LISTA DE EXERCÍCIOS 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LISTA DE EXERCÍCIOS 1"

Transcrição

1 LISTA DE EXERCÍCIOS 1 Nome Data Nota: 1. Não serão aceitos exercícios escritos a lápis. 2. Não serão aceitos exercícios em mais de uma folha que não estejam grampeados. 3. Data de entrega 01/04/2015. Não serão aceitos exercícios entregues após esta data. 1. Uma torre de transmissão da figura abaixo é sustentada por três cabos de sustentação ligados a um pino em A e ancorados em parafusos em B, C e D. Se a tensão do cabo AB é de 525 lb, determine os componentes da força exercida pelo cabo no parufuso A. 2. Uma placa circular horizontal de massa igual a 28 Kg é suspensa por três fios que são ligados a um suporte D e formam ângulos de 30 com a vertical. Determine a tração em cada fio.

2 3. Um caixote de 280 kg é sustentado por vários arranjos de corda-e-roldana, tal como mostra a ilustração abaixo. Determine para cada arranjo a tração na corda (Dica: a tração na corda é a mesma em cada lado de uma roldana) 4. Um cursor A está conectado a uma carga de 50 lb, como mostrado na figura abaixo, e pode deslizar sobre uma haste horizontal sem atrito. Determine a intensidade da força P necessária para se manter o equilíbrio do cursor quando (a) x = 4,5 in e (b) x = 15 in. (nota: fazer a conversão de unidades para o sistema internacional)

3 5. Uma armação ABC é sustentada em parte pelo cabo DBE que passa através de um anel sem atrito em B, conforme mostra a figura abaixo. Sabendo que a tração no cabo é de 385 N, determine os componentes da força exercida pelo cabo no suporte D. 6. Uma armação ABC é sustentada em parte pelo cabo DBE que passa através de um anel sem atrito em B, conforme mostra a figura abaixo. Determine a intensidade, a direção e o sentido da resultante das forças exercidas pelo cabo em B, sabendo que a tração no cabo é de 385 N. 7. Sabendo que a tração é 510 lb no cabo AB e 425 lb no cabo AC na figura abaixo, determine a intensidade, a direção e o sentido da resultante das forças em A pelos dois cabos (nota: fazer a conversão de unidades para o sistema internacional).

4 8. Três cabos são usados para amarrar o balão, tal como mostra a ilustração abaixo. Determine a força vertical P exercida pelo balão em A, sabendo que a tração no cabo AC é 444 N. 9. O caixote mostrado na figura abaixo é sustentado por três cabos. Determine o peso do caixote, sabendo que a tração no cabo AB é 750 lb (nota: fazer a conversão de unidades para o sistema internacional).

5 10. Um binário M de intensidade 13,5 N.m é aplicado no cabo de uma chave de fenda para apertar um parafuso em um bloco de madeira, figura abaixo. Determine as intensidades das duas forças horizontais que são equivalentes a M se estas forem aplicadas nos cantos A e D. 11. Um dirigível é preso ao solo por um cabo amarrado à sua cabine em B, figura abaixo. Se a atração no cabo é de N, substitua a força exercida pelo cabo em B por um sistema de força equivalente formado por duas forças paralelas aplicadas em A e C.

6 12. A engrenagem C está ligada rigidamente ao abraço AB. Se as forças e o binário mostrados na figura abaixo podem ser reduzidos a uma força única equivalente em A, determine a força equivalente e a intensidade do binário. 13. Um operário tenta mover uma pedra aplicando uma força de 360 N em uma barra de aço, como mostra a figura. (a) substitua essa força por um sistema força-binária equivalente em D. (b) Dois operários experimentam mover a mesma pedra aplicando uma força vertical em A e uma outra em D. Determine essas duas forças para que sejam equivalente à força única do item a acima.

7 14. Um mecânico utiliza uma chave de encaixe para afrouxar um parafuso em C, figura abaixo. O mecânico mantém o cabo da chave de encaixe nos pontos A e B e aplica forças nesses pontos. Sabendo que essas forças são equivalentes a um binário em C que consiste em uma força C = - (40 N) i + (20 N) k e um binário Mc = (40 N.m)i, determine as forças aplicadas em A e B quando Az = 10 N. Nota: transforme as unidades para o Sistema Internacional 15. Uma força e uma binário são aplicados na extremidade de uma viga em balanço, como mostra figura. Substitua esse sistema por uma força única F aplicada em C.

8 16. Dois caixotes, cada qual pesando 1125 N, são colocados na caçamba de uma camionete com peso de N, figura abaixo. Determine as reações em cada uma das duas (a) rodas traseiras A e (b) rodas dianteiras B. 17. Um apoio em B sustenta as quatro cargas mostradas na figura. Determine as reações A e B se a = 100 mm.

9 Nota: transforme as unidades para o Sistema Internacional 18. O máximo valor admissível de cada uma das reações é 360 N na figura abaixo. Desprezando o peso da viga, determine o intervalo de valores da distância d para o qual a viga está segura. 19. A força de 840 lb mostrada na figura atua em uma lança de 10 ft. Determine a tração em cada cabo e a reação na rótula em A (nota: fazer a conversão de unidades para o sistema internacional).

10 20. Uma placa retangular mostrada a figura abaixo tem uma massa de 15 Kg e é mantida na posição mostra pelas dobradiças A e B e pelo cabo EF. Determine (a) a tração no cabo e (b) as reações em A e B (nota: fazer a conversão de unidades para o sistema internacional). 21. Uma placa retangular mostrada a figura abaixo tem uma massa de 1282,5 N e é mantida na posição mostra pelas dobradiças A e B e pelo cabo DCE, que passa por um gancho sem atrito em C. Determine (a) a tração no cabo e (b) as reações a A e B.

11 22. A tração no cabo preso à extremidade C de uma lança ajustável da figura abaixo é de 1.000N. Substitua a força exercida pelo cabo C por um sistema força-binário equivalente em A. (nota: fazer a conversão de unidades para o sistema internacional). 23. Uma força P de 700 N é aplicada no ponto A da figura abaixo de um elemento estrutural. Substitua P por (a) um sistema força-binário equivalente em C, e (b) um sistema equivalente que consista em uma força vertical em B e uma segunda força em D. (nota: fazer a conversão de unidades para o sistema internacional).

12 24. A tração necessária no cabo AB na figura abaixo é 800 N. Determine (a) a força vertical P que deve ser aplicada ao pedal e (b) a correspondente reação em C. (nota: fazer a conversão de unidades para o sistema internacional). 25. Determine as reações em A e B para h = 0 na figura abaixo.

13 26. A força de 840 lb mostrada na figura abaixo atua em uma lança de 10 ft. Determine a tração em cada cabo e a reação na rótula em A. (nota: fazer a conversão de unidades para o sistema internacional).

EQUILÍBRIO DO CORPO RÍGIDO EXERCÍCIOS

EQUILÍBRIO DO CORPO RÍGIDO EXERCÍCIOS EQUILÍBRIO DO CORPO RÍGIDO EXERCÍCIOS 1. O esquadro metálico BD tem um apoio fixo em C e liga-se a um cabo em B. Para o carregamento representado, determine (a) a força de tração no cabo, (b) a reação

Leia mais

Mecânica Geral II Lista de Exercícios 1 Prof. Dr. Cláudio S. Sartori. Use 1lb = 4,448 N 1 in = 0,0254 m 1 ft = 0,3048 m Exercício 1

Mecânica Geral II Lista de Exercícios 1 Prof. Dr. Cláudio S. Sartori. Use 1lb = 4,448 N 1 in = 0,0254 m 1 ft = 0,3048 m Exercício 1 Use 1lb = 4,448 N 1 in = 0,0254 m 1 ft = 0,3048 m Exercício 1 As tensões nos cabos AB e AC valem 777N e 990N, respectivamente. Determine o momento em relação ao ponto O das forças exercidas pelos cabos

Leia mais

SISTEMAS EQUIVALENTES DE FORÇAS EXERCÍCIOS

SISTEMAS EQUIVALENTES DE FORÇAS EXERCÍCIOS SISTEMAS EQUIVALENTES DE FORÇAS EXERCÍCIOS 1. Uma força P é aplicada ao pedal do freio em A. Sabendo que P = 450 N e = 30, determine o momento de P em relação a B. 2. Uma força P de 400 N é aplicada ao

Leia mais

FIS-14 Lista-02 Agosto/2012

FIS-14 Lista-02 Agosto/2012 FIS-14 Lista-02 Agosto/2012 1. Substitua o sistema de forças que age sobre a viga por uma força e um momento de binário equivalente no ponto B. 2. Substitua o sistema de forças por uma força e um momento

Leia mais

Lista de exercícios 4 Mecânica Geral I

Lista de exercícios 4 Mecânica Geral I Lista de exercícios 4 Mecânica Geral I 5.9. Desenhe o diagrama de corpo livre da barra, que possui uma espessura desprezível e pontos de contato lisos em A, B e C. Explique o significado de cada força

Leia mais

Lista 5 Leis de Newton

Lista 5 Leis de Newton Sigla: Disciplina: Curso: FISAG Física Aplicada a Agronomia Agronomia Lista 5 Leis de Newton 01) Um corpo de massa m sofre ação de duas forças F1 e F2, como mostra a figura. Se m = 5,2 kg, F1 = 3,7 N e

Leia mais

Lista11: Equilíbrio de Corpos Rígidos

Lista11: Equilíbrio de Corpos Rígidos Lista 11: Equilíbrio dos Corpos Rígidos NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. ii. Ler os enunciados com atenção.

Leia mais

ENG1200 Mecânica Geral Semestre Lista de Exercícios 7 Atrito Estático

ENG1200 Mecânica Geral Semestre Lista de Exercícios 7 Atrito Estático ENG1200 Mecânica Geral Semestre 2013.2 Lista de Exercícios 7 Atrito Estático 1 Prova 2012.2 (P4) - Cada cilindro tem massa de 50 kg. Se os coeficientes de atrito estático nos pontos de contato são A =

Leia mais

Lista de exercícios 4

Lista de exercícios 4 4. O sistema da figura a seguir é composto por uma barra homogênea AB, onde está articulada em A e pesa 00 N. O objeto P pesa 50 N para que esse sistema permaneça estático. Analise os seguintes itens:

Leia mais

Lista de Exercícios-PRA - Estática R. C. Hibbeler

Lista de Exercícios-PRA - Estática R. C. Hibbeler Lista de Exercícios-PRA - Estática R. C. Hibbeler I - Decomposição de vetores em componentes 1 - Determine a intensidade da força resultante e sua direção, medida no sentido anti-horário a partir do eixo

Leia mais

ESTUDOS DIRIGIDOS (NP2) DATA DE ENTREGA: 24/11/16

ESTUDOS DIRIGIDOS (NP2) DATA DE ENTREGA: 24/11/16 Campus Brasília-DF Curso: Engenharia Civil Disciplina: Mecânica da Partícula Profº: MSc. Demetrius dos Santos Leão NOTA (Valor: 2,0 pontos) Nome do aluno: RA: Turma: ESTUDOS DIRIGIDOS (NP2) DATA DE ENTREGA:

Leia mais

2. Determine as intensidades das forças nos cabos para os seguintes casos: 60 o

2. Determine as intensidades das forças nos cabos para os seguintes casos: 60 o urso de Tecnologia em utomação Industrial Disciplina de Mecânica plicada 1 prof. Lin Lista de eercícios nº 4 (Equilíbrio de um ponto material) 1. Um objeto de peso igual a 100 N é mantido em equilíbrio

Leia mais

UFABC - Universidade Federal do ABC. ESTO Mecânica dos Sólidos I. Primeira Lista de Exercícios (2017.2) Professores: Dr.

UFABC - Universidade Federal do ABC. ESTO Mecânica dos Sólidos I. Primeira Lista de Exercícios (2017.2) Professores: Dr. UFABC - Universidade Federal do ABC ESTO008-13 Mecânica dos Sólidos I Primeira Lista de Exercícios (20172) Professores: Dr Cesar Freire CECS Dr Wesley Góis CECS 1 Preparativos para a primeira semana do

Leia mais

Tecnologia em Automação Industrial Mecânica Aplicada 1 Lista 06 página 1/6

Tecnologia em Automação Industrial Mecânica Aplicada 1 Lista 06 página 1/6 urso de Tecnologia em utomação Industrial Disciplina de Mecânica plicada 1 prof. Lin Lista de exercícios nº 6 (Equilíbrio de um corpo rígido) 0,5 m 1,0 m orma 1. figura ao lado ilustra uma prensa para

Leia mais

ESTÁTICA DO PONTO MATERIAL EXERCÍCIOS

ESTÁTICA DO PONTO MATERIAL EXERCÍCIOS ESTÁTICA DO PONTO MATERIAL EXERCÍCIOS 1. Quando um homem está deitado numa rede (de massa desprezível), as forças que esta aplica na parede formam um angulo de 30 com a horizontal, e a intensidade de cada

Leia mais

1 Movimento Circular Lista de Movimento circular Cinemática do Ponto Material 7

1 Movimento Circular Lista de Movimento circular Cinemática do Ponto Material 7 Sumário 1 Movimento Circular 3 1.1 Lista de Movimento circular................................... 3 2 Cinemática do Ponto Material 7 3 Equilíbrio de Corpos no Espaço 9 3.1 Equilíbrio de Partícula.....................................

Leia mais

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL DISCIPLINA: MECANICA TC-021 / TURMA B 5º EXERCICIO DOMICILIAR NOTA EXERCICIOS Turma n Professor Rui Medeiros xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Leia mais

LISTA PARA RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 PROFESSOR GUSTAVO SABINO

LISTA PARA RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 PROFESSOR GUSTAVO SABINO LISTA PARA RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 PROFESSOR GUSTAVO SABINO 1. Sobre uma partícula P agem quatro forças, representadas na figura abaixo. O módulo da força resultante sobre a partícula é de: a) 5 N b) 24

Leia mais

PROBLEMAS DE PROVA. EXERCÍCIOS DA 3 a. ÁREA. UFRGS - ESCOLA DE ENGENHARIA ENG Mecânica. Atualizada em 11/11/2008

PROBLEMAS DE PROVA. EXERCÍCIOS DA 3 a. ÁREA. UFRGS - ESCOLA DE ENGENHARIA ENG Mecânica. Atualizada em 11/11/2008 UFRS - ESOL E ENENHRI EN 01156 - Mecânica epartamento de Engenharia ivil tualizada em 11/11/2008 EXERÍIOS 3 a. ÁRE Prof. Inácio envegnu Morsch PROLEMS E PROV 1) alcule para o instante representado na figura

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS MECÂNICA DOS SÓLIDOS I

LISTA DE EXERCÍCIOS MECÂNICA DOS SÓLIDOS I LISTA DE EXERCÍCIOS MECÂNICA DOS SÓLIDOS I A - Tensão Normal Média 1. Ex. 1.40. O bloco de concreto tem as dimensões mostradas na figura. Se o material falhar quando a tensão normal média atingir 0,840

Leia mais

Lista de exercícios 4 Mecânica Geral III

Lista de exercícios 4 Mecânica Geral III Lista de exercícios 4 Mecânica Geral III F15.3 O motor exerce uma força de = 20 N sobre o cabo, onde t é dado em segundos.determine a velocidade da caixa onde t = 4 s. Os coeficientes de atrito estático

Leia mais

NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues.

NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. Lista 12: Equilíbrio do Corpo Rígido NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. ii. Ler os enunciados com atenção. iii.

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS ÁREA 1. Disciplina: Mecânica dos Sólidos MECSOL34 Semestre: 2016/02

LISTA DE EXERCÍCIOS ÁREA 1. Disciplina: Mecânica dos Sólidos MECSOL34 Semestre: 2016/02 LISTA DE EXERCÍCIOS ÁREA 1 Disciplina: Mecânica dos Sólidos MECSOL34 Semestre: 2016/02 Prof: Diego R. Alba 1. O macaco AB é usado para corrigir a viga defletida DE conforme a figura. Se a força compressiva

Leia mais

NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE FÍSICA I 1º ANO EM TURMA 212 PROFº FABIANO 3º BIMESTRE

NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE FÍSICA I 1º ANO EM TURMA 212 PROFº FABIANO 3º BIMESTRE 1925 *** COLÉGIO MALLET SOARES *** 2016 91 ANOS DE TRADIÇÃO, RENOVAÇÃO E QUALIDADE DEPARTAMENTO DE ENSINO DATA: / / NOTA: NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE FÍSICA I 1º ANO EM TURMA 212 PROFº FABIANO

Leia mais

Curso: Engenharia Civil Disciplina: Física Geral Experimental I Período: 1 período Data: 05/03/2012 Prof.a: Érica Estanislau Muniz Faustino

Curso: Engenharia Civil Disciplina: Física Geral Experimental I Período: 1 período Data: 05/03/2012 Prof.a: Érica Estanislau Muniz Faustino Curso: Engenharia Civil Disciplina: Física Geral Experimental I Período: 1 período Data: 05/03/2012 Prof.a: Érica Estanislau Muniz Faustino Parte I - Questões de Múltipla Escolha ESTUDO DIRIGIDO 1 1- Desde

Leia mais

Estudo Dirigido de Plano Inclinado

Estudo Dirigido de Plano Inclinado Curso: Engenharia Civil Disciplina: Física Geral e Experimental I Período: 1 período Data: 30/03/2012 Prof.a: Érica Estanislau Muniz Faustino 1ª Etapa Estudo Dirigido de Plano Inclinado 1- O bloco representado

Leia mais

ENG1200 Mecânica Geral Lista de Exercícios 1 Equilíbrio da Partícula

ENG1200 Mecânica Geral Lista de Exercícios 1 Equilíbrio da Partícula ENG1200 Mecânica Geral 2013.2 Lista de Exercícios 1 Equilíbrio da Partícula Questão 1 - Prova P1 2013.1 Determine o máximo valor da força P que pode ser aplicada na estrutura abaixo, sabendo que no tripé

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO LEIS DE NEWTON E SUAS APLICAÇÕES 2ª ETAPA

ESTUDO DIRIGIDO LEIS DE NEWTON E SUAS APLICAÇÕES 2ª ETAPA Curso: Engenharia Civil Disciplina: Física Geral Experimental I Período: 1 período Data: 04/16/2014 Prof.a: Érica Estanislau Muniz Faustino ESTUDO DIRIGIDO LEIS DE NEWTON E SUAS APLICAÇÕES 2ª ETAPA 1-

Leia mais

Professor: José Junio Lopes

Professor: José Junio Lopes Aula 2 - Tensão/Tensão Normal e de Cisalhamento Média; Tensões Admissíveis. A - TENSÃO NORMAL MÉDIA 1. Exemplo 1.17 - A luminária de 80 kg é sustentada por duas hastes, AB e BC, como mostra a Figura 1.17a.

Leia mais

Ciência e Tecnologia de Materiais Prof a. Msc. Patrícia Corrêa

Ciência e Tecnologia de Materiais Prof a. Msc. Patrícia Corrêa 1. (R//b) Uma barra homogênea de peso igual a 50 N está em repouso na horizontal. Ela está apoiada em seus extremos nos pontos A e B, que estão distanciados de 2 m. Uma esfera Q de peso 80 N é colocada

Leia mais

Equilíbrio de corpos extensos

Equilíbrio de corpos extensos Equilíbrio de corpos extensos 1. (Uerj 2014) A figura abaixo ilustra uma ferramenta utilizada para apertar ou desapertar determinadas peças metálicas. Para apertar uma peça, aplicando-se a menor intensidade

Leia mais

Lista de Exercícios - Aula 08 Equilíbrio de um Corpo Rígido Capítulo R. C. Hibbeler

Lista de Exercícios - Aula 08 Equilíbrio de um Corpo Rígido Capítulo R. C. Hibbeler Lista de Exercícios - Aula 08 Equilíbrio de um Corpo Rígido Capítulo R. C. Hibbeler A primeira condição para que um corpo rígido esteja em equilíbrio é que a somatória das forças que agem sobre o corpo

Leia mais

Aula 2 - Tensão Normal e de Cisalhamento.

Aula 2 - Tensão Normal e de Cisalhamento. Aula 2 - Tensão Normal e de Cisalhamento. A - TENSÃO NORMAL MÉDIA 1. Exemplo 1.17 - A luminária de 80 kg é sustentada por duas hastes, AB e BC, como mostra a figura 1.17a. Se AB tiver diâmetro de 10 mm

Leia mais

Resposta: F AB = 1738,7 N F AC = 1272,8 N

Resposta: F AB = 1738,7 N F AC = 1272,8 N Trabalho 1 (Cap. 1 a Cap. 4) Mecânica Aplicada - Estática Prof. André Luis Christoforo, e-mail: christoforoal@yahoo.com.br Departamento de Engenharia Civil - DECiv/UFSCar Cap. 1 Vetores de Força 1) A força

Leia mais

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 05 ROLDANAS E ELEVADORES

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 05 ROLDANAS E ELEVADORES FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 05 ROLDANAS E ELEVADORES T T Como pode cair no enem? (CEFET) Nos sistemas seguintes, em equilíbrio, as roldanas, os fios e as hastes têm massas desprezíveis. Os dinamômetros

Leia mais

Lista 12: Rotação de corpos rígidos

Lista 12: Rotação de corpos rígidos Lista 12: Rotação de Corpos Rígidos Importante: i. Ler os enunciados com atenção. ii. Responder a questão de forma organizada, mostrando o seu raciocínio de forma coerente. iii. iv. Siga a estratégia para

Leia mais

FORÇA E MOVIMENTO Leis de Newton

FORÇA E MOVIMENTO Leis de Newton PROF. OSCAR FORÇA E MOVIMENTO Leis de Newton Qual é o fator responsável pela sensação de perigo para alguém que está no último carro de uma montanha russa? Uma força aceleração. atuando sobre o quilograma

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS PLANO INCLINADO PROF. PEDRO RIBEIRO

LISTA DE EXERCÍCIOS PLANO INCLINADO PROF. PEDRO RIBEIRO LISTA DE EXERCÍCIOS PLANO INCLINADO PROF. PEDRO RIBEIRO 1 Um bloco de massa m = 10 kg, inicialmente a uma altura de 2 m do solo, desliza em uma rampa de inclinação 30 o com a horizontal. O bloco é seguro

Leia mais

Leitura obrigatória Mecânica Vetorial para Engenheiros, 5ª edição revisada, Ferdinand P. Beer, E. Russell Johnston, Jr.

Leitura obrigatória Mecânica Vetorial para Engenheiros, 5ª edição revisada, Ferdinand P. Beer, E. Russell Johnston, Jr. PUC - Goiás Curso: Engenharia Civil Disciplina: Mecânica Vetorial Corpo Docente: Geisa Pires Turma:----------- Plano de Aula Data: ------/--------/---------- Leitura obrigatória Mecânica Vetorial para

Leia mais

Mecânica Geral 1 Rotação de corpos rígidos Prof. Dr. Cláudio Sérgio Sartori.

Mecânica Geral 1 Rotação de corpos rígidos Prof. Dr. Cláudio Sérgio Sartori. Bibliografia Básica: BEER, F. P.; JOHNSTON JUNIOR, E. R. Mecânica vetorial para engenheiros: cinemática e dinâmica 5ª ed. 2v. São Paulo: Makron, 1994. HIBBELER, R. C. Dinâmica: Mecânica para Engenharia.

Leia mais

Rígidos MECÂNICA VETORIAL PARA ENGENHEIROS: ESTÁTICA. Nona Edição CAPÍTULO. Ferdinand P. Beer E. Russell Johnston, Jr.

Rígidos MECÂNICA VETORIAL PARA ENGENHEIROS: ESTÁTICA. Nona Edição CAPÍTULO. Ferdinand P. Beer E. Russell Johnston, Jr. Nona E 4 Equilíbrio CAPÍTULO MECÂNICA VETORIAL PARA ENGENHEIROS: ESTÁTICA Ferdinand P. Beer E. Russell Johnston, Jr. Notas de Aula: J. Walt Oler Texas Tech University de Corpos Rígidos 2010 The McGraw-Hill

Leia mais

Considerando que o fio e a polia são ideais, qual o coeficiente de atrito cinético entre o bloco B e o plano?

Considerando que o fio e a polia são ideais, qual o coeficiente de atrito cinético entre o bloco B e o plano? 2ª Série do Ensino Médio 01. No sistema a seguir, A e B têm massa m = 10 kg e a = 45 0. A aceleração da gravidade é de 10 m/s 2 e o peso da corda, o atrito no eixo da roldana e a massa da roldana são desprezíveis:

Leia mais

TENSÃO NORMAL e TENSÃO DE CISALHAMENTO

TENSÃO NORMAL e TENSÃO DE CISALHAMENTO TENSÃO NORMAL e TENSÃO DE CISALHAMENTO 1) Determinar a tensão normal média de compressão da figura abaixo entre: a) o bloco de madeira de seção 100mm x 120mm e a base de concreto. b) a base de concreto

Leia mais

Avaliação: EXERCÍCIO ON LINE 2º Bimestre. Curso: 3ª SÉRIE TURMA: 3101 / 3102 DATA:

Avaliação: EXERCÍCIO ON LINE 2º Bimestre. Curso: 3ª SÉRIE TURMA: 3101 / 3102 DATA: Avaliação: EXERCÍCIO ON LINE 2º Bimestre DISCIPLINA: FÍSICA 1 PROFESSOR(A): ANDERSON CUNHA Curso: 3ª SÉRIE TURMA: 3101 / 3102 DATA: NOME: Nº.: 1) (FGV-SP) O sistema indicado está em repouso devido à força

Leia mais

Lista de exercícios 3 Mecânica

Lista de exercícios 3 Mecânica Lista de exercícios 3 Mecânica Geral I 4.5 Se o homem em B exerce uma força P =150N sobre sua corda, determine a intensidade da força F que o homem em C precisa exercer para impedir que o poste gire; ou

Leia mais

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 06 PLANO INCLINADO

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 06 PLANO INCLINADO FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 06 PLANO INCLINADO P T P N θ P Como pode cair no enem? Uma máquina utiliza um carrinho para retirar carvão do interior de uma mina, puxando-o, sobre um plano inclinado, por meio

Leia mais

2010The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved. Prof.: Anastácio Pinto Gonçalves Filho

2010The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved. Prof.: Anastácio Pinto Gonçalves Filho Prof.: Anastácio Pinto Gonçalves Filho Introdução Para um corpo rígido em equilíbrio estático, as forças e momentos externos estão balenceadas e não impõem movimento de translação ou de rotação ao corpo.

Leia mais

Estática. Prof. Willyan Machado Giufrida. Estática

Estática. Prof. Willyan Machado Giufrida. Estática Estática Considere a força F atuando na origem O do sistema de coordenadas retangulares x, y e z. Esse plano passa pelo eixo vertical y; sua orientação é definida pelo ângulo ϕ que se forma com o plano

Leia mais

Exemplo. T 1 2g = -2a T 2 g = a. τ = I.α. T 1 T 2 g = - 3a a g = - 3a 4a = g a = g/4. τ = (T 1 T 2 )R. T 1 T 2 = Ma/2 T 1 T 2 = a.

Exemplo. T 1 2g = -2a T 2 g = a. τ = I.α. T 1 T 2 g = - 3a a g = - 3a 4a = g a = g/4. τ = (T 1 T 2 )R. T 1 T 2 = Ma/2 T 1 T 2 = a. Exercícios Petrobras 2008 eng. de petróleo Dois corpos de massa m 1 = 2 kg e m 2 = 1 kg estão fixados às pontas de uma corda com massa e elasticidade desprezíveis, a qual passa por uma polia presa ao

Leia mais

Notas de Aula de Física

Notas de Aula de Física Versão preliminar 9 de setembro de 00 Notas de Aula de ísica. EQUIÍBRIO... CONDIÇÕES ARA O EQUIÍBRIO... SOUÇÃO DE AGUNS ROBEMAS... 0... 5... 9... 4 5... 5 7... 6 4... 7 5... 8 9... 8 rof. Romero Tavares

Leia mais

Estática. Vista da estrutura da ponte Golden Gate, São Francisco, Califórnia (EUA).

Estática. Vista da estrutura da ponte Golden Gate, São Francisco, Califórnia (EUA). Estática Todo o nosso estudo até agora foi dedicado quase que exclusivamente ao movimento. Passamos da Cinemática - descrição matemática dos movimentos - à Dinâmica, em que essa descrição se aprofunda

Leia mais

Professor: José Junio Lopes

Professor: José Junio Lopes A - Deformação normal Professor: José Junio Lopes Lista de Exercício - Aula 3 TENSÃO E DEFORMAÇÃO 1 - Ex 2.3. - A barra rígida é sustentada por um pino em A e pelos cabos BD e CE. Se a carga P aplicada

Leia mais

I Unidade I Lista de Exercícios https://sites.google.com/site/professorcelsohenrique/home/mecanica-geral

I Unidade I Lista de Exercícios https://sites.google.com/site/professorcelsohenrique/home/mecanica-geral FAMEC Faculdade Metropolitana de Camaçari Engenharia Ambiental / Engenharia de Controle e Automação / Eng Produção enharia de Disciplina: Mecânica Geral I Unidade Docente: Celso Henrique I Lista de Exercícios

Leia mais

Leis de Newton. Algumas aplicações das leis de Newton

Leis de Newton. Algumas aplicações das leis de Newton Leis de Newton Algumas aplicações das leis de Newton Equilíbrio Uma ginasta com massa 50,0 kg está começando a subir em uma corda presa no teto de uma ginásio. Qual é o peso da ginasta? Qual a força (módulo

Leia mais

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção.

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. Lista 12: Rotação de corpos rígidos NOME: Turma: Prof. : Matrícula: Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii. Responder

Leia mais

Professor: José Junio Lopes

Professor: José Junio Lopes Lista de Exercício Aula 3 TENSÃO E DEFORMAÇÃO A - DEFORMAÇÃO NORMAL 1 - Ex 2.3. - A barra rígida é sustentada por um pino em A e pelos cabos BD e CE. Se a carga P aplicada à viga provocar um deslocamento

Leia mais

g 10 m / s Montagem 1: A roldana está fixada numa árvore; e o cabo de aço, no tronco petrificado.

g 10 m / s Montagem 1: A roldana está fixada numa árvore; e o cabo de aço, no tronco petrificado. 1. (Espcex (Aman) 015) Uma pessoa de massa igual a 80 kg está dentro de um elevador sobre uma balança calibrada que indica o peso em newtons, conforme desenho abaixo. Quando o elevador está acelerado para

Leia mais

Mecânica da Partícula 2ª lista de exercícios

Mecânica da Partícula 2ª lista de exercícios Mecânica da Partícula 2ª lista de exercícios 1. Um satélite em órbita ao redor da Terra é atraído pelo nosso planeta e, como reação, atrai a Terra. A figura que representa corretamente esse par ação-reação

Leia mais

1º SIMULADO DISCURSIVO IME FÍSICA

1º SIMULADO DISCURSIVO IME FÍSICA FÍSICA Questão 1 Considere o veículo de massa M percorrendo uma curva inclinada, de ângulo, com raio R constante, a uma velocidade V. Supondo que o coeficiente de atrito dos pneus com o solo seja, calcule

Leia mais

1.38. A luminária de 50 lb é suportada por duas hastes de aço acopladas por um anel em

1.38. A luminária de 50 lb é suportada por duas hastes de aço acopladas por um anel em 1.36. A luminária de 50 lb é suportada por duas hastes de aço acopladas por um anel em A. Determinar qual das hastes está sujeita à maior tensão normal média e calcular seu valor. Suponha que θ = 60º.

Leia mais

Exercícios de Resistência dos Materiais A - Área 3

Exercícios de Resistência dos Materiais A - Área 3 1) Os suportes apóiam a vigota uniformemente; supõe-se que os quatro pregos em cada suporte transmitem uma intensidade igual de carga. Determine o menor diâmetro dos pregos em A e B se a tensão de cisalhamento

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Força Elástica e Trabalho Mecânico

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Força Elástica e Trabalho Mecânico Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Força Elástica e Trabalho Mecânico 1. (Uern 2013) A tabela apresenta a força elástica e a deformação

Leia mais

Tensão. Introdução. Introdução

Tensão. Introdução. Introdução Capítulo 1: Tensão Adaptado pela prof. Dra. Danielle Bond Introdução A resistência dos materiais é um ramo da mecânica que estuda as relações entre as cargas externas aplicadas a um corpo deformável e

Leia mais

Dinâmica Associação de Polias Fixas e Móveis

Dinâmica Associação de Polias Fixas e Móveis Dinâmica Associação de Polias Fixas e Móveis 1. (Ita 2012) O arranjo de polias da figura é preso ao teto para erguer uma massa de 24 kg, sendo os fios inextensíveis, e desprezíveis as massas das polias

Leia mais

a 1,019m/s, S 89,43N ; b)

a 1,019m/s, S 89,43N ; b) Problema O bloco de massa m =5kg e o bloco de massa m =30kg são mantidos em equilíbrio na posição mostrada pela força P. mola tem uma constante de rigidez k=kn/m e encontra-se indeformada nesta posição.

Leia mais

EXTERNATO MATER DOMUS

EXTERNATO MATER DOMUS EXTERNATO MATER DOMUS RUA PASCAL, 1403 CAMPO BELO SP CEP 04616/004 - Fone: 5092-5825 MATÉRIA: FÍSICA PROFESSORA: RENATA LEITE QUARTIERI ALUNO: Nº Série: 2º TURMA: Única DATA: / /2015 ASSINATURA DO PAI/RESP.

Leia mais

Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Tecnologia de Tomar ÁREA INTERDEPARTAMENTAL DE FÍSICA

Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Tecnologia de Tomar ÁREA INTERDEPARTAMENTAL DE FÍSICA Engenharia Civil Exercícios de Física de Física Ficha 8 Corpo Rígido Capítulo 6 Ano lectivo 010-011 Conhecimentos e capacidades a adquirir pelo aluno Aplicação das leis fundamentais da dinâmica. Aplicação

Leia mais

9ª EDIÇÃO VOLUME 1 MECÂNICA

9ª EDIÇÃO VOLUME 1 MECÂNICA QUESTÕES DO CAPÍTULO 5 DO LIVRO FUNDAMENTOS DE FÍSICA HALLIDAY & RESNICK - JEARL WALKER Página 112 Segunda Lei de Newton. 9ª EDIÇÃO VOLUME 1 MECÂNICA 1) Apenas duas forças horizontais atuam em um corpo

Leia mais

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 09 EQUILIBRIO DE CORPOS EXTENSOS

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 09 EQUILIBRIO DE CORPOS EXTENSOS FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 09 EQUILIBRIO DE CORPOS EXTENSOS F Rotação 0 F Como pode cair no enem? (ENEM) Um portão está fixo em um muro por duas dobradiças A e B, conforme mostra a figura, sendo P o peso

Leia mais

1ª Lista de exercícios Resistência dos Materiais IV Prof. Luciano Lima (Retirada do livro Resistência dos materiais, Beer & Russel, 3ª edição)

1ª Lista de exercícios Resistência dos Materiais IV Prof. Luciano Lima (Retirada do livro Resistência dos materiais, Beer & Russel, 3ª edição) 11.3 Duas barras rígidas AC e BC são conectadas a uma mola de constante k, como mostrado. Sabendo-se que a mola pode atuar tanto à tração quanto à compressão, determinar a carga crítica P cr para o sistema.

Leia mais

ESTÁTICA DOS SÓLIDOS

ESTÁTICA DOS SÓLIDOS Postulados: (Nóbrega, 1980) ESTÁTICA DOS SÓLIDOS 1. Se nenhuma força for aplicada a um sólido em equilíbrio, ele permanece em equilíbrio. 2. Aplicando uma única força a um sólido isolado em equilíbrio,

Leia mais

TENSÃO NORMAL e TENSÃO DE CISALHAMENTO

TENSÃO NORMAL e TENSÃO DE CISALHAMENTO TENSÃO NORMAL e TENSÃO DE CISALHAMENTO 1) Determinar a tensão normal média de compressão da figura abaixo entre: a) o bloco de madeira de seção 100mm x 120mm e a base de concreto. b) a base de concreto

Leia mais

04- Uma escada homogênea de 40kg apóia-se sobre uma parede, no ponto P, e sobre o chão, no ponto C. Adote g = 10m/s².

04- Uma escada homogênea de 40kg apóia-se sobre uma parede, no ponto P, e sobre o chão, no ponto C. Adote g = 10m/s². PROFESSOR: Raphael Carvalho BANCO DE QUESTÕES - FÍSICA 2ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== 01- Dois atletas em lados opostos

Leia mais

Prof. MSc. David Roza José 1/23

Prof. MSc. David Roza José 1/23 1/23 Introdução Vimos, na aula anterior, que forças aplicadas em um braço de alavanca em relação a um referencial geram um momento ou torque. Assim, para termos o equilíbrio estático de um corpo rígido

Leia mais

1 Unidade IV - Equilíbrio de Corpo Rígido - Exercícios Resolvidos

1 Unidade IV - Equilíbrio de Corpo Rígido - Exercícios Resolvidos 1 Unidade IV - Equilíbrio de Corpo Rígido - Exercícios Resolvidos 1. Uma massa com uma polia: Um bloco de massa m é levantado por uma força F com o auxílio de uma polia sem massa como é mostrado na gura

Leia mais

Lista de Exercícios - Força e Movimento I

Lista de Exercícios - Força e Movimento I UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FÍSICA E MATEMÁTICA Departamento de Física Disciplina: Física Básica I Lista de Exercícios - Força e Movimento I Perguntas: 1. Na figura 1 as forças F 1 e F

Leia mais

1ª Lista de Exercícios

1ª Lista de Exercícios Universidade do Estado de Mato Grosso Engenharia Elétrica Mecânica dos Sólidos Prof. MSc. Letícia R. Batista Rosas 1ª Lista de Exercícios 01) A coluna está sujeita a uma força axial de 8 kn aplicada no

Leia mais

PROGRAMA DE NIVELAMENTO ITEC/PROEX - UFPA EQUIPE FÍSICA ELEMENTAR DISCIPLINA: FÍSICA ELEMENTAR CONTEÚDO: APLICAÇÕES DAS LEIS DE NEWTON

PROGRAMA DE NIVELAMENTO ITEC/PROEX - UFPA EQUIPE FÍSICA ELEMENTAR DISCIPLINA: FÍSICA ELEMENTAR CONTEÚDO: APLICAÇÕES DAS LEIS DE NEWTON PROGRAMA DE NIVELAMENTO ITEC/PROEX - UFPA EQUIPE FÍSICA ELEMENTAR DISCIPLINA: FÍSICA ELEMENTAR CONTEÚDO: APLICAÇÕES DAS LEIS DE NEWTON Objetos em equilíbrio F = 0 (Partícula em Equilíbrio, Forma vetorial)

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 2015 / 2016

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 2015 / 2016 CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 2015 / 2016 1 a QUESTÃO Valor: 1,0 Um copo está sobre uma mesa com a boca voltada para cima. Um explosivo no estado sólido

Leia mais

EQUILÍBRIO DA PARTÍCULA

EQUILÍBRIO DA PARTÍCULA Questão 1 - As cordas A, B e C mostradas na figura a seguir têm massa desprezível e são inextensíveis. As cordas A e B estão presas no teto horizontal e se unem à corda C no ponto P. A corda C tem preso

Leia mais

Introdução cargas externas cargas internas deformações estabilidade

Introdução cargas externas cargas internas deformações estabilidade TENSÃO Introdução A mecânica dos sólidos estuda as relações entre as cargas externas aplicadas a um corpo deformável e a intensidade das cargas internas que agem no interior do corpo. Esse assunto também

Leia mais

6.1. Determine o momento de inércia de uma régua de comprimento L e densidade uniforme nas seguintes situações:

6.1. Determine o momento de inércia de uma régua de comprimento L e densidade uniforme nas seguintes situações: 6.1. Determine o momento de inércia de uma régua de comprimento L e densidade uniforme nas seguintes situações: a) em relação ao eixo que passa pelo centro e é perpendicular ao plano da régua; b) em relação

Leia mais

Lista de Exercícios - Aula 01

Lista de Exercícios - Aula 01 Lista de Exercícios - Aula 01 Lei dos Cossenos e Senos 5 (R. C Hibbeler Mecânica - Estática exemplo 2.1 p.16). O parafuso tipo gancho da figura está sujeito a duas forças F 1 e F 2. Determine a intensidade

Leia mais

Revisão Leis de Newton EsPCEx 2018 Prof. Douglão

Revisão Leis de Newton EsPCEx 2018 Prof. Douglão Revisão Leis de Newton EsPCEx 018 Prof. Douglão 1. Observe a figura abaixo onde duas esferas de massas iguais a m estão eletrizadas com cargas elétricas Q, iguais em módulo, porém de sinais contrários.

Leia mais

Lista de Exercícios (Profº Ito) Aplicações das Leis de Newton (Plano Inclinado)

Lista de Exercícios (Profº Ito) Aplicações das Leis de Newton (Plano Inclinado) 1. A figura mostra um bloco que escorrega, a partir do repouso, ao longo de um plano inclinado. Se o atrito fosse eliminado, o bloco escorregaria na metade do tempo. Dê o valor do coeficiente de atrito

Leia mais

Estes são os conteúdos e sugestões de atividades para os estudos de recuperação semestral.

Estes são os conteúdos e sugestões de atividades para os estudos de recuperação semestral. Nome: Nº: Ano: 3º Ensino Médio Disciplina: Física Data: / / Prof: João Vicente Nota: Roteiro de Recuperação 2ª etapa Caro aluno, Estes são os conteúdos e sugestões de atividades para os estudos de recuperação

Leia mais

Quarta Lista de Exercícios

Quarta Lista de Exercícios Universidade Católica de Petrópolis Disciplina: Resitência dos Materiais I Prof.: Paulo César Ferreira Quarta Lista de Exercícios 1. O tubo de aço (E s = 210 GPa) tem núcleo de alumínio (E a = 69 GPa)

Leia mais

Equilíbrio do ponto material

Equilíbrio do ponto material Equilíbrio do ponto material A resultante do sistema de forças aplicadas a um ponto material em equilíbrio deve ser constantemente nula =". Exercícios clássicos: 1. (Ibmecrj 213) Um bloco de 6 kg de massa

Leia mais

Estática. Prof. Willyan Machado Giufrida. Estática

Estática. Prof. Willyan Machado Giufrida. Estática Estática Conceito de Momento de uma Força O momento de uma força em relação a um ponto ou eixo fornece uma medida da tendência dessa força de provocar a rotação de um corpo em torno do ponto ou do eixo.

Leia mais

Professor: José Junio Lopes. Lista de Exercícios - Aula 1a Revisão Equilíbrio de um Corpo Rígido Reação de Apoio

Professor: José Junio Lopes. Lista de Exercícios - Aula 1a Revisão Equilíbrio de um Corpo Rígido Reação de Apoio Lista de Exercícios - Aula 1a Revisão Equilíbrio de um Corpo Rígido Reação de Apoio A primeira condição para que um corpo rígido esteja em equilíbrio é que a somatória das forças que agem sobre o corpo

Leia mais

Leis de Newton: Dinâmica 2- Atrito e Força em Trajetória Curva.

Leis de Newton: Dinâmica 2- Atrito e Força em Trajetória Curva. QUESTÕES DO CAPÍTULO 6 DO LIVRO FUNDAMENTOS DE FÍSICA HALLIDAY & RESNICK - JEARL WALKER 9ª EDIÇÃO VOLUME 1 MECÂNICA Leis de Newton: Dinâmica 2- Atrito e Força em Trajetória Curva. Leis de Newton Força

Leia mais

Lista de Exercícios- PRA Física Geral Experimental II

Lista de Exercícios- PRA Física Geral Experimental II Lista de Exercícios- PRA Física Geral Experimental II I - Leis de Newton 1 - Imagine que você está flutuando no espaço, longe de sua nave espacial. Felizmente, você dispõe de uma unidade de propulsão capaz

Leia mais

DEFORMAÇÃO NORMAL e DEFORMAÇÃO POR CISALHAMENTO

DEFORMAÇÃO NORMAL e DEFORMAÇÃO POR CISALHAMENTO DEFORMAÇÃO NORMAL e DEFORMAÇÃO POR CISALHAMENTO 1) A barra rígida é sustentada por um pino em A e pelos cabos BD e CE. Se a carga P aplicada à viga provocar um deslocamento de 10 mm para baixo na extremidade

Leia mais

UFF - Universidade Federal Fluminense

UFF - Universidade Federal Fluminense UFF - Universidade Federal Fluminense Pólo Universitário de Volta Redonda - Física I Lista de exercícios n o 5: leis de Newton 1 - Uma pessoa de 80 kg está saltando de pára-quedas e sentindo uma aceleração

Leia mais

LISTA UERJ 3 LEIS DE NEWTON

LISTA UERJ 3 LEIS DE NEWTON 1. (Uerj 2008) A figura a seguir representa um sistema composto por uma roldana com eixo fixo e três roldanas móveis, no qual um corpo R é mantido em equilíbrio pela aplicação de uma força F, de uma determinada

Leia mais

Professora Florence. a) M = -3,75 N.m b) M = -2,4 N.m c) M = -0,27 N.m d) M = 3,75 N.m e) M = 2,4 N.m

Professora Florence. a) M = -3,75 N.m b) M = -2,4 N.m c) M = -0,27 N.m d) M = 3,75 N.m e) M = 2,4 N.m 1. De acordo com o estudo sobre a estática do corpo rígido, mais precisamente sobre momento de uma força, marque a alternativa que completa a frase abaixo. Quando um corpo extenso está sujeito à ação de

Leia mais

FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA MISSÃO: FORMAR PROFISSIONAIS CAPACITADOS, SOCIALMENTE RESPONSÁVEIS E APTOS A PROMOVEREM AS TRANSFORMAÇÕES FUTURAS

FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA MISSÃO: FORMAR PROFISSIONAIS CAPACITADOS, SOCIALMENTE RESPONSÁVEIS E APTOS A PROMOVEREM AS TRANSFORMAÇÕES FUTURAS FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA MISSÃO: FORMAR PROFISSIONAIS CAPACITADOS, SOCIALMENTE RESPONSÁVEIS E APTOS A PROMOVEREM AS TRANSFORMAÇÕES FUTURAS Medianeira, de de. Aluno(a): Curso: AGRONOMIA Período:

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web 1. (Fgv 013) A montadora de determinado veículo produzido no Brasil apregoa que a potência do motor que equipa o carro é de 100 HP (1HP 750W). Em uma pista horizontal e retilínea de provas, esse veículo,

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Recuperação do 3 Bimestre Física Conteúdo: A seguir apresenta-se o conteúdo contemplado no programa de recuperação: Aplicação da 2ª Lei e Newton: Força Peso, Força

Leia mais

EA, g é a aceleração da gravidade. Estática

EA, g é a aceleração da gravidade. Estática Física nos Vestibulares Prof. Ricardo Bonaldo Daroz Estática 1. (Uerj 2016) Em um pêndulo, um fio de massa desprezível sustenta uma pequena esfera magnetizada de massa igual a 0,01kg. O sistema encontra-se

Leia mais