RESUMO. Apresentação abreviada Recapitulação breve = repetição do que foi apresentado Para transmitir uma ideia geral do que foi apresentado

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RESUMO. Apresentação abreviada Recapitulação breve = repetição do que foi apresentado Para transmitir uma ideia geral do que foi apresentado"

Transcrição

1 UMA TENTATIVA

2 RESUMO Apresentação abreviada Recapitulação breve = repetição do que foi apresentado Para transmitir uma ideia geral do que foi apresentado

3 SÍNTESE Mostra e revela as relações entre elementos diferentes (regiões, vicariatos, pastorais, iniciativas pastorais, serviços, celebrações, fiéis, etc.) Finalidade: os elementos diferentes não estão justapostos, mas formam um todo coerente O que parece estar separado, na realidade, faz parte de um todo orgânico: as relações não são visíveis à primeira vista

4 SÍNTESE Mostra e revela as relações desse todo coerente com a vida eclesial da Arquidiocese A síntese (relações) não é resultado de dedução nem de indução, mas da inspiração É uma iluminação que amadurece com esforço e com a ação do Espírito

5

6 O TODO NAS PARTES ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO Testemunha de Jesus Cristo na cidade de São Paulo É o que dá sentido e orientação a tudo o que a Igreja é e faz em São Paulo Pastorais, instituições educativas, de caridade e de solidariedade, bispos, padres, consagrados, paróquias, santuários, conventos, comunidades de base, celebrações, as construções e os prédios, as manifestações artísticas e culturais, sinos, jornal, rádio, redes sociais... Tudo isso existe em função da missão de ser testemunha de JC

7 O TODO NAS PARTES Testemunha de JC na cidade Megalópole Conurbação Cidade mundo Lugar onde Deus habita, onde habitam os cristãos A Arquidiocese de São Paulo sente-se enviada a esta cidade para anunciar a Boa nova com palavras e com a vida. Toda ação pastoral não pode dispensar ou dar por suposto o encontro com Jesus Cristo. A referência a Jesus Cristo não se esgota na perspectiva do dom do encontro, mas leva a assumir o seu jeito de ser, a imitá-lo e a identificar-se com Ele.

8

9 AS PARTES NO TODO Igreja em estado permanente de missão Vivemos em uma estação evangelizadora marcada pela alegria do Evangelho Em que a Igreja deseja ser uma Igreja em Saída, Samaritana, que vai ao encontro dos que estão nas periferias existenciais para lhes comunicar o dom da fé e o tesouro do encontro pessoal com Cristo

10 AS PARTES NO TODO Para uma Igreja em saída missionária é preciso identificar os grupos e pessoas que merecem atenção especial Atenção especial: família, jovens, pobres (senso amplo), sofredores, os afastados... Ações concretas: visitas missionárias, presença no ambiente virtual

11 AS PARTES NO TODO Em vista desses destinatários preferenciais, a Arquidiocese de São Paulo deseja impregnar e envolver toda a sua ação pastoral pela ternura e misericórdia, arquitrave que suporta toda a Igreja (MV 10). As pastorais sociais como expressão concreta da Igreja oásis de misericórdia (MV 12) A saída missionária coincide com a dinâmica da misericórdia (cf. Lc 15) As obras de misericórdia corporais e espirituais: para despertar a nossa consciência diante do drama da pobreza e para entrar no coração do Evangelho, onde os pobres são os privilegiados da misericórdia divina (MV 15)

12 AS PARTES NO TODO Família Sínodo Patrimônio da humanidade, escola de gratuidade, lugar da iniciação à vida cristã, eixo transversal da ação pastoral, objeto do cuidado pastoral, sujeito da ação evangelizadora.

13 AS PARTES NO TODO Juventude Faz parte da dinâmica da Igreja em saída missionária a criação do vicariato episcopal para a educação e a universidade Trata-se de ir ao encontro dos jovens onde eles estão para lhes anunciar a alegria do Evangelho É também o esforço missionário e institucionalizado de ir em busca dos jovens

14 AS PARTES NO TODO Para que a Igreja (Arquidiocese) acolha os jovens, empenha-se no setor juventude como lugar de comunhão e colaboração

15 AS PARTES NO TODO Igreja comunidade animada pela Palavra de Deus Há pessoas que não conhecem a Boa nova; há cristãos que têm necessidade que lhes seja anunciada novamente a Palavra de Deus; as novas gerações tem necessidade de ser introduzidas na Palavra de Deus... Não é mais suficiente um contato casual e superficial com a Palavra de Deus

16 AS PARTES NO TODO Trata-se de acolher a Palavra de Deus com e na Igreja superando a interpretação individual. A leitura orante (lectio divina) da Palavra de Deus como modo de se aproximar do Deus da Palavra, superando a dicotomia entre fé e vida. A Bíblia nas mãos de todos especialmente dos mais pobres. A animação bíblica como caminho de conhecimento e interpretação da Palavra, como caminho de comunhão e de oração com a Palavra.

17 AS PARTES NO TODO Para ser capazes de misericórdia, devemos primeiro pôr-nos à escuta da Palavra de Deus. Isso significa recuperar o valor do silêncio, para meditar a Palavra que nos é dirigida. Deste modo é possível contemplar a misericórdia de Deus e assumi-la como próprio estilo de vida (MV 13).

18 AS PARTES NO TODO Iniciar os fiéis na Palavra de Deus através de retiros, cursos, encontros, subsídios Incentivar os grupos de rua, os círculos bíblicos Investir na formação Estudar a Dei Verbum (Verbum Domini)

19

20 AUSENTE MAS NÃO ESQUECIDO O desafio de uma religiosidade descompromissada com o ser humano e a dimensão eclesial; a migração dos fiéis católicos para as seitas, a diminuição das vocações sacerdotais; o obscurecimento da importância do domingo, a diminuição na frequência aos sacramentos A deterioração dos costumes pela perda dos valores. Presença física missionária: a ausência física é causa do distanciamento das pessoas na vida eclesial

21 AUSENTE MAS NÃO ESQUECIDO A formação de associações de fiéis por categorias profissionais em vista de uma presença mais eficaz no mundo da política, economia, educação, justiça, etc. A ação ecumênica e o diálogo inter-religioso A evangelização nos ambiente secularizados tornando a Palavra de Deus mais conhecida e amada. A valorização da homilia: preparação EG

22 AUSENTE MAS NÃO ESQUECIDO A fé que vivemos: os mandamentos e as bemaventuranças. O que a fé confessa, os sacramentos comunicam. Reconhecendo pela fé a nossa dignidade, sentimonos chamados a levar uma vida digna do Evangelho de Cristo. Na ação evangelizadora importa revelar a alegria e as exigências do seguimento de Cristo.

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade Tanto o Documento de Aparecida (248) como a Exortação Apostólica Verbum Domini (73) se referem à uma nova linguagem e a um novo passo na questão bíblica:

Leia mais

Conselho Arquidiocesano de Pastoral

Conselho Arquidiocesano de Pastoral Conselho Arquidiocesano de Pastoral Capítulo 1 Marco histórico-eclesial Marco Histórico-Eclesial (VER-JULGAR-AGIR) OS LEIGOS NA ÉPOCA DA CRISTANDADE... A presença e organização dos leigos buscou sempre

Leia mais

A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída

A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída Campanha Missionária 2017 A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída Juntos na missão permanente Mês das Missões O mês de outubro é, para a Igreja, o período no qual são intensificadas as iniciativas

Leia mais

Pontifícias Obras Missionárias

Pontifícias Obras Missionárias Pontifícias Obras Missionárias www.pom.org.br Três Campanhas Campanha da Fraternidade (1963) Na Quaresma - coleta Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) Campanha Missionária (DMM - 1926) No mês de Outubro

Leia mais

Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão.

Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão. Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão. Como animadores da comunhão, temos a missão de acolher,

Leia mais

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos,

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos, PRIMEIRO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro

Leia mais

Partir de cada realidade e suas particularidades NOVA PAROQUIA, uma Comunidade Comunidades (setorização), Estado permanente de missão

Partir de cada realidade e suas particularidades NOVA PAROQUIA, uma Comunidade Comunidades (setorização), Estado permanente de missão PISTAS DE AÇÃO GRUPO 1 Partir de cada realidade e suas particularidades, para criar conselhos missionários diocesanos e paroquiais onde ainda não existem, e fortalecer aqueles existentes, para dinamizar

Leia mais

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus Paróquia missionária comunidades de comunidades Animada pela Palavra de Deus Renovação paroquial Toda paróquia é chamada a ser o espaço onde se recebe e se acolhe a Palavra (172). Sua própria renovação

Leia mais

A DINÂMICA DA EVANGELIZAÇÃO NA ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE

A DINÂMICA DA EVANGELIZAÇÃO NA ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE A DINÂMICA DA EVANGELIZAÇÃO NA ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE INTRODUÇÃOODUÇÃO Só uma Igreja missionária e evangelizadora experimenta a fecundidade e a alegria de quem realmente realiza sua vocação. Assumir

Leia mais

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Três eixos temáticos I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Um eixo transversal: A Igreja em saída na perspectiva ad gentes - Segue o método ver, julgar e agir

Leia mais

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e irmãos uns dos outros; identifica-nos com Jesus-Verdade,

Leia mais

Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Salvador da Bahia

Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Salvador da Bahia Arquidiocese de São Salvador da Bahia Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Salvador da Bahia 2015 2019 O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor

Leia mais

Diocese de Criciúma. Plano. Diocesano. de Pastoral

Diocese de Criciúma. Plano. Diocesano. de Pastoral Diocese de Criciúma Plano Diocesano de Pastoral 2012-2016 OBJETIVO GERAL Nós, povo de Deus da Diocese de Criciúma, animados pela Santíssima Trindade, queremos: Evangelizar vivendo em comunidade, como Igreja

Leia mais

Diretório de Comunicação. Elaboração: Ir. Elide Fogolari

Diretório de Comunicação. Elaboração: Ir. Elide Fogolari Diretório de Comunicação Elaboração: Ir. Elide Fogolari Processo de construção do texto Como foi o processo de criação e aprovação do Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil? A partir da concepção

Leia mais

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo,

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo, Coleção Chamados à Vida Em preparação à Eucaristia 1ª Etapa: Chamados à vida 2ª Etapa: Chamados à vida em Jesus Cristo 3ª Etapa: Chamados à vida em Comunidade. 4ª Etapa: Chamados à vida para amar e servir.

Leia mais

Barretos, 1º de agosto de Circular 07/2017. Caríssimos irmãos e irmãs,

Barretos, 1º de agosto de Circular 07/2017. Caríssimos irmãos e irmãs, Barretos, 1º de agosto de 2017 Circular 07/2017 Caríssimos irmãos e irmãs, Todos os anos, no mês de agosto, a Igreja do Brasil celebra o Mês Vocacional, dando destaque, a cada semana, a uma vocação específica:

Leia mais

MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES

MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES V Conferência Geral do Episcopado da América Latina e Caribe Aparecida, 13 a 31 de

Leia mais

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal ITINERÁRIO CATEQUÉTICO Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal COMO É PROPOSTO O PROCESSO CATEQUÉTICO NO ITINERÁRIO? O Itinerário orienta a construção do processo catequético conforme

Leia mais

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA?

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? O documento Conclusivo da V Conferência contém inúmeras e oportunas indicações pastorais, motivadas por ricas reflexões à luz da fé e do atual contexto

Leia mais

Roteiros Mensais para Grupos

Roteiros Mensais para Grupos Roteiros Mensais para Grupos SETEMBRO 2017 INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA Ajudar a aprofundar e rezar com a INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA de cada mês, para mobilizar os grupos e a vida pessoal diante dos grandes

Leia mais

Roteiro de leitura e síntese para compreender. o significado da Comunidade Eclesial

Roteiro de leitura e síntese para compreender. o significado da Comunidade Eclesial Roteiro de leitura e síntese para compreender o significado da Comunidade Eclesial Comunidade Eclesial Sinal do Reino no presente e no futuro O livro está dividido em 4 capítulos: Refletindo sobre Comunidade

Leia mais

VIVER A CATEQUESE BATISMAL. Arquidiocese de Ribeirão Preto

VIVER A CATEQUESE BATISMAL. Arquidiocese de Ribeirão Preto VIVER A CATEQUESE BATISMAL Arquidiocese de Ribeirão Preto O que é Catequese Batismal? A preparação para o Sacramento do Batismo, sem dúvida, é uma tarefa fascinante e necessária à vida pastoral de nossas

Leia mais

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37):

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): Quem é o meu próximo? perguntou o Doutor da Lei a Jesus, que em seguida lhe contou a Parábola do

Leia mais

COMO IGREJA POVO DE DEUS:

COMO IGREJA POVO DE DEUS: Objetivo Geral: COMO IGREJA POVO DE DEUS: Celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil; Aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; Testemunhar Jesus Cristo

Leia mais

Plano Bienal

Plano Bienal Plano Bienal 2016-2017 Quem somos "Deus manifesta-se numa revelação histórica, no tempo. O tempo inicia os processos, o espaço cristaliza-os. Deus encontra-se no tempo, nos processos em curso. Não é preciso

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC)

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC) 2015-16 3 º ANO Unidade Letiva 1 A Dignidade das Crianças 1. Tomar consciência de que as crianças

Leia mais

O papel do assessor diante do pluralismo eclesial juvenil atual

O papel do assessor diante do pluralismo eclesial juvenil atual Tema 05: Dimensão de Capacitação (Processo- metodológico. Como organizar a ação ). Tituto 02: O papel do assessor diante do pluralismo eclesial juvenil atual Antonio Ramos do Prado, sdb (Ms. Pastoral Juvenil

Leia mais

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra);

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra); Uma nova paróquia Introdução DA: Conversão Pastoral Escolha de outro caminho; Transformar a estrutura paroquial retorno a raiz evangélica; Jesus: modelo (vida e prática); Metodologia: Nele, com Ele e a

Leia mais

PRIMEIRA URGÊNCIA Uma Igreja em estado permanente de missão

PRIMEIRA URGÊNCIA Uma Igreja em estado permanente de missão PRIMEIRA URGÊNCIA Uma Igreja em estado permanente de missão Na linha da primeira urgência das DGAE, uma Igreja em estado permanente de missão, destacam-se as seguintes ações concretas: - Formação e missão;

Leia mais

Uma comunicação que alcance todas as periferias que precisam da luz do Evangelho (EG 20).

Uma comunicação que alcance todas as periferias que precisam da luz do Evangelho (EG 20). A comunicação de uma Igreja em Saída. Uma comunicação que alcance todas as periferias que precisam da luz do Evangelho (EG 20). Uma comunicação rápida, em todos os lugares, em todas as ocasiões, sem repugnâncias

Leia mais

A DIMENSÃO MISSIONÁRIA DA PRNM

A DIMENSÃO MISSIONÁRIA DA PRNM A DIMENSÃO MISSIONÁRIA DA PRNM A DM tem seu eixo na opção fundamental feita pela nossa IGREJA: EVANGELIZAR... com RENOVADO ARDOR MISSIONÁRIO FAZ-SE NECESSÁRIO FORMAÇÃO ESPECÍFICA E PERMANENTE: de todos

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO CATEQUÉTICA PARNAÍBA

ESPECIALIZAÇÃO CATEQUÉTICA PARNAÍBA ESPECIALIZAÇÃO CATEQUÉTICA PARNAÍBA 23-24/0102017 Pe. João Paulo PARÓQUIA E INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ PARÓQUIA E CATECUMENATO LINHAS DE AÇÃO DA CATEQUESE PAROQUIAL A URGÊNCIA DE UMA RENOVAÇÃO PAROQUIAL A

Leia mais

CNLB. Conselho Nacional do Laicato do Brasil

CNLB. Conselho Nacional do Laicato do Brasil CNLB Conselho Nacional do Laicato do Brasil Somos leigos e leigas... - Marcados pelo batismo, a maior parcela do Povo de Deus = Igreja - Corresponsáveis pela missão de Jesus = Igreja - De maneira singular,

Leia mais

INSTRUMENTO DE TRABALHO ETAPA ARQUIDIOCESANA 15/10/2016

INSTRUMENTO DE TRABALHO ETAPA ARQUIDIOCESANA 15/10/2016 INSTRUMENTO DE TRABALHO ETAPA ARQUIDIOCESANA 15/10/2016 Deus mostrou seu rosto amoroso na história do mundo e por ele se comoveu, envolvendose com ele (cf. Ex 3,7). Mostrou-se, de maneira definitiva, em

Leia mais

Módulo III O que anuncia a Catequese?

Módulo III O que anuncia a Catequese? Módulo III O que anuncia a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da realidade complexa do ser humano a quem levamos, hoje, uma Boa Nova. Compreender a importância da Sagrada Escritura

Leia mais

Ano Santo da Misericórdia

Ano Santo da Misericórdia Ano Santo da Misericórdia Entrar pela Porta da Misericórdia para ser misericordioso Ano Santo da Misericórdia O Ano Santo da Misericórdia, convocado pelo Papa Francisco, tem início em Roma no dia 8 de

Leia mais

Programas de Pastoral

Programas de Pastoral Programas de Pastoral PROGRAMA CULTURA VOCACIONAL Caderno 5 02 1. Apresentação Na INSA a Animação Vocacional tem por finalidade trabalhar a cultura vocacional e o despertar do jovem para a vocação no sentido

Leia mais

Diocese de Patos-PB CALENDÁRIO DAS ATIVIDADES 2017

Diocese de Patos-PB CALENDÁRIO DAS ATIVIDADES 2017 Diocese de Patos-PB CALENDÁRIO DAS ATIVIDADES 2017 OBJETIVO GERAL Evangelizar, tendo como modelo Jesus Cristo, rosto da misericórdia e missionário do Pai, na força do Espírito Santo, como Igreja discípula,

Leia mais

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética 2 0 1 2-2 0 1 5 DIOCESE DE FREDERICO WESTPHALEN - RS Queridos irmãos e irmãs, Com imensa alegria, apresento-lhes o PLANO DIOCESANO DE ANIMAÇÃO BÍBLICO -

Leia mais

PROJETO FILME MADRE TEREZA

PROJETO FILME MADRE TEREZA Madre Teresa de Calcutá. Tesouro da humanidade: mística, sábia e santa. Turmas dos 9ºs anos - Capítulo 8 - Livro didático(2015). PROJETO FILME MADRE TEREZA TEMA : OS FENÔMENOS RELIGIOSOS: O SER HUMANO

Leia mais

ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017

ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017 ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017 Consulte sempre o site da Arquidiocese, pois irão sendo registradas as alterações e complementações que ocorrerem. DIA/SEM 20.01.2017

Leia mais

SER CATEQUISTA NOS DIAS DE HOJE

SER CATEQUISTA NOS DIAS DE HOJE Quem é o leigo catequista? SER CATEQUISTA NOS DIAS DE HOJE Pessoas que descobrem, na experiência de fé e na inserção na comunidade, a vocação de catequista. Exercem essa missão com esmero, com doação e

Leia mais

DIRETÓRIO DA PASTORAL FAMILIAR doc

DIRETÓRIO DA PASTORAL FAMILIAR doc DIRETÓRIO DA PASTORAL FAMILIAR doc 79-2004 O trabalho da PF é amplo e abrangente; principal enfoque é PROMOVER, FORTALECER e EVANGELIZAR a família. Uma das principais ações: UNIR ESFORÇOS PARA QUE A FAMÍLIA

Leia mais

42ª Assembleia. Diocesana de Pastoral

42ª Assembleia. Diocesana de Pastoral Comissão Diocesana Especial para o Laicato Bispo: Dom Francisco Carlos Bach Coordenador Diocesano da Ação Evangelizadora: Pe. Sergio da Silva Leigos e Leigas: Adalberto S Oligini; Alice Melz; Carla Maria

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Três eixos temáticos I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Um eixo transversal: A Igreja em saída na perspectiva ad gentes - Segue o método ver, julgar e agir

Leia mais

FORMAÇÃO SUBSÍDIO MISSIONÁRIO. Oficina 5 Questões Práticas

FORMAÇÃO SUBSÍDIO MISSIONÁRIO. Oficina 5 Questões Práticas FORMAÇÃO SUBSÍDIO MISSIONÁRIO Oficina 5 Questões Práticas O Papa Francisco no Evangelho da Alegria diz: Hoje todos somos chamados a esta nova «saída» missionária. (EG n. 20) Fiel ao modelo do mestre, é

Leia mais

II CONGRESSO LATINOAMERICANO E CARIBENHO DO DIACONADO PERMANENTE

II CONGRESSO LATINOAMERICANO E CARIBENHO DO DIACONADO PERMANENTE II CONGRESSO LATINOAMERICANO E CARIBENHO DO DIACONADO PERMANENTE Será realizado no período de 24 a 29 de maio de 2011 no Centro de Espiritualidade Inaciana Mosteiro da Vila Kostka de Itaicí, Indaiatuba,

Leia mais

15/8/2011. Dom Dimas MINISTÉRIO DO CATEQUISTA. Apresentação (D. Eugênio Rixen)

15/8/2011. Dom Dimas MINISTÉRIO DO CATEQUISTA. Apresentação (D. Eugênio Rixen) MINISTÉRIO DO CATEQUISTA Dom Dimas Mesmo crescendo o número de serviços eclesiais, o do catequista ainda é necessário e fundamental e com características peculiares (RM 73). Isto vem sendo estudado e refletido

Leia mais

Assembleia Arquidiocesana de Pastoral Planejamento Pastoral

Assembleia Arquidiocesana de Pastoral Planejamento Pastoral Assembleia Arquidiocesana de Pastoral Planejamento Pastoral 2016 APRESENTAÇÃO O coração da Igreja é a pastoral. Palavra que nos remete ao ministério de Jesus e seus relacionamentos com as pessoas. Toda

Leia mais

"Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade".

Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade. "Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade". Os Pais, Primeiros Educadores da Fé Existe um ambiente privilegiado em que os casais, sem excluir outros lugares,

Leia mais

JANEIRO Tríduo da Festa de São Paulo Apóstolo

JANEIRO Tríduo da Festa de São Paulo Apóstolo ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017 Consulte sempre o site da Arquidiocese, pois irão sendo registradas as alterações e complementações que ocorrerem. DIA/SEM 25.05.2017

Leia mais

Documento 99 da CNBB. Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro Pastoral da Comunicação Araucária, 11 de Fevereiro de 2017

Documento 99 da CNBB. Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro Pastoral da Comunicação Araucária, 11 de Fevereiro de 2017 Documento 99 da CNBB Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro Pastoral da Comunicação Araucária, 11 de Fevereiro de 2017 Pauta Documento 99 da CNBB no âmbito PAROQUIAL Planejamento integrado de 2017

Leia mais

Onde Situar a Catequese hoje?

Onde Situar a Catequese hoje? Onde Situar a Catequese hoje? Qual é o nosso conceito de catequese? Conceito amplo Itinerário amplo Conceito estrito Limitado ao momento do encontro A CATEQUESE É UMA AÇÃO ESSENCIALMENTE EDUCATIVA AÇÃO

Leia mais

O Carmelo da Santíssima Trindade e da Imaculada Conceição é um mosteiro de Carmelitas descalças, situado na Arquidiocese de Goiás, no coração do

O Carmelo da Santíssima Trindade e da Imaculada Conceição é um mosteiro de Carmelitas descalças, situado na Arquidiocese de Goiás, no coração do O Carmelo da Santíssima Trindade e da Imaculada Conceição é um mosteiro de Carmelitas descalças, situado na Arquidiocese de Goiás, no coração do Brasil, aqui na cidade de Trindade, capital da fé. Atualmente

Leia mais

Vogal de Missão Cadernos de Serviços

Vogal de Missão Cadernos de Serviços Vogal de Missão Cadernos de Serviços Nome: Conselho Local / Regional / Nacional Centro Local: A JMV é um Movimento Missionário. Alimenta o seu espírito nas fontes de ser Igreja e no seu próprio carisma

Leia mais

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias Finalidade: Descobrir-se Cristão Objectivos: Participar na eucaristia Concretizar projecto comunitário (partilha fraterna) Tema do Período Em Diálogo 1 1º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos

Leia mais

Origem Bíblica. Capítulo 25 do Livro do Levítico.. O QUE É UM JUBILEU OU ANO JUBILAR?

Origem Bíblica. Capítulo 25 do Livro do Levítico.. O QUE É UM JUBILEU OU ANO JUBILAR? 1 O QUE É UM JUBILEU OU ANO JUBILAR? Origem Bíblica Capítulo 25 do Livro do Levítico.. Neste texto vemos que ao fim de cada 6 anos os Hebreus viviam um ano sabático (de descanso). Após cada 7 ciclos de

Leia mais

Quero afirmar ao Papa Francisco a comunhão filial e a presença orante da Igreja do Porto.

Quero afirmar ao Papa Francisco a comunhão filial e a presença orante da Igreja do Porto. Dia 20 de Setembro Dia de oração pela Paz Foi há precisamente 30 anos que o Papa João Paulo II se reuniu em Assis, Itália, com os Responsáveis das principais religiões do Mundo para rezar pela paz. Trinta

Leia mais

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017 02 de julho de 2017 13º Domingo do Tempo Comum Sejam bem-vindos à celebração eucarística. Convocados pelo Pai, incorporados a Cristo e movidos pelo Espírito Santo, tornamo-nos assembleia celebrativa para

Leia mais

Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que?

Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que? Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que? -Ota fu miga Metodologia de uma Escola Bíblico-Catequética Método. [do gr.

Leia mais

Celebração para o dia do/a Catequista Sugestão 2014-CNBB

Celebração para o dia do/a Catequista Sugestão 2014-CNBB Celebração para o dia do/a Catequista Sugestão 2014-CNBB INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos e gratidão, colocamos em suas mãos uma sugestão para a Celebração do dia do Catequista,

Leia mais

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Prof. Denilson A. Rossi O que se entende por Nova Evangelização? Quais são as luzes dos documentos conciliares para a Nova Evangelização? Em que

Leia mais

a n a o n s o s d o d o C on o c n í c l í i l o i o V a V t a ic i a c n a o n o I I

a n a o n s o s d o d o C on o c n í c l í i l o i o V a V t a ic i a c n a o n o I I 1962-20122012 50 anos do Concílio Vaticano II Temos um passado nublado em relação ao uso e à leitura da Palavra de Deus. A Reforma Protestante e o Concílio de Trento (1545) evitaram que a Bíblia chegasse

Leia mais

ORAÇÃO MISSIONÁRIA #OUTUBRO MÊS MISSIONÁRIO JUVENIL

ORAÇÃO MISSIONÁRIA #OUTUBRO MÊS MISSIONÁRIO JUVENIL ORAÇÃO MISSIONÁRIA Ó Deus Trindade, Pai, Filho e Espirito Santo, nós vos louvamos pela vossa comunhão. Sois o fundamento e inspiração de nossa fraternidade. Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.

Leia mais

MISSIOLOGIA. Missão e juventude

MISSIOLOGIA. Missão e juventude MISSIOLOGIA Cesar Leandro Ribeiro O cristianismo é uma religião marcada por uma série de aspectos próprios e indispensáveis para sua existência, sendo um deles justamente a missão, condição que se fez

Leia mais

O Rito de Iniciação Cristã de Adultos (= RICA) Características fundamentais e Perguntas mais frequentes...

O Rito de Iniciação Cristã de Adultos (= RICA) Características fundamentais e Perguntas mais frequentes... O Rito de Iniciação Cristã de Adultos (= RICA) Características fundamentais e Perguntas mais frequentes... O que é RICA? O Rito de Iniciação Cristã é destinado a adultos que ouviram o anúncio do mistério

Leia mais

vai faz também mesmo CALENDÁRIO ANUAL Lc. 10, 37

vai faz também mesmo CALENDÁRIO ANUAL Lc. 10, 37 vai faz tu também o mesmo e CALENDÁRIO ANUAL Lc. 10, 37 BEM-VINDOS! A Fraternidade Missionária Verbum Dei FMVD), fundada em 17 de janeiro de 1963, em Maiorca Espanha), pelo Padre Jaime Bonet, é uma Instituição

Leia mais

Pe. José Weber, SVD. Cantos do Evangelho. Anos A, B e C & Solenidades e Festas

Pe. José Weber, SVD. Cantos do Evangelho. Anos A, B e C & Solenidades e Festas Cantos do Evangelho Pe. José Weber, SVD Cantos do Evangelho Anos A, B e C & Solenidades e Festas Direção editorial Claudiano Avelino dos Santos Autor de todas as melodias Pe. José Weber, SVD Organização

Leia mais

Santificação dos Sacerdotes

Santificação dos Sacerdotes No dia 27 de junho, Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, é celebrado o Dia de Oração pela Santificação dos Sacerdotes. Em preparação para a data, o Arcebispo de Palmas (TO), Dom Pedro Brito Guimarães,

Leia mais

OS SETE PASSOS DA CAMINHADA MISSIONÁRIA

OS SETE PASSOS DA CAMINHADA MISSIONÁRIA OS SETE PASSOS DA CAMINHADA MISSIONÁRIA para organizar uma animação missionária séria, eficaz e programada. 1 1 Constituir o Grupo de Animação Missionária (GAM) Grupo = núcleo que se reúne para Rezar Discutir

Leia mais

A comunicação na Igreja do Brasil na ótica do Diretório de Comunicação Moisés Sbardelotto

A comunicação na Igreja do Brasil na ótica do Diretório de Comunicação Moisés Sbardelotto A comunicação na Igreja do Brasil na ótica do Diretório de Comunicação Moisés Sbardelotto Uma longa história de vivência e exercício da ação evangelizadora como prática de comunicação no Brasil 1963 Inter

Leia mais

3.º Encontro 2015/2016

3.º Encontro 2015/2016 Escola da Fé 3.º Encontro 2015/2016 CÂNTICO: Onde há Caridade e Amor Onde há caridade e amor aí habita Deus. Papa Francisco abriu porta santa do Jubileu da Misericórdia na Catedral de Bangui, em África,

Leia mais

A Equipe Paroquial de Pastoral do Dízimo, que deve contar, no mínimo, com sete membros, desempenhará as seguintes funções:

A Equipe Paroquial de Pastoral do Dízimo, que deve contar, no mínimo, com sete membros, desempenhará as seguintes funções: A Equipe Paroquial de Pastoral do Dízimo, que deve contar, no mínimo, com sete membros, desempenhará as seguintes funções: a) COORDENAR todas as atividades dos membros desta pastoral da Paróquia ou Área

Leia mais

+ Ilídio Pinto Leandro Bispo de Viseu

+ Ilídio Pinto Leandro Bispo de Viseu + Ilídio Pinto Leandro Bispo de Viseu Nota Pastoral Todos Discípulos. Todos Responsáveis O Plano Pastoral para o primeiro de 10 anos, na vivência e concretização do Sínodo Diocesano, convida-nos a ser

Leia mais

Planificação Anual 10º ano da catequese

Planificação Anual 10º ano da catequese Finalidade: Descobrir-se Cristão : Participar na eucaristia Concretizar projecto comunitário (partilha fraterna) Planificação Anual 10º ano da 1º Creio em Conhecer Confrontar com valores de caridade, amor,

Leia mais

Clamor do momento: Passar de uma Pastoral Bíblica para uma Animação Bíblica da Pastoral (DAp 248).

Clamor do momento: Passar de uma Pastoral Bíblica para uma Animação Bíblica da Pastoral (DAp 248). Clamor do momento: Passar de uma Pastoral Bíblica para uma Animação Bíblica da Pastoral (DAp 248). Na América Latina, a caminhada bíblica pode ser caracterizada em três etapas: quatro décadas de semeadura;

Leia mais

I - Conceito e dimensões:

I - Conceito e dimensões: I - Conceito e dimensões: 1. O sacramento da Confirmação que imprime caráter e pelo qual os batizados, continuando o caminho da iniciação cristã são enriquecidos com o dom do Espírito Santo e vinculados

Leia mais

O Matrimónio, uma vocação A família, lugar vocacional. Maio-2011 Vocação Matrimonial e Familiar 1

O Matrimónio, uma vocação A família, lugar vocacional. Maio-2011 Vocação Matrimonial e Familiar 1 O Matrimónio, uma vocação A família, lugar vocacional Maio-2011 Vocação Matrimonial e Familiar 1 Sumário O que é vocação Matrimónio, sinal e missão Matrimónio, aliança e compromisso Missão em casal Missão

Leia mais

II FÓRUM NACIONAL DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR CONFESSIONAIS ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CATÓLICA DO BRASIL ANEC

II FÓRUM NACIONAL DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR CONFESSIONAIS ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CATÓLICA DO BRASIL ANEC II FÓRUM NACIONAL DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR CONFESSIONAIS ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CATÓLICA DO BRASIL ANEC ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE INSTITUIÇÕES EDUCACIONAIS EVANGÉLICAS - ABIEE 1 A PASTORAL

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO Sumário Introdução 1. A compreensão do dízimo 1.1 Os fundamentos do dízimo 1.2 O que é o dízimo? 1.3 As dimensões do dízimo 1.4 As finalidades do dízimo 2. Orientações

Leia mais

REUNIÃO DE PAIS CATEQUESE Paróquia Nossa Senhora da Boavista

REUNIÃO DE PAIS CATEQUESE Paróquia Nossa Senhora da Boavista REUNIÃO DE PAIS CATEQUESE 2015 2016 Paróquia Nossa Senhora da Boavista ORAÇÃO INICIAL Avé Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois Vós entre as mulheres e bendito é o fruto do Vosso ventre,

Leia mais

Princípios para uma Catequese Renovada. Eu vim para que tenham a vida Jo 10,10

Princípios para uma Catequese Renovada. Eu vim para que tenham a vida Jo 10,10 Princípios para uma Catequese Renovada Eu vim para que tenham a vida Jo 10,10 Por que Renovada? Podemos renovar o que ainda não existe? Como renovar? Introdução A renovação atual da catequese nasceu para

Leia mais

A leitura orante da Palavra de Deus Lectio Divina : fonte de toda vocacão

A leitura orante da Palavra de Deus Lectio Divina : fonte de toda vocacão A leitura orante da Palavra de Deus Lectio Divina : fonte de toda vocacão Escuta do evangelho do domingo Mt 5,13-16; Vocês são o Sal da Terra vocês são a Luz do mundo Do grupo de jovens Família MOPP surgiu

Leia mais

CATEQUESE: A ALEGRIA DO ENCONTRO COM JESUS CRISTO

CATEQUESE: A ALEGRIA DO ENCONTRO COM JESUS CRISTO CATEQUESE: A ALEGRIA DO ENCONTRO COM JESUS CRISTO Apresentação do documento de trabalho para os coordenadores da catequese PROPOSTA DE LEITURA E METODOLOGIA Como surgiu? Um novo documento era pedido pelos

Leia mais

Saúdo-vos com alegria, consciente de que em Cristo Vivo e

Saúdo-vos com alegria, consciente de que em Cristo Vivo e CONFERÊNCIA DE IMPRENSA ESTARREJA, 6 de Maio de 2008 Saúdo-vos com alegria, consciente de que em Cristo Vivo e Ressuscitado sou chamado a anunciar, a celebrar e a testemunhar uma vida nova para todos os

Leia mais

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a Neste mês ocorrerá a abertura do Ano Santo da Misericórdia: O jubileu dedicado à misericórdia de Deus. O rosto da misericórdia é o título da bula pela qual o Santo Padre convoca toda a Igreja para viver

Leia mais

PASTORAL DA COMUNICAÇÃO

PASTORAL DA COMUNICAÇÃO PASTORAL DA COMUNICAÇÃO MODELO E PARADIGMA Jesus é o modelo e o paradigma da nossa comunicação. Para aqueles que estiverem comprometidos na comunicação social, quer como responsáveis pelas políticas, como

Leia mais

Audiência às Equipes Nossa Senhora

Audiência às Equipes Nossa Senhora SECRETARIADO DO ESTADO Audiência às Equipes Nossa Senhora 10 Setembro 2015 DISCURSO DO SANTO-PADRE Discurso do Papa: (Roma, 10 de setembro de 2015) Estou muito feliz por vos acolher, caros responsáveis

Leia mais

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA 17-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze A Igreja no desígnio de Deus O que significa a palavra Igreja? Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os

Leia mais

CAMPANHA DA FRATERNIDADE

CAMPANHA DA FRATERNIDADE CAMPANHA DA FRATERNIDADE A Campanha da Fraternidade é uma campanha realizada anualmente pela Igreja Católica Apostólica Romana no Brasil, sempre no período da Quaresma. Essa ação já existe há mais de 50

Leia mais

Moises sentou-se para resolver os assuntos do povo. Ora, o povo procurava por ele desde o amanhecer até a noite. O sogro de Moises viu tudo o que ele

Moises sentou-se para resolver os assuntos do povo. Ora, o povo procurava por ele desde o amanhecer até a noite. O sogro de Moises viu tudo o que ele Moises sentou-se para resolver os assuntos do povo. Ora, o povo procurava por ele desde o amanhecer até a noite. O sogro de Moises viu tudo o que ele fazia pelo povo, e lhe disse: o que é que você está

Leia mais

Teologia Sistemática

Teologia Sistemática Teologia Sistemática Patriarcado de Lisboa Instituto Diocesano de Formação Cristã Escola de Leigos 1º Semestre 2014/2015 Docente: Juan Ambrosio Fernando Catarino Tema da sessão A Igreja 1. Identidade e

Leia mais

Arquidiocese de Ribeirão Preto

Arquidiocese de Ribeirão Preto ENCONTRO DA PASTORAL DO DÍZIMO Arquidiocese de Ribeirão Preto Casa Dom Luís Brodowski 19 e 20 de Agosto 2017 CNBB Conferência Nacional dos Bispos do Brasil CNBB 14 Outubro de 1952 1º Presidente: Dom Carlos

Leia mais

ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA REGIÃO EPISCOPAL SÃO PEDRO E SÃO PAULO AGENDA DA REGIÃO

ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA REGIÃO EPISCOPAL SÃO PEDRO E SÃO PAULO AGENDA DA REGIÃO ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA REGIÃO EPISCOPAL SÃO PEDRO E SÃO PAULO AGENDA DA REGIÃO FEVEREIRO 2 Quinta 8h Encontro do Clero 4 Sábado 8h Encontro da Equipe da Mãe Rainha 4 Sábado 8h30 Reunião da Coordenação

Leia mais

XVIII Encontro da Pastoral Familiar

XVIII Encontro da Pastoral Familiar XVIII Encontro da Pastoral Familiar Sub-Região Campinas Dioceses: Campinas, São Carlos, Piracicaba, Bragança Paulista, Limeira e Amparo Serra Negra, 03 e 04 de agosto de 2013 Tema: Fé, Família e Juventude

Leia mais

Ousar evangelizar os Pais

Ousar evangelizar os Pais Ousar evangelizar os Pais Cardeal-Patriarca de Lisboa, Dom José da Cruz Policarpo Conferência na Assembleia Diocesana dos Catequistas Benedita, 18 de Fevereiro de 2006 1. O problema da evangelização dos

Leia mais

COMO INICIAR UM GRUPO DE JOVENS DA PJMP

COMO INICIAR UM GRUPO DE JOVENS DA PJMP COMO INICIAR UM GRUPO DE JOVENS DA PJMP Preparando o Terreno Quem se dispõe a formar e acompanhar um novo grupo de jovens precisa ter conhecimento de algumas coisas como: O objetivo da Pastoral da Juventude

Leia mais

D I O C E S E D E V A L E N Ç A CALENDÁRIO DIOCESANO DE 2016 ANO DA MISERICÓRDIA ANO C SÃO LUCAS

D I O C E S E D E V A L E N Ç A CALENDÁRIO DIOCESANO DE 2016 ANO DA MISERICÓRDIA ANO C SÃO LUCAS D I O C E S E D E V A L E N Ç A CALENDÁRIO DIOCESANO DE 2016 ANO DA MISERICÓRDIA ANO C SÃO LUCAS Janeiro 06 Dia de Reis apoio aos Grupos de Folia na 24-16h Celebração Ecumênica - lanche oferecido pelos

Leia mais

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst Celebração Dominical da Palavra Cap. 07 Ione Buyst A Igreja de Cristo, desde o dia de Pentecostes, após a descida do Espírito Santo, sempre se reuniu fielmente para celebrar o mistério pascal, no dia que

Leia mais