AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado"

Transcrição

1 AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: MAIO/2016 CEPEA AÇÚCAR & ETANOL I Análise Conjuntural II Séries Estatísticas 1. Relações de preços mercados interno e internacional (paridade de exportação) 2. Relações de preços (mercado interno) entre produtos do setor sucroalcooleiro 3. Relações de preços entre Etanol Anidro Combustível e Gasolina C III Gráficos CEPEA AÇÚCAR 1. Evolução do Indicador de preços CEPEA/ESALQ do açúcar cristal (valores nominais) 2. Evolução dos preços no mercado físico (Indicador CEPEA/ESALQ) CEPEA ETANÓIS ANIDRO E HIDRATADO 1. Evolução dos Indicadores CEPEA/ESALQ dos etanóis anidro e hidratado (valores nominais) I Análise Conjuntural AÇÚCAR ANÁLISE CEPEA O Indicador do Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ (estado de São Paulo) acumulou alta de 2,78% em maio, fechando a R$ 77,27/saca de 50 kg no dia 31. A média mensal foi de R$ 75,68/saca de 50 kg, 0,41% inferior à de abril (R$ 76,00/saca de 50 kg), mas 47,83% acima da média de maio/15 (R$ 51,20/saca de 50 kg), em termos nominais. O Indicador de Açúcar Cristal ESALQ/BVMF Santos acumulou alta de 2,43% em maio, fechando a R$ 77,11/saca de 50 kg no dia 31. A média mensal deste Indicador foi de R$ 75,67/saca de 50 kg, 0,58% superior à de abril/16 (R$ 75,23/saca de 50 kg) e 45,62% acima da média de maio/15 (R$ 51,96/saca de 50 kg), em termos nominais. 1/5

2 Durante a primeira quinzena do mês, no mercado spot paulista, os cenários político e econômico do País deixaram compradores cautelosos. Por isso, não houve comercialização de grandes volumes. Do lado vendedor, várias usinas seguraram o produto, influenciadas pela alta nos preços internacionais. Na segunda quinzena, o ritmo de negócios foi ainda menor, devido às chuvas em boa parte do estado de São Paulo, que interromperam a produção por alguns dias. Na retomada das atividades, o açúcar produzido teve qualidade inferior. Por isso, usinas optaram por atender aos contratos e estiveram retraídas do spot. Na última semana de maio, a produção de açúcar foi normalizada e muitas usinas mantiveram seus preços firmes, motivadas novamente pela elevação das cotações no mercado internacional. No Nordeste, o ritmo de negociações seguiu lento em maio. No geral, os preços foram enfraquecidos na região devido à entrada do açúcar do Centro Sul, o que fez com que algumas usinas fossem mais flexíveis. Em maio, o Indicador Mensal do Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ Alagoas foi de R$ 95,94/sc de 50 kg, ligeira alta de 0,14% em relação a abril/16 e forte aumento de 66,88% quando comparado a maio/15, em termos nominais. Já em Pernambuco, o Indicador mensal foi de R$ 91,28/sc, baixa de 3,49% frente a abril/16, mas aumento de 64,23% em relação a maio/15, em termos nominais. Na Paraíba, o Indicador Mensal de Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ foi de R$ 75,43/sc, 2,37% inferior a abril/16, porém, 34,72% acima do valor de maio/15, em termos nominais. No mercado internacional, as altas dos valores do açúcar podem ser explicadas pela previsão de déficit da commodity na temporada 2015/16, que começou em outubro/15 e termina em setembro/16. Será o primeiro déficit após cinco temporadas. A Organização Internacional do Açúcar (OIA) atualizou a previsão de déficit global do produto para 6,65 milhões de toneladas na atual temporada. Segundo a organização, o volume total mundial produzido deve ser de 163,9 milhões de toneladas e a demanda, de 170,5 milhões. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) estima que o déficit mundial na temporada 2015/16 atinja 6,9 milhões de toneladas, já que o consumo global é previsto em 171,8 milhões de toneladas, excedendo a produção, de 164,9 milhões. Para a safra 2016/17, o déficit estimado é de 4,3 milhões de toneladas, reflexo da produção de 169,3 milhões e do consumo de 173,6 milhões de toneladas. O clima desfavorável em países produtores, como Índia, União Europeia, Tailândia e China, prejudicou a produção. Com a alta na Bolsa de Nova York (ICE Futures) na última semana de maio, o mercado internacional passou a remunerar mais que o spot paulista, segundo cálculos do Cepea, o que não ocorria desde a segunda quinzena de outubro/15. A sustentação dos preços em Nova York foi motivada pela estimativa de déficit global. No entanto, na média de maio, as vendas internas do açúcar ainda remuneraram 1,62% mais que as externas. O cálculo considera o valor médio do Indicador CEPEA/ESALQ e do vencimento Julho/16 do Contrato nº 11 da Bolsa de Nova York, prêmio de qualidade estimado em US$ 78,45/tonelada e custos com elevação e frete de US$ 54,64/tonelada. Segundo a Secex, as exportações de açúcar bruto (VHP) totalizaram 1,67 milhão de toneladas em maio/16, volume 35,2% maior que o de abril/16 (1,23 milhão de toneladas) e 25,1% superior ao de maio/15 (1,33 milhão de toneladas). Em relação ao açúcar branco, foram exportadas 346,1 mil toneladas, volume 17% superior ao de abril/16 (295,8 mil toneladas), mas 31,2% menor que o de maio/15 (503,5 mil toneladas). O preço médio do açúcar bruto exportado foi de R$ 1.144,10/tonelada em maio/16, aumento de 4,4% em relação a abril/16 (R$ 1.095,8/t) e elevação de 13,6% em comparação com maio/15 (R$ 1.007,1/t), em termos nominais. Em relação ao açúcar branco, o preço médio foi de R$ 1.350,3/t, alta de 5,8% em relação a abril/16 (R$ 1.276,5/t) e de 23,7% em comparação com maio/15 (R$ 1.091,7/t), em termos nominais. A receita com a exportação de açúcar foi de R$ 2,37 bilhões em maio/16, alta de 37,3% frente a abril/16 (R$ 1,73 bilhão) e de 25,5% em relação a maio/15 (R$ 1,89 bilhão), em termos nominais. Equipe: Dra. Heloisa Lee Burnquist, Bel. Maria Cristina Afonso, Silvia C. Michelin, Victória Cambraia Sartori e Augusto Barbosa Maielli. Contato: 2/5

3 ETANOL ANÁLISE CEPEA No início de maio, o clima favoreceu a moagem de cana de açúcar e, consequentemente, a produção de etanol no Centro Sul brasileiro. Com isso, os valores do hidratado e do anidro estiveram firmes no mercado spot paulista. Já na segunda quinzena, chuvas em diversas regiões produtoras paralisaram a colheita da cana de açúcar, reduzindo o processamento e a oferta em muitas usinas paulistas. Por outro lado, diversas unidades voltaram a focar a produção de açúcar, motivadas pela maior remuneração frente ao etanol. Na última semana de maio, o Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado fechou a R$ 1,4773/litro (sem impostos, a retirar), expressiva alta de 9,8% em relação à última semana de abril, quando foi de R$ 1,3452/l. O Indicador semanal CEPEA/ESALQ do anidro combustível fechou a R$ 1,6183/litro (sem impostos, a retirar), elevação de 4,6% na mesma comparação. Tomando se como base as quatro semanas cheias de maio, o valor médio do hidratado foi de R$ 1,4002/litro, superando em 1,52% o de abril (de R$ 1,3792/l). Já para o anidro, a média de maio, de R$ 1,5617/l, esteve 1,4% inferior à de abril (R$ 1,5837/l). O Indicador diário do hidratado ESALQ/BM&FBovespa posto Paulínia fechou a R$ 1.459,00/m3no dia, aumento de 13,6% frente ao encerramento de abril. Apesar das altas, nos postos, o hidratado seguiu mais competitivo que a gasolina em São Paulo, o que também elevou a demanda pelo biocombustível. Durante o mês, dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) indicaram que o preço médio do etanol foi equivalente a 63,8% ao da gasolina. As exportações de etanol em maio somaram 119,3 milhões de litros, volume 66,1% superior ao de abril deste ano. Em comparação com o mesmo período de 2015, houve alta de 31% na quantidade embarcada pelo Brasil, segundo dados da Secex. Na primeira quinzena de maio, foram processadas 39,49 milhões de toneladas de cana, de acordo com dados da União da Indústria de Cana de Açúcar (Unica). No período, foram produzidos 651,8 milhões de litros de etanol anidro e 964,68 milhões de hidratado. Na região Nordeste, a entrada de etanol em maio nos estados do Centro Sul fez com que produtores da região baixassem os preços para conseguir vender o produto. Também teve a entrada de anidro importado, que aumentou a oferta e reduziu os preços. Em Alagoas, as informações não foram suficientes para o fechamento da média do Indicador CEPEA/ESALQ mensal do hidratado. No caso do anidro, o Indicador foi de R$ 1,6956/l (sem frete), baixa de 16,51% na comparação com abril. O Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado, em Pernambuco, caiu 11,13%, passando para R$ 1,6733/l (sem frete, sem ICMS) em maio/16. Quanto ao anidro, não houve informações suficientes para produzir a média mensal. Na Paraíba, o Indicador mensal CEPEA/ESALQ do hidratado recuou 14,15%, indo para R$ 1,6507/l (sem frete, sem ICMS). O Indicador mensal CEPEA/ESALQ do anidro teve média de R$ 1,8273/l (sem frete) em maio, 17,1% inferior ao de abril. Equipe: Dra. Mirian R. Piedade Bacchi, Msc. Ivelise Rasera Bragato, Carla Luciane dos Santos, Talita Negri, Paola Garcia Miori e Paulo Palma Beraldo. Contato: II Séries Estatísticas Cepea 1. Relações de preços mercados interno e internacional (paridade de exportação) Açúcar Médias Mensais Preço médio Preço médio 3/5

4 Porto de Saída mercado interno (US$/t)* mercado internacional (US$/t)** Relação (B/A) (A) (B) Santos 397,99 391,64 0,98 Fonte: Cepea/Esalq * Equivalente Cristal 150, Posto Veículo Usina (PVU); líquido de impostos. **Média mensal das cotações do Contrato nº 11 da Bolsa de Futuros de Açúcar (Nova York); próximo vencimento do contrato com cotações para todos os dias úteis do mês de referência; considerando se prêmio de qualidade calculado como uma média aritmética da média diária de prêmios efetivamente negociados e ofertados de US$ 78,45/t e Fobização (elevação+frete) em maio/2016 = US$ 54,64/t. 2. Relações de preços (mercado interno) entre produtos do setor sucroalcooleiro Açúcar e Etanol Natureza Relação Açúcar/ Etanol Anidro 1,66 Açúcar/ Etanol Hidratado 1,72 Etanol Anidro / Etanol Hidratado 1,04 Fonte: Cepea/Esalq Lê se: O açúcar cristal em saca de 50 kg remunerou 72% a mais que o hidratado e 66% a mais que o anidro. No caso da relação entre os dois etanóis, o anidro remunerou 4% mais que o hidratado. Nota 2: Relações de Preços de Produtos do Sucroalcooleiro referentes à média mensal de Indicadores de Preços de Açúcar Cristal Cepea/Esalq, Etanol Anidro Cepea/Esalq e Etanol Hidratado Cepea/Esalq, negociados no estado de S.P. 3. Relações de preços entre Álcool Anidro Combustível e Gasolina C Mês Álcool Anidro e Gasolina C Preço da Gasolina C Varejo (ESP) R$/l Participação do álcool anidro no preço da gasolina C* (%) Maio 3,479 11,92 Abril 3,538 12,23 Fonte: ANP. Elaboração: Cepea/Esalq *Desde 16 de março de 2015, a proporção de etanol anidro na gasolina C é de 27%. III Gráficos CEPEA AÇÚCAR 4/5

5 CEPEA ETANÓIS ANIDRO E HIDRATADO 5/5

CEPEA ETANÓIS ANIDRO E HIDRATADO. 1. Evolução dos Indicadores CEPEA/ESALQ dos etanóis anidro e hidratado (valores nominais) I - Análise Conjuntural

CEPEA ETANÓIS ANIDRO E HIDRATADO. 1. Evolução dos Indicadores CEPEA/ESALQ dos etanóis anidro e hidratado (valores nominais) I - Análise Conjuntural AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência:fevereiro/2016 CEPEA - AÇÚCAR & ETANOL I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Relações de preços mercados interno e internacional

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: AGOSTO/2016 CEPEA AÇÚCAR & ETANOL I Análise Conjuntural II Séries Estatísticas 1. Relações de preços mercados interno e internacional (paridade

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: JULHO/2016 CEPEA AÇÚCAR & ETANOL I Análise Conjuntural II Séries Estatísticas 1. Relações de preços mercados interno e internacional (paridade

Leia mais

1. Evolução dos Indicadores CEPEA/ESALQ dos etanóis anidro e hidratado (valores nominais)

1. Evolução dos Indicadores CEPEA/ESALQ dos etanóis anidro e hidratado (valores nominais) AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: OUTUBRO/2016 CEPEA AÇÚCAR & ETANOL I Análise Conjuntural II Séries Estatísticas 1. Relações de preços mercados interno e internacional (paridade

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: ABRIL/2014 CEPEA - AÇÚCAR & ETANOL I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Relações de preços mercados interno e internacional

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: FEVEREIRO/2012 CEPEA - SOJA I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Diferenciais de preços 2. Estimativa do valor das alternativas

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mês de referência: NOVEMBRO/2011 CEPEA - SOJA I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Diferenciais de preços 2. Estimativa do valor das alternativas de

Leia mais

PREÇOS E VENDAS DE ETANOL

PREÇOS E VENDAS DE ETANOL SEMINÁRIO DE ATUALIZAÇÃO DO MODELO CONSECANA SÃO PAULO Piracicaba, 16 de abril de 2014 PREÇOS E VENDAS DE ETANOL Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada Escola Superior de Agricultura Luiz de

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2012/2013

PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2012/2013 Perspectivas do Setor Sucroenergético MBF AGRIBUSINESS PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2012/2013 Luciano Rodrigues Gerente de Economia e Análise Setorial da UNICA Sertãozinho, 24 de maio de 2012 2000/01 2001/02

Leia mais

ANÁLISE CONJUNTURAL ANÁLISE CEPEA

ANÁLISE CONJUNTURAL ANÁLISE CEPEA centavos R$/libra-peso Setembro/2017 Em setembro, o mercado de algodão em pluma apresentou boa liquidez, devido à posição mais flexível por parte dos vendedores, especialmente tradings. Mesmo assim, a

Leia mais

CENÁRIO E PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2013/2014

CENÁRIO E PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2013/2014 Palestra anual para os fornecedores de cana Usina da Pedra CENÁRIO E PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2013/2014 Luciano Rodrigues Gerente Economia e Estatística - UNICA Serrana, 20 de junho de 2013 ROTEIRO I.

Leia mais

VANTAGEM DO AÇÚCAR SOBRE O ETANOL NO MERCADO FÍSICO OSCILA EM 37% EM FEVEREIRO

VANTAGEM DO AÇÚCAR SOBRE O ETANOL NO MERCADO FÍSICO OSCILA EM 37% EM FEVEREIRO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XIX 13/março/2017 n. 666 VANTAGEM DO AÇÚCAR SOBRE O ETANOL NO MERCADO FÍSICO OSCILA EM 37% EM FEVEREIRO Com o mês de fevereiro finalizado foi possível determinar

Leia mais

Setor Sucroalcooleiro

Setor Sucroalcooleiro A partir da crise que afetou o país mais fortemente em acumulada de moagem só se recuperou na safra de 2013/14, sendo 2009, é possível notar, na Tabela 1, uma redução da moagem que ela provavelmente voltará

Leia mais

I - Análise Conjuntural

I - Análise Conjuntural AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência:março/2016 CEPEA - CAFÉ I -Análise Conjuntural II -Séries Estatísticas 1. Diferenciais de Preços (Indicador e praças) 2. Indicador de Preços

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 1/05/2018 Com produção recorde na 2ª quinzena de abril, etanol hidratado segue mais competitivo São Paulo, 10 de maio de 2018 A moagem

Leia mais

Tabela 4.1: Produção de biocombustíveis no Brasil (litros)

Tabela 4.1: Produção de biocombustíveis no Brasil (litros) Biocombustíveis Tamar Roitman / Fernanda Delgado A) Produção A produção de etanol anidro e hidratado em março/217 superou em 143,5% e 122%, respectivamente, a produção de fevereiro/217. A maior produção

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: MAIO/2016 CEPEA - PECUÁRIA I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Diferenciais de Preços Boi Gordo (SP) 2. Diferenciais de

Leia mais

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR PARA A ÍNDIA CAEM 18% EM MARÇO

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR PARA A ÍNDIA CAEM 18% EM MARÇO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XIX 24/abril/2017 n. 672 EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR PARA A ÍNDIA CAEM 18% EM MARÇO Os dados mais atualizados sobre as exportações de açúcar bruto, refinado e

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Cana-de-açúcar

Balanço 2016 Perspectivas Cana-de-açúcar Cana-de-açúcar 85 86 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 DÉFICIT NA PRODUÇÃO MUNDIAL DE AÇÚCAR, AUMENTO DA DEMANDA E QUEDA NOS ESTOQUES MANTERÃO TENDÊNCIA DE PREÇOS ALTOS A perspectiva é de

Leia mais

PARIDADES ENTRE PRODUTOS 29/05/2018. Cana-de-açúcar

PARIDADES ENTRE PRODUTOS 29/05/2018. Cana-de-açúcar PARIDADES ENTRE PRODUTOS 29/05/2018 Cana-de-açúcar Aviso legal A INTL FCStone não é responsável por qualquer redistribuição deste material por terceiros, ou quaisquer decisões comerciais tomadas por pessoas

Leia mais

Avaliação da safra 2015/2016 e perspectivas para a safra 2016/2017

Avaliação da safra 2015/2016 e perspectivas para a safra 2016/2017 16 de junho de 2016 Avaliação da safra 2015/2016 e perspectivas para a safra 2016/2017 Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Considerações sobre a safra 2015/2016 Moagem e produção

Leia mais

Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos

Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos 15º Seminário sobre Produtividade & Redução de Custos Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial 1 - SAFRA

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: FEVEREIRO/2016 CEPEA - PECUÁRIA I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Diferenciais de Preços Boi Gordo (SP) 2. Diferenciais

Leia mais

COLETIVA DE IMPRENSA

COLETIVA DE IMPRENSA COLETIVA DE IMPRENSA 17 de dezembro de 2013 Considerações sobre os dados Informações disponíveis a partir do sistema de benchmarking do CTC: Amostra contempla apenas cana própria Representatividade da

Leia mais

COLETIVA DE IMPRENSA

COLETIVA DE IMPRENSA COLETIVA DE IMPRENSA 17 de dezembro de 2013 Considerações sobre os dados Informações disponíveis a partir do sistema de benchmarking do CTC: Amostra contempla apenas cana própria Representatividade da

Leia mais

PADRÃO DO LA NIÑA CONTINUA CADA VEZ MAIS PRÓXIMO

PADRÃO DO LA NIÑA CONTINUA CADA VEZ MAIS PRÓXIMO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVIII 11/julho/2016 n. 633 PADRÃO DO LA NIÑA CONTINUA CADA VEZ MAIS PRÓXIMO As novas informações sobre a variação nas temperaturas das águas do oceano Pacífico,

Leia mais

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR PARA A CHINA CAEM 98% EM MAIO

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR PARA A CHINA CAEM 98% EM MAIO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XIX 26/junho/2017 n. 681 EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR PARA A CHINA CAEM 98% EM MAIO A forte queda anual no volume de exportação contrasta com a elevação na margem

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/02/2019

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/02/2019 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/02/2019 Centro-Sul registra recorde de vendas de etanol hidratado em janeiro São Paulo, 12 de fevereiro de 2019 O volume de etanol

Leia mais

AÇÚCAR EM NOVA YORK APRESENTA ALTA DE 7% EM ABRIL

AÇÚCAR EM NOVA YORK APRESENTA ALTA DE 7% EM ABRIL Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XIX 08/maio/2017 n. 674 AÇÚCAR EM NOVA YORK APRESENTA ALTA DE 7% EM ABRIL Os contratos futuros de açúcar em Nova York continuam firmes em seu momento de

Leia mais

Informativo PREÇO MÉDIO DO ETANOL HIDRATADO FOI 34% MAIOR QUE AÇÚCAR/NY EM JANEIRO. 12/fevereiro/2018

Informativo PREÇO MÉDIO DO ETANOL HIDRATADO FOI 34% MAIOR QUE AÇÚCAR/NY EM JANEIRO. 12/fevereiro/2018 Informativo semanalacúcar Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 712 12/fevereiro/2018 PREÇO MÉDIO DO ETANOL HIDRATADO FOI 34% MAIOR QUE AÇÚCAR/NY EM JANEIRO A queda no açúcar combinada com

Leia mais

OFERTA DE AÇÚCAR NO CENTRO-SUL CAI 11% NA SEGUNDA QUINZENA DE AGOSTO

OFERTA DE AÇÚCAR NO CENTRO-SUL CAI 11% NA SEGUNDA QUINZENA DE AGOSTO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVIII 19/setembro/2016 n. 643 OFERTA DE AÇÚCAR NO CENTRO-SUL CAI 11% NA SEGUNDA QUINZENA DE AGOSTO A finalização desta semana foi marcada pela atualização

Leia mais

CONJUNTURAL AGROPECUÁRIO

CONJUNTURAL AGROPECUÁRIO CONJUNTURAL AGROPECUÁRIO Trigo: A colheita andou em ritmo forte nessa semana, atingindo até o momento 90% da área do Estado. À medida que a colheita avançou, as produtividades e a qualidade do produto

Leia mais

FILA DE NAVIOS PARA EMBARQUE DE AÇÚCAR SOBE 12% NO PAÍS

FILA DE NAVIOS PARA EMBARQUE DE AÇÚCAR SOBE 12% NO PAÍS Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVIII 15/agosto/2016 n. 638 FILA DE NAVIOS PARA EMBARQUE DE AÇÚCAR SOBE 12% NO PAÍS Em recente relatório de Line-Up, atualizado na noite da última quarta-feira,

Leia mais

Informativo MAIO FOI MARCADO POR QUEDA NAS EXPORTAÇÕES E NOS PREÇOS. 11/junho/2018. Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 729

Informativo MAIO FOI MARCADO POR QUEDA NAS EXPORTAÇÕES E NOS PREÇOS. 11/junho/2018. Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 729 Informativo semanalacúcar Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 729 11/junho/2018 MAIO FOI MARCADO POR QUEDA NAS EXPORTAÇÕES E NOS PREÇOS A característica predominante para o mês de maio

Leia mais

Informativo ETANOL CONTINUA MAIS VANTAJOSO SOBRE O AÇÚCAR EM OUTUBRO DENTRO DO MERCADO FÍSICO BRASILEIRO. 13/novembro/2017

Informativo ETANOL CONTINUA MAIS VANTAJOSO SOBRE O AÇÚCAR EM OUTUBRO DENTRO DO MERCADO FÍSICO BRASILEIRO. 13/novembro/2017 Informativo semanalacúcar Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 701 13/novembro/2017 ETANOL CONTINUA MAIS VANTAJOSO SOBRE O AÇÚCAR EM OUTUBRO DENTRO DO MERCADO FÍSICO BRASILEIRO Pelo segundo

Leia mais

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR PARA A CHINA CRESCEM 92% EM DEZEMBRO

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR PARA A CHINA CRESCEM 92% EM DEZEMBRO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XIX 23/janeiro/2017 n. 659 EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR PARA A CHINA CRESCEM 92% EM DEZEMBRO Os dados mais atualizados sobre as exportações de açúcar bruto, refinado

Leia mais

Safra 2008/2009 Tendências e Desafios do Setor Sucroenergético

Safra 2008/2009 Tendências e Desafios do Setor Sucroenergético XIX Seminário ABMR&A Safra 2008/2009 Tendências e Desafios do Setor Sucroenergético Luciano Rodrigues Assessor Econômico da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA) São Paulo 01 de outubro de 2008

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2014/15*

PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2014/15* USINA IPÊ PEDRA AGROINDUSTRIAL S/A REUNIÃO ANUAL COM FORNECEDORES PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2014/15* Prof. Ms Antonio Cesar Salibe * Informações de Luciano Rodrigues, Gerente de Economia - Unica Nova Independência/SP,

Leia mais

21 de maio de Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016

21 de maio de Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016 21 de maio de 2015 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016 ROTEIRO I. Dados finais da safra 2014/2015 na região Centro-Sul Moagem e produção Mercados de etanol e de açúcar Preços e faturamento

Leia mais

Biocombustíveis BOLETIM ENERGÉTICO DEZEMBRO Tamar Roitman

Biocombustíveis BOLETIM ENERGÉTICO DEZEMBRO Tamar Roitman Biocombustíveis Tamar Roitman A) PRODUÇÃO O volume total de etanol (anidro e hidratado) produzido em outubro/17 somou 3,4 bilhões de litros, representando uma queda de 21,1% em relação ao mês anterior

Leia mais

Evolução e alterações recentes nos Indicadores de Preços de Açúcar para o Consecana ESP

Evolução e alterações recentes nos Indicadores de Preços de Açúcar para o Consecana ESP Evolução e alterações recentes nos Indicadores de Preços de Açúcar para o Consecana ESP CONSECANA PIRACICABA 16/04/2014 Heloisa Burnquist Professora Esalq/USP Pesquisadora Cepea Ph.D. Cornell University

Leia mais

VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO DE CANA CRESCE 1,97% ENTRE 2016 E 2017

VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO DE CANA CRESCE 1,97% ENTRE 2016 E 2017 Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XIX /fevereiro/ n. VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO DE CANA CRESCE,% ENTRE E A atualização de janeiro sobre o Valor VBP AGROPECUÁRIA - BRASIL Bruto da Produção [VBP]

Leia mais

Informativo EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR SOBEM 11% EM OUTUBRO. 06/novembro/2017. Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 700

Informativo EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR SOBEM 11% EM OUTUBRO. 06/novembro/2017. Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 700 Informativo semanalacúcar Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 700 06/novembro/2017 EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR SOBEM 11% EM OUTUBRO Apesar da alta em termos anuais o mês de outubro registrou

Leia mais

SAFRA 2013/2014 NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL

SAFRA 2013/2014 NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL SAFRA 2013/2014 NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL Elizabeth Farina Diretora Presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar São Paulo, 21 de outubro de 2013 Qual é a expectativa para a safra 2013/2014

Leia mais

O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO

O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO A cultura da soja apresenta relevante importância para a economia brasileira, sendo responsável por uma significativa parcela na receita cambial do Brasil, destacando-se

Leia mais

AGRICULTURA. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

AGRICULTURA. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AGRICULTURA Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DA AGRICULTURA o o Algodão A safra mundial 2017/18 será maior, mas com melhor ajuste de estoques já que o consumo

Leia mais

Edição 27 (Dezembro/2013) Cenário Econômico Nacional:

Edição 27 (Dezembro/2013) Cenário Econômico Nacional: Edição 27 (Dezembro/2013) Cenário Econômico Nacional: Essa semana foi marcada pelas repercussões dos dados apresentados semana passada, como de costume o Banco Bradesco revelou o resultado da sua pesquisa

Leia mais

20 de dezembro de Coletiva de imprensa BALANÇO PRELIMINAR SAFRA 2018/2019

20 de dezembro de Coletiva de imprensa BALANÇO PRELIMINAR SAFRA 2018/2019 20 de dezembro de 2018 Coletiva de imprensa BALANÇO PRELIMINAR SAFRA 2018/2019 ROTEIRO I. Condições climáticas e agronômicas II. Dados preliminares - produção safra 2018/2019 na região Centro-Sul até 16/12/2018

Leia mais

Síntese Mensal de Comercialização de Combustíveis

Síntese Mensal de Comercialização de Combustíveis Síntese de Comercialização de Combustíveis [ Edição nº 8/218] Superintendência de Defesa da Concorrência, Estudos e Regulação Econômica Síntese de Comercialização de Combustíveis Destaques Gasolina C Mesmo

Leia mais

Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13

Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13 Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13 Vanessa Nardy Agribusiness Research & Knowledge Center Pricewaterhouse Coopers Situação do setor sucroenergético no Brasil

Leia mais

Fechamento dos Mercados Segunda-feira 07/11/16 granoeste.com.br (45) Atual Ant. Dif.

Fechamento dos Mercados Segunda-feira 07/11/16 granoeste.com.br (45) Atual Ant. Dif. COMPLEXO SOJA CBOT - Soja (U$/Bushel = 27,216) Máx Min NOV 989,25 981,50 7,75 992,00 981,75 JAN 998,50 990,75 7,75 1.001,75 990,00 MAR 1005,50 997,25 8,25 1.007,75 996,25 MAI 1012,25 1004,00 8,25 1.014,25

Leia mais

3ª REUNIÃO DE FORNECEDORES. Usina Ipê Novembro de 2018

3ª REUNIÃO DE FORNECEDORES. Usina Ipê Novembro de 2018 3ª REUNIÃO DE FORNECEDORES Usina Ipê Novembro de 2018 3ª Reunião de Fornecedores Apresentação Abertura Sérgio Luiz Selegato Palestra Manejo do 3º Eixo Variedades e Manejo de Colheita Daniel Nunes da Silva

Leia mais

Análises de preços de combustíveis nas regiões sudeste e nordeste 1

Análises de preços de combustíveis nas regiões sudeste e nordeste 1 Análises de preços de combustíveis nas regiões sudeste e nordeste 1 Guilherme Signorini Graduando em Agronomia Esalq/USP Dra. Marta Cristina Marjotta-Maistro Pesquisadora do Cepea/Esalq/USP Artigo publicado

Leia mais

Perspectivas para a safra 2018/2019 e RenovaBio

Perspectivas para a safra 2018/2019 e RenovaBio 21 de junho de 2018 Perspectivas para a safra 2018/2019 e RenovaBio Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Considerações sobre a safra 2017/2018 Moagem e produção Preços II. Perspectivas

Leia mais

Informativo GREVE DOS CAMINHONEIROS AFETA PRODUÇÃO E ESTRESSE NOS PREÇOS DEVE OCORRER AO FIM DO MOVIMENTO. 28/maio/2018

Informativo GREVE DOS CAMINHONEIROS AFETA PRODUÇÃO E ESTRESSE NOS PREÇOS DEVE OCORRER AO FIM DO MOVIMENTO. 28/maio/2018 Informativo semanalacúcar Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 727 28/maio/2018 GREVE DOS CAMINHONEIROS AFETA PRODUÇÃO E ESTRESSE NOS PREÇOS DEVE OCORRER AO FIM DO MOVIMENTO A quarta semana

Leia mais

Síntese Mensal de Comercialização de Combustíveis. Comercialização de Combustíveis. Destaques. Gasolina C. Etanol Hidratado. [ Edição nº 07/2018]

Síntese Mensal de Comercialização de Combustíveis. Comercialização de Combustíveis. Destaques. Gasolina C. Etanol Hidratado. [ Edição nº 07/2018] Síntese de Comercialização de Combustíveis [ Edição nº 7/218] Superintendência de Defesa da Concorrência, Estudos e Regulação Econômica Síntese de Comercialização de Combustíveis Destaques Gasolina C Pelo

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/05/2018 Com novo recorde, vendas de etanol hidratado seguem como destaque da safra de cana-de-açúcar no Centro-Sul São Paulo, 24 de

Leia mais

Realização: Apresentação. Seja parceiro:

Realização: Apresentação. Seja parceiro: Ano I N 2 Setembro de 2017 Apresentação Realização: Prezado leitor, Iremos nessa edição demonstrar o modelo já consolidado para o boletim mensal bioinformativo. Aqui encontra-se uma análise resumida do

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/11/2017 Vendas de hidratado avançam no Centro-Sul O volume de cana-de-açúcar processado pelas unidades produtoras da região Centro-Sul

Leia mais

Informativo MOAGEM NO CENTRO-SUL CHEGA A 562 MILHÕES DE TONELADAS NO ACUMULADO DA SAFRA. 21/janeiro/2019

Informativo MOAGEM NO CENTRO-SUL CHEGA A 562 MILHÕES DE TONELADAS NO ACUMULADO DA SAFRA. 21/janeiro/2019 Informativo semanalacúcar Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 760 21/janeiro/2019 MOAGEM NO CENTRO-SUL CHEGA A 562 MILHÕES DE TONELADAS NO ACUMULADO DA SAFRA Os dados mais recentes da produção

Leia mais

São Martinho APIMEC 2009

São Martinho APIMEC 2009 São Martinho APIMEC 2009 AGENDA Visão Geral da Companhia Destaques Financeiros Valuation Panorama de Mercado 2 VISÃO GERAL DA COMPANHIA Logística Privilegiada Usina São Martinho Capacidade de Moagem de

Leia mais

Boletim n 02 Acompanhamento da safra de soja. Associação Brasileira dos Produtores de Soja

Boletim n 02 Acompanhamento da safra de soja. Associação Brasileira dos Produtores de Soja Associação Brasileira dos Produtores de Soja Boletim n 02 Acompanhamento da safra de soja www.aprosojabrasil.com.br aprosojabrasil@aprosojabrasil.com.br A partir da segunda quinzena de fereiro, foi observada

Leia mais

Etanol de milho: situação atual, desafios e perspectivas da produção Glauber Silveira

Etanol de milho: situação atual, desafios e perspectivas da produção Glauber Silveira Etanol de milho: situação atual, desafios e perspectivas da produção Glauber Silveira Aprosoja e Abramilho Mercado do milho Produção mundial Safra 17/18* EUA 370,3 CHINA 215,0 BRASIL 95,0 EUROPA 59,6 ARGENTINA

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/04/2019

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/04/2019 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/04/2019 Safra encerrada no Centro-Sul atinge 573,07 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, com produção recorde de etanol São Paulo,

Leia mais

AGRICULTURA. Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

AGRICULTURA. Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AGRICULTURA Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DA AGRICULTURA o o Algodão Embora não tenha alcançado recorde, as 3 últimas safras globais seguiram em recuperação

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA PRÓXIMA SAFRA E OS POSSÍVEIS REFLEXOS SOBRE O SETOR SUCROENERGETICO

PERSPECTIVAS PARA PRÓXIMA SAFRA E OS POSSÍVEIS REFLEXOS SOBRE O SETOR SUCROENERGETICO PERSPECTIVAS PARA PRÓXIMA SAFRA E OS POSSÍVEIS REFLEXOS SOBRE O SETOR SUCROENERGETICO Antonio de Padua Rodrigues Diretor técnico da União da Indústria de Cana-de-Açúcar 4 de dezembro de 2013 Considerações

Leia mais

Realização: Apresentação. Seja parceiro: Nesta edição: Caroço de algodão pg.2 Milho pg.4 Amendoim e óleo pg.3 Soja pg.5. Ano II N 1 Abril de 2018

Realização: Apresentação. Seja parceiro: Nesta edição: Caroço de algodão pg.2 Milho pg.4 Amendoim e óleo pg.3 Soja pg.5. Ano II N 1 Abril de 2018 Ano II N 1 Abril de 2018 Apresentação Realização: Caro Leitor, Viemos com essa edição dar continuidade ao trabalho a pouco iniciado. Trazemos informação acerca do que mais afetou o mercado de commodities

Leia mais

DAS CADEIAS PRODUTIVAS Maio de 2017

DAS CADEIAS PRODUTIVAS Maio de 2017 Desaceleração da economia brasileira refl ete em baixa nas cadeias do agronegócio 1. Cenário Geral do Período A economia brasileira registrou mais um ano de recessão em 2016, com queda de 3,6% no Produto

Leia mais

Associação Brasileira dos Produtores de Soja

Associação Brasileira dos Produtores de Soja Associação Brasileira dos Produtores de Soja 1. PREVISÃO DE SAFRA E DESTINAÇÃO De acordo com o 7 Levantamento de safra 2015/16, publicado em abril pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), a área

Leia mais

Panorama do comércio internacional do complexo sucroalcooleiro

Panorama do comércio internacional do complexo sucroalcooleiro Panorama do comércio internacional do complexo sucroalcooleiro Marta R. Castilho Instituto de Economia Universidade Federal do Rio de Janeiro IV Workshop INFOSUCRO Roteiro Evolução do comércio mundial

Leia mais

Informativo AÇÚCAR CAI 39% NO ANO DURANTE SETEMBRO NO MERCADO FÍSICO BRASILEIRO. 09/outubro/2017

Informativo AÇÚCAR CAI 39% NO ANO DURANTE SETEMBRO NO MERCADO FÍSICO BRASILEIRO. 09/outubro/2017 Informativo semanalacúcar Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 696 09/outubro/2017 AÇÚCAR CAI 39% NO ANO DURANTE SETEMBRO NO MERCADO FÍSICO BRASILEIRO imediatamente anterior. Ampliando a

Leia mais

RENOVABIO: COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA E INVESTIMENTOS

RENOVABIO: COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA E INVESTIMENTOS RENOVABIO: COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA E INVESTIMENTOS Seminário Biotecnologia 4.0 São Paulo/SP 11 mai. 2018 José Mauro Coelho Diretor de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis Presidente em Exercício

Leia mais

Síntese Mensal de Comercialização de Combustíveis

Síntese Mensal de Comercialização de Combustíveis Síntese de Comercialização de Combustíveis [ Edição nº 11/218] Superintendência de Defesa da Concorrência, Estudos e Regulação Econômica Síntese de Comercialização de Combustíveis Destaques Gasolina C

Leia mais

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR PARA A CHINA CAEM 90% OUTUBRO

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR PARA A CHINA CAEM 90% OUTUBRO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVIII 14/novembro/2016 n. 651 EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR PARA A CHINA CAEM 90% OUTUBRO Os dados mais atualizados sobre as exportações de açúcar bruto, refinado

Leia mais

MOAGEM DE CANA CHEGA A 17 MILHÕES DE TONELADAS NA PRIMEIRA QUINZENA DE ABRIL

MOAGEM DE CANA CHEGA A 17 MILHÕES DE TONELADAS NA PRIMEIRA QUINZENA DE ABRIL Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XIX 01/maio/2017 n. 673 MOAGEM DE CANA CHEGA A 17 MILHÕES DE TONELADAS NA PRIMEIRA QUINZENA DE ABRIL A quarta semana de abril foi marcada pela atualização

Leia mais

Os preços médios da soja em junho apresentaram queda em relação ao mês

Os preços médios da soja em junho apresentaram queda em relação ao mês Soja Os preços médios da soja em junho apresentaram queda em relação ao mês passado (Tabela 1). O estado do Mato Grosso apresentou a maior variação negativa, - 4,21%, cotado a R$55,75/sc. O Rio Grande

Leia mais

Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013

Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013 Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013 São Paulo, 20 de setembro de 2012 ROTEIRO I. Metodologia e fonte de dados II. Aspectos climáticos e condições agrícolas III. Evolução da safra da região

Leia mais

A indústria canavieira do Brasil em clima otimista

A indústria canavieira do Brasil em clima otimista A indústria canavieira do Brasil em clima otimista Mirian Rumenos Piedade Bacchi Professora ESALQ/USP Pesquisadora do Cepea/Esalq/USP mrpbacch@esalq.usp.br www.cepea.esalq.usp.br Artigo publicado na revista

Leia mais

Informativo FINALIZAÇÃO DA ENTRESSAFRA DE CANA SE MOSTRA MENOS CHUVOSA QUE A MÉDIA HISTÓRICA E REDUZ ÍNDICE VEGETATIVO DOS CANAVIAIS DE SP

Informativo FINALIZAÇÃO DA ENTRESSAFRA DE CANA SE MOSTRA MENOS CHUVOSA QUE A MÉDIA HISTÓRICA E REDUZ ÍNDICE VEGETATIVO DOS CANAVIAIS DE SP Informativo semanalacúcar Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 717 19/março/2018 FINALIZAÇÃO DA ENTRESSAFRA DE CANA SE MOSTRA MENOS CHUVOSA QUE A MÉDIA HISTÓRICA E REDUZ ÍNDICE VEGETATIVO

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/07/2019

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/07/2019 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/07/2019 Alta na produção de etanol e queda expressiva na fabricação de açúcar marcam a 1ª quinzena de julho São Paulo, 24 de julho

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/07/2018 Crescimento nas vendas de etanol e queda na produção de açúcar marcam a segunda quinzena de junho São Paulo, 11 de julho de

Leia mais

Perspectivas sobre a safra 2018/2019 e RenovaBio

Perspectivas sobre a safra 2018/2019 e RenovaBio 24 de maio de 2017 Perspectivas sobre a safra 2018/2019 e RenovaBio Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Considerações sobre a safra 2017/2018 Moagem e produção Preços II. Perspectivas

Leia mais

DAS CADEIAS PRODUTIVAS EDIÇÃO ESPECIAL

DAS CADEIAS PRODUTIVAS EDIÇÃO ESPECIAL DAS CADEIAS PRODUTIVAS EDIÇÃO ESPECIAL Desaceleração da economia brasileira refl ete em baixa nas cadeias do agronegócio CENÁRIO GERAL DO PERÍODO O ano de 2015 não foi bom para economia brasileira, que

Leia mais

Realização: Apresentação. Seja parceiro: Nesta edição: Caroço de algodão Girassol e óleo Amendoim e óleo. Ano II N 2 maio de 2018.

Realização: Apresentação. Seja parceiro: Nesta edição: Caroço de algodão Girassol e óleo Amendoim e óleo. Ano II N 2 maio de 2018. Ano II N 2 maio de 2018 Apresentação Realização: Caro Leitor, Viemos nessa edição dar continuidade ao trabalho por nós iniciados. Trazendo informações do que afetou o mercado de commodities (Principalmente

Leia mais

PERSPECTIVAS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO

PERSPECTIVAS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO Setembro de 2017 PERSPECTIVAS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO Elizabeth Farina Diretora Presidente Fotografia da crise no setor sucroenergético, no mercado de combustíveis e no Brasil Endividamento

Leia mais

Relatório final da safra 2015/2016. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2015/2016. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2015/2016 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2015/2016 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2014/2015 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² ATR ¹ Produtos

Leia mais

Relat ório final da safra 2017/2018. Região Centro-Sul

Relat ório final da safra 2017/2018. Região Centro-Sul Relat ório final da safra 2017/2018 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2017/2018 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2016/2017 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² Etanol

Leia mais

Relat ório final da safra 2016/2017. Região Centro-Sul

Relat ório final da safra 2016/2017. Região Centro-Sul Relat ório final da safra 2016/2017 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2016/2017 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2015/2016 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² ATR ¹ Produtos

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS Ministério de Minas e Energia Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis Departamento de Combustíveis Renováveis EDIÇÃO N o 103 Setembro/2016 BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS

Leia mais

Informativo ESTIMATIVA DA CONAB É DESTAQUE DA PRIMEIRA SEMANA DE MAIO. 07/maio/2018. Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 724

Informativo ESTIMATIVA DA CONAB É DESTAQUE DA PRIMEIRA SEMANA DE MAIO. 07/maio/2018. Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 724 Informativo semanalacúcar Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 724 07/maio/2018 ESTIMATIVA DA CONAB É DESTAQUE DA PRIMEIRA SEMANA DE MAIO A finalização da primeira semana de maio foi marcada

Leia mais

Informativo VENDAS DE ETANOL HIDRATADO CRESCEM 55% EM JANEIRO. N o /março/2018. Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado

Informativo VENDAS DE ETANOL HIDRATADO CRESCEM 55% EM JANEIRO. N o /março/2018. Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado Informativo semanalbioenergia Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 584 08/março/2018 VENDAS DE ETANOL HIDRATADO CRESCEM 55% EM JANEIRO Em janeiro [dados mais recentes disponíveis] a demanda

Leia mais

CONJUNTURAL AGROPECUÁRIO

CONJUNTURAL AGROPECUÁRIO CONJUNTURAL AGROPECUÁRIO Arroz: Na parte Oeste do Estado, as lavouras começam a entrar em fase de maturação de forma mais acelerada, sendo que 10% do total, em nível estadual, atingem esta fase, podendo

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/11/2016 Informações adicionais Safra 2016/2017 1ª quinzena de novembro A moagem pelas unidades produtoras da região Centro-Sul atingiu

Leia mais

Evolução das Vendas de Veículos - Brasil

Evolução das Vendas de Veículos - Brasil Martinho Seiiti Ono Criada em 2000 Evolução das Vendas de Veículos - Brasil 1.000 unidades 300 275 250 225 200 175 150 125 100 75 50 25 0 Flex Gasolina % Flex - média anual 100% 95% 90% 85% 80% 75% 70%

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS Ministério de Minas e Energia Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis Departamento de Combustíveis Renováveis BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS EDIÇÃO N o 87 Abril/2015 SUMÁRIO

Leia mais

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR SOBEM 47% EM JANEIRO

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR SOBEM 47% EM JANEIRO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XIX 13/fevereiro/2017 n. 662 EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR SOBEM 47% EM JANEIRO Os dados mais atualizados sobre as exportações de açúcar bruto, refinado e processado

Leia mais

Mercado de RAIZ de mandioca Mandioca: Oferta diminuiu e preços

Mercado de RAIZ de mandioca Mandioca: Oferta diminuiu e preços BOLETIM DA MANDIOCA Análise Econômica Mensal sobre o Setor de Mandioca e Derivados no Brasil PROJETO DESENVOLVIDO PELO CEPEA EM PARCERIA COM A ABAM ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ ESALQ/USP

Leia mais

Informativo USDA: BRASIL TEM QUEDA DE 12% NA PRODUÇÃO. 04/junho/2018. Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 728

Informativo USDA: BRASIL TEM QUEDA DE 12% NA PRODUÇÃO. 04/junho/2018. Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 728 Informativo semanalacúcar Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 728 04/junho/2018 USDA: BRASIL TEM QUEDA DE 12% NA PRODUÇÃO Para o Brasil, o relatório de maio de 2018 indica uma queda de

Leia mais

Informativo COLHEITA DE CANA CHEGA A 42 MILHÕES DE TONELADAS NO CENTRO-SUL. N o /maio/2018. Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado

Informativo COLHEITA DE CANA CHEGA A 42 MILHÕES DE TONELADAS NO CENTRO-SUL. N o /maio/2018. Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado Informativo semanalbioenergia Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 596 31/maio/2018 COLHEITA DE CANA CHEGA A 42 MILHÕES DE TONELADAS NO CENTRO-SUL Os dados mais recentes da produção do Centro-Sul

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/09/2018

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/09/2018 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/09/2018 Moagem atinge 38,51 milhões de toneladas e venda de hidratado segue aquecida na primeira quinzena de setembro São Paulo, 25

Leia mais