Mutagênese... a prevenção é o espelho do índice cultural de uma nação.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mutagênese... a prevenção é o espelho do índice cultural de uma nação."

Transcrição

1 Pontifícia Universidade Católica de Goiás Pró-Reitoria de Graduação Departamento de Biologia Mutagênese Raimundo Jr, M.Sc. Genética / BIO /1

2 Considerações Gerais Objetivando uma melhor qualidade de vida, devemos investir na determinação e na investigação dos fatores ambientais (agentes), que podem interferir no adequado desenvolvimento dos seres vivos. Os diferentes comportamentos dos indivíduos, tanto do mesmo grupo quanto de outros, promove uma heterogeneidade constitucional.

3 Considerações Gerais Portanto, além do reconhecimento de agentes que podem interferir na estabilidade celular, devemos considerar a potencialidade individualizada da "suscetibilidade" à este ou aquele agente entre os diferentes indivíduos dependente da constituição genética de cada ser vivo. Assim, existe uma inter-relação entre fatores ambientais desencadeantes e os fatores genéticos individuais.

4 Considerações Gerais Mutação é toda a alteração permanente do material genético de uma célula, que não resulta de recombinação ou da segregação normal dos cromossomos. Quando não é letal para a própria célula, ela pode propagar-se pelo corpo em crescimento (mutação somática) ou transmitir-se às gerações seguintes (mutação germinativa).

5 A taxa de mutação espontânea de uma determinada população refere-se a uma freqüência basal, que pode alterar-se ao longo da história evolutiva, podendo sofrer um aumento induzido por agentes físicos, químicos e/ou biológicos. Considerações Gerais É importante enfatizar que a prevenção é o espelho do índice cultural de uma nação, e que as principais estratégias de prevenção visam sempre um perfeito equilíbrio entre o ambiente e a saúde genética.

6 Conceitos Básicos A mutagênese (Genética Toxicológica) avalia os efeitos genotóxicos em potencial, uma vez que são considerados pré-requisitos importantes para o desenvolvimento de efeitos adversos à saúde, como o câncer. A toxicidade genética não é uma medida da carcinogênese, mas é freqüentemente usada como um indicador para o câncer, uma vez que os testes de mutagenicidade medem um evento inicial ou intermediário da tumorigênese. International Conference on Harmonization Organization Economic Cooperation and Development

7 Teste de Mutagenicidade com Salmonella typhimurim (Teste de Ames/1971, 1973, 1983,1993, 1994 e 2000)

8 Teste de Mutação Gênica em Células de Mamífero (Mouse Lymphoma Assay MLA)

9 Testes Citogenéticos a) Monitoramento humano do risco de mutagênese ocupacional e/ou ambiental. b) Detectam alterações cromossômicas estruturais e/ou numéricas, microscopicamente visíveis, mas de viabilidade desconhecida, que envolvem no mínimo 10Mb. c) Apresentam baixo custo, praticidade e são excelentes marcadores biológicos de exposição à agentes clastogênicos.

10 Testes Material Tempo Observações MN Sangue Medula Óssea MT Células da Mucosa Oral Células vegetais CHO, etc horas Avalia a capacidade de indução de danos cromossômicos estruturais TCI 72 horas e/ou numéricos IPC IM Sangue horas MN = Micronúcleo; MT = Metáfases; TCI = Troca entre Cromátides Irmãs; IPC = Índice de Proliferação Celular; IM = Índice Mitótico.

11 Citogenética Convencional

12 Quebra Cromossômica Fragilidade Cromossômica

13 FISH Hibridização Fluorescente in Situ

14 Allium cepa Anáfase normal Anáfase anormal

15 Avalia o índice mitótico, o índice de proliferação celular, metáfase e/ou anáfases anormais, MNs e outras alterações celulares. Alterações Genéticas em Células Meristemáticas de Allium Cepa

16 Binucleadas em células da mucosa oral Micronúcleos em células da mucosa oral Micronúcleo em células binucleadas do sangue periférico

17 Micronúcleo em Hemácia Policromática de Roedores

18 Teste Cometa Teste para detecção de danos no DNA

19 Teste Cometa Teste para detecção de danos no DNA Teste comparativo (controle negativo, positivo e teste). Não é utilizado para detectar mutações, mas sim lesões genômicas que, após serem processadas, podem resultar em mutação. Processos citotóxicos e apoptose leva, inevitavelmente, à formação de danos genômicos que podem ser identificados pelo teste.

20 Conclusão Os testes mutagênicos são muitos utilizados para avaliar a atividade genotóxica de agentes químicos presentes no ambiente. Um único ensaio biológico não é suficiente para demonstrar o potencial mutagênico do agente testado. O resultado positivo em sistemas in vitro nem sempre é garantia de positividade in vivo, mas oferece dados sobre a a ação da substância testada, tais como: clastogenicidade, aneugenicidade, ação direta ou indireta sobre o DNA, nível de toxicidade etc.

21 Conclusão Embora a descoberta de novos agentes mutagênicos continue a ser extremamente importante, não devemos apenas reportá-los, mas também trabalhar no sentido de conhecer seus mecanismos de ação, e como seus efeitos podem ser reparados

EFEITO GENOTÓXICO E CITOTÓXICO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS METOMIL E CLORPIRIFÓS EM CÉLULAS MERISTEMÁTICAS DE ALLIUM CEPA

EFEITO GENOTÓXICO E CITOTÓXICO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS METOMIL E CLORPIRIFÓS EM CÉLULAS MERISTEMÁTICAS DE ALLIUM CEPA EFEITO GENOTÓXICO E CITOTÓXICO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS METOMIL E CLORPIRIFÓS EM CÉLULAS MERISTEMÁTICAS DE ALLIUM CEPA KÁTIA MAIARA VENTURINI 1,2*, MAICOL DE MATTOS 1,2, RODRIGO PATERA BARCELOS 1,3 NATAN

Leia mais

Exposição a radiação ionizante

Exposição a radiação ionizante Maria João Silva et al. Departamento de Genética Humana Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) (m.joao.silva@insa.min-saude.pt) Exposição a radiação ionizante 2 Copyright 2011 International

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Disciplina: Fundamentos de Citogenética Professor(es): Leda Navajas Haim Carga horária: 32 h (2T e 2P) Ementa:

Leia mais

Objetivos Conceitos Procedimentos e habilidades Atitudes e valores aspectos Comparar cromossomos mitóticos

Objetivos Conceitos Procedimentos e habilidades Atitudes e valores aspectos Comparar cromossomos mitóticos Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓ-GRADUAÇÃO EM DISTÚRBIOS DO DESENVOLVIMENTO Disciplina: Genética dos Distúrbios do Desenvolvimento Código da Disciplina: 900.1235-6

Leia mais

QUESTÕES SOBRE MEIOSE/MITOSE

QUESTÕES SOBRE MEIOSE/MITOSE 1) Durante a meiose, o pareamento dos cromossomos homólogos é importante porque garante: (A) a separação dos cromossomos não homólogos. (B) a duplicação do DNA, indispensável a esse processo. (C) a formação

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá. Curso de Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos Ementa e Programa das disciplinas

Universidade Estadual de Maringá. Curso de Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos Ementa e Programa das disciplinas Ementa e Programa das disciplinas Iniciação à Pesquisa Fundamentos teóricos da produção do conhecimento científico como instrumento para a análise e desenvolvimento de estudos na área de biotecnologia.

Leia mais

Métodos de investigação em genotoxicidade em ensaios pré-clínicos de novos fitomedicamentos. Antonio Luiz Gomes Júnior

Métodos de investigação em genotoxicidade em ensaios pré-clínicos de novos fitomedicamentos. Antonio Luiz Gomes Júnior Métodos de investigação em genotoxicidade em ensaios pré-clínicos de novos fitomedicamentos Antonio Luiz Gomes Júnior Genotoxicidade Definição: é o setor da genética que estuda os processos que alteram

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PLANO DE ENSINO Código Unidade 040 CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso Etapa Sem. / Ano Ciências Biológicas 6 a

Leia mais

ANÁLISE CITOGENÉTICA EM INDIVÍDUOS OCUPACIONALAMENTE EXPOSTOS A DEFENSIVOS AGRÍCOLAS

ANÁLISE CITOGENÉTICA EM INDIVÍDUOS OCUPACIONALAMENTE EXPOSTOS A DEFENSIVOS AGRÍCOLAS ANÁLISE CITOGENÉTICA EM INDIVÍDUOS OCUPACIONALAMENTE EXPOSTOS A DEFENSIVOS AGRÍCOLAS ¹ Simone Natalina Kaiser de Oliveira ² Luciana Gomes Ferreira ¹ Bolsista PVIC/UEG, graduandos do Curso de Ciências Biológias,

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia. Ciclo celular. Prof. Msc. Macks Wendhell Gonçalves

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia. Ciclo celular. Prof. Msc. Macks Wendhell Gonçalves Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Ciclo celular Prof. Msc. Macks Wendhell Gonçalves Mitose e Meiose Conceitos: - Mitose e meiose é responsável pela continuidade genética

Leia mais

CICLO CELULAR E DIVISÃO CELULAR. Profa MSc. Luanna Fernandes

CICLO CELULAR E DIVISÃO CELULAR. Profa MSc. Luanna Fernandes CICLO CELULAR E DIVISÃO CELULAR Profa MSc. Luanna Fernandes DEFINIÇÃO: Células Filhas Consiste em uma cadeia de eventos que envolve a duplicação do conteúdo intracelular e culmina a sua divisão, gerando

Leia mais

a) T2 e T3. b) T1 e T3. c) T3 e T4. d) T1 e T4.

a) T2 e T3. b) T1 e T3. c) T3 e T4. d) T1 e T4. Lista de Exercícios (BIO-LEO) 1. (Faculdade Albert Einstein 2016) O gráfico abaixo refere-se ao processo de divisão celular que ocorre durante a espermatogênese humana: Nesse processo de divisão ocorre:

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO: Biomedicina/Biomedicina Noturno/ Toxicologia Analítica SÉRIE: SEMESTRE LETIVO DO ANO: ( ) 1º SEMESTRE

CURSO DE GRADUAÇÃO: Biomedicina/Biomedicina Noturno/ Toxicologia Analítica SÉRIE: SEMESTRE LETIVO DO ANO: ( ) 1º SEMESTRE CRSO DE GRADAÇÃO: Biomedicina/Biomedicina Noturno/ Toxicologia Analítica SÉRIE: SEMESTRE LETIVO DO ANO: ( ) 1º SEMESTRE ( X ) 2º SEMESTRE ( ) 1º e 2ª SEMESTRES PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: GENÉTICA Código da Disciplina: NDC121 Curso: Medicina Veterinária Semestre de oferta da disciplina: 3 p Faculdade responsável: Núcleo de Disciplina Comum (NDC) Programa

Leia mais

Módulo 1: Citogenética, Genética Molecular e Epigenética: atualização de conceitos básicos

Módulo 1: Citogenética, Genética Molecular e Epigenética: atualização de conceitos básicos O I Curso de Pós-Graduação e Actualização em Genética Laboratorial" organizado pela Secção Regional do Norte da Ordem dos Farmacêuticos é composto por 3 módulo, o primeiro dos quais iniciar-se-á no mês

Leia mais

Augusto Adolfo Borba. Miriam Raquel Moro Conforto

Augusto Adolfo Borba. Miriam Raquel Moro Conforto AUTORIA: EDIÇÃO DE CONTEÚDO: EDIÇÃO: CRÉDITOS DAS IMAGENS DE ABERTURA: Augusto Adolfo Borba Elvira Sampaio Miriam Raquel Moro Conforto Shutterstock/Sebastian Kaulitzki; istockphoto.com/henrik Jonsson;

Leia mais

Ciclo de Vida Celular. Professora: Luciana Ramalho 2017

Ciclo de Vida Celular. Professora: Luciana Ramalho 2017 Ciclo de Vida Celular Professora: Luciana Ramalho 2017 Tipos de células Procarionte Sem núcleo Ex: Bactérias Eucarionte Com núcleo Ex: Vegetal, Protozoário, Animal e Fungos Exercício (FEI) Uma célula procarionte

Leia mais

Técnicas utilizadas para estudo citogenético clínico. Prof. Dr. Bruno Lazzari de Lima

Técnicas utilizadas para estudo citogenético clínico. Prof. Dr. Bruno Lazzari de Lima Técnicas utilizadas para estudo citogenético clínico Prof. Dr. Bruno Lazzari de Lima Citogenética Clínica Estudo do cromossomo aplicado à prática da genética médica. 40 anos atrás Distúrbios cromossômicos

Leia mais

Alterações do material genético

Alterações do material genético Alterações do material genético Alterações do material genético Agentes internos ou externos causam alterações nos genes ou nos cromossomas MUTAÇÕES (ex: anemia falciforme, trissomia 21) Tecnologia permite

Leia mais

Unidade II BIOLOGIA, HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA. Profa. Eleonora Picoli

Unidade II BIOLOGIA, HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA. Profa. Eleonora Picoli Unidade II BIOLOGIA, HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA Profa. Eleonora Picoli Núcleo Guardião da informação genética Característico de células eucariontes Contém a maior parte da informação genética da célula Controla

Leia mais

Ciclo Celular: Mitose & Meiose Prof. Dr. Philip Wolff Prof. Dr. Renato M. Salgado

Ciclo Celular: Mitose & Meiose Prof. Dr. Philip Wolff Prof. Dr. Renato M. Salgado : Mitose & Meiose Prof. Dr. Philip Wolff Prof. Dr. Renato M. Salgado Onde surge uma célula, existia uma célula anteriormente, assim como os animais só podem surgir de animais, e as plantas, de plantas

Leia mais

Citogenética Clássica e Molecularem Passifloras:

Citogenética Clássica e Molecularem Passifloras: Citogenética Clássica e Molecularem Passifloras: M arta Dias Soares-Scott Laura Maria Molina Meletti Luís Carlos Bernacci Ilene Ribeiro da Silva Passos 1 Citogenética -É a ciência que estuda os constituintes

Leia mais

Laboratório de Mutagênese Ambiental Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes Universidade do Estado do Rio de Janeiro. José Luiz Mazzei da Costa

Laboratório de Mutagênese Ambiental Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes Universidade do Estado do Rio de Janeiro. José Luiz Mazzei da Costa Laboratório de Mutagênese Ambiental Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes Universidade do Estado do Rio de Janeiro Efeitos da Formulação sobre a Inibição de Riscos Genotóxicos de Alisantes para

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 36 MEIOSE

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 36 MEIOSE BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 36 MEIOSE Ploidia 2n n 4 3 2 interfase meiose I meiose II 4x 3x 2x x M M 1 Como pode cair no enem A meiose e a fecundação na reprodução sexuada são processos complementares,

Leia mais

TD de Revisão de Biologia- 9º ano- 4ª etapa Profa: Ana Gardênia Assunto: Mitose e Meiose

TD de Revisão de Biologia- 9º ano- 4ª etapa Profa: Ana Gardênia Assunto: Mitose e Meiose TD de Revisão de Biologia- 9º ano- 4ª etapa Profa: Ana Gardênia Assunto: Mitose e Meiose 1. A interfase é definida como o período que antecede as divisões celulares. Sobre este processo, responda: a) Qual

Leia mais

DIVISÃO CELULAR. Multiplicação celular:

DIVISÃO CELULAR. Multiplicação celular: DIVISÃO CELULAR Multiplicação celular: Para que uma célula se multiplique o genoma também precisa se multiplicar REPLICAÇÃO do DNA precede multiplicação celular DIVISÃO CELULAR MITOSE: divisão das células

Leia mais

Mecanismos da divisão celular: Mitose e meiose. Professor Otaviano Netto

Mecanismos da divisão celular: Mitose e meiose. Professor Otaviano Netto Mecanismos da divisão celular: Mitose e meiose Professor Otaviano Netto CICLO CELULAR Eventos que preparam e realizam a divisão celular Mecanismos responsáveis pelo crescimento e desenvolvimento Células

Leia mais

Equipe de Biologia. Biologia DIVISÃO CELULAR

Equipe de Biologia. Biologia DIVISÃO CELULAR Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 8R Ensino Médio Equipe de Biologia Data: Biologia DIVISÃO CELULAR A Divisão Celular Os cromossomos são responsáveis pela transmissão dos caracteres hereditários, ou

Leia mais

Biologia Professor Leandro Gurgel de Medeiros

Biologia Professor Leandro Gurgel de Medeiros Biologia Professor Leandro Gurgel de Medeiros Núcleo Celular Interfásico; Em divisão. Aula 03: Núcleo Interfásico 1. Funções do Núcleo Interfásico Carioteca: proteção; Controle do transporte de informações

Leia mais

CICLO CELULAR. Conjunto de modificações por que passa uma célula, desde seu aparecimento até sua própria duplicação.

CICLO CELULAR. Conjunto de modificações por que passa uma célula, desde seu aparecimento até sua própria duplicação. CICLO CELULAR Conjunto de modificações por que passa uma célula, desde seu aparecimento até sua própria duplicação. DIVIDIDO EM: INTÉRFASE DIVISÃO CELULAR MITOSE MEIOSE Divisão Celular O Ciclo Celular

Leia mais

Profa. MSc. Monyke Lucena

Profa. MSc. Monyke Lucena Profa. MSc. Monyke Lucena Núcleo Celular Portador dos fatores hereditários e controlador das atividades metabólicas. Núcleo Interfásico - Intérfase 1. Carioteca - envoltório nuclear, formada por duas membranas

Leia mais

NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR: Mitose e Meiose

NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR: Mitose e Meiose NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR: Mitose e Meiose NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR O núcleo celular (descoberto por Robert Brown, 1833) é uma estrutura presente nas células eucarióticas, que contém o DNA da célula. Delimitado

Leia mais

Apostila de Biologia 03 Ciclo Celular Matheus Borges

Apostila de Biologia 03 Ciclo Celular Matheus Borges Apostila de Biologia 03 Ciclo Celular Matheus Borges 1.0 Interfase 1.1 G1 Dividida em 3 fases G1,S e G2 ; replicação do DNA e transcrição gênica. Cromatina simples. Cromossomos não são visíveis descondensados.

Leia mais

CITOLOGIA II NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR

CITOLOGIA II NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR CITOLOGIA II NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR Prof. Francisco Sallas chicosallas@hotmail.com www.tapetedepedra.weebly.com NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR O núcleo celular (descoberto por Robert Brown, 1833) é uma estrutura

Leia mais

GOIÂNIA, / / Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

GOIÂNIA, / / Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA:Biologia SÉRIE:1ºAno ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

GENOTOXICIDADE DE SOLO COLETADO EM PRESENÇA DE DETRITOS DOMÉSTICOS COM USO DO SISTEMA Allium cepa

GENOTOXICIDADE DE SOLO COLETADO EM PRESENÇA DE DETRITOS DOMÉSTICOS COM USO DO SISTEMA Allium cepa GENOTOXICIDADE DE SOLO COLETADO EM PRESENÇA DE DETRITOS DOMÉSTICOS COM USO DO SISTEMA Allium cepa GENOTOXICITY OF SOIL COLLECTED IN THE PRESENCE OF DOMESTIC WASTE WITH THE USE OF Allium cepa SYSTEM MIRANDA

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia SÉRIE: 1º. ALUNO(a):

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia SÉRIE: 1º. ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Biologia SÉRIE: 1º ALUNO(a): Lista de Exercícios P1 4º Bimestre Prova dia 09/11 No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente

Leia mais

Exercícios de revisão sobre DIVISÃO CELULAR:MITOSE E MEIOSE

Exercícios de revisão sobre DIVISÃO CELULAR:MITOSE E MEIOSE Professor: Altemar Santos. Exercícios de revisão sobre DIVISÃO CELULAR:MITOSE E MEIOSE 1. (Imed 2016) Suponha que uma determinada espécie de tartaruga possua 550 cromossomos no núcleo de uma célula do

Leia mais

CROMOSSOMOS. Profa. Dra. Viviane Nogaroto

CROMOSSOMOS. Profa. Dra. Viviane Nogaroto CROMOSSOMOS Cromossomos EUCARIOTOS Cada cromossomo carrega um subconjunto de genes que são arranjados linearmente ao longo do DNA Tamanho: -DNA de cromossomo de E. coli: 1.200 µm -DNA de cromossomo humano:

Leia mais

DIVISÃO CELULAR MITOSE

DIVISÃO CELULAR MITOSE DIVISÃO CELULAR MITOSE Pela reprodução das células, a vida atravessa o tempo. Daniel Mazia, biólogo (1912-1996) Divisão equacional: E MITOSE Origina duas células genética e cromossomicamente iguais a célula

Leia mais

AVALIAÇÃO DA GENOTOXIDADE DE EXTRATOS VEGETAIS ATRAVÉS DO TESTE Allium cepa

AVALIAÇÃO DA GENOTOXIDADE DE EXTRATOS VEGETAIS ATRAVÉS DO TESTE Allium cepa AVALIAÇÃO DA GENOTOXIDADE DE EXTRATOS VEGETAIS ATRAVÉS DO TESTE Allium cepa SILVA, J. V. F 1.; SILVA, V. L 1.; TEODORO, J.A. 1 ; CARDOSO, C. F. 1 ; SILVA, C. V. da 2 1 Discentes do Curso de Ciências Biológicas

Leia mais

2 vertical: 5 letras, plural. 1 vertical: 11 letras

2 vertical: 5 letras, plural. 1 vertical: 11 letras 1 vertical: 11 letras São organismos originados da alteração molecular do DNA. 2 vertical: 5 letras, plural Fatores que condicionam as características genéticas de um organismo, sendo um proveniente do

Leia mais

Ciências Biológicas Licenciatura

Ciências Biológicas Licenciatura Ciências Biológicas Licenciatura TCC em Re-vista 2010 23 RIBEIRO, Mateus Duarte 3. As contradições entre conservação ambiental, o uso econômico da biodiversidade e expansão das fronteiras agrícolas e

Leia mais

Ciclo celular. Ciclo celular 13/03/2017. Interfase. Interfase FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA DIVISÃO CELULAR. Ciclo de vida de uma célula.

Ciclo celular. Ciclo celular 13/03/2017. Interfase. Interfase FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA DIVISÃO CELULAR. Ciclo de vida de uma célula. FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA Ciclo celular Ciclo de vida de uma célula. Profª. Dra. Patrícia Bellon. Março/2017 Ciclo celular Interfase Precede a divisão celular. Interfase + Divisão Celular Fase

Leia mais

Ciclo Celular e Divisão Celular (Mitose e Meiose)

Ciclo Celular e Divisão Celular (Mitose e Meiose) Ciclo Celular e Divisão Celular (Mitose e Meiose) CICLO CELULAR Eventos que preparam e realizam a divisão celular Mecanismos responsáveis pelo crescimento e desenvolvimento Células somáticas célula duplica

Leia mais

Superlista núcleo 1.

Superlista núcleo 1. Superlista núcleo 1. (Unicamp) Em relação a um organismo diploide, que apresenta 24 cromossomos em cada célula somática, pode-se afirmar que a) seu código genético é composto por 24 moléculas de DNA de

Leia mais

DIVISÃO CELULAR MÓDULO 2 CITOLOGIA

DIVISÃO CELULAR MÓDULO 2 CITOLOGIA DIVISÃO CELULAR MÓDULO 2 CITOLOGIA DIVISÃO CELULAR DIVISÕES CELULARES são processos através dos quais uma célula-mãe dá origem a duas ou mais células-filhas. Elas são necessárias para o crescimento de

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GENÉTICA E MELHORAMENTO

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GENÉTICA E MELHORAMENTO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GENÉTICA E MELHORAMENTO DAG4097 - Análise Multivariada Aplicada à Agricultura Ementa: Distribuições multinormal, Wishart e T2 de Hotelling. Análise

Leia mais

Biologia. 3º Bimestre LISTA DE RECUPERAÇÃO. e) cromossomos duplicados, com duas moléculas

Biologia. 3º Bimestre LISTA DE RECUPERAÇÃO. e) cromossomos duplicados, com duas moléculas LISTA DE RECUPERAÇÃO Professor: Wellington Biologia SÉRIE: 1º ANO DATA: 03 / 10/ 2016 3º Bimestre 1.A mitose é um processo de divisão celular que pode ser dividido em quatro etapas. Marque a alternativa

Leia mais

Mecanismos da divisão celular: Mitose e meiose. Profa. Dra. Enilza M Espreafico

Mecanismos da divisão celular: Mitose e meiose. Profa. Dra. Enilza M Espreafico Mecanismos da divisão celular: Mitose e meiose Profa. Dra. Enilza M Espreafico Uma visão resumida da ciclo celular Fase M = Mitose + citocinese O Ciclo Celular: Intérfase (G1-S-G2) e Fase M (Mitose + Citocinese)

Leia mais

Aberrações cromossômicas numéricas e estruturais

Aberrações cromossômicas numéricas e estruturais Aberrações cromossômicas numéricas e estruturais CAMILA CAMPÊLO DE SOUSA Introdução Variação cromossômica ou cariotípica; Mutações: --vantajosas --desvantajosas --neutras Polimorfismo cromossômico: existência

Leia mais

Genotoxicidadeambiental: Identificar os perigos para prevenir a doença

Genotoxicidadeambiental: Identificar os perigos para prevenir a doença A influência do meio ambiente no genoma humano Genotoxicidadeambiental: Identificar os perigos para prevenir a doença GENOMA HUMANO Fontes potenciais de exposição a agentes xenobióticos Tipo Exemplos Factores

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 38 INTÉRFASE E MITOSE

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 38 INTÉRFASE E MITOSE BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 38 INTÉRFASE E MITOSE 2x x S G G1 2 mitose Fixação 1) (FUVEST) Uma célula somática que tem 4 cromossomos, ao se dividir, apresenta na metáfase: a) 4 cromossomos distintos,

Leia mais

NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR 18/07/2014 1

NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR 18/07/2014 1 NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR 18/07/2014 1 DEFINIÇÕES CROMATINA: É o DNA desespiralizado, desenrolado. CROMOSSOMOS: estrutura formada pelo DNA completamente compactado pelas proteínas histonas e por um grande

Leia mais

ALTERAÇÕES MOLECULARES COMO CAUSA DE DOENÇAS GENÉTICAS. Profa. Dra. Vanessa Silveira

ALTERAÇÕES MOLECULARES COMO CAUSA DE DOENÇAS GENÉTICAS. Profa. Dra. Vanessa Silveira ALTERAÇÕES MOLECULARES COMO CAUSA DE DOENÇAS GENÉTICAS Profa. Dra. Vanessa Silveira Genoma Humano - DNA Variações genéticas Alterações Erros de replicação do DNA Erros durante a divisão celular Agentes

Leia mais

NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR

NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR O núcleo celular (descoberto por Robert Brown, 1833) é uma estrutura presente nas células eucarióticas, que contém o DNA da célula. Delimitado pelo envoltório

Leia mais

PROCESSOS PATOLÓGICOS GERAIS. Prof. Archangelo P. Fernandes

PROCESSOS PATOLÓGICOS GERAIS. Prof. Archangelo P. Fernandes PROCESSOS PATOLÓGICOS GERAIS Prof. Archangelo P. Fernandes www.profbio.com.br Aula 1: Conceitos gerais para o estudo de Patologia. Grego: pathos = sofrimento e logos = estudo Investigação das causas das

Leia mais

REFLEXÃO SOBRE A UTILIZAÇÃO DE BIOMARCADORES PARA O FUTURO DA ERGONOMIA

REFLEXÃO SOBRE A UTILIZAÇÃO DE BIOMARCADORES PARA O FUTURO DA ERGONOMIA REFLEXÃO SOBRE A UTILIZAÇÃO DE BIOMARCADORES PARA O FUTURO DA ERGONOMIA Poliana Vilar Torres Ferreira (1); (1) Ministerio da saúde, especialista em gestão de serviços de saúde e-mail: polianavilar23@hotmail.com

Leia mais

A célula em divisão. Meiose

A célula em divisão. Meiose A célula em divisão Meiose A meiose é a divisão celular que possibilitou a consolidação da reprodução sexuada entre os seres vivos......pois ela origina células com a metade do número de cromossomas presentes

Leia mais

Ciclo celular Um ser humano começa a vida a partir de um oócito fertilizado (zigoto), uma célula diplóide a partir da qual todas as células do corpo (

Ciclo celular Um ser humano começa a vida a partir de um oócito fertilizado (zigoto), uma célula diplóide a partir da qual todas as células do corpo ( Ciclo e divisão celular Prof. Fláudio Ciclo celular Um ser humano começa a vida a partir de um oócito fertilizado (zigoto), uma célula diplóide a partir da qual todas as células do corpo (estimadas em

Leia mais

Biologia. Divisão Celular. Professor Enrico Blota.

Biologia. Divisão Celular. Professor Enrico Blota. Biologia Divisão Celular Professor Enrico Blota www.acasadoconcurseiro.com.br Biologia DIVISÃO CELULAR Os seres vivos precisam cumprir um ciclo de vida. Para isso, nascem, se desenvolvem e amadurecem

Leia mais

O trabalho deve ser entregue em folha de papel almaço, completo e com capa.

O trabalho deve ser entregue em folha de papel almaço, completo e com capa. GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA:Biologia SÉRIE: 1º ano ALUNO(a): Trabalho de Recuperação No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Leia mais

Prof. Juliana -

Prof. Juliana - Mitose e Meiose CICLO CELULAR Célula encaminhada à progressão no ciclo por mecanismos de regulação relacionados a crescimento multiplicação diferenciação celular condição de latência. Falhas nos mecanismos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA CÓDIGO DISCIPLINA REQUISITOS BIO 117 BIOLOGIA GERAL --

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA CÓDIGO DISCIPLINA REQUISITOS BIO 117 BIOLOGIA GERAL -- UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA U.E.F.S DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PROGRAMA DE DISCIPLINA CÓDIGO DISCIPLINA REQUISITOS BIO 117 BIOLOGIA GERAL -- CARGA HORÁRIA CRÉDITOS PROFESSOR(A) T

Leia mais

Ciclo Celular. Prof. Tiago Collares, Dr. (MSN) ( )

Ciclo Celular. Prof. Tiago Collares, Dr. (MSN) ( ) Ciclo Celular Prof. Tiago Collares, Dr. tiago_collares@hotmail.com (MSN) collares.t@gmail.com (e-mail ) O Ciclo Celular Toda célula se origina da divisão de uma célula preexistente; Nos eucariontes, o

Leia mais

Unidade 6 Reprodução nos seres vivos

Unidade 6 Reprodução nos seres vivos Unidade 6 Reprodução nos seres vivos Reprodução sexuada Os descendentes apresentam carateres comuns entre si e em relação aos progenitores de típicos da espécie a que pertencem, mas diferem significativamente

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2017/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

Toxicologia in vitro: Principais modelos utilizados

Toxicologia in vitro: Principais modelos utilizados Toxicologia in vitro: Principais modelos utilizados Alexandre Bella Cruz Rilton Alves de Freitas Toxicologia in vitro: Principais modelos utilizados Objetivo Conhecer Métodos para Avaliação de Genotoxicidade

Leia mais

Prof. Msc. Cleysyvan Macedo

Prof. Msc. Cleysyvan Macedo Prof. Msc. Cleysyvan Macedo Ciclo Celular Fase Mitótica Fase Interfase MITOSE CITOCINESE Interfase É a fase em que a célula não está se dividindo. Os filamentos de cromatina duplicam-se nessa fase. Divide-se

Leia mais

PROFA. ROSE LOPES 1º ANO

PROFA. ROSE LOPES 1º ANO PROFA. ROSE LOPES 1º ANO - 2013 A capacidade de duplicar-se é a característica mais extraordinária dos organismos vivos. Para fazê-lo, multiplicamos o material interno de nossas células e, depois, as dividimos.

Leia mais

01. (Unicamp 2017) Considerando o esquema a seguir como uma representação simplificada da meiose, indique a alternativa correta.

01. (Unicamp 2017) Considerando o esquema a seguir como uma representação simplificada da meiose, indique a alternativa correta. 01. (Unicamp 2017) Considerando o esquema a seguir como uma representação simplificada da meiose, indique a alternativa correta. a) A, B, D e F são diploides. b) B, C, D e E são formados na telófase I.

Leia mais

Aconselhamento Genético e Diagnóstico Pré-natal

Aconselhamento Genético e Diagnóstico Pré-natal Aconselhamento Genético e Diagnóstico Pré-natal O aconselhamento genético constitui-se de um processo de comunicação que trata dos problemas humanos associados com a ocorrência, ou risco de ocorrência

Leia mais

Avaliação do potencial citotóxico e genotóxico de contaminantes de sedimentos do Estuário do Sado numa linha celular humana*

Avaliação do potencial citotóxico e genotóxico de contaminantes de sedimentos do Estuário do Sado numa linha celular humana* Titulo Avaliação do potencial citotóxico e genotóxico de contaminantes de sedimentos do Estuário do Sado numa linha celular humana* Autores Miguel Pinto 1, Pedro Manuel Costa 1,2, Henriqueta Louro 1, Maria

Leia mais

Síntese de Proteínas e Divisão Celular

Síntese de Proteínas e Divisão Celular Síntese de Proteínas e Divisão Celular Síntese de Proteínas e Divisão Celular 1. Normalmente não se encontram neurônios no cérebro em plena divisão celular. Entretanto, no Mal de Alzheimer, grandes quantidades

Leia mais

Gametogênese (espermatogênese)

Gametogênese (espermatogênese) Gametogênese (espermatogênese) Células germinativas (2n) Epidídimo (armazena espermatozóides) Período germinativo Período de crescimento Mitose 2n Mitoses Crescimento sem divisão celular 2n 2n 2n Túbulo

Leia mais

BIOLOGIA. Os principais carboidratos de reserva nos vegetais e animais são: Chama-se aminoácido essencial ao aminoácido que:

BIOLOGIA. Os principais carboidratos de reserva nos vegetais e animais são: Chama-se aminoácido essencial ao aminoácido que: BIOLOGIA Associe os números das estruturas celulares assinaladas no desenho com os respectivos nomes da coluna abaixo do desenho. A seguir, assinale a opção em que a seqüência coincida com o que foi marcado

Leia mais

Ciclo Celular e Controle do Ciclo Celular

Ciclo Celular e Controle do Ciclo Celular Ciclo Celular e Controle do Ciclo Celular Profa. Dra. Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira Profa. Dra. Ester Tartarotti MSc. Rita Luiza Peruquetti Divisão Celular Deve ser regulada e Coordenada Ciclo

Leia mais

Ciclo celular Interfase e divisão celular

Ciclo celular Interfase e divisão celular Ciclo celular Interfase e divisão celular Equipe de Biologia Ciclo Celular Consiste num conjunto de processos que ocorrem desde a formação de uma célula até a sua própria divisão em duas células-filhas,

Leia mais

Biologia SÉRIE: 9º ano. Meiose. Profª Luciana Barroso

Biologia SÉRIE: 9º ano. Meiose. Profª Luciana Barroso Biologia SÉRIE: 9º ano Meiose Profª Luciana Barroso DIVISÃO CELULAR MEIOSE 2 O QUE É? Processo de divisão celular em que o nº de cromossomos é reduzido à metade nas células-filhas. Acontece em duas etapas.

Leia mais

Atividades de Mitose

Atividades de Mitose DISCIPLINA: Biologia I DATA: 21/06/2017 Atividades de Mitose 01 - (Fuvest 2012) Considere os eventos abaixo, que podem ocorrer na mitose ou na meiose: I - Emparelhamento dos cromossomos homólogos duplicados.

Leia mais

Anabolismo Nuclear e Divisão Celular

Anabolismo Nuclear e Divisão Celular 1. (UFRN) Uma proteína X codificada pelo gene Xp é sintetizada nos ribossomos, a partir de um RNAm. Para que a síntese aconteça, é necessário que ocorram, no núcleo e no citoplasma, respectivamente, as

Leia mais

Biologia Professor Leandro Gurgel de Medeiros

Biologia Professor Leandro Gurgel de Medeiros Biologia Professor Leandro Gurgel de Medeiros Divisão Celular Ciclo Celular e Mitose; Meiose. 1. Aspectos Mantidos na Divisão Celular Constância do volume celular; Relação área x volume. Lei de Driesch

Leia mais

EFEITOS BIOLÓGICOS DAS RADIAÇOES IONIZANTES

EFEITOS BIOLÓGICOS DAS RADIAÇOES IONIZANTES EFEITOS BIOLÓGICOS DAS RADIAÇOES IONIZANTES 11 a aula SUMÁRIO I Introdução O que é radiação Um pouco de história II O dano biológico e dose letal III O mecanismo de dano IV Efeitos da radiação Ionizante

Leia mais

Divisão celular. A única situação em que dividir e multiplicar significam a mesma coisa

Divisão celular. A única situação em que dividir e multiplicar significam a mesma coisa Divisão celular A única situação em que dividir e multiplicar significam a mesma coisa Todos as células se dividem: 1. Em organismos unicelulares, divisão celular é o modo principal de reprodução 2. Em

Leia mais

AVALIAÇÃO DO EFEITO ANTI-PROLIFERATIVO E GENOTÓXICO DO FRUTO DA AROEIRA (Schinus

AVALIAÇÃO DO EFEITO ANTI-PROLIFERATIVO E GENOTÓXICO DO FRUTO DA AROEIRA (Schinus AVALIAÇÃO DO EFEITO ANTI-PROLIFERATIVO E GENOTÓXICO DO FRUTO DA AROEIRA (Schinus terebinthifolius RADDI, ANACARDEACEAE) EVALUATION OF THE ANTIPROLIFERATIVE AND GENOTOXIC EFFECT OF THE AROEIRA FRUIT (Schinus

Leia mais

BIOLOGIA EXERCÍCIOS DE GAMETOGÊNESE, MITOSE E MEIOSE

BIOLOGIA EXERCÍCIOS DE GAMETOGÊNESE, MITOSE E MEIOSE BIOLOGIA Prof. Fred EXERCÍCIOS DE GAMETOGÊNESE, MITOSE E MEIOSE 1. (UFSC-2003) A meiose caracteriza-se pela ocorrência de apenas uma duplicação do material genético para cada duas divisões nucleares, e

Leia mais

BIOLOGIA E GEOLOGIA- 11º ANO. Reprodução sexuada - Meiose

BIOLOGIA E GEOLOGIA- 11º ANO. Reprodução sexuada - Meiose BIOLOGIA E GEOLOGIA- 11º ANO Reprodução sexuada - Meiose Ocorre a união de duas células sexuais para a formação de um ovo ou zigoto. A reprodução sexuada constitui um processo biológico comum a quase todos

Leia mais

BIOLOGIA QUESTÃO 01. Observe o esquema abaixo que apresenta as diferentes etapas do processo de coagulação sangüínea. Ca ++ e tromboplastina

BIOLOGIA QUESTÃO 01. Observe o esquema abaixo que apresenta as diferentes etapas do processo de coagulação sangüínea. Ca ++ e tromboplastina Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 008 - ª Prova Comum TIPO BIOLOGIA QUESTÃO 0 Observe o esquema abaixo que apresenta as diferentes etapas do processo de coagulação sangüínea. Fibrinogênio Coágulo Ca ++

Leia mais

MUTAGENICIDADE DO EXTRATO DE CASCA DE Musa paradisiaca (MUSACEAE) EM CÉLULAS DE SANGUE PERIFÉRICO DE CAMUNDONGOS IN VIVO

MUTAGENICIDADE DO EXTRATO DE CASCA DE Musa paradisiaca (MUSACEAE) EM CÉLULAS DE SANGUE PERIFÉRICO DE CAMUNDONGOS IN VIVO 13 UNIVERSIDADE JOSÉ DO ROSÁRIO VELLANO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MUTAGENICIDADE DO EXTRATO DE CASCA DE Musa paradisiaca (MUSACEAE) EM CÉLULAS DE SANGUE PERIFÉRICO DE CAMUNDONGOS IN VIVO

Leia mais

Toxicologia Ambiental: um olhar para as áreas contaminadas. Prof. Dr. Fábio Kummrow

Toxicologia Ambiental: um olhar para as áreas contaminadas. Prof. Dr. Fábio Kummrow Toxicologia Ambiental: um olhar para as áreas contaminadas Prof. Dr. Fábio Kummrow fkummrow@unifesp.br 20/01/2017 Definição de área contaminada (CETESB): Uma área contaminada pode ser definida como uma

Leia mais

ADAPTAÇÃO DA TÉCNICA DE MICRONÚCLEO EM ALLIUM CEPA,

ADAPTAÇÃO DA TÉCNICA DE MICRONÚCLEO EM ALLIUM CEPA, ADAPTAÇÃO DA TÉCNICA DE MICRONÚCLEO EM ALLIUM CEPA, PARA FUTURAS ANÁLISES DE MUTAGENICIDADE DOS RIOS DA REGIÃO DO VALE DO JAMARI, RONDÔNIA, AMAZÔNIA OCIDENTAL ADAPTATION OF THE TECHNIQUE OF MICRONUCLEUS

Leia mais

NÚCLEO CELULAR. Disciplina: Embriologia e Genética Curso Odontologia Profa Ednilse Leme

NÚCLEO CELULAR. Disciplina: Embriologia e Genética Curso Odontologia Profa Ednilse Leme NÚCLEO CELULAR Disciplina: Embriologia e Genética Curso Odontologia Profa Ednilse Leme A presença do núcleo é a principal característica que distingue a célula eucariótica da procariótica. No núcleo está

Leia mais

CICLO CELULAR. intérfase. ciclo celular. divisão. intérfase divisão intérfase divisão intérf...

CICLO CELULAR. intérfase. ciclo celular. divisão. intérfase divisão intérfase divisão intérf... CICLO CELULAR O ciclo celular ou ciclo de vida da célula corresponde ao conjunto de transformações pelas quais a célula passa, desde a sua formação até o seu desaparecimento. ciclo celular intérfase divisão

Leia mais

Interacções da radiação

Interacções da radiação Interacções da radiação Maria Filomena Botelho Radiações ionizantes envolvimento de material radioactivo Emissão de vários tipos de radiação partículas α partículas β radiação electromagnética Capacidade

Leia mais

Biologia Polícia Civil São Paulo

Biologia Polícia Civil São Paulo Material de Apoio às videoaulas Biologia Polícia Civil São Paulo Professor Augusto Afonso Borba Amplie seu conhecimento! Aproveite para revisar e reforçar o estudo das aulas 01 a 04 da disciplina de Biologia

Leia mais

-A meiose é um dos processos evolutivamente mais importantes para a diversificação dos seres vivos

-A meiose é um dos processos evolutivamente mais importantes para a diversificação dos seres vivos -A meiose é um dos processos evolutivamente mais importantes para a diversificação dos seres vivos - Sem a meiose não seria possível o surgimento da fecundação sem a duplicação do número de cromossomos

Leia mais

15/10/2009 GENÉTICA BACTERIANA. Disciplina: Microbiologia Geral Curso: Nutrição Prof. Renata Fernandes Rabello. Informação genética essencial.

15/10/2009 GENÉTICA BACTERIANA. Disciplina: Microbiologia Geral Curso: Nutrição Prof. Renata Fernandes Rabello. Informação genética essencial. GENÉTICA BACTERIANA GENOMA BACTERIANO Cromossoma (nucleóide) Informação genética essencial. Ácido desoxirribonucléico (DNA). Disciplina: Microbiologia Geral Curso: Nutrição Prof. Renata Fernandes Rabello

Leia mais

INSA, I.P. Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge Departamento de Genética Humana. Peter Jordan

INSA, I.P. Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge Departamento de Genética Humana. Peter Jordan INSA, I.P. Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge Departamento de Genética Humana Peter Jordan Visita de estudo Colégio St. Peter s School, Palmela 29 de Abril de 2014 (1858 1939) Controle de

Leia mais

DIVISÃO CELULAR (mitose e meiose)

DIVISÃO CELULAR (mitose e meiose) CENTRO UNIVERSITÁRIO RIO DO MARANHÃO- UNICEUMA DIVISÃO CELULAR (mitose e meiose) Prof.Fernando Luís Bacelar Lobato São Luís 2011 DIVISÃO CELULAR A capacidade de duplicar-se é a característica mais extraordinária

Leia mais