Linha Búzios - tabela para seleção de conjuntos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Linha Búzios - tabela para seleção de conjuntos"

Transcrição

1 8. universal, espelho e suporte STUB1000B2 STUB2000B2 STUB3000B4 STUB4000B4 1 STUB1000B2 STUB1000A2 STUB1000C2 STUB1000F2 STUB1000D2 STUB1000P2 STUB1000R2 STUB1000V2 2 STUB2000B2 STUB2000A2 STUB2000C2 STUB2000F2 STUB2000D2 STUB2000P2 STUB2000R2 STUB2000V2 3 STUB3000B4 4 STUB4000B4 1 STUC1000B2 STUC1000A2 STUC1000C2 STUC1000F2 STUC1000D2 STUC1000P2 STUC1000R2 STUC1000V2 2 STUC2000B2 STUC2000A2 STUC2000C2 STUC2000F2 STUC2000D2 STUC2000P2 STUC2000R2 STUC2000V2 3 STUC3000B4 4 STUC4000B Ampères, espelho e suporte STAB1000B2 STAB2000B2 STAB3000B4 STAB4000B4 1 STAB1000B2 STAB1000A2 STAB1000C2 STAB1000F2 STAB1000D2 STAB1000P2 STAB1000R2 STAB1000V2 2 STAB2000B2 STAB2000A2 STAB2000C2 STAB2000F2 STAB2000D2 STAB2000P2 STAB2000R2 STAB2000V2 3 STAB3000B4 4 STAB4000B4 1 STAC1000B2 STAC1000A2 STAC1000C2 STAC1000F2 STAC1000D2 STAC1000P2 STAC1000R2 STAC1000V2 2 STAC2000B2 STAC2000A2 STAC2000C2 STAC2000F2 STAC2000D2 STAC2000P2 STAC2000R2 STAC2000V2 3 STAC3000B4 4 STAC4000B4 6

2 Heading Espelhos com módulo cinza 10. para telefone, espelho e suporte (2 e 4 pinos) SF1B1000B2 SF1B2000B2 SF1B3000B2 SF1B4000B2 SF1B1000B4 SF1B2000B4 SF1B3000B4 SF1B4000B4 SF1B6000B4 SF1B8000B4 1 SF B1000B2 SF B1000A2 SF B1000C2 SF B1000F2 SF B1000D2 SF B1000P2 SF B1000R2 SF B1000V2 2 SF B2000B2 SF B2000A2 SF B2000C2 SF B2000F2 SF B2000D2 SF B2000P2 SF B2000R2 SF B2000V2 3 SF B3000B2 SF B3000A2 SF B3000C2 SF B3000F2 SF B3000D2 SF B3000P2 SF B3000R2 SF B3000V2 4 SF B4000B2 SF B4000A2 SF B4000C2 SF B4000F2 SF B4000D2 SF B4000P2 SF B4000R2 SF B4000V2 1 SF B1000B4 2 SF B2000B4 3 SF B3000B4 4 SF B4000B4 6 SF B6000B4 8 SF B8000B4 1 SF C1000B2 SF C1000A2 SF C1000C2 SF C1000F2 SF C1000D2 SF C1000P2 SF C1000R2 SF C1000V2 2 SF C2000B2 SF C1000A2 SF C2000C2 SF C2000F2 SF C2000D2 SF C2000P2 SF C2000R2 SF C2000V2 3 SF C3000B2 SF C1000A2 SF C3000C2 SF C3000F2 SF C3000D2 SF C3000P2 SF C3000R2 SF C3000V2 4 SF C4000B2 SF C1000A2 SF C4000C2 SF C4000F2 SF C4000D2 SF C4000P2 SF C4000R2 SF C4000V2 1 SF C1000B4 2 SF C2000B4 3 SF C3000B4 4 SF C4000B4 6 SF C6000B4 8 SF C8000B4 Nota: Para conectores com 2 pinos, substituir o símbolo por 1 no código. Para conectores com 4 pinos, substituir o símbolo por 2 no código. Exemplo, SF B8000B4 torna-se SF1B8000B4 para 2 pinos e SF2B8000B4 para 4 pinos. 7

3 11. coaxial, espelho e suporte STCB1000B2 STCB2000B2 STCB1000B4 STCB2000B4 1 STCB1000B2 STCB1000A2 STCB1000C2 STCB1000F2 STCB1000D2 STCB1000P2 STCB1000R2 STCB1000V2 2 STCB2000B2 STCB2000A2 STCB2000C2 STCB2000F2 STCB2000D2 STCB2000P2 STCB2000R2 STCB2000V2 1 STCB1000B4 2 STCB2000B4 1 STCC1000B2 STCC1000A2 STCC1000C2 STCC1000F2 STCC1000D2 STCC1000P2 STCC1000R2 STCC1000V2 2 STCC2000B2 STCC2000A2 STCC2000C2 STCC2000F2 STCC2000D2 STCC2000P2 STCC2000R2 STCC2000V2 1 STCC1000B4 2 STCC2000B4 12. para rede, espelho e suporte STRB1000B2 STRB2000B2 STRB1000B4 STRB2000B4 STRB3000B4 STRB4000B4 1 STRB1000B2 STRB1000A2 STRB1000C2 STRB1000F2 STRB1000D2 STRB1000P2 STRB1000R2 STRB1000V2 2 STRB2000B2 STRB2000A2 STRB2000C2 STRB2000F2 STRB2000D2 STRB2000P2 STRB2000R2 STRB2000V2 1 STRB1000B4 2 STRB2000B4 3 STRB3000B4 4 STRB4000B4 1 STRC1000B2 STRC1000A2 STRC1000C2 STRC1000F2 STRC1000D2 STRC1000P2 STRC1000R2 STRC1000V2 2 STRC2000B2 STRC2000A2 STRC2000C2 STRC2000F2 STRC2000D2 STRC2000P2 STRC2000R2 STRC2000V2 1 STRC1000B4 2 STRC2000B4 3 STRC3000B4 4 STRC4000B4 8

4 Heading Espelhos com módulo cinza 13. para telefone, tomada para rede, espelho e suporte ST1B1TR1B2 ST1B2TR1B2 ST1B2TR2B4 ST1B3TR3B4 ST1B4TR4B4 Telef. Rede 1 1 ST1B1TR1B2 ST1B1TR1A2 ST1B1TR1C2 ST1B1TR1F2 ST1B1TR1D2 ST1B1TR1P2 ST1B1TR1R2 ST1B1TR1V2 2 1 ST1B2TR1B2 ST1B2TR1A2 ST1B2TR1C2 ST1B2TR1F2 ST1B2TR1D2 ST1B2TR1P2 ST1B2TR1R2 ST1B2TR1V2 2 2 ST1B2TR2B4 ST1B2TR2A2 ST1B2TR2C2 ST1B2TR2F2 ST1B2TR2D2 ST1B2TR2P2 ST1B2TR2R2 ST1B2TR2V2 3 2 ST1B3TR3B4 4 2 ST1B4TR4B4 Telef. Rede 1 1 ST1C1TR1B2 ST1C1TR1A2 ST1C1TR1C2 ST1C1TR1F2 ST1C1TR1D2 ST1C1TR1P2 ST1C1TR1R2 ST1C1TR1V2 2 1 ST1C2TR1B2 ST1C2TR1A2 ST1C2TR1C2 ST1C2TR1F2 ST1C2TR1D2 ST1C2TR1P2 ST1C2TR1R2 ST1C2TR1V2 2 2 ST1C2TR2B4 ST1C2TR2A2 ST1C2TR2C2 ST1C2TR2F2 ST1C2TR2D2 ST1C2TR2P2 ST1C2TR2R2 ST1C2TR2V2 3 2 ST1C3TR3B4 4 2 ST1C4TR4B4 14. bipolar, espelho e suporte SI8B1000B2 SI8B2000B2 SI8B3000B4 SI8B4000B4 Branco 1 SI8B1000B2 SI8B1000A2 SI8B1000C2 SI8B1000F2 SI8B1000D2 SI8B1000P2 SI8B1000R2 SI8B1000V2 2 SI8B2000B2 SI8B2000A2 SI8B2000C2 SI8B2000F2 SI8B2000D2 SI8B2000P2 SI8B2000R2 SI8B2000V2 3 SI8B3000B4 4 SI8B4000B4 1 SI8C1000B2 SI8C1000A2 SI8C1000C2 SI8C1000F2 SI8C1000D2 SI8C1000P2 SI8C1000R2 SI8C1000V2 2 SI8C2000B2 SI8C2000A2 SI8C2000C2 SI8C2000F2 SI8C2000D2 SI8C2000P2 SI8C2000R2 SI8C2000V2 3 SI8C3000B4 4 SI8C4000B4 9

5 15. intermediário, espelho e suporte Branco SI3B1000B2 1 SI3B1000B2 SI3B1000A2 SI3B1000C2 SI3B1000F2 SI3B1000D2 SI3B1000P2 SI3B1000R2 SI3B1000V2 1 SI3C1000B2 SI3C1000A2 SI3C1000C2 SI3C1000F2 SI3C1000D2 SI3C1000P2 SI3C1000R2 SI3C1000V2 16. Campainha 127 V, espelho e suporte Campainha SC2B1000B2 1 SC2B1000B2 SC2B1000A2 SC2B1000C2 SC2B1000F2 SC2B1000D2 SC2B1000P2 SC2B1000R2 SC2B1000V2 Campainha 1 SC2C1000B2 SC2C1000A2 SC2C1000C2 SC2C1000F2 SC2C1000D2 SC2C1000P2 SC2C1000R2 SC2C1000V2 17. Campainha 12 V, transformador 220 V, espelho e suporte Camp. Trafo 10 SC2B1T21B2 1 1 SC2B1T21B2 SC2B1T21A2 SC2B1T21C2 SC2B1T21F2 SC2B1T21D2 SC2B1T21P2 SC2B1T21R2 SC2B1T21V2 Camp. Trafo 1 1 SC2C1T21B2 SC2C1T21A2 SC2C1T21C2 SC2C1T21F2 SC2C1T21D2 SC2C1T21P2 SC2C1T21R2 SC2C1T21V2

Pos. Designação Tipo Medida Material 1 RETENTORES CB 4 X 11 X 6 2 RETENTORES CB 4 X 11 X 6 VITON 3 RETENTORES CB 4 X 12 X 6 4 RETENTORES CB 4 X 12 X

Pos. Designação Tipo Medida Material 1 RETENTORES CB 4 X 11 X 6 2 RETENTORES CB 4 X 11 X 6 VITON 3 RETENTORES CB 4 X 12 X 6 4 RETENTORES CB 4 X 12 X 1 RETENTORES CB 4 X 11 X 6 2 RETENTORES CB 4 X 11 X 6 VITON 3 RETENTORES CB 4 X 12 X 6 4 RETENTORES CB 4 X 12 X 6 VITON 5 RETENTORES CB 4,5 0X 16 X 7 6 RETENTORES CB 4,8 X 22 X 7 7 RETENTORES CC 5 X 15

Leia mais

ALFA SOBREPOR Página 03. ELETRÔNICOS Página 03. EXTERNA Página 04. CAIXAS DE EMBUTIR Página 04. TELEFONIA Página 04. CANALETAS E ACESSÓRIOS Página 04

ALFA SOBREPOR Página 03. ELETRÔNICOS Página 03. EXTERNA Página 04. CAIXAS DE EMBUTIR Página 04. TELEFONIA Página 04. CANALETAS E ACESSÓRIOS Página 04 ALFA Páginas 01 02 ALFA SOBREPOR Página 03 ELETRÔNICOS Página 03 EXTERNA Página CAIXAS DE EMBUTIR Página TELEFONIA Página CANALETAS E ACESSÓRIOS Página NOVA LINHA UNA Páginas 05 06 QUALITY Páginas 07 08

Leia mais

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS 1. Objetivo: 1. Esta rotina permite importar para o banco de dados do ibisoft Empresa o cadastro de pessoas gerado por outro aplicativo. 2. O cadastro de pessoas pode

Leia mais

Tratamentos Tempo de Armazenamento T F secagem 0 mês 6 meses ( C) (m 3 /minuto/t) (hora) D 1 D 2 D 3 Médias D 1 D 2 D 3 Médias 42 26,9 0 10,4 10,8

Tratamentos Tempo de Armazenamento T F secagem 0 mês 6 meses ( C) (m 3 /minuto/t) (hora) D 1 D 2 D 3 Médias D 1 D 2 D 3 Médias 42 26,9 0 10,4 10,8 Tratamentos Tempo de Armazenamento T F secagem 0 mês 6 meses ( C) (m 3 /minuto/t) (hora) D 1 D 2 D 3 Médias D 1 D 2 D 3 Médias 42 26,9 0 10,4 10,8 10,9 10,7 12,8 11,6 12,0 12,1 4 11,1 10,6 10,9 10,9 13,1

Leia mais

ATUALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE PERFURAÇÃO. Rio de Janeiro Outubro 2012

ATUALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE PERFURAÇÃO. Rio de Janeiro Outubro 2012 ATUALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE PERFURAÇÃO Rio de Janeiro Outubro 2012 ATIVIDADES EM ANDAMENTO Poço Bloco Prospecto Sonda Distância da Costa Lâmina d água Status Net Pay CY TBMT-1D/2HP BM-C-39 Tubarão Martelo

Leia mais

Gramáticas Livres de Contexto

Gramáticas Livres de Contexto Gramáticas Livres de Contexto 25 de novembro de 2011 Definição 1 Uma Regra (ou produção) é um elemento do conjunto V (V Σ). Sendo que V é um conjunto finito de elementos chamados de variáveis e Σ um conjunto

Leia mais

9A5&*86365 A 2A 5&*86"649A5458"

9A5&*86365 A 2A 5&*86649A5458 12345675689ABCD6756533ADCE9A56D5EF9A56 5 EAD5EF9A56 86 A C938 6 56C C9AC 4A56 B 54A861C7A5B5 C E9861953A CA9867C6 C3 2A3536 3A453!"6#2C3E$C36BC95A3638 9C65 EA6D5EF9A5 %"6 8 7A&$C367C6'5()598 6C656 A8 5&*867C6

Leia mais

GUIA DE APLICAÇÃO DAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE INTEROPERABILIDADE (ETI) ANEXO 2 AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE E VERIFICAÇÃO «CE»

GUIA DE APLICAÇÃO DAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE INTEROPERABILIDADE (ETI) ANEXO 2 AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE E VERIFICAÇÃO «CE» Agência Ferroviária Europeia Guia de aplicação das ETI Agência Ferroviária Europeia GUIA DE APLICAÇÃO DAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE INTEROPERABILIDADE (ETI) ANEXO 2 AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE E VERIFICAÇÃO

Leia mais

TEOREMA DE CEVA E MENELAUS. Teorema 1 (Teorema de Ceva). Sejam AD, BE e CF três cevianas do triângulo ABC, conforme a figura abaixo.

TEOREMA DE CEVA E MENELAUS. Teorema 1 (Teorema de Ceva). Sejam AD, BE e CF três cevianas do triângulo ABC, conforme a figura abaixo. TEOREMA DE CEVA E MENELAUS Definição 1. A ceviana de um triângulo é qualquer segmento de reta que une um dos vértices do triângulo a um ponto pertencente à reta suporte do lado oposto a este vértice. Teorema

Leia mais

MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION

MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 18/09/2013 MONTADORAS: SISTEMAS REUNALT: PINAGEM DA ECU: FENIX 5...04-05 PINAGEM DA ECU: IAW 5NR...06-07 PINAGEM DA ECU: IAW 8R...08-09 PINAGEM DA ECU: SAGEM 3000

Leia mais

CONJUNTOS COM PLACA E SUPORTE

CONJUNTOS COM PLACA E SUPORTE SISTEMA MODULAR Praticidade na montagem CONJUNTOS COM PLACA E SUPORTE CÓD. DESCRIÇÃO UNID. EMB. CÓD. DESCRIÇÃO UNID. EMB. 1512 Pulsador para Campainha A-2V 11 Tomada Universal 2P Retangular 1513 Pulsador

Leia mais

Esta edição do Diário Oficial contém:

Esta edição do Diário Oficial contém: PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAMARI - BA - ANO 02 - Nº 100 Quinta-Feira, 05 de Setembro de 2013 Esta edição do Diário Oficial contém: EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO 001/2013. CERTIFICADO EMITIDO POR AC CERTISIGN

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro INSTITUTO DE MATEMÁTICA Departamento de Métodos Matemáticos

Universidade Federal do Rio de Janeiro INSTITUTO DE MATEMÁTICA Departamento de Métodos Matemáticos Universidade Federal do Rio de Janeiro INSTITUTO DE MATEMÁTICA Departamento de Métodos Matemáticos Gabarito da a Prova de Geometria I - Matemática - Monica 9/05/015 1 a Questão: (4,5 pontos) (solução na

Leia mais

Probabilidade - aula I

Probabilidade - aula I e 27 de Fevereiro de 2015 e e Experimentos Aleatórios e Objetivos Ao final deste capítulo você deve ser capaz de: Entender e descrever espaços amostrais e eventos para experimentos aleatórios. Interpretar

Leia mais

MATEMÁTICA MÓDULO 12 COORDENADAS NO PLANO E DISTÂNCIA ENTRE PONTOS INTRODUÇÃO 1. O PONTO NO PLANO 1.1. COORDENADAS CARTESIANAS

MATEMÁTICA MÓDULO 12 COORDENADAS NO PLANO E DISTÂNCIA ENTRE PONTOS INTRODUÇÃO 1. O PONTO NO PLANO 1.1. COORDENADAS CARTESIANAS PROF. HAROLDO FILHO COORDENADAS NO PLANO E DISTÂNCIA ENTRE PONTOS INTRODUÇÃO Algumas as utiliaes são: atribuir um significao geométrico a fatos e natureza numérica, como o comportamento e uma função real

Leia mais

REGISTRO DE PREÇOS DE PEÇAS DE EQUIPAMENTOS HOSPITALARES FAX: (31) 3474-3654 EMAIL: MARCA/ FABRICANTE

REGISTRO DE PREÇOS DE PEÇAS DE EQUIPAMENTOS HOSPITALARES FAX: (31) 3474-3654 EMAIL: MARCA/ FABRICANTE REGISTRO DE S DE PEÇAS DE EQUIPAMENTOS HOSPITALARES ATA Nº 01 : CIRÚRGICA ALBINOS LTDA. 112358 RUA ENÉAS, 640 - BAIRRO NOSSA SENHORA DA GLÓRIA / CEP: 30880-010 - BELO HORIZONTE,MG CNPJ: 05.270.796/0001-16

Leia mais

Aula 4 Ângulos em uma Circunferência

Aula 4 Ângulos em uma Circunferência MODULO 1 - AULA 4 Aula 4 Ângulos em uma Circunferência Circunferência Definição: Circunferência é o conjunto de todos os pontos de um plano cuja distância a um ponto fixo desse plano é uma constante positiva.

Leia mais

Lista de Exercícios de Geometria

Lista de Exercícios de Geometria Núcleo Básico de Engenharias Geometria - Geometria Analítica Professor Julierme Oliveira Lista de Exercícios de Geometria Primeira Parte: VETORES 1. Sejam os pontos A(0,0), B(1,0), C(0,1), D(-,3), E(4,-5)

Leia mais

SEGURO FATURAMENTO AGRÍCOLA. Condições Gerais

SEGURO FATURAMENTO AGRÍCOLA. Condições Gerais SEGURO FATURAMENTO AGRÍCOLA Condições Gerais VERSÃO 1.3 CNPJ 28.196.889/0001-43 Processo SUSEP nº 15414.001668/2011-41 Condições Gerais Seguro Faturamento Agrícola versão 1.3 / Processo SUSEP nº 15414.001668/2011-41

Leia mais

CUSTO ADICIONAL DA DEFICIÊNCIA

CUSTO ADICIONAL DA DEFICIÊNCIA CUSTO ADICIONAL DA DEFICIÊNCIA Seminário Internacional Cidades e Inclusão Social -Moradias Independentes para PcD Rio de Janeiro 13 de novembro de 2014 Equipe: Coordenador Prof. Antonio Carlos Coelho Campino

Leia mais

2012 BRAMOLDE, LDA - todos os direitos reservados

2012 BRAMOLDE, LDA - todos os direitos reservados 2012 BRAMOLDE, LDA - todos os direitos reservados REF. CB REF. CB REF. CB REF. CB REF. CN REF. CB REF. CB REF. CB REF. CF REF. CB REF. CP REF. CB RÉGUA

Leia mais

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry.

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry. SIRIUS SENTRON SIVACON Catálogo LV 90 2009 Baixa Tensão Corte, protecção e comando Answers for industry. Interruptores de corte em carga, sistemas de barramentos SENTRON 8US Introdução Tipo 3NP 1 3K 3NJ4

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 Contatores de otência 3RT10, 3TF6 Motores trifásicos Contator 1) otências s AC-2 / AC-3, 60 z em 220 V 380 V 440 V AC-1 (Dimensões em mm) (cv / kw) (cv / kw) (cv / kw)

Leia mais

CONECTORES DE REDES. CONECTOR RJ45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. 5e. CONECTOR RJ45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT.

CONECTORES DE REDES. CONECTOR RJ45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. 5e. CONECTOR RJ45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. Para paneles y cajas exteriores. C50200 Hembra (8P/8C) Especial para caixas exteriores e paineis. C50200 CONECTOR RJ45 CAT. 5e Con refuerzo metàlico en la entrada del conector. Para paneles. C50201 Hembra

Leia mais

Lista 4.5 Derivada da Função Composta

Lista 4.5 Derivada da Função Composta Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa Apontamentos Cálculo II. Função composta de duas unções e g, com o contradomínio de g contido ou igual ao domínio de (og): Função que resulta da utilização

Leia mais

Rua do Bojador, Parque das Nações 1998-010 Lisboa Portugal Tel: (+351) 21 892 1500 e-mail: artesanato@aip.pt. Local Distrito País 05.BAL 05.

Rua do Bojador, Parque das Nações 1998-010 Lisboa Portugal Tel: (+351) 21 892 1500 e-mail: artesanato@aip.pt. Local Distrito País 05.BAL 05. - Requisições durante a montagem e realização tem um agravamento de 30%. - A desistência de serviços solicitados só poderá ser feita até ao 4º dia antes do período de montagem - a partir desta data não

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Regional Catalão - IMTec

Universidade Federal de Goiás Regional Catalão - IMTec Universidade Federal de Goiás Regional Catalão - IMTec Disciplina: Álgebra I Professor: André Luiz Galdino Gabarito da 1 a Lista de Exercícios 11/03/2015 1. Prove que G é um grupo com a operação de multiplicação

Leia mais

INDÚSTRIA DE PEÇAS PARA CAMINHÕES. 1ª Edição

INDÚSTRIA DE PEÇAS PARA CAMINHÕES. 1ª Edição INDÚSTRIA DE PEÇAS PARA CAMINHÕES 1ª Edição 2015 Prezado Cliente É com imensa satisfação que apresentamos o perfil das empresas GAUER. Fundada em 1993, na cidade de Caxias do Sul, RS, a GAUER é uma indústria

Leia mais

ALPHA FIX Conectores catalogo conectores ALPHA FIX.in1 1 catalogo conectores ALPHA FIX.in1 1 4/19/07 5:11:56 PM 4/19/07 5:11:56 PM

ALPHA FIX Conectores catalogo conectores ALPHA FIX.in1 1 catalogo conectores ALPHA FIX.in1 1 4/19/07 5:11:56 PM 4/19/07 5:11:56 PM ALPHA FIX Conectores FAMÍLIA ALPHA FIX A família de conectores ALPHA FIX permite uma perfeita conexão para cada aplicação, proporcionando flexibilidade, facilidade e rapidez nas montagens. Os conectores

Leia mais

Exercícios Resolvidos sobre: II A Representação da Economia e a Contabilidade Nacional

Exercícios Resolvidos sobre: II A Representação da Economia e a Contabilidade Nacional Exercícios Resolvidos sobre: II A Representação da Economia e a Contabilidade Nacional Contabilidade Nacional Questão 6 O nosso objectivo é conhecer o valor da produção da economia ou PIB. Se as empresas

Leia mais

Características Pretendidas (ver código de cores no desenho nº 1) Circulação na estrada. segregados. Percurso misto de peões e bicicletas em passeio

Características Pretendidas (ver código de cores no desenho nº 1) Circulação na estrada. segregados. Percurso misto de peões e bicicletas em passeio eslocação () Lazer (L) A1 887 BB A2 174 BB Via de ligação ao concelho do Barreiro, com dimensões generosas, junto ao Parque da Zona Ribeirinha. Pavimento em betuminoso, estacionamento e passeios. Tráfego

Leia mais

MAE116 - Noções de Estatística Grupo A - 1 semestre de 2015

MAE116 - Noções de Estatística Grupo A - 1 semestre de 2015 MAE116 - Noções de Estatística Grupo A - 1 semestre de 2015 Gabarito Lista 4 - Probabilidade - CASA Exercício 1. (2 pontos) Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e apresente

Leia mais

Alternativas para o manejo adequado de percevejos

Alternativas para o manejo adequado de percevejos Alternativas para o manejo adequado de percevejos MSc. José Fernando Jurca Grigolli Pesquisador Fitossanidade Fundação MS 1 O MONITORAMENTO E A IDENTIFICAÇÃO DAS PRAGAS INFLUENCIA DIRETAMENTE A EFICIÊNCIA

Leia mais

NCE/12/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/12/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de presentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão

Leia mais

APARELHAGEM DE EMBEBER

APARELHAGEM DE EMBEBER Interruptor Unipolar CLASSIC MF - Marfim A Série Sirius 70 é marcada pelo design simples. A combinação improvável das cores neutras das teclas com as texturas dos espelhos faz com que a Série Sirius 70

Leia mais

Breve revisão de Análise Combinatória

Breve revisão de Análise Combinatória 1. Princípio fundamental da contagem Breve revisão de Análise Combinatória Considere que certo procedimento pode ocorrer de duas maneiras diferentes, quais sejam: A 1ª maneira, ocorrendo de a modos distintos;

Leia mais

Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS. Answers for Industry.

Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS. Answers for Industry. Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS Answers for Industry. s 3RT10 Acessórios Descrição Execução S00 c b d a a Contatores 3RT10 15 / 3RT10 16 / 3RT10 17 b Bloco de contato auxiliar ( entrada de condutores

Leia mais

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo-operadas tipo EV220B 6-22

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo-operadas tipo EV220B 6-22 Ficha técnica Válvulas solenoides de 2/2 vias servo-operadas tipo EV220B 6-22 EV220B 6-22 é uma linha de válvulas solenoides de 2/2 vias servo-operadas com conexões de 1/4 a 1. Esta linha é especialmente

Leia mais

ANEXO B APÊNDICE 1 PLANO MAR-PORTUGAL: OS PROGRAMAS DE AÇÃO. Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 B-1-1

ANEXO B APÊNDICE 1 PLANO MAR-PORTUGAL: OS PROGRAMAS DE AÇÃO. Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 B-1-1 ANEXO B APÊNDICE 1 PLANO MAR-PORTUGAL: OS PROGRAMAS DE AÇÃO Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 B-1-1 Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 B-1-2 Índice APÊNDICE 1 - PLANO MAR-PORTUGAL: OS PROGRAMAS

Leia mais

Esta edição do Diário Oficial contém:

Esta edição do Diário Oficial contém: PREFEITURA MUNICIPAL DE MARUIM - SE - ANO 01 - Nº 014 Segunda-Feira, 27 de Maio de 2013, Esta edição do Diário Oficial contém: PORTARIA Nº 003/2013; PORTARIA Nº 004/2013; PORTARIA Nº 031/2013; PORTARIA

Leia mais

Modelos não recorrentes RNA Feed-Forward: MLP - Backpropagation, RProp,CasCor (HiperPlanos) RBF Radial Basis Function (Clusters)

Modelos não recorrentes RNA Feed-Forward: MLP - Backpropagation, RProp,CasCor (HiperPlanos) RBF Radial Basis Function (Clusters) Modelos não recorrentes RNA Feed-Forward: MLP - Backpropagation, RProp,CasCor (HiperPlanos) RBF Radial Basis Function (Clusters) 2. Outros modelos Mapas de Kohonen SOM, SOFM (Self-Organizing Feature Maps)

Leia mais

PERSPECTIVA LINEAR DEFINIÇÕES E TEOREMAS

PERSPECTIVA LINEAR DEFINIÇÕES E TEOREMAS Figura 64. Tapeçaria da sala de actos do Governo Civil de Bragança (800 cm x 800 cm). Luís Canotilho 2000. A geometria é também aplicada ao simbolismo humano. No presente caso as formas geométricas identificam

Leia mais

B B C F B AC C A C C C F B B B B B B A C B C BF B B A B C B AB C B B AC B CAC C B B B B

B B C F B AC C A C C C F B B B B B B A C B C BF B B A B C B AB C B B AC B CAC C B B B B AB ACDC B CE F B C ACFC ADB C F B AC BA B A CE F C F B AC B BA B B C F B AC C A C C C F B B B B B B A C B C BF B B A B C B AB C B B AC B CAC C B B B B ABC DEF C CE C CE AC C A C C C F B B B B B B A C B

Leia mais

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação!" !" $%& '( ) %) * +, - +./0/1/+10,++$.(2

Leia mais

TOTAL: 215 créditos ou 3225 horas Conteúdos biológicos: 107+24+28+14= 173 créditos ou 2595 horas.

TOTAL: 215 créditos ou 3225 horas Conteúdos biológicos: 107+24+28+14= 173 créditos ou 2595 horas. Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas- Período Integral NÚCLEO BÁSICO BA281 Anatomia Humana Geral 04 BB281 Bioquímica de Proteínas 04 BB381 Metabolismo 04 BC182 Biologia Celular I 04 BC282 Biologia

Leia mais

Esta edição do Diário Oficial contém:

Esta edição do Diário Oficial contém: PREFEITURA MUNICIPAL DE MARUIM - SE - ANO 01 - Nº 029 Quarta-Feira, 30 de Outubro de 2013 Esta edição do Diário Oficial contém: ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 002/2013; ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 003/2013;

Leia mais

mhtml:file://c:\documents and Settings\cbeirao\Ambiente de trabalho\nova pasta\oprim...

mhtml:file://c:\documents and Settings\cbeirao\Ambiente de trabalho\nova pasta\oprim... Page 1 of 21 9:! " #$"%&'&"$( &)$) '$)& '&)&*&"("" ' $(($)+"&)) "$)$* $*,( )*-)' "&'./.-&)) $ ")#$0$' 1 2$$$".,&)$)'"3 #)) &"$' )$*, )+"/&)!*&45-'"3&.' " $*/'&$ 5&("&" './ ")&)&)'$' )+" ;

Leia mais

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 Catálogo técnico Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 EV220B 15 50 é um programa universal de válvula solenoide de 2/2 vias indiretamente servo-operada. O corpo da válvula em

Leia mais

quealteraoregulamento(ce)n.º423/2007 queimpõemedidasrestritivascontraoirão

quealteraoregulamento(ce)n.º423/2007 queimpõemedidasrestritivascontraoirão ConseilUE PUBLIC REGULAMETO(CE).º /2008DOCOSELHO de quealteraoregulamento(ce)n.º423/2007 queimpõemedidasrestritivascontraoirão OCONSELHODAUNIÃOEUROPEIA, TendoemcontaoTratadoqueinstituiaComunidadeEuropeia,nomeadamenteosartigos60.º

Leia mais

EDITAL DE AUDIÊNCIA PÚBLICA SNC Nº 03/2013 REVISÃO DE PRONUNCIAMENTOS TÉCNICOS CPC. Prazo: 19 de fevereiro de 2014

EDITAL DE AUDIÊNCIA PÚBLICA SNC Nº 03/2013 REVISÃO DE PRONUNCIAMENTOS TÉCNICOS CPC. Prazo: 19 de fevereiro de 2014 REVISÃO DE PRONUNCIAMENTOS TÉCNICOS CPC Prazo: 19 de fevereiro de 2014 A Comissão de Valores Mobiliários CVM, em conjunto com o Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), submete à Audiência Pública, nos

Leia mais

SOLUÇÕES ELÉCTRICAS CATÁLOGO GERAL 2011/2012. catálogo 1/2011. EFAPEL - Empresa Fabril de Produtos Eléctricos, S.A. PORTUGAL

SOLUÇÕES ELÉCTRICAS CATÁLOGO GERAL 2011/2012. catálogo 1/2011. EFAPEL - Empresa Fabril de Produtos Eléctricos, S.A. PORTUGAL SOLUÇÕES ELÉCTRICAS CATÁLOGO GERAL 011/01 catálogo 1/011 EFAPEL - Empresa Fabril de Produtos Eléctricos, S.A. PORTUGAL Mecanismos de Embeber Série MEC 1 Pág. 4 Série LOGUS 90 6 Aparelhagem de Embeber

Leia mais

Sinais de Proibição. Os sinais de proibição transmitem aos utentes a interdição de determinados comportamentos.

Sinais de Proibição. Os sinais de proibição transmitem aos utentes a interdição de determinados comportamentos. Sinais de Proibição Os sinais de proibição transmitem aos utentes a interdição de determinados comportamentos. Os sinais de proibição devem ser colocados na proximidade imediata do local onde a proibição

Leia mais

MÓDULO 25. Geometria Plana I. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias MATEMÁTICA

MÓDULO 25. Geometria Plana I. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias MATEMÁTICA Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias MATEMÁTICA MÓDULO 5 Geometria Plana I. Mostre que o ângulo inscrito em uma circunferência é a metade do ângulo central correspondente. 1. (MAM-Mathematical

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 2013 Design e Sofisticação com Personalidade Esquemas de Ligação Interruptor Simples - 16A/250V~ Interruptor Simples: 2 Bornes para conexão elétrica. Permite comandar uma ou mais lâmpadas

Leia mais

Aula 12 Áreas de Superfícies Planas

Aula 12 Áreas de Superfícies Planas MODULO 1 - AULA 1 Aula 1 Áreas de Superfícies Planas Superfície de um polígono é a reunião do polígono com o seu interior. A figura mostra uma superfície retangular. Área de uma superfície é um número

Leia mais

Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e dê o número de seus elementos.

Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e dê o número de seus elementos. 1 Exercício 1 Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e dê o número de seus elementos. (a) Numa linha de produção conta-se o número de peças defeituosas num intervalo de uma hora.

Leia mais

PEÇAS E ACESSÓRIOS PARA ELETRODUTOS

PEÇAS E ACESSÓRIOS PARA ELETRODUTOS Poliwetzel XPW Poliwetzel LPW CAIXA DE DERIVAÇÃO POLIWETZEL A linha Poliwetzel é fabricada em liga de alumínio silício de alta resistência mecânica. Parafusos em aço zincados eletroliticamente e bicromatizados.

Leia mais

Jogo de Empresa: Gestão de Malha Aérea e busca de Rentabilidade

Jogo de Empresa: Gestão de Malha Aérea e busca de Rentabilidade UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES Professor : Volney Aparecido de Gouveia Jogo de Empresa: Gestão de Malha Aérea e busca de Rentabilidade Introdução A atividade desenvolvida

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA Perfil 0406 2015.1 1º PERÍODO (Turma BA) Seminários de Leitura Hélio. Introdução à Filosofia SALA 03

HORÁRIO DE AULAS DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA Perfil 0406 2015.1 1º PERÍODO (Turma BA) Seminários de Leitura Hélio. Introdução à Filosofia SALA 03 2015.1 1º PERÍODO (Turma BA) 16-18 Fundamentos de Organização da Anna Elizabeth Biblioteconomia e Pensamento Científico Diego Introdução à Filosofia Seminários de Leitura Hélio Fundamentos de Biblioteconomia

Leia mais

MATEMÁTICA GEOMETRIA ANALÍTICA I PROF. Diomedes. E2) Sabendo que a distância entre os pontos A e B é igual a 6, calcule a abscissa m do ponto B.

MATEMÁTICA GEOMETRIA ANALÍTICA I PROF. Diomedes. E2) Sabendo que a distância entre os pontos A e B é igual a 6, calcule a abscissa m do ponto B. I- CONCEITOS INICIAIS - Distância entre dois pontos na reta E) Sabendo que a distância entre os pontos A e B é igual a 6, calcule a abscissa m do ponto B. d(a,b) = b a E: Dados os pontos A e B de coordenadas

Leia mais

Componentes para instalações elétricas industriais, comerciais e prediais

Componentes para instalações elétricas industriais, comerciais e prediais Componentes para instalações elétricas industriais, comerciais e prediais Índice Aparelhos SENTRON PAC... Botões de comando e sinalização SB / SIRIUS ACT... Capacitores para correção do fator de potência

Leia mais

! $&% '% "' ' '# ' %, #! - ' # ' ' * '. % % ' , '%'# /%, 0! .!1! 2 / " ') # ' + 7*' # +!!! ''+,!'#.8.!&&%, 1 92 '. # ' '!4'',!

! $&% '% ' ' '# ' %, #! - ' # ' ' * '. % % ' , '%'# /%, 0! .!1! 2 /  ') # ' + 7*' # +!!! ''+,!'#.8.!&&%, 1 92 '. # ' '!4'',! "#$%% $&% '% "' ' '# '"''%(&%') '*'+&%'# ),'#+# ' %, # - ' # ' "%'''' ' * '. % % ', '%'# ''''') /%, 0.1 2 / " ') 33*&,% *"'",% '4'5&%64'' # ' + 7*' # + "*''''' 12''&% '''&")#'35 ''+,'#.8.&&%, 1 92 '. #

Leia mais

!" # $!%& %'()*#+,-.'-)/ 1'2(/ v 3 4#'#3 56# v 728)/9:);:;)/#('# /9# v?'>*):;,/#&*8:@/)' 0 Pedro Oliveira A B @@@D8: C 3 4 #3;2(/FG*#>/)/#/# -H2

Leia mais

CONTROLE AVES DE VENDA EXPOSIÇÃO 2014 ORLANDO NASCIMENTO- 21 98825-5609/96739-8619

CONTROLE AVES DE VENDA EXPOSIÇÃO 2014 ORLANDO NASCIMENTO- 21 98825-5609/96739-8619 CONTROLE AVES DE VENDA EXPOSIÇÃO 2014 CRIADOR TELEFONE GAIOLA ANEL SEXO NOMENCLATURA VALOR OBS ORLANDO NASCIMENTO- 21 98825-5609/96739-8619 1 IB-105-40-13 FM CN OP AM MF IN 100,00 BANCO: 2 BB-3992-44-11

Leia mais

CAPÍTULO 06 INTERSEÇÕES

CAPÍTULO 06 INTERSEÇÕES CAPÍTULO 06 INTERSEÇÕES CONCEITO A conexão entre vias diversas toma a forma de Interseção. A) Interseção em níveis diferentes B) Interseção em mesmo nível B.1) Interseção Direta B.2) Rotatória TIPOS DE

Leia mais

(segmentos direcionados, ou seja, a razão será negativa se tiverem sentidos opostos).

(segmentos direcionados, ou seja, a razão será negativa se tiverem sentidos opostos). Semana Olímpica 014 Nivel 3: Coordenadas Baricêntricas. Régis Prado Barbosa Coordenadas Baricêntricas são um jeito diferente de fazer contas em problemas de geometria, mais exatamente de usa vetores. Essa

Leia mais

Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e dê o número de seus elementos.

Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e dê o número de seus elementos. 1 Exercício 1 Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e dê o número de seus elementos. (a) Numa linha de produção conta-se o número de peças defeituosas num intervalo de uma hora.

Leia mais

ENG1200 Mecânica Geral Lista de Exercícios 1 Equilíbrio da Partícula

ENG1200 Mecânica Geral Lista de Exercícios 1 Equilíbrio da Partícula ENG1200 Mecânica Geral 2013.2 Lista de Exercícios 1 Equilíbrio da Partícula Questão 1 - Prova P1 2013.1 Determine o máximo valor da força P que pode ser aplicada na estrutura abaixo, sabendo que no tripé

Leia mais

Aula 09 Análise Estrutural - Treliça Capítulo 6 R. C. Hibbeler 10ª Edição Editora Pearson - http://www.pearson.com.br/

Aula 09 Análise Estrutural - Treliça Capítulo 6 R. C. Hibbeler 10ª Edição Editora Pearson - http://www.pearson.com.br/ Aula 09 Análise Estrutural - Treliça Capítulo 6 R. C. Hibbeler 10ª Edição Editora Pearson - http://www.pearson.com.br/ Estrutura Sistema qualquer de elementos ligados, construído para suportar ou transferir

Leia mais

Luckas Andre Farias. Criptografia em hardware usando VHDL aplicado a VOIP

Luckas Andre Farias. Criptografia em hardware usando VHDL aplicado a VOIP Luckas Andre Farias Criptografia em hardware usando VHDL aplicado a VOIP Londrina 2012 Luckas Andre Farias Criptografia em hardware usando VHDL aplicado a VOIP Trabalho de Conclusão de curso apresentado

Leia mais

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry.

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry. SIRIUS SENTRON SIVACON Catálogo LV 90 2009 Baixa Tensão Corte, protecção e comando Answers for industry. Interruptores de corte em carga, sistemas de barramentos SENTRON 8US Introdução Tipo 3NP 1 3K 3NJ4

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL LEONEL DE MOURA BRIZOLA

ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL LEONEL DE MOURA BRIZOLA ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL LEONEL DE MOURA BRIZOLA Trabalho Prático Orientado Recuperação Final DISCIPLINA: INFORMÁTICA BÁSICA PROFESSOR(A): NEYLOR Orientações: Por precaução, aconselho que

Leia mais

Capítulo 9. signum. Dispositivos de comando e sinalização

Capítulo 9. signum. Dispositivos de comando e sinalização Capítulo 9 signum Dispositivos de comando e sinalização SIGUARD Safety Integrated Técnica de segurança Sinalizador 8WD Com lâmpada incandescente e LED Diâmetro Ømm Pág. Tabela de escolha 9/ Acessórios

Leia mais

HEP-5800 BIOESTATÍSTICA

HEP-5800 BIOESTATÍSTICA HEP-5800 BIOESTATÍSTICA UNIDADE III INFERÊNCIA ESTATÍSTICA : AMOSTRAGEM PROBABILÍSTICA, DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL, INTERVALOS DE CONFIANÇA. Nilza Nunes da Silva Regina T. I. Bernal 2 1. AMOSTRAGEM PROBABILISTICA

Leia mais

Vestibular ª Fase RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO

Vestibular ª Fase RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO Vestibular 2009 1ª Fase RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO Instruções Gerais: No dia de hoje (09/11), você deverá responder às questões de Geografia, História, Artes Visuais e Literatura e de Raciocínio Lógico-Matemático.

Leia mais

NCE/10/00121 Parecer do RIES sobre intenção de decisão - Novo ciclo de estudos

NCE/10/00121 Parecer do RIES sobre intenção de decisão - Novo ciclo de estudos NCE/10/00121 Parecer do RIES sobre intenção de decisão - Novo ciclo de estudos NCE/10/00121 Parecer do RIES sobre intenção de decisão - Novo ciclo de estudos Parecer da Instituição de Ensino Superior à

Leia mais

Tabela de Vinculação de pagamento Manteve o mesmo nome DDM SIAFI-TABELA-VINCULA-PAGAMENTO

Tabela de Vinculação de pagamento Manteve o mesmo nome DDM SIAFI-TABELA-VINCULA-PAGAMENTO Segue abaixo dados das DDMs que mudaram para o PCASP, tanto as que mudaram de nome como as que mantiveram o mesmo nome. Para estas, os campos que serão excluídos (em 2015) estão em vermelho e os campos

Leia mais

INTERPRETAÇÃO TOMOGRÁFICA DE DENTES RETIDOS EM ORTODONTIA DEGUSTAÇÃO

INTERPRETAÇÃO TOMOGRÁFICA DE DENTES RETIDOS EM ORTODONTIA DEGUSTAÇÃO INTERPRETAÇÃO TOMOGRÁFICA DE DENTES RETIDOS EM ORTODONTIA Marília Sayako Yatabe Daniela Gamba Garib Gabriel Salles Barbério Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado Thais Marchini de Oliveira Guilherme

Leia mais

ANTENAS ALCAD / TELEVÉS

ANTENAS ALCAD / TELEVÉS ANTENAS ALCAD / TELEVÉS ANTENAS UHF ALCAD SÉRIE CINZA REFLECTOR PEQUENO 200.BU-269 200.BU-453 200.BU-454 200.BU-569 200.BU-547 200.BU-539 200.BU-455 ALCAD 200.BU-229 200.BU-238 200.BU-469 ANTENA UHF 21/69

Leia mais

MATEMÁTICA II LISTA DE GEOMETRIA PLANA - III

MATEMÁTICA II LISTA DE GEOMETRIA PLANA - III MATEMÁTICA II LISTA DE GEOMETRIA PLANA - III 0 Dois círculos de centros A e B são tangentes exteriormente e tangenciam interiormente um círculo de centro C. Se AB = cm, AC = 7 cm e BC = 3 cm, então o raio

Leia mais

Åaxwell Mariano de Barros

Åaxwell Mariano de Barros Ô ÖØ Ñ ÒØÓ Å Ø Ñ Ø ÍÒ Ú Ö Ö Ð Ó Å Ö Ò Ó ÒØÖÓ Ò Ü Ø Ì ÒÓÐÓ ÆÓØ ÙÐ ¹ ¼½ ÐÙÐÓ Î ØÓÖ Ð ÓÑ ØÖ Ò Ð Ø Åaxwell Mariano de Barros ËÓ ÄÙ ¹ ÅA ¾¼½½ ËÙÑ Ö Ó 1 Vetores no Espaço 2 1.1 Reta Orientada....................................

Leia mais

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

Leia mais

NCE/10/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/10/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA Perfil 0406 2014.1 1º PERÍODO (Turma BA)

HORÁRIO DE AULAS DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA Perfil 0406 2014.1 1º PERÍODO (Turma BA) HORÁRIO DE AULAS DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA Perfil 0406 2014.1 1º PERÍODO (Turma BA) 14-16 16-18 Biblioteconomia e Pensamento Científico História dos Registros do Conhecimento Fundamentos de Organização

Leia mais

EXPERIÊNCIA 2: CIRCUITOS DE POLARIZAÇÃO DE JFET s.

EXPERIÊNCIA 2: CIRCUITOS DE POLARIZAÇÃO DE JFET s. EXPERIÊNCIA : CIRCUITOS DE POLARIZAÇÃO DE JFET s. PROCEDIMENTO: Polarização da porta:. Com o módulo e a fonte variável desligadas, instalar a placa CEB-0 no Slot E ou F do Módulo Universal 000. + V (Var)

Leia mais

Com Proteção Anti-choque

Com Proteção Anti-choque Simon Materiais Elétricos e Eletrônicos Ltda. Rua Jacuí, 64 - Jd. São Judas Tadeu 09930-280 Diadema - SP Tel.: 55 11 3437-80 F A X 55 11 3437-81 vendas@simonbrasil.com.br S A C - 0800 727 87 www.simonbrasil.com.br

Leia mais

MAT-230 Diurno 1ª Folha de Exercícios

MAT-230 Diurno 1ª Folha de Exercícios MAT-230 Diurno 1ª Folha de Exercícios Prof. Paulo F. Leite agosto de 2009 1 Problemas de Geometria 1. Num triângulo isósceles a mediana, a bissetriz e a altura relativas à base coincidem. 2. Sejam A e

Leia mais

COMBINAÇÕES. Rosa Canelas

COMBINAÇÕES. Rosa Canelas COMBINAÇÕES Rosa Canelas Numa caixa de lápis de cor há seis lápis: Azul, Branco, Castanho, Preto, Rosa e Verde. Use as iniciais dos nomes das cores para representar todos os subconjuntos de dois lápis

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 Motores trifásicos Contator 1) Potências máximas Corrente Corrente AC2 / AC3, 60 Hz em nominal nominal 220 V 380 V 440 V máxima máxima

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO ESCOLHA A ÚNICA ALTERNATIVA CERTA, ASSINALANDO-A COM X NOS PARÊNTESES

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO ESCOLHA A ÚNICA ALTERNATIVA CERTA, ASSINALANDO-A COM X NOS PARÊNTESES MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx DEPA COLÉGIO MILITAR DO RIO DE JANEIRO (Casa de Thomaz Coelho/1889 9º Ano SubSeção de Matemática 1 a PARTE Múltipla Escolha Álgebra e Geometria ESCOLHA A

Leia mais

Sociedade Espírita Allan Kardec

Sociedade Espírita Allan Kardec Sociedade Espírita Allan Kardec Apresenta: Equipe responsável: Eurípedes Kühl João F. Calabrese Nilson J. Guiselini Fernando Neres 1 !" # $ % & $ ' ($') $'%' * $+) $%'$''' $,$""- & $./' "! 0 ) '.. "-,.

Leia mais

Seleção de Produtos. Sensor Fotoelétrico. Como especificar. TECNI-AR Ltda - Tel: 31 3362-2400 w.tecni-ar.com.br

Seleção de Produtos. Sensor Fotoelétrico. Como especificar. TECNI-AR Ltda - Tel: 31 3362-2400 w.tecni-ar.com.br Seleção de Produtos Sensor Fotoelétrico Como especificar Saída coletor PNP aberto Saída coletor NPN aberto Temporizador embutido Tipo padrão Tipo relflexivo (Tipo Difuso) Tipo feixe estreito Emissor Receptor

Leia mais

AVF - MA Gabarito

AVF - MA Gabarito MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL AVF - MA13-016.1 - Gabarito Questão 01 [,00 pts ] Em um triângulo ABC de perímetro 9, o lado BC mede 3 e a distância entre os pés das bissetrizes interna

Leia mais

A distribuição de um momento aplicado em um nó de um pórtico por parcelas de momentos fletores equilibrantes nas barras adjacentes (Seção 8.2).

A distribuição de um momento aplicado em um nó de um pórtico por parcelas de momentos fletores equilibrantes nas barras adjacentes (Seção 8.2). 8. PROCESSO DE CROSS O Processo de Cross, ou Método da Distribuição de Momentos (White et al. 976), é um método relativamente simples para o cálculo de momentos fletores em vigas contínuas, pórticos planos,

Leia mais

Sobrepor. Segurança, Tecnologia e Qualidade.

Sobrepor. Segurança, Tecnologia e Qualidade. , Tecnologia e Qualidade. Quando suas instalações necessitam de plugues, cigarras, interruptores e tomadas de sobrepor, é aí que a qualidade FAME aparece, pois a Série Sobrepor é uma linha completa que

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 220 V ( cv/kw ) Motores trifásicos Contador 1) Fusíveis Potências Máximas AC2/AC3, 60 z 380 V ( cv/kw ) 440 V ( cv/kw ) Máxima Máxima

Leia mais

o estilo é Linha Modular GranBella Tomadas & Interruptores

o estilo é Linha Modular GranBella Tomadas & Interruptores o estilo é Linha Modular GranBella Tomadas & Interruptores O estilo é modular A linha GranBella foi planejada para atender a todas as personalidade e estilos de decoração, do clássico ao retrô, do minimalista

Leia mais