IERC - INSTITUTO DE ENSINO DE RIO CLARO E REPRESENTAÇÕES LTDA CBTA - FACULDADE DE TECNOLOGIA DE RIO CLARO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IERC - INSTITUTO DE ENSINO DE RIO CLARO E REPRESENTAÇÕES LTDA CBTA - FACULDADE DE TECNOLOGIA DE RIO CLARO"

Transcrição

1 IERC - INSTITUTO DE ENSINO DE RIO CLARO E REPRESENTAÇÕES LTDA CBTA - FACULDADE DE TECNOLOGIA DE RIO CLARO SOLICITAÇÃO DE AUTORIZAÇÃO PARA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA PROJETO PEDAGÓGICO 2006

2 IERC - INSTITUTO DE ENSINO DE RIO CLARO E REPRESENTAÇÕES LTDA CBTA - FACULDADE DE TECNOLOGIA DE RIO CLARO PROCESSO NÚMERO Credenciamento para Educação a Distância e Autorização para funcionamento do CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA AREA PROFISSIONAL: COMÉRCIO-GESTÃO RIO CLARO, SP

3 Projeto Pedagógico do Curso de Tecnologia em Gestão Financeira Instituição Mantenedora IERC - Instituto de Ensino de Rio Claro e Representações LTDA Diretor da Mantenedora Instituição Mantida Diretor da Mantida Coordenador do EAD Coordenador do Curso do coordenador Curso Área de Conhecimento Duração mínima Duração máxima Vagner Aparecido Baungartner CBTA Faculdades de Tecnologia Rio Claro Asdrúbal Bellan Ângelo Manoel Zanão José Antonio Ribeiro de Moura Tecnologia em Gestão Financeira Comércio- Gestão 2 anos 3,5 anos Carga horária Crédito 80 Modalidade Vagas Processo Seletivo Processo Seletivo Educação a Distância 500 vagas Quatro processos seletivos por ano conforme Edital e Manual do Candidato 3

4 S U M Á R I O 1. DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO Identificação da mantenedora Dirigente principal da mantenedora Identificação da instituição mantida Corpo dirigente da instituição mantida Histórico da mantenedora e da instituição mantida As atividades principais pretendidas pela instituição mantida Áreas de atuação pretendidas pela instituição mantida Descrição de participação do Corpo Docente nas atividades de direção da instituição mantida Tabela resumo de informações sobre os cursos oferecidos pela instituição mantida Mecanismo institucionalizado permanente de articulação com segmentos produtivos a que está vinculado o curso para definição da oferta de vagas e para atualização curricular DO PROJETO PARA O CURSO PROPOSTO Dados Gerais do Curso Proposto Denominação Dados do responsável pela elaboração do projeto Dados do coordenador do curso Regime de matrícula Total de vagas anuais Carga horária Organização e Desenvolvimento Curricular Justificativa da oferta do curso Finalidades e objetivos do curso Perfil Profissional de Conclusão Fluxograma do curso (representação gráfica do percurso de formação) Outros itens do projeto pedagógico Forma de acesso ao curso Práticas pedagógicas previstas Flexibilidade Curricular Sistema previsto de avaliação do processo de ensino-aprendizagem Plano de Avaliação do Curso visando sua eficácia e eficiência Política prevista de articulação com as empresas Corpo Docente Plano de Carreira Docente Previsto Política de Aperfeiçoamento/Qualificação/Atualização Docente Prevista pelo Curso _ Coordenador do Curso Corpo Docente somente do 1º ano Descrição do Corpo Docente Perfil do corpo docente pretendido para o curso, a partir do 2º ano Infra Estrutura da Instituição Infra-Estrutura Física e Recursos Materiais Outros Recursos Materiais disponíveis aos docentes 38 4

5 Plano de Expansão Infra-Estrutura de Acessibilidade às Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais Infra-Estrutura de Informática Plano de atualização tecnológica e manutenção dos equipamentos Biblioteca Resumo do acervo para o curso Relação dos títulos e/ou materiais impressos que serão distribuídos aos alunos Acesso a bibliotecas virtuais Acervo/Livros Outros: periódicos, cadernos, normas, anuários, etc Mecanismo e periodicidade de atualização do acervo Espaço Físico da Biblioteca Recursos Humanos Bibliotecas conveniadas para Empréstimo Entre Bibliotecas (EEB) Solicitação de COMUT Infra-Estrutura Técnico- Administrativa Específica de ensino a distância BIBLIOGRAFIA ANEXO Ementas das Unidades Curriculares Capacitação dos Professores Animadores Infra-Estrutura específica de ensino a distância 92 5

6 1. DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO 1.1. Identificação da mantenedora Nome: IERC Instituto de Ensino de Rio Claro e Representações Ltda CNPJ: / End.: Rua A, 269 Chácara Lusa Cidade: Rio Claro UF: SP CEP: Fone: Fax: Dirigente principal da mantenedora Nome: Vagner Aparecido Baungartner End.: Rua Dois, 2294 Centro Cidade: Rio Claro UF: SP CEP: Fone: Fax: Identificação da instituição mantida Nome: Faculdade de Tecnologia de Rio Claro CBTA CNPJ: / End.: Rodovia Washington Luis Km 173,3 Bairro: Chácara Lusa Cidade: Rio Claro UF: SP CEP: Fone: Fax: Corpo dirigente da instituição mantida Dirigente Principal da Instituição de Ensino Cargo: Nome: Diretor Asdrubal Bellan End.: Av. 41, n 239 apto.61 Cidade: Rio Claro UF: SP CEP: Fone: Fax:

7 Dirigente ao qual está subordinado o Coordenador do Curso Cargo: Nome: Diretor Asdrubal Bellan End.: Av. 41 n 239 apto. 61 Cidade: Rio Claro UF: SP CEP: Fone: Fax: Histórico da mantenedora e da instituição mantida. O marco inicial foi o credenciamento do Centro de Educação Tecnológica Rio Claro através do Processo / com a publicação da Portaria MEC n 3594 de 19/12/2002. Posteriormente, através do artigo 3 do decreto 5225/2004, os Centros Tecnológicos passaram a ser denominados Faculdade de Tecnologia (CBTA). O Instituto de Ensino de Rio Claro e Representações Ltda., mantenedor do CBTA - Faculdade Tecnológica de Rio Claro - vem atuando há três anos, com os cursos Superiores de Tecnologia em Gestão de Logística, Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira, Gestão de Sistemas de Informação, Gestão de Sistemas Produtivos, Marketing de Negócios, Planejamento e Gerenciamento Ambiental e Organização de Eventos Sociais e Despostivos. A decisão do CBTA - Faculdade de Tecnologia Rio Claro de oferecer cursos tecnológicos partiu da constatação, através de levantamento de dados e consulta a setores empresariais e sindicais da cidade e região, da falta de profissionais competentes que pudessem atender às áreas administrativas e de produção, em virtude das constantes mudanças que estão ocorrendo no mundo contemporâneo. O CBTA caracterizou-se por utilizar o conceito de tecnologia para fazer dele elemento de ensino, pesquisa e extensão como instrumento de inovação e transformação das atividades sociais e econômicas em beneficio do cidadão, do trabalhador e do país. Assim, a Educação Tecnológica no CBTA se distinguiu pelo seu caráter global e unificado da formação técnico-profissional, intimamente vinculada à educação, bem como integrada aos pressupostos mais amplos da consciência crítica do trabalhador e da construção da cidadania. É uma aprendizagem constante e necessária à compreensão das bases técnico-científicas, enquanto elemento indispensável para contribuir em prol do desenvolvimento econômico e social do país. O CBTA, em sintonia permanente com o que aconteceu no mundo produtivo, buscou dar a seus cursos tecnológicos uma estrutura que respondesse aos desafios de uma economia moderna e na formação de profissionais capazes de agir com autonomia e criatividade, para conviver com a diversidade e enfrentar desafios no mercado de trabalho. Desenvolveu para tanto, na sua organização curricular, componentes que proporcionassem maior flexibilidade na estrutura e renovação de seus currículos, atendendo às emergências e mutáveis demandas do mercado profissional. Dessa forma, o CBTA desenvolveu uma política de educação tecnológica baseada na aquisição de conhecimentos e competências com responsabilidade social, oferecida pelos seus cursos onde os alunos passaram a ter melhores condições de inserção no mercado de trabalho e melhor 7

8 desempenho no exercício profissional. Também, o CBTA vê que a aplicação de novas tecnologias pode e deve modificar a maneira como a educação vem sendo construída, permitindo uma abrangência nacional de seus cursos por meio da modalidade não presencial (Educação à distância - EaD). Para esta nova fase de seu desenvolvimento, está trabalhando com a marca fantasia CBTA Virtual, onde busca criar uma educação voltada para a autonomia integral do indivíduo, para que possa viver conhecendo a si mesmo e aprendendo de forma mais ativa no processo de ensino-aprendizagem. Com isso, visa que ele tenha o potencial de aprender durante a vida toda, podendo criar sonhos e realizá-los, desenvolvendo a aptidão de ser solidário, sabendo conviver e colaborar, seja atuante em sua sociedade e seja produtivo, de maneira consciente e eficaz, no competitivo mercado de trabalho. Tendo consciência das necessidades da educação à distância o CBTA desenvolveu parceria com o CBCon (Centro Brasileiro do Conhecimento), buscando montar uma equipe multidisciplinar que tenha experiência em educação à distância, para integrar, com seu corpo docente e discente a base da Educação à distância e poder oferecer ao CBTA Virtual e a outras Instituições os seus serviços. Esta parceria nasce com o intuito de oferecer tecnologia de e-knowledge, e-learning, mission teams, task forces, comunicação, etc. para Instituições de Educação, Empresas (Corporações) e Projetos Governamentais. Por meio da estrutura, cujo esquema é visualizado na Figura 1, o CBTA pretende oferecer cursos de graduação, pós-graduação e de extensão. Para poder atender todo o território Nacional foi constituída uma rede de parcerias, onde a Instituição estará sendo representada nos diversos pontos pelos Pólos CBCon. Os Pólos Regionais CBCon serão responsáveis pelo sucesso do CBTA-Virtual em Nível Nacional e deles depende a captação Regional do Aluno. A atenção e a qualidade dos seus serviços prestados aos alunos nas suas necessidades de sentir a instituição próxima e presente geram confiabilidade e credibilidade. É um elo importantíssimo do sucesso. Os Pólos desempenham papel fundamental na comunidade local estando presente junto às indústrias, ao comércio, aos prestadores de serviços, as organizações e clubes e ao poder público da região. Cabe aos Pólos desenvolver o marketing local e regional. Essa relação entre o CBTA, CBCon e a rede de Pólos é visualizada na Fig. 1. Mantenedora IERC CBTA Virtual CBTA Presencial Pólo de EAD CBCon Pólo de EAD CBCon Pólo de EAD CBCon Centro Brasileiro Conhecimento (CBCon) Plataforma TecEdu Faculdade A Virtual Faculdade B Virtual Faculdade C Virtual Faculdade N Virtual Cursos Graduação Pós-graduação Extensão Autorizados MEC Pólo de EAD CBCon Pólo de EAD CBCon Pólo de EAD CBCon Metodologia CBCon Meio Tecnológico Multidisciplinar Novos Produtos Cursos Novos Produtos Cursos Novos Produtos Cursos Novos Produtos Cursos Cursos Livres 8

9 Figura 01: Esquema representando a relação entre o CBTA, Instituições de Educação, CBCon e Rede de Pólos de EaD. O IERC (Mantenedor do CBTA Presencial e Virtual) é também o mantenedor do CBCon (Centro Brasileiro do Conhecimento). O CBCon desenvolveu a metodologia e plataforma TecEdu (Tecnologia Educacional), software (programa de computador), registrado no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual, sob o nº. de protocolo de 08/03/2006. Assim o CBTA passa a utilizar em seus projetos de EaD a Plataforma TecEdu e a metodologia CBCon bem como os recursos tecnológicos, a equipe multidisciplinar e a Rede Nacional de Pólos Regionais de EaD do CBCon Qualidade não é obra do acaso. Resulta de intenção, esforço e competência. George Herbert Fonte: Referenciais de Qualidade para Cursos à distância MEC 1.6. As atividades principais pretendidas pela instituição mantida. Cursos Superiores de Graduação Tecnológica nas áreas de Gestão, Comunicação e Informática e Licenciatura nas áreas de Ciências Exatas e Humanas na modalidade Presencial e Não-Presencial (EaD). Cursos de Especialização Lato sensu. Cursos de extensão a comunidade. Trabalhos de pesquisa em grupo junto às empresas de Rio Claro e região. Prestação de serviços tecnológicos e de infra-estrutura a Instituições de Educação, Empresas e Órgãos não-governamentais e governamentais. Parcerias técnicas com empresas. Desenvolvimento de pesquisas. Cursos livres nas áreas afins Áreas de atuação pretendidas pela instituição mantida. Gestão, Comércio-gestão, Informática, Lazer e Desenvolvimento Social, Meio Ambiente, e Licenciatura (Ciências humanas e Ciências Exatas) Descrição de participação do Corpo Docente nas atividades de direção da instituição mantida. A Faculdade de Tecnologia de Rio Claro CBTA tem um Conselho Técnico Profissional, órgão superior deliberativo em matéria didático, científico e disciplinar. Este conselho é formado pelo Diretor da Faculdade, coordenadores de curso, um representante docente de cada curso e um representante discente. A elaboração da proposta pedagógica é fruto da ação colegiada no âmbito do Conselho Técnico Profissional, com participação de seus membros no processo de tomada de suas decisões. A deliberação deste Conselho deve se desenvolver entre os corpos docente e discente, Coordenador de Curso e os dirigentes numa interação constante, em busca da otimização das decisões no processo acadêmico. A atuação do Conselho é descrita no Regimento Escolar da Instituição. 9

10 1.9. Tabela resumo de informações sobre os cursos oferecidos pela instituição mantida NOME DO CURSO Nº de Vagas Conceito CURSOS SUPERIORES DE GRADUAÇÃO RECONHECIDOS Gestão de Recursos Humanos 150 A Gestão Financeira 150 A Gestão de Logística 150 A CURSOS SUPERIORES DE GRADUAÇÃO AUTORIZADOS Gestão de Sistemas Produtivos 150 A Gestão de Sistemas de Informação 150 A Planejamento e Gerenciamento Ambiental 150 A Marketing de Negócios 150 A Organização de Eventos Sociais e Desportivos 150 A Mecanismo institucionalizado permanente de articulação com segmentos produtivos a que está vinculado o curso para definição da oferta de vagas e para atualização curricular O CBTA, em sintonia permanente com o que acontece no mundo produtivo, busca dar a seus cursos tecnológicos uma estrutura que responda aos desafios de uma economia moderna e na formação de profissionais capazes de agir com autonomia e criatividade, para conviver com a diversidade e enfrentar desafios esperados e não esperados no mercado de trabalho. Desenvolveu assim, na sua organização curricular, componentes que proporcionassem maior flexibilidade na estrutura e renovação de seus currículos atendendo às emergências e mutáveis demandas do mundo do trabalho. Dessa forma, o CBTA desenvolve uma política de educação tecnológica oferecida pelos seus cursos onde os alunos passam a ter melhores condições de inserção no mundo do trabalho e melhor desempenho no exercício profissional, pela aquisição de conhecimentos e competências com responsabilidade social. Para poder atender todo o território Nacional, são necessários parceiros, constituindo uma rede de parcerias, onde a Instituição estará sendo representada nos diversos pontos pelos Pólos CBCon. O Pólo disponibilizará espaço físico, contendo, no mínimo, ambiente de recepção e atendimento aos alunos; sistema de protocolo de entrega e recebimento de documentos, requerimentos e trabalhos dos alunos; ambiente para aula presencial, com capacidade para acomodar adequadamente turmas de 20 a 40 alunos; sistema de logística de entrega de material (apostila, fitas, meios digitais) e sanitários. Deverá também possuir estrutura de telefonia, scanner e fac-símile, computadores para uso dos alunos, retro-projetor, TV, vídeo e projetor de multimídia. Constitui obrigação do Pólo manter uma estrutura de pessoal, contendo, no mínimo, atendentes para suprir as seguintes necessidades: 10

11 A) Atendimento a alunos; B) Recebimento e entrega de documentos; C) Fiscalização e aplicação das provas; D) Preparação de suporte aos professores durante suas aulas presenciais, eventualmente; E) Desenvolver parcerias /contatos com as empresas regionais. Entre as várias formas da Instituição e seus Pólos de EaD efetuarem uma adequada articulação com os segmentos produtivos e também com a própria comunidade destacam-se: Visitas periódicas dos alunos, professores, diretores e atendentes nas empresas. Visitas periódicas das empresas na instituição. Palestras de profissionais das empresas em nossa instituição. Participação em Feiras e Exposições. Convênio com o CIEE. Convênio com demais Institutos / Faculdades de Ensino Tecnológicos. Afiliado da ANET. Contatos periódicos com as empresas de recolocação de profissionais. 2. DO PROJETO PARA O CURSO PROPOSTO 2.1. Dados Gerais do Curso Proposto Denominação Curso Superior de Tecnologia em Gestão Financeira Dados do responsável pela elaboração do projeto Dados Pessoais Nome: José Antonio Ribeiro de Moura End.: Av 5 A nº 1287 Cidade: Rio Claro UF: SP CEP: Fone: Fax: Dados do coordenador do curso Nome: José Antonio Ribeiro de Moura End.: Av 5 A nº 1287 Cidade: Rio Claro UF: SP CEP: Fone: Fax: Regime de matrícula Matrícula por Unidade Curricular Periodicidade Letiva Modular (Bimestral) 50 dias letivos 11

12 Total de vagas anuais Turnos de funcionamento Vagas por turma Numero de turmas Total de vagas anuais Obs O curso será oferecido na modalidade de EaD, preferencialmente na comunicação assíncrona com 40 alunos por turma, distribuídos nos diversos pólos regionais em nível nacional, com capacidade de atendimento simultâneo de 500 alunos entrantes por processo seletivo. Num total de até 4 processos seletivos por ano Carga horária Carga horária crédito Prazo de integralização da carga horária Total do curso Hora/relógio Total do curso Limite mínimo /semestre limite máximo/semestre Organização e Desenvolvimento Curricular Justificativa da oferta do curso O cenário nacional e o internacional são fortemente influenciados pelas transformações em curso, decorrentes não só das mudanças tecnológicas, como da desregulamentação das economias dos Estados nacionais e o espetacular aumento dos fluxos financeiros. A globalização da economia, processo que se mostra cada vez mais intensificado, impõe desafios crescentes, especialmente para as economias emergentes. A inovação é, com certeza, o maior diferencial dos empreendedores do setor de empresas brasileiro. Entretanto, apesar da criatividade e do extenso conhecimento técnico/acadêmico aplicado no desenvolvimento de produtos e serviços, ainda faltam aos empreendedores conhecimento técnico e profissionalização de processos, que permitam o desenvolvimento e êxito de suas empresas. Com base nas dificuldades enfrentadas por esses empreendedores e na crescente demanda de profissionais especializados em finanças, a Faculdade de Tecnologia de Rio Claro- CBTA propõe a realização do curso de Gestão Financeira na modalidade EaD. Além de uma forma de promover interação entre os alunos, o curso busca qualificá-los para o gerenciamento de processos financeiros de seus próprios empreendimentos ou para capacitação visando o mercado de trabalho, tais como: análise de capital de giro, avaliação financeira da empresa, custos e formação de preço, abertura de capital, entre outras. A gestão financeira é um conjunto de ações e procedimentos administrativos envolvendo o planejamento, análise e controle das atividades financeiras da empresa, visando maximizar os resultados econômico-financeiros decorrentes de suas atividades operacionais. O objetivo do gestor financeiro é aumentar o valor do patrimônio líquido da empresa, através da geração de lucro líquido decorrente das atividades operacionais da empresa. Para realizar esta tarefa, o gestor financeiro precisa ter um sistema de informações gerenciais para conhecer a situação financeira da empresa e tomar as decisões mais adequadas para maximizar os seus resultados. 12

13 O mercado financeiro brasileiro está constantemente sendo afetado por variáveis internas e externas, o que exige do profissional da área vastos conhecimentos que o auxiliem na tomada de decisões. A globalização do mercado, as crises de países vizinhos como a Argentina ou a Venezuela, ou a introdução do EURO como moeda única em vários países da União Européia, o grande desempenho do mercado chinês e as expectativas de fusões e aquisições de empresas brasileiras, transformando o cenário atual, o crescimento do relacionamento e transações com o mercado internacional, seja de importações de bens ou serviços ou exportação, obrigam modernização dos conceitos e definição de novas estratégias no mundo dos negócios. Seja o cenário de inflação ou não, de desequilíbrio ou de estabilidade econômica, a importância da administração dos recursos financeiros da empresa nunca deve ser minimizada, especialmente no atual contexto econômico-financeiro caracterizado pela redução das margens de retorno, demandando forte atenção na segurança na aplicação dos recursos, bem como na rapidez de obtenção de resultados. Essa realidade, associada à viabilização de operações em tempo real e à internacionalização dos fluxos financeiros, independentemente do porte ou ramo de negócio, tem gerado a necessidade urgente de profissionais com o domínio consistente das técnicas de administração financeira, bem como do conhecimento específico do ambiente e mercado brasileiro. A gestão em finanças é um conjunto de ações que visa identificar, capturar, gerenciar e compartilhar todo o ativo de informações de uma organização, requerendo para tal mão-de-obra altamente qualificada. É com esse enfoque que o presente curso em EaD foi concebido, para que se formem profissionais qualificados em todas as regiões do país, mesmo onde não existam grandes centros educacionais. O curso será oferecido como uma das alternativas do aperfeiçoamento dos conhecimentos e das práticas adotadas pelas organizações e de se buscar novas estratégias, não só para melhor poder enfrentar o momento presente, mas também para elaborar uma visão do futuro próximo e equacionar os meios necessários para enfrentar os desafios que se avizinham no campo da gestão financeira Finalidades e objetivos do curso O Curso de Tecnologia em Gestão Financeira têm por objetivos preparar profissionais para os procedimentos financeiros que envolvam o desenvolvimento e planejamento tático das seguintes atividades: Preparação e documentação de informações a serem utilizadas pelo setor contábil. Preparação e interpretação de relatórios financeiros diversos. Análises de risco e crédito a clientes. Gestão do fluxo de Caixa da empresa. Análise de investimentos. Dessa forma o profissional formado poderá ocupar cargos de Analista Financeiro, Analista de Crédito e Cobrança, Analista de Investimento, Analista de Gestão Financeira e Controladoria e cargos correlatos Perfil Profissional de Conclusão Este curso visa formar profissional capacitado em Finanças, com domínio de técnicas em gestão financeira, fundamentadas teoricamente. Entretanto, não se deixa de lado uma formação prática, como deve ser a proposta de um curso de tecnologia, na área de gestão como um todo a fim de que este profissional possa ter a visão da dimensão de suas ações e tomadas de decisão. 13

14 As macro-competências a serem adquiridas no decorrer deste curso são: Aplicar os conhecimentos e procedimentos contábeis, para dar suporte e consistência na elaboração do planejamento financeiro das organizações; Projetar ações estratégicas, com aplicação dos fundamentos e técnicas de gestão financeira das organizações; Avaliar e planejar elementos que influenciam a gestão financeira, na legislação vigente, adequada as reais necessidades das organizações; Realizar análises e diagnosticar a situação econômica e financeira da organização, através da análise dos demonstrativos financeiros; Analisar riscos e linhas de concessão de crédito, minimizando as incertezas do retorno de crédito, subsidiando a área comercial; Analisar e avaliar os produtos e serviços ofertados no mercado de capitais, identificando as oportunidades e riscos existentes por tipo de operação financeira, na aplicação e captação de recursos; Realizar operações tributárias, bem como cumprir exigências legais em vigência, compreendendo os conceitos básicos da legislação das diferentes operações tributárias Fluxograma do curso (representação gráfica do percurso de formação) As unidades curriculares estão organizadas em módulos, com duração de 50 (cinqüenta) dias letivos. O curso é constituído de 8 módulos com carga horária máxima de 200 horas por módulo. Cada 20 horas correspondem a 1 (um) crédito. A matrícula deve ocorrer bimestralmente em unidades curriculares correspondentes a, no mínimo 2 ou, no máximo 10 créditos. A grade curricular do curso superior de Tecnologia em Gestão Financeira é: Unidade Curricular Carga horária/crédito Prof. Responsável Módulo 1 Técnicas de Comunicação e Metodologia de Pesquisa 40 2 Ricardo de Barbosa Castro Matemática 40 2 Rúbia B. Amaral Zuratto Técnicas em EAD 40 2 Ângelo Manoel Zanão Finanças 80 4 José Antonio R. de Moura Total do Módulo Módulo 2 Estatística 40 2 Marcelo Gonzalez Badin Cenários Econômicos 80 4 Arnaldo Franchim Contabilidade 80 4 Paulo Marcelo T. Andrikonis Total do Módulo Módulo 3 Análise das Demonstrações Financeiras 40 2 Paulo Marcelo T. Andrikonis Conhecimento e Capital Intelectual 80 4 Alexandre Botaro Marron Custos Empresariais 80 4 Bárbara Alves de Sousa Total do Módulo Módulo 4 Matemática Financeira 40 2 Moacir Rossini Análise Mercadológica 80 4 Alexandre Botaro Marron Planejamento Financeiro 80 4 Ester Elizabeth S. Rossetto 14

15 Total do Módulo Módulo 5 Planejamento e Controle da Produção 40 2 Orçamento Empresarial 80 4 Finanças e Mercado Internacional 80 4 Total do Módulo Módulo 6 Ética e Responsabilidade Social 40 2 Análise de Credito 80 4 Análise de Risco 80 4 Total do Módulo Módulo 7 Comunicação Empresarial 40 2 Análise da Viabilidade de Projetos 80 4 Legislação Tributária 80 4 Total do Módulo Módulo 8 Planejamento Estratégico 40 2 Empreendedorismo 80 4 Mercado de Capitais 80 4 Total do Módulo Total Geral O esquema a seguir representa as alternativas possíveis para o aluno organizar o desenvolvimento do curso quando da sua implantação total, ou seja, quando todos os módulos estiverem sendo oferecidos. Após o processo seletivo, o aluno cursará o Módulo 1 (um), formado por um conjunto de unidades curriculares de balizamento todo o curso. Após o módulo um (1) o aluno poderá optar por qualquer módulo que esteja sendo oferecido, respeitado o número de vagas existentes e/ou aprovadas para o curso cursando-os em qualquer ordem. Será facultada ainda a matrícula em unidades curriculares de um ou mais módulos, desde que estejam sendo oferecidas pela Instituição, exceto aquelas do 1º módulo, início obrigatório para todos os alunos ingressantes no curso. Desta forma, o aluno pode, por opção, montar seu percurso de formação de acordo com suas necessidades e/ou interesses. Estarão fixadas, nos respectivos editais, as regras de acesso quando da realização de cada processo seletivo. Durante o curso, o aluno terá direito a duas certificações e um diploma, nos seguintes momentos: (1) Analista de Operações Financeiras (800 Hs), quando o aluno terminar os módulos 1, 2, 3 e 4, à medida que os créditos correspondentes às unidades curriculares ali alocadas forem cumpridos e tenha obtido a aprovação em todas elas. Vale ressaltar que para receber a certificação o aluno deverá ter todas as competências e habilidades dos quatro módulos. (2) Analista de Planejamento Financeiro, quando o aluno terminar os módulos 1, 5, 6, 7 e 8. Ao terminar os quatros primeiros módulos e receber o certificado a que tem direito, o egresso desenvolveu e estará apto a aplicar as seguintes competências: Conhecer e executar as operações financeiras básicas, para construir a melhor condução de gestão dos recursos circulantes dentro da realidade da organização; Interpretar a situação atual da organização, através de relatórios contábeis e financeiros, para entender a sua realidade, de modo a auxiliar na tomada de decisão e como ferramenta de controle e planejamento financeiro; Analisar os cenários nacional e internacional, compreender o funcionamento do sistema econômico, a fim de apresentar alternativas viáveis para implementar mudanças, buscando oportunidades de negócios para a organização; 15

16 Planejar estrategicamente o processo produtivo da organização utilizando ferramentas para minimizar custos e o ser humano como diferencial competitivo, para maximizar seus resultados financeiros; Ao terminar os módulos 1, 5, 6, 7 e 8 e receber o certificado a que tem direito, o egresso desenvolveu e estará apto a aplicar as seguintes competências: Projetar a organização no médio e longo prazo utilizando ferramentas de gestão financeira, visando o crescimento ordenado da organização e antevendo necessidade de investimentos e seus impactos nos resultados futuros; Conhecer as técnicas de concessão de crédito, respeitando as possibilidades e recursos disponíveis da organização e mitigar os riscos que incorrem dentro da especificidade de sua atividade e do mercado em que atua; Analisar os produtos financeiros disponíveis no mercado de capitais e avaliar a melhor alternativa para tomar recursos ou investir, de modo a maximizar o resultado financeiro da empresa e dos sócios ou acionistas; Executar um plano de negócios compatível com as disponibilidades e expectativas atingíveis da organização, permeado por preceitos éticos e morais, respeitando o relacionamento interno com funcionários, mercado consumidor e meio ambiente e responsabilidade social; A conclusão de todos os módulos (oito), com suas respectivas unidades curriculares, dá ao aluno o direito ao Diploma de TECNÓLOGO EM GESTÃO FINANCEIRA e apresentará as competências conforme apresentado no tópico Perfil Profissional de Conclusão. A Fig. 2 esquematiza o fluxograma entre os módulos. Figura 02: Esquema representativo das possibilidades de desenvolvimento do curso com a recomendação da Coordenação de Curso. 16

17 Outros itens do projeto pedagógico Forma de acesso ao curso Conforme previsto no Regimento Escolar da Instituição (anexo 1) e no Edital do Processo Seletivo o ingresso aos cursos do CBTA Virtual de nível Superior EM TECNOLOGIA DE GESTÃO FINANCEIRA dará aos portadores de certificados de conclusão de ensino médio ou diploma de conclusão de curso superior, através de processo seletivo a ser aplicado pela Instituição. O CBTA Virtual prevê a aplicação de quatro (4) processos seletivos por ano, respeitando o limite de 500 vagas por processo. O curso é distribuído em 200 dias letivos/ano, divididos em 4 períodos de 50 dias (Módulo Bimestral) com carga de 200 Horas aula cada um, É importante que todo estudante do CBTA Virtual tenha consciência de que terá que dispor em média de 20 horas semanais para poder desenvolver o curso com estudos, pesquisas, leituras, reflexões, Atividades e Interatividades com os demais alunos e professores da turma. Contudo, se em uma determinada semana ele estiver impossibilitado de cumprir as horas necessárias o mesmo poderá repor na semana seguinte sem prejuízos de seus estudos. Convém lembrar que todo o curso, em sua essência, será desenvolvido no modo assíncrono, não obrigando o aluno a data e horários pré-determinados, com exceção aos encontros presenciais. Para se inscrever, o candidato deverá preencher a ficha de inscrição especificando a 1ª (primeira) e a 2ª (segunda) opções nos sites ou ou presencialmente no Pólo CBCon da sua região de preferência e seguir as orientações especificadas. Na ficha de inscrição deverá especificar as condições de acesso à Internet, local onde fica o computador e demais informações solicitadas. O candidato poderá utilizar, eventualmente, os computadores existentes nos pólos CBcon quando houver problemas no equipamento que utiliza. O candidato deve estar ciente de que o computador com acesso à Internet é condição imprescindível para o desenvolvimento do curso. Para realizar a prova, o candidato deve comparecer à sede do CBTA-Virtual ou a qualquer um dos Pólos Regionais CBCon munido da documentação obrigatória e em período pré-definido, conforme Manual do Candidato. A prova é sorteada pelo sistema eletrônico de Processo Seletivo e impressa individualmente para cada candidato que deverá assiná-la. O tempo de resolução da prova é de 3 (três) horas. Após resolução a prova deverá ser entregue para o atendente. O atendente a colocará em um envelope lacrado e a encaminhará à sede do CBTA-Virtual para correção. Mediante senha distribuída no dia da prova o candidato poderá ter acesso ao resultado. Para cada processo seletivo, há uma data limite para a execução da prova. Dez (10) dias após a data limite, o Sistema processa a classificação e publica o resultado do processo seletivo nos sites e Se o candidato não conseguiu classificação no processo seletivo, poderá se inscrever no próximo e utilizar a nota obtida no processo anterior, ou realizar nova prova concorrendo com os demais candidatos novos que se inscreverem e assim sucessivamente até o quarto processo. A partir do quinto processo seletivo a nota obtida anteriormente não terá mais validade. DAS PROVAS As provas serão realizadas nos Pólos Regionais credenciados e no CBTA sendo testes de múltipla escolha, com cinco alternativas cada, baseadas no conteúdo do Programa Nacional do Ensino Médio, e uma redação, conforme descrito no Manual do Candidato. DA TAXA O candidato deverá recolher uma taxa de R$ 40,00 (quarenta reais) em qualquer agência bancária 17

18 ou pela Internet e apresentar o comprovante de pagamento no ato da prova. DA AVALIAÇÃO A avaliação da prova objetiva (teste de múltipla escolha) e da redação será em escala de 0,0 a 10,0 (zero a dez) e a nota do processo seletivo será a somatória das duas avaliações, dividido por 2 (dois). Será eliminado do processo seletivo o candidato que obtiver nota 0,0 (zero) no teste de múltipla escolha e/ou nota inferior a 2,0 (dois) na redação. A esta media será acrescida a pontuação correspondente ao resultado obtido no ENEM, de acordo com a tabela a seguir. Caso o resultado do ENEM não seja utilizado, a nota final do candidato no processo seletivo corresponderá a média aritmética das duas avaliações. DA CLASSIFICAÇÃO A classificação dar-se-á por curso e por opção obedecendo à pontuação no processo seletivo. DOS CLASSIFICADOS A relação dos candidatos classificados estará disponível no site e será publicada na Secretaria das Faculdades de Tecnologia de Rio Claro CBTA e nos Pólos Regionais CBCon, de acordo com o Manual do Candidato. DA MATRÍCULA A matrícula será feita por unidade curricular e realizada na Secretaria das Faculdades de Tecnologia de Rio Claro CBTA (Rodovia Washington Luiz Km 173,3,- Rio Claro) ou nos Pólos Regionais CBCon, de acordo com o Manual do Candidato. O aluno deverá se matricular no primeiro módulo (obrigatório) do curso. Esta será automática nos módulos seguintes, se não houver manifestação do aluno para cursar modulo diferente do programado na grade curricular ou de componentes curriculares de módulos diferentes. A inadimplência impedirá a matrícula automática nas unidade(s) curricular(res devendo o aluno comparecer ao CBTA ou a um dos polos regionais para regularizar sua situação. Após matrícula, o aluno receberá senha para acesso à plataforma TecEdu, ambiente virtual do curso. DO TRANCAMENTO DE MATRÍCULA Poderá ser concedido trancamento de matrícula no Programa por um prazo máximo de 1 (um) ano) ao aluno que requeira, de forma documentada, especificando o motivo que o impede de dar continuidade ao curso e somente após cursar e obter aprovação em pelo menos 2 (dois) módulos. Poderá ser concedido o trancamento de matrícula em qualquer período letivo aos alunos designados para incorporação ou já servindo às Forças Armadas nas Organizações Militares Ativas, ou matriculados em Órgãos de Formação de Oficiais de Reserva. A solicitação de trancamento deve ser encaminhada à Diretoria do CBTA Virtual. O modelo completo do Edital do Edital do Processo Seletivo encontra-se nos sites e Práticas pedagógicas previstas De acordo com o Decreto 5622, educação a distância caracteriza-se como modalidade educacional na qual a mediação didático-pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem ocorre com a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação, com estudantes e professores desenvolvendo atividades educativas em lugares ou tempos diversos. Assim, a EaD é caracterizada pela separação do professor e aluno no espaço e/ou tempo, pelo controle do aprendizado ser realizado mais intensamente pelo aluno do que pelo professor distante e 18

19 pela comunicação entre alunos e professores ser mediada por documentos impressos ou alguma forma de tecnologia. Embora a ferramenta tecnológica seja primordial na EaD, atualmente qualquer programa de sucesso deve ser focalizado nas necessidades instrucionais dos alunos. Devem ser considerados, por exemplo, suas idades, sua base cultural e sócio-econômica, interesses e experiências, níveis de educação e familiaridade com métodos de EaD. A educação a distância surgiu na Europa na primeira metade do século XIX, sendo a corrente mais predominante a que registra na Suécia, em 1833, a primeira experiência nesse campo de ensino. Poucos anos mais tarde, programas de ensino por correspondência surgem na Inglaterra (1840) e Alemanha (1856), iniciando em nosso continente em 1874, nos Estados Unidos da América. Gradualmente outros países passaram a adotar metodologias de EaD até chegar ao Brasil em Nesses mais de 170 anos, a educação a distância teve significativos avanços, sendo importantes marcos referenciais a criação do sistema rádio-educativo e, mais tarde, a utilização do telefone, cinema, televisão e internet para fins educacionais que, ao lado dos correios, compõem meios essenciais para o processo de aprendizagem. Atualmente podemos afirmar que em praticamente todos os países existem programas educativos sendo transmitidos por várias mídias, permitindo a democratização da educação de qualidade. É possível ver-se, tanto em países industrializados, como em nações em desenvolvimento, excelentes programas sendo realizados através de mega-universidades, unidades de ensino de menor porte ou até por pequenos centros escolares. A EaD não é um privilégio dos países ricos ou de organizações poderosas. É, na realidade, um dos melhores instrumentos para a inclusão social e para a melhoria quantitativa e qualitativa da educação. (Estudo técnico sobre o Decreto num , de 19 de dezembro de 2005, elaborado pelo Instituto de Pesquisas Avançadas em Educação, março de 2006, Com o avanço da tecnologia na área da Comunicação Mediada por Computador, a Educação à distância deu um grande salto quantitativo e qualitativo, com a utilização da Internet. Os recursos advindos da eletrônica permitiram a aplicação de inúmeros recursos tecnológicos nas metodologias educacionais, contemplando todas as tendências pedagógicas. Dessa forma, o curso de Tecnologia em Gestão de Sistemas Produtivos, que deverá ser oferecido pelo CBTA- Virtual, constitui uma nova forma de abordagem da aprendizagem, que permite que os conteúdos sejam trabalhados de acordo com o ritmo do profissional, respeitando suas individualidades através de um processo flexível e levando em conta suas experiências e códigos de referência. As novas teorias educacionais têm privilegiado ações que levem os participantes do processo educacional a uma visão crítica sobre os conteúdos trabalhados, bem como a uma maior autonomia na forma de aprender e utilizar os conhecimentos. A criação de situações de aprendizagem que propiciem uma reflexão constante e que permitam ao educando construir o próprio conhecimento através de questões práticas de seu cotidiano tem se mostrado uma forma bastante eficaz como proposta de aprendizagem. É a partir das situações práticas reais, que o conceito de reflexão vem sendo defendido por alguns autores no processo de aprendizagem. Esse componente reflexivo ganha dimensão em qualquer prática profissional e, especialmente, em situações novas ou diferentes, apresentadas no cotidiano, para as quais uma solução técnica é insuficiente para resolver. Os estudos de Donald Schon (1983), sobre prática reflexiva, apontam caminhos para um processo em que os profissionais atuem como colaboradores, seja na produção dos saberes que irão auxiliá-los na resolução dos problemas práticos da vida cotidiana, seja no alargamento do âmbito de discussão, 19

20 decisão e reconstrução desses saberes, no sentido de valorizar as práticas de formação e trazer a mudança do clima organizacional. Nesse sentido, uma proposta pedagógica reflexiva tem a preocupação de tratar os conteúdos a serem abordados de uma forma mais flexível, ao invés de uma forma lógica e cronológica, a partir das situações concretas apresentadas, que o estimularão à reflexão e análise. O processo de reflexão e análise leva ao exercício do pensamento crítico e não simplesmente à aquisição de novos conhecimentos prontos e acabados. O projeto pedagógico que ora encaminhamos está em consonância com as diretrizes do Ministério de Educação e Cultura, uma vez que, segundo o documento Referenciais de Qualidade para Cursos a Distância do mesmo ministério, considera-se que a diferença básica entre educação presencial e a distância está no fato de que, nesta, o aluno constrói conhecimento ou seja, aprende - e desenvolve competências, habilidades, atitudes e hábitos relativos ao estudo, à profissão e à sua própria vida, no tempo e local que lhe são adequados, não com a ajuda em tempo integral da aula de um professor, mas com a mediação de professores (orientadores ou tutores), atuando ora a distância, ora em presença física ou virtual, e com o apoio de sistemas de gestão e operacionalização específicos, bem como de materiais didáticos intencionalmente organizados, apresentados em diferentes suportes de informação, utilizados isoladamente ou combinados, e veiculados através dos diversos meios de comunicação (o destaque no texto é nosso). Diante da necessidade de criar uma educação à distância para atender o maior número de alunos possível, em diversas situações, e reconhecendo os benefícios possibilitados pela tecnologia digital, propomos uma forma de fazer EaD baseado na Internet. Sempre que em uma região, ou mesmo através de parcerias, houver um número significativo de alunos (demanda), poderão ser criados Pólos Regionais para atender o alunado regionalmente. Com infra-estrutura de computadores, Internet, telefone, fax e atendimento as necessidades dos alunos no local. O Pólo CBCon deverá promover o Curso na região e dar todo o suporte local e a nível regional aos alunos, bem como ser responsável pela aplicação de provas presenciais conforme fixado no Plano de Ensino da unidade curricular e das que compõem o vestibular. O Pólo CBCon somente aplicará as provas, não sendo responsável pelo conteúdo das mesmas. Também desenvolverá atividades da área administrativa da Instituição. A partir do site do CBCon (http://www.cbcon.com.br) ou do site do CBTA (http://www.cbta.edu.br), o estudante aciona todo o curso preparado pelo corpo docente do CBTA, desenvolvendo-o, portanto, via Internet. É, pois, imprescindível que o mesmo tenha acesso ao computador e Internet, sem os quais não há como viabilizar sua participação. Os interessados que não possuírem acesso a computadores e a Internet poderão vir a tê-lo por meio de solicitação junto a diversos setores da comunidade onde vivem tais como escolas públicas ou privadas, comércio local ou regional, instituições religiosas, associações comunitárias e outros. Poderá também ser criado Pólo Regional para atender a esses interessados (sempre que houver um numero significativo) ou um convênio / parceria com esta finalidade, uma vez que é condição imprescindível a utilização do computador para o desenvolvimento do curso. Os estudantes poderão eventualmente utilizar a infra-estrutura dos pólos regionais para desenvolver suas atividades didáticas, em situações temporárias como quebra de seu equipamento, manutenção e outras não previstas. Para o desenvolvimento do curso em EaD, o roteiro de estudo orientado de cada unidade curricular desempenha papel fundamental e deve ser preparado com redação clara, direta, constituindo importante aliado do professor animador. De acordo com estas diretrizes o material didático está dividido em duas categorias: A. Guia da Unidade Curricular: informa ao aluno os objetivos e as características da 20

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM COMUNICAÇÃO E MARKETING Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008

RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008 CONSUC Parecer 12/2008 Aprovado em 02/12/2008 RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008 Cria o Núcleo de Educação a Distância (NEAD) e aprova seu Regimento Interno O DIRETOR GERAL DA FACULDADE DAS AMÉRICAS,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

O Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores possui flexibilidade para atender dois tipos de certificações intermediárias, que são:

O Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores possui flexibilidade para atender dois tipos de certificações intermediárias, que são: 1) Formas de participação do Corpo Discente: O Colegiado do Curso é um órgão consultivo, deliberativo e normativo, onde é possível a participação do corpo discente nas decisões que competem a exposição

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

PROFMAT - Programa de Mestrado Profissional em Matemática. Regimento. Coordenação do ensino de matemática nas escolas;

PROFMAT - Programa de Mestrado Profissional em Matemática. Regimento. Coordenação do ensino de matemática nas escolas; Capítulo I Objetivos Regimento Artigo 1º - O Objetivo do Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional é proporcionar ao aluno formação matemática aprofundada, relevante ao exercício

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO E LOGÍSTICA HOSPITALAR

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO E LOGÍSTICA HOSPITALAR CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO E LOGÍSTICA HOSPITALAR ÁREA DO CONHECIMENTO Administração e Saúde. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Gestão e Logística Hospitalar. AMPARO

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 1 FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO PIO XII CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 O currículo

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão de Projetos 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que apontam a

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS REGULAMENTO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Para os propósitos deste documento são aplicáveis as seguintes definições:

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS REGULAMENTO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Para os propósitos deste documento são aplicáveis as seguintes definições: 1 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS REGULAMENTO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Para os propósitos deste documento são aplicáveis as seguintes definições: Professor-autor é aquele que possui pleno domínio da área

Leia mais

AÇÕES DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL 1. FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA OU QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

AÇÕES DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL 1. FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA OU QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL GLOSSÁRIO EDUCAÇÃO PROFISSIONAL SENAC DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL RIO DE JANEIRO NOVEMBRO/2009 AÇÕES DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Ações educativas destinadas ao desenvolvimento de competências necessárias

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS FATEC JUNDIAÍ 2009

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS FATEC JUNDIAÍ 2009 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS FATEC JUNDIAÍ 2009 Apresentação: O curso de Especialização em Gestão Estratégica de Negócios será oferecido em nível de pós-graduação, pela Faculdade

Leia mais

EDITAL Nº 002/2011 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA

EDITAL Nº 002/2011 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA EDITAL Nº 002/2011 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA 1. INFORMAÇÕES GERAIS A direção da Faculdade de Ciências, Educação e Tecnologia de Garanhuns da Universidade

Leia mais

CONSELHO UNIVERSITÁRIO

CONSELHO UNIVERSITÁRIO P R O P O S T A D E P A R E C E R CONSELHO UNIVERSITÁRIO PROCESS0 Nº: 007/2014 ASSUNTO: Proposta de texto Construção de Políticas e Práticas de Educação a Distância a ser incluído no Plano de Desenvolvimento

Leia mais

Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista:

Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista: Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista: A metodista é credenciada pelo MEC para o oferecimento de cursos a distância? Sim. A Universidade Metodista de São Paulo recebeu o credenciamento do

Leia mais

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF)

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) Maio de 2007 Maria Rachel Barbosa Fundação Trompovsky (Apoio ao NEAD CENTRAN) rachel@centran.eb.br Vanessa Maria

Leia mais

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO PROVÍNCIA LA SALLE BRASIL - CHILE APRESENTAÇÃO O Setor de Educação Superior da Província

Leia mais

GUIA DO PÓS-GRADUANDO ON-LINE

GUIA DO PÓS-GRADUANDO ON-LINE GUIA DO PÓS-GRADUANDO ON-LINE UNIASSELVI-PÓS Programa de Pós-Graduação APRESENTAÇÃO Seja bem-vindo ao programa de pós-graduação UNIASSELVI-PÓS! Aqui você encontra, de forma simples e ágil, todas as orientações

Leia mais

Como ter sucesso na educação a distância

Como ter sucesso na educação a distância Metodologia Diferenciada Ambiente de Aprendizagem Moderno Inovação Continuada e Empreendedorismo Como ter sucesso na educação a distância 1 Regulamento 2 1 Como ter sucesso na educação a distância Para

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior. ASSUNTO: Instrumentos de avaliação para credenciamento

Leia mais

RESOLUÇÃO REITORIA Nº 015 DE 04 DE OUTUBRO DE 2012. O REITOR da UNIVERSIDADE ALTO VALE DO RIO DO PEIXE UNIARP, no uso de suas atribuições,

RESOLUÇÃO REITORIA Nº 015 DE 04 DE OUTUBRO DE 2012. O REITOR da UNIVERSIDADE ALTO VALE DO RIO DO PEIXE UNIARP, no uso de suas atribuições, RESOLUÇÃO REITORIA Nº 015 DE 04 DE OUTUBRO DE 2012 Regulamenta a oferta do Curso de Pós- Graduação Lato Sensu : MBA em GESTÃO DE FINANÇAS EMPRESARIAIS na Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - UNIARP

Leia mais

PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais

PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais IDENTIFICAÇÃO DO CURSO Curso de Especialização em Gestão e Relações Internacionais Área de Conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas

Leia mais

Colégio Técnico Anhanguera

Colégio Técnico Anhanguera O Colégio Técnico Anhanguera é um Colégio de Educação Básica EAD em nível de: Ensino médio Ensino Técnico Administração, Logística e Informática Ensino Profissionalizante São cursos de educação voltados

Leia mais

Serviço Público. Manutenção e Suporte em Informática

Serviço Público. Manutenção e Suporte em Informática Serviço Público Manutenção e Suporte em Informática Wilson Pedro Coordenador do Curso de Serviço Público etec_sp@ifma.edu.br Carla Gomes de Faria Coordenadora do Curso de Manutenção e Suporte em Informática

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 18 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2009

RESOLUÇÃO nº 18 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2009 RESOLUÇÃO nº 18 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2009 Aprova o Regimento Interno do Núcleo de Educação Técnica e Tecnológica Aberta e a Distância NETTAD - CAVG. O Presidente em exercício do Conselho Coordenador do

Leia mais

Curso de Especialização em GESTÃO E LOGÍSTICA HOSPITALAR

Curso de Especialização em GESTÃO E LOGÍSTICA HOSPITALAR Curso de Especialização em GESTÃO E LOGÍSTICA HOSPITALAR ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração e Saúde. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Gestão e Logística Hospitalar.

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online SUPERVISÃO E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2013 CURSOS:

Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2013 CURSOS: Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2013 CURSOS: Bacharelado em Sistemas de Informação (Reconhecido pela Portaria MEC nº 315 D.O.U. 31/12/2012) Bacharelado em Administração de Empresas (Reconhecido

Leia mais

2. Cursos de Extensão

2. Cursos de Extensão 2. Cursos de Extensão Instituto Internacional de Cromatografia (IIC) APRESENTAÇÃO DOS CURSOS DE EXTENSÃO DO IIC O Instituto Internacional de Cromatografia (IIC) oferecerá no ano de 2011 as seguintes atividades

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TUTORIA EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TUTORIA EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TUTORIA EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA ÁREA DO CONHECIMENTO Educação. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Tutoria em Educação a Distância. AMPARO LEGAL

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Concepção do Curso de Administração A organização curricular do curso oferece respostas às exigências impostas pela profissão do administrador, exigindo daqueles que integram a instituição

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação?

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? O mercado do trabalho está cada vez mais exigente. Hoje em dia, um certificado de pós-graduação é imprescindível para garantia

Leia mais

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 NÚMERO DE VAGAS: 45 (Quarenta e cinco) vagas. PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS Abril de 2014 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 O MBA EM CONSULTORIA & GESTÃO DE NEGÓCIOS,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE MATEMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE MATEMÁTICA Coordenação do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, Especialização à Distância, em Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância. Edital

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO INCLUSIVA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE MATEMÁTICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online GESTÃO ESCOLAR EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na Modalidade

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

FACULDADE PASCHOAL DANTAS

FACULDADE PASCHOAL DANTAS FACULDADE PASCHOAL DANTAS PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO ÊNFASE GESTÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SÃO PAULO - SP NOVEMBRO DE 2008 ÍNDICE 1. Visão e Missão da FPD...3 2. ORGANIZAÇÃO

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES CHAMADA PÚBLICA N 001/2015.

SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES CHAMADA PÚBLICA N 001/2015. SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES CHAMADA PÚBLICA N 001/2015. 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Estabelece as normas do processo

Leia mais

CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares

CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares C M E CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NATAL/RN RESOLUÇÃO Nº 003/2011 CME Estabelece normas sobre a Estrutura, Funcionamento e Organização do trabalho pedagógico da Educação de Jovens e Adultos nas unidades

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação Bacharelados, Licenciaturas e Cursos Superiores de Tecnologia (presencial e a distância)

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação Bacharelados, Licenciaturas e Cursos Superiores de Tecnologia (presencial e a distância) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com.

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com. A pós-graduação é fundamental para manter-se bem colocado no mercado de trabalho e para aperfeiçoar competências profissionais. Além de enriquecer o currículo, este tipo de especialização ajuda a melhorar

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PRAÇA DA REPÚBLICA, 53 - FONE: 3255-2044 CEP: 01045-903 - FAX: Nº 3231-1518 SUBSÍDIOS PARA ANÁLISE DO PLANO DE CURSO

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PRAÇA DA REPÚBLICA, 53 - FONE: 3255-2044 CEP: 01045-903 - FAX: Nº 3231-1518 SUBSÍDIOS PARA ANÁLISE DO PLANO DE CURSO 1 CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PRAÇA DA REPÚBLICA, 53 - FONE: 3255-2044 CEP: 01045-903 - FAX: Nº 3231-1518 SUBSÍDIOS PARA ANÁLISE DO PLANO DE CURSO 1. APRESENTAÇÃO É com satisfação que apresentamos este

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR PRESENCIAL EDITAL N.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR PRESENCIAL EDITAL N. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR PRESENCIAL EDITAL N. 26/2011 Inscrição para tutoria presencial do Curso de Licenciatura

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO PARA TUTORES - PCAT

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO PARA TUTORES - PCAT 1 RESOLUÇÃO CONSU 2015 04 de 14/04/2015 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO PARA TUTORES - PCAT Campus Virtual 2 A. JUSTIFICATIVA A vida universitária tem correspondido a um período cada vez mais

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM INFORMÁTICA E COMUNICAÇÃO NA EDUCAÇÃO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM INFORMÁTICA E COMUNICAÇÃO NA EDUCAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM INFORMÁTICA E COMUNICAÇÃO NA EDUCAÇÃO ÁREA DO CONHECIMENTO Educação. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Ensino de Informática e Comunicação na

Leia mais

TURMA ESPECIAL DE DIREITO CARREIRAS MILITARES

TURMA ESPECIAL DE DIREITO CARREIRAS MILITARES TURMA ESPECIAL DE DIREITO CARREIRAS MILITARES SISTEMA CAMPUS VIRTUAL CRUZEIRO DO SUL PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES SOBRE O CURSO (FAQ) 1. O CURSO DE DIREITO É RECONHECIDO PELO MEC? O aluno fará um curso

Leia mais

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL Regulamento Atividades Complementares Faculdade da Cidade de Santa Luzia - 2014 Regulamento das Atividades Complementares CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Artigo 1º - As Atividades

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - NEAD

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - NEAD REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - NEAD A política de Educação a Distância EAD está claramente expressa em diversos documentos e regulamentos internos da instituição Regulamento do NEAD Os

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ELABORAÇÃO DE MATERIAL, TUTORIA E AMBIENTES VIRTUAIS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento

Leia mais

Manual do Candidato da Graduação. Processos Seletivos

Manual do Candidato da Graduação. Processos Seletivos 1 ESCOLA SUPERIOR NACIONAL DE SEGUROS Manual do Candidato da Graduação Processos Seletivos Rua Senador Dantas, 74 Térreo; 2º e 3º andares Centro Rio de Janeiro RJ Tel. 33801044 33801046 33801535 2 A Escola

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Marketing e Vendas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Marketing e Vendas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão de Marketing e Vendas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 1º Fica aprovado, conforme anexo, o Regulamento da Coordenação de Ensino a Distância do Centro Universitário Franciscano do Paraná.

RESOLUÇÃO. Artigo 1º Fica aprovado, conforme anexo, o Regulamento da Coordenação de Ensino a Distância do Centro Universitário Franciscano do Paraná. RESOLUÇÃO CONSEPE 14/2006 Referenda a aprovação do Regulamento da Coordenação de Ensino a Distância do Centro Universitário Franciscano do Paraná. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão

Leia mais

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você.

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Educação a Distância Anhembi Morumbi Agora você pode estudar em uma universidade internacional

Leia mais

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem...

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 08 Edição do Perfil... 10 Ambiente Colaborar... 11 Iniciando

Leia mais

Edital de Aproveitamento de Estudos e Diplomas de Curso Normal Superior e Pedagogia com habilitação em Supervisão e Orientação

Edital de Aproveitamento de Estudos e Diplomas de Curso Normal Superior e Pedagogia com habilitação em Supervisão e Orientação EDITAL n. 06.2012 - FAEL- EAD, 30 de maio de 2012 Edital de Aproveitamento de Estudos e Diplomas de Curso Normal Superior e Pedagogia com habilitação em Supervisão e Orientação A Faculdade Educacional

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO INTRODUÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) Articulação com o Plano de Desenvolvimento Institucional PDI Projeto Político Pedagógico Indissociabilidade entre ensino, pesquisa

Leia mais

Salvador, Bahia Quarta-feira 16 de Abril de 2014 Ano XCVIII N o 21.405 EDITAL Nº 034/2014

Salvador, Bahia Quarta-feira 16 de Abril de 2014 Ano XCVIII N o 21.405 EDITAL Nº 034/2014 Salvador, Bahia Quarta-feira 16 de Abril de 2014 Ano XCVIII N o 21.405 EDITAL Nº 034/2014 O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLVE tornar

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Regimento do Mestrado Profissional em Matemeatica em Rede Nacional

Regimento do Mestrado Profissional em Matemeatica em Rede Nacional Regimento do Mestrado Profissional em Matemeatica em Rede Nacional Capítulo I Objetivos Artigo 1º - O Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT) tem como objetivo proporcionar formação

Leia mais

Alcance e flexibilidade nem sempre oferecidos pelo ensino presencial.

Alcance e flexibilidade nem sempre oferecidos pelo ensino presencial. Alcance e flexibilidade nem sempre oferecidos pelo ensino presencial. Nos programas e cursos da Educação a Distância da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (EAD/ ENSP), a formação dos profissionais

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL A DISTÂNCIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

EDUCAÇÃO ESPECIAL A DISTÂNCIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA EDUCAÇÃO ESPECIAL A DISTÂNCIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Andréa Tonini José Luiz Padilha Damilano Vera Lucia Marostega Universidade Federal de Santa Maria RS RESUMO A UFSM vem ofertando Cursos de Formação

Leia mais

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL Pelotas RS Maio 2010 Letícia Marques Vargas IFSul le.mvargas@gmail.com Gabriela

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PEDAGOGIA EMPRESARIAL E DINÂMICA DE GRUPO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PEDAGOGIA EMPRESARIAL E DINÂMICA DE GRUPO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PEDAGOGIA EMPRESARIAL E DINÂMICA DE GRUPO ÁREA DO CONHECIMENTO Educação. Administração. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Pedagogia Empresarial

Leia mais

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Faculdade Educacional da Lapa 1 FAEL RESULTADOS - AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2012 O referido informativo apresenta uma súmula dos resultados da autoavaliação institucional, realizada no ano de 2012, seguindo

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS ÁREA DO CONHECIMENTO Administração. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Gestão de Negócios. AMPARO LEGAL E PORTARIA DO MEC O

Leia mais

SIC 56/07. Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007.

SIC 56/07. Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007. SIC 56/07 Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007. 1. DIRETRIZES PARA A ELABORAÇÃO, PELO INEP, DOS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA O CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR E SEUS PÓLOS DE APOIO

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 010 /03 Dispõe sobre as condições para oferta de disciplinas à distância nos cursos presenciais da UERJ. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, no uso da competência que lhe

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online GESTÃO DE PROJETOS EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº10 UNOESC-R/2010

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº10 UNOESC-R/2010 UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº10 UNOESC-R/2010 O Reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina, Instituição Educacional, com sede na Rua Getúlio Vargas, 2125, na cidade

Leia mais

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com. ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.br CPC Conceito Preliminar de Curso 1 - Nota dos Concluintes no ENADE

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF

SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF 1 SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF Fortaleza CE Junho/2009 Karla Angélica Silva do Nascimento - Faculdade Integrada da Grande Fortaleza karla@fgf.edu.br

Leia mais

PROFLETRAS R E G I M E N T O

PROFLETRAS R E G I M E N T O PROFLETRAS R E G I M E N T O CAPÍTULO I - CAPITULO II - CAPÍTULO III - CAPÍTULO IV - CAPÍTULO V - CAPÍTULO VI - CAPÍTULO VII - CAPÍTULO VIII - Das Finalidades Das Instituições Associadas Da Organização

Leia mais

POLÍTICA DE ENSINO DA FISMA

POLÍTICA DE ENSINO DA FISMA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ME FACULDADE INTEGRADA DE SANTA MARIA PRELIMINARES POLÍTICA DE ENSINO DA FISMA Santa Maria, RS Junho - 2010 1 SUMÁRIO 1. POLÍTICA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO... 1 2. POLÍTICAS DE ENSINO

Leia mais

SESI. Empreendedorismo Social. Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações?

SESI. Empreendedorismo Social. Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações? SESI Empreendedorismo Social Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações? REGULAMENTO SESI Empreendedorismo Social A inovação social é o ponto de partida para um novo modelo que atende

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº07 UNOESC-R/2011

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº07 UNOESC-R/2011 UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº07 UNOESC-R/2011 O Reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina, Instituição Educacional, com sede na Rua Getúlio Vargas, 2125, na cidade

Leia mais

Al. dos Pamaris, 308 Moema São Paulo / SP - CEP: 04086-020 Fone: 11 5535-1397 Fax: 11 5531-5988 www.humus.com.br

Al. dos Pamaris, 308 Moema São Paulo / SP - CEP: 04086-020 Fone: 11 5535-1397 Fax: 11 5531-5988 www.humus.com.br PALESTRAS E CURSOS IN COMPANY PARA O ENSINO SUPERIOR ACADÊMICOS A Coordenação de Curso e sua Relevância no Processo de Competitividade e Excelência da IES Acessibilidade: requisito legal no processo de

Leia mais

Manual do Candidato da Graduação. Processos Seletivos

Manual do Candidato da Graduação. Processos Seletivos 1 ESCOLA SUPERIOR NACIONAL DE SEGUROS ESNS Manual do Candidato da Graduação Processos Seletivos Rua Senador Dantas, 74 2º andar Centro Rio de Janeiro RJ Tel. 33801044 33801046 33801532 2 A Escola Superior

Leia mais

Pós-Graduação em Gestão de Negócios com Ênfase em Mercado Farmacêutico

Pós-Graduação em Gestão de Negócios com Ênfase em Mercado Farmacêutico Pós-Graduação em Gestão de Negócios com Ênfase em Mercado Farmacêutico Manual do Curso São Paulo Educação Executiva 2015 Apresentação O Sindusfarma deseja oferecer aos seus associados à possibilidade de

Leia mais

Catálogo do Curso de Educação Ambiental Dimensões da Sustentabilidade na Escola

Catálogo do Curso de Educação Ambiental Dimensões da Sustentabilidade na Escola Catálogo do Curso de Educação Ambiental Dimensões da Sustentabilidade na Escola 1. Dados Gerais 1. Área Temática: Educação Ambiental 2. Nome do curso: Educação Ambiental: Dimensões da Sustentabilidade

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE FÍSICA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na Modalidade

Leia mais

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS.

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS. GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING CARACTERIZAÇÃO DO CURSO DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS. DIPLOMA CONFERIDO: TECNÓLOGO DE

Leia mais

PROFIAP Regulamento do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional

PROFIAP Regulamento do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional 1 PROFIAP Regulamento do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional Capítulo I Objetivos Artigo 1º - O Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional (PROFIAP) tem

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE MATEMÁTICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO LÚDICO EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na Modalidade

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE QUÍMICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais