2 a ESTE SIMULADO FOI ELABORADO PELA. série PARTE I LÍNGUA INGLESA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2 a ESTE SIMULADO FOI ELABORADO PELA. série PARTE I LÍNGUA INGLESA"

Transcrição

1 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI PRTE I LÍNGU INGLES Texts for items from 1 through 10. Text I Emile Zola ( ) French novelist and critic, the founder of the Naturalist movement in literature, Zola redefined Naturalism as "Nature seen through a temperament." mong Zola's most important works is his famous Rougon-Macquart ycle ( ), which included novels such as L'SSOMMOIR (1877), about the suffering of the Parisian working-class, NN (1880), and GERMINL (1885). Zola's open letter J'USE on January 13, 1898, reopened the case of the Jewish aptain, lfred reyfus, sentenced to evil's Island. Taking into consideration the text above and the book Germinal, judge the following items. 1 The book Germinal was based on labor conditions in coal mines. 2 The book Germinal was published at the end of the 19th century. 3 Zola wrote about social issues such as prostitution and labor conditions. 4 We can infer from the text that Zola was born in France. Text II The east in Man was adapted for screen for the first time in The appearance of L'SSOMMOIR (runkard, 1877), a depiction of alcoholism, made Zola the bestknown writer in France. He bought an estate at Médan and attracted imitators and disciples. Inspired by laude ernard's Introduction à la Médecine Expérimentale (1865) Zola tried to adjust scientific principles in the process of observing society and interpreting it in fiction. Thus, a novelist who gathers and analyzes documents and other material, becomes a part of the scientific research. He did not much believe in the possibility of individual freedom but emphasized the importance of external influences on human development. His treatise, LE ROMN EXPÉRIMENTL (1880), manifested the author's faith in science and acceptance of scientific determinism. Zola died on September 28, in t Zola's funeral natole France declared, "He was a moment of the human conscience". From: http//en.wikipedia.org (with adaptations) 5 The passive voice of the sentence Zola wrote several short stories and essays is Several short stories and essays were written by Zola. 6 La omédie Humaine was written by Emile Zola. 7 The text states that ontes Á Ninon was Emile Zola s first book. 8 Zola died at the beginning of the 20 th century uring his formative years Zola wrote several short stories and essays, 4 plays and 3 novels. mong his early books was ONTES Á NINON, which was published in fter his first major novel, THÉRÈSE RQUIN (1867), Zola started the long series called Les Rougon Macquart, the natural and social history of a family under the Second Empire. t first the plan was limited to 10 books, but ultimately the series comprised 20 volumes, ranging in subject from the world of peasants and workers to the imperial court. Zola prepared his novels carefully. The result was a combination of precise documentation, dramatic imagination and accurate portrayals. Zola interviewed experts, wrote thick dossiers based on his research, made thoughtful portraits of his protagonists, and outlined the action of each chapter. He rode in the cab of a locomotive when he was preparing L ÊTE HUMINE (1890, The east in Man), and for Germinal he visited coal mines. This was something very different from alzac's volcanic creative writing process, which produced La omédie Humaine, a social saga of nearly 100 novels. Mark the correct alternative on questions 9 and 10 9 The indirect speech of the sentence natole France declared, He was a moment of the human conscience. (l.42/43) is: natole France declared that he were a moment of the human conscience. natole France declared that he had been a moment of the human conscience. natole France declared he has been a moment of the human conscience. natole France declared that he was a moment of the human conscience. 10 The word gathers in... who gathers and analyze documents and other material... (l.33/34) could be correctly replaced by: ranges collects edits understands 1 SIMULO Modelo PS/Un

2 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI PRTE I LÍNGU ESPNHOL Émile Zola Escritor ilustre y controvertido del siglo XIX, Zola es considerado como el padre del Naturalismo francés. Fue a menudo acusado de encarnar valores socialistas y democráticos además de aparecer como un artista revolucionario y obsceno. El autor justifica el contenido de sus novelas por el afán de exponer la realidad con toda su crudeza, de hecho las obras principales de Zola se alimentan golosamente de fatalismo, de determinismo y de selectividad de las especies. El escritor quiso desarrollar un naturalismo científico donde se detalla las taras y los vicios de los personajes atrapados en un medio familiar y social que acabará destruyéndolos. Zola inició su carrera literaria como colaborador en la conocida editorial Hachette, volcándose poco a poco en el periodismo, fuente de un objetivismo desencantado y crítico que tomará posesión de la mayoría de sus obras. En 1867 escribió Teresa Raquín, considerada modernamente como la novela inicial del Naturalismo. Germinal se convirtió en el relato más social del autor, describiendo una huelga de mineros agobiados por condiciones laborales insufribles. Émile Zola sumamente influido por las doctrinas científicas de la época, se apoyó en una extensa documentación médica para reforzar su argumentación sobre una visión muy peculiar y aburguesada de la existencia. Enemigo de cualquier tipo de exceso, siente una profunda aversión por la promiscuidad física cuya consecuencia mayor se determina por el despertar de instintos primarios (codicia, lujuria, maldad ) y el abandono de fundamentos como: familia, hogar, trabajo y ahorro. Por consiguiente, numerosos personajes revolcados en una misma y contagiosa miseria moral se extravían por un camino de perdición convirtiéndose en asesinos, violadores, prostitutas, alcohólicos, dementes y etc Pero a pesar de un determinismo fatal que dibuja el destino de cada criatura, se desprende asimismo una dura crítica contra la sociedad corrompida de los más favorecidos ingeniados en beneficiarse sin escrúpulos de las clases bajas. El Naturalismo de Zola conlleva perspectivas sumamente variadas, así, resalta un mensaje político por parte de una burguesía temerosa de perder su poder frente a un suburbio cada vez más insubordinado. Pero el realismo transmitido por el escritor no tendría tanta trascendencia si no se entregara a una observación sin complacencia del mundo social e injusto que rodea a sus entes de ficción. Marca verdadero (V) o falso (F) según corresponda: 1 Émile Zola fue acusado de apoyar valores socialistas y democráticos en pocas ocasiones. 2 El contenido de sus novelas se debe a que el autor se preocupa en exponer la realidad. 3 Zola quiso desarrollar un naturalismo científico para mostrar las taras y vicios de los personajes. 4 El estilo crítico de la mayoría de sus obras se debe también a la carrera periodística de Zola. 5 La obra Teresa Raquín fue la primera obra del Naturalismo. 6 La obra Germinal trata de la protesta de trabajadores mineros por sus pésimas condiciones de trabajo. 7 El autor considera que la promiscuidad del ser humano es lo que da lugar a la existencia de asesinos, prostitutas, violadores, alcohólicos, dementes, etc. 8 En sus obras, uno de los objetivos es criticar a la burguesía. Observa el siguiente diálogo: Juan: Necesito que me hagas un favor, ojalá pudieras hacerlo cuanto antes, pero en fin, por lo menos inténtalo. Pablo: laro, dime. El único problema es que no puedo hacértelo ahora mismo, pero sin duda lo haré más tarde. 9 En el discurso de Juan, los verbos marcados son respectivamente: Presente de indicativo - Imperativo - Pretérito imperfecto de subjuntivo - Subjuntivo presente. Presente de indicativo - Subjuntivo presente Pretérito imperfecto de subjuntivo Imperativo. Presente de subjuntivo Subjuntivo presente Imperativo - Pretérito imperfecto de subjuntivo. Presente de indicativo - Pretérito imperfecto de subjuntivo Imperativo - Subjuntivo presente. 10 En la segunda interrupción aparece el verbo hacértelo, marca la opción correcta sobre las partículas -telo. -te es un pronombre reflexivo y -lo es un complemento de objeto indirecto. -te es un complemento de objeto directo y -lo es un complemento de objeto indirecto. -te es un complemento de objeto indirecto y -lo es un complemento de objeto directo. -te es un pronombre reflexivo y -lo es un complemento de objeto directo. 2 SIMULO Modelo PS/Un

3 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI PRTE II Texto para os itens de 11 a 23. GERMINL 1 Por um instante, Etienne permaneceu imóvel, ensurdecido e cego. Sentia-se gelado, havia correntes de ar por todos os lados. Em seguida, deu alguns passos, atraído pela máquina da qual via reverberar agora aços e cobres. Ela ficava por trás do poço, a vinte e cinco metros, numa peça mais alta e tão solidamente assente sobre seu maciço pedestal de tijolos que mesmo trabalhando a todo vapor, com toda a força de seus quatrocentos cavalos e com o movimento de sua biela, enorme, emergindo e mergulhando numa suavidade oleosa, não conseguia fazer com que as paredes estremecessem. O maquinista, em pé ao lado da alavanca de comando, escutava as campainhas dos sinais, não tirava os olhos do painel indicador, onde o poço, com seus diversos andares, estava figurado numa ranhura vertical que era percorrida por pedaços de chumbo amarrados em barbantes e que representavam os elevadores. cada partida, quando a máquina se punha outra vez em movimento, as bobinas, as duas imensas rodas de cinco metros de raio por meio das quais os dois cabos de aço se enrolavam e desenrolavam em sentido inverso, giravam a tal velocidade que mais pareciam uma poeira cinzenta. ZOL, Émile. Germinal. São Paulo, bril ultural, p Máquinas utilizadas para realizar o bombeamento da água das minas de carvão partir das informações do texto, julgue os itens. 11 s máquinas térmicas utilizadas para realizar o bombeamento da água das minas de carvão transformam em trabalho todo calor fornecido pela caldeira. 12 O aço é uma liga metálica e a sua condutibilidade elétrica é explicada admitindo-se a existência de prótons livres. 13 onsiderando os elementos Fe, Pb e u, o elemento representativo, entre esses, é o que tem propriedades químicas mais semelhantes às do 14X. 14 onsiderando o processo de expansão do vapor no cilindro da máquina de Watt, assinale a alternativa INORRET. máquina de Watt é um motor de dois tempos. o expandir, o vapor realiza trabalho. Quando em funcionamento, essa máquina opera em ciclos irreversíveis. No decorrer de um ciclo, a energia interna do vapor de água se mantém constante. 15 O chumbo é venenoso e se acumula lentamente no organismo, podendo afetar as pessoas expostas a ele, mesmo que em pequenas doses e por um longo período de tempo. Sua forma catiônica é tóxica e afeta principalmente a síntese da hemoglobina. ssinale a alternativa que apresenta a afirmativa ERR. O raio atômico do chumbo deve ser maior do que o do ferro. O chumbo tem tendência a formar compostos iônicos. s fórmulas do óxido de chumbo IV e do nitrato plumboso são, respectivamente, PbO 2 e Pb(NO 3) 2. O hidróxido de chumbo II é uma dibase forte e solúvel em água. Máquina de Savery Máquina de Newcomen 16 máquina de Watt é um motor térmico projetado para operar entre duas fontes (uma quente e outra fria). Quando em funcionamento, o motor de 400 V absorve 592 kcal/s da caldeira. etermine, em porcentagem, o rendimento do referido motor. onsidere as aproximações: 1 cv = 740 W; 1 cal = 4 J. (Lembre-se de que este item é do tipo.) Rascunho Máquina de Watt 3 17 Na linha 4 do texto, o termo reverberar está associado a um fenômeno ondulatório. SIMULO Modelo PS/Un

4 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI 18 Para que o maquinista escute as campainhas dos sinais, é necessária a propagação de ondas mecânicas. 19 s minas, em geral, são muito profundas e quentes. Por isso, é necessário manter em funcionamento um mecanismo de resfriamento em seu interior. Para tanto, pode-se fazer uso do calor latente de vaporização da água, visto que, para vaporizar, a água precisa absorver calor do ar, resfriando o ambiente. 20 quantidade de calor que flui desde o magma abaixo da crosta terrestre até a superfície da Terra depende apenas do calor específico das rochas que se situam entre esses dois locais. 21 Por um instante, Etienne permaneceu imóvel, ensurdecido e cego. Fisicamente, o termo ensurdecido está relacionado com a exposição do personagem às ondas sonoras que se propagam no interior da mina. Entre as características das ondas sonoras, a que melhor justifica a palavra ensurdecido é: Intensidade. omprimento de onda. Timbre. Freqüência. 22 Três teorias científicas se destacam na obra Germinal. Marque o item que corresponde exatamente a elas: eterminismo, Socialismo e Positivismo. Evolucionismo, eterminismo e Positivismo. Socialismo, Evolucionismo e eterminismo. Positivismo, Socialismo e eterminismo. 23 onsidere a leitura integral da obra Germinal, de Émile Zola, e argumente a respeito da seguinte afirmação: O domínio da burguesia industrial consagrou na Europa a distribuição extremamente desigual da propriedade e das oportunidades. (Helena onito Pereira) (Não se esqueça de passar a sua resposta a limpo para a Folha de Resposta dos itens tipo.) Texto para os itens de 24 a 34. NÃO ST SER FLEX O formidável avanço tecnológico que tornou a indústria automobilística nacional uma das mais competitivas e lucrativas do mundo não desobriga as montadoras dos ajustes necessários para enfrentar as crescentes ameaças impostas pelo aquecimento global. Estabelecer metas mais agressivas para aumentar a eficiência dos motores e reduzir as emissões de gases, tais como O, O 2, NO, NO 2, SO 2 e SO 3, que provocam o efeito estufa, inversão térmica e a chuva ácida na atmosfera, deveriam ser questões não-vinculadas apenas às demandas do livre mercado, mas a objetivos estratégicos que fossem objeto de alguma regulação do Estado. mistura do álcool etílico à gasolina (alcanos com 5 a 10 carbonos), a expansão da frota de veículos movidos a gás natural (H 4) e o boom dos motores flex contribuem para isso, mas não livram os veículos automotores do estigma de ainda serem os principais vilões do aquecimento global nos grandes centros urbanos - como São Paulo e Rio de Janeiro - bem como da poluição atmosférica, com impactos importantes sobre a saúde e a qualidade de vida da população. TRIGUEIRO, ndré. Não basta ser flex. O Globo. om adaptações. nalisando o texto anterior e com base em conhecimentos correlatos, julgue os itens. 24 O trióxido de enxofre apresenta geometria trigonal plana e dissolve em solventes polares. 25 Os óxidos de nitrogênio contribuem para a formação da chuva ácida devido à produção dos ácidos nítrico e nitroso. 26 O 8H 18 e o 6H 6 são hidrocarbonetos encontrados na mistura álcool etílico e gasolina. 27 Todos os óxidos citados no texto são classificados como ácidos. 28 O desenvolvimento dos motores flexs pela indústria automobilística está relacionado à experiência brasileira do Pró-Álcool (Programa Nacional do Álcool), introduzido no país após o 1º choque do petróleo. 29 solução para a redução da poluição atmosférica no rasil passa pelo desenvolvimento de políticas que visem à melhoria e ao reaparelhamento do transporte público nos grandes centros urbanos do país. 30 produção do etanol brasileiro a partir da cana-deaçúcar tem contribuído para a alta dos preços dos alimentos em todo o mundo. 31 adoção do etanol em substituição à gasolina em nada contribuiu para a auto-suficiência brasileira quanto à produção de petróleo. 4 SIMULO Modelo PS/Un

5 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI 32 om base no texto de ndré Trigueiro e no estudo das relações gramaticais, assinale a alternativa INORRET. O primeiro período do texto é composto por coordenação e subordinação, sendo a última oração subordinada adverbial final. Nas três ocorrências da palavra que no texto, o pronome relativo exerce função sintática de sujeito. pesar de as palavras estabelecer e reduzir serem verbos, elas introduzem, no trecho, a função sintática de sujeito da expressão verbal deveriam ser. expressão bem como, no último parágrafo do texto, estabelece a relação de adição entre aquecimento global e poluição atmosférica. 33 Substituindo todos os hidrogênios do metano por um grupo metil, um etil, um propil e um isopropril, obteremos um composto, cujo nome oficial é: 3-metil-3-propil-hexano. 4-etil-4-metileptano. 3-etil-2,3-dimetilexano. 4-etil-4,5-dimetil-heptano. 34 Utilizando o óxido de enxofre que, em meio aquoso, produz um ácido forte, equacione a reação entre esse óxido com uma base constituída por um elemento do grupo 1 pertencente ao 3º período. alanceie a equação com os menores coeficientes inteiros possíveis e indique o nome do sal formado. (Não se esqueça de passar a sua resposta a limpo para a Folha de Resposta dos itens tipo.) Sobre o livro iscurso do Método, de René escartes, julgue os itens de 35 a Em seu livro, iscurso do Método, escartes esclarece a necessidade de um método racional para o desenvolvimento científico. Podemos afirmar que o pensamento cartesiano contribuiu muito com o avanço científico-tecnológico e, de certa maneira também, com os problemas derivados dele. Foi René escartes o grande mentor do método científico. 36 Os grandes avanços científicos e tecnológicos trouxeram benefícios e malefícios para toda a humanidade. Segundo René escartes, em sua quarta regra, em iscurso do Método, várias revisões deveriam ser feitas no conhecimento desenvolvido, para garantir coerência e clareza. precipitação do mundo contemporâneo tem gerado mais conturbações do que as que são necessárias, diria escartes. 37 O texto mais famoso de escartes, iscurso do Método, além de uma sumária exposição do método ou das principais regras do seu método, é também uma autobiografia de escartes. Nesse texto não nos diz 5 como devemos proceder para alcançar a verdade, mas como ele, escartes, procedeu para alcançá-la. Em quantas partes escartes divide sua obra iscurso do Método? Marque a única alternativa ORRET. Em duas partes. Em quatro partes. Em cinco partes. Em seis partes. 38 escartes parte da dúvida, porque ela é proposta como uma via para se chegar à certeza. rgumenta que as idéias em geral são incertas e instáveis, sujeitas à imperfeição dos sentidos. lgumas, porém, se apresentam ao espírito com nitidez e estabilidade, e ocorrem a todas as pessoas da mesma maneira, independentes das experiências dos sentidos, e isso significa que residem na mente de todas as pessoas, pois são inatas. Marque a única alternativa ORRET com relação ao tipo da dúvida que a dúvida cartesiana representa. úvida cética. úvida metódica. úvida hiperbólica. úvida relativa. Texto para os itens de 39 a 45. ÁLOOL E ROGS O Ministério da Saúde passou a tratar o alcoolismo como caso de saúde pública. as internações em hospitais psiquiátricos por dependência de drogas, 90% referem-se a pacientes alcoólicos. Estima-se que 75% dos alunos matriculados no ensino médio do istrito Federal fazem uso social de álcool, 10% dos indivíduos que bebem socialmente serão futuros alcoólicos e 45% dos jovens entre 15 e 19 anos que se envolveram em acidentes de trânsito estavam alcoolizados. Tomografias e ressonâncias magnéticas mostram que o excesso de bebida reesculpe conexões cerebrais, destruindo a capacidade de a pessoa sentir prazer sem beber e de agir conscientemente. pós cair na corrente sangüínea, o álcool segue para uma região do cérebro conhecida como núcleo accubens, onde provoca um aumento na concentração de dopamina, neurotransmissor ligado à sensação de prazer. O consumo abundante e repetido da bebida faz com que a ligação entre álcool e prazer fique registrada no córtex frontal. Essa memória cria a obsessão pelo álcool, transformando o beber social em compulsão. Folha de São Paulo 18/04/2001, com adaptação de texto retirado do vestibular tradicional 10/01/2004. om base no texto, julgue os itens. SIMULO Modelo PS/Un

6 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI 39 Pessoas que, por questões orgânicas, produzem pouca dopamina são mais propensas ao vício. 40 O córtex cerebral (região mais externa do tecido nervoso cerebral) concentra os axônios de incontáveis neurônios motores. 41 expressão conexões cerebrais pode ser substituída, de forma biologicamente correta, pelo termo sinapses. 42 O texto fala sobre a ação direta do álcool sobre o sistema nervoso central. onsiderando o conteúdo do texto, resolva os itens de 43 a O álcool no sangue de um motorista alcançou o nível de 2 gramas por litro logo depois de ele ter bebido uma considerável quantidade de cerveja. onsidere que esse nível decresce de acordo com a fórmula N(t) = N 0.(0,5) t, em que t é o tempo medido em horas a partir do momento em que o nível foi constatado (N 0). Quantos minutos deverá o motorista esperar antes de dirigir seu veículo se o limite permitido de álcool no sangue para dirigir com segurança é de 0,2 grama por litro? (Use log 2 = 0,3). (Lembre-se de que este item é do tipo.) Rascunho 45 onsiderando a eficiência do sistema circulatório presente nos diversos invertebrados estudados, independente do tamanho do animal considerado, podemos inferir que uma possível intoxicação pelo álcool se estabeleceria mais rapidamente em: Polvos. Insetos. aracóis. ranhas. Texto para os itens 46 a 49. OM SMURRO -. Glória, a senhora persiste na idéia de meter entinho no seminário? (...) em uma vez que não perdeu a idéia de o fazer padre, (...) entinho há de satisfazer os desejos de sua mãe. E depois a Igreja brasileira tem altos destinos. Não esqueçamos que um bispo presidiu a onstituinte e que o padre Feijó governou o império... - Governou como a cara dele! talhou tio osme, cedendo a antigos rancores políticos. - Perdão, doutor, não estou defendendo ninguém (...) O que eu quero dizer é que o clero ainda tem grande papel no rasil, disse José ias. SSIS, Machado de. om asmurro.pp aseando-se nos conhecimentos históricos sobre o rasil do Período Regencial e do Segundo Reinado e na leitura da obra om asmurro, assinale a única alternativa ORRET. 44 Substituindo as hidroxilas da dopamina por um grupo etil e um isopropil, encontre o número cuja unidade, dezena e centena correspondam, respectivamente, ao número de carbonos terciários, número de hidrogênios ligados diretamente ao anel benzênico e número de ligações pi. (Lembre-se de que este item é do tipo.) Rascunho HO HO opamina NH 2 6 I. Tio osme criticava o governo do padre Feijó, porque o regente fazia parte do grupo político conservador (ou regressista) que, além de não conseguir acabar com as revoltas, também restringiu os poderes das ssembléias Legislativas por meio da Lei Interpretativa do to dicional. II. Um governo regencial, no rasil, já era previsto na onstituição de 1824: em caso de impossibilidade do imperador de governar, o governo seria entregue a uma regência una com plenos poderes até que o imperador pudesse assumir o trono. III. José ias, no trecho, fez referência ao poder que o clero tinha no rasil. Esse poder era oriundo do beneplácito e do padroado, características da onstituição de 1824, que deu muito poder à Igreja atólica, entre eles, o de presidir a onstituinte e o de governar o Império na ausência do imperador. partir disso, um padre (Feijó) assume a 1 a regência una no rasil. IV. recusa de entinho em ir ao seminário era porque ele queria estudar as leis, além de amar apitu. s escolas de ensino superior só foram criadas, no rasil, no governo de. Pedro II, numa tentativa de civilizar o país. Por isso, entinho, que viveu no rasil durante o Período Regencial, teria que ir estudar na Europa. SIMULO Modelo PS/Un

7 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI Todas as alternativas são verdadeiras. Todas as alternativas são falsas. penas as alternativas I e III são falsas. penas as alternativas II e IV são verdadeiras. inda com base no texto e na leitura integral da obra om asmurro, julgue os itens. 47 Na obra, José ias, por ser favorável ao relacionamento de entinho e apitu, tenta dissuadir ona Glória da promessa de fazer do filho um padre. 48 Mantém-se a correção gramatical do texto e respeitamse suas relações argumentativas ao se substituir o trecho em uma vez que não perdeu a idéia de o fazer padre, por já que não eliminou a idéia de fazê-lo padre. 49 posição da palavra padre, relacionada com os termos que a acompanham, permite afirmar que se trata de predicativo do objeto. Texto para os itens de 50 a 57. IS E IS Um pouco antes do meu nascimento, em 1824, começou um tempo de pobreza, o negócio do algodão estava esboroado, porque o algodão não tinha mais lugar no comércio entre os países e muitos fazendeiros daqui tinham medo de cair na miséria. qui se ouvia falar todo o tempo de insurgentes, movimentos nacionalistas em que conspiravam contra o rei, mas os portugueses em axias adoravam om João e resistiam ao Império Independente. MIRN, na. ias e ias. pp. 34 e 35. Sobre a obra ias e ias e o período histórico a ela relacionado, julgue os itens. 50 obra ias e ias se passa no Maranhão, província brasileira muito pobre. enorme pobreza de grande parte da população levantou os maranhenses contra o governo regencial, na revolta conhecida como alaiada. 51 O algodão do Maranhão só conseguiu ter alguma expressão nas exportações da província durante a Guerra de Secessão, período em que os EU estavam em guerra civil e não conseguiam suprir o mercado europeu com a matéria-prima necessária às indústrias têxteis. 52 vinda de. João para o rasil vincula-se às guerras européias entre o Império Napoleônico e o Império Inglês: o primeiro apoiava nossa independência, já o segundo, interessado no mercado brasileiro, juntava-se aos maranhenses em não querê-la. 53 Os fatos relatados por Feliciana, nesse texto, ocorreram à época da terceira geração romântica. 54 Seriam respeitadas as relações de textualidade e as regras gramaticais se o trecho qui se ouvia falar todo o tempo de insurgentes, fosse assim enunciado: qui fora ouvido falar todo tempo de insurgentes. 55 ssim como no trecho, fica evidente um clima de conflitos social e político, inúmeros pensadores desenvolveram suas obras em meio a controvérsias políticas e a desajustes sociais. René escartes e Platão, por exemplo, não somente se aproximam um do outro por serem dualistas e racionalistas, mas também porque, ao escreverem suas obras, estavam priorizando a busca da verdade. 56 Pensando sobre um dos pontos do texto de ias e ias, segundo René escartes, uma conspiração contra um rei seria algo inviável. Em seu livro iscurso do Método, ele elabora algumas regras morais universais e absolutas. Em uma delas, afirma categoricamente que devemos nos submeter às leis e aos costumes do país. 57 No trecho de ias e ias, a idéia de movimentos nacionalistas encontraria respaldo no pensamento platônico e cartesiano, simplesmente por serem filósofos, tanto René escartes quanto Platão, não poderiam ser a favor da dominação, da exploração de nações ou do controle político e econômico de um país sobre outro. Texto para os itens de 58 a 82. GERMINL 2 Imaginem que esta manhã eu vi a empregada deles indo de carro comprar peixe! Houve um clamor geral. cena da empregada comprando peixe, quando eles morriam de fome, causou profunda indignação. Um grito de revolta se elevava. injustiça havia aumentado muito, eles acabariam por exigir seus direitos, pois estavam tirando o pão de suas bocas. À noite, na taverna, decidiram fazer greve (...) (...) Pluchart pediu a palavra e explicou que o objetivo da Internacional era a libertação dos trabalhadores. (...) Não haveria mais países nem nações, os operários do mundo inteiro estariam reunidos pelo mesmo desejo de justiça e construiriam a sociedade livre onde quem não trabalhasse não teria o que comer. (...) s empresas temiam a adesão dos operários à Internacional, pois eles formariam um grande exército de trabalhadores dispostos a morrer uns pelos outros em vez de continuar escravos da sociedade capitalista. (...) Em meio àquele entusiasmo, havia algo mais, algo sombrio e feroz, uma violência que o vento iria espalhar entre as aldeias mineiras, nos quatro cantos do país. ZOL, Émile. Germinal. PP. 67/99/ SIMULO Modelo PS/Un

8 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI Os omedores de atatas, de Vicente Van Gogh. No período entre os eventos narrados em Germinal e o lançamento da obra, o rasil vivia o Segundo Reinado. Sobre esse período brasileiro e a obra Germinal, julgue os itens. 58 Em 1867, enquanto ocorriam as greves narradas em Germinal, o rasil encontrava-se na Guerra do Paraguai, uma guerra que ajudou a manter a estabilidade do Império já que, saímos vitoriosos. 59 Enquanto, na França, as lutas sociais e trabalhistas colocavam o operariado em confronto com a burguesia industrial; no rasil, ainda reinava a escravidão como principal força de trabalho. 60 Maçonaria foi a instituição que mais pregou pelos direitos de liberdade tanto no rasil quanto na França. diferença é que, enquanto na Europa do século XIX, ela financiava projetos como as Internacionais ; no rasil do Segundo Reinado, ela financiava a luta abolicionista. 61 O título da obra Germinal faz alusão à Revolução Francesa e às suas idéias liberdade e igualdade além da esperança de que transformações sociais pudessem germinar, ocasionando as mudanças pretendidas pelo 3 o estado francês às vésperas da revolução de No texto, inferem-se os reflexos da influência de Etienne sobre o comportamento dos mineiros. Ele lançou a semente que iria germinar. 63 O uso do pronome demonstrativo àquele (último parágrafo) está inadequado conforme as regras gramaticais, uma vez que não deveria ser empregada a crase. 64 Mantém-se a correção gramatical, ao se utilizar, em lugar de eles acabariam por exigir seus direitos, o tempo verbal de futuro do pretérito, da seguinte forma: cabar-los-iam por exigir. 65 Em Não haveria mais países nem nações, se o verbo impessoal for substituído por existir, serão preservadas a coerência textual e a correção gramatical com a forma existem "Germinal" refere-se ao processo de gestação e maturação de movimentos grevistas e de uma atitude mais ofensiva por parte dos trabalhadores das minas de carvão do século XIX, na França, em relação à exploração de seus patrões. Nesse período, alguns países passavam a integrar o seleto conjunto de nações industrializadas ao lado da pioneira Inglaterra, entre os quais a França, palco das ações descritas no romance e representadas no filme. 67 s transformações econômicas, políticas e culturais ocorridas no século XVIII como as Revoluções Industrial e Francesa, trouxeram muitos problemas. Sociologia surge no século XIX como forma de entender esses problemas e explicá-los. No entanto, é necessário frisar, de forma muito clara, que a Sociologia é datada historicamente e que o seu surgimento está vinculado à consolidação do capitalismo moderno. 68 Sociologia aparece como conseqüência da percepção de que a vida social poderia ser estudada e compreendida, que o homem possuía uma natureza social e que as condições históricas propiciam um conjunto diversificado de relações sociais. 69 Segundo o pensamento de Max Weber, a pesquisa histórica não é de grande valia para a compreensão das sociedades. 70 obra Ética protestante e o espírito do capitalismo é um dos trabalhos mais conhecidos e importantes de Weber, no qual ele relaciona o papel do protestantismo na formação do comportamento típico do capitalismo ocidental moderno. 71 Para atingir a explicação dos fatos sociais, Weber propôs um instrumento de análise a que chamou de Tipo Ideal. O tipo ideal é um modelo perfeito a ser buscado, um instrumento de análise científica, numa construção do pensamento que permite conceituar fenômeno e formação sociais e identificar, na realidade observada, suas manifestações. 72 Na teoria weberiana, o cientista social, como todo indivíduo em ação, age guiado por seus motivos, sua cultura, sua tradição. 73 análise do trecho do livro Germinal, de Émile Zola, poderia ser destacada como um dos princípios filosóficos platônicos, principalmente quanto ao pensamento político, já que para Platão a sociedade só poderia ser realmente justa se o operário e o trabalhador assumissem as rédeas do governo e da sociedade. 74 No pensamento Platônico, distinto do pensamento artesiano, o desenvolvimento da sociedade só seria possível, quando a dinâmica entre as classes sociais fosse invertida, passando o povo a dirigir e a determinar o que de fato é essencial para nação como um todo. 75 Se comparada ao texto legoria da averna, de Platão, o apitalismo poderia ser classificado como a averna que tem limitado e aprisionado grande parte da população mundial. E a ignorância sobre a realidade ainda nos faz ver e aceitar as manipulações desse sistema econômico profundamente incoerente com as idéias de justiça e de bem-comum. SIMULO Modelo PS/Un

9 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI 76 Para alguns, a Sociologia ou o estudo das sociedades representa uma poderosa arma a serviço dos interesses dominantes; para outros, é a expressão teórica dos movimentos revolucionários. Mas afinal, o que é a Sociologia? Marque a alternativa ORRET. Sociologia é uma ciência que estuda as sociedades humanas e os processos que interligam os indivíduos em associações, grupos e instituições. Enquanto o indivíduo isolado é estudado pela Psicologia, a Sociologia estuda os fenômenos que ocorrem na particularidade de cada indivíduo. Sociologia é a ciência que avalia as reivindicações e a produção de bens dos proletariados. É a ciência preocupada com a organização mundial da saúde das populações. 77 onsiderando as questões abaixo, marque somente a alternativa ORRET com relação ao que Weber entende por relação social. É a conduta humana dotada de uma experiência histórica. É a conduta humana impulsionada por necessidades de sobrevivência. É preciso que o sentido da ação seja compartilhado por dois ou mais agentes. É preciso que o sentido da ação seja vivenciado ao menos por um indivíduo. 78 om relação aos elementos coesivos do texto Germinal 2, marque a alternativa ORRET. No período Imaginem que esta manhã eu vi a empregada deles indo de carro comprar peixe!, o que retoma o termo antecedente, portanto pode ser classificado como pronome relativo. conjunção quando, que aparece no 2 o período do 2 o parágrafo, poderia ser substituída pela locução conjuntiva a fim de que sem que houvesse alteração semântica no contexto. aso o conectivo pois seja colocado depois do verbo estavam na oração...pois estavam tirando o pão de suas bocas, não haverá alteração semântico-sintática. Nos períodos...quem não trabalhasse não teria o que comer e...uma violência que o vento iria espalhar entre as aldeias mineiras..., os conectivos destacados, nos dois casos, são pronomes relativos. om base no texto Germinal 2 e na imagem Os omedores de atatas, de Van Gogh, julgue os itens. 79 obra Os omedores de atatas se refere à última fase da carreira do artista Vicent Van Gogh, que, em depressão, resolve representar em suas obras as injustiças e a pobreza sofrida pelos mineradores holandeses O teor dramático é ressaltado na obra pela predominância das cores escuras e por pontos luminosos que evidenciam o trabalho duro que essas pessoas executam, focando em suas mãos e, em seus rostos calejados. 81 obra de Van Gogh é composta apenas por perspectiva de planos. 82 No elemento do ponto de maior tensão espacial dentro da obra Os comedores de atata, ocorre a conversão de energia térmica em energia luminosa. Texto para os itens 83 e 84. JUIZ E PZ N ROÇ Escrivão Venho da parte do senhor juiz de paz intimá-lo para levar um recruta à cidade. Manuel João Ó homem, não há mais ninguém que sirva para isto? Escrivão Todos se recusaram do mesmo modo, e o serviço no entanto há de se fazer. Manuel João Sim, os pobres, é que o pagam. Escrivão Meu amigo, isto é falta de patriotismo. Vós bem sabeis que é preciso mandar gente para o Rio Grande, quando não, perdemos esta província. Manuel João E que me importo eu com isso? Quem as armou que as desarme. Escrivão Mas, meu amigo, os rebeldes têm feito por lá horrores! PEN, Martins. Juiz de Paz na Roça. p.9 om base no texto, e nos conhecimentos correlatos, julgue o item. 83 Os termos Ó homem, os pobres, meu amigo exercem função sintática de vocativo e são constituídos pela mesma estrutura morfológica. 84 Sobre as revoltas regenciais ocorridas no rasil, durante o Período Regencial, julgue as afirmativas seguintes. I. O Período Regencial foi uma época de transição marcada pela passagem do poder das mãos dos portugueses para as da elite nacional. lgumas revoltas, como a Sabinada, tiveram esse fato como causa principal. II. Farroupilha é a revolta citada na obra Juiz de Paz na roça. Tropas que lutavam na Sabinada foram enviadas para lutar ao lado dos sulistas contra o governo regencial e, embora tivessem objetivos diferentes (os farrapos queriam a independência do rasil e os baianos a queriam somente até a maioridade de Pedro de lcântara chegar), se uniram no desejo de um país livre e igualitário. III. abanagem foi uma das revoltas em que a população pobre conseguiu, de fato, ocupar o poder em uma província. SIMULO Modelo PS/Un

10 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI IV. omo fica explícito no texto, o medo de perder as províncias durante as revoltas, principalmente as de caráter federalista e republicano, juntamente ao temor das elites em perder o poder, fizeram com que o governo central agisse ora com violência, ora com acordos para colocar um ponto final nas rebeliões, o que só se concretizou, realmente, no Segundo Reinado. Estão ORRETS as afirmativas: I e II. II e III. III e IV. I e III. Texto para os itens de 85 a 90. MUNO SUSTENTÁVEL 1 Escolhemos o Jatobá (Hymenaea courbaril) por ser uma espécie que ocorre desde o México até as proximidades da rgentina. Há 16 espécies diferentes, que vivem na caatinga, no cerrado, etc. gente germina a semente e faz um experimento por mais ou menos cem dias, deixando as plantas crescerem numa atmosfera equivalente à que temos hoje que é de 360 ppm de gás carbônico. Paralelamente, outras mudas crescem num ambiente com 720 ppm, ou seja, o dobro da concentração de O 2. O objetivo é ver como essas plantas respondem. O que descobrimos é que o jatobá quase dobra a sua capacidade de assimilação. Ele assimila de 60 a 70% mais gás carbônico, quando cresce nessas condições. Outra descoberta importante é que, além de assimilar mais, o jatobá incorpora esse carbono na celulose. Mas isso é somente uma parcela do carbono que entra na planta. TRIGUEIRO, ndré. Mundo Sustentável. p onsiderando o texto e os aspectos da fisiologia vegetal estudados, julgue os itens: 85 Podemos inferir que, em condições naturais, o jatobá fixa menos carbono do que fisiologicamente seria capaz onsiderando o ambiente no qual essa planta se desenvolve, podemos afirmar que o jatobá é uma traqueófita. 87 Na condição experimental relatada, o gráfico ilustrado na questão teria o ponto de compensação deslocado para esquerda. 88 O fator controlado no experimento relatado interfere na abertura dos estômatos. 89 e acordo com o último parágrafo do texto, assinale a alternativa ORRET: penas uma parte do carbono absorvido pela planta é fixado pela fotossíntese. celulose é o polissacarídeo mais aproveitado como fonte de energia pela maioria dos vertebrados. Uma parte do carbono fixado pela planta é convertida em energia pelo processo de fermentação realizado pelo próprio vegetal. oa parte do carbono fixado pela planta é consumida em processos oxidativos. 90 lém de apresentar dezesseis espécies de jatobá, o cerrado e a caatinga possuem em comum: o clima tropical típico com duas estações bem definidas: o verão chuvoso e o inverno seco. vegetação com raízes profundas (pivotantes) que buscam nutrientes nos lençóis freáticos. predominância de uma vegetação formada por xerófilas. o clima tropical semi-árido com baixo índice pluviométrico. Texto para os itens de 91 a 97. ENTEN NOV PROPOST E POTE EM VOTÇÃO NOS EU Uma nova proposta para um pacote de US$ 700 bilhões em ajuda a empresas afetadas pela crise econômica dos Estados Unidos está tramitando pelo Senado americano, após a versão anterior do plano ter sido rejeitada na âmara dos Representantes, na última segunda-feira. Quais são as principais propostas do pacote? O pacote de ajuda ao mercado financeiro tem cinco pontos principais. 1. US$ 700 bilhões serão liberados em parcelas para a compra de papéis podres em poder de bancos e outras empresas em dificuldades financeiras. 2. O pacote prevê restrições nos pagamentos feitos a executivos das instituições beneficiadas pela ajuda. 3. O governo terá participação em empresas que forem ajudadas. SIMULO Modelo PS/Un

11 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI 4. implementação do pacote será supervisionada por uma comissão. 5. O Tesouro terá que estabelecer um programa de seguros para garantir os ativos das empresas que estão com problemas. Por que o projeto original foi rejeitado na âmara?. Muitos americanos consideram o pacote uma proposta de ajuda aos banqueiros e, em um ano de eleições legislativas (além da presidencial), muitos congressistas que são candidatos à reeleição consideraram politicamente arriscado demais votar a favor da proposta. Também pesou o fator ideológico. Muitos republicanos conservadores são, por princípio, contrários a uma intervenção do Estado na economia. maior parte dos republicanos - do mesmo partido do presidente George W. ush, que era a favor da proposta - votou contra o plano. pós a leitura do texto, julgue os itens. 91 O socorro norte-americano dado, atualmente, à sua economia e o fim do liberalismo econômico pregado por ush relembram as idéias propostas pelo Iluminismo de intervenção e controle estatal na economia. 92 Pode-se afirmar que os congressistas republicanos são contrários à aprovação do pacote por ser este um ano de eleição. 93 O texto apresenta problemas de coesão e coerência, uma vez que o autor inicia o parágrafo falando do ponto de vista dos americanos e, logo depois, passa a relatar a idéia dos congressistas sem utilizar os conectivos adequados. 94 onsiderando o último período do texto, pode-se afirmar que a maior parte dos republicanos refutou o plano. 95 palavra princípio, no penúltimo parágrafo do texto, pode ser substituída pela expressão preceito moral, sem alteração semântica no trecho. 96 Na passagem... para a compra de papéis podres em poder de bancos e outras empresas em dificuldades financeiras., há falta de paralelismo sintático na relação de coordenação entre os termos bancos e outras empresas. 97 om relação à crise financeira em curso no mundo e suas eventuais conseqüências para o rasil, é INORRETO afirmar. aso se confirme uma recessão nos Estados Unidos, é provável que haja uma queda das exportações brasileiras. atual crise financeira provocada pela quebra dos bancos nos Estados Unidos em nada tem afetado o sistema financeiro brasileiro. 11 om a crise, houve a valorização do dólar, fato que tem entusiasmado os grandes exportadores brasileiros. crise financeira nos Estados Unidos não provocará o mesmo impacto no rasil que provocaria antes do equilíbrio das reservas do anco entral. Texto para o itens de 98 a 100. Em um certo país com população (em milhões de habitantes), é noticiada pela TV a implantação de um plano para socorrer o sistema financeiro e suas instituições. O número de pessoas que já sabia da notícia após t 0 horas é dado por f t =. 1 4.e t 2 Sabe-se também que, decorrida uma hora da divulgação do plano, 50% da população já estava ciente do plano. Nessas condições, julgue os itens. (Use ln 2 = 0,69). 98 população do país é de 276 milhões de habitantes % da população tomaram conhecimento do plano no instante em que foi noticiado % da população estavam cientes do plano 2 horas após a sua divulgação. Texto para os itens de 101 a 105. RIME ONTR O ERRO O cerrado está desaparecendo em Monte legre de Goiás (GO). iariamente, a vegetação nativa é arrancada e queimada em fornos de tijolos. suspeita é de que o carvão seja usado para alimentar siderúrgicas mineiras e goianas. Somente nesta semana, a superintendência regional do Ibama F (Instituto rasileiro do Meio mbiente e dos Recursos Naturais Renováveis) interditou três carvoarias no município. O primeiro flagrante ocorreu na fazenda Mucambo, onde 16 fornos idênticos eram alimentados pelos funcionários que trabalhavam sem carteira assinada. Na relação informal de trabalho, quanto mais produzem carvão, mais recebem. É de R$ 6,00 por metro cúbico. Toda semana a gente entrega um caminhão carregado. abem uns 90 metros cúbicos em cada um, afirmou o carvoeiro Edílson da Silva Santos, 29 anos. ERNRES, driana. orreio raziliense, 18/5/2007 com adaptações. O carvão vegetal é obtido pela destilação seca da madeira em fornos de tijolos ou escavados em barrancos. O processo consiste em empilhar as toras de madeira dentro do forno e atear fogo. omo o forno é SIMULO Modelo PS/Un

12 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI praticamente todo fechado, o pouquíssimo oxigênio que entra não permite a madeira queimar completamente. O calor produzido provoca a evaporação dos compostos voláteis da seiva, das resinas e da água. pós alguns dias de "cozimento", todas as entradas de ar são completamente fechadas para abafar o forno e evitar a queima do carvão que restou. Os fornos usados na fazenda Mucambo têm um alto rendimento, 120 kg de carvão vegetal por metro cúbico de madeira e têm as medidas representadas nas figuras abaixo, onde a figura I é a construção da base dos fornos, a figura II é um forno construído, a figura III é um esboço do forno e a figura IV é o modelo matemático do forno, observe: 104 Para um carvoeiro da fazenda Mucambo ganhar um salário mínimo (R$ 415,00), ele deve aumentar a queima de madeira em: (onsidere que todos os 10 trabalhadores produzam a mesma quantidade em um mês com 28 dias). 516 toras mensais. 556 toras mensais. 614 toras mensais. 656 toras mensais. 105 Uma árvore rende 3 toras de madeira e ocupa uma área de 2 m 2, considerando árvores idênticas, calcule a área, em m 2, desmatada para produção mensal (28 dias) de carvão da fazenda Mucambo e divida o resultado final por 10. (Lembre-se de que este item é do tipo.) Rascunho Figura I Figura II Texto para o item 106. MUNO SUSTENTÁVEL 2 Figura III Figura IV figura IV representa o modelo matemático dos fornos de carvão, onde há um cilindro circular reto encimado por uma calota esférica de mesmo diâmetro e idêntica a uma calota que tem a distância do centro da secção ao centro da esfera de 1 m, raio da esfera R, altura da calota h, raio da secção r, área da superfície da calota 2 rh e volume π 2 2 ( R h) ( R Rh + r ). onsidere as toras de madeira usadas 3 para a queima como cilindro circular reto de diâmetro 30 cm e comprimento 90 cm, = 3,14, 5=2,2, que, com a queima da madeira, 85% resulta em carvão e julgue os itens abaixo. 101 altura de um forno é superior a 2,7 m. 102 O volume máximo de um forno é inferior a 21 m área ocupada por um forno é superior a 12 m Nos últimos cinqüenta anos, a população mundial mais do que dobrou, indo de 2,6 bilhões (1950) para 5,85 bilhões (2000). urante esse mesmo período, a industrialização permitiu que o consumo aumentasse exponencialmente; como conseqüência, a população e o lixo também aumentaram TRIGUEIRO, ndré. Mundo Sustentável. p aseado no texto acima e sabendo que o crescimento da população mundial obedece à equação P(t) = P 0.e kt, em que t é tempo em anos e P é o número de habitantes e que a população da Terra, no ano 2025, será de x bilhões, o valor aproximado de x é de: 7,55. 8,55. 8,775. 9,0. SIMULO Modelo PS/Un

13 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI Texto para os itens de 107 a 115. HIRELÉTRI E ITIPU renegociação do tratado sobre a usina hidrelétrica de Itaipu na fronteira entre rasil e Paraguai tornou-se um ponto-chave na campanha de Fernando Lugo, eleito presidente paraguaio em 20 de abril de ois dias depois, os jornais davam manchete para a pretensão de Lugo de rever o valor da venda da energia não usada pelos paraguaios. Pelo acordo em vigor, cada país tem direito a 50% da energia gerada pela usina. O Paraguai utiliza somente 10% de sua parte e vende o resto ao rasil. Lugo disse que pretendia rediscutir as condições da venda, e o governo brasileiro respondeu. om base no texto e na imagem anteriores, julgue os itens. 107 revisão do tratado de Itaipu pleiteada pelo presidente paraguaio Fernando Lugo, caso atendida pelo governo do rasil, não se traduzirá em ônus para o consumidor brasileiro. 108 aso o governo paraguaio suspenda o fornecimento de energia para o rasil, a região mais prejudicada será a região entro-oeste. 109 O governo Lula tem enfrentado, em seu segundo mandato, a rebeldia nacionalista de seus companheiros comandantes de países sulamericanos, como: Evo Morales, da olívia, Hugo hávez, da Venezuela, Rafael orrea, do Equador e Fernando Lugo, do Paraguai. 110 Numa reedição da Guerra do Paraguai, agora no campo diplomático, se tomarmos como referência o retrospecto recente, no que diz respeito à questão energética, o desfecho desse conflito poderá ser diferente do retratado na tela de Pedro mérico, atalha do vaí, na qual o Paraguai foi derrotado. 111 obra histórica representada por Pedro mérico reflete os ideais nacionalistas vividos pelos artistas da segunda metade do século XIX no rasil e a tentativa destes em reviver importantes fatos históricos. 112 Na tentativa de ressaltar o fato histórico, o movimento escolhido por Pedro mérico para servir de base a sua obra foi o movimento Romântico, pois ressalta o simbolismo e a contraposição de idéias presentes na obra. 113 pesar da agitação presente na representação dos corpos das personagens na obra, podemos afirmar que existe uma tentativa do artista em equilibrar a cena por se tratar de uma obra do movimento Realista. 114 om base nos elementos de coesão e nas características do texto dissertativo, marque o item ERRO. O autor apresenta o assunto do texto por meio de uma declaração inicial. Para explorar a idéia central do texto, foram utilizados dados objetivos que dão ao leitor a idéia da quantidade de energia gerada pela usina. O recurso coesivo Lugo foi utilizado para retomar o nome próprio Fernando Lugo, portanto pode ser classificado como um elemento anafórico. O texto apresenta características dissertativas. 115 Os problemas entre rasil e Paraguai não são de agora. Segundo explicações mais tradicionais, a responsabilidade pelo conflito foi todo imputado à Inglaterra a grande vencedora de uma guerra que ceifou milhares de vidas e destruiu o Paraguai de Solano Lopez. tualmente, uma outra explicação para a luta é aceita pelo meio acadêmico. Qual é essa outra explicação para o desencadeamento da Guerra do Paraguai? Responda em forma de parágrafo dissertativo. (Não se esqueça de passar a sua resposta a limpo para a Folha de Resposta dos itens tipo.) Texto para os itens de 116 a 118. GROT SOLITÁRI música Garota Solitária, de delino Moreira, possui características harmônicas que nos remetem ao estilo de música de massa, com poucos acordes e repetições de padrões rítmicos. Transformando-se os acordes da música em tablatura, teremos: mi si sol ré lá mi SIMULO Modelo PS/Un

14 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI Sobre a música Garota Solitária, julgue o item. 116 música gira em torno de um eixo harmônico composto de três acordes principais: m, E e m. 117 om base na tablatura apresentada, marque a alternativa ORRET correspondente à seqüência de acordes. E, G, m, m e F m, G, m, E e F m, G, E, F e m G, F, m, E e m 118 freqüência de vibração de uma corda de um violão pode ser determinada pela expressão f n = n 2L T, em que L é o comprimento da corda, T é a tração, é a densidade linear e n é o harmônico de vibração. Suponha que a 1 a corda de um violão (mi) esteja vibrando na freqüência fundamental. Sem alterar a corda e sem variar a sua tração, explique o que deve ser feito para que essa corda vibre no 3 o harmônico. (Não se esqueça de passar a sua resposta a limpo para a Folha de Resposta dos itens tipo.) Texto para os itens de 119 a 120. MRTINS PEN Luís arlos Martins Pena foi teatrólogo, comediógrafo e diplomata e introdutor da comédia de costumes no rasil, tendo sido considerado o Molière brasileiro. Sua obra caracterizou pioneiramente, com ironia e humor, as graças e desventuras da sociedade brasileira e de suas instituições. item. Sobre a vida e obra de Martins Pena, julgue o 119 Embora tenha escrito dramas, Martins Pena é conhecido, principalmente, por suas comédias. 120 Sobre a obra de Martins Pena, marque somente a alternativa ORRET: Retrata o Rio de Janeiro do Século XIX. Retrata a França do Século XIX. Retrata os costumes do Nordeste brasileiro do Século XVIII. Retrata a cidade de São Paulo no Século XVIII. 14 SIMULO Modelo PS/Un

15 ESTE SIMULO FOI ELORO PEL EQUIPE E PROFESSORES O ENTRO EUIONL LEONRO VINI G R I T O PRTE I LÍNGU INGLES (1) (3) (5) (7) E (9) (2) (4) (6) E (8) E (10) LÍNGU ESPNHOL (1) E (3) E (5) E (7) (9) (2) (4) (6) (8) E (10) (11) E (12) E (13) (14) (15) (16) 012 (17) (18) (19) (20) E (21) (22) (23) TIPO (34) TIPO (39) (24) E (40) E (25) (41) (26) E (42) (27) E (43) 200 (28) (44) 334 (29) (45) (30) E (46) (31) E (47) E (32) (48) (33) (49) (50) (35) (51) (36) (52) E (37) (53) E (38) (54) E (55) (56) E (57) E (58) E PRTE II (59) (60) E (61) (62) (63) E (64) E (65) (66) (67) (68) (69) E (70) (71) E (72) (73) E (74) E (75) (76) (77) (78) (79) E (80) (81) E (82) (83) E (84) (85) (86) (87) E (88) (89) (90) (91) E (92) E (93) (94) (95) (96) (97) (98) E (99) E (100) (101) E (102) E (103) (104) (105) 444 (106) (107) E (108) E (109) (110) (111) (112) E (113) E (114) (115) TIPO (116) (117) (118) TIPO (119) (120) 15 SIMULO Modelo PS/Un

CLASSIFICAÇÃO E VIABILIDADES DE FONTES ENERGÉTICAS

CLASSIFICAÇÃO E VIABILIDADES DE FONTES ENERGÉTICAS CLASSIFICAÇÃO E VIABILIDADES 1 INTRODUÇÃO NA PRÉ HISTÓRIA O HOMEM UTILIZAVA SUA PRÓPRIA ENERGIA PARA DESENVOLVER SUAS ATIVIDADES TRANSFERÊNCIA DO ESFORÇO PARA OS ANIMAIS 2 APÓS A INVENSÃO DA RODA: UTILIZAÇÃO

Leia mais

Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses, de cima para baixo.

Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses, de cima para baixo. CNHECIMENTS GERAIS 01 Analise a veracidade (V) ou falsidade (F) das proposições abaixo, quanto aos efeitos negativos da utilização de combustíveis fósseis sobre o ambiente. ( ) A combustão de gasolina

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL CESAR STANGE EFM.

COLÉGIO ESTADUAL CESAR STANGE EFM. COLÉGIO ESTADUAL CESAR STANGE EFM. PLANO DE TRABALHO DOCENTE - 2012 Professora: Ana Claudia Martins Ribas Disciplina: História - 8º ano -Fundamental 1º BIMESTRE Conteúdos Básicos: -Povos, Movimentos e

Leia mais

Provão. História 5 o ano

Provão. História 5 o ano Provão História 5 o ano 61 Os reis portugueses governaram o Brasil à distância, até o século XIX, porém alguns acontecimentos na Europa mudaram essa situação. Em que ano a família real portuguesa veio

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA 8º ANO PROFESSOR: MÁRCIO AUGUSTO

Leia mais

Biomas Brasileiros I. Floresta Amazônica Caatinga Cerrado. Mata Atlântica Pantanal Campos Sulinos ou Pampas Gaúchos

Biomas Brasileiros I. Floresta Amazônica Caatinga Cerrado. Mata Atlântica Pantanal Campos Sulinos ou Pampas Gaúchos Biomas Brasileiros I Floresta Amazônica Caatinga Cerrado Mata Atlântica Pantanal Campos Sulinos ou Pampas Gaúchos Floresta Amazônica Localizada na região norte e parte das regiões centro-oeste e nordeste;

Leia mais

DEFINIÇÃO: Matriz energética é toda a energia disponibilizada para ser transformada, distribuída e consumida nos processos produtivos.

DEFINIÇÃO: Matriz energética é toda a energia disponibilizada para ser transformada, distribuída e consumida nos processos produtivos. R O C H A DEFINIÇÃO: Matriz energética é toda a energia disponibilizada para ser transformada, distribuída e consumida nos processos produtivos. O petróleo e seus derivados têm a maior participação na

Leia mais

PROFESSOR MAURÍCIO DE SOUZA MACHADO PROFESSOR MANUEL MARIA LOURENÇO. Determinante de matrizes. Logaritmos. Matrizes Inversas. Fatorial de um número.

PROFESSOR MAURÍCIO DE SOUZA MACHADO PROFESSOR MANUEL MARIA LOURENÇO. Determinante de matrizes. Logaritmos. Matrizes Inversas. Fatorial de um número. MATEMÁTICA (FRENTE I) MATEMÁTICA (FRENTE II) Determinante de matrizes. Matrizes Inversas. Fatorial de um número. Classificar as possibilidades. Sistemas de equações lineares. Princípio Fundamental da contagem.

Leia mais

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.:

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= TEMPO ATMOSFÉRICO

Leia mais

CURSO e COLÉGIO ESPECÍFICO Ltda

CURSO e COLÉGIO ESPECÍFICO Ltda CURSO e COLÉGIO ESPECÍFICO Ltda www.especifico.com.br DISCIPLINA : Sociologia PROF: Waldenir do Prado DATA:06/02/2012 O que é Sociologia? Estudo objetivo das relações que surgem e se reproduzem, especificamente,

Leia mais

USO DE SUBPRODUTOS PARA GERAÇÃO DE CALOR E ENERGIA. Lisandra C. Kaminski

USO DE SUBPRODUTOS PARA GERAÇÃO DE CALOR E ENERGIA. Lisandra C. Kaminski USO DE SUBPRODUTOS PARA GERAÇÃO DE CALOR E ENERGIA Lisandra C. Kaminski Casca de café Estudo realizado em 2008, pelo agrônomo Luiz Vicente Gentil, da UnB. Pode ser uma excelente opção como substituição

Leia mais

1) d = V t. d = 60. (km) = 4km 60 2) Movimento relativo: s V rel 80 60 = t = (h) = h = 12min

1) d = V t. d = 60. (km) = 4km 60 2) Movimento relativo: s V rel 80 60 = t = (h) = h = 12min OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representado por g. Quando necessário, adote: para g, o valor de 10 m/s 2 ; para a massa específica

Leia mais

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios,

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios, Prezados colégios, Buscando atender a demanda por GeekieTestes para o 1º e 2º anos do Ensino Médio, elaboramos nossa Matriz Geekie de Avaliação para 2014. Nela, buscamos contemplar os principais conteúdos

Leia mais

1.1 Poluentes atmosféricos. 1.2 Principais Poluentes Atmosféricos

1.1 Poluentes atmosféricos. 1.2 Principais Poluentes Atmosféricos 18 1. Introdução Nos últimos anos, o crescimento econômico dos países desenvolvidos provocou o aumento da demanda mundial por energia. Com esta também veio um forte aumento da dependência do petróleo e

Leia mais

Identificando os tipos de fontes energéticas

Identificando os tipos de fontes energéticas Identificando os tipos de fontes energéticas Observe a figura abaixo. Nela estão contidos vários tipos de fontes de energia. Você conhece alguma delas? As fontes de energia podem ser renováveis ou não-renováveis,

Leia mais

PROGRAMA DAS DISCIPLINAS

PROGRAMA DAS DISCIPLINAS PROGRAMA DAS DISCIPLINAS PRODUÇÃO DE TEXTO O texto elaborado pelo candidato deve atender à situação de produção apresentada na prova, obedecendo para tanto à tipologia e ao gênero textual solicitados.

Leia mais

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa.

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O que é o Aquecimento Global? O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O efeito estufa é um fenômeno natural e consiste na retenção de calor irradiado pela

Leia mais

Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA

Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA Atividade de Ciências 5º ano Nome: ATIVIDADES DE ESTUDO Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA FLORESTA AMAZÔNICA FLORESTA ARAUCÁRIA MANGUEZAL PANTANAL CAATINGA CERRADO

Leia mais

4. O Ciclo das Substancias na Termoelétrica Convencional De uma maneira geral todas as substâncias envolvidas na execução do trabalho são o

4. O Ciclo das Substancias na Termoelétrica Convencional De uma maneira geral todas as substâncias envolvidas na execução do trabalho são o 1.Introdução O fenômeno da corrente elétrica é algo conhecido pelo homem desde que viu um raio no céu e não se deu conta do que era aquilo. Os efeitos de uma descarga elétrica podem ser devastadores. Há

Leia mais

O clima está diferente. O que muda na nossa vida?

O clima está diferente. O que muda na nossa vida? O clima está diferente. O que muda na nossa vida? 06/2011 Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada. 2 SUMÁRIO

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

A Questão da Energia no Mundo Atual

A Questão da Energia no Mundo Atual A Questão da Energia no Mundo Atual A ampliação do consumo energético Energia é a capacidade que algo tem de realizar ou produzir trabalho. O aumento do consumo e a diversificação das fontes responderam

Leia mais

PROVA TRIMESTRAL- 1ª Série EM

PROVA TRIMESTRAL- 1ª Série EM PROVA TRIMESTRAL- 1ª Série EM 17/08 Química B Aulas 16 a 18: Ligação covalente; aulas 23 e 24: Geometria Molecular; aulas 25 e 26: Polaridade molecular. 18/08 Literatura Livro: "Viagens na minha terra",

Leia mais

CARTA DA TERRA Adaptação Juvenil

CARTA DA TERRA Adaptação Juvenil CARTA DA TERRA Adaptação Juvenil I TRODUÇÃO Vivemos um tempo muito importante e é nossa responsabilidade preservar a Terra. Todos os povos e todas as culturas do mundo formam uma única e grande família.

Leia mais

Lição 5. Instrução Programada

Lição 5. Instrução Programada Instrução Programada Lição 5 Na lição anterior, estudamos a medida da intensidade de urna corrente e verificamos que existem materiais que se comportam de modo diferente em relação à eletricidade: os condutores

Leia mais

Poluição do ar. Segundo o pesquisador Paulo Saldiva, coordenador. Deu no jornal. Nossa aula

Poluição do ar. Segundo o pesquisador Paulo Saldiva, coordenador. Deu no jornal. Nossa aula A UU L AL A Poluição do ar Segundo o pesquisador Paulo Saldiva, coordenador do laboratório de poluição atmosférica experimental da Faculdade de Medicina da USP, a relação entre o nível de poluição e a

Leia mais

c = c = c =4,20 kj kg 1 o C 1

c = c = c =4,20 kj kg 1 o C 1 PROPOSTA DE RESOLUÇÃO DO TESTE INTERMÉDIO - 2014 (VERSÃO 1) GRUPO I 1. H vap (H 2O) = 420 4 H vap (H 2O) = 1,69 10 3 H vap (H 2O) = 1,7 10 3 kj kg 1 Tendo em consideração a informação dada no texto o calor

Leia mais

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 53 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 53 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA GABARITO 4ª Chamada Bim. DISCIPLINA: FÍS. I E II / GEO. COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 53 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA QUEM NÃO É O MAIOR TEM QUE SER O MELHOR Rua Frei Vidal, 1621 São João do

Leia mais

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Itens do capítulo 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5. A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5.1 O consumo

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12

LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12 LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12 Questão 01) Quando uma pessoa se aproxima de um espelho plano ao longo da direção perpendicular a este e com uma velocidade de módulo 1 m/s, é correto afirmar que

Leia mais

INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE

INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO Mudanças Climáticas Rodrigo Valle Cezar O que é o Clima O clima compreende os diversos fenômenos que ocorrem na atmosfera da Terra. Atmosfera é a região gasosa que envolve toda

Leia mais

Brasil Império. Sétima Série Professora Carina História

Brasil Império. Sétima Série Professora Carina História Brasil Império Sétima Série Professora Carina História Confederação do Equador Local: Províncias do Nordeste. Época: 1824. Líderes da revolta: Manuel Paes de Andrade, frei Caneca e Cipriano Barata. Causas:

Leia mais

Atividade de Reforço2

Atividade de Reforço2 Professor(a): Eliane Korn Disciplina: Física Aluno(a): Ano: 1º Nº: Bimestre: 2º Atividade de Reforço2 INSTRUÇÕES GERAIS PARA A ATIVIDADE I. Leia atentamente o resumo da teoria. II. Imprima a folha com

Leia mais

4. Introdução à termodinâmica

4. Introdução à termodinâmica 4. Introdução à termodinâmica 4.1. Energia interna O estabelecimento do princípio da conservação da energia tornou-se possível quando se conseguiu demonstrar que junto com a energia mecânica, os corpos

Leia mais

Tipos de Energia. Gravitacional; Elétrica; Magnética; Nuclear.

Tipos de Energia. Gravitacional; Elétrica; Magnética; Nuclear. Fontes de Energia Tipos de Energia Gravitacional; Elétrica; Magnética; Nuclear. Fontes de Energia Primaria fontes que quando empregadas diretamente num trabalho ou geração de calor. Lenha, para produzir

Leia mais

Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1

Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1 Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1 Conteúdo: O efeito estufa. Habilidade: Demonstrar uma postura crítica diante do uso do petróleo. REVISÃO Reações de aldeídos e cetonas. A redução de um composto

Leia mais

CURSO e COLÉGIO ESPECÍFICO Ltda

CURSO e COLÉGIO ESPECÍFICO Ltda DISCIPLINA: Sociologia PROF: Waldenir do Prado DATA: 06/02/2012. CURSO e COLÉGIO ESPECÍFICO Ltda www.especifico.com.br QUESTÕES DE VESTIBULAR e-mail: especifico@especifico.com.br Av. Rio Claro nº 615 Centro

Leia mais

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava:

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava: EXERCÍCIOS REVISÃO QUÍMICA AMBIENTAL (EFEITO ESTUFA, DESTRUIÇÃO DA CAMADA DE OZÔNIO E CHUVA ÁCIDA) e EQUILÍBRIO QUÍMICO DATA: 17/11/2015 PROF. ANA 1. Na década de 70, alguns cientistas descobriram quais

Leia mais

CONTEÚDO DAS AVALIAÇÕES PARCIAIS 1ª SÉRIE (M1 E M2) / I TRIMESTRE

CONTEÚDO DAS AVALIAÇÕES PARCIAIS 1ª SÉRIE (M1 E M2) / I TRIMESTRE CONTEÚDO DAS AVALIAÇÕES PARCIAIS 1ª SÉRIE (M1 E M2) / I TRIMESTRE DATA DISCIPLINA CONTEÚDO A SER ESTUDADO 19/03 Matemática Conjuntos (Relação de pertinência e inclusão / Representações de um conjunto /

Leia mais

AQUECIMENTO GLOBAL E MUDANÇAS CLIMÁTICAS. João Paulo Nardin Tavares

AQUECIMENTO GLOBAL E MUDANÇAS CLIMÁTICAS. João Paulo Nardin Tavares AQUECIMENTO GLOBAL E MUDANÇAS CLIMÁTICAS João Paulo Nardin Tavares INTRODUÇÃO Já podemos sentir o aquecimento global No último relatório do IPCC (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas, órgão

Leia mais

PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE

PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE TURMA: 3º ano - 231 PERÍODO: 24/02 a 24/05 DISCIPLINA/PROFESSOR/A OBJETIVO CONTEÚDOS Biologia Cláucia Brentano Diferenciar os principais tipos de reprodução existentes entre os

Leia mais

Calorimetria (calor sensível e calor latente)

Calorimetria (calor sensível e calor latente) Calorimetria (calor sensível e calor latente) A calorimetria é a parte da física que estuda os fenômenos relacionados à transferência de calor. Na natureza encontramos a energia em diversas formas. Uma

Leia mais

Capítulo 21 Meio Ambiente Global. Geografia - 1ª Série. O Tratado de Kyoto

Capítulo 21 Meio Ambiente Global. Geografia - 1ª Série. O Tratado de Kyoto Capítulo 21 Meio Ambiente Global Geografia - 1ª Série O Tratado de Kyoto Acordo na Cidade de Kyoto - Japão (Dezembro 1997): Redução global de emissões de 6 Gases do Efeito Estufa em 5,2% no período de

Leia mais

Ernesto entra numa fria!

Ernesto entra numa fria! A UU L AL A Ernesto entra numa fria! Segunda-feira, 6 horas da tarde, Cristiana e Roberto ainda não haviam chegado do trabalho. Mas Ernesto, filho do casal, já tinha voltado da escola. Chamou a gangue

Leia mais

MATRIZ GEEKIE 1º Ano 1ª Aplicação Área Matéria Assunto

MATRIZ GEEKIE 1º Ano 1ª Aplicação Área Matéria Assunto MATRIZ GEEKIE 1º Ano 1ª Aplicação Estrutura celular Impactos ambientais da ação humana Método científico e o estudo da Tratamento de resíduos Estudo do movimento: aceleração Estudo do movimento: velocidade

Leia mais

ENEM 2009 - Prova resolvida Química

ENEM 2009 - Prova resolvida Química ENEM 2009 - Prova resolvida Química 01. A atmosfera terrestre é composta pelos gases nitrogênio (N 2) e oxigênio (O 2), que somam cerca de 99 %, e por gases traços, entre eles o gás carbônico (CO 2), vapor

Leia mais

ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS

ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS A correção de cada questão será restrita somente ao que estiver registrado no espaço

Leia mais

PROVA TEMÁTICA/2014 Conhecimento e Expressão nas Artes e nas Ciências

PROVA TEMÁTICA/2014 Conhecimento e Expressão nas Artes e nas Ciências PROVA TEMÁTICA/2014 Conhecimento e Expressão nas Artes e nas Ciências 5 ANO / ENSINO FUNDAMENTAL MATRIZ DE REFERÊNCIA DE LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS. (LÍNGUA PORTUGUESA E REDAÇÃO) Competência

Leia mais

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS CICLOS BIOGEOQUÍMICOS O fluxo de energia em um ecossistema é unidirecional e necessita de uma constante renovação de energia, que é garantida pelo Sol. Com a matéria inorgânica que participa dos ecossistemas

Leia mais

Fontes de Energia e Meio Ambiente

Fontes de Energia e Meio Ambiente UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA - UFJF INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS ICE DEPARTAMENTO DE QUÍMICA QUÍMICA ANALÍTICA AMBIENTAL Fontes de Energia e Meio Ambiente Alunos: Arina Estefânia Gomes Flávia Campos

Leia mais

Ciências E Programa de Saúde

Ciências E Programa de Saúde Governo do Estado de São Paulo Secretaria de Estado da Educação Ciências E Programa de Saúde 18 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE SP Grandes realizações são possíveis quando se dá atenção aos pequenos

Leia mais

Crises na Colônia Portuguesa e a Chegada da Família Real. Prof.ª viviane jordão

Crises na Colônia Portuguesa e a Chegada da Família Real. Prof.ª viviane jordão Crises na Colônia Portuguesa e a Chegada da Família Real Prof.ª viviane jordão INTRODUÇÃO Na segunda metade do século XVIII, novas ideias começaram a se difundir pela América portuguesa. Vindas da Europa,

Leia mais

Eletricidade. Levanta, acende a luz. Toma um banho quente. Prepara seu lanche com auxílio da torradeira elétrica.

Eletricidade. Levanta, acende a luz. Toma um banho quente. Prepara seu lanche com auxílio da torradeira elétrica. Eletricidade e automação A UU L AL A O operário desperta com o toque do rádiorelógio. Levanta, acende a luz. Toma um banho quente. Prepara seu lanche com auxílio da torradeira elétrica. Um problema Sai

Leia mais

Para produzir energia elétrica e

Para produzir energia elétrica e Produção de energia elétrica A UU L AL A uma notícia de jornal: Leia com atenção o texto a seguir, extraído de Seca agrava-se em Sobradinho e ameaça causar novo drama social no Nordeste Para produzir energia

Leia mais

Geografia. Professor: Jonas Rocha

Geografia. Professor: Jonas Rocha Geografia Professor: Jonas Rocha Questões Ambientais Consciência Ambiental Conferências Internacionais Problemas Ambientais Consciência Ambiental Até a década de 1970 o homem acreditava que os recursos

Leia mais

na nuvem/terra como se houvesse uma longa vara de metal conectando-as. Veja como a "quebra" funciona. Quando o campo elétrico se torna muito forte

na nuvem/terra como se houvesse uma longa vara de metal conectando-as. Veja como a quebra funciona. Quando o campo elétrico se torna muito forte Introdução (relâmpago/raios) O relâmpago é um dos fenômenos mais bonitos da natureza e também um dos mais mortais. Com as temperaturas dos raios sendo maiores do que a da superfície do Sol e com as ondas

Leia mais

Como uma onda no mar...

Como uma onda no mar... Como uma onda no mar... A UU L AL A Certa vez a turma passou férias numa pequena cidade do litoral. Maristela costumava ficar horas a fio admirando a imensidão azul do mar, refletindo sobre coisas da vida

Leia mais

Programa de Revisão Paralela 4º Bimestre

Programa de Revisão Paralela 4º Bimestre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Rua Cantagalo 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Programa de Revisão Paralela 4º Bimestre

Leia mais

Questão 57. Questão 59. Questão 58. alternativa D. alternativa C

Questão 57. Questão 59. Questão 58. alternativa D. alternativa C OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representada por g. Quando necessário adote: para g, o valor de 10 m/s 2 ; para a massa específica

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR SECRETÁRIO DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR SECRETÁRIO DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR SECRETÁRIO DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO FABIANO CONTARATO, brasileiro, solteiro, com 48 anos de idade, Delegado de Polícia Civil e Professor Universitário,

Leia mais

FONTES ALTERNATIVAS DE ENERGIA

FONTES ALTERNATIVAS DE ENERGIA FONTES ALTERNATIVAS DE ENERGIA Iria Müller Guerrini, No Brasil a maior quantidade de energia elétrica produzida provém de usinas hidrelétricas (cerca de 95%). Em regiões rurais e mais distantes das hidrelétricas

Leia mais

Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO

Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO I Ocorre de maneira natural; Atividade humana; Década de 1970 preocupação com a biodiversidade e poluição; Esforço global... Substituir civilização

Leia mais

TEMA 4 VAPOR DE ÁGUA, NÚVENS, PRECIPITAÇÃO E O CICLO HIDROLÓGICO

TEMA 4 VAPOR DE ÁGUA, NÚVENS, PRECIPITAÇÃO E O CICLO HIDROLÓGICO TEMA 4 VAPOR DE ÁGUA, NÚVENS, PRECIPITAÇÃO E O CICLO HIDROLÓGICO 4.1 O Processo da Evaporação Para se entender como se processa a evaporação é interessante fazer um exercício mental, imaginando o processo

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

RECURSOS MINERAIS E COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS. Prof.º Elves Alves www.professorelves.webnode.com.br

RECURSOS MINERAIS E COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS. Prof.º Elves Alves www.professorelves.webnode.com.br RECURSOS MINERAIS E COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS Prof.º Elves Alves www.professorelves.webnode.com.br RECURSOS NATURAIS A palavra recurso significa algo a que se possa recorrer para a obtenção de alguma coisa,

Leia mais

Problemas de termologia e termodinâmica vestibular UA (1984)

Problemas de termologia e termodinâmica vestibular UA (1984) Problemas de termologia e termodinâmica vestibular UA (1984) 1 - Um corpo humano está a 69 0 numa escala X. Nessa mesma escala o ponto do gelo corresponde a 50 graus e o ponto a vapor 100 0. Este corpo:

Leia mais

Fique ligado na energia!

Fique ligado na energia! A U A UL LA 3 Fique ligado na energia! Todos os processos vitais do planeta - circulação das águas e dos ventos, a fotossíntese, entre outros - dependem de energia. A principal fonte de energia na Terra

Leia mais

NOVAS FONTES DE ENERGIAS LIMPAS, PRÁTICAS NECESSÁRIAS PARA UM FUTURO SUSTENTÁVEL

NOVAS FONTES DE ENERGIAS LIMPAS, PRÁTICAS NECESSÁRIAS PARA UM FUTURO SUSTENTÁVEL NOVAS FONTES DE ENERGIAS LIMPAS, PRÁTICAS NECESSÁRIAS PARA UM FUTURO SUSTENTÁVEL Jessica Barbosa Tavares 1 Everton da Silva Ferraz 2 Silvia Helena Antunes dos Santos 3 RESUMO: De cunho bibliográfico a

Leia mais

AULA 5. A herança da Revolução Industrial: o problema atual.

AULA 5. A herança da Revolução Industrial: o problema atual. AULA 5 A herança da Revolução Industrial: o problema atual. Roberto queria ir até Londres e Sofia concordou porque queria conhecer o lugar onde começou o progresso da nossa civilização com a Revolução

Leia mais

ENSINO MÉDIO - 2015 MATÉRIAS DE RECUPERAÇÃO FINAL 1ª série Língua Portuguesa Profa. Rosana. Pronomes e Verbo (tudo sobre).

ENSINO MÉDIO - 2015 MATÉRIAS DE RECUPERAÇÃO FINAL 1ª série Língua Portuguesa Profa. Rosana. Pronomes e Verbo (tudo sobre). REDE SAGRADO - COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE MARIA UBÁ - ANO 2015 Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Pré-Vestibular, Curso Técnico em Meio Ambiente Praça São Januário, 276 CEP:36500-000

Leia mais

CRISE DO ESCRAVISMO. O Brasil foi o último país da América Latina a abolir a escravidão.

CRISE DO ESCRAVISMO. O Brasil foi o último país da América Latina a abolir a escravidão. CRISE DO ESCRAVISMO A Dinamarca foi o primeiro país Europeu a abolir o tráfico de escravos em 1792. A Grã-Bretanha veio a seguir, abolindo em 1807 e os Estados Unidos em 1808. O Brasil foi o último país

Leia mais

Lista de Exercícios Professor Mário http://www.professormario.com.br mario@meson.pro.br

Lista de Exercícios Professor Mário http://www.professormario.com.br mario@meson.pro.br 1. (Unicamp 93) Um aluno simplesmente sentado numa sala de aula dissipa uma quantidade de energia equivalente à de uma lâmpada de 100W. O valor energético da gordura é de 9,0kcal/g. Para simplificar, adote

Leia mais

Departamento de Engenharia Elétrica Disciplina: Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica. Biomassa

Departamento de Engenharia Elétrica Disciplina: Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica. Biomassa Universidade Federal do Ceará Departamento de Engenharia Elétrica Disciplina: Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica Universidade Federal do Ceará Biomassa Professora: Ruth Pastôra Saraiva

Leia mais

CHEGAM A 21 CASOS CONFIRMADOS DE GRIPE NO BRASIL; CRECHE É INTERDITADA EM CAMPINAS (SP)

CHEGAM A 21 CASOS CONFIRMADOS DE GRIPE NO BRASIL; CRECHE É INTERDITADA EM CAMPINAS (SP) Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL EM 2015 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Leia a tirinha abaixo e responda às questões 1 e

Leia mais

Composição da atmosfera terrestre. Fruto de processos físico-químicos e biológicos iniciados há milhões de anos Principais gases:

Composição da atmosfera terrestre. Fruto de processos físico-químicos e biológicos iniciados há milhões de anos Principais gases: Poluição do ar Composição da atmosfera terrestre Fruto de processos físico-químicos e biológicos iniciados há milhões de anos Principais gases: Nitrogênio 78% Oxigênio 21% Argônio 0,9% Gás Carbônico 0,03%

Leia mais

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro?

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro? População mundial Leia as manchetes abaixo: População mundial superará 9,2 bilhões em 2050, estima ONU BBC Brasil Casais ricos burlam lei do filho único na China BBC Brasil A população mundial atingiu

Leia mais

CONTEÚDOS RECUPERAÇÃO 2015 Fundamental II

CONTEÚDOS RECUPERAÇÃO 2015 Fundamental II CONTEÚDOS RECUPERAÇÃO 2015 Fundamental II 6º ANO PORTUGUÊS Substantivos; Adjetivos; Numerais; Pronomes relativos e pessoais; Verbos nos modos indicativo e imperativo; Advérbios. Cap. 9- A Hidrosfera Cap.

Leia mais

EXERCÍCIO ESTILO ENEM

EXERCÍCIO ESTILO ENEM EXERCÍCIO ESTILO ENEM 01. O efeito estufa, de grande preocupação atual, decorre da emissão exagerada de certos gases na atmosfera, principalmente o CO 2. Em dezembro de 1997, representantes de 160 nações,

Leia mais

EUROPA BRASIL SÉCULO XIX AMÉRICA O BRASIL NO FINAL DO SÉCULO XVIII SÉCULO XVIII FINAL DA IDADE MODERNA

EUROPA BRASIL SÉCULO XIX AMÉRICA O BRASIL NO FINAL DO SÉCULO XVIII SÉCULO XVIII FINAL DA IDADE MODERNA O BRASIL NO FINAL DO SÉCULO XVIII SÉCULO XVIII FINAL DA IDADE MODERNA EUROPA Expansão dos Ideais Iluministas Revolução Francesa Fim do Antigo regime Ascensão da Burguesia ao poder Revolução Industrial

Leia mais

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS FISIOLOGIA VEGETAL

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS FISIOLOGIA VEGETAL UFRGS FISIOLOGIA VEGETAL 1. (Ufrgs 2015) A coluna à esquerda, abaixo, lista dois hormônios vegetais; a coluna à direita, funções que desempenham. Associe adequadamente a coluna direita com a esquerda.

Leia mais

6ª Série/Ensino Fundamental

6ª Série/Ensino Fundamental 6ª Série/Ensino Fundamental ROTEIRO DE ESTUDO PARA AS PROVAS DE RECUPERAÇÃO /DEZEMBRO 2013 CIÊNCIAS NATURAIS: 16/12/13 SEGUNDA FEIRA répteis; mamíferos. REDAÇÃO: 16/12/13 SEGUNDA FEIRA Leitura e interpretação

Leia mais

Efeitos da Corrente Elétrica. Prof. Luciano Mentz

Efeitos da Corrente Elétrica. Prof. Luciano Mentz Efeitos da Corrente Elétrica Prof. Luciano Mentz 1. Efeito Magnético Corrente elétrica produz campo magnético. Esse efeito é facilmente verificado com uma bússola e será estudado no eletromagnetismo. 2.

Leia mais

LISTA 2. 4. y = e 2 x + y 1, y(0) = 1

LISTA 2. 4. y = e 2 x + y 1, y(0) = 1 MAT 01167 Equações Diferenciais LISTA Resolva: 1. x y y = x sen x. y + y tan x = x sen x cos x, y0) =. x + 1) dy dx x y = 1 4. y = e x + y 1, y0) = 1 5. x y + x + x + ) dy dx = 0 ) x 6. Resolva a equação

Leia mais

PORTUGUÊS BIOLOGIA FÍSICA QUÍMICA SEGUNDO SIMULADO - EM CONTEÚDOS PRIMEIRO ANO

PORTUGUÊS BIOLOGIA FÍSICA QUÍMICA SEGUNDO SIMULADO - EM CONTEÚDOS PRIMEIRO ANO SEGUNDO SIMULADO - EM CONTEÚDOS PORTUGUÊS PRIMEIRO ANO Programa da 1ª série: Interpretação de texto Linguagem figurada Trovadorismo Humanismo "Auto da barca do inferno" BIOLOGIA Características gerais

Leia mais

QIE0001 Química Inorgânica Experimental Prof. Fernando R. Xavier. Prática 09 Síntese do cloreto de pentaaminoclorocobalto(iii)

QIE0001 Química Inorgânica Experimental Prof. Fernando R. Xavier. Prática 09 Síntese do cloreto de pentaaminoclorocobalto(iii) UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DQMC QIE0001 Química Inorgânica Experimental Prof. Fernando R. Xavier Prática 09 Síntese do cloreto

Leia mais

SIMULADO DE SOCIOLOGIA

SIMULADO DE SOCIOLOGIA SIMULADO DE SOCIOLOGIA 1) O que é Sociologia? a) ( ) Ciência que estuda a relação do homem com a natureza. b) ( ) Ciência que estuda o meio ambiente. c) ( ) Ciência que estuda os grupos, sua organização

Leia mais

Plano de Estudo 3ª Etapa

Plano de Estudo 3ª Etapa Plano de Estudo 3ª Etapa NÍVEL DE ENSINO: ENSINO FUNDAMENTAL I ANO: 4º Querido (a) aluno(a), SAÚDE E PAZ! Esse plano de estudo tem como finalidade ajudá-lo (a) a se organizar melhor em seu hábito de estudo

Leia mais

www.soumaisenem.com.br

www.soumaisenem.com.br 1. (Enem 2011) Uma das modalidades presentes nas olimpíadas é o salto com vara. As etapas de um dos saltos de um atleta estão representadas na figura: Desprezando-se as forças dissipativas (resistência

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CURSO DE BIOLOGIA (EAD)

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CURSO DE BIOLOGIA (EAD) UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CURSO DE BIOLOGIA (EAD) TRABALHO DE BIOLOGIA GERAL RAQUEL ALVES DA SILVA CRUZ Rio de Janeiro, 15 de abril de 2008. TRABALHO DE BIOLOGIA GERAL TERMOELÉTRICAS

Leia mais

SIMULADO ABERTO ENEM 2015

SIMULADO ABERTO ENEM 2015 SIMULADO ABERTO ENEM 2015 1) A figura mostra a bela imagem de um gato ampliada pela água de um aquário esférico. Trata-se de uma imagem virtual direita e maior. A cerca do fenômeno óptico em questão, é

Leia mais

CAPÍTULO 10 ENERGIAS RENOVÁVEIS FONTES ALTERNATIVAS

CAPÍTULO 10 ENERGIAS RENOVÁVEIS FONTES ALTERNATIVAS CAPÍTULO 10 ENERGIAS RENOVÁVEIS FONTES ALTERNATIVAS. O Sol, o vento, os mares...fontes naturais de energia que não agridem o meio ambiente. Será viável utilizá-las? A Energia renovável é aquela que é obtida

Leia mais

CALENDÁRIO E CONTEÚDO PROVA FINAL E RECUPERAÇÃO 1º ANO 11.11.14 EMITIDO

CALENDÁRIO E CONTEÚDO PROVA FINAL E RECUPERAÇÃO 1º ANO 11.11.14 EMITIDO Colégio ÁGUIA CALENDÁRIO E CONTEÚDO PROVA FINAL E RECUPERAÇÃO 1º ANO 11.11.14 EMITIDO Acentuação gráfica Crase Ortografia Pronome Conjunção Funções da linguagem Gênero narrativo Texto argumentativo Texto

Leia mais

ANEXO 1 CONTEÚDOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2016 COLÉGIOS PROJEÇÃO

ANEXO 1 CONTEÚDOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2016 COLÉGIOS PROJEÇÃO ANEXO 1 S PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2016 COLÉGIOS PROJEÇÃO S PRÉVIOS DO 5º ANO PARA CANDIDATOS A BOLSA NO 6 ANO PORTUGUÊS Leitura e interpretação textual Artigo Substantivo (comum,

Leia mais

Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo

Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo A UA UL LA MÓDULO 7 Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo Nesta aula O café foi o principal produto de exportação durante a República Velha. Os cafeicultores detinham o controle da

Leia mais

HISTÓRIA DO LEGISLATIVO

HISTÓRIA DO LEGISLATIVO HISTÓRIA DO LEGISLATIVO Maurício Barbosa Paranaguá Seção de Projetos Especiais Goiânia - 2015 Origem do Poder Legislativo Assinatura da Magna Carta inglesa em 1215 Considerada a primeira Constituição dos

Leia mais

www.cursinhoemcasa.com Prof. Helena contato@cursinhoemcasa.com Fonte arquivo particular.

www.cursinhoemcasa.com Prof. Helena contato@cursinhoemcasa.com Fonte arquivo particular. Irradiação térmica È o processo de troca de calor que ocorre através da radiação eletromagnética, que não necessitam de um meio material para isso. Ondas eletromagnéticas é uma mistura de campo elétrico

Leia mais

NOME: Nº. ASSUNTO: Recuperação Final - 1a.lista de exercícios - Comentada VALOR: 13,0 NOTA:

NOME: Nº. ASSUNTO: Recuperação Final - 1a.lista de exercícios - Comentada VALOR: 13,0 NOTA: NOME: Nº 2 o ano do Ensino Médio TURMA: Data: 11/ 12/ 12 DISCIPLINA: Física PROF. : Petrônio L. de Freitas ASSUNTO: Recuperação Final - 1a.lista de exercícios - Comentada VALOR: 13,0 NOTA: INSTRUÇÕES (Leia

Leia mais

Pág. 1. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD CONCURSO VESTIBULAR 2009 2ª Fase PROVA DE QUÍMICA

Pág. 1. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD CONCURSO VESTIBULAR 2009 2ª Fase PROVA DE QUÍMICA Questão 1: As bebidas alcoólicas contêm etanol e podem ser obtidas pela destilação do álcool (ex. whiskey e vodka) ou pela fermentação de uma variedade de produtos como frutas e outros vegetais (ex. vinho

Leia mais

Assim nasce uma empresa.

Assim nasce uma empresa. Assim nasce uma empresa. Uma história para você que tem, ou pensa em, um dia, ter seu próprio negócio. 1 "Non nobis, Domine, non nobis, sed nomini Tuo da gloriam" (Sl 115,1) 2 Sem o ar Torna-te aquilo

Leia mais

Sequência de Aulas - Ciclos Biogeoquímicos

Sequência de Aulas - Ciclos Biogeoquímicos Sequência de Aulas - Ciclos Biogeoquímicos 1. Nível de Ensino: Ensino Médio 2. Conteúdo Estruturante: Biogeoquímica 2.1 Conteúdo Básico: Matéria, Composição dos elementos químicos. 2.2 Conteúdo Específico:

Leia mais