Património cultural tem de ser melhor entregue à revivência da cidade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Património cultural tem de ser melhor entregue à revivência da cidade"

Transcrição

1 Três visões sobre 10 anos da RAEM MANUEL CANSADO DE CARVALHO: Portugal satisfeito com aplicação da Declaração Conjunta CHRIS PATTEN: Sociedade da RAEM perfeitamente capaz de avançar para sufrágio directo EMILY LAU: Houve erosão de liberdades civis em Macau e Hong Kong Desde Director: José Rocha Dinis Director Editorial Executivo: sérgio terra Preço: 10 patacas Nº 3329 (nova série) DEFENDE O ARQUITECTO BRUNO SOARES Património cultural tem de ser melhor entregue à revivência da cidade P3 Deputados querem saber limite máximo dos custos das várias fases do Metro P2 Grandes derbies marcam cartaz de fim-de-semana do futebol ibérico EFSM EM EXPANSÃO. A Escola das Forças de Segurança de Macau vai passar a dispor de mais instalações para responder à procura, que atingiu um número histórico. O plano de expansão incluiu mais salas de aula e a criação de uma divisão de ensino no Estabelecimento Prisional (ver pág. 4) centrais Alterações climáticas da cimeira China-UE última LIQUIDAÇÃO TOTAL TUDO A 70% ATÉ AO FINAL DO MÊS POR MOTIVO DE ENCERRAMENTO Doca dos Pescadores, Lojas 13 a 16 [Anfiteatro Romano] FOTO GCS vão dominar agenda Sands assegura fundos para retomar obras no Cotai A Sands China, subsidiária do grupo Las Vegas Sands que vai ser listada na Bolsa de Valores de Hong Kong, anunciou ontem que já assegurou um empréstimo bancário de 1,75 mil milhões de dólares americanos, destinado à conclusão das duas primeiras fases da Cotai Strip. A empresa já tinha garantido anteriormente 1,45 mil milhões de dólares junto de várias instituições bancárias, mas ainda precisava de angariar mais 300 milhões de dólares para poder retomar os projectos suspensos em Macau há um ano, que envolvem três hotéis das marcas Shangri-La, Sheraton e Traders, com inauguração prevista até Junho de O empréstimo, tido como um dos mais elevados na Ásia durante o corrente ano, foi garantido pelas instituições bancárias com a condição de que os projectos da Sands para o Cotai estarão operacionais até 31 de Dezembro de Além do empréstimo agora confirmado, o grupo liderado por Sheldon Adelson irá aplicar nas referidas obras mais 500 milhões de dólares provenientes do encaixe financeiro resultante da Oferta Pública Inicial (OPI) de venda de acções na Bolsa de Hong Kong. A Sands China irá receber 2,5 mil milhões de dólares com a OPI, montante que equivale ao valor mais baixo do intervalo do preço das acções.

2 02 local PROJECTO APRESENTADO ONTEM NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Deputados querem saber previsão de custos totais do Metro Ligeiro O orçamento para o primeiro passo do Metro Ligeiro é de milhões, mas quanto às outras duas fases ainda não existem projecções, disse ontem Lau Si Io, durante a apresentação do projecto na Assembleia Legislativa. A maior parte dos deputados clamou pelo estabelecimento de um valor máximo para a conclusão de todas as obras RAQUEL CARVALHO Há uma primeira fase já delineada, mas quanto ao conteúdo das outras duas ainda ninguém sabe. Talvez daqui a três ou quatro anos, explicou o Secretário para os Transportes e Obras Públicas, Lau Si Io. Tendo em conta as incertezas e o orçamento da primeira fase, que ronda os milhões de patacas - mais 78 por cento do que o previsto há dois anos - os deputados defenderam a definição de um valor máximo para os custos. O controlo das despesas finais foi a nota que mais toou durante a apresentação do sistema de Metro Ligeiro à Assembleia Legislativa. Segundo o deputado Dominic Sio, a população tem de saber a evolução real e concreta das obras. Neste âmbito, é importante que seja estabelecido um limite máximo para as despesas. Até porque poderá ser um valor flutuável devido a vários factores, nomeadamente à variação dos preços das matérias-primas e das taxas de câmbio. Julgo, por isso, que é necessário avançar com um limite, sublinhou o deputado nomeado. Uma opinião corroborada por Ho Ion San, afirmando que é preciso salvaguardar que o erário público será bem utilizado. O deputado estranhou ainda o facto do Governo afirmar que ainda não sabe o que irá acontecer nas fases seguintes. Não é possível avançar com o primeira etapa sem pensar nas seguintes, defendeu. E quanto mais demorar o empreendimento mais difícil será o controlo de custos, salientou, por seu lado, Lau Veng Seng. Lau Si Io respondeu às dúvidas, garantindo que haverá uma articulação entre as diferentes fases e observando que seria impossível realizar de uma vez todas as obras que são necessárias. Para garantir a boa gestão do orçamento e o cumprimento do calendário, vão ser definidas regras sancionatórias. Se houver atrasos, vamos aplicar multas, assegurou o Secretário para os Transportes e Obras Públicas. Au Kam Sam, do Novo Macau Democrático, que também vincou a necessidade de controlo das despesas finais, instou ainda o Executivo sobre o papel que as empresas e os trabalhadores locais terão no projecto do Metro Ligeiro. Temos que formar pessoal local para que a gestão em geral possa ser localizada, respondeu Lau Si Io. Quanto a preocupações ambientais, o Secretário tentou sossegar as almas mais inquietas, lembrando que o Metro vai eliminar parte das emissões de carbono, tratando-se de um transporte verde. Além disso Lau Si Io, garantiu que o Governo tem vindo a dialogar com a Direcção dos Serviços de Protecção Ambiental. Para informar a população, está planeada a instalação de um aparelho de simulação do sistema de Metro no Centro de Ciência, além disso serão enviados folhetos para as casas de todos os cidadãos. Enquanto as obras estiverem a decorrer, minimizar os incómodos à vida da população será o pensamento de ordem, assegurou o Secretário, nomeadamente no que toca às lojas que possam vir a ser prejudicadas ou ao adensamento do tráfego automóvel. No início das operações, previsto para 2014, o Metro Ligeiro deverá transportar cerca de 8 mil passageiros, por hora, enquanto que até 2020 são esperados mais de 14 mil utilizadores. O projecto inclui 21 estações, distribuídas por um traçado de 21,3 km. Por agora, e segundo o coordenador do Gabinete para as Infra-estruturas de Transportes (GIT), Lei Chan Tong, os passos mais urgentes passam pelo sistema informático, o adquirir das carruagens e o lançamento do Concurso Internacional. Os trabalhos mais simples estarão entre os primeiros a serem efectuados, como seja o Cotai e alguns troços de superfície. Já a estação da Barra e o alinhamento do Lago Nam Van e do Lago Sai Van serão trabalhos mais demorados, avaliou o coordenador. O Concurso Internacional para o Fornecimento do Sistema e Material Circulante vai ser lançado até ao final do ano e as propostas serão avaliadas até meados de Mesmo perante todas as dúvidas suscitadas, o GIT garantiu estar confiante de que em 2014 Macau andará sobre carris. REGISTADOS MAIS DE 200 MIL PARTICIPANTES NO 3º TRIMESTRE MICE com menos actividade mas mais participantes Menos pode ser igual a mais. De acordo com dados oficiais divulgados ontem, apesar de entre Julho e Setembro se terem realizado menos conferências e exposições, o total de participantes assinalou um notável acréscimo 11 MIL SEM EMPREGO ENTRE AGOSTO E OUTUBRO Desemprego mantém ritmo de queda ligeira A taxa de desemprego voltou a registar uma ligeira queda entre Agosto e Setembro. Queda que foi sobretudo saliente no total de residentes que procuram pelo primeiro posto de trabalho Entre Julho e Setembro realizaram-se em Macau um total de 310 reuniões/conferências e exposições. Ou seja: menos 11 por cento em relação às iniciativas que tiveram lugar no trimestre anterior. No entanto, a adesão registou um acréscimo notável, divulgaram ontem os Serviços de Estatística e Censos (DSEC). É que o total de participantes nas reuniões/ conferências e exposições atingiu os , valor correspondente a um aumento de 2,8 vezes em relação ao trimestre antecedente, que se justifica devido à realização de grandes exposições e exibições no terceiro trimestre assistidas por indivíduos, número que cresceu substancialmente 6,6 vezes face ao segundo trimestre, indica a DSEC. Das 310 iniciativas lançadas entre os meses de Julho e Setembro, 289 foram reuniões (93%), tendo as restantes 21 ganhado a forma de exposições/exibições. A duração média das reuniões/conferências e exposições subiu de 1,8 dias registados no segundo trimestre para 2,0 dias neste trimestre que findou em Setembro. As reuniões tiveram uma duração média de 1,9 dias, ao passo que a duração média das exposições/exibições alcançou 3,5 dias, informa a DSEC. Das reuniões/conferências e exposições que se realizaram, 122 abordaram o tema relativo ao comércio e gestão, 48 ao turismo e cultura e 40 à educação e formação. No que concerne ao tipo, a DSEC realça o facto da reunião da sociedade ter ocupado o primeiro lugar (160), seguida da reunião da associação/organização, com 54. Nos hotéis efectuaram-se 216 reuniões/conferências e exposições, das quais 210 eram reuniões e seis exposições/exibições, tendo o número total de participantes atingido indivíduos. Participaram nas reuniões, um total de pessoas (70% do total), sendo que o sexteto de exposições atraiu participantes. As 94 reuniões/conferências e exposições realizadas quer nos centros de conferências e exposições, quer nos outros locais contaram com participantes. De destacar ainda que as 15 exposições/exibições somaram participantes. Nos primeiros três trimestres do ano efectuaramse reuniões/conferências e exposições com o número total de participantes a alcançar os e a durabilidade média os 2,0 dias. A taxa de desemprego entre Agosto e Outubro fixou-se nos 3,5 por cento e continuou a cair 0,2 pontos percentuais face ao período anterior (Julho a Setembro), revelaram ontem os Serviços de Estatística e Censos (DSEC). Já em relação ao período homólogo, a taxa de desemprego sofreu um aumento na ordem dos 0,4 pontos percentuais. No entanto, ressalva a DSEC, o crescimento abrandou entre o período de Julho a Setembro do ano transacto e o do corrente ano, situado nos 0,6 pontos percentuais. No período de referência, a população activa ascendeu aos 326 milhares de pessoas, das quais 315 milhares estavam empregadas e 11 milhares sem posto de trabalho, ou seja, em ambos os casos assinalou-se uma diminuição de cerca de mil pessoas, em relação ao período precedente. Dentre a população desempregada pessoas estavam à procura do primeiro emprego, perfazendo 15 por cento do total, o que representa uma queda de 2,6 pontos percentuais em relação ao período anterior. Relativamente ao período imediatamente anterior, anota a DSEC, observou-se uma melhoria da situação de desemprego nos ramos dos hotéis, restaurantes e similares, bem como no comércio por grosso e a retalho. A taxa de actividade entre Agosto e Outubro do corrente ano foi de 71,7 por cento, traduzindo uma descida de 0,3 e 1,2 pontos percentuais em comparação com o período antecedente e o período homólogo de 2008, respectivamente. Já a taxa de subemprego alcançou 1,9 por cento, decrescendo 0,1 pontos percentuais face ao período anterior, apesar de apresentar uma subida de 0,4 pontos percentuais face ao idêntico período de 2008.

3 local AVALIOU ARQUITECTO BRUNO SOARES 03 Existe uma preservação suave do património cultural O arquitecto Bruno Soares considera que actualmente se assiste a uma preservação suave do património cultural de Macau. Há melhorias que terão de ser implementadas, apontou, nomeadamente no que concerne aos trabalhos de renovação e adaptação dos edifícios à cidade OLGA PEREIRA O seminário, que decorreu ontem no Clube Militar, tinha como objectivo acordar as memórias que certos edifícios de Macau encerram. Porém, interpelado pelo JTM, o arquitecto Bruno Soares, acabou por tocar em algumas feridas relativas à questão da preservação do património cultural do território. Pode fazerse muito mais no futuro, apesar de parte do património cultural já ter sido classificado e protegido pela UNESCO, apontou, dizendo que as construções visadas eram aquelas que necessitavam imediatamente de ser classificadas. O arquitecto, que foi responsável pelos trabalhos de renovação de diversos edifícios patrimoniais de Macau, entende que existem diversos outros edifícios que deveriam receber o mesmo tratamento por parte do organismo internacional. Além disto, o mesmo responsável realçou que, na lista das prioridades neste campo, está a recuperação de certas construções. Os edifícios precisam de ser renovados de forma a adaptarem-se à nova cidade, referiu. A esta questão, Bruno Soares somou ainda a necessidade de haver um desenvolvimento turístico mais sustentável e um maior apro- veitamento local do património cultural. O património cultural tem de ser melhor entregue à revivência da cidade e não tanto ao turismo de visitação, considerou. Em Macau não sentimos que há uma dinâmica que se veja e se sinta. Existe uma preservação suave do património cultural, entendeu, referindo-se aos trabalhos de renovação desenvolvidos nos respectivos edifícios. Sobre o desempenho do Instituto Cultural de Macau (IC) que tem sido acusado de inércia pelos trabalhos realizados nos últimos dez anos -, Bruno Soares avalia que o organismo é pouco inovador. Criou um mecanismo de rotina, e mantém-se a preservar aquilo que já está feito, substanciou. Na opinião do arquitecto, o IC necessita de dinamizar e aproveitar o património, social e culturalmente. CLUBE MILITAR. Bruno Soares falava à margem de uma palestra, organizada pelo Clube Militar, que visava, principalmente, descortinar a renovação daquele edifício, exe- cutada por ele próprio, e fazer dela um ponto de partida para uma partilha de memórias, que tanto esta como outras construções patrimoniais do território guardam. Poucas pessoas sabem que este edifício é completamente novo, só as fachadas permaneceram, explicou o arquitecto. Durante a renovação, finalizada em 1995, Bruno Soares e a sua equipa decidiram iniciar toda a construção projectando o interior através do imaginário, provocado pela fachada. Imprimimos a linguagem do exterior no interior, explicou, acrescentando que nada foi inventado e o resultado foi um sucesso. O Clube Militar passou assim de 900 a dois mil metros quadrados. Muitos turistas deslocam-se a este edifício, porque é antigo, está bem localizado e o restaurante serve boa comida, apontou. Além desta infra-estrutura, Bruno Soares comentou ainda o processo de recuperação de edifícios patrimoniais classificados como o antigo Hospital de São Rafael (1991), onde actualmente funciona o Consulado de Portugal, o Hotel Bela Vista (1992) um dos projectos que mais o satisfez -, e o Instituto das Nações Unidas (1999). O arquitecto explicou também como decorreram as obras no edifício do BNU (1997) e no da Autoridade Monetária de Macau (1999).

4 04 local PARA RESPONDER AO NÚMERO HISTÓRICO DE ALUNOS Escola das Forças de Segurança vai munir-se de mais instalações A EFSM vai contar com mais instalações para responder à procura que atingiu um número histórico. Há planos a breve trecho mais quatro salas de aula e a médio prazo que passam nomeadamente pela criação de uma divisão de ensino no Estabelecimento Prisional A Escola das Forças de Segurança de Macau (EFSM) fez ontem um balanço alargado sobre as actividades desenvolvidas ao longo dos últimos dez anos. O facto dos cursos ministrados terem respondido às exigências dos serviços que prestam resultam num feedback positivo que vem agora, por conseguinte, aumentar os níveis de exigência. Uma vez que os alunos dos diversos cursos atingiram um número histórico, indica a EFSM num comunicado, em breve a escola vai construir quatro salas de aula com uma capacidade total para 120 alunos para aliviar a falta de instalações de ensino. Já a médio prazo, os planos vão no sentido do estabelecimento de uma divisão de ensino na actual localização do Estabelecimento Prisional. Cheong Kuoc Va presidiu à graduação do 9º e 10º cursos de formação de instruendos Para trás, ficam anos de workshops, de cooperação e intercâmbio académico, de formação nomeadamente ao nível da língua essencialmente inglês e mandarim para responder a uma Macau mais desenvolvida e sobretudo de esforços. Um balanço que foi feito no mesmo dia em que teve lugar a cerimónia de fim de curso do 2º Turno do 10º Curso de Formação de Instruendos Normal com o director Hoi Sio Iong a puxar da estatística para reforçar as conquistas. Nos últimos dez anos enfatizou na cerimónia, que contou com a presença do Secretário da tutela Cheong Kuoc Vá a ESFSM organizou cinco Cursos de Formação de Oficiais e 10 Cursos de Formação de Instruendos, que se traduziram em 65 oficiais e guardas/bombeiros. breves Fechados dois centros de explicações por alegado abuso sexual de menores Dois centros de explicações localizados em São Lourenço foram encerrados pela Direcção dos Serviços de Educação e Juventude (DSEJ) na sequência da suspeita de abuso sexual de pelo menos 12 menores que acusam o professor de lhes ter tocado nas partes genitais. As autoridades estão agora à procura do docente e proprietário das salas de explicações de 27 anos, de apelido Fok, que se encontra a monte. A maioria dos alunos que frequentava o centro era do sexo masculino e estudava no Instituto Salesiano, que fica localizado nas imediações. As idades dos jovens variam entre os nove e os 13 anos. Os alegados abusos foram reportados por alguns dos rapazes alvo de assédios a assistentes sociais da escola há alguns dias que, por seu turno, informaram a DSEJ e os pais do sucedido, tendo alguns encarregados de educação recorrido de imediato à Polícia Judiciária que está a investigar o caso. Macau afastada da final do Torneio de Soberania Depois de um empate a uma bola no tempo regulamentar, a equipa de veteranos de futebol de Pequim superou ontem a formação de Macau no desempate por grandes penalidades e apurou-se para a final do Torneio de Soberania, que está a decorrer no Estádio da Universidade de Ciência e Tecnologia. Na final, Pequim irá defrontar hoje Hong Kong, que venceu Taiwan por 3-2. Na disputa pelo bronze, Macau medirá forças com os formosinos. No Torneio por convites, a final vai juntar a Coreia do Sul e a Malásia, que ontem venceram a Tailândia (3-2) e a Nova Zelândia (nos penalties, após um empate a uma bola), respectivamente. Amanhã, as oito equipas voltam a entrar em acção, desta vez, para o Torneio do 10º Aniversário da RAEM. Vacina contra a gripe A (H1N1) já chegou a três mil residentes Segundo os Serviços de Saúde, residentes foram vacinados contra a gripe A (H1N1), até quinta-feira à tarde. No total, foram notificados três casos de indisposição após administração da vacina. Até à tarde de ontem, mais nenhum doente confirmado com o vírus necessitou de ser internado. Entretanto, o organismo informou que dois doentes infectados estão a ser submetidos a tratamento hospitalar, sendo que um se encontra em situação grave. Rua da Harmonia abre hoje ao início da tarde Concluídas as obras de prolongamento da Rua da Harmonia, os Serviços de Solos, Obras Públicas e Transportes (DSSOPT) planeiam abrir hoje, a partir das 13h30, a via ao trânsito. A abertura permitirá aos veículos que circulam pela Rua da Harmonia seguir directamente para a Avenida do Almirante Lacerda e aumentará a fluidez do trânsito do Bairro de San Kio e da Avenida do Almirante Lacerda até o Patane ou Bairro da Ilha Verde.

5 DIZ O CÔNSUL MANUEL CANSADO DE CARVALHO local 05 Aplicação da Declaração Conjunta satisfaz Lisboa Portugal continua atento, mas satisfeito com a aplicação dos princípios da Declaração Conjunta Luso-Chinesa sobre Macau, afirmou o cônsul português Felizmente, a Declaração Conjunta tem sido observada e Portugal continua atento, mas satisfeito com a maneira como a Declaração Conjunta foi aplicada pelo lado da China e pelas autoridades de Macau, disse o cônsul, Manuel Cansado de Carvalho, em declarações à Agência Lusa a propósito do 10º aniversário da transição de Portugal para a China. Para o diplomata, o balanço dos primeiros dez anos da RAEM é claramente um balanço positivo. O plano da Declaração Conjunta previa que Macau mantivesse a sua identidade especial dentro da China e por isso é uma região administrativa especial. Macau tem tido o cuidado de o fazer, isso é um desafio agora e no futuro, mas olhando para os pri- Chris Patten vê condições para sufrágio directo em Macau O último governador britânico de Hong Kong defendeu em entrevista à Lusa que a sociedade de Macau está pronta para se governar através de eleições directas e universais RUI BOAVIDA* Não sei o que a administração local de Macau prometeu, mas a minha opinião é que quer Hong Kong, quer Macau, são sociedades sofisticadas que seriam perfeitamente capazes de se gerir a si próprias através de processos democráticos, disse Chris Patten. Patten, autor de reformas eleitorais que alargaram a participação eleitoral a quase todos os cidadãos antes da entrega de Hong Kong à China em 1997, reconheceu na entrevista à Lusa o papel positivo do governo central chinês nas relações com Macau e com a ex-colónia britânica, apesar de Pequim ter dissolvido as reformas que colocou em marcha. Seria perverso não reconhecer que as coisas correram bem. Posso falar melhor sobre Hong Kong. Apesar de [algumas] intervenções [de Pequim] que eu lamento, foi permitido a Hong Kong e Macau gerir os seus próprios assuntos e é por isso, por exemplo, que o primado da lei sobreviveu, considerou o último governador. meiros 10 anos claramente que esse desafio foi encarado e respondido Emily Lau fala em erosão de liberdades nas RAEs A transição de poderes de Macau e Hong Kong para a China trouxe erosão de liberdades e a manutenção do modelo um país, dois sistemas só depende da população, defendeu a vice-presidente do Partido Democrata da ex-colónia britânica Macau e Hong Kong mantiveram o princípio um país, dois sistemas, mas houve erosão de liberdades civis, do Estado de Direito, e a China está a interferir constantemente, disse Emily Lau à Lusa. Para a primeira mulher eleita por sufrágio directo ao Conselho Legislativo de Hong Kong, ainda durante a administração britânica (1991), alguns direitos e liberdades foram preservados, mas outras estão a ser perdidas devido a uma forte auto-censura feita pelos media, empresários e políticos que não querem zangar Pequim. A lição que todos aprendemos com a transição é que temos de lutar pelos nossos direitos, porque se não fizermos nada, vamos ser espezinhados, sublinhou Emily Lau, para quem a afirmação das RAE s no futuro da Grande China passa pela defesa de direitos que considera universais. Queremos preservar um Estado de Direito, um país, dois sistemas, com elevado grau de autonomia, liberdades e direitos humanos, que é algo que, para já, as outras cidades da China não têm, e esperamos vir a ter democracia, defendeu. As autoridades chinesas tiveram desde o início mais sucesso em Macau do que em Hong Kong, ao identificarem [no Chefe do Executivo] Edmund Ho um líder político local que, em minha opinião, geriu a transição de forma extremamente conhecedora, acrescentou. Desde a transferência de administração de Macau de Portugal para a China em 1999, a evolução de Macau tem sido suave devido à boa gestão local, disse ainda Chris Patten, lamentando, no entanto, a adopção, em Fevereiro, de legislação que prevê penas de prisão entre 10 e 25 anos para crimes de traição à pátria, secessão do Estado e subversão contra o governo central chinês. É a única questão que me deixa confuso, a introdução em Macau da lei da subversão, que foi rejeitada em Hong Kong. Mas talvez exista um raciocínio local que eu não conheça, afirmou. Quanto ao futuro, Patten diz apenas quem quer que preveja o que vai acontecer à China dentro de 40 anos anda a fumar substâncias ilegais. com sucesso, afirmou. O cônsul explicou também que o acompanhamento de Portugal sobre as questões de Macau é feito pela presença física de uma representação consular, pelo contacto com a comunidade que está bem integrada na sociedade e pelo diálogo mantido com a entidades oficiais e privadas como as empresas e a imprensa. Com uma comunidade de cerca de pessoas entre Macau e Hong Kong - dos quais apenas cerca de terão maior ligação a Portugal quer por serem portugueses vindos da Europa ou porque têm velhas raízes euro-asiáticas - Manuel Carvalho recorda que além das pessoas que estão no território há muito tempo há também caras novas. Se não houver determinação (da população) em continuar a lutar pelo princípio um país, dois sistemas, não vão ser precisos 40 anos, porque tudo acabará muito depressa e passaremos apenas a fazer parte da China, observou. Por isso, continuou, Macau e Hong Kong têm como desafio serem donas do próprio destino, o que só será possível com a conquista do sufrágio universal, meta que, em Hong Kong, defende para 2012, apesar de Pequim sugerir Para Emily Lau, Macau terá maior dificuldade em conseguir o sufrágio universal porque considera haver ali uma maior opressão face a Hong Kong, e alerta a população para a necessidade de fazer mais exigências e reclamar mais do Governo. Olhando para a Macau de há dez anos, a deputada constata que os portugueses preservaram na região a sua cultura e identidade e deram aos residentes o direito à cidadania portuguesa, ao contrário da administração britânica, mas aponta um mau trabalho no que se refere à melhoria das condições de vida da população. Hoje, a pró-democrata realça alguns problemas nas relações Há chegadas recentes vindas de outras partes do mundo por causa das oportunidades económicas que aqui e em Hong Kong surgem, afirmou ao salientar que chegam mais pessoas a Macau do que à antiga colónia britânica. Manuel Carvalho escusa-se a definir o papel da comunidade portuguesa, mas sublinha que Macau tem uma identidade única que é marcada pela extraordinária combinação de culturas que a história produziu nesta parte do mundo e em que (nós) portugueses, bem ou mal, mas na maior parte das vezes bem, conseguimos encontrar uma forma de estar com os chineses e com a China. A presença portuguesa, disse, resultou em parte de uma presença administrativa, mas também de uma teia densa de interesses recíprocos que se criou e que fez com que (nós) acabássemos por nos entender bem aqui e que, mesmo depois da transição que continuemos a ter, pareceme, um espaço aqui. O cônsul salientou ainda que a comunidade portuguesa é diversificada e no seu conjunto bastante bem qualificada que inclui desde o bancário ao banqueiro e que tem sabido encontrar o seu espaço aqui em Macau. (A comunidade) é geralmente bem recebida aqui na cidade dez anos depois do regresso à China, penso que valoriza a cidade e é reconhecida por isso, concluiu. Ninguém sabe como será a China em 40 anos. A minha convicção forte é que o resto da China será mais como Hong Kong ou Macau, mas há também quem diga o contrário, acrescentou Chris Patten, que é actualmente chanceler da universidade de Oxford e foi comissário europeu para as Relações Externas. Patten elogiou ainda o trabalho português antes da transferência de Macau, que considerou ter sido extremamente bem gerida pelas autoridades portuguesas e pelo último governador de Macau. Quanto às memórias de Macau, que celebra a 19 de Dezembro o primeiro aniversário debaixo da administração chinesa, o último governador de Hong Kong recordou que um fim-de-semana no território era como ir de férias ao estrangeiro, uma grande forma de aliviar a tensão. Na memória do último governador de Hong Kong estão ainda outras lembranças, mais próprias de quem era conhecido na China pela alcunha simpática de Fei Peng, ou Pang, o Gordo, o primeiro governador colonial ocidental a merecer uma alcunha chinesa. Gostava particularmente da comida e dos vinhos portugueses. Bebi melhores vinhos portugueses em Macau do que bebi em qualquer outro sítio do mundo, lembrou Fei Peng. * Jornalista da Agência Lusa entre as duas regiões, designadamente as proibições de entrada em Macau a alguns residentes de Hong Kong, o que, defende, envia um sinal negativo para a comunidade internacional de que Macau está cada vez mais como a China continental. Muito autoritária, com o Governo a agir de forma arbitrária e a não respeitar os direitos das pessoas. Emily Lau teceu, em Março, críticas ao Governo de Macau por ter impedido a entrada de cinco políticos de Hong Kong na cidade.os deputados Leung Kwok-hung e Lee Cheuk Yan, e os políticos Ku See Yin, Lui Yuk Lin, Tsang Kin Shing, o último ex-parlamentar, estavam integrados num grupo de 35 cidadãos de Hong Kong que se deslocou a Macau e viu negada a sua entrada.na altura, uma nota da PSP, sustentou o impedimento de entrada com a Lei de Segurança Interna. A forte dependência do sector do jogo, a apatia da população e outros problemas sociais ligados ao desemprego e criação de oportunidades para os mais desfavorecidos são, segundo Emily Lau, outros aspectos que necessitam de cuidado no futuro para que Macau possa abrir um novo capítulo da sua História.

6 06 desporto Jesus atira pressão para o Bolsas de Curta Duração De 2 a 30 de Dezembro de 2009, decorre o concurso de bolsas de curta duração destinado aos seguintes candidatos: naturais de países asiáticos que pretendam frequentar cursos, realizar estágios ou visitas de estudo em Portugal. Portugueses que pretendam frequentar cursos, realizar estágios ou visitas de estudo em países asiáticos. A Fundação concederá, preferencialmente, bolsas nas seguintes áreas: Artes Plásticas, História, História de Arte, Património, Design, Fotografia, Arquitectura, Museologia, Conservação e Restauro. Não são contemplados por este concurso os pedidos para frequência de cursos de aperfeiçoamento de língua e cultura Portuguesa e de línguas orientais, nem pedidos para estágios de fim de curso. Formulários e informações em: ou Fundação Oriente. Delegação de Macau- China Praça Luís de Camões, 13, Casa Garden, Macau Tel: Fax: Governo da Região Administrativa Especial de Macau Serviços de Saúde ADMITE Dois Técnicos de 2ª classe (Referencia n.º 02508/02-T) Funções: Para aplicar e exercer funções na área do sistema electrónico de uso médico do Serviço de Imagiologia. Exige-se: Bacharelato; Domínio de uma das línguas oficiais; Qualidade de residente permanente da R.A.E.M., que possua os requisitos gerais para o desmpenho de funções públicas. Preferência: Domínio dos processamentos de texto e imagem nas áreas da tecnologia informática; Experiência profissional na área da imagiologia; Bom conhecimento da língua inglesa e língua estrangeira (é necessária a apresentação do documento comprovativo). Métodos de selecção: A selecção será efectuada em fases: análise curricular (20%); prova de conhecimentos (50%) e entrevista profissional (30%). A prova de conhecimentos e entrevista profissional são eliminatórias. Nota: Determinadas perguntas da prova devem responder em língua inglesa segundo os requisitos Oferece-se: Lugar de Técnico de 2ª classe, 1º escalão, índice 350; Contrato além do quadro precedido de contrato de assalariamento por um período experimental de seis (6) meses; Direitos e regalias de acordo com o Estatuto dos Trabalhadores da Administração Pública de Macau em vigor. Os interessados podem apresentar a sua candidatura até 16 de Dezembro de 2009, num sobrescrito fechado, que deverá ser entregue na Secção de Expediente Geral dos Serviços de Saúde ou remetido pela Direcção dos Serviços de Correios com registo e aviso de recepção para a mesma Secção, com os seguintes documentos: a. Requerimento de admissão; b. Curriculum Vitae; c. Fotocópia d Bilhete de Identidade de Residente Permanente da R.A.E.M.; c. Fotocópia do Diploma do Curso e Boletim Classificativo; e. Fotocópia dos outros certificdos na área concernente. No rosto do sobrescrito fechado devem constar o nome do(a) candidato(a), em chinês e português o número de referencia do recrutamento (02508/02-T). As candidaturas só serão consideradas desde que a data do recibo da Secção de Expediente Geral ou do carimbo da Direcção dos Serviços de Correios, não seja posterior ao prazo estabelecido para a sua entrega. As candidaturas recebidas serão apenas destinadas ao us deste recrutamento. Os interessados que precedentemente tenham apresentado candidaturas, não serão incluídos neste recrutamento, devendo portanto, efectuar a candidatura acima mencionada. Será publicada na página electrónica dos Serviços de Saúde: a lista provisória em que consta os nomes dos candidatos admitidos, a data, o horário e o local onde se realizará a prova. Macau, aos 24 de Novembro de O Director dos Serviços, Lei Chin Ion O treinador do Benfica, Jorge Jesus, espera um jogo intenso na visita de hoje (05:15 da próxima madrugada em Macau) ao rival Sporting, na 11ª jornada da Liga de futebol, lançando para os leões a pressão de reduzir os actuais 11 pontos de diferença. Estamos na frente do campeonato e isso dános cada vez mais confiança. O Sporting está a 11 pontos do Benfica e se não vencer fica praticamente arredado do título, lembrou o técnico dos encarnados, em entrevista à BenficaTV. Apesar da pressão desviada para Alvalade, Jorge Jesus lembrou que o clássico colocará frente a frente duas das melhores equipas do campeonato, um factor que, na opinião do técnico, até poderá facilitar a missão do Benfica. Se calhar este jogo até será mais fácil para nós. Temos encontrado equipas super-defensivas, o que, muitas vezes, nos obrigam a mudar de sistemas tácticos. Amanhã (sábado) vamos encontrar um adversário que também quer ganhar, destacou. Sobre o efeito da mudança de treinador no Sporting e da entrada de Carlos Carvalhal para o lugar de Paulo Bento, Jorge Jesus não acredita em resultados imediatos das chicotadas psicológicas. Não acredito que as chicotadas tenham um efeito imediato nos jogadores. O Carlos Carvalhal é um treinador com ideias próprias e ainda não teve tempo para preparar o seu trabalho. Se não, todos os clubes mudavam todas as semanas, RUI MARQUES SIMÕES Na antevisão do derby de Alvalad FUTEBOL ESPANHOL Um duelo entre dois mun e muitas estrelas em Camp É amanhã o Barcelona-Real Madrid, encontro entre duas visões políticas e ge Em campos, estarão muitas estrelas: Messi, Ibrahimovic, Kaká... e Ronaldo, q Se o FC Barcelona é mais do que um clube ( més que un club, diz o lema), um Barça-Real Madrid é mais do que um jogo de futebol. É um duelo de mundos (a nível político, financeiro, desportivo) e de estrelas (Ronaldo, Messi, Kaká, Ibrahimovic...) e anda à roda domingo, a partir das (02 da madrugada em Macau), em Camp Nou. Um Barça-Real ou Real-Barça é, provavelmente, o mais fervilhante clássico do mundo. Falar de um jogo entre madrilenos e catalães é falar de antagonismos políticos (centralismo político de Madrid vs. Catalunha), de traidores que trocaram um clube pelo outro (Figo, Schuster, Luis Enrique...) e de mil e uma curiosidades em torno de uma rivalidade histórica. Mas, este ano, El Clásico atrai ainda mais interesse mediático. Será o duelo entre os dois melhores jogadores do Mundo (Messi vs. CR9). Será a estreia de Cristiano Ronaldo, Kaká e Ibrahimovic, chegados esta época a Espanha. E será o confronto entre os milhões investidos pelo Real Madrid (246 esta temporada) e o projecto de continuidade de Barcelona (o campeão europeu só trocou Samuel Eto o por Ibra ). As dúvidas em relação a forma física de Messi, Ibrahimovic e CR9 (todos vindos de lesões) ensombram o clássico, mas Espanha já fervilha - até porque também está em discussão o primeiro lugar da Liga (lidera o Real, com um ponto de avanço: 28-27). Cristiano Ronaldo, prestes a enfrentar a primeira prova de fogo da nova geração Galáctica do Real, não poupa na ambição. Embora assuma não estar a 100% e não saber se aguenta 90 minutos em Camp Nou, o extremo madeirense quer jogar com o Barcelona. Marco no próximo jogo, prometeu o CR9, que voltou aos relvados na quarta-feira (após uma ausência de 56 dias). Antevendo o clássico, o português disse ainda: Messi e Ibrahimovic não me dão medo. Picardia da estrela madrilena? Só mais uma. Ontem, ultrapassados os compromissos da UEFA, os dois clubes viraram-se para o clássico e afinaram as gargantas. Vejo o Barcelona bem, até o vejo pelo retrovisor, provocou Casillas, guarda-redes merengue. Eu não vejo o Real, porque nem olho para ele, respondeu Puyol. Entretanto, Xavi puxou para a conversa as diferenças da filosofia considerou. Sobre a utilização de Saviola, que continua com problemas físicos, Jorge Jesus ainda não sabe se poderá contar com o argentino, mas está pronto para lançar outro avançado caso Duelo entre desportiva dos rivais - os ca gues compram a preços mil nosso jogo e do nosso suces causa das nossas vitórias, ap (Champions, liga e Taça do R Até Johann Cruijff, selecc Barça, comenta o clássico, pa incomodado com as más exibi fio da navalha. Dá gosto ver nesta maneira de jogar, com deste momento, apontou o Barça joga futebol mil veze Barcelona-Real Madrid é ma sábado, 28 de n

Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa»

Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa» MEIO: WWW.RECORD.PT CORES P&B DATA: 9 DE DEZEMBRO DE 2013 Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa» Luís Figo recebeu quase mil crianças na festa de Natal da sua Fundação, no Circo Aquático Show, em Lisboa.

Leia mais

REGULAMENTO DESPORTIVO

REGULAMENTO DESPORTIVO TORNEIO DE FUTEBOL INFANTIL JOSÉ TORRES AMADORA 2014 FUTEBOL 7 INFANTIS COMPLEXO DESPORTIVO MUNICIPAL DO MONTE DA GALEGA 4 e 5 de outubro de 2014 REGULAMENTO DESPORTIVO 01 Regras 02 Escalão etário 03 Equipas

Leia mais

PROJECTO DE COMUNICAÇÃO

PROJECTO DE COMUNICAÇÃO PROJECTO DE COMUNICAÇÃO VITÓRIA SPORT CLUBE Visão O objectivo e desafio do Departamento de Comunicação visa ajudar a congregar os actos comunicativos de todos aqueles que fazem parte do Clube e transmitir

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

Câmara Municipal de Montemor-o-Velho. Unidade de Desporto XVII TORNEIO DE FUTEBOL JUVENIL 2014 REGULAMENTO

Câmara Municipal de Montemor-o-Velho. Unidade de Desporto XVII TORNEIO DE FUTEBOL JUVENIL 2014 REGULAMENTO Câmara Municipal de Montemor-o-Velho Unidade de Desporto XVII TORNEIO DE FUTEBOL JUVENIL 2014 REGULAMENTO Montemor-o-Velho, Maio de 2014 Índice REGULAMENTO... 3 1. ORGANIZAÇÃO... 3 2. DESTINATÁRIOS/ESCALÕES

Leia mais

Perguntas e respostas sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados. Ano académico de 2015/2016

Perguntas e respostas sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados. Ano académico de 2015/2016 Perguntas e respostas sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados Ano académico de 2015/2016 1. Pergunta: Quais os documentos que devo de ler antes de apresentar o pedido? Devem ser lidos, pormenorizadamente,

Leia mais

Boletim Informativo do CEPA Edição de Agosto de 2006 Número 17 Publicação da Direcção dos Serviços de Economia de Macau

Boletim Informativo do CEPA Edição de Agosto de 2006 Número 17 Publicação da Direcção dos Serviços de Economia de Macau Boletim Informativo do CEPA Edição de Agosto de 2006 Número 17 Publicação da Direcção dos Serviços de Economia de Macau Índice: 1. Cerimónia de entrega de Certificados do Exame Nacional de Qualificação

Leia mais

REGULAMENTO Mobilidade Macau

REGULAMENTO Mobilidade Macau Face à parceria estabelecida entre a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE) e o Instituto de Formação Turística em Macau (IFT Macau) no âmbito da qual são facultadas possibilidades de

Leia mais

Revista de Imprensa 10-10-2013 1. Bola, 10-10-2013, Polícia e Ministério Público querem mais condenações no futebol 1 2. Diário de Notícias,

Revista de Imprensa 10-10-2013 1. Bola, 10-10-2013, Polícia e Ministério Público querem mais condenações no futebol 1 2. Diário de Notícias, Estádios de Sítio Revista de Imprensa 10-10-2013 1. Bola, 10-10-2013, Polícia e Ministério Público querem mais condenações no futebol 1 2. Diário de Notícias, 10-10-2013, Necessários polícias especialistas

Leia mais

"É possível levar energia renovável para todos"

É possível levar energia renovável para todos "É possível levar energia renovável para todos" Por Daniela Chiaretti De Nairóbi, Quênia Connie Hedegaard: "Acho que quando temos uma crise global como a que estamos vivendo, é uma oportunidade excelente

Leia mais

3.2 Companhias de seguros

3.2 Companhias de seguros Desenvolvimento de produtos e serviços Tendo em conta o elevado grau de concorrência dos serviços bancários, os bancos têm vindo a prestar uma vasta gama de produtos e serviços financeiros, por um lado

Leia mais

PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 347/XI/2ª (PSD)

PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 347/XI/2ª (PSD) PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 347/XI/2ª (PSD) Recomenda ao Governo que utilize sistemas de teleconferência e videoconferência em substituição de reuniões presenciais I - Exposição de motivos A proposta de

Leia mais

I - Disposições gerais. Artigo 1.º Âmbito da cooperação

I - Disposições gerais. Artigo 1.º Âmbito da cooperação Decreto n.º 25/2002 Acordo de Cooperação na Área da Educação e Cultura entre a República Portuguesa e a Região Administrativa Especial de Macau da República Popular da China, assinado em Lisboa, em 29

Leia mais

AVISO. Admissão de Pessoal. (m/f)

AVISO. Admissão de Pessoal. (m/f) AVISO Admissão de Pessoal (m/f) A AJITER Associação Juvenil da Ilha Terceira pretende admitir jovens recém-licenciados à procura do primeiro emprego, para estágio no seu serviço, ao abrigo do Programa

Leia mais

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Aprovado pela Câmara em 6/02/2003, alterado em Reunião de Câmara de 18/09/2003 Aprovado pela Assembleia Municipal em

Leia mais

CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA

CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA PARTE I - MISSÃO, VALORES, VISÃO E LINHAS DE ORIENTAÇÃO ESTRATÉGICA DO COMISSARIADO DA AUDITORIA O Comissariado da Auditoria (CA) funciona como órgão independente na

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS?

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? HOTEL TIVOLI LISBOA, 18 de Maio de 2005 1 Exmos Senhores ( ) Antes de mais nada gostaria

Leia mais

1 - Publituris, 23-02-2007, Viagens e Turismo avaliados em 3 mil ME

1 - Publituris, 23-02-2007, Viagens e Turismo avaliados em 3 mil ME Noticias APAVT - Fevereiro 2007 Revista de Imprensa 09-10-2007 1 - Publituris, 23-02-2007, Viagens e Turismo avaliados em 3 mil ME 2 - Diário Económico, 22-02-2007, Segmento de negócios representa metade

Leia mais

Segunda palestra sobre a revisão das leis de imprensa e de radiodifusão

Segunda palestra sobre a revisão das leis de imprensa e de radiodifusão Segunda palestra sobre a revisão das leis de imprensa e de radiodifusão Data: 22 de Fevereiro de 2012 Horário: 15h00 Local: Auditório do GCS Presença: 23 profissionais (de 17 órgãos de ) Opiniões na palestra

Leia mais

JOGOS DE QUALIFICAÇÃO PARA O EURO-2017

JOGOS DE QUALIFICAÇÃO PARA O EURO-2017 DOSSIÊ DE IMPRENSA PORTUGAL vs SUÍÇA 10.02.2015 Estádio, xxhxx 12.02.2015 Estádio, xxhxx JOGOS DE QUALIFICAÇÃO PARA O EURO-2017 PORTUGAL x MONTENEGRO 26 de novembro 2015 Estoril - 15H00 ESPANHA x PORTUGAL

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º- Âmbito de aplicação O presente Regulamento aplica -se à medida INOV-Art -

Leia mais

Perguntas e respostas - FAQ sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados

Perguntas e respostas - FAQ sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados Perguntas e respostas - FAQ sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados 1. Pergunta: Quais são os dados que devem ser lidos antes de apresentar o pedido? Resposta: Devem ser lidos pormenorizadamente

Leia mais

REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU

REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU N.º 41 12-10-2009 BOLETIM OFICIAL DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU I SÉRIE 1535 澳 門 特 別 行 政 區 REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU 50/2009 Ordem Executiva n.º 50/2009 Usando da faculdade conferida

Leia mais

PROCEDIMENTO. Ref. Pcd. 3-sGRHF. Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT

PROCEDIMENTO. Ref. Pcd. 3-sGRHF. Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT PROCEDIMENTO Ref. Pcd. 3-sGRHF Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT Data: 14 /07/2011 Elaboração Nome: Fátima Serafim e Helena

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE INVESTIGADOR/A DOUTORADO/A EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

CONTRATAÇÃO DE INVESTIGADOR/A DOUTORADO/A EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS CONTRATAÇÃO DE INVESTIGADOR/A DOUTORADO/A EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS a. Descrição do Concurso: O Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, Laboratório Associado (LA) por contrato assinado

Leia mais

Programa de Formação de Talentos de Macau Programa de Apoio Financeiro para Frequência do Programa Líderes Mundiais da Universidade de Cambridge

Programa de Formação de Talentos de Macau Programa de Apoio Financeiro para Frequência do Programa Líderes Mundiais da Universidade de Cambridge Programa de Formação de Talentos de Macau Programa de Apoio Financeiro para Frequência do Programa Líderes Mundiais da Universidade de Cambridge Regulamento 1. Objectivo do Programa: Com o apoio financeiro

Leia mais

Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016

Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016 Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016 Para que o início das aulas do novo ano lectivo se realize com facilidade, a Direcção dos Serviços de Educação

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 5

Transcrição de Entrevista nº 5 Transcrição de Entrevista nº 5 E Entrevistador E5 Entrevistado 5 Sexo Feminino Idade 31 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica e Telecomunicações E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

COP21 Perguntas frequentes

COP21 Perguntas frequentes COP21 Perguntas frequentes Porque é que a conferência se chama COP21? A Conferência do Clima de Paris é oficialmente conhecida como a 21ª Conferência das Partes (ou COP ) da Convenção-Quadro das Nações

Leia mais

1) Breve apresentação do AEV 2011

1) Breve apresentação do AEV 2011 1) Breve apresentação do AEV 2011 O Ano Europeu do Voluntariado 2011 constitui, ao mesmo tempo, uma celebração e um desafio: É uma celebração do compromisso de 94 milhões de voluntários europeus que, nos

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE O MUNICIPIO DE SETÚBAL E A CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DAS COLECTIVIDADES DE CULTURA, RECREIO E DESPORTO Considerando: a) As atribuições da Câmara Municipal de Setúbal, conferida

Leia mais

2º TORNEIO KICK-OFF / WORTEN

2º TORNEIO KICK-OFF / WORTEN 2º TORNEIO KICK-OFF / WORTEN DOSSIER DO TORNEIO 1. Introdução A nossa empresa conta com alguns anos de experiência na organização de eventos desportivos, surgindo este no seguimento de outros por nós realizados.

Leia mais

Uma conversa entre empresas e professores - os desafios da empregabilidade

Uma conversa entre empresas e professores - os desafios da empregabilidade Uma conversa entre empresas e professores - os desafios da empregabilidade No passado dia 15 de Novembro, a Share Associação para a Partilha de Conhecimento e a Faculdade de Ciências da Universidade de

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Copenhague-Dinamarca, 01 de outubro de 2009 Bem, primeiro dizer a vocês da alegria de poder estar

Leia mais

5. Esquema do processo de candidatura

5. Esquema do processo de candidatura Projecto e colecção de perguntas e respostas sobre o Exame Unificado de Acesso (disciplinas de Língua e Matemática) das quatro instituições do ensino superiorde Macau I Contexto Cada instituição do ensino

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL Gabinete do Presidente

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL Gabinete do Presidente Diário da Sessão n.º 008 de 25/01/01 Vamos passar ao ponto nº 4 da nossa ordem do dia, ou seja, à Proposta de Resolução Medidas de Combate à Leptospirose. Tem a palavra o Sr. Deputado Bento Barcelos. Deputado

Leia mais

Guião de apoio para divulgação junto da Comunicação Social

Guião de apoio para divulgação junto da Comunicação Social Semana da Liberdade de Escolha da Escola / School Choice Week & I Conferência da Liberdade de Escolha da Escola / 1st School Choice Conference Guião de apoio para divulgação junto da Comunicação Social

Leia mais

SERVIÇO EUROPEU DE SELECÇÃO DO PESSOAL (EPSO)

SERVIÇO EUROPEU DE SELECÇÃO DO PESSOAL (EPSO) 25.5.2011 PT Jornal Oficial da União Europeia C 155 A/1 V (Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS SERVIÇO EUROPEU DE SELECÇÃO DO PESSOAL (EPSO) ANÚNCIO DE CONCURSO GERAL EPSO/AD/215/11 Administradores no

Leia mais

Macau é o primeiro território no quadro da Região da Grande China, onde vigora o regime de escolaridade gratuita de 15 anos.

Macau é o primeiro território no quadro da Região da Grande China, onde vigora o regime de escolaridade gratuita de 15 anos. Educação Desde a criação da RAEM, o Governo tem promovido o desenvolvimento do ensino não superior e do ensino superior de Macau, para concretizar a acção governativa de construção da prosperidade de Macau

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências)

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional Educação (PRODEP III) Objectivos: Reduzir

Leia mais

Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa

Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objecto) O presente regulamento estabelece a orgânica do Gabinete Erasmus, bem

Leia mais

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo Intervenção Proferida pelo deputado Luís Henrique Silva, Novembro de 06, aquando da discussão do Plano e Orçamento para 2007 Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente,

Leia mais

CARTA EUROPEIA DO DESPORTO

CARTA EUROPEIA DO DESPORTO CARTA EUROPEIA DO DESPORTO Objectivo da Carta... 3 Definição e âmbito de aplicação da Carta... 3 O movimento desportivo... 4 Instalações e actividades... 4 Lançar as bases... 4 Desenvolver a participação...

Leia mais

Relatório de Actividades do Ano de 2013 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica. Conselho Consultivo da Reforma Jurídica

Relatório de Actividades do Ano de 2013 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica. Conselho Consultivo da Reforma Jurídica Relatório de Actividades do Ano de 2013 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica Conselho Consultivo da Reforma Jurídica Março de 2014 Índice 1. Resumo das actividades....1 2. Perspectivas para as actividades

Leia mais

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante ERASMUS Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa Guia do Estudante Normas Gerais A mobilidade de estudantes, uma das acções mais frequentes do Programa, inclui duas vertentes de actividade: realização

Leia mais

Feminino 2ª Divisão 2010_11. FASE FINAL APURADOS (1º ao 6º LUGAR) REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO

Feminino 2ª Divisão 2010_11. FASE FINAL APURADOS (1º ao 6º LUGAR) REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO Campeonato Nacional Feminino 2ª Divisão 2010_11 FASE FINAL APURADOS (1º ao 6º LUGAR) REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO A. Clubes Apurados B. Modelo Competitivo C. Marcação de Jogos D. Arbitragem E. Inscrição das

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL Gabinete do Presidente

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL Gabinete do Presidente Diário da Sessão n.º 070 de 18/03/03 Presidente: Passamos ao ponto seguinte da nossa ordem de trabalhos Proposta de Decreto Legislativo Regional que aplica à Região Autónoma dos Açores o Decreto-Lei nº

Leia mais

Sr. Presidente da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores Sras. e Srs. Deputados Sra. e Srs. membros do Governo

Sr. Presidente da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores Sras. e Srs. Deputados Sra. e Srs. membros do Governo A mulher e o trabalho nos Piedade Lalanda Grupo Parlamentar do Partido Socialista A data de 8 de Março é sempre uma oportunidade para reflectir a realidade da mulher na sociedade, apesar de estes dias

Leia mais

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO O Capítulo 36 da Agenda 21 decorrente da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada em 1992, declara que a educação possui um papel fundamental na promoção do desenvolvimento

Leia mais

CETAC.MEDIA. Centro de Estudos. das Tecnologias e Ciências da Comunicação. Regulamento

CETAC.MEDIA. Centro de Estudos. das Tecnologias e Ciências da Comunicação. Regulamento Centro de Estudos das Tecnologias e Ciências da Comunicação Regulamento Julho de 2008 CAPÍTULO I Natureza, Missão, Atribuições e Constituição Artigo 1º Natureza O Centro de Estudos das Tecnologias e Ciências

Leia mais

Aviso. 1. Tipo, prazo e validade

Aviso. 1. Tipo, prazo e validade Aviso Faz-se público que, por despacho do Ex. mo Senhor Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, de 22 de Outubro de 2013, se acha aberto o concurso comum, de ingresso externo, de prestação de provas,

Leia mais

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS 9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS conceito O futebol, fonte de paixão e emoção, continua a potenciar extremismos

Leia mais

MENSAGEM DE ANO NOVO. Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008

MENSAGEM DE ANO NOVO. Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008 MENSAGEM DE ANO NOVO Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008 Portugueses No primeiro dia deste Novo Ano, quero dirigir a todos uma saudação amiga e votos de boa saúde e prosperidade. Penso especialmente

Leia mais

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução Bom dia, Senhoras e Senhores Introdução Gostaria de começar por agradecer o amável convite que o Gabinete do Parlamento Europeu em Lisboa me dirigiu para participar neste debate e felicitar os organizadores

Leia mais

Regulamento Geral de Matrículas e Inscrições. no ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado

Regulamento Geral de Matrículas e Inscrições. no ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado Regulamento Geral de Matrículas e Inscrições no ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado Artigo 1.º Âmbito 1 - O presente Regulamento fixa as normas gerais relativas a matrículas e inscrições

Leia mais

Regime de qualificações nos domínios da construção urbana e do urbanismo Perguntas e respostas sobre a inscrição/renovação da inscrição

Regime de qualificações nos domínios da construção urbana e do urbanismo Perguntas e respostas sobre a inscrição/renovação da inscrição Regime de qualificações nos domínios da construção urbana e do urbanismo Perguntas e respostas sobre a inscrição/renovação da inscrição 1. Quais as instruções a seguir pelos técnicos que pretendam exercer

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE UM CONSULTOR PARA PRESTAR APOIO ÀS ACTIVIDADES ELEITORAIS EM MOÇAMBIQUE

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE UM CONSULTOR PARA PRESTAR APOIO ÀS ACTIVIDADES ELEITORAIS EM MOÇAMBIQUE TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE UM CONSULTOR PARA PRESTAR APOIO ÀS ACTIVIDADES ELEITORAIS EM MOÇAMBIQUE Local de trabalho: Maputo, Moçambique Duração do contrato: Três (3) meses: Novembro 2011

Leia mais

Artigo Primeiro (Estrutura) 2. As equipas são de dois elementos, e cada jogador apenas poderá integrar uma equipa.

Artigo Primeiro (Estrutura) 2. As equipas são de dois elementos, e cada jogador apenas poderá integrar uma equipa. Artigo Primeiro (Estrutura) 1. O presente Regulamento estrutura as Olimpíadas de Biomédica, organizadas pelo Gabinete de Alunos de Engenharia Biomédica da Universidade do Minho. 2. As equipas são de dois

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVA CAMPEONATO NACIONAL DAS ASSOCIAÇOES MATRAQUILHOS E FUTEBOL DE MESA FEDERAÇÃO PORTUGUESA

REGULAMENTO DE PROVA CAMPEONATO NACIONAL DAS ASSOCIAÇOES MATRAQUILHOS E FUTEBOL DE MESA FEDERAÇÃO PORTUGUESA FEDERAÇÃO PORTUGUESA MATRAQUILHOS E FUTEBOL DE MESA FUNDADA EM 0 DE FEVEREIRO DE 200 FILIADA NA ITSF - INTERNATIONAL TABLE SOCCER FEDERATION SEDE OFICIAL AV. ENG.º ARMANDO MAGALHAES, 31 4440-505 VALONGO

Leia mais

Curso de Treinadores UEFA Pro 2013. Regulamento. 20 de Maio a 21 de Junho 2013 Quiaios Hotel Figueira da Foz

Curso de Treinadores UEFA Pro 2013. Regulamento. 20 de Maio a 21 de Junho 2013 Quiaios Hotel Figueira da Foz Curso de Treinadores UEFA Pro 2013 Regulamento 20 de Maio a 21 de Junho 2013 Quiaios Hotel Figueira da Foz REGULAMENTO 1.- ORGANIZAÇÃO O Curso de Treinadores UEFA Professional é organizado pela Federação

Leia mais

CEBE. Cooperativa de Ensino de Benfica, Crl REGULAMENTO INTERNO

CEBE. Cooperativa de Ensino de Benfica, Crl REGULAMENTO INTERNO CEBE Cooperativa de Ensino de Benfica, Crl REGULAMENTO INTERNO ÍNDICE Introdução 3 Pag 1 Regime de funcionamento 4 1.1 Horário 5 1.2 Acesso, circulação e saída da CEBE 6 2 Estrutura Pedagógica e Administrativa

Leia mais

PROPOSTA DE PROGRAMA E DE TEMAS PARA DISCUSSÃO

PROPOSTA DE PROGRAMA E DE TEMAS PARA DISCUSSÃO PROPOSTA DE PROGRAMA E DE TEMAS PARA DISCUSSÃO 2. INOVAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO O objectivo está adquirido, como está adquirida a consciência da sua importância. O que não está adquirido é a forma de

Leia mais

A mosca na sopa. PhotoDisc

A mosca na sopa. PhotoDisc A mosca na sopa O reduzido número de IPO continua a ser a mosca na sopa do capital de risco europeu. Não fosse o fraco volume de operações realizadas e a redução de fundos captados e o balanço da actividade

Leia mais

Escolas de Pentatlo Moderno

Escolas de Pentatlo Moderno Escolas de Pentatlo Moderno ÍNDICE O que é o franchising PENTAKID? 3 Serviços PENTAKID 5 Marketing 6 Recursos Humanos 7 Financiamento 8 Processo de aquisição 9 Ficha técnica 10 Carta de resposta 11 2 O

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO

FACULDADE DE DIREITO FACULDADE DE DIREITO FACULDADE DE DIREITO SUMÁRIO A. Mestrado e Pós-Graduação em Direito em Língua Chinesa Língua veicular: Língua Chinesa Área de especialização: Variante em Ciências Jurídicas B. Mestrado

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga A lei de bases do sistema educativo assume que o sistema educativo se organiza de forma a descentralizar, desconcentrar e diversificar as estruturas

Leia mais

ANEXO I ORDENS DE TRABALHO DAS REUNIÕES DO PLENÁRIO DA CPEE

ANEXO I ORDENS DE TRABALHO DAS REUNIÕES DO PLENÁRIO DA CPEE ANEXO I ORDENS DE TRABALHO DAS REUNIÕES DO PLENÁRIO DA CPEE Durante o ano de 2009, nas 8 (oito) reuniões de Plenário da CPEE os assuntos abordados e as matérias alvo de deliberação foram as constantes

Leia mais

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo.

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo. Intervenção proferida pelo Deputado Luís Henrique Silva, na Sessão Plenária de Novembro de 2006 Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros

Leia mais

SERVIÇO EUROPEU DE SELECÇÃO DO PESSOAL (EPSO)

SERVIÇO EUROPEU DE SELECÇÃO DO PESSOAL (EPSO) 16.3.2011 PT Jornal Oficial da União Europeia C 82 A/1 V (Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS SERVIÇO EUROPEU DE SELECÇÃO DO PESSOAL (EPSO) ANÚNCIO DE CONCURSOS GERAIS EPSO/AD/206/11 (AD 5) E EPSO/AD/207/11

Leia mais

ANÚNCIO DE CONCURSO. 1. Perfil / Vagas. Previsão de Vagas. Formação Académica

ANÚNCIO DE CONCURSO. 1. Perfil / Vagas. Previsão de Vagas. Formação Académica ANÚNCIO DE CONCURSO O presente anúncio de recrutamento é coordenado pela Direcção Geral da Administração Pública e de acordo com os novos procedimentos do Recrutamento Centralizado estabelecidos na Directiva

Leia mais

XVI. CCAC Reforça Supervisão e Incentiva a Cooperação CA Fiscaliza a Aplicação do Erário Público

XVI. CCAC Reforça Supervisão e Incentiva a Cooperação CA Fiscaliza a Aplicação do Erário Público Retrospectiva de 2008 XVI. CCAC Reforça Supervisão e Incentiva a Cooperação CA Fiscaliza a Aplicação do Erário Público Em 2008, o Comissariado contra a Corrupção (CCAC) esforçou-se por reforçar a supervisão

Leia mais

A Liga Escolhas realizar-se-á com equipas mistas com idades compreendidas entre os 10 e os 14 anos e será apadrinhada por um jogador a definir.

A Liga Escolhas realizar-se-á com equipas mistas com idades compreendidas entre os 10 e os 14 anos e será apadrinhada por um jogador a definir. Regulamento Liga Fundação Aragão Pinto Escolhas 2011-2012 PREÂMBULO São diversas as definições de desenvolvimento óptimo juvenil entre os investigadores. Para Hamilton, por exemplo, o desenvolvimento positivo

Leia mais

MBA Master Business Administration

MBA Master Business Administration MBA Master Business Administration Objectivos O Master pretende complementar os conhecimentos teóricos e práticos de gestão em geral, proporcionando informação sobre as técnicas de gestão e de apoio à

Leia mais

CONSULADO-GERAL EM MIAMI PROCESSO SELETIVO PARA ASSISTENTE TÉCNICO DE COMÉRCIO EXTERIOR E D I T A L 1/2014

CONSULADO-GERAL EM MIAMI PROCESSO SELETIVO PARA ASSISTENTE TÉCNICO DE COMÉRCIO EXTERIOR E D I T A L 1/2014 CONSULADO-GERAL EM MIAMI PROCESSO SELETIVO PARA ASSISTENTE TÉCNICO DE COMÉRCIO EXTERIOR E D I T A L 1/2014 A Comissão de Seleção do Consulado-Geral em Miami, no uso de suas atribuições delegadas pela Ordem

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE SETAS DE LISBOA REGULAMENTO 2012-2013 DARDOS ELECTRÓNICOS

ASSOCIAÇÃO DE SETAS DE LISBOA REGULAMENTO 2012-2013 DARDOS ELECTRÓNICOS ASSOCIAÇÃO DE SETAS DE LISBOA REGULAMENTO 2012-2013 DARDOS ELECTRÓNICOS REGULAMENTO 2012-2013 Ponto 1. Máquinas e distância de jogo Nas competições de dardos eletrónicos da Associação de Setas de Lisboa

Leia mais

Câmara Municipal de Estarreja PREÂMBULO

Câmara Municipal de Estarreja PREÂMBULO PREÂMBULO O projecto Estarreja COMpartilha surge da necessidade que se tem verificado, na sociedade actual, da falta de actividades e práticas de cidadania. Traduz-se numa relação solidária para com o

Leia mais

UEFA CHAMPIONS LEAGUE - ÉPOCA 2014/15 DOSSIERS DE IMPRENSA

UEFA CHAMPIONS LEAGUE - ÉPOCA 2014/15 DOSSIERS DE IMPRENSA Chelsea FC Última actualização 27/09/2015 22:28CET UEFA CHAMPIONS LEAGUE - ÉPOCA 2014/15 DOSSIERS DE IMPRENSA (Primeira mão: 1-1) Stamford Bridge - Londres Quarta-feira, 11 de Março de 2015 20.45CET (19.45

Leia mais

Os 7 Pilares da Gestão - Ciclo de Workshops Qualidade da Gestão nas PMEs Portuguesas -

Os 7 Pilares da Gestão - Ciclo de Workshops Qualidade da Gestão nas PMEs Portuguesas - Vários estudos provam que a Gestão de Recursos Humanos é a área mais problemática nas organizações e a que consome grande parte do tempo do empresário. Por outro lado, a área da inovação e do Marketing

Leia mais

100 Dicas do Presidente do RI Sakuji Tanaka para Fortalecer os Rotary Clubs

100 Dicas do Presidente do RI Sakuji Tanaka para Fortalecer os Rotary Clubs 100 Dicas do Presidente do RI Sakuji Tanaka para Fortalecer os Rotary Clubs 1. Fazer mais atividades humanitárias com maior enfoque. 2. Ajustar o número de comissões ao tamanho do clube. 3. Fazer com que

Leia mais

Relatório de Actividades do ano 2011 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica

Relatório de Actividades do ano 2011 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica Relatório de Actividades do ano 2011 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica Fevereiro de 2012 Índice 1. Resumo das actividades... 1 2. Balanço e aperfeiçoamento... 6 3. Perspectivas para os trabalhos

Leia mais

Projecto de criação. Escola de Futebol do. Clube Académico de Futebol Viseu

Projecto de criação. Escola de Futebol do. Clube Académico de Futebol Viseu Projecto de criação Escola de Futebol do Clube Académico de Futebol Viseu Setembro de 2002 Índice Metas propostas do projecto... 3 Recursos humanos... 3 Recursos materiais... 4 Instalações... 4 Material

Leia mais

Administração de Macau pelas suas Gentes e Alto Grau de Autonomia

Administração de Macau pelas suas Gentes e Alto Grau de Autonomia Sistema Político Administração de Macau pelas suas Gentes e Alto Grau de Autonomia A 20 de Dezembro de 1999 Macau passa a Região Administrativa Especial da República Popular da China, sendo simultaneamente

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretaria-Geral

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretaria-Geral MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria-Geral Circular Informativa N.º 5 Data 03/05/2011 Para conhecimento de todos os serviços e organismos dependentes do Ministério da Saúde ASSUNTO: Eleições Legislativas 2011

Leia mais

2.2. GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS

2.2. GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS - DOCUMENTO 15 Extractos dos Referentes Externos e Internos que suportam o Referencial 2.2. GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS REFERENTES EXTERNOS LEGISLAÇÃO Lei nº 31/2002 de 20 de Dezembro CAPÍTULO I Sistema

Leia mais

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO O Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra torna pública a abertura de concurso para a atribuição de uma Bolsa de

Leia mais

Instituições europeias

Instituições europeias Envelhecer com Prazer Rua Mariana Coelho, nº 7, 1º E 2900-486 Setúbal Portugal Tel: +351 265 548 128 Tlm: 96 938 3068 E-mail: envelhecimentos@gmail.com www.envelhecer.org Instituições europeias Inês Luz

Leia mais

Regulamento de Acesso, Circulação e Permanência nas Instalações da Assembleia da República

Regulamento de Acesso, Circulação e Permanência nas Instalações da Assembleia da República Regulamento de Acesso, Circulação e Permanência nas Instalações da Assembleia da República Despacho n.º 1/93, de 19 de março publicado no Diário da Assembleia da República, II Série C, n.º 22 de 22 de

Leia mais

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Relatório Resumo Junho de 2012 Índice 1. Objectivo... 3 2. Enquadramento... 3 3. Trabalho realizado... 3 4. Dados síntese da Licenciatura

Leia mais

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES 2015 2 Formar gestores e quadros técnicos superiores, preparados científica e tecnicamente para o exercício de funções na empresa

Leia mais

Assistência Médica e Saúde

Assistência Médica e Saúde Assistência Médica e Saúde O Governo da RAEM define e prossegue as linhas de acção governativa de Tratamento seguro e adequado com prioridade para a prevenção em correspondência à directriz de elevar a

Leia mais

Futebol Hugo Daniel Sousa ID: 59837453 23-06-2015

Futebol Hugo Daniel Sousa ID: 59837453 23-06-2015 ID: 59837453 23-06-2015 Tiragem: 33425 Mourinho, os treinadores e os destreinadores Pág: 40 Área: 25,70 x 30,09 cm² Corte: 1 de 2 Técnico do Chelsea esteve em Portugal para apresentar uma pós-graduação

Leia mais

DISCURSO DE ENCERRAMENTO DO III SEMINÁRIO DA OISC CPLP HOTEL PESTANA, 12 DE JUNHO DE 2013, MERITÍSSIMO JUIZ CONSELHEIRO DR.

DISCURSO DE ENCERRAMENTO DO III SEMINÁRIO DA OISC CPLP HOTEL PESTANA, 12 DE JUNHO DE 2013, MERITÍSSIMO JUIZ CONSELHEIRO DR. DISCURSO DE ENCERRAMENTO DO III SEMINÁRIO DA OISC CPLP HOTEL PESTANA, 12 DE JUNHO DE 2013, MERITÍSSIMO JUIZ CONSELHEIRO DR. CLAUDIO XIMENES; PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE RECURSO DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO

Leia mais

REGULAMENTO DE RECRUTAMENTO DE PESSOAL

REGULAMENTO DE RECRUTAMENTO DE PESSOAL REGULAMENTO DE RECRUTAMENTO DE PESSOAL Artigo 1. o (Recrutamento e selecção) 1. O recrutamento de pessoal consiste no conjunto de acções destinadas a pôr à disposição da AMCM os meios humanos necessários

Leia mais

Acesso à Educação para Filhos de Imigrantes Folheto Informativo

Acesso à Educação para Filhos de Imigrantes Folheto Informativo Acesso à Educação para Filhos de Imigrantes Folheto Informativo 1 INTRODUÇÃO O Alto Comissariado para a Imigração e Minorias Étnicas em colaboração com o Secretariado Entreculturas elaborou esta brochura

Leia mais

Contribuir para o desenvolvimento da região em que se inserem;

Contribuir para o desenvolvimento da região em que se inserem; SIPIE SISTEMA DE INCENTIVOS A PEQUENAS INICIATIVAS EMPRESARIAIS FICHA DE MEDIDA Apoia projectos com investimento mínimo elegível de 15.000 e a um máximo elegível de 150.000, que visem a criação ou desenvolvimento

Leia mais

Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas

Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas Este guia foi produzido como parte da Campanha de Consciencialização Pan-Europeia sobre RSE, uma iniciativa da Comissão Europeia, Directoria

Leia mais

FERNANDO LEAL DA COSTA: "FISCALIZAÇÃO E PUNIÇÃO SÃO DECISIVAS NA NOVA LEI DO ÁLCOOL" 1

FERNANDO LEAL DA COSTA: FISCALIZAÇÃO E PUNIÇÃO SÃO DECISIVAS NA NOVA LEI DO ÁLCOOL 1 FERNANDO LEAL DA COSTA: "FISCALIZAÇÃO E PUNIÇÃO SÃO DECISIVAS NA NOVA LEI DO ÁLCOOL" 1 FERNANDO LEAL DA COSTA: "FISCALIZAÇÃO E PUNIÇÃO SÃO DECISIVAS NA NOVA LEI DO ÁLCOOL" "Fiscalização e punição dos infractores

Leia mais

ANÚNCIO DE CONCURSO - INSPECÇÃO-GERAL DE FINANÇAS

ANÚNCIO DE CONCURSO - INSPECÇÃO-GERAL DE FINANÇAS ANÚNCIO DE CONCURSO - INSPECÇÃO-GERAL DE FINANÇAS A Direcção Geral da Administração Pública e a Inspecção-Geral de Finanças (IGF), através da Direcção Geral do Planeamento, Orçamento e Gestão do Ministério

Leia mais

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho De : DCED/DICUL Carlos Anjos Proc. Nº Para : ANA JOSÉ CARVALHO, CHEFE DA DICUL Assunto : PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES DO GRUPO DE TRABALHO PARA O MOVIMENTO ASSOCIATIVO - 2011 Para os efeitos tidos

Leia mais

3 - Seleccionar e responder a Anúncios de Emprego ou redigir uma Carta de Candidatura Espontânea.

3 - Seleccionar e responder a Anúncios de Emprego ou redigir uma Carta de Candidatura Espontânea. Mercado de Emprego Etapas a Percorrer 1 - Estabelecer o Perfil Profissional Fazer a avaliação de si mesmo: - Competências - Gostos - Interesses Elaboração de uma lista do tipo de empregos que correspondem

Leia mais