UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA"

Transcrição

1 TREINAMENTO APOSENTADORIA E SUAS MODALIDADES MATERIAL DE APOIO 1

2 MODELOS 2

3 Sumário Modelo 1 Portaria (Aposentadoria de Docente que não conta com 05 anos de efetivo exercício no cargo de Professor Titular)... 6 Modelo 2 Declaração (adequar às necessidades e situação de cada servidor)... 7 Modelo 3 Comunicação a ser encaminhada à Agência do INSS... 8 Modelo 4 Termo de Ciência e de Notificação (Processo de Concessão de Aposentadoria)... 9 Modelo 5 Certidão de Tempo de Serviço / Contribuição Modelo 6 CLTC (Aposentadoria por Invalidez Acidente em Serviço ou Doença Incapacitante enquadrada na Lei Federal nº 8.112/1990 ou nº 8.213/1991) (Proventos Integrais ao Tempo de Contribuição) Modelo 7 Portaria (Aposentadoria por Invalidez Acidente em Serviço ou Doença Incapacitante enquadrada na Lei Federal nº 8.112/1990 ou nº 8.213/1991) Modelo 8 CLTC...13 Modelo 9 Portaria (Aposentadoria por Invalidez Doença incapacitante não enquadrada na Lei Federal nº 8.112/1990 ou nº 8.213/1991) Modelo 10 Portaria (Aposentadoria por Invalidez combinada com o fundamento da Aposentadoria Voluntária com direito a paridade) Modelo 11 Portaria (Aposentadoria Compulsória Média das Contribuições) Modelo 12 CLTC (Aposentadoria Compulsória combinada com o fundamento da Aposentadoria Voluntária com direito a paridade) Modelo 13 Portaria (Aposentadoria Compulsória combinada com o fundamento da Aposentadoria Voluntária com direito a paridade) Modelo 14 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição tempo comum e misto com tempo de magistério) (Média das Contribuições) Modelo 15 Portaria (Aposentadoria Voluntária Tempo Exclusivamente de Magistério de Docente de Ensino Fundamental, Médio e Profissionalizante) (Média das Contribuições) Modelo 16 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Idade) Modelo 17 CLTC (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Tempo Comum e Misto com Tempo de Magistério) Modelo 18 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Tempo Comum e Misto com Tempo de Magistério)

4 Modelo 19 CLTC (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Docente) Modelo 20 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Docente) Modelo 21 CLTS (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Serviço ) Modelo 22 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Serviço) Modelo 23 CLTS Modelo 24 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Serviço Em Função de Magistério) Modelo 25 Portaria (Aposentadoria Voluntária Proporcional por Tempo de Serviço) Modelo 26 CLTC (Aposentadoria por Tempo de Contribuição com tempo misto de magistério e administrativo) Modelo 27 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Com Tempo Misto de Magistério e Administrativo) Modelo 28 CLTC (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Exclusivo de Magistério) (Docente de Nível Superior e Médio Profissionalizante de 2º Grau) Modelo 29 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Exclusivo de Magistério) (Docente de Nível Superior e Médio Profissionalizante de 2º Grau) Modelo 30 CLTC (Aposentadoria Voluntária Proporcional ao Tempo de Contribuição) Modelo 31 Portaria (Aposentadoria Voluntária Proporcional ao Tempo de Contribuição) Modelo 32 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição) Modelo 33 Portaria (Aposentadoria Voluntária Integral por Tempo de Contribuição) (Docente de Ensino Médio e Profissionalizante de 2º grau) Modelo 34 CLTC (Aposentadoria Voluntária por Idade e por Idade com direito ao Abono de Permanência) Modelo 35 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Idade) Modelo 36 Portaria (Aposentadoria Voluntária Integral) Modelo 37 Portaria (Aposentadoria Voluntária Integral por Tempo de Contribuição Com Tempo Exclusivo de Magistério) (Docente de Ensino Médio e Profissionalizante de 2º Grau) Modelo 38 CLTC (Aposentadoria Voluntária Integral para Mulher) DATA DE NASCIMENTO: 03/02/ Modelo 39 Portaria (Aposentadoria Voluntária Integral)

5 Modelo 40 CLTC (Aposentadoria por Invalidez Acidente em Serviço ou Doença Incapacitante enquadrada na Lei Federal nº 8.112/1990 ou nº 8.213/1991) (Proventos Integrais ao Tempo de Contribuição) Modelo 41 Portaria (Aposentadoria por Invalidez Acidente em Serviço ou Doença Incapacitante enquadrada na Lei Federal nº 8.112/1990 ou nº 8.213/1991) Modelo 42 Portaria (Aposentadoria por Invalidez Permanente Doença incapacitante não enquadrada na Lei Federal nº 8.112/1990 ou nº 8.213/1991) Modelo 43 Certidão (Recontagem de Tempo de Serviço/Contribuição) Modelo 44 CLTC (RECONTAGEM) Modelo 45 Apostila (Recontagem de Tempo) Modelo 46 Formulário do Abono de Permanência Modelo 47 Formulário COMPREV Modelo 48 CTC para homologação da SPPREV Modelo 49 CTC para homologação da SPPREV Modelo 50 CTC para homologação da SPPREV Modelo 51 CTC não homologada pela SPPREV Modelo 52 CTC para homologação da SPPREV

6 Modelo 1 Portaria (Aposentadoria de Docente que não conta com 05 anos de efetivo exercício no cargo de Professor Titular) PORTARIA DE DE DE. O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso das atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, à vista da Certidão de Liquidação de Tempo de Contribuição nº.../..., nos termos do artigo... e Lei Complementar nº 269/1981 (quando for o caso),..., RG..., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, referência salarial, regime jurídico, regime de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais integrais do cargo de Professor Assistente e vantagens da função de Professor Adjunto, Referência MS..., em RDIDP, iguais a R$..., assim discriminados: vencimento correspondente ao valor da Referência MS..., em...(regime/jornada de trabalho) = R$..., calculado com base na Resolução CRUESP nº.../..., acrescido das seguintes vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85) = R$..., gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., adicional por tempo de serviço... quinquênios (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura 6

7 Modelo 2 Declaração (adequar às necessidades e situação de cada servidor) DECLARAÇÃO Eu,, RG., declaro que fui cientificado (a) sobre o que segue: 1 pelas regras constitucionais há outras modalidades de aposentadoria que prevê o direito à paridade e proventos integrais, e que poderia vir a fazer jus: Art. 6º, incisos I, II, III e IV da Emenda Constitucional nº 41/2003, combinado com o Art. 2º da Emenda Constitucional nº 47/2005. Art. 3º da Emenda Constitucional nº 47/ tendo completado, em / /, os requisitos para aposentadoria, com fundamento no Art. 2º, incisos I, II e III, alíneas a, b e 1º, inciso I ou II da Emenda Constitucional nº 41/2003, passei a fazer jus ao abono de permanência equivalente ao valor da contribuição previdenciária, de que trata o 5º do Art. 2º da referida Emenda e, com a aposentadoria deixarei de percebê lo, ou 2 tendo completado, na presente data, os requisitos para aposentadoria com fundamento no Art. 2º, incisos I, II e III, alíneas a, b e 1º, inciso I ou II da Emenda Constitucional nº 41/2003, se optasse por permanecer em atividade faria jus ao abono de permanência equivalente ao valor da contribuição previdenciária, de que trata o 5º do Art. 2º da referida Emenda. Entretanto mantenho interesse pela aposentadoria fundamentada nos termos do Art. 2º, incisos I, II e III, alíneas a, b e 1º, inciso I ou II da Emenda Constitucional nº 41/2003, com proventos calculados sobre a média das contribuições, com % de redutor (quando for o caso), tendo conhecimento que o índice de reajuste passa a ser o estabelecido pelo RGPS Regime Geral de Previdência Social. Fui cientificado (a), ainda, de que: 1 com a aposentadoria posso sacar o PASEP (para aqueles cadastrados até a data anterior à vigência da Constituição Federal de 1988), e 2 posso pedir exclusão do pagamento do IAMSPE, de acordo com a Lei nº /2000, e uma vez excluído não mais poderei retornar a contribuir., de de 7

8 Modelo 3 Comunicação a ser encaminhada à Agência do INSS COMUNICAÇÃO Nº...DE...DE...DE... (Processo nº...) Ao Chefe do Serviço do Instituto Nacional do Seguro Social da Agência de... Em cumprimento ao disposto no inciso II, do artigo 131, do Regulamento dos Benefícios da Previdência Social, aprovado pelo Decreto nº 3.048, de 06 de maio de 1999 (1) e posteriores alterações, comunicamos a Vossa Senhoria que foi concedida aposentadoria ao(a) Senhor(a)..., RG..., no(a) cargo/função de...do Quadro desta Universidade, tendo sido computado, para esse fim, o tempo de serviço prestado em atividade privada vinculada à previdência social urbana, constante da Certidão de Tempo de Serviço/Contribuição (CTS/CTC) emitida por essa Unidade em.../.../..., nos termos da Lei nº de 14 de julho de 1975, com as alterações da Lei nº 6.864, de 1º de dezembro de 1980 e demais alterações (2). Atenciosamente, Nome e assinatura (Supervisor de Seção) NOTA: (1) (2) Para quando ocorrerem alterações. Se na certidão expedida pelo INSS constarem outros fundamentos. 8

9 Modelo 4 Termo de Ciência e de Notificação (Processo de Concessão de Aposentadoria) Órgão ou Entidade: Processo nº.: Responsável pelo ato de concessão da aposentadoria: Servidor aposentado: Advogado(s): (*) Pelo presente TERMO damo nos por NOTIFICADOS para o acompanhamento dos atos de tramitação do correspondente processo no Tribunal de Contas até seu julgamento final e conseqüente publicação, e se for o caso e de nosso interesse, para, nos prazos e nas formas legais e regimentais, exercer o direito da defesa, interpor recursos e o mais que couber. Outrossim, estamos cientes, doravante, de que todos os despachos e decisões que vierem a ser tomados, relativamente ao aludido processo, serão publicados no Diário Oficial do Estado, Caderno do Poder Legislativo, parte do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, de conformidade com o artigo 90 da Lei Complementar nº 709, de 14 de janeiro de 1993, iniciandose, a partir de então, a contagem dos prazos processuais. Local e data Responsável pelo ato de concessão da aposentadoria Servidor aposentado (*) Facultativo. Indicar quando já constituído. 9

10 Modelo 5 Certidão de Tempo de Serviço / Contribuição CERTIDÃO Nº PROCESSO Nº CERTIFICAMOS, PARA FINS DE APOSENTADORIA, de acordo com os elementos constantes do presente processo e assentamentos desta Seção que,...rg.... (discriminar a situação funcional do interessado, cargo/função titular, quadro ou subquadro, referência salarial, regime jurídico, etc...), lotada(o) no(a)...do(a) Instituto/Faculdade,...do Câmpus de..., esteve em efetivo exercício no período de.../.../... a.../.../..., registrando as seguintes ocorrências: ANO DE...Neste período consta/não consta qualquer penalidade administrativa. O referido é verdade. Instituto/Faculdade de... do Câmpus de... da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" do Estado de São Paulo, Seção...aos (data)x.x.x.x.x.x.x.x.x.xxxx.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x. Elaborado por: Conferido por: Nome do Servidor:... Nome do Servidor:... RG:... RG:... Função:... Função:... OBSERVAÇÕES 1. Elaborar em papel timbrado; 2. Quando o interessado apresentar tempo de serviço/contribuição prestado a outra Unidade da UNESP ou órgão público, incluir: "Certificamos, ainda, que o(a) interessado(a) conta com... dias líquidos, referentes ao(s) período(s) de... a..., conforme Certidão expedida em.../.../..., pelo(a)..."; 3. Incluir, quando for o caso, o tempo de serviço/contribuição constante em certidões expedidas pelo INSS. 10

11 Modelo 6 CLTC (Aposentadoria por Invalidez Acidente em Serviço ou Doença Incapacitante enquadrada na Lei Federal nº 8.112/1990 ou nº 8.213/1991) (Proventos Integrais ao Tempo de Contribuição) CERTIDÃO DE LIQUIDAÇÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO Nº... Tempo prestado nesta Universidade, conforme Certidão nº..., fls...: Regime da CLT, de / / a / /... Regime Autárquico/Efetivo, de / / a / /... Menos ocorrências até 22/09/2003: DIAS Faltas justificadas... =... Faltas injustificadas... =... Licença Pessoa da Família... = (Servidor com ingresso no serviço público após 31/12/2003: As ocorrências a contar de 01/01/2004 serão descontadas da remuneração para aferição de contribuição (Art. 3º 4º do Decreto nº /2008), consequentemente, deverão ser descontadas do tempo de contribuição para fins de aposentadoria. Mais: Tempo prestado a empresas privadas, conforme Certidão fls..., de / / a / /, de / / a / /... Tempo líquido... Tempo para Aposentadoria:...Anos...Meses...Dias Nota: Não citar no ato de aposentadoria, uma vez que esta modalidade independe do tempo de contribuição e não há compensação previdenciária COMPREV (art. 4º do Decreto nº 3.112/1999). 11

12 Modelo 7 Portaria (Aposentadoria por Invalidez Acidente em Serviço ou Doença Incapacitante enquadrada na Lei Federal nº 8.112/1990 ou nº 8.213/1991) PORTARIA DE DE DE. O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso das atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, a partir de.../.../..., à vista do Laudo de Aposentadoria UNESP nº.../..., referente ao Laudo de Aposentadoria DPME nº.../..., nos termos do artigo 40, 1º, inciso I, da Constituição Federal/1988, com a redação dada pelo artigo 1º das Emendas Constitucionais nº 20/1998 e nº 41/2003,..., RG..., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, nível/referência salarial, regime jurídico, jornada de trabalho/regime de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais integrais, iguais a R$..., calculados com base na Lei nº /2004, artigo 1º, (1) (2)..., já computados: vencimento referente ao valor do Nível e Grau de seu/sua cargo/função, ou Referência MS..., em... (regime de trabalho), conforme Resolução CRUESP nº.../..., e as vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85), gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato), ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato), adicional por tempo de serviço...quinquênios (citar o fundamento constante do correspondente ato), sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato), e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura NOTA: (1) (2) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à média das contribuições, cita: 1º, correspondentes à média das contribuições, já computados... Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à remuneração do servidor, citar: 1º e 5º, correspondentes à remuneração do servidor, já computados... 12

13 Modelo 8 CLTC CERTIDÃO DE LIQUIDAÇÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO Nº... Tempo prestado nesta Universidade, conforme Certidão nº..., fls...: Regime da CLT, de / / a / /... Regime Autárquico/Efetivo, de / / a / /... Menos ocorrências até 22/09/2003: DIAS Faltas justificadas... =... Faltas injustificadas... =... Licença Pessoa da Família... = (Servidor com ingresso no serviço público após 31/12/2003: As ocorrências a contar de 01/01/2004 serão descontadas da remuneração para aferição de contribuição (Art. 3º 4º do Decreto nº /2008), consequentemente, deverão ser descontadas do tempo de contribuição para fins de aposentadoria. Mais: Tempo prestado a empresas privadas, conforme Certidão fls..., de / / a / /, de / / a / /... Tempo líquido... Tempo para Aposentadoria:...Anos...Meses...Dias 13

14 Modelo 9 Portaria (Aposentadoria por Invalidez Doença incapacitante não enquadrada na Lei Federal nº 8.112/1990 ou nº 8.213/1991) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, a partir de.../.../..., à vista do Laudo de Aposentadoria UNESP nº.../..., referente ao Laudo de Aposentadoria DPME nº.../..., e da Certidão de Liquidação de Tempo de Contribuição nº.../..., nos termos do artigo 40, 1º, inciso I, da Constituição Federal/1988, com a redação dada pelo artigo 1º das Emendas Constitucionais nº 20/1998 e nº 41/2003, e Lei Complementar nº 269/1981 (quando for o caso) (1),..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, nível/referência salarial, regime jurídico, jornada de trabalho/regime de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais proporcionais ao tempo de contribuição.../... avos, iguais a R$..., calculados com base na Lei nº /2004, artigo 1º, (2) (3)..., já computados: vencimento referente ao valor do Nível e Grau de seu/sua cargo/função, ou Referência MS..., em...(regime de trabalho), conforme Resolução CRUESP nº.../..., e as vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85), gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante co correspondente ato), ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato), adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato), sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspodente ato), e outros. (Processo nº...) NOTA: Nome e assinatura (1) Concessão de aposentadoria com tempo do INSS. (2) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à média das contribuições, citar: 1º, correspondentes à média das contribuições, já computados... (3) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à remuneração do servidor, citar: 1º e 5º, correspondentes à remuneração do servidor, já computados... 14

15 Modelo 10 Portaria (Aposentadoria por Invalidez combinada com o fundamento da Aposentadoria Voluntária com direito a paridade) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, a partir de.../.../..., à vista do Laudo de Aposentadoria UNESP nº.../..., referente ao Laudo de Aposentadoria DPME nº.../..., e da Certidão de Liquidação de Tempo de Contribuição nº.../..., nos termos do artigo 40, 1º, inciso I, da Constituição Federal/1988, com a redação dada pelo artigo 1º das Emendas Constitucionais nº 20/1998 e nº 41/2003, combinado com o artigo 4º, inciso III, alínea... da mesma Constituição, ou artigo 8º... da Emenda Constitucional nº 20/1998, assegurado pelo artigo 3º, 2º, da EC nº 41/2003, ou artigo 6º, da EC nº 41/2003, ou artigo 3º da EC nº 47/2005, e Lei Complementar nº 269/1981 (quando for o caso),..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, nível e grau/referência salarial, regime jurídico, regime de trabalho/jornada de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais integrais/proporcionais ao tempo de contribuição.../... avos, iguais a R$..., assim discriminados: vencimento correspondente ao valor do Nível e Grau de seu/sua cargo/função ou Referência MS..., em...(regime de trabalho) = R$..., calculado com base na Resolução CRUESP nº.../..., acrescido das seguintes vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85) = R$..., gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura 15

16 Modelo 11 Portaria (Aposentadoria Compulsória Média das Contribuições) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, a partir de.../.../..., à vista da Certidão de Liquidação de Tempo de Contribuição nº.../..., nos termos do artigo 40, 1º, inciso II, da Constituição Federal/1988, com a redação dada pelo artigo 1º das Emendas Constitucionais nº 20/1998 e nº 41/2003, combinado com a Lei Complementar nº 269/1981 (1),..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, nível/referência salarial, regime jurídico, jornada de trabalho/regime de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais integrais ou proporcionais ao tempo de contribuição.../... avos, iguais a R$..., calculados com base na Lei nº /2004, artigo 1º, (2) (3)..., já computados: vencimento referente ao valor do Nível e Grau de seu/sua cargo/função, ou Referência MS..., em...(regime de trabalho), conforme Resolução CRUESP nº.../..., e as vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85), gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato), ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato), adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato), sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato), e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura NOTA: (1) Concessão de aposentadoria com tempo do INSS. (2) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à média das contribuições, citar: 1º, correspondentes à média das contribuições, já computados... (3) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à remuneração do servidor, citar: 1º e 5º, correspondentes à remuneração do servidor, já computados... 16

17 Modelo 12 CLTC (Aposentadoria Compulsória combinada com o fundamento da Aposentadoria Voluntária com direito a paridade) CERTIDÃO DE LIQUIDAÇÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO Nº... Tempo prestado nesta Universidade, conforme Certidão nº..., fls...: DIAS Regime da CLT, de / / a / /... Regime Autárquico/Efetivo, de / / a / /... Menos ocorrências até 22/09/2003: Faltas justificadas... =... Faltas injustificadas... =... Licença Pessoa da Família... = Mais: Tempo prestado a empresas privadas, conforme Certidão fls..., de / / a / /, de / / a / /... Tempo líquido... OBS.: CLTC Efetuar a adequação, conforme a modalidade de direito pela paridade (verificar anexos na REGRA DE TRANSIÇÃO) Tempo para Aposentadoria:...Anos...Meses...Dias 17

18 Modelo 13 Portaria (Aposentadoria Compulsória combinada com o fundamento da Aposentadoria Voluntária com direito a paridade) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, à vista da Certidão de Liquidação de Tempo de Contribuição nº.../..., nos termos do artigo 40, 1º, inciso II da Constituição Federal/1988, com a redação dada pelo artigo 1º das Emendas Constitucionais nº 20/1998 e nº 41/2003, combinado com artigo 40, inciso III, alínea... da mesma Constituição, ou artigo 8º... da Emenda Constitucional nº 20/1998, assegurado pelo artigo 3º, 2º, da EC 41/2003, ou artigo 6º, da EC nº 41/2003, ou artigo 3º, da EC nº 47/2005, e Lei Complementar nº 269/1981 (quando for o caso),..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, nível e grau/referência salarial, regime jurídico, regime de trabalho/jornada de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais integrais/proporcionais ao tempo de contribuição.../... avos, iguais a R$..., assim discriminados: vencimento correspondente ao valor do Nível e Grau de seu/sua cargo/função ou Referência MS..., em...(regime de trabalho) = R$..., calculado com base na Resolução CRUESP nº.../..., acrescido das seguintes vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85) = R$..., gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura 18

19 Modelo 14 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição tempo comum e misto com tempo de magistério) (Média das Contribuições) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, à vista da Certidão de Liquidação de Tempo de Contribuição nº.../..., nos termos do artigo 40, 1º, inciso III, alínea a da Constituição Federal/1988, com a redação dada pelo artigo 1º das Emendas Constitucionais nº 20/1998 e nº 41/2003, combinado com a Lei Complementar nº 269/1981 (quando for o caso)..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, nível/referência salarial, regime jurídico, jornada de trabalho/regime de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais integrais, iguais a R$..., calculados com base na Lei nº /2004, artigo 1º, (2) (3)..., já computados: vencimento referente ao valor do Nível e Grau de seu/sua cargo/função, ou Referência MS..., em...(regime de trabalho), conforme Resolução CRUESP nº.../..., e as vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85), gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato), ou, (1), gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato), adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato), sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato), e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura NOTA: (1) Concessão de aposentadoria com tempo do INSS. (2) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à média das contribuições, citar: 1º, correspondentes à média das contribuições, já computados... (3) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à remuneração do servidor, citar: 1º e 5º, correspondentes à remuneração do servidor, já computados... 19

20 Modelo 15 Portaria (Aposentadoria Voluntária Tempo Exclusivamente de Magistério de Docente de Ensino Fundamental, Médio e Profissionalizante) (Média das Contribuições) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, à vista da Certidão de Liquidação de Tempo de Contribuição nº.../.., nos termos do artigo 40, 1º, inciso III, alínea a, 5º da Constituição Federal/1988, com a redação dada pelo artigo 1º das Emendas Constitucionais nº 20/1998 e nº 41/2003, e Lei Complementar nº 269/1981(quando for o caso) (1),..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, nível/referência salarial, regime jurídico, jornada de trabalho/regime de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais integrais, iguais a R$..., calculados com base na Lei nº /2004, artigo 1º, (2) (3)..., já computados: vencimento referente ao valor do Nível e Grau de seu/sua cargo/função, ou Referência MS..., em...(regime de trabalho), conforme Resolução CRUESP nº.../..., e as vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85), gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato), ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato), adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato), sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato), e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura NOTA: (1) Concessão de aposentadoria com tempo do INSS. (2) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à média das contribuições, citar: 1º, correspondentes à média das contribuições, já computados... (3) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à remuneração do servidor, citar: 1º e 5º, correspondentes à remuneração do servidor, já computados... 20

21 Modelo 16 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Idade) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, à vista da Certidão de Liquidação de Tempo de Contribuição nº.../..., nos termos do artigo 40, 1º, inciso III, alínea b da Constituição Federal/1988, com a redação dada pelo artigo 1º das Emendas Constitucionais nº 20/1998 e nº 41/2003, e Lei Complementar nº 269/1981 (quando for o caso) (1),..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, nível/referência salarial, regime jurídico, jornada de trabalho/regime de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais integrais, iguais a R$..., calculados com base na Lei nº /2004, artigo 1º, (2) (3)..., já computados: vencimento referente ao valor do Nível e Grau de seu/sua cargo/função, ou Referência MS..., em...(regime de trabalho), conforme Resolução CRUESP nº.../..., e as vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85), gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato), ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato), adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato), sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento do correspondente ato), e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura NOTA: (1) Concessão de aposentadoria com tempo do INSS. (2) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à média das contribuições, citar: 1º, correspondentes à média das contribuições, já computados... (3) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à remuneração do servidor, citar: 1º e 5º, correspondentes à remuneração do servidor, já computados... 21

22 Modelo 17 CLTC (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Tempo Comum e Misto com Tempo de Magistério) CERTIDÃO DE LIQUIDAÇÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO Nº... Tempo prestado nesta Universidade, conforme Certidão nº..., fls...: DIAS Regime da CLT, de / / a / /... Regime Autárquico/Efetivo, de / / a 16/12/98... Menos ocorrências até 22/09/2003: Faltas justificadas... =... Faltas injustificadas... =... Licença Pessoa da Família... = Mais: Tempo prestado a empresas privadas, conforme Certidão fls..., de / / a / /, de / / a / /... Pedágio de 20% sobre o tempo que, na data de 16/12/98, faltava para completar o tempo de contribuição, 35 anos, se homem, e 30 anos, se mulher: ou =...X 20% = Tempo prestado nesta Universidade de 17/12/98 a.../.../..., conforme Certidão nº..., fls...:... Tempo líquido... Tempo para Aposentadoria:...Anos...Meses...Dias 22

23 Modelo 18 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Tempo Comum e Misto com Tempo de Magistério) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, à vista da Certidão de Liquidação de Tempo de Contribuição nº.../..., nos termos do artigo 2º, incisos I, II e III, alíneas a e b, 1º, inciso I ou II da Emenda Constitucional nº 41/2003, e Lei Complementar nº 269/1981 (quando for o caso) (1),..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, referência salarial, regime jurídico, jornada de trabalho/regime de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais, com redutor de...%, iguais a R$..., calculados com base na Lei nº /2004, artigo 1º, (2) (3)..., já computados: vencimento referente ao valor do Nível e Grau de seu/sua cargo/função, ou Referência MS..., em...(regime de trabalho), conforme Resolução CRUESP nº.../..., e as vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85), gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato), ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº (citar o fundamento constante do correspondente ato), adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato), sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato), e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura NOTA: (1) Concessão de aposentadoria com tempo do INSS. (2) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à média das contribuições, citar: 1º, correspondentes à média das contribuições, já computados... (3) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à remuneração do servidor, citar: 1º e 5º, correspondentes à remuneração do servidor, já computados... 23

24 Modelo 19 CLTC (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Docente) CERTIDÃO DE LIQUIDAÇÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO Nº... Tempo prestado nesta Universidade, conforme Certidão nº..., fls...: Regime da CLT, de / / a / /... Regime Autárquico/Efetivo, de / / a 16/12/98... DIAS Menos: Faltas justificadas... =... Faltas injustificadas... =... Licença Pessoa da Família... = Mais: Tempo prestado a Faculdades/Escolas privadas, anteriormente ao ingresso nesta Universidade, conforme Certidão fls..., de / / a / /, de / / a / /... Bônus de 17% ou 20% sobre o tempo de serviço prestado até 16/12/98, exclusivamente de magistério, conforme 4º, do artigo 2º, da EC nº 41/03... Pedágio de 20% sobre o tempo que, na data de 16/12/98, faltava para completar o tempo de contribuição, 35 anos, se homem, e 30 anos, se mulher: ou =...X 20% = 000 dias, que correspondem ao período de.../.../... a.../.../ Tempo prestado nesta Universidade de 17/12/98 a.../.../..., conforme Certidão nº..., fls...:... Tempo líquido... Tempo para Aposentadoria:...Anos...Meses...Dias 24

25 Modelo 20 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Docente) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, à vista da Certidão de Liquidação de Tempo de Contribuição nº.../..., nos termos do artigo 2º, incisos I, II e III, alíneas a e b, 1º, inciso I ou II e 4º, da Emenda Constitucional nº 41/2003, e Lei Complementar nº 269/1981 (quando for o caso) (1),..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, referência salarial, regime jurídico, jornada de trabalho/regime de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais, com redutor de...%, iguais a R$..., calculados com base na Lei nº /2004, artigo 1º, (2) (3)..., já computados: vencimento referente ao valor do Nível e Grau de seu/sua cargo/função, ou Referência MS..., em...(regime de trabalho), conforme Resolução CRUESP nº.../..., e as vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85), gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato), ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato), adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato), sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato), e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura NOTA: (1) Concessão de aposentadoria com tempo do INSS. (2) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à média das contribuições, citar: 1º, correspondentes à média das contribuições, já computados... (3) Quando a aposentadoria for concedida com os proventos referentes à remuneração do servidor, citar: 1º e 5º, correspondentes à remuneração do servidor, já computados... 25

26 Modelo 21 CLTS (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Serviço ) CERTIDÃO DE LIQUIDAÇÃO DE TEMPO DE SERVIÇO Nº... Tempo prestado nesta Universidade, conforme Certidão nº..., fls...: DIAS Regime da CLT, de / / a / /... Regime Autárquico/Efetivo, de / / a / /... Menos: Faltas justificadas... =... Faltas injustificadas... =... Licença Pessoa da Família... = Mais: Tempo prestado a empresas privadas, conforme Certidão fls..., de / / a / /, de / / a / /... Tempo prestado nesta Universidade, conforme Certidão nº..., fls..., de 17/12/1998 a / /... Tempo líquido... Tempo para Aposentadoria:...Anos...Meses...Dias 26

27 Modelo 22 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Serviço) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, à vista da Certidão de Liquidação de Tempo de Serviço nº.../..., nos termos do artigo 126, inciso III, alínea a, da Constituição do Estado de São Paulo/1989, combinado com o artigo 3º da Emenda Constitucional nº 41/2003, e Lei Complementar nº 269/1981 (quando for o caso),..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, nível e grau/referência salarial, regime jurídico, jornada de trabalho/regime de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais integrais, iguais a R$..., assim discriminados: vencimento correspondente ao valor do Nível e Grau de seu/sua cargo/função ou Referência MS..., em...(regime de trabalho) = R$..., calculado com base na Resolução CRUESP nº.../..., acrescido das seguintes vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85) = R$..., gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato), ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura 27

28 Modelo 23 CLTS CERTIDÃO DE LIQUIDAÇÃO DE TEMPO DE SERVIÇO Nº... Tempo prestado nesta Universidade, conforme Certidão nº..., fls...: DIAS Regime da CLT, de / / a / /... Regime Autárquico/Efetivo, de / / a 16/12/98... Menos: Faltas justificadas... =... Faltas injustificadas... =... Licença Pessoa da Família... = Mais: Tempo prestado a empresas privadas, conforme Certidão fls..., de / / a / /, de / / a / /... Tempo prestado nesta Universidade, conforme Certidão nº..., fls..., de 17/12/98 a / /... Tempo líquido... Tempo para Aposentadoria:...Anos...Meses...Dias 28

29 Modelo 24 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Serviço Em Função de Magistério) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, à vista da Certidão de Liquidação de Tempo de Serviço nº.../..., nos termos do artigo 126, inciso III, alínea b, da Constituição do Estado de São Paulo/1989, combinado com o artigo 3º da Emenda Constitucional nº 41/2003, e Lei Complementar nº 269/1981 (quando for o caso),..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo, regime jurídico, regime de trabalho e lotação), fazendo jus aos proventos mensais integrais, iguais a R$..., assim discriminados: vencimento correspondente ao valor da Referência MS..., em...(regime de trabalho) = R$..., calculado com base na Resolução CRUESP nº.../..., acrescido das seguintes vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85) = R$..., gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura 29

30 Modelo 25 Portaria (Aposentadoria Voluntária Proporcional por Tempo de Serviço) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, à vista da Certidão de Liquidação de Tempo de Serviço nº.../..., nos termos do artigo 126, inciso III, alínea c, da Constituição do Estado de São Paulo/1989, combinado com o artigo 3º da Emenda Constitucional nº 41/2003, e Lei Complementar nº 269/1981 (quando for o caso),..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, nível e grau/referência salarial, regime jurídico, regime de trabalho/jornada de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais proporcionais a.../..., iguais a R$..., assim discriminados: vencimento correspondente ao valor do Nível e Grau de seu/sua cargo/função ou Referência MS..., em...(regime de trabalho) = R$..., calculado com base na Resolução CRUESP nº.../..., acrescido das seguintes vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85) = R$..., gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., sextaparte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura 30

31 Modelo 26 CLTC (Aposentadoria por Tempo de Contribuição com tempo misto de magistério e administrativo) CERTIDÃO DE LIQUIDAÇÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO Nº... Tempo prestado nesta Universidade, conforme Certidão nº..., fls...: DIAS Regime da CLT, de / / a / /... Regime Autárquico/Efetivo, de / / a 16/12/98... Menos: Faltas justificadas... =... Faltas injustificadas... =... Licença Pessoa da Família... = Mais: Tempo prestado a empresas privadas, anteriormente ao ingresso nesta Unidade, conforme Certidão fls..., de / / a / /, de / / a / /... Pedágio de 20% sobre o tempo que, na data de 16/12/98, faltava para completar o tempo de contribuição, 35 anos, se homem, e 30 anos, se mulher: ou =...X 20% =... Tempo prestado nesta Universidade de 17/12/98 a.../.../..., conforme Certidão nº..., fls...:... Tempo líquido... Tempo para Aposentadoria:...Anos...Meses...Dias 31

32 Modelo 27 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Com Tempo Misto de Magistério e Administrativo) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, à vista da Certidão de Liquidação de Tempo de Contribuição nº.../..., nos termos do artigo 8º, incisos I, II e III, alíneas a e b, da Emenda Constitucional nº 20/1998, combinado com o artigo 3º da Emenda Constitucional nº 41/2003, e Lei Complementar nº 269/1981 (quando for o caso),..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, referência salarial, regime jurídico, regime de trabalho/jornada de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais integrais, iguais a R$..., assim discriminados: vencimento correspondente ao valor do Nível e Grau de seu/sua cargo/função ou Referência MS..., em...(regime de trabalho) = R$..., calculado com base na Resolução CRUESP nº.../..., acrescido das seguintes vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85) = R$..., gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., sexta parte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura 32

33 Modelo 28 CLTC (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Exclusivo de Magistério) (Docente de Nível Superior e Médio Profissionalizante de 2º Grau) CERTIDÃO DE LIQUIDAÇÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO Nº... Tempo prestado nesta Universidade, conforme Certidão nº..., fls...: Regime da CLT, de / / a / /... Regime Autárquico/Efetivo, de / / a 16/12/98... Menos: DIAS Faltas justificadas... =... Faltas injustificadas... =... Licença Pessoa da Família... = Mais: Tempo prestado a Faculdades/Escolas privadas, anteriormente ao ingresso nesta Universidade, conforme certidão fls, de / / a / /, de / / a / /... Bônus de 17% ou 20% sobre o tempo de serviço prestado até 16/12/98, exclusivamente de magistério, conforme 4º, do artigo 8º, da EC nº 20/98... Pedágio de 20% sobre o tempo que, na data de 16/12/98, faltava para completar o tempo de contribuição, 35 anos, se homem, e 30 anos, se mulher: ou =...X 20% = 000 dias, que correspondem ao período de.../.../... a.../.../ Tempo prestado nesta Universidade de 17/12/98 a.../.../..., conforme Certidão nº..., fls...:... Tempo líquido... Tempo para Aposentadoria:...Anos...Meses...Dias 33

34 Modelo 29 Portaria (Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição Exclusivo de Magistério) (Docente de Nível Superior e Médio Profissionalizante de 2º Grau) PORTARIA DE DE DE O PRÓ REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA UNESP/PRESIDENTE DO GRUPO ADMINISTRATIVO DA ADMINISTRAÇÃO GERAL/DIRETOR DA(O) FACULDADE/INSTITUTO DO CÂMPUS DE..., no uso de suas atribuições previstas no artigo 1º da Portaria UNESP 218/1997, APOSENTA, à vista da Certidão de Liquidação de Tempo de Contribuição nº.../..., nos termos do artigo 8º, incisos I, II e III, alíneas a e b e 4º da Emenda Constitucional nº 20/1998, combinado com o artigo 3º da Emenda Constitucional nº 41/2003, e Lei Complementar nº 269/1981 (quando for o caso),..., RG...., PIS ou PASEP..., (discriminar a situação funcional do interessado: cargo ou função, quadro ou subquadro, referência salarial, regime jurídico, regime de trabalho, lotação), fazendo jus aos proventos mensais integrais, iguais a R$..., assim discriminados: vencimento correspondente ao valor do... seu/sua cargo/função, ou Referência MS..., em...(regime/jornada de trabalho) = R$..., calculado com base na Resolução CRUESP nº.../..., acrescido das seguintes vantagens pecuniárias: adicional de insalubridade grau...,.../60 avos (Lei Complementar nº 432/85) = R$..., gratificação de representação incorporada...% sobre a gratificação atribuída ao Reitor (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., ou, gratificação de representação incorporada x/10, conforme quadro declaratório nº... (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., adicional por tempo de serviço... qüinqüênios (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., sextaparte dos vencimentos (citar o fundamento constante do correspondente ato) = R$..., e outros. (Processo nº...) Nome e assinatura 34

APOSENTADORIA E SUAS MODALIDADES

APOSENTADORIA E SUAS MODALIDADES APOSENTADORIA E SUAS MODALIDADES PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS GRUPO TÉCNICO DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Constituição da República Federativa do Brasil Alterada

Leia mais

DE RECURSOS HUMANOS MARCOS CANDIDO ANALISTA ADMINISTRATIVO

DE RECURSOS HUMANOS MARCOS CANDIDO ANALISTA ADMINISTRATIVO CENTRO DE RECURSOS HUMANOS MARCOS CANDIDO ANALISTA ADMINISTRATIVO APOSENTADORIA BOAS VINDAS... MSG APOSENTADORIA Objetivo do treinamento Fortalecer o conhecimento das formas mais empregadas de aposentadoria

Leia mais

TERMO DE OPÇÃO. Base de cálculo pela média salarial apurada desde a competência de julho/94

TERMO DE OPÇÃO. Base de cálculo pela média salarial apurada desde a competência de julho/94 TERMO DE OPÇÃO Eu, (nome do(a) servidor(a)), declaro, para fins de aposentadoria voluntária, que estou ciente das possibilidades de enquadramentos abaixo descritas e opto por ser aposentado (a), conforme

Leia mais

MUD U A D NÇA DE D E REGIME

MUD U A D NÇA DE D E REGIME MUDANÇA DE REGIME PRAZO Após a aprovação no CONSU, haverá um prazo fixado (provavelmente 180 dias) para os interessados fazerem a opção pela mudança de regime. CONTRATO Não haverá rescisão contratual,

Leia mais

OBSERVAÇÃO: Todo direito contra a Fazenda, prescreve em 5 anos a contar da data do ato. (Art 1.º Decr /32)

OBSERVAÇÃO: Todo direito contra a Fazenda, prescreve em 5 anos a contar da data do ato. (Art 1.º Decr /32) TIPOS DE AÇÃO E DOCUMENTOS NECESSÁRIOS: IMPORTANTE Para cada ação abaixo relacionada são necessários os seguintes documentos: 1- Procuração; 2- Declaração de pobreza; 3- Autorização para desconto; 4- Contrato;

Leia mais

Modalidades de aposentadorias dos servidores públicos amparados por Regimes Próprios de Previdência Social com seus respectivos fundamentos

Modalidades de aposentadorias dos servidores públicos amparados por Regimes Próprios de Previdência Social com seus respectivos fundamentos REGRA PERMANENTE redação dada pela EC 41/2003 Proventos: Cálculo pela média dos salários de contribuição no RPPS (REGIME PROPRIO DE PREVIDENCIA SOCIAL) e no RGPS (REGIME GERAL PREVIDENCIA SOCIAL). Reajuste

Leia mais

REGRAS DE APOSENTADORIA

REGRAS DE APOSENTADORIA REGRAS DE APOSENTADORIA REGRAS PERMANENTES São aplicadas aos servidores públicos, segundo os requisitos elencados no Art. 40, 1, I, II, III alíneas a e b da CF/88. São essas as seguintes hipóteses: Aposentadoria

Leia mais

Aplica-se aos servidores docentes e aos servidores não docentes (autárquicos).

Aplica-se aos servidores docentes e aos servidores não docentes (autárquicos). fls. 001 1. Jurisdição Aplica-se aos servidores docentes e aos servidores não docentes (autárquicos). 2. Objetivo Estabelecer critérios e procedimentos para solicitação de aposentadoria de servidores docentes

Leia mais

REGRAS DE APOSENTADORIAS

REGRAS DE APOSENTADORIAS REGRAS DE APOSENTADORIAS Cartilha elaborada para reunião com professores da E.M. Barão do Rio Branco - Vianópolis - 02/Agosto/2014 O IPREMB O IPREMB é uma autarquia que operacionaliza e administra o Regime

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO 1. Requerimento do servidor. 2. Mapa do tempo de contribuição.

DOCUMENTAÇÃO 1. Requerimento do servidor. 2. Mapa do tempo de contribuição. DEFINIÇÃO É um incentivo pago ao servidor que já preencheu todos os requisitos para se Aposentar, mas opta por permanecer na ativa. Deferido o abono, o servidor continua recolhendo a contribuição previdenciária,

Leia mais

APOSENTADORIA - SPPREV. Responsáveis: Lismery e Vilma

APOSENTADORIA - SPPREV. Responsáveis: Lismery e Vilma APOSENTADORIA - SPPREV Responsáveis: Lismery e Vilma Informação Requisito para pedir aposentadoria: possuir Certidão de Contagem de Tempo/ Certidão de Liquidação de Tempo de Serviço para fins de aposentadoria

Leia mais

RESUMO DAS REGRAS PARA APOSENTADORIA NO REGIME PRÓPRIO - PSS/UFRN

RESUMO DAS REGRAS PARA APOSENTADORIA NO REGIME PRÓPRIO - PSS/UFRN UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UFRN PRÓREITORIA DE RECURSOS HUMANOS PRH DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL DAP RESUMO DAS S PARA APOSENTADORIA NO REGIME PRÓPRIO PSS/UFRN DE DIREITO ADQUIRIDO

Leia mais

Grupo de Gestão de Pessoas Coordenadoria de Recursos Humanos Secretaria de Saúde Governo do Estado de São Paulo

Grupo de Gestão de Pessoas Coordenadoria de Recursos Humanos Secretaria de Saúde Governo do Estado de São Paulo Grupo de Gestão de Pessoas Coordenadoria de Recursos Humanos Secretaria de Saúde Governo do Estado de São Paulo APOSENTADORIA Aposentar-se é uma mudança radical na vida do trabalhador e é essencial se

Leia mais

REGRAS PARA APOSENTADORIA. IPMDC Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Duque de Caxias

REGRAS PARA APOSENTADORIA. IPMDC Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Duque de Caxias REGRAS PARA APOSENTADORIA IPMDC Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Duque de Caxias Regras de aposentadoria com funções de magistério HOMEM: 55 ANOS DE IDADE 30 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO

Leia mais

APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR REGRAS DE TRANSIÇÃO

APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR REGRAS DE TRANSIÇÃO APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR REGRAS DE TRANSIÇÃO 1 O que é? 1.1 É a passagem voluntária do servidor para a inatividade por ter cumprido os requisitos mínimos para a aposentadoria, conforme previsto no

Leia mais

AMPARO LEGAL PARA CONCESSÃO DE APOSENTADORIAS A PARTIR DA EC 47/2005 MODALIDADE REGRA REQUISITOS DISPOSITIVOS PROVENTOS

AMPARO LEGAL PARA CONCESSÃO DE APOSENTADORIAS A PARTIR DA EC 47/2005 MODALIDADE REGRA REQUISITOS DISPOSITIVOS PROVENTOS TABELA DE REGRAS E MODALIDADES DE APOSENTADORIA PARA BENEFÍCIOS CONCEDIDOS A PARTIR DA EC 47/2005 - Elaborada pelos servidores da 7ª Controladoria Técnica do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo

Leia mais

CIRCULAR GEPE Nº 004/2004 ABONO DE PERMANÊNCIA

CIRCULAR GEPE Nº 004/2004 ABONO DE PERMANÊNCIA 1 CIRCULAR GEPE Nº 004/2004 De: Para: Gerência de Administração de Pagamento de Pessoal Gerências da GEPE, Gerências Regionais de Recursos Humanos e unidades de pessoal das demais Secretarias ABONO DE

Leia mais

Asscontas Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais / Artigos Acesse: ABONO DE PERMANÊNCIA

Asscontas Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais / Artigos Acesse:  ABONO DE PERMANÊNCIA ABONO DE PERMANÊNCIA O Abono de Permanência, instituto criado pela Emenda Constitucional 41, de 19 de dezembro de 2003 (EC 41/03), consiste em uma restituição, feita pelo Estado ao servidor, do valor que

Leia mais

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Pró - Reitoria de Gestão de Pessoal Coordenadoria de Administração de Pessoal

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Pró - Reitoria de Gestão de Pessoal Coordenadoria de Administração de Pessoal Aposentadoria Passagem do servidor da atividade para a inatividade, com proventos integrais ou proporcionais ao tempo de contribuição, observadas as regras específicas para cada situação. Pode ser concedida

Leia mais

REVOGADA PELA PORTARIA Nº 7.796, DE (D.O.U ) PORTARIA Nº 4.882, DE 16 DE DEZEMBRO DE 1998 (D.O.U

REVOGADA PELA PORTARIA Nº 7.796, DE (D.O.U ) PORTARIA Nº 4.882, DE 16 DE DEZEMBRO DE 1998 (D.O.U REVOGADA PELA PORTARIA Nº 7.796, DE 28.08.2000 (D.O.U. 29.08.2000) PORTARIA Nº 4.882, DE 16 DE DEZEMBRO DE 1998 (D.O.U. - 17.12.98) O MINISTRO DE ESTADO DA PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL, no uso da atribuição

Leia mais

REQUISITOS PARA APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS

REQUISITOS PARA APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS REQUISITOS PARA APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS Fabiana Martins Maia Advogada Pós-graduanda em Direito Público Assessora Jurídica da Asscontas Em virtude das Emendas Constitucionais que

Leia mais

Esperamos com isto ampliar a compreensão de toda a comunidade de servidores da UFSCar em relação a este tema.

Esperamos com isto ampliar a compreensão de toda a comunidade de servidores da UFSCar em relação a este tema. Em decorrência do grande número de dúvidas dos servidores sobre a concessão de aposentadorias voluntárias, o Departamento de Aposentadorias, Pensões e Benefícios, da DiAPe/ProGPe, achou por bem relacionar

Leia mais

Tudo o que você precisa saber sobre a previdência e a aposentadoria.

Tudo o que você precisa saber sobre a previdência e a aposentadoria. Tudo o que você precisa saber sobre a previdência e a aposentadoria. Cuidar da sua previdência é fazer o seu futuro mais seguro. Esta cartilha reúne as principais informações sobre a previdência e a aposentadoria

Leia mais

III Workshop de Previdência Complementar do Servidor Público Federal.

III Workshop de Previdência Complementar do Servidor Público Federal. III Workshop de Previdência Complementar do Servidor Público Federal. Pontos de interesse da área de RH sobre o RPPS e migração de regime REGIMES DE PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL RPPS RGPS RPC Regimes de

Leia mais

REGIME PRÓPRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS

REGIME PRÓPRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS APOSENTADORIA Os servidores serão aposentados e terão os seus proventos calculados e revistos, na forma prevista na Constituição Federal, observadas as normas gerais de previdência estabelecidas em lei

Leia mais

lei complementar 1.158, de

lei complementar 1.158, de Página 1 de 11 LEI COMPLEMENTAR Nº 1.158, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2011 Dispõe sobre a reclassificação dos vencimentos e salários dos servidores integrantes das classes regidas pela Lei Complementar nº 1.080,

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO. ATO Nº 384/ 2011 Rio de Janeiro, 12 de maio de CAPÍTULO I. Das Disposições Preliminares

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO. ATO Nº 384/ 2011 Rio de Janeiro, 12 de maio de CAPÍTULO I. Das Disposições Preliminares TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO ATO Nº 384/ 2011 Rio de Janeiro, 12 de maio de 2011. O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

Leia mais

APOSENTADORIA DO SERVIDOR PÚBLICO

APOSENTADORIA DO SERVIDOR PÚBLICO «DESCONTO PREVIDENCIÁRIO INFOMATIVO FÓRUM DAS SEÇÕES SINDICAIS DO ANDES SN DAS IEES PARANAENSES» APOSENTADORIA DO SERVIDOR PÚBLICO PRINCIPAIS ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELAS EC. Ns. 41/2003 E 47/2005 - quebra

Leia mais

CENTRO DE RECURSOS HUMANOS

CENTRO DE RECURSOS HUMANOS CENTRO DE RECURSOS HUMANOS MARCOS CANDIDO ANALISTA ADMINISTRATIVO CONTAGEM DE TEMPO - PROCEDIMENTOS CONTAGEM DE TEMPO - PROCEDIMENTOS CENTRO DE RECURSOS HUMANOS - CRH BOAS VINDAS... MSG Objetivo do treinamento

Leia mais

R. P. P. S. Regime Próprio de Previdência Social

R. P. P. S. Regime Próprio de Previdência Social R. P. P. S. Regime Próprio de Previdência Social O fim de um modelo ou um ajuste cíclico? Construção do Modelo de RPPS Aspectos Constitucionais Construção do Modelo de RPPS Aspectos Constitucionais 1824

Leia mais

PORTARIA AGEPREV/MS n. 16, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2015.

PORTARIA AGEPREV/MS n. 16, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2015. PORTARIA AGEPREV/MS n. 16, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2015. DISPÕE SOBRE TRAMITAÇÃO DOS PROCESSOS DE CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS DE QUE TRATA A INSTRUÇÃO NORMATIVA nº 2, DE 28 DE OUTUBRO DE 2015,

Leia mais

Rioprevidência com Você SEAERJ. Coordenadoria de Aposentadoria

Rioprevidência com Você SEAERJ. Coordenadoria de Aposentadoria Rioprevidência com Você SEAERJ Coordenadoria de Aposentadoria Levar aos servidores do Estado do Rio de Janeiro a Educação Previdenciária, ampliando os conhecimentos dos seus direitos e deveres como servidor

Leia mais

Direito Previdenciário e Infortunístico

Direito Previdenciário e Infortunístico Direito Previdenciário e Infortunístico (o presente texto representa apenas anotações para exposição do autor sem validade para citação) 8º tema Previdência Social para os Servidores Públicos. Desde 1990,

Leia mais

Rioprevidência com você. Novembro de 2015

Rioprevidência com você. Novembro de 2015 Rioprevidência com você Novembro de 2015 O principal objetivo desta apresentação é levar aos servidores do Estado do Rio de Janeiro a Educação Previdenciária, ampliando os conhecimentos dos seus direitos

Leia mais

SUBSTITUTIVO ADOTADO PELA COMISSÃO. Art. 1º A Constituição Federal passa a vigorar com as seguintes alterações: Art

SUBSTITUTIVO ADOTADO PELA COMISSÃO. Art. 1º A Constituição Federal passa a vigorar com as seguintes alterações: Art COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A APRECIAR E PROFERIR PARECER À PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40-A, DE 2003, QUE "MODIFICA OS ARTS. 37, 40, 42, 48, 96, 142 E 149 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL, O ART. 8º DA

Leia mais

A PEC 287/2016 E O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL

A PEC 287/2016 E O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL PALESTRA: A PEC 287/2016 E O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL MINISTRANTE: JANE BERWANGER SÃO PAULO 08/02/2017 1. Aposentadoria do Servidor no texto original da Constituição Federal de 1988 : Servidor

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE RIO CLARO MUNICÍPIO DE RIO CLARO ESTADO DE SÃO PAULO

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE RIO CLARO MUNICÍPIO DE RIO CLARO ESTADO DE SÃO PAULO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO O QUE É O IPRC? O Instituto de Previdência do Município de Rio Claro IPRC nasceu em 20 de setembro de 2007, através da Lei Complementar Municipal 023/2007. É uma Autarquia Municipal

Leia mais

Reforma da Previdência e o Impacto nos Municípios

Reforma da Previdência e o Impacto nos Municípios Secretaria de Previdência Ministério da Fazenda Subsecretaria dos Regimes Próprios de Previdência Social FORMAÇÃO EM FINANÇAS PÚBLICAS E EDUCAÇÃO FISCAL PARA PREFEITURAS Reforma da Previdência e o Impacto

Leia mais

GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS EM JUNDIAÍ APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO DO PROFESSOR CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO

GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS EM JUNDIAÍ APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO DO PROFESSOR CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS EM JUNDIAÍ APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO DO PROFESSOR CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO 1 CONCEITO A aposentadoria por tempo de contribuição será devida ao professor

Leia mais

Orientações para fins de Contagem de Tempo

Orientações para fins de Contagem de Tempo Orientações para fins de Contagem de Tempo Setembro/2016 1 Expedição de 2ª via e/ou publicação de portarias As Diretorias têm expedido a 2ª via de portaria, publicando-a novamente e com numeração referente

Leia mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA. Bortolini Advogados Associados Assessoria Jurídica da ATENS/UFSM Seção Sindical Giovani Bortolini

REFORMA DA PREVIDÊNCIA. Bortolini Advogados Associados Assessoria Jurídica da ATENS/UFSM Seção Sindical Giovani Bortolini REFORMA DA PREVIDÊNCIA Bortolini Advogados Associados Assessoria Jurídica da ATENS/UFSM Seção Sindical Giovani Bortolini 1 PEC 287/2016 Altera os artigos 37, 40, 149, 167, 195, 201 e 203 da Constituição,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA / IPG N.º 02/2013

INSTRUÇÃO NORMATIVA / IPG N.º 02/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA / IPG N.º 02/2013 DEFINE OS MODELOS E FORMAS DE REQUERIMENTOS DOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS. Considerando que a Controladoria Geral do Município aprovou a edição desta Instrução Normativa.

Leia mais

AO SERVIDOR DOCENTE OU TÉCNICO-ADMINISTRATIVO SOB O REGIME AUTÁRQUICO OU EFETIVO

AO SERVIDOR DOCENTE OU TÉCNICO-ADMINISTRATIVO SOB O REGIME AUTÁRQUICO OU EFETIVO INSTRUÇÃO 02-2009 - CRH/PRAD DE 11 DE FEVEREIRO DE 2009, ALTERADA PELA INSTRUÇÃO Nº 01/2010-CRH/PRAD, DE 28 /01/2010. LICENÇA-PRÊMIO Lei 1048/2008 AO SERVIDOR DOCENTE OU TÉCNICO-ADMINISTRATIVO SOB O REGIME

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE (Do Poder Executivo)

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE (Do Poder Executivo) PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE 2003 (Do Poder Executivo) Modifica os artigos 37, 40, 42, 48, 96, 142 e 149 da Constituição Federal, o artigo 8º da Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro

Leia mais

SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA

SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA PARECER Nº, DE 2003 Redação, para o segundo turno, da Proposta de Emenda à Constituição nº 67, de 2003 (nº 40, de 2003, na Câmara dos Deputados).

Leia mais

REGRAS DE APOSENTADORIA

REGRAS DE APOSENTADORIA REGRAS DE APOSENTADORIA Apresentação: O Instituto de Seguridade dos Servidores Municipais de Jaraguá do Sul Issem, iniciou no ano de 2007, com a adoção do Sistema Integrado de Informações Previdenciárias

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DO PATRIMÔNIO INSTRUÇÃO NORMATIVA SEAP Nº 05, DE 28 DE ABRIL DE 1999.

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DO PATRIMÔNIO INSTRUÇÃO NORMATIVA SEAP Nº 05, DE 28 DE ABRIL DE 1999. SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DO PATRIMÔNIO INSTRUÇÃO NORMATIVA SEAP Nº 05, DE 28 DE ABRIL DE 1999. Estabelece orientação aos órgãos setoriais e seccionais do Sistema de Pessoal Civil da Administração

Leia mais

BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS

BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Aposentadoria Redação original, EC nº 20/98, EC nº 41/03 e EC nº 47/05 Artigo 40 da CF Redação Original Regra aplicável ao servidor que tenha implementado

Leia mais

MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI COMPLEMENTAR

MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI COMPLEMENTAR MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Regulamenta o inciso III do 4 do art. 40 da Constituição Federal, que dispõe sobre a concessão de aposentadoria especial ao servidor público titular de cargo efetivo

Leia mais

Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul

Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto

Leia mais

C.F de 1988, art. 40; Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro de de 1998; Emenda Constitucional n 41, de19 de dezembro de 2003; Emenda

C.F de 1988, art. 40; Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro de de 1998; Emenda Constitucional n 41, de19 de dezembro de 2003; Emenda Regime Próprio de Previdência Social Legislação Básica C.F de 1988, art. 40; Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro de de 1998; Emenda Constitucional n 41, de19 de dezembro de 2003; Emenda Constitucional

Leia mais

CARTILHA INFORMATIVA DE APOSENTADORIA

CARTILHA INFORMATIVA DE APOSENTADORIA CARTILHA INFORMATIVA DE APOSENTADORIA Esta cartilha tem a finalidade de esclarecer as formas e os requisitos da aposentadoria para os servidores do Ministério da Saúde. Agosto/2016 CARO LEITOR, Esta cartilha

Leia mais

Seção Especial Em Poucas Palavras

Seção Especial Em Poucas Palavras Seção Especial Em Poucas Palavras Abono Permanência do Servidor Público MARCELO ROQUE ANDERSON MACIEL ÁVILA Advogado no Rio de Janeiro, Membro Efetivo do Instituto dos Advogados Brasileiros IAB, Pós-Graduado

Leia mais

CURSO NOVOS SERVIDORES LEI 8.112/90 BENEFÍCOS DA SEGURIDADDE APOSENTADORIA

CURSO NOVOS SERVIDORES LEI 8.112/90 BENEFÍCOS DA SEGURIDADDE APOSENTADORIA CURSO NOVOS SERVIDORES LEI 8.112/90 BENEFÍCOS DA SEGURIDADDE APOSENTADORIA 1 2 OBJETIVO: Orientar e esclarecer de forma sucinta, a luz da legislação, um dos benefícios da seguridade social APOSENTADORIA.

Leia mais

Certificação do Tempo de Contribuição e Alterações na Portaria MPS nº 154/2008

Certificação do Tempo de Contribuição e Alterações na Portaria MPS nº 154/2008 Secretaria de Previdência Ministério da Fazenda Subsecretaria dos Regimes Próprios de Previdência Social Certificação do Tempo de Contribuição e Alterações na Portaria MPS nº 154/2008 O que o servidor

Leia mais

Regras APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR TEMPO INTEGRAL DE CONTRIBUIÇÃO SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL - SP

Regras APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR TEMPO INTEGRAL DE CONTRIBUIÇÃO SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL - SP Regras APOETADORIA VOLUTÁRIA POR TEMPO ITEGRAL DE COTRIBUIÇÃO ERVIDOR PÚBLICO ETADUAL - P REGRA PREVIÃO ORMATIVA IGREO ER. PÚBL IDADE TEMPO DE COTRIBUIÇÃO TEMPO DE ERVIÇO PÚBLICO TEMPO O CARGO EFETIVO

Leia mais

DECRETO Nº 4.899/2012

DECRETO Nº 4.899/2012 DECRETO Nº 4.899/2012 Dispõe sobre os procedimentos de emissão e homologação da Certidão de Tempo de Contribuição CTC O PREFEITO MUNICIPAL DE CARMO DA CACHOEIRA, ESTADO DE MINAS GERAIS, no uso das suas

Leia mais

Emenda Constitucional nº 41 e o impacto nos Regimes Próprios de Previdência

Emenda Constitucional nº 41 e o impacto nos Regimes Próprios de Previdência MPS Ministério da Previdência Social SPS Secretaria de Previdência Social Emenda Constitucional nº 41 e o impacto nos Regimes Próprios de Previdência FORTALEZA/CE,, ABRIL DE 2004 MUDANÇA DA BASE DE CÁLCULO

Leia mais

Previdência e sua reforma Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação

Previdência e sua reforma Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação XXXVII ENDP Encontro Nacional dos Dirigentes de Pessoas das IFE Previdência e sua reforma Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação A PEC287/2016 na versão do substitutivo Arthur

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO MAIO 2017 P R EV ID ÊN C IA P EC 287

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO MAIO 2017 P R EV ID ÊN C IA P EC 287 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO MAIO 2017 R EFO R M A D A P R EV ID ÊN C IA P EC 287 EC 20/98 fim da aposentadoria proporcional, criação do 85/95 para o servidor público EC 41/03 Aposentadoria por

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL Orientador Empresarial Servidores do Estado de Minas Gerais - RGPS-Regime Geral de Previdência Social - Critérios para Enquadramento

Leia mais

PEC287/2016 Os impactos para os servidores Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação

PEC287/2016 Os impactos para os servidores Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação PEC287/2016 Os impactos para os servidores Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação Pequeno Glossário da Previdência As Formas de aposentadoria Voluntária por tempo de contribuição:

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO. OFÍCIO CIRCULAR Nº 22/2009- PRAd (Processo nº 1085/50/09/1981) São Paulo, 25 de agosto de 2009.

PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO. OFÍCIO CIRCULAR Nº 22/2009- PRAd (Processo nº 1085/50/09/1981) São Paulo, 25 de agosto de 2009. OFÍCIO CIRCULAR Nº 22/2009- PRAd (Processo nº 1085/50/09/1981) São Paulo, 25 de agosto de 2009. Assunto: Período de afastamento de servidor para promover campanha eleitoral deve ser computado para todos

Leia mais

LEI Nº 4.027, DE 20 DE MAIO DE 2011.

LEI Nº 4.027, DE 20 DE MAIO DE 2011. LEI Nº 4.027, DE 20 DE MAIO DE 2011. Aprova as tabelas de vencimento-base e de subsídio dos servidores públicos estaduais, integrantes do Plano de Cargos, Empregos e Carreiras da administração direta,

Leia mais

Departamento de Saúde Ocupacional e Benefícios UNIDADE DE RECURSOS HUMANOS 2016

Departamento de Saúde Ocupacional e Benefícios UNIDADE DE RECURSOS HUMANOS 2016 CENTRO PAULA SOUZA Departamento de Saúde Ocupacional e Benefícios UNIDADE DE RECURSOS HUMANOS 2016 INFORMAÇÕES ADMINISTRATIVAS : SP-PREVCOM QUEM TEM DIREITO : EXCLUSIVAMENTE PARA SERVIDORES CELETISTAS

Leia mais

Aposentadoria especial nos RPPS

Aposentadoria especial nos RPPS Aposentadoria especial nos RPPS Quem deve emitir o PPP e os Laudos Periciais? Conversão de períodos especiais em comum para servidores públicos; Regime Jurídico único????? Mandado de Injunção e Aposentadoria

Leia mais

Quinta-feira, 31 de março de 2016 Ano I Edição nº 80 Página 1 de 6

Quinta-feira, 31 de março de 2016 Ano I Edição nº 80 Página 1 de 6 Quinta-feira, 31 de março de 2016 Ano I Edição nº 80 Página 1 de 6 SUMÁRIO PODER EXECUTIVO DE VALENTIM GENTIL 2 Atos Oficiais 2 Portarias 2 Licitações e Contratos 3 Contratos 3 Contas Públicas e Instrumentos

Leia mais

GESTÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS E REMUNERAÇÕES

GESTÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS E REMUNERAÇÕES Curso: GESTÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS E REMUNERAÇÕES Servidores civis, Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) e Relação Jurídico-Funcional Estatutária Data e Local: 12, 13 e

Leia mais

2. Regras do INSS...11 Concessão de Aposentadoria...12

2. Regras do INSS...11 Concessão de Aposentadoria...12 1 Sumário 1. Aposentadoria do Professor Concursado...04 2. Regras do INSS...11 Concessão de Aposentadoria...12 3. Requisitos da Concessão de Aposentadoria...24 Aposentadoria com Integralidade e Paridade...23

Leia mais

CERTIDÃO Nº / FREQÜÊNCIA LICENÇA SEM VENCIMENTOS

CERTIDÃO Nº / FREQÜÊNCIA LICENÇA SEM VENCIMENTOS ESTA CERTIDÃO NÃO CONTÉM EMENDAS NEM RASURAS E FOI EMITIDA DE ACORDO COM A PORTARIA RIOPREVIDÊNCIA Nº 148/2009. ÓRGÃO EXPEDIDOR: CERTIDÃO Nº / Nº PROCESSO: CNPJ: Folha: de. NOME DO SERVIDOR: SEXO: MATRÍCULA:

Leia mais

PEC 287/ REFORMA DA PREVIDÊNCIA REGRAS APLICÁVEIS AOS REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA SOCIAL

PEC 287/ REFORMA DA PREVIDÊNCIA REGRAS APLICÁVEIS AOS REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA SOCIAL PEC 287/2016 - REFORMA DA PREVIDÊNCIA REGRAS APLICÁVEIS AOS REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA SOCIAL 29º SEMINÁRIO NACIONAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA ABIPEM FLORIANÓPOLIS - SC - 08 DE MARÇO DE 2017 Regras

Leia mais

Cartilha Previdenciária

Cartilha Previdenciária Cartilha Previdenciária O IPREMB O IPREMB é uma autarquia que operacionaliza e administra o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) do Município de Betim, que tem caráter contributivo e solidário,

Leia mais

CARTILHA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

CARTILHA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA CARTILHA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA O servidor público e as alterações do seu regime previdenciário Jose Luis Wagner Luciana Inês Rambo Flavio Alexandre Acosta Ramos Junho de 2011 1 1. Introdução Desde

Leia mais

PARECER CONSULENTE: Federação dos Municipários do Estado do Rio Grande do Sul - FEMERGS

PARECER CONSULENTE: Federação dos Municipários do Estado do Rio Grande do Sul - FEMERGS PARECER 17-2015 CONSULENTE: Federação dos Municipários do Estado do Rio Grande do Sul - FEMERGS Consulta-nos o Senhor Vilson João Weber, presidente FEMERGS, sobre o seguinte: [sic]... Dr. estamos com uma

Leia mais

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2014 FOZPREV DATA: 31 de março de 2014 SÚMULA: Institui o Manual de Instrução de Aposentadoria e Pensão por Morte, que dispõe sobre procedimentos, fluxos, prazos e documentos

Leia mais

PARECER Nº, DE RELATOR: Senador PAULO DAVIM

PARECER Nº, DE RELATOR: Senador PAULO DAVIM PARECER Nº, DE 2013 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS, em caráter terminativo, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 91, de 2010, do Senador Paulo Paim, que Altera a Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, para

Leia mais

ABONO DE PERMANÊNCIA. O abono de permanência foi instituído pela EC 41/2003:

ABONO DE PERMANÊNCIA. O abono de permanência foi instituído pela EC 41/2003: Autoria: Sidnei Di Bacco Advogado ABONO DE PERMANÊNCIA O abono de permanência foi instituído pela EC 41/2003: Art. 1º. A Constituição Federal passa a vigorar com as seguintes alterações: (...) Art. 40.

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 519

LEI COMPLEMENTAR Nº 519 LEI COMPLEMENTAR Nº 519 Dispõe sobre a modalidade de remuneração por subsídio para os servidores dos cargos de padrão 01 a 15 do Quadro Permanente do Serviço Civil do Poder Executivo, para os servidores

Leia mais

EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2003

EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2003 EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2003 Modifica os arts. 37, 40, 42, 48, 96, 149 e 201 da Constituição Federal, revoga o inciso IX do 3º do art. 142 da Constituição Federal e dispositivos

Leia mais

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu Foz Previdência ESTADO DO PARANÁ

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu Foz Previdência ESTADO DO PARANÁ Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu Foz Previdência ESTADO DO PARANÁ MANUAL DE INSTRUÇÃO DE APOSENTADORIA E PENSÃO POR MORTE (Instituído pela Instrução Normativa 06/2016 Fozprev) Agosto 2016 SUMÁRIO

Leia mais

Considerando o disposto na Lei Estadual n /70, que aprovou o Estatuto dos Funcionários Públicos do Estado do Paraná;

Considerando o disposto na Lei Estadual n /70, que aprovou o Estatuto dos Funcionários Públicos do Estado do Paraná; RESOLUÇÃO Nº. /2015 UNESPAR Aprova o Regulamento do regime de Tempo Integral e Dedicação Exclusiva TIDE aos docentes da Universidade Estadual do Paraná. Considerando a necessidade de regulamentação do

Leia mais

EMENDA CONSTITUCIONAL N o 41, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2003

EMENDA CONSTITUCIONAL N o 41, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2003 EMENDA CONSTITUCIONAL N o 41, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2003 c Publicada no DOU 31-12-2003. Modifica os arts. 37, 40, 42, 48, 96, 149 e 201 da Constituição Federal, revoga o inciso IX do 3º do art. 142 da Constituição

Leia mais

NORMA DE CESSÃO DE EMPREGADOS - NOR 318

NORMA DE CESSÃO DE EMPREGADOS - NOR 318 MANUAL DE GESTÃO DE PESSOAS COD. 300 ASSUNTO: CESSÃO DE EMPREGADOS COD: NOR 318 APROVAÇÃO: Resolução Nº 14/2010, de 08/10/2010 NORMA DE CESSÃO DE EMPREGADOS - NOR 318 1/6 SUMÁRIO 1. FINALIDADE... 02 2.

Leia mais

PARECER Nº, DE RELATOR: Senador PAULO DAVIM I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE RELATOR: Senador PAULO DAVIM I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2013 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS, em caráter terminativo, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 91, de 2010, do Senador Paulo Paim, que Altera a Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, para

Leia mais

REGRAS DE TRANSIÇÃO PEC 287

REGRAS DE TRANSIÇÃO PEC 287 TEXTO ORIGINAL DA PEC Art. 2º Ressalvado o direito de opção à aposentadoria pelas normas estabelecidas no art. 40 da Constituição, o servidor da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios,

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL AULA DEMONSTRATIVA TRE/TO

DIREITO CONSTITUCIONAL AULA DEMONSTRATIVA TRE/TO DIREITO CONSTITUCIONAL AULA DEMONSTRATIVA TRE/TO Prof. Jean Pitter O CONCURSO Data prevista: A definir Vagas: 9 vagas + Cadastro de reserva Lotações: Tocantins Remuneração inicial: Nível Médio: R$ 7.044,75

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RESOLUÇÃO Nº 08/2016 Altera a Lei nº 5.343/2008 e a Lei nº 6.328/2012, para aperfeiçoar a carreira docente da UERJ, e dá outras providências. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, no uso da competência que lhe atribui

Leia mais

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016 Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016 Proposição: Proposta de Emenda à Constituição nº 287, de 2016 Ementa: Altera os arts. 37, 40, 109, 149, 167, 195, 201 e 203 da Constituição,

Leia mais

Averbação de Tempo de Contribuição e Serviço. Ingrid de Souza Ilson dos Santos

Averbação de Tempo de Contribuição e Serviço. Ingrid de Souza Ilson dos Santos Averbação de Tempo de Contribuição e Serviço Ingrid de Souza Ilson dos Santos UVTR Unidade de Concessão de Vantagens, Apuração de Tempo de Contribuição e Registro Atividades Averbação de tempo de contribuição

Leia mais

VAMOS NOS CONHECER FMVA

VAMOS NOS CONHECER FMVA VAMOS NOS CONHECER FMVA Seção Técnica de Desenvolvimento e Administração de Recursos Humanos - (STDARH) João Paulo Montoro Kampara Melânia Cristina Mazini Núbio Saito Flores Virgínia Helena dos Santos

Leia mais

RELATOR: Francisco Humberto Simões Magro, Atuário MIBA n 494

RELATOR: Francisco Humberto Simões Magro, Atuário MIBA n 494 ASSUNTO: Proposta de inclusão na base de cálculo do benefício previdenciário de parcelas temporárias para os servidores segurados do Sistema Municipal de Previdência Social SIMPS de Coronel Bicaco - RS.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 8 Brastra (4376 bytes) Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2003 As MESAS da CÂMARA DOS DEPUTADOS e do SENADO

Leia mais

Autora: Regina Mainente

Autora: Regina Mainente Autora: Regina Mainente Abril de 2015 Índice 1. Missão...3 2. Apresentação...4 3. Aspectos Gerais...5 3.1. O que é a Cartilha Previdenciária?...5 3.2 Qual a finalidade da Cartilha Previdenciária?...5 3.3.

Leia mais

PORTARIA MPS Nº 154, DE 15 DE MAIO DE DOU 16/05/2008

PORTARIA MPS Nº 154, DE 15 DE MAIO DE DOU 16/05/2008 PORTARIA MPS Nº 154, DE 15 DE MAIO DE 2008 - DOU 16/05/2008 Disciplina procedimentos sobre a emissão de certidão de tempo de contribuição pelos regimes próprios de previdência social. O MINISTRO DE ESTADO

Leia mais

LEGISLAÇÃO / Ofícios Circulares UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO

LEGISLAÇÃO / Ofícios Circulares UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO OFÍCIO CIRCULAR CRH Nº 35/93 (Processo nº 1880/89 RUNESP) São Paulo, 03 de agosto de 1993. Senhor Diretor, Tem o presente a finalidade de encaminhar a Instrução CRH nº 47/93, aprovada pela Portaria Interna

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO N o 3.112, DE 6 DE JULHO DE 1999. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o inciso IV do art. 84 da

Leia mais

MANUAL DE LEGISLAÇÃO E BASE DE CÁLCULO DO DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO

MANUAL DE LEGISLAÇÃO E BASE DE CÁLCULO DO DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA MANUAL DE LEGISLAÇÃO E BASE DE CÁLCULO DO DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO ASP - AGENTE DE SEGURANÇA PENITENCIÁRIA Data: 01/04/2016 2 OBJETIVO Este Manual foi desenvolvido

Leia mais

Quais parcelas? padrão de vencimento adicional de tempo de serviço sexta-parte adicional de Insalubridade adicional de Risco auxílio Alimentação

Quais parcelas? padrão de vencimento adicional de tempo de serviço sexta-parte adicional de Insalubridade adicional de Risco auxílio Alimentação Douglas Figueiredo Ago/2017 É a soma de determinadas parcelas integrantes da remuneração do servidor, que servirá de base para o cálculo da contribuição previdenciária. Quais parcelas? padrão de vencimento

Leia mais

PEC DA PREVIDÊNCIA: que propostas podem atingir os servidores públicos federais?

PEC DA PREVIDÊNCIA: que propostas podem atingir os servidores públicos federais? PEC DA PREVIDÊNCIA: que propostas podem atingir os servidores públicos federais? Porto Alegre, dezembro de 2016 Letícia Kolton Rocha Grace Esteves Bortoluzzi 1 A proposta de Emenda à Constituição nº 287/2016

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE BENS

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE BENS CONTRATO DE FORNECIMENTO DE BENS CONTRATO Nº Pelo presente instrumento particular, gerado pelo Processo Administrativo CMA nº 303, de 11 de novembro de 2015 (Licitação Modalidade Pregão Presencial nº 009/2015

Leia mais