portaria de naturalização e data de naturalização): Se brasileiro nato, isto é, código de nacionalidade igual a 010 e município de nascimento preenchido, obrigatoriamente todos os campos referentes a dados de estrangeiro não devem estar preenchidos. Se brasileiro NATURALIZADO, isto é, código de nacionalidade igual a 010 e município de nascimento sem preenchimento, o campo portaria de naturalização deverá estar obrigatoriamente preenchido e os campos, data de chegada e data de naturalização serão de preenchimento opcional. Se estrangeiro, isto é, código de nacionalidade diferente de 010, os campos município de nascimento, portaria de naturalização e data de naturalização não deverão estar preenchidos e o campo data de chegada deverá estar obrigatoriamente preenchido. codigoorgaoemissor Código do órgão emissor do documento de Identidade do Usuário. Preenchimento obrigatório se brasileiro naturalizado Numérico SSP 40 - Ministérios Militares 41 - Ministério da Aeronáutica 42 - Ministério do Exército 43 - Ministério da Marinha 44 - Polícia Federal 60 - Carteira de Identidade Classista 15

16 61 - Conselho Regional de Administração 62 - Conselho Regional de Assist. Social 63 - Conselho Regional de Biblioteconomia 64 - Conselho Regional de Contabilidade 65 - Conselho Regional de Corretores Imóveis 66 - Conselho Regional de Enfermagem 67 - Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia 68 - Conselho Regional de Estatística 69 - Conselho Regional de Farmácia 70 - Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 71 - Conselho Regional de Medicina 72 - Conselho Regional de Medicina Veterinária 73 - Ordem dos Músicos do Brasil 74 - Conselho Regional de Nutrição 75 - Conselho Regional de Odontologia 76 - Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas 77 - Conselho Regional de Psicologia 78 - Conselho Regional de Química 79 - Conselho Regional de Representantes Comerciais 80 - Ordem dos Advogados do Brasil 81 - Outros Emissores 82 - Documento Estrangeiro siglauf Sigla da Unidade Federativa. Pode conter a UF da Carteira de Trabalho ou a do documento de Identidade Alfanumérico 2 Preenchimento obrigatório se informado Carteira de Trabalho ou documento de Identidade. Opcional para o tipo de identidade igual a 82 Documento de Estrangeiro nomecartorio Nome do Cartório onde a Certidão foi emitida Alfanumérico 20 Só será válido de existir pelo menos um caractere de A à Z em seu conteúdo Preenchimento obrigatório se outro campo relacionado à Certidão 16

17 numerolivro numerofolha numeroserie numerotermo Número do livro em que a Certidão foi registrada. Número da folha onde foi registrada a certidão Número de série da Carteira de Trabalho Número do termo de registro da Certidão estiver preenchido. Alfanumérico 08 Só será válido de existir pelo menos um caractere de 1 a 9 ou de A à Z em seu conteúdo Preenchimento obrigatório se outro campo relacionado à certidão estiver preenchido. Alfanumérico 4 Só será válido de existir pelo menos um caractere de 1 a 9 ou de A à Z em seu conteúdo Preenchimento obrigatório se outro campo relacionado à certidão estiver preenchido Numérico 5 Preenchimento obrigatório se informado Carteira de Trabalho Alfanumérico 8 Só será válido de existir pelo menos um caractere numérico de 1 a 9 em seu conteúdo. Preenchimento obrigatório se outro campo relacionado à certidão estiver preenchido. 1.7 CartaoSusDTO CartaoSusDTO: cartão do usuário Campo Descrição Obrigatório Formato Tamanho Domínio/Regra de Negócio codigousuario numero Código identificador unívoco do usuário Número do Cartão Nacional de Saúde ou Número Provisório SIM Alfanumérico 64 SIM Numérico 15 Domínio: Números começados por 8 e 9 = Provisórios 1 e 2 = Definitivo 17

18 tipo Tipo do cartão. SIM Alfanumérico 1 1 = Número Provisório; 2 = Cartão Definitivo (CNS). dataatribuicao Data e hora de inclusão / alteração das informações. NÃO Data Hora DD/MM/AAAA HH:MI:SS

19 1.8 Usuário Parâmetros UsuarioParametros: parâmetro formal da consulta usuário Campo Descrição Obrigatório Formato Tamanho Domínio/Regra de Negócio nome Nome do usuário. SIM Alfanumérico 70 Não deve conter: apenas brancos; apenas um caractere; três caracteres iguais e consecutivos numa das partes do nome (exceto III); as expressões: não informado; não cadastrado; inexistente; omitido; omitida; a declarar; não declarado; não consta; não preenchido datanascimento Data de nascimento do usuário SIM Alfanumérico 10 Ano maior que Data não pode ser maior que a data do sistema. Formato: DD/MM/AAAA Caso cidadão não saiba a data do seu nascimento, preencher este campo com data de nascimento estimada ou referida idade Idade o usuário SIM Numérico 03 Preenchimento obrigatório. Caso cidadão não saiba a data do seu nascimento, preencher este campo com idade estimada ou referida municipionascimento Código de identificação do Município segundo o IBGE SIM Numérico 6 (6 primeiras posições do código IBGE). Preenchimento obrigatório se brasileiro nato - nacionalidade igual a 010 (brasileira) e número da Portaria de Naturalização não informada. Não preencher quando: A nacionalidade for diferente de 010 (brasileira) O usuário SUS for um brasileiro naturalizado - nacionalidade igual a 010 e número da portaria de naturalização preenchido. RNs de cruzamento dos campos município de nascimento, código de nacionalidade e dados de estrangeiro (data de chegada ao Brasil, portaria de naturalização e data de naturalização): Se brasileiro nato, isto é, código de nacionalidade igual a 010 e município de nascimento preenchido, obrigatoriamente todos os campos referentes a dados de estrangeiro não devem ser preenchidos. Se brasileiro NATURALIZADO, isto é, código de nacionalidade igual a 010 e município de nascimento sem preenchimento, o campo portaria de naturalização deverá estar obrigatoriamente preenchido e os campos data de chegada e data de naturalização serão de preenchimento opcional. 19

20 Se estrangeiro, isto é, código de nacionalidade diferente de 010, os campos município de nascimento, portaria de naturalização e data de naturalização não deverão ser informados e o campo data de chegada deverá estar obrigatoriamente preenchido. aceito pela B-RES (Item Erro! Fonte de referência não encontrada.). nomemae Nome da mãe do Usuário SIM Alfabético 70 Se não informado, deve ser preenchido com IGNORADA. Não deve conter: apenas um caractere; três caracteres iguais e consecutivos numa das partes do nome (exceto III); as expressões: não informado; não cadastrado; inexistente; omitido; omitida; a declarar; não declarado; não consta; não preenchido sexo Código associado à descrição do sexo SIM Alfabético 1 M- Masculino; F-Feminino; I-gnorado/Indeterminado. 1.9 Usuário Listagem UsuarioListagem: tipo de retorno da consulta usuário Campo Descrição Obrigatório Formato Tamanho Domínio/Regra de Negócio nome Nome do usuário. SIM Alfanumérico 70 Não deve conter: apenas brancos; apenas um caractere; três caracteres iguais e consecutivos numa das partes do nome (exceto III); as expressões: não informado; não cadastrado; inexistente; omitido; omitida; a declarar; não declarado; não consta; não preenchido datanascimento Data de nascimento do usuário SIM Alfanumérico 10 Ano maior que Data não pode ser maior que a data do sistema. 20

21 Formato: DD/MM/AAAA Caso cidadão não saiba a data do seu nascimento, preencher este campo com data de nascimento estimada ou referida idade Idade o usuário SIM Numérico 03 Preenchimento obrigatório. Caso cidadão não saiba a data do seu nascimento, preencher este campo com idade estimada ou referida municipionascimento Código de identificação do Município segundo o IBGE SIM Numérico 6 (6 primeiras posições do código IBGE). Preenchimento obrigatório se brasileiro nato - nacionalidade igual a 010 (brasileira) e número da Portaria de Naturalização não informada. Não preencher quando: A nacionalidade for diferente de 010 (brasileira) O usuário SUS for um brasileiro naturalizado - nacionalidade igual a 010 e número da portaria de naturalização preenchido. RNs de cruzamento dos campos município de nascimento, código de nacionalidade e dados de estrangeiro (data de chegada ao Brasil, portaria de naturalização e data de naturalização): Se brasileiro nato, isto é, código de nacionalidade igual a 010 e município de nascimento preenchido, obrigatoriamente todos os campos referentes a dados de estrangeiro não devem ser preenchidos. Se brasileiro NATURALIZADO, isto é, código de nacionalidade igual a 010 e município de nascimento sem preenchimento, o campo portaria de naturalização deverá estar obrigatoriamente preenchido e os campos data de chegada e data de naturalização serão de preenchimento opcional. Se estrangeiro, isto é, código de nacionalidade diferente de 010, os campos município de nascimento, portaria de naturalização e data de naturalização não deverão ser informados e o campo data de chegada deverá estar obrigatoriamente preenchido. Para o correto preenchimento do código deve ser 21

22 observado o domínio aceito pela B-RES (Item Erro! Fonte de referência não encontrada.). nomemae Nome da mãe do Usuário SIM Alfabético 70 Se não informado, deve ser preenchido com IGNORADA. Não deve conter: apenas um caractere; três caracteres iguais e consecutivos numa das partes do nome (exceto III); as expressões: não informado; não cadastrado; inexistente; omitido; omitida; a declarar; não declarado; não consta; não preenchido sexo Código associado à descrição do sexo SIM Alfabético 1 M- Masculino; F-Feminino; I-gnorado/Indeterminado. codigousuario Código identificador unívoco do usuário SIM Alfanumérico Endereço Desativado EnderecoDesativado: endereço para desativação na BRES Campo Descrição Obrigatório Formato Tamanho Domínio/Regra de Negócio codigoendereco Identificador unívoco do endereço no banco de dados da RES SIM Alfanumérico 48 Preenchimento obrigatório codigomunicipio Código de identif do município segundo o IBGE SIM Numérico 6 Preenchimento obrigatório 6 primeiras posições do código IBGE Para o correto preenchimento do código deve ser observado o domínio aceito pela B-RES (Item Erro! Fonte de referência não encontrada.) Extrato Dados Clínicos 22

23 ExtratoDadosClinicos: parâmetro formal da consulta usuário por código Campo Descrição Obrigatório Formato Tamanho Domínio/Regra de Negócio extrato Extrato dos dados clínicos do usuário SIM text/xml base64binary 23

ROTEIRO GERAL 1º - Preencher as Fichas Cadastrais de Estabelecimento de Saúde - FCES de 01 a 08 com base nas Orientações para preenchimento da Fichas

ROTEIRO GERAL 1º - Preencher as Fichas Cadastrais de Estabelecimento de Saúde - FCES de 01 a 08 com base nas Orientações para preenchimento da Fichas SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SEMSA ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA FICHA DO CADASTRO DE ESTABELECIMENTO DE SAÚDE FCES SIMPLIFICADO ROTEIRO GERAL 1º - Preencher as Fichas Cadastrais de Estabelecimento

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Manual Cartão SUS Manual de Operação Julho/2011 Conteúdo Sumário...

Leia mais

CADSUS. Simplificado Multiplataforma Manual de Operação. Índice. Versão do produto: 1.0. Edição do documento: 1.0 Maio de 2008 MS - SE - DATASUS

CADSUS. Simplificado Multiplataforma Manual de Operação. Índice. Versão do produto: 1.0. Edição do documento: 1.0 Maio de 2008 MS - SE - DATASUS Índice CADSUS Simplificado Multiplataforma Manual de Operação Versão do produto: 1.0 Edição do documento: 1.0 Maio de 2008 i Índice CADSUS Simplificado Multiplataforma Manual de Operação Versão do produto:

Leia mais

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Funcionários

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Funcionários C A R T I L H A - Recursos Humanos Funcionários Elaborada por: DIRPD Diretoria de Processamento de Dados Universidade Federal de Uberlândia Maio/2009 Apresentação Esta cartilha foi elaborada para auxiliar

Leia mais

ANEXO II. RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº 028, de 14 DE JULHO DE 2005.

ANEXO II. RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº 028, de 14 DE JULHO DE 2005. ANEXO II RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº 028, de 14 DE JULHO DE 2005. CAMPOS DOS CADASTROS DO SISTEMA BRASIL ALFABETIZADO SBA REFERENTES A ALFABETIZANDOS, ALFABETIZADORES, TURMAS E COORDENADORES DE TURMAS 1 - que

Leia mais

MANUAL DE CARGA DA CENTRAL DE INFORMAÇÕES DO REGISTRO CIVIL NACIONAL CRC NACIONAL. Provimento nº 38/2014 e 46/2015 Conselho Nacional de Justiça (CNJ)

MANUAL DE CARGA DA CENTRAL DE INFORMAÇÕES DO REGISTRO CIVIL NACIONAL CRC NACIONAL. Provimento nº 38/2014 e 46/2015 Conselho Nacional de Justiça (CNJ) MANUAL DE CARGA DA CENTRAL DE INFORMAÇÕES DO REGISTRO CIVIL NACIONAL CRC NACIONAL Provimento nº 38/2014 e 46/2015 Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Versão 2.2 MANUAL DE CARGA DA CENTRAL DE INFORMAÇÕES

Leia mais

Manual do Usuário. Pré-Cadastro de Participantes. 08.11.2004 Versão 1.1

Manual do Usuário. Pré-Cadastro de Participantes. 08.11.2004 Versão 1.1 Manual do Usuário Pré-Cadastro de Participantes 08.11.2004 Versão 1.1 Índice 1. Introdução ao Pré-Cadastro...3 1.1. Pré-Cadastro de pessoa Física...3 1.1.1. Termo...3 1.1.2. Dados de identificação...4

Leia mais

Menu de Cadastramento

Menu de Cadastramento Sistema de Controle Logístico de Medicamentos 1 Menu de Cadastramento 0800 61 2439 siclom@aids.gov.br Endereço de acesso do SICLOM: Esse endereço é do banco de produção, que é o banco oficial do SICLOM.

Leia mais

MANUAL DE CARGA DA CENTRAL DE INFORMAÇÕES DO REGISTRO CIVIL NACIONAL CRC NACIONAL. Provimento nº 38/2014 e 46/2015 Conselho Nacional de Justiça (CNJ)

MANUAL DE CARGA DA CENTRAL DE INFORMAÇÕES DO REGISTRO CIVIL NACIONAL CRC NACIONAL. Provimento nº 38/2014 e 46/2015 Conselho Nacional de Justiça (CNJ) MANUAL DE CARGA DA CENTRAL DE INFORMAÇÕES DO REGISTRO CIVIL NACIONAL CRC NACIONAL Provimento nº 38/2014 e 46/2015 Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Versão 2.0 MANUAL DE CARGA DA CENTRAL DE INFORMAÇÕES

Leia mais

ANEXO I Instruções para atualizar os dados no SIB/ANS

ANEXO I Instruções para atualizar os dados no SIB/ANS ANEXO I Instruções para atualizar os dados no SIB/ANS Seção 1 Condições para atualizar o SIB/ANS 1.1. Os movimentos de atualização, definidos no inciso III do art. 2º da Resolução Normativa n 187, de 09

Leia mais

SICLOM Cadastramento

SICLOM Cadastramento 1 Cadastramento SICLOM Cadastramento Versão: 2011 Manual de utilização do menu de Cadastramento Versão: 2013 2 Cadastramento 3 Cadastramento Índice Introdução. 5 Cadastramento. 6 Cadastro de usuário SUS.

Leia mais

Manual do Fornecedor. Cadastro/Credenciamento, Solicitação e Consulta. Pessoa Física e Pessoa Jurídica

Manual do Fornecedor. Cadastro/Credenciamento, Solicitação e Consulta. Pessoa Física e Pessoa Jurídica MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS SicafWeb Sistema Unificado de Cadastramento de Fornecedores

Leia mais

Abaixo seguem algumas formatações de dados que devem ser seguidas para geração correta na estrutura dos arquivos.

Abaixo seguem algumas formatações de dados que devem ser seguidas para geração correta na estrutura dos arquivos. Versão.0 Formatos e Padrões Utilizados Abaixo seguem algumas formatações de dados que devem ser seguidas para geração correta na estrutura dos arquivos. Formato Observação Data (date) Formato: AAAA-MM-DD

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO SERVIDORES. Secretaria de Gestão Pública

MANUAL DE NAVEGAÇÃO SERVIDORES. Secretaria de Gestão Pública MANUAL DE NAVEGAÇÃO SERVIDORES Secretaria de Gestão Pública Índice ÍNDICE SISTEMA DE RECADASTRAMENTO ANUAL... 3 1º ACESSO CRIAR SENHA... 4 1ª. ABA MEU RECADASTRAMENTO... 10 RECADASTRAR... 10 Dados Pessoais...

Leia mais

SICLOM Cadastramento

SICLOM Cadastramento 1 Cadastramento SICLOM Cadastramento Manual de cadastramento de usuário SUS Versão: 2011 2 Cadastramento 3 Cadastramento Índice Cadastramento. 1 Cadastro de usuário SUS. 1 Transferência de usuário SUS.

Leia mais

PESSOA FÍSICA e PESSOA JURÍDICA

PESSOA FÍSICA e PESSOA JURÍDICA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS SIASGnet - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe JUSTIÇA FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO ADVOGADO 1 Cadastro de Advogado 1. Preenchendo o formulário O acesso ao cadastro de advogado dar-se-á através do link disponível

Leia mais

Layout para geração de dados de folha de pagamentos para instituto de previdência

Layout para geração de dados de folha de pagamentos para instituto de previdência Instituto de Previdência - Layout para Geração de dados de folha de pagamento Informações Gerais Os dados no arquivo de texto deverão estar conforme algumas especificações descritas nesse manual. Os dados

Leia mais

Cadastramento de Proponente

Cadastramento de Proponente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Cadastramento de Proponente

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO SERVIDORES. Secretaria de Gestão Pública

MANUAL DE NAVEGAÇÃO SERVIDORES. Secretaria de Gestão Pública MANUAL DE NAVEGAÇÃO SERVIDORES Secretaria de Gestão Pública Índice ÍNDICE SISTEMA DE RECADASTRAMENTO ANUAL...3 1º ACESSO CRIAR SENHA...5 1ª. ABA MEU RECADASTRAMENTO...11 RECADASTRAR...11 Dados Pessoais...11

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) WEB SERVICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) WEB SERVICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ÍNDICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3 Enviar Lote de RPS Síncrono 3 Geração de NFS-e 3 Cancelamento de NFS-e 3 Substituição de NFS-e Consulta

Leia mais

FORMULÁRIO PARA CADASTRAMENTO DE REGISTRO DE NASCIMENTO

FORMULÁRIO PARA CADASTRAMENTO DE REGISTRO DE NASCIMENTO SIRC SISTEMA NACIONAL DE INFORMAÇÕES DE REGISTRO CIVIL CNS: FORMULÁRIO PARA CADASTRAMENTO DE REGISTRO DE NASCIMENTO 1 - IDENTIFICAÇÃO DO CARTÓRIO 2 - IDENTIFICAÇÃO DO NASCIMENTO - MATRÍCULA Serventia:

Leia mais

Número. Preenchimento

Número. Preenchimento Num. de casas Identificador Observação Referência Nome do campo Descrição Formato Obrigatório decimais do Mínimo Máximo Definição do registro 10 1 TipoReg Tipo de registro Numérico Sim 2 0 Fixo 2 2 Preencher

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Credenciamento do Proponente. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - Siconv. Credenciamento do Proponente. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Credenciamento do Proponente Manual

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Credenciamento de Proponente. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Credenciamento de Proponente. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios - SICONV Credenciamento de Proponente

Leia mais

LAYOUT FINAL DE PEDIDOS

LAYOUT FINAL DE PEDIDOS LAYOUT FINAL DE PEDIDOS Página 1 de 12 INDICE INDICE... 2 INTRODUÇÃO... 3 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 3 OBJETIVOS DO LAYOUT... 3 DESCRIÇÃO DOS CAMPOS... 3 PRODUTO VISA VALE... 4 ORGANIZAÇÃO DOS REGISTROS...

Leia mais

ANEXO I - TABELA CÓDIGO DE CAMPO

ANEXO I - TABELA CÓDIGO DE CAMPO Tipo Reg. ANEXO I - TABELA CÓDIGO DE CAMPO Código Sequencial Nome Conteúdo Tipo Tam Obrg Dicas de Preenchimento do 09 Tipo de Arquivo Tipo de Arquivo C 1 S Valor fixo igual a C - Cadastro 0829 CNPJ do

Leia mais

O correto preenchimento de todos os campos deste formulário é de crucial importância para nossa empresa.

O correto preenchimento de todos os campos deste formulário é de crucial importância para nossa empresa. FORMULÁRIO DE CADASTRO DE TRABALHADOR PARA O e - Social Nº de Controle Prezado Colaborador; O correto preenchimento de todos os campos deste formulário é de crucial importância para nossa empresa. Deste

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ. NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) WEB SERVICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ. NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) WEB SERVICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3 ÍNDICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3 Enviar Lote de RPS Síncrono 3 Geração de NFS-e 3 Cancelamento de NFS-e 3 Substituição de NFS-e 4 Consulta de NFS-e por RPS 4 Consulta de NFS-e Serviços Prestados

Leia mais

Manual de Integração Web Service. Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás/GO

Manual de Integração Web Service. Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás/GO Manual de Integração Web Service Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás/GO 1. INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as especificações e critérios técnicos necessários para utilização

Leia mais

ANEXO I - TABELA CÓDIGO DE CAMPO Tipo de Registro 00 Header Geral. Tipo de Registro 01 Header Parcial Estrutura completa

ANEXO I - TABELA CÓDIGO DE CAMPO Tipo de Registro 00 Header Geral. Tipo de Registro 01 Header Parcial Estrutura completa ANEXO I - TABELA CÓDIGO DE CAMPO Tipo de Registro 00 Header Geral Nome Conteúdo Tipo Tam Obrg Dicas de Preenchimento do 0900 Tipo de Arquivo 00 Tipo de Arquivo C 1 S Valor fixo igual a C - Cadastro 0829

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS P/ HABILITAÇÃO À PENSÃO E AUX. RECLUSÃO (CÓPIA E ORIGINAL)

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS P/ HABILITAÇÃO À PENSÃO E AUX. RECLUSÃO (CÓPIA E ORIGINAL) RELAÇÃO DE DOCUMENTOS P/ HABILITAÇÃO À PENSÃO E AUX. RECLUSÃO (CÓPIA E ORIGINAL) 1 VIÚVA (O) E FILHOS MENORES DE 18 ANOS: ( ) Requerimento do IPERN preenchido e assinado na presença do atendente; ( ) Certidão

Leia mais

Manual de Integração Web Service. Prefeitura de Ituiutaba/MG

Manual de Integração Web Service. Prefeitura de Ituiutaba/MG Manual de Integração Web Service Prefeitura de Ituiutaba/MG 1. INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as especificações e critérios técnicos necessários para utilização do Web Service disponibilizado

Leia mais

Manual de Integração Web Service

Manual de Integração Web Service Manual de Integração Web Service Prefeitura de São Simão/MG 1. INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as especificações e critérios técnicos necessários para utilização do Web Service disponibilizado

Leia mais

Alteração de dados cadastrais de Participantes no PASEP 1) PARTICIPANTES - ALTERAÇÕES CADASTRAIS BATCH

Alteração de dados cadastrais de Participantes no PASEP 1) PARTICIPANTES - ALTERAÇÕES CADASTRAIS BATCH Alteração de dados cadastrais de Participantes no PASEP 1) PARTICIPANTES - ALTERAÇÕES CADASTRAIS BATCH A partir de 01.07.2003 os arquivos para alteração de participantes no PASEP terão novo formato devido

Leia mais

Sistema de Informações de Beneficiários - SIB/XML Críticas dos campos de dados cadastrais de beneficiários do SIB - versão 2.5 14 de Janeiro de 2015

Sistema de Informações de Beneficiários - SIB/XML Críticas dos campos de dados cadastrais de beneficiários do SIB - versão 2.5 14 de Janeiro de 2015 Introdução Sistema de Informações de Beneficiários - SIB/XML Críticas dos campos de dados cadastrais de beneficiários do SIB - versão 2.5 14 de Janeiro de 2015 1. O preenchimento dos campos de dados cadastrais

Leia mais

MANUAL DE CADASTRO DO ADVOGADO

MANUAL DE CADASTRO DO ADVOGADO MANUAL DE CADASTRO DO ADVOGADO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RORAIMA Janeiro 2013 Sumário Bem Vindo ao PJe...3 1. Como o advogado deve se cadastrar...4 1.1. Preenchendo o formulário...4 1.2. Validação

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2014

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2014 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2014 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. Corporativo-Sistema de serviços corporativos Manual de Utilização dos Serviços

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. Corporativo-Sistema de serviços corporativos Manual de Utilização dos Serviços Corporativo-Sistema de serviços corporativos Manual de Utilização dos Serviços Corporativo-Sistema de serviços corporativos Versão 1.3 Especificação dos Serviços Data: 03/12/2013 Histórico de Revisão Data

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1º edição de 2013

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1º edição de 2013 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1º edição de 2013 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

- Os menores de 18 anos de idade devem estar acompanhados pelo representante legal.

- Os menores de 18 anos de idade devem estar acompanhados pelo representante legal. MATRÍCULAS A Secretaria Acadêmica é responsável pelo ingresso, registro, controle acadêmico e certificação da vida escolar. Responsabiliza-se pela realização da matrícula e organização da documentação

Leia mais

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ORIENTAÇÕES SOBRE A ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL Apresentação A Prefeitura Municipal de Goiânia realizará a atualização cadastral dos Servidores

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO SETORIAL

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO SETORIAL ANEXOS DA INSTRUÇÃO NORMATIVA - IN Nº 18, DA DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO SETORIAL, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2005 ANEXO I - Calendário de eventos de encaminhamento de dados cadastrais de beneficiários e de

Leia mais

Atenção: Documentos apresentados em fotocópia devem ser autenticados em cartório ou acompanhados dos originais para receberem autenticação do CREA.

Atenção: Documentos apresentados em fotocópia devem ser autenticados em cartório ou acompanhados dos originais para receberem autenticação do CREA. SERVIÇOS Registro de Pessoa Física Serviços Relacionados à Pessoa Física Atenção: Documentos apresentados em fotocópia devem ser autenticados em cartório ou acompanhados dos originais para receberem autenticação

Leia mais

MÓDULO DE CONTROLE ACADÊMICO - MCA Documento de Requisitos

MÓDULO DE CONTROLE ACADÊMICO - MCA Documento de Requisitos 1 MÓDULO DE CONTROLE ACADÊMICO - MCA Documento de Requisitos GUILHERME MANOEL CELESTE DE FREITAS GILBERTO TIMOTHEO JUNIOR RICARDO CUNHA VALE JUIZ DE FORA 2009 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 2 1.1 Propósito 2 1.2

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA VISTO CANADENSE. 3. Sexo: ( ) Feminino ( ) Masculino DADOS PESSOAIS

QUESTIONÁRIO PARA VISTO CANADENSE. 3. Sexo: ( ) Feminino ( ) Masculino DADOS PESSOAIS QUESTIONÁRIO PARA VISTO CANADENSE * Após o preenchimento favor enviar por E-mail: tânia@alfainter.com.br ou kazue@alfainter.com.br, ou FAX.: (11) 2187-8999 / ou pelo Correio para providenciarmos o preenchimento

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR MINISTÉRIO DA SAÚDE 1 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR RESOLUÇÃO - RDC Nº 3, DE 20 DE JANEIRO DE 2000 (*) Aprova normas de fornecimento de informações para cadastros de beneficiários. A Diretoria

Leia mais

[CONFIDENCIAL] Manual para Formalização Consignado INSS. Outubro/14

[CONFIDENCIAL] Manual para Formalização Consignado INSS. Outubro/14 1 [CONFIDENCIAL] Manual para Formalização Consignado INSS Outubro/14 Sumário 1. Ficha Cadastral... 3 2. CCB Cédula de Crédito Bancário... 3 3. Identificação Civil (RG)... 4 4. Identificação Financeira

Leia mais

1) Todos os dados devem ser digitados em MAIÚSCULA;

1) Todos os dados devem ser digitados em MAIÚSCULA; 1. Iniciar o Cadastramento UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Inicialmente, para cadastrar clicar em Observações importantes: 1) Todos os dados devem ser digitados em MAIÚSCULA; 2) Os processos devem

Leia mais

Guia de SP/SADT Instrução de Preenchimento Manual

Guia de SP/SADT Instrução de Preenchimento Manual A Guia de Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia SP/SADT deverá ser preenchida pelo profissional ou entidade de saúde que mantém compromisso de credenciamento especial firmado com

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS C O M U N I C A D O CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/CJP/UNIR/2015 PROFESSOR SUBSTITUTO/CAMPUS DE JI-PARANÁ A Diretoria de Recursos Humanos da Fundação Universidade Federal de Rondônia, em atendimento ao

Leia mais

IESUS. Anexo 1. Novas Metodologias para Vigilância Epidemiológica: Uso do SIH/SUS. Informe Epidemiológico do SUS 22

IESUS. Anexo 1. Novas Metodologias para Vigilância Epidemiológica: Uso do SIH/SUS. Informe Epidemiológico do SUS 22 IESUS Novas Metodologias para Vigilância Epidemiológica: Uso do SIH/SUS Anexo 1 Instrumentos do Sistema de Informação Hospitalar Laudo Médico para Emissão de AIH O Laudo Médico é o instrumento para solicitação

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2016

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2016 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2016 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2014

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2014 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2014 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS C O M U N I C A D O CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 008/GR/2011 QUADRO TÉCNICO-ADMINISTRATIVO A Diretoria de Recursos Humanos da Fundação Universidade Federal de Rondônia, em atendimento ao Edital nº. 008/2011/GR/UNIR,

Leia mais

Certificados Digitais - Perguntas Frequentes

Certificados Digitais - Perguntas Frequentes Certificados Digitais - Perguntas Frequentes O que é um certificado digital? O certificado, na prática, equivale a uma carteira de identidade, ao permitir a identificação de uma pessoa, quando enviando

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 2º edição de 2013

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 2º edição de 2013 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 2º edição de 2013 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

SISTEMA DE NF-e Arquivo de Envio de RPS em Lote - Instruções e Layout

SISTEMA DE NF-e Arquivo de Envio de RPS em Lote - Instruções e Layout SISTEMA DE NF-e Arquivo de Envio de em Lote - Instruções e Layout Versão 2.3 Envio de em Lote Instruções e Layout Versão do Manual: 2.3 pág. 2 ÍNDICE Manual de Envio de em Lote Instruções e Layout 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE ENDEREÇO/ CONTATOS

INFORMAÇÕES SOBRE ENDEREÇO/ CONTATOS Rascunho do formulário modelo DS 160 para pedido de visto de entrada nos EUA: as informações abaixo descritas serão transferidas para o sistema de informações dos EUA e são de responsabilidade do requerente

Leia mais

Manual de Registro de Saída. Procedimentos e Especificações Técnicas

Manual de Registro de Saída. Procedimentos e Especificações Técnicas Manual de Registro de Saída Procedimentos e Especificações Técnicas Versão 1.0 Dezembro 2010 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO GERAL... 3 2 INTRODUÇÃO AO MÓDULO REGISTRO DE SAÍDA - SIARE... 3 2.1 SEGURANÇA... 4 2.2

Leia mais

LAYOUT ARQUIVO MAGNÉTICO

LAYOUT ARQUIVO MAGNÉTICO LAYOUT ARQUIVO MAGNÉTICO VIA NOVA BENEFÍCIOS LAYOUT DO ARQUIVO MAGNÉTICO EPV PARA PEDIDOS SUMÁRIO SESSÃO A Informações do arquivo 3 Composição do arquivo 4 SESSÃO B Arquivo EPV Nome do arquivo a ser importado

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA Recife/2007 SUMÁRIO PAG I Objetivos... 02 II Orientações Gerais... 04 III Instruções para preenchimento da Guia de Consulta... 06 IV Anexos......

Leia mais

Legenda da Guia de solicitação e realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e terapia (SP / SADT)

Legenda da Guia de solicitação e realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e terapia (SP / SADT) Legenda da Guia de solicitação e realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e terapia (SP / SADT) Núm. do Nome do campo Descrição Campo Dados da autorização Registro da operadora

Leia mais

C O N F I D E N C I A L FORMULÁRIO DE SINDICÂNCIA DA VIDA PREGRESSA E INVESTIGAÇÃO SOCIAL I. DADOS PESSOAIS

C O N F I D E N C I A L FORMULÁRIO DE SINDICÂNCIA DA VIDA PREGRESSA E INVESTIGAÇÃO SOCIAL I. DADOS PESSOAIS 1/15 FORMULÁRIO DE SINDICÂNCIA DA VIDA PREGRESSA E INVESTIGAÇÃO SOCIAL INSTRUÇÕES 1. O preenchimento deste formulário (Edital 1/2012, subitem 11.5) será manuscrito e deverá ser em letra de forma legível;

Leia mais

MANUAL CADASTRO DO ADVOGADO

MANUAL CADASTRO DO ADVOGADO MANUAL CADASTRO DO ADVOGADO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO Dezembro 2011 Sumário BEM VINDO AO PJe... 3 1. Como o advogado deve se cadastrar... 4 1.1. Preenchendo o formulário... 4 1.2. Validação de

Leia mais

Histórico de versões do aplicativo do SIB/ANS - formato XML

Histórico de versões do aplicativo do SIB/ANS - formato XML SIB/ANS Sistema de Informações de Beneficiários Histórico de Versões Histórico de versões do aplicativo do SIB/ANS - formato XML O Histórico de versões do SIB/ANS é o instrumento utilizado para registrar,

Leia mais

PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes

PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes ADMISSÃO PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes Os candidatos fizeram provas nos dias 4 e 5 de dezembro de 2010. Aprovados em primeira chamada deverão efetuar registro nos dias 7 e 8 de fevereiro

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1º edição de 2013

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1º edição de 2013 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1º edição de 2013 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS SUMÁRIO SUMÁRIO...2 1. APRESENTAÇÃO...4 1 2. ACESSO AO APLICATIVO...5 3. GERAÇÃO DE NFS-e...6 3.1. Preenchimento dos dados para emissão da NFS-e...6

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Participação - 1º edição de 2012

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Participação - 1º edição de 2012 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Participação - 1º edição de 2012 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 012/2014 UNEMAT

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 012/2014 UNEMAT PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 012/2014 UNEMAT A, no uso de suas atribuições legais e em cumprimento das normas

Leia mais

Assim que o usuário entrar nesta ferramenta do sistema a seguinte tela será exibida:

Assim que o usuário entrar nesta ferramenta do sistema a seguinte tela será exibida: O que é o TDMax Web Commerce? O TDMax Web Commerce é uma ferramenta complementar no sistemas de Bilhetagem Eletrônica, tem como principal objetivo proporcionar maior conforto as empresas compradoras de

Leia mais

Normas e Procedimentos para Emissão de Carteira Estudantil (Cartão Identidade Institucional) nos Cursos Profissionalizantes da FOP/Unicamp

Normas e Procedimentos para Emissão de Carteira Estudantil (Cartão Identidade Institucional) nos Cursos Profissionalizantes da FOP/Unicamp A OBJETIVO... 2 B ÂMBITO DE APLICAÇÃO... 2 C CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 D PROCEDIMENTOS 1.DA EMISSÃO DO CARTÃO PROVISÓRIO...3 2.DA EMISSÃO DA PRIMEIRA VIA DO CARTÃO DEFINITIVO... 6 3.DA RE-EMISSÃO DO CARTÃO

Leia mais

Layout de importação de contas a pagar, padrão XML Software: e-suite::financeiro Responsável técnico: Emerson A. Carneiro Revisão: 11/01/2013, 11:00

Layout de importação de contas a pagar, padrão XML Software: e-suite::financeiro Responsável técnico: Emerson A. Carneiro Revisão: 11/01/2013, 11:00 efinição do arquivo Nome do arquivo Extensão do arquivo Codificação O nome do arquivo é livre (pode ser qualquer um). eve ser.xml, obrigatoriamente. iso-8859-1 ou iso-8859-2 Tipos de dados I N C escrição

Leia mais

RASCUNHO DO FORMULÁRIO MODELO SUBCLASSE 600 PARA PEDIDO DE VISTO ELETRÔNICO DE ENTRADA NA AUSTRÁLIA

RASCUNHO DO FORMULÁRIO MODELO SUBCLASSE 600 PARA PEDIDO DE VISTO ELETRÔNICO DE ENTRADA NA AUSTRÁLIA Última alteração: JULHO/2014 - Informações incompletas ou incorretas poderão acarretar recusa do visto de entrada na Austrália. - Ao preencher este rascunho, você nos autoriza a enviar e receber suas informações

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA O REGISTRO ACADÊMICO DE PÓS-GRADUAÇÃO

INSTRUÇÕES PARA O REGISTRO ACADÊMICO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTRUÇÕES PARA O REGISTRO ACADÊMICO DE PÓS-GRADUAÇÃO Conteúdo: O Registro Acadêmico...1 Etapas do procedimento de registro:...2 Funções por agente:...4 Acompanhamento da execução do registro:...4 Documentação:...5

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISS SIGISS. Manual de Envio de Notas Fiscais Eletrônicas em lote Instruções e Layout

SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISS SIGISS. Manual de Envio de Notas Fiscais Eletrônicas em lote Instruções e Layout SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISS SIGISS Manual de Envio de Notas Fiscais Eletrônicas em lote Instruções e Layout Versão 2.0 São Paulo, 08 de junho de 2015. Índice 1. Introdução... 2 2. Especificação...

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA OBTENÇÃO DE PASSAPORTE. Siga os seguintes passos para retirar seu Passaporte

PROCEDIMENTO PARA OBTENÇÃO DE PASSAPORTE. Siga os seguintes passos para retirar seu Passaporte PROCEDIMENTO PARA OBTENÇÃO DE PASSAPORTE Siga os seguintes passos para retirar seu Passaporte Verifique a documentação necessária. Atenção: Não há renovação nem prorrogação de passaporte, se o seu está

Leia mais

EDITAL N o 040/2012. No ato da inscrição o candidato deverá entregar os seguintes documentos:

EDITAL N o 040/2012. No ato da inscrição o candidato deverá entregar os seguintes documentos: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ECONOMIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE COOPERATIVAS

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 2ª edição de 2015

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 2ª edição de 2015 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 2ª edição de 2015 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR A DIRETORA ACADÊMICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO

Leia mais

- Os menores de 18 anos de idade devem estar acompanhados pelo representante legal.

- Os menores de 18 anos de idade devem estar acompanhados pelo representante legal. MATRÍCULAS A Secretaria Acadêmica é responsável pelo ingresso, registro, controle acadêmico e certificação da vida escolar. Responsabiliza-se pela realização da matrícula e organização da documentação

Leia mais

Relação de Documentos Exigidos Para Inscrição de Pessoa Física

Relação de Documentos Exigidos Para Inscrição de Pessoa Física Relação de Documentos Exigidos Para Inscrição de Pessoa Física AS CÓPIAS DOS DOCUMENTOS APRESENTADOS DEVERÃO ESTAR AUTENTICADAS OU ACOMPANHADAS DOS ORIGINAIS. Preencher o requerimento, que deverá ser entregue

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO IFMA PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN CAMPUS CAXIAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO IFMA PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN CAMPUS CAXIAS O Diretor Geral Pró-Tempore em exercício do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus Caxias, no uso de suas atribuições, torna público que estarão abertas no período de 18/05/2015

Leia mais

Anexo III - Requisição de Documentos

Anexo III - Requisição de Documentos Anexo III - Requisição de Documentos I - Identificação Documentos de identificação do candidato/aluno e dos membros de seu grupo familiar: 1. Documento de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR A DIRETORA ACADÊMICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO

Leia mais

Instruções e Funcionalidades do SIB XML Versão Teste 1.0.1

Instruções e Funcionalidades do SIB XML Versão Teste 1.0.1 Instruções e Funcionalidades do SIB XML Versão Teste 1.0.1 Estas instruções são válidas somente para arquivos XML gerados para fins de testes até 05/06/2011. Introdução A atualização cadastral de beneficiários

Leia mais

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link:

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link: O Centro Universitário Estácio de Brasília Estácio Brasília divulga processo seletivo para formação de cadastro de reserva para o cargo de Professor para o(s) curso(s) de graduação e/ou graduação tecnológica.

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No- 187, DE 9 DE MARÇO DE 2009

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No- 187, DE 9 DE MARÇO DE 2009 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No- 187, DE 9 DE MARÇO DE 2009 Estabelece normas para a geração, transmissão e controle de dados cadastrais de beneficiários

Leia mais

EDITAL Nº 9/2010 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E INGRESSO DE PORTADORES DE DIPLOMA EM CURSOS SUPERIORES

EDITAL Nº 9/2010 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E INGRESSO DE PORTADORES DE DIPLOMA EM CURSOS SUPERIORES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS BENTO GONÇALVES EDITAL Nº 9/2010 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA

Leia mais

1.1. As vagas oferecidas ao público em geral visam possível ou futura composição do quadro docente

1.1. As vagas oferecidas ao público em geral visam possível ou futura composição do quadro docente A FACULDADE ESTÁCIO DA PARAÍBA ESTÁCIO PARAÍBA E FACULDADE ESTÁCIO DE JOÃO PESSOA ESTÁCIO JOÃO PESSOA, campi IDEZ e UNIUOL divulgam processo seletivo para formação de cadastro de reserva para o cargo de

Leia mais

https://top.solucaopublica.com.br/mantena/

https://top.solucaopublica.com.br/mantena/ 1) Acesso ao sistema NFS-e na WEB A comunidade terá acesso ao NFS-e através do Site da Prefeitura Municipal de Mantena. Para acessar o sistema da NFS-e, o contribuinte deverá acessar o site: https://top.solucaopublica.com.br/mantena/

Leia mais

Instruções Gerais para os arquivos encaminhados para cadastramento e atualização do código de integração dos cooperados.

Instruções Gerais para os arquivos encaminhados para cadastramento e atualização do código de integração dos cooperados. Instruções Gerais para os arquivos encaminhados para cadastramento e atualização do código de integração dos cooperados. VERSÃO ALTERAÇÃO 34 - Inclui informação sobre horário para tratamento de devolução

Leia mais

O Enade. é realizado. estudante. Lei nº. 10.861, de. é obrigatório: O Enade. O Enade. Objetivo. nível de. atualização. A prova. será trienal.

O Enade. é realizado. estudante. Lei nº. 10.861, de. é obrigatório: O Enade. O Enade. Objetivo. nível de. atualização. A prova. será trienal. ENADE Exame Nacional de Desempenh ho de Estudantes O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), que integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), tem o objetivo de aferir

Leia mais

SISU/UFMG 2ª EDIÇÃO DE 2015 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade

SISU/UFMG 2ª EDIÇÃO DE 2015 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Registro Discente Departamento de Registro e Controle Acadêmico SISU/UFMG 2ª EDIÇÃO DE 2015 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade 1ª Chamada Regular Informações geradas

Leia mais

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link:

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link: A ESTÁCIO SANTA CATARINA E FLORIANÓPOLIS, campi Santa Catarina e Florianópolis divulgam processo seletivo para formação de cadastro de reserva para o cargo de Professor para o(s) curso(s) de graduação

Leia mais

RELAÇÃO DAS PONTUAÇÕES MÁXIMAS E MÍNIMAS, POR CURSO, DA 2ª EDIÇÃO DO SISU/UFMG

RELAÇÃO DAS PONTUAÇÕES MÁXIMAS E MÍNIMAS, POR CURSO, DA 2ª EDIÇÃO DO SISU/UFMG SISU/UFMG 2014 Campus Belo Horizonte ADMINISTRACAO AQUACULTURA ARQUITETURA E URBANISMO ARQUITETURA E URBANISMO BIBLIOTECONOMIA BIOMEDICINA CIENCIA DA COMPUTACAO CIENCIAS BIOLÓGICAS (Licenciatura) 1 666,72

Leia mais

P&F Manual Guia WEB TISS 3.0

P&F Manual Guia WEB TISS 3.0 A seguir será apresentado os passos para emissão de guia via internet, versão TISS 3.0. Essas guias foram desenvolvidas de acordo com o padrão estabelecido pelo órgão regulador do setor de saúde suplementar

Leia mais