Sustentabilidade GPA Thatiana Zukas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sustentabilidade GPA Thatiana Zukas"

Transcrição

1 Sustentabilidade GPA Thatiana Zukas

2 O GPA em números - Eleito uma das 10 empresas mais admiradas do Brasil e vencedor no setor Varejo Supermercados em estudo da revista Carta Capital. - Listada no ranking Global 2000, da revista Forbes, como uma das maiores empresas de capital aberto do mundo.

3 Compromissos de Sustentabilidade do GPA

4 5 compromissos de Sustentabilidade do GPA

5 Gestão do Impacto Ambiental As grandes frentes de atuação da nossa estratégia de Gestão do Impacto Ambiental:

6 Gestão do Impacto Ambiental Destaques 2015 Gestão de Resíduos Mais de 76 mil ton de materiais recicláveis foram acumulados na operação e tiveram a destinação correta. Doação de Alimentos Parcerias com Mesa Brasil (SESC), Banco de Alimentos e outros programas. Foram doadas mais de 3 mil toneladas a mais de 300 instituições. Compostagem em loja 126 lojas com sistemas próprios de compostagem, o que faz com que apenas o rejeito vá para os aterros. REVIVA Reciclagem Via Varejo Programa já contempla todas as lojas de SP e foi expandido para PE totalizando 409 lojas. Em 2015 foram recolhidas ton de material. Green Yellow Empresa dedicada a projetos de eficiência energética e energias renováveis. Responsável pela implantação de novas tecnologias para a redução do uso de energia elétrica.

7 Gestão do Impacto Ambiental Destaques 2015 Assaí 22 lojas com sistema de ar-condicionado que armazena água gelada e a utiliza na refrigeração da loja em períodos de energia elétrica mais cara. Balcões refrigerados de 27 lojas tiveram mudanças no sistema de fechamento, para melhor aproveitamento do frio alimentar. Sistema de monitoramento remoto em 46 lojas, com sensores nos quadros de consumo que captam a quantidade de energia utilizada por cada equipamento. Mapa de eficiência energética Orientador com ações de redução no consumo de água e energia, além de dicas de gestão de resíduos de lojas. O foco são os gerentes e líderes. pqjpgarfora? Campanha com dicas e conceitos para conscientizar os colaboradores sobre consumo consciente. Em 2015, foram tratados o uso racional da água e o desperdício de alimentos. Mais de 100 mil colaboradores. Uso da água Novas lojas foram construídas com sistema para reuso e aparelhos redutores de vazão nas torneiras. O uso racional da água é um tema mapeado pela área de Gestão de Riscos.

8 O GPA e os indicadores de emissões O GPA realiza desde 2010 Segue a metodologia do Programa Brasileiro GHG Protocol Medição de emissões diretas e indiretas dos escopos 1, 2 e 3 O GPA responde ao CDP, uma das principais iniciativas do setor financeiro para mitigar o efeito das mudanças climáticas. A Companhia também integra o Índice Carbono Eficiente ICO2 (BMF&BOVESPA / BNDES). O indicador é formado por empresas que adotam práticas transparentes em relação às suas emissões de gases de efeito estufa (GEE), e que possuem iniciativas eficientes para geri-las

9 *dados de Fonte: Programa Brasileiro GHG Protocol As emissões no Brasil Emissões de Escopo 1 por categoria 118 países signatários do Acordo de Paris Ciclo 2017 Estudo - Energia Renovável Emissões Escopo 2 Maior Emissão do Fator Energia do SIN 0,136 tco2/mwh Consumo Membros GHG 14% x média nacional Emissões Escopo 3 63% Frete Terceiros Fonte de maior relato e consumo 37% Outras Emissões

10 Emissões no GPA Logística 13% Energia Elétrica 21% Gases Refrigerantes 45% Outros* 36% TOTAL 2015: tco2e/ano * Combustível para Carros, para Geradores, deslocamento de colaboradores, viagens à negócio,insumos e gestão de resíduos

11 Inventário de Carbono no GPA tco² tco² tco² MultiVarejo Via Varejo Assaí Cnova MultiVarejo Via Varejo CBCC Bartira Assaí Cnova MultiVarejo Via Varejo Bartira Assaí Cnova Aumento de 4% º ano do inventário Fontes de Emissões Abrangência 20 Fontes de Emissões Abrangência Abrangência CBCC 16 Fontes de Emissões -

12 Fontes de emissões GPA Graxas e Lubrificantes Empilhadeiras Viagens Aéreas Executivas Compostagem Frota de Veículos Próprio Frete de Cargas Próprio Papel de Propaganda /Escritório Gás em fogão e aquecedores Óleo Diesel nos Geradores Deslocamento dos Funcionários Gases Protocolo Quioto (R140A,R134A) Rejeitos Sólidos Frete de Cargas Terceirizado Energia Elétrica Gases Protocolo Montreal (R22, R141B) 0% 0% 0% 0% 0% 1% 1% 2% 2% 2% 1% 9% 12% 18% 31% Total: tco2e

13 Unidades de negócio GPA X Escopo % % Escopo 01 Escopo 02 Escopo % 5% Emissões Totais (tco2) % (14/15) -2% 38% 9% 9% 4%

14 GPA e Gases Refrigerantes Protocolo de Quioto e Montreal GPA (tco2) tco2 0% 80% tco2 8% Protocolo Montreal Protocolo Quioto 12% tco2 679 tco2 103 tco tco2 Protocolo Montreal Protocolo Quioto 0 tco2 Protocolo Montreal Protocolo Quioto 0 tco2 Protocolo Montreal Protocolo Quioto Total de emissões tco2e

15 Alguns dados O R22 colabora até vezes mais para o aquecimento global do que os gases naturais (mudança do clima da Terra) Uma única molécula de CFC destrói moléculas da Camada de Ozônio Cerca de 40% do consumo dos HCFC s no Brasil é utilizado para suprir o setor de manutenção em Supermercados Os supermercados são responsáveis por cerca de 40% do total das emissões do país Gases Refrigerantes

16 Alternativas aos gases refrigerantes GPA Colocado em prática em lojas piloto possuem um sistema de refrigeração que utiliza uma parte de CO2, menos poluente que as demais soluções do mercado. Duas novas lojas do Assaí implementaram, em 2015, sistemas de refrigeração congelada com CO2. Reforma em sistemas e troca da tubulação de refrigeração. Mapeamento de dados coletados nos estudos e após as reformas realizadas.

17 Obrigada! Thatiana Zukas

A indústria leiteira na economia de baixo carbono

A indústria leiteira na economia de baixo carbono A indústria leiteira na economia de baixo carbono Objetivo Apresentar ações orientadas para uma produção de baixo carbono no transporte e no processamento do leite Cadeia de produção >>> Emissão de GEE

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2011 SAP Brasil Ltda Nome fantasia: SAP Brasil - CNPJ: 74.544.297/0001-92 Tipo da empresa: Matriz Setor econômico: J.

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2009 RL Sistemas de Higiene Ltda Nome fantasia: RL Sistemas de Higiene Ltda - CNPJ: 48.241.905/0001-80 Tipo da empresa:

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2011

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2011 Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2011 CTR ITABORAÍ - CENTRO DE TRATAMENTO DE RESÍDUOS DE ITABORAÍ LTDA Nome fantasia: CTR Itaboraí - CNPJ: 09.014.794/0001-17

Leia mais

Guia para Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa

Guia para Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa Guia para Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa - Guia Saúde pelo Clima - Isabel Santos e Victor Kenzo Projeto Hospitais Saudáveis Workshop Saúde e Mudança do Clima São Paulo, 28 de Abril ELABORAÇÃO

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2010 RL Sistemas de Higiene Ltda Nome fantasia: RL Sistemas de Higiene Ltda - CNPJ: 48.241.905/0001-80 Tipo da empresa:

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2013 Wilson Sons de Administração e Comércio Ltda. Nome fantasia: Wilson Sons - CNPJ: 33.130.691/0001-05 Tipo da empresa:

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2011

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2011 Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2011 Esco Brasil Nome fantasia: Esco Brasil - CNPJ: 17.403.551/0001-07 Tipo da empresa: Matriz Setor econômico: C. Indústrias

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2014

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2014 Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2014 Lojas Americanas SA Nome fantasia: Lojas Americanas - CNPJ: 33.014.556/0001-96 Tipo da empresa: Matriz Setor econômico:

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2012

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2012 Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2012 Lojas Renner S/A Nome fantasia: Lojas Renner - CNPJ: 92.754.738/0001-62 Tipo da empresa: Matriz Setor econômico:

Leia mais

AÇÕES REALIZADAS EM 2014

AÇÕES REALIZADAS EM 2014 RESÍDUOS SÓLIDOS - Articulação junto à CNI para criar a proposta de resolução CONAMA sobre aproveitamento de Areias de Fundição - Distribuição de cartilhas A Indústria e a Política Nacional de resíduos

Leia mais

Painel 1 Considerando o ciclo de vida na avaliação da sustentabilidade de edificações

Painel 1 Considerando o ciclo de vida na avaliação da sustentabilidade de edificações Painel 1 Considerando o ciclo de vida na avaliação da sustentabilidade de edificações Emissões de Carbono e a análise de ciclo de vida de produto Programa Brasileiro GHG PROTOCOL Centro de Estudos em Sustentabilidade

Leia mais

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa 2010

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa 2010 Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa 2010 Inventário de Emissões Introdução O presente relatório apresenta os principais resultados do Inventário de Gases de Efeito Estufa (GEE) para o ano

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2014

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2014 Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2014 SulAmérica S.A Nome fantasia: SulAmérica Seguros, Previdência e Investimentos - CNPJ: 29.978.814/0001-87 Tipo da

Leia mais

AMBIENTAL RESPONSABILIDADE

AMBIENTAL RESPONSABILIDADE A gestão responsável da Patrus Transportes inclui medidas e ações sustentáveis. São programas que garantem o uso inteligente dos recursos naturais, o descarte correto dos materiais e o monitoramento constante

Leia mais

Experiência de Aproveitamento Energético do Biogás do Aterro Sanitário de Belo Horizonte

Experiência de Aproveitamento Energético do Biogás do Aterro Sanitário de Belo Horizonte Workshop Internacional Aproveitamento Energético de Biogás em Aterros Sanitários e Efluentes Experiência de Aproveitamento Energético do Biogás do Aterro Sanitário de Belo Horizonte Superintendência de

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2012 Dudalina S.A. Nome fantasia: DUDALINA - CNPJ: 85.120.939/0001-42 Tipo da empresa: Matriz Setor econômico: C. Indústrias

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2010

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2010 Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2010 Marfrig Alimentos S.A. Nome fantasia: Marfrig Alimentos S.A - CNPJ: 03.853.896/0024-36 Tipo da empresa: Matriz Setor

Leia mais

Inventário de emissões de gases de efeito estufa

Inventário de emissões de gases de efeito estufa Inventário de emissões de gases de efeito estufa Ano inventariado: 2015 Caixa Econômica Federal Nome fantasia: CAIXA CNPJ: 00.360.305/2660-58 Setor econômico: Atividades financeiras, de seguros e serviços

Leia mais

BALANÇO SOCIAL 2011 RESPONSABILIDADE SOCIAL 7/12/11

BALANÇO SOCIAL 2011 RESPONSABILIDADE SOCIAL 7/12/11 BALANÇO SOCIAL 2011 RESPONSABILIDADE SOCIAL 7/12/11 PERFIL A Diageo é uma multinacional inglesa, líder no mercado mundial de bebidas premium. Presente em cerca de 180 países, com mais de 20 mil profissionais

Leia mais

Supermercados: segurança alimentar é prioridade!

Supermercados: segurança alimentar é prioridade! 2012 Supermercados: segurança alimentar é prioridade! Vamos falar sobre... A Abras. O Setor de Autosserviço Segurança Alimentar Boas práticas Refrigeração ABRAS Entidade civil sem fins lucrativos, criada

Leia mais

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA DA SANEPAR - IGEES

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA DA SANEPAR - IGEES RESUMO EXECUTIVO RE003_APDA_V01 INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA DA SANEPAR - IGEES 2014 Agosto / 2015 Curitiba - PR INTRODUÇÃO De acordo com a política ambiental da Companhia de Saneamento

Leia mais

VOCÊ SABE QUAIS SÃO AS MAIORES FONTES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO?

VOCÊ SABE QUAIS SÃO AS MAIORES FONTES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO? MEIO AMBIENTE MUDANÇA CLIMÁTICA VOCÊ SABE QUAIS SÃO AS MAIORES FONTES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO? Comparação das Emissões Totais e por Habitante de São Paulo, em GWP (t CO2 eq)

Leia mais

Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa [Ipojucatur Transportes e Turismo Ltda] [2011]

Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa [Ipojucatur Transportes e Turismo Ltda] [2011] Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa [Ipojucatur Transportes e Turismo Ltda] [2011] INVENTÁRIO: X Completo INVENTÁRIO VERIFICADO POR: X Terceira parte Data: 24/11/2012 Preparador de Relatório:

Leia mais

Apresentação AHK Comissão de Sustentabilidade Ecogerma. Eng. Francisco Tofanetto (Gerente de Engenharia) São Paulo, 01 de Outubro 2015

Apresentação AHK Comissão de Sustentabilidade Ecogerma. Eng. Francisco Tofanetto (Gerente de Engenharia) São Paulo, 01 de Outubro 2015 Apresentação AHK Comissão de Sustentabilidade Ecogerma Eng. Francisco Tofanetto (Gerente de Engenharia) São Paulo, 01 de Outubro 2015 LANXESS Porto Feliz Uma importante unidade da área de produção de IPG

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS Ações do MMA

POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS Ações do MMA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Secretaria de Qualidade Ambiental Workshop de Treinamento sobre Formulaçã ção o de Projeto para o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (CDM) e para o Protótipo tipo Fundo de Carbono

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2014

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2014 Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2014 Strong Consultoria Empresarial e Participações Ltda (SCEP.A.RAP290) Nome fantasia: STRONG (SCEP.A.RAP290) - CNPJ:

Leia mais

O Mapeamento Setorial LCBA para Gestão de Resíduos Sólidos Demandas e Oportunidades

O Mapeamento Setorial LCBA para Gestão de Resíduos Sólidos Demandas e Oportunidades Low Carbon Business Action in Brazil A project funded by the European Union O Mapeamento Setorial LCBA para Gestão de Resíduos Sólidos Demandas e Oportunidades Adelino Ricardo J. Esparta Waste Expo Brasil

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2013

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2013 Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2013 Strong Consultoria Empresarial e Participações Ltda Nome fantasia: STRONG/ESAGS (SCEP.M.ACN159) - CNPJ: 00.586.245/0001-42

Leia mais

Case de Reciclagem de EPS na Argentina São Paulo, 14 de abril de 2016x Juan Cruz Pando Gerente de ventas Styropek Argentina

Case de Reciclagem de EPS na Argentina São Paulo, 14 de abril de 2016x Juan Cruz Pando Gerente de ventas Styropek Argentina Case de Reciclagem de EPS na Argentina São Paulo, 14 de abril de 2016x Juan Cruz Pando Gerente de ventas Styropek Argentina Quem somos? Empresa mexicana com receita de US$16 Bilhões Mais de 60.000 funcionários

Leia mais

FONTE DE ENERGIA RENOVÁVEL. Prof.º: Carlos D Boa - geofísica

FONTE DE ENERGIA RENOVÁVEL. Prof.º: Carlos D Boa - geofísica FONTE DE ENERGIA RENOVÁVEL Prof.º: Carlos D Boa - geofísica Introdução Biocombustíveis (Biodiesel, Etanol e Hidrogênio) Biogás Biomassa Energia Eólica Energia das Marés Energia Hidrelétrica Energia Solar

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2009

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2009 Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2009 PepsiCo do Brasil Ltda Nome fantasia: PepsiCo do Brasil - CNPJ: 71.303.141/0001-21 Tipo da empresa: Matriz Setor

Leia mais

Mudanças Climáticas na Vale

Mudanças Climáticas na Vale 30/09/2011 Mudanças Climáticas na Vale Gerência de Nova Economia e Mudanças Climáticas Departamento de Desenvolvimento Sustentável Política de Sustentabilidade Operador Sustentável Legado Econômico, Social

Leia mais

DTEA Transportes, Energia e Ambiente 1

DTEA Transportes, Energia e Ambiente  1 DTEA - Transportes, Energia e Ambiente Grupo de Investigação em Energia e Desenvolvimento Sustentável Instituto Superior Técnico DTEA Transportes, Energia e Ambiente http://dtea.ist.utl.pt 1 Veículos e

Leia mais

SUSTENTABILIDADE. Clarice Martins Costa Diretora de Recursos Humanos. 1 de Julho, 2015

SUSTENTABILIDADE. Clarice Martins Costa Diretora de Recursos Humanos. 1 de Julho, 2015 SUSTENTABILIDADE Clarice Martins Costa Diretora de Recursos Humanos 1 de Julho, 2015 SUSTENTABILIDADE 1999 2002 2007 2008 Associação à ABVTEX Ações sociais com participação de voluntários Projeto Pescar

Leia mais

auxiliamos nossos clientes a identificar as vantagens competitivas e as oportunidades em um ambiente complexo e em constante evolução.

auxiliamos nossos clientes a identificar as vantagens competitivas e as oportunidades em um ambiente complexo e em constante evolução. Meio ambiente A gestão ambiental da KPMG no Brasil tem como base a nossa Global Green Initiative (GGI), que define a atuação e os compromissos da rede de firmasmembro conforme três aspectos principais:

Leia mais

ano base INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GEE

ano base INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GEE ano base 2015 INVENTÁRIO DE DE GEE Índice 4 12 METODOLOGIA 6 8 DE GEE- TEMA MATERIAL IDENTIFICADO PARA O GRUPO CCR CONTRIBUIÇÃO NO COMBATE ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS 14 16 18 10 COMPROMISSOS 24 Sobre a Organização

Leia mais

ANÁLISE DO CONSUMO ENERGÉTICO E DA EMISSÃO CO 2 e DA VALLOUREC TUBOS DO BRASIL S.A NO PERÍODO DE 2008 À 2013

ANÁLISE DO CONSUMO ENERGÉTICO E DA EMISSÃO CO 2 e DA VALLOUREC TUBOS DO BRASIL S.A NO PERÍODO DE 2008 À 2013 ANÁLISE DO CONSUMO ENERGÉTICO E DA EMISSÃO CO 2 e DA VALLOUREC TUBOS DO BRASIL S.A NO PERÍODO DE 2008 À 2013 Autoras: Camila Quintão Moreira Fabiana Alves Thaíse de Oliveira Souza Porto Alegre 2016 INTRODUÇÃO

Leia mais

Inventário Corporativo de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa (GEE) Ano referência: Emissões de 2010

Inventário Corporativo de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa (GEE) Ano referência: Emissões de 2010 Inventário Corporativo de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa (GEE) Ano referência: Emissões de 2010 Resumo Este documento apresenta o Inventário corporativo de Emissões Diretas e Indiretas

Leia mais

Para sua frota, desempenho e economia

Para sua frota, desempenho e economia DESENPENHO E ECONOMIA PARA SEUS VEÍCULOS Tecnologia em sistemas inovadores Para sua frota, desempenho e economia Para você, tranquilidade NOSSOS SERVIÇOS Tecnologia em sistemas inovadores Softwares Suporte

Leia mais

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA Versão resumida BANCO BRADESCO S.A.

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA Versão resumida BANCO BRADESCO S.A. INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA Versão resumida BANCO BRADESCO S.A. 2008 1 Inventário de GEE O Inventário de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa (GEE) permite que uma

Leia mais

Fabio Villas Bôas. Jardim das Perdizes, São Paulo

Fabio Villas Bôas. Jardim das Perdizes, São Paulo Fabio Villas Bôas Jardim das Perdizes, São Paulo O que é um bairro sustentável? Sustentabilidade a partir dos bairros Conceito: escala ideal para acelerar a implantação Portland: algumas iniciativas Anos

Leia mais

Programa de Eficiência Energética

Programa de Eficiência Energética INTRODUÇÃO Conforme dispõe a Lei 9.991 de 24 de julho de 2000, as Empresas concessionárias ou permissionárias de energia elétrica devem aplicar o percentual de 0,5% da sua receita operacional líquida anual

Leia mais

Neve Naturali Kimberly-Clark

Neve Naturali Kimberly-Clark Neve Naturali Kimberly-Clark Apresentação Pessoal Vanessa Monteiro Eng. Ambiental Universidade da Região de Joinville Univille. Kimberly-Clark Correia Pinto Responsável: Gestão ambiental fabril Agenda

Leia mais

Agenda. Braskem e Visão Função da ACV. GCV na Braskem. Perspectivas Futuras. Conclusões

Agenda. Braskem e Visão Função da ACV. GCV na Braskem. Perspectivas Futuras. Conclusões Agenda Braskem e Visão 2020 Função da ACV GCV na Braskem Perspectivas Futuras Conclusões Indústria Petroquímica Nafta Gás natural Integração Competitiva PE PP PVC 1ª Geração 2ª Geração Extração 3ª Geração

Leia mais

Cidades Brasileiras e Emissões de Gases de Efeito Estufa

Cidades Brasileiras e Emissões de Gases de Efeito Estufa Cidades Brasileiras e Emissões de Gases de Efeito Estufa Carlos Rittl, Dr. Observatório do Clima Junho de 2014 Sumário Aspectos Críticos Caso: Município de São Paulo Exemplos: iniciativas Aspectos Críticos

Leia mais

Belo Horizonte 17 de abril de 2014 Ruy de Goes Leite de Barros

Belo Horizonte 17 de abril de 2014 Ruy de Goes Leite de Barros Belo Horizonte 17 de abril de 2014 Ruy de Goes Leite de Barros LARCI/ICAL Latin American Regional Climate Initiative Alguns aspectos sobre a reciclagem de orgânicos no Brasil 1- Porque reciclar orgânicos

Leia mais

III SEMINÁRIO ESTADUAL DE SANEAMENTO AMBIENTAL

III SEMINÁRIO ESTADUAL DE SANEAMENTO AMBIENTAL III SEMINÁRIO ESTADUAL DE SANEAMENTO AMBIENTAL Painel II: Resíduos Sólidos Urbanos Política Nacional, Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos. José Valverde Machado Filho 20.04.2012 Cenários e Evolução

Leia mais

XII CONFERÊNCIA DAS CIDADES

XII CONFERÊNCIA DAS CIDADES XII CONFERÊNCIA DAS CIDADES Mesa Redonda 2 LEI Nº 12.305/2010, DESAFIOS E PERSPECTIVAS: Logística Reversa e Responsabilidade Compartilhada 30 DE OUTUBRO DE 2011 SÉRGIO LUIS DA SILVA COTRIM ESPECIALISTA

Leia mais

Instituto SENAI de Tecnologia Ambiental

Instituto SENAI de Tecnologia Ambiental Instituto SENAI de Tecnologia Ambiental Programa SENAI + Competitividade LOCALIZAÇÃO DOS INSTITUTOS SENAI DE TECNOLOGIA (62) DF - Construção AC - Madeira e Mobiliário MT Bio-energia MT - Alimentos e Bebidas

Leia mais

Planos Setoriais de Redução de Emissões na Indústria. GEx, 30/05/2011

Planos Setoriais de Redução de Emissões na Indústria. GEx, 30/05/2011 Planos Setoriais de Redução de Emissões na Indústria GEx, 30/05/2011 Plano Siderurgia Estado atual: em reunião com IABr decidiu-se: Retomar discussão da norma técnica sobre requisitos para produção de

Leia mais

CAPACITAÇÃO DE MULTIPLICADORES. Fabio Abdala Gerente de Sustentabilidade

CAPACITAÇÃO DE MULTIPLICADORES. Fabio Abdala Gerente de Sustentabilidade CAPACITAÇÃO DE MULTIPLICADORES Fabio Abdala Gerente de Sustentabilidade 1 Agenda Apresentações Consumo consciente: do que se trata? Economize o Planeta: o que é? como usar? Ações para reduzir emissões:

Leia mais

- Estratégia LIPOR - 2M menos Resíduos, menos Carbono. Pelo Grupo Carbono Zero

- Estratégia LIPOR - 2M menos Resíduos, menos Carbono. Pelo Grupo Carbono Zero - Estratégia LIPOR - 2M menos Resíduos, menos Carbono Pelo Grupo Carbono Zero LIPOR 8 municípios Área de abrangência 648 km 2 População 1 milhão de habitantes Produção de RSU (2008) 500.000 ton Per capita

Leia mais

Inventário de Gases de Efeito Estufa do Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu 2015

Inventário de Gases de Efeito Estufa do Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu 2015 Inventário de Gases de Efeito Estufa do Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu 2015 Nome da instituição: De Angeli Feiras & Eventos Tipo de instituição: Evento Setor econômico: Turismo Endereço: Edifício

Leia mais

O Mapeamento Setorial LCBA para Gestão de Resíduos Sólidos Demandas e Oportunidades

O Mapeamento Setorial LCBA para Gestão de Resíduos Sólidos Demandas e Oportunidades Low Carbon Business Action in Brazil A project funded by the European Union O Mapeamento Setorial LCBA para Gestão de Resíduos Sólidos Demandas e Oportunidades Adelino Ricardo J. Esparta Programa de Matchmaking

Leia mais

Projetos de MDL. Porto Seguro, 15 de Agosto de Sustentabilidade a chave para o futuro

Projetos de MDL. Porto Seguro, 15 de Agosto de Sustentabilidade a chave para o futuro Projetos de MDL Porto Seguro, 15 de Agosto de 2008 Sustentabilidade a chave para o futuro Banco Sumitomo Mitsui Brasileiro - BSMB Banco Sumitomo Mitsui Brasileiro - BSMB Em 2005, BSMB iniciou suas atividades

Leia mais

Inventário de Gases de Efeito Estufa (GEE) do Grupo Abril -2010-

Inventário de Gases de Efeito Estufa (GEE) do Grupo Abril -2010- Inventário de Gases de Efeito Estufa (GEE) do Grupo Abril -2010- ÍNDICE Impactos das Mudanças Climáticas Conceitos Inventário de Gases de Efeito Estufa do Grupo Abril Ano 2010 Impactos das Mudanças Climáticas

Leia mais

Resíduos Sólidos Desafios da Logística Reversa. Zilda M. F. Veloso 08abril2014

Resíduos Sólidos Desafios da Logística Reversa. Zilda M. F. Veloso 08abril2014 Resíduos Sólidos Desafios da Logística Reversa Zilda M. F. Veloso 08abril2014 I- CONSIDERAÇÕES GERAIS Objetivos POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS GERAÇÃO DE RESÍDUOS PANO DE FUNDO: Sem a PNRS, a geração

Leia mais

ENVELOPE ESTRUTURAS SISTEMAS PREDIAIS

ENVELOPE ESTRUTURAS SISTEMAS PREDIAIS Disposição final Planejamento Uso e Operação ENVELOPE ESTRUTURAS Projeto SISTEMAS PREDIAIS Construção Implantação PPI Conceituação Planejamento Definição Módulo escopoi Documentação Estudos de Projeto

Leia mais

Inventário Corporativo de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa (GEE) Ano referência: Emissões de 2011

Inventário Corporativo de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa (GEE) Ano referência: Emissões de 2011 Inventário Corporativo de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa (GEE) Ano referência: Emissões de 2011 Resumo Este documento apresenta o Inventário corporativo de Emissões Diretas e Indiretas

Leia mais

Balanço de carbono na produção de tabaco, em Jorge Augusto Rodrigues julho 2010

Balanço de carbono na produção de tabaco, em Jorge Augusto Rodrigues julho 2010 Balanço de carbono na produção de tabaco, em 2009.. Jorge Augusto Rodrigues julho 2010 Balanço de CO2 e. 2009 Histórico - Area plantada 88.518 ha - Considerados 38.766 produtores / 3 estados (PR, SC, RS)

Leia mais

Cogeração em ambiente urbano

Cogeração em ambiente urbano Cogeração em ambiente urbano MAIO 2010 Miguel Gil Mata 1 Índice Cogeração Conceito Energia térmica vs energia eléctrica Estratégia energética Regulamentação nacional Externalidades Cogeração em ambiente

Leia mais

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Declaração Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável das áreas onde atuamos e das

Leia mais

Gestão dos Gases de Efeito Estufa

Gestão dos Gases de Efeito Estufa Gestão dos Gases de Efeito Estufa Um Novo Mercado para Pequenas e Médias Empresas 29 de Outubro 2013 FIBRA COMPONENTE 2 Gestão dos Gases de Efeito Estufa: Desenvolvimento e Implementação do Programa de

Leia mais

BENCHMARKING INTERNACIONAL GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

BENCHMARKING INTERNACIONAL GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS WORKSHOP E VISITAS TÉCNICAS A INFRA ESTRUTURAS DE GESTÃO E VALORIZAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM PORTUGAL 1ª Edição: 05/12 a 09/12/2016 2ª Edição: 06/02 a 10/02/2017 APRESENTAÇÃO

Leia mais

Alguns questionamentos

Alguns questionamentos Alguns questionamentos Quais são as principais preocupações das administradoras e operadores prediais em relação ao desempenho do sistema de Ar Condicionado? - Atender a carga térmica (subdimensionamento

Leia mais

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2015

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2015 Resultados 1º Trimestre de 2015 8 de Maio de 2015 Receita líquida avança 14,8%, com sólido crescimento orgânico Cnova Receita líquida: +14,8% Vendas mesmas lojas: +4,0% EBITDA (1) : R$ 1,057 bilhão Margem

Leia mais

Desafios na construção de indicadores para o planejamento estratégico. Alexandre Brandão. 30 de junho. Diretoria de estudos urbanos e ambientais

Desafios na construção de indicadores para o planejamento estratégico. Alexandre Brandão. 30 de junho. Diretoria de estudos urbanos e ambientais Desafios na construção de indicadores para o planejamento estratégico Alexandre Brandão 30 de junho SUMARIO 1. Trabalhos recentes sobre indicadores 2. Questões que permanecem 3. Análise do mapa estratégico

Leia mais

Campanha Passaporte Verde Plano de Ação do Estabelecimento

Campanha Passaporte Verde Plano de Ação do Estabelecimento Campanha Passaporte Verde Plano de Ação do Estabelecimento CASADAVILLAPOUSADA Cascavel / CE INFORMAÇÕES DO ESTABELECIMENTO Nome: CASADAVILLAPOUSADA Cnpj: 12.434.725/0001-77 Cadastur: 06.069894.20.0001-8

Leia mais

Sistema de Gestão de Energia da AdSA - NP EN ISO 50001:2012

Sistema de Gestão de Energia da AdSA - NP EN ISO 50001:2012 Sistema de Gestão de Energia da AdSA - Manuel Lacerda, David Barão e Cristina Gomes Lisboa,19 de janeiro de 2016 Índice: Sistema de Sustentabilidade Empresarial (SSE) Evolução da Certificação na AdSA Vantagens

Leia mais

Resultados 3º Trimestre de de Outubro de 2016

Resultados 3º Trimestre de de Outubro de 2016 Resultados 3º Trimestre de 2016 28 de Outubro de 2016 3T16: Receita líquida: R$ 15,1 bilhões EBITDA ajustado (1) : R$ 619 milhões Número de lojas: 2.089 (2) Inclui R$ 1.824 milhões de recebíveis de cartão

Leia mais

Encontro de negócios da construção pesada. Apresentação: Organização:

Encontro de negócios da construção pesada. Apresentação: Organização: Encontro de negócios da construção pesada Apresentação: Organização: Objetivo Apresentar novas tecnologias que possam auxiliar as empresas da construção pesada na busca de redução nas despesas operacionais

Leia mais

PEA 2200 Energia, Meio Ambiente e Sustentabilidade

PEA 2200 Energia, Meio Ambiente e Sustentabilidade PEA 2200 Energia, Meio Ambiente e Sustentabilidade Aula 4 Eficiência Energética e Uso Racional de Energia slide 1 / 22 EFICIÊNCIA ENERGÉTICA & USO RACIONAL DE ENERGIA DEFINIÇÕES: Uso racional da energia:

Leia mais

PROJETO AGROMINERAIS PARA BIOCOMBUSTÍVEIS

PROJETO AGROMINERAIS PARA BIOCOMBUSTÍVEIS PROJETO AGROMINERAIS PARA BIOCOMBUSTÍVEIS Potencial Agrícola e de Mercado no Brasil para Biocombustíveis e Biodiesel Centro de Tecnologia Mineral - CETEM Cia. Nacional de Abastecimento - Conab ÂNGELO BRESSAN

Leia mais

Scania e Clariant desenvolvem projeto pioneiro de sustentabilidade para caminhões a etanol

Scania e Clariant desenvolvem projeto pioneiro de sustentabilidade para caminhões a etanol Scania e Clariant desenvolvem projeto pioneiro de sustentabilidade para caminhões a etanol Única fabricante a oferecer caminhões pesados movidos ao biocombustível, Scania consolida a primeira venda do

Leia mais

Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos. Fernando Altino Rodrigues

Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos. Fernando Altino Rodrigues Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Fernando Altino Rodrigues Ética Ecológica e Ética Social Desenvolvimento Sustentável...permitir que os preços digam a verdade ecológica Weizsaecker INTERNALIZAÇÃO

Leia mais

Contratação de Serviços Públicos

Contratação de Serviços Públicos Contratação de Serviços Públicos MODELOS DE CONTRATAÇÃO I. MODELO CONVENCIONAL DE CONTRATO DE EMPREITADA (LEI 8.666/93) II. MODELO DE CONCESSÃO PÚBLICA (Tradiconal) (LEI 8.987/95) III. MODELO DE PPP (Concessão

Leia mais

Bioeconomia e e sua contribuição para a Economia Circular

Bioeconomia e e sua contribuição para a Economia Circular Bioeconomia e e sua contribuição para a Economia Circular Beatriz Luz Sustentabilidade Químicos Renováveis 3 Dezembro 2014 II Workshop Tecnológico Design for Environment (DfE): oportunidades e desafios

Leia mais

Biodiesel: produção e benefícios

Biodiesel: produção e benefícios Audiência Pública da Comissão Especial sobre Motores a Diesel para Veículos Leves Biodiesel: produção e benefícios Daniel Furlan Amaral Gerente de Economia Câmara dos Deputados Brasília DF 2 de março 2016

Leia mais

Energia Eólica. Elbia Melo. Presidente Executiva

Energia Eólica. Elbia Melo. Presidente Executiva Energia Eólica Elbia Melo Presidente Executiva 05/08/2013 Energia Eólica no Mundo Grande Porte 2 Ranking 1 China 75,56 2 EUA 60,01 3 Alemanha 31,33 4 Espanha 22,80 5 Índia 18,42 6 Reino Unido 8,45 7 Itália

Leia mais

GÁS NATURAL. A LINHA DA ECONOMIA.

GÁS NATURAL. A LINHA DA ECONOMIA. GÁS NATURAL. A LINHA DA ECONOMIA. Gás Natural. Invisível e essencial. O gás natural é o combustível fóssil mais limpo que existe. Com constituição semelhante à do petróleo, pode ser encontrado no subsolo

Leia mais

gastroubm fritadeiras industriais

gastroubm fritadeiras industriais gastroubm fritadeiras industriais Nosso foco é torna os seus processos de frituras mais eficientes com baixo custo. Com a nossa linha de fritadeiras você vai ter resultados imediatas. O nosso, sistema

Leia mais

Capacidade de um sistema de produzir atividade externa ou de gerar trabalho.

Capacidade de um sistema de produzir atividade externa ou de gerar trabalho. A questão das alternativas energéticas passou ser de fundamental importância para os programa de sustentabilidade na sociedade contemporânea quer nos programa governamentais como para as organizações empresariais.

Leia mais

NOSSA POLÍTICA AMBIENTAL

NOSSA POLÍTICA AMBIENTAL A PUMA TAMBORES, com o objetivo de divulgar a sua política ambiental e conscientizar seus fornecedores e prestadores de serviços quanto aos aspectos ambientais, elaborou este Manual de Requisitos Ambientais

Leia mais

Política de mudanças climáticas. Versão resumida

Política de mudanças climáticas. Versão resumida Política de mudanças climáticas Versão resumida 29/06/2015 objetivo A política de Mudanças Climáticas da Oi visa estabelecer o direcionamento estratégico e orientar as decisões relativas à temática da

Leia mais

RELATÓRIO DE VIAGEM PARA DINAMARCA

RELATÓRIO DE VIAGEM PARA DINAMARCA RELATÓRIO DE VIAGEM PARA DINAMARCA INTERESSADO: João Luiz Potenza INSTITUIÇÃO / ÁREA: CETESB/VICE-PRESIDÊNCIA-VR DESTINO/LOCAL: Dinamarca/Copenhagen PERÍODO: 22/11/2014 a 29/11/2014 MOTIVO DA VIAGEM: Participação

Leia mais

THOMAZ MENEZES PRESIDENTE EXECUTIVO

THOMAZ MENEZES PRESIDENTE EXECUTIVO SulAmérica Seguros, Previdência e Investimentos 05 09 2012 THOMAZ MENEZES PRESIDENTE EXECUTIVO História 2001 ING compra a participação da Aetna 2008 2010 Primeiro Relatório de Separação dos papéis de Sustentabilidade

Leia mais

BIODIESEL DE SOJA PERSPECTIVA DE USO NO BRASIL

BIODIESEL DE SOJA PERSPECTIVA DE USO NO BRASIL BIODIESEL DE SOJA PERSPECTIVA DE USO NO BRASIL Dra. Roseli Aparecida Ferrari DEA UEPG Email ferrarir@uepg. @uepg.br PRODUÇÃO DE BIODIESEL BIODIESEL É um combustível renovável produzido a partir de óleos

Leia mais

ENERGIA -OPORTUNIDADES PARA PORTUGAL

ENERGIA -OPORTUNIDADES PARA PORTUGAL Afirmar o Futuro Políticas Públicas para Portugal ENERGIA -OPORTUNIDADES PARA PORTUGAL Eduardo de Oliveira Fernandes Carlos A. M. Pimenta Fundação Calouste Gulbenkian 1. Energia e sustentabilidade Condicionantes

Leia mais

ENERGIA. Em busca da sustentabilidade

ENERGIA. Em busca da sustentabilidade ENERGIA Em busca da sustentabilidade Características de uma boa fonte de combustível i) Fornecer grande quantidade de energia por unidade de massa ou volume (Rendimento); ii) Facilmente disponível; iii)

Leia mais

ENERGIAS RENOVÁVEIS E EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

ENERGIAS RENOVÁVEIS E EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EIXO 4 ENERGIAS RENOVÁVEIS E EFICIÊNCIA ENERGÉTICA VERSÃO PRELIMINAR Contexto O mundo vive atualmente o desafio de seguir com seu processo de desenvolvimento socioeconômico com recursos cada vez mais escassos.

Leia mais

REFERENCIA NACIONAL.

REFERENCIA NACIONAL. REFERENCIA NACIONAL. LOCALIZAÇÃO Município: Crateús CE. Semiárido Nordestino Bioma Caatinga. Localizado a 380 km de Fortaleza. Área: 2.985,41 km 2. IDH: 0,675 (IBEG 2000). População: 72 386 habitantes

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA A OTIMIZAÇÃO

PERSPECTIVAS PARA A OTIMIZAÇÃO PERSPECTIVAS PARA A OTIMIZAÇÃO QUANTO CUSTA UM BANHO? Área Total = 170 mil m² Área Construída = 105 mil m² FREQUENCIA MÉDIA DE ASSOCIADOS (2015) Média Diária = 6.708 entradas Média Mensal = 201.251 entradas

Leia mais

Estrutura produtiva: 370 unidades e mais de 1000 municípios com atividade vinculadas à indústria sucroenergética no país.

Estrutura produtiva: 370 unidades e mais de 1000 municípios com atividade vinculadas à indústria sucroenergética no país. PERFIL DA PRODUÇÃO Estrutura produtiva: 370 unidades e mais de 1000 municípios com atividade vinculadas à indústria sucroenergética no país. 935 mil empregos formais (RAIS 2014). Divisas Externas: US$

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2014 B2W - Companhia Digital Nome fantasia: B2W - CNPJ: 00.776.574/0001-56 Tipo da empresa: Controlada Setor econômico:

Leia mais

Versão Web Inventário Corporativo de Gases de Efeito Estufa

Versão Web Inventário Corporativo de Gases de Efeito Estufa Versão Web Inventário Corporativo de Gases de Efeito Estufa Gerente do Projeto: Luis F. M. Serrano Consultor: Victor Sette Gripp Período de Referência: 2012 São Paulo, Abril de 2013 Elaboração: INTRODUÇÃO

Leia mais

NOVO PROGRAMA. Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL

NOVO PROGRAMA. Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL NOVO PROGRAMA Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL 2014-2018 1 PETROBRAS Fundada em 1953, a partir de uma campanha popular O petróleo é nosso. Empresa integrada de energia Sociedade anônima de capital aberto

Leia mais

Célia Laranjeira Gil Nadais Município de Águeda

Célia Laranjeira Gil Nadais Município de Águeda Célia Laranjeira Gil Nadais Município de Águeda 11 Municípios 1 Comunidade Intermunicipal 1 Projeto de Sustentabilidade A RUCI da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro, visa desenvolver uma estratégia

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2014 MULTIDISPLAY COMERCIO E SERVICOS TECNOLOGICOS S.A. Nome fantasia: MULTIDISPLAY COMERCIO E SERVICOS TECNOLOGICOS S.A.

Leia mais

Mudanças Climáticas: Cenário e Desafios da Indústria Brasileira de Cimento

Mudanças Climáticas: Cenário e Desafios da Indústria Brasileira de Cimento Mudanças Climáticas: Cenário e Desafios da Indústria Brasileira de Cimento Desafios e Futuro A Sustentabilidade é o futuro da indústria A busca pela Eficiência Energética e Os esforços para redução dos

Leia mais