PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA"

Transcrição

1 PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA INÍCIO análise inicial Verificar a existência de demonstrativo de débito e contrato de abertura de crédito (Súmula 247/STJ) a inicial está apta? defere prazo para emenda da inicial a inicial está apta? indefere a inicial encaminha os autos para expede mandado de citação hipóteses: não houve pagamento nem oposição de embargos embargos pagamento constitui-se o título executivo intima o demandante para responder intima o demandante para dizer se ainda há algo a requerer segue-se o rito do cumprimento de foram apresentados novos documentos? anexa de extinção intima o embargante para manifestação publica a no imprensa oficial foram requeridas provas? aguarda o trânsito em julgado, após o que o feito pode ser enviado ao setor de é caso de deferimento? Página 1 de 39

2 é caso de deferimento? defere as provas A prova pode constituir-se, e.g., em uma perícia. intima as partes para alegações envia os autos conclusos para foi procedente? segue-se o rito do cumprimento de publica a no imprensa oficial houve recurso? certifica o trânsito em julgado da intima a parte contrária para contra-razões houve condenação em custas? envia os autos ao TRF segue-se o rito do cumprimento de envia os autos ao setor de Página 2 de 39

3 PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 29 - AÇÃO ORDINÁRIA INICIAR há pedido de antecipação de tutela? enviar os autos conclusos para o juiz a liminar foi deferida? expedir ofício para o órgão responsável pelo cumprimento publicar a decisão citar o réu o réu apresentou exceção? o réu apresentou reconvenção? suspender o processo remeter os autos para a distribuição por dependência a reconvenção é processada nos mesmos autos aguardar resolução da exceção (autos apensos) intimar o autor para contestar refere-se sempre ao autor da ação principal a exceção foi julgada procedente? Página 3 de 39

4 refere-se sempre ao autor da ação principal o réu apresentou o autor apresentou contestação? contestação? remeter os autos ao juízo competente ou substituto legal do juiz decretar a revelia decretar a revelia enviar os autos conclusos para aguardar processamento da ação principal publicar a intimar a Fazenda Pública enviar os autos conclusos para publicar a foi interposto recurso? intimar a parte contrária para contraarrazoar intimar a Fazenda Pública foi interposto recurso? remeter os autos à instância superior intimar a parte contrária para contraarrazoar remeter os autos à instância superior houve condenação? seguir o trâmite do cumprimento de houve condenação? seguir o trâmite do cumprimento de remeter os autos para remeter os autos para foram alegadas preliminares ou juntados documentos? Página 4 de 39

5 foram alegadas preliminares ou juntados documentos? intimar o autor para se manifestar foram alegadas preliminares ou juntados documentos? sanear o processo (fixar pontos controvertidos) intimar o autor para se manifestar há necessidade de prova pericial? sanear o processo (fixar pontos controvertidos) nomear perito, fixando prazo para entrega do laudo há necessidade de prova pericial? intimar as partes para apresentar quesitos e indicar assistente nomear perito, fixando prazo para entrega do laudo intimar perito para indicar dia, hora e local da prova intimar as partes para apresentar quesitos e indicar assistente intimar as partes do dia, hora e local da prova intimar perito para indicar dia, hora e local da prova aguardar apresentação do laudo intimar as partes do dia, hora e local da prova intimar as partes da apresentação do laudo aguardar apresentação do laudo foram pedidos esclarecimentos? intimar as partes da apresentação do laudo intimar o perito para prestá-los foram pedidos esclarecimentos? há necessidade de audiência? intimar o perito para prestá-los Página 5 de 39

6 intimar o perito para prestá-los designar audiência aguardar alegações finais há necessidade de audiência? designar audiência enviar os autos conclusos para aguardar alegações finais publicar a intimar a Fazenda Pública aguardar processamento da ação principal foi interposto recurso? enviar os autos conclusos para intimar a parte contrária para contraarrazoar publicar a remeter os autos à instância superior intimar a Fazenda Pública foi interposto recurso? houve condenação? intimar a parte contrária para contraarrazoar seguir o trâmite do cumprimento de remeter os autos à instância superior houve condenação? remeter os autos para seguir o trâmite do cumprimento de Página 6 de 39

7 remeter os autos para PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 31 - AÇÃO PENAL PÚBLICA INÍCIO recebe os autos do protocolo a denúncia está apta? o vício é sanável? insere decisão de recebimento da denúncia insere despacho de emenda da inicial remete os autos para assinatura do juiz recebe de volta os autos abre vista dos autos ao MPF aguarda devolução dos autos designa audiência de interrogatório remete os autos para assinatura do juiz recebe de volta os autos expede mandado de citação para o acusado o acusado está preso? a denúncia está apta? insere decisão rejeitando a denúncia requisita, por ofício, condução ao DPF comunica à autoridade que custodia o acusado abre vista dos autos ao MPF Página 7 de 39

8 remete os autos para assinatura do juiz recebe de volta os autos abre vista dos autos ao MPF aguarda devolução dos autos abre vista dos autos ao MPF o acusado requer defensor público? aguarda devolução dos autos insere despacho nomeando defensor ouve recurso? remete os autos para assinatura do juiz o recurso é tempestivo insere decisão recebendo o recurso remete os autos para assinatura do juiz recebe de volta os autos remete os autos à superior instância recebe de volta os autos expede mandado de intimação para o defensor aguarda o dia da audiência entrega os autos ao juiz para a audiência recebe de volta os autos (após a audiência) designa audiência de oitiva de testemunhas de acusação insere decisão rejeitanto o recurso expede mandados de intimação das testemunhas há servidores públicos entre as testemunhas? remete os autos para assinatura do juiz recebe de volta os autos expede ofício requisitando-os ao chefe da repartição abre vista dos autos ao MPF as partes foram cientificadas em audiência? aguarda devolução dos autos remete os autos para o setor de expede mandados de intimação para as partes abre vista dos autos ao MPF aguarda devolução dos autos aguarda o dia da audiência entrega os autos ao juiz para a audiência recebe de volta os autos (após a audiência) Página 8 de 39

9 recebe de volta os autos (após a audiência) designa audiência de oitiva de testemunhas de defesa expede mandados de intimação das testemunhas há servidores públicos entre as testemunhas? expede ofício requisitando-os ao chefe da repartição as partes foram cientificadas em audiência? expede mandados de intimação para as partes abre vista dos autos ao MPF aguarda devolução dos autos aguarda o dia da audiência entrega os autos ao juiz para a audiência recebe de volta os autos (após a audiência) o juiz abriu o prazo do art. 499 em audiência? insere despacho abrindo o prazo do art. 499 remete os autos para assinatura do juiz recebe de volta os autos expede mandado de intimação para a defesa aguarda transcurso do prazo da defesa abre vista dos autos ao MPF aguarda devolução dos autos houve requerimentos? é caso de deferimento? insere despacho determinando a diligência Página 9 de 39

10 insere despacho determinando a diligência remete os autos para assinatura do juiz recebe de volta os autos realiza diligência expede mandado de intimação para a defesa aguarda devolução dos autos abre vista dos autos ao MPF aguarda devolução dos autos insere despacho de alegações finais remete os autos para assinatura do juiz recebe de volta os autos expede mandado de intimação para a defesa aguarda transcurso do prazo da defesa abre vista dos autos ao MPF aguarda devolução dos autos remete os autos ao juiz conclusos para recebe de volta os autos expede mandados de intimação para a defesa aguarda prazo recursal aguarda prazo recursal abre vista dos autos ao MPF aguarda devolução dos autos houve recurso do MPF? houve recurso da está tempestivo? defesa? está tempestivo? insere despacho recebendo o recurso Página 10 de 39

11 insere despacho recebendo o recurso remete os autos para assinatura do juiz recebe de volta os autos remete os autos à superior instância remete os autos para assinatura do juiz recebe de volta os autos expede mandado de intimação para a defesa aguarda prazo para contra-razões remete os autos à superior instância certifica o trânsito em julgado da a foi absolutória? encaminha os autos para a distribuição transformar em execução penal remete os autos para o setor de Página 11 de 39

12 PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 74 - EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL INICIAR o juízo está seguro? estão tempestivos Página 12 de 39

13 estão tempestivos anexar decisão de não-recebimento intimar o embargado para impugná-los publicar a decisão o embargado impugnou? para foram alegadas preliminares ou juntados documentos? intimar o embargante para se manifestar sanear o processo (fixar pontos controvertidos) há necessidade de prova pericial? nomear perito, fixando prazo para entrega do laudo intimar as partes para apresentar quesitos e indicar assistente intimar perito para indicar dia, hora e local da prova intimar as partes do dia, hora e local da prova aguardar apresentação do laudo intimar as partes da apresentação do laudo Página 13 de 39

14 intimar as partes da apresentação do laudo foram pedidos esclarecimentos? intimar o perito para prestá-los há necessidade de audiência? designar audiência aguardar alegações finais enviar os autos conclusos para publicar a intimar a Fazenda Pública foi interposto recurso? intimar a parte contrária para contraarrazoar trasladar cópia da e certificar interposição do recurso nos autos da execução remeter os autos à instância superior trasladar cópia da e certificar o trânsito em julgado nos autos da execução Página 14 de 39

15 trasladar cópia da e certificar o trânsito em julgado nos autos da execução houve condenação? seguir o trâmite do cumprimento de remeter os autos para Página 15 de 39

16 PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 76 - EMBARGOS À EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL INICIAR estão tempestivos anexar decisão de não-recebimento intimar o embargado para impugná-los publicar a decisão o embargado impugnou? para foram alegadas preliminares ou juntados documentos? intimar o embargante para se manifestar sanear o processo (fixar pontos controvertidos) há necessidade de prova pericial? nomear perito, fixando prazo para entrega do laudo intimar as partes para apresentar quesitos e indicar assistente intimar perito para indicar dia, hora e local da prova intimar as partes do dia, hora e local da prova Página 16 de 39

17 intimar as partes do dia, hora e local da prova aguardar apresentação do laudo intimar as partes da apresentação do laudo foram pedidos esclarecimentos? intimar o perito para prestá-los há necessidade de audiência? designar audiência aguardar alegações finais enviar os autos conclusos para publicar a intimar a Fazenda Pública foi interposto recurso? intimar a parte contrária para contraarrazoar trasladar cópia da e certificar interposição do recurso nos autos da execução Página 17 de 39

18 remeter os autos à instância superior trasladar cópia da e certificar o trânsito em julgado nos autos da execução houve condenação? seguir o trâmite do cumprimento de remeter os autos para Página 18 de 39

19 PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 86 - EXCEÇÕES: INCOMPETÊNCIA, IMPEDIMENTO E SUSPEIÇÃO INICIAR o réu alegou a incompetência? neste caso, a alegação foi de impedimento ou de suspeição intimar o excepto para se manifestar o juiz reconhece a alegação da parte? há necessidade de ouvir testemunhas? ao substituto do juiz designar audiência de instrução enviar os autos conclusos para o juiz anexar as razões e documentos do juiz publicar a decisão à instância superior anexar cópia da decisão nos autos principais aguardar retorno dos autos ao juízo competente Página 19 de 39

20 anexar cópia da decisão nos autos principais a exceção foi procedente? a ação segue o rito ordinário ao substituto legal do juiz PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 97 - EXECUÇÃO DE SENTEÇA INÍCIO a é líquida? seguir o rito da liquidação de intimar o devedor para pagamento prazo: 15 dias (art. 475-J do CPC) houve pagamento? fazer incidir a multa de 10% intimar o credor para manifestação o credor pode requerer o bloqueio de ativos financeiros do devedor ou a expedição de mandado de penhora e avaliação, caso ainda não o tenha feito, no prazo de 30 dias o crédito foi intimar o credor satisfeito? foi requerido o bloqueio de ativos? anexar decisão de devem ser feitas três tentativas de bloqueio do valor da dívida aplicar o sistema BACENJUD para o houve bloqueio? o valor bloqueado foi satisfaz o crédito? Página 20 de 39

21 o valor bloqueado foi satisfaz o crédito? o valor bloqueado é irrisório? transferir o valor para conta judicial transferir o valor para conta judicial liberar o valor intimar o devedor para impugnar 1º do art. 475-J do CPC foi requerida a penhora de bens? houve impugnação? aguardar por 30 dias o impulso do credor intimar o credor para manifestação foi requerida a penhora de bens? enviar concluso para decisão anexar decisão de expedir mandado de penhora e avaliação a impugnação foi procedente? para o foram penhorados os bens? expedir alvará de liberação do valor em favor do devedor lavrar o auto de penhora e avaliação anexar decisão de 1º do art. 475-J do CPC intimar o devedor para impugnar para o intimar o credor para manifestação houve impugnação? intimar o credor para manifestação expedir alvará de liberação em favor do credor enviar concluso para decisão anexar decisão de a impugnação foi procedente? para o em favor do devedor expedir alvará de liberação do valor anexar decisão de Página 21 de 39

22 anexar decisão de para o intimar o credor o credor pode requerer a adjudicação do bem (art. 685-A do CPC) ou a alienação do mesmo por iniciativa particular (art. 685-C do CPC) foi requerida a adjudicação foi requerida a alienação particular deferir a adjudicação pelo valor da avaliação prazo, forma de dar publicidade, preço mínimo, condições de pagamento, garantias e, se for o caso, a comissão de corretagem fixar as condições para a alienação lavrar auto de adjudicação assinado pelo juiz e pelo diretor de secretaria houve sucesso na alienação particular expedir carta de adjudicação ou mandado de entrega carta - se o bem for imóvel mandado de entrega - se o bem for móvel assinado pelo juiz, pelo exequente e pelo adiquirente lavrar termo de alienação intimar o credor para manifestação carta de alienação - se o bem for imóvel expedir carta de mandado de entrega - so o bem for móvel alienação ou mandado o crédito foi de entrega satisfeito? nomear leiloeiro anexar decisão de designar data para alienação judicial para o expedir o edital o valor do bem é superior a 60 salários enviar o edital para publicação se o credor não for beneficiário da justiça gratuita, o edital deve lhe ser entregue para providenciar a publicação Página 22 de 39

23 intimar o devedor do dia, hora e local se estiver representado nos autos por publicação. Não estando representado, adotar, sucessivamente, uma das seguintes opções: carta registrada; mandado de intimação; edital de intimação; ou outro meio estabelecido pelo juiz houve arrematação? lavrar o auto de arrematação expedir carta de arrematação ou mandado de entrega carta de alienação - se o bem for imóvel mandado de entrega - so o bem for móvel só expedir após efetuado o depósito ou prestadas as garantias intimar o credor para manifestação o crédito foi satisfeito? anexar decisão de para o Página 23 de 39

24 PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 98 - EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL INÍCIO 1 expedir mandado de citação 2 houve citação? Página 24 de 39

25 10 3 houve arresto de bens? houve pagamento? intimar o exeqüente intimar o exeqüente intimar o exeqüente expede edital de citação foi requerido o o crédito foi bloqueio de ativos? satisfeito? houve pagamento? aplicar o sistema BACENJUD anexar de extinção converter o arresto em penhora houve bloqueio? publicar a o valor bloqueado satisfaz o crédito? para o há bens penhorados no feito? transferir o valor para conta judicial 23 o exeqüente quer adjudicar os bens? 21 expedir alvará de levantamento 24 deferir a adjudicação foi requerida a alienação particular? lavrar auto de adjudicação fixar as condições para a alienação expedir carta de adjudicação/mandado de entrega 34 4 houve sucesso na alienação? Página 25 de 39

26 houve sucesso na alienação? nomear leiloeiro lavrar termo de alienação 38 designar data para alienação judicial expedir carta de alienação/mandado de entrega expedir o edital 4 40 o valor do bem é superior a 60 saláriosmínimos? enviar o edital para publicação 27 o exeqüente indicou bens à penhora? 42 intimar o executado do dia, hora e local 28 efetivar a penhora dos bens indicados 43 houve arrematação? 29 intimar o exeqüente lavrar auto de arrematação inserir decisão de expedir carta de arrematação/mandado de entrega 4 31 publicar a 8 Página 26 de 39

27 Página 27 de 39

28 PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 99 - EXECUÇÃO FISCAL INÍCIO expedir carta de citação houve citação? expedir edital de citação houve pagamento? intimar a Fazenda o crédito foi satisfeito? houve indicação de dinheiro? determinar a conversão em renda três tentativas aplicar o sistema BACENJUD anexar de extinção houve bloqueio? publicar a e dar vista à Fazenda o valor bloqueado satisfaz o crédito? para o o valor bloqueado é irrisório? determinar transferência para conta judicial determinar transferência para conta judicial efetuar desbloqueio intimar executado para embargar intimar a Fazenda o executado apresentou embargos? Página 28 de 39

29 intimar a Fazenda o executado apresentou embargos? houve indicação de algum outro bem? suspender a execução efetivar a penhora o valor do bem penhorado satisfaz do crédito? aguardar o julgamento dos embargos os embargos foram procedentes? intimar executado para embargar intimar a Fazenda anexar de extinção o executado apresentou embargos? determinar a conversão em renda publicar a e dar vista à Fazenda suspender a execução anexar de extinção para o aguardar o julgamento dos embargos publicar a e dar vista à Fazenda para o os embargos foram procedentes? intimar a Fazenda para indicar leiloeiro anexar de extinção nomear leiloeiro publicar a e dar vista à Fazenda designar data para alienação judicial para o expedir o edital enviar o edital para publicação intimar o devedor do dia, hora e local Página 29 de 39

30 houve arrematação? intimar a Fazenda para dizer se quer adjudicar o bem lavrar o auto de arrematação houve adjudicação? expedir carta de arrematação ou mandado de entrega intimar a Fazenda para indicar outros bens intimar o credor para manifestação a Fazenda deixou de o crédito foi indicar bens? satisfeito? suspender o processo por 1 ano intimar a Fazenda aguardar o prazo de suspensão determinar a conversão em renda a Fazenda deixou de indicar bens? anexar de extinção arquivar o processo sem baixa publicar a e dar vista à Fazenda aguardar por 5 anos no arquivo para o a Fazenda deixou de indicar bens? anexar de extinção por prescrição do crédito publicar a e dar vista à Fazenda houve recuro? para o o executado está representado? Página 30 de 39

31 para o o executado está representado? intimar o executado para contra-razões à instância superior Página 31 de 39

32 Poder Judiciário da União - Justiça Federal 7ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Estância/SE Seção de Procedimentos Cíveis Fluxograma de procedimentos para liquidação de INÍCIO a determinação do valor depende apenas de cálculos é necessário alegar e provar fato novo? intimar o credor para promover o cumprimento o credor deve requerer o cumprimento da, instruindo o pedido com memória discriminada e atualizada do cálculo (art. 475-B do CPC) intimar o credor para promover o cumprimento aguardar por 30 dias a iniciativa do credor aguardar por 30 dias a iniciativa do credor o credor promoveu o cumprimento? o credor promoveu o cumprimento? há documentos indispensáveis com o devedor Página 32 de 39

33 há documentos indispensáveis com o devedor seguir o rito da ação ordinária (liquidação por artigos) há documentos indispensáveis com terceiros requisitar, fixando prazo para apresentação prazo máximo: 30 dias inserir despacho de requisitar, fixando prazo para apresentação prazo máximo: 30 dias os documentos foram apresentados? para o os documentos foram apresentados? reputar-se-ão corretos os cálculos do credor ordenar o depósito em 5 dias intimar o credor para promover o cumprimento os documentos foram depositados? aguardar por 30 dias a iniciativa do credor expedir mandado de busca e apreensão o credor promoveu o cumprimento? requisitar a instauração de procedimento penal nomear perito e fixar prazo para entrega do laudo liquidação por arbitramento intimar o credor para apresentar a memória de cálculos intimar as partes para se manifestar sobre o laudo 10 dias de prazo comum o credor trouxe a memória? há necessidade de audiência? seguir o rito do cumprimento de designar audiência intimar as partes anexar decisão Página 33 de 39

34 seguir o rito do cumprimento de PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA MANDADO DE SEGURANÇA INICIAR há pedido de liminar? enviar os autos conclusos para o juiz a liminar foi deferida? publicar a decisão expedir ofício para a autoridade impetrada Página 34 de 39

35 publicar a decisão expedir ofício para a autoridade impetrada expedir ofício para a autoridade impetrada publicar a decisão as informações foram prestadas? há novos documentos ou preliminares? intimar a parte impetrante remeter os autos ao Ministério Público enviar os autos conclusos para o juiz foi concedida a ordem? publicar a decisão expedir ofício para a autoridade impetrada expedir ofício para a autoridade impetrada intimar o representante judicial do órgão intimar o representante judicial do órgão publicar a decisão houve recurso? inserir decisão de intimar parte contrária para contra-arrazoar remeter os autos para remeter os autos à instância superior Página 35 de 39

36 PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA AÇÃO ESPECIAL CÍVEL PREVIDENCIÁRIA INÍCIO a inicial está instruída? anexar despacho de emenda da inicial é possível proferir de mérito "initio litis"? Página 36 de 39

37 anexar despacho de emenda da inicial é possível proferir de mérito "initio litis"? o autor atendeu ao despacho? houve pedido de antecipação de tutela? movimentar para Juiz/Para anexar de indeferimento da inicial intimar as partes da anexar despacho de citação anexar decisão de indeferimento da antecipação junto com despacho de citação intimar as partes da houve recurso? movimentar o feito para o arquivo efetuar a citação certificar o trânsito em julgado há necessidade de perícia? movimentar o feito para Arquivo/com baixa movimentar para Cartório/agendar perícia designar perícia anexar despacho de recebimento movimentar para Cartório/aguardando perícia intimar a parte contrária para contrarazões verificar o laudo anexado aguardar as contrarazões movimentar para Cartório/expedir ofício pgto de perito para a TR há necessidade de audiência? há necessidade de cálculos? movimentar para Cartório/para agendar audiência movimentar o feito para Cálculo/para cálculo designar audiência Página 37 de 39

38 há necessidade de cálculos? movimentar o feito para Cálculo/com audiência agendada movimentar para Cartório/aguardando audiência realizar audiência movimentar o feito para Juiz/para intimar as partes da a é homologatória de acordo? a apreciou o há obrigação de mérito da causa? pagar? a foi proferida em audiência? expedir RPV intimar as partes para conferir a RPV intimar as partes da há obrigação de fazer? houve recurso? certificar o trânsito em julgado anexar despacho de recebimento inserir o INSS/EADJ na parte passiva o pedido foi julgado procedente? intimar a parte contrária para contrarazões intimar o INSS/EADJ para cumprir movimentar o feito para o arquivo aguardar o cumprimento Página 38 de 39

39 movimentar o feito para o arquivo aguardar as contrarazões para a TR aguardar o cumprimento movimentar o feito para o arquivo Página 39 de 39

Manual do Procedimento Comum Ordinário Cível da SJPE. BizAgi Process Modeler

Manual do Procedimento Comum Ordinário Cível da SJPE. BizAgi Process Modeler Manual do Procedimento Comum Ordinário Cível da SJPE BizAgi Process Modeler Índice Procedimento Comum Ordinário Cível... 8 Procedimento comum ordinário...9 Elementos do processo...9 01. Receber inicial...

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 CAPÍTULO II - DO PROCESSO CIVIL... 39

SUMÁRIO CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 CAPÍTULO II - DO PROCESSO CIVIL... 39 SUMÁRIO Apresentação da Coleção...15 CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 1. Antecedentes históricos da função de advogado...19 2. O advogado na Constituição Federal...20 3. Lei de regência da

Leia mais

EXECUÇÃO E CUMPRIMENTO DE SENTENÇA

EXECUÇÃO E CUMPRIMENTO DE SENTENÇA EXECUÇÃO E CUMPRIMENTO DE SENTENÇA 1. Processo de execução Título executivo extrajudicial art. 876, CLT e art. 4º, Lei 6.830/80 (Lei de Execução Fiscal LEF) a) Termo de ajustamento de conduta firmado com

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 R E S O L V E:

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 R E S O L V E: ESTADO DO PARANÁ INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 O Desembargador Fernando Wolff Bodziak, 2º Vice-Presidente e Supervisor-Geral dos Juizados Especiais, no uso de suas atribuições legais e CONSIDERANDO o

Leia mais

Agrupadores. GESTÃO DE VARA ELETRÔNICA - PJE Jessiane Carla Siqueira Moreira Assessoria de Apoio à Primeira Instância JUIZ E SEUS ASSISTENTES

Agrupadores. GESTÃO DE VARA ELETRÔNICA - PJE Jessiane Carla Siqueira Moreira Assessoria de Apoio à Primeira Instância JUIZ E SEUS ASSISTENTES Agrupadores JUIZ E SEUS ASSISTENTES»Processos com pedido liminar ou de antecipação de tutela não apreciado GESTÃO DE VARA ELETRÔNICA - PJE DIRETOR E SEUS ASSISTENTES»Processos com Petições Avulsas»Processos

Leia mais

Art. 2º Recebidos os ofícios requisitórios (precatórios) da Autarquia, estes serão remetidos, de imediato, à Procuradoria Jurídica.

Art. 2º Recebidos os ofícios requisitórios (precatórios) da Autarquia, estes serão remetidos, de imediato, à Procuradoria Jurídica. NORMA DE EXECUÇÃO/INCRA/Nº 14, DE 31 DE MAIO DE 2001 (Publicação: Diário Oficial n 110-E, de 7/6/2001, seção 1, pág. 123 e Boletim de Serviço n 24, de 11/6/2001) Estabelece procedimentos técnicos e administrativos

Leia mais

PROCESSO CAUTELAR. COMPETÊNCIA EFICÁCIA CITAÇÃO E PRAZO PARA DEFESA

PROCESSO CAUTELAR. COMPETÊNCIA EFICÁCIA CITAÇÃO E PRAZO PARA DEFESA PROCESSO CAUTELAR. JUSTIFICATIVA MOROSIDADE DO PROCESSO PROCESSO CAUTELAR CARACTERÍSTICAS ASSEGURAR A PRETENSÃO EXISTENCIA DE PROCESSO PRINCIPAL CARÁTER PROVISÓRIO PROCESSO CAUTELAR CARACTERÍSITCAS CITAÇÃO

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO... 15 PREFÁCIO... 17 INTRODUÇÃO... 19 Capítulo I FLEXIBILIZAÇÃO... 21 1.1. Definição... 21 1.2. Flexibilização da norma... 23 1.3. Flexibilizar a interpretação e

Leia mais

MANUAL DAS AÇÕES ESPECIAIS

MANUAL DAS AÇÕES ESPECIAIS MANUAL DAS AÇÕES ESPECIAIS Vera Lúcia Feil Ponciano Juíza Federal da 9ª Vara da Seção Judiciária do Paraná Elaboração MANUAIS DE PROCEDIMENTOS DA JUSTIÇA FEDERAL, 8 JULHO DE 2001 SUMÁRIO Apresentação PARTE

Leia mais

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 23ª VARA FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUÍZA FEDERAL TITULAR DRA. MARIA AMELIA ALMEIDA SENOS DE CARVALHO JUÍZA FEDERAL SUBSTITUTA DRA. LUCIANA DA CUNHA VILLAR

Leia mais

Manual do Procedimento Comum Ordinário Cível da SJCE. BizAgi Process Modeler

Manual do Procedimento Comum Ordinário Cível da SJCE. BizAgi Process Modeler Manual do Procedimento Comum Ordinário Cível da SJCE BizAgi Process Modeler Índice Procedimento Comum Ordinário Cível... 6 Procedimento comum ordinário...7 Elementos do processo...7 01.Receber inicial...

Leia mais

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS Partindo de levantamentos realizados no questionário da

Leia mais

PETIÇÃO INICIAL (CPC 282)

PETIÇÃO INICIAL (CPC 282) 1 PETIÇÃO INICIAL (CPC 282) 1. Requisitos do 282 do CPC 1.1. Endereçamento (inciso I): Ligado a competência, ou seja, é imprescindível que se conheça as normas constitucionais de distribuição de competência,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2013.0000250943 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0080413-48.2010.8.26.0002, da Comarca de São Paulo, em que é apelante

Leia mais

Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho

Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho de Orientações do 1º Grau (Incluídas as regras de negócio das informações extraídas do PJe-JT) Versão 1.0 22/07/2015 Revisão e Atualização: Comitê Gestor Nacional

Leia mais

3ª aula: REFORMAS DO CPC E SEUS REFLEXOS NO PROCESSO DO TRABALHO

3ª aula: REFORMAS DO CPC E SEUS REFLEXOS NO PROCESSO DO TRABALHO Material disponibilizado pelo Professor: 3ª aula: REFORMAS DO CPC E SEUS REFLEXOS NO PROCESSO DO TRABALHO REMIÇÃO DA EXECUÇÃO CPC, 651. Antes de adjudicados ou alienados os bens, pode o executado, a todo

Leia mais

LEGISLAÇÃO COMPLEMENTAR

LEGISLAÇÃO COMPLEMENTAR ATUALIZAÇÃO 9 De 1.11.2014 a 30.11.2014 VADE MECUM LEGISLAÇÃO 2014 CÓDIGO CIVIL PÁGINA LEGISLAÇÃO ARTIGO CONTEÚDO 215 Lei 10.406/2002 Arts. 1.367 e 1.368-B Art. 1.367. A propriedade fiduciária em garantia

Leia mais

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR NOVO CPC: PERSPECTIVAS PARA A JUSTIÇA BRASILEIRA DO SÉCULO XXI

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR NOVO CPC: PERSPECTIVAS PARA A JUSTIÇA BRASILEIRA DO SÉCULO XXI » Pedro Henrique Meira Figueiredo NOVO CPC: PERSPECTIVAS PARA A JUSTIÇA BRASILEIRA DO SÉCULO XXI O ano de 2010 marcou a comunidade jurídica com a divulgação dos tão esperados anteprojetos do novo Código

Leia mais

CÓDIGO: 248 IMPOSTO DE RENDA DEVOLUÇÃO DE IR RECOLHIDO NA VENDA DE FÉRIAS, LICENÇA PRÊMIO E ABONO ASSIDUIDADE.

CÓDIGO: 248 IMPOSTO DE RENDA DEVOLUÇÃO DE IR RECOLHIDO NA VENDA DE FÉRIAS, LICENÇA PRÊMIO E ABONO ASSIDUIDADE. CÓDIGO: 248 IMPOSTO DE RENDA DEVOLUÇÃO DE IR RECOLHIDO NA VENDA DE FÉRIAS, LICENÇA PRÊMIO E ABONO ASSIDUIDADE. Pedido: Requer a compensação dos valores indevidamente tributados relativos a conversão em

Leia mais

4. AÇÃO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS

4. AÇÃO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 4. AÇÃO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 4.1 Conceito - O que é a ação de prestação de contas? 4.2 Ação de dar e ação de exigir contas - A quem compete esta ação? - Trata-se de uma ação dúplice? - Ação de dar contas

Leia mais

Fredie Didier Jr. Ravi Peixoto

Fredie Didier Jr. Ravi Peixoto Fredie Didier Jr. Professor-associado da Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (graduação, mestrado e doutorado). Coordenador do curso de graduação da Faculdade Baiana de Direito, Membro

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA Seção Judiciária do Rio Grande do Norte 6ª Vara PORTARIA Nº POR.0006.

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA Seção Judiciária do Rio Grande do Norte 6ª Vara PORTARIA Nº POR.0006. PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA Seção Judiciária do Rio Grande do Norte 6ª Vara PORTARIA Nº POR.0006.000006-0/2014 O Juiz Titular da 6ª Vara Federal da Seção Judiciária do Rio Grande

Leia mais

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Rafael Carvalho Rezende Oliveira 2ª para 3ª edição

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Rafael Carvalho Rezende Oliveira 2ª para 3ª edição A 3ª edição do livro CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO foi atualizada com o texto do PL de novo CPC enviado pelo Congresso Nacional à sanção presidencial em 24.02.2015. Em razão da renumeração dos artigos

Leia mais

BENNER MARQUES Material para Estudo

BENNER MARQUES Material para Estudo PRAZOS NO PROCESSO CIVIL Antes de adentrarmos ao prazos processuais necessário saber a regra de contagem e quando começa-se a contar o prazo: CONTANDO O PRAZO PROCESSUAL: Exclui-se o dia da publicação

Leia mais

EXECUÇÃO. Iniciação a Advocacia Trabalhista

EXECUÇÃO. Iniciação a Advocacia Trabalhista EXECUÇÃO TRABALHISTA Iniciação a Advocacia Trabalhista PROF. ROGÉRIO MARTIR Doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidad Del Museo Social Argentino, Advogado militante e especializado em

Leia mais

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região;

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região; CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002 A Excelentíssima Doutora MARIA HELENA CISNE CID, Corregedora- Geral da Justiça Federal da 2ª Região, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

Leia mais

QUESTÕES E PROCESSOS PARTE II

QUESTÕES E PROCESSOS PARTE II QUESTÕES E PROCESSOS INCIDENTES PARTE II INCOMPATIBILIDADES E IMPEDIMENTOS: ART. 112 CPP- DUAS HIPÓTESES: ABSTENÇÃO: ARGUIÇÃO PELA PARTE: PROCESSO ESTABELECIDO PARA EXCEÇÃO DE SUSPEIÇÃO. ART. 252 E 253

Leia mais

CASTAGNA MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS

CASTAGNA MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS CASTAGNA MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS Luis Antônio Castagna Maia Betânia Hoyos Figueira Vieira Cecília Maria Lapetina Chiaratto Andréia Gomes Ceregatto Janaína Barcellos Anna Carolina Pagano Michel Adam Lima

Leia mais

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 13, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014.

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 13, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014. PROVIMENTO CONJUNTO Nº 13, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014. Regulamenta os procedimentos a serem adotados no âmbito da Justiça do Trabalho da 4ª Região em virtude da implantação do PJe- JT, revoga o Provimento

Leia mais

INFORME SOBRE EXECUÇÕES DA ASIBAMA/DF

INFORME SOBRE EXECUÇÕES DA ASIBAMA/DF Brasília/DF, 15 de abril de 2015. INFORME SOBRE EXECUÇÕES DA ASIBAMA/DF A presente Nota tem como objetivo informar os filiados à ASIBAMA/DF sobre o andamento das execuções de valores devidos a título de

Leia mais

SUMÁRIO LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS... 19 PARTE I QUESTÕES PRELIMINARES CAPÍTULO I FORMAÇÃO DO TÍTULO EXECUTIVO... 25

SUMÁRIO LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS... 19 PARTE I QUESTÕES PRELIMINARES CAPÍTULO I FORMAÇÃO DO TÍTULO EXECUTIVO... 25 SUMÁRIO LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS... 19 APRESENTAÇÃO... 21 PARTE I QUESTÕES PRELIMINARES CAPÍTULO I FORMAÇÃO DO TÍTULO EXECUTIVO... 25 Introdução...25 1. Título executivo que instrui a execução fiscal...26

Leia mais

Manual de Rotinas do Procedimento Cível Comum Ordinário. Protocolo

Manual de Rotinas do Procedimento Cível Comum Ordinário. Protocolo 29 Protocolo 2. DISTRIBUIÇÃO A previsão legal dos atos de distribuição e registro está no Código de Processo Civil, nos artigos 251 a 257. A distribuição tem a função de dividir os processos entre juízos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL CIRCUNSCRIÇÃO JUDICIÁRIA DE CANOAS PRIMEIRA VARA FEDERAL PORTARIA 002/08

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL CIRCUNSCRIÇÃO JUDICIÁRIA DE CANOAS PRIMEIRA VARA FEDERAL PORTARIA 002/08 PORTARIA 002/08 Os Doutores GUILHERME PINHO MACHADO, Juiz Federal da Vara Federal Cível da Subseção Judiciária de Canoas, e DANIEL LUERSEN, Juiz Federal Substituto, no uso de suas atribuições legais, e

Leia mais

Honorários Periciais Judiciais

Honorários Periciais Judiciais Honorários Periciais Judiciais Atualização monetária Juros legais de mora Impugnação aos Cálculos CAROLINE DA CUNHA DINIZ Máster em Medicina Forense pela Universidade de Valência/Espanha Título de especialista

Leia mais

AUTOR : ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL/OAB SEÇÃO DE PE E OUTRO. Objetos: 01.04.08.07 Telefonia Concessão/Permissão/Autorização Serviços Administrativo

AUTOR : ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL/OAB SEÇÃO DE PE E OUTRO. Objetos: 01.04.08.07 Telefonia Concessão/Permissão/Autorização Serviços Administrativo 0019828 49.2011.4.05.8300 Classe: 1 AÇÃO CIVIL PÚBLICA AUTOR : ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL/OAB SEÇÃO DE PE E OUTRO ADVOGADO: PAULO HENRIQUE LIMEIRA GORDIANO RÉU: TIM NORDESTE TELECOMUNICACOES S.A. E

Leia mais

MANUAL DA VERSÃO 1.4.7.4 1º Grau

MANUAL DA VERSÃO 1.4.7.4 1º Grau MANUAL DA VERSÃO 1.4.7.4 1º Grau Equipe de elaboração: DESEMBARGADOR RICARDO ANTONIO MOHALLEM TRT 3ª REGIÃO JUÍZA GISELA AVILA LUTZ TRT 1º REGIÃO ANTONIO CARLOS DOS SANTOS TRT 7ª REGIÃO NADJA MARIA PRATES

Leia mais

DO EQUIVALENTE EM DINHEIRO ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA NAS AÇÕES DE DEPÓSITO EM CONTRATOS DE. ROGERIO DE OLIVEIRA SOUZA Juiz de Direito TJ/RJ

DO EQUIVALENTE EM DINHEIRO ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA NAS AÇÕES DE DEPÓSITO EM CONTRATOS DE. ROGERIO DE OLIVEIRA SOUZA Juiz de Direito TJ/RJ DO EQUIVALENTE EM DINHEIRO NAS AÇÕES DE DEPÓSITO EM CONTRATOS DE ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA ROGERIO DE OLIVEIRA SOUZA Juiz de Direito TJ/RJ O Decreto-Lei 911, de 01.10.1969, deu nova redação ao art. 66 da Lei

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso.

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. Por que se diz instrumento: a razão pela qual o recurso se chama agravo de

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º DE DE 2015. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA (CNJ), no uso de suas atribuições legais e regimentais,

RESOLUÇÃO N.º DE DE 2015. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA (CNJ), no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO N.º DE DE 2015 Regula o procedimento a ser adotado nas medidas assecuratórias em matéria processual-penal e as providências a serem adotadas quando decretada a perda de bens móveis ou imóveis

Leia mais

PEDIDO DE VISTA NA INDICAÇÃO Nº 022/2012, RELATIVA AO PROJETO DE LEI Nº 2963/11, DE RELATORIA DO DR. IVAN NUNES FERREIRA.

PEDIDO DE VISTA NA INDICAÇÃO Nº 022/2012, RELATIVA AO PROJETO DE LEI Nº 2963/11, DE RELATORIA DO DR. IVAN NUNES FERREIRA. PEDIDO DE VISTA NA INDICAÇÃO Nº 022/2012, RELATIVA AO PROJETO DE LEI Nº 2963/11, DE RELATORIA DO DR. IVAN NUNES FERREIRA. VOTO DE VISTA: FAUZI AMIM SALMEM PELA APROVAÇÃO DO RELATÓRIO, COM AS SEGUINTES

Leia mais

MANUAL DE GESTÃO META PRIORITÁRIA 5/2010 TRT da 17ª REGIÃO

MANUAL DE GESTÃO META PRIORITÁRIA 5/2010 TRT da 17ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 17ª REGIÃO MANUAL DE GESTÃO META PRIORITÁRIA 5/2010 TRT da 17ª REGIÃO Versão 1 Outubro/2010 1 Sumário 1.Introdução... 1 2.Subprocessos...

Leia mais

Exposição. 1. Município de Londrina ajuizou execução fiscal em face de Alessandro

Exposição. 1. Município de Londrina ajuizou execução fiscal em face de Alessandro APELAÇÃO CÍVEL N. 638896-9, DA COMARCA DE LONDRINA 2.ª VARA CÍVEL RELATOR : DESEMBARGADOR Francisco Pinto RABELLO FILHO APELANTE : MUNICÍPIO DE LONDRINA APELADO : ALESSANDRO VICTORELLI Execução fiscal

Leia mais

PORTARIA VT SÃO JOÃO DEL REI N. 1, DE 07 DE MAIO DE 2013

PORTARIA VT SÃO JOÃO DEL REI N. 1, DE 07 DE MAIO DE 2013 TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO PORTARIA VT SÃO JOÃO DEL REI N. 1, DE 07 DE MAIO DE 2013 A Excelentíssima Juíza do Trabalho, Dra. BETZAIDA DA MATTA MACHADO BERSAN, Titular da Vara do Trabalho

Leia mais

A execução incide somente sobre o patrimônio do executado. É sempre real.

A execução incide somente sobre o patrimônio do executado. É sempre real. PRINCÍPIOS DA EXECUÇÃO - Princípio da Patrimonialidade A execução incide somente sobre o patrimônio do executado. É sempre real. Art. 591. O devedor responde, para o cumprimento de suas obrigações, com

Leia mais

Instrução Normativa nº 03, de 11 de setembro de 2006.

Instrução Normativa nº 03, de 11 de setembro de 2006. Instrução Normativa nº 03, de 11 de setembro de 2006. Dispõe sobre o Sistema Integrado de Protocolização e Fluxo de Documentos Eletrônicos do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (e-doc). O Juiz-Presidente

Leia mais

Conclusão PJE JT - DECISÃO OU JULGAMENTO?

Conclusão PJE JT - DECISÃO OU JULGAMENTO? OCORRÊNCIA TIPO DE CONCLUSÃO MOVIMENTAÇÃO Adjudicação de bem Homologada a adjudicação do bem Arrematação de bem Homologada a arrematação do bem Assistência judiciária gratuita Não concedida a assistência

Leia mais

HASTAS PÚBLICAS UNIFICADAS DA JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU EM SÃO PAULO REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO

HASTAS PÚBLICAS UNIFICADAS DA JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU EM SÃO PAULO REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO HASTAS PÚBLICAS UNIFICADAS DA JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU EM SÃO PAULO REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO As Hastas Públicas Unificadas serão realizadas em dois leilões, sendo: 1º leilão: os lotes de bens oferecidos

Leia mais

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$ PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO Outros Procedimentos Atos e expedientes Habilitação para Casamento 2 214 23 239 Art. 20, II Lei 9.94/13 ISENTO Instrução de Rescisória 240 SEM CUSTAS - Já abrangidas nas custas

Leia mais

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$ PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO Outros Procedimentos Atos e expedientes Habilitação para Casamento 2 214 237 239 Art. 20, II Lei 9.974/13 ISENTO Instrução de Rescisória 240 Já abrangidas nas custas da ação

Leia mais

Arbitral Foi regulamentada através da lei 9.307/96 e refere-se a perícia realizada no juízo arbitral- instancia criada pela vontade das partes.

Arbitral Foi regulamentada através da lei 9.307/96 e refere-se a perícia realizada no juízo arbitral- instancia criada pela vontade das partes. 1. O que significa a sigla CPC? Código Processo Civil (determina normas da Perícia) 2. Como definir a perícia? A perícia é a prova pericial que demonstra um conjunto de procedimentos técnicos e científicos

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE ALTA FLORESTA 6ª VARA. Vistos.

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE ALTA FLORESTA 6ª VARA. Vistos. Autos n.º 3022-48.2012.811.0007. Código nº 101526. Ação de Obrigação de Fazer. Vistos. Trata-se de ação nominada Ação Cominatória de Obrigação de Fazer com pedido expresso de tutela de urgência interposta

Leia mais

BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE A RPV. (Requisição de Pequeno Valor)

BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE A RPV. (Requisição de Pequeno Valor) BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE A RPV (Requisição de Pequeno Valor) Hugo Soares Porto Fonseca O caput do art. 100 da Constituição Federal 1 determina que os pagamentos de valores devidos pelas Fazendas Federal,

Leia mais

PETIÇÃO INICIAL AASP / IBDP - 2015. Daniel Brajal Veiga

PETIÇÃO INICIAL AASP / IBDP - 2015. Daniel Brajal Veiga PETIÇÃO INICIAL AASP / IBDP - 2015 Daniel Brajal Veiga Introdução Algumas novidades que devem ser mencionadas antes do tema: Princípio da Cooperação: Todos os sujeitos do processo devem cooperar entre

Leia mais

O PROCESSO JUDICIAL E A PERÍCIA - CONSIDERAÇÕES INICIAIS

O PROCESSO JUDICIAL E A PERÍCIA - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Curso de Avaliações Prof. Carlos Aurélio Nadal cnadal@ufpr.br AULA 01 O PROCESSO JUDICIAL E A PERÍCIA - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Conflito de interesses - duas pessoas possuem interesse sobre o mesmo bem

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 122610/AL (0001933-12.2012.4.05.0000) AGRTE : CRISTINA MOREIRA DE BRITO TENORIO ADV/PROC : FLÁVIO ADRIANO REBELO BRANDAO SANTOS E OUTRO AGRDO : FAZENDA NACIONAL ORIGEM: 5ª VARA

Leia mais

Decreta nº 26.978, (DOE de 05/07/06)

Decreta nº 26.978, (DOE de 05/07/06) Decreta nº 26.978, (DOE de 05/07/06) Introduz alterações no Decreto nº 16106, de 30 de novembro de 1994, que regulamenta a Lei nº 657, de 25 de janeiro de 1994 e consolida a legislação referente ao processo

Leia mais

PRINCIPAIS PRAZOS NA LEI Nº 6.015, DE 21-12-1973 (Lei dos Registros Públicos)

PRINCIPAIS PRAZOS NA LEI Nº 6.015, DE 21-12-1973 (Lei dos Registros Públicos) PRINCIPAIS PRAZOS NA LEI Nº 6.015, DE 21-12-1973 (Lei dos Registros Públicos) Anotações Art. 106. Sempre que o oficial fizer algum registro ou averbação, deverá, no prazo de cinco dias, anotá-lo nos atos

Leia mais

PROCEDIMENTO SUMÁRIO e SUMARÍSSIMO

PROCEDIMENTO SUMÁRIO e SUMARÍSSIMO PROCEDIMENTO SUMÁRIO e SUMARÍSSIMO 1. Procedimento Sumário e Sumaríssimo 1.1 Generalidades I. Processo de Conhecimento (artigo 272 Livro I): b) Comum: a.1) Ordinário (regra geral) a.2) Sumário (275) b)especiais

Leia mais

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ Execuções para entrega de coisa, das obrigações de fazer e insolvência civil Sumário Execução para entrega de coisa, características, modalidades e fundamentação legal Execução para entrega de coisa certa:

Leia mais

SIMULADO PFN I (Tributário e Processo Tributário) Prof. Mauro Luís Rocha Lopes Dezembro de 2015

SIMULADO PFN I (Tributário e Processo Tributário) Prof. Mauro Luís Rocha Lopes Dezembro de 2015 Simulado PFN 2015 I Prof. Mauro Luís Rocha Lopes SIMULADO PFN I (Tributário e Processo Tributário) Prof. Mauro Luís Rocha Lopes Dezembro de 2015 1ª Questão A empresa Fábrica de Caixões Morte Feliz Ltda

Leia mais

Lei nº 5/99 LEI SOBRE PROCEDIMENTOS NO TRIBUNAL DE CONTAS. Preâmbulo

Lei nº 5/99 LEI SOBRE PROCEDIMENTOS NO TRIBUNAL DE CONTAS. Preâmbulo Lei nº 5/99 LEI SOBRE PROCEDIMENTOS NO TRIBUNAL DE CONTAS Preâmbulo Na sequência da adopção da Lei Orgânica do Tribunal de Contas, tem o presente diploma como escopo fundamental definir o processo atinente

Leia mais

André Luís Monteiro. Fernanda Medina Pantoja

André Luís Monteiro. Fernanda Medina Pantoja OAB/RJ Comissão de Arbitragem Impactos do Novo Código de Processo Civil na Arbitragem André Luís Monteiro Advogado de Andrade & Fichtner Advogados. Mestrando em Direito Processual Civil pela PUC-SP SP.

Leia mais

1 - AÇÕES. Modelo: AÇÃO ANULATÓRIA DE DÉBITO FISCAL - DÍVIDA ATIVA ESTADUAL (PROCEDIMENTO ORDINÁRIO)

1 - AÇÕES. Modelo: AÇÃO ANULATÓRIA DE DÉBITO FISCAL - DÍVIDA ATIVA ESTADUAL (PROCEDIMENTO ORDINÁRIO) Modelo: AÇÃO ANULATÓRIA DE DÉBITO FISCAL - DÍVIDA ATIVA ESTADUAL (PROCEDIMENTO ORDINÁRIO) ESC.DIV.ATIVA EST. 1106-4 211,76 Recolhimento das custas referentes ao ato dos escrivães no valor de R$ 211,76,

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA. Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PORTARIA PGFN Nº 79, DE 03 FEVEREIRO DE 2014

MINISTÉRIO DA FAZENDA. Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PORTARIA PGFN Nº 79, DE 03 FEVEREIRO DE 2014 MINISTÉRIO DA FAZENDA PUBLICADO NO DOU DE 06/02 SEÇÃO 1, PÁG. 53 Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PORTARIA PGFN Nº 79, DE 03 FEVEREIRO DE 2014 Disciplina o parcelamento do valor correspondente à

Leia mais

EXECUÇÃO FISCAL - ASPECTOS CONTROVERTIDOS Ementas Aprovadas dos painéis e oficinas da área referente à Justiça Comum (Federal e Estadual)

EXECUÇÃO FISCAL - ASPECTOS CONTROVERTIDOS Ementas Aprovadas dos painéis e oficinas da área referente à Justiça Comum (Federal e Estadual) EXECUÇÃO FISCAL - ASPECTOS CONTROVERTIDOS Ementas Aprovadas dos painéis e oficinas da área referente à Justiça Comum (Federal e Estadual) Ementa 01 - A execução fiscal administrativa representa a indevida

Leia mais

PARECER Nº, DE 2011. RELATOR: Senador LUIZ HENRIQUE

PARECER Nº, DE 2011. RELATOR: Senador LUIZ HENRIQUE PARECER Nº, DE 2011 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÔMICOS, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 244, de 2011, do Senador Armando Monteiro, que acrescenta os arts. 15-A, 15-B e 15-C à Lei nº 6.830, de 22 de

Leia mais

ANTEPROJETO DA LEI DE EXECUÇÃO FISCAL COMENTÁRIOS E SUGESTÕES

ANTEPROJETO DA LEI DE EXECUÇÃO FISCAL COMENTÁRIOS E SUGESTÕES ANTEPROJETO DA LEI DE EXECUÇÃO FISCAL COMENTÁRIOS E SUGESTÕES 1) artigo 1, parágrafo único: É facultado aos Municípios, às suas autarquias e fundações de direito público efetuarem a cobrança de suas dívidas

Leia mais

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES (MINUTA)

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES (MINUTA) PROCESSO: 05.03.03. JULGAR IMPUGNAÇÕES A PENALIDADES DE PERDIMENTO Receber impugnação Atendimento Verificar a legitimidade do impugnante, recepcionar a impugnação e documentos que a acompanham, digitalizá-los,

Leia mais

PARTE GERAL Normas gerais procedimentais em matéria processual TÍTULO I Normas fundamentais

PARTE GERAL Normas gerais procedimentais em matéria processual TÍTULO I Normas fundamentais PARTE GERAL Normas gerais procedimentais em matéria processual TÍTULO I Normas fundamentais Art. 1º. Esta Lei estabelece normas sobre os procedimentos em matéria processual civil e penal no âmbito do Poder

Leia mais

A) Actos Judiciais. Funções da citação e da notificação

A) Actos Judiciais. Funções da citação e da notificação 1 PT A) Actos Judiciais Funções da citação e da notificação A citação é o acto pelo qual se dá conhecimento ao réu de que foi proposta contra ele determinada acção e se chama ao processo para se defender.

Leia mais

Prática Cível 2ª Fase da OAB Ação Monitória AÇÃO MONITÓRIA

Prática Cível 2ª Fase da OAB Ação Monitória AÇÃO MONITÓRIA AÇÃO MONITÓRIA A está regulada nos artigos 1102-A a 1102-C, CPC. Eles são fruto da Lei 9.079/95. Essa ação é um grande exemplo de sincretismo processual em nosso ordenamento. é processo sincrético que

Leia mais

ROTEIRO PARA AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO ORIENTAÇÕES PARA CONCILIADORES

ROTEIRO PARA AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO ORIENTAÇÕES PARA CONCILIADORES ROTEIRO PARA AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO ORIENTAÇÕES PARA CONCILIADORES Juizado Especial Cível Lei 9099/95 Organização: Gladis de Fátima Canelles Piccini Micheline Pinto Bonatto Audiência 1. Pregão Uma vez

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE PROCEDIMENTOS PARA OS CÁLCULOS NA JUSTIÇA FEDERAL

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE PROCEDIMENTOS PARA OS CÁLCULOS NA JUSTIÇA FEDERAL MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE PROCEDIMENTOS PARA OS CÁLCULOS NA JUSTIÇA FEDERAL SUMÁRIO Apresentação...7 CAPÍTULO I CUSTAS PROCESSUAIS...8 1 Diretrizes gerais...8 1.1 Normatização...8 1.2 Arrecadação... 1.3

Leia mais

LEI Nº 11.608, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2003

LEI Nº 11.608, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2003 LEI Nº 11.608, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2003 Dispõe sobre a Taxa Judiciária incidente sobre os serviços públicos de natureza forense O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Faço saber que a Assembléia Legislativa

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº T2-RSP-2012/00079 DE 24 DE SETEMBRO DE 2012 PUBLICADA NO E-DJF2R DE 27/09/2012, ÀS FLS. 01/03.

RESOLUÇÃO Nº T2-RSP-2012/00079 DE 24 DE SETEMBRO DE 2012 PUBLICADA NO E-DJF2R DE 27/09/2012, ÀS FLS. 01/03. RESOLUÇÃO Nº T2-RSP-2012/00079 DE 24 DE SETEMBRO DE 2012 PUBLICADA NO E-DJF2R DE 27/09/2012, ÀS FLS. 01/03. Disciplina, no âmbito do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, os procedimentos relativos à

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE ARQUIVO GERAL DO JUDICIÁRIO

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE ARQUIVO GERAL DO JUDICIÁRIO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE ARQUIVO GERAL DO JUDICIÁRIO TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL - 1º GRAU - MENOR INFÂNCIA E JUVENTUDE CLASSES CNJ Correspondente Código

Leia mais

Os atos do juiz podem caracterizar-se como sentença, decisão interlocutória ou despacho. A nossa primeira questão trata da sentença.

Os atos do juiz podem caracterizar-se como sentença, decisão interlocutória ou despacho. A nossa primeira questão trata da sentença. CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 6 ATOS DAS PARTES E ATOS DO JUIZ. SENTENÇA E COISA JULGADA. Professora: Janaína Noleto Curso Agora Eu Passo () Olá,

Leia mais

SuMÁRIo GERAL. Volume 1 DIREITO PROCESSUAL CML JURISDIÇÃO E COMPETÊNCIA DAAÇÃO DO PROCESSO ATOS PROCESSUAIS PARTES E PROCURADORES PETIÇÃO INICIAL

SuMÁRIo GERAL. Volume 1 DIREITO PROCESSUAL CML JURISDIÇÃO E COMPETÊNCIA DAAÇÃO DO PROCESSO ATOS PROCESSUAIS PARTES E PROCURADORES PETIÇÃO INICIAL STJ00069110 SuMÁRIo GERAL Volume 1 1 2 3 4 DIREITO PROCESSUAL CML JURISDIÇÃO E COMPETÊNCIA DAAÇÃO DO PROCESSO 5 6 7 8 9 10 ATOS PROCESSUAIS PARTES E PROCURADORES PETIÇÃO INICIAL DEFESA DO RÉu DO MINISTÉRIO

Leia mais

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO 1 1) O DIREITO MATERIAL DE PAGAMENTO POR CONSIGNAÇÃO a) Significado da palavra consignação b) A consignação como forma de extinção da obrigação c) A mora accipiendi 2 c)

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DE AVALIAÇÃO E GESTÃO DOCUMENTAL JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA SÃO PAULO MANUAL DE DESCARTE

COMISSÃO PERMANENTE DE AVALIAÇÃO E GESTÃO DOCUMENTAL JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA SÃO PAULO MANUAL DE DESCARTE COMISSÃO PERMANENTE DE AVALIAÇÃO E GESTÃO DOCUMENTAL JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA SÃO PAULO MANUAL DE DESCARTE DOCUMENTOS ADMINISTRATIVOS/JUDICIAIS PRODUZIDOS PELAS VARAS FEDERAIS E UNIDADES DE APOIO

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Processual do Trabalho SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre. CH total: 108h

DISCIPLINA: Direito Processual do Trabalho SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre. CH total: 108h DISCIPLINA: Direito Processual do Trabalho SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 108h CÓDIGO: DIR160 1. EMENTA: Organização da Justiça do Trabalho. Princípios gerais do processo

Leia mais

SISTEMÁTICA DA PERÍCIA NO PROCESSO CIVIL

SISTEMÁTICA DA PERÍCIA NO PROCESSO CIVIL SISTEMÁTICA DA PERÍCIA NO PROCESSO CIVIL SISTEMÁTICA DA PERÍCIA NO PROCESSO CIVIL FASE INICIAL DA PERÍCIA FASE INICIAL DA PERÍCIA DEFERIMENTO DA PROVA PERICIAL N Ã O NOMEAÇÃO DO PERITO SIM A C E I T A

Leia mais

MANUAL DE EXECUÇÃO POR QUANTIA CERTA CONTRA DEVEDOR SOLVENTE

MANUAL DE EXECUÇÃO POR QUANTIA CERTA CONTRA DEVEDOR SOLVENTE MANUAL DE EXECUÇÃO POR QUANTIA CERTA CONTRA DEVEDOR SOLVENTE (2ª Edição Revisada e Atualizada) Roberto Ignácio dos Santos Seção Judiciária do Rio de Janeiro Hylton Pereira Assessor da Coordenação-Geral

Leia mais

PROVIMENTO nº 42/2013-CGJ

PROVIMENTO nº 42/2013-CGJ PROVIMENTO nº 42/2013-CGJ O Excelentíssimo Senhor Desembargador SEBASTIÃO DE MORAES FILHO, Corregedor Geral da Justiça do Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, previstas nos artigos

Leia mais

AÇÃO ORDINÁRIA (PROCEDIMENTO COMUM ORDINÁRIO) Nº 5001294-77.2011.404.7110/RS AUTOR : CELI KONSGEN REICHOW ADVOGADO : WILLIAM FERREIRA PINTO

AÇÃO ORDINÁRIA (PROCEDIMENTO COMUM ORDINÁRIO) Nº 5001294-77.2011.404.7110/RS AUTOR : CELI KONSGEN REICHOW ADVOGADO : WILLIAM FERREIRA PINTO AÇÃO ORDINÁRIA (PROCEDIMENTO COMUM ORDINÁRIO) Nº 5001294-77.2011.404.7110/RS AUTOR : CELI KONSGEN REICHOW ADVOGADO : WILLIAM FERREIRA PINTO : ROBERT VEIGA GLASS : GETÚLIO JAQUES JÚNIOR RÉU : INSTITUTO

Leia mais

Aula VII de Processo Civil II Provas continuação. Prova pericial e inspeção judicial.

Aula VII de Processo Civil II Provas continuação. Prova pericial e inspeção judicial. Aula VII de Processo Civil II Provas continuação. Prova pericial e inspeção judicial. Perícia: na falta do conhecimento especializado ao juiz, este indica um técnico que possa fazer o exame dos fatos objeto

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL X EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL X EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Em ação de indenização, em que determinada empresa fora condenada a pagar danos materiais e morais a Tício Romano, o Juiz, na fase de cumprimento de sentença, autorizou

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça CONFLITO DE COMPETÊNCIA Nº 111.785 - SP (2010/0074549-0) RELATOR SUSCITANTE SUSCITADO INTERES. ADVOGADO INTERES. ADVOGADO : MINISTRO LUIS FELIPE SALOMÃO : JUÍZO FEDERAL DA 1A VARA DE BAURU - SJ/SP : TRIBUNAL

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA TCE-TO Nº 003, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009. Consolidada pela IN nº 03/2012 de 02/05/2012.

INSTRUÇÃO NORMATIVA TCE-TO Nº 003, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009. Consolidada pela IN nº 03/2012 de 02/05/2012. INSTRUÇÃO NORMATIVA TCE-TO Nº 003, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009. Consolidada pela IN nº 03/2012 de 02/05/2012. Acresce o 7 ao artigo 9º da Instrução Normativa nº 003, de 23 de setembro de 2009, que estabelece

Leia mais

LEI Nº 10.259, DE 12 DE JULHO DE 2001.

LEI Nº 10.259, DE 12 DE JULHO DE 2001. LEI Nº 10.259, DE 12 DE JULHO DE 2001. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Dispõe sobre a instituição dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais no âmbito da Justiça Federal. Faço saber que o Congresso Nacional

Leia mais

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 2ª TURMA RECURSAL JUÍZO C

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 2ª TURMA RECURSAL JUÍZO C JUIZADO ESPECIAL (PROCESSO ELETRÔNICO) Nº201070500071489/PR RELATORA : Juíza Ana Carine Busato Daros RECORRENTE : FRANCISCA DE OLIVEIRA RODRIGUES RECORRIDA : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL VOTO DIVERGENTE

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N.

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N. PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N. 49/2008 A Doutora Luciana de Souza Sanchez, Juíza Federal Titular,

Leia mais

CARTILHA DE PROCEDIMENTOS PARA OS JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DO ESTADO DE ALAGOAS CONTRIBUIÇÃO DO 3º JECC

CARTILHA DE PROCEDIMENTOS PARA OS JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DO ESTADO DE ALAGOAS CONTRIBUIÇÃO DO 3º JECC CARTILHA DE PROCEDIMENTOS PARA OS JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DO ESTADO DE ALAGOAS CONTRIBUIÇÃO DO 3º JECC Maceió/AL Janeiro de 2013 1 APRESENTAÇÃO A proposta que segue consiste no esboço de uma cartilha

Leia mais

Art. 22 NCPC. Compete, ainda, à autoridade judiciária brasileira processar e julgar as ações:

Art. 22 NCPC. Compete, ainda, à autoridade judiciária brasileira processar e julgar as ações: 1. Jurisdição internacional concorrente Art. 22 NCPC. Compete, ainda, à autoridade judiciária brasileira processar e julgar as ações: I de alimentos, quando: a) o credor tiver domicílio ou residência no

Leia mais

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO E AÇÃO DE DEPÓSITO 1 Parte I AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO 2 1) O DIREITO MATERIAL DE PAGAMENTO POR CONSIGNAÇÃO a) Significado da palavra consignação b) A consignação

Leia mais

TUTELA PROVISÓRIA NOÇÕES GERAIS

TUTELA PROVISÓRIA NOÇÕES GERAIS TUTELA PROVISÓRIA NOÇÕES GERAIS 1.1. TUTELA DEFINITIVA: SATISFATIVA E CAUTELAR TUTELA DEFINITIVA Obtida com base na cognição do exauriente, profundo debate acerca do objeto da decisão, garantindo o devido

Leia mais

DO PROCEDIMENTO SUMÁRIO. Des. ANA MARIA DUARTE AMARANTE BRITO

DO PROCEDIMENTO SUMÁRIO. Des. ANA MARIA DUARTE AMARANTE BRITO DO PROCEDIMENTO SUMÁRIO Des. ANA MARIA DUARTE AMARANTE BRITO PROCESSO E PROCEDIMENTO PROCEDIMENTO COMUM Art. 271. Aplica-se a todas as causas o procedimento comum, salvo disposição em contrário deste Código

Leia mais

CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA:

CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: COMENTÁRIOS DA PROVA Questões da prova de Oficial de Justiça PJ-H/2014 Questão 48 (art. 325) Questão 47 (art. 312 parágrafo segundo) QUESTÃO 48 - GABARITO: D QUESTÃO 47 - GABARITO: C CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

2 CONCEITO DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO, 18 2.1 Denominação, 18 2.2 Conceito, 18

2 CONCEITO DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO, 18 2.1 Denominação, 18 2.2 Conceito, 18 Prefácio, xxvii Nota do autor, xxix 1 HISTÓRICO, 1 1.1 Fundamentos, 1 1.2 Evolução, 2 1.2.1 Nos demais países, 2 1.2.1.1 França, 2 1.2.1.2 Alemanha, 5 1.2.1.3 Itália, 6 1.2.1.4 México, 8 1.2.1.5 Espanha,

Leia mais