ENQUADRAMENTO PÚBLICO ALVO. Principais objectivos da iniciativa. CARLOS OLIVEIRA Secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENQUADRAMENTO PÚBLICO ALVO. Principais objectivos da iniciativa. CARLOS OLIVEIRA Secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação"

Transcrição

1

2 ENQUADRAMENTO A iniciativa EMPREENDER TI 2012 visa promover o empreendedorismo e a transferência de tecnologia nas Tecnologias da Informação. Para preparação da iniciativa, foi realizado um scanning de tecnologias TI com o desenvolvimento de parcerias com as interfaces de transferência de tecnologia de seis Universidades e com cinco Centros de Investigação e de Desenvolvimento Tecnológico. Identificado e recolhido um leque alargado de cerca de 60 tecnologias, o Painel de Avaliação da iniciativa avaliou e selecionou cerca de 30 tecnologias a serem apresentadas no EMPREENDER TI O evento tem a duração de um dia. Após a recepção e enquadramento sobre o tema, a todos os participantes, seguir-se-á a realização de três sessões paralelas de apresentação de tecnologias em diferentes estágios de maturação e de distância para o mercado e, por fim, a apresentação de conclusões finais. PÚBLICO ALVO CARLOS OLIVEIRA Secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação Precisamos de garantir que em Portugal, nos próximos anos, aquilo que é feito das Universidades e nos Centros Tecnológicos pode ser valorizado economicamente pela criação de emprego ou pela utilização por parte de empresas nacionais e empresas internacionais. Jorge Batista Presidente da Direcção do CEDT O empreendedorismo e a transferência de tecnologia nunca foram tão importantes para Portugal como o são actualmente. A iniciativa EMPREENDER TI 2012 é uma excelente oportunidade para dar visibilidade às ideias e soluções geradas pelo sistema científico e tecnológico nacional junto dos potenciais tomadores, criando o ambiente favorável para a geração de novos empresas e negócios. Pedro Vilarinho Coordenador de projectos da COTEC Portugal O CEDT realiza mais uma vez um evento centrado na transferência de tecnologia no âmbito das TIC, tendo conseguido não só atrair um elevado número de projectos, como reunir um painel de comentadores de elevado nível. Estão assim reunidas as condições para um evento de grande sucesso e que muito contribuirá para a valorização do conhecimento produzido nas instituições de I&D nacionais. O EMPREENDER TI 2012 é dirigido a investigadores, empreendedores, sociedades de Capital de Risco, Business Angels, executivos e empresários. Principais objectivos da iniciativa Paulo Calçada Presidente Eurocloud Portugal Nunca como agora estiveram reunidas na nossa economia as condições para sermos lideres através da inovação e da criação de valor acrescentado. A investigação de ponta desenvolvida nas nossas universidades tem sido reconhecida internacionalmente pelos mais consagrados especialistas, ao mesmo tempo, os jovens investigadores que lideram este movimento, estão hoje muito mais conscientes da necessidade de transferir estes resultados para a sociedade, na forma de novos produtos, serviços e soluções. Com a promoção da iniciativa EMPREENDER TI 2012, o CEDT dá um contributo fundamental para que estes vários ingredientes tenham um sucesso consistente e sólido Promover oportunidades de investimento e de transferência de tecnologias TI para o mercado e para as empresas, promovendo assim a geração de novas empresas, novos negócios, novos produtos e serviços e soluções na área das TI. O programa detalhado e as tecnologias a apresentar no evento podem ser consultadas online na Bolsa de Tecnologias disponível no seguinte endereço: Jaime Quesado Especialista em Estratégia, Inovação e Competitividade A Competitividade da Economia Portuguesa vai-se jogar na capacidade de conseguir transferir com sucesso para o mercado o conhecimento associado à Inovação e Tecnologia. As novas opções estratégicas associadas ao Programa Horizonte 2020 e à Especialização Inteligente são muito claras - só com a aposta em novos produtos e serviços de valor acrescentado com capacidade de inserção nos mercados globais é que se conseguirão sustentar novas dimensões competitivas para a economia portuguesa. Por isso é que o EMPREENDER TI é um evento de referência - através da dinâmica de excelência do CEDT faz a demonstração de alguns casos de sucesso de transferência de tecnologia, que corporizam a actualidade e relevância estratégica destas apostas.

3 speakers

4 SESSÃO DE ABERTURA Carlos oliveira Secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação Carlos Nuno Oliveira nasceu em 1978 e licenciou-se em Engenharia de Sistemas e Informática pela Universidade do Minho. Participou no Programa Avançado de Gestão para Executivos em Telecomunicações e Tecnologias de Informação da Universidade Católica Portuguesa. Em 2000, fundou a MobiComp, empresa que ganhou reconhecimento nacional e internacional, tendo sido um dos primeiros membros da rede PME Inovadores da Cotec. Venceu o prémio Inovação da Associação Nacional das Empresas de Tecnologias de Informação e Electrónica. Em 2008 a empresa foi adquirida pela Microsoft. Entre 2008 e 2010, foi gestor de unidade de produto na Microsoft onde, a partir de Portugal, definiu e geriu produtos e tecnologias disponíveis em telefones móveis em todo o mundo. SESSÃO DE ENCERRAMENTO Francisco Jaime Quesado Especialista em Estratégia, Inovação e Competitividade Francisco Jaime Quesado, Economista e MBA pela Universidade do Porto, tem desempenhado nos últimos 20 anos funções de gestão, muito associadas às áreas da estratégia, inovação e competitividade, no sector público (Gestor do Programa Operacional Sociedade do Conhecimento e Administrador da Agência de Inovação, Membro do Grupo Estratégico dos Pólos e Clusters, Administrador do Centro de Excelência da Indústria Automóvel e das Áreas Estratégicas da Defesa e TIC) e privado (Grupo Amorim, Associação Empresarial de Portugal, entre outros). Pós-Graduado em Estudos Europeus e Ciência Política, colabora regularmente com a imprensa e participa como orador em inúmeras conferências internacionais e nacionais. É autor do Livro O NOVO CAPITAL. CREATE IT- EMPREENDEDORISMO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS 4

5 PAINEL DE AVALIAÇÃO

6 Pedro Vilarinho Coordenador de projectos da COTEC Portugal Pedro Vilarinho é Director do Act da COTEC Portugal um acelerador de comercialização de tecnologias do laboratório até ao mercado, que visa apoiar a criação de startups a partir do conhecimento gerado em instituições portuguesas de I&D. Anteriormente, Pedro foi Professor Auxiliar no Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial da Universidade de Aveiro. É licenciado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações pela Universidade de Aveiro, Mestre em Ciências da Computação pela Universidade de Coimbra e Doutor em Engenharia Industrial pela Universidade do Porto. JORGE BATISTA Presidente da Direcção do CEDT Licenciado em Engenharia de Sistemas e Informática pela Universidade do Minho em Cofundador em 1994 da PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA exercendo hoje a função de Co-CEO para as áreas de I&D e estratégia corporativa. A PRIMAVERA é uma multinacional dedicada ao desenvolvimento e comercialização de soluções de gestão e plataformas para integração de processos empresariais. É também Presidente do CEDT Centro de Excelência em Desmaterialização de Transacções, Administrador do CCG- Centro de Computação Gráfica (interface da Universidade do Minho) e membro do GAN (Grupo de Alto Nível da APDSI- Associação para a promoção e desenvolvimento da sociedade de informação). Paulo Filipe Gonçalves Calçada Presidente Eurocloud Portugal Responsável pela área de transferência de tecnologia e desenvolvimento de parcerias com a indústria no Instituto de Telecomunicações, no Porto, com mais de 10 anos de experiência na gestão de projectos na área das Tecnologias de Informação e Comunicação. É fundador e presidente da EuroCloud Portugal, que é uma associação sem fins lucrativos e que se destina à promoção e desenvolvimento do Cloud Computing na Europa, e ainda fundador e membro da direcção da EuroCloud Europa. Foi responsável por várias conferências internacionais, e pela organização do primeiro fórum nacional para empreendedores na área de Cloud Computing. Actualmente tem focado o seu trabalho em múltiplas áreas do conhecimento e tecnologia, em especial nas áreas relacionadas com as cidades do futuro. CREATE IT- EMPREENDEDORISMO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS 6

7 PARCEIROS DITS - Divisão de Inovação e Transferências do Saber da Universidade de Coimbra 7 GAPI/OTIC da UTAD 8 OTIC/UTL - Oficina de Transferência de Tecnologia e de 9 Conhecimento da Universidade Técnica de Lisboa Associação Universidade Empresa para o Desenvolvimento - TecMinho UATEC - Unidade de Transferência de Tecnologia da Universidade de Aveiro Universidade do Porto Inovação (UPIN) UPTEC - Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade 13 do Porto Associação CCG/ZGDV: Centro de Computação Gráfica Fraunhofer Portugal Instituto de Telecomunicações (IT) Instituto Pedro Nunes (IPN) Unidade de Inovação e Transferência de Tecnologia (INESC TEC) Portuguese American Postgraduate Society (PAPS)

8 PERFIL ENTIDADE SCTN NOME Universidade de Coimbra A Universidade de Coimbra, fundada em 1290, afirma-se como uma instituição de ensino superior de natureza clássica, em que a produção e difusão de conhecimento é missão de primeira linha, abrangendo um amplo leque de saberes. A UC constitui um exemplo de dinamismo na procura permanente de aperfeiçoamento, contribuindo ativamente para a melhoria da ciência e da técnica e para a afirmação da cultura como elemento essencial da vida das pessoas. A sua presença ativa e as fortes ligações à sociedade, tanto ao nível social, como económico e cultural são a respiração diária da UC, que, alicerçada em todos os ramos do conhecimento que produz, lhe permite prestar um serviço de qualidade à comunidade. TEL: FAX: unidade de interface de estrutura leve direcionada para as áreas de relacionamento com entidades externas, inovação, transferência do conhecimento e empreendedorismo. A DITS procura promover, dinamizar e apoiar o estabelecimento de relações, projetos e parcerias da Universidade de Coimbra com o mundo exterior, para uma aproximação e aprendizagem recíprocas. As competências da DITS são exercidas em dois domínios principais: Identificação das oportunidades de efetuar a transferência de inovação e de saberes da Universidade para a sociedade e o mundo empresarial; Dinamização das iniciativas e projetos que permitam concretizar essa transferência. TEL: FAX: MORADA: Universidade de Coimbra - Pólo II, Casa Costa Alemão, R. Dom Francisco Lemos COIMBRA NOME DO COORDENADOR Jorge Miguel Figueira ELEMENTOS DA EQUIPA João Nuno Simões; Laura Alho; Deolinda Estevinho; Miguel Dias Gonçalves; Ana Marta Silva; Carla Marques; Marta Costa e Silva; Tânia Covas; Vera Moura Jorge Miguel Figueira PERFIL INTERFACE NOME DITS-Divisão de Inovação e Transferências do Saber da Universidade de Coimbra nota curricular Licenciado em Eng.ª Química pela Universidade de Coimbra e Pós-Graduado em Ciências Empresariais pela mesma Universidade, desempenha atualmente as funções de Chefe da Divisão de Inovação e Transferências do Saber da Universidade de Coimbra. Durante a sua atividade profissional participou e organizou diversos eventos nas áreas de criatividade, inovação e criação de empresas. Coordenador de vários projetos nacionais e internacionais na área da inovação, empreendedorismo e transferência de tecnologia. A Divisão de Inovação e Transferências do Saber da Universidade de Coimbra (DITS) foi criada em Outubro de 2003 enquanto CREATE IT- EMPREENDEDORISMO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS 8

9 PERFIL ENTIDADE SCTN PERFIL INTERFACE NOME Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro nasceu, com tal estatuto, em 1986, embora no seu historial credite também toda uma valiosa herança colhida no velho Instituto Politécnico de Vila Real, que em 1973 foi criado nesta cidade. Este Instituto assumiu um papel relevante contribuindo para o desenvolvimento regional. Daí que, em Setembro de 1979, tenha sido criado o Instituto Universitário de Trás-os-Montes e Alto Douro, e que, menos de dez anos depois, em face do reconhecimento universal da sua intensa atividade dos domínios do ensino e da investigação científica e tecnológica, o Governo transformasse o Instituto Universitário em Universidade. Hoje a UTAD é reconhecida como um importante ponto de referência no sistema universitário português. De acordo com os seus Estatutos, esta Universidade, que tem como objetivos fundamentais o Ensino, a Investigação, a Extensão e Apoio à Comunidade, deverá constituir um Centro de Excelência para a educação permanente e para a criação, transmissão e difusão da cultura, da ciência e da tecnologia. A UTAD tem o seu próprio espaço no seio do ensino superior em Portugal pois contribui para que as carências detetadas quanto a cursos de interesse nacional sejam satisfeitas, escolhendo áreas ainda não esgotadas quanto ao mercado de trabalho. A flexibilidade da UTAD, demonstrada pela sua capacidade de se adaptar a novas situações, conciliando os meios disponíveis com a modernidade do ensino e sendo capaz de propor novas formas de aprendizagem e de transmissão científica, é prova irrefutável da sua vitalidade. É esta vitalidade que justifica a sua afirmação no seio da Universidade Portuguesa. NOME GAPI/OTIC da UTAD TEL: MORADA: Quinta de Prados VILA REAL NOME DO COORDENADOR João Barroso ELEMENTOS DA EQUIPA Miguel Bacelar; Carla Mascarenhas; Helena Carvalho. João Barroso nota curricular João Manuel Pereira Barroso, Pró-reitor para a Inovação e Gestão da Informação da UTAD, coordena as atividades da Transferência de Tecnologia, Inovação e Conhecimento e do Gabinete de Apoio à Propriedade Industrial da UTAD. Fazendo a ligação da UTAD com as empresas e apoio à criação de empresas de base tecnológica. Fez parte da equipe de criação da área de Informática do Departamento de Engenharias, tendo sido Coordenador da Licenciatura de Informática, Diretor do Mestrado em Informática e Vogal do Doutoramento em Informática. Produziu mais de 100 trabalhos académicos, entre capítulos de livros, artigos e comunicações em livros de atas e orientou vinte e cinco trabalhos de pós-graduação. CREATE IT- EMPREENDEDORISMO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS 9

10 PERFIL ENTIDADE SCTN NOME Universidade Técnica de Lisboa A Universidade Técnica de Lisboa (UTL), com estudantes, é uma das maiores Universidades Portuguesas integrando 7 escolas, a Fac. de Medicina Veterinária, Ins. Superior de Agronomia, Inst. Superior de Economia e Gestão, Inst. Superior Técnico, Inst. Superior de Ciências Sociais e Políticas, Fac. de Motricidade Humana e Fac. de Arquitectura, que são das maiores e mais antigas do País nas suas áreas de especialidade. A UTL aposta fortemente na investigação e inovação através de 52 centros classificados com Excelente ou Muito Bom, 7 laboratórios associados, 1880 alunos de doutoramento e 1570 artigos científicos ISI em TEL: FAX: PERFIL INTERFACE A Oficina de Transferência de Tecnologia e de Conhecimento da Universidade Técnica de Lisboa (OTIC UTL) foi criada, em 2006, para apoiar e promover a proteção do conhecimento desenvolvido pelas Escolas da UTL e a sua transferência para o mercado e indústria. O gabinete visa ser uma plataforma de promoção dos resultados das atividades científicas desenvolvidas pelas Escolas da Universidade Técnica de Lisboa junto do tecido empresarial, fomentando a colaboração e a criação de sinergias inter escolas. TEL: FAX: MORADA: Alameda Santo António dos Capuchos, LISBOA NOME DO COORDENADOR Eduarda Camilo ELEMENTOS DA EQUIPA Joana Soares; Luís Cabrita Eduarda Camilo nota curricular Eduarda Camilo é atualmente a coordenadora da Oficina de Transferência de Tecnologia e de Conhecimento da Universidade Técnica de Lisboa (OTIC UTL). Começou o percurso em transferência de tecnologia em 2007, estando na OTIC UTL desde o seu início. Aí organizou e promoveu atividades de incentivo ao empreendedorismo e à valorização do conhecimento e colaborou na proteção da propriedade industrial de diversos projetos. A sua formação inicial é em Publicidade e Marketing (2001), tendo concluído em 2010 o Mestrado em Gestão estratégica das Relações Públicas. NOME OTIC/UTL Oficina de Transferência de Tecnologia e de Conhecimento da Universidade Técnica de Lisboa 10 CREATE IT- EMPREENDEDORISMO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS

11 PERFIL ENTIDADE SCTN NOME Universidade do Minho Fundada em 1973, a UMinho é reconhecida pela competência e qualidade dos professores, pela excelência da investigação, ampla oferta formativa graduada e pós-graduada e o seu alto nível de interacção com outras instituições. Com campus em Braga e Guimarães, as Unidades Orgânicas de Ensino e Investigação Escolas e Institutos são as estruturas base da Universidade: Escolas de Arquitectura, Ciências, Ciências da Saúde, Direito, Economia e Gestão, Engenharia, Psicologia e Escola Superior de Enfermagem, e Institutos de Ciências Sociais, de Educação e de Letras e Ciências Humanas. É uma universidade comprometida com a cadeia de valorização do conhecimento: Investigação, Desenvolvimento e Inovação, e está também voltada para a envolvente socio-económica, possuindo várias parcerias de sucesso em projectos de investigação, culturais e de desenvolvimento sócio-económico. TEL: FAX: A TecMinho é a entidade responsável pela protecção da propriedade industrial da Universidade do Minho e pela valorização do conhecimento aí produzido. A TecMinho tem desenvolvido um longo trabalho de ligação da Universidade ao tecido empresarial nas vertentes da tecnologia e da inovação, visando particularmente a valorização do conhecimento produzido na academia, o aumento da competitividade das empresas e o reforço das competências dos recursos humanos da região. Ao longo dos seus 20 anos de existência, o seu trabalho pode ser apresentado atendendo a quatro áreas de intervenção: investigação e desenvolvimento tecnológico, transferência de tecnologia, empreendedorismo e formação contínua. TEL: FAX: MORADA: Universidade do Minho Campus de Azurém GUIMARÃES NOME DO COORDENADOR Augusto Ferreira ELEMENTOS DA EQUIPA Marta Catarino; Pedro Silva; Mariana Peixoto; Marco Sousa; Teresa Martins; Sílvia Teixeira; Paula Dias; Clara Silva; Helena Moura Mariana Peixoto PERFIL INTERFACE nota curricular Mariana Peixoto exerce funções como Técnica de Transferência de Tecnologia na unidade de Comercialização de Ciência e Tecnologia da TecMinho, a qual tem como principal missão a valorização da C&T da Universidade do Minho. Com formação em Engenharia Biomédica, tem adquirido experiência em torno de todo o ciclo de inovação e da valorização de resultados de I&D. Desenvolve atividades na avaliação, business development e valorização de ideias e resultados de I&D e na identificação, criação e gestão de parcerias estratégicas, projetos de I&D e projetos de inovação. NOME Associação Universidade Empresa para o Desenvolvimento - TecMinho CREATE IT- EMPREENDEDORISMO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS 11

12 PERFIL ENTIDADE SCTN NOME Universidade de Aveiro A Universidade de Aveiro (UA), criada em 1973, é uma instituição pública de direito privado que tem como missão a intervenção e desenvolvimento da formação graduada e pós-graduada, a investigação e a cooperação com a sociedade. Frequentada por cerca de alunos em programas de graduação e pós-graduação, a UA desde cedo assumiu um papel de relevância no panorama universitário do país, inserindose no grupo da frente no que diz respeito à qualidade das infraestruturas que oferece, à qualidade da sua investigação e à excelência do seu corpo docente. A UA é um parceiro privilegiado de empresas e de outras entidades nacionais e internacionais, com as quais coopera em diversos projetos e programas. TEL: FAX: PERFIL INTERFACE nacional de criação, divulgação e transferência de conhecimento, através da: proteção e gestão de direitos de propriedade intelectual; promoção e valorização das suas tecnologias no mercado; fomento da ligação universidade/empresa; promoção do empreendedorismo na comunidade académica e apoio à criação de empresas. A UATEC pretende afirmar-se como uma Unidade de Transferência de Tecnologia de excelência, garantindo uma estreita ligação entre a Universidade de Aveiro e o tecido empresarial nacional e internacional. TEL: FAX: MORADA: Edifício da Reitoria, 2º Piso, Campus Universitário de Santiago AVEIRO NOME DO COORDENADOR José Paulo Rainho ELEMENTOS DA EQUIPA Ana Teresa Pinto; Ana Rita Remígio; Eva Andrade; Mariana Pita Tatiana Costa; Ivone Fernandes José Paulo Jesus Rainho nota curricular José Paulo Jesus Rainho é Licenciado em Engenharia Física (Ramo Materiais) pela Universidade de Aveiro (UA) e Doutorado em Física pela mesma Universidade. Para além de ser Investigador Principal da UA, desempenha as funções de docente no DEGEI (Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial) e de Coordenador da UATEC Unidade de Transferência de Tecnologia da Universidade de Aveiro, do GAPI_UA Gabinete de Apoio à Promoção da Propriedade Industrial da Universidade de Aveiro, do LabE Laboratório de Empreendedorismo da Universidade de Aveiro, e da Plataforma FINICIA (Aveiro Viseu). NOME UATEC - Unidade de Transferência de Tecnologia da Universidade de Aveiro A Unidade de Transferência de Tecnologia da Universidade de Aveiro (UATEC) foi constituída em 2006 e tem como missão apoiar a UA no seu objetivo de ser um centro de excelência 12 CREATE IT- EMPREENDEDORISMO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS

13 PERFIL ENTIDADE SCTN NOME Universidade do Porto A Universidade do Porto é a maior instituição de ensino e investigação científica em Portugal, com 14 Faculdades e uma business school. Oferece uma extensa e diversificada quantidade de cursos superiores, que abrangem todas as áreas do conhecimento, com mais de 700 programas de formação direccionados a todos os públicos. O corpo docente é considerado como altamente qualificado, garantindo a elevada qualidade do ensino na Universidade. Além disso, é também a mais procurada, actualmente, pelos estudantes. Possui ainda 69 unidades de investigação, sendo responsável por mais de 20% dos artigos científicos publicados em Portugal indexados na ISI Web of Science, o que faz da Universidade do Porto o maior produtor de ciência do país. TEL: FAX: / 7 PERFIL INTERFACE 1. Programas de apoio à I&D e Inovação, 2. Valorização da I&D e Empreendedorismo 3. Interface Empresas-Universidade para a interligação entre as necessidades tecnológicas das empresas e as competências da universidade. A UPIN conta com uma equipa de profissionais qualificados e dedicados à persecução da sua missão, gerindo um portfolio abrangente de tecnologias assim como várias parcerias com empresas para a sua colocação no mercado. TEL: FAX: MORADA: Praça Gomes Teixeira PORTO NOME DO COORDENADOR Maria Oliveira ELEMENTOS DA EQUIPA André Fernandes; Aude Gabrielsen; Filipe Castro; Luís Remísio; Sara Fidalgo; Sofia Varge; Sónia Pereira Filipe Manuel Silva da Fonseca e Castro nota curricular Filipe Castro é licenciado em Sociologia das Organizações pela Universidade do Minho e fez o Mestrado em Inovação e Empreendedorismo Tecnológico (MIETE) na Universidade do Porto. Desenvolveu iniciativas empresariais e culturais com diversas entidades, como consultor e colaborador, ora por iniciativa própria, ora integrando projetos de empresas, cooperativas e associações. Tem adquirido competências e experiência profissional na área de recursos humanos e formação profissional, comunicação, gestão de projetos, empreendedorismo, inovação, transferência de tecnologia, propriedade intelectual. Integra a equipa da UPIN desde 2006, realizando apoio a iniciativas empreendedoras de base tecnológica. NOME Universidade do Porto Inovação (UPIN) A Universidade do Porto Inovação, tem como missão apoiar a valorização dos resultados de I&D da Universidade do Porto e fortalecer a sua ligação ao tecido empresarial. Com o objetivo de apoiar a cadeia de inovação da U.Porto, a UPIN encontra-se estruturada em três áreas funcionais: CREATE IT- EMPREENDEDORISMO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS 13

14 PERFIL INTERFACE NOME UPTEC - Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto O Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto é um espaço de valorização mútua de competências entre o meio universitário e empresarial, assumindo-se como uma ponte privilegiada de ligação entre o Conhecimento e o Mercado, capaz de valorizar o tecido socioeconómico da região. Organizado em quatro pólos - Pólo Tecnológico, Pólo de Biotecnologia, Pólo das Indústrias Criativas e Pólo do Mar, o UPTEC integra dois tipos de estruturas: Incubadoras e Centros de Inovação Empresarial. Nas Incubadoras, os empreendedores encontram apoio para transformar as suas ideias em projectos empresariais sólidos. Nos Centros de Inovação Empresarial, empresas nacionais e internacionais encontram espaço e infra-estruturas tecnológicas ideais para sediar e operacionalizar as suas actividades de Inovação. Usufruem ainda das sinergias com os departamentos de I&D+i e institutos de interface da Universidade do Porto. Felipe Ávila da Costa nota curricular Felipe é actualmente o Responsável pelo Pólo Tecnológico e pela Comunicação do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC), onde diariamente acompanha mais de 100 startups de base tecnológica, cientifica e/ou criativa nos seus processos de arranque, desenvolvimento e crescimento. Profundamente envolvido no ecossistema empreendedor, Felipe é um experiente mentor e speaker, tendo colaborado anteriormente em diversas startups (Portugalmail, Blip.pt, etc.) e fundado alguns projectos empresariais (Talks 2.0, The Usability Page, etc.). Felipe é ainda detentor de um Mestrado em Engenharia Informática e Computação pela Universidade do Porto, e possui formação complementar em Inovação e Empreendedorismo Tecnológico e Transferência de Tecnologia. TEL: FAX: uptec.up.pt MORADA: Rua Actor Ferreira da Silva, PORTO NOME DO COORDENADOR Clara Gonçalves ELEMENTOS DA EQUIPA Fátima São Simão; Susana Pinheiro; Felipe Costa; Joana Mourisco; Miguel Rodrigues; Isabel Silva 14 CREATE IT- EMPREENDEDORISMO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS

15 PERFIL ENTIDADE SCTN NOME Associação CCG/ZGDV: Centro de Computação Gráfica A Associação CCG/ZGDV - Centro de Computação Gráfica (CCG) iniciou a sua atividade em 1993, em Coimbra, tendo sido estabelecida junto da Universidade do Minho em 2001, como uma associação de investigação, desenvolvimento, formação e consultoria, de natureza privada e sem fins lucrativos. Com sede na Universidade do Minho, no campus de Azurém, em Guimarães, Portugal, o CCG é uma entidade qualificada pelo Sistema Científico e Tecnológico Nacional (SCTN) para a Prestação de Serviços de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico e para Consultoria e Serviços de Apoio à Inovação a Pequenas e Médias Empresas (PMEs). O CCG, através da ligação à rede GraphicsMedia.net (www. graphicsmedia.net), como co-fundador e parceiro estratégico, encontra-se numa posição privilegiada no que diz respeito ao acesso às mais recentes inovações tecnológicas a nível mundial. A GraphicsMedia.net integra, além do CCG (Portugal), mais cinco parceiros de referência internacional da Alemanha, Espanha, Itália e Panamá. De forma autónoma ou como parceiro estratégico, o CCG posiciona-se desde a sua génese como interface entre as fontes do saber (Universidades) e a economia (Empresas), através de projetos abertos, vocacionados para a prestação de serviços e transferência de tecnologia nas áreas afins à computação gráfica, tecnologias da informação, comunicação e eletrónica e suas aplicações. A sua atividade encontra-se sua segmentada nos seguintes domínios de investigação aplicada: Computer Vision, Interaction and Graphics; IT Engineering Process Maturity and Quality; Perception, Interaction and Usability; Urban and Mobile Computing; Virtual Actors and Digital Storytelling. Pedro do Rego Ribeiro nota curricular Licenciou-se em Engenharia da Computação Gráfica e Multimédia no Instituto Politécnico de Viana do Castelo e completou o Mestrado em Informática, especializando-se em computação gráfica e computação Ubíqua na Universidade do Minho em Braga. É coordenador de desenvolvimento no Centro de Computação Gráfica em Guimarães, trabalhando na área dos atores virtuais, narrativas digitais interativas, e em ferramentas de autoria resultando em publicações internacionais na área. Os seus principais interesses de pesquisa são os atores virtuais, realidade virtual, interfaces naturais (IHC). TEL: CREATE IT- EMPREENDEDORISMO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS 15

16 PERFIL ENTIDADE SCTN NOME Associação Fraunhofer Portugal Research Fraunhofer AICOS is the first research center operated by Fraunhofer Portugal. Focused on Ambient Assisted Living (AAL) and Information and Communication Technologies for Development (ICT4D), AICOS vision is to contribute to the integration of larger parts of the population in the Information and Knowledge Society. Working with companies interested in outsourcing/codeveloping applied research projects, AICOS offers specialized competences centered on the improvement of end-user experience and usability of applications in the form of applied research solutions. AICOS application areas (industry sectors in which the research center expects to be more active) are: Fall and Activity Monitoring, Chronic Diseases and Well-Being Management, Assistive Environments and ICT4D on Mobile Devices. TEL: FAX: MORADA: Rua Alfredo Allen PORTO Miguel Botelho Gomes Barbosa nota curricular Com uma carreira profissional iniciada na área tecnológica e evoluindo para funções de desenvolvimento corporativo e de negócios, Miguel Barbosa detém uma licenciatura em Engenharia Electrotécnica e de Computadores pela Universidade do Porto e um MBA pela Escola de Gestão do Porto. Resumo Carreira profissional: Sonaecom: Desenvolvimento Empresarial (Estratégia Corporativa e Finanças) INIGraphicsNet Foundation: Desenvolvimento de Negócios em projectos de Inovação de base tecnológica Optimus: Desenvolvimento em Telecomunicações móveis e de Rede Siemens: Desenvolvimento de Software Funções desempenhadas: Desenvolvimento de Negócios Planeamento e Controle Contabilidade e Finanças Recursos Humanos Legal Outros Desenvolvimento de Novos Negócios e membro da Administração Fraunhofer Portugal AICOS. Professor Auxiliar Convidado do Mestrado em Inovação e Empreendedorismo Tecnológico da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. 16 CREATE IT- EMPREENDEDORISMO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS

Cooperação Universidade Empresa

Cooperação Universidade Empresa INTERVENÇÃO DO PRESIDENTE DA AEP - ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE PORTUGAL, JOSÉ ANTÓNIO BARROS, NA CERIMÓNIA DE ABERTURA DO ANO LECTIVO 2010/2011, DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO, SOB O TEMA «CONTRIBUIÇÃO DO ENSINO

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

Sessão Inicial 18-03 2014. Universidade da Beira Interior

Sessão Inicial 18-03 2014. Universidade da Beira Interior Sessão Inicial 18-03 2014 Universidade da Beira Interior CEBT Ibérico INESPO Innovation Network Spain-Portugal POCTEP Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal Projeto INESPO O projeto tem

Leia mais

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY _ CURRICULUM Composta por uma equipa multidisciplinar, dinâmica e sólida, Sobre Nós A ilimitados - the marketing company é uma empresa de serviços na área do Marketing,

Leia mais

DO PÓLO DE SOFTWARE DO MINHO AO CENTRO DE EXCELÊNCIA EM DESMATERIALIZAÇÃO DE TRANSACÇÕES

DO PÓLO DE SOFTWARE DO MINHO AO CENTRO DE EXCELÊNCIA EM DESMATERIALIZAÇÃO DE TRANSACÇÕES DO PÓLO DE SOFTWARE DO MINHO AO CENTRO DE EXCELÊNCIA EM DESMATERIALIZAÇÃO DE TRANSACÇÕES Pedro Vilarinho COTEC Portugal 26 de Junho de 2008 AGENDA O Pólo de Software do Minho no Plano Estratégico da COTEC

Leia mais

MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS SGS. Duração 112 Horas / 3 meses. Edição 1ª Edição. Calendário outubro dezembro 2015

MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS SGS. Duração 112 Horas / 3 meses. Edição 1ª Edição. Calendário outubro dezembro 2015 Edição 1ª Edição Calendário outubro dezembro 2015 Duração 112 Horas / 3 meses Regime Pós-laboral e ao sábado MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS Em parceria com: SGS ENQUADRAMENTO E OBJETIVOS COORDENAÇÃO

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS STIC SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS STIC SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO DINSTITUTO SUPERIOR CURSOS PARA EXECUTIVOS E GESTÃO BANCÁRIA AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS STIC SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO Início: 29 de Setembro de 2005 INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superio Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superio Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011 14286394 ALBANO LUIS ANDRADE PEREIRA Não colocado 14388714 ANA BEATRIZ MARTINS MACHADO Colocada em 3133 9104 14371141 ANA CATARINA MOREIRA LEAL Colocada em 7003 14319342 ANA CATARINA SOUSA RIBEIRO Colocada

Leia mais

Capacitação em Valorização de Tecnologias

Capacitação em Valorização de Tecnologias Capacitação em Valorização de Tecnologias Enquadramento No âmbito do projeto INESPO 2 Innovation Network Spain-Portugal, as universidades parceiras propuseram-se dinamizar uma ação de Capacitação em Valorização

Leia mais

1º Ciclo de Workshops em Empreendedorismo - 2013

1º Ciclo de Workshops em Empreendedorismo - 2013 1º CICLO DE WORKSHOPS EM Abril e Maio de 2013 EMPREENDEDORISMO AS PEQUENAS IDEIAS GERAM GRANDES NEGÓCIOS! Co-financiamento: APRESENTAÇÃO O Município de Penacova, através do Gabinete de Desenvolvimento

Leia mais

Seminário. O Desenvolvimento Sustentável das Telecomunicações. Artur Calado

Seminário. O Desenvolvimento Sustentável das Telecomunicações. Artur Calado Seminário Ferramentas de Gestão nas Tecnologias de Informação Aveiro, 19 de Março de 2009 O Desenvolvimento Sustentável das Telecomunicações Artur Calado Introdução A região de Aveiro possui condições

Leia mais

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS Sistema de Incentivos às Empresas O que é? é um dos instrumentos fundamentais das políticas públicas de dinamização económica, designadamente em matéria da promoção da

Leia mais

ua empreendedora roadmap 3 proteger 1 aprender 2 GO! 06 10 treinar 5 competir 4 capacitar 6 validar 7 crescer

ua empreendedora roadmap 3 proteger 1 aprender 2 GO! 06 10 treinar 5 competir 4 capacitar 6 validar 7 crescer empreendedora A Universidade de Aveiro é uma instituição de renome internacional constituída por 16 departamentos, 4 escolas politécnicas e 18 unidades de investigação, que abrange cerca de 15 mil estudantes

Leia mais

Produção Multimédia Interactiva

Produção Multimédia Interactiva Produção Multimédia Interactiva Candidaturas 2012/13 secretaria@ipa.univ.pt http://pmi.ipa.univ.pt www.ipa.univ.pt IPA Instituto Superior Autónomo de Estudos Politécnicos No IPA prosseguimos os seguintes

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

aelousada.net AE Lousada Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2014

aelousada.net AE Lousada Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2014 ALBERTINO CLÁUDIO DE BESSA VIEIRA Colocado em 3138 Instituto Politécnico do Porto - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras ALBERTO RAFAEL SILVA PEIXOTO Colocado em 3064 Instituto Politécnico

Leia mais

Quem Somos? 01 QUERES MONTAR EMPRESA?

Quem Somos? 01 QUERES MONTAR EMPRESA? Quem Somos? Um ponto de partida para explorar o potencial de uma tecnologia. Uma rede de gabinetes para apoiar projectos empresariais. Um meio de chegar a parceiros e investidores. A rede GAPI 2.0 é constituída

Leia mais

INaudax incubação 360

INaudax incubação 360 INaudax incubação 360 Incubação Necessidades, Conceitos INaudax Valores, Orientações Etapas, Soluções INCUBAÇÃO necessidades, conceitos Portugal necessita de plataformas para a inovação baseadas no empreendedorismo.

Leia mais

AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE

AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE 18 MARÇO 2015 Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa PATROCINDADORES Apoio Patrocinadores Globais APDSI As TIC e a Saúde no Portugal de hoje Joaquim Cunha 18 março

Leia mais

Master em Direcção Comercial e Marketing - Escuela de Negócios Caixanova, Espanha; Licenciatura em Comunicação Social - Universidade do Minho.

Master em Direcção Comercial e Marketing - Escuela de Negócios Caixanova, Espanha; Licenciatura em Comunicação Social - Universidade do Minho. Rede de Mentores Criação de uma rede de mentores, capaz de disponibilizar apoio na concretização das ideias, constituída por individualidades suficientemente conhecedoras dos Clusters emergentes de actuação,

Leia mais

Maio 2013 PE2020. O papel da Engenharia como fator de competitividade. Iniciativa

Maio 2013 PE2020. O papel da Engenharia como fator de competitividade. Iniciativa Maio 2013 PE2020 O papel da Engenharia como fator de competitividade Iniciativa Agenda 1. Apresentação da Proforum e do PE2020 como plataforma colaborativa relevante e integradora 2. Contributo do PE2020

Leia mais

III Encontro Nacional de BIC s

III Encontro Nacional de BIC s de BIC s de BIC s Decorreu a 18 de Maio, em Abrantes, num hotel com uma vista magnífica para a Barragem de Castelo de Bode o 3º Encontro de BIC s (Business Innovation Centers Portugueses). Neste encontro

Leia mais

Factores Determinantes para o Empreendedorismo. Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008

Factores Determinantes para o Empreendedorismo. Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008 Factores Determinantes para o Empreendedorismo Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008 IAPMEI Instituto de Apoio às PME e à Inovação Principal instrumento das políticas económicas para Micro e Pequenas

Leia mais

FROM KNOWLEDGE PRODUCTION TO SCIENCE BASED INNOVATION

FROM KNOWLEDGE PRODUCTION TO SCIENCE BASED INNOVATION Luis Maia Carneiro FROM KNOWLEDGE PRODUCTION TO SCIENCE BASED INNOVATION RESEARCH AND TECHNOLOGY DEVELOPMENT TECHNOLOGY TRANSFER AND VALORIZATION ADVANCED TRAINING CONSULTING PRE INCUBATION OF TECH BASED

Leia mais

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Centro Cultural de Belém, Lisboa, 11 de Outubro de 2006 Intervenção do Secretário

Leia mais

APRESENTAÇÃO AEFCUP. Informações. AEFCUP Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto

APRESENTAÇÃO AEFCUP. Informações. AEFCUP Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto APRESENTAÇÃO AEFCUP Informações AEFCUP Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Rua do Campo Alegre, 1021 4150 180 Porto GPS: 41º 11'10.25'' N 8º41'25.32''W Tlf. AEFCUP

Leia mais

21º Congresso Quantificar o Futuro. Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL

21º Congresso Quantificar o Futuro. Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL 21º Congresso Quantificar o Futuro Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL Programa Data Hora Actividade 23/Nov. 11:30 Inauguração Oficial Innovation Lounge Visita efectuada ao Venture Lounge por Sua

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS

PÓS-GRADUAÇÃO EM MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS PÓS-GRADUAÇÃO EM MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS PÓS-GRADUAÇÃO EM MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS EDIÇÃO 2ª Edição DURAÇÃO / EXTENSÃO 190 horas / 7 meses CALENDÁRIO Setembro 2016 / Abril 2017 LOCAL DE REALIZAÇÃO

Leia mais

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 A aposta no apoio à internacionalização tem sido um dos propósitos da AIDA que, ao longo dos anos, tem vindo a realizar diversas acções direccionadas para

Leia mais

O RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO A importância do Território

O RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO A importância do Território Conferência Ibero-Americana WWW/Internet 2004 7/8 Outubro, Madrid, Espanha O RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO A importância do Território Jorge Xavier Aluno de Mestrado DEGEI UA Campus Universitário de Santiago.

Leia mais

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M." João Vieira Pinto

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M. João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Pdg. 76 Por M." João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Afirma-se como lhe Marketing School e ambiciona ser a referência do ensino nesta área. Por isso, ejá a partir do próximo ano,

Leia mais

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Gabinete do Ministro CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Breve apresentação da proposta de Orçamento de Estado para 2008 23 de Outubro de 2007 Texto

Leia mais

Competitividade e Inovação

Competitividade e Inovação Competitividade e Inovação Evento SIAP 8 de Outubro de 2010 Um mundo em profunda mudança Vivemos um momento de transformação global que não podemos ignorar. Nos últimos anos crise nos mercados financeiros,

Leia mais

Sector das TI s em Portugal e Projectos de

Sector das TI s em Portugal e Projectos de Sector das TI s em Portugal e Projectos de Financiamento Seminário Modelos de Gestão em Tecnologias de Informação: Gestão de Serviços, da Segurança e da Inovação 18 Nov 2010 Escola de Engenharia da Universidade

Leia mais

Programas. cabo verde. Angola. portugal. s.tomé e príncipe. Fundación Universitaria San Pablo CEU

Programas. cabo verde. Angola. portugal. s.tomé e príncipe. Fundación Universitaria San Pablo CEU Programas de MESTRADO Online MBA Master in Business Administration Mestrado em Direcção de Empresas Mestrado em Direcção de Marketing e Vendas Mestrado em Direcção Financeira Mestrado em Comércio Internacional

Leia mais

O reforço da gestão da inovação nas empresas portuguesas CCDR Algarve 6 de Maio de 2009 Isabel Caetano COTEC Portugal

O reforço da gestão da inovação nas empresas portuguesas CCDR Algarve 6 de Maio de 2009 Isabel Caetano COTEC Portugal O reforço da gestão da inovação nas empresas portuguesas CCDR Algarve 6 de Maio de 2009 Isabel Caetano COTEC Portugal COTEC PORTUGAL - ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL PARA A INOVAÇÃO A COTEC Portugal - Associação

Leia mais

Conferência. As TIC e a Saúde no Portugal de 2012. APDSI avalia impacto das TIC no setor da Saúde

Conferência. As TIC e a Saúde no Portugal de 2012. APDSI avalia impacto das TIC no setor da Saúde APDSI avalia impacto das TIC no setor da Saúde Lisboa, 11 de dezembro - As oportunidades criadas e os desafios que o futuro apresenta em virtude da aplicação das novas tecnologias à área da Saúde foram

Leia mais

FÓRUM DE PESQUISA CIES 2009. Olhares sociológicos sobre o emprego: relações laborais, empresas e profissões 18 de Dezembro de 2009

FÓRUM DE PESQUISA CIES 2009. Olhares sociológicos sobre o emprego: relações laborais, empresas e profissões 18 de Dezembro de 2009 FÓRUM DE PESQUISA CIES 2009 Olhares sociológicos sobre o emprego: relações laborais, empresas e profissões 18 de Dezembro de 2009 EMPRESAS E INOVAÇÃO Luísa Oliveira luisa.oliveira@iscte.pt Luísa Veloso

Leia mais

em - Corporate Reporting (1.ª Edição) Executive Master

em - Corporate Reporting (1.ª Edição) Executive Master www. indeg. iscte-iul. pt EXPERIÊNCIA DE IMERSÃO AVANÇADA NO STATE OF THE ART E NAS ALTERAÇÕES MAIS RECENTES NAS TEMÁTICAS, NORMATIVAS E MÉTODOS DE REPORTE INTEGRADO DAS ORGANIZAÇÕES VISANDO UM DESEMPENHO

Leia mais

Sandra Maria Fevereiro Marnoto Licenciada em Gestão (1994) e Mestre em Finanças (2001) pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto e é

Sandra Maria Fevereiro Marnoto Licenciada em Gestão (1994) e Mestre em Finanças (2001) pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto e é Célio Alberto Alves Sousa Licenciado em Relações Internacionais, Ramo Ciências Económicas e Políticas, pela Universidade do Minho (1994), pós graduado em Gestão Empresarial (1998) e doutorado em Management

Leia mais

Maria da Conceição Gonçalves Costa

Maria da Conceição Gonçalves Costa Maria da Conceição Gonçalves Costa Identificação pessoal Conceição Costa tem um Master of Arts in Business Communication and Public Relations pela European University (equivalência a grau de mestre pela

Leia mais

Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas

Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas Da União Europeia vão chegar até 2020 mais de 20 mil milhões de euros a Portugal. Uma pipa de massa, nas palavras do ex-presidente da Comissão

Leia mais

LET-In Laboratório de Empresas Tecnológicas. José Carlos Caldeira. 28 Fev 2008. Director jcc@inescporto.pt

LET-In Laboratório de Empresas Tecnológicas. José Carlos Caldeira. 28 Fev 2008. Director jcc@inescporto.pt 28 Fev 2008 LET-In Laboratório de Empresas Tecnológicas Campus da FEUP Rua Dr. Roberto Frias, 378 4200-465 Porto Portugal T +351 222 094 000 F +351 222 094 000 www@inescporto.pt www.inescporto.pt José

Leia mais

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia:

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia: GRUPO FERREIRA A GFH, é um Grupo sólido e inovador, detendo um curriculum de projectos de qualidade reconhecida, com um portfólio de negócios diversificado, e que aposta no processo de internacionalização,

Leia mais

Universidade de Coimbra e Empresas Construção de Novas Relações

Universidade de Coimbra e Empresas Construção de Novas Relações Universidade de Coimbra e Empresas Construção de Novas Relações Jorge Figueira Coordenador Executivo do GATS UC Coimbra, Abril de 2004 Introdução: Motivações de Aproximação Crescente Universidade Transferências

Leia mais

Conceito O2. O futuro tem muitos nomes. Para a Conceito O2 é Coaching. Sinta uma lufada de ar fresco. :!:!: em foco

Conceito O2. O futuro tem muitos nomes. Para a Conceito O2 é Coaching. Sinta uma lufada de ar fresco. :!:!: em foco :!:!: em foco Conceito O2 Sinta uma lufada de ar fresco Executive Coaching Através do processo de Executive Coaching a Conceito O2 realiza um acompanhamento personalizado dos seus Clientes com objectivo

Leia mais

GT 2: Gestão da Qualidade no Ensino Superior

GT 2: Gestão da Qualidade no Ensino Superior GT 2: Gestão da Qualidade no Ensino Superior ESTRUTURAS & MECANISMOS DE PROMOÇÃO DA EMPREGABILIDADE NAS INSTITUIÇÕES DO GT2 CS/11 Comissão Sectorial para a Educação e Formação Sessão Plenária de 17 de

Leia mais

Neves & Freitas Consultores, Lda.

Neves & Freitas Consultores, Lda. A gerência: Cristian Paiva Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 4 2.2 Missão:... 4 2.3 Segmento Alvo... 4 2.4 Objectivos... 5 2.5 Parceiros... 5 2.6 Organização... 5 3. Organigrama da empresa...

Leia mais

Usar BPM desde o ensino ao mercado

Usar BPM desde o ensino ao mercado Usar BPM desde o ensino ao mercado Formação Continua no IPS-EST e na ULHT Nuno Pina Gonçalves Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Tecnologia de Setúbal (ESTSetúbal), Setúbal, Portugal nuno.pina@estsetubal.ips.pt

Leia mais

20 Junho 2008. 13.Outubro.2008

20 Junho 2008. 13.Outubro.2008 20 Junho 2008 13.Outubro.2008 A Pool-net tem como objecto principal a Gestão e Coordenação do Pólo de Competitividade Engineering & Tooling, enquanto instrumento de operacionalização do Plano Estratégico

Leia mais

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Neste curso serão abordadas as melhores práticas que permitem gerir estrategicamente a informação, tendo em vista a criação de valor para

Leia mais

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa INICIATIVA INSERIDA NA EVENTO 3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA ORGANIZAÇÃO APOIOS UMA PUBLICAÇÃO ALTO PATROCÍNIO Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da

Leia mais

Domínio Competitividade e Internacionalização. Sistemas de incentivos às empresas

Domínio Competitividade e Internacionalização. Sistemas de incentivos às empresas Sistemas de incentivos às empresas ACIBTM/In.Cubo 6 de julho 2015 P. O. financiadores Domínio Competitividade e OBJETIVO: Criação de riqueza e de emprego através da melhoria da competitividade das empresas

Leia mais

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DE NOVOS PROJETOS EMPRESARIAIS

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DE NOVOS PROJETOS EMPRESARIAIS ROGRAMA DE ACELERAÇÃO DE NOVOS ROJETOS EMRESARIAIS Workshops de Trabalho e Capacitação 2ª Edição Start-ups e Empreendedores Objetivos gerais Dotar os jovens empreendedores de conhecimentos e competências-base

Leia mais

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 Jaime Andrez Presidente do CD do IAPMEI 10 de Maio de 2006 Minhas Senhoras e meus Senhores, 1. Em nome do Senhor Secretário de Estado Adjunto, da Indústria

Leia mais

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt JOSE GABRIEL REGO jgrego@netcabo.pt Resumo My main objective is to develop my career in order to deepen the experience I accumulated over the years based in the development of practical and theoretical

Leia mais

MAIOR EVENTO NACIONAL PARA O CRESCIMENTO VERDE E DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES 04 / 06 MARÇO 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA

MAIOR EVENTO NACIONAL PARA O CRESCIMENTO VERDE E DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES 04 / 06 MARÇO 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA MAIOR EVENTO NACIONAL PARA O CRESCIMENTO VERDE E DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES 04 / 06 MARÇO 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA Conselho Estratégico da Green Business Week Entidades Empresas convidadas

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

EngIQ. em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química. Uma colaboração:

EngIQ. em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química. Uma colaboração: EngIQ Programa de Doutoramento em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química Uma colaboração: Associação das Indústrias da Petroquímica, Química e Refinação (AIPQR) Universidade de Aveiro Universidade

Leia mais

ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL DO IAPMEI NA ÁREA DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DA EXPORTAÇÃO

ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL DO IAPMEI NA ÁREA DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DA EXPORTAÇÃO ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL DO IAPMEI NA ÁREA DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DA EXPORTAÇÃO Como fazemos 1. Através do Serviço de Assistência Empresarial (SAE), constituído por visitas técnicas personalizadas às

Leia mais

Alexandre Ulisses. Habilitações Académicas:

Alexandre Ulisses. Habilitações Académicas: Alexandre Ulisses Pós-Graduação em Ciências da Educação, da Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação do Porto; Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores, Faculdade de Engenharia da

Leia mais

Mais de 30 anos ao serviço das PME s

Mais de 30 anos ao serviço das PME s Mais de 30 anos ao serviço das PME s Historial 1977 Fundação da RISA pelo seu actual Chairman João Artur Rosa 1977 Área de negócio inicial: consultoria em contabilidade e fiscalidade 1984 Criação de um

Leia mais

Rua Comendador Raínho, 1192, 3700-231 S. João da Madeira Tlf.: +351 256 826 832/ 234 Fax: +351 256 826 252 geral@amrconsult.com www.amrconsult.

Rua Comendador Raínho, 1192, 3700-231 S. João da Madeira Tlf.: +351 256 826 832/ 234 Fax: +351 256 826 252 geral@amrconsult.com www.amrconsult. 1 s & amrconsult 2010 2 1- Enquadramento: No último estudo realizado pelo INE sobre em Portugal, conclui-se que Portugal é o terceiro país da EU com taxa de criação de empresas mais elevada (14,2%). No

Leia mais

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Participamos num processo acelerado de transformações sociais, políticas e tecnológicas que alteram radicalmente o contexto e as

Leia mais

O IMPACTO DA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NAS PME 2.ª EDIÇÃO. www.portugalmexe.ife.pt. 4 Dezembro 2014 Microsoft Portugal - Auditório Lisboa.

O IMPACTO DA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NAS PME 2.ª EDIÇÃO. www.portugalmexe.ife.pt. 4 Dezembro 2014 Microsoft Portugal - Auditório Lisboa. 2.ª EDIÇÃO Inscreva-se em www.portugalmexe.ife.pt 4 Dezembro 2014 Microsoft Portugal - Auditório Lisboa O IMPACTO DA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NAS PME Patrocínio Platina Organização PROGRAMA A transformação

Leia mais

NCE/10/01786 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/10/01786 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/01786 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/01786 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Hospitais da Universidade de Coimbra Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central

Hospitais da Universidade de Coimbra Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central Hospitais da Universidade de Coimbra Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central Curso Gestão para executivos hospitalares - Uma questão de competitividade Hospitais

Leia mais

Gestão Empresarial. Comércio e Serviços

Gestão Empresarial. Comércio e Serviços Curso de Gestão Empresarial para Comércio e Serviços PROMOÇÃO: COLABORAÇÃO DE: EXECUÇÃO: APRESENTAÇÃO: > A aposta na qualificação dos nossos recursos humanos constitui uma prioridade absoluta para a Confederação

Leia mais

Calendário de Concursos

Calendário de Concursos Calendário de Concursos Resumo dos Principais Programas Investigação e Desenvolvimento Tecnológico Inovação Empresarial Qualificação e Internacionalização PME s Promoção da Eficiência Energética e da Utilização

Leia mais

Intervenientes no Estudo

Intervenientes no Estudo 6. Intervenientes no Estudo 145 Inovação e Empreendedorismo Sustentado i&es Estudo de Benchmarking Internacional 146 intervenientes no estudo 6. ESPECIALISTAS EM EMPREENDEDORISMO Eduardo Garcia Erquiaga

Leia mais

Novas Dinâmicas no Empreendedorismo Universitário

Novas Dinâmicas no Empreendedorismo Universitário SEMINÁRIO Empreendedorismo Universitário E Criação de Empresas de Base Tecnológica Novas Dinâmicas no Empreendedorismo Universitário - o caso da Universidade de Aveiro Joaquim Borges Gouveia e José Paulo

Leia mais

Plano de Atividades 2014

Plano de Atividades 2014 Plano de Atividades 2014 Escola de Ciências Universidade do Minho 1. Missão A Escola de Ciências tem como missão gerar, difundir e aplicar conhecimento no âmbito das Ciências Exatas e da Natureza e domínios

Leia mais

UPTEC PARQUE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO

UPTEC PARQUE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO UPTEC PARQUE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO UPTEC Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto O UPTEC- Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto é a estrutura

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013 14870896 ANA CATARINA DE JESUS RIBEIRO Não colocada 14583084 ANA CATARINA DA ROCHA DIAS Não colocada 14922639 ANA CATARINA SOARES COUTO Colocada em 7230 Instituto Politécnico do Porto - Escola Superior

Leia mais

PROMOÇÃO DA PARTICIPAÇÃO DAS PME DA REGIÃO CENTRO NOS PROGRAMAS VALE I&DT E VALE INOVAÇÃO NERGA, 23 DE JULHO

PROMOÇÃO DA PARTICIPAÇÃO DAS PME DA REGIÃO CENTRO NOS PROGRAMAS VALE I&DT E VALE INOVAÇÃO NERGA, 23 DE JULHO Workshop Vale Mais Centro PROMOÇÃO DA PARTICIPAÇÃO DAS PME DA REGIÃO CENTRO NOS PROGRAMAS VALE I&DT E VALE INOVAÇÃO NERGA, 23 DE JULHO ÍNDICE 1. O PROGRAMA VALE I&DT 2. O PROGRAMA VALE INOVAÇÃO 3. AS ENTIDADES

Leia mais

A Universidade Corporativa: reflexão sobre a motivação, benefícios e implicações do conceito

A Universidade Corporativa: reflexão sobre a motivação, benefícios e implicações do conceito A Universidade : reflexão sobre a motivação, benefícios e implicações do conceito Miguel Rombert Trigo, Luis Borges Gouveia mtrigo@ufp.pt, lmbg@ufp.pt ProjEstQ, CEREM Universidade Fernando Pessoa Universidade

Leia mais

DOSSIER DE IMPRENSA 2015

DOSSIER DE IMPRENSA 2015 DOSSIER DE IMPRENSA 2015 A Empresa A Empresa A 2VG é uma empresa tecnológica portuguesa criada em 2009, que surgiu para colmatar uma necessidade detetada no mercado das tecnologias de informação e comunicação

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA NOVA POLÍTICA DE INCENTIVOS 2014-2020 SISTEMA DE INCENTIVOS PARA A COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL COMPETIR +

APRESENTAÇÃO DA NOVA POLÍTICA DE INCENTIVOS 2014-2020 SISTEMA DE INCENTIVOS PARA A COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL COMPETIR + APRESENTAÇÃO DA NOVA POLÍTICA DE INCENTIVOS 2014-2020 SISTEMA DE INCENTIVOS PARA A COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL COMPETIR + Ponta Delgada, 28 de Abril de 2014 Intervenção do Presidente do Governo Regional

Leia mais

CTSP e Pós-Graduações THE MARKETING SCHOOL. porto. aveiro. lisboa

CTSP e Pós-Graduações THE MARKETING SCHOOL. porto. aveiro. lisboa CTSP e Pós-Graduações THE MARKETING SCHOOL porto. aveiro. lisboa LICENCIATURA & MESTRADO THE MARKETING SCHOOL Somos uma escola vocacionada essencialmente para as empresas e mercados. Queremos qualificar

Leia mais

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Sumário País Portugal Sector Saúde Perfil do Cliente O Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho envolve

Leia mais

Formação Avançada. Investigação e Desenvolvimento Tecnológico. Consultoria. Transferência e Valorização de Tecnologia

Formação Avançada. Investigação e Desenvolvimento Tecnológico. Consultoria. Transferência e Valorização de Tecnologia Investigação e Desenvolvimento Tecnológico Transferência e Valorização de Tecnologia Formação Avançada Consultoria Pré-incubação de empresas de base tecnológica Relação universidade-empresa No knowledge

Leia mais

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 23 10 2014 Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020 Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 Victor Francisco Gestão e Promoção da Inovação 21 de outubro

Leia mais

O Contributo do Cluster da Electrónica e Telecomunicações para o Desenvolvimento Económico Espanhol

O Contributo do Cluster da Electrónica e Telecomunicações para o Desenvolvimento Económico Espanhol O Contributo do Cluster da Electrónica e Telecomunicações para o Desenvolvimento Económico Espanhol O presente estudo visa caracterizar o cluster da electrónica, informática e telecomunicações (ICT), emergente

Leia mais

Health Management Future

Health Management Future 2012 Health Management Future COM O PATROCÍNIO DE O grupo BIAL tem como missão desenvolver, encontrar e fornecer novas soluções terapêuticas na área da Saúde. Fundado em 1924, ao longo dos anos BIAL conquistou

Leia mais

Formação de Executivos / Executive Business Education

Formação de Executivos / Executive Business Education Formação de Executivos / Executive Business Education 2 ÍNDICE 05 06 07 08 09 09 11 12 13 14 15 15 15 Mensagem de Boas Vindas Apresentação Advisory Board Porquê Formação executiva? 7 razões para escolher

Leia mais

IDC CLOUD LEADERSHIP FORUM

IDC CLOUD LEADERSHIP FORUM IDC CLOUD LEADERSHIP FORUM 12 de Março 2013 Reitoria da Universidade Nova de Lisboa RESUMO DO EVENTO PATROCINADORES O EVENTO FOI ORGANIZADO PELA E PATROCINADO PELAS SEGUINTES EMPRESAS: PLATINUM KEYNOTE

Leia mais

VINTE E OITO ANOS DE HISTÓRIA

VINTE E OITO ANOS DE HISTÓRIA CAPA VINTE E OITO ANOS DE HISTÓRIA Uma região Uma cidade Muitas vontades Alfredo da Silva 1987-1990 Luis Filipe 1991-1996 Luis Veiga 1997-2002 João Fernandes Antunes 2003-2008 Jorge Martins 2009-2011 Vitor

Leia mais

22 e 23 de Setembro de 2014 Funchal

22 e 23 de Setembro de 2014 Funchal 22 e 23 de Setembro de 2014 Funchal Apoios Instituto de Direito do Trabalho da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (IDT) Empresa de Electricidade da Madeira ACIF - Associação Comercial e Industrial

Leia mais

Lista Ordenada. Ponderação da Avaliação do Portefólio - 30%

Lista Ordenada. Ponderação da Avaliação do Portefólio - 30% Técnicos Especializados da Escola : Agrupamento de Escolas de Santo António, Barreiro Nº Escola : 121216 Data final da candidatura : 214-1-29 Nº Horário : 41 Disciplina Projeto: Gabinete GISP Nº Horas:

Leia mais

INESC PORTO e a promoção da inovação de base científica

INESC PORTO e a promoção da inovação de base científica 2007 ABRIL 12 Campus da FEUP Rua Dr. Roberto Frias, 378 4200-465 Porto Portugal T +351 222 094 000 F +351 222 094 050 www@inescporto.pt www.inescporto.pt INESC PORTO e a promoção da inovação de base científica

Leia mais

Conferência e-educação

Conferência e-educação Conferência e-educação Ideias chave No processo de aproximação das TIC ao sistema educativo, o mais difícil não é equipar a escola com PCs, mas sim a intrusão das TIC na prática educativa As TIC têm um

Leia mais

Empreendedorismo As Dinâmicas Empresariais e das Instituições

Empreendedorismo As Dinâmicas Empresariais e das Instituições Empreendedorismo As Dinâmicas Empresariais e das Instituições Ordem dos Engenheiros 25 de novembro de 2015 Miguel Cruz miguel.cruz@iapmei.pt Citação For a truly innovative Europe to compete successfully

Leia mais

INCENTIVOS ÀS EMPRESAS

INCENTIVOS ÀS EMPRESAS INCENTIVOS ÀS EMPRESAS Gestão de Projectos info@ipn-incubadora.pt +351 239 700 300 BEST SCIENCE BASED INCUBATOR AWARD Incentivos às Empresas Objectivos: - Promoção do up-grade das empresas de PME; - Apoiar

Leia mais

Procura de Excelência

Procura de Excelência www.mba.deg.uac.pt Procura de Excelência MASTER IN BUSINESS ADMINISTRATION Mestrado em Gestão (MBA) Secretariado Departamento de Economia e Gestão Rua da Mãe de Deus Apartado 1422 E-mail: mba@uac.pt Tel:

Leia mais

Dinâmicas de exportação e de internacionalização

Dinâmicas de exportação e de internacionalização Dinâmicas de exportação e de internacionalização das PME Contribuição da DPIF/ Como fazemos? 1. Posicionamento e actuação da DPIF A DPIF tem como Missão: Facilitar o acesso a financiamento pelas PME e

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Competitividade, Planeamento e Controlo nos Serviços de Saúde MESTRADO

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL 2012-2013. IPAM Aveiro

RELATÓRIO ANUAL 2012-2013. IPAM Aveiro RELATÓRIO ANUAL 2012-2013 IPAM Aveiro Índice Nota Introdutória... 3 1. Do grau de cumprimento do plano estratégico e do plano anual... 4 2. Da realização dos objetivos estabelecidos;... 4 3. Da eficiência

Leia mais

Potencialidades da simulação no ensino da reanimação Miguel Félix (Presidente do Conselho Português de Ressuscitação)

Potencialidades da simulação no ensino da reanimação Miguel Félix (Presidente do Conselho Português de Ressuscitação) Programa Científico Dia 16 de Novembro, Sexta-feira Auditório 1 10:30 (30 minutos) Sessão de abertura e apresentação do congresso 11:00 (90 minutos) Simulação em Medicina de Emergência Moderadores: Álvaro

Leia mais

C U R R I C U L U M V I T A E

C U R R I C U L U M V I T A E C U R R I C U L U M V I T A E Nome: José Miguel Neves Vieira Morada: Rua do Sub Seixo, nº160 Agrela Santo Tirso 4825-051 Agrela STS Telefone: 229 682 687 Telemóvel: 910 600 104 Data de Nasc.: 11/10/75

Leia mais