Era um oligarca Permaneceu 15 anos no poder Golpe de 30 Queda de Washington Luís Figura pública mais importante da história brasileira (sec.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Era um oligarca Permaneceu 15 anos no poder Golpe de 30 Queda de Washington Luís Figura pública mais importante da história brasileira (sec."

Transcrição

1 Era Vargas ( ) Getúlio Vargas Era um oligarca Permaneceu 15 anos no poder Golpe de 30 Queda de Washington Luís Figura pública mais importante da história brasileira (sec. XX) O governo de Vargas se dividiu em três partes: Governo Provisório ( ) Governo Constitucional ( ) Estado Novo ( ) Industrialização Populismo -Era contra o federalismo -Intervenções nos estados (comando das regiões) -Tendência centralizadora Governo Provisório -Desmoraliza a autonomia estadual -Vargas que escolhia quem dominaria os estados -Tenentes apoiavam Vargas -O trabalhismo torna-se uma base para o populismo - O país passava por uma crise econômica -Vargas queria mudar isso -Radicalização da politica de valorização do café -Pauta (conjunto de assuntos) sobre as exportações -Aumento de investimentos na industrialização Criação do CNC (Conselho Nacional do Café) Maior controle sobre os preços e estoque -Queima do excedente -Proibição de novas plantações de café -Desconto de 50% nas dividas dos cafeicultores -Ampliou as exportações brasileiras

2 Revolução Constitucionalista de 1932 São Paulo Defesa as autonomia federativa Contra Vargas Motivo do confronto, pois o presidente Vargas nunca colocava um tenente paulista para comandar, e isso se tornou uma revolta em São Paulo Interferência do poder politico Contra forma-se a Frente Única Paulista (FUP) Eles exigiam uma nova Constituição Resultado: Morte de quatro estudantes paulistas (MMDC) Martins Miragaia Dráuzio Camargo Consolidou a Revolução Conflito desses estudantes com a policia Paulistas X Governo Central A revolução ocorreu dia 09 de Julho de 1932, na qual até hoje o dia é feriado. Derrota dos paulistas 1934-Promulgada a Constituição Fim do governo provisório Vargas eleito não pelo voto popular º Golpe de Vargas (governo autoritário) Governo Constitucional A Constituição apresentava: 3 poderes (legislativo, executivo e judiciário) 4 anos de mandato (sem reeleição) Federalismo Eleições diretas, voto secreto (mulheres e homens podiam participar) e maiores de 18 Extinção da vaga de Vice Presidente Ensino primário obrigatório e gratuito Restrições (limitar) a entrada de emigrantes europeus Leis Trabalhistas: 8 horas de trabalho

3 Descanso semanal Férias remuneradas Criação de salários Industrialização tardia Posições ideológicas Democracia X Autoritarismo Criação da Aliança Nacional Libertadora (ALN) e a Ação Integralista Brasileira (AIB) ALN: Comunistas e de esquerda Liderada por Luís Carlos Prestes, liderou também a coluna Prestes de 1924 Queria a nacionalização de empresas, liquidação de latifúndios. Apoio com a esquerda europeia (URSS) AIB: Integralistas De direita Implicação do fascismo italiano-conhecidos como Fascismo Caboclo Nacionalistas Anticomunistas e antiliberais Liderada por Plinio Salgado Lema A Pátria, Deus e Família Aliados da Igreja Católica Denominados camisas verdes! Ou anauê (expressão indígena usada pela AIB como símbolo de seu nacionalismo) Utilizado para divulgação Intentona Comunista Levante para derrotar Vargas (ALN) Interesses revolucionários Articulados nos quarteis de Natal, Recife e Rio de Janeiro Reprimidos pelo governo Vargas radicalizou seu discurso contra os comunistas Estado de sitio Ameaça Comunista Ditadura de Vargas

4 O Golpe do Estado Novo Politica corporativa Luta contra os comunistas Apoio à elite burguesa e conservadora Traços autoritários e ditatoriais O Golpe o transformou em um ditador Plano Cohen- Suposto golpe comunista, que garante a Vargas a sua permanência no poder. Tudo planejado por um golpe. Golpe de 1937 (o próprio Vargas criou o golpe) Estado Novo Período Autoritário (37) Vargas se aproximava do fascismo, mesmo não sendo fascista (ideologia autoritária) Centralização Constituição de 37- escrita por Francisco Campos ministro da justiça de Vargas, que instituía ao presidente que: O presidente tem completo controle sobre os estados Legislativo é diminuído em seus poderes Criação de um Conselho Nacional Vetado o direito de greve A Constituição de 37 ficou conhecida como a Polaca Vargas se transformou em um líder Representava o povo 1938-Vargas rompe com a AIB, proibindo-a de atuar Transforma-se no pai dos pobres Paternalismo (uma das maiores marcas do populismo) Personalizou o poder Desenvolvimento industrial Peleguismo (controle dos sindicatos ou liderança) DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda) Censura Rádio era o maior veiculo de informações da época Criação da DASP (Departamento Administrativo do Serviço Público)- reforma administrativa Ditadura Varguista CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) Profissionalização da burocracia Politica Externa Influencia Norte americana

5 Inicia a 2º Grande Guerra Aproximação das praticas fascistas Com a entrada dos EUA na guerra, o pendulo da politica externa brasileira se definiu pelos aliados, o que precipitou o rompimento de relações diplomáticas entre o Brasil e os países do Eixo. União com os EUA trouxe investimentos industriais Atuação na CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) em Volta Redonda Participação do Brasil na Guerra FEB (Força Expedicionária Brasileira) e da FAB (Força Aérea Brasileira)-vitórias na Itália Brasil cedeu território para a base militar dos EUA em Natal e Rio de Janeiro. A Queda de Vargas Contradição entre Autoritários X democracias ocidentais (EUA) Protestos em 1943 Redemocratização Organização dos partidos políticos no país Movimento Queremista (Queremos Vargas)-mesmo assim não permitem a sua reeleição Getúlio renuncia antes de ser deposto Candidato ao senado-ganha sem eu estado natal (Rio Grande do Sul) Populismo Progressista (fortalecimento da burguesia) Ao mesmo tempo protegia os trabalhadores Ambiguidade Paternismo Negação do Liberalismo O Brasil passa de agricultor e rural para industrial e urbano Fundação das: CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) CVRD (Companhia Vale do Rio Doce) FNM (Fábrica Nacional de Motores) CHESF (Companhia Hidrelétrica do São Francisco)

Crise econômica provocada pela quebra da bolsa de valores de Nova York 1929, O rompimento da república café-com-leite, com o apoio

Crise econômica provocada pela quebra da bolsa de valores de Nova York 1929, O rompimento da república café-com-leite, com o apoio A Era do populismo Professor: Márcio Gurgel Os antecedentes da revolução de 1930 o Crise econômica provocada pela quebra da bolsa de valores de Nova York 1929, o O rompimento da república café-com-leite,

Leia mais

A ERA VARGAS (1930/1945)

A ERA VARGAS (1930/1945) PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DE VARGAS(1930-1945) 1945) Nacionalista. Favor das empresas nacionais. Política econômica Intervencionista. Ditador de características fascista. Populista. Centralizador. PRINCIPAIS

Leia mais

Era Vargas. Do Governo Provisório ao Estado Novo

Era Vargas. Do Governo Provisório ao Estado Novo Era Vargas Do Governo Provisório ao Estado Novo Períodos Governo provisório (1930-1934) Tomada de poder contra as oligarquias tradicionais Governo Constitucional (1934-1937) Período legalista entre dois

Leia mais

Revolta do Forte de Copacabana O primeiro 5 de julho; Revolta de São Paulo O segundo de 5 de julho; A Coluna Prestes tinha como objetivo espalhar o

Revolta do Forte de Copacabana O primeiro 5 de julho; Revolta de São Paulo O segundo de 5 de julho; A Coluna Prestes tinha como objetivo espalhar o Revolta do Forte de Copacabana O primeiro 5 de julho; Revolta de São Paulo O segundo de 5 de julho; A Coluna Prestes tinha como objetivo espalhar o tenentismo pelo país; Defediam: Voto secreto; Autonomia

Leia mais

A Era Vargas M Ó D U L O 1 0. Prof. Alan Carlos Ghedini

A Era Vargas M Ó D U L O 1 0. Prof. Alan Carlos Ghedini A Era Vargas M Ó D U L O 1 0 Prof. Alan Carlos Ghedini www.inventandohistoria.com Governo Provisório (1930 1934) Formado de um agrupamento de membros da Aliança Liberal, tenentes e outros. É a fase de

Leia mais

ERA VARGAS ( )

ERA VARGAS ( ) AVISO: O conteúdo e o contexto das aulas referem-se aos pensamentos emitidos pelos próprios autores que foram interpretados por estudiosos dos temas RUBENS expostos. RAMIRO Todo JUNIOR exemplo (TODOS citado

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DE 1934

CONSTITUIÇÃO DE 1934 Vargas INTRODUÇÃO Neste livro você vai ler sobre a Era Vargas. Solicitado pela professora Valéria, da disciplina de História, escrito por Manuela Rottava, com caráter avaliativo. Tem destaque nas seguintes

Leia mais

historiaula.wordpress.com A Era Vargas Professor Ulisses Mauro Lima

historiaula.wordpress.com A Era Vargas Professor Ulisses Mauro Lima historiaula.wordpress.com A Era Vargas Professor Ulisses Mauro Lima 1930-1945 A era Vargas: 1930-1945 1930 2 de janeiro: publicação da plataforma da Aliança Liberal. 1 de março: vitória de Julio Preste

Leia mais

Era Vargas: Era Vargas: Estado Novo ( )

Era Vargas: Era Vargas: Estado Novo ( ) Aula 22 Era Vargas: Era Vargas: Estado Novo (1937-1945) Setor 1605 1 Estado Novo (1937 1945) 2 O Fim da Era Vargas Prof. Edu Aula 22 - Era Vargas: Estado Novo (1937-1945) ealvespr@gmail.com 1.1 Era Vargas

Leia mais

Better Call Getúlio Vargas

Better Call Getúlio Vargas Better Call Getúlio Vargas Getúlio Vargas é formado em advocacia e escolheu essa profissão para agradar seu irmão Viriato Vargas. Viriato Vargas tinha 2 sonhos, se tornar advogado e ser um homem com muito

Leia mais

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 13 A ERA VARGAS: O GOVERNO CONSTITUCIONAL ( )

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 13 A ERA VARGAS: O GOVERNO CONSTITUCIONAL ( ) HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 13 A ERA VARGAS: O GOVERNO CONSTITUCIONAL (1934-37) Manifesto da AIB Plínio Salgado Fixação 1) (UFV) Durante a Era Vargas, notadamente no período de 1934-37, houve uma polarização

Leia mais

A crise do café e a revolução de 1930

A crise do café e a revolução de 1930 A crise do café e a revolução de 1930 Em 1929 ocorreu a quebra da bolsa de New York. Grande crise econômica nos EUA que atingiu o Brasil ( EUA maior comprador do café brasileiro). Colapso na economia cafeeira:

Leia mais

ola eu sou o Everton e vou falar do poder de vargas introdução vargas como era : o seu poder, como ele tomou posse e as tres fases politicas

ola eu sou o Everton e vou falar do poder de vargas introdução vargas como era : o seu poder, como ele tomou posse e as tres fases politicas ola eu sou o Everton e vou falar do poder de vargas introdução vargas como era : o seu poder, como ele tomou posse e as tres fases politicas O PODER DE VARGAS ERA : PROVISÓRIO, CONSTITUCIONAL e ESTADO

Leia mais

Revolução de 1930. Fatores: Crise de 1929. Movimento Tenentista. Resultado das eleições.

Revolução de 1930. Fatores: Crise de 1929. Movimento Tenentista. Resultado das eleições. Revolução de 1930 Revolução de 1930 Fatores: Crise de 1929. Movimento Tenentista. Resultado das eleições. Revolução de 1930 Responsável pelo fim da chamada Política café com leite Política café com leite

Leia mais

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) ERA VARGAS ( )

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) ERA VARGAS ( ) PROF. JOÃO GABRIEL DA FONSECA joaogabriel_fonseca@hotmail.com ALIANÇA LIBERAL: MG, RS, PB Getúlio Vargas e João Pessoa (morto em 26/07/1930) PARTIDO REPUBLICANO PAULISTA: Júlio Prestes (SP) CONTEXTO EXTERNO:

Leia mais

HISTÓRIA. Professor Orlando Stiebler. MÓDULO 13 A Era Vargas I

HISTÓRIA. Professor Orlando Stiebler. MÓDULO 13 A Era Vargas I HISTÓRIA Professor Orlando Stiebler MÓDULO 13 A Era Vargas I Ante à insistência do presidente Washington Luís em lançar como candidato o seu apadrinhado político, (o paulista Júlio Prestes) em detrimento

Leia mais

Era Vargas: Governo Provisório e Governo Constitucional

Era Vargas: Governo Provisório e Governo Constitucional Aula 21 Era Vargas: Governo Provisório e Governo Constitucional Setor 1605 1 Governo Provisório ealvespr@gmail.com 1.1 Era Vargas (1930 1945): O Governo Provisório (1930 1934) O Governo Provisório da República

Leia mais

Era Vargas. Revolução de 1930 Revolução de 1932 Constituição de Intentona comunista (1935) Plano Cohen (1937) Estado Novo ( )

Era Vargas. Revolução de 1930 Revolução de 1932 Constituição de Intentona comunista (1935) Plano Cohen (1937) Estado Novo ( ) Revolução de 1930 Revolução de 1932 Constituição de 1934 Era Vargas Intentona comunista (1935) Plano Cohen (1937) Estado Novo (1937-1945) Governo Provisório Governo Constitucional Estado Novo Revolução

Leia mais

SEGUNDA REPÚBLICA A REVOLUÇÃO TRAÍDA GETÚLIO ASSUME E FICA A República Armada ( ) (Recapitulação)

SEGUNDA REPÚBLICA A REVOLUÇÃO TRAÍDA GETÚLIO ASSUME E FICA A República Armada ( ) (Recapitulação) Paulo Victorino 1930-1945 - SEGUNDA REPÚBLICA A REVOLUÇÃO TRAÍDA GETÚLIO ASSUME E FICA 005 - A República Armada (1889-1930) (Recapitulação) A Proclamação da Independência (1822) - A Proclamação da República

Leia mais

BANCO DE ATIVIDADES Presente História 5 ano - 4 bimestre Avaliação

BANCO DE ATIVIDADES Presente História 5 ano - 4 bimestre Avaliação História 5 ano - 4 bimestre Unidade 4 1. Escreva um pequeno texto sobre o governo Getúlio Vargas. Não esqueça de incluir dois argumentos favoráveis e dois desfavoráveis. Dê um título para o texto. 2. Leia

Leia mais

ERA VARGAS ( )

ERA VARGAS ( ) Antecedentes: ERA VARGAS (1930-1945) - República Oligárquica Crise política no Brasil - alternância entre São Paulo (maior economia) e Minas Gerais (maior colégio eleitoral) - (República do café com Leite)

Leia mais

ERA VARGAS ( ) Livro 6 / Módulos 22 e 23 (Extensivo Mega/Matutino)

ERA VARGAS ( ) Livro 6 / Módulos 22 e 23 (Extensivo Mega/Matutino) ERA VARGAS (1930-1945) Livro 6 / Módulos 22 e 23 (Extensivo Mega/Matutino) Prof. Davidson Abdulah GOVERNO PROVISÓRIO (1930 1934) GOVERNO PROVISÓRIO (1930-1934) MEDIDAS POLÍTICAS Supressão da Constituição

Leia mais

ERA VARGAS ( ) Aulas 21, 22 e 23

ERA VARGAS ( ) Aulas 21, 22 e 23 ERA VARGAS (1930 1945) Aulas 21, 22 e 23 GOVERNO PROVISÓRIO GOVERNO CONSTITUCIONAL ERA VARGAS (1930 1945) Aula 21 1930 1934 GOVERNO PROVISÓRIO Lei Orgânica: A Constituição de 1891 seria mantida até uma

Leia mais

Apostila de História 01 Era Vargas ( )

Apostila de História 01 Era Vargas ( ) Apostila de História 01 Era Vargas (1930-1945) 1.0 Cronograma 2.0 Governo Provisório (1930-1934) Crise do Estado oligárquico: Aglutinação de várias forças sociais Oligarquia dissidente, classe média, burguesia

Leia mais

A República do Café - II. Prof. Thiago História C Aula 10

A República do Café - II. Prof. Thiago História C Aula 10 A República do Café - II Prof. Thiago História C Aula 10 Hermes da Fonseca (1910-1914) Política Salvacionista Enfrenta a Revolta da Chibata Criou a faixa presidencial; Único presidente a casar durante

Leia mais

HISTÓRIA. Professor Orlando Stiebler. MÓDULO 14 A Era Vargas III - O ESTADO NOVO

HISTÓRIA. Professor Orlando Stiebler. MÓDULO 14 A Era Vargas III - O ESTADO NOVO HISTÓRIA Professor Orlando Stiebler MÓDULO 14 A Era Vargas III - O ESTADO NOVO O foi um período autoritário da nossa história, que durou de. Foi instaurado por um golpe de Estado que garantiu a continuidade

Leia mais

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) ERA VARGAS ( ) Prof. David Nogueira

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) ERA VARGAS ( ) Prof. David Nogueira O sistema oligárquico foi a base política da Primeira República (1889-1930). O poder era controlado por uma aliança entre as oligarquias paulista e mineira, que se expressava no revezamento de representantes

Leia mais

Era Vargas Prof. Lincoln Marques

Era Vargas Prof. Lincoln Marques Era Vargas 1930-1945 Prof. Lincoln Marques A dissidência oligárquica e a Aliança Liberal Aliança Liberal: Washington Luís rompe com esquema café-com-leite e lança candidato paulista (Júlio Prestes). Oligarquia

Leia mais

Capítulo 05 [Textos dos slides de História] [Escolha a data] Prof. Rodrigo Sensei 2016

Capítulo 05 [Textos dos slides de História] [Escolha a data] Prof. Rodrigo Sensei 2016 Capítulo 05 [Textos dos slides de História] [Escolha a data] Prof. Rodrigo Sensei 2016 0S 15 ANOS DE GETÚLIO VARGAS NO GOVERNO 1. As Fases do Governo Getúlio Vargas chegou à presidência em outubro de 1930,

Leia mais

A República Oligárquica ( ): O Declínio das Oligarquias ( ) A Era Vargas ( ): O Processo de Industrialização

A República Oligárquica ( ): O Declínio das Oligarquias ( ) A Era Vargas ( ): O Processo de Industrialização Aula 39 e 40 A República Oligárquica (1889-1930): A Era Vargas (1930-1945): O Processo de Industrialização Setor 1601 1 A Presidência de Artur Bernardes (1922-1926) 2 A Presidência Washington Luís (1926-1930)

Leia mais

BRASIL REPÚBLICA PARTE 6.3. Professor: Edson Martins

BRASIL REPÚBLICA PARTE 6.3. Professor: Edson Martins BRASIL REPÚBLICA PARTE 6.3 Professor: Edson Martins O ESTADO NOVO A Constituição de 1934 teve vida curta: durou cerca de três anos apenas, com o menor tempo de vigência no Brasil até hoje. Em 1937, alegando

Leia mais

Era Vargas ( ) BRASIL REPÚBLICA

Era Vargas ( ) BRASIL REPÚBLICA BRASIL REPÚBLICA Era Vargas (1930-45) Em 1930 iniciou-se um novo período na História Brasileira. Trata-sede um período em que uma nova elite, liderada pelo político gaúcho, Getúlio Vargas, chegava ao poder.

Leia mais

A ERA VARGAS 1930 A 1945

A ERA VARGAS 1930 A 1945 A ERA VARGAS 1930 A 1945 Quais foram as consequências da Revolução de 1930 Chegada da Aliança Liberal ao poder Fim da Política do Café com Leite As oligarquias dissidentes queriam participar do governo,

Leia mais

Devido a grande crise que assolava o mundo em meados de , novas filosofias políticas começam a surgir no território europeu.

Devido a grande crise que assolava o mundo em meados de , novas filosofias políticas começam a surgir no território europeu. Cap. 6 Devido a grande crise que assolava o mundo em meados de 1929-1930, novas filosofias políticas começam a surgir no território europeu. Esses ideais políticos costumeiramente marcavam o autoritarismo

Leia mais

Os diferentes modelos de Estados (principais características)

Os diferentes modelos de Estados (principais características) Capítulo 6 Poder, política e Estado 7 Os diferentes modelos de Estados (principais características) Absolutista: - Unidade territorial. - Concentração do poder na figura do rei, que controla economia,

Leia mais

ERA VARGAS:

ERA VARGAS: Natal, RN / /2015 ALUNO: Nº SÉRIE/ANO: TURMA: TURNO: 9 M/V DISCIPLINA: TIPO DE ATIVIDADE: PROFESSOR(A): HISTÓRIA TEXTO COMPLEMENTAR 3º Trimestre DAIANNE ERA VARGAS: 1930-1945 I - GOVERNO PROVISÓRIO (1930-1934):

Leia mais

Produção do Espaço Geográfico

Produção do Espaço Geográfico Geografia Produção do Espaço Geográfico Século XX parte 3 Prof. Diego Moreira 1) Introdução A) Aspectos Gerais Crise de 1929 Grande Depressão Keynesianismo New Deal Ascenção Nazi-fascista Era Vargas (1930/1937)

Leia mais

A República Velha ( )

A República Velha ( ) Capítulo 52 A República Velha (1889 1930) A CRISE DA REPÚBLICA (1889-1894) A República Velha (1889 1930) 1889 1891 Governo Provisório 1891 1894 República da Espada 1891 Mal. Deodoro Da Fonseca 1891-1894

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE HISTÓRIA Nome Nº 9º Ano Data: Professor: Piero/ Thales 2 o semestre Nota: (valor 2,0) a) Introdução Neste semestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou

Leia mais

ERA VARGAS ( )

ERA VARGAS ( ) ERA VARGAS (1930 1945) PROFESSORES: DAIANNE LUZ. OBS. Referente ao capítulo 05. GOVERNO PROVISÓRIO (1930 1934) - PRIMEIRAS MEDIDAS: Nomeação de novos Ministros; O fechamento do Congresso Nacional, das

Leia mais

Curso: Direito Constitucional I. Professor: Rosano Pierre Maieto

Curso: Direito Constitucional I. Professor: Rosano Pierre Maieto Tribunal de Contas do Município de São Paulo Escola Superior de Gestão e Contas Públicas Conselheiro Eurípedes Sales Curso: Direito Constitucional I Aula 1 História das Constituições Brasileiras Professor:

Leia mais

DO REGIME MILITAR A NOVA REPÚBLICA

DO REGIME MILITAR A NOVA REPÚBLICA DO REGIME MILITAR A NOVA REPÚBLICA Ditadura Militar Eventos Fundamentais: Goulart propõe as reformas de base Eleitoral Educacional Bancária / Tributária Agrária Marcha da TFP Tradição Família e Propriedade

Leia mais

prefeitos das capitais, Os futuros governadores seriam submetidos à aprovação das Os futuros prefeitos seriam indicados pelos governadores.

prefeitos das capitais, Os futuros governadores seriam submetidos à aprovação das Os futuros prefeitos seriam indicados pelos governadores. A ditadura militar Prof.:Márcio Gurgel O regime militar Duração ( 1964 1985 ), Presidentes generais do exército brasileiro, i Apoiaram o golpe: (políticos vindos da UDN e do PSD), Governo Castello Branco

Leia mais

Rev. Liberais do Século XIX e Período Regencial

Rev. Liberais do Século XIX e Período Regencial Rev. Liberais do Século XIX e Período 1. (PUC-RJ) O Congresso de Viena, concluído em 1815, após a derrota de Napoleão Bonaparte, baseou-se em três princípios políticos fundamentais. Assinale a opção que

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome Nº 9º Ano Data: Professor: Piero/ Thales Nota: (valor 1,0) 3 o.bimestre a) Introdução Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos

Leia mais

Prof. André Vinícius.

Prof. André Vinícius. 1 - Diferentes projetos republicanos: República Positivista: centralização política nas mãos do presidente. Postura predominante entre os militares. Prevaleceu entre 1889 e 1894, durante a chamada República

Leia mais

Era Vargas: da revolução de 30 a 1954 Material para acompanhamento de aulas, Professor Luiz Marcello de Almeida Pereira

Era Vargas: da revolução de 30 a 1954 Material para acompanhamento de aulas, Professor Luiz Marcello de Almeida Pereira Era Vargas: da revolução de 30 a 1954 Material para acompanhamento de aulas, Professor Luiz Marcello de Almeida Pereira Formato ABNT, para citação desta apostila em trabalhos acadêmicos: PEREIRA, L. M.

Leia mais

Escola de Formação Política Miguel Arraes. Módulo I História da Formação Política Brasileira. Aula 3 O Pensamento Político Brasileiro

Escola de Formação Política Miguel Arraes. Módulo I História da Formação Política Brasileira. Aula 3 O Pensamento Político Brasileiro LINHA DO TEMPO Módulo I História da Formação Política Brasileira Aula 3 O Pensamento Político Brasileiro SEC XV SEC XVIII 1492 A chegada dos espanhóis na América Brasil Colônia (1500-1822) 1500 - A chegada

Leia mais

Populismo II e Regime Militar I. História C Aula 13 Prof. Thiago

Populismo II e Regime Militar I. História C Aula 13 Prof. Thiago Populismo II e Regime Militar I História C Aula 13 Prof. Thiago O Homem da Vassoura Jânio Quadros surpreendeu e venceu as eleições de 1960, em partes devido a agressiva campanha política que prometia varrer

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE HISTÓRIA Nome Nº 9º Ano Data: Professor: Piero/ Thales FINAL Nota: (valor 2,0) a) Introdução Neste ano, sua média global foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos

Leia mais

PERÍODO COLONIAL

PERÍODO COLONIAL PERÍODO COLONIAL 1530-1808 POLÍTICA ADMINISTRATIVA 1º - SISTEMA DE CAPITANIAS HEREDITÁRIAS 1534-1548 2º SISTEMA DE GOVERNO GERAL 1548-1808 PERÍODO COLONIAL 1530-1808 ATIVIDADES ECONÔMICAS CICLO DO AÇÚCAR

Leia mais

TURMA FDV BREVE ANÁLISE DAS CONSTITUIÇÕES BRASILEIRAS. Professor Davidson Abdulah

TURMA FDV BREVE ANÁLISE DAS CONSTITUIÇÕES BRASILEIRAS. Professor Davidson Abdulah TURMA FDV BREVE ANÁLISE DAS CONSTITUIÇÕES BRASILEIRAS Professor Davidson Abdulah CONSTITUIÇÃO CONCEITO A Constituição é um instrumento de hierarquia máxima, que visa regular as normas organizacionais e

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DE 1946

CONSTITUIÇÃO DE 1946 CONSTITUIÇÃO DE 1946 Porto Alegre, dezembro de 2014. CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA DOS ESTADOS UNIDOS DO BRASIL DE 1946 INFLUÊNCIA E CONTEXTO HISTÓRICO Com o ingresso do Brasil na II Guerra Mundial ao lado

Leia mais

TENENTISMO ( ) Prof. OTTO TERRA

TENENTISMO ( ) Prof. OTTO TERRA TENENTISMO (1922-1926) TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL NA VIRADA DE 1920 Industrialização substitutiva de exportações Crescimento dos centros urbanos (São Paulo / Rio de Janeiro) Mudanças no cenário Nacional

Leia mais

O fim da. Quarta República. e o golpe civil-militar

O fim da. Quarta República. e o golpe civil-militar O fim da Quarta República e o golpe civil-militar Carlos Lacerda derrubador de presidentes Participou da ANL Contra o integralismo, os latifundiários e o imperialismo Preso durante o golpe do Estado Novo,

Leia mais

1-As imagens abaixo fazem referência a duas das mais ativas agremiações políticas brasileiras da década de 1930.

1-As imagens abaixo fazem referência a duas das mais ativas agremiações políticas brasileiras da década de 1930. ATIVIDADES ON LINE 1-As imagens abaixo fazem referência a duas das mais ativas agremiações políticas brasileiras da década de 1930. Sobre as agremiações políticas às quais essas imagens estão vinculadas,

Leia mais

Os regimes totalitaristas. Professor Gustavo Pessoa

Os regimes totalitaristas. Professor Gustavo Pessoa Os regimes totalitaristas Professor Gustavo Pessoa O NAZIFASCISMO tipo de governo característico de alguns países no período entre guerras (1918 1939). ONDE? CARACTERÍSTICAS BÁSICAS: Principalmente ITA,

Leia mais

República liberal ( ) Governo Dutra ( ) Constituição de 1946 Contexto da Guerra Fria Alinhamento com os EUA Macartismo no Brasil Fim do

República liberal ( ) Governo Dutra ( ) Constituição de 1946 Contexto da Guerra Fria Alinhamento com os EUA Macartismo no Brasil Fim do República liberal (1946-1964) Governo Dutra (1946-50) Constituição de 1946 Contexto da Guerra Fria Alinhamento com os EUA Macartismo no Brasil Fim do direito de greve Fechamento de sindicatos Perseguição

Leia mais

BRASIL REPÚBLICA (1889 )

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) Repressão do governo. Sem maiores consequências. REVOLTA DA VACINA: OSWALDO CRUZ Revolta dos Marinheiros ou Revolta da Chibata (RJ 1910): João Cândido (líder), posteriormente apelidado de Almirante Negro.

Leia mais

Primeira República: 1 A Crise da República. 2 Governo do Mal. Deodoro da Fonseca. 3 Governo do Mal. Floriano Peixoto. Aula 15 Primeira República

Primeira República: 1 A Crise da República. 2 Governo do Mal. Deodoro da Fonseca. 3 Governo do Mal. Floriano Peixoto. Aula 15 Primeira República Aula 15 Primeira República: A República da Espada 1 A Crise da República Setor 1605 2 Governo do Mal. Deodoro da Fonseca 3 Governo do Mal. Floriano Peixoto Aula 15 Primeira República A República da Espada

Leia mais

Revisão República Brasileira

Revisão República Brasileira Revisão 2009 República Brasileira 09 Terminada a Segunda Guerra Mundial, o mundo descobriu horrorizado o assassinato de 6 milhões de judeus em campos de extermínio nazistas. O fato comoveu a opinião pública

Leia mais

EUROPA SÉCULO XIX. Revoluções Liberais e Nacionalismos

EUROPA SÉCULO XIX. Revoluções Liberais e Nacionalismos EUROPA SÉCULO XIX Revoluções Liberais e Nacionalismos Contexto Congresso de Viena (1815) Restauração do Absolutismo Princípio da Legitimidade Santa Aliança Equilíbrio Europeu -> Fim Sacro I. Romano Germânico

Leia mais

Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos

Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos QUESTÃO 01 Descreva as principais características do populismo no Brasil: (valor 1,0) QUESTÃO 02 Após a Segunda Guerra Mundial, consolidou-se uma ordem político-econômica

Leia mais

A República Populista ( )

A República Populista ( ) A República Populista (1930-1964) A Era Vargas (1930-1945) Revolução de 1930 Governo Provisório Governo Constitucional Estado Novo Getúlio Dornelles Vargas Revolução de 1930 Washington Luís rompe com a

Leia mais

Modulo 11 - Brasil. Prof. Alan Carlos Ghedini

Modulo 11 - Brasil. Prof. Alan Carlos Ghedini Modulo 11 - Brasil Prof. Alan Carlos Ghedini www.inventandohistoria.com O populismo pode ser compreendido como: Uma forma de exercício político garantida pelo apoio da grande massa Um sistema no qual o

Leia mais

Herança do Século XIX Caudilhismo Fragmentação Política Concentração Fundiária Predominância Econômica da Agropecuária

Herança do Século XIX Caudilhismo Fragmentação Política Concentração Fundiária Predominância Econômica da Agropecuária Herança do Sculo XIX Caudilhismo Fragmentação Política Concentração Fundiária Predominância Econômica da Agropecuária Sculo XX Diversificação da Economia Industrialização e Urbanização Novas Classes Sociais

Leia mais

SOMOS DA AMÉRICA E QUEREMOS SER AMERICANOS ONDE TUDO COMEÇOU?

SOMOS DA AMÉRICA E QUEREMOS SER AMERICANOS ONDE TUDO COMEÇOU? A CAMINHO DA REPÚBLICA fatos que antecederam a P. da República 1870 RIO DE JANEIRO fundação do Partido Republicano e lançamento do MANISFESTO REPUBLICANO por Quintino Bocaiúva SOMOS DA AMÉRICA E QUEREMOS

Leia mais

CRISE E RUPTURA NA REPÚBLICA VELHA. Os últimos anos da República Velha

CRISE E RUPTURA NA REPÚBLICA VELHA. Os últimos anos da República Velha CRISE E RUPTURA NA REPÚBLICA VELHA Os últimos anos da República Velha Década de 1920 Brasil - as cidades cresciam e desenvolviam * Nos grandes centros urbanos, as ruas eram bem movimentadas, as pessoas

Leia mais

História. Os primeiros anos da Era Vargas (1930-1937)

História. Os primeiros anos da Era Vargas (1930-1937) História Nono ano do ensino fundamental Escola José de Anchieta Os primeiros anos da Era Vargas (1930-1937) Reno Schmidt maio 2015 schmidt.reno@gmail.com renoschmidt.wordpress.com Onde estamos? Brasil

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER RECURSO DISCIPLINA HISTÓRIA

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER RECURSO DISCIPLINA HISTÓRIA 48) A OMS (Organização Mundial da Saúde) é uma das principais instituições do sistema ONU. Acerca dos problemas globais que envolvem a obesidade e as doenças dela decorrentes, todas as afirmações estão

Leia mais

Programa de Retomada de Conteúdo 9º Ano 2º Bimestre História

Programa de Retomada de Conteúdo 9º Ano 2º Bimestre História Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, Rua Cantagalo 305, 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Orientações : Programa de Retomada de Conteúdo 9º

Leia mais

INTEIRATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. AULA 11.1 Conteúdo: Anos 60 e Golpe Militar no Brasil

INTEIRATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. AULA 11.1 Conteúdo: Anos 60 e Golpe Militar no Brasil 11.1 Conteúdo: Anos 60 e Golpe Militar no Brasil Habilidades: Analisar o contexto da década de 1960 no Brasil e o golpe civil-militar Governo Jânio Quadros (1961) Ascensão muito rápida na política Estilo

Leia mais

Aula 15- A Crise do Império de Novembro de 1889

Aula 15- A Crise do Império de Novembro de 1889 Aula 15- A Crise do Império 1870-1889 15 de Novembro de 1889 Silêncio! Dom Pedro está governando o Brasil. z z z Proclamação da República A Questão Militar A Questão Religiosa Questão Abolicionista A

Leia mais

2ª Série do Ensino Médio

2ª Série do Ensino Médio 2ª Série do Ensino Médio 01. Ao estudarmos a Primeira e a Segunda Guerra Mundial, notamos a existência de um traço de continuidade ligando-as. No entanto, há algumas particularidades que as diferenciam.

Leia mais

O Brasil e do Mundo. Professor Ulisses Mauro Lima historiaula.wordpress.com. (1918 e 1945) 1ª. Parte

O Brasil e do Mundo. Professor Ulisses Mauro Lima historiaula.wordpress.com. (1918 e 1945) 1ª. Parte O Brasil e do Mundo Professor Ulisses Mauro Lima historiaula.wordpress.com (1918 e 1945) 1ª. Parte Quando tudo começou... 1918 11 de novembro A Alemanha assina o armistício que põe fim a I Guerra Mundial;

Leia mais

História B aula 15 História da URSS e a Revolução Mexicana.

História B aula 15 História da URSS e a Revolução Mexicana. História B aula 15 História da URSS e a Revolução Mexicana. Para sair da crise: NEP Nova Política Econômica (1921) recuar nas propostas socialistas e adotar algumas medidas capitalistas (estimular novamente

Leia mais

Cidadania: da década de 1930 ao Estado Novo

Cidadania: da década de 1930 ao Estado Novo A UA UL LA MÓDULO 7 Cidadania: da década de 1930 ao Estado Novo Nesta aula Outubro de l930. Podia-se dizer, na época, que os gaúchos amarravam seus cavalos no obelisco da Avenida Rio Branco, centro do

Leia mais

Professor Eustáquio GOVERNO DUTRA

Professor Eustáquio GOVERNO DUTRA Professor Eustáquio GOVERNO DUTRA ELEIÇÕES üeduardo Gomes (Brigadeiro)UDN democracia e liberalismo econômico üdutra (General) PSD não entusiasmava ninguém üiedo Fiuza PCB VITORIA DE DUTRA ÒDUTRA ü Apoio

Leia mais

Política dos Governadores de Campos Sales

Política dos Governadores de Campos Sales Estrutura Política: Política dos Governadores de Campos Sales Coronelismo: poder local dos coronéis. Coronel era o nome pelo qual os latifundiários conhecidos. eram Quanto maior o curral eleitoral (número

Leia mais

DISCIPLINA: TÓPICOS EM HISTÓRIA DO BRASIL:

DISCIPLINA: TÓPICOS EM HISTÓRIA DO BRASIL: Obtido em: http://www.fafich.ufmg.br/atendimento/ciclo-introdutorio-em-ciencias-humanas/programas-das-disciplinas-do-cich/programas-2017-1/%20-%20topicos%20em%20historia%20d CARGA HORÁRIA: 60 (sessenta)

Leia mais

HISTÓRIA - 3 o ANO MÓDULO 23 O GOVERNO CONSTITUCIONAL DE VARGAS

HISTÓRIA - 3 o ANO MÓDULO 23 O GOVERNO CONSTITUCIONAL DE VARGAS HISTÓRIA - 3 o ANO MÓDULO 23 O GOVERNO CONSTITUCIONAL DE VARGAS Como pode cair no enem Na imagem, da década de 1930, há uma crítica à conquista de um direito pelas mulheres, relacionado com a: a) redivisão

Leia mais

DISCIPLINA: TÓPICOS EM HISTÓRIA DO BRASIL:

DISCIPLINA: TÓPICOS EM HISTÓRIA DO BRASIL: Obtido em: http://www.fafich.ufmg.br/atendimento/ciclo-introdutorio-em-ciencias-humanas/programas-das-disciplinas-do-cich/programas-2016-1/%20-%20topicos%20em%20historia%20d CARGA HORÁRIA: 60 (sessenta)

Leia mais

A O PAIS EM REVOLUÇÃO. Coordenação". J. M. BrandãoMe Brito. HT notícias editorial

A O PAIS EM REVOLUÇÃO. Coordenação. J. M. BrandãoMe Brito. HT notícias editorial A 384913 O PAIS EM REVOLUÇÃO Coordenação". J. M. BrandãoMe Brito HT notícias editorial ÍNDICE I OS MILITARES E A EVOLUÇÃO POLÍTICA INTERNA E EXTERNA (1974-1982) José Medeiros Ferreira 11 INTRODUÇÃO 11

Leia mais

Populismo no Brasil ( )

Populismo no Brasil ( ) Populismo no Brasil (1945-1964) O Populismo foi um fenômeno da América Latina, característico de um mundo pós Segunda Guerra Mundial, momento que exigiase democratização. Fortalecimento das relações entre

Leia mais

BRASIL REPÚBLICA PARTE 6.2. Professor: Edson Martins

BRASIL REPÚBLICA PARTE 6.2. Professor: Edson Martins BRASIL REPÚBLICA PARTE 6.2 Professor: Edson Martins A Constituição estabeleceu ainda que a primeira eleição presidencial após sua promulgação seria feita indiretamente, pelo voto dos membros da Assembléia

Leia mais

CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI ATIVIDADE DE HISTÓRIA U.E. 15

CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI ATIVIDADE DE HISTÓRIA U.E. 15 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI ATIVIDADE DE HISTÓRIA U.E. 15 1- Quais as contradições permanentes e fundamentais do Modo de Produção Capitalista? 2- O que geraram esses problemas/contradições? 3- Além de todos

Leia mais

1840 ATÉ 1889 POLÍTICA E MOVIMENTOS SOCIAIS PROF. FELIPE KLOVAN

1840 ATÉ 1889 POLÍTICA E MOVIMENTOS SOCIAIS PROF. FELIPE KLOVAN SEGUNDO REINADO 1840 ATÉ 1889 POLÍTICA E MOVIMENTOS SOCIAIS SEGUNDO REINADO Golpe da maioridade 1840 Novo gabinete do governo Liberal de curta existência. Conservadores retornam ainda no mesmo ano ao governo.

Leia mais

EDUCAÇÃO E NACIONAL- DESENVOLVIMENTISMO NO BRASIL

EDUCAÇÃO E NACIONAL- DESENVOLVIMENTISMO NO BRASIL EDUCAÇÃO E NACIONAL- DESENVOLVIMENTISMO NO BRASIL Manoel Nelito M. Nascimento Publicado em Navegando na História da Educação Brasileira: http://www.histedbr.fae.unicamp.br/navegando/index.html Em maio

Leia mais

A REDEMOCRATIZAÇÃO DO BRASIL ( )

A REDEMOCRATIZAÇÃO DO BRASIL ( ) A REDEMOCRATIZAÇÃO DO BRASIL (1945--1964) CENÁRIO POLÍTICO BRASILEIRO ENTRE 1945-1964 -Principais partidos políticos: *PSD:Partido Social Democrático.(JK) *UDN:União Democrática Nacional;(Jânio) *PTB:Partido

Leia mais

História 5 o ano Unidade 7

História 5 o ano Unidade 7 História 5 o ano Unidade 7 Nome: Unidade 7 Data: 1. A Revolução de 1930 ocorreu: ( ) durante a construção de Brasília. ( ) durante as eleições para a presidência do Brasil naquele ano. ( ) logo após a

Leia mais

1 - O PERÍODO PROVISÓRIO

1 - O PERÍODO PROVISÓRIO A ERA VARGAS 1 - O PERÍODO PROVISÓRIO (1930 1934): Decretos-lei. Nomeação de interventores. Atrelamento de sindicatos ao governo. Criação do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio (a cargo de Lindolfo

Leia mais

XVI. A Revolução de 1930

XVI. A Revolução de 1930 XVI. A Revolução de 1930 Queda da Bolsa de Valores de Nova York. A Crise do capitalismo e o Café. Desestruturação do poder tradicional. Consciência trabalhista. Problema de salário é caso de polícia. (Presidente

Leia mais

BRASIL ERA VARGAS

BRASIL ERA VARGAS História BRASIL 1930 1945 ERA VARGAS PROFº OTÁVIO O Estado Getulista (1930 1945) Subindo ao poder em outubro de 1930, Getúlio Vargas permaneceu como chefe de um governo provisório, presidente eleito pelo

Leia mais

A ERA VARGAS. Governo Provisório Governo Constitucional Estado Novo Última Fase

A ERA VARGAS. Governo Provisório Governo Constitucional Estado Novo Última Fase A ERA VARGAS Governo Provisório 1930-1934 Governo Constitucional 1934-1937 Estado Novo 1937-1945 Última Fase 1951-1954 Aliança Liberal Apoiaram Vargas: Oligarquias dissidentes Classe Média Setores da burguesia

Leia mais

BOM TRABALHO E SUCESSO!!! RENATA, LEONARDO E CARLÃO!!!

BOM TRABALHO E SUCESSO!!! RENATA, LEONARDO E CARLÃO!!! DISCIPLINA: História PROFESSORES: Renata, Leonardo e Carlão. DATA: /12/2014 VALOR: 20,0 pts. NOTA: ASSUNTO: Trabalho de Recuperação Final SÉRIE: 9º ANO/E.F. TURMA: NOME COMPLETO: Nº: Matéria da Prova:

Leia mais

PROJETO DE RECUPERAÇÃO PARALELA 2º Trimestre Disciplina:História Ano/ Série: 9º ano do E. Fundamental II

PROJETO DE RECUPERAÇÃO PARALELA 2º Trimestre Disciplina:História Ano/ Série: 9º ano do E. Fundamental II PROJETO DE RECUPERAÇÃO PARALELA 2º Trimestre - 2017 2015 Disciplina:História Ano/ Série: 9º ano do E. Fundamental II Professor(a): Marina Furlan Objetivo: Retomar os conteúdos trabalhados no trimestre

Leia mais

Revolução Russa AULA 38 PROF. THIAGO

Revolução Russa AULA 38 PROF. THIAGO Revolução Russa AULA 38 PROF. THIAGO Antecedentes Absolutismo (Czar Nicolau II). País mais atrasado da Europa. (85% pop. Rural) Ausência de liberdades individuais. Igreja Ortodoxa monopolizava o ensino

Leia mais

Programa de Recuperação Paralela

Programa de Recuperação Paralela COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Programa de Recuperação Paralela 3ªEtapa / 2010 DISCIPLINA: História ANO: 1º ANO EM EDUCADOR: Gloria Maria TURMAS: FG/AD/INFO *Caro educando, você está recebendo o conteúdo

Leia mais

14. Brasil: Período Regencial PÁGINAS 18 À 29.

14. Brasil: Período Regencial PÁGINAS 18 À 29. 14. Brasil: Período Regencial PÁGINAS 18 À 29. Política e economia Regência Trina Provisória: Formada pelos senadores Nicolau Vergueiro, José Joaquim de Campos e pelo brigadeiro Francisco de Lima e Silva

Leia mais

1. Observe a imagem a seguir:

1. Observe a imagem a seguir: 1. Observe a imagem a seguir: Reivindicar liberdade para as mulheres não é crime. Pessoas presas por solicitar o direito de votar não devem ser tratadas como criminosas (1917). A imagem acima retrata a

Leia mais