F-128 Física Geral I. Aula Exploratória 06 Unicamp IFGW

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "F-128 Física Geral I. Aula Exploratória 06 Unicamp IFGW"

Transcrição

1 F-18 Física Geral I Aula Exploratória 06 Unicap IFGW

2 Atrito estático e atrito cinético Ausência de forças horizontais f e F v = 0 F= fe A força de atrito estático é áxia na iinência de deslizaento. r v 0 f e F v = 0 0 f N e µ e F > f a> 0 A força de atrito sobre u corpo te sepre sentido oposto ao seu oviento (ou à tendência de oviento ) e relação ao outro corpo. f c F c f N c = µ c

3 Força de arraste e velocidade terinal A força de arraste e u fluido é ua força dependente da velocidade (ao contrário da força de atrito vista até agora) e apresenta dois regies: a) Fluxo turbulento: velocidades altas 1 Força de arraste: F D = ρ AC v C: coeficiente de arraste (adiensional) A: área da seção transversal do corpo ρ : densidade do eio b) Fluxo viscoso: velocidades baixas Força de arraste: r : raio do objeto : viscosidade do eio (N.s/ ) η FD = 6πηr v

4 Atrito e oviento circular N g = 0 f µ N = µ g e e e f e N Para que a oeda não deslize e caia do disco: v = fe µ eg r v r = ω r µ e g g r Outro jeito para edir o coeficiente de atrito!

5 Força noral e oviento circular U carro faz ua curva nua estrada se atrito, superelevada de u ângulo θ. Qual é a velocidade do carro para que ele não derrape? Coponente x (centrípeta): v sen θ= r F N Coponente y (vertical): F N cosθ = ( 1) () : g () (1) tg θ = v r g v = grtgθ

6 Exercício 01 O carrinho da figura está e contato co os dois blocos, de assas 1 e. O coeficiente de atrito estático entre 1 e o carrinho é µ e e todos os outros atritos são desprezíveis. a) faça u diagraa das forças que age sobre o carrinho e sobre os blocos; b) que força ínia horizontal deve ser aplicada ao carrinho para que os blocos não se ova e relação a ele? Resp: a) F b) F in = g ( 1 + M + 1 ) ( µ ) e 1

7 Exercício 0 A figura ostra u pêndulo cônico no qual u peso, preso na extreidade inferior do fio, ove-se e ua circunferência horizontal co velocidade constante. A assa do peso é igual a 0,04 kg, o fio te copriento de 0,9 e assa desprezível, e o raio da circunferência é 15 c. Calcule: a) a tração no fio; b) a aceleração radial do peso; c) o período do oviento. Resp: a) b) c) g T cosθ = g T = = 0,068 N cosθ Tsenθ Tsenθ = v / r a = 0,8 /s π π T = = 4,58 s ω 1,37

8 Exercício 03 U barco de 1000 kg está navegando a 10 /s quando seu otor é desligado. A intensidade da força de atrito f k entre o barco e a água é proporcional à velocidade v do barco: f k = 70v, onde v é dada e /s e f k e newtons. Encontre o tepo necessário para que a velocidade do barco se reduza para 5,0 /s. Resp: dv dt v = v = kv k t 0 e t = dv dt + k 9,9 s v = 0

9 Exercício 04 Ua pequena esfera de assa, ligada à extreidade de u fio de copriento R, descreve ua trajetória circular vertical e torno de u ponto fixo O. a) deterine a tração T no fio e qualquer instante quando a velocidade da esfera é v e o fio faz u ângulo θ co a vertical; b) quais são o valor ínio e o valor áxio de T?; c) e que posição da esfera provavelente o fio se roperá se a velocidade auentar? Resp: a) v T = + g cosθ R b) θ = e θ =0 c) no ponto ais baixo, onde T é áxia

10 Exercício 05 Ua caixa de forigas fêeas (assa total 1 = 1,65 kg) e ua caixa de forigas achos (assa total = 3,30 kg) desce u plano inclinado, ligadas por ua haste de assa desprezível paralela ao plano. O ângulo da rapa é 30 o. Os coeficientes de atrito cinético entre a caixa de forigas fêeas e a de forigas achos co o plano são µ f = 0,3 e µ = 0,11, respectivaente. Calcule: a) a tração na haste; b) a aceleração cou às duas caixas; c) coo se alteraria as respostas a) e b) se as posições da caixas fosse invertidas? 1 T = gcosθ ( µ f µ ) + 1 T = 1.14 N 1µ + = f µ a gsinθ gcosθ 1 + a = 3.70 /s

11 Exercício 06-Opcional a) U carro faz ua curva plana de raio R. Se o coeficiente de atrito entre os pneus e a estrada for igual a µ s, qual é a velocidade áxia co a qual o carro pode copletar a curva se deslizar? b) É possível inclinar o plano da curva nu ângulo exato para que não seja necessário nenhu atrito. Nesse caso, o carro pode copletar a curva se deslizar, eso sobre ua pista de gelo co pneus de teflon. Para isso, qual deve ser o ângulo da inclinação lateral da curva? Resp: a) v r b) ver slide 5 = µ s g v= µ sg r

12 Exercício 07-Opcional Iagine que seu irão ais novo ganhe u carrinho de roliã se rodas e cabe a você a tarefa de epurrá-lo no parque perto da sua casa. Se o chão é plano e você não está uito aniado, qual a fora ais fácil de puxar seu irão: epurrando o carrinho por trás ou puxando co ua corda pela frente? Suponha que, e abos os casos, o ângulo θ é o eso. f epurrando N F e f puxando N F p N p < N e. Coo f = µ N, é ais fácil puxar o carrinho.

0.1 Leis de Newton e suas aplicações

0.1 Leis de Newton e suas aplicações 0.1 Leis de Newton e suas aplicações 1 0.1 Leis de Newton e suas aplicações 1. Responda os itens justificando claraente suas respostas a partir das Leis de Newton. (a) No eio de ua discussão, Maurício

Leia mais

Física Geral I. 1º semestre /05. Indique na folha de teste o tipo de prova que está a realizar: A, B ou C

Física Geral I. 1º semestre /05. Indique na folha de teste o tipo de prova que está a realizar: A, B ou C Física Geral I 1º seestre - 2004/05 1 TESTE DE AVALIAÇÃO 2668 - ENSINO DE FÍSICA E QUÍMICA 1487 - OPTOMETRIA E OPTOTÉCNIA - FÍSICA APLICADA 8 de Novebro, 2004 Duração: 2 horas + 30 in tolerância Indique

Leia mais

REVISÃO. Parte I Capítulos 5 e 6

REVISÃO. Parte I Capítulos 5 e 6 REVISÃO Parte I Capítulos 5 e 6 Força e 1a Lei de Newton Uma partícula sujeita a uma força resultante nula mantém o seu estado de movimento. Se ela estiver em repouso, permanece indefinidamente em repouso;

Leia mais

Exercícios de dinâmica retilínea

Exercícios de dinâmica retilínea Professor: Ivan Peixoto ALUNO(A): Nº TURMA: TURNO: DATA: / / COLÉGIO: Exercícios de dinâica retilínea 1. (1987) U extraterrestre faz ua experiência para deterinar g e Marte, co u tipo local de áquina de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO. Segunda Chamada (SC) 1/8/2016

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO. Segunda Chamada (SC) 1/8/2016 UNIVESIDADE FEDEAL DO IO DE JANEIO INSTITUTO DE FÍSICA Fisica I 2016/1 Segunda Chaada (SC) 1/8/2016 VESÃO: SC As questões discursivas deve ser justificadas! Seja claro e organizado. Múltipla escolha (6

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 24 FORÇA CENTRÍPETA REVISÃO

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 24 FORÇA CENTRÍPETA REVISÃO FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 24 FORÇA CENTRÍPETA REVISÃO Fixação 1) Um pêndulo é abandonado na posição A e atinge a posição E, como mostra a figura abaixo. Assinale a alternativa que melhor indica a direção

Leia mais

Exemplo E.3.1. Exemplo E.3.2.

Exemplo E.3.1. Exemplo E.3.2. Exeplo E.1.1. O bloco de 600 kn desliza sobre rodas nu plano horizontal e está ligado ao bloco de 100 kn por u cabo que passa no sistea de roldanas indicado na figura. O sistea parte do repouso e, depois

Leia mais

Resultante Centrípeta

Resultante Centrípeta Questão 01) Uma criança está em um carrossel em um parque de diversões. Este brinquedo descreve um movimento circular com intervalo de tempo regular. A força resultante que atua sobre a criança a) é nula.

Leia mais

Exercícios de Forças em Trajetórias Curvilíneas

Exercícios de Forças em Trajetórias Curvilíneas Exercícios de Forças em Trajetórias Curvilíneas 1. Na figura seguinte, um carrinho de massa 1,0kg descreve movimento circular e uniforme ao longo de um trilho envergado em forma de circunferência de 2,0m

Leia mais

Como os antigos egípcios levantaram os gigantescos blocos de pedra para construir a grande Pirâmide?

Como os antigos egípcios levantaram os gigantescos blocos de pedra para construir a grande Pirâmide? Como os antigos egípcios levantaram os gigantescos blocos de pedra para construir a grande Pirâmide? Força de Atrito A importância do atrito na vida diária: Cerca de 20 % da gasolina usada em um automóvel

Leia mais

a) Calcular a energia cinética com que a moeda chega ao piso.

a) Calcular a energia cinética com que a moeda chega ao piso. Dados: Considere, quando necessário: g = 10 /s ; sen 30 = cos 60 = 1/; cos 30 = sen 60 = 3/; calor específico da água = 1 cal/g C. 1) Ua pessoa deixa ua oeda cair, e, então, ouve-se o barulho do choque

Leia mais

Princípios da Dinâmica

Princípios da Dinâmica Princípios da Dinâmica Parte 6 Componentes da Força Resultante Profa. Kelly Pascoalino Imagine uma partícula qualquer que descreve uma trajetória curvilínea como indicado na figura. Suponhamos que no instante

Leia mais

Mais aplicações das Leis de Newton

Mais aplicações das Leis de Newton Mais aplicações das Leis de Newton Disciplina: Física Geral e Experimental Professor: Carlos Alberto Objetivos de aprendizagem Ao estudar este capítulo você aprenderá: A natureza dos diversos tipos de

Leia mais

x = Acos (Equação da posição) v = Asen (Equação da velocidade) a = Acos (Equação da aceleração)

x = Acos (Equação da posição) v = Asen (Equação da velocidade) a = Acos (Equação da aceleração) Essa aula trata de ovientos oscilatórios harônicos siples (MHS): Pense nua oscilação. Ida e volta. Estudando esse oviento, os cientistas encontrara equações que descreve o dito oviento harônico siples

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 32 COLISÕES REVISÃO

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 32 COLISÕES REVISÃO FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 32 COLISÕES REVISÃO Fixação 1) Duas partículas A e B, de assas A = 1,0 kg e B = 2,0 kg, ove-se inicialente sobre a esa reta, coo ilustra a figura, onde estão assinalados os sentidos

Leia mais

UFF - Universidade Federal Fluminense

UFF - Universidade Federal Fluminense UFF - Universidade Federal Fluminense Pólo Universitário de Volta Redonda - Física I Lista de exercícios n o 5: leis de Newton 1 - Uma pessoa de 80 kg está saltando de pára-quedas e sentindo uma aceleração

Leia mais

Leis de Newton: Dinâmica 2- Atrito e Força em Trajetória Curva.

Leis de Newton: Dinâmica 2- Atrito e Força em Trajetória Curva. QUESTÕES DO CAPÍTULO 6 DO LIVRO FUNDAMENTOS DE FÍSICA HALLIDAY & RESNICK - JEARL WALKER 9ª EDIÇÃO VOLUME 1 MECÂNICA Leis de Newton: Dinâmica 2- Atrito e Força em Trajetória Curva. Leis de Newton Força

Leia mais

Dinâmica Circular Força Centrípeta

Dinâmica Circular Força Centrípeta Dinâmica Circular Força Centrípeta Quando um móvel realiza um MCU, a resultante das forças que atuam nesse móvel é radial CENTRÍPETA, ou seja, tem a direção do raio da curva e sentido para o centro. Globo

Leia mais

Lista Recuperação Paralela I Unidade

Lista Recuperação Paralela I Unidade Aluno(a) Turma N o Série 2 a Ensino Médio Data / / 06 Matéria Física Professores Abud/Bahiense Lista Recuperação Paralela I Unidade 01. (FEI-SP) Em uma mola foram penduradas diferentes massas e verificou-se

Leia mais

Instituto de Física UFRJ Lista de Dinâmica

Instituto de Física UFRJ Lista de Dinâmica 1 Instituto de Física UFRJ Lista de Dinâmica 2016-1 1. Ao abrir a porta de um armário, você exerce uma força na maçaneta, e, de acordo com a terceira lei de Newton, a maçaneta exerce uma força em você.

Leia mais

Importante: Lista 3: Leis de Newton e Dinâmica da Partícula NOME:

Importante: Lista 3: Leis de Newton e Dinâmica da Partícula NOME: Lista 3: Leis de Newton e Dinâmica da Partícula NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. As cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. ii. Ler os enunciados com atenção.

Leia mais

Estudo Dirigido de Plano Inclinado

Estudo Dirigido de Plano Inclinado Curso: Engenharia Civil Disciplina: Física Geral e Experimental I Período: 1 período Data: 30/03/2012 Prof.a: Érica Estanislau Muniz Faustino 1ª Etapa Estudo Dirigido de Plano Inclinado 1- O bloco representado

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS Nº 5

LISTA DE EXERCÍCIOS Nº 5 LISTA DE EXERCÍCIOS Nº 5 Questões 1) Na Figura 1, forças F 1 e F 2 são aplicadas em um bloco a medida que este desliza sem atrito com velocidade constante sobre uma superfície. O ângulo θ é decrementado

Leia mais

PROVA G1 FIS /08/2008 MECÂNICA NEWTONIANA

PROVA G1 FIS /08/2008 MECÂNICA NEWTONIANA PROVA G1 FIS 1021 28/08/2008 MECÂNICA NEWTONIANA NOME: Gabarito N o : TURMA: QUESTÃO VALOR GRAU REVISÃO 1 2,5 2 0,75 3 2,75 4 4,0 TOTAL 10,0 Dados: g = 10,0 m/s 2 = 1000 cm/s 2 Sistema de coordenadas y

Leia mais

EXERCÍCIOS PARA PROVA ESPECÍFICA E TESTÃO 1 ANO 4 BIMESTRE

EXERCÍCIOS PARA PROVA ESPECÍFICA E TESTÃO 1 ANO 4 BIMESTRE 1. (Unesp 89) Um cubo de aço e outro de cobre, ambos de massas iguais a 20 g estão sobre um disco de aço horizontal, que pode girar em torno de seu centro. Os coeficientes de atrito estático para aço-aço

Leia mais

Prof. A.F.Guimarães Questões Dinâmica 2 Atrito e Força Centrípeta

Prof. A.F.Guimarães Questões Dinâmica 2 Atrito e Força Centrípeta Questão rof..f.guimarães Questões Dinâmica trito e Força Centrípeta (IT) Um automóvel se desloca sobre uma estrada, da direita para a esquerda, conforme as figuras a 4. s setas nas rodas indicam os sentidos

Leia mais

Qual o valor máximo da força F que se poderá aplicar a um dos blocos, na mesma direção do fio, sem romper o fio?

Qual o valor máximo da força F que se poderá aplicar a um dos blocos, na mesma direção do fio, sem romper o fio? TC DE FISICA PROFESSOR ÍTALO REANN CONTEUDO: LEIS DE NEWTON E FORÇA CENTRIPETA 01. Dois blocos idênticos, unidos por um fio de massa desprezível, jazem sobre uma mesa lisa e horizontal conforme mostra

Leia mais

Capítulo 5 - Aplicações das leis de Newton. Hoje reconhecemos 4 forças da natureza. São elas (em ordem crescente de

Capítulo 5 - Aplicações das leis de Newton. Hoje reconhecemos 4 forças da natureza. São elas (em ordem crescente de Capítulo 5 - Aplicações das leis de Newton Hoje reconhecemos 4 forças da natureza. São elas (em ordem crescente de intensidade) Força Gravitacional Força Fraca Intensidade Força Eletromagnética Força Forte

Leia mais

PROGRAMA DE NIVELAMENTO ITEC/PROEX - UFPA EQUIPE FÍSICA ELEMENTAR DISCIPLINA: FÍSICA ELEMENTAR CONTEÚDO: APLICAÇÕES DAS LEIS DE NEWTON

PROGRAMA DE NIVELAMENTO ITEC/PROEX - UFPA EQUIPE FÍSICA ELEMENTAR DISCIPLINA: FÍSICA ELEMENTAR CONTEÚDO: APLICAÇÕES DAS LEIS DE NEWTON PROGRAMA DE NIVELAMENTO ITEC/PROEX - UFPA EQUIPE FÍSICA ELEMENTAR DISCIPLINA: FÍSICA ELEMENTAR CONTEÚDO: APLICAÇÕES DAS LEIS DE NEWTON Objetos em equilíbrio F = 0 (Partícula em Equilíbrio, Forma vetorial)

Leia mais

Física. Resultante Centrípeta. Questão 01 - (UNIFOR CE/2015)

Física. Resultante Centrípeta. Questão 01 - (UNIFOR CE/2015) ! Questão 01 - (UNIFOR CE/2015) O lançamento do martelo é esporte olímpico praticado por ambos os sexos. O recorde mundial deste esporte foi batido pela alemã Betty Heidler em 2011 em Stuttgart. O esporte

Leia mais

Lista de Exercícios (Profº Ito) Dinâmica no Movimento Circular

Lista de Exercícios (Profº Ito) Dinâmica no Movimento Circular TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO SE NECESSÁRIO, ADOTE g = 10 m/s. 1. Um circuito de Fórmula Mundial circular, com 320 m de raio, tem como velocidade de segurança 40 m/s. Calcule a tangente do ângulo de inclinação

Leia mais

Halliday Fundamentos de Física Volume 1

Halliday Fundamentos de Física Volume 1 Halliday Fundamentos de Física Volume 1 www.grupogen.com.br http://gen-io.grupogen.com.br O GEN Grupo Editorial Nacional reúne as editoras Guanabara Koogan, Santos, Roca, AC Farmacêutica, LTC, Forense,

Leia mais

Mecânica da Partícula 2ª lista de exercícios

Mecânica da Partícula 2ª lista de exercícios Mecânica da Partícula 2ª lista de exercícios 1. Um satélite em órbita ao redor da Terra é atraído pelo nosso planeta e, como reação, atrai a Terra. A figura que representa corretamente esse par ação-reação

Leia mais

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: FÍSICA CIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: FÍSICA CIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 1º Ano: C11 Nº Professora: Saionara Chagas Data: / /2016 COMPONENTE

Leia mais

Professor: Janner Matéria: Física

Professor: Janner Matéria: Física Professor: Janner Matéria: Física 1. (Unicamp) Um pêndulo cônico é formado por um fio de massa desprezível e comprimento L = 1,25 m, que suporta uma massa m = 0,5 kg na sua extremidade inferior. A extremidade

Leia mais

1ºAula Cap. 09 Sistemas de partículas

1ºAula Cap. 09 Sistemas de partículas ºAula Cap. 09 Sisteas de partículas Introdução Deterinação do Centro de Massa, Centro de assa e sietrias, a Lei de Newton/sistea de partículas. Velocidade/Aceleração do centro de assa Referência: Halliday,

Leia mais

Prof. A.F.Guimarães Questões Dinâmica 1 As Leis de Newton

Prof. A.F.Guimarães Questões Dinâmica 1 As Leis de Newton uestão 1 Prof FGuiarães uestões Dinâica 1 s Leis de ewton (I) U físico acha se encerrado dentro de ua caixa hereticaente fechada, que é transportada para algu ponto do espaço cósico, se que ele saiba Então,

Leia mais

Módulo 3: Conteúdo programático Diâmetro Hidráulico

Módulo 3: Conteúdo programático Diâmetro Hidráulico Módulo 3: Conteúdo prograático Diâetro Hidráulico Bibliografia: Bunetti, F. Mecânica dos Fluidos, São aulo, rentice Hall, 2007. Na aioria das soluções dos probleas reais é necesário o cálculo da perda

Leia mais

FIS-26 Lista-02 Fevereiro/2013

FIS-26 Lista-02 Fevereiro/2013 FIS-26 Lista-02 Fevereiro/2013 Exercícios de revisão de FIS-14. 1. Determine as componentes de força horizontal e vertical no pino A e a reação no ponto B oscilante da viga em curva. 2. A caixa de 15,0

Leia mais

Problemas e exercícios do capítulo 5

Problemas e exercícios do capítulo 5 Problemas e exercícios do capítulo 5 CAPÍTULO 5: 1) Um circuito de Fórmula Mundial circular, com 320 m de raio, tem como velocidade de segurança 40 m/s. Calcule a tangente do ângulo de inclinação da pista.

Leia mais

Revisão Leis de Newton EsPCEx 2018 Prof. Douglão

Revisão Leis de Newton EsPCEx 2018 Prof. Douglão Revisão Leis de Newton EsPCEx 018 Prof. Douglão 1. Observe a figura abaixo onde duas esferas de massas iguais a m estão eletrizadas com cargas elétricas Q, iguais em módulo, porém de sinais contrários.

Leia mais

Lista 12: Rotação de corpos rígidos

Lista 12: Rotação de corpos rígidos Lista 12: Rotação de Corpos Rígidos Importante: i. Ler os enunciados com atenção. ii. Responder a questão de forma organizada, mostrando o seu raciocínio de forma coerente. iii. iv. Siga a estratégia para

Leia mais

80 km/ h e durante a segunda metade levou a velocidade de 40 km/ h. A sua

80 km/ h e durante a segunda metade levou a velocidade de 40 km/ h. A sua Instituto Superior Politécnico de Tete / Exae de Adissão de Física /. U autoóvel durante a prieira etade de tepo que estava e oviento levou a velocidade de velocidade édia é de: 8 k/ h e durante a segunda

Leia mais

2ª Lista de Exercícios Fundamentos de Mecânica Clássica Profº. Rodrigo Dias

2ª Lista de Exercícios Fundamentos de Mecânica Clássica Profº. Rodrigo Dias 2ª Lista de Exercícios Fundamentos de Mecânica Clássica Profº. Rodrigo Dias Obs: Esta lista de exercícios é apenas um direcionamento, é necessário estudar a teoria referente ao assunto e fazer os exercícios

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 23 FORÇA CENTRÍPETA

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 23 FORÇA CENTRÍPETA FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 23 FORÇA CENTRÍPETA N T P R O A B C T B P Como pode cair no enem? O Brasil pode se transformar no primeiro país das Américas a entrar no seleto grupo das nações que dispõem

Leia mais

Problemas e exercícios do capítulo 5

Problemas e exercícios do capítulo 5 Problemas e exercícios do capítulo 5 CAPÍTULO 5: 1) Um circuito de Fórmula Mundial circular, com 320 m de raio, tem como velocidade de segurança 40 m/s. Calcule a tangente do ângulo de inclinação da pista.

Leia mais

ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO 3 a LISTA DE EXERCÍCIOS - PME MECÂNICA A DINÂMICA

ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO 3 a LISTA DE EXERCÍCIOS - PME MECÂNICA A DINÂMICA 1 ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO 3 a LISTA DE EXERCÍCIOS - PME100 - MECÂNICA A DINÂMICA LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES AO LIVRO TEXTO (FRANÇA, MATSUMURA) 1) Três barras uniformes de

Leia mais

Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Instituto de Física Lista de exercícios para a P2 - Física 1

Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Instituto de Física Lista de exercícios para a P2 - Física 1 Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Instituto de Física Lista de exercícios para a P2 - Física 1 1. Dois corpos A e B, de massa 16M e M, respectivamente, encontram-se no vácuo e estão separados

Leia mais

Lista de exercícios Mecânica Geral III

Lista de exercícios Mecânica Geral III Lista de exercícios Mecânica Geral III 12.5 Uma partícula está se movendo ao longo de uma linha reta com uma aceleração de a = (12t 3t 1/2 ) m/s 2, onde t é dado em segundos. Determine a velocidade e a

Leia mais

XXVII CPRA LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA (DINÂMICA)

XXVII CPRA LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA (DINÂMICA) XXVII CPRA LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA (DINÂMICA) 1) Uma caixa de 50 kg repousa sobre uma superfície para a qual o coeficiente de atrito cinético é. Se a caixa está sujeita a uma força de tração de 400

Leia mais

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão)

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Semana 9 Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Física a Fase. Prova para alunos de 1 o e 2 o anos

Olimpíada Brasileira de Física a Fase. Prova para alunos de 1 o e 2 o anos Olipíada Brasileira de Física 2004 2 a Fase Prova para alunos de 1 o e 2 o anos Leia atentaente as instruções abaixo: 1 Esta prova destina-se exclusivaente a alunos de 1 o e 2 o anos. 2 A prova conté vinte

Leia mais

Figura 3.2: Quadro artisticamente suspenso

Figura 3.2: Quadro artisticamente suspenso 3.1. Uma partícula carregada com carga q, quando colocada num campo eléctrico E, fica sujeita a uma força F = q E. Considere o movimento de um electrão e um protão colocados num campo eléctrico E = 10

Leia mais

DINÂMICA. 2- O bloco B pesa 435 N e repousa sobre um plano horizontal; os coeficientes de atrito entre bloco e plano são μ E = 0,27 e μ C = 0,21.

DINÂMICA. 2- O bloco B pesa 435 N e repousa sobre um plano horizontal; os coeficientes de atrito entre bloco e plano são μ E = 0,27 e μ C = 0,21. DINÂMICA 1- Uma partícula com massa de 30 kg, no espaço, está sujeito à ação de duas forças que fazem um ângulo de 30º entre si, a força F1 com uma intensidade de 20 N e a força F2 com uma intensidade

Leia mais

Lista 5: Trabalho e Energia

Lista 5: Trabalho e Energia Lista 5: Trabalho e Energia NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii. Responder a

Leia mais

Lista4: Trabalho e Energia

Lista4: Trabalho e Energia Lista 4: Trabalho e Energia NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii.responder a questão

Leia mais

3. Mecânica de Newton

3. Mecânica de Newton 3. Mecânica de Newton 3.1. Uma partícula carregada com carga q, quando colocada num campo eléctrico E, fica sujeita a uma força F = q E. Considere o movimento de um electrão e um protão colocados num campo

Leia mais

A força resultante sobre um corpo é igual ao produto da massa do corpo pela aceleração do corpo. Em termo de equação temos

A força resultante sobre um corpo é igual ao produto da massa do corpo pela aceleração do corpo. Em termo de equação temos !!"#$#!"%&' Uma interação que pode causar uma aceleração de um corpo (mudança na velocidade) é uma grandeza vetorial chamada de força. A relação entre uma força e a aceleração que ela causa foi descrita

Leia mais

Bacharelado Engenharia Civil

Bacharelado Engenharia Civil Bacharelado Engenharia Civil Física Geral e Experimental I Prof.a: Érica Muniz 1 Período Lançamentos Movimento Circular Uniforme Movimento de Projéteis Vamos considerar a seguir, um caso especial de movimento

Leia mais

Lista 10: Energia. Questões. encontrar razões plausíveis para justificar suas respostas sem o uso de equações.

Lista 10: Energia. Questões. encontrar razões plausíveis para justificar suas respostas sem o uso de equações. Lista 10: Energia Importante: 1. Ler os enunciados com atenção. 2. Responder a questão de forma organizada, mostrando o seu raciocínio de forma coerente. 3. Siga a estratégia para resolução de problemas

Leia mais

MATEMÁTICA 1ª QUESTÃO. O valor do número real que satisfaz a equação =5 é. A) ln5. B) 3 ln5. C) 3+ln5. D) ln5 3. E) ln5 2ª QUESTÃO

MATEMÁTICA 1ª QUESTÃO. O valor do número real que satisfaz a equação =5 é. A) ln5. B) 3 ln5. C) 3+ln5. D) ln5 3. E) ln5 2ª QUESTÃO MATEMÁTICA 1ª QUESTÃO O valor do número real que satisfaz a equação =5 é A) ln5 B) 3 ln5 C) 3+ln5 D) ln5 3 E) ln5 ª QUESTÃO O domínio da função real = 64 é o intervalo A) [,] B) [, C), D), E), 3ª QUESTÃO

Leia mais

TE220 DINÂMICA DE FENÔMENOS ONDULATÓRIOS

TE220 DINÂMICA DE FENÔMENOS ONDULATÓRIOS TE0 DINÂMICA DE FENÔMENOS ONDULATÓRIOS Bibliografia: 1. Fundaentos de Física. Vol : Gravitação, Ondas e Terodinâica. 8 va edição. Halliday D., Resnick R. e Walker J. Editora LTC (008). Capítulos 15, 16

Leia mais

Considerando que o fio e a polia são ideais, qual o coeficiente de atrito cinético entre o bloco B e o plano?

Considerando que o fio e a polia são ideais, qual o coeficiente de atrito cinético entre o bloco B e o plano? 2ª Série do Ensino Médio 01. No sistema a seguir, A e B têm massa m = 10 kg e a = 45 0. A aceleração da gravidade é de 10 m/s 2 e o peso da corda, o atrito no eixo da roldana e a massa da roldana são desprezíveis:

Leia mais

DINÂMICA APLICADA. Livro Texto adotado: Dinâmica: Mecânica para Engenheiros R.C. Hibbeler.

DINÂMICA APLICADA. Livro Texto adotado: Dinâmica: Mecânica para Engenheiros R.C. Hibbeler. DINÂMICA APLICADA Livro Texto adotado: Dinâmica: Mecânica para Engenheiros R.C. Hibbeler. Samuel Sander de Carvalho Samuel.carvalho@ifsudestemg.edu.br Juiz de Fora - MG Introdução: Objetivo: Estabelecer

Leia mais

Lista de Exercícios de Física Professor Ganso 2º Bimestre

Lista de Exercícios de Física Professor Ganso 2º Bimestre 1) (Uff) Dois corpos, um de massa m e outro de massa 5m, estão conectados entre si por um fio e o conjunto encontra-se originalmente em repouso, suspenso por uma linha presa a uma haste, como mostra a

Leia mais

1ª LISTA DE DINÂMICA E ESTÁTICA. está inicialmente em repouso nas coordenadas 2,00 m, 4,00 m. (a) Quais são as componentes da

1ª LISTA DE DINÂMICA E ESTÁTICA. está inicialmente em repouso nas coordenadas 2,00 m, 4,00 m. (a) Quais são as componentes da Universidade do Estado da Bahia UNEB Departaento de Ciências Exatas e da Terra DCET I Curso de Engenharia de Produção Civil Disciplina: Física Geral e Experiental I Prof.: Paulo Raos 1 1ª LISTA DE DINÂMICA

Leia mais

3. Considere as duas diferentes situações em que uma mala está suspensa por dois dinamómetros como representado na Fig.1.

3. Considere as duas diferentes situações em que uma mala está suspensa por dois dinamómetros como representado na Fig.1. 1 II. 2. Mecânica de Newton 1. Um partícula carregada com carga q quando colocada num campo eléctrico E fica sujeita a uma força F = q E. Considere o movimento de um electrão e um protão colocados num

Leia mais

Questão 37. Questão 39. Questão 38. Questão 40. alternativa D. alternativa C. alternativa A. a) 20N. d) 5N. b) 15N. e) 2,5N. c) 10N.

Questão 37. Questão 39. Questão 38. Questão 40. alternativa D. alternativa C. alternativa A. a) 20N. d) 5N. b) 15N. e) 2,5N. c) 10N. Questão 37 a) 0N. d) 5N. b) 15N. e),5n. c) 10N. U corpo parte do repouso e oviento uniforeente acelerado. Sua posição e função do tepo é registrada e ua fita a cada segundo, a partir do prieiro ponto à

Leia mais

SUGESTÃO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DE FÍSICA- 1 ANO Professor Solon Wainstein SEGUE ABAIXO UMA LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS

SUGESTÃO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DE FÍSICA- 1 ANO Professor Solon Wainstein SEGUE ABAIXO UMA LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS SUGESTÃO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DE FÍSICA- 1 ANO Professor Solon Wainstein # Ler todas as teorias # Refazer todos os exercícios dados em aula. # Refazer todos os exercícios feitos do livro. # Refazer

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 07 ESTUDO DO PLANO INCLINADO

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 07 ESTUDO DO PLANO INCLINADO FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 07 ESTUDO DO PLANO INCLINADO g m θ g m θ P g m Direção tangente ao plano inclinado θ P θ Direção normal ao plano inclinado g P θ P θ m P n F O b N s m Psen 30 o 1 a Pcos 30 o a

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Recuperação do 3 Bimestre Física Conteúdo: A seguir apresenta-se o conteúdo contemplado no programa de recuperação: Aplicação da 2ª Lei e Newton: Força Peso, Força

Leia mais

Física 1. Resumo e Exercícios P1

Física 1. Resumo e Exercícios P1 Física 1 Resumo e Exercícios P1 Fórmulas e Resumo Teórico Parte 1 Derivada de polinômios - Considerando um polinômio P x = ax %, temos: d P x = anx%() dx Integral de polinômios - Considerando um polinômio

Leia mais

Segunda lei de Newton

Segunda lei de Newton Segunda lei de Newton Pela 1ª lei de Newton, não precisamos de força para manter a velocidade de um corpo, mas sim para produzir mudanças (variações) dessa velocidade. Newton apresenta a relação existente

Leia mais

Forças II Forças de Atrito

Forças II Forças de Atrito Forças II Forças de Atrito Forças de atrito: são forças que surgem durante o contato dos corpos e que se opõem ao movimento ou à tendência de movimento relativo entre os corpos. A força de atrito entre

Leia mais

Forças no Movimento Circular. Nível Básico

Forças no Movimento Circular. Nível Básico Forças no Movimento Circular Nível Básico 1. (Ufjf-pism 016) Sobre uma partícula em movimento circular uniforme, são feitas as seguintes afirmações: I. Como o movimento é circular uniforme, a aceleração

Leia mais

CAPÍTULO 7. Seja um corpo rígido C, de massa m e um elemento de massa dm num ponto qualquer deste corpo. v P

CAPÍTULO 7. Seja um corpo rígido C, de massa m e um elemento de massa dm num ponto qualquer deste corpo. v P 63 APÍTLO 7 DINÂMIA DO MOVIMENTO PLANO DE ORPOS RÍGIDOS - TRABALHO E ENERGIA Neste capítulo será analisada a lei de Newton apresentada na fora de ua integral sobre o deslocaento. Esta fora se baseia nos

Leia mais

NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE FÍSICA I - TURMA PROFº FABIANO 2º BIMESTRE

NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE FÍSICA I - TURMA PROFº FABIANO 2º BIMESTRE 1925 *** COLÉGIO MALLET SOARES *** 2016 91 ANOS DE TRADIÇÃO, RENOVAÇÃO E QUALIDADE DEPARTAMENTO DE ENSINO DATA: / / NOTA: NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE FÍSICA I - TURMA 212 - PROFº FABIANO 2º BIMESTRE

Leia mais

VESTIBULAR UFPE UFRPE / ª ETAPA

VESTIBULAR UFPE UFRPE / ª ETAPA VESTIBUAR UFPE UFRPE / 1999 2ª ETAPA NOME DO AUNO: ESCOA: SÉRIE: TURMA: FÍSICA 3 VAORES DE AGUMAS GRANDEZAS FÍSICAS Aceleração da gravidade: 1 m/s 2 Calor específico da água: 1, cal/g ºC Calor latente

Leia mais

Lista 10: Dinâmica das Rotações NOME:

Lista 10: Dinâmica das Rotações NOME: Lista 10: Dinâmica das Rotações NOME: Turma: Prof. : Matrícula: Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. ii. Ler os enunciados com atenção. iii. Responder

Leia mais

Física I para a Escola Politécnica ( ) - P3 (07/07/2017)

Física I para a Escola Politécnica ( ) - P3 (07/07/2017) Física I para a Escola Politécnica (433101) - P3 (07/07/017) [0000]-p1/9 QUESTÕES DE MÚLTIPLA-ESCOLHA (1-4) (1) [1,0] Uma bola de sinuca de raio r rola sem deslizar do topo de um domo esférico com raio

Leia mais

6.1. Determine o momento de inércia de uma régua de comprimento L e densidade uniforme nas seguintes situações:

6.1. Determine o momento de inércia de uma régua de comprimento L e densidade uniforme nas seguintes situações: 6.1. Determine o momento de inércia de uma régua de comprimento L e densidade uniforme nas seguintes situações: a) em relação ao eixo que passa pelo centro e é perpendicular ao plano da régua; b) em relação

Leia mais

Avaliação: EXERCÍCIO ON LINE 2º Bimestre. Curso: 3ª SÉRIE TURMA: 3101 / 3102 DATA:

Avaliação: EXERCÍCIO ON LINE 2º Bimestre. Curso: 3ª SÉRIE TURMA: 3101 / 3102 DATA: Avaliação: EXERCÍCIO ON LINE 2º Bimestre DISCIPLINA: FÍSICA 1 PROFESSOR(A): ANDERSON CUNHA Curso: 3ª SÉRIE TURMA: 3101 / 3102 DATA: NOME: Nº.: 1) (FGV-SP) O sistema indicado está em repouso devido à força

Leia mais

Exemplo. T 1 2g = -2a T 2 g = a. τ = I.α. T 1 T 2 g = - 3a a g = - 3a 4a = g a = g/4. τ = (T 1 T 2 )R. T 1 T 2 = Ma/2 T 1 T 2 = a.

Exemplo. T 1 2g = -2a T 2 g = a. τ = I.α. T 1 T 2 g = - 3a a g = - 3a 4a = g a = g/4. τ = (T 1 T 2 )R. T 1 T 2 = Ma/2 T 1 T 2 = a. Exercícios Petrobras 2008 eng. de petróleo Dois corpos de massa m 1 = 2 kg e m 2 = 1 kg estão fixados às pontas de uma corda com massa e elasticidade desprezíveis, a qual passa por uma polia presa ao

Leia mais

Física Geral I. 1º semestre /05. Indique na folha de teste o tipo de prova que está a realizar: A, B ou C

Física Geral I. 1º semestre /05. Indique na folha de teste o tipo de prova que está a realizar: A, B ou C Física Geral I 1º seestre - 2004/05 EXAME - ÉPOCA NORMAL 2668 - ENSINO DE FÍSICA E QUÍMICA 1487 - OPTOMETRIA E OPTOTECNIA - FÍSICA APLICADA 26 de Janeiro 2005 Duração: 2 horas + 30 in tolerância Indique

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO LEIS DE NEWTON E SUAS APLICAÇÕES 2ª ETAPA

ESTUDO DIRIGIDO LEIS DE NEWTON E SUAS APLICAÇÕES 2ª ETAPA Curso: Engenharia Civil Disciplina: Física Geral Experimental I Período: 1 período Data: 04/16/2014 Prof.a: Érica Estanislau Muniz Faustino ESTUDO DIRIGIDO LEIS DE NEWTON E SUAS APLICAÇÕES 2ª ETAPA 1-

Leia mais

Questão Valor Grau Revisão 1 a Questão 3,0 2 a Questão 3,5 3 a Questão 3,5 Total 10,0

Questão Valor Grau Revisão 1 a Questão 3,0 2 a Questão 3,5 3 a Questão 3,5 Total 10,0 PUC-RIO CB-CTC G1 DE MECÂNICA NEWTONIANA B 03.09.2012 Nome : Assinatura: Matrícula: Turma: NÃO SERÃO ACEITAS RESPOSTAS SEM JUSTIFICATIVAS E CÁLCULOS EXPLÍCITOS. Não é permitido destacar folhas deste caderno

Leia mais

Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Tecnologia de Tomar ÁREA INTERDEPARTAMENTAL DE FÍSICA

Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Tecnologia de Tomar ÁREA INTERDEPARTAMENTAL DE FÍSICA Engenharia Civil Exercícios de Física de Física Ficha 8 Corpo Rígido Capítulo 6 Ano lectivo 010-011 Conhecimentos e capacidades a adquirir pelo aluno Aplicação das leis fundamentais da dinâmica. Aplicação

Leia mais

Trabalho e Energia. = g sen. 2 Para = 0, temos: a g 0. onde L é o comprimento do pêndulo, logo a afirmativa é CORRETA.

Trabalho e Energia. = g sen. 2 Para = 0, temos: a g 0. onde L é o comprimento do pêndulo, logo a afirmativa é CORRETA. Trabalho e Energia UFPB/98 1. Considere a oscilação de um pêndulo simples no ar e suponha desprezível a resistência do ar. É INCORRETO afirmar que, no ponto m ais baixo da trajetória, a) a energia potencial

Leia mais

PROBLEMAS DE PROVA. EXERCÍCIOS DA 3 a. ÁREA. UFRGS - ESCOLA DE ENGENHARIA ENG Mecânica. Atualizada em 11/11/2008

PROBLEMAS DE PROVA. EXERCÍCIOS DA 3 a. ÁREA. UFRGS - ESCOLA DE ENGENHARIA ENG Mecânica. Atualizada em 11/11/2008 UFRS - ESOL E ENENHRI EN 01156 - Mecânica epartamento de Engenharia ivil tualizada em 11/11/2008 EXERÍIOS 3 a. ÁRE Prof. Inácio envegnu Morsch PROLEMS E PROV 1) alcule para o instante representado na figura

Leia mais

b) a intensidade da força de contato entre A e B.

b) a intensidade da força de contato entre A e B. LISTA DE ATRITO 1. (FGV-SP) O sistema indicado está em repouso devido à força de atrito entre o bloco de massa de 10 kg e o plano horizontal de apoio. Os fios e as polias são ideais e adota-se g = 10 m/s

Leia mais

Física a Lista de Exercícios

Física a Lista de Exercícios ísica - 9 a Lista de Exercícios 1. (Ex. 5 do Cap. 17 - ísica esnic, Halliday e Krane - 5 a Edição) E u areador elétrico a lâina se ove para frente e para trás co u curso de,. O oviento é harônico siples,

Leia mais

REVISÃO 1º ANO PP 2 ETP. Prof. Eng. João Lucas Torres

REVISÃO 1º ANO PP 2 ETP. Prof. Eng. João Lucas Torres REVISÃO 1º ANO PP 2 ETP Prof. Eng. João Lucas Torres Sobral, 2016 TRANSMISSÃO DO MOVIMENTO REVISÃO DE CONTEÚDO Lembre que no movimento circular existem DUAS velocidades. 1º) Velocidade linear: rapidez

Leia mais

COLEGIO DOMINUS VIVENDI LISTA DE EXERCICIOS DE FISICA PARA ESTUDOS COM RESOLUÇÃO PROFESSOR ANDERSON

COLEGIO DOMINUS VIVENDI LISTA DE EXERCICIOS DE FISICA PARA ESTUDOS COM RESOLUÇÃO PROFESSOR ANDERSON COLEGIO DOMINUS VIVENDI LISTA DE EXERCICIOS DE FISICA PARA ESTUDOS COM RESOLUÇÃO PROFESSOR ANDERSON 3ª Lei de Newton 1. Um martelo acerta um prego com uma força de 4,0 kgf. Existe, neste caso, a reação?

Leia mais

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar.

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. Lista 6: Conservação da Energia NOME: Turma: Prof. : Matrícula: Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii.responder

Leia mais

Trabalho de Recuperação de Física 3º Ano Física- Ulisses

Trabalho de Recuperação de Física 3º Ano Física- Ulisses Trabalho de Recuperação de Física 3º Ano Física- Ulisses Tema: Introdução a Leis de Newton. Tipos de Forças. Força Resultante. Força resultante centrípeta. Dinâmica Circular. Questão 01 - (CEFET MG) A

Leia mais

Lista 7: Terceira Lei de Newton

Lista 7: Terceira Lei de Newton Lista 7: Terceira Lei de Newton NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. As cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. ii. Leia os enunciados com atenção. iii. Responder

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 1

LISTA DE EXERCÍCIOS 1 LISTA DE EXERCÍCIOS 1 Esta lista trata dos conceitos de cinemática 1D, cinemática 2D, leis de Newton e aplicações. Tais temas são abordados nos capítulos 2, 3, 4 e 5 do livro-texto: Moysés Nussenzveig,

Leia mais

1 Movimento Circular Lista de Movimento circular Cinemática do Ponto Material 7

1 Movimento Circular Lista de Movimento circular Cinemática do Ponto Material 7 Sumário 1 Movimento Circular 3 1.1 Lista de Movimento circular................................... 3 2 Cinemática do Ponto Material 7 3 Equilíbrio de Corpos no Espaço 9 3.1 Equilíbrio de Partícula.....................................

Leia mais

Mecânica para Licenciatura em Matemática

Mecânica para Licenciatura em Matemática Mecânica para Licenciatura e Mateática-431232 Quinta lista de exercícios Trabalho de força constante 1. a) Calcule o trabalho realizado pela força que u levantador de pesos faz ao erguer, co velocidade

Leia mais