Desenvolvimento da Zona Leste

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desenvolvimento da Zona Leste"

Transcrição

1 Cidade de Oportunidades Desenvolvimento da Zona Leste SEMINÁRIO PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO URBANO E SUSTENTABILIDADE Maria Teresa Oliveira Grillo ESCOLA DE FORMAÇÃO DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL Março/ 2012

2 Histórico da Expansão Urbana Até 1929 LEGENDA São Paulo Região Metropolitana São Paulo -Cidade Área Urbanizada Fonte: Emplasa Elaboração: SMDU/DIPRO

3 Histórico da Expansão Urbana 1930 a 1949 Historical Evolution of the Urbanization 1930 to 1949 LEGENDA São Paulo Região Metropolitana São Paulo -Cidade Área Urbanizada Fonte: Emplasa Elaboração: SMDU/DIPRO

4 Histórico da Expansão Urbana 1950 a 1962 LEGENDA São Paulo Região Metropolitana São Paulo -Cidade Área Urbanizada Fonte: Emplasa Elaboração: SMDU/DIPRO

5 Histórico da Expansão Urbana 1963 a 1974 LEGENDA São Paulo Região Metropolitana São Paulo -Cidade Área Urbanizada Fonte: Emplasa Elaboração: SMDU/DIPRO

6 Histórico da Expansão Urbana 1975 a 1985 LEGENDA São Paulo Região Metropolitana São Paulo -Cidade Área Urbanizada Fonte: Emplasa Elaboração: SMDU/DIPRO

7 Histórico da Expansão Urbana 1986 a 1992 LEGENDA São Paulo Região Metropolitana São Paulo -Cidade Área Urbanizada Fonte: Emplasa Elaboração: SMDU/DIPRO

8 Histórico da Expansão Urbana 1993 a 2002 LEGENDA São Paulo Região Metropolitana São Paulo - Cidade Área Urbanizada Fonte: Emplasa Elaboração: SMDU/DIPRO

9

10

11

12 sociedade em transformação Perfil SP mudança nº moradores/domicílio 4,1 3,1 80% queda de homicídios 20% aumento da escolaridade 2,25 1,9 filhos/mulher em queda economia em transição 10% das empresas 40% valor adicionado 30% setores intensivos em conhecimento queda desemprego clima e mudança 2x Mais chuvas intensas 2 a 3% aumento na temperatura

13

14 Fonte : Pesquisa Origem Destino/OD Metrô/SP Elaboração SMDU/DIPRO Perfil Sócio Econômico

15 Perfil Sócio Econômico Relação de Empregos por Habitante (Zonas OD 2007) Densidade de Empregos por Hectare (Zonas OD 2007 ) Fonte : Pesquisa Origem Destino/OD Metrô/SP Elaboração : SMDU/DIPRO

16 Taxa de desemprego total por faixa etária

17 Uso do solo predominante 2009

18 Novas Operações Urbanas propostas LAPA-BRÁS MOOCA-VILA CARIOCA RIO VERDE-JACU Expresso Tiradentes Ferrovia existente Metrô existente Metrô previsto Futuro sistema de média capacidade Operações Urbanas em andamento OperaçõesUrbanaspropostas(VilaSônia, Lapa-Brás, Mooca-Vila Carioca e Rio Verde-Jacu) Operações Urbanas em estudo de acordo com o Plano Diretor Feito por: SMDU/ATOU

19 Programa de Desenvolvimento para a Zona Leste

20 Mobilidade Urbana

21 Operação Urbana Consorciada Rio Verde - Jacu Atualização da Lei /2004 Melhoria do sistema viário estrutural da região para maior acessibilidade e mobilidade.

22 Operação Urbana Consorciada Rio Verde - Jacu Atualização da Lei /2004 Renovação do padrão de adensamento com verticalização e aumento da permeabilidade.

23 Operação Urbana Consorciada Rio Verde - Jacu Atualização da Lei /2004 Melhoria ambiental com aumento dos parques e áreas verdes com implantação dos corredores ambientais e recuperação das linhas de drenagem.

24 Operação Urbana Consorciada Rio Verde - Jacu Atualização da Lei /2004 Reestruturação de áreas estratégicas denominadas polos catalisadores de desenvolvimento.

25 Programa de Incentivos Seletivos Lei de 2007 e Lei de 2009

26

27

28 Parque Tecnológico de São Paulo - Leste

29 Desenvolvimento Econômico com Qualificação Urbana

30 PARQUE TECNOLÓGICO DE SÃO PAULO - LESTE Sinergia entre os polos Polo Institucional Área 1 Polo Econômico Área 4

31 Área 1 Potencial de Ocupação e Ocupação do Solo 2001

32 Área 4 Potencial de Ocupação e Ocupação do Solo 2001

33 Projeto Áreas 1 e 4

34 Corredores Ambientais Propostos

35 Melhoramento Viário

36 Transposição 1 Radial Leste

37 Transposição 2 Estação Dom Bosco

38 Transposição 3 São Teodoro

39 Transposição 3 Adriano Bertozzi

40

41 POLO ECONÔMICO Proposta de Ocupação

42 POLO ECONÔMICO Proposta de Ocupação

43 Polo Institucional

44 POLO INSTITUCIONAL Proposta de Ocupação

45 ARENA CORINTHIANS

46 POLO INSTITUCIONAL Localização dos Equipamentos

47 POLO INSTITUCIONAL Simulação Volumétrica

48 Parque Tecnológico SP - Leste Incubadoras e Laboratórios

49 Parque Tecnológico SP -Leste Incubadoras e Laboratórios

50 PARQUE OLÍMPICO

51 MORRO DO CRUZEIRO 11,25 Km Pq Sapopemba Parque do Carmo Jd Conquista Av Jacu Pêssego 7,37 Km 5 SEGUNDO PICO MAIS ALTO DA CIDADE DE SÃO PAULO demarcador de paisagem Identidade local símbolo de evento internacional catalisador turístico mirante proteção ambiental

52

Intervenções na Área Central da Cidade de São Paulo. Arq. Luis Oliveira Ramos Chefe da Assessoria Técnica de Planejamento Urbano

Intervenções na Área Central da Cidade de São Paulo. Arq. Luis Oliveira Ramos Chefe da Assessoria Técnica de Planejamento Urbano Intervenções na Área Central da Cidade de São Paulo Arq. Luis Oliveira Ramos Chefe da Assessoria Técnica de Planejamento Urbano ECOGERMA Junho 2011 Expansão Urbana Histórico da Expansão Urbana Até 1929

Leia mais

A metrópole sob a visão municipal

A metrópole sob a visão municipal SP-URBANISMO A metrópole sob a visão municipal Miguel Luiz Bucalem Novembro 2011 Desenvolvimento Urbano Sustentável - Desafios Histórico da Expansão Urbana Até 1929 LEGENDA São Paulo Região Metropolitana

Leia mais

Cidade Compacta e Desenvolvimento Urbano

Cidade Compacta e Desenvolvimento Urbano Cidade Global Maior Centralidade e Pólo Logístico da América Latina Centro Financeiro do Brasil Cidade Compacta e Desenvolvimento Urbano Principal Centro de Serviços Diversificados e Especializados Concentração

Leia mais

Organização do Espaço na Cidade de São Paulo

Organização do Espaço na Cidade de São Paulo Organização do Espaço na Cidade de São Paulo A Copa do Mundo e o Desenvolvimento da Zona Leste Arq. Alberto Fasanaro Lauletta Setembro / 2011 Histórico da Expansão Urbana Até 1929 LEGENDA São Paulo Região

Leia mais

Entre Rios PROJETO ESTRATÉGICO

Entre Rios PROJETO ESTRATÉGICO Entre Rios PROJETO ESTRATÉGICO SOBRE O MUNICÍPIO domicílios com renda mensal até 2 s.m. 2010 Fonte: IBGE 2010 Base Cartográfica: MDC/SMDU; Emplasa, 2007 Elaboração: SMDU/SPurbanismo, 2013 3 domicílios

Leia mais

Urban View. Urban Reports. Operações urbanas: Rio Verde-Jacu e a zona Leste

Urban View. Urban Reports. Operações urbanas: Rio Verde-Jacu e a zona Leste Urban View Urban Reports Operações urbanas: Programa Falando em dinheiro, coluna Minha cidade, meu jeito de morar e investir Rádio Estadão ESPN Como já falamos aqui, as operações urbanas são parcerias

Leia mais

MAPEAMENTO URBANO E SOCIOECONÔMICO DA ZONA LESTE PLANO DE TRABALHO

MAPEAMENTO URBANO E SOCIOECONÔMICO DA ZONA LESTE PLANO DE TRABALHO MAPEAMENTO URBANO E SOCIOECONÔMICO DA ZONA LESTE PLANO DE TRABALHO Fonte: Emplasa 2007/ SMDU 2013 Base Cartográfica: MDC/SMDU; Emplasa, 2007 Elaboração: SMDU/SPurbanismo, 2013 Plano de Trabalho MAPEAMENTO

Leia mais

Operações Urbanas - Oportunidades para o Desenvolvimento Urbano Sustentável

Operações Urbanas - Oportunidades para o Desenvolvimento Urbano Sustentável SP-URBANISMO Operações Urbanas - Oportunidades para o Desenvolvimento Urbano Sustentável Miguel Luiz Bucalem Secretario de Desenvolvimento Urbano do Municipio de São Paulo apresentado por João Cyro André

Leia mais

Oportunidades para o Desenvolvimento Urbano Sustentável

Oportunidades para o Desenvolvimento Urbano Sustentável Oportunidades para o Desenvolvimento Urbano Sustentável Miguel Luiz Bucalem Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano Organização Agosto / 2009 Desenvolvimento Urbano Sustentável Desafios Oportunidades

Leia mais

USO DO SOLO E ADENSAMENTO AO LONGO DOS CORREDORES DE TRANSPORTE DE BELO HORIZONTE

USO DO SOLO E ADENSAMENTO AO LONGO DOS CORREDORES DE TRANSPORTE DE BELO HORIZONTE USO DO SOLO E ADENSAMENTO AO LONGO DOS CORREDORES DE TRANSPORTE DE BELO HORIZONTE Land use and densification along mass transit corridors in Belo Horizonte Daniel Freitas Prefeitura Municipal de Belo Horizonte

Leia mais

Campus Zona Leste Audiência Pública Câmara Municipal de São Paulo 17 de junho de Profa. Dra. Soraya Smaili Reitora UNIFESP

Campus Zona Leste Audiência Pública Câmara Municipal de São Paulo 17 de junho de Profa. Dra. Soraya Smaili Reitora UNIFESP Campus Zona Leste Audiência Pública Câmara Municipal de São Paulo 17 de junho de 2013 Profa. Dra. Soraya Smaili Reitora UNIFESP Alguns números da UNIFESP Geografia multi-campi da Unifesp Campus inicial

Leia mais

MOBILIDADE METROPOLITANA E PROJETO URBANO

MOBILIDADE METROPOLITANA E PROJETO URBANO MOBILIDADE METROPOLITANA E PROJETO URBANO SEMINÁRIO RIO METROPOLITANO: DESAFIOS COMPARTILHADOS O FUTURO DA MOBILIDADE NA METRÓPOLE VERTICALIDADES Aspectos metropolitanos HORIZONTALIDADES Interações entre

Leia mais

Metrô Leve de Goiânia. Projeto Modelo para Cidades Brasileiras

Metrô Leve de Goiânia. Projeto Modelo para Cidades Brasileiras Metrô Leve de Goiânia Projeto Modelo para Cidades Brasileiras 1 Projeto modelo para cidades médias 1. Estrutura Institucional Pacto Metropolitano instituindo órgão gestor do transporte coletivo na região

Leia mais

Operações Urbanas e o Desenvolvimento da Zona Leste. Miguel Luiz Bucalem Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano

Operações Urbanas e o Desenvolvimento da Zona Leste. Miguel Luiz Bucalem Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano Operações Urbanas e o Desenvolvimento da Zona Leste Miguel Luiz Bucalem Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano Agosto / 2011 Desenvolvimento Urbano Sustentável - Desafios Desenvolvimento da Zona

Leia mais

LINHA VERDE. Novo Eixo de Transporte e de Desenvolvimento Urbano

LINHA VERDE. Novo Eixo de Transporte e de Desenvolvimento Urbano LINHA VERDE Novo Eixo de Transporte e de Desenvolvimento Urbano Região Metropolitana de Curitiba RIO BRANCO DO SUL ITAPERUÇU BOCAIÚVA DO SUL ALMIRANTE TAMANDARÉ CAMPO MAGRO CAMPO LARGO ARAUCÁRIA BALSA

Leia mais

PCM Programa de Corredores Metropolitanos

PCM Programa de Corredores Metropolitanos PCM Programa de Corredores Metropolitanos 18ª Semana de Tecnologia Metroferroviária AEAMESP Ivan Carlos Regina Set/2012 Redes PCM de alta PROGRAMA e média capacidade DE CORREDORES METROPOLITANOS EMTU-PCM

Leia mais

estruturando a mobilidade da metrópole COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS Sérgio Avelleda Diretor Presidente - CPTM

estruturando a mobilidade da metrópole COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS Sérgio Avelleda Diretor Presidente - CPTM estruturando a mobilidade da metrópole COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS Sérgio Avelleda Diretor Presidente - CPTM novembro/2008 Região Metropolitana da Grande São Paulo 39 municípios 19,7 milhões

Leia mais

Política de Combate a Inundações de Belo Horizonte. Prefeitura de Belo Horizonte

Política de Combate a Inundações de Belo Horizonte. Prefeitura de Belo Horizonte Política de Combate a Inundações de Belo Horizonte Prefeitura de Belo Horizonte Belo Horizonte, fevereiro/2011 ASPECTOS GERAIS DA CIDADE DE BELO HORIZONTE Área superficial : 330 km 2 População : 2,5 milhões

Leia mais

FAIXAS EXCLUSIVAS À DIREITA

FAIXAS EXCLUSIVAS À DIREITA FAIXAS EXCLUSIVAS À DIREITA FAIXAS EXCLUSIVAS À DIREITA 122KM ATÉ 2012 Terminal Municipal Existente Faixa Exclusiva à Direita Proposta Corredor de Ônibus Municipal Existente FAIXAS EXCLUSIVAS À DIREITA

Leia mais

O Plano Diretor é o principal instrumento de política urbana do Município

O Plano Diretor é o principal instrumento de política urbana do Município O Plano Diretor é o principal instrumento de política urbana do Município É uma lei Municipal que orienta os agentes públicos e privados no crescimento e o desenvolvimento urbano em todo o Município É

Leia mais

Copa do Mundo de 2014 em São Paulo: Impactos diretos sobre a moradia no entorno da Arena Corinthians-Itaquera

Copa do Mundo de 2014 em São Paulo: Impactos diretos sobre a moradia no entorno da Arena Corinthians-Itaquera Copa do Mundo de 2014 em São Paulo: Impactos diretos sobre a moradia no entorno da Arena Corinthians-Itaquera Arena Corinthians-Itaquera e Pólo Institucional e Tecnológico de Itaquera Proposta geral 2

Leia mais

Prof. Dr. Eduardo A. C. Nobre

Prof. Dr. Eduardo A. C. Nobre Desenho Urbano e Projeto dos Espaços da Cidade: Território em Disputa Impactos da Copa do Mundo na Zona Leste de São Paulo Prof. Dr. Eduardo A. C. Nobre PPGAU/FAUUSP 23 de maio de 2013 1. Considerações

Leia mais

Diego Mateus da Silva Coordenador de Gestão da Demanda por Viagens, ITDP Brasil. Conceitos e Estratégias de Gestão da Demanda por Viagens (GDV)

Diego Mateus da Silva Coordenador de Gestão da Demanda por Viagens, ITDP Brasil. Conceitos e Estratégias de Gestão da Demanda por Viagens (GDV) Diego Mateus da Silva Coordenador de Gestão da Demanda por Viagens, ITDP Brasil Conceitos e Estratégias de Gestão da Demanda por Viagens (GDV) Objetivo da sessão e roteiro Objetivo da sessão Apresentar

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHÉUS GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHÉUS GABINETE DO PREFEITO Ilhéus, 01 de Abril de 2009. OF GAB 013/2009 Senhor Presidente, Em atendimento ao disposto no Art. 73, da Lei Orgânica do Município de Ilhéus, estamos encaminhando à esta Casa Legislativa o Programa de

Leia mais

Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte

Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte I Seminário Nacional de Política Urbana e Ambiental Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil Brasília abril 2016 Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte Tiago Esteves Gonçalves da Costa ESTRUTURA

Leia mais

Modelo de Avaliação de Impacto da Linha 4 Amarela nas Condições de Vida e Viagem da População Pobre Residente em suas Áreas de Influência

Modelo de Avaliação de Impacto da Linha 4 Amarela nas Condições de Vida e Viagem da População Pobre Residente em suas Áreas de Influência Modelo de Avaliação de Impacto da Linha 4 Amarela nas Condições de Vida e Viagem da População Pobre Residente em suas Áreas de Influência Maria Alice Cutrim (Fundação Seade) Maria Paula Ferreira (Fundação

Leia mais

Cidades Inclusivas e Integradas: Exemplos de São Paulo

Cidades Inclusivas e Integradas: Exemplos de São Paulo Cidades Inclusivas e Integradas: Exemplos de São Paulo Rio de Janeiro 24/05/2012 SP-URBANISMO Região Metropolitana de São Paulo População RMSP: 20 milhões São Paulo: 11 milhões Desenvolvimento Urbano 1929

Leia mais

DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO SOBRE PNEUS

DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO SOBRE PNEUS DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO SOBRE PNEUS DEZEMBRO 2013 DENSIDADE DE EMPREGOS ÁREA CENTRAL Plano Diretor 2013 Referências Trata da política de transporte e mobilidade urbana integrada com

Leia mais

MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

MUNICÍPIO DE SÃO PAULO REGIÃO METROPOLITANA DE SP 39 municípios 8.051 km 2 de área 0,1% do Brasil 20,0 milhões de habitantes 11% do Brasil U$ 261,6 bilhões / ano de PIB 19,1% do Brasil 8,8 milhões de empregos 5,2 milhões de

Leia mais

Corredor Urbanístico de Transporte Nordeste Sudeste da RMSP Eixo de transporte público de média capacidade Guarulhos - Grande ABC

Corredor Urbanístico de Transporte Nordeste Sudeste da RMSP Eixo de transporte público de média capacidade Guarulhos - Grande ABC Corredor Urbanístico de Transporte Nordeste Sudeste da RMSP Eixo de transporte público de média capacidade Guarulhos - Grande ABC AEAMESP 16ª Semana de Tecnologia Metroferrovária Data: SET/2010 Eng. Rui

Leia mais

O impacto da integração tarifária na mobilidade urbana da RMSP. Lucas Alonso 21ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA

O impacto da integração tarifária na mobilidade urbana da RMSP. Lucas Alonso 21ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA O impacto da integração tarifária na mobilidade urbana da RMSP Lucas Alonso 21ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA AEAMESP O impacto da integração tarifária na mobilidade urbana da RMSP 2 Análise da

Leia mais

Adaptação climática em megacidades: refletindo sobre impactos, demandas e capacidades de resposta de São Paulo

Adaptação climática em megacidades: refletindo sobre impactos, demandas e capacidades de resposta de São Paulo Adaptação climática em megacidades: refletindo sobre impactos, demandas e capacidades de resposta de São Paulo IAG/USP - OUTUBRO 2014 Mobilidade urbana: agenda ambiental LEI Nº 14.933, DE 5 DE JUNHO DE

Leia mais

ANTEPROJETO DE LEI N / 2015

ANTEPROJETO DE LEI N / 2015 ANTEPROJETO DE LEI N / 2015 Lei Complementar nº Institui o Macrozoneamento Municipal, parte integrante do Plano Diretor de Organização Físico-territorial de Jaraguá do Sul e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

Calçada Para Todos Mobilidade Urbana LONDRINA, PR

Calçada Para Todos Mobilidade Urbana LONDRINA, PR Calçada Para Todos Mobilidade Urbana LONDRINA, PR MUNICÍPIO DE LONDRINA CARACTERIZAÇÃO DO MUNICÍPIO DE LONDRINA Situado ao norte do estado do Paraná Município foi criado em dezembro de 1934 e acaba de

Leia mais

Objetivo Geral. 1. Ordenar o tráfego de passagem na Região Metropolitana de São Paulo

Objetivo Geral. 1. Ordenar o tráfego de passagem na Região Metropolitana de São Paulo PREFEITURA DA CIDADE DE Programa de Desenvolvimento do Sistema Viário Estratégico Metropolitano de SÃO PAULO Objetivo Geral 1. Ordenar o tráfego de passagem na Região Metropolitana de São Paulo 2. Hierarquizar

Leia mais

PARQUE TECNOLÓGICO DE SÃO PAULO- LESTE CREDENCIAMENTO

PARQUE TECNOLÓGICO DE SÃO PAULO- LESTE CREDENCIAMENTO PARQUE TECNOLÓGICO DE SÃO PAULO- LESTE CREDENCIAMENTO Junho de 2011 PARQUE TECNOLÓGICO DE SÃO PAULO - LESTE NON DUCOR DUCO Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho PMSP Secretaria

Leia mais

Estratégia para a Aplicação de Planos de Intervenção em Espaço Rural em Espaço Periurbano. O caso de Setúbal.

Estratégia para a Aplicação de Planos de Intervenção em Espaço Rural em Espaço Periurbano. O caso de Setúbal. Estratégia para a Aplicação de Planos de Intervenção em Espaço Rural em Espaço Periurbano. O caso de Setúbal. Discussão para obtenção do grau de Mestre em Urbanismo e Ordenamento do Território Patrícia

Leia mais

CIDADES SUSTENTÁVEIS E A ECONOMIA ATUAL

CIDADES SUSTENTÁVEIS E A ECONOMIA ATUAL CIDADES SUSTENTÁVEIS E A ECONOMIA ATUAL CIDADE A C Encontro Encontro Trading Economia B Desenvolvimento Huacachina Veneza Manhattan PESSOAS Economia Cidade PLANETA O QUE É UMA CIDADE SUSTENTÁVEl? Pessoas

Leia mais

PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO FÍSICO E AMBIENTAL SEÇÃO 9: ZONEAMENTO AMBIENTAL URBANO

PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO FÍSICO E AMBIENTAL SEÇÃO 9: ZONEAMENTO AMBIENTAL URBANO PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO FÍSICO E AMBIENTAL SEÇÃO 9: ZONEAMENTO AMBIENTAL URBANO SÃO CARLOS, 03 de Julho de 2013 O Plano Diretor de Desenvolvimento Físico e Ambiental, como peça constituinte do

Leia mais

Quarto Distrito em Porto Alegre: reconhecimento da área e algumas referências

Quarto Distrito em Porto Alegre: reconhecimento da área e algumas referências Quarto Distrito em Porto Alegre: reconhecimento da área e algumas referências Foco na perspectiva de Modernização Produtiva e Inovação Tecnológica em função das potencialidades da realidade existente entre

Leia mais

Plano Diretor Estratégico

Plano Diretor Estratégico Plano Diretor Estratégico 2014-2024 PARTE I Lógicas de produção e transformação do espaço urbano e o planejamento urbano 3 processos simultâneos de produção e transformação das cidades Adensamento Consolidação

Leia mais

As Olimpíadas. e a Conquista da Cidade. e a Conquista da Cidade

As Olimpíadas. e a Conquista da Cidade. e a Conquista da Cidade Legado Urbano e Ambiental Ações Prioritárias: rias: - Reordenamento do espaço o urbano - Integração do sistema de transporte - Despoluição e controle ambiental - Reabilitação de áreas centrais degradadas

Leia mais

Título: Impactos derivados da implantação dos corredores metropolitanos.

Título: Impactos derivados da implantação dos corredores metropolitanos. Título: Impactos derivados da implantação dos corredores metropolitanos. Autores: Angelique Joseli de Oliveira 1 ; Tamara Crioruska Tarasiuk 1 ¹ Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo

Leia mais

AVENIDA DONA BELMIRA MARIN MELHORAMENTOS E ALARGAMENTO IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR DE ÔNIBUS

AVENIDA DONA BELMIRA MARIN MELHORAMENTOS E ALARGAMENTO IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR DE ÔNIBUS AVENIDA DONA BELMIRA MARIN MELHORAMENTOS E ALARGAMENTO IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR DE ÔNIBUS OPORTUNIDADES PROMOVER ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO E ALÍVIO DOS VOLUMES DE TRÁFEGO IMPORTANTE VIA ESTRUTURAL.

Leia mais

CANTEIRO VÁRZEA DO TIETÊ ZL VÓRTICE

CANTEIRO VÁRZEA DO TIETÊ ZL VÓRTICE CANTEIRO VÁRZEA DO TIETÊ ZL VÓRTICE ZL Vórtice visa implantar canteiros de experimentação na Zona Leste. Os canteiros vão reunir artistas, arquitetos, designers, engenheiros, cientistas e gestores públicos

Leia mais

Adequação da Lei de Zoneamento, Uso e Ocupação do Solo ao Plano Diretor de Curitiba Audiência Pública de Lançamento 17 de março de 2016

Adequação da Lei de Zoneamento, Uso e Ocupação do Solo ao Plano Diretor de Curitiba Audiência Pública de Lançamento 17 de março de 2016 Adequação da Lei de Zoneamento, Uso e Ocupação do Solo ao Plano Diretor de Curitiba 2015 Audiência Pública de Lançamento 17 de março de 2016 Em dezembro de 2015, após 20 meses de debates, audiências, oficinas,

Leia mais

RIOS E CIDADES: RUPTURA E RECONCILIAÇÃO

RIOS E CIDADES: RUPTURA E RECONCILIAÇÃO 3 4 Figuras 161 a 162: Evolução da remoção de um canal onde não há limitação com expansão da margem vegetada etapas 3 e 4 Fonte: COSTA (2001, p. 143) apud CARDOSO (2003) 211 O plano do rio Don parece ser

Leia mais

Vias Prioritárias de Transportes ocupando áreas de várzeas. Seminário Enchentes II Instituto de Engenharia Nilza Maria Toledo Antenor Agosto/2010

Vias Prioritárias de Transportes ocupando áreas de várzeas. Seminário Enchentes II Instituto de Engenharia Nilza Maria Toledo Antenor Agosto/2010 Vias Prioritárias de Transportes ocupando áreas de várzeas Seminário Enchentes II Instituto de Engenharia Nilza Maria Toledo Antenor Agosto/2010 Características Geomorfológicas do Sítio PERIMETRAL AV 9

Leia mais

Adequação da Lei de Zoneamento, Uso e Ocupação do Solo ao Plano Diretor de Curitiba 2015

Adequação da Lei de Zoneamento, Uso e Ocupação do Solo ao Plano Diretor de Curitiba 2015 Adequação da Lei de Zoneamento, Uso e Ocupação do Solo ao Plano Diretor de Curitiba 2015 O zoneamento é a linguagem física da cidade. Divide a cidade em compartimentos sobre os quais incidem diretrizes

Leia mais

UNIDADES DE CONSERVAÇÃO

UNIDADES DE CONSERVAÇÃO UNIDADES DE CONSERVAÇÃO As florestas e demais formas de vegetação são reconhecidas no Brasil como bens de interesse comum a todos os habitantes do país, sendo que algumas destas áreas, legalmente determinadas

Leia mais

Plano e projeto em São Paulo. Instituto de Engenharia 20 de setembro de 2011 Paula Freire Santoro

Plano e projeto em São Paulo. Instituto de Engenharia 20 de setembro de 2011 Paula Freire Santoro Plano e projeto em São Paulo Instituto de Engenharia 20 de setembro de 2011 Paula Freire Santoro Estatuto da Cidade Lei Federal n o 10.257/01 Constituição Federal 1988 Art.182 e 183 Plano Diretor é instrumento

Leia mais

Debate Menos Gargalos e Mais Empregos Grandes obras e sua capacidade de geração de empregos

Debate Menos Gargalos e Mais Empregos Grandes obras e sua capacidade de geração de empregos Debate Menos Gargalos e Mais Empregos Grandes obras e sua capacidade de geração de empregos 24/01/2017 Iniciou suas atividades em 1998 Oferece um amplo conjunto de serviços especializados de consultoria

Leia mais

RAQUEL ROLNIK MARÇO 2015

RAQUEL ROLNIK MARÇO 2015 FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO AUP 268 - PLANEJAMENTO DE ESTRUTURA URBANAS E REGIONAIS I RAQUEL ROLNIK MARÇO 2015 INSTRUMENTOS TRADICIONAIS DE PLANEJAMENTO URBANO NO BRASIL

Leia mais

Workshop Planejamento Urbano: saberes técnicos e demandas populares

Workshop Planejamento Urbano: saberes técnicos e demandas populares Workshop Planejamento Urbano: saberes técnicos e demandas populares Kazuo Nakano Curitiba - 2014 Sumário Trajetória histórica do planejamento urbano no Município de São Paulo ao longo da segunda metade

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGO VIA CONSTRUÇÃO CIVIL NA REGIÃOMETROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO

GERAÇÃO DE EMPREGO VIA CONSTRUÇÃO CIVIL NA REGIÃOMETROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO SEMINÁRIO MENOS GARGALOS E MAIS EMPREGOS. O QUE FAZER PARA RETOMAR AS OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO RIO? GERAÇÃO DE EMPREGO VIA CONSTRUÇÃO CIVIL NA REGIÃOMETROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO VICENTE DE PAULA LOUREIRO

Leia mais

O que esta acontecendo com a Região Metropolitana de São Paulo Análise Socioeconômica Carlos Paiva*

O que esta acontecendo com a Região Metropolitana de São Paulo Análise Socioeconômica Carlos Paiva* O que esta acontecendo com a Região Metropolitana de São Paulo Análise Socioeconômica Carlos Paiva* Com a divulgação da Pesquisa da Mobilidade de São Paulo, com dados de 2012 (OD 2012) pelo Metrô-SP, torna-se

Leia mais

ZL VÓRTICE A ZONA LESTE DE SÃO PAULO SITUAÇÕES CRÍTICAS

ZL VÓRTICE A ZONA LESTE DE SÃO PAULO SITUAÇÕES CRÍTICAS ZL VÓRTICE A ZONA LESTE DE SÃO PAULO SITUAÇÕES CRÍTICAS ZL Vórtice é um projeto de investigação e práticas urbanas experimentais. Reúne pesquisadores, arquitetos, engenheiros e artistas, junto com as comunidades

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DOS TRENS REGIONAIS. Silvestre Eduardo Rocha Ribeiro Diretor de Planejamento Companhia Paulista Trens Metropolitanos - CPTM

A IMPORTÂNCIA DOS TRENS REGIONAIS. Silvestre Eduardo Rocha Ribeiro Diretor de Planejamento Companhia Paulista Trens Metropolitanos - CPTM A IMPORTÂNCIA DOS TRENS REGIONAIS Silvestre Eduardo Rocha Ribeiro Diretor de Planejamento Companhia Paulista Trens Metropolitanos - CPTM REDE DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS SOBRE TRILHOS NA MACROMETRÓPOLE

Leia mais

SEUMA Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente

SEUMA Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente SEUMA Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente SOBRE FORTALEZA Cerca 50% vive em condição de extrema pobreza (renda familiar per capita mensal igual ou inferior a R$70,00) ou em condição de pobreza

Leia mais

Diagnóstico do Parque Augusta

Diagnóstico do Parque Augusta Diagnóstico do Parque Augusta Bruno Massao Carolina Camargo Daniela Gomes Giuliana Takahashi Luciana Santiago ESCRITÓRIO MODELO 2013 Localização Próximo ao local há comércios, universidades (Mackenzie,

Leia mais

CICLOVIA LINHA 15 PRATA: CORREDOR VERDE COMO ELEMENTO DE REQUALIFICAÇÃO URBANA

CICLOVIA LINHA 15 PRATA: CORREDOR VERDE COMO ELEMENTO DE REQUALIFICAÇÃO URBANA CICLOVIA LINHA 15 PRATA: CORREDOR VERDE COMO ELEMENTO DE REQUALIFICAÇÃO URBANA Neila Custódio Michelle Mikaro Juliana Yoshida Mayara Silva 22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária No campo do paisagismo,

Leia mais

Contexto: Zona Norte. Problema

Contexto: Zona Norte. Problema Contexto: Zona Norte Problema Há mais de 20 anos, estudos apontam a demanda de áreas públicas verdes e de lazer para a Zona Norte da Cidade do Rio do Janeiro - região com altos índices de ocupação urbana.

Leia mais

INTRODUÇÃO A ENGENHARIA DE TRANSPORTE

INTRODUÇÃO A ENGENHARIA DE TRANSPORTE Capítulo 1 INTRODUÇÃO A ENGENHARIA DE TRANSPORTE Tecnologia dos Transportes 2 SISTEMAS DE TRANSPORTE E SOCIEDADE De extrema importância para o desenvolvimento de uma sociedade O desenvolvimento está diretamente

Leia mais

PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO

PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO disciplina: Função socioambiental da propriedade pública e privada docente: Wallace Paiva Martins Junior discente: Renata Sioufi Fagundes dos Santos 2016 TUTELA DO MEIO

Leia mais

Como estaremos daqui a 25 anos? Estudo de Mobilidade Urbana Plano Diretor Regional de Mobilidade. Seminário SINAENCO / SC

Como estaremos daqui a 25 anos? Estudo de Mobilidade Urbana Plano Diretor Regional de Mobilidade. Seminário SINAENCO / SC Como estaremos daqui a 25 anos? Estudo de Mobilidade Urbana Plano Diretor Regional de Mobilidade Seminário SINAENCO / SC Guilherme Medeiros Engenheiro Coordenador Técnico SC Participações e Parcerias S.A.

Leia mais

ENCONTRO COM O METRÔ. Obras em andamento, Concessões e PPP. Paulo Menezes Figueiredo Diretor Presidente do Metrô São Paulo 26/07/2016

ENCONTRO COM O METRÔ. Obras em andamento, Concessões e PPP. Paulo Menezes Figueiredo Diretor Presidente do Metrô São Paulo 26/07/2016 ENCONTRO COM O METRÔ Obras em andamento, Concessões e PPP Paulo Menezes Figueiredo Diretor Presidente do Metrô São Paulo 26/07/2016 Antecedentes do Serviço Metroferroviário na RMSP Anterior à Constituição

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos XVII Assembleia Geral da CIT 27 e 28/06/2012 - Manaus/AM Sávio Neves Diretor Institucional ANPTrilhos Presidente ABOTTc

Leia mais

PUBLICADO DOC 29/09/2011, PÁG 92

PUBLICADO DOC 29/09/2011, PÁG 92 PUBLICADO DOC 29/09/2011, PÁG 92 PROJETO DE LEI 01-00470/2011 do Executivo (Encaminhado à Câmara pelo Sr. Prefeito com o ofício ATL 126/11). Institui o Projeto Estratégico de Intervenção Urbana - Parque

Leia mais

P L A N O D I R E T O R M U N I C I P A L DO S E I X A L R E V I S Ã O DISCUSSÃO PÚBLICA

P L A N O D I R E T O R M U N I C I P A L DO S E I X A L R E V I S Ã O DISCUSSÃO PÚBLICA CARACTERIZAÇÃO ECONÓMICA SUMÁRIA TOTAL DE EMPRESAS 80.000 70.000 60.000 50.000 40.000 30.000 20.000 10.000 0 75.163 72.038 75.393 71.682 15.228 14.567 15.135 14.271 2008 2009 2010 2011 P. Setúbal Município

Leia mais

DIRETRIZES PARA A BICICLETA NO PLANO DE GOVERNO DE FERNANDO HADDAD PARA A PREFEITURA DE SÃO PAULO

DIRETRIZES PARA A BICICLETA NO PLANO DE GOVERNO DE FERNANDO HADDAD PARA A PREFEITURA DE SÃO PAULO Promover a sustentabilidade com a melhoria da qualidade de vida e do ar, reduzir os congestionamentos, democratizar o uso do espaço viário, a acessibilidade aos bens e serviços e ampliar a inserção social

Leia mais

Seminário IBRE Infraestrutura no Brasilperspectivas. nas áreas de construção, saneamento, transporte e logística

Seminário IBRE Infraestrutura no Brasilperspectivas. nas áreas de construção, saneamento, transporte e logística Seminário IBRE Infraestrutura no Brasilperspectivas e desafios nas áreas de construção, saneamento, transporte e logística Projetos e Programas de Investimentos para o Setor de Infraestrutura no Brasil

Leia mais

(PMSP x CMSP x setor imobiliário x proprietários e população atingida)

(PMSP x CMSP x setor imobiliário x proprietários e população atingida) CEU / PMR / GPM / DM Construindo os entornos do Metrô SENTIDO DE IMPLANTAÇÃO A Companhia do Metropolitano de São Paulo vem desenvolvendo um estudo para acompanhamento das alterações no uso e ocupação do

Leia mais

Complexo de Integração Intermodal e reestruturação do transporte e da região de São Mateus

Complexo de Integração Intermodal e reestruturação do transporte e da região de São Mateus Complexo de Integração Intermodal e reestruturação do transporte e da região de São Mateus Angelique de Oliveira¹; Mariana Ohira¹; Paulo R. de L. da Rocha¹. ¹ Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS NA ENGENHARIA

POLÍTICAS PÚBLICAS NA ENGENHARIA POLÍTICAS PÚBLICAS NA ENGENHARIA POLÍTICAS PÚBLICAS SÃO AÇÕES INTEGRADAS DAS TRÊS ESFERAS DE PODER: GOVERNOS: FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL EM CONJUNTO COM A SOCIEDADE CIVIL GERANDO ESFORÇOS ESPECÍFICOS

Leia mais

Seminário Trem de Alta Velocidade TAV 18 de Abril de 2011 Guilherme Quintella

Seminário Trem de Alta Velocidade TAV 18 de Abril de 2011 Guilherme Quintella Seminário Trem de Alta Velocidade TAV 18 de Abril de 2011 Guilherme Quintella A Participação da Indústria Brasileira e a necessidade de mão de obra especializada » Sobre a AD-Trem» UIC União Internacional

Leia mais

SEMINÁRIO NACIONAL Núcleo Vitória

SEMINÁRIO NACIONAL Núcleo Vitória SEMINÁRIO NACIONAL Núcleo Vitória As metrópoles e as transformações urbanas: Desigualdades, coesão social e governança democrática Rio de Janeiro - dezembro 2015 Roteiro 1. A METRÓPOLE NA REDE URBANA BRASILEIRA

Leia mais

Melhoria da Mobilidade em Belo Horizonte. Projetos para a Copa 2014

Melhoria da Mobilidade em Belo Horizonte. Projetos para a Copa 2014 Melhoria da Mobilidade em Belo Horizonte Projetos para a Copa 2014 Indicadores da Mobilidade Urbana em BH Distribuição espacial da demanda de transporte Sistema Ônibus no Hipercentro % das linhas Ônibus/dia

Leia mais

DOTS Aplicado nos instrumentos de planejamento urbano municipais. LUIZA DE OLIVEIRA SCHMIDT Coordenadora de Cidades, WRI Brasil

DOTS Aplicado nos instrumentos de planejamento urbano municipais. LUIZA DE OLIVEIRA SCHMIDT Coordenadora de Cidades, WRI Brasil DOTS Aplicado nos instrumentos de planejamento urbano municipais LUIZA DE OLIVEIRA SCHMIDT Coordenadora de Cidades, WRI Brasil O que é o DOTS? O Desenvolvimento Orientado ao Transporte Sustentável é uma

Leia mais

MALHA DE METRÔS E TRENS DE PASSAGEIROS PRECISA CRESCER 80%

MALHA DE METRÔS E TRENS DE PASSAGEIROS PRECISA CRESCER 80% MALHA DE METRÔS E TRENS PRECISA CRESCER 80% O Brasil precisa ampliar em pelo menos 850 km a malha de metrôs e trens de passageiros para modernizar o transporte urbano nas grandes cidades. Isso significa

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana. O Brasil vai continuar crescendo

MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana. O Brasil vai continuar crescendo MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana O Brasil vai continuar crescendo O Brasil vai continuar crescendo PAVIMENTAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE VIAS URBANAS MINISTÉRIO

Leia mais

Nome: Francielly C. Holanda Ra: B006ib-2 Turma: AU10P39

Nome: Francielly C. Holanda Ra: B006ib-2 Turma: AU10P39 Nome: Francielly C. Holanda Ra: B006ib-2 Turma: AU10P39 fonte: https://www.google.com.br/maps/place/etec+parque+da+juventude/@-23.5073889,- 46.6221286,779m/data=!3m1!1e3!4m6!1m3!3m2!1s0x0:0x1a5cbf253e6fc07e!2sETEC+Parque+da+Juventude!3m1!1s0x0:0x1a5cbf253e6fc07e

Leia mais

TRAJETÓRIA DO MERCADO IMOBILIÁRIO E CENÁRIOS FUTUROS

TRAJETÓRIA DO MERCADO IMOBILIÁRIO E CENÁRIOS FUTUROS TRAJETÓRIA DO MERCADO IMOBILIÁRIO E CENÁRIOS FUTUROS Fonte:SMDU/SP Fonte:SMDU/SP Fonte:SMDU/SP Fonte:SMDU/SP Fonte:SMDU/SP CENÁRIO Apresentação do PL 688/13 na CMSP Promulgado o PDE Lei nº 16.050/14 Apresentação

Leia mais

Anexo I. Prioridades e Metas

Anexo I. Prioridades e Metas Anexo I Prioridades e Metas Prioridades e Metas da Lei de Diretrizes Orçamentárias 2014 Nº da Meta Meta Entregas ou etapas previstas para 2014 que representem impacto orçamentário 1 Inserir aproximadamente

Leia mais

Governabilidade Local, Articulação Institucional e Financiamento

Governabilidade Local, Articulação Institucional e Financiamento Governabilidade Local, Articulação Institucional e Financiamento Campo Grande - Mato Grosso do Sul / Brasil Catiana Sabadin Diretora-Executiva de Planejamento e Gestão Estratégicos da Secretaria de Governo

Leia mais

SECRETÁRIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE PORTARIA Nº. 015, DE 21 DE OUTUBBRO DE 2004.

SECRETÁRIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE PORTARIA Nº. 015, DE 21 DE OUTUBBRO DE 2004. SECRETÁRIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE PORTARIA Nº. 015, DE 21 DE OUTUBBRO DE 2004. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE, no uso de suas atribuições legais e regulamentares, conforme art. 27º, do Decreto

Leia mais

Transporte Coletivo: Chegando mais rápido ao futuro. Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo

Transporte Coletivo: Chegando mais rápido ao futuro. Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo As Cidades mudaram População mudou A Economia mudou Os Meios de Transportes mudaram E nós? Ainda pensamos igual ao passado? Em TRANSPORTE COLETIVO chega-se ao

Leia mais

Transporte de Passageiros. O Futuro do Transporte Metroferroviário nas Grandes Capitais Brasileiras - Perspectivas e Investimentos

Transporte de Passageiros. O Futuro do Transporte Metroferroviário nas Grandes Capitais Brasileiras - Perspectivas e Investimentos SECRETARIA DE TRANSPORTES V BRASIL NOS TRILHOS Transporte de Passageiros O Futuro do Transporte Metroferroviário nas Grandes Capitais Brasileiras - Perspectivas e Investimentos Delmo Pinho Subsecretário

Leia mais

Oficina QUAPÁ-SEL Euro-ELECS

Oficina QUAPÁ-SEL Euro-ELECS Oficina QUAPÁ-SEL Euro-ELECS Projeto Temático Os sistemas de espaços livres na constituição da forma urbana contemporânea no Brasil: produção e apropriação QUAPÁ-SEL Temas e atividades de trabalho das

Leia mais

Apresentação Institucional. Engenharia de Infraestrutura

Apresentação Institucional. Engenharia de Infraestrutura Apresentação Institucional Engenharia de Infraestrutura Líder de Mercado em Engenharia de Infraestrutura 24 anos de atuação, desenvolvendo projetos nas áreas de: Transporte e Mobilidade Desenvolvimento

Leia mais

Gestão de Inundações urbanas. Dr. Carlos E M Tucci Rhama Consultoria e IPH - UFRGS

Gestão de Inundações urbanas. Dr. Carlos E M Tucci Rhama Consultoria e IPH - UFRGS Gestão de Inundações urbanas Dr. Carlos E M Tucci Rhama Consultoria e IPH - UFRGS tucci@rhama.net Tipos de inundações Inundações ribeirinhas: inundações naturais resultado da flutuação dos rios durante

Leia mais

TEMA I. A POPULAÇÃO, UTILIZADORA DE RECURSOS E ORGANIZADORA DE ESPAÇOS

TEMA I. A POPULAÇÃO, UTILIZADORA DE RECURSOS E ORGANIZADORA DE ESPAÇOS 1.1. A população: evolução e diferenças regionais 1.1.1. A evolução da população na 2ª metade do século XX Preparação para exame nacional Geografia A 1/8 Síntese: Evolução demográfica da população portuguesa

Leia mais

DE OLHO NO FUTURO: COMO ESTARÁ GOIÂNIA DAQUI A 25 ANOS? Elaboração: DEBORAH DE ALMEIDA REZENDE 2 Apresentação: SÉRGIO EDWARD WIEDERHECKER 3

DE OLHO NO FUTURO: COMO ESTARÁ GOIÂNIA DAQUI A 25 ANOS? Elaboração: DEBORAH DE ALMEIDA REZENDE 2 Apresentação: SÉRGIO EDWARD WIEDERHECKER 3 Elaboração: DEBORAH DE ALMEIDA REZENDE 2 Apresentação: SÉRGIO EDWARD WIEDERHECKER 3 GOIÂNIA, 13/11/2013 Elaboração: DEBORAH DE ALMEIDA REZENDE 2 Apresentação: SÉRGIO EDWARD WIEDERHECKER 3 1 Esta apresentação

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Professor: João Carmo

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Professor: João Carmo INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Professor: João Carmo INTRODUÇÃO PLANEJAMENTO URBANO é um campo do conhecimento auxiliado por várias disciplinas como: Geografia,

Leia mais

O papel do planejamento, do desenho urbano e do projeto de edifícios na adaptação à mudança do clima na microescala

O papel do planejamento, do desenho urbano e do projeto de edifícios na adaptação à mudança do clima na microescala O papel do planejamento, do desenho urbano e do projeto de edifícios na adaptação à mudança do clima na microescala Contribuições a uma abordagem interdisciplinar Auxílio à pesquisa regular 2016/02825-5

Leia mais

Zoneamento Santos (Porção Insular - Lei Complementar nº 730/2011)

Zoneamento Santos (Porção Insular - Lei Complementar nº 730/2011) Zona da Orla - ZO Área caracterizada pela predominância de empreendimentos residenciais verticais de uso fixo e de temporada, permeada pela instalação de atividades recreativas e turísticas onde se pretende

Leia mais

Companhia de Engenharia de Tráfego CET

Companhia de Engenharia de Tráfego CET Secretaria Municipal de Transporte SMT Sec e a a u cpa de a spo e S Companhia de Engenharia de Tráfego CET Anhanguera Bandeirantes Fernão Dias Presidente Dutra Ayrton Senna MAIRIPORÃ Castello Branco CAIEIRAS

Leia mais

A nossa metrópole... No Estado do Rio 75% da população vive na metrópole. 71% do PIB Estadual 6 entre 10 municípios que mais arrecadam

A nossa metrópole... No Estado do Rio 75% da população vive na metrópole. 71% do PIB Estadual 6 entre 10 municípios que mais arrecadam A nossa metrópole... No Estado do Rio 75% da população vive na metrópole Municípios 21 Habitantes 12,3 milhões Área 6.700 km² 61% das UCs do Estado 71% do PIB Estadual 6 entre 10 municípios que mais arrecadam

Leia mais

IMÓVEL PARA INVESTIMENTO São Paulo - SP

IMÓVEL PARA INVESTIMENTO São Paulo - SP IMÓVEL PARA INVESTIMENTO São Paulo - SP Avenida Marquês de São Vicente, 1.213 Mandato de coordenação de comercialização a partir de agosto / 2016 CONFIDENCIAL Este documento contém informações confidenciais,

Leia mais

A TEMPERATURA E A UMIDADE DO AR EM NOVA ANDRADINA/MS EM AGOSTO DE 2008 ÀS 20h 1

A TEMPERATURA E A UMIDADE DO AR EM NOVA ANDRADINA/MS EM AGOSTO DE 2008 ÀS 20h 1 A TEMPERATURA E A UMIDADE DO AR EM NOVA ANDRADINA/MS EM AGOSTO DE 2008 ÀS 20h 1 Janaína Lopes Moreira janainamoreira1991@hotmail.com UNESP- Universidade Estadual Paulista Faculdade de Ciências e Tecnologia,

Leia mais

Estudo do Fluxo de Usuários nas Estações da CPTM. Fernando Galego Boselli Rodrigo Morganti Neres 20ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA

Estudo do Fluxo de Usuários nas Estações da CPTM. Fernando Galego Boselli Rodrigo Morganti Neres 20ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA Estudo do Fluxo de Usuários nas Estações da CPTM Fernando Galego Boselli Rodrigo Morganti Neres 20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA AEAMESP 2 Autores Fernando Galego Boselli arquiteto da Companhia

Leia mais