Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária º 4 Semanal Mensal 4 60 ANÁLISE MACROECONÔMICA I

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária º 4 Semanal Mensal 4 60 ANÁLISE MACROECONÔMICA I"

Transcrição

1 Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária º 4 Semanal Mensal 4 60 Nome da Disciplina ANÁLISE MACROECONÔMICA II Curso CIÊNCIAS ECONÔMICAS ANÁLISE MACROECONÔMICA I Modelo keynesiano simplificado. Moeda e juros. Modelo keynesiano generalizado. A teoria do investimento. Inflação e distribuição de renda, teoria dos ciclos econômicos. Expectativas racionais. Desequilíbrio externo. Teoria da inflação. Políticas de estabilização Objetivo Geral: Aprofundamento dos conceitos da disciplina desenvolvidos na MACRO I, levando o aluno a ampliar os conhecimentos acerca de questões nacionais e internacionais.

2 4.2. Objetivos Específicos: Através do aprofundamento da teoria e política econômica, fornecer as condições necessárias para que o aluno possa analisar, formular e desenvolver políticas econômicas, que envolvem questões como: Investimento; Consumo e poupança; Déficits e dívida pública; Inflação; Crescimento econômico; e Taxas de câmbio. UNIDADE I: CONSUMO NACIONAL E POUPANÇA. 1.1 Unidade básica: A família; 1.2 Restrição orçamentária intertemporal; 1.3 Processo de decisão familiar; 1.4 Teoria da renda permanente; 1.5 Modelo do ciclo de vida de consumo e poupança; 1.6 Restrição de liquidez familiar e a teoria do consumo. UNIDADE II: INVESTIMENTO 2.1 Tipos de capital e investimento; 2.2 Teoria básica do investimento; 2.3 Acumulações de estoque; 2.4 Teoria Q. UNIDADE III: DÉFICITS ORÇAMENTÁRIOS E A DÍVIDA PÚBLICA 3.1 A mecânica do financiamento do déficit; 3.2 Déficits financiados pela dívida; 3.3 Bacen e o Tesouro; 3.4 Déficits e a dívida pública.

3 UNIDADE IV: POLÍTICA DE ESTABILIZAÇÃO: PERSPECTIVAS E PROBLEMAS 4.1 A grande depressão; 4.2 Política econômica; 4.3 A explicação Keynesiana; 4.4 O desafio monetarista; 4.5 As defasagens nos efeitos da política; 4.6 O papel das expectativas. UNIDADE V: MOEDA, JUROS E RENDA 5.1 O mercado de bens e a curva IS; 5.2 Os mercados de ativos e a curva LM; 5.3 O equilíbrio nos mercados de bens e monetário; 5.4 O ajustamento em direção ao equilíbrio; 5.5 Política monetária. UNIDADE VI: POLÍTICA FISCAL, EFEITO DESLOCAMENTO E A COMBINAÇÃO DE POLÍTICAS 6.1 Política fiscal e o efeito deslocamento; 6.2 A combinação de políticas em ação; 6.3 Um tratamento formal do modelo IS-LM. UNIDADE VII: INFLAÇÃO: CONCEITO, TEORIAS E ANÁLISES DO CASO BRASILEIRO 7.1 Conceito e indicadores da inflação; 7.2 As principais teorias da inflação; 7.3 A inflação, o emprego e o crescimento; 7.4 A inflação no Brasil: história e análise. UNIDADE VIII: TAXAS DE CÂMBIO E O SISTEMA MONETÁRIO INTERNACIONAL 8.1 O balanço de pagamentos; 8.2 Taxas de câmbio e o mercado de moeda estrangeira; 8.3 O sistema atual de taxas de câmbio; 8.4 Vantagens da flexibilidade da taxa de câmbio; 8.5 Comparação entre taxas de câmbio fixas e flexíveis. UNIDADE IX: A TEORIA DOS CICLOS ECONÔMICOS REAIS 9.1 Uma revisão da economia com preços flexíveis; 9.2 Um modelo dos ciclos econômicos reais. UNIDADE X: CRESCIMENTO ECONÔMICO 10.1 Acumulação de capital; 10.2 O nível de capital e a regra de ouro; 10.3 O crescimento demográfico; 10.4 O progresso tecnológico; 10.5 Poupança, crescimento e economia política.

4 Aulas expositivas com a participação dos alunos; Seminários temáticos; Análise de textos para discussão em grupos; Estudos dirigidos em grupos de estudos. Retroprojetor, vídeo, tv, revistas, livros, internet, datashow e jornais. Prova escrita, individual e sem consulta; Participação nas aulas e nos debates; Seminários, trabalhos de pesquisa.

5 BIBLIOGRAFIA BÁSICA: DORNBUSCH, Rudiger & FISCHER, Stanley. Macroeconomia. São Paulo. Ed. Makron Books SACHS, Jefrey D. & LARRAIN, B. Felipe. Macroeconomia. São Paulo. ED Makron Books MANKIW, N. Gregory. Macroeconomia. Rio de Janeiro. Ed. Atlas BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: ROSSETI, J. Paschoal. Introdução à economia. São Paulo. Ed Atlas FROYEN, Richard T. Macroeconomia. São Paulo. Ed. Saraiva º edição. MARTINS C. Roberto & NOGAMI, Otto. Princípios de Economia. São Paulo. Ed. Pioneira GREMAUD, A. Patrick. Manual de Macroeconomia Nível Básico e Intermediário. São Paulo. Ed. Atlas BLANCHARD, Olivier. Macroeconomia: Teoria e política econômica. Rio de Janeiro. Campus STIGLITZ, Joseph E, & WALSH, Carl E. Introdução à macroeconomia. Rio de Janeiro. Campus SITES: REVISTAS: Exame Isto É Dinheiro Conjuntura Econômica Carta Capital Local Imperatriz - MA Mês e Ano Fevereiro/2010 Fernando Reis Babilônia Nome do Professor Assinatura do Professor

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária. 020018 4º 4 Semanal Mensal 4 60

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária. 020018 4º 4 Semanal Mensal 4 60 Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária 020018 4º 4 Semanal Mensal 4 60 Nome da Disciplina Análise Macroeconômica I Curso Ciências Econômicas Conceitos básicos dos modelos econômicos. Contas nacionais.

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Micro e Macro Economia Código: EPD005 Curso: Engenharia de Produção Faculdade Responsável: Engenharia de

Leia mais

ANEXO II - RESOLUÇÃO Nº 282/2006-CEPE PLANO DE ENSINO

ANEXO II - RESOLUÇÃO Nº 282/2006-CEPE PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO PERÍODO LETIVO/ANO: 2009 ANO DO CURSO: 2º Curso: Ciências Econômicas Modalidade: Bacharelado Turno: Noturno Centro: Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) Campus: Cascavel Disciplina

Leia mais

ANEXO II - RESOLUÇÃO Nº 282/2006-CEPE

ANEXO II - RESOLUÇÃO Nº 282/2006-CEPE PLANO DE ENSINO PERÍODO LETIVO/ANO: 2009 ANO DO CURSO: 3º Curso: Ciências Econômicas Modalidade: Bacharelado Turno: Noturno Centro: Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) Campus: Cascavel Disciplina

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ECONOMIA Código: CTB-140 Pré-requisito: ------- Período Letivo: 2013.1 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Professor: WILTON

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: ECONOMIA PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: ECONOMIA PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: ECONOMIA Código: DIR 141 Pré-requisito: ------- Período Letivo: 2013.1 Professor: PRISCILA

Leia mais

I MACROECONOMIA BÁSICA: AGREGADOS MACROECONÔMICOS,

I MACROECONOMIA BÁSICA: AGREGADOS MACROECONÔMICOS, Sumário Resumido Ordem dos Economistas do Brasil, xiii Apresentação, xv Introdução Teoria Macroeconômica: Evolução e Situação Atual, 1 Parte I MACROECONOMIA BÁSICA: AGREGADOS MACROECONÔMICOS, 17 Apresentação,

Leia mais

INTRODUÇÂO À MACROECONOMIA. Programa. Ano Lectivo

INTRODUÇÂO À MACROECONOMIA. Programa. Ano Lectivo INTRODUÇÂO À MACROECONOMIA Programa Ano Lectivo 2006-07 Objectivos: Esta disciplina tem como objectivo ensinar os princípios básicos da macroeconomia com ênfase em economias de mercado aberto. Pretende-se

Leia mais

RI Analise Macroeconomica

RI Analise Macroeconomica Federal University of Roraima, Brazil From the SelectedWorks of Elói Martins Senhoras Winter January 1, 2010 RI 406 - Analise Macroeconomica Eloi Martins Senhoras Available at: https://works.bepress.com/eloi/167/

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de , DOU de

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de , DOU de CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de 14.07.11, DOU de 19.07.11 Componente Curricular: ECONOMIA Código: ADM 140 Pré-requisito: ----- Período Letivo: 2015.1 Professor:

Leia mais

CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no de 05/12/02 DOU de 06/12/02. Código: DIR 141 CH Total: 60 Pré-requisito: PLANO DE CURSO

CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no de 05/12/02 DOU de 06/12/02. Código: DIR 141 CH Total: 60 Pré-requisito: PLANO DE CURSO Componente Curricular: ECONOMIA CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Código: DIR 141 CH Total: 60 Pré-requisito: ------- Período Letivo: 2016.1 Professor: Edilene

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA

PLANO DE ENSINO EMENTA PLANO DE ENSINO FACULDADE: Faculdade de Ciências Humanas e Exatas CURSO: Administração Período: 3º DISCIPLINA: Macroeconomia Ano: 2016 CARGA HORÁRIA: 80 h/a SEMANAL: 4 aulas TOTAL: 80 horas PRÉ-REQUISITO:

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA EMBED CorelDRAW.Graphic.12 Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001.

Leia mais

CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria nº de 25/08/10 D.O.U de 27/08/10 Componente Curricular: Economia

CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria nº de 25/08/10 D.O.U de 27/08/10 Componente Curricular: Economia CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 D.O.U de 27/08/10 Componente Curricular: Economia Código: ENGP 440 Pré-requisito: Período Letivo: 2016.2 Professor: Wivaldo Andreson

Leia mais

DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ECONOMIA (CÓD. ENEX60075) PERÍODO: 1º PERÍODO

DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ECONOMIA (CÓD. ENEX60075) PERÍODO: 1º PERÍODO PLANO DE AULA DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ECONOMIA (CÓD. ENEX60075) PERÍODO: 1º PERÍODO TOTAL DE SEMANAS: 20 SEMANAS TOTAL DE ENCONTROS: 40 AULAS Aulas Conteúdos/ Matéria Tipo de aula Textos, filmes e outros

Leia mais

RI Análise Macroeconômica

RI Análise Macroeconômica Federal University of Roraima, Brazil From the SelectedWorks of Elói Martins Senhoras Winter January 1, 2010 RI 406 - Análise Prof. Dr. Eloi Martins Senhoras Available at: http://works.bepress.com/eloi/177/

Leia mais

Macroeconomia Aberta. CE-571 MACROECONOMIA III Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa Programa 1º semestre.

Macroeconomia Aberta. CE-571 MACROECONOMIA III Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa Programa 1º semestre. Macroeconomia Aberta CE-571 MACROECONOMIA III Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa Programa 1º semestre http://fernandonogueiracosta.wordpress.com/ PARTE I: Determinantes da taxa de câmbio e do balanço

Leia mais

Modelo IS-LM. Exercícios e Questões

Modelo IS-LM. Exercícios e Questões Modelo IS-LM Exercícios e Questões Prof. Waldery Rodrigues Júnior waldery.rodrigues@yahoo.com.br Tópicos: Equilíbrio no Mercado de Bens Demanda por Moeda Oferta de Moeda Equilíbrio no Mercado Monetário

Leia mais

Unidade III ECONOMIA E MERCADO. Prof. Rodrigo Marchesin

Unidade III ECONOMIA E MERCADO. Prof. Rodrigo Marchesin Unidade III ECONOMIA E MERCADO Prof. Rodrigo Marchesin Introdução Macroeconomia: Grandes questões econômicas; Comportamento global do sistema; Análise dos grandes agregados econômicos. Estrutura básica

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: HISTÓRIA DO PENSAMENTO ECONÔMICO II

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: HISTÓRIA DO PENSAMENTO ECONÔMICO II Disciplina: HISTÓRIA DO PENSAMENTO ECONÔMICO II Código: CSA132 Teórica l h/a Ementa: A Escola Marginalista e Economia Neoclássica. O paradigma de equilíbrio: Walras e o desenvolvimento dos modelos de equilíbrio.

Leia mais

RI406 - Análise Macroeconômica

RI406 - Análise Macroeconômica Federal University of Roraima, Brazil From the SelectedWorks of Elói Martins Senhoras Winter January 1, 2010 RI406 - Análise Eloi Martins Senhoras Available at: http://works.bepress.com/eloi/170/ Slides

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: INTRODUÇÃO A ECONOMIA Código da Disciplina: EPD003 Curso: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Semestre de oferta da disciplina:

Leia mais

FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO

FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO Curso: Ciências Contábeis Disciplina: Economia Carga Horária: 50 aulas Semestre Letivo / Turno: 1º semestre Professor: Período: Ementa da disciplina: Gerais: Conteúdo:

Leia mais

Curso: Administração Período 2º Ano/Sem: 2011/2. Disciplina: Microeconomia CH. Semanal: 4 h/aula CH Total: 64 h/aula

Curso: Administração Período 2º Ano/Sem: 2011/2. Disciplina: Microeconomia CH. Semanal: 4 h/aula CH Total: 64 h/aula MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS PLANO DE ENSINO Curso: Administração Período 2º Ano/Sem:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: HISTÓRIA DO PENSAMENTO ECONÔMICO I Código: CSA 122 HISTÓRIA DO PENSAMENTO ECONÔMICO I (ECN112) l h/a Teórica 6-72h/a* Ementa: Mercantilismo. A Economia Política Clássica. Fisiocratas. Adam

Leia mais

Sugestão de cronograma das aulas de Introdução à Economia

Sugestão de cronograma das aulas de Introdução à Economia Aula Data 1 29/out 1 30/out Ter 2 31/out Qua 2 1/nov Qui Sugestão de cronograma das aulas de Introdução à Economia Conteúd o Especificado Economia: análise (ec. positiva ) e política (ec. normativa ),

Leia mais

Objetivos e instrumentos de política econômica, 1

Objetivos e instrumentos de política econômica, 1 Sumário Prefácio, xiii i Objetivos e instrumentos de política econômica, 1 1. Objetivo do estudo de economia, 2 2. Objetivos de política econômica, 3 2.1 Crescimento da produção e do emprego, 3 2.2 Controle

Leia mais

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MODALIDADE A DISTÂNCIA PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MODALIDADE A DISTÂNCIA PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1.1. Curso: Bacharelado em Administração Pública. 1.2. Ano: 2 1.3. Módulo: 2 1.4. Disciplina: MACROECONOMIA. 1.5. Carga Horária: 60h 1.6. Caráter: Obrigatória

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina EPR361 Engenharia Econômica

Programa Analítico de Disciplina EPR361 Engenharia Econômica 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Engenharia de Produção e Mecânica - Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Número de créditos: 6 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga

Leia mais

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária ECO-029 6 4 Semanal Mensal 04 60 Nome da Disciplina TÉCNICA DE PESQUISA EM ECONOMIA Curso CIÊNCIAS ECONÔMICAS Elementos básicos da pesquisa científica. O

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas Ciclo Introdutório às Ciências Humanas

Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas Ciclo Introdutório às Ciências Humanas CARGA HORÁRIA: 60 (sessenta) hoas/aula CRÉDITOS: 04 (quatro) EMENTA: Economia: conceitos básicos. Caracterização do problema econômico. Ciências Econômicas em relação às demais ciências sociais. Linhas

Leia mais

PLANO DE AULA DISCIPLINA: ECONOMIA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA (CÓD. ENEX60098) PERÍODO: 7º PERÍODO. Aula expositiva com slides.

PLANO DE AULA DISCIPLINA: ECONOMIA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA (CÓD. ENEX60098) PERÍODO: 7º PERÍODO. Aula expositiva com slides. PLANO DE AULA DISCIPLINA: ECONOMIA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA (CÓD. ENEX60098) PERÍODO: 7º PERÍODO TOTAL DE SEMANAS: 20 SEMANAS TOTAL DE ENCONTROS: 40 AULAS Aulas Conteúdos/ Matéria Tipo de aula Textos,

Leia mais

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária 000 7º 8 Semanal Mensal 08 120

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária 000 7º 8 Semanal Mensal 08 120 Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária 000 7º 8 Semanal Mensal 08 120 Nome da Disciplina Monografia I Curso Ciências Econômicas Estudo do tema escolhido. Seleção da bibliografia. Levantamento de

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO Departamento de Economia Rua Marquês de São Vicente, Rio de Janeiro Brasil

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO Departamento de Economia Rua Marquês de São Vicente, Rio de Janeiro Brasil PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO Departamento de Economia Rua Marquês de São Vicente, 225 2245-900 - Rio de Janeiro Brasil Eco 1217 Teoria Macroeconômica II Aulas: ª e 5ª, das 9h às 11h

Leia mais

Programa de Unidade Curricular

Programa de Unidade Curricular Programa de Unidade Curricular Faculdade Ciências Empresariais Licenciatura Marketing Unidade Curricular Macroeconomia Semestre: 1 Nº ECTS: 6,0 Regente Maria Dolores Ferreira Nunes Cabral Assistente Carga

Leia mais

ANEXO 9.B. Análise Gráfica do Modelo Mundell-Fleming (IS-LM-BP)

ANEXO 9.B. Análise Gráfica do Modelo Mundell-Fleming (IS-LM-BP) ANEXO 9.B Análise Gráfica do Modelo Mundell-Fleming (IS-LM-BP) A apresentação gráfica desse modelo de macroeconomia aberta com concepção keynesiana ajuda a entender passo-a-passo as dezesseis situações

Leia mais

,UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO P L A N O D E E N S I N O

,UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO P L A N O D E E N S I N O ,UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO P L A N O D E E N S I N O I IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Administração Disciplina: Economia e Mercado Ano Letivo: 2016 Semestre:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO EM CONTABILIDADE

Leia mais

PLANO DE ENSINO Disciplina: Fundamentos de Economia I CHS: 64

PLANO DE ENSINO Disciplina: Fundamentos de Economia I CHS: 64 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO Disciplina: Fundamentos de Economia

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária Escola de Engenharia Curso Engenharia Mecânica Disciplina Economia Industrial Professor(es) Professor Doutor Agostinho Celso Pascalicchio Carga horária Teoria: 02 Prática: 00 Total:

Leia mais

Modelo IS LM. Prof. Waldery Rodrigues Júnior.

Modelo IS LM. Prof. Waldery Rodrigues Júnior. Modelo IS LM Exercícios e Questões Prof. Waldery Rodrigues Júnior waldery.rodrigues@yahoo.com.br Tópicos: Equilíbrio no Mercado de Bens Demanda por Moeda Oferta de Moeda Equilíbrio no Mercado Monetário

Leia mais

[80] O efeito multiplicador em questão pressupõe que a economia esteja em desemprego.

[80] O efeito multiplicador em questão pressupõe que a economia esteja em desemprego. 1. (EBC, Analista de Empresa de Comunicação Pública Economia, 2011, CESPE) Considerando o fato de que um aumento do gasto governamental provoca um aumento proporcional da renda nacional e sabendo que a

Leia mais

- Desenvolver no aluno aluno a capacidade de raciocinar criticamente por meio das análises microeconômicas.

- Desenvolver no aluno aluno a capacidade de raciocinar criticamente por meio das análises microeconômicas. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO Disciplina: Economia I CHS: 64 Curso:

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: MERCADO DE CAPITAIS

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: MERCADO DE CAPITAIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: MERCADO DE CAPITAIS Código: CTB 000 Pré-requisito: ------- Período Letivo: 2016.1 Professor:

Leia mais

ÁREA DE CONHECIMENTO / MATÉRIA / COMPONENTE CURRICULAR: TEORIA MICROECONÔMICA / TEORIA MACROECONÔMICA PONTOS

ÁREA DE CONHECIMENTO / MATÉRIA / COMPONENTE CURRICULAR: TEORIA MICROECONÔMICA / TEORIA MACROECONÔMICA PONTOS RELAÇÃO DE PARA A PROVA DIDÁTICA CAMPUS XVI IRECÊ ÁREA DE CONHECIMENTO / MATÉRIA / COMPONENTE CURRICULAR: TEORIA MICROECONÔMICA / TEORIA MACROECONÔMICA 1. A curva de oferta, fatores determinantes da lei

Leia mais

RI Finanças Internacionais

RI Finanças Internacionais Federal University of Roraima, Brazil From the SelectedWorks of Elói Martins Senhoras Winter January 1, 2010 RI 603 - Finanças Internacionais Eloi Martins Senhoras Available at: http://works.bepress.com/eloi/171/

Leia mais

MOEDA E INFLAÇÃO Macro VI

MOEDA E INFLAÇÃO Macro VI MOEDA E INFLAÇÃO Macro VI I INTRODUÇÃO: TEORIA MONETÁRIA Teoria monetária: é a teoria que relaciona mudanças na quantidade de moeda à mudanças na atividade econômica agregada e no nível de preços. Nível

Leia mais

UNIJUI Universidade Regional do Noroeste do Estado do RS ECONOMIA PROFESSOR AGENOR CASTOLDI APONTAMENTOS DE ECONOMIA

UNIJUI Universidade Regional do Noroeste do Estado do RS ECONOMIA PROFESSOR AGENOR CASTOLDI APONTAMENTOS DE ECONOMIA UNIJUI Universidade Regional do Noroeste do Estado do RS ECONOMIA PROFESSOR AGENOR CASTOLDI APONTAMENTOS DE ECONOMIA MATERIAL DE AUXILIO PARA AULAS DE ECONOMIA CURSOS DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA ANO LETIVO:

Leia mais

Exercícios de Macroeconomia

Exercícios de Macroeconomia Exercícios de Macroeconomia 1. Explique porque o PIB é tanto uma variável que mede tanto renda agregada, quanto a despesa agregada e produção. Por que PIB não mede riqueza? Qual a diferença entre PIB real

Leia mais

Ajustamento da Economia em Regime de Câmbio Fixo

Ajustamento da Economia em Regime de Câmbio Fixo Ajustamento da Economia em Regime de Câmbio Fixo Déficit ou Superávit Externo: ajustamento sem ou com esterilização monetária; recessão ou desvalorização. http://fernandonogueiracosta.wordpress.com/ Circuito

Leia mais

MACROECONOMIA I 1E201

MACROECONOMIA I 1E201 MACROECONOMIA I 1E201 (2008-09) João Correia da Silva (joao@fep.up.pt) APRESENTAÇÃO JOÃO SILVA Atendimento: 2 as -feiras, das 11h às 12h, gabinete 606. joao@fep.up.pt http://www.fep.up.pt/docentes/joao

Leia mais

ECONOMIA E MERCADO MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS PGCF PROF. JOÃO EVANGELISTA DIAS MONTEIRO

ECONOMIA E MERCADO MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS PGCF PROF. JOÃO EVANGELISTA DIAS MONTEIRO ECONOMIA E MERCADO MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS PGCF PROF. JOÃO EVANGELISTA DIAS MONTEIRO 1 OBJETIVOS DA AULA 3 Dinâmica dos Mercados em Macroeconomia Contas Nacionais - Quantificando o Desempenho da

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA Curso: Agronomia / Zootecnia / Medicina Veterinária Habilitação: Engenheiro Agrônomo / Zootecnista / Médico

Leia mais

Fatores Determinantes do

Fatores Determinantes do Fatores Determinantes do Balanço de Pagamentos Abordagem pela Absorção Abordagem pelos Movimentos de Capital Abordagem Monetária http://fernandonogueiracosta.wordpress.com/ Contabilidade das relações externas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOAS PRÓ-REIORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 2 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Economia Industrial 0980004 1.2 Unidade:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA Disciplina: ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA Código: CSA170 Teórica l 4 0 Ementa: Introdução: moeda, bancos e sistema financeiro. Mercados financeiros. Instituições financeiras. Banco Central e política

Leia mais

ECONOMIA DO TRABALHO CIÊNCIAS ECONÔMICAS

ECONOMIA DO TRABALHO CIÊNCIAS ECONÔMICAS Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária 020019 4 4 Semanal Mensal 04 60 Nome da Disciplina ECONOMIA DO TRABALHO Curso CIÊNCIAS ECONÔMICAS Análise Micro Econômica I Conceitos e medidas, Indicadores

Leia mais

A teoria macroeconômica de John Maynard Keynes

A teoria macroeconômica de John Maynard Keynes A teoria macroeconômica de John Maynard Keynes Dr. Antony P. Mueller Professor de Economia Universidade Federal de Sergipe www.continentaleconomics.com John Maynard Keynes (1883-1946) Teoria Geral do Emprego,

Leia mais

Preservar a Estabilidade Econômica

Preservar a Estabilidade Econômica Preservar a Estabilidade Econômica Entendimento: A estabilidade econômica pode ser definida em termos de três variáveis endógenas, a saber: a) Utilização dos recursos produtivos; b) Nível geral de preços;

Leia mais

Epílogo: a história da macroeconomia CAPÍTULO. Olivier Blanchard Pearson Education Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard

Epílogo: a história da macroeconomia CAPÍTULO. Olivier Blanchard Pearson Education Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Epílogo: a história da Olivier Blanchard Pearson Education CAPÍTULO 27 27.1 Keynes e a Grande Depressão Keynes A história da moderna começa em 1936, com a publicação de Teoria geral do emprego, do juro

Leia mais

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária Semanal Mensal 04 60

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária Semanal Mensal 04 60 Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária Nome da Disciplina Curso 020015 3 04 Semanal Mensal 04 60 ANÁLISE MICRO-ECÔNOMICA I CURSO DE CIÊNCIAS ECÔNOMICAS Teoria do Comportamento do Consumidor. Teoria

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular: Análise Macroeconómica

Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular: Análise Macroeconómica INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do conselho Técnico-Científico 20/2/2013 Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular:

Leia mais

Produto, taxa de juros e taxa de câmbio CAPÍTULO 20. Olivier Blanchard Pearson Education Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard

Produto, taxa de juros e taxa de câmbio CAPÍTULO 20. Olivier Blanchard Pearson Education Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Produto, taxa de juros e taxa de câmbio Olivier Blanchard Pearson Education CAPÍTULO 20 Produto, taxa de juros e taxa de câmbio O modelo desenvolvido neste capítulo é uma extensão para a economia aberta

Leia mais

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária ª 04 Semanal Mensal 04 60

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária ª 04 Semanal Mensal 04 60 Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária 020017 4ª 04 Semanal Mensal 04 60 Nome da Disciplina ECONOMETRIA Curso CIÊNCIAS ECONÔMICAS Introdução à Estatística Estatística Econômica e Introdução à Econometria

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA Curso: Agronomia / Zootecnia / Medicina Veterinária Habilitação: Engenheiro Agrônomo / Zootecnista / Médico

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina ADM324 Mercado de Capitais

Programa Analítico de Disciplina ADM324 Mercado de Capitais 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Administração e Contabilidade - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA EMBED CorelDRAW.Graphic.12 Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001.

Leia mais

Revolution and Evolution in Twentieth Century Macroeconomics

Revolution and Evolution in Twentieth Century Macroeconomics Revolution and Evolution in Twentieth Century Macroeconomics Joaquim Andrade/Woodford/Benassy Universidade de Brasília jandrad46@gmail.com March 10, 2015 Joaquim Andrade/Woodford/Benassy (UnB) Macroeconomics

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOAS PRÓ-REIORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 1 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Economia Industrial 0980004 1.2 Unidade:

Leia mais

Dilemas de Política Econômica e

Dilemas de Política Econômica e Dilemas de Política Econômica e Recurso ao Câmbio Flexível Contradição entre equilíbrio interno e equilíbrio externo Inconveniência do câmbio fixo Solução aparente no câmbio flexível http://fernandonogueiracosta.wordpress.com/

Leia mais

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária ª 04 Semanal Mensal 04 60

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária ª 04 Semanal Mensal 04 60 e Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária 020017 4ª 04 Semanal Mensal 04 60 Nome da Disciplina ECONOMETRIA Curso CIÊNCIAS ECONÔMICAS Introdução à Estatística. Estatística Econômica e Introdução

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: INTRODUÇÃO À ECONOMIA Código: ADM 140 Pré-requisito: Período Letivo: 2013.1 Professor: Wivaldo

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01. Código: CTB - 140 CH Total: 60 Pré-requisito:

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01. Código: CTB - 140 CH Total: 60 Pré-requisito: Componente Curricular: Economia CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Código: CTB - 140 CH Total: 60 Pré-requisito: Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

- Desenvolver no aluno aluno a capacidade de raciocinar criticamente por meio das análises microeconômicas.

- Desenvolver no aluno aluno a capacidade de raciocinar criticamente por meio das análises microeconômicas. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS PLANO DE ENSINO Disciplina: Fundamentos de Economia

Leia mais

Conjuntura Econômica

Conjuntura Econômica Programa de Aperfeiçoamento para Carreiras 2016 Curso: Conjuntura Econômica Professor: José Luiz Pagnussat Palestrantes: Pedro Jucá Maciel, Elder Linton Alves de Araujo, Rogério Dias de Araújo, Mauricio

Leia mais

Organização da Disciplina. Mercado de Capitais. Aula 1. Organização da Aula. Contextualização. Aula 1 Economia e moeda

Organização da Disciplina. Mercado de Capitais. Aula 1. Organização da Aula. Contextualização. Aula 1 Economia e moeda Organização da Disciplina Mercado de Capitais Aula 1 Prof. Cleverson Luiz Pereira Aula 1 Economia e moeda Aula 2 Sistema financeiro nacional X mercado financeiro Aula 3 Mercado de capitais e o mercado

Leia mais

QUANTIFICANDO A RENDA NACIONAL

QUANTIFICANDO A RENDA NACIONAL LEITURA OBRIGATÓRIA CAPÍTULO 22 QUANTIFICANDO A RENDA NACIONAL Mankiw, N. Gregory Introdução à Economia: princípios de micro e macroeconomia, 2ª Edição. Rio de Janeiro, Editora Campus Ltda, 2001 CAPÍTULO

Leia mais

RI Sistema Monetário e Financeiro Internacional

RI Sistema Monetário e Financeiro Internacional Federal University of Roraima, Brazil From the SelectedWorks of Elói Martins Senhoras Winter January 1, 2009 RI 603 - Sistema Monetário e Financeiro Internacional Eloi Martins Senhoras Available at: http://works.bepress.com/eloi/144/

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2017 1º 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Direito e Economia 0760.109 1.2 Unidade:

Leia mais

Bizú de Noções de Macroeconomia Agente Fiscal de Rendas Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Bizú de Noções de Macroeconomia Agente Fiscal de Rendas Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Bizú de Noções de Macroeconomia Agente Fiscal de Rendas Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Olá, Pessoal! A FCC costumeiramente cobra em prova, por meio de questões, praticamente todos os temas

Leia mais

PROGRAMA DE COMPONENTE CURRICULAR

PROGRAMA DE COMPONENTE CURRICULAR U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D O R E C Ô N C A V O D A B A H I A CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS COORDENAÇÃO ACADÊMICA FORMULÁRIO R0092 PROGRAMA DE COMPONENTE CURRICULAR COMPONENTE

Leia mais

Regulação Econômica em Macroeconomia Aberta. Fernando Nogueira da Costa Professor do IE-UNICAMP

Regulação Econômica em Macroeconomia Aberta. Fernando Nogueira da Costa Professor do IE-UNICAMP Regulação Econômica em Macroeconomia Aberta Fernando Nogueira da Costa Professor do IE-UNICAMP http://fernandonogueiracosta.wordpress.com/ Estrutura da apresentação Modelo IS-LM-BP Ajuste econômico com

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Proporcionar uma ampla visão do funcionamento da economia e suas diversas inter-relações.

PLANO DE ENSINO. Proporcionar uma ampla visão do funcionamento da economia e suas diversas inter-relações. EMENTA PLANO DE ENSINO Ciência econômica: definições, conceitos e evolução. Economia descritiva e normativa. Dinâmica e funcionamento da Economia de mercado. Sistema monetário e financeiro. Setor externo.

Leia mais

Introdução à Macroeconomia. Danilo Igliori

Introdução à Macroeconomia. Danilo Igliori Introdução à Macroeconomia Danilo Igliori (digliori@usp.br) Construindo o modelo IS-LM 1 Contexto No último capítulo introduzimos o modelo de demanda e oferta agregadas. No longo prazo: preços flexíveis

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: São José do Rio Pardo Código: 150 Município: São José do Rio Pardo Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Administração

Leia mais

Capítulo 6. Política Macroeconómica no curto prazo com câmbios fixos. Política macro de curto prazo

Capítulo 6. Política Macroeconómica no curto prazo com câmbios fixos. Política macro de curto prazo Capítulo 6 Política Macroeconómica no curto prazo com câmbios fixos Política macro de curto prazo Quais os objectivos da política macroeconómica em economia aberta? Qual a eficácia das políticas macro

Leia mais

O SETOR EXTERNO Bibliografia: capítulo 6 de Bacha (2004), p. 151 a 158; 165 a 175; 177 e 178. Aula 7

O SETOR EXTERNO Bibliografia: capítulo 6 de Bacha (2004), p. 151 a 158; 165 a 175; 177 e 178. Aula 7 O SETOR EXTERNO Bibliografia: capítulo 6 de Bacha (2004), p. 151 a 158; 165 a 175; 177 e 178 1 Setor externo e modelos econômicos O setor externo é um dos quatro agentes que compõem os modelos macroeconômicos.

Leia mais

12 Flutuações de Curto Prazo

12 Flutuações de Curto Prazo 12 Flutuações de Curto Prazo Flutuações Econômicas de Curto Prazo A atividade econômica flutua de ano para ano. Em quase todos os anos, a produção aumenta. Nem toda flutuação é causada por variação da

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 246 aprovado pela portaria Cetec nº 181 de 26/09/2013 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO. Faculdade de Ciências e Letras FCLar Araraquara

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO. Faculdade de Ciências e Letras FCLar Araraquara UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO Faculdade de Ciências e Letras FCLar Araraquara PROJETO DE PESQUISA : em Macroeconomia Aberta da Argentina referente aos anos de 2006-2012 Coordenador:

Leia mais

CAPÍTULO 17. Expectativas, produto e política econômica. Olivier Blanchard Pearson Education

CAPÍTULO 17. Expectativas, produto e política econômica. Olivier Blanchard Pearson Education Expectativas, produto e política econômica Olivier Blanchard Pearson Education CAPÍTULO 17 17.1 Expectativas e decisões: fazendo o balanço Figura 17.1 Expectativas e gastos: os canais As expectativas afetam

Leia mais

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária Semanal Mensal Nome da Disciplina

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária Semanal Mensal Nome da Disciplina e Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária 02004 7 04 Semanal Mensal 04 60 Nome da Disciplina TÓPICOS EM MÉTODOS QUANTITATIVOS APLICADOS À ECONOMIA Curso CIÊNCIAS ECONÔMICAS Inferência estatística.

Leia mais

Curso de Análise de Conjuntura e de Cenários Macroeconômicos

Curso de Análise de Conjuntura e de Cenários Macroeconômicos Curso de Análise de Conjuntura e de Cenários Macroeconômicos Coordenação: Prof. Nivalde J. de Castro Objetivos do Curso Desenvolver formação básica para engenheiros e profissionais que trabalhem no setor

Leia mais

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA - GST0261 FUNDAMENTOS DE ECONOMIA (11/11/2015) Perfil Docente. Contextualização

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA - GST0261 FUNDAMENTOS DE ECONOMIA (11/11/2015) Perfil Docente. Contextualização FUNDAMENTOS DE ECONOMIA - GST0261 FUNDAMENTOS DE ECONOMIA (11/11/2015) Perfil Docente O docente, necessariamente, deve possuir graduação em Economia e, ainda, Pós- Graduação Stricto Sensu (Mestrado e/ou

Leia mais

RI Analise Macroeconomica

RI Analise Macroeconomica Federal University of Roraima, Brazil From the SelectedWorks of Elói Martins Senhoras Winter January 1, 2010 RI 406 - Analise Macroeconomica Prof. Dr. Eloi Martins Senhoras Available at: https://works.bepress.com/eloi/182/

Leia mais

Modelo Keynesiano 1. (APO) 2. (ESAF 2009) (ESAF 2006)

Modelo Keynesiano 1. (APO) 2. (ESAF 2009) (ESAF 2006) Modelo Keynesiano 1. (APO) Considere as seguintes informações: Y = 1000 C = 600 I = 300 G = 100 X = 50 M = 50 onde Y = produto agregado; C = consumo agregado; I = investimento agregado; G = gastos do governo;

Leia mais

XI Encontro de Iniciação à Docência

XI Encontro de Iniciação à Docência 4CCSADEMT03 O MODELO IS LM: UMA ABORDAGEM PARA A ECONOMIA BRASILEIRA NO PERÍODO DE 1995 2007 Tatyanna Nadábia de Souza Lima (1), Marcilia Nobre Gadelha (2), Sinézio Fernandes Maia (3) Centro de Ciências

Leia mais

C = 0,8Yd i* = 12 T = 0,25Y X = e I = 300 5i Mimp= 50 6e + 0,1Y G = 400 Md= 0,2Y 12i Ms = 160

C = 0,8Yd i* = 12 T = 0,25Y X = e I = 300 5i Mimp= 50 6e + 0,1Y G = 400 Md= 0,2Y 12i Ms = 160 Universidade de Brasília Departamento de Economia Disciplina: Macroeconomia I Professor: Carlos Alberto Período: 2/2013 Segunda Prova Questões 1. Assuma um país pequeno, com taxa de câmbio flexível e perfeita

Leia mais