ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE RECURSOS HUMANOS SECCIONAL DO DISTRITO FEDERAL ABRH-DF PRÊMIO SER HUMANO BRASÍLIA EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE RECURSOS HUMANOS SECCIONAL DO DISTRITO FEDERAL ABRH-DF PRÊMIO SER HUMANO BRASÍLIA EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO"

Transcrição

1 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE RECURSOS HUMANOS SECCIONAL DO DISTRITO FEDERAL ABRH-DF PRÊMIO SER HUMANO BRASÍLIA EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO 1. DO OBJETIVO: Reconhecer, disseminar e premiar boas práticas e bons trabalhos acadêmicos que visem a gestão o desenvolvimento de pessoas no ambiente de trabalho, bem como a responsabilidade social corporativa e o desenvolvimento sustentável. 2. DOS EIXOS E DAS CATEGORIAS: O PRÊMIO SER HUMANO BRASÍLIA será conferido nos eixos de Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social contemplando as seguintes categorias: 2.1) Eixo Gestão de Pessoas: 2.1.1) Categorias a) Organizacional: contempla práticas referentes à gestão ou ao desenvolvimento de pessoas por organização de quaisquer ramos de atividades, sediada em Brasília. b) Profissional: contempla trabalhos de caráter técnico, relacionados a quaisquer áreas de gestão ou desenvolvimento de pessoas, realizados por até dois profissionais da área de RH ou docentes na área. c) Acadêmica: contempla trabalhos acadêmicos, monografias, dissertações, teses ou pesquisas de caráter técnico ou científico, produzidos por alunos de graduação ou de pósgraduação, relativo à gestão ou ao desenvolvimento de pessoas classificados em duas subcategorias:

2 c.1) pesquisa/pós-graduação especialização, mestrado ou doutorado, em curso ou concluído; c.2) graduação trabalhos de conclusão de curso TCC. 2.2) Eixo Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social 2.2.2) Categorias: a) Organização Cidadã Órgãos ou Empresas que implantaram projetos voltados para o desenvolvimento sustentável e responsabilidade social. b) Organização do Terceiro Setor Aquelas que são classificadas como o terceiro setor e que implantaram projetos para o desenvolvimento sustentável e responsabilidade social. 3. DAS INSCRIÇÕES: 3.1) As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no período de 02 de junho a 11 de setembro de 2015, mediante preenchimento completo do formulário no site 3.2) A entrega dos trabalhos, que poderá ocorrer durante todo o período das inscrições, dar-se-á por meio digital, onde o candidato deve fazer o upload do trabalho que deverá estar em formato.pdf. 3.3) Cada participante poderá inscrever um trabalho/prática por eixo e por categoria, que ainda não tenha sido inscrito nas edições anteriores deste prêmio, ficando sujeito às disposições deste regulamento. Até a data da premiação os trabalhos inscritos não poderão ser apresentados em outros concursos ou mesmo publicados sob qualquer forma. 3.4) O mesmo trabalho não poderá ser inscrito em mais de um eixo e mais de uma categoria, devendo o (s) autor (es) definir a inscrição de acordo com a maior adequação, alinhamento ou enquadramento à respectiva definição da premiação.

3 3.5) Os participantes da categoria organizacional deverão ter sede ou filial no Distrito Federal e aqueles das categorias profissional ou acadêmica deverão ser domiciliados no Distrito Federal. 3.6) O participante ou a organização não precisam ser associados à ABRH-DF. 3.7) O(s) participante(s) poderá(ao) ser brasileiro(s) ou estrangeiro(s), desde que preencha(m) as condições estabelecidas no regulamento. O participante estrangeiro terá que obrigatoriamente falar a língua portuguesa e apresentar todo o trabalho em português, tendo em vista que não haverá tradução de material. 3.8) É vedada a inscrição de pessoa física que seja membro dos Conselhos da ABRH-DF e da sua Diretoria. 4. DOS TRABALHOS: 4.1) Os trabalhos deverão constituir real contribuição teórica ou prática ao avanço técnico ou operacional da gestão, do desenvolvimento de pessoas no ambiente de trabalho ou da responsabilidade social, compatíveis com os objetivos do PRÊMIO SER HUMANO BRASÍLIA. 4.2) Os trabalhos poderão ser de autoria individual ou coletiva, porém será entregue um troféu por trabalho vencedor. No caso da inscrição ter sido realizada na categoria Organizacional, deverá ser citado o coordenador do trabalho ou do projeto no âmbito do órgão ou da empresa; se for na categoria Acadêmica deverá constar o nome do professor orientador/técnico no assunto, seu míni-currículo e a menção de aprovação ou declaração de que o trabalho está em fase de conclusão. 4.3) Os trabalhos que concorrerem ao PRÊMIO SER HUMANO BRASÍLIA deverão ser apresentados conforme discriminados a seguir:

4 a) Capa Título do trabalho fonte arial, tamanho 14, negritado e centralizado no meio da folha; Nome da empresa ou do profissional fonte arial, tamanho 12, alinhado à direita da folha; Eixo e categoria do trabalho fonte arial, tamanho 10; Local e data de realização do trabalho fonte arial, tamanho 12, centralizado na margem inferior. b) Índice c) Resumo Com visão geral do trabalho uma lauda. d) Introdução Identificando o porquê, o contexto em que foi desenvolvido, as principais premissas em que a conclusão se baseia, as linhas de pesquisas, a metodologia de desenvolvimento e outros dados relevantes ao entendimento do trabalho em até 3 laudas. e) Corpo do case / trabalho O desenvolvimento do trabalho detalhado contendo a contextualização da situação que gerou a implantação do projeto, os objetivos, os parâmetros, o desenvolvimento e os resultados quantitativos e qualitativos em até 25 laudas (observação: todas as páginas deverão ser numeradas). f) Conclusão e demais comentários de encerramento em até 5 laudas. g) Anexos Somente serão aceitos os anexos que façam parte do corpo do trabalho, podendo ser imagens, fotos, vídeos. Não serão aceitos anexos enviados separadamente. h) Bibliografia mínimo em até 01 lauda.

5 i) Os trabalhos deverão ser enviados nas seguintes especificações: Arquivo PDF; Letra Arial; Fonte tamanho 12; Espaço entre linhas: 1,5. j) Os trabalhos apresentados em formato diferente do acima descrito perderão automaticamente quatro pontos. (10% da avaliação máxima). k) Outras informações relevantes que poderão conter o case (Eixo Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social) - Deverá ser a descrição de um projeto social em benefício de pessoas ou de comunidades; - Descrever resumidamente o resultado que se espera com esta ação; - Local onde está sendo realizado; - População beneficiada, com breve caracterização e indicadores numéricos; - Metodologia, com a descrição das ações realizadas, situando-as no tempo de sua realização e a articulação com o público beneficiado; - Orçamento dos recursos financeiros e fontes de financiamento aplicadas e/ou captadas, expressas em valores monetários; - Recursos humanos: voluntários, colaboradores e profissionais remunerados envolvidos (expressos numericamente); - Parcerias com outras organizações: 1º, 2º ou 3º setor e como se dá esta relação; - Principais resultados obtidos e seus indicadores de avaliação e monitoramento; - Processo de avaliação: metodologia utilizada para avaliar o desempenho da ação; - Projeções de continuidade da ação; - Ações que evidenciem a preocupação com desenvolvimento sustentável.

6 5. DOS CRITÉRIOS A SEREM OBSERVADOS NA AVALIAÇÃO DOS TRABALHOS: 5.1) BOAS PRÁTICAS (categoria organizacional, profissional, organização cidadã e organização do terceiro setor) : - INOVAÇÃO: Este fator compreende as diferentes/inéditas e bem sucedidas maneiras de aplicar uma teoria ou filosofia organizacional e de gestão, ou diferentes/inéditas maneiras de resolver problemas de gestão de pessoas nas organizações, com aplicação simples ou combinada de teorias, técnicas e estratégias de implementação de projetos, planos e programas. - APLICABILIDADE: Este fator considera a aplicação prática do tema apresentado no caso, bem como de agregar valores e contribuir para a solução de problemas complexo ou melhoria de resultados nas organizações relativamente à administração de planos e sistemas de recursos humanos ou gestão de pessoas, ambientes de trabalho e relações trabalhistas. É desejável que tais resultados sejam apresentados em indicadores mensuráveis, bem como a abrangência e beneficiários dessa ação. - QUALIDADE DO CONTEÚDO: Considera essencialmente a propriedade, a consistência, a abrangência e a suficiência dos temas abordados. Fatores que ajudam a obter uma melhor qualidade do conteúdo: boa combinação de teorias, conceitos, argumentos com ilustrações e figuras, que contribuem para tornar as ideias mais convincentes, claras e assimiláveis. - POTENCIAL DE DIFUSÃO: Este fator leva em conta a possibilidade da prática beneficiar outras organizações, que podem usá-la como modelo. 5.2) MONOGRAFIA (Categoria Acadêmica) - INOVAÇÃO: Este fator compreende as diferentes/inéditas e bem sucedidas maneiras de aplicar uma teoria ou filosofia organizacional e de gestão, ou diferentes/inéditas maneiras de resolver problemas de gestão de pessoas nas organizações, com aplicação simples ou

7 combinada de teorias, técnicas e estratégias de implementação de projetos, planos e programas. - APLICABILIDADE: Este fator considera a aplicação prática do tema apresentado no caso, bem como de agregar valores e contribuir para a solução de problemas complexo ou melhoria de resultados nas organizações relativamente à administração de planos e sistemas de recursos humanos ou gestão de pessoas, ambientes de trabalho e relações trabalhistas. - QUALIDADE DO CONTEÚDO: Considera essencialmente a propriedade, a consistência, a abrangência e a suficiência dos temas abordados. Fatores que ajudam a obter uma melhor qualidade do conteúdo: boa combinação de teorias, conceitos, argumentos com ilustrações e figuras, que contribuem para tornar as ideias mais convincentes, claras e assimiláveis. - APRESENTAÇÃO: Este fator leva em conta os aspectos de estruturação geral do trabalho: distribuição das partes/capítulos, adequação da fonte, ordenação e clareza dos textos/conteúdos, ilustrações e outros. 6) DA COMISSÃO: 6.1) Os trabalhos inscritos serão avaliados por uma Comissão designada pelo Presidente da ABRH-DF composta por até seis membros, especialistas no assunto, do meio técnico, empresarial ou acadêmico ) A critério da ABRH-DF e à vista do volume de trabalhos inscritos poderão ser constituídas Comissões por eixo e por categoria, mantidas as condições do item ) A (s) comissão (ões) é (são) soberana (s) e autônoma (s) e da (s) sua (a) avaliação (ões) não caberá recurso.

8 6.3) A composição da (s) Comissão (ões) somente será divulgada na cerimônia de entrega da premiação. 6.4) As avaliações serão realizadas por eixo e por categoria, ficando os seus resultados sob guarda da ABRH-DF. 6.5) Cada fator de avaliação valerá 10 pontos, sendo 40 pontos o total máximo possível de ser obtido no somatório de todos os fatores, por avaliador. A pontuação final de cada trabalho será equivalente à média aritmética simples da pontuação atribuída pelos avaliadores. 6.6) Apurados os resultados e havendo empate, o critério de desempate será a maior pontuação no item Qualidade do Conteúdo e em persistindo o empate terá precedência o associado da ABRH-DF. 6.7) Os trabalhos vencedores só serão dados a público na cerimônia de entrega da premiação. 7) DA PREMIAÇÃO: 7.1) Serão premiados, por eixo e por categoria, os dois melhores trabalhos que atingirem, a nota mínima de 34 pontos, equivalente a 85% do total máximo de 40 pontos previsto na avaliação. (40 pontos = nota de 1 a 10 em 4 fatores de avaliação). 7.2) A ABRH-DF, representada pelo Júri ad hoc constituído, reserva-se o direito de não conceder os prêmios na hipótese de os trabalhos concorrentes não alcançarem nível de qualidade adequado, conforme consta do item 5, ou não preencherem outros requisitos previstos neste regulamento. 7.3) A premiação será realizada na solenidade de abertura do 25º ENCONTRARH, no dia 15 de outubro de 2015.

9 7.4) Os trabalhos vencedores receberão os seguintes prêmios: 7.4.1) Eixo Gestão de Pessoas Categoria Organizacional a) 1º lugar Certificado de Premiação (em nome da Organização), Troféu sinopse do trabalho/prática no sítio da ABRH-DF e outros meios de divulgação; apresentação no 25º EncontraRH, promovido pela ABRH-DF e Selo de Excelência em Gestão de Pessoas 2015/2016. b) 2º lugar Certificado de Premiação (em nome da Organização), Troféu PRÊMIO SER HUMANO BRASILIA (um pelo trabalho) e divulgação de sinopse do trabalho/prática no sítio da ABRH-DF e outros meios de divulgação ) Eixo Gestão de Pessoas Categoria Profissional a) 1º lugar - Certificado de Premiação (em nome do(s) autor(es), Troféu sinopse do trabalho/prática no sítio da ABRH-DF e outros meios de divulgação; inscrição, para um autor, no ENCONTRARH 2016 a ser realizado em Brasília-DF e Selo de Excelência em Gestão de Pessoas 2015/2016. a) 2º lugar - Certificado de Premiação (em nome do(s) autor(es), Troféu sinopse do trabalho/prática no sítio da ABRH-DF e outros meios de divulgação ) Eixo Gestão de Pessoas Categoria Acadêmica a) 1º lugar - Certificado de Premiação (em nome do(s) autor(es), Troféu

10 sinopse do trabalho/prática no sítio da ABRH-DF e outros meios de divulgação; inscrição, para um autor, no ENCONTRARH 2016 a ser realizado em Brasília-DF e Selo de Excelência em Gestão de Pessoas 2015/2016. b) 2º lugar - Certificado de Premiação (em nome do(s) autor(es), Troféu PRÊMIO SER HUMANO BRASILIA (um pelo trabalho) e Divulgação de sinopse do trabalho/prática no sítio da ABRH-DF e outros meios de divulgação ) Eixo Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social Categoria Organização Cidadã a) 1º lugar Certificado de Premiação (em nome da Organização), Troféu sinopse do trabalho/prática no sítio da ABRH-DF e outros meios de divulgação; inscrição, para um autor, no ENCONTRARH 2016 a ser realizado em Brasília-DF e Selo de Excelência em Gestão de Pessoas 2015/2016. b) 2º lugar Certificado de Premiação (em nome da Organização), Troféu sinopse do trabalho/prática no sítio da ABRH-DF e outros meios de divulgação ) Eixo Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social Categoria Organização do Terceiro Setor: a) 1º lugar Certificado de Premiação (em nome da Organização), Troféu sinopse do trabalho/prática no sítio da ABRH-DF e outros meios de divulgação; inscrição, para um autor, no ENCONTRARH 2016 a ser realizado em Brasília-DF e Selo de Excelência em Gestão de Pessoas 2015/2016.

11 c) 2º lugar Certificado de Premiação (em nome da Organização), Troféu PRÊMIO SER HUMANO BRASILIA (um pelo trabalho) e Divulgação de sinopse do trabalho/prática no sítio da ABRH-DF e outros meios de divulgação. 8) DA DIVULGAÇÃO: 8.1) A ABRH-DF promoverá ampla divulgação do PRÊMIO SER HUMANO BRASÍLIA, em todas as suas fases, nos veículos de comunicação ao seu alcance. 8.2) Ao se inscreverem, os candidatos ao PRÊMIO SER HUMANO BRASILIA, certos de que têm seus direitos autorais resguardados pela legislação nacional vigente, concordam com a utilização gratuita de seu nome, voz, imagem e trabalho/prática inscritos para a divulgação nos veículos próprios da ABRH-DF. 9) DAS DISPOSIÇÕES FINAIS: 9.1) Eventuais alterações no cronograma das etapas do PRÊMIO SER HUMANO BRASÍLIA, serão divulgadas em tempo hábil, por meio dos veículos de comunicação ao alcance da ABRH-DF. 9.2) Para a concessão das premiações previstas neste Regulamento a ABRH-DF poderá, a critério da sua Diretoria, obter parceria de patrocinadores, vedada a participação desses no certame, cujas marcas e imagens serão associadas ao PRÊMIO SER HUMANO BRASÍLIA. 9.3) Estarão automaticamente excluídos da premiação os casos que não estiverem de acordo com este Regulamento. 9.4) Fica reservado à ABRH-DF e à Comissão Julgadora o direito de impugnar qualquer trabalho com temas que se caracterizem como racista, discriminatório e/ou façam

12 apologia a drogas, bebidas, sexo, guerra, terrorismo ou que firam a ética, a moral e os bons costumes da sociedade em geral. 9.5) Os trabalhos premiados estão automaticamente inscritos para concorrerem à premiação no Prêmio Ser Humano Oswaldo Checcia - Edição 2016, promovido pela ABRH Brasil, salvo expressa manifestação contrária dos autores em participar. 9.6) CRONOGRAMA DATAS ATIVIDADE 02 de junho a 11 de setembro 11 de setembro a 30 de setembro Período de inscrição/envio dos trabalhos Período de avaliação dos trabalhos Até 07 de outubro Divulgação dos premiados 15 de outubro Cerimônia de premiação 9.7) Os casos omissos no presente Regulamento serão examinados e decididos pela Diretoria da ABRH-DF, tomando como base parecer prévio da Comissão constituída para avaliação dos trabalhos/práticas inscritos. Informações / Dúvidas (61) /

A1. A modalidade Gestão de Pessoas/Acadêmica está dividida nas seguintes categorias:

A1. A modalidade Gestão de Pessoas/Acadêmica está dividida nas seguintes categorias: PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2013 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS/ACADÊMICA A. OBJETIVO A modalidade Gestão de Pessoas/Acadêmica premia trabalhos de caráter técnico ou científico produzidos por alunos

Leia mais

A1. A partir de 2013, a modalidade Gestão de Pessoas/Empresas contará com as seguintes categorias:

A1. A partir de 2013, a modalidade Gestão de Pessoas/Empresas contará com as seguintes categorias: PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2013 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS/EMPRESAS A. OBJETIVO A modalidade Gestão de Pessoas/Empresas premia os casos relacionados à gestão de pessoas desenvolvidos e implantados,

Leia mais

B2. Os cases poderão ser de autoria individual ou em coautoria, porém será entregue apenas um troféu por case vencedor.

B2. Os cases poderão ser de autoria individual ou em coautoria, porém será entregue apenas um troféu por case vencedor. PRÊMIO SER HUMANO PAULO FREIRE 2014 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS / PROFISSIONAL A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Paulo Freire Modalidade Gestão de Pessoas / Profissional premia casos de caráter técnico

Leia mais

B2. Os casos poderão ser de autoria individual ou em co-autoria, porém será entregue apenas um troféu por caso vencedor.

B2. Os casos poderão ser de autoria individual ou em co-autoria, porém será entregue apenas um troféu por caso vencedor. PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2013 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS/PROFISSIONAL A. OBJETIVO A modalidade Gestão de Pessoas/Profissionais premia casos de caráter técnico ou organizacional, relacionados

Leia mais

B1. Os cases deverão constituir real contribuição prática ao avanço técnico ou operacional da gestão de pessoas.

B1. Os cases deverão constituir real contribuição prática ao avanço técnico ou operacional da gestão de pessoas. PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2014 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS / ORGANIZAÇÃO A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia - Modalidade Gestão de Pessoas / Organização, premia os cases ou

Leia mais

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS - ORGANIZAÇÃO

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS - ORGANIZAÇÃO Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH PB - Modalidade Gestão de Pessoas - Profissional, premia casos de caráter técnico ou organizacional, relacionados à projetos implantados pelo profissional,

Leia mais

REGULAMENTO. Modalidade Gestão de Pessoas Categoria Empresa

REGULAMENTO. Modalidade Gestão de Pessoas Categoria Empresa A. Objetivo O Prêmio Ser Humano ABRH Amazonas, premia casos relacionados à Gestão de Pessoas, implantados, preferencialmente desenvolvidos por equipes, no âmbito da organização, seja ela de qualquer ramo

Leia mais

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL RESPONSABILIDADE SOCIAL- TERCEIRO SETOR

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL RESPONSABILIDADE SOCIAL- TERCEIRO SETOR Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH-PB - Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social / Organização do Terceiro Setor tem o objetivo de reconhecer e premiar projetos desenvolvidos

Leia mais

B1. Os cases deverão constituir real contribuição prática ao avanço técnico ou operacional da gestão de pessoas.

B1. Os cases deverão constituir real contribuição prática ao avanço técnico ou operacional da gestão de pessoas. PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCHIA 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS / EMPRESA A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia Modalidade Gestão de Pessoas / Empresa premia os cases ou projetos implantados

Leia mais

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS e 2) ESTUDANTES

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS e 2) ESTUDANTES PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS e 2) ESTUDANTES MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIA: EMPRESAS PRIVADAS E

Leia mais

B.3. Os projetos que concorrerem ao PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON, deverão ser apresentados conforme a seguir:

B.3. Os projetos que concorrerem ao PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON, deverão ser apresentados conforme a seguir: MODALIDADE: Desenvolvimento Sustentável CATEGORIA: EMPRESA A. Objetivo: O PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON, Modalidade: Desenvolvimento Sustentável, Categoria: Empresa objetiva premiar projetos sociais

Leia mais

PRÊMIO DE INOVAÇÃO UNIVERSITÁRIA EM RH

PRÊMIO DE INOVAÇÃO UNIVERSITÁRIA EM RH PRÊMIO DE INOVAÇÃO UNIVERSITÁRIA EM RH A. OBJETIVO E TEMA CENTRAL A1. O Prêmio de inovação universitária em RH premia projetos inovadores de alunos de graduação e recém formados (até 2 anos) referentes

Leia mais

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS E 2) TERCEIRO SETOR MODALIDADE 2: Desenvolvimento Sustentável CATEGORIA

Leia mais

Observação: Poderão participar empresas públicas, privadas e mistas.

Observação: Poderão participar empresas públicas, privadas e mistas. PRÊMIO SER HUMANO PAULO FREIRE 2015 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESA A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Paulo Freire Modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade

Leia mais

12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015

12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015 12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO A ABRH-ES (Associação Brasileira de Recursos Humanos Seccional Espírito Santo) é integrante do Sistema Nacional ABRH e configura-se como instituição

Leia mais

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS E 2) TERCEIRO SETOR

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS E 2) TERCEIRO SETOR PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS E 2) TERCEIRO SETOR MODALIDADE: Desenvolvimento Sustentável CATEGORIA: EMPRESA

Leia mais

A2. A modalidade Gestão de Pessoas / Acadêmica está dividida nas seguintes categorias:

A2. A modalidade Gestão de Pessoas / Acadêmica está dividida nas seguintes categorias: PRÊMIO SER HUMANO PAULO FREIRE 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS / ACADÊMICA A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Paulo Freire Modalidade Gestão de Pessoas / Acadêmica premia trabalhos de caráter técnico

Leia mais

O reconhecimento de um trabalho bem realizado Melhoria na empregabilidade. Ter seu nome mencionado na mídia

O reconhecimento de um trabalho bem realizado Melhoria na empregabilidade. Ter seu nome mencionado na mídia MODALIDADE: Gestão de Pessoas CATEGORIA: Acadêmica Objetivo: O PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON, categoria Acadêmica, objetiva premiar os trabalhos de natureza científica, referente a qualquer área

Leia mais

REGULAMENTO CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2012 CATEGORIA ESTUDANTE

REGULAMENTO CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2012 CATEGORIA ESTUDANTE REGULAMENTO CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2012 CATEGORIA ESTUDANTE ARTIGO I DEFINIÇÃO E NATUREZA O Prêmio Cidadania, categoria Estudante, premia trabalhos de caráter técnico ou científico, referente a implementação

Leia mais

MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR

MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2013 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR A. OBJETIVO A modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA XI PRÊMIO SER HUMANO AS MELHORES PRÁTICAS EM GESTÃO DE PESSOAS ABRH- MG MODALIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA BELO HORIZONTE, DEZEMBRO DE 2011. MODALIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA REGULAMENTO

Leia mais

PRÊMIO SER HUMANO ABRH/MA REGULAMENTO 2016 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL / EMPRESA CIDADÃ

PRÊMIO SER HUMANO ABRH/MA REGULAMENTO 2016 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL / EMPRESA CIDADÃ Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH/MA - Modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social / Empresa Cidadã tem o objetivo de certificar projetos, a seguir denominados de

Leia mais

REGULAMENTO. Modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social Categoria Empresa

REGULAMENTO. Modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social Categoria Empresa A. Objetivo O Prêmio Ser Humano Amazonas, Modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social, tem o objetivo de certificar projetos sociais desenvolvidos por empresas, segundo critérios de

Leia mais

PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCHIA 2015 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR

PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCHIA 2015 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCHIA 2015 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia Modalidade Desenvolvimento

Leia mais

35º Prêmio Ser Humano ABRH-RJ - Edição 2015

35º Prêmio Ser Humano ABRH-RJ - Edição 2015 35º Prêmio Ser Humano ABRH-RJ - Edição 2015 O que é? O Prêmio Ser Humano ABRH-RJ é um reconhecimento aos profissionais que atuam na atividade de gestão com pessoas, às organizações do setor privado e do

Leia mais

Modalidade Franqueado

Modalidade Franqueado PRÊMIO o cumprimento ABF DESTAQUE de todos os critérios FRANCHISING deste Categoria regulamento, selecionando Sustentabilidade os melhores trabalhos. Modalidade Franqueado REGULAMENTO Objetivos O Prêmio

Leia mais

REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013. 1ª edição

REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013. 1ª edição REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013 1ª edição 1 DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO 1.1 O Sinduscon Premium Etapa Litoral Norte 1ª edição instituído pelo SINDUSCON RS, Sindicato das Indústrias

Leia mais

I PREMIO BRASILEIRO DE FOTOGEOGRAFIA Tema: Paisagens Brasileiras Edição 2015 REGULAMENTO RETIFICADO

I PREMIO BRASILEIRO DE FOTOGEOGRAFIA Tema: Paisagens Brasileiras Edição 2015 REGULAMENTO RETIFICADO I PREMIO BRASILEIRO DE FOTOGEOGRAFIA Tema: Paisagens Brasileiras Edição 2015 DISPOSIÇÕES INICIAIS REGULAMENTO RETIFICADO O PREMIO BRASILEIRO DE FOTOGEOGRAFIA, é uma iniciativa do Laboratório de Geoiconografia

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5)

REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5) REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5) 1. PARTICIPAÇÃO 1.1 Os trabalhos acadêmicos inscritos deverão ter sido implementados nos últimos 02 anos e os autores deverão ser portadores de diplomas de

Leia mais

PRÊMIO TALENTO EM SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO 2015

PRÊMIO TALENTO EM SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO 2015 PRÊMIO TALENTO EM SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO 2015 1. O PRÊMIO O Prêmio Talento em Sustentabilidade foi criado para reconhecer o trabalho de empregados, estagiários e terceiros do Grupo Votorantim que

Leia mais

Modalidades/Categorias

Modalidades/Categorias 1 VII Prêmio EBAPE-FGV/MTur Monografias e Reportagens do Setor de Turismo REGULAMENTO O VII Prêmio EBAPE-FGV/MTur de Monografias e Reportagens do Setor de Turismo, idealizado pela Fundação Getulio Vargas

Leia mais

Regulamento Prêmio Telecentros Brasil 2015

Regulamento Prêmio Telecentros Brasil 2015 Regulamento Prêmio Telecentros Brasil 2015 Seção I - Introdução Art. 1º O Prêmio Telecentros Brasil, criado pela Associação Telecentro de Informação e Negócios (ATN) em parceria com o SEBRAE, TICKET, Ministério

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO FORTALECER

REGULAMENTO PRÊMIO FORTALECER REGULAMENTO PRÊMIO FORTALECER 1. O Prêmio 1.1. Apresentação O Prêmio Fortalecer é uma iniciativa da ThyssenKrupp CSA Siderúrgica do Atlântico (TKCSA), dentro do escopo do PROGRAMA FORTALECER. Este prêmio

Leia mais

EDITAL Nº 003/2014 SETUR/RS

EDITAL Nº 003/2014 SETUR/RS EDITAL Nº 003/2014 SETUR/RS A SECRETARIA DE ESTADO DO TURISMO DO RIO GRANDE DO SUL SETUR/RS, torna público o presente EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA, visando à seleção de projetos com práticas inovadoras e

Leia mais

PRÊMIO PROTEÇÃO BRASIL 2014

PRÊMIO PROTEÇÃO BRASIL 2014 PRÊMIO PROTEÇÃO BRASIL 2014 1. OBJETIVOS O Prêmio Proteção Brasil de Saúde e Segurança do Trabalho visa reconhecer o esforço de organizações e profissionais na melhoria do ambiente de trabalho dos brasileiros

Leia mais

Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal

Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal A Fundação Escola Nacional de Administração Pública (Enap) torna público o regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal.

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015

REGULAMENTO DO PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO DO PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015 I OBJETIVO DA PREMIAÇÃO 1.1 - O PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015 é uma iniciativa do SINEPE/PR

Leia mais

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO Objetivo: O Prêmio FINEP de Inovação foi criado para reconhecer e divulgar esforços inovadores realizados por empresas, Instituições Científicas e Tecnológicas - ICTs e inventores

Leia mais

Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar

Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar Regulamento 2013 1 - Do Objetivo 1.1 O tem por objetivo o incentivo à pesquisa na área de saúde suplementar, reconhecendo os trabalhos de qualidade

Leia mais

MEIO AMBIENTE E CIDADANIA

MEIO AMBIENTE E CIDADANIA REGULAMENTO A Universidade Comunitária da Região de Chapecó, em conjunto com a Caixa Econômica Federal, abre inscrições para 6º Prêmio Unochapecó/Caixa de Jornalismo Ambiental 2014 e dá outras providências.

Leia mais

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO. Encerramento das inscrições. Cerimônia de premiação dos vencedores

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO. Encerramento das inscrições. Cerimônia de premiação dos vencedores PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO Calendário ATIVIDADES DATA Lançamento no site Encerramento das inscrições Anúncio oficial dos finalistas Cerimônia de premiação dos vencedores 03 de

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE UNIBH VIII EDIÇÃO DO PRÊMIO DE INTERDISCIPLINARIDADE REGULAMENTO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE UNIBH VIII EDIÇÃO DO PRÊMIO DE INTERDISCIPLINARIDADE REGULAMENTO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE UNIBH VIII EDIÇÃO DO PRÊMIO DE INTERDISCIPLINARIDADE REGULAMENTO Art. 1º - O presente regulamento estabelece regras para a premiação dos trabalhos desenvolvidos durante

Leia mais

Está vedada a participação das empresas e instituições que tenham sido vencedoras regionais e nacionais no Prêmio FINEP de Inovação 2009.

Está vedada a participação das empresas e instituições que tenham sido vencedoras regionais e nacionais no Prêmio FINEP de Inovação 2009. Regulamento O Prêmio FINEP de Inovação foi criado para reconhecer e divulgar esforços inovadores realizados por empresas, Instituições Científicas e Tecnológicas - ICTs e inventores brasileiros, desenvolvidos

Leia mais

AS PROFISSÕES E A CONSTRUÇÃO DA SUSTENTABILIDADE EM SUAS DIMENSÕES:

AS PROFISSÕES E A CONSTRUÇÃO DA SUSTENTABILIDADE EM SUAS DIMENSÕES: REGULAMENTO CAPÍTULO I - DO CONCURSO Art. 1 o O Concurso de Monografias e Trabalhos de Iniciação Científica é uma iniciativa da ArcelorMittal Brasil e tem como objetivo estimular e apoiar as ações e os

Leia mais

REGULAMENTO. Prêmio Nacional de Monografia do FGTS

REGULAMENTO. Prêmio Nacional de Monografia do FGTS REGULAMENTO Prêmio Nacional de Monografia do FGTS DO PRÊMIO Art. 1º Idealizado e instituído pelo Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço por meio da Resolução nº 763, de 9 de dezembro

Leia mais

2º PRÊMIO DE INOVAÇÃO DE JOINVILLE 2014

2º PRÊMIO DE INOVAÇÃO DE JOINVILLE 2014 2º PRÊMIO DE INOVAÇÃO DE JOINVILLE 2014 REGULAMENTO Art. 1º Do Objetivo e Perfil dos Participantes O 2º. Prêmio de Inovação de Joinville é motivado pelo cumprimento da Lei 7170/2011, em seu art. 7º, que

Leia mais

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO 15ª EDIÇÃO REGULAMENTO

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO 15ª EDIÇÃO REGULAMENTO PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO 15ª EDIÇÃO REGULAMENTO 1. Objetivo O Prêmio FINEP de Inovação foi criado para reconhecer e divulgar esforços inovadores realizados por empresas, instituições sem fins lucrativos

Leia mais

São Paulo, 12 de janeiro de 2015

São Paulo, 12 de janeiro de 2015 Artigo 1º - DO OBJETIVO 1.1) O Prêmio Excelência em Gestão de Saúde e Segurança do Trabalho tem por objetivo o reconhecimento das empresas que comprovaram adotar, de maneira ampla e continuada, ações,

Leia mais

PRÊMIO MELHOR EMPRESA PARA SE TRABALHAR NO ESPÍRITO SANTO. Regulamento

PRÊMIO MELHOR EMPRESA PARA SE TRABALHAR NO ESPÍRITO SANTO. Regulamento Regulamento A ABRH-ES (Associação Brasileira de Recursos Humanos - Seccional Espírito Santo) é integrante do Sistema Nacional ABRH e configura-se como instituição não governamental que dissemina conhecimento

Leia mais

VANTAGENS PARA SUA EMPRESA RECONHECIMENTO - Valorização de suas práticas de gestão com pessoas em um contexto sócio-econômico onde há disputa pelos

VANTAGENS PARA SUA EMPRESA RECONHECIMENTO - Valorização de suas práticas de gestão com pessoas em um contexto sócio-econômico onde há disputa pelos O QUE É? É um reconhecimento aos profissionais, organizações e estudantes que tenham realizado contribuições diferenciadas e inovadoras para a evolução da gestão com pessoas como área do conhecimento e

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O Premiação para associações comunitárias, empreendedores sociais, institutos de pesquisa, micro e pequenas empresas, ONGs e universidades sobre Iniciativas Inovadoras em Sustentabilidade R E G U L A M E

Leia mais

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social REGULAMENTO 10º Prêmio de Responsabilidade Social I DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO II DAS CATEGORIAS III DAS INSCRIÇÕES IV DOS PROJETOS V DO JULGAMENTO VI DAS DATAS VII DA COORDENAÇÃO I DA INSTITUIÇÃO DA

Leia mais

PRÊMIO ADELMO GENRO FILHO DE PESQUISA EM JORNALISMO 8ª EDIÇÃO 2013

PRÊMIO ADELMO GENRO FILHO DE PESQUISA EM JORNALISMO 8ª EDIÇÃO 2013 PRÊMIO ADELMO GENRO FILHO DE PESQUISA EM JORNALISMO 8ª EDIÇÃO 2013 REGULAMENTO I - DO PRÊMIO Art. 1º - A Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor) concederá, anualmente, o Prêmio Adelmo

Leia mais

critérios para indicação referem-se à abrangência e qualidade do trabalho, sua permanência, amplitude e articulação das ações.

critérios para indicação referem-se à abrangência e qualidade do trabalho, sua permanência, amplitude e articulação das ações. Art. 1º O Prêmio VIVALEITURA foi criado por meio da Portaria Interministerial nº 214, de 23 de novembro de 2005, publicado no D.O.U. de 28.11.2005, do Ministério da Cultura e do Ministério da Educação.

Leia mais

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2012 REGULAMENTO

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2012 REGULAMENTO PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2012 REGULAMENTO Calendário ATIVIDADES Lançamento e Abertura das Inscrições Encerramento das Inscrições Anúncio Oficial dos Finalistas Cerimônia de Premiação dos Vencedores

Leia mais

Prêmio Socioambiental CHICO MENDES. PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE

Prêmio Socioambiental CHICO MENDES. PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE Prêmio Socioambiental CHICO MENDES PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE REGULAMENTO 1 DO PROMOTOR E OBJETIVOS 1.1 - A realização da

Leia mais

PROJETO DE SUSTENTABILIDADE

PROJETO DE SUSTENTABILIDADE ROTEIRO CATEGORIA DESTAQUE: PROJETO DE SUSTENTABILIDADE Rua Júlio de Castilhos, 561 - Novo Hamburgo / RS 51 3594.7011 direcoes@abicalcados.com.br premiodirecoes.com.br Realização: I PERFIL DA CATEGORIA

Leia mais

EDITAL N 56/2013 UEPA PRÊMIO MELHOR TCC 2012

EDITAL N 56/2013 UEPA PRÊMIO MELHOR TCC 2012 A Universidade do Estado do Pará, por meio da Pró-Reitoria de Graduação, torna público no âmbito desta Instituição o processo de seleção de Trabalhos de conclusão de Curso produzidos por estudantes de

Leia mais

REGULAMENTO 1º PRÊMIO MARANHENSE DA PROPAGANDA

REGULAMENTO 1º PRÊMIO MARANHENSE DA PROPAGANDA 1 DA EMPRESA PROMOTORA REGULAMENTO 1º PRÊMIO MARANHENSE DA PROPAGANDA 1.1 A Televisão Mirante Ltda, empresa afiliada Rede Globo, com sede na capital do estado do Maranhão, à Avenida Ana Jansen, 200, São

Leia mais

REGULAMENTO - 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 - Categoria Micro e Pequena Empresa

REGULAMENTO - 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 - Categoria Micro e Pequena Empresa REGULAMENTO - 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 - Categoria Micro e Pequena Empresa Resumo do Prêmio O Prêmio Empresa Cidadã ADVB/SC 2015 Categoria MPE Homenageia as Micro e Pequenas Empresas catarinenses

Leia mais

SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO

SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO 1. Objetivos da Diplomação e Premiação A diplomação SINEPE-ES em Ação é uma iniciativa do Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Estado do Espírito Santo SINEPE/ES,

Leia mais

BOLSA DE ESTUDOS FGC REGULAMENTO

BOLSA DE ESTUDOS FGC REGULAMENTO BOLSA DE ESTUDOS FGC REGULAMENTO Art. 1º - O Fundo Garantidor de Créditos FGC concederá, nos termos deste Regulamento, auxílio bolsa de estudos para os melhores projetos de monografia de conclusão de curso,

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO CONSTRUIR NORDESTE. Aprovado na Reunião do Conselho Editorial de 15 de outubro de 2014.

REGULAMENTO DO PRÊMIO CONSTRUIR NORDESTE. Aprovado na Reunião do Conselho Editorial de 15 de outubro de 2014. REGULAMENTO DO PRÊMIO CONSTRUIR NORDESTE Aprovado na Reunião do Conselho Editorial de 15 de outubro de 2014. 1. Considerações Iniciais O Prêmio Construir Nordeste é uma premiação estritamente cultural,

Leia mais

Regulamento Prêmio ICE - 2015

Regulamento Prêmio ICE - 2015 Regulamento Prêmio ICE - 2015 Realização COMISSÃO ORGANIZADORA ICE Instituto de Cidadania Empresarial O ICE é uma organização da sociedade civil que atua na articulação de líderes e no fomento de iniciativas

Leia mais

REGULAMENTO. Gestão de Micro e Pequenos Estratégia. Recursos Humanos Gestão Empresarial. Temas afins Contabilidade

REGULAMENTO. Gestão de Micro e Pequenos Estratégia. Recursos Humanos Gestão Empresarial. Temas afins Contabilidade REGULAMENTO 1. GERAL O Prêmio Excelência Acadêmica é conferido anualmente à melhor Monografia ou Trabalho de Conclusão de Curso, doravante denominada simplesmente TCC, produzido pelos alunos de Instituições

Leia mais

REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA

REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA 1. OBJETIVOS O 1º Prêmio Sport Infratech de Infraestrutura Esportiva visa reconhecer o esforço de organizações e profissionais envolvidos

Leia mais

Regulamento Prêmio Bom Design 2015

Regulamento Prêmio Bom Design 2015 Regulamento Prêmio Bom Design 2015 (Projetos de janeiro de 2014 até julho 2015) a. CARACTERIZAÇÃO O Prêmio Bom Design é uma premiação dos trabalhos de graduação e equivalentes das instituições de ensino

Leia mais

SELO DE MÉRITO ABC/FNSHDU EDIÇÃO 2014

SELO DE MÉRITO ABC/FNSHDU EDIÇÃO 2014 SUMÁRIO ITEM SUMÁRIO 1 1. DOS OBJETIVOS 2 2. DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E DA PREMIAÇÃO 2 3. DO PROCEDIMENTO DA INSCRIÇÃO 3 4. DAS CATEGORIAS 3 4.1 Projetos de impacto regional, com foco em ações de

Leia mais

II Edição do Prêmio IPEN de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL

II Edição do Prêmio IPEN de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL II Edição do Prêmio IPEN de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL 1. Objetivos 2. Participantes 3. Temas 4. Inscrição 5. Julgamento 6. Critérios de Avaliação 7. Premiação e Divulgação 8. Direitos e Obrigações

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA RESOLUÇÃO Nº 1.925, DE 30 DE JANEIRO DE 2015 Dispõe sobre o Regulamento do XXI Prêmio Brasil de Economia. O CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

REGULAMENTO. Conteúdo. Cláusula Segunda - Da Participação Dos Departamentos / Comitês Científicos No Prêmio... 2

REGULAMENTO. Conteúdo. Cláusula Segunda - Da Participação Dos Departamentos / Comitês Científicos No Prêmio... 2 Conteúdo Cláusula Primeira - Do Objetivo... 2 Cláusula Segunda - Da Participação Dos Departamentos / Comitês Científicos No Prêmio... 2 Cláusula Terceira Das Inscrições De Trabalhos Para Primeira Fase...

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA O Prêmio Mulheres que Fazem a Diferença é uma realização do Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis

Leia mais

Troféu O Construtor 2014/2015

Troféu O Construtor 2014/2015 Troféu O Construtor 2014/2015 1. Objetivos da premiação: Fortalecer e estimular o desenvolvimento do setor da Indústria da Construção, com iniciativas inovadoras economicamente viáveis, ambientalmente

Leia mais

Trabalhos Científicos do V Congresso Médico Acadêmico (COMA) da Faculdade de Medicina da Universidade Nove de Julho (UNINOVE) REGULAMENTO 2010

Trabalhos Científicos do V Congresso Médico Acadêmico (COMA) da Faculdade de Medicina da Universidade Nove de Julho (UNINOVE) REGULAMENTO 2010 Trabalhos Científicos do V Congresso Médico Acadêmico (COMA) da Faculdade de Medicina da Universidade Nove de Julho (UNINOVE) REGULAMENTO 2010 1. Disposições gerais 1.1. Todos os alunos da área da Saúde

Leia mais

Inscrições: 2 de julho a 27 de agosto, para trabalhos veiculados no período de 6 de setembro de 2011 a 27 de agosto de 2012. R$ 90 mil em prêmios

Inscrições: 2 de julho a 27 de agosto, para trabalhos veiculados no período de 6 de setembro de 2011 a 27 de agosto de 2012. R$ 90 mil em prêmios R$ 90 mil em prêmios Inscrições: 2 de julho a 27 de agosto, para trabalhos veiculados no período de 6 de setembro de 2011 a 27 de agosto de 2012. UM GRANDE PRÊMIO PARA GRANDES PROFISSIONAIS SUMÁRIO 1.

Leia mais

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES EDITAL Nº 056/2013 Prêmio Emerald/Capes 2013 de Pesquisa nas áreas de Ciência da Informação e Administração e Gestão A Fundação Coordenação

Leia mais

PRÊMIO IEL/CE- MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO/2013 REGULAMENTO

PRÊMIO IEL/CE- MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO/2013 REGULAMENTO PRÊMIO IEL/CE- MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO/2013 REGULAMENTO 2013 Prêmio IEL/CE- Melhores Práticas de Estágio 2013 1 de 16 Sumário 1. O PRÊMIO...2 2. OBJETIVOS...3 3. CATEGORIAS DA PREMIAÇÃO...3 4. FASES

Leia mais

PRÊMIO ADELMO GENRO FILHO DE PESQUISA EM JORNALISMO 9ª EDIÇÃO 2014

PRÊMIO ADELMO GENRO FILHO DE PESQUISA EM JORNALISMO 9ª EDIÇÃO 2014 PRÊMIO ADELMO GENRO FILHO DE PESQUISA EM JORNALISMO 9ª EDIÇÃO 2014 REGULAMENTO I- DO PRÊMIO Art. 1º - A Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor) concederá, anualmente, o Prêmio Adelmo

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 1ª REGIÃO DISTRITO FEDERAL - GOIÁS - MATO GROSSO - TOCANTINS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 1ª REGIÃO DISTRITO FEDERAL - GOIÁS - MATO GROSSO - TOCANTINS IV PRÊMIO CIENTÍFICO HELENA FEIJÓ 2011 REGULAMENTO CAPÍTULO I DA INSTITUIÇÃO DO PRÊMIO SEÇÃO I DOS OBJETIVOS Art. 1º O IV PRÊMIO CIENTÍFICO HELENA FEIJÓ, promovido pelo Conselho Regional de Nutricionistas

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL - 1ª EDIÇÃO 2012

REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL - 1ª EDIÇÃO 2012 REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL - 1ª EDIÇÃO 2012 1.0 DOS OBJETIVOS A 1ª. Edição do Prêmio Nacional de Educação Fiscal será realizada pela FEBRAFITE com o apoio das associações filiadas

Leia mais

1º PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO. Regulamento

1º PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO. Regulamento 1º PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO Regulamento 1. OBJETIVO: O PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO é uma iniciativa do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias,

Leia mais

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social - 2013 Regulamento

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social - 2013 Regulamento 1. Do Conceito de Tecnologia Social 1.1 Tecnologia Social compreende produtos, técnicas ou metodologias reaplicáveis, desenvolvidas na interação com a comunidade e que representem efetivas soluções de

Leia mais

Concurso Melhores Matérias Jornalísticas sobre Panificação e Confeitaria. Prêmio SAMPAPÃO DE JORNALISMO 2015. Regulamento 2015. CAPÍTULO I Do Concurso

Concurso Melhores Matérias Jornalísticas sobre Panificação e Confeitaria. Prêmio SAMPAPÃO DE JORNALISMO 2015. Regulamento 2015. CAPÍTULO I Do Concurso Concurso Melhores Matérias Jornalísticas sobre Panificação e Confeitaria Prêmio SAMPAPÃO DE JORNALISMO 2015 Regulamento 2015 CAPÍTULO I Do Concurso Art. 1º - O Sindicato das Indústrias de Panificação e

Leia mais

ANÁLISE DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NO BRASIL CHAMADA PÚBLICA REGULAMENTO

ANÁLISE DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NO BRASIL CHAMADA PÚBLICA REGULAMENTO ANÁLISE DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NO BRASIL CHAMADA PÚBLICA REGULAMENTO O PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO (PNUD), EM PARCERIA COM A SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA

Leia mais

INSTITUTO PAULO MARTINS REGULAMENTO DO CONCURSO 400 ANOS DE ALIMENTAÇÃO EM BELÉM COM ENFOQUE NA CULINÁRIA E HÁBITOS CULTURAIS RELACIONADOS

INSTITUTO PAULO MARTINS REGULAMENTO DO CONCURSO 400 ANOS DE ALIMENTAÇÃO EM BELÉM COM ENFOQUE NA CULINÁRIA E HÁBITOS CULTURAIS RELACIONADOS INSTITUTO PAULO MARTINS REGULAMENTO DO CONCURSO 400 ANOS DE ALIMENTAÇÃO EM BELÉM COM ENFOQUE NA CULINÁRIA E HÁBITOS CULTURAIS RELACIONADOS EDITAL Nº 002 /2015 O Festival Ver-o-Peso da Cozinha Paraense

Leia mais

DISPOSIÇÕES GERAIS DO PERÍODO

DISPOSIÇÕES GERAIS DO PERÍODO REGULAMENTO 1 DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Idealizado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e instituído pela Portaria nº 26, de 18 de fevereiro de 2014, da Escola de Administração Fazendária (Esaf),

Leia mais

I CONCURSO DE REDAÇÃO E ARTIGO CIENTÍFICO DA FACULDADE ATLÂNTICO 2010 REGULAMENTO

I CONCURSO DE REDAÇÃO E ARTIGO CIENTÍFICO DA FACULDADE ATLÂNTICO 2010 REGULAMENTO I CONCURSO DE REDAÇÃO E ARTIGO CIENTÍFICO DA 2010 CAPÍTULO I - DA INSCRIÇÃO REGULAMENTO Art. 1º O I Concurso de Redação e Artigo Científico caracteriza-se como um evento cultural promovido anualmente pela

Leia mais

DECRETO N. 11.051, de 31 de janeiro de 2013.

DECRETO N. 11.051, de 31 de janeiro de 2013. DECRETO N. 11.051, de 31 de janeiro de 2013. INSTITUI O PRÊMIO BANCO DE IDEIAS E DÁ PROVIDÊNCIAS CORRELATAS O PREFEITO MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo inciso

Leia mais

MOSTRA DE PROJETOS 2015. Iniciativas Sociais que contribuem para o desenvolvimento local. REGULAMENTO Anexos I e II

MOSTRA DE PROJETOS 2015. Iniciativas Sociais que contribuem para o desenvolvimento local. REGULAMENTO Anexos I e II MOSTRA DE PROJETOS 2015 Iniciativas Sociais que contribuem para o desenvolvimento local REGULAMENTO Anexos I e II O Sesi Paraná, por meio do programa Sesi Indústria e Sociedade e do Movimento Nós Podemos

Leia mais

3º Seminário Blogs: Redes Sociais e Comunicação Digital

3º Seminário Blogs: Redes Sociais e Comunicação Digital 3º Seminário Blogs: Redes Sociais e Comunicação Digital Regulamento 1. Disposições Gerais O Curso de Comunicação Social e o Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, com apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa,

Leia mais

PRÊMIO TUBAL SIQUEIRA 2015 REGULAMENTO CATEGORIA PROFISSIONAL AGÊNCIAS

PRÊMIO TUBAL SIQUEIRA 2015 REGULAMENTO CATEGORIA PROFISSIONAL AGÊNCIAS 1) PARTICIPAÇÃO PRÊMIO TUBAL SIQUEIRA 2015 REGULAMENTO CATEGORIA PROFISSIONAL AGÊNCIAS 1.1. Poderão participar do Prêmio Tubal Siqueira todas as agências de publicidade com sede na área de cobertura da

Leia mais

TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2013

TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2013 TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2013 1. OBJETIVOS DA PREMIAÇÃO A premiação TROFÉU SOLIDARIEDADE - DESTAQUE SOCIAL 2013 instituída pelo Sindicato das Empresas de Asseio, Conservação e Serviços Terceirizados

Leia mais

REGULAMENTO DO I CONCURSO DE REDAÇÃO E DE ARTIGO DO MP-PROCON

REGULAMENTO DO I CONCURSO DE REDAÇÃO E DE ARTIGO DO MP-PROCON MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA PARAÍBA PROGRAMA ESTADUAL DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR REGULAMENTO DO I CONCURSO DE REDAÇÃO E DE ARTIGO DO MP-PROCON TEMA: Impactos negativos da falsificação de produtos

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE MONOGRAFIAS PRÊMIO DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO NA AVIAÇÃO CIVIL

REGULAMENTO CONCURSO DE MONOGRAFIAS PRÊMIO DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO NA AVIAÇÃO CIVIL REGULAMENTO CONCURSO DE MONOGRAFIAS PRÊMIO DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO NA AVIAÇÃO CIVIL A Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República SAC/PR torna público o Regulamento do Prêmio de Desenvolvimento

Leia mais

REGULAMENTO 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015

REGULAMENTO 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 REGULAMENTO 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 Resumo do Prêmio O Prêmio Empresa Cidadã ADVB/SC 2015 vai homenagear as empresas catarinenses que fazem da responsabilidade social o seu melhor exemplo,

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO BANCO CENTRAL DE ECONOMIA E FINANÇAS 2015

REGULAMENTO DO PRÊMIO BANCO CENTRAL DE ECONOMIA E FINANÇAS 2015 REGULAMENTO DO PRÊMIO BANCO CENTRAL DE ECONOMIA E FINANÇAS 2015 Disposições Gerais Art. 1º O Banco Central do Brasil (BCB), com o apoio da Federação Nacional de Associações de Servidores do Banco Central

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO ECO DESAFIO PROJETOS SUSTENTÁVEIS DE CAPTAÇÃO, ARMAZENAMENTO, TRATAMENTO E UTILIZAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA.

REGULAMENTO DO CONCURSO ECO DESAFIO PROJETOS SUSTENTÁVEIS DE CAPTAÇÃO, ARMAZENAMENTO, TRATAMENTO E UTILIZAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA. REGULAMENTO DO CONCURSO ECO DESAFIO PROJETOS SUSTENTÁVEIS DE CAPTAÇÃO, ARMAZENAMENTO, TRATAMENTO E UTILIZAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA. APRESENTAÇÃO A Divisão de Gestão Ambiental DGA, unidade responsável pelo

Leia mais

CONCURSO ANUAL DO CBAR DE MONOGRAFIAS

CONCURSO ANUAL DO CBAR DE MONOGRAFIAS CONCURSO ANUAL DO CBAR DE MONOGRAFIAS 1 ÍNDICE I - Objetivos II Organização dos Concursos III Inscrições IV Requisitos de Apresentação dos Trabalhos V Comissão Julgadora VI Julgamento dos Trabalhos VI

Leia mais

Prêmio. Participantes, Práticas Premiadas e Período de Execução REGULAMENTO PRÊMIO ANAMATRA DE DIREITOS HUMANOS 2014

Prêmio. Participantes, Práticas Premiadas e Período de Execução REGULAMENTO PRÊMIO ANAMATRA DE DIREITOS HUMANOS 2014 1 Prêmio O Prêmio Anamatra de Direitos Humanos 2014 consistirá na entrega de estatueta inspirada no Cilindro de Ciro e premiação em dinheiro para pessoas físicas ou jurídicas cujas ações se destaquem em

Leia mais

PRÊMIO PETECA 2014 Educação, Cultura e Arte no Combate ao Trabalho Infantil REGULAMENTO

PRÊMIO PETECA 2014 Educação, Cultura e Arte no Combate ao Trabalho Infantil REGULAMENTO REGULAMENTO 1. Apresentação 1.1. O Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente estabelece, pelo presente Regulamento, as regras para a realização do Prêmio Peteca 2014.

Leia mais