Ministério Público do Estado de Mato Grosso Promotoria de Justiça de Porto dos Gaúchos...

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ministério Público do Estado de Mato Grosso Promotoria de Justiça de Porto dos Gaúchos..."

Transcrição

1 NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA Para empresa de ônibus de transporte intermunicipal Verde Transportes atuante nas cidades de Porto dos Gaúchos-MT e Novo Horizonte do Norte/MT. O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por sua Promotora de Justiça, que esta subscreve, visando o atendimento dos direitos dos idosos que não foram observados no transporte intermunicipal e interestadual, com fundamento na Lei n.º 8.625/93, aplicando subsidiariamente a Lei Complementar n.º 75/93, especialmente a norma do art. 6º, inciso XX, que autoriza expedir recomendações na defesa dos interesses, direitos e bens que lhe cabe promover, vem, apresentar: R E C O M E N D A Ç Ã O pelos seguintes fatos e fundamentos a seguir expostos: 1 - FATOS Chegou ao conhecimento desta Promotoria de Justiça que a empresa de ônibus deste município está negando passagens aos idosos em âmbito intermunicipal. Ademais, realizado diligências aos locais de vendas de passagens na empresa que atua nas cidades de Novo Horizonte do Norte e Porto dos Gaúchos, verificou-se que não há comunicado em exposição

2 sobre a gratuidade de passagem aos idosos que cumprir os requisitos elencados em lei. 2 - DIREITO A gratuidade nos transportes coletivos está prevista no artigo 230 da Constituição Federal: Art A família, a sociedade e o Estado têm o dever de amparar as pessoas idosas, assegurando sua participação na comunidade, defendendo sua dignidade e bem-estar e garantindo-lhes o direito à vida. 1º - (...) 2º - Aos maiores de sessenta e cinco anos é garantida a gratuidade dos transportes coletivos urbanos. (grifo nosso) O transporte rodoviário e ferroviário do idoso, pessoa com idade igual ou superior a 60 anos, foi disciplinando nos arts. 39 a 42 da Lei Federal nº /2.003 e se dividem em: municipal ou urbano. Ainda tem-se intermunicipal (o que transpõe o limite do Município) e interestadual (o que transpõe o limite do Estado). No que tange ao transporte rodoviário intermunicipal do idoso, no Estado de Mato Grosso, o transporte rodoviário intermunicipal do idoso também foi disciplinado pela Lei Estadual nº 8.823, de 16/01/2.008 com as seguintes regras: 1ª) É assegurado ao idoso (pessoa com idade igual ou superior a 60 anos), ao aposentado e ao pensionista com idade superior a 60 anos e ao aposentado por invalidez, neste último caso, de qualquer idade, com rendimento de até 2 (dois) salários mínimos, 2 (duas) vagas gratuitas por veículo (por exemplo, ônibus) acima de 20 (vinte) lugares e 1 (uma) vaga gratuita por veículo de até 20 (vinte) lugares; 2ª) Os assentos destinados a gratuidade para aposentados idosos e pensionistas, são de uso exclusivo para esta finalidade, não podendo ser comercializados e deverão estar identificados de forma visível e inequívoca, com letreiro contendo a inscrição vagas reservadas, ficando destinadas para tal finalidade as poltronas 1 2 ou 3 4;

3 3ª) O idoso, aposentado e pensionista, para fazer uso da reserva prevista na regra '1ª' desta recomendação, deverá solicitar, em qualquer dos pontos de venda próprios, inclusive nos guichês e balcões da rodoviária de Porto dos Gaúchos e Novo Horizonte do Norte, com antecedência mínima de três horas em relação ao horário de partida; 4ª) Não estão incluídas no benefício de gratuidade ao idoso, aposentado ou pensionista, as tarifas de utilização de terminal, de seguro e pedágio; 5ª) No ato de solicitação e utilização da reserva de gratuidade, o idoso, aposentado ou pensionista, deverá apresentar documento original de identificação, com foto, expedido por órgão público, que faça prova de sua idade e apresentar comprovante da renda igual ou inferior a dois salários-mínimos; 6ª) A comprovação de renda será feita mediante a apresentação de um dos seguintes documentos: I - carteira de Trabalho e Previdência Social com anotações atualizadas; ou, II - contracheque de pagamento ou documento expedido pelo empregador; ou, III - carnê de contribuição para o Instituto Nacional do Seguro Social INSS; ou, IV - extrato de pagamento de benefício ou declaração fornecida pelo INSS ou outro regime de previdência social público ou privado. Assim, em regra, todas as empresas de transporte de passageiros deverão reservar dois lugares para o idoso, aposentado, pensionista e aposentado por invalidez, neste último caso, independentemente da idade. Reforçamos que não é apenas a pessoa aposentada que tem direito de reservar o transporte gratuito porque a pessoa com 60 anos ou mais, aposentada ou não aposentada, tem direito de reservar vaga para viagem intermunicipal, desde que comprove receber até 2 salários mínimos. Com efeito, o transporte rodoviário interestadual foi regulamentado pelo Decreto Federal nº 5.934, de 18/10/2008 e pela Resolução nº 1.692, de 25/10/2006, da Agência Nacional de Transportes

4 Terrestres, com as seguintes regras: 1ª) É assegurado ao idoso (pessoa com idade igual ou superior a 60 anos), independentemente se aposentado ou não aposentado, com renda até 2 (dois) salários mínimos, 2 (duas) vagas gratuitas por veículo (por exemplo, ônibus); 2ª) O idoso, aposentado e pensionista, para fazer uso da reserva prevista na regra '1ª' desta recomendação, deverá solicitar, em qualquer dos pontos de venda próprios, inclusive nos guichês e balcões da rodoviária de Porto dos Gaúchos e Novo Horizonte do Norte, com antecedência mínima de três horas em relação ao horário de partida; 3ª) As vagas reservadas aos idosos poderão ser comercializadas pelas empresas, desde que, no horário marcado para a partida no ponto inicial do trecho, nenhum idoso tenha reservado a vaga; 4ª) Além das vagas previstas na regra '1ª', o idoso com renda de até 2 (dois) salários-mínimos terá direito ao desconto mínimo de 50% (cinquenta por cento) do valor da passagem para os demais assentos do veículo de transporte interestadual de passageiros. Para fazer jus ao desconto previsto nesta regra, o idoso deverá adquirir o bilhete de passagem obedecendo aos seguintes prazos: I - para viagens com distância até 500 km, com, no máximo, seis horas de antecedência; e II - para viagens com distância acima de 500 km, com, no máximo, doze horas de antecedência. 5ª) No ato da solicitação do Bilhete de Viagem do Idoso ou do desconto do valor da passagem, o interessado deverá apresentar documento pessoal que faça prova de sua idade e da renda igual ou inferior a dois salários-mínimos. A prova de idade do idoso far-se-á mediante apresentação do original de qualquer documento pessoal de identidade, com fé pública, que contenha foto. 6ª) A comprovação de renda será feita mediante a apresentação de um dos seguintes documentos: I - Carteira de Trabalho e Previdência Social com anotações atualizadas; II - contracheque de

5 pagamento ou documento expedido pelo empregador; III - carnê de contribuição para o Instituto Nacional do Seguro Social INSS; IV - extrato de pagamento de benefício ou declaração fornecida pelo INSS ou outro regime de previdência social público ou privado; e V - documento ou carteira emitida pelas Secretarias Estaduais ou Municipais de Assistência Social ou congêneres. 7ª) Não estão incluídas no benefício as tarifas de pedágio e de utilização dos terminais e as despesas com alimentação. 3 - RECOMENDAÇÃO Assim, o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por sua promotora de justiça, curadora dos direitos do idoso, que esta subscreve, RECOMENDA para todas a empresa de transporte intermunicipal e interestadual dos Municípios de Porto dos Gaúchos-MT e Novo Horizonte do Norte/MT que: 1º)Adote, imediatamente, medidas administrativas para cumprir a Lei Federal nº /2.003 (Estatuto do Idoso), a Lei Estadual 8.823/08, o Decreto Federal nº 5.934/06, a Resolução nº 1.692/06 da ANTT, conforme as regras acima expostas; 2º) Adote, imediatamente, medidas administrativas para o cadastro de reservas dos idosos, devendo, imperiosamente, informar os idosos em fila de espera sobre a desistência de vaga reservada; 3º) Encaminhe, imediatamente, cópia desta recomendação para os departamentos administrativos superiores e/ou para a diretoria da empresa; 4º) Fixe cartazes na porta, janela ou vidro dos guichês e balcões informando sobre a gratuidade do transporte, com letras garrafais e com tamanho de fácil visualização, informando sobre o desconto no valor das passagens quando as vagas se esgotarem; informando sobre os horários de antecedência para a reserva e para a aquisição das passagens e informando sobre os documentos comprobatórios da renda, observando que no transporte interestadual essa comprovação

6 da renda pode ser feita com a carteira do idoso da secretaria municipal de assistência social; 5º) Informe, no prazo de 10 dias, o Ministério Publico sobre a execução integral desta recomendação para a conclusão do procedimento instaurado, sendo que o descumprimento desta recomendação acarretará a comunicação para a AGER/MT e para a ANTT para fiscalização e imposição das multas administrativas, além de eventual medida judicial e responsabilização criminal dos funcionários responsáveis pelo atendimento. Porto dos Gaúchos-MT, 06 de agosto de ROBERTA CHEREGATI SANCHES Promotora de Justiça

A P R E S E N T A Ç Ã O N A P T R A N S P O R T E 2 1 D E A G O S T O D E

A P R E S E N T A Ç Ã O N A P T R A N S P O R T E 2 1 D E A G O S T O D E A P R E S E N T A Ç Ã O N A P Direitos dos Idosos T R A N S P O R T E Estatuto do Idoso CAPÍTULO X Do Transporte Art. 39. Aos maiores de 65 (sessenta e cinco) anos fica assegurada a gratuidade dos transportes

Leia mais

Ref: RESOLUÇÃO ANTT nº 5.063/2016 Estatuto da Juventude

Ref: RESOLUÇÃO ANTT nº 5.063/2016 Estatuto da Juventude Brasília, 31 de março de 2016 Of. circular 012/2016 Ref: RESOLUÇÃO ANTT nº 5.063/2016 Estatuto da Juventude Prezado Associado: Está publicada no Diário Oficial da União desta data e já disponível no site

Leia mais

CONHEÇA OS DIREITOS E DEVERES DO IDOSO NO TRANSPORTE COLETIVO RODOVIÁRIO DE PASSAGEIROS

CONHEÇA OS DIREITOS E DEVERES DO IDOSO NO TRANSPORTE COLETIVO RODOVIÁRIO DE PASSAGEIROS Distribuição gratuita - é permitida a reprodução integral ou parcial do texto, desde que citada a fonte. Passagem gratuita para idosos CONHEÇA OS DIREITOS E DEVERES DO IDOSO NO TRANSPORTE COLETIVO RODOVIÁRIO

Leia mais

Cartilha do. Idoso. Direitos e deveres no transporte rodoviário interestadual de passageiros

Cartilha do. Idoso. Direitos e deveres no transporte rodoviário interestadual de passageiros Cartilha do Idoso Direitos e deveres no transporte rodoviário interestadual de passageiros O que é a ANTT? A Agência Nacional de Transportes Terrestres ANTT regula e fiscaliza a prestação de serviços de

Leia mais

Ref: DECRETO 8.537/2015 GRATUIDADE E DESCONTOS PARA JOVENS

Ref: DECRETO 8.537/2015 GRATUIDADE E DESCONTOS PARA JOVENS Brasília, 06 de outubro de 2015 Of. circular 030/2015 Ref: DECRETO 8.537/2015 GRATUIDADE E DESCONTOS PARA JOVENS Prezado Associado: Está publicado no Diário Oficial desta data o Decreto 8.537/2015, que

Leia mais

RECOMENDAÇÃO Nº 01/2013 2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE COLORADO

RECOMENDAÇÃO Nº 01/2013 2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE COLORADO RECOMENDAÇÃO Nº 01/2013 2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE COLORADO O PROMOTOR SUBSTITUTO DA 2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE COLORADO, diante do Procedimento Administrativo nº 0040.12.000123-1,

Leia mais

CONSIDERANDO o disposto nos arts. 20, inciso II, 22, inciso III, e 24, inciso IV, da Lei nº 10.233, de 5 de junho de 2001; e

CONSIDERANDO o disposto nos arts. 20, inciso II, 22, inciso III, e 24, inciso IV, da Lei nº 10.233, de 5 de junho de 2001; e Dispõe sobre procedimentos a serem observados na aplicação do Estatuto do Idoso no âmbito dos serviços de transporte rodoviário interestadual de passageiros, e dá outras providências. A Diretoria da Agência

Leia mais

RECOMENDAÇÃO Nº /2012/2ªPJ - PB

RECOMENDAÇÃO Nº /2012/2ªPJ - PB RECOMENDAÇÃO Nº /2012/2ªPJ - PB O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RONDÔNIA, por sua Promotora de Justiça signatária, Dra. Marcília Ferreira da Cunha e Castro, titular da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca

Leia mais

DECRETO Nº 5.130, DE 7 DE JULHO DE 2004

DECRETO Nº 5.130, DE 7 DE JULHO DE 2004 DECRETO Nº 5.130, DE 7 DE JULHO DE 2004 Regulamenta o art. 40 da Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso), e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições

Leia mais

ANEXO IV DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA (PARA TODOS OS CANDIDATOS)

ANEXO IV DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA (PARA TODOS OS CANDIDATOS) ANEXO IV DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA (PARA TODOS OS CANDIDATOS) a) Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou equivalente; b) Histórico Escolar do Ensino Médio ou equivalente; c) Certidão de nascimento

Leia mais

ANEXO 01 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE BENEFICIOS DE TODOS OS MEMBROS QUE COMPOEM O NÚCLEO FAMILIAR

ANEXO 01 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE BENEFICIOS DE TODOS OS MEMBROS QUE COMPOEM O NÚCLEO FAMILIAR COORDENAÇÃO DE ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA CEP 64049-550, SG 14; Telefones: (86) 3215 5642/3 215 5645; Fax (86) 3215 5640; e-mail ANEXO 01 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE BENEFICIOS DE TODOS OS MEMBROS

Leia mais

TRANSPORTE INTERMUNICIPAL DO IDOSO

TRANSPORTE INTERMUNICIPAL DO IDOSO TRANSPORTE INTERMUNICIPAL DO IDOSO NUCLEO DE APOIO TÉCNICO DO IDOSO MINISTÉRIO PUBLICO DE GOIÁS TRANSPORTE INTERMUNICIPAL DO IDOSO Sumário 1. Fundamentos Legais 2. Disposições Legais 3. Considerações 4.

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA. PERÍODO DE CONFIRMAÇÃO DE VAGA 1ª CHAMADA: 13 a 16 de dezembro de 2016

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA. PERÍODO DE CONFIRMAÇÃO DE VAGA 1ª CHAMADA: 13 a 16 de dezembro de 2016 DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA PERÍODO DE CONFIRMAÇÃO DE VAGA 1ª CHAMADA: 13 a 16 de dezembro de 2016 1) DOCUMENTOS GERAIS (para todos os candidatos) Na Confirmação de Vaga, o candidato deverá entregar

Leia mais

Documentação do Candidato

Documentação do Candidato Documentação do Candidato Documentos de identificação do candidato: Apresentar um dos documentos abaixo para fins de identificação Carteira de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança pública das

Leia mais

REQUISITOS PARA TEREM DIREITO AO RECURSO DO PASSE LIVRE ESTUDANTIL:

REQUISITOS PARA TEREM DIREITO AO RECURSO DO PASSE LIVRE ESTUDANTIL: REQUISITOS PARA TEREM DIREITO AO RECURSO DO PASSE LIVRE ESTUDANTIL: - Estar matriculado em instituição de ensino; - Morar no município e estudar em outro; - Ter renda per capita de até 1,5 salários mínimos

Leia mais

1. DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR

1. DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR Processo seletivo PROUNI 2017.1 2ª Chamada Quando: 20 a 24 de fevereiro de 2017 Onde: Central de Atendimento da UNDB Quem: Alessandra e Denis Horário de Atendimento: Somente de Segunda a Sexta 09h às 18h

Leia mais

Gabinete Vereador Julierme Sena EXM. SENHOR PRESIDENTE, DA CÂMARA MUNICIPAL DE FORTALEZA:

Gabinete Vereador Julierme Sena EXM. SENHOR PRESIDENTE, DA CÂMARA MUNICIPAL DE FORTALEZA: Gabinete Vereador Julierme Sena INDICAÇÃO N /2017 C ^ Dispõe sobre garantir aos que possuem idade igual ou maior de 50 (sessenta) anos de idade a gratuidade do transporte coletivo público urbano dentro

Leia mais

DETALHAMENTO DA DOCUMENTAÇÃO DO FIES

DETALHAMENTO DA DOCUMENTAÇÃO DO FIES DETALHAMENTO DA DOCUMENTAÇÃO DO FIES DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR A CPSA deverá solicitar, salvo em caso de dúvida, somente um dos seguintes comprovantes

Leia mais

05 a 13 de julho de 2012.

05 a 13 de julho de 2012. COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES, 1ª CHAMADA DO PROUNI 2012/2: 05 a 13 de julho de 2012. Documentação: Documentação que deve ser apresentada pelo candidato e membros do grupo familiar, quando for o caso, na

Leia mais

Anexo I. Apresentar os Documentos comprobatórios FOTOCÓPIAS e o questionário socioeconômico em envelope lacrado.

Anexo I. Apresentar os Documentos comprobatórios FOTOCÓPIAS e o questionário socioeconômico em envelope lacrado. Anexo I Universidade Federal Fluminense Apresentar os Documentos comprobatórios FOTOCÓPIAS e o questionário socioeconômico em envelope lacrado. PARA O ESTUDANTE SOLTEIRO SEM CÔNJUGE E/OU COMPANHEIRO (A)

Leia mais

Os candidatos aprovados devem comparecer para a matrícula respeitando o cronograma e a documentação exigida para matrícula.

Os candidatos aprovados devem comparecer para a matrícula respeitando o cronograma e a documentação exigida para matrícula. Os candidatos aprovados devem comparecer para a matrícula respeitando o cronograma e a documentação exigida para matrícula. DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA (TODOS OS CANDIDATOS): a) Certificado de Conclusão

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos ANEXO I

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos ANEXO I ANEXO I DA COMPROVAÇÃO DE RENDA DO CANDIDATO CLASSIFICADO EM VAGAS RESERVADAS DE QUE TRATA O INCISO I DO ART. 3º DA PORTARIA NORMATIVA Nº 18 DE 11 DE OUTUBRO DE 2012 E DA SOLICITAÇÃO DE ISENÇÃO DA TAXA

Leia mais

EDITAL 11/2016 SRI/UFF Programa Fórmula de Bolsas de Mobilidade Internacional Santander Universidades e

EDITAL 11/2016 SRI/UFF Programa Fórmula de Bolsas de Mobilidade Internacional Santander Universidades e EDITAL 11/2016 SRI/UFF Programa Fórmula de Bolsas de Mobilidade Internacional Santander Universidades 2017.1 e 2017.2 Anexo VII Documentação comprobatória Apresentar os Documentos comprobatórios FOTOCÓPIAS

Leia mais

Ministério Público DO ESTADO DE MATO GROSSO 1ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Barra do Bugres

Ministério Público DO ESTADO DE MATO GROSSO 1ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Barra do Bugres SIMP nº. 000954-033/2016 NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA nº 002/2016 O Promotor de Justiça, oficiante na Comarca de Barra do Bugres/MT, no uso de suas atribuições legais e constitucionais, na defesa do patrimônio

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso 1ª Promotoria de Justiça Cível de Barra do Bugres-MT

Ministério Público do Estado de Mato Grosso 1ª Promotoria de Justiça Cível de Barra do Bugres-MT NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA nº 003/2015 Considerando o teor de fls. 17/19, o Sr. José Damião é o locador do imóvel em questão, e o Sr. José Limeira da Silva Filho é o locatário, o Promotor de Justiça, oficiante

Leia mais

Documentação do Candidato

Documentação do Candidato Documentação do Candidato Documentos de identificação do candidato: Apresentar um dos documentos abaixo para fins de identificação Carteira de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança pública das

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CÂMPUS SÃO ROQUE PROCESSO SELETIVO 1º/2016 5ª CONVOCAÇÃO PARA MATRÍCULA

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CÂMPUS SÃO ROQUE PROCESSO SELETIVO 1º/2016 5ª CONVOCAÇÃO PARA MATRÍCULA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CÂMPUS SÃO ROQUE PROCESSO SELETIVO 1º/2016 5ª CONVOCAÇÃO PARA MATRÍCULA Considerando o Edital IFSP 556, de 07 de outubro de 2015, Após as

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2016.2 INSCRIÇÕES 7 a 10 de junho de 2016, exclusivamente pelo site: http://siteprouni.mec.gov.br/. DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS Primeira chamada: 13 de junho de 2016 Segunda chamada: 27

Leia mais

Deliberação sobre isenção / redução de taxa de inscrição para o Concurso Vestibular FUVEST 2014

Deliberação sobre isenção / redução de taxa de inscrição para o Concurso Vestibular FUVEST 2014 CONCURSO VESTIBULAR FUVEST 2014 Isenção/Redução de Taxa de Inscrição Informe nº 03/2014-23/05/2013 Deliberação sobre isenção / redução de taxa de inscrição para o Concurso Vestibular FUVEST 2014 O Vice-Reitor,

Leia mais

INOVAÇÕES DA LEI ESTADUAL (SP) N 15.179 DE 23 DE OUTUBRO DE 2013. REGULAMENTADO PELO DECRETO Nº 60.085, DE 22 DE JANEIRO DE 2014.

INOVAÇÕES DA LEI ESTADUAL (SP) N 15.179 DE 23 DE OUTUBRO DE 2013. REGULAMENTADO PELO DECRETO Nº 60.085, DE 22 DE JANEIRO DE 2014. INOVAÇÕES DA LEI ESTADUAL (SP) N 15.179 DE 23 DE OUTUBRO DE 2013. REGULAMENTADO PELO DECRETO Nº 60.085, DE 22 DE JANEIRO DE 2014. INNOVATIONS OF STATE LAW (SP) N 15,179 OCTOBER 23, 2013. REGULATED BY THE

Leia mais

DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA VALIDAÇÃO DO FIES

DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA VALIDAÇÃO DO FIES DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA VALIDAÇÃO DO FIES Os candidatos selecionados pelo FIES Seleção deverão comparecer a CPSA do UniFOA para validação das informações, no período determinado pelo FNDE. Confira abaixo

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES DO PROUNI

DOCUMENTAÇÃO PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES DO PROUNI DOCUMENTAÇÃO PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES DO PROUNI 1. DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR O coordenador do ProUni deverá solicitar, salvo em caso de dúvida,

Leia mais

ANEXO I RELAÇÃO DE DOCUMENTOS Obrigatório para todos os membros da família

ANEXO I RELAÇÃO DE DOCUMENTOS Obrigatório para todos os membros da família Página 4 de 8 ANEXO I RELAÇÃO DE DOCUMENTOS Obrigatório para todos os membros da família Não serão analisados processos com documentação incompleta e/ou ficha socioeconômica incompleta e/ou rasurada. Nesses

Leia mais

ISENÇÃO DE TAXA DE INSCRIÇÃO

ISENÇÃO DE TAXA DE INSCRIÇÃO RESIDÊNCIA JURÍDICA UERJ 2012 ISENÇÃO DE TAXA DE INSCRIÇÃO CENTRO DE PRODUÇÃO 1 1. DAS INFORMAÇÕES GERAIS 1.1. A isenção de taxa de inscrição do Processo Seletivo Treinamento em Direito 2012 é um benefício

Leia mais

COORDENADORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL CÂMPUS PELOTAS EDITAL DE CIRCULAÇÃO INTERNA N. 010/2014 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL

COORDENADORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL CÂMPUS PELOTAS EDITAL DE CIRCULAÇÃO INTERNA N. 010/2014 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL COORDENADORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL CÂMPUS PELOTAS EDITAL DE CIRCULAÇÃO INTERNA N. 010/2014 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL CONCESSÃO DE BENEFÍCIO Dispõe sobre a avaliação socioeconômica para concessão

Leia mais

Edição Número 130 de 08/07/2004. Regulamenta o art. 40 da Lei n o 10.741, de 1 o de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso), e dá outras providências.

Edição Número 130 de 08/07/2004. Regulamenta o art. 40 da Lei n o 10.741, de 1 o de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso), e dá outras providências. Atos do Poder Executivo Edição Número 130 de 08/07/2004 DECRETO N o 5.130, DE 7 DE JULHO DE 2004 Regulamenta o art. 40 da Lei n o 10.741, de 1 o de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso), e dá outras providências.

Leia mais

Resolução nº 5063, de 30 de março de 2016

Resolução nº 5063, de 30 de março de 2016 Altera a Resolução nº 233 de 25/06/2003 Altera a Resolução nº 3075 de 26/03/2009 Altera a Resolução nº 4282 de 17/02/2014 Resolução nº 5063, de 30 de março de 2016 Dispõe sobre procedimentos a serem observados

Leia mais

DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA VALIDAÇÃO DO FIES 2017/1

DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA VALIDAÇÃO DO FIES 2017/1 DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA VALIDAÇÃO DO FIES 2017/1 Os candidatos selecionados pelo FIES Seleção deverão comparecer a CPSA do UniFOA para validação das informações, no período determinado pelo FNDE. Confira

Leia mais

Regulamento para concessão de isenção do pagamento ou para redução do valor da taxa de inscrição para o Concurso Vestibular Fuvest 2018

Regulamento para concessão de isenção do pagamento ou para redução do valor da taxa de inscrição para o Concurso Vestibular Fuvest 2018 CONCURSO VESTIBULAR FUVEST 2018 Isenção Total ou Parcial de Taxa de Inscrição Informe nº 03/2018 10.07.2017 Regulamento para concessão de isenção do pagamento ou para redução do valor da taxa de inscrição

Leia mais

Resolução nº 260 RESOLUÇÃO Nº 260-ANTAQ, DE 27 DE JULHO DE 2004.

Resolução nº 260 RESOLUÇÃO Nº 260-ANTAQ, DE 27 DE JULHO DE 2004. RESOLUÇÃO Nº 260-ANTAQ, DE 27 DE JULHO DE 2004. APROVA A NORMA PARA A CONCESSÃO DE BENEFÍCIO AOS IDOSOS NO TRANSPORTE AQUAVIÁRIO INTERESTADUAL DE PASSAGEIROS. O DIRETOR-GERAL DA AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES

Leia mais

7. A Lista de Espera que trata o item 5 observará a nota do candidato obtida no Enem 2014 nos termos da Portaria Normativa MEC nº 21/2012.

7. A Lista de Espera que trata o item 5 observará a nota do candidato obtida no Enem 2014 nos termos da Portaria Normativa MEC nº 21/2012. EDITAL Nº 01, DE 06 DE JANEIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO OFERECIDOS PELA UFMS PARA INGRESSO NO 1º SEMESTRE DE 2015 A CHEFE DA COORDENADORIA DE APOIO À FORMAÇÃO

Leia mais

1 DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR

1 DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR DOCUMENTOS NECESSÁRIOS À COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA Procedimento de Avaliação Sócioeconômica - Cotas EP1 e EP1A Concurso Vestibular EAD/UAB/UFSM 2014. Observações: a) Os documentos

Leia mais

COORDEANDORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL CÂMPUS PELOTAS EDITAL DE CIRCULAÇÃO INTERNA 032/2014 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL CONCESSÃO DE BENEFÍCIO

COORDEANDORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL CÂMPUS PELOTAS EDITAL DE CIRCULAÇÃO INTERNA 032/2014 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL CONCESSÃO DE BENEFÍCIO COORDEANDORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL CÂMPUS PELOTAS EDITAL DE CIRCULAÇÃO INTERNA 032/2014 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL CONCESSÃO DE BENEFÍCIO Dispõe sobre a avaliação socioeconômica para concessão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE GESTÃO ACADÊMICA EDITAL N.º 004/2017. PROCESSO SELETIVO SiSU/UFG MATRÍCULA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE GESTÃO ACADÊMICA EDITAL N.º 004/2017. PROCESSO SELETIVO SiSU/UFG MATRÍCULA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE GESTÃO ACADÊMICA EDITAL N.º 004/2017 PROCESSO SELETIVO SiSU/UFG 2017- MATRÍCULA ANEXO IV DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA A SOLICITAÇÃO DE MATRÍCULA

Leia mais

ANEXO I VAGAS 2ª CHAMADA EDITAL 385/2017 PROCESSO SELETIVO TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

ANEXO I VAGAS 2ª CHAMADA EDITAL 385/2017 PROCESSO SELETIVO TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL ANEXO I VAGAS 2ª CHAMADA EDITAL 385/2017 PROCESSO SELETIVO TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Câmpus Curso Período A0 L7 L2 L5 L1 L8 L4 L6 L3 CUBATÃO Técnico em Automação Industrial Noturno 20 1 3 2 2 0 3

Leia mais

ANEXO III DECLARAÇÃO DE EGRESSO DE ESCOLA PÚBLICA (TERMO DE ESCOLA PÚBLICA)

ANEXO III DECLARAÇÃO DE EGRESSO DE ESCOLA PÚBLICA (TERMO DE ESCOLA PÚBLICA) ANEXO III DECLARAÇÃO DE EGRESSO DE ESCOLA PÚBLICA (TERMO DE ESCOLA PÚBLICA) Eu,, portador(a) do CPF:, aprovado(a) dentro das vagas reservadas para o curso, câmpus, do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

5 - Documentos para matrícula e para comprovação das políticas de ações afirmativas

5 - Documentos para matrícula e para comprovação das políticas de ações afirmativas 5 - Documentos para matrícula e para comprovação das políticas de ações afirmativas 5.1 - Ampla concorrência: Documentos para matrícula Para a efetivação da matrícula, o candidato deverá apresentar a seguinte

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA AVALIAÇÃO SOCIOECONOMICA. Leia com atenção todos os itens

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA AVALIAÇÃO SOCIOECONOMICA. Leia com atenção todos os itens RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA AVALIAÇÃO SOCIOECONOMICA Leia com atenção todos os itens A documentação a ser apresentada é referente ao estudante e a TODAS as pessoas relacionadas no Quadro de Composição Familiar

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo. Processo Seletivo IFSP Câmpus Piracicaba 2º CONVOCAÇÃO PARA MATRÍCULA - MECÂNICA

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo. Processo Seletivo IFSP Câmpus Piracicaba 2º CONVOCAÇÃO PARA MATRÍCULA - MECÂNICA Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo Processo Seletivo IFSP Câmpus Piracicaba 2º CONVOCAÇÃO PARA MATRÍCULA - MECÂNICA Considerando o Edital PRC-IFSP 001, de 30 de novembro de

Leia mais

EDITAL Nº 209/2017 INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE RETIFICAÇÃO 01. EXAME DE CLASSIFICAÇÃO 2018 PARA OS CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE DE 2018 Onde se lê:

EDITAL Nº 209/2017 INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE RETIFICAÇÃO 01. EXAME DE CLASSIFICAÇÃO 2018 PARA OS CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE DE 2018 Onde se lê: EDITAL Nº 209/2017 RETIFICAÇÃO 01 Dispõe sobre o Exame de Classificação para ingresso nos cursos técnicos de nível médio, oferecidos pelo Instituto Federal Catarinense (IFC), na forma integrada ao ensino

Leia mais

Documentação necessária para os candidatos pré-selecionados no PROUNI

Documentação necessária para os candidatos pré-selecionados no PROUNI Documentação necessária para os candidatos pré-selecionados no PROUNI - 2017-1 Documentação que deve ser apresentada pelo candidato e membros do grupo familiar, na fase de comprovação de informações. O

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES

MANUAL DE ORIENTAÇÕES MANUAL DE ORIENTAÇÕES O presente manual tem por objetivo orientar os servidores quanto à alguns procedimentos adotados no âmbito do IFSP na área de Gestão de Pessoas. Demais informações você encontrará

Leia mais

ProUni - UniCarioca Julho/2013

ProUni - UniCarioca Julho/2013 ProUni - UniCarioca Julho/2013 DOCUMENTOS Documentação que deve ser apresentada pelo candidato e membros do grupo familiar, quando for o caso, na fase de comprovação de informações. É vedado ao coordenador

Leia mais

PROCESSO SELETIVO CENID 2017/1 - CURSOS BÁSICO I EDITAL 021/2016 INFORMATIVO DE MATRÍCULA 8ª CHAMADA

PROCESSO SELETIVO CENID 2017/1 - CURSOS BÁSICO I EDITAL 021/2016 INFORMATIVO DE MATRÍCULA 8ª CHAMADA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO COMISSÃO PERMANENTE DE PROCESSO SELETIVO - COPESE PROCESSO SELETIVO CENID 2017/1 - CURSOS BÁSICO I EDITAL 021/2016 INFORMATIVO DE

Leia mais

ANEXO I (Redação dada pela Portaria Normativa 22/2014/MEC)

ANEXO I (Redação dada pela Portaria Normativa 22/2014/MEC) ANEXO I (Redação dada pela Portaria Normativa DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS NA CPSA (Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento) FACULDADE - IES 1. IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DO

Leia mais

Crimes do Estatuto do Idoso 10.741/03 Prof. Marcelo Daemon

Crimes do Estatuto do Idoso 10.741/03 Prof. Marcelo Daemon Crimes do Estatuto do Idoso 10.741/03 Prof. Marcelo Daemon I Fundamento Constitucional Art. 229. Os pais têm o dever de assistir, criar e educar os filhos menores, e os filhos maiores têm o dever de ajudar

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (O checklist não substitui a leitura do Edital Normativo)

CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (O checklist não substitui a leitura do Edital Normativo) CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (O checklist não substitui a leitura do Edital Normativo) Nº DO PROCESSO: DATA: ALUNO: MATRÍCULA: CURSO: SEMESTRE: QUANTIDADE DE MEM- BROS: DOCUMENTOS

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SELVIRIA ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL

PREFEITURA MUNICIPAL DE SELVIRIA ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL LEI Nº 955 de 03 de Julho 2015 Regulamenta as realizações de feiras itinerantes e temporárias de vendas de produtos e mercadorias a varejo e atacado, no Município de Selvíria - MS. O Excelentíssimo Senhor

Leia mais

Procedimentos para cálculo e apuração da renda familiar bruta mensal per capita

Procedimentos para cálculo e apuração da renda familiar bruta mensal per capita Procedimentos para cálculo e apuração da renda familiar bruta mensal per capita 1. A renda familiar bruta mensal per capita, para fins de verificação da Ação Afirmativa 1A e Ação Afirmativa 1B será apurada

Leia mais

PARA RECEBIMENTO DO AUXÍLIO- TRANSPORTE DOS SERVIDORES

PARA RECEBIMENTO DO AUXÍLIO- TRANSPORTE DOS SERVIDORES PARA RECEBIMENTO DO AUXÍLIO- TRANSPORTE DOS SERVIDORES JULHO / 2015 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO DO SUL IFMS Endereço: Rua Ceará, 972 - Campo Grande - MS CEP: 79.021-000

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS Informações aos candidatos inscritos BOLSA REMANESCENTE - ProUni 2016

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS Informações aos candidatos inscritos BOLSA REMANESCENTE - ProUni 2016 CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS Informações aos candidatos inscritos BOLSA REMANESCENTE - ProUni 2016 O candidato que concluir a inscrição para bolsa remanescente deverá entregar

Leia mais

CAMPUS BARBACENA RESULTADO PROVISÓRIO COMPROVAÇÃO DE RENDA PARA RESERVA DE VAGAS NO PROCESSO SELETIVO 2016/1 CANDIDATOS DA 1ª CHAMADA DE MATRÍCULA.

CAMPUS BARBACENA RESULTADO PROVISÓRIO COMPROVAÇÃO DE RENDA PARA RESERVA DE VAGAS NO PROCESSO SELETIVO 2016/1 CANDIDATOS DA 1ª CHAMADA DE MATRÍCULA. CAMPUS BARBACENA COMPROVAÇÃO DE RENDA PARA RESERVA DE VAGAS NO SELETIVO 2016/1 CANDIDATOS DA 1ª CHAMADA DE MATRÍCULA. OBS: NO QUADRO PENDÊNCIAS ESTÃO APONTADOS TODOS OS DOCUMENTOS QUE DEVEM SER APRESENTADOS

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DOS SERVIÇOS RODOVIÁRIOS

SUPERINTENDÊNCIA DOS SERVIÇOS RODOVIÁRIOS RESOLUÇÃO Nº 003/2007 DP/SUSER Estabelece e regulamenta o Programa de Estacionamento Especial para pessoas com deficiência e dificuldade de locomoção e dá outras providências O DIRETOR PRESIDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA

Leia mais

EDITAL INTERNO DO CAMPUS SOROCABA N : 02/ POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PROGRAMA DE AUXÍLIO PERMANÊNCIA CAMPUS SOROCABA

EDITAL INTERNO DO CAMPUS SOROCABA N : 02/ POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PROGRAMA DE AUXÍLIO PERMANÊNCIA CAMPUS SOROCABA ABERTURA EDITAL INTERNO DO CAMPUS SOROCABA N : 02/2017 - POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PROGRAMA DE AUXÍLIO PERMANÊNCIA CAMPUS SOROCABA O Diretor-Geral do Campus Sorocaba do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo Processo Seletivo 1º/2017 6ª CONVOCAÇÃO PARA MATRÍCULA CÂMPUS SÃO JOÃO DA BOA VISTA

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo Processo Seletivo 1º/2017 6ª CONVOCAÇÃO PARA MATRÍCULA CÂMPUS SÃO JOÃO DA BOA VISTA Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo Processo Seletivo 1º/2017 6ª CONVOCAÇÃO PARA MATRÍCULA CÂMPUS SÃO JOÃO DA BOA VISTA Considerando o Edital IFSP 717, de 07 de outubro de

Leia mais

I - documento de identificação próprio e dos demais membros do grupo familiar,

I - documento de identificação próprio e dos demais membros do grupo familiar, No processo de comprovação das informações o estudante deverá apresentar, a critério do coordenador do Prouni, original e fotocópia dos seguintes documentos: I - documento de identificação próprio e dos

Leia mais

Além da compra online, o Trem da Vale conta com duas bilheterias nas estações de embarque em Ouro Preto e Mariana.

Além da compra online, o Trem da Vale conta com duas bilheterias nas estações de embarque em Ouro Preto e Mariana. Procedimentos do passeio Compra de passagem: Além da compra online, o Trem da Vale conta com duas bilheterias nas estações de embarque em Ouro Preto e Mariana. A compra de passagem poderá ser feita com

Leia mais

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC EDITAL Nº 259/2016 Dispõe sobre a Renovação de Cadastro socioeconômico dos beneficiários de Bolsa Técnico- Administrativo e Bolsa Dependente CONCEDIDAS EM

Leia mais

A solicitação do Blue Card Comum pode ser realizada através de uma de nossas Agências de Atendimento relacionadas abaixo:

A solicitação do Blue Card Comum pode ser realizada através de uma de nossas Agências de Atendimento relacionadas abaixo: BLUE CARD COMUM Destinado aos usuários do transporte suburbano que desejam usufruir das facilidades do bilhete eletrônico de forma fácil e segura. Substituindo o dinheiro por créditos eletrônicos, você

Leia mais

Prefeitura de Júlio de Castilhos

Prefeitura de Júlio de Castilhos DECRETO Nº 6.012 DE 15 DE JANEIRO DE 2016 Regulamenta a Lei 3.112 de 16 de outubro de 2013 que dispõe sobre o exercício das atividades de mototáxi e motofrete no município de Júlio de Castilhos e da outras

Leia mais

Segunda chamada matrícula Cursos Técnicos

Segunda chamada matrícula Cursos Técnicos Segunda chamada matrícula Cursos Técnicos 2016.2 O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação de São Paulo Câmpus Avançado Tupã, no uso de suas atribuições legais, torna pública, a segunda chamada

Leia mais

ANEXO II RELAÇÃO DE DOCUMENTAÇÃO PARA INSCRIÇÃO NA BOLSA PERMANÊNCIA IFF E MODALIDADES DE AUXILIOS ALIMENTAÇÃO, MORADIA, TRANSPORTE

ANEXO II RELAÇÃO DE DOCUMENTAÇÃO PARA INSCRIÇÃO NA BOLSA PERMANÊNCIA IFF E MODALIDADES DE AUXILIOS ALIMENTAÇÃO, MORADIA, TRANSPORTE ANEXO II RELAÇÃO DE DOCUMENTAÇÃO PARA INSCRIÇÃO NA BOLSA PERMANÊNCIA IFF E MODALIDADES DE AUXILIOS ALIMENTAÇÃO, MORADIA, TRANSPORTE DOCUMENTOS ESPECÍFICOS DOS ESTUDANTES I - Comprovante de matrícula de

Leia mais

ATENÇÃO! DOCUMENTOS DO (A) ESTUDANTE E DE TODO GRUPO FAMILIAR ORIGINAL E CÓPIA OBS: TRAZER IMPRESSA A INSCRIÇÃO DO FIES, DENTRO DO PRAZO DE VALIDADE.

ATENÇÃO! DOCUMENTOS DO (A) ESTUDANTE E DE TODO GRUPO FAMILIAR ORIGINAL E CÓPIA OBS: TRAZER IMPRESSA A INSCRIÇÃO DO FIES, DENTRO DO PRAZO DE VALIDADE. ATENÇÃO! O atendimento somente será realizado com horário agendado. Para agendar, favor entrar em contato pelo telefone 3244-7212 ou pelo nosso e-mail setordebolsas@izabelahendrix.edu.br. DOCUMENTOS DO

Leia mais

Universidade Federal do Oeste do Pará Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Diretoria de Registro Acadêmico

Universidade Federal do Oeste do Pará Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Diretoria de Registro Acadêmico EDITAL Nº 19/2017 - DRA/PROEN/UFOPA, DE 5 DE JUNHO DE 2017. PROCESSO SELETIVO REGULAR 2017 (PSR/UFOPA 2017) CONVOCAÇÃO DOS CANDIDATOS CLASSIFICADOS NA CHAMADA COMPLEMENTAR DO PROCESSO SELETIVO REGULAR

Leia mais

ESTADO DA PARAíBA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA ínete DO DEPUTADO NABOR WANDERLEY" A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA PARAíBA DECRETA:

ESTADO DA PARAíBA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA ínete DO DEPUTADO NABOR WANDERLEY A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA PARAíBA DECRETA: 7 ESTADO DA PARAíBA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA ínete DO DEPUTADO NABOR WANDERLEY" PROJETO DE LEI N2 ~ G G /2016. Dispõe sobre a gratuidade de passagens em transportes aéreos de passageiros para idosos e deficientes

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NA MODALIDADE AUXÍLIO TRANSPORTE EDITAL Nº 04/2013

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NA MODALIDADE AUXÍLIO TRANSPORTE EDITAL Nº 04/2013 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NA MODALIDADE AUXÍLIO TRANSPORTE EDITAL Nº 04/2013 O Diretor Geral do Colégio Universitário da Universidade Federal do Maranhão no uso de suas

Leia mais

ANEXO IV - Procedimentos para cálculo e apuração da renda familiar bruta mensal per capita

ANEXO IV - Procedimentos para cálculo e apuração da renda familiar bruta mensal per capita ANEXO IV - Procedimentos para cálculo e apuração da renda familiar bruta mensal per capita 1. A renda familiar bruta mensal per capita, para fins de verificação da Ação Afirmativa 1A e Ação Afirmativa

Leia mais

ANEXO IV RELAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA E ORIENTAÇÕES PARA COMPROVAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIOECONÔMICA

ANEXO IV RELAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA E ORIENTAÇÕES PARA COMPROVAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIOECONÔMICA ANEXO IV RELAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA E ORIENTAÇÕES PARA COMPROVAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIOECONÔMICA A) Para fins desse processo seletivo são considerados dependentes do grupo familiar: todas as pessoas

Leia mais

MANUAL DE DOCUMENTAÇÃO PROUNI Manual de Documentação a ser apresentada para concessão de PROUNI. Setor de Processos

MANUAL DE DOCUMENTAÇÃO PROUNI Manual de Documentação a ser apresentada para concessão de PROUNI. Setor de Processos MANUAL DE DOCUMENTAÇÃO PROUNI Manual de Documentação a ser apresentada para concessão de PROUNI Setor de Processos Sumá rio 1. Documentos de Identificação e Comprovantes... 2 2. Documentos do Ensino Médio...

Leia mais

2.2 Além da comprovação da situação de moradia do grupo familiar, os (as) discentes que não residem com o grupo familiar devem apresentar.

2.2 Além da comprovação da situação de moradia do grupo familiar, os (as) discentes que não residem com o grupo familiar devem apresentar. ANEXO II RELAÇÃO DE DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS 1. DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO (A) DISCENTE E DOS MEMBROS DO GRUPO FAMILIAR 1.1. Documento de identidade RG (para maiores de 18 anos). 1.2. Cadastro de Pessoa

Leia mais

PROGRAMA DE AUXÍLIO TRANSPORTE ESTUDANTIL EDITAL Nº. 09/2012

PROGRAMA DE AUXÍLIO TRANSPORTE ESTUDANTIL EDITAL Nº. 09/2012 PROGRAMA DE AUXÍLIO TRANSPORTE ESTUDANTIL EDITAL Nº. 09/2012 O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus Cajazeiras, no uso de suas atribuições estatutárias

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PROGRAMA AUXÍLIO EMERGENCIAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PROGRAMA AUXÍLIO EMERGENCIAL PROGRAMA AUXÍLIO EMERGENCIAL DA DOCUMENTAÇÃO 1. Documentos de identificação: a) 1 (uma) Foto 3x4 do candidato; b) Formulário de Inscrição; c) Atestado de Matrícula; d) Histórico Acadêmico (caso já tenha

Leia mais

EDITAL DE RECADASTRAMENTO e CADASTRO DE RESERVA N 04/2017

EDITAL DE RECADASTRAMENTO e CADASTRO DE RESERVA N 04/2017 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA PARAÍBA Campus Campina Grande EDITAL DE RECADASTRAMENTO e CADASTRO DE RESERVA

Leia mais

INFORMATIVO DE MATRÍCULA CURSOS TÉCNICOS 2016/2

INFORMATIVO DE MATRÍCULA CURSOS TÉCNICOS 2016/2 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO COMISSÃO PERMANENTE DE PROCESSO SELETIVO - COPESE Ref.: 4ª Chamada INFORMATIVO DE MATRÍCULA CURSOS TÉCNICOS 2016/2 Os candidatos

Leia mais

ANEXO IV - DECLARAÇÃO DE RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA IGUAL OU INFERIOR A 1,5 SALÁRIO-MÍNIMO (TERMO DE COMPROVAÇÃO DE RENDA)

ANEXO IV - DECLARAÇÃO DE RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA IGUAL OU INFERIOR A 1,5 SALÁRIO-MÍNIMO (TERMO DE COMPROVAÇÃO DE RENDA) ANEXO IV - DECLARAÇÃO DE RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA IGUAL OU INFERIOR A 1,5 SALÁRIO-MÍNIMO (TERMO DE COMPROVAÇÃO DE RENDA) Eu,, portador(a) do CPF:, aprovado(a) dentro das vagas reservadas

Leia mais

CAMPUS JUIZ DE FORA RESULTADO PROVISÓRIO COMPROVAÇÃO DE RENDA PARA RESERVA DE VAGAS NO PROCESSO SELETIVO 2016/1 CANDIDATOS DA 1ª CHAMADA SISU

CAMPUS JUIZ DE FORA RESULTADO PROVISÓRIO COMPROVAÇÃO DE RENDA PARA RESERVA DE VAGAS NO PROCESSO SELETIVO 2016/1 CANDIDATOS DA 1ª CHAMADA SISU CAMPUS JUIZ DE FORA COMPROVAÇÃO DE RENDA PARA RESERVA DE VAGAS 2016/1 CANDIDATOS DA 1ª CHAMADA SISU OBS: NO QUADRO PENDÊNCIAS ESTÃO APONTADOS TODOS OS DOCUMENTOS QUE DEVEM SER APRESENTADOS NO CAMPUS NO

Leia mais

DELIBERAÇÃO CEIVAP Nº 206/2013 DE 28 DE AGOSTO DE 2013.

DELIBERAÇÃO CEIVAP Nº 206/2013 DE 28 DE AGOSTO DE 2013. DELIBERAÇÃO CEIVAP Nº 206/2013 DE 28 DE AGOSTO DE 2013. Dispõe sobre a revisão dos valores de ajuda de custo pagos aos membros do Comitê que venham a representálo oficialmente em outros Fóruns, e aos membros

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO RIO DE JANEIRO CRA/RJ RESOLUÇÃO NORMATIVA CRA/RJ Nº 261, DE 23 DE JANEIRO DE 2015.

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO RIO DE JANEIRO CRA/RJ RESOLUÇÃO NORMATIVA CRA/RJ Nº 261, DE 23 DE JANEIRO DE 2015. RESOLUÇÃO NORMATIVA CRA/RJ Nº 261, DE 23 DE JANEIRO DE 2015. Dispõe sobre o pagamento de diárias regionais para atendimento de despesas de conselheiros, empregados e de colaboradores do CRA/RJ e dá outras

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo PRÓ-REITÓRIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo PRÓ-REITÓRIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS CONVOCATÓRIA PARA RECADASTRAMENTO E ATUALIZAÇÃO DOS DADOS A TODOS OS ALUNOS VETERANOS ATIVOS NO PROGRAMA DE AUXÍLIO PERMANÊNCIA A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, no uso de suas atribuições e em cumprimento

Leia mais

Instruções para a Solicitação de Matrícula SISU Preparação do envelope de Solicitação de matrícula.

Instruções para a Solicitação de Matrícula SISU Preparação do envelope de Solicitação de matrícula. Instruções para a Solicitação de Matrícula SISU 2016.1 Preparação do envelope de Solicitação de matrícula. 1. Em um envelope de dimensões 260 mm x 360 mm ou similar DEVIDAMENTE IDENTIFICADO COM O NOME,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 01/ SEBRAE FAQ Perguntas mais Frequentes

PROCESSO SELETIVO Nº 01/ SEBRAE FAQ Perguntas mais Frequentes PROCESSO SELETIVO Nº 01/2015 - SEBRAE FAQ Perguntas mais Frequentes 1. Se eu enviar só a ficha de inscrição já estarei apto a participar do Processo Seletivo? Não. Deverá enviar toda documentação ou sua

Leia mais

FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE BENEFÍCIO

FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE BENEFÍCIO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE BENEFÍCIO Data: / / 1. IDENTIFICAÇÃO Nome Completo: Gênero Data de nascimento Identidade Órgão Emissor UF CPF ( ) Fem. ( ) Masc. / / Naturalidade UF Estado civil Matrícula:

Leia mais

EDITAL Nº 15/2016, DE 01 DE NOVEMBRO DE 2016.

EDITAL Nº 15/2016, DE 01 DE NOVEMBRO DE 2016. EDITAL Nº 15/2016, DE 01 DE NOVEMBRO DE 2016. Dispõe sobre o Processo Seletivo de candidatos para ingresso no Curso Técnico de Nível Médio em Informática, na modalidade Concomitante/Subsequente. O DIRETOR

Leia mais

CHECKLISTS: Visto de Turismo. 1) Preencher formulário eletrônico no endereço: https://formulario-mre.serpro.gov.br

CHECKLISTS: Visto de Turismo. 1) Preencher formulário eletrônico no endereço: https://formulario-mre.serpro.gov.br CHECKLISTS: Visto de Turismo Extrato bancário dos últimos dois meses; Ficha de pagamento de salário (contracheque); Declaração do empregador com a identificação da função e do salário do requerente, reconhecida

Leia mais

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2017/1

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2017/1 FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 / Fone:

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS DA DOCUMENTAÇÃO PARA ANÁLISE APRESENTAR ORIGINAL E CÓPIA DE TODA A DOCUMENTAÇÃO ABAIXO:

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS DA DOCUMENTAÇÃO PARA ANÁLISE APRESENTAR ORIGINAL E CÓPIA DE TODA A DOCUMENTAÇÃO ABAIXO: RELAÇÃO DE DOCUMENTOS DA DOCUMENTAÇÃO PARA ANÁLISE APRESENTAR ORIGINAL E CÓPIA DE TODA A DOCUMENTAÇÃO ABAIXO: RG (Identidade) e CPF de TODOS os membros do grupo familiar maiores de 18 anos. Foto 3x4; Certidão

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA RENOVAÇÃO E CONCESSÃO DE BOLSAS SOCIAIS

EDITAL DE SELEÇÃO PARA RENOVAÇÃO E CONCESSÃO DE BOLSAS SOCIAIS São Paulo, 22 de agosto de Edital nº 015/2017 EDITAL DE SELEÇÃO PARA RENOVAÇÃO E CONCESSÃO DE BOLSAS SOCIAIS - 2018 A Associação Brasileira de Educação e Cultura - ABEC, pessoa jurídica de direito privado,

Leia mais