Organização Administrativa BOM DIA!!!

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Organização Administrativa BOM DIA!!!"

Transcrição

1 BOM DIA!!!

2 1. Introdução 2. Administração Pública 3. Órgão Público 4. Classificação dos Órgãos 5. Descentralização e Desconcentração 6. Função Pública 7. Cargo Público 8. Agente Público

3 1. Introdução Regime jurídico-administrativo: regime de direito público Prerrogativas (poderes especiais da Administração Pública) x limitações (restrições ao exercício arbitrário do poder)

4 Princípios Supremacia do Interesse Público Indisponibilidade do Interesse Público

5 Supremacia do interesse público: prevalência do interesse público sobre o particular, respeitados os direitos e garantias fundamentais, os limites legais e o devido processo legal. Exemplos: exercício do poder de polícia, cláusulas exorbitantes dos contratos administrativos, presunção de legitimidade dos atos administrativos, desapropriação etc.

6 Indisponibilidade do interesse público: a Administração somente pode atuar nos limites da lei. Não há vontade autônoma da Administração, mas somente a vontade do povo, que é expressa através da lei. Exemplos: licitação, exigência de motivação dos atos administrativos, restrição à alienação de bens públicos etc.

7 Estado - pessoa jurídica territorial soberana, formada pelos elementos povo, território e governo soberano. Pessoa jurídica de direito público (artigos 40 e 41 do Código Civil). Elementos do Estado: povo, território e governo soberano.

8 Poderes do Estado: Legislativo, Executivo e Judiciário (independentes e harmônicos entre si artigo 2 da Constituição Federal) Critério: precipuidade de funções (não a privatividade de funções) Poder Legislativo função normativa Poder Executivo função administrativa Poder Judiciário função judicial

9 Organização do Estado Constituição Federal - divisão política do território - estruturação dos poderes - forma de governo - investidura dos governantes - direitos e garantias dos cidadãos Organização do Município Lei Orgânica Municipal (L.O.M.)

10 Organização Administração Pública legislação complementar e ordinária Entes federativos União, Estados, Municípios e Distrito Federal Autonomia política aos Municípios - peculiaridade da Federação brasileira

11 Organização da Administração: estruturação legal das entidades e órgãos que irão desempenhar as funções, através de agentes públicos. Governo # Administração

12 Governo conjunto de poderes e órgãos constitucionalmente estruturados, de onde emana a condução política dos negócios públicos e a fixação dos objetivos do Estado. Constitui atividade política, discricionária e independente, atuando com responsabilidade constitucional e política.

13 Administração Pública Conjunto de órgãos instituídos para consecução dos objetivos do Governo, desempenhando as funções necessárias aos serviços públicos de forma contínua, sistemática, legal e técnica dos serviços estatais. A Administração é o instrumental de que dispõe o Estado para por em prática as opções políticas do Governo.

14 Administração Pública Sentido amplo: abrange órgãos de governo e órgãos propriamente administrativos. Sentido estrito: abrange órgãos que exercem funções estritamente administrativas. Políticas públicas: - Governo: elaboração e fixação - Administração: execução

15 2. Administração Pública Sentido formal, subjetivo ou orgânico conjunto de pessoas, órgãos ou agentes que o ordenamento jurídico identifica como administração pública, não importando a atividade que exercem. O Brasil adota o critério formal da administração pública.

16 Sentido material, objetivo ou formal conjunto de atividades que são costumeiramente consideradas inerentes à função administrativa. São tais atividades: - serviço público - polícia administrativa - fomento - intervenção

17 Entidade: pessoa jurídica, pública ou privada. Órgão: elemento despersonalizado, incumbido da realização das atividades da entidade a que pertence, através de seus agentes. Classificação das entidades: - Entidades estatais - Entidades autárquicas - Entidades fundacionais - Entidades empresariais - Entidades paraestatais

18 3. Órgão Público Órgãos públicos - centros de competência instituídos para o desempenho de funções estatais, através de seus agentes, cuja atuação é imputada à pessoa jurídica a que pertencem.

19 3. Órgão Público Órgãos públicos - centros de competência instituídos para o desempenho de funções estatais, através de seus agentes, cuja atuação é imputada à pessoa jurídica a que pertencem.

20 Cada órgão contém funções, cargos e agentes, mas é distinto de tais elementos, que podem ser modificados ou suprimidos sem afetar a unidade orgânica. Obs.: A criação ou extinção de órgãos da admnistração depende de lei, da iniciativa do Poder Executivo. Decreto dispõe sobre o funcionamento

21 Órgãos administrativos não possuem vontade própria (são membros de um corpo, a Administração Pública), não possuindo personalidade jurídica própria. Manifestam-se através de seus agentes, e a atuação dos órgãos é imputada às pessoas jurídicas as quais pertencem. Representação legal: agentes (procuradores judiciais, administrativos, ou o próprio Chefe do Executivo.

22 Imputação do órgão (atuação do órgão são imputados à entidade a que pertence) # Representação do órgão (atuação de agentes do órgão em representação deste em face de terceiros).

23 4. Classificação dos Órgãos Públicos Quanto à posição estatal Quanto à estrutura Quanto à atuação funcional

24 Quanto à posição estatal: Independentes (ou primários) órgãos originários da Constituição e representativos dos poderes do Estado. Funções políticas, judiciais e quase-judiciais. Agentes políticos. Exemplos: Corporações legislativas, Chefias de Executivo, Tribunais e Juízos singulares etc.

25 Autônomos: órgãos localizados na cúpula da Administração, imediatamente subordinados aos órgãos independentes, com autonomia administrativa, financeira e técnica. Funções de supervisão, planejamento, e direção. Exemplos: Ministérios, Secretarias, órgãos subordinados aos Chefes dos Poderes. Via de regra, compõe-se de agentes políticos nomeados em comissão.

26 Órgãos superiores: são órgãos de direção e controle, mas não possuem autonomia financeiro-administrativa, restringindo-se a atividade ao planejamento e soluções técnicas, com responsabilidade pela execução. Exemplos: gabinetes, secretarias gerais, gabinetes, procuradorias administrativas e judiciais, departamentos etc.

27 Órgãos subalternos: encontram-se hierarquicamente subordinados aos órgãos supereiores, com reduzido poder de decisão e predominância de funções de execução. Exemplos: portarias, seções de expediente etc.

28 Quanto à estrutura: Órgãos simples ou unitários: constituídos por um único centro de competência. Critério: inexistência de outro órgão dentro de sua estrutura. Órgãos compostos reúnem em sua estrutura outros órgãos menores, com função principal idêntica ou funções diversificadas. As funções são desconcentradas.

29 Quanto à atuação funcional: Órgãos singulares ou unipessoais decidem através de um único agente. Exemplos: Presidente, Governador, Prefeito. Órgãos Colegiados ou pluripessoais órgãos qua atuam e decidem pela vontade majoritária de seus membros, na forma legal, regimental ou estatutária.

30 Procedimentos do órgão colegiado: convocação, sessão, verificação de quorum, e de impedimentos, discussão, votação e proclamação dos resultados. Exemplos: conselhos. Votos vencedores da maioria ato simples.

31 5. Centralização, Descentralização e Desconcentração Centralização administrativa o Estado executa diretamente suas tarefas, através dos órgãos e agentes da Administração Direta.

32 Descentralização administrativa o Estado desempenha suas funções por meio de outras pessoas que não os da Administração Direta, pressupondo duas pessoas distintas. Exemplo: outorga (lei), delegação (concessão ou permissão - contrato), ou autorização (ato unilateral).

33 Desconcentração ocorre quando pessoa política ou ente da administração indireta distribui competências dentro da sua própria estrutura, procurando tornar mais ágil e eficiente a prestação de serviços. Envolve, portanto, somente uma pessoa jurídica.

34 6. Função Pública Encargo atribuído aos órgãos, cargos e agentes públicos. O órgão recebe o encargo in genere e o repassa ao agente in specie, ou ainda, transferindo diretamente o encargo, com as prerrogativas e limitações legais.

35 7. Cargo Público Lugar criado no órgão público para o desempenho de determinada função pública por agente legalmente investido. Cargo integra o órgão Agente titulariza o cargo

36 8. Agente Público Conceito: pessoa física a quem é incumbida, definitiva ou transitoriamente, o exercício de alguma função estatal.

37 Espécies de agentes públicos: a) agentes políticos b) agentes administrativos c) agentes honoríficos d) agentes delegados e) agentes credenciados

38 Investidura: ato ou procedimento legal de vinculação do agente ao Estado. Espécies: Política Vitalícia Efetiva Comissão

39 Organização administrativa do Município de Campinas Lei Municipal n /99 OBRIGADO!!!

40 Introdução Administração Pública Órgão Público Classificação dos Órgãos Descentralização e Desconcentração Função Pública Cargo Público Agente Público

2.7. Resumo Elementos do Estado: povo, território e governo soberano.

2.7. Resumo Elementos do Estado: povo, território e governo soberano. 63 QUESTÃO COMENTADA AFRF 2003 Esaf Não há previsão legal para a celebração de contrato de gestão entre a pessoa jurídica de direito público política e a seguinte espécie: a) órgão público; b) organização

Leia mais

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento - Curso Básico - Poderes Administrativos; - Administração Pública; - Atos Administrativos; - Lei nº 9.784/1999 - Regras Gerais dos Processos Administrativos; - Licitações; - Contratos Administrativos;

Leia mais

Policia Rodoviária Federal - PRF DIREITO ADMINISTRATIVO

Policia Rodoviária Federal - PRF DIREITO ADMINISTRATIVO Policia Rodoviária Federal - PRF DIREITO ADMINISTRATIVO CURSO REGULAR Prof. Valmir Rangel ESTADO GOVERNO ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Sociedade Politicamente Organizada ESTADO ELEMENTOS DO ESTADO Povo Território

Leia mais

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÃO 1 - Quanto aos princípios constitucionais da Administração Pública, assinale a alternativa correta. A. O princípio da supremacia

Leia mais

COMENTÁRIO DAS QUESTÕES DA PROVA PARA AFRE RS BANCA FUNDATEC

COMENTÁRIO DAS QUESTÕES DA PROVA PARA AFRE RS BANCA FUNDATEC COMENTÁRIO DAS QUESTÕES DA PROVA PARA AFRE RS BANCA FUNDATEC DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÃO 32 Os atos administrativos estão sujeitos a um regime jurídico especial, que se traduz pela conjugação de certos

Leia mais

Organização da Aula. Direito Administrativo Aula n. 2. Contextualização

Organização da Aula. Direito Administrativo Aula n. 2. Contextualização Organização da Aula Direito Administrativo Aula n. 2 Administração Pública Professor: Silvano Alves Alcantara Contextualização Câmara autoriza prefeito a criar empresa pública para gerir novo Pronto-Socorro

Leia mais

O ESTADO E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA

O ESTADO E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA O ESTADO E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA ESTADO Conjunto de regras, pessoas e organizações que se separam da sociedade para organizá-la. - Só passa a existir quando o comando da comunidade

Leia mais

ATA - Exercício Direito Administrativo Exercício Giuliano Menezes Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercício Direito Administrativo Exercício Giuliano Menezes Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercício Direito Administrativo Exercício Giuliano Menezes 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 01. A Administração Pública, como tal prevista na Constituição

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA MATER CHRISTI Direito, Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis ROTEIRO DE AULA

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA MATER CHRISTI Direito, Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis ROTEIRO DE AULA ROTEIRO DE AULA Ponto 04 Organização Administrativa 1. Centralização e Descentralização As competências dos entes políticos são atribuídas a estes constitucionalmente. A esses entes é possível, em certas

Leia mais

Pessoas Jurídicas. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Pessoas Jurídicas. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Pessoas Jurídicas Pessoas Jurídicas Pessoas jurídicas são entidades criadas para a realização de um fim e reconhecidas pela ordem jurídica como sujeitos de direitos e deveres. Pessoas Jurídicas Características:

Leia mais

FUNÇÕES E COMPETÊNCIAS DOS PODERES MUNICIPAIS

FUNÇÕES E COMPETÊNCIAS DOS PODERES MUNICIPAIS FUNÇÕES E COMPETÊNCIAS DOS PODERES MUNICIPAIS ROBERTO KURTZ PEREIRA MUNICÍPIO Posição do Município na Federação. A Constituição Federal de 1988, elevou o Município como ente federativo. Consagrou a autonomia

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL I

DIREITO CONSTITUCIONAL I DIREITO CONSTITUCIONAL I De acordo com Uadi Bulos, a Constituicao de 1988 qualificou a organizacao do Estado brasileiro como politico-administrativa. A ORGANIZACAO ESPACIAL E TERRITORIAL DO PODER DO ESTADO,

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ESQUEMATIZADO: ANALISTA JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ESQUEMATIZADO: ANALISTA JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ESQUEMATIZADO: ANALISTA JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA DE ACORDO COM O EDITAL N 1, DE 24 DE NOVEMBRO DE 201, DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO, TRE-SP CONHECIMENTOS BÁSICOS

Leia mais

I - O ESTADO, A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO- ADMINISTRATIVO

I - O ESTADO, A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO- ADMINISTRATIVO Direito Administrativo Sumário Capítulo I - O ESTADO, A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO- ADMINISTRATIVO 1. Estado: conceito, evolução e transformações... 17 2. Administração

Leia mais

ORGANIZAÇÃO POLÍTICO- ADMINISTRATIVA DO ESTADO BRASILEIRO COMPETÊNCIAS FEDERATIVAS

ORGANIZAÇÃO POLÍTICO- ADMINISTRATIVA DO ESTADO BRASILEIRO COMPETÊNCIAS FEDERATIVAS ORGANIZAÇÃO POLÍTICO- ADMINISTRATIVA DO ESTADO BRASILEIRO COMPETÊNCIAS FEDERATIVAS COMPETENCIAS FEDERATIVAS Conceito Segundo Uadi Bulos, sao parcelas de poder atribuidas, pela soberania do Estado Federal,

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 20, DE 04 DE ABRIL DE

LEI COMPLEMENTAR Nº 20, DE 04 DE ABRIL DE LEI COMPLEMENTAR Nº 20, DE 04 DE ABRIL DE 2002-06-07 DISPÕE SOBRE A REESTRUTURAÇÃO DA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE ALAGOAS FAPEAL, INSTITUÍDA PELA LEI COMPLEMENTAR Nº 05, DE 27 DE SETEMBRO

Leia mais

Consórcios Públicos. Características da Federação brasileira: município como ente federativo;

Consórcios Públicos. Características da Federação brasileira: município como ente federativo; Consórcios Públicos Consórcios Públicos Características da Federação brasileira: município como ente federativo; Consórcios Públicos: conceito, objetivos e características da nova legislação; Breve panorama

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS ESTADO DO PARÁ

MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS ESTADO DO PARÁ A N E X O I I D O E D I T A L N º 0 1 / 2 0 1 2 D O S C O N T E Ú D O S P R O G R A M Á T I C O S CARGO 401: SUBPROCURADOR DE CONTAS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS:

Leia mais

Direito Constitucional

Direito Constitucional Direito Constitucional Poder Legislativo: Funções Típicas e Atípicas / Congresso Nacional Professora Kerolinne Barboza www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Constitucional PODER LEGISLATIVO: FUNÇÕES TÍPICAS

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL 1. Contextualização - Posso torturar uma pessoa? - Posso montar uma associação de assistência às mulheres solteiras mal amadas e carentes? - Quem pode ser Presidente, Vereador? - Quem e como se cria leis?

Leia mais

Prof. Me. Edson Guedes. Unidade II INSTITUIÇÕES DE DIREITO

Prof. Me. Edson Guedes. Unidade II INSTITUIÇÕES DE DIREITO Prof. Me. Edson Guedes Unidade II INSTITUIÇÕES DE DIREITO 5. Direito Civil Unidade II 5.1 Da validade dos negócios jurídicos; 5.2 Responsabilidade civil e ato ilícito; 5. Direito Civil 5.1 Da validade

Leia mais

Julgue os itens a seguir. 16. (Funiversa/PC GO/Papiloscopista/2015) A descentralização

Julgue os itens a seguir. 16. (Funiversa/PC GO/Papiloscopista/2015) A descentralização Direito Administrativo Vinícius Soares EXERCÍCIOS Julgue os itens a seguir. 1. (Funiversa/PC GO/Papiloscopista/2015) A desconcentração pode ocorrer por meio da transferência de atividades para a órbita

Leia mais

Direito Administrativo. Serviços Públicos. Professor Leandro Velloso

Direito Administrativo. Serviços Públicos. Professor Leandro Velloso Direito Administrativo Professor Leandro Velloso www.leandrovelloso.com.br www.colecaooab.com.br leovelloso@hotmail.com Conceituação Serviços Públicos Prestação estatal direta ou indireta dirigida à coletividade

Leia mais

Como pensa o examinador em provas para a Magistratura do TJ-RS? MAPEAMENTO DAS PROVAS - DEMONSTRAÇÃO -

Como pensa o examinador em provas para a Magistratura do TJ-RS? MAPEAMENTO DAS PROVAS - DEMONSTRAÇÃO - Curso Resultado Um novo conceito em preparação para concursos! Como pensa o examinador em provas para a Magistratura do TJ-RS? MAPEAMENTO DAS PROVAS - DEMONSTRAÇÃO - Trabalho finalizado em julho/2015.

Leia mais

Direito Constitucional TJ/RJ Prof. Carlos Andrade

Direito Constitucional TJ/RJ Prof. Carlos Andrade Direito Constitucional TJ/RJ Prof. Carlos Andrade 19. Segundo a Constituição Federal, os tratados e convenções internacionais sobre direitos humanos que forem aprovados, em cada Casa do Congresso Nacional,

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Introdução ao Direito Administrativo... 1

Sumário. Capítulo 1 Introdução ao Direito Administrativo... 1 Sumário Capítulo 1 Introdução ao Direito Administrativo... 1 1.1. Conceito... 1 1.2. Histórico do Direito Administrativo... 4 1.3. Objeto... 4 1.4. Fontes... 4 1.5. Sistemas Administrativos ou Mecanismos

Leia mais

LEGISLAÇÃO COMERCIAL E TRIBUTÁRIA AULA V

LEGISLAÇÃO COMERCIAL E TRIBUTÁRIA AULA V LEGISLAÇÃO COMERCIAL E TRIBUTÁRIA AULA V IV DIREITO CONSTITUCIONAL (continuação) 1. Poder Constituinte Poder Constituinte é o poder que o povo atribui aos Constituintes, pessoas eleitas com o poder-obrigação

Leia mais

PONTO 1: Poder Constituinte PONTO 2: Poder Reformador PONTO 3: Poder Constituinte Decorrente 1. PODER CONSTITUINTE NATUREZA DO PODER CONSTITUINTE:...

PONTO 1: Poder Constituinte PONTO 2: Poder Reformador PONTO 3: Poder Constituinte Decorrente 1. PODER CONSTITUINTE NATUREZA DO PODER CONSTITUINTE:... 1 DIREITO CONSTITUCIONAL PONTO 1: Poder Constituinte PONTO 2: Poder Reformador PONTO 3: Poder Constituinte Decorrente Precedentes: RExt 466.343 RExt 349.703 HC 87.585 1. PODER CONSTITUINTE Poder de elaborar

Leia mais

Unidade I INSTITUIÇÕES DO DIREITO. Prof. Me. Edson Guedes

Unidade I INSTITUIÇÕES DO DIREITO. Prof. Me. Edson Guedes Unidade I INSTITUIÇÕES DO DIREITO Prof. Me. Edson Guedes 1. Introdução ao Direito 1.1 Origem do Direito: Conflitos humanos; Evitar a luta de todos contra todos; 1. Introdução ao Direito 1.2 Conceito de

Leia mais

Capítulo 1 Noções Preliminares Direito Direito Administrativo...2

Capítulo 1 Noções Preliminares Direito Direito Administrativo...2 S u m á r i o Capítulo 1 Noções Preliminares... 1 1. Direito...1 2. Direito Administrativo...2 2.1. Conceito... 2 2.2. Relação com outros ramos do direito... 6 2.3. Fontes do Direito Administrativo...

Leia mais

Direito Constitucional -Poder Legislativo- Profº. Cleiton Coutinho

Direito Constitucional -Poder Legislativo- Profº. Cleiton Coutinho Direito Constitucional -Poder Legislativo- Profº. Cleiton Coutinho 01. Quanto ao Congresso Nacional, considere: I. O número total de Deputados, bem como a representação por Estado e pelo Distrito Federal,

Leia mais

CONTROLE INTERNO LEI MUNICIPAL MÍNIMA

CONTROLE INTERNO LEI MUNICIPAL MÍNIMA CONTROLE INTERNO LEI MUNICIPAL MÍNIMA Constituição Federal Art. 31. A fiscalização do Município será exercida pelo Poder Legislativo Municipal, mediante controle externo, e pelos sistemas de controle interno

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO DNIT ANALISTA DE INFRAESTRUTURA ENGENHARIA CIVIL

CONTROLE DE CONTEÚDO DNIT ANALISTA DE INFRAESTRUTURA ENGENHARIA CIVIL 1 Ordenação de frases (compreensão textual). 2 Sintaxe: termos da oração. Pontuação. 3 Sintaxe: período composto por coordenação. Pontuação. 4 Sintaxe: período composto por subordinação. Pontuação. 5 Sintaxe:

Leia mais

A REGULAÇÃO COMO DIREITO FUNDAMENTAL E O PRINCÍPIO DA

A REGULAÇÃO COMO DIREITO FUNDAMENTAL E O PRINCÍPIO DA 1 / N A REGULAÇÃO COMO DIREITO FUNDAMENTAL E O PRINCÍPIO DA VEDAÇÃO DO RETROCESSO Liliane Sonsol Gondim Bacharela em Direito, Especialista em Direito Constitucional e em Direito Ambiental, Universidade

Leia mais

Aula 3 O Estado. Objetivos:

Aula 3 O Estado. Objetivos: Aula 3 O Estado Objetivos: a) Conhecer a estrutura política e jurídica de um Estado; b) Conhecer a estrutura política e jurídica do Estado brasileiro; c) Relacionar o conhecimento da estrutura política

Leia mais

PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1. Direito Civil e Processual Civil

PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1. Direito Civil e Processual Civil PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1 Direito Civil e Processual Civil DIREITO CIVIL 1. Direito das relações de consumo: Reparação dos danos; Práticas comerciais. 2. Locação de imóveis urbanos: locação residencial.

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 O Direito Administrativo 1. Capítulo 2 Estado, Governo e Administração Pública 5

Sumário. Capítulo 1 O Direito Administrativo 1. Capítulo 2 Estado, Governo e Administração Pública 5 Sumário Capítulo 1 O Direito Administrativo 1 1.1. Direito público e direito privado...1 1.2. Conceito... 2 1.3. Fontes do Direito Administrativo...3 Capítulo 2 Estado, Governo e Administração Pública

Leia mais

DECRETO LEGISLATIVO REGIONAL N.º 8/2007 REGIME DAS PRECEDÊNCIAS PROTOCOLARES E DO LUTO REGIONAL NA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES

DECRETO LEGISLATIVO REGIONAL N.º 8/2007 REGIME DAS PRECEDÊNCIAS PROTOCOLARES E DO LUTO REGIONAL NA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES DECRETO LEGISLATIVO REGIONAL N.º 8/2007 REGIME DAS PRECEDÊNCIAS PROTOCOLARES E DO LUTO REGIONAL NA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES A particular configuração que as regras das precedências protocolares assumem

Leia mais

SUMÁRIO LIVRO I IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA. Parte 1 Direito Material Rafael Carvalho Rezende Oliveira

SUMÁRIO LIVRO I IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA. Parte 1 Direito Material Rafael Carvalho Rezende Oliveira SUMÁRIO LIVRO I IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA Parte 1 Direito Material Rafael Carvalho Rezende Oliveira 1. INTRODUÇÃO 1.1. A importância do combate à corrupção 1.2. Conceito de improbidade administrativa

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO 01 - PRINCÍPIOS. Prof. Dra. Nara Suzana Stainr Pires

DIREITO ADMINISTRATIVO 01 - PRINCÍPIOS. Prof. Dra. Nara Suzana Stainr Pires DIREITO ADMINISTRATIVO 01 - PRINCÍPIOS Prof. Dra. Nara Suzana Stainr Pires Regras que funcionam como parâmetros para a interpretação das demais normas jurídicas NORTEADORES/ORIENTADORES NÃO IMPÕEM UMA

Leia mais

CONCURSEIRO 10 Policia Rodoviária Federal - PRF DIREITO ADMINISTRATIVO

CONCURSEIRO 10 Policia Rodoviária Federal - PRF DIREITO ADMINISTRATIVO CONCURSEIRO 10 Policia Rodoviária Federal - PRF DIREITO ADMINISTRATIVO CURSO REGULAR Prof. Valmir Rangel ESTADO GOVERNO ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Sociedade Politicamente Organizada ESTADO ELEMENTOS DO ESTADO

Leia mais

O SISTEMA FEDERATIVO E A INTERVENÇÃO FEDERAL

O SISTEMA FEDERATIVO E A INTERVENÇÃO FEDERAL O SISTEMA FEDERATIVO E A INTERVENÇÃO FEDERAL GUSTAVO GUSMÃO O SISTEMA FEDERATIVO E A INTERVENÇÃO FEDERAL INTRODUÇÃO: O Brasil é uma República Federativa, isto é, uma Federação composta de Estados- membros

Leia mais

Vinícius Soares. Direito Administrativo

Vinícius Soares. Direito Administrativo Vinícius Soares Direito Administrativo Direito Administrativo Vinícius Soares Exercícios Organização Administrativa do Estado Julgue os itens a seguir. 1. (Cespe/STJ/2015) É defeso aos Poderes Judiciário

Leia mais

Estado, Governo e Administração Pública

Estado, Governo e Administração Pública Capítulo 1 O Direito Administrativo 1.1. Direito público e direito privado 1.2. Conceito de Direito Administrativo Critérios 1.2.1. Escola legalista 1.2.2. Escola do Serviço Público 1.2.3. Escola da Puissance

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL PROFESSOR: Fábio Ramos 2015 FGV TJ/PI Analista Judiciário Escrivão Judicial 1. A Constituição de 1988, ao enunciar os seus princípios fundamentais, fez menção, em seu art. 1º, à

Leia mais

Dicas de Direito Constitucional

Dicas de Direito Constitucional Dicas de Direito Constitucional Olá Concursando, Hoje vamos estudar um pouco de Direito Constitucional, passando pela Teoria do Direito Constitucional e abarcando também o art. 1º da Constituição Federal

Leia mais

CAPÍTULO 1: NOTAS INTRODUTÓRIAS...1

CAPÍTULO 1: NOTAS INTRODUTÓRIAS...1 Sumário CAPÍTULO 1: NOTAS INTRODUTÓRIAS...1 1. Introdução...1 2. Pressupostos Teóricos do Controle de Constitucionalidade...2 3. Supremacia Constitucional Fundamento do Mecanismo de Controle de Constitucionalidade...2

Leia mais

2º É vedada a constituição de cooperativa mista com seção de crédito.

2º É vedada a constituição de cooperativa mista com seção de crédito. Dispõe sobre o Sistema Nacional de Crédito Cooperativo e revoga dispositivos das Leis 4.595/64 de 31 de dezembro de 1964 e 5.764/71 de 16 de dezembro de 1971. Art. 1º As instituições financeiras constituídas

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação 2007/1 ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO ELEITORAL E PARTIDÁRIO Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito

Leia mais

Aula 8/16 ORGANIZAÇÃO DO ESTADO BRASILEIRO. Prof. Wallace C. Seifert Concurso para RFB

Aula 8/16 ORGANIZAÇÃO DO ESTADO BRASILEIRO. Prof. Wallace C. Seifert Concurso para RFB ORGANIZAÇÃO DO ESTADO BRASILEIRO Aula 8/16 Prof. Wallace C. Seifert Concurso para RFB INTRODUÇÃO Slide # 2 FORMA DE ESTADO (Art. 1º) Federação união indissolúvel Impossibilidade de secessão Composição

Leia mais

EXERCÍCIOS. Administração Indireta. Aspectos Gerais

EXERCÍCIOS. Administração Indireta. Aspectos Gerais Direito Administrativo Vinícius Soares EXERCÍCIOS Administração Indireta Aspectos Gerais Julgue o item a seguir. 1. (Cespe/Prefeitura de São Paulo/2016) As pessoas administrativas que formam a administração

Leia mais

FONTES DO DIREITO. Prof. Thiago Gomes

FONTES DO DIREITO. Prof. Thiago Gomes Prof. Thiago Gomes 1. CONTEXTUALIZAÇÃO QUAL FONTE VOCÊ PRECISA? 2. CONSIDERAÇÕES INICIAIS Expressão designa todas as representações que, de fato, influenciam a função criadora e aplicadora do Direito.

Leia mais

DA ORGANIZAÇÃO POLÍTICO ADMINISTRATIVA ARTIGOS 18 E 19 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL

DA ORGANIZAÇÃO POLÍTICO ADMINISTRATIVA ARTIGOS 18 E 19 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DA ORGANIZAÇÃO POLÍTICO ADMINISTRATIVA ARTIGOS 18 E 19 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL A organização político administrativa da República Federativa do Brasil compreende a União, os Estados, o Distrito Federal,

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA COMO FUNÇÃO DO ESTADO

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA COMO FUNÇÃO DO ESTADO ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA COMO FUNÇÃO DO ESTADO Estado: Pessoa Jurídica de Direito Público; Submetido às normas estipuladas pela Constituição Federal; Dirigido por um governo que possui soberania reconhecida

Leia mais

OS PARTIDOS POLÍTICOS NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA

OS PARTIDOS POLÍTICOS NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA RESUMO Este texto expõe a relevância dos partidos políticos no contexto constitucional português. Para este efeito, analisam-se as linhas que institucionalizam as organizações político-partidárias; os

Leia mais

f ÅâÄtwÉ wx IED / V Çv t céä à vt `öüv t cxä áátü INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA

f ÅâÄtwÉ wx IED / V Çv t céä à vt `öüv t cxä áátü INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA 01) Não se enquadra na subdivisão de "Público" o direito: a) Constitucional b) Administrativo. c) Judiciário / processual. d) Penal. e) Comercial. 02) Não

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA PORTUGUESA 7.ª revisão 2005 (excertos) Princípios fundamentais. ARTIGO 10.º (Sufrágio universal e partidos políticos)

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA PORTUGUESA 7.ª revisão 2005 (excertos) Princípios fundamentais. ARTIGO 10.º (Sufrágio universal e partidos políticos) CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA PORTUGUESA 7.ª revisão 2005 (excertos) Princípios fundamentais ARTIGO 10.º (Sufrágio universal e partidos políticos) 1. O povo exerce o poder político através do sufrágio universal,

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo I Teoria da Constituição...1

SUMÁRIO. Capítulo I Teoria da Constituição...1 SUMÁRIO Capítulo I Teoria da Constituição...1 1. Constituição...1 1.1 Conceito...1 1.2. Classificação das Constituições...1 1.3. Interpretação das Normas Constitucionais...3 1.4. Preâmbulo Constitucional...5

Leia mais

Objetivos: Dar ao aluno noções gerais sobre o Estado e a ordem social e oferecer-lhe o pleno conhecimento da organização constitucional brasileira.

Objetivos: Dar ao aluno noções gerais sobre o Estado e a ordem social e oferecer-lhe o pleno conhecimento da organização constitucional brasileira. DISCIPLINA: CONSTITUCIONAL I CARGA HORÁRIA TOTAL: 60 CRÉDITOS: 04 CÓDIGO: DIR 02-07411 Dar ao aluno noções gerais sobre o Estado e a ordem social e oferecer-lhe o pleno conhecimento da organização constitucional

Leia mais

CAPÍTULO IV CRÉDITOS ADICIONAIS 1. Introdução 2. Créditos suplementares 3. Créditos especiais

CAPÍTULO IV CRÉDITOS ADICIONAIS 1. Introdução 2. Créditos suplementares 3. Créditos especiais SUMÁRIO CAPÍTULO I INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA 1.1 O Direito Financeiro e a Administração Financeira e Orçamentária 1.2 Normas gerais de Direito Financeiro 2. A atividade financeira

Leia mais

Exmo. Senhor (Nome e morada)

Exmo. Senhor (Nome e morada) Exmo. Senhor (Nome e morada) Na sequência da reclamação apresentada em (data de apresentação da reclamação), do acto de processamento do seu vencimento, relativo ao mês de Janeiro de 2011, e em resposta

Leia mais

Direito Administrativo. Lista de Exercícios. Poderes Administrativos

Direito Administrativo. Lista de Exercícios. Poderes Administrativos Direito Administrativo Lista de Exercícios Poderes Administrativos 1. Considere que a prefeitura de determinado município tenha concedido licença para reforma de estabelecimento comercial. Nessa situação

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE (Do Poder Executivo)

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE (Do Poder Executivo) PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE 2003 (Do Poder Executivo) Modifica os artigos 37, 40, 42, 48, 96, 142 e 149 da Constituição Federal, o artigo 8º da Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro

Leia mais

AFRFB/ATRFB/AFT 2012 DIREITO ADMINISTRATIVO PROFESSOR LUCIANO OLIVEIRA - AULA 02

AFRFB/ATRFB/AFT 2012 DIREITO ADMINISTRATIVO PROFESSOR LUCIANO OLIVEIRA - AULA 02 Olá, concurseiros! Vamos à nossa aula 02 para Auditor Fiscal e Analista Tributário da Receita Federal e Auditor Fiscal do Trabalho. Hoje falaremos da Administração Pública direta e indireta e das entidades

Leia mais

Entidades fundacionais as fundações públicas Conceito

Entidades fundacionais as fundações públicas Conceito 28 comum a todos os consorciados que, de forma isolada, não poderiam alcançar. Assim, os entes federativos firmam um contrato sem fins lucrativos, após a devida autorização legislativa de cada um, possibilitando

Leia mais

Categorias/ Questões. Conteúdos/ Matéria. Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Tipo de aula. Semana 1 UNIDADE I

Categorias/ Questões. Conteúdos/ Matéria. Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Tipo de aula. Semana 1 UNIDADE I PLANO DE CURSO DISCIPLINA: AGENTES E CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (CÓD. ENEX 60124) ETAPA: 5ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências

Leia mais

4 - A LOA compreende, entre outros, o orçamento de investimento de todas as empresas de que a União participe.

4 - A LOA compreende, entre outros, o orçamento de investimento de todas as empresas de que a União participe. Orçamento Público CF/88 (CESPE SAD/PE Analista de Controle Interno Especialidade: Finanças Públicas/2010) - A seção II do capítulo referente às finanças públicas, estabelecido na CF, regula os denominados

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL DIREITO CONSTITUCIONAL PEÇA PROFISSIONAL O governo brasileiro, preocupado com os índices crescentes de ataques terroristas no mundo, vinculou-se à Convenção sobre os Direitos Humanos das Vítimas de Atividades

Leia mais

TEMA 4: ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA DO ESTADO BRASILEIRO

TEMA 4: ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA DO ESTADO BRASILEIRO TEMA 4: ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA DO ESTADO BRASILEIRO A União não intervirá nos Estados nem no Distrito Federal, exceto para: (...) O Estado não intervirá em seus Municípios, nem a União nos

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA PSDB e o DEMOCRATAS - DEM, agremiações partidárias com representação no Congresso Nacional e com sede nesta Capital,

Leia mais

ADVOCACIA PÚBLICA. CLAUDIO MADUREIRA Autor. Formato: 14,5x21,5 cm CÓDIGO: Prefácio Carlos Mário da Silva Velloso

ADVOCACIA PÚBLICA. CLAUDIO MADUREIRA Autor. Formato: 14,5x21,5 cm CÓDIGO: Prefácio Carlos Mário da Silva Velloso CLAUDIO MADUREIRA Autor ADVOCACIA PÚBLICA Prefácio Carlos Mário da Silva Velloso Área específica Direito Administrativo. Este livro é sobre a advocacia pública; sobre o papel dos procuradores na conformação

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA NÍVEL SUPERIOR. 1. Quanto à compreensão de textos Reconhecimento da intenção comunicativa dominante no texto;

LÍNGUA PORTUGUESA NÍVEL SUPERIOR. 1. Quanto à compreensão de textos Reconhecimento da intenção comunicativa dominante no texto; UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO PARA CÂMARA MUNICIPAL DE MOSSORÓ PROGRAMA DE ESTUDOS Cargo: Advogado LÍNGUA PORTUGUESA NÍVEL SUPERIOR 1. Quanto à

Leia mais

Sociológico Político Jurídico

Sociológico Político Jurídico A CONSTITUIÇÃO Sociológico Político Jurídico Ferdinand Lassalle; Soma dos fatores reais de poder; A Essência da Constituição / O Que é Constituição? Constituição escrita é uma simples folha de papel. Carl

Leia mais

Direito Administrativo AULA 01

Direito Administrativo AULA 01 Direito Administrativo AULA 01 Estado, Governo e Adm. Pública Conceitos Estado É uma estrutura política e organizacional que se sobrepõe à sociedade, ao mesmo tempo que dela faz parte. Governo - É o conjunto

Leia mais

LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Módulo Especial

LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Módulo Especial LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Módulo Especial CONCURSO: Ministério Público da União CARGO: Técnico e Analista do MPU PROFESSOR: Rodolpho Bacchi Este curso é protegido por direitos

Leia mais

TEMA 1: ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA DO ESTADO BRASILEIRO

TEMA 1: ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA DO ESTADO BRASILEIRO TEMA 1: ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA DO ESTADO BRASILEIRO A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado

Leia mais

A Administração Pública Direta e Indireta

A Administração Pública Direta e Indireta A Administração Pública Direta e Indireta Augusto Antônio Fontanive Leal e Poliana Borges Costa 1 Resumo: Definir Administração Pública e expor suas atribuições. Explanar sobre serviços públicos e suas

Leia mais

PROCESSO PENAL ANTONIO DOS SANTOS JUNIOR.

PROCESSO PENAL ANTONIO DOS SANTOS JUNIOR. PROCESSO PENAL ANTONIO DOS SANTOS JUNIOR asjunior2004@uolcombr JURISDIÇÃO Poder Judiciário: garantir a realização dos direitos através de seus órgãos; Órgãos devem ter jurisdição (função de conhecer os

Leia mais

Reunião COSEMS-CE. Lei /2014. Piso Salarial dos ACS e ACE

Reunião COSEMS-CE. Lei /2014. Piso Salarial dos ACS e ACE Reunião COSEMS-CE Lei 12.994/2014 Piso Salarial dos ACS e ACE O Piso Nacional criado corresponde ao vencimento inicial dos ACS e ACE (Art. 9º-A). Desse modo, o valor fixado não contempla eventuais adicionais

Leia mais

DECRETO Nº , DE 13 DE MARÇO DE

DECRETO Nº , DE 13 DE MARÇO DE DECRETO Nº 22.787, DE 13 DE MARÇO DE 2002 1 Dispõe sobre a regulamentação do Conselho de Recursos Hídricos do Distrito Federal e dá outras providências. O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, no uso das atribuições

Leia mais

exercitado redação Estudado REVISÕES Ponta da língua DISCIPLINA ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO:

exercitado redação Estudado REVISÕES Ponta da língua  DISCIPLINA ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: www.estrategiasdeaprovacao.com.br Bibliografia DISCIPLINA 1 2 3 4 5 ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: Estudado REVISÕES exercitado redação Ponta da língua bizu 1 Código de Ética Profissional do Servidor Público

Leia mais

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento Poderes Administrativos 1. (CESPE/ANEEL/2010) Com fundamento no poder disciplinar, a administração pública, ao ter conhecimento de prática de falta por servidor público, pode escolher entre a instauração

Leia mais

CARF ESTRUTURA ATUAL E ASPECTOS JURISPRUDENCIAIS. DENISE LUCENA CAVALCANTE Gramado-RS, 25 /06/2010. Denise Lucena Cavalcante

CARF ESTRUTURA ATUAL E ASPECTOS JURISPRUDENCIAIS. DENISE LUCENA CAVALCANTE Gramado-RS, 25 /06/2010. Denise Lucena Cavalcante CARF ESTRUTURA ATUAL E ASPECTOS JURISPRUDENCIAIS DENISE LUCENA CAVALCANTE Gramado-RS, 25 /06/2010 1 Denise Lucena Cavalcante HISTÓRICO DO CONSELHO ADMINISTRATIVO 1924 Conselho de Contribuintes do Imposto

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO POLÍCIA MILITAR GOIÁS SOLDADO DE 3ª CLASSE

CONTROLE DE CONTEÚDO POLÍCIA MILITAR GOIÁS SOLDADO DE 3ª CLASSE CONTROLE DE CONTEÚDO POLÍCIA MILITAR GOIÁS SOLDADO DE 3ª CLASSE LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO AULA LEITURA LEITURA QUESTÕES REVISÃO 1 Linguagem: como instrumento de ação e interação presente

Leia mais

Prof. Dr. Vander Ferreira de Andrade

Prof. Dr. Vander Ferreira de Andrade Prof. Dr. Vander Ferreira de Andrade Organização Estatal Vedação aos entes federativos: I - estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial A Constituição Federal do Brasil Constituição Federal do Brasil de 05 de outubro de 1988: importante carta que trouxe o regime democrático e, com ele, direito e garantias

Leia mais

Hugo Goes Direito Previdenciário Módulo 02 Aula Direito Previdenciário para o Concurso do INSS

Hugo Goes Direito Previdenciário Módulo 02 Aula Direito Previdenciário para o Concurso do INSS Hugo Goes Direito Previdenciário Módulo 02 Aula 001-005 Direito Previdenciário para o Concurso do INSS Fontes Hierarquia (ordem de graduação) Autonomia (entre os diversos ramos) Aplicação (conflitos entre

Leia mais

PARECER JURÍDICO AO PROJETO DE LEI Nº 777/2016

PARECER JURÍDICO AO PROJETO DE LEI Nº 777/2016 Excelentíssimo Sr. Presidente da Câmara de Vereadores do Município de Pouso Alegre, Minas Gerais, Pouso Alegre 12 de abril de 2016. PARECER JURÍDICO AO PROJETO DE LEI Nº 777/2016 Projeto de autoria do

Leia mais

TRE-SP SUMÁRIO. Gramática e Interpretação de Texto da Língua Portuguesa. Ortografia oficial Acentuação gráfica... 12

TRE-SP SUMÁRIO. Gramática e Interpretação de Texto da Língua Portuguesa. Ortografia oficial Acentuação gráfica... 12 Gramática e Interpretação de Texto da Língua Portuguesa Ortografia oficial... 3 Acentuação gráfica... 12 Flexão nominal e verbal... 15/18/29 Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação... 20 Advérbios...

Leia mais

DIREITO ADMINITRATIVO

DIREITO ADMINITRATIVO DIREITO ADMINITRATIVO 1. (Aplicada em: 2016 Banca: IADES Órgão: Ceitec S.A Prova: Analista Administrativo e Operacional - Ciências Contábeis) No sentido de que deveria a Administração Pública dispensar

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2011

CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2011 CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2011 1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL O Prefeito Municipal de Gurupi, no uso de suas atribuições legais, torna público, para conhecimento dos interessados, a 1ª retificação do Edital de

Leia mais

Direito Administrativo

Direito Administrativo Noções de Estado Direito Administrativo 1. CONCEITO DE ESTADO: nação politicamente organizada, dotado de personalidade jurídica de direito publico própria, sendo pessoa jurídica de direito publico interno

Leia mais

Guarda Municipal de Fortaleza Legislação da Guarda LC Nº 0137/2013 Marcílio Távora

Guarda Municipal de Fortaleza Legislação da Guarda LC Nº 0137/2013 Marcílio Távora Guarda Municipal de Fortaleza Legislação da Guarda LC Nº 0137/2013 Marcílio Távora 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. LEI COMPLEMENTAR Nº 0137, DE 08 DE JANEIRO

Leia mais

SUMÁRIO. Língua Portuguesa

SUMÁRIO. Língua Portuguesa Língua Portuguesa Compreensão de texto contemporâneo... 3 Reconhecimento de modos de organização de diferentes gêneros de texto...9 Reconhecimento do uso significativo dos diferentes recursos gramaticais

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO Conceito José Cretella Jr. Ramo do Direito Público Interno que regula a atividade das pessoas jurídicas públicas e a instituição de meios e órgãos relativos à ação dessas pessoas.

Leia mais

EDITAL THCURSOS Nº 001, DE 29 DE SETEMBRO DE 2015.

EDITAL THCURSOS Nº 001, DE 29 DE SETEMBRO DE 2015. EDITAL THCURSOS Nº 001, DE 29 DE SETEMBRO DE 2015. REGULAMENTA O PRIMEIRO SIMULADO PARA O CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO EM CARGOS DE TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO NO ÂMBITO DO TRIBUNAL DE CONTAS DO MUNICÍPIO

Leia mais

CAPÍTULO VI VEDAÇÕES CONSTITUCIONAIS EM MATÉRIA ORÇAMENTÁRIA Questões de concursos anteriores Gabarito

CAPÍTULO VI VEDAÇÕES CONSTITUCIONAIS EM MATÉRIA ORÇAMENTÁRIA Questões de concursos anteriores Gabarito SUMÁRIO CAPÍTULO I INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA 1.1 O Direito Financeiro e a Administração Financeira e Orçamentária 1.2 Normas gerais de Direito Financeiro 2. A atividade financeira

Leia mais

Lei nº 530/2011. Capítulo I Disposições Preliminares.

Lei nº 530/2011. Capítulo I Disposições Preliminares. Lei nº 530/2011. Dispõe sobre a criação da Companhia Municipal de Habitação COMUHAB e dá outras providências. O Prefeito Municipal faz saber: Que a Câmara Municipal aprovou e o Prefeito sanciona a presente

Leia mais