ÍNDICE GERAL. i PARTE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ÍNDICE GERAL. i PARTE"

Transcrição

1 ÍNDICE GERAL i DEUS NO ANTIGO TESTAMENTO 15 Procedimento metódico 15 I. A História O género histórico no Antigo Testamento História da salvação 22 II. A Palavra de Deus no Antigo Testamento Agir e falar Multiformidade do falar divino Revelação no Antigo Testamento 33 III. A Resposta do Homem O homem responde falando O homem responde agindo 39 IV. O Deus Único e Fator Unificante 40 II DEUS-REDENTOR E HISTÓRIA Introdução

2 8 ÍNDICE GERAL I. O Deus-Redentor no Antigo Testamento Na saída do Egito Experiência inicial da salvação Abrangência do Deus-salvador Experiência geral da salvação Salvação e eleição Salvação e aliança 54 II. O Processo da Salvação e a História Singularidade do falar sobre o Deus-redentor Esquema do livro do Êxodo Perícope sinaítica (Ex 19-34) Conceito de história no Antigo Testamento Retrospecto 68 III. Elementos Constitutivos da Salvação A salvação como milagre A vinda de Deus no Antigo Testamento Anúncio da salvação através do A.T 74 Retrospecto A história do mediador Lamentação e louvor 95 III DEUS BENFEITOR E CRIAÇÃO 99 A. Criador e Criação 99 I. As Origens. Génesis O conjunto das origens A criação na história das religiões e na Bíblia II. O Mundo, Obra de Deus O conjunto do mundo perante ao Criador A palavra mediadora da criação Produção das espécies Aprovação divina A criação tem meta 109

3 ÍNDICE GERAL 9 III. Origem do Homem-Criatura O homem como ser genérico Limitações do homem Imagem de Deus Trabalho e cultura. A sabedoria 113 Retrospecto: criação e universalismo 116 B. A Bênção 117 I. Deus Abençoa e Salva Continuamente Diferença entre abençoar e salvar O agir ordinário e extraordinário de Deus 118 II. A Benção através do Antigo Testamento Na era dos patriarcas Bênção e história No Deuteronômio Na era dos Juízes até a monarquia Depois do exílio No livro de Jó 127 Retrospecto Evolução semântica do termo "bênção" 128 C. Criação e Benção (História das Religiões e AT) IV JUÍZO E MISERICÓRDIA DE DEUS 135 A. Pecado e Castigo nas Profecias 135 I. Pecado e Juízo No Antigo e no Novo Testamento Na pré-história Na história do povo de Deus Na vida individual Pecado e perdão 141 II. Os Vaticínios do Juízo Divino profetismo em Israel 143

4 10 ÍNDICE GERAL 2. Os vaticínios por etapas Os profetas na vida de Israel Profetismo e História A linguagem profética 153 B. O Deus Misericordioso 154 I. Deus se compadece do Homem Individual Introdução Exposição do tema 157 II. Deus se Compadece do Povo Os profetas, porta-vozes do Deus-Redentor Os vaticínios da salvação 161 C. A Meta: Os Escritos Apocalípticos 166 I. Apocalipse e Profecia 167 II. Apocalipse e Teologia 169 V A RESPOSTA 173 A. O Homem Responde Falando 173 Introdução 173 I. O Clamor a Deus A oração no Antigo Testamento Géneros literários dos Salmos 176 II. O Louvor Salmos notificantes Salmos descritivos 183 III. A Lamentação Valor e propriedade Esquema e os três aspectos da lamentação Motivação no Dêutero-Isaías e em Jó Lamentação e confissão dos pecados Lamentação do mediador Lamentos de Deus 194

5 ÍNDICE GERAL 11 B. O Homem Responde Agindo 195 I. Mandamento e Lei no A.T Mandamento e Lei Evolução do mandamento e da Lei I o mandamento e a proibição das imagens II. Culto Divino O culto através do Antigo Testamento Elementos do culto divino Ação divina no culto O papel do homem no culto 219 C. A Resposta como Fruto da Reflexão 222 I. Piedade Pessoal e Reflexão Teológica Piedade pessoal Reflexão teológica 223 II. Teologia e Historiografia O mundo do Javista (J) O Deuteronomista (Dtn) O documento Sacerdotal (P) 229 Retrospecto 231 VI ANTIGO TESTAMENTO E JESUS CRISTO 235 I. Os Livros Históricos e o Cristo Três proposições fundamentais em comum Antigo Testamento versus Novo Testamento O Deus-benfeitor no Novo Testamento 238 II. Os Profetas O juízo divino Os vaticínios de salvação 240 III. A Resposta do Povo de Deus Resposta oral Resposta ativa 245

6 12 ÍNDICE GERAL IV. Conclusão. A problemática de uma teologia bíblica 247 BIBLIOGRAFIA 251 ÍNDICE DOS AUTORES 263 ÍNDICE DE PASSAGENS BÍBLICAS 267

Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT. Jörg Garbers Ms. de Teologia

Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT. Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução a literatura e a pesquisa da Tora e dos profetas anteriores III Jörg Garbers Ms. de Teologia Conteúdo

Leia mais

Fatos: Acontecimentos: - A criação - O dilúvio - Formação do povo de Deus - Vida no deserto - Conquista da terra prometida - As dominações

Fatos: Acontecimentos: - A criação - O dilúvio - Formação do povo de Deus - Vida no deserto - Conquista da terra prometida - As dominações O Antigo Testamento é uma coleção de 39 livros onde encontramos a história de Israel, o povo que Deus escolheu para com ele fazer uma aliança. Portanto, o Antigo Testamento é a história de um povo: mostra

Leia mais

CAP. 1 PEQUENOS GRUPOS NO ANTIGO TESTAMENTO

CAP. 1 PEQUENOS GRUPOS NO ANTIGO TESTAMENTO CAP. 1 PEQUENOS GRUPOS NO ANTIGO TESTAMENTO PEQUENOS GRUPOS NO ANTIGO TESTAMENTO Deus estabeleceu um paradigma relacional para a ordem criada. Conforme a perspectiva do Antigo Testamento, advertimos que

Leia mais

Cristologia SEFO Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira Campo de Mogi das Cruzes

Cristologia SEFO Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira Campo de Mogi das Cruzes Cristologia SEFO 2013 Por Fábio 4ª Codo Aula Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira Campo de Mogi das Cruzes E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação

Leia mais

1. DUAS SEMANAS SOBRE A VIDA E OS ENSINOS DE JESUS

1. DUAS SEMANAS SOBRE A VIDA E OS ENSINOS DE JESUS PLANO DE LEITURA DA BÍBLIA PRIMEIRA SEQUÊNCIA: INTRODUÇÃO À BÍBLIA TEMPO NECESSÁRIO: Duas semanas OBJETIVO: Obter um conhecimento geral dos fundamentos bíblicos A Primeira Sequência é para quem está começando

Leia mais

A BÍBLIA. Palavra de Deus, Regra de Fé e Adoração. Sem. Augusto José Honorio de Almeida Diác. Denis do Prado Netto

A BÍBLIA. Palavra de Deus, Regra de Fé e Adoração. Sem. Augusto José Honorio de Almeida Diác. Denis do Prado Netto A BÍBLIA Palavra de Deus, Regra de Fé e Adoração Sem. Augusto José Honorio de Almeida Diác. Denis do Prado Netto CONSOLIDAÇÃO 2015, O ANO DA ADORAÇÃO 2016, O ANO DA COMUNHÃO 2017, O ANO DA DOUTRINA 2018,

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Paulo Adolfo A Revelação e a Missão de Deus (Missio Dei) Objetivos da matéria: 1. Apresentar as bases bíblicas para o projeto

Leia mais

Conhecendo a minha Bíblia Antigo Testamento

Conhecendo a minha Bíblia Antigo Testamento Conhecendo a minha Bíblia Antigo Testamento 1ª Igreja Presbiteriana Independente de Londrina Área de Apoio de Educação Cristã Escola Bíblica Esperança Examinai as Escrituras... porque são elas que testificam

Leia mais

INTRODUÇÃO À BÍBLIA Caderno de Estudos Por David Batty e Sally Girdis

INTRODUÇÃO À BÍBLIA Caderno de Estudos Por David Batty e Sally Girdis INTRODUÇÃO À BÍBLIA Caderno de Estudos Por David Batty e Sally Girdis Estudos em Grupo Para Novos Cristãos 2 Introdução à Bíblia INTRODUÇÃO À BÍBLIA Caderno de Estudo Primeira Edição em Português Por David

Leia mais

ICE Introdução ao Antigo Testamento GÊNEROS LITERÁRIOS

ICE Introdução ao Antigo Testamento GÊNEROS LITERÁRIOS 1. Forma e conteúdo Todo texto tem forma e conteúdo. O conteúdo é a informação transmitida. A forma é a maneira como a informação é transmitida. Juntos, compõem o sentido do texto. 2. Formas fixas No dia-a-dia

Leia mais

Revelar Descortinar Desvendar. Revelação - Criação - Bíblia - Jesus Cristo. Indicativa Imperativa Normativa

Revelar Descortinar Desvendar. Revelação - Criação - Bíblia - Jesus Cristo. Indicativa Imperativa Normativa Revelar Descortinar Desvendar Revelação - Criação - Bíblia - Jesus Cristo Indicativa Imperativa Normativa Deus informa a respeito de si mesmo - Quem Ele é - O que Ele fez - O que Ele está fazendo - O que

Leia mais

Programa de Leitura da Bíblia. Teologia Faberj. Lâmpada para os meus pés é a Tua Palavra e luz para os meus caminhos.

Programa de Leitura da Bíblia. Teologia Faberj. Lâmpada para os meus pés é a Tua Palavra e luz para os meus caminhos. Lâmpada para os meus pés é a Tua Palavra e luz para os meus caminhos. (Salmo 119:105) 0 PROGRAMA DE LEITURA DA BÍBLIA A leitura da Bíblia Sagrada é de suma importância para todos os estudantes da Palavra

Leia mais

Os livros da Bíblia ANTIGO TESTAMENTO. Pentateuco (Torah = Lei): Deus fala pela sua «Lei»...

Os livros da Bíblia ANTIGO TESTAMENTO. Pentateuco (Torah = Lei): Deus fala pela sua «Lei»... Os livros da Bíblia ANTIGO TESTAMENTO Pentateuco (Torah = Lei): Deus fala pela sua «Lei»... 1. Génesis: O livro das origens, da criação e dos nossos pais na fé 2. Êxodo: o livro das grandes maravilhas

Leia mais

Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT. Jörg Garbers Ms. de Teologia

Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT. Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução a literatura e a pesquisa dos escritos I Jörg Garbers Ms. de Teologia O nome provém da tradução

Leia mais

A Aliança do povo hebreu com o Senhor

A Aliança do povo hebreu com o Senhor A Aliança do povo hebreu com o Senhor Não é fácil orientar-se numa floresta quando não se têm caminhos, nem trilhas. A Bíblia é como uma floresta e, se não conhecermos o caminho, facilmente poderemos nos

Leia mais

MINISTÉRIOS DA GRAÇA NO BRASIL DEPARTAMENTO DE TREINAMENTO INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO VELHO TESTAMENTO

MINISTÉRIOS DA GRAÇA NO BRASIL DEPARTAMENTO DE TREINAMENTO INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO VELHO TESTAMENTO MINISTÉRIOS DA GRAÇA NO BRASIL DEPARTAMENTO DE TREINAMENTO SETE - SISTEMA DE ENSINO TEOLÓGICO POR EXTENSÃO DISCIPLINA: SÍNTESE DO VELHO TESTAMENTO I INSTRUTOR: PR. URIAN RIOS INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO VELHO

Leia mais

Academia Bíblica Brasileira - ABBA. Matérias e Conteúdos

Academia Bíblica Brasileira - ABBA. Matérias e Conteúdos Matérias e Conteúdos 1 - BIBLIOLOGIA I A matéria trata de forma introdutória sobre o Estudo da Bíblia propriamente dita, sobre sua formação, veracidade e divisões. - Bibliologia - O Canon das Escrituras

Leia mais

Evangelhos e atos. Observações

Evangelhos e atos. Observações NOVO TESTAMENTO Muitas vezes e de diversos modos outrora falou Deus aos nossos pais pelos profetas. Ultimamente nos falou por seu Filho (Hebreus 1,1-2) EVANGELHOS E ATOS Evangelhos e atos Os melhores recursos

Leia mais

Curso de PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO I I Semestre de 2017 DE GÊNESIS A ESTER. Professor: José Martins Júnior. (11) (Whatsapp Telegram)

Curso de PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO I I Semestre de 2017 DE GÊNESIS A ESTER. Professor: José Martins Júnior. (11) (Whatsapp Telegram) Curso de PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO I I Semestre de 2017 DE GÊNESIS A ESTER Professor: José Martins Júnior (11) 9.8383-5316 (Whatsapp Telegram) Email: pastorjunioropbb2815@gmail.com Blog: www.reflexoes-e-flexoes.blogspot.com.br

Leia mais

Tornando a Bíblia relevante para o nosso século A

Tornando a Bíblia relevante para o nosso século A Tornando a Bíblia relevante para o nosso século A Para interpretar a mensagem do AT e fazer a devida aplicação da perícope, antes de tudo precisamos conhecer o gênero literário e a estrutura narrativa

Leia mais

A esperança segundo a Bíblia. Devocional. Russell Shedd

A esperança segundo a Bíblia. Devocional. Russell Shedd Devocional A esperança segundo a Bíblia A Bíblia inspira esperança. De Gênesis a Apocalipse, há uma corrente animadora de antecipação. A catástrofe no Jardim do Éden provocou a ira de Deus contra os culpados

Leia mais

O Homem é capaz de Deus. Chave da semana

O Homem é capaz de Deus. Chave da semana O Homem é capaz de Deus Chave da semana Catequese com adultos 11-12 Chave de bronze 15-10-2011 DEUS VEM AO ENCONTRO DO HOMEM 22-10-2011 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Quem somos? Revelamo-nos

Leia mais

Ano Bíblico Sequencial

Ano Bíblico Sequencial Ano Bíblico Sequencial Janeiro 01/01 - Gênesis Cap: 1-3 02/01 - Gênesis Cap. 4-7 03/01 - Gênesis Cap. 8-11 04/01 - Gênesis Cap. 12-15 05/01 - Gênesis Cap. 16-19 06/01 - Gênesis Cap. 20-22 07/01 - Gênesis

Leia mais

Introdução e visão geral da História de Israel e dos textos do Antigo Testamento. Jörg Garbers Ms. de Teologia

Introdução e visão geral da História de Israel e dos textos do Antigo Testamento. Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução e visão geral da História de Israel e dos textos do Antigo Testamento Jörg Garbers Ms. de Teologia 28.09.2013 08:00-09:30 O cativeiro babilônico e sua produção literária 09:50-11:50 A primeira

Leia mais

Alexandre Zanca Bacich SÍNTESE TEOLÓGICA

Alexandre Zanca Bacich SÍNTESE TEOLÓGICA SÍNTESE TEOLÓGICA 1 Síntese de Teologia 2 SÍNTESE TEOLÓGICA MATÉRIAS DE TEOLOGIA ALEXANDRE ZANCA BACICH 3 Síntese de Teologia Copyright 2016 by Alexandre Zanca Bacich Todos os direitos reservados e protegidos

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Paulo Adolfo Nos livros poéticos vemos ação responsiva, por parte de Israel, aos atos salvíficos de Deus. Respostas: Pessoais;

Leia mais

Meus primeiros passos

Meus primeiros passos Lição 01 Dino Arí Fernandes Meus primeiros passos Igreja Metodista 01 Meus Primeiros Passos A Bíblia Palavra de Deus Escrita: Agora que você decidiu entregar-se a JESUS CRISTO, nós o(a) convidamos a caminhar

Leia mais

JUSTIFICATIVA. OBJETIVOS Gerais: Capacitar expositores da Bíblia a utilizá-la de forma teológica e metodologicamente fundam Específicos:

JUSTIFICATIVA. OBJETIVOS Gerais: Capacitar expositores da Bíblia a utilizá-la de forma teológica e metodologicamente fundam Específicos: JUSTIFICATIVA A Bíblia é a fonte primeira da teologia cristã, de onde os mais diversos grupos do cristianismo retiram OBJETIVOS Gerais: Capacitar expositores da Bíblia a utilizá-la de forma teológica e

Leia mais

Currículo Cultura Cristã. Matriz curricular

Currículo Cultura Cristã. Matriz curricular Currículo Cultura Cristã Matriz curricular SÉRIE PASSOS (para crianças não alfabetizadas) PRIMEIROS PASSOS ( e 3 anos) 1. O cuidado de Deus. Sou do Papai do céu 3. Tudo era bom 4. Tudo era muito bom Identificar

Leia mais

Monoteísmo Noaico. por Sha ul Bensiyon

Monoteísmo Noaico. por Sha ul Bensiyon Monoteísmo Noaico por Sha ul Bensiyon Aula 19 As Escrituras As Escrituras A visão judaica/noaica acerca das Escrituras é muito diferente da visão cristã: Cristianismo: Livros cuja autoria é praticamente

Leia mais

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes BÍBLIA Devocional Céus Abertos Pastor Carlito Paes 2 ROTEIRO BÍBLIA: ENTENDENDO A PALAVRA DE DEUS O que devo conhecer sobre a bíblia? Diversidade dos Autores Condições de alguns autores quando foram inspirados

Leia mais

Bíblia evangélica: Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cânticos Bíblia hebraica: Rute, Crônicas, Esdras, Neemias, Ester, Lamentações, Daniel

Bíblia evangélica: Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cânticos Bíblia hebraica: Rute, Crônicas, Esdras, Neemias, Ester, Lamentações, Daniel Bíblia evangélica: Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cânticos Bíblia hebraica: Rute, Crônicas, Esdras, Neemias, Ester, Lamentações, Daniel Data e Origem Cada livro tem uma história própria Salmos, Jó

Leia mais

Introdução e visão geral da História de Israel e dos textos do Antigo Testamento. Jörg Garbers Ms. de Teologia

Introdução e visão geral da História de Israel e dos textos do Antigo Testamento. Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução e visão geral da História de Israel e dos textos do Antigo Testamento Jörg Garbers Ms. de Teologia 29.06.2013 08:00-09:30 Saudação / Apresentação / Bibliografia / Recapitulação das narrativas

Leia mais

As Escrituras Sagradas, o Antigo e o Novo Testamento, são a Palavra de Deus escrita, dada por inspiração Divina por intermédio de santos homens de

As Escrituras Sagradas, o Antigo e o Novo Testamento, são a Palavra de Deus escrita, dada por inspiração Divina por intermédio de santos homens de As Escrituras Sagradas, o Antigo e o Novo Testamento, são a Palavra de Deus escrita, dada por inspiração Divina por intermédio de santos homens de Deus que falaram e escreveram ao serem movidos pelo Espírito

Leia mais

M Div MESTRADO EM TEOLOGIA BÍBLICA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU. Edital 2016 (em vigor a partir de 10/11/2015)

M Div MESTRADO EM TEOLOGIA BÍBLICA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU. Edital 2016 (em vigor a partir de 10/11/2015) M Div MESTRADO EM TEOLOGIA BÍBLICA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU Edital 2016 (em vigor a partir de 10/11/2015) ATENÇÃO: Prazo final de inscrição para participação na primeira temporada: 10 de fevereiro de

Leia mais

Reavivados por Sua Palavra Crede em Seus Profetas

Reavivados por Sua Palavra Crede em Seus Profetas Reavivados por Sua Palavra 2017 Crede em Seus Profetas 2016 2017 Janeiro Fevereiro Março 01 - Deuteronômio 21 02 - Deuteronômio 22 03 - Deuteronômio 23 04 - Deuteronômio 24 05 - Deuteronômio 25 06 - Deuteronômio

Leia mais

Libertação e caminho para o Sinai Aliança no Sinai Ordens para a construção Queda e renovação da aliança Construção da Tenda e da "Arca"

Libertação e caminho para o Sinai Aliança no Sinai Ordens para a construção Queda e renovação da aliança Construção da Tenda e da Arca 1-18 19-24 25-31 32-34 35-40 Libertação e caminho para o Sinai Aliança no Sinai Ordens para a construção Queda e renovação da aliança Construção da Tenda e da "Arca" 1-7 8-10 11-15 16 17-26 27 Ordens para

Leia mais

O Que é Tipologia Bíblica?

O Que é Tipologia Bíblica? O Que é Tipologia Bíblica? Muitos pregadores tem se utilizado da tipologia bíblica nos cultos, para falar de Jesus Cristo, da Igreja e outras questões. O problema é que as pregações acabam sendo incompreendidas

Leia mais

Siglas e Abreviaturas 1Prefácio.. "... ". A Sagrada Escritura de judeus e cristãos (Erich Zenger) Os livros da Torá/do Pentateuco

Siglas e Abreviaturas 1Prefácio.. ... . A Sagrada Escritura de judeus e cristãos (Erich Zenger) Os livros da Torá/do Pentateuco 5(ά7๐๐๐Sumário A в Siglas e Abreviaturas 1Prefácio.. "..... ". A Sagrada Escritura de judeus e cristãos (Erich Zenger) A importância da Biblia judaica para a identidade cristã. 1. O fundamento do cristianismo...

Leia mais

Grupos no judaísmo na. época de Jesus

Grupos no judaísmo na. época de Jesus Grupos no judaísmo na época de Jesus Nome Origem Conceitos Jörg Garbers Ms. de Teologia Os Fariseus Nome: os que se separam, os separados. Origem: Eles têm a sua origem teológico junto com os Essênios

Leia mais

04 Meus Primeiros Passos DINO ARÍ FERNANDES. Quem é JESUS CRISTO?

04 Meus Primeiros Passos DINO ARÍ FERNANDES. Quem é JESUS CRISTO? 04 Meus Primeiros Passos DINO ARÍ FERNANDES Quem é JESUS CRISTO? Igreja Metodista 04 Primeiros Passos: Quem é JESUS CRISTO? Que fantástica oportunidade você tem de conhecê-lo!! É o que eu mais quero...

Leia mais

Doutrina. a c e r c a d a : Breve Exposição das Principais Doutrinas Cristã - Trindade. Vidanova I G R E J A B A T I S T A

Doutrina. a c e r c a d a : Breve Exposição das Principais Doutrinas Cristã - Trindade. Vidanova I G R E J A B A T I S T A Doutrina a c e r c a d a : Responda: O que a Doutrina da Trindade tem a ver com: Sua salvação Sua oração Seu casamento : Deus é UM ou Deus é TRÊS? : Nossa limitação: Ó profundidade da riqueza da sabedoria

Leia mais

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS E SÃO JOSÉ DE ANCHIETA. Discípulos missionários a partir do Evangelho de João - Mês da Bíblia 2015

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS E SÃO JOSÉ DE ANCHIETA. Discípulos missionários a partir do Evangelho de João - Mês da Bíblia 2015 1 PARÓQUIA NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS E SÃO JOSÉ DE ANCHIETA Discípulos missionários a partir do Evangelho de João - Mês da Bíblia 2015 Permanecei no meu amor, para dar muitos frutos (Jo 15,8-9)

Leia mais

Sumário. Prefácio... 13

Sumário. Prefácio... 13 Sumário Prefácio... 13 PARTE UM O LEGADO ISRAELITA 1. Cristianismo e judaísmo... 29 A separação dos caminhos... 29 O cristianismo e o cânone hebraico da Escritura... 40 O cristianismo e a interpretação

Leia mais

O Deus de Abraão e de Jesus Cristo - 1

O Deus de Abraão e de Jesus Cristo - 1 O Deus de Abraão e de Jesus Cristo - 1 Deus em questão CREIO EM UM SÓ DEUS A Fé dirige-se a Deus, tem Deus por objecto. Deus é actualmente posto em questão. Deus em questão A hipótese de Deus parece desnecessária

Leia mais

Lição n.º 6 - A UNIDADE DA BÍBLIA

Lição n.º 6 - A UNIDADE DA BÍBLIA Lição n.º 6 - A UNIDADE DA BÍBLIA Lição n.º 6 (Início) Objeto de estudo: Reconhecer o fato de que a unidade da Bíblia é uma das provas de sua autenticidade! 1 Versículo-chave: Cl 1.26-27 O ministério que

Leia mais

PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ

PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ Material Estudo Bíblico Parte I Apresentação Pe Antônio 24/08 A BÍBLIA SAGRADA Palavra de Deus. Deus fala ao seu povo Deus se revela, se manifesta, intervém

Leia mais

Liturgia no Antigo Testamento

Liturgia no Antigo Testamento Liturgia no Antigo Testamento Grupo 1: Alvimar Vera Lúcia Eduardo Araújo Prof: Márcio leitão Disciplina: Liturgia Liturgia no AT = liturgia judaica; Liturgia (Culto) estudado é o Antigo Testamento; Culto

Leia mais

ASSEMBLÉIA DE DEUS MADUREIRA

ASSEMBLÉIA DE DEUS MADUREIRA ASSEMBLÉIA DE DEUS MADUREIRA Visão Panorâmica do Antigo Testamento Pr. Erivelton Rodrigues Nunes ( Lc.24:27,44 ) Divisão Judaica do AT A Lei 1. Gênesis 2. Exodo 3. Levítico 4. Números 5. Deuteronomio

Leia mais

TEOLOGIA BÍBLICA DE MISSÕES

TEOLOGIA BÍBLICA DE MISSÕES TEOLOGIA BÍBLICA DE MISSÕES O Pentateuco e Missões O palco: criação e queda. Os primórdios da humanidade Chamado de Abraão A Lei Israel e Missões (Livros Históricos) 1. Um povo 2. Uma nação 3. Um reino

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira S Vivendo Teologicamente S O que a teologia tem a ver com a vida diária? S A teologia geralmente é considerada como algo abstrato.

Leia mais

Reflexões bíblicas para a realidade brasileira

Reflexões bíblicas para a realidade brasileira Magia, demônios e Satanás no AT Reflexões bíblicas para a realidade brasileira JÖRG GARBERS MESTRE EM TEOLOGIA Introdução ao tema Vivendo em duas culturas diferentes traz outras perspectivas referente

Leia mais

Éfeso Século 1 Efésios 1.3-14 3. Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo. 4. Porque Deus nos escolheu

Leia mais

Currículo Cultura Cristã. Matriz curricular

Currículo Cultura Cristã. Matriz curricular Currículo Cultura Cristã Matriz curricular SÉRIE PASSOS (para crianças não alfabetizadas) PRIMEIROS PASSOS (2 e 3 anos) 1. O cuidado de Deus 2. Sou do Papai do céu 3. Tudo era bom 4. Tudo era muito bom

Leia mais

Módulo III O que anuncia a Catequese?

Módulo III O que anuncia a Catequese? Módulo III O que anuncia a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da realidade complexa do ser humano a quem levamos, hoje, uma Boa Nova. Compreender a importância da Sagrada Escritura

Leia mais

PARA NÃO ESQUECER. Blog IEBU:

PARA NÃO ESQUECER. Blog IEBU: Duas tarefas realizadas na aula anterior: 1ª) memorizar o versículo-chave; 2ª) Aprender a classificar os livros do Antigo Testamento, enumerandoos sequencialmente. Parabéns à classe! Blog IEBU: www.iebu.wordpress.com

Leia mais

«.. Este é o meu Filho muito amado no qual pus toda a minha complacência. Escutai-O.

«.. Este é o meu Filho muito amado no qual pus toda a minha complacência. Escutai-O. «.. Este é o meu Filho muito amado no qual pus toda a minha complacência. Escutai-O. 1 «O seu rosto ficou resplandecente como o sol..» Ambiente: A festa da Transfiguração, celebrada no Oriente desde o

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Como Ensinar Doutrinas Básicas Adventistas

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Como Ensinar Doutrinas Básicas Adventistas North A meric an Divisio n Portuguese Mi nistry Treinamento de Instrutores Bíblicos Como Ensinar Doutrinas Básicas Adventistas Como Ensinar Doutrinas Básicas Adventistas Objetivo Uma compreensão clara

Leia mais

Descrição Aliança Referência. Instruções de conservação e leitura pública Garantias/Leitura Dt. 27:2-3

Descrição Aliança Referência. Instruções de conservação e leitura pública Garantias/Leitura Dt. 27:2-3 Introdução ao Livro de Deuteronômio - A nova geração Ao contrário do que o nome, vindo do grego, sugere, Deuteronômio não se trata de uma segunda lei, mas é uma recapitulação, para a nova geração pós-êxodo,

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

03/07/2011. História Deuteronomista. Estudos bíblicos mostram traços comuns entre vários livros: Deuteronômio Juízes 1 e 2 Samuel 1 e 2 Reis

03/07/2011. História Deuteronomista. Estudos bíblicos mostram traços comuns entre vários livros: Deuteronômio Juízes 1 e 2 Samuel 1 e 2 Reis Arquidiocese de Curitiba Curso de Teologia Introdução ao Antigo Testamento Prof. João Luis Fedel Gonçalves 1 3 2 5 6 4 1. Fase das tradições quase só orais (1850-1030). Pode ter durado quase oito séculos.

Leia mais

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 1 Introdução. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 1 Introdução. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood LIVROS APÓCRIFOS Aula 1 Introdução Guilherme A. Wood Perguntas: Por que a Bíblia contém estes livros? Por que a Bíblia Católica contém alguns livros a mais? Por que alguns outros livros despertam o interesse

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Paulo Adolfo O problema do mal O problema do mal Precisamos, minimamente, pincelar sobre o Problema do Mal (ou pelo menos

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ MINISTÉRIO BÍBLICO PALAVRA VIVA

DECLARAÇÃO DE FÉ MINISTÉRIO BÍBLICO PALAVRA VIVA DECLARAÇÃO DE FÉ MINISTÉRIO BÍBLICO PALAVRA VIVA A Igreja de Jesus Cristo está comprometida somente com o Antigo e Novo Testamentos como a única autoridade escrita de fé e conduta. A fé e conduta dos crentes

Leia mais

Classe Adultos. Obedecendo ao Ide do Senhor Jesus de levar as Boas-Novas a toda criatura

Classe Adultos. Obedecendo ao Ide do Senhor Jesus de levar as Boas-Novas a toda criatura Classe Adultos Obedecendo ao Ide do Senhor Jesus de levar as Boas-Novas a toda criatura OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Saber que Deus exige de cada crente uma atitude evangelística responsável e amorosa.

Leia mais

Noções Gerais sobre a Bíblia Parte 1 Curso Aprendizes do Evangelho Aula 2

Noções Gerais sobre a Bíblia Parte 1 Curso Aprendizes do Evangelho Aula 2 Noções Gerais sobre a Bíblia Parte 1 Curso Aprendizes do Evangelho Aula 2 A Bíblia é considerado o livro mais importante dentre todos os que já foram escritos em todos os tempos e lugares, o mais editado

Leia mais

TEMA DA SESSÃO. Patriarcado de Lisboa JUAN AMBROSIO / PAULO PAIVA 2º SEMESTRE ANO LETIVO INTRODUÇÃO 2. REVELAÇÃO E RELIGIÃO

TEMA DA SESSÃO. Patriarcado de Lisboa JUAN AMBROSIO / PAULO PAIVA 2º SEMESTRE ANO LETIVO INTRODUÇÃO 2. REVELAÇÃO E RELIGIÃO TEMA DA SESSÃO 1. INTRODUÇÃO 2. REVELAÇÃO E RELIGIÃO 3. REVELAÇÃO E PALAVRA 4. CONSEQUÊNCIAS 5. INTERROGAÇÕES 6. TPC www.teologiafundamental.weebly.com JUAN AMBROSIO / PAULO PAIVA 2º SEMESTRE ANO LETIVO

Leia mais

NÃO TERÁS OUTROS DEUSES

NÃO TERÁS OUTROS DEUSES NÃO TERÁS OUTROS DEUSES Esboço I. A AUTORIDADE DA LEI 1. A fórmula introdutória do Decálogo. 2. As partes do concerto. 3. O Senhor do universo. 4. A libertação do Egito. II. O PRIMEIRO MANDAMENTO 1. Um

Leia mais

Doutrina da Trindade. Aula 16/03/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Doutrina da Trindade. Aula 16/03/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Doutrina da Trindade Aula 16/03/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira S Conceitos sobre a Trindade S Monarquianismo Deus é um único ser S S Adocionismo Um só Deus, Jesus é adotado (revestido de Deus)

Leia mais

Matéria. Proibido a reprodução parcial ou total desta apostila. Dez/15

Matéria. Proibido a reprodução parcial ou total desta apostila. Dez/15 Matéria Proibido a reprodução parcial ou total desta apostila sem a autorização do IFC-SEDE MUNDIAL Dez/15 1 PANORAMA BÍBLICO A. A Bíblia é o livro sagrado 1. Isaías. 45.5-6. 2. Isaías 45.18-22. B. O Deus

Leia mais

PLANO DE ENSINO Curso: Teologia

PLANO DE ENSINO Curso: Teologia PLANO DE ENSINO Curso: Teologia Disciplina: Introdução às Sagradas Escrituras Área: Bíblia Período: I Ano: 2014 Semestre: I Horas: 72 Créditos: 4 Professor: Frei Jacir de Freitas Faria 1. Ementa: 2. Objetivos:

Leia mais

HISTÓRICA POLÍTICA DOS HEBREUS 3 FASES PATRIARCAS, JUÍZES E REIS

HISTÓRICA POLÍTICA DOS HEBREUS 3 FASES PATRIARCAS, JUÍZES E REIS 2A aula 05 Os Hebreus HISTÓRICA POLÍTICA DOS HEBREUS 3 FASES PATRIARCAS, JUÍZES E REIS Os hebreus eram pastores nômades da Mesopotâmia. No séc. XIX a. C., guiados por Abraão, deslocaram-se para a Palestina,

Leia mais

I NTRODUÇÃO À BÍ BLI A

I NTRODUÇÃO À BÍ BLI A I NTRODUÇÃO À BÍ BLI A A BÍBLIA... 66 LIVROS, COMEÇOU A SER ESCRITO HÁ MAIS OU MENOS 3500 ANOS, DEMOROU QUASE 1600 ANOS PARA SER CONCLUÍDO, SEMINÁRIO DA NOVA IGREJA BATISTA DEUS É A PALAVRA DE DEUS, FOI

Leia mais

[Recensão a] Crusemann, Frank - A Torá: teologia e história social da lei do Antigo Testamento. URI:http://hdl.handle.net/10316.

[Recensão a] Crusemann, Frank - A Torá: teologia e história social da lei do Antigo Testamento. URI:http://hdl.handle.net/10316. [Recensão a] Crusemann, Frank - A Torá: teologia e história social da lei do Antigo Testamento Autor(es): Publicado por: URL persistente: Bouzon, Emanuel Instituto Oriental da Universidade de Lisboa URI:http://hdl.handle.net/10316.2/24118

Leia mais

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 1. Antes de entregar a lei, Deus já havia feito uma aliança com o povo. Em Êxodo 19.1-4, Deus lembra o povo do seu pacto, confirmado demonstrado em um fato. Qual é o

Leia mais

#4 A era dos profetas.

#4 A era dos profetas. 1 #4 A era dos profetas. Introdução: Visão geral do ministério dos profetas na Bíblia 1. As principais figuras de autoridade na sociedade judaica no Antigo Testamento eram: REIS SACERDOTES PROFETAS 2.

Leia mais

Mensagem #2 - As Origens. Da criação ao Judaísmo Quinta-feira, 17 de Março de 2016

Mensagem #2 - As Origens. Da criação ao Judaísmo Quinta-feira, 17 de Março de 2016 Conheça sua Bíblia - Uma visão panorâmica das Escrituras Mensagem #2 - As Origens. Da criação ao Judaísmo Quinta-feira, 17 de Março de 2016 Colocamos em sua folha um gráfico que ajuda a compreender a evolução

Leia mais

Inspiração: Diz respeito à exposição da verdade, ou seja, é o meio que Deus usou para falar ao homem através da Bíblia dando a ela autoridade

Inspiração: Diz respeito à exposição da verdade, ou seja, é o meio que Deus usou para falar ao homem através da Bíblia dando a ela autoridade Inspiração: Diz respeito à exposição da verdade, ou seja, é o meio que Deus usou para falar ao homem através da Bíblia dando a ela autoridade escrita. Revelação: O fato da comunicação divina, ou seja,

Leia mais

EFÉSIOS Nele temos a redenção por meio de seu sangue, o perdão dos pecados, de acordo com as riquezas da graça de Deus,

EFÉSIOS Nele temos a redenção por meio de seu sangue, o perdão dos pecados, de acordo com as riquezas da graça de Deus, Éfeso Século 1 EFÉSIOS 1.3-14 3. Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celesbais em Cristo. 4. Porque Deus nos escolheu

Leia mais

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos.

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos. Nas quintas-feiras do mês de Maio, decorreram na Igreja de Oliveira de Azemeis, encontros de formação litúrgica, organizados pela vigararia sul da Diocese do Porto e orientados pelo P. Frei Bernardino

Leia mais

LIÇÃO 1 - INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 1 - INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 1 - INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO A BÍBLIA SAGRADA É A VOZ DE DEUS A Bíblia Sagrada é a voz de Deus para os homens registrada em escritos

Leia mais

Guia de Jornada Cristã

Guia de Jornada Cristã 1 Ao receber este Guia de Jornada Cristã, está a receber a seu pedido material de carácter espiritual, o qual esperamos que lhe sirva para crescimento espiritual. Este guia divide-se em 3 partes: A primeira

Leia mais

Exercício B Expressionismos semitas

Exercício B Expressionismos semitas Exercício B Expressionismos semitas Os autores bíblicos escreveram segundo seus costumes e linguagem. A distância entre os escritos originais e os nossos tempos dificulta a compreensão do sentido literal

Leia mais

BÍBLIA, PALAVRA DE DEUS EM PALAVRA HUMANA

BÍBLIA, PALAVRA DE DEUS EM PALAVRA HUMANA BÍBLIA, PALAVRA DE DEUS EM PALAVRA HUMANA 1 - Palavra de Deus testemunhada no AT e no NT. A Bíblia testemunha a Palavra de Deus que chegou ao povo de Israel formando o Antigo Testamento; é Palavra de Deus

Leia mais

Sumário PRIMEIRA PARTE: HISTÓRIA, HISTORIOGRAFIA E A BÍBLIA

Sumário PRIMEIRA PARTE: HISTÓRIA, HISTORIOGRAFIA E A BÍBLIA Sumário Prefácio...11 Cronologia simplificada dos períodos arqueológicos em Canaã...13 Reduções (siglas e abreviaturas)...15 PRIMEIRA PARTE: HISTÓRIA, HISTORIOGRAFIA E A BÍBLIA Capítulo 1 A história bíblica

Leia mais

Propedêutica Bíblica. 6 de Março de 2013 Revelação e Tradição

Propedêutica Bíblica. 6 de Março de 2013 Revelação e Tradição Propedêutica Bíblica 6 de Março de 2013 Revelação e Tradição ORAÇÃO Deus se compadeça de nós e nos dê a sua bênção, Resplandeça sobre nós a luz do seu rosto. Na terra se conhecerão os vossos caminhos E

Leia mais

Judaísmo A mais antiga religião monoteísta. Ana Paula N. Guimarães

Judaísmo A mais antiga religião monoteísta. Ana Paula N. Guimarães Judaísmo A mais antiga religião monoteísta Ana Paula N. Guimarães O que é o judaísmo? A mais antiga religião das três principais e maiores religiões monoteístas Judaísmo Cristianismo (maior em quantidade

Leia mais

Casamento regido pela graça A obra da graça no casamento

Casamento regido pela graça A obra da graça no casamento Casamento regido pela graça A obra da graça no casamento Ontem 1. Definições: Casamento regido pela graça 2. Salvação: Casamento é uma maquete de uma realidade maior 3. Santificação: Casamento é um palco

Leia mais

O apocalipse de João. Roteiro 21

O apocalipse de João. Roteiro 21 O apocalipse de João Roteiro 21 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo FEB EADE Livro I Módulo II Roteiro 21 O

Leia mais

O Que a Bíblia Diz LIÇÃO 2 OS ASSUNTOS GERAIS DA BÍBLIA

O Que a Bíblia Diz LIÇÃO 2 OS ASSUNTOS GERAIS DA BÍBLIA LIÇÃO 2 OS ASSUNTOS GERAIS DA BÍBLIA A lição anterior nos mostrou que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus. Esta lição apresenta ao leitor os assuntos gerais tratados na Bíblia: (1) suas divisões literárias

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO Janeiro 2016 Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb 1 2. Fevereiro 2016

CALENDÁRIO ACADÊMICO Janeiro 2016 Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb 1 2. Fevereiro 2016 Janeiro 2016 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 31 Início das Aulas com a disciplina PALAVRA VIVA Fevereiro 2016 1 2 3 4 5 6 7 8 9 l 10 11 12 13 14 15 16

Leia mais

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA 17-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze A Igreja no desígnio de Deus O que significa a palavra Igreja? Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os

Leia mais

E A AUTORIDADE DEJESUS

E A AUTORIDADE DEJESUS A RELAÇÃO COM O PAI E A AUTORIDADE DEJESUS - A JESUS ERA RECONHECIDA GRANDE AUTORIDADE: «Quando Jesus acabou de pronunciar estas palavras, estavam as multidões atónitas com o seu ensino. Porque Ele as

Leia mais

Copyright Construção do livro. Diagramação: Fernando Holanda. Projeto gráfico: Fernando Holanda. Capa: Fernando Holanda

Copyright Construção do livro. Diagramação: Fernando Holanda. Projeto gráfico: Fernando Holanda. Capa: Fernando Holanda Copyright 2017 Construção do livro Diagramação: Fernando Holanda Projeto gráfico: Fernando Holanda Capa: Fernando Holanda Revisão: Fernando Holanda Todos os direitos reservados. www.holanda2017blog.wordpress.com

Leia mais

OS OFÍCIOS DE CRISTO NA CRUZ O PROFETA. vivendopelapalavra.com. Por: Helio Clemente

OS OFÍCIOS DE CRISTO NA CRUZ O PROFETA. vivendopelapalavra.com. Por: Helio Clemente OS OFÍCIOS DE CRISTO NA CRUZ O PROFETA vivendopelapalavra.com Por: Helio Clemente Calvino Institutas, Livro II: Com efeito é preciso notar que o título Cristo diz respeito a estes três ofícios, pois sabemos

Leia mais

UM LUGAR DE ADORAÇÃO A DEUS NO DESERTO

UM LUGAR DE ADORAÇÃO A DEUS NO DESERTO UM LUGAR DE ADORAÇÃO A DEUS NO DESERTO Escola Bíblica Dominical Lição 09 1º trimestre 2014 Para : 02/03/2014 Produção de Slide : TEXTO ÁUREO : E me farão um santuário, e habitarei no meio deles (Êxodo

Leia mais

Muitas coisas podem ser compradas com dinheiro, por exemplo, podemos comprar roupas, comida, ingressos, carros etc.

Muitas coisas podem ser compradas com dinheiro, por exemplo, podemos comprar roupas, comida, ingressos, carros etc. Muitas coisas podem ser compradas com dinheiro, por exemplo, podemos comprar roupas, comida, ingressos, carros etc. Mas o dinheiro nunca poderá comprar a verdadeira felicidade e paz. Além do mais, existe

Leia mais

Janeiro 2016 Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb. Fevereiro 2016 Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb

Janeiro 2016 Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb. Fevereiro 2016 Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro 2016 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 31 Início das Aulas com a disciplina PALAVRA VIVA. Fevereiro 2016 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

Leia mais

SE O SEU O capítulo:

SE O SEU O capítulo: SE O SEU coração está faminto, leia o capítulo do pão da vida. Se os seus pés estão vacilando, leia o capítulo da Rocha. Se você está aborrecido, leia o capítulo de amor. Você sofre muitas derrotas nas

Leia mais