AGENDA DA DISCIPLINA - BIOLOGIA 1º ano / Ensino Médio Professores: Rita Ribeiro, Asp Cristiane e Ten Reis

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AGENDA DA DISCIPLINA - BIOLOGIA 1º ano / Ensino Médio Professores: Rita Ribeiro, Asp Cristiane e Ten Reis"

Transcrição

1 AGENDA DA DISCIPLINA - BIOLOGIA Professores: Rita Ribeiro, Asp Cristiane e Ten Reis Semana / Data Total de aulas 33) 15 a 20 SET 3 -- AE3 e Mostra de AE. 34) 22 A 26 SET 3 2) Divisão celular 1) Duplicação do DNA. 2) Ciclo celular: a intéfase e a divisão por mitose. 35) 29 SET A ) Divisão celular 3) Etapas da divisão por mitose. 4) Os organismos e a divisão por mitose. 36) 06 A 11 37) 13 A 17 38) 20 A 25 39) 27 A ) Reprodução humana 2 1) Reprodução humana 1) A divisão celular por meiose: principais eventos. 2) Processos geradores de variabilidade genética. Teste. 3) A meiose e a formação dos gametas. 4) A fecundação e a contribuição dos gametas para a formação do zigoto. 4 2) Embriologia 1) Etapas iniciais do desenvolvimento embrionário humano. 3 2) Embriologia 1) Histologia 2) Multiplicação e diferenciação celular na formação de diferentes tecidos. ED sobre células embrionárias. 40) 03 A ) Histologia 2) Tipos fundamentais de tecido: características e funções. Apresentação do trabalho de pesquisa. 41) ) Histologia 2) Os tipos fundamentais de tecido: características e funções. (cont.) 42) 17 A 22 Semana de aplicação da 4ªAE 43) 24 A 28 Semana de aplicação da 4ªAE

2 AGENDA DA DISCIPLINA - QUÍMICA Professores: Ten Andréa, Marcia Olivieri e Cap Fortes Semana / Data 33) 15 a 20 SET Total de aulas 03 Sequência Didática Grandezas Químicas Massas atômicas e moleculares e massa molar. Vista da 3ª AE D1- Calcular a massa atômica e a massa molecular dos elementos e das substâncias. 34) 22 A 26 SET 03 Grandezas Químicas Número de Avogadro D2- Calcular a quantidade de matéria de uma amostra. D3- Resolver problemas envolvendo o conceito de massa molar de uma substância 35) 29 SET A Grandezas Químicas Quantidade de matéria (MOL) D4- Resolver problemas aplicando os conceitos Relacionados anteriormente. 1ª avaliação 36) 06 A 11 37) 13 A Aspectos quantitativo s das reações químicas. 03 Aspectos quantitativo s das reações químicas. Leis Ponderais Leis Ponderais D5- Relatar a importância das leis ponderais para o cálculo estequiométrico. D6- Desenvolver problemas relacionados às leis ponderais. Apresentação de trabalho. D6- Desenvolver problemas relacionados às leis ponderais. Apresentação de trabalho. 38) 20 A ESTEQUIOM ETRIA D7- Resolver problemas envolvendo massa, volume, quantidade de matéria, número de átomos e de moléculas dos participantes de uma reação química.

3 39) 27 A 31 40) 03 A Idem 2ª avaliação apresentação de trabalho 03 Idem D7- Resolver problemas envolvendo massa, volume, quantidade de matéria, número de átomos e de moléculas dos participantes de uma reação química. 41) Revisão Resolução de exercícios 42) 17 A 22 Semana de aplicação da 4ªAE 43) 24 A 28 Semana de aplicação da 4ªAE AGENDA DA DISCIPLINA LÍNGUA PORTUGUESA Professores: Maj Maxwel, Cap Elissandra e Bianca Semana / Data Total de aulas 34) 22 a 26 set 5 Estudo do texto Atividade de leitura e debate/entrevista sobre O poder do voto (charges, quadrinhos, reportagens dos jornais O Globo e Folha de São Paulo). (3 tempos) 35) 29 set a 03 out 36) 06 a 10(11) out 5 Estudo do texto Produção escrita 2 sobre O poder do voto (2 tempos) Re do papel e da importância da língua portuguesa no mundo: breve história da língua portuguesa; influências recebidas; presença indígena e africana no léxico português. Algumas diferenças entre a LP do Brasil e Portugal. (orientação e organização 1 tempo) 6 Estudo do texto Re do papel e da importância da língua portuguesa no mundo: breve história da língua portuguesa; influências recebidas; presença indígena e africana no léxico português. Algumas diferenças entre a LP do Brasil e Portugal.

4 37)13 a 17 out Dia do mestre:15 38)20 a 24(25) out 39)27 a 31 out Dia do funcionário público:28 (organização e pesquisa 1 tempo) Apresentações do seminário. (1 tempo) 5 Estudo do texto Continuação das apresentações do seminário. (1 tempo) )03 a 07 nov 5 Estudo do texto Análise Linguística Estudo do texto Obs.: escrevi 1 tempo, pois há turmas em que o professor só terá 1 tempo nesta semana; há outros que terão todos os tempos. Continuação das apresentações do seminário. (1 tempo) Produção escrita 1 sobre o seminário. (individual 2 tempos) A palavra e as suas relações sintáticas no período simples (termos acessórios e integrantes). (2 tempos) Atividade avaliativa sobre A palavra e as suas relações sintáticas no período simples (termos acessórios e integrantes). (1 tempo) Leitura e análise do livro A cartomante e outros contos de Machado de Assis. Atividade avaliativa em grupo (3 tempos) 41)10 a 14 nov 5 Análise Linguística Estudo dos verbos irregulares (casos especiais) (3 tempos) 42)17 a 22 nov Semana de AE 43)24 a 28 nov Semana de AE 44)01 a 06 dez Recuperação final 45)08 a 13 dez Recuperação final 46) 15 a 19 dez 15: férias escolares 17, 18 e 19: conselho de classe de recuperação

5 AGENDA DA DISCIPLINA SOCIOLOGIA Professores: TC Zimmermann Semana / Data Total de aulas 1) 22 a 26 SET 1 Processos de - filme tempos modernos. socialização 1) 29 SET Instituições e grupos - Aspectos culturais da sociedade contemporânea 3) 06 a 11 1 Instituições e grupos - Aspectos culturais da sociedade contemporânea 4) 13 a 17 1 Instituições e grupos - Funções das instituições 5) 20 a 24 1 Instituições e grupos - Problemas da sociedade contemporânea 6) 27 a 31 1 Instituições e grupos - Problemas da sociedade contemporânea 7) 03 a 07 1 Instituições e grupos - Produção da memória na sociedade contemporânea 8) 10 a 14 1 Instituições e grupos - Produção da memória na sociedade contemporânea 9) 17 a Sem aulas realização das AE

6 AGENDA DA DISCIPLINA HISTÓRIA Professores: 1º Ten Fabrícia, 1º Ten Fernanda, Prof Claudio Esteves Semana / Data Total de aulas 1) 22 a 26 set 5 ORGANIZAÇÃO POLÍTICA- ADMINISTRATIVA NA AMÉRICA PORTUGUESA D203 - Conhec er as primeiras tentativas de exploração do território que viria a constituir o Brasil e as causas do desinteresse inicial pela região; D204 - Identificar as principais expedições exploradoras que percorreram o litoral brasileiro; D205 - Analisar o contexto que levou o governo português a implantar o sistema de capitanias; D206 - Identificar as características do Governo-Geral e seus desdobramentos no processo de colonização; D207 - Explicar a influência das Câmaras Municipais sobre a estruturação política e econômica do Brasil e os grupos nelas representados; D208 Caracterizar o período pré-colonial e a dinâmica de atuação portuguesa através da montagem de Feitorias e utilização da mão de obra indígena sob a forma de escambo; D209 - Identificar os motivos que levaram ingleses, franceses e holandeses a tentarem se fixar no atual território brasileiro; D210 Destrinchar os episódios das invasões francesas ( França Antártica e França Equinocial ) e holandesas (Bahia e Pernambuco); D211 Explicar o contexto e as repercussões do evento denominado União Ibérica ( ); D212 Elencar as contendas que envolveram a delimitação do território colonial brasileiro, explicitando os Tratados celebrados e os interesses envolvidos. 2) 29 set a 03 out 5 ORGANIZAÇÃO POLÍTICA- ADMINISTRATIVA NA AMÉRICA PORTUGUESA D203 - Conhec er as primeiras tentativas de exploração do território que viria a constituir o Brasil e as causas do desinteresse inicial pela região; D204 - Identificar as principais expedições exploradoras que percorreram o litoral brasileiro; D205 - Analisar o contexto que levou o governo português a implantar o sistema de capitanias; D206 - Identificar as características do Governo-Geral e seus desdobramentos no processo de colonização; D207 - Explicar a influência das Câmaras Municipais sobre a estruturação política e econômica do Brasil e os grupos nelas representados; D208 Caracterizar o período pré-colonial e a dinâmica de atuação portuguesa através da montagem de Feitorias e utilização da mão de obra indígena sob a forma de escambo; D209 - Identificar os motivos que levaram ingleses, franceses e holandeses a tentarem se fixar no atual território brasileiro; D210 Destrinchar os episódios das invasões francesas ( França Antártica e França Equinocial ) e holandesas (Bahia

7 e Pernambuco); D211 Explicar o contexto e as repercussões do evento denominado União Ibérica ( ); D212 Elencar as contendas que envolveram a delimitação do território colonial brasileiro, explicitando os Tratados celebrados e os interesses envolvidos. 3) 06 a 10 out 5 ORGANIZAÇÃO POLÍTICA- ADMINISTRATIVA NA AMÉRICA PORTUGUESA / 1º AVALIAÇÃO D203 - Conhec er as primeiras tentativas de exploração do território que viria a constituir o Brasil e as causas do desinteresse inicial pela região; D204 - Identificar as principais expedições exploradoras que percorreram o litoral brasileiro; D205 - Analisar o contexto que levou o governo português a implantar o sistema de capitanias; D206 - Identificar as características do Governo-Geral e seus desdobramentos no processo de colonização; D207 - Explicar a influência das Câmaras Municipais sobre a estruturação política e econômica do Brasil e os grupos nelas representados; D208 Caracterizar o período pré-colonial e a dinâmica de atuação portuguesa através da montagem de Feitorias e utilização da mão de obra indígena sob a forma de escambo; D209 - Identificar os motivos que levaram ingleses, franceses e holandeses a tentarem se fixar no atual território brasileiro; D210 Destrinchar os episódios das invasões francesas ( França Antártica e França Equinocial ) e holandesas (Bahia e Pernambuco); D211 Explicar o contexto e as repercussões do evento denominado União Ibérica ( ); D212 Elencar as contendas que envolveram a delimitação do território colonial brasileiro, explicitando os Tratados celebrados e os interesses envolvidos. 4) 13 a 17 out 4 A ECONOMIA NO BRASIL COLONIAL D213 - Analisar os motivos que levaram o governo português a realizar a colonização da América calcada inicialmente na lavoura da cana-de-açúcar e o desenvolvimento da cultura do açúcar ; D214 - Caracterizar a produção do açúcar e suas atividades econômicas subsidiárias; D215 - Identificar as justificativas ideológicas e econômicas para a escravização do africano, assim como, as características desta e do tráfico negreiro; D218 - Identificar outras atividades econômicas coloniais e relacioná-las à ocupação das regiões nas quais se desenvolveram D221 - Caracterizar a atividade mineradora e relacioná-la com outras atividades econômicas do período; D222 Analisar o Tratado de Methuen (1703) e refletir sobre a dependência portuguesa frente à Inglaterra e suas consequências para a economia brasileira; D223 Identificar a pecuária como atividade econômica fundamental para o funcionamento da economia colonial e a diversificação da estrutura social; D225 - Caracterizar as chamadas Drogas do Sertão, observando a contribuição desta atividade para a ocupação da região norte. 5) 20 a 24 out 5 A ECONOMIA NO BRASIL COLONIAL D213 - Analisar os motivos que levaram o governo português a realizar a colonização da América calcada inicialmente na lavoura da cana-de-açúcar e o desenvolvimento da cultura do açúcar ; D214 - Caracterizar a produção do açúcar e suas atividades econômicas subsidiárias; D215 - Identificar as justificativas ideológicas e econômicas para a escravização do africano, assim como, as características desta e do tráfico negreiro; D218 - Identificar outras atividades econômicas

8 6) 27 a 31 out 5 7) 03 a 07 nov 5 SOCIEDADE NA AMÉRICA PORTUGUESA SOCIEDADE NA AMÉRICA PORTUGUESA coloniais e relacioná-las à ocupação das regiões nas quais se desenvolveram D221 - Caracterizar a atividade mineradora e relacioná-la com outras atividades econômicas do período; D222 Analisar o Tratado de Methuen (1703) e refletir sobre a dependência portuguesa frente à Inglaterra e suas consequências para a economia brasileira; D223 Identificar a pecuária como atividade econômica fundamental para o funcionamento da economia colonial e a diversificação da estrutura social; D225 - Caracterizar as chamadas Drogas do Sertão, observando a contribuição desta atividade para a ocupação da região norte. D228 - Caracterizar em linhas gerais a sociedade colonial, realçando elementos culturais e religiosos da sua conformação; D231 Analisar a composição social, as causa, motivações, resultados e consequências das Rebeliões coloniais. A) Aclamação de Amador Bueno (1641); B) Revolta de Beckman (1684); C) Insurreição Pernambucana ( ); D232 Analisar a composição social, as causa, motivações, resultados e consequências das Rebeliões coloniais. D) Guerra dos Emboabas ( ); E) Guerra dos Mascates (1710); D234 Elencar e comparar as características e o funcionamento das sociedades mineradora e açucareira. D228 - Caracterizar em linhas gerais a sociedade colonial, realçando elementos culturais e religiosos da sua conformação; D231 Analisar a composição social, as causa, motivações, resultados e consequências das Rebeliões coloniais. A) Aclamação de Amador Bueno (1641); B) Revolta de Beckman (1684); C) Insurreição Pernambucana ( ); D232 Analisar a composição social, as causa, motivações, resultados e consequências das Rebeliões coloniais. D) Guerra dos Emboabas ( ); E) Guerra dos Mascates (1710); D234 Elencar e comparar as características e o funcionamento das sociedades mineradora e açucareira. 8) 10 a 14 nov 5 2º AVALIAÇÃO

9 AGENDA DA DISCIPLINA FILOSOFIA Professores: Profª Tatiani Dantas Semana / Data Total de aulas 1) 14 a 18 JUL 1 e - Definição de verdade 2) 21 a 25 JUL 1 e - Teoria do verdade 3) 28 Jul a 01 AGO 1 e - Definição de verdade x opinião verdade 4) 04 a 08 AGO 1 e - Verdade e epistemologia verdade 5) 11 a 15 AGO 1 e - Atividade sobre as discussões em sala verdade 6) 18 a 22 AGO 1 Formas de - Introdução: formas de 7) 25 a 29 AGO 1 Formas de - filosófico 8) 01 a 05 SET 1 Formas de - teológico 9) 08 a 12 SET Realização da AE 10) 15 a 19 SET Realização da AE 11) 22 a 26 SET 1 Formas de - científico 12) 29 Set a 03 1 Formas de - Senso comum 13) 06 a 10 1 Formas de - Métodos de pesquisa e investigação 14) 13 a 17 1 Formas de - Atividade sobre as discussões em sala de aula 15) 20 a 24 1 A crise da razão - Definição de razão 16) 27 a 31 1 A crise da razão - Razão objetiva x Razão subjetiva 17) 03 a 07 1 A crise da razão - Crise da razão: reflexões da alteridade na antropologia 18) 10 a 14 1 A crise da razão - Crise da razão por Sigmund Freud 19) 17 a Realização da AE 20) 24 a Realização da AE

10 21) 01 a 05 DEZ Recuperação 22) 08 a 12 DEZ Recuperação

Colégio Arnaldo - Unidade Funcionários

Colégio Arnaldo - Unidade Funcionários Disciplina: Biologia Data: 27/10/2017. Espécie humana. - Reprodução e embriologia humana. Origem da vida e Biologia celular. - Metabolismo Energético. - Metabolismo Energético. Data: 05/12/2017. Espécie

Leia mais

A Administração Colonial

A Administração Colonial A Administração Colonial HISTÓRIA DO BRASIL Prof. Alan Carlos Ghedini O primeiros 30 anos Até 1530 Desinteresse da Coroa Portuguesa pela nova Colônia Comércio das especiarias ainda era o foco Houve apenas

Leia mais

Domínios Estrangeiros e Economia Colonial. Alan

Domínios Estrangeiros e Economia Colonial. Alan Domínios Estrangeiros e Economia Colonial Alan A França Antártica Passo inicial: expedição de Nicolas Durand de Villegaignon Chegaram à baía da Guanabara (RJ), em 1555 Junto de 290 colonos, aliaram-se

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR (ES):

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR (ES): I.IDENTIFICAÇÂO PLANO DE CURSO ANO 01 ESCOLA ESTADUAL CONTEÙDO: TURMA:7º ano Nº DE AULAS SEMANAIS: PROFESSOR (ES): OBJETIVOS GERAIS *Promover a aquisição de ferramentas intelectuais e a formação de atitudes

Leia mais

A Presença Estrangeira no Período Colonial. História C Aula 04 Prof. Thiago

A Presença Estrangeira no Período Colonial. História C Aula 04 Prof. Thiago A Presença Estrangeira no Período Colonial História C Aula 04 Prof. Thiago Disputa pelas novas terras Principais invasores Franceses, Ingleses e Holandeses Contrabando de madeira, saques de feitorias,

Leia mais

1640 > Fim da União Ibérica Comércio com Buenos Aires e contrabando Rei de São Paulo: Amador Bueno da Ribeira. Amador Bueno recusou o título de rei e

1640 > Fim da União Ibérica Comércio com Buenos Aires e contrabando Rei de São Paulo: Amador Bueno da Ribeira. Amador Bueno recusou o título de rei e REVOLTAS COLONIAIS REVOLTAS NATIVISTAS 1640 > Fim da União Ibérica Comércio com Buenos Aires e contrabando Rei de São Paulo: Amador Bueno da Ribeira. Amador Bueno recusou o título de rei e saiu às ruas

Leia mais

A Economia Mineradora (Século XVIII) O Processo de Independência. 1 A Economia Mineradora do Século XVIII. 2 As Reformas Pombalinas

A Economia Mineradora (Século XVIII) O Processo de Independência. 1 A Economia Mineradora do Século XVIII. 2 As Reformas Pombalinas Aula 13 e 14 A Economia Mineradora (Século XVIII) 1 A Economia Mineradora do Século XVIII Setor 1601 2 As Reformas Pombalinas 3 ealvespr@gmail.com Objetivo da aula Analisar a crise do Antigo Sistema Colonial

Leia mais

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 3º TRIMESTRE 1º ano Ensino Médio

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 3º TRIMESTRE 1º ano Ensino Médio CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 3º TRIMESTRE 1º ano Ensino Médio COMPONENTES CURRICULARES Arte Biologia Arte e o Corpo Mídia do século XX CONTEÚDOS Teatro: origem e modernidade Divisão Celular Bioenergética Reprodução

Leia mais

BRASIL COLÔNIA ( )

BRASIL COLÔNIA ( ) 1 - O CICLO DO AÇÚCAR Séc. XVI e XVII (auge). Nordeste (BA e PE). Litoral. Solo e clima favoráveis. Experiência de cultivo (Açores, Cabo Verde e Madeira). Mercado consumidor. Alto valor na Europa. Participação

Leia mais

BRASIL PORTUGUÊS PERÍODO PRÉ COLONIAL PERÍODO COLONIAL PROF. DE HISTÓRIA TÁCIUS FERNANDES BLOG:

BRASIL PORTUGUÊS PERÍODO PRÉ COLONIAL PERÍODO COLONIAL PROF. DE HISTÓRIA TÁCIUS FERNANDES BLOG: BRASIL PORTUGUÊS PERÍODO PRÉ COLONIAL PERÍODO COLONIAL 1. ESPANHA X PORTUGAL A BULA INTER COETERA ASSINADO EM 1493. LINHA IMAGINÁRIA A 100 LÉGUAS A OESTE DE CABO VERDE. LESTE: PORTUGAL. OESTE: ESPANHA.

Leia mais

CALENDÁRIO DE PROVAS BIMESTRAIS º Bimestre 2º ANO A/B/C

CALENDÁRIO DE PROVAS BIMESTRAIS º Bimestre 2º ANO A/B/C 2º ANO A/B/C 02/06 PORTUGUÊS Leitura e interpretação de texto; parágrafo; substantivo (gênero, número e grau), adjetivo, antônimo e sinônimo, pronome pessoal, acentuação gráfica (agudo, circunflexo e til),

Leia mais

COLÉGIO REGINA PACIS Cuidando hoje, transformando sempre.

COLÉGIO REGINA PACIS Cuidando hoje, transformando sempre. COLÉGIO REGINA PACIS Cuidando hoje, transformando sempre. Planejamento da 3ª etapa 1ºAno do Ensino Médio LEIA COM ATENÇÃO! Pontos distribuídos = 35 pontos Média mínima = 21 pontos Datas de prova conforme

Leia mais

História do Brasil (C) Apostila 2. Prof.ª Celiane

História do Brasil (C) Apostila 2. Prof.ª Celiane História do Brasil (C) Apostila 2 Prof.ª Celiane A mineração A descoberta de ouro na região das Minas Gerais aconteceu no final do século XVII (em 1693). Além das MG muito ouro foi encontrado em GO, MG

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DIFERENCIADAS 1º ano do Ensino Médio 4º Bimestre / 2013

PLANO DE ATIVIDADES DIFERENCIADAS 1º ano do Ensino Médio 4º Bimestre / 2013 PLANO DE ATIVIDADES DIFERENCIADAS 1º ano do Ensino Médio 4º Bimestre / 2013 DISCIPLINA DESCRIÇÃO ATIVIDADE DIFERENCIADA VALORES GEOGRAFIA Avaliação diferenciada 1: exercícios práticos a respeito de urbanização

Leia mais

ENSINO MÉDIO 2016 CONTEÚDOS DOS EXAMES 1º ANO

ENSINO MÉDIO 2016 CONTEÚDOS DOS EXAMES 1º ANO ENSINO MÉDIO - EXAME FINAL 2016 (1º e 2º Anos) SEGUNDA-FEIRA (19/12) HORÁRIO: 07H PROVAS: FÍSICA, QUÍMICA, INGLÊS, GEOGRAFIA, LÍNGUA PORTUGUESA TERÇA-FEIRA (20/12) HORÁRIO: 07H PROVAS: MATEMÁTICA, BIOLOGIA,

Leia mais

CONTEÚDO DA RECUPERAÇÃO FINAL DE HISTÓRIA

CONTEÚDO DA RECUPERAÇÃO FINAL DE HISTÓRIA CONTEÚDO DA RECUPERAÇÃO FINAL DE HISTÓRIA 1º XM - História Apostila 1 - Antiguidade oriental: o Egito Antigo; Antiguidade Clássica: Grécia. Apostila 2 - A Igreja na Idade Média; A Baixa Idade Média: as

Leia mais

O IMPÉRIO ULTRAMARINO PORTUGUÊS PROF. FELIPE KLOVAN COLÉGIO JOÃO PAULO I

O IMPÉRIO ULTRAMARINO PORTUGUÊS PROF. FELIPE KLOVAN COLÉGIO JOÃO PAULO I O IMPÉRIO ULTRAMARINO PORTUGUÊS PROF. FELIPE KLOVAN COLÉGIO JOÃO PAULO I AS CONQUISTAS PORTUGUESAS Prof. Felipe Klovan Maior império colonial europeu entre 1415 1557 Várias formas de relação colonial Relações

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de , DOU de

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de , DOU de CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21.10.11, DOU de 24.10.11 Componente Curricular: Citologia e Histologia Código: --- Pré-requisito: ----- Período

Leia mais

REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso

REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso DISCIPLINA: HISTÓRIA SÉRIE/ TURMA: 1º ANO MÉDIO ABC BIMESTRE: 4º NÚMERO 1. Módulo 16 - Política e economia no Antigo Introdução do módulo, com aula em slides

Leia mais

DATA: /12/2014 ETAPA: Anual VALOR: 20,0 pts. NOTA: ASSUNTO: Trabalho de Recuperação Final SÉRIE: 7º ANO/E.F. TURMA: NOME COMPLETO:

DATA: /12/2014 ETAPA: Anual VALOR: 20,0 pts. NOTA: ASSUNTO: Trabalho de Recuperação Final SÉRIE: 7º ANO/E.F. TURMA: NOME COMPLETO: DISCIPLINA: História PROFESSORES: Leonardo, Renata e Paula. DATA: /12/2014 ETAPA: Anual VALOR: 20,0 pts. NOTA: ASSUNTO: Trabalho de Recuperação Final SÉRIE: 7º ANO/E.F. TURMA: NOME COMPLETO: Nº: Caro Aluno

Leia mais

2016 Ensino Fundamental Conteúdo e Datas 1ª PARCIAL /1ª Etapa. Disciplina Data Série Conteúdo

2016 Ensino Fundamental Conteúdo e Datas 1ª PARCIAL /1ª Etapa. Disciplina Data Série Conteúdo Disciplina Data Série Conteúdo Matemática Português 8ºC 6ºA Sistema romano de numeração. Números naturais. 6ºB Sistema de numeração decimal. Adição, subtração, multiplicação e divisão com números naturais.

Leia mais

DE RECUPERAÇÃO 2ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO / 2016

DE RECUPERAÇÃO 2ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO / 2016 GUIA DE RECUPERAÇÃO 2ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO / 2016 Língua Portuguesa Preposição Conjunção Pronomes Termos essenciais da oração - tipos de sujeito - tipos de predicado - vozes verbais Termos Integrantes

Leia mais

CONTEÚDOS DAS PROVAS FINAIS 2014

CONTEÚDOS DAS PROVAS FINAIS 2014 ANO: 2 TURMA: 201 ENSINO MÉDIO BIOLOGIA - Vanderlei - Características gerais e exemplares dos reinos: Monera, Protista Fungi. - Características gerais, exemplares e classificação dos filos: Poríferos,

Leia mais

Biologia Analisar e compreender o funcionamento dos ácidos nucleicos e a importância da duplicação do DNA e a ação dos seus genes.

Biologia Analisar e compreender o funcionamento dos ácidos nucleicos e a importância da duplicação do DNA e a ação dos seus genes. DISCIPLINA Artes Cênicas DESCRITOR Interpretar textos e músicas Identificar os elementos presentes numa composição musical. Identificar a classificação vocal e dos instrumentos musicais Diferenciar os

Leia mais

MÓDULO 02 - PERÍODO PRÉ-COLONIAL E ASPECTOS ADMINISTRATIVOS,ECONÔMICOS E SOCIAIS DA COLONIZAÇÃO

MÓDULO 02 - PERÍODO PRÉ-COLONIAL E ASPECTOS ADMINISTRATIVOS,ECONÔMICOS E SOCIAIS DA COLONIZAÇÃO MÓDULO 02 - PERÍODO PRÉ-COLONIAL E ASPECTOS ADMINISTRATIVOS,ECONÔMICOS E SOCIAIS DA COLONIZAÇÃO 2.1- O BRASIL PRÉ-COLONIAL ( 1500-1530 ) Período que antecedeu a colonização. Interesse português:índias.

Leia mais

Segunda 10/11. Matemática 10h30 às 13h

Segunda 10/11. Matemática 10h30 às 13h SCP-CIRC-085/2014 Assunto: Programação e conteúdos da 2ª AISC 7º Ano 3º Trimestre Brasília, 21 de outubro de 2014. Prezado responsável, No período de 4 a 13/11, os estudantes farão a 2ª AISC do 3 trimestre.

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO TURMA: 1º ANO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO TURMA: 1º ANO EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CURSO: Técnico em Manutenção e Suporte em Informática FORMA/GRAU: ( x ) integrado ( ) subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado

Leia mais

COMPOSIÇÃO DOS SIMULADOS ENEM

COMPOSIÇÃO DOS SIMULADOS ENEM COMPOSIÇÃO DOS SIMULADOS ENEM Os conteúdos dos simulados são cumulativos. Dessa forma, considere para cada simulado as informações do respectivo conjunto e, também, dos conjuntos anteriores. Matemática,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de , DOU de

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de , DOU de CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21.10.11, DOU de 24.10.11 Componente Curricular: Citologia e Histologia Código: -- Pré-requisito: -- Período

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 1ª SÉRIE ANUAL MANHÃ 07h30min Imunologia o Anatomia Humana Laboratório de Anatomia Humana Fisiologia Humana e Biofísica TA e TB Microbiologia TA Parasitologia TB SALA 6 BLOCO 1 08h20min Imunologia o Anatomia

Leia mais

Brasil - Período Colonial

Brasil - Período Colonial Brasil - Período Colonial Em 1500, os portugueses chegaram às terras que depois seriam chamadas de Brasil Lá, encontraram povos nativos que chamaram de índios. O primeiro encontro foi pacífico: trocaram

Leia mais

DIVISÃO DE NOTAS 3º TRIMESTRE / 2015

DIVISÃO DE NOTAS 3º TRIMESTRE / 2015 Professora: Renata Molina Série: 8 Ano Componente Curricular: Ciências AV1 2,5 Unidade 5 Coordenação e Sentidos Capítulo 14 Os órgãos dos sentidos Capítulo 15 A coordenação hormonal AV2 3,0 Unidade 6 Transmissão

Leia mais

CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) CP/ECEME/07 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar os fatos históricos, ocorridos durante as crises política, econômica e militar portuguesa/européia

Leia mais

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 Disciplina: EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 História Professor: Rodrigo Bento Turma: 3º série Ensino Médio Data Conteúdo 11/fevereiro APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA CAPITULO I HG HISTORIOGRAFIA E PRE HISTORIA

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 17 REBELIÕES COLONIAIS

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 17 REBELIÕES COLONIAIS HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 17 REBELIÕES COLONIAIS Fixação 1) (FGV) Outra preocupação da Coroa foi a de estabelecer limites à entrada na região das minas. Nos primeiros tempos da atividade mineradora, a

Leia mais

Governo Geral. Início - Tomé de Sousa, 1549, com cerca de homens 1

Governo Geral. Início - Tomé de Sousa, 1549, com cerca de homens 1 Governo Geral Início - Tomé de Sousa, 1549, com cerca de 1.000 homens 1 Fundação de Salvador Primeira Capital Brasileira Tomé de Sousa promoveu acordos de paz com os indígenas. Restabeleceu a prática do

Leia mais

Prof.ª Sarita - ARGUMENTAÇÃO

Prof.ª Sarita - ARGUMENTAÇÃO Prof.ª Sarita - ARGUMENTAÇÃO 101-102 1. Texto Val e Lalinha, do livro Ilusão e mentira, de Godofredo de Oliveira Neto. 2- Os textos jornalísticos produzidos para o julgamento (dos dois grupos) o material

Leia mais

REVISÃO I Prof. Fernando.

REVISÃO I Prof. Fernando. REVISÃO I Prof. Fernando Brasil Colônia 1500: Descobrimento ou Conquista? Comunidades indígenas do Brasil Características: heterogeneidade e subsistência. Contato: a partir da colonização efetiva, ocorreu

Leia mais

2º Trimestre / Critérios de Avaliação 1ª Série Ensino Médio

2º Trimestre / Critérios de Avaliação 1ª Série Ensino Médio Caro educando, Segue a agenda do 2 trimestre. Nela, você encontra informações importantes a respeito dos conteúdos programáticos que serão desenvolvidos e as datas das avaliações. Leia com atenção e recorra

Leia mais

Crise do Sistema Colonial: Rebeliões Coloniais e Tentativas de Emancipação

Crise do Sistema Colonial: Rebeliões Coloniais e Tentativas de Emancipação Aula 6 Crise do Sistema Colonial: Rebeliões Coloniais e Tentativas de Emancipação 1 O declínio colonial Setor 1605 2 A crise do Sistema Colonial ealvespr@gmail.com Contexto 1.1 O Declínio Colonial no Brasil

Leia mais

Cronograma e Conteúdos Prova de Reclassificação ª Série - EM (alunos retidos na 1ª Série - EM)

Cronograma e Conteúdos Prova de Reclassificação ª Série - EM (alunos retidos na 1ª Série - EM) Cronograma e s Prova de Reclassificação 2017 2ª Série - EM (alunos retidos na 1ª Série - EM) Dia 11/01/17 8h00 - Prova: Redação (obrigatória para todos os alunos) : Dissertação Dia 11/01/17 8h00 - Prova:

Leia mais

PRIMÓRDIOS DA COLONIZAÇÃO

PRIMÓRDIOS DA COLONIZAÇÃO Prof. Alexandre Goicochea PRIMÓRDIOS DA COLONIZAÇÃO PRÉ-COLONIAL:1500-1530 Prof. Alexandre Goicochea CARACTERIZAÇÃO Período Pré-colonial período da viagem de Cabral até 1530; Nas primeiras décadas de colonização,

Leia mais

DIÁRIO DE SALA 1º ANO B 4º BIMESTRE 2016

DIÁRIO DE SALA 1º ANO B 4º BIMESTRE 2016 TA DIÁRIO DE SALA 1º ANO B 4º BIMESTRE 2016 CONTEÚDO E TAREFAS QUE FORAM TRABALHADOS EM SALA DESCRIÇÃO TAREFA PARA CASA TA HISTÓRIA 03/10 Política e economia no Antigo Regime - - INGLÊS 03/10 Adverbs of

Leia mais

CHEGADA DA EXPEDIÇÃO COLONIZADORA DE MARTIM AFONSO DE SOUZA 1530 MARTIM AFONSO DE SOUZA FUNDOU A PRIMEIRA VILA NO BRASIL

CHEGADA DA EXPEDIÇÃO COLONIZADORA DE MARTIM AFONSO DE SOUZA 1530 MARTIM AFONSO DE SOUZA FUNDOU A PRIMEIRA VILA NO BRASIL CHEGADA DA EXPEDIÇÃO COLONIZADORA DE MARTIM AFONSO DE SOUZA 1530 MARTIM AFONSO DE SOUZA FUNDOU A PRIMEIRA VILA NO BRASIL - SÃO VICENTE e deu início ao cultivo da cana-de-açúcar CAPITANIAS HEREDITÁRIAS

Leia mais

Revoltas Coloniais / Nativistas. História do Brasil

Revoltas Coloniais / Nativistas. História do Brasil Revoltas Coloniais / Nativistas História do Brasil Principais Revoltas Coloniais Fim da União Ibérica INSATISFAÇÃO COM A ADMINISTRAÇÃO As revoltas Coloniais Revelavam a insatisfação dos colonos; Dificuldade

Leia mais

DIÁRIO DE SALA 3º ANO 3º BIMESTRE 2017

DIÁRIO DE SALA 3º ANO 3º BIMESTRE 2017 TA DIÁRIO DE 3º ANO 3º BIMESTRE 2017 CONTEÚDO E TAREFAS QUE FORAM TRABALHADOS EM DESCRIÇÃO TAREFA PARA CASA TA INGLÊS 01/08 Atividade (xerox)- Martin Luther King - - GEOGRAFIA 01/08 Preparação para o semestre

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Recuperação do 4 Bimestre - História Conteúdo: COLONIZAÇÃO PORTUGUESA NA AMÉRICA BRASIL COLONIAL: SOCIEDADE AÇUCAREIRA BRASIL COLONIAL: EXPANSÃO PARA O INTERIOR

Leia mais

CURSO EJA - ENSINO MÉDIO CALENDÁRIO º SEMESTRE (Oferta 2016/08) DISCIPLINA - Filosofia I e II Segundas-feiras das 19:00 às 20:35 - Canal 03

CURSO EJA - ENSINO MÉDIO CALENDÁRIO º SEMESTRE (Oferta 2016/08) DISCIPLINA - Filosofia I e II Segundas-feiras das 19:00 às 20:35 - Canal 03 DISCIPLINA - Filosofia I e II Segundas-feiras das 9:00 às 20:35 - Canal 03 4 5 6 7 8 9 0 2 3 4 5 6 7 8 9 20 2 22 23 24 25 26 27 28 29 25 26 4 5 Período de aulas - Filosofia I 5/ago 22/ago 29/ago 05/09

Leia mais

FORMAÇÃO TERRITORIAL DO BRASIL. Profº Gustavo Silva de Souza

FORMAÇÃO TERRITORIAL DO BRASIL. Profº Gustavo Silva de Souza FORMAÇÃO TERRITORIAL DO BRASIL Profº Gustavo Silva de Souza A DIVISÃO DO CONTINENTE AMERICANO A DIVISÃO DO CONTINENTE AMERICANO DIVISÃO FISIOGRÁFICA América do Norte, América Central e América do Sul

Leia mais

Critérios de Avaliação 2ªSÉRIE

Critérios de Avaliação 2ªSÉRIE Critérios de 2ªSÉRIE Caro educando, Segue a agenda do 1 trimestre. Nela, você encontra informações importantes a respeito dos conteúdos programáticos que serão desenvolvidos e as datas das avaliações.

Leia mais

Disciplina: Formação Territorial do Brasil Carga horária total: 75 H

Disciplina: Formação Territorial do Brasil Carga horária total: 75 H Disciplina: Formação Territorial do Brasil Carga horária total: 75 H PLANO DE CURSO I EMENTA Formação territorial e econômica; Federalismo e fragmentação territorial; Desenvolvimento das forças produtivas

Leia mais

UNIDADES DE ESTUDO 1ª ETAPA º Ano EFII

UNIDADES DE ESTUDO 1ª ETAPA º Ano EFII UNIDADES DE ESTUDO 1ª ETAPA - 2017 9º Ano EFII Basta que sejais jovens para que eu vos ame profundamente. Dom Bosco. CRONOGRAMA DE AVALIAÇÕES Avaliações Intermediária 1ª Etapa - 66 dias BL1: 06/03 e 08/03

Leia mais

Cipriano Barata,Pe. Agostinho Gomes, Luís Gonzaga das Virgens,João de Deus Lucas Dantas

Cipriano Barata,Pe. Agostinho Gomes, Luís Gonzaga das Virgens,João de Deus Lucas Dantas Inconfidência Mineira Minas Gerais, área principal da mineração aurífera 1789. Elitista Predomínio de mineradores, comerciantes, profissionais liberais, intelectuais e a alta burocracia; (maçonaria) Cláudio

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : LICENCIATURA EM FILOSOFIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 140 Optativos: 20.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : LICENCIATURA EM FILOSOFIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 140 Optativos: 20. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:23:01 Curso : LICENCIATURA

Leia mais

A Expansão Territorial (Séculos XVII e XVIII)

A Expansão Territorial (Séculos XVII e XVIII) Aula 9 e 10 A Expansão Territorial (Séculos XVII e XVIII) Setor 1621 1 Expansão Bandeirante 2 Expansão Pecuarista ealvespr@gmail.com Objetivo da aula Caracterizar o processo de interiorização da colonização

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA MAIS ROTEIRO DE AVALIAÇÕES 2º TRIMESTRE ATIVIDADE AVALIATIVA AV2 1º ANO ENSINO MÉDIO

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA MAIS ROTEIRO DE AVALIAÇÕES 2º TRIMESTRE ATIVIDADE AVALIATIVA AV2 1º ANO ENSINO MÉDIO CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA MAIS ROTEIRO DE AVALIAÇÕES 2º TRIMESTRE ATIVIDADE AVALIATIVA AV2 1º ANO ENSINO MÉDIO FÍSICA PROFESSOR CARLOS ALÍPIO Os princípios da dinâmica Forças de atrito Trabalho Energia,

Leia mais

Jimboê. História. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 4 o bimestre

Jimboê. História. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 4 o bimestre Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao quarto bimestre escolar ou à Unidade 4 do Livro do Aluno. Projeto Jimboê História 4 o ano Avaliação 4 o bimestre 1 Avaliação História NOME: ESCOLA:

Leia mais

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro)

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro) Planejamento das Aulas de História 2016 7º ano (Prof. Leandro) Fevereiro Aula Programada (As Monarquias Absolutistas) Páginas Tarefa 1 A Formação do Estado Moderno 10 e 11 Mapa Mental 3 Teorias em defesa

Leia mais

HISTÓRIA DO BRASIL. De omnibus dubitandum duvide de tudo.

HISTÓRIA DO BRASIL. De omnibus dubitandum duvide de tudo. HISTÓRIA DO BRASIL De omnibus dubitandum duvide de tudo. O POVO BRASILEIRO É PERÍODO PRÉ -COLONIAL A HISTÓRIA VISTA DA PRAIA E A VISTA DO BARCO - ALTERIDADE antes da chegada dos europeus à América havia

Leia mais

A MARCHA DA COLONIZAÇÃO NA AMÉRICA PORTUGUESA

A MARCHA DA COLONIZAÇÃO NA AMÉRICA PORTUGUESA A MARCHA DA COLONIZAÇÃO NA AMÉRICA PORTUGUESA Você já ouviu falar nos bandeirantes? Sabe quem eles eram e sua importância para a história do Brasil Colonial? Prof.ª: Alexandra Freitas Disciplina: História

Leia mais

A Historiografia do Brasil Colonial tem início em 22 de abril de 1500 com a chegada dos portugueses.

A Historiografia do Brasil Colonial tem início em 22 de abril de 1500 com a chegada dos portugueses. A Historiografia do Brasil Colonial tem início em 22 de abril de 1500 com a chegada dos portugueses. A Colônia é o período da História do Brasil que engloba os anos de 1500 a 1822. Ele começa com a chegada

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS ICBS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS HORÁRIO DE AULA 1º SEMESTRE DE 2015

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS ICBS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS HORÁRIO DE AULA 1º SEMESTRE DE 2015 2º PERÍODO 1º PERÍODO CB1 13:30 às 14:20 Citologia e Histologia 1) Biologia de algas à Pteridófitas 2) Citologia e Histologia Introdução a formação em CB Biologia de algas à Pteridófitas Anatomia Humana

Leia mais

Calendários de Prova- 3º Trimestre. Turma 91 DATA COMPONENTE PROFESSOR ATIVIDADE CONTEÚDO

Calendários de Prova- 3º Trimestre. Turma 91 DATA COMPONENTE PROFESSOR ATIVIDADE CONTEÚDO Calendários de Prova- 3º Trimestre Turma 91 DATA COMPONENTE PROFESSOR ATIVIDADE CONTEÚDO 21/9 Quartafeira 21/9 Quartafeira PAINEL CANDIDATOS 3º E 4º PERÍODOS L. Portuguesa Giovana Teste Morfologia/ concordância

Leia mais

CURSO PREPARATÓRIO AVEO - 11ª EDIÇÃO PROGRAMA CURRICULAR

CURSO PREPARATÓRIO AVEO - 11ª EDIÇÃO PROGRAMA CURRICULAR CURSO PREPARATÓRIO AVEO - 11ª EDIÇÃO PROGRAMA CURRICULAR TURMA B AULA DATA DISCIPLINA TEMA PROFESSOR 1 Sexta-feira 29/09/16 Geral Apresentação Todos 2 Segunda-feira 17/10/16 Biologia Apresentação e Introdução

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 4 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 4 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 A AVENTURA DE NAVEGAR *Descobrir o motivo das grandes navegações *Reconhecer as especiarias e o comércio entre África e Europa. *A importância das navegações. *As viagens espanholas e portuguesas

Leia mais

UNIÃO IBÉRICA E INVASÕES HOLANDESAS. Prof. Victor Creti Bruzadelli

UNIÃO IBÉRICA E INVASÕES HOLANDESAS. Prof. Victor Creti Bruzadelli UNIÃO IBÉRICA E INVASÕES HOLANDESAS Prof. Victor Creti Bruzadelli A união Ibérica (1580-1640) Morte do rei D. João III (1557); Ascensão de D. Sebastião ao poder; Crises sucessórias: D. Sebastião (1578);

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio DISCIPLINA: Literatura PROFESSOR(A): José Winston Thomas Polla Quinhentismo Barroco Arcadismo Romantismo Prosa Romântica Poesia Romântica DISCIPLINA: Gramática PROFESSOR(A): Cleidil do Carmo Gazaffi Araujo

Leia mais

Conteúdos para provas de recuperação 1 o Trimestre ENSINO MÉDIO 2011

Conteúdos para provas de recuperação 1 o Trimestre ENSINO MÉDIO 2011 Conteúdos para provas de recuperação 1 o Trimestre ENSINO MÉDIO 2011 Português 1 as A B C D Apostila 1: - LITERATURA Gêneros textuais - LÍNGUA PORTUGUESA Tipos de textos não-literários (notícia, reportagem,

Leia mais

EQUIPE PEDAGÓGICA DE 9 o AO 2 o ANO

EQUIPE PEDAGÓGICA DE 9 o AO 2 o ANO EQUIPE PEDAGÓGICA DE 9 o AO 2 o ANO 9 o Ano (TAB) Aluno(a): Ano: Turma: Turno: Querido(a) aluno(a), Estamos encerrando mais um ano letivo, na certeza de que evoluímos em aprendizado e desenvolvimento individual.

Leia mais

(03/09/12 A 07/12/12) Valor: 35 pontos Média: 21 pontos

(03/09/12 A 07/12/12) Valor: 35 pontos Média: 21 pontos (03/09/12 A 07/12/12) Valor: 35 pontos Média: 21 pontos Obs.: Os conteúdos programáticos previstos para a 2ª etapa poderão ser alterados para ajustes do planejamento escolar em relação ao desempenho das

Leia mais

ENSINO MÉDIO 2º TRIMESTRE CALENDÁRIO DAS PROVAS TRIMESTRAIS, 2ª CHAMADA E ROTEIRO DE ESTUDOS. PROVAS TRIMESTRAIS SIMULADO ESTILO ENEM

ENSINO MÉDIO 2º TRIMESTRE CALENDÁRIO DAS PROVAS TRIMESTRAIS, 2ª CHAMADA E ROTEIRO DE ESTUDOS. PROVAS TRIMESTRAIS SIMULADO ESTILO ENEM PROVAS TRIMESTRAIS SIMULADO ESTILO ENEM ÁREAS DO CONHECIMENTO DIAS 1ª e 2ª SÉRIE LINGUAGENS E CÓDIGOS 17/08 Português/ Literatura/ Inglês/ Espanhol CIÊNCIAS HUMANAS 18/08 História/ Geografia/ Filosofia/

Leia mais

História C História do Brasil. Professora Celiane

História C História do Brasil. Professora Celiane História C História do Brasil Professora Celiane História do Brasil A História do Brasil é comumente dividida em três períodos: Colônia; Império; República; No entanto, há mais algumas subdivisões nesses

Leia mais

8 ANO CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES AVALIAÇÃO MULTIDISCIPLINAR 04/06 06/06 PRODUÇÃO DE TEXTO PRODUÇÃO DE TEXTO 05/06 AVALIAÇÃO INTEGRADA

8 ANO CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES AVALIAÇÃO MULTIDISCIPLINAR 04/06 06/06 PRODUÇÃO DE TEXTO PRODUÇÃO DE TEXTO 05/06 AVALIAÇÃO INTEGRADA 8 ANO CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES AVALIAÇÃO MULTIDISCIPLINAR BLOCO - I BLOCO II 04/06 06/06 Português Matemática Ciências Inglês Geografia Filosofia PRODUÇÃO DE TEXTO PRODUÇÃO DE TEXTO 05/06 AVALIAÇÃO INTEGRADA

Leia mais

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO GABARITO 3ª ETAPA MATEMÁTICA COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 5 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA Rua Frei Vidal, 6 São João do Tauape/Fone/Fax: 37-95 www.jovinianobarreto.com.br º ANO Nº TURNO: MANHÃ

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO 2º ANO

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO 2º ANO PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR : HISTÓRIA Curso: TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO Série/Período: 2º ANO Carga Horária: 40 h/a (33 h/r) Docente Responsável:

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol 1 Fazer os exercícios no livro. Leitura do texto da página 122, conto de ficção científica.

Leia mais

OBJETIVOS GERAL. Específicos

OBJETIVOS GERAL. Específicos PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR NOME DO COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA Curso:Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio Série: 1º Ano Carga Horária: 120h/a (100h/r) Docente Responsável:

Leia mais

Movimentos nativistas e emancipacionistas

Movimentos nativistas e emancipacionistas Movimentos nativistas e emancipacionistas Crise do sistema colonial A Revolta de Beckman (1684) Conflito entre os proprietários de terras, a Companhia de Comércio e a missão jesuítica na região. Atividades

Leia mais

ANEXO 1 CONTEÚDOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2018 COLÉGIOS PROJEÇÃO

ANEXO 1 CONTEÚDOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2018 COLÉGIOS PROJEÇÃO ANEXO 1 S PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2018 COLÉGIOS PROJEÇÃO S PRÉVIOS DO 5º ANO PARA CANDIDATOS A BOLSA NO 6 ANO PORTUGUÊS Leitura e interpretação textual Artigo Substantivo (comum,

Leia mais

História FUVEST. História 001/001 FUVEST 2008 FUVEST 2008 Q.01. Leia atentamente as instruções abaixo Q.02

História FUVEST. História 001/001 FUVEST 2008 FUVEST 2008 Q.01. Leia atentamente as instruções abaixo Q.02 / FUVEST 8 ª Fase História ou Química (7//8) História LOTE SEQ. BOX / História FUVEST FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA PARA O VESTIBULAR Leia atentamente as instruções abaixo. Aguarde a autorização do fiscal para

Leia mais

CALENDÁRIO DE AV. 1 2º TRIMESTRE º ANO EFII 6º EFII AV. M.1 2º TRI 2017

CALENDÁRIO DE AV. 1 2º TRIMESTRE º ANO EFII 6º EFII AV. M.1 2º TRI 2017 CALENDÁRIO DE AV. 1 2º TRIMESTRE 2017-6º ANO EFII 22/05 - segunda-feira 1ª aula Arte 2ª e 3ª aula - Geografia 23/05 - terça-feira 2ª e 6ª aula Matemática 5ª aula Espanhol 24/05 - quarta-feira 1ª aula -

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE GENÉTICA. Prof.º Mário Castro Biologia 2017

CONCEITOS BÁSICOS DE GENÉTICA. Prof.º Mário Castro Biologia 2017 CONCEITOS BÁSICOS DE GENÉTICA Prof.º Mário Castro Biologia 2017 INTRODUÇÃO À GENÉTICA Genética (do grego genno = fazer nascer) é a ciência dos genes, da hereditariedade e da variação dos organismos. Ramo

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Infraestrutura Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Curso Técnico em Edificações FORMA/GRAU:(X )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

UNIDADES DE ESTUDO 3ª ETAPA ª Séries / Ensino Médio Turmas: A/B

UNIDADES DE ESTUDO 3ª ETAPA ª Séries / Ensino Médio Turmas: A/B UNIDADES DE ESTUDO 3ª ETAPA - 2016 2ª Séries / Ensino Médio Turmas: A/B Basta que sejais jovens para que eu vos ame profundamente. Dom Bosco. 1 3ª Etapa Calendário de Avaliações do Ensino Médio Avaliações

Leia mais

PEP /2013-2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0)

PEP /2013-2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0) 1 PEP /2013-2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0) Do estudo dos seguintes fatos históricos: Entradas e Bandeiras (1554 1725); União Ibérica (1580 1640),

Leia mais

história do brasil - colônia prof. david nogueira.

história do brasil - colônia prof. david nogueira. história do brasil - colônia prof. david nogueira. omnibus dubitandum... duvide de tudo. Para se entender História do Brasil... Duvide de tudo, principalmente do que parece natural e óbvio. Ex. O brasileiro

Leia mais

Avaliação da Capacidade para Frequência do Ensino Superior de Candidatos Maiores de 23 anos

Avaliação da Capacidade para Frequência do Ensino Superior de Candidatos Maiores de 23 anos Avaliação da Capacidade para Frequência do Ensino Superior de Candidatos Maiores de 23 anos 2016 QUÍMICA Conteúdos Programáticos MATERIAIS - Origem - Constituição e composição dos materiais: - Constituição

Leia mais

CAPÍTULO 6 O TERRITÓRIO BRASILEIRO EM CONSTRUÇÃO. Disciplina - Geografia 3 a Série Ensino Médio Professor: Gelson Alves Pereira

CAPÍTULO 6 O TERRITÓRIO BRASILEIRO EM CONSTRUÇÃO. Disciplina - Geografia 3 a Série Ensino Médio Professor: Gelson Alves Pereira CAPÍTULO 6 O TERRITÓRIO BRASILEIRO EM CONSTRUÇÃO Disciplina - Geografia 3 a Série Ensino Médio Professor: Gelson Alves Pereira 1- O país dos contrastes Imensas riquezas naturais, culturais e econômicas.

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 15 A MINERAÇÃO: ECONOMIA

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 15 A MINERAÇÃO: ECONOMIA HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 15 A MINERAÇÃO: ECONOMIA Fixação 1) (UFRN) No século XVIII, teve início a exploração da região mineradora no Brasil, provocando transformações importantes na economia colonial,

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : HISTÓRIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 96 Optativos: 48. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : HISTÓRIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 96 Optativos: 48. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:20:21 Curso : HISTÓRIA

Leia mais

TURMA: 1ª SÉRIE A. Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. X. Goiânia, 23 DE OUTUBRO de 2017.

TURMA: 1ª SÉRIE A. Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. X. Goiânia, 23 DE OUTUBRO de 2017. TURMA: 1ª SÉRIE A 1ª Aula: Disciplina/Professor(a): HISTÓRIA/ MARCO AURÉLIO Invasões holandesas 2ª Aula: Disciplina/Professor(a): FÍSICA 1/ ROSSELINI Revisão (introdução a força centrípeta); Dinâmica nas

Leia mais

Conteúdos e distribuição de pontos 1 a etapa /2016

Conteúdos e distribuição de pontos 1 a etapa /2016 Conteúdos e distribuição de pontos 1 a etapa /2016 4º Ano Ensino Fundamental I Valor da etapa: 30 pontos Aluno(a): Professora: Turma: Data: / / LÍNGUA PORTUGUESA Professora Claudia Antinossi Unidade 1:

Leia mais

Aula 2: O período colonial ( ) Disciplina: Geografia do Brasil. Prof. Dr. Antonio Nivaldo Hespanhol Prof. Dr. Carlos de Castro Neves Neto

Aula 2: O período colonial ( ) Disciplina: Geografia do Brasil. Prof. Dr. Antonio Nivaldo Hespanhol Prof. Dr. Carlos de Castro Neves Neto UNESP UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Aula 2: O período colonial (1500-1822) Disciplina: Geografia do Brasil Prof. Dr. Antonio Nivaldo Hespanhol Prof. Dr. Carlos de Castro

Leia mais

TURMA: 601 SEMANA: DE 29 A 02 mês: AGOSTO/SETEMBRO AULAS DADAS: CONTEÚDOS E TAREFAS DA SEMANA

TURMA: 601 SEMANA: DE 29 A 02 mês: AGOSTO/SETEMBRO AULAS DADAS: CONTEÚDOS E TAREFAS DA SEMANA CONTROLE 2011 TURMA: 601 DADAS: CONTEÚDOS E TAREFAS DA SEMANA HISTÓRIA TPC Estudo dirigido pág 6e7 p/ 30/08 CIÊNCIAS Pressão Atmosférica INGLÊS Exercise about prepositions TPC págs. 5;6 02/09/11 ESPANHOL

Leia mais

AGENDA DA DISCIPLINA LÍNGUA PORTUGUESA Ano escolar: 7º ano / Ensino Fundamental Professores: Cel. Arthur, Ten Mônica Hipólito e Prof ª Maria Lúcia

AGENDA DA DISCIPLINA LÍNGUA PORTUGUESA Ano escolar: 7º ano / Ensino Fundamental Professores: Cel. Arthur, Ten Mônica Hipólito e Prof ª Maria Lúcia AGENDA DA DISCIPLINA LÍNGUA PORTUGUESA Ano escolar: 7º ano / Ensino Fundamental Professores: Cel. Arthur, Ten Mônica Hipólito e Prof ª Maria Lúcia de aulas 1) 16 a 19 SET Prática de análise 5 linguística(noções

Leia mais

CALENDÁRIO DE PROVAS E TRABALHOS 3º TRIMESTRE 2013 DESCRIÇÃO DO CONTEÚDO AVALIAÇÃO

CALENDÁRIO DE PROVAS E TRABALHOS 3º TRIMESTRE 2013 DESCRIÇÃO DO CONTEÚDO AVALIAÇÃO CALENDÁRIO DE PROVAS E TRABALHOS 3º TRIMESTRE 2013 TURMA 101 1/10 101 Tais X Língua Inglesa Verbos Modais e vocabulário 03/10 101 Paulo Prates X Biologia Histologia Animal - Tecidos Epiteliais e Conjuntivos

Leia mais

CONCURSOS NO BRASIL PMPE 2016: VAGAS DE SOLDADO QUADRO VERTICALIZADO DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CONCURSOS NO BRASIL PMPE 2016: VAGAS DE SOLDADO QUADRO VERTICALIZADO DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CONCURSOS NO BRASIL PMPE 2016: 1.500 VAGAS DE SOLDADO QUADRO VERTICALIZADO DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Roteiro de estudos verticalizado para SOLDADO Apostila completa para SOLDADO DA PM - Concurso Polícia

Leia mais

PONTOS DO CONCURSO EDITAL 10/2015. Aspectos Biológicos da Educação, Ensino de Ciências Naturais e Educação Ambiental

PONTOS DO CONCURSO EDITAL 10/2015. Aspectos Biológicos da Educação, Ensino de Ciências Naturais e Educação Ambiental SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL 10/2015 PONTOS DO

Leia mais

Quando o ENEM foi criado? O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado em 1998.

Quando o ENEM foi criado? O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado em 1998. Quando o ENEM foi criado? O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado em 1998. Qual era o objetivo inicial do ENEM? Avaliar o desempenho do estudante ao fim da educação básica. Qual é o objetivo do ENEM

Leia mais

HORÁRIO DE PROVA NAS

HORÁRIO DE PROVA NAS DE PROVA NAS DIREITO DIREITO TRIBUTÁRIO I DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO DIREITO PROCESSUAL CIVIL III DIREITO DO TRABALHO I 9:00 305 DIREITO PREVIDENCIARIO OPTATIVA I OPTATIVA II 9:00 306 DIREITO CONSTITUCIONAL

Leia mais