6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO"

Transcrição

1 6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO

2 Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos 2

3 QUESTÃO 01 (1,0 ponto) A palavra folclore é derivada da palavra inglesa folklore, em que folk significa gente ou povo e lore significa conhecimento ou saber. Por tanto, folclore significa: a) Conhecimento popular. Representa o nível de aprendizagem de uma comunidade. 3

4 b) Saber do povo. Retrata a tradição e usos populares que são transmitidos de geração para geração. c) Conhecimento geral. Se refere a todo conhecimento transmitido pela escola. d) Saber de todos. Diz respeito ao conhecimento adquirido no ambiente de vida e transmitido pela escola. e) Saber popular. Se refere aos estudos realizados na comunidade e ensinados para todos. 4

5 QUESTÃO 02 (1,0 ponto) As lendas e mitos brasileiros possuem origem na mitologia dos índios nativos, em conjunto com os mitos trazidos da Europa, pelos portugueses, e da África, pelos negros. 5

6 Sobre as lendas do folclore brasileiro é correto afirmar I. Muitas lendas deram origem às festas populares. II. São estórias contadas por pessoas e transmitidas oralmente através dos tempos. III. Misturam fatos reais e históricos com acontecimentos que são frutos da fantasia. IV. Procuraram dar explicação a acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais. 6

7 a) Somente I e IV estão corretas b) Somente II e III estão corretas c) Somente III e IV estão corretas d) Somente I e II estão corretas e) Todas estão corretas 7

8 QUESTÃO 03 (1,0 ponto) Valorizar a história e a cultura das brincadeiras das gerações anteriores pode vir a ser uma forma de apresentar às crianças de hoje um conhecimento que lhes proporcionará o desenvolvimento físico, social e corporal, promovendo assim uma reflexão sobre o papel dos familiares e o que eles podem contribuir para as novas gerações. Das brincadeiras representadas nas imagens, qual delas é tradicional? 8

9 a) b) c) d) e) 9

10 QUESTÃO 04 (1,0 pontos) Neste tipo de dança, os homens usam blusas listradas ou estampadas sobre calças lisas e lenço no pescoço, normalmente os pares dançam descalços. As mulheres vestem blusas que deixam os ombros e a barriga à mostra, muitos colares e pulseiras feitas de semente e saias rodadas e franzidas, influência das danças do caribe. A coreografia tem início com uma fileira de casais, em que o homem, batendo palmas, convida sua parceira para dançar. 10

11 Ela aceita e se junta às demais, formando uma grande roda. As meninas rodam a saia com o intuito de atirála sobre a cabeça de seu par, e os homens dançam o tempo todo tentando escapar, pois, se for atingido, ele sai da dança. 11

12 Como chama esta dança e de qual região brasileira ela é típica? a) Carimbó - Região Norte b) Fandango - Região Sul c) Quadrilha - Região Nordeste d) Coco - Região Centro-oeste e) Samba de gafieira - Região Sudeste 12

13 QUESTÃO 05 (1,0 ponto) O samba é uma expressão cultural que caracteriza o folclore da região sudeste do Brasil, mas especificamente do Estado do Rio de Janeiro, mas que ganhou todo o país e se tornou patrimônio brasileiro. De origem africana, é uma dança ritmada, e acompanhada por batuques. 13

14 O samba possui diversas variações, como: a) O samba de gafieira, uma dança realizada em pares, específico da dança de salão. b) O fandango, uma dança realizada em pares, caracterizada por movimentos vivos e agitados. c) O mascarado, uma dança praticada somente por homens, sendo que metade usam trajes masculinos (galãs) e a outra metade veste-se com roupas femininas (damas). 14

15 d) O frevo, uma dança popular que mistura a marcha, o maxixe e elementos de capoeira. e) A valsa, uma dança realizada em pares, em que o casal desliza sobre o salão em passos de dois tempos. 15

16 QUESTÃO 06 (1,5 ponto) Os festejos são comemorações, festas ou reuniões que tem a finalidade de celebrar datas e/ou acontecimentos. Cada região brasileira mantem os festejos como parte de suas tradições culturais. As imagens abaixo representam um exemplo de festejo típico de cada uma das regiões brasileiras. Escreva abaixo de cada imagem o nome da região brasileira a que o festejo se refere. 16

17 (Boi-Bumbá) (Cavalhada) (Boi de mamão) (Festa junina) (Carnaval) 17

18 QUESTÃO 07 (1,0 ponto) Construir seu próprio brinquedo não é difícil. Que materiais foram utilizados para a confecção do brinquedo representado pela imagem abaixo? Verifique que materiais descartáveis você tem, dê um destino melhor a ele e não o descarte de qualquer forma. 18

O FOLCLORE DE PERNAMBUCO

O FOLCLORE DE PERNAMBUCO O FOLCLORE DE PERNAMBUCO O QUE É FOLCLORE Folclore é tudo simboliza os hábitos do povo, que foram conservados através do tempo, como conhecimento passado de geração em geração, por meio de lendas, canções,

Leia mais

INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA

INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR FRANCISCO ARTHIDORO DA COSTA INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA TEXTO INFORMATIVO Prof. Artur Camargos 4º Ano do Ensino Fundamental FOLCLORE Folclore é um conjunto de mitos e lendas que as

Leia mais

VENHA PRO NOSSO ARRAIÁ!! 1

VENHA PRO NOSSO ARRAIÁ!! 1 UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL PROGRAMA DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PORTUGUÊS BRASILEIRO COMO LE VENHA PRO NOSSO ARRAIÁ!! 1 Junho é o mês das Festas Juninas. Convidamos você a participar dessas festas, conhecendo

Leia mais

Festa Junina do Elvira Dia 13/6/2015 das 11h às 20h

Festa Junina do Elvira Dia 13/6/2015 das 11h às 20h Desenho da aluna Mel Munhoz, vencedora do Concurso Logo da Festa Junina Festa Junina do Elvira Dia 13/6/2015 das 11h às 20h Prezados pais e alunos, A Festa Junina do Elvira, a mais animada da Chácara Santo

Leia mais

PLANEJAMENTO Julho. Professor (a): Janete Neusa Perin NOME DO LIVRO: Objetivo geral:

PLANEJAMENTO Julho. Professor (a): Janete Neusa Perin NOME DO LIVRO: Objetivo geral: PLANEJAMENTO Julho NOME DO LIVRO: Estratégias de outras áreas do conhecimento A BRUXA SALOMÉ Leitura e escrita; Oralidade; Dias da Semana; Rimas. -Desenvolver o gosto pela leitura, valorizando a como fonte

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON NOVA ANDRADINA-MS

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON NOVA ANDRADINA-MS R E.E. MARECHAL RONDON - NOVA ANDRADINA - ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON NOVA ANDRADINA-MS O Folclore Brasileiro representado pelos alunos

Leia mais

. a d iza r to u a ia p ó C II

. a d iza r to u a ia p ó C II II Sugestões de avaliação História 3 o ano Unidade 5 5 Unidade 5 Nome: Data: 1. Você é um historiador e recebeu a letra de uma música para estudar. Essa letra foi escrita no ano 1808 e fala sobre as brincadeiras,

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2016 / 2017 Pré-escolar e 1º Ciclo Receção dos Fomentar a integração da criança no meio escolar. Promover a socialização dos alunos. Receção

Leia mais

UNIDADE: Diz que.../brasil. SITUAÇÃO DE USO Contação ou leitura de lendas.

UNIDADE: Diz que.../brasil. SITUAÇÃO DE USO Contação ou leitura de lendas. UNIDADE: Diz que.../brasil SITUAÇÃO DE USO Contação ou leitura de lendas. EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM - (Re)Conhecer elementos lendários e folclóricos em textos escritos e orais. - Identificar nomes de

Leia mais

Lições de Português 5º ano Semana de 20 a 24 de fevereiro.

Lições de Português 5º ano Semana de 20 a 24 de fevereiro. Lições de Português 5º ano Semana de 20 a 24 de fevereiro. Leia o texto a História do Carnaval no Brasil para responder às perguntas abaixo: Segunda-feira Curitiba, 20 de fevereiro de 2017. Copie e responda:

Leia mais

O mês começa com o Carnaval, mas a revista digital explora todo o mistério de vários mascarados :

O mês começa com o Carnaval, mas a revista digital explora todo o mistério de vários mascarados : O mês começa com o Carnaval, mas a revista digital explora todo o mistério de vários mascarados : Mascarados famosos Papangu Máscaras venezianas Fernando Pessoa o mestre do disfarce Figurinhas do Projeto

Leia mais

SOCIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 08 A FORMAÇÃO CULTURAL DO BRASIL

SOCIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 08 A FORMAÇÃO CULTURAL DO BRASIL SOCIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 08 A FORMAÇÃO CULTURAL DO BRASIL Como pode cair no enem? F O trecho já que aqui a mestiçagem jamais foi crime ou pecado remete a qual conceito 1 polêmico atribuído ao Gilberto

Leia mais

Justificativa. Centro Educacional Mundo do Saber. Palhoça, 18 de Fevereiro de Professora. Bárbara pereira. Turma. Maternal I.

Justificativa. Centro Educacional Mundo do Saber. Palhoça, 18 de Fevereiro de Professora. Bárbara pereira. Turma. Maternal I. Centro Educacional Mundo do Saber Palhoça, 18 de Fevereiro de 2013 Professora Bárbara pereira Turma Maternal I Projeto anual Justificativa O Projeto tem a importância essencial para a aprendizagem das

Leia mais

Calendarização Temas/Conteúdos Objectivos Actividades Intervenientes

Calendarização Temas/Conteúdos Objectivos Actividades Intervenientes Início do Ano Lectivo Estruturar, Organizar e planificar o Ano Lectivo Reunião com os diferentes Intervenientes no processo educativo Equipa Pedagógica e Encarregados de Educação das crianças Setembro

Leia mais

Aluno: Série: 2º turma: Turno:

Aluno: Série: 2º turma: Turno: Aluno: Série: 2º turma: Turno: 1 Série / turma: AV: Nota: 2º Aluno(a): Professor(a): Data: / / 2012 Disciplina: Língua Portuguesa / Matemática Ensino Fundamental 1 1. Leia o texto com atenção: Atividade

Leia mais

Escola: AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS

Escola: AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS e Comunicação Formação Pessoal e Social Escola: AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS Nome: Idade: 4 anos Sala: Educação pré-escolar Ano letivo / 1º período Assiduidade Presenças: Faltas: Sabe o seu nome e idade.

Leia mais

CULTURA AFRO-BRASILEIRA: UM ESTUDO COM ALUNOS DE UMA ESCOLA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE/PB.

CULTURA AFRO-BRASILEIRA: UM ESTUDO COM ALUNOS DE UMA ESCOLA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE/PB. CULTURA AFRO-BRASILEIRA: UM ESTUDO COM ALUNOS DE UMA ESCOLA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE/PB. Autora: Edineuza Carlos de Lima ESCOLA MUNICIPAL APOLÔNIA AMORIM E-mail: neuza.lima2010@gmail.com GRUPO DE TRABALHO:

Leia mais

Prof. Maria Emilia Nunes Rodrigues Arenas Secretaria Municipal de Educação São José do Rio Preto - SP

Prof. Maria Emilia Nunes Rodrigues Arenas Secretaria Municipal de Educação São José do Rio Preto - SP Área de Linguagens Educação Física Ensino Fundamental O Ensino Fundamental Duas fases Quatro eixos de formação Anos Iniciais (1 ao 5 ano) Anos Finais (6 ao 9 ano) Letramentos e capacidade de aprender;

Leia mais

No dia 11/06, sábado, realizaremos nossa tradicional Festa Junina.

No dia 11/06, sábado, realizaremos nossa tradicional Festa Junina. Destinado aos alunos do Minimaternal A Ref.: Apresentação de Dança - Festa Junina Horário previsto para a dança: 11h Meninas: Vestido caipira, tênis ou bota, chapéu opcional. Meninos: Traje caipira: calça

Leia mais

3º ANO A - FORRÓ (REGIÃO NORDESTE) 3º ANO A - FORRÓ (REGIÃO NORDESTE)

3º ANO A - FORRÓ (REGIÃO NORDESTE) 3º ANO A - FORRÓ (REGIÃO NORDESTE) 3º ANO A - FORRÓ 3º ANO A - FORRÓ 3º ANO A - FORRÓ 3º ANO A - FORRÓ 3º ANO B - FORRÓ 3º ANO B - FORRÓ 3º ANO B - FORRÓ 3º ANO B - FORRÓ 3º ANO C - FORRÓ 3º ANO C - FORRÓ 3º ANO C - FORRÓ 3º ANO C - FORRÓ

Leia mais

Lista de Recuperação de Geografia 2013

Lista de Recuperação de Geografia 2013 1 Nome: nº 7ºano Manhã e Tarde Prof: Francisco Castilho Lista de Recuperação de Geografia 2013 Conteúdo da recuperação: Divisão regional do Brasil,população brasileira urbanização brasileira, formas de

Leia mais

EDUCANDÁRIO IMACULADA CONCEIÇÃO Educação, Serviço à vida! Programação Semanal Plantão de Férias EFAI - Período Diversificado 2017

EDUCANDÁRIO IMACULADA CONCEIÇÃO Educação, Serviço à vida! Programação Semanal Plantão de Férias EFAI - Período Diversificado 2017 EDUCANDÁRIO IMACULADA CONCEIÇÃO Educação, Serviço à vida! Programação Semanal Plantão de Férias EFAI - Período Diversificado 2017 Período Matutino e vespertino Dias da Semana Síntese do Calendário Semanal

Leia mais

Projeto: Arraiá da Camões.

Projeto: Arraiá da Camões. ESCOLA ESTADUAL LUÍS VAZ DE CAMÕES ANA PAULA DE OLIVEIRA REGIANE APARECIDA DE PINHO RONDA Com a colaboração da Direção, Coordenação Pedagógica, Coordenadoras de Área, Professora Gerenciadora de Tecnologias,

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DAN261 Folclore e Danças Brasileiras III

Programa Analítico de Disciplina DAN261 Folclore e Danças Brasileiras III Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Artes e Humanidades - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração

Leia mais

Apresente à classe as danças regionais

Apresente à classe as danças regionais Prática Pedagógica Apresente à classe as danças regionais Em uma escola do Mato Grosso, a escolha foi o siriri, modalidade típica do estado Paula Peres NOVA ESCOLA Fernanda Salla O balanceio da saia é

Leia mais

A dança é a ação ou a maneira de dançar. Trata-se da execução de movimentos ao ritmo da música ou não, que permite expressar sentimentos e emoções.

A dança é a ação ou a maneira de dançar. Trata-se da execução de movimentos ao ritmo da música ou não, que permite expressar sentimentos e emoções. A dança é a ação ou a maneira de dançar. Trata-se da execução de movimentos ao ritmo da música ou não, que permite expressar sentimentos e emoções. Estima-se que a dança terá sido uma das primeiras manifestações

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2015

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2015 Pedagogia: Aut. Dec. nº 93110 de 13/08/86 / Reconhecido Port. Nº 717 de 21/12/89/ Renovação Rec. Port. nº 3.648 de 17/10/2005 Educação Física: Aut. Port. nº 766 de 31/05/00 / Rec. Port. nº 3.755 de 24/10/05

Leia mais

O PROCESSO DE CRIAÇÃO DE FIGURINO PARA QUADRILHAS JUNINAS relato de experiência.

O PROCESSO DE CRIAÇÃO DE FIGURINO PARA QUADRILHAS JUNINAS relato de experiência. O PROCESSO DE CRIAÇÃO DE FIGURINO PARA QUADRILHAS JUNINAS relato de experiência. Introdução O propósito deste artigo é disseminar a forma na qual ocorre todo processo criativo dos figurinos de Quadrilhas

Leia mais

CULTURA AFRO-BRASILEIRA, CONSTRUINDO IDENTIDADES

CULTURA AFRO-BRASILEIRA, CONSTRUINDO IDENTIDADES CULTURA AFRO-BRASILEIRA, CONSTRUINDO IDENTIDADES E.E PROF. ALCINDO SOARES DO NASCIMENTO Professor(es) Apresentador(es): Mariana Pinto Ramalho Terossi Simone Pereira Cardoso Realização: Foco do Projeto

Leia mais

DATAS COMEMORATIVAS e HINOS CÍVICOS

DATAS COMEMORATIVAS e HINOS CÍVICOS e HINOS CÍVICOS Material de apoio e uso exclusivo dos professores que adotam os livros de História do Projeto Pitanguá. 1 a e 2 a séries Ensino Fundamental Professor Nossa preocupação, ao organizar este

Leia mais

Resgate de origens e processos de transformação; Estudo das experiências da humanidade ao longo do tempo;

Resgate de origens e processos de transformação; Estudo das experiências da humanidade ao longo do tempo; Conhecimento histórico Resgate de origens e processos de transformação; Estudo das experiências da humanidade ao longo do tempo; Compreensão dos acontecimentos do passado: sua importânciatemporal temporal

Leia mais

Disciplina: Língua Portuguesa Data da realização: 13/06/2016

Disciplina: Língua Portuguesa Data da realização: 13/06/2016 Ficha da semana 4º ano A e B. Instruções: 1. Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue à professora no dia seguinte. 2. As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DAN212 Dança de Salão I

Programa Analítico de Disciplina DAN212 Dança de Salão I 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Artes e Humanidades - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal I

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal I Maceió, 16 de julho de 2016. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal I Senhores pais ou responsáveis Estamos iniciando o terceiro bimestre letivo e gostaríamos de informar-lhes sobre os projetos que serão

Leia mais

1 O Problema 1.1. Contextualização do problema

1 O Problema 1.1. Contextualização do problema 1 O Problema 1.1. Contextualização do problema A dança de salão, entendida como o conjunto de danças praticadas a dois (Massena, 2006), executada em academias de dança, bailes ou reuniões, e que antigamente

Leia mais

História 2 o ano Unidade 8

História 2 o ano Unidade 8 História 2 o ano Unidade 8 Unidade 8 Nome: Data: 1. Por que as ruas têm nome? Marque com um X a resposta correta. ( ) porque a rua pertence a uma pessoa que escolhe o nome. ( ) porque é mais fácil localizá-la

Leia mais

3.1 A Comissão avaliadora será composta por seis servidores do corpo técnico administrativo do IFC Câmpus de Videira.

3.1 A Comissão avaliadora será composta por seis servidores do corpo técnico administrativo do IFC Câmpus de Videira. REGULAMENTO DAS APRESENTAÇÕES CULTURAIS CONCURSO DE QUADRILHAS V Festa Junina do 13/06/2015 1 DA PARTICIPAÇÃO 1.1 Podem participar do I Concurso de Quadrilha Junina, alunos e servidores do IFC Câmpus Videira,

Leia mais

As Actividades de Lazer e Recreação: A Dança Tradicional na Ocupação dos Tempos Livres nas Diferentes Idades. Batalha, Ana Paula - FMH / UTL

As Actividades de Lazer e Recreação: A Dança Tradicional na Ocupação dos Tempos Livres nas Diferentes Idades. Batalha, Ana Paula - FMH / UTL 8º Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa FMH/Portugal 13-16 Dez/ 2000 As Actividades de Lazer e Recreação: A Dança Tradicional na Ocupação dos Tempos Livres

Leia mais

Dia 13 a 17/02/2017. Campus dos Malês - São Francisco do Conde - BA. Dia 13/02/ Segunda-feira. Abertura Oficial

Dia 13 a 17/02/2017. Campus dos Malês - São Francisco do Conde - BA. Dia 13/02/ Segunda-feira. Abertura Oficial Dia 13 a 17/02/2017 - São Francisco do Conde - BA Dia 13/02/2017 - Segunda-feira 10h 30min Quadra Poliesportiva Abertura Oficial Fala da Direção, Coordenadores de Curso, Coordenação do Polo de Ensino a

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal II

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal II Maceió, 27 de abril de 2016. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal II Senhores pais ou responsáveis Já iniciamos o segundo bimestre letivo e gostaríamos de informar-lhes sobre os projetos que serão desenvolvidos

Leia mais

Plano de atividades 3ª Idade - Janeiro a Agosto de 2017

Plano de atividades 3ª Idade - Janeiro a Agosto de 2017 Plano de atividades 3ª Idade - Janeiro a Agosto de 2017 Atividades Descrição Periodicidade Local Objetivos Recursos Humanos Comemoração dos aniversários dos utentes Realização de um lanche convivio, com

Leia mais

INFÂNCIA. PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2015/2016

INFÂNCIA. PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2015/2016 INFÂNCIA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2015/2016 Plano aprovado em reunião de Direção de 24 de setembro de 2015 Plano elaborado e proposto pelo Corpo Docente em reunião de 14 de setembro de 2015

Leia mais

Apêndices. Luís Adriano Mendes Costa

Apêndices. Luís Adriano Mendes Costa Apêndices Luís Adriano Mendes Costa SciELO Books / SciELO Livros / SciELO Libros COSTA, LAM. Antonio Carlos Nóbrega em acordes e textos armoriais [online]. Campina Grande: EDUEPB, 2011. Apêndices. pp.

Leia mais

Publico alvo: alunos do 1º ao 9º ano E.E. Otávio Gonçalves Gomes

Publico alvo: alunos do 1º ao 9º ano E.E. Otávio Gonçalves Gomes Projeto Brasil misturado Duração: 01/11/12 a 30/11/12 Publico alvo: alunos do 1º ao 9º ano E.E. Otávio Gonçalves Gomes Culminância: Dia 30 de novembro Característica: Projeto interdisciplinar, envolvendo

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 COLÔNIA PLANO DE CURSO VIVER NO BRASIL *Identificar os agentes de ocupação das bandeiras *Conhecer e valorizar a história da capoeira *Analisar a exploração da Mata Atlântica *Compreender a administração

Leia mais

MOMENTO EM QUE SE DESCERRA O NOVO RETRATO DE SUA MAJESTADE: EMBAIXADOR ELLIS EMBAIXATRIZ TERESA TRUDY E COSETE.

MOMENTO EM QUE SE DESCERRA O NOVO RETRATO DE SUA MAJESTADE: EMBAIXADOR ELLIS EMBAIXATRIZ TERESA TRUDY E COSETE. CLUBE INTERNACIONAL DE BRASÍLIA CORREIO CIB Nº 18 1º DE MAIO DE 2015 CORREIO CIB INFORMAÇÃO ELETRÔNICA CRIAÇÃO E REDAÇÃO: COSETE RAMOS GEBRIM MENSAGEM AFETIVA DA PRESIDENTE SOMENTE UM GOSTINHO DO NOSSO

Leia mais

CANTIGAS DE RODA. Cláudio Antônio Dias E. M. Sebastiana Silveira Pinto - UDI /

CANTIGAS DE RODA. Cláudio Antônio Dias E. M. Sebastiana Silveira Pinto - UDI / CANTIGAS DE RODA Cláudio Antônio Dias E. M. Sebastiana Silveira Pinto - UDI / 3216-4786 - 3216-0646 Resumo O objetivo desse trabalho denominado de Cantigas de roda é desenvolver estratégias dentro do eixo

Leia mais

Filme: O Lobisomem e o Coronel

Filme: O Lobisomem e o Coronel Filme: O Lobisomem e o Coronel Gênero: Animação Diretor: Elvis K. Figueiredo, Ítalo Cajueiro Ano: 2002 Duração: 10 min Cor: Colorido Bitola: 35mm País: Brasil Disponível no Porta Curtas: www.portacurtas.com.br/curtanaescola/filme.asp?cod=1518

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DA CRECHE

PLANO DE ATIVIDADES DA CRECHE 01 Início do Ano Letivo Atividades de escolha livre. Atividades de exploração do espaço exterior. - Promover a integração / (re) adaptação das crianças; - Integração da criança no meio envolvente. Materiais

Leia mais

1 ESTRATÉGIAS DE CAMUFLAGEM PAULA TALMELLI

1 ESTRATÉGIAS DE CAMUFLAGEM PAULA TALMELLI 1 ESTRATÉGIAS DE CAMUFLAGEM PAULA TALMELLI Camuflar?! A palavra Camuflar é muito usada no meio militar, onde os soldados usam roupas camufladas, ou seja, roupas que os escondem no meio do ambiente de guerra,

Leia mais

Campus dos Malês - São Francisco do Conde - BA. Jogo Mirim: Núcleo Esportivo Baixa Fria x Iniciação Esportivo Baixa Fria

Campus dos Malês - São Francisco do Conde - BA. Jogo Mirim: Núcleo Esportivo Baixa Fria x Iniciação Esportivo Baixa Fria Dia 13 a 17/02/2017 - São Francisco do Conde - BA Dia 13/02/2017 - Segunda-feira 10h 00min às 10h30min Quadra Poliesportiva Jogo Mirim: Núcleo Esportivo Baixa Fria x Iniciação Esportivo Baixa Fria 10h

Leia mais

A Prefeitura Municipal de Gavião, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR.

A Prefeitura Municipal de Gavião, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. Edição Nº Nº 030/2012 00017 Sexta-Feira Quit-Feira 0825 de de Março Janeiro de de 2012 2013 A Prefeitura Municipal de Gavião, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. RELATÓRIO

Leia mais

TRUPE BENKADY. Vivência Intensiva

TRUPE BENKADY. Vivência Intensiva TRUPE BENKADY Vivência Intensiva TRUPE BENKADY Coletivo paulistano que apresenta um repertório de ritmos e movimentos dos balés tradicionais do Oeste Africano, tendo como base a música e a dança Mandingue.

Leia mais

1.1. Creche Objectivos gerais

1.1. Creche Objectivos gerais 1.1. Creche 1.1.1. Objectivos gerais Os processos de ensino e aprendizagem deverão contribuir nesta primeira etapa da Educação para a Infância, para que as crianças alcancem os seguintes objectivos: -

Leia mais

CENTRO DE CONVIVÊNCIA ESCOLA BAIRRO ARNALDO ISIDORO DE LIMA RUA D Nº 520 VILA C FOZ DO IGUAÇU PR TEL/CEL

CENTRO DE CONVIVÊNCIA ESCOLA BAIRRO ARNALDO ISIDORO DE LIMA RUA D Nº 520 VILA C FOZ DO IGUAÇU PR TEL/CEL CENTRO DE CONVIVÊNCIA ESCOLA BAIRRO ARNALDO ISIDORO DE LIMA RUA D Nº 520 VILA C FOZ DO IGUAÇU PR TEL/CEL 3901 3401 8401 6115 08 de Maio 2015 CRONOGRAMA COMEMORAÇÃO DIA DAS MÃES Solenidade de abertura:

Leia mais

3 Unidade 1 Construção da Identidade Social

3 Unidade 1 Construção da Identidade Social CONTEÚDO DA UNIDADE 3 Unidade 1 Construção da Identidade Social 3 Pré-História 5 A importância da História 6 A contagem do tempo 7 Identificando os séculos 8 Fontes históricas 10 Os primeiros habitantes

Leia mais

Plano anual. Actividades

Plano anual. Actividades Plano anual De Actividades Tema: Família Ano Lectivo: 2006/2007 Valência: Lar e Centro de Dia Objectivos Promover o desenvolvimento Pessoal e Social; Promover o elo de ligação entre idosos, família e instituição;

Leia mais

Projecto CBTIC Equipa n.º 10: Bruno Santos e Ricardo Pinto

Projecto CBTIC Equipa n.º 10: Bruno Santos e Ricardo Pinto Escola EB1 de A-dos-Francos Alunos de 3.º e 4.º Ano Projecto CBTIC Equipa n.º 10: Bruno Santos e Ricardo Pinto Índice Introdução....3 O Rancho, as Marchas e a Banda Filarmónica...4 Rancho Folclórico Danças

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo de Caia e Nave Longa

Escola Básica do 1º Ciclo de Caia e Nave Longa Escola Básica do 1º Ciclo de Caia e Nave Longa Regresso à Escola "Baptismo" Facilitar a integração dos alunos e encarregados 01-09-2004 Alunos dos alunos do 1.ºano de educação na comunidade escolar Quadros

Leia mais

SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO

SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO UNIDADE 1 EU E OS OUTROS *Perceber a diversidade étnica física e de gênero no seu meio de convivência. *Reconhecer mudanças e permanências nas vivências humanas, presentes na sua realidade e em outras

Leia mais

Mestres dos Saberes e Fazeres da Cultura Tradicional Popular do Estado da Bahia Lei nº 8.899/2003 Decreto nº 9.101/2004

Mestres dos Saberes e Fazeres da Cultura Tradicional Popular do Estado da Bahia Lei nº 8.899/2003 Decreto nº 9.101/2004 Mestres dos Saberes e Fazeres da Cultura Tradicional Popular do Estado da Bahia Lei nº 8.899/2003 Decreto nº 9.101/2004 AndréLuiz Araujo IPAC -GEPEL -UPI Salvador, novembro de 2008 Seguimentos da cultura

Leia mais

PROCURA-SE UMA VIÚVA. Por CARLA GIFFONI

PROCURA-SE UMA VIÚVA. Por CARLA GIFFONI PROCURA-SE UMA VIÚVA Por CARLA GIFFONI BN 010.350 carlagiffoni@yahoo.com.br http://recantodasletras.com.br /autores/carlagiffoni 1- CORREDOR DA CAPELA MORTUÁRIA - INT - DIA Matilde e Donana, duas senhoras

Leia mais

Astronomia Afro Indígena

Astronomia Afro Indígena Licenciatura em Ciências da Natureza Disciplina: Astronomia Professor: Sérgio Mittmann dos Santos Astronomia Afro Indígena Alunas: Letícia Zielinski Pricila Munhóz Sheyla Souza Victoria Einsfeld Resumo

Leia mais

COMUNICADO IMPORTANTE TURMA: 2º ANO A PROFESSORA ROSÂNGELA. HORÁRIO DA DANÇA: 13h

COMUNICADO IMPORTANTE TURMA: 2º ANO A PROFESSORA ROSÂNGELA. HORÁRIO DA DANÇA: 13h TURMA: 2º ANO A PROFESSORA ROSÂNGELA HORÁRIO DA DANÇA: 13h Camiseta amarela lisa, saia jeans, meia calça branca, bota, cabelo com duas tranças com fita verde e amarela e chapéu de palha Camiseta verde

Leia mais

CADEIA PRODUTIVA DA MODA DE MINAS GERAIS

CADEIA PRODUTIVA DA MODA DE MINAS GERAIS CADEIA PRODUTIVA DA MODA DE MINAS GERAIS 10.094 3,3 bilhões 127.530 15,2% estabelecimentos de atividades de moda em Minas. valor adicionado da moda no estado. pessoas empregadas no setor. do emprego da

Leia mais

JANEIRO DE RECESSO 5 RECESSO 8 RECESSO 6 RECESSO 4 RECESSO 7 RECESSO 13 RECESSO 11 RECESSO 12 RECESSO 14 RECESSO 15 RECESSO.

JANEIRO DE RECESSO 5 RECESSO 8 RECESSO 6 RECESSO 4 RECESSO 7 RECESSO 13 RECESSO 11 RECESSO 12 RECESSO 14 RECESSO 15 RECESSO. CALENDÁRIO DO FUNDAMENTAL I 2016 OBSERVAÇÃO: SUJEITO A ALTERAÇÕES NO DECORRER DO ANO JANEIRO DE 2016 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 Planejamento 19 Planejamento 20 Planejamento 21 Planejamento

Leia mais

Construção de competências matemáticas através do lúdico: Sistema de numeração

Construção de competências matemáticas através do lúdico: Sistema de numeração Construção de competências matemáticas através do lúdico: Sistema de numeração Letícia Fonseca Reis F. Castro Matemática e Livro das Formas 07/06/2011 Conteúdos Matemática Educação Infantil Espaço e forma

Leia mais

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO. Planejamento e Gestão do Plano de Ação Municipal Selo UNICEF Município Aprovado

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO. Planejamento e Gestão do Plano de Ação Municipal Selo UNICEF Município Aprovado CURSO DE APERFEIÇOAMENTO Planejamento e Gestão do Plano de Ação Municipal Selo UNICEF Município Aprovado São Luís MA 2016 Módulo 1- Garantia dos Direitos das Crianças e Adolescentes e o Selo UNICEF Leitura

Leia mais

7. CULTURA E ARTE NO BRASIL REPUBLICANO

7. CULTURA E ARTE NO BRASIL REPUBLICANO 7. CULTURA E ARTE NO BRASIL REPUBLICANO 1. No Brasil, na década de 1970, alguns movimentos que ocorreram nas artes plásticas, na música, no cinema e no teatro propiciaram mudanças na forma de expressão

Leia mais

O COMPORTAMENTO PEDAGÓGICO DAS ESCOLAS LOCALIZADAS EM COMUNIDADES QUE PRESERVAM MANIFESTAÇÕES DE CULTURA POPULAR NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

O COMPORTAMENTO PEDAGÓGICO DAS ESCOLAS LOCALIZADAS EM COMUNIDADES QUE PRESERVAM MANIFESTAÇÕES DE CULTURA POPULAR NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO O COMPORTAMENTO PEDAGÓGICO DAS ESCOLAS LOCALIZADAS EM COMUNIDADES QUE PRESERVAM MANIFESTAÇÕES DE CULTURA POPULAR NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Mariana Bittencourt Paradela Graduanda em Educação Física; Universidade

Leia mais

Influencias Africanas na Moda: vestimenta e estamparia. Ministrantes: Carminha, Flaviane e Sônia

Influencias Africanas na Moda: vestimenta e estamparia. Ministrantes: Carminha, Flaviane e Sônia Influencias Africanas na Moda: vestimenta e estamparia. Ministrantes: Carminha, Flaviane e Sônia Um continente de contrastes O continente africano sempre exerceu certo fascínio no mundo; seja pela sua

Leia mais

Time Code Vídeo Áudio Tema Comentário imperdível

Time Code Vídeo Áudio Tema Comentário imperdível Número da fita: 01.0187 Lugar: Museu Chácara do Céu Rio de Janeiro Mídia: Mini DV Time Code Vídeo Áudio Tema Comentário imperdível in out 00:00:01 00:00:48 Historiadore s e estudiosos sentados conversam.

Leia mais

AS DESNUTRIDAS: As peripécies para trabalhar com famílias em grupo. O Programa Hora de Comer:

AS DESNUTRIDAS: As peripécies para trabalhar com famílias em grupo. O Programa Hora de Comer: FAMÍLIAS COM CRIANÇAS AS DESNUTRIDAS: As peripécies para trabalhar com famílias em grupo. CENTRO DE SAÚDE SACO GRANDE NEPEPS - UFSC BOEHS, Astrid Eggert* STEFANES, Camila** DAMIANI, Cinthya Búrigo*** AQUINO,

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DETALHADO

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DETALHADO 1/6 MESES ACTIVIDADES RECURSOS HUMANOS RESPOSTAS SOCIAIS JANEIRO - Festa dos Reis; - Participação na festa dos Reis organizada pelas diferentes Instituições; - Participação na Festa Dourada; - Jogos de

Leia mais

ENTIDADES CULTURAIS HABILITADAS

ENTIDADES CULTURAIS HABILITADAS ENTIDADES CULTURAIS HABILITADAS INICIATIVA CULTURAL ZAMBUMBA E TAMBOR NO CAPRICHO FÊNIX NO PONTO OCUPAÇÃO! PROJETO LER PRA VALER BOI LEONARDO SESSENTA ANO DE ZABUMBA PONTO DE CULTURA BUMBA MEU BOI ROSA

Leia mais

EXPERIÊNCIA PREMIADA EDUCAÇÃO INFANTIL

EXPERIÊNCIA PREMIADA EDUCAÇÃO INFANTIL EXPERIÊNCIA PREMIADA EDUCAÇÃO INFANTIL Terceiro lugar MARACAZINHO: VALORIZANDO A CULTURA AFRODESCENDENTE Professora: Cecília de Morais Dantas CONTEXTO A experiência Projeto Maracazinho: valorizando a cultura

Leia mais

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 Tema: Comunicação não verbal Mês: Outubro Habilidade Sócio emocional: Este projeto visa promover atividades e dinâmicas que estimule os alunos a comunicação não violenta através

Leia mais

Ensinar e aprender História na sala de aula

Ensinar e aprender História na sala de aula Ensinar e aprender História na sala de aula Séries iniciais do Ensino Fundamental Ensino de História nas séries iniciais do Ensino Fundamental Por que estudar História? Quais ideias os educandos possuem

Leia mais

EDUCANDÁRIO IMACULADA CONCEIÇÃO Educação, Serviço à vida! Programação Semanal Plantão de Férias EFAI - Período Diversificado 2015

EDUCANDÁRIO IMACULADA CONCEIÇÃO Educação, Serviço à vida! Programação Semanal Plantão de Férias EFAI - Período Diversificado 2015 EDUCANDÁRIO IMACULADA CONCEIÇÃO Educação, Serviço à vida! Programação Semanal Plantão de Férias EFAI - Período Diversificado 2015 Período e vespertino (Atividades livres e direcionadas...) Atividade direcionada:

Leia mais

Conteúdos Programáticos

Conteúdos Programáticos E M E F Pedro Bordignon Neto Ano Letivo 2006 Conteúdos Programáticos Profª Coordenadora: Maira Aparecida da Silva 1º Semestre 1º Bimestre 13/02/2006 Segunda-feira: INÍCIO DAS AULAS Preparar a recepção

Leia mais

02/02/2016 Terça-feira. 2º ano do Ensino Fundamental I

02/02/2016 Terça-feira. 2º ano do Ensino Fundamental I 2º Ano - C 2º Ano - B 2º Ano - A RECREAÇÃO 02/02/2016 Terça-feira 2º ano do Ensino Fundamental I 2º ano A - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica Atividade dirigida na quadra; Brincadeiras

Leia mais

CALENDÁRIO ESCOLAR 2º AO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Atividades Programação

CALENDÁRIO ESCOLAR 2º AO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Atividades Programação CALENDÁRIO ESCOLAR 2º AO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2017 Atividades Programação Apresentamos o calendário das atividades mais importantes a serem realizadas durante o ano letivo de 2017 e informamos

Leia mais

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 2º ANO INSTITUTO SOCIAL OBJETIVO Ensino: Infantil Fundamental - Médio

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 2º ANO INSTITUTO SOCIAL OBJETIVO Ensino: Infantil Fundamental - Médio CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL - 2º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL 2015 PROFESSORA FABIANE DISCIPLINA(S): PORTUGUÊS / GEOGRAFIA / CIÊNCIAS / HISTÓRIA / MATEMÁTICA / RELIGIÃO PORTUGUÊS Bilhete. Bilhete ou carta?

Leia mais

Universidade Técnica de Lisboa Faculdade de Medicina Veterinária CÓDIGO DO TRAJE ACADÉMICO

Universidade Técnica de Lisboa Faculdade de Medicina Veterinária CÓDIGO DO TRAJE ACADÉMICO Universidade Técnica de Lisboa Faculdade de Medicina Veterinária CÓDIGO DO TRAJE ACADÉMICO Grupo Organizado para as Tradições Académicas G.O.T.A. O G.O.T.A. tem como objectivo preservar todas as tradições

Leia mais

Quais são os dias da semana em que você, normalmente, não vai à escola?

Quais são os dias da semana em que você, normalmente, não vai à escola? 1) Observe o calendário abaixo e depois responda às questões. Setembro 2012 DOMINGO SEGUNDA- FEIRA TERÇA- FEIRA Pinte no calendário o dia de hoje. Em que dia da semana cairá o último dia 26? Quantos domingos

Leia mais

Estudo do Perfil do Turista de Eventos Ano 2016

Estudo do Perfil do Turista de Eventos Ano 2016 Estudo do Perfil do Turista de Eventos Ano 2016 Agradecimento O Estudo do Perfil do Turista de Eventos de Gramado e Canela é resultado da parceria de diversas instituições públicas que entenderam a importância

Leia mais

DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO

DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO LAPINHA MUSEU VIVO 2012 reverência aos saberes ancestrais O Encontro de Cultura de Raiz Lapinha Museu Vivo em sua nona edição reverenciará os guardiões das tradições ancestrais afrobrasileiras. Entre 4

Leia mais

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta.

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. 1 Prezado(a) candidato(a): Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. Nº de Inscrição Nome QUESTÃO 01

Leia mais

OS CARETOS DE PODENCE

OS CARETOS DE PODENCE OS CARETOS DE PODENCE Nesta época em que celebramos o adeus á carne ou a carne nada vale festa pagã, com origem na antiga Grécia, pelos anos de 600 a 500 a.c.. segundo algumas opiniões, outras que são

Leia mais

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE AVALIAÇÃO DE ATIVIDADES DE FIXAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VIII PROVA TAREFA 4 Unidade Portugal Série: 5 o ano (4 a série) Período: TARDE Data: 21/9/2011 PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE Nome: Turma: Valor da prova:

Leia mais

COLÉGIO SANTA TERESINHA

COLÉGIO SANTA TERESINHA EU CONFIO COLÉGIO SANTA TERESINHA R. Madre Beatriz 135 centro Tel. (33) 3341-1244 www.colegiosantateresinha.com.br PLANEJAMENTO DE AÇÕES DA 3ª ETAPA 2016 PROFESSOR (A): Juliana Silva Cordeiro TURMA: 4º

Leia mais

Dançando pelo Brasil E.E. Alcides da Costa Vidigal Jacqueline Cristina Jesus Martins

Dançando pelo Brasil E.E. Alcides da Costa Vidigal Jacqueline Cristina Jesus Martins Dançando pelo Brasil E.E. Alcides da Costa Vidigal Jacqueline Cristina Jesus Martins No ano de 2013, nós professores da Escola Estadual Alcides da Costa Vidigal elegemos como tema norteador das nossas

Leia mais

As festas religiosas e os folguedos folclóricos com potenciais turísticos percebidos pelos jovens alunos da baixada campista

As festas religiosas e os folguedos folclóricos com potenciais turísticos percebidos pelos jovens alunos da baixada campista As festas religiosas e os folguedos folclóricos com potenciais turísticos percebidos pelos jovens alunos da baixada campista Gisele da S. Gonçalves Roberta de S. Ramalho Palavras-chave: Percepção ambiental.

Leia mais

Plano anual de atividades 2016 / 2017

Plano anual de atividades 2016 / 2017 Atividades Valências dinamizadoras Calendarização Objetivos Recursos humanos Recursos materiais Adaptação das crianças happy day setembro 2016 Fomentar o desenvolvimento da autonomia quer em relação ao

Leia mais

o que os portugueses comiam no natal há 100 anos in

o que os portugueses comiam no natal há 100 anos in o que os portugueses comiam no natal há 100 anos in http://www.casalmisterio.com/o-que-os-portugueses-comiam-no-natal-ha-630571 17.12.16 Está a ver aquela posta alta e deliciosa de bacalhau cozido com

Leia mais

Colégio Equipe - Janeiro 2017

Colégio Equipe - Janeiro 2017 Feriado : Confraternização Universal Colégio Equipe - Janeiro 2017 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 Feriado: Aniversário de São Paulo 29 30 31 Início das aulas

Leia mais

Linha Teen. O resultado é um mix para valorizar cada estilo. A Serenas Dreams te convida a experimentar e se surpreender!

Linha Teen. O resultado é um mix para valorizar cada estilo. A Serenas Dreams te convida a experimentar e se surpreender! Verão 2015 Linha Teen Serenas Dreams traz neste verão peças ousadas, delicadas e com um tom de brincadeira. Estampa de gatos, guarda-chuvas e peg clothing misturadas com cores vivas e modelagem confortável

Leia mais

GRUPO DE COCO SEMENTE CRIOULA

GRUPO DE COCO SEMENTE CRIOULA GRUPO DE COCO SEMENTE CRIOULA CONTATOS Patrícia Alves 9 8206 5075 Camila Freitas 9 8773 2277 Email: cocosementecrioula@gmail.com Facebook: /SementeCrioula O COCO O Coco é uma manifestação popular presente,

Leia mais