Memória Descritiva Descarregadores de Sobretensão

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Memória Descritiva Descarregadores de Sobretensão"

Transcrição

1 Memória Descritiva Descarregadores de Sobretensão Memória descritiva DST - 17/04/08 1

2 Índice Generalidades Descarregadores de Sobretensão Tipo Descarregadores de sobretensões PRF1 Master Descarregadores de sobretensões PRF Descarregadores de Sobretensão Tipo Descarregadores de sobretensões Quick PRD (Tipo 2) Quick PRD40r Quick PRD 20r Quick PF8r Descarregadores de sobretensões PRD (Tipo 2) PRD65r PRD40r PRD 20r PF8r Memória descritiva DST - 17/04/08 2

3 Generalidades A protecção de equipamentos eléctricos e electrónicos contra sobretensões transitórias de origem atmosférica e de manobra deverá ser implementada no quadro eléctrico. Cada carga deverá estar protegida pelo descarregador de sobretensões, localizada a uma distância eléctrica nunca superior a 30 metros. Os Quadros Parciais caso existam deverão protegidos contra sobretensões. Memória descritiva DST - 17/04/08 3

4 1. Descarregadores de Sobretensão Tipo Descarregadores de sobretensões PRF1 Master em conformidade com as normas IEC /EN Aconselhado para um nível de risco muito elevado. Utilizado numa instalação excepcionalmente exposta (pára-raios a menos de 50m do edifício) ou numa área onde exista um risco particular (poste, árvore, região montanhosa, cume de montanha, zona húmida). Deverá ser associado a um PRD40r para uma protecção optimizada. - Descarregador Tipo 1 - I imp.: 50 ka por fase, para onda 10/350 µs - Nível de protecção: Up = 1,5kV - Uc tensão max., em regime permanente: 440V - Tempo de resposta dos componentes activos: < 1 µs De acordo com as normas /EN , o descarregador será associado a um órgão de protecção dedicado. Esse órgão de protecção dedicado será um disjuntor do tipo NS160, de acordo com a norma IEC / EN , ou fusíveis conforme a especificação do fabricante, que garantirá uma coordenação optimizada. Memória descritiva DST - 17/04/08 4

5 1.2. Descarregadores de sobretensões PRF1 em conformidade com as normas IEC /EN Aconselhado para um nível de risco muito elevado. Utilizado numa instalação excepcionalmente exposta (pára-raios a menos de 50m do edifício) ou numa área onde exista um risco particular (poste, árvore, região montanhosa, cume de montanha, zona húmida). Deverá ser associado a um PRD40r para uma protecção optimizada. Utilização : todos os sistemas de ligação à terra (regime de neutro) IT, TT, TN com Icc do quadro 15kA. - Descarregador Tipo 1 - poder de escoamento: - I imp.: 100 ka, para onda 10/350 µs - Nível de protecção: Up = 1,5kV - Uc tensão max., em regime permanente: 440V - Tempo de resposta dos componentes activos: < 1 µs De acordo com as normas /EN , o descarregador será associado a um órgão de protecção dedicado. Esse órgão de protecção dedicado será um disjuntor do tipo D125 (6kA), de acordo com a norma IEC / EN , ou fusíveis conforme a especificação do fabricante, que garantirá uma coordenação optimizada. Memória descritiva DST - 17/04/08 5

6 2. Descarregadores de Sobretensão Tipo Descarregadores de sobretensões Quick PRD (Tipo 2) Descarregadores de sobretensões Quick PRD40r em conformidade com as normas IEC /EN Aconselhado para um nível de risco elevado. Utilização: Para os sistemas de ligação à terra (regime de neutro) TT. - Descarregador Tipo 2 - I max.: 40 ka, para onda 8/20 µs - I nom.: 15 ka, para onda 8/20 µs - Nível de protecção: Up = 1,5kV - Uc tensão max., em regime permanente: 350V - Icc do disjuntor: 25kA - O descarregador de sobretensão inclui um disjuntor de desconexão associado, garantindo uma ligação optimizada e uma coordenação máxima entre órgãos de protecção, em conformidade com as normas IEC /EN Memória descritiva DST - 17/04/08 6

7 Descarregadores de sobretensões Quick PRD 20r em conformidade com as normas IEC /EN Aconselhado para um nível de risco elevado. - Descarregador Tipo 2 - I max.: 20 ka, para onda 8/20 µs - I nom.: 5 ka, para onda 8/20 µs - Nível de protecção: Up = 1,5kV - Uc tensão max., em regime permanente: 340V - Icc do disjuntor: 25kA - O descarregador de sobretensão inclui um disjuntor de desconexão associado, garantindo uma ligação optimizada e uma coordenação máxima entre órgãos de protecção, em conformidade com as normas IEC /EN Memória descritiva DST - 17/04/08 7

8 Descarregadores de sobretensões Quick PF8r em conformidade com as normas IEC /EN Aconselhado para um nível de risco elevado. - Descarregador Tipo 2 / 3 - I max.: 20 ka, para onda 8/20 µs - I nom.: 5 ka, para onda 8/20 µs - Nível de protecção: - em modo comum Up = 1,5kV - em modo diferencial Up= 1,2kV - Uc tensão max., em regime permanente: 340V - Icc do disjuntor: 25kA - O descarregador de sobretensão inclui um disjuntor de desconexão associado, garantindo uma ligação optimizada e uma coordenação máxima entre órgãos de protecção, em conformidade com as normas IEC /EN Memória descritiva DST - 17/04/08 8

9 3. Descarregadores de sobretensões PRD (Tipo 2) Descarregadores de sobretensões PRD65r em conformidade com as normas IEC /EN Aconselhado para um nível de risco muito elevado. - Descarregador Tipo 2 - I max.: 65 ka, para onda 8/20 µs - I nom.: 20 ka, para onda 8/20 µs - Nível de protecção: Up = 1,5kV - Uc tensão max., em regime permanente: 340V De acordo com as normas /EN , o descarregador será associado a um órgão de protecção dedicado. Esse órgão de protecção dedicado será um disjuntor do tipo C60 de 50A, de acordo com a norma IEC / EN , que garantirá uma coordenação optimizada. O Icc do disjuntor será igual ao do quadro. Memória descritiva DST - 17/04/08 9

10 Descarregadores de sobretensões PRD40r em conformidade com as normas IEC /EN Aconselhado para um nível de risco elevado. - Descarregador Tipo 2 - I max.: 40 ka, para onda 8/20 µs - I nom.: 15 ka, para onda 8/20 µs - Nível de protecção: Up = 1,4kV - Uc tensão max., em regime permanente: 340V De acordo com as normas /EN , o descarregador será associado a um órgão de protecção dedicado. Esse órgão de protecção dedicado será um disjuntor do tipo C60 de 40A, de acordo com a norma IEC / EN , que garantirá uma coordenação optimizada. O Icc do disjuntor será igual ao do quadro. Memória descritiva DST - 17/04/08 10

11 Descarregadores de sobretensões PRD 20r em conformidade com as normas IEC /EN Aconselhado para um nível de risco elevado. - Descarregador Tipo 2 - I max.: 20 ka, para onda 8/20 µs - I nom.: 5 ka, para onda 8/20 µs - Nível de protecção: - em modo comum Up = 1,4kV - em modo diferencial Up= 1.1kV - Uc tensão max., em regime permanente: 340V De acordo com as normas /EN , o descarregador será associado a um órgão de protecção dedicado. Esse órgão de protecção dedicado será um disjuntor do tipo C60 de 25A, de acordo com a norma IEC / EN , que garantirá uma coordenação optimizada. O Icc do disjuntor será igual ao do quadro. Memória descritiva DST - 17/04/08 11

12 Descarregadores de sobretensões PF8r em conformidade com as normas IEC /EN Aconselhado para um nível de risco elevado. - Descarregador Tipo 2 / 3 - I max.: 20 ka, para onda 8/20 µs - I nom.: 5 ka, para onda 8/20 µs - Nível de protecção: - em modo comum Up = 1,4kV - em modo diferencial Up= 1kV - Uc tensão max., em regime permanente: 340V De acordo com as normas /EN , o descarregador será associado a um órgão de protecção dedicado. Esse órgão de protecção dedicado será um disjuntor do tipo C60 de 20A, de acordo com a norma IEC / EN , que garantirá uma coordenação optimizada. O Icc do disjuntor será igual ao do quadro. Memória descritiva DST - 17/04/08 12

Dispositivos de proteção contra surtos - DPS

Dispositivos de proteção contra surtos - DPS contra surtos - Os dispositivos de proteção contra surtos () são destinados à proteção das instalações elétricas e dos equipamentos elétricos e eletrônicos contra os efeitos diretos e indiretos causados

Leia mais

Protecção contra sobretensões causadas por descargas atmosféricas

Protecção contra sobretensões causadas por descargas atmosféricas Protecção contra causadas por descargas atmosféricas Descarregadores de para edifícios comerciais e industriais Guia de escolha Método de selecção simples e eficaz: Instalar um descarregador de no quadro

Leia mais

Limitadores de sobretensão Generalidades e guia de escolha

Limitadores de sobretensão Generalidades e guia de escolha Generalidades e guia de escolha Os limitadores de sobretensão protegem os equipamentos eléctricos e electrónicos contra as sobretensões transitórias, não só as de origem atmosférica, mas também as resultantes

Leia mais

PROTEÇÃO CONTRA SOBRETENSÕES

PROTEÇÃO CONTRA SOBRETENSÕES PROTEÇÃO CONTRA SOBRETENSÕES Dispositivos de Proteção contra Surtos (DPS) Prof. Marcos Fergütz fev/2014 - O Surto - Geração da Sobretensão(Surto): Descarga Atmosférica (raio) Direta; Indução por descarga

Leia mais

SCHNEIDER ELECTRIC. Especificação tipo de dispositivos de proteção contra surtos de baixa tensão

SCHNEIDER ELECTRIC. Especificação tipo de dispositivos de proteção contra surtos de baixa tensão SCHNEIDER ELECTRIC Especificação tipo de dispositivos de proteção contra surtos de baixa tensão 10/1/2015 SUMÁRIO Este documento fornece a especificação geral para os dispositivos de proteção contra surtos

Leia mais

descarregadores de sobretensões

descarregadores de sobretensões Novos descarregadores de sobretensões SOLUÇÕES ADAPTADAS A TODOS OS TIPOS DE INSTALAÇÕES E TODOS OS NÍVEIS DE RISCO ESPECIALISTA MUNDIAL EM INFRAESTRUTURAS ELÉTRICAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO PARA EDIFÍCIOS

Leia mais

> ATSUB > PROTEÇÃO DE LINHAS DE FORNECIMENTO ELÉTRICO > SÉRIE ATSUB FICHA DE PRODUTO. Protetor unipolar para linhas de fornecimento elétrico

> ATSUB > PROTEÇÃO DE LINHAS DE FORNECIMENTO ELÉTRICO > SÉRIE ATSUB FICHA DE PRODUTO. Protetor unipolar para linhas de fornecimento elétrico > ATSUB Protetor unipolar para linhas de fornecimento elétrico > AT-8220 ATSUB 15: corrente de pico de 15 ka. Un 230 V > AT-8240 ATSUB 40: corrente de pico de 40 ka. Un 230 V > AT-8260 ATSUB 65: corrente

Leia mais

Protecção contra sobretensões. Descarregadores de sobretensões

Protecção contra sobretensões. Descarregadores de sobretensões Protecção contra Descarregadores Protecção contra As podem muitas vezes causar danos irreparáveis nas instalações eléctricas, bem como, nos equipamentos eléctricos e electrónicos. Os descarregadores são

Leia mais

Limitadores de sobretensão

Limitadores de sobretensão perturbações na forma de onda 4 perturbações transitórias 5 sobretensões 6 generalidades 8 guia de escolha 9 novo limitadores de sobretensão do tipo I + II 2 limitadores de sobretensão do tipo I monobloco

Leia mais

Série 7P - Dispositivo de proteção contra surtos (DPS) Características 7P P P

Série 7P - Dispositivo de proteção contra surtos (DPS) Características 7P P P Características 7P.09.1.255.0100 7P.01.8.260.1025 7P.02.8.260.1025 DPS - Dispositivo de proteção contra surtos Classe I + II alta capacidade de descarga e sem corrente de fuga - Sistema monofásico / sistema

Leia mais

PROTECÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMODFÉRICAS E SOBRETENSÕES PROJECTO DE LICENCIAMENTO

PROTECÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMODFÉRICAS E SOBRETENSÕES PROJECTO DE LICENCIAMENTO PROTECÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMODFÉRICAS E SOBRETENSÕES PROJECTO DE LICENCIAMENTO O presente caderno de encargos destina-se ao Projecto de Licenciamento de um Pára-Raios e Descarregadores de Sobretensões

Leia mais

Por Eduardo Mendes de Brito, especialista de produto da área de baixa tensão da Siemens

Por Eduardo Mendes de Brito, especialista de produto da área de baixa tensão da Siemens Como proteger o seu equipamento dos raios Por Eduardo Mendes de Brito, especialista de produto da área de baixa tensão da Siemens www.siemens.com.br 1 Quando, durante uma tempestade, ocorre a queima de

Leia mais

Série 7P - Dispositivo de proteção contra surtos (DPS) Características 7P P P

Série 7P - Dispositivo de proteção contra surtos (DPS) Características 7P P P Características 7P.09.1.255.0100 7P.01.8.260.1025 7P.02.8.260.1025 DPS - Dispositivo de proteção contra surtos Classe I + II alta capacidade de descarga e sem corrente de fuga - Sistema monofásico / sistema

Leia mais

DISJUNTORES. Funções. b Proteção contra curtos-circuitos b Proteção dos cabos contra sobrecargas 1P. Disjuntores. 2P Disjuntores.

DISJUNTORES. Funções. b Proteção contra curtos-circuitos b Proteção dos cabos contra sobrecargas 1P. Disjuntores. 2P Disjuntores. 5 ka 127/230 V - 3 ka 230/400 V NOVIDADE NOVIDADE NOVIDADE DISJUNTORES b Proteção contra curtos-circuitos b Proteção dos cabos contra sobrecargas 2 A - EZ9F33102 4 A - EZ9F33104 6 A EZ9F13106 EZ9F33106

Leia mais

Dispositivo de Proteção contra Surtos DPS. Power Final Distribution

Dispositivo de Proteção contra Surtos DPS. Power Final Distribution Dispositivo de Proteção contra Surtos DPS Power Final Distribution Índice Panorama SOBRETENSÃO Dados Estatísticos Caracterização do Raio Impacto dos Raios Proteção Estrutural DPS Regras de Instalação Ofertas

Leia mais

Quadros Eléctricos de Entrada

Quadros Eléctricos de Entrada Quadros Eléctricos de Entrada Quadros Eléctricos de Entrada Entrada de uma instalação Eléctrica Quadro de Entrada Definição, implantação e localização Condições de escolha do Equipamento Em função do aparelho

Leia mais

Barramentos e Blocos de Distribuição

Barramentos e Blocos de Distribuição Barramentos e Blocos de Distribuição www.siemens.com.br/barramentoseblocos Barramentos 5ST3 7 O sistema de barramento 5ST3 7 com ligação tipo pino pode ser usado com os disjuntores DIN 5SX, 5SY, 5SL6 e

Leia mais

Série 7P - Dispositivo de Proteção contra Surtos. Características SÉRIE 7P 7P P P

Série 7P - Dispositivo de Proteção contra Surtos. Características SÉRIE 7P 7P P P Série - Dispositivo de Proteção contra Surtos SÉRI Características.09.1.255.0100.01.8.260.1025.02.8.260.1025 DPS - Dispositivo de proteção contra surtos Classe I + II de alta capacidade de descarga e sem

Leia mais

CURTO CIRCUITOS ESQUEMA IT

CURTO CIRCUITOS ESQUEMA IT CURTO CIRCUITOS ESQUEMA IT ESTUDO DO CURTO-CIRCUITO NA REDE 2 PODER DE CORTE EXIGIDO A UM APARELHO DE PROTEÇÃO SAIDA TRANSFORMADOR PdC Icc máxima prevista Icc máxima prevista f (rede equivalente a montante)

Leia mais

MODUS 55. PLUS (4,5kA) 159. Interruptores 166. Sinalizadores 166. Transformador de Campainhas 167. Campainha 167. Automáticos de Escada 168

MODUS 55. PLUS (4,5kA) 159. Interruptores 166. Sinalizadores 166. Transformador de Campainhas 167. Campainha 167. Automáticos de Escada 168 série ÍNDICE Pág. Disjuntores Magnetotérmicos PLUS (4,5kA) 59 SUPER (ka) 0 ULTRA (0kA) Interruptores Diferenciais DIF 4 Disjuntores Diferenciais COMBI 4 Descarregadores de Sobretensão POWER 5 Comando,

Leia mais

MODUS 55 APARELHAGEM MODULAR PARA QUADROS ELÉCTRICOS. série. Disjuntores Magneto-Térmicos (4,5kA, 6kA e 10kA) - pág. 144;

MODUS 55 APARELHAGEM MODULAR PARA QUADROS ELÉCTRICOS. série. Disjuntores Magneto-Térmicos (4,5kA, 6kA e 10kA) - pág. 144; série APARELHAGEM MODULAR PARA QUADROS ELÉCTRICOS Disjuntor Magneto-Térmico Interruptor Horário Digital Descarregador de Sobretensão Sinalizador Disjuntores Magneto-Térmicos (4,5kA, ka e 0kA) - pág. 44;

Leia mais

SOBRETENSÃO. saiba como se proteger

SOBRETENSÃO. saiba como se proteger SOBRETENSÃO saiba como se proteger O QUE É UMA DESCARGA ELÉTRICA? Descargas atmosféricas são relâmpagos que produzem uma quantidade extremamente grande de energia elétrica pulsada de milhares de ampères

Leia mais

A solução contra raios e sobretensões transitórias

A solução contra raios e sobretensões transitórias Dispositivos de Proteção contra Surtos - DPS 5SD7 A solução contra raios e sobretensões transitórias www.siemens.com.br/protecao Catalogo DPS_SET17_valendo.indd 1 9/22/17 10:44 AM A presença da eletrônica

Leia mais

1. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO Diretoria de Infraestrutura

1. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO Diretoria de Infraestrutura 1. FINALIDADE MEMORIAL DESCRITIVO Fornecimento de energia elétrica a três edifícios da Universidade Federal do Sul da Bahia, com a sede sendo a Reitoria localizada na Rua Itabuna, s/n, Rod. Ilhéus Vitória

Leia mais

Notas explicativas: Proteção contra descargas atmosféricas e sobretensões para sistemas de iluminação LED Versão 09/2015

Notas explicativas: Proteção contra descargas atmosféricas e sobretensões para sistemas de iluminação LED Versão 09/2015 Notas explicativas: Proteção contra descargas atmosféricas e sobretensões para sistemas de iluminação LED Versão 09/2015 Índice Capítulo 1 Proteção contra descargas atmosféricas e sobretensões para sistemas

Leia mais

Diego Amaral, 16 de Outubro de 2015 PPHV Para raios Workshop

Diego Amaral, 16 de Outubro de 2015 PPHV Para raios Workshop Diego Amaral, 16 de Outubro de 2015 PPHV Para raios Workshop Conteúdo Treinamento Para raios de Alta Tensão. Overview - O que é? - Para que serve?. Portfólio ABB - Para raios de baixa tensão - Para raios

Leia mais

Entre (F / N), (F / PE) e (F / PEN) Tecnologia de proteção. Varistor de Óxido de Zinco - MOV Tempo de resposta

Entre (F / N), (F / PE) e (F / PEN) Tecnologia de proteção. Varistor de Óxido de Zinco - MOV Tempo de resposta VC L Dispositivo de Proteção contra Surtos (DPS) com tecnologia de proteção baseada na utilização de varistor de óxido de zinco (). -Três locais para marcadores/identificadores; -Encaixe em trilho ( linha

Leia mais

Lista de Normas Portuguesas

Lista de Normas Portuguesas Lista de Normas Portuguesas (versões Portuguesas de Normas Europeias) publicadas no sector das aplicações ferroviárias no domínio electrotécnico, elaboradas pela CTE 9 Aplicações eléctricas e electrónicas

Leia mais

Inversor modular de comando motorizado de 63 a 160 A HIC 400A

Inversor modular de comando motorizado de 63 a 160 A HIC 400A Inversor modular de comando motorizado de 6 a 60 A HIC 00A Inversor modular de comando motorizado com alto poder de fecho em curto-circuito (Icm) versão: P Ith (0 C) de 6 a 60 A n 0/00 V IP 0 Função: Asseguram

Leia mais

SÉRIE 7P Dispositivo de Proteção contra Surtos

SÉRIE 7P Dispositivo de Proteção contra Surtos SÉRI SÉRI DPS - Dispositivo de proteção contra surtos Classe I+II de alta capacidade de descarga e sem corrente de fuga - Sistemas monofásicos/ trifásicos Dispositivo de proteção contra surtos, adequado

Leia mais

Protecção Diferencial

Protecção Diferencial Protecção Diferencial electricidade faz parte do nosso dia-a-dia. Todos nós, todos os dias, manuseamos aparelhos que estão ligados à corrente eléctrica. Nas instalações eléctricas e para garantir a nossa

Leia mais

Esquemas. & diagramas. caderno 3

Esquemas. & diagramas. caderno 3 Esquemas & diagramas caderno 3 Regimes de neutro Norma IEC 60364 A norma IEC 60364 é a norma padrão internacional definida pelo International Electrotechnical Commission relativamente a instalações eléctricas

Leia mais

BATERIAS DE CONDENSADORES VANTAGENS

BATERIAS DE CONDENSADORES VANTAGENS Tabela de preços 16 BTERIS DE CONDENSDORES NTGENS - Elimina a facturação de energia reactiva (factura EE menor); - Menor consumo de energia activa (kw); - Reduz custos c/ manutenção de equipamentos da

Leia mais

BATERIAS DE CONDENSADORES

BATERIAS DE CONDENSADORES Tabela de preços 16 BTERIS DE CONDENSDORES NTGENS - Elimina a facturação de energia reactiva (factura EE menor); - Menor consumo de energia activa (kw); - Reduz custos c/ manutenção de equipamentos da

Leia mais

QUADROS DE OBRA ( QO )

QUADROS DE OBRA ( QO ) INDÚSTRIA DE QUADROS ELÉCTRICOS QUADROS DE OBRA ( QO ) 1 CAMPO DE APLICAÇÃO Para instalações destinadas à construção de novos edifícios, trabalhos de reparação, modificação, ampliações ou demolições de

Leia mais

CHAVE FUSÍVEL DISTRIBUIÇÃO DHC

CHAVE FUSÍVEL DISTRIBUIÇÃO DHC CHAVE FUSÍVEL DISTRIBUIÇÃO 1 CHAVE FUSÍVEL DISTRIBUIÇÃO 2 CHAVE FUSÍVEL A chave fusível é utilizada para proteção de equipamentos e ramais das redes de distribuição de energia. O porta fusível foi desenvolvido

Leia mais

FINALIDADE RAMO DE ATIVIDADE. Pré-moldados CARGA INSTALADA

FINALIDADE RAMO DE ATIVIDADE. Pré-moldados CARGA INSTALADA FINALIDADE Este memorial refere-se ao projeto(de acordo com a NT-002/2011 R03 da COELCE) de implantação de uma subestação aérea de 225kVA, atendendo à BM Pré-Moldados LTDA. Localidade:, Rodovia BR 222,

Leia mais

Grupo 1 TRABALHO FINAL [PESO 7]

Grupo 1 TRABALHO FINAL [PESO 7] Tópicos Especiais Em Sistemas De Potência ETEL Prof. Paulo Cícero Fritzen Data: / 0 / 0 Aluno : Aluno : Grupo Aluno : _ Aluno : _ 0 /0 / 0 TRABALHO FINAL [PESO ] ) Determinar os elos fusíveis para os transformadores

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAFETYMAX

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAFETYMAX DOCUMENTAÇÃO (LEGAL) REGULAMENTAR E NORMATIVA APLICÁVEL REGRAS TÉCNICAS DAS INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS DE BAIXA TENSÃO - Portaria 949-A/2006 de 11 de Setembro. DIRECTIVA DE BAIXA TENSÃO 2006/95/CE - Decreto

Leia mais

SÉRIE 67 Relé de potência para PCI 50 A

SÉRIE 67 Relé de potência para PCI 50 A SÉRIE Relé de potência para PCI 50 SÉRIE Montagem em circuito impresso (abertura 3 mm) 50 Relé de potência para PCI Versões com 2 e 3 contatos N, com dupla abertura 3 mm, de acordo com VDE 0126-1-1, EN

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Motores utomação Energia Transmissão & Distribuição Tintas utomação Minidisjuntores MDW e MDWH Quadros de Distribuição QDW Disjuntores em Caixa Moldada Predial DWP Interruptores Diferenciais Residuais

Leia mais

Protection against the direct lightning strike

Protection against the direct lightning strike Protecção contra a queda directa de raio Tipo 1 Redes Eléctricas Protection against the direct lightning strike DESCRIÇÃO Os descarregadores de corrente tipo raio, (Tipo 1 segundo a norma EN 61643-11),

Leia mais

Norma IEC & 2. A referência em segurança e fiabilidade em quadros elétricos de baixa tensão

Norma IEC & 2. A referência em segurança e fiabilidade em quadros elétricos de baixa tensão Norma IEC 61439-1 & 2 A referência em segurança e fiabilidade em quadros elétricos de baixa tensão IEC61439-1 & 2 A força de uma norma adaptada às suas necessidades As normas IEC são hoje, referências

Leia mais

PARA RAIOS SURGE ARRESTERS

PARA RAIOS SURGE ARRESTERS PARA RAIOS SURGE ARRESTERS Nexans, líder mundial na indústria de cabos Total de venda de 6,2 bilhões de euros em 201 A mais completa variedade de cabos e sistema de cabeamento Plantas em mais de 40 países

Leia mais

Dispositivos de Proteção contra Surtos Elétricos DPS

Dispositivos de Proteção contra Surtos Elétricos DPS Dispositivos Proteção contra Surtos Elétricos DPS A EMPRESA Clamper Fundada em 1991, a Clamper é uma companhia S.A. capital fechado, com matriz localizada em Lagoa Santa (região metropolitana Belo Horizonte),

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DO ELETRICISTA

MANUAL TÉCNICO DO ELETRICISTA HILÁRIO DIAS NOGUEIRA MANUAL TÉCNICO DO ELETRICISTA PROTEÇÕES ELÉTRICAS MATEMÁTICA PARA ELETRICISTAS 6 8 X X PUBLINDÚSTRIA ÍNDICE 1. PROTEÇÕES ELÉTRICAS...1 1.1. Tipos de proteção... 1.. Descrição de equipamentos...

Leia mais

ECOM EMPRESA DE CONSTRUÇÕES, CONSULTORIA E MEIO AMBIENTE LTDA.

ECOM EMPRESA DE CONSTRUÇÕES, CONSULTORIA E MEIO AMBIENTE LTDA. PROJETO DE INSTALAÇÕES ELETRICAS DE BAIXA TENSÃO MERCADO DO SÃO JOAQUIM BAIRRO SÃO JOAQUIM, TERESINA - PI TERESINA PI AGOSTO/2014 MEMORIAL DESCRITIVO INST. ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO 1.0 IDENTIFICAÇÃO Obra:

Leia mais

Dispositivos de Proteção contra Surtos elétricos- DPS

Dispositivos de Proteção contra Surtos elétricos- DPS Dispositivos de Proteção contra Surtos elétricos DPS A Empresa Em 1991 nasce a Clamper, uma empresa especializada na pesquisa, desenvolvimento e fabricação de DPS Dispositivos de Proteção contra Surtos

Leia mais

EVENTO BUS WAY ACE/CELESC

EVENTO BUS WAY ACE/CELESC EVENTO BUS WAY ACE/CELESC DISJUNTORES Definição Disjuntor Disjuntor: dispositivo de seccionamento automático para proteção de circuitos elétricos. Normas Vigentes no Brasil * NBR NM 60898:2004 (em processo

Leia mais

Guia Técnico de Painéis de Controle. Como evitar mau funcionamento das máquinas e danos aos eletrônicos provocados por surtos de tensão?

Guia Técnico de Painéis de Controle. Como evitar mau funcionamento das máquinas e danos aos eletrônicos provocados por surtos de tensão? Guia Técnico de Painéis de Controle Como evitar mau funcionamento das máquinas e danos aos eletrônicos provocados por surtos de tensão? Índice Introdução 4-7 1 2 3 Dispositivos de Proteção contra Surtos

Leia mais

Acti 9. A eficiência que você merece

Acti 9. A eficiência que você merece Acti 9 A eficiência que você merece Acti 9, a eficiência que você merece Apresentação Acti 9, Eficiente Acti 9, Seguro Acti 9, Simples & inteligente Conclusão 2 40 Anos de experiência e atenção aos nossos

Leia mais

SOLUÇÕES EM QUALIDADE DE ENERGIA Soluções em média e alta tensão

SOLUÇÕES EM QUALIDADE DE ENERGIA Soluções em média e alta tensão SOLUÇÕES EM QUALIDADE DE ENERGIA Soluções em média e alta tensão 2 Moving together 1. PAINÉIS METÁLICOS, FILTROS DE HARMÔNICOS E BANCOS DE CAPACITORES 1. PAINÉIS METÁLICOS, FILTROS DE HARMÔNICOS E BANCOS

Leia mais

Proteção contra sobretensão e filtro antiparasitário

Proteção contra sobretensão e filtro antiparasitário roteção contra sobretensão e filtro antiparasitário roteção contra sobretensão para alimentação de energia O sistema completo Os equipamentos de proteção da família "compact" oferecem um conceito de instalação

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DOCUMENTAÇÃO (LEGAL) REGULAMENTAR E NORMATIVA APLICÁVEL REGRAS DAS INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS DE BAIXA TENSÃO - Portaria 949-A/2006 de 11 de Setembro DIRECTIVA DE BAIXA TENSÃO 2006/95/CE - Decreto-lei 6/2008,

Leia mais

Supondo que a linha de transmissão é infinita, represente: a) A distribuição espacial da tensão e da corrente nos instantes de tempo t = 100 µs e

Supondo que a linha de transmissão é infinita, represente: a) A distribuição espacial da tensão e da corrente nos instantes de tempo t = 100 µs e Problema 3.1 Considere que uma onda de tensão triangular, com as características indicadas na figura, se propaga numa linha de transmissão monofásica, sem perdas e de impedância característica Z W = 500

Leia mais

SÉRIE RR Relé rápido 8 A

SÉRIE RR Relé rápido 8 A SÉRIE Relé rápido 8 SÉRIE Relé rápido.14 montagem em trilho DIN 35 mm (EN 60715).24 versão plug-in - montagem em base undecal tipo 90.21 4 contatos reversíveis ou 3 contatos N + 1 reversível Corrente contínua

Leia mais

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT Disjuntores AT/MT Características complementares Elaboração: DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 2ª. Substitui a edição de DEZ 1987 Emissão:

Leia mais

CURSO A PROTEÇÃO E A SELETIVIDADE EM SISTEMAS ELÉTRICOS INDUSTRIAIS

CURSO A PROTEÇÃO E A SELETIVIDADE EM SISTEMAS ELÉTRICOS INDUSTRIAIS CURSO A PROTEÇÃO E A SELETIVIDADE EM SISTEMAS ELÉTRICOS INDUSTRIAIS WWW.ENGEPOWER.COM TEL: 11 3579-8777 PROGRAMA DO CURSO A PROTEÇÃO E A SELETIVIDADE EM SISTEMAS ELÉTRICOS INDUSTRIAIS DIRIGIDO A : Engenheiros

Leia mais

proteção contra sobretensões.

proteção contra sobretensões. OSSIER 90 João Cruz F Product Manager. Schneider Electric proteção contra sobretensões Contribuir para a total eficácia das instalações elétricas é objetivo deste artigo técnico sobre sobretensões. Cada

Leia mais

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Referenciação Generalidades Elaboração: GTRPT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 1ª Emissão: EDP Distribuição Energia, S.A. DNT

Leia mais

Disjuntores Automáticos Modulares Disjuntores Automáticos modulares 1. Informações gerais

Disjuntores Automáticos Modulares Disjuntores Automáticos modulares 1. Informações gerais Aparelhagem Modular em calha DIN Disjuntores Automáticos modulares. formações gerais. Função Protecção contra correntes de curto-circuito Protecção contra sobreintensidades Corte Isolamento. Selecção Dados

Leia mais

Sistemas de Proteção para minirredes com Sistemas Fotovoltaicos FINDER BRASIL 26/05/2011

Sistemas de Proteção para minirredes com Sistemas Fotovoltaicos FINDER BRASIL 26/05/2011 Sistemas de Proteção para minirredes com Sistemas Fotovoltaicos FINDER BRASIL 26/05/2011 Como proteger uma Minirrede Rural? As minirredes rurais autônomas, apesar de não estarem sujeitas as sobretensões

Leia mais

Instalações Elétricas de BT I. Odailson Cavalcante de Oliveira

Instalações Elétricas de BT I. Odailson Cavalcante de Oliveira Instalações Elétricas de BT I Odailson Cavalcante de Oliveira NBR 5410 Evolução: Primeira edição em 1941 (Norma Brasileira para Execução de Instalações Elétricas). Segunda edição em 1960. Terceira edição

Leia mais

SÉRIE 65 Relé de potência A

SÉRIE 65 Relé de potência A SÉRIE Relé de potência 20-30 SÉRIE Relé de Potência 20 1 N + 1 NF.31 letas de fixação com conexões Faston 250.61 Montagem em PCI Bobinas em C ou DC Opção contatos sem Cádmio.31.61 Corrente 20 Montagem

Leia mais

Ligação intencional à terra por meio da qual correntes elétricas podem fluir. Pode ser: Funcional: ligação à terra de um dos condutores do sistema.

Ligação intencional à terra por meio da qual correntes elétricas podem fluir. Pode ser: Funcional: ligação à terra de um dos condutores do sistema. ATERRAMENTO Ligação intencional à terra por meio da qual correntes elétricas podem fluir. Pode ser: Funcional: ligação à terra de um dos condutores do sistema. Proteção: ligação à terra das massas e dos

Leia mais

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA Notas: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada; O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA Notas: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada; O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

ELETRICIDADE E INSTALAÇÕES ELÉTRICAS. Dispositivos de proteção

ELETRICIDADE E INSTALAÇÕES ELÉTRICAS. Dispositivos de proteção ELETRICIDADE E INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Dispositivos de proteção Tipos de proteção Dispositivos de proteção Fusível Disjuntor magnético Disjuntor termomagnético (DTM) Dispositivo diferencial-residual (DR)

Leia mais

Tipo Contator de Potência

Tipo Contator de Potência Fabricante de relés e temporizadores desde 1954 Tipo Contator de Potência Características Contator de Potência Contatos NA com abertura > 3mm com dupla abertura Energização contínua para bobina e contatos

Leia mais

Proteção com Tecnologia e Qualidade

Proteção com Tecnologia e Qualidade Linha Eletromec Fusíveis e Seccionadoras, Minidisjuntores, Interruptores diferenciais residuais, Protetores contra Surto, Disjuntores em caixa moldada. Proteção com Tecnologia e Qualidade Tendo os produtos

Leia mais

FONTE NOBREAK FICHA TÉCNICA FONTE NOBREAK. - Compacta e fácil de instalar - Carregador de baterias de 3 estágios - Fonte inteligente microcontrolada

FONTE NOBREAK FICHA TÉCNICA FONTE NOBREAK. - Compacta e fácil de instalar - Carregador de baterias de 3 estágios - Fonte inteligente microcontrolada FICHA TÉCNICA FTE NOBREAK FTE NOBREAK - Compacta e fácil de instalar - Carregador de baterias de 3 estágios - Fonte inteligente microcontrolada Rev_01 APLICAÇÃO Pensando em atender os mercados mais exigentes,

Leia mais

Instalações e Máquinas Elétrica

Instalações e Máquinas Elétrica Instalações e Máquinas Elétrica Professor: Vanderley vanderley@actire.com.br Material de circulação interna, pode ser usado por terceiros, desde que citado o autor. Dispositivos de Proteção para Instalações

Leia mais

Quadro eléctrico de uma habitação

Quadro eléctrico de uma habitação Quadro eléctrico de uma habitação Dispositivos de protecção É nos quadros eléctricos que se encontram os dispositivos para a protecção dos circuitos eléctricos contra sobreintensidades (curto circuitos

Leia mais

Motores Energia Automação Tintas

Motores Energia Automação Tintas Motores Energia Automação Tintas Automação Minidisjuntores MDW Disjuntores em Caixa Moldada Predial DWP Interruptores Diferenciais Residuais RDW Dispositivo de Proteção Contra Surto SPW Índice Minidisjuntores

Leia mais

Medium voltage products UniSec SBC-W Quadro de média tensão isolado a ar para a distribuição secundária

Medium voltage products UniSec SBC-W Quadro de média tensão isolado a ar para a distribuição secundária Medium voltage products UniSec SBC-W Quadro de média tensão isolado a ar para a distribuição secundária UniSec SBC-W Quadro de média tensão isolado a ar para a distribuição secundária A gama dos quadros

Leia mais

Subestações em Redes de Transporte de Energia Eléctrica: que futuro? André dos Santos

Subestações em Redes de Transporte de Energia Eléctrica: que futuro? André dos Santos Engenharia 4.0 Desafios e Oportunidades para as Infraestuturas do Futuro Outubro 2017 Subestações em Redes de Transporte de Energia Eléctrica: que futuro? André dos Santos Tópicos 1. O presente 2. O futuro

Leia mais

MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA

MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA 1 VIA ORIENTAL NO CONCELHO DE CASCAIS - TROÇO 1 PROJECTO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA PROJECTO DE EXECUÇÃO ÍNDICE 4-1 LEGISLAÇÃO... 2 4-2 COMPOSIÇÃO DO PROJECTO... 2 4-2.1 PEÇAS

Leia mais

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT Disjuntores MT 17,5 kv Características Elaboração: DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 2ª. Substitui a edição de DEZ 1987 Emissão: EDP

Leia mais

CHAVE FUSÍVEL ABERTURA EM CARGA MODELO DHC-C

CHAVE FUSÍVEL ABERTURA EM CARGA MODELO DHC-C CHAVE FUSÍVEL ABERTURA EM CARGA MODELO 1 CHAVE FUSÍVEL ABERTURA EM CARGA MODELO 2 A chave fusível é utilizada para proteção de equipamentos e ramais das redes de distribuição de energia. Permite abertura

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 Contatores de otência 3RT10, 3TF6 Motores trifásicos Contator 1) otências s AC-2 / AC-3, 60 z em 220 V 380 V 440 V AC-1 (Dimensões em mm) (cv / kw) (cv / kw) (cv / kw)

Leia mais

DPS Dispositivo de proteção contra surto de tensão

DPS Dispositivo de proteção contra surto de tensão Produtos de Baixa Tensão DPS Dispositivo de proteção contra surto de tensão Por: Sergio Prestes Engenheiro de Aplicação 1. Danos causados por sobretensão Sobretensão é a maior causa de danos em equipamentos

Leia mais

16- Para maiores informações e dúvidas, contatar o setor de proteção da Energisa MT através do telefone (65)

16- Para maiores informações e dúvidas, contatar o setor de proteção da Energisa MT através do telefone (65) CRITÉRIOS PARA ELABORAÇÃO DE ESTUDOS DE PROTEÇÃO DE SOBRECORRENTES PARA ENTRADAS DE SERVIÇO EM MÉDIA TENSÃO DE CONSUMIDORES COM POTÊNCIA TRANSFORMADORA SUPERIOR A 300kVA 1- Deverá ser apresentado um estudo

Leia mais

SILECTRIS Sistemas de Energia Eléctrica, Lda

SILECTRIS Sistemas de Energia Eléctrica, Lda SILECTRIS Sistemas de Energia Eléctrica, Lda Rua João Eloy do Amaral, 116 2900-414 Setúbal Tel.: 265 229 180 Fax: 265 237 371 www.silectris.pt SISTEMAS E EQUIPAMENTOS DE PROTECÇÃO, CONTROLO, MEDIDA E AUTOMAÇÃO

Leia mais

H7GP. Informação para encomenda. Contador Totalizador/Contador de Tempo (DIN48x24)

H7GP. Informação para encomenda. Contador Totalizador/Contador de Tempo (DIN48x24) Contador Totalizador/Contador de Tempo (DIN48x24) Contadores Totalizadores e Contadores de Tempo, compactos com display de fácil leitura e resistentes à água, conforme a norma IP66/NEMA4 Visor LCD de transmissão

Leia mais

Conversores de frequência componentes ABB ACS50, 0,18 a 2,2 kw

Conversores de frequência componentes ABB ACS50, 0,18 a 2,2 kw Conversores de frequência componentes ABB ACS50, 0,18 a 2,2 kw Catálogo técnico PERFIL INDÚSTRIAS PRODUTOS APLICAÇÕES EXPERIÊNCIA PARCEIROS SERVIÇOS Conversores de frequência componentes ABB O que é um

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO. Título

PROCEDIMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO. Título PROCEDIMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO Título ATENDIMENTO DE LIGAÇÃO DE CONSUMIDORES JUNTO À FAIXA DE PRAIA DA ORLA MARÍTIMA Código NTD-00.074 Data da emissão 05.12.2005 Data da última revisão 18.01.2008 Folha

Leia mais

LINHA Bt100. Conjunto de Manobra e Controle de Baixa Tensão. Bt100

LINHA Bt100. Conjunto de Manobra e Controle de Baixa Tensão. Bt100 LINHA LINHA CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS Dimensões Altura: 2200mm., Largura: 700/900/1100mm., Profundidade: 400/600/800mm. Outras configurações conforme consulta; Estrutura fabricada em chapa de 1,90mm.

Leia mais

1. Introdução ao Estudo de Equipamentos Elétricos Os estudos básicos visando à especificação das características dos equipamentos, realizados na

1. Introdução ao Estudo de Equipamentos Elétricos Os estudos básicos visando à especificação das características dos equipamentos, realizados na 1. Introdução ao Estudo de Equipamentos Elétricos Os estudos básicos visando à especificação das características dos equipamentos, realizados na etapa de detalhamento, consistem no estudo de fluxo de potência,

Leia mais

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO DA-C13-523/N EV 2007 INSTALAÇÕES AT E T. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Armários de reagrupamento de cabos Características Elaboração: GTRPT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 1ª Emissão:

Leia mais

INSTRUÇÃO TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO. Critérios para Dimensionamento e Ajustes da Proteção de Redes Aéreas de Distribuição Classes 15 e 36,2 kv ITD-17

INSTRUÇÃO TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO. Critérios para Dimensionamento e Ajustes da Proteção de Redes Aéreas de Distribuição Classes 15 e 36,2 kv ITD-17 INSTRUÇÃO TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO Critérios para Dimensionamento e Ajustes da Proteção de Redes Aéreas de Distribuição Classes 15 e 36,2 kv ITD-17 ÍNDICE SEÇÃO TÍTULO PÁGINA 1. OBJETIVO 1 2. NORMAS E

Leia mais

Saída 24 V DC, 12 W < 1 % < 1 % < 200 < 200 < 10 < 20 < 90 < 100

Saída 24 V DC, 12 W < 1 % < 1 % < 200 < 200 < 10 < 20 < 90 < 100 Características 78.12 78.36 Fontes de alimentação DC Alta eficiência (acima de 91%) Baixo consumo em stand-by (

Leia mais

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT Disjuntores AT 72,5 kv Características Elaboração: DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 2ª. Substitui a edição de DEZ 1995 Emissão: EDP

Leia mais

Princípio da Coordenação dossier A I

Princípio da Coordenação dossier A I Princípio da Coordenação dossier A I A O princípio da coordenação Para todos os dispositivos de protecção, as Regras Técnicas das Instalações Eléctricas de Baixa Tensão no ponto 434.3 definem que o poder

Leia mais

Easy9. A melhor escolha

Easy9. A melhor escolha Easy9 A melhor escolha Sumário Página 8 DR - Interruptores diferenciais residuais 1P 2P 3P Página 12 DPS - Dispositivos de proteção contra surtos 2P 3P 4P Página 15 1P Barramentos fase/neutro Página 16

Leia mais

Capítulo 2 - Símbolos Gráficos para Instalações Elétricas Prediais 2.1. Simbologia Padronizada

Capítulo 2 - Símbolos Gráficos para Instalações Elétricas Prediais 2.1. Simbologia Padronizada Capítulo 1 - Conceitos Básicos de Eletricidade para Aplicação em Instalações Elétricas 1.1. Tipos e Formas de Distribuição de Energia 1.1.1. Energia 1.2. Geração de Energia Elétrica 1.2.1. Barragem 1.2.2.

Leia mais

Protetores de Surto de Alta Performance. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Protetores de Surto de Alta Performance. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Protetores de Surto de Alta Performance otores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Protetores de Surto de Alta Performance Os Protetores de Surto WEG, são componentes de alto desempenho

Leia mais

CAPÍTULO 1 CAIXAS TERMINAIS. Tipo Tensão Kv Secção mm² Comp. S/ Terminal. Tipo Tensão Kv Secção mm² Comp. S/ Terminal

CAPÍTULO 1 CAIXAS TERMINAIS. Tipo Tensão Kv Secção mm² Comp. S/ Terminal. Tipo Tensão Kv Secção mm² Comp. S/ Terminal CAIXAS TERMINAIS Terminação Unipolar interior CHE-I para Cabos Secos CHE-I /1 kv 25-95 CHE-I /2 kv 95-0 CHE-I / kv 150-00 CHE-I / kv 0-500 CHE-I /5 kv 00-800 CHE-I /6 kv 800-00 Tipo Tensão Kv Secção mm²

Leia mais

GE Consumer & Industrial Power Protection. Tele REC. A última novidade em sistemas de rearme. GE imagination at work

GE Consumer & Industrial Power Protection. Tele REC. A última novidade em sistemas de rearme. GE imagination at work GE Consumer & Industrial Power Protection Tele REC A última novidade em sistemas de rearme GE imagination at work Tele REC Sistemas Assegura a continuidade da energia O Tele REC realiza automaticamente

Leia mais

GUIA DE APLICAÇÃO PARA A PROTEÇÃO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS

GUIA DE APLICAÇÃO PARA A PROTEÇÃO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS GUIA DE APLICAÇÃO PARA A PROTEÇÃO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO CONTRA SURTOS ELÉTRICOS INTRODUÇÃO Fundada em 1991, a CLAMPER é uma empresa inovadora, especializada em soluções técnicas

Leia mais