1. INTRODUÇÃO. As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. INTRODUÇÃO. As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina."

Transcrição

1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PINHEIRO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA MATRIZ EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características do Exame final de Equivalência à frequência do 2.º ciclo do ensino básico da disciplina de Ciências da Natureza, a realizar em 2012 pelos alunos que se encontram abrangidos pelos planos de estudo instituídos pelo Decreto -Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro, com as alterações introduzidas pelos Decretos -Leis n.º 209/2002, de 17 de outubro, 396/2007, de 31 de dezembro, 3/2008, de 7 de janeiro, e 94/2011, de 3 de agosto, e outros currículos específicos. As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: Objeto de avaliação; Características e estrutura; Critérios de classificação; Material; Duração. Este documento deve ser dado a conhecer aos alunos e com eles deve ser analisado, para que fiquem devidamente informados sobre a prova que irão realizar. Importa ainda referir que, nas provas desta disciplina, o grau de exigência decorrente do enunciado dos itens e o grau de aprofundamento evidenciado nos critérios de classificação estão balizados pelo Programa, em adequação ao nível de ensino a que a prova diz respeito. 1

2 2. OBJETO DE AVALIAÇÃO A prova tem por referência o Programa de Ciências da Natureza em vigor. A prova desta disciplina permite avaliar os conhecimentos sobre os temas: Onde Existe Vida- Biosfera; Materiais Terrestres Suportes de Vida; Diversidade dos Seres Vivos e suas Interações com o Meio; Unidade na Diversidade dos Seres Vivos; Processos Vitais Comuns aos seres Vivos e Agressões do Meio e Integridade do Organismo, passíveis de avaliação em prova escrita de duração limitada. A prova permite avaliar o conhecimento do aluno assim como a sua capacidade de compreensão das componentes do domínio vivo e não vivo, das interações entre elas existentes, bem como da intervenção do homem na dinâmica de todo o Sistema. 3. CARACTERIZAÇÃO DA PROVA A prova apresenta entre 20 a 28 itens distribuídos por quatro temas. Alguns itens apresentam a informação por meio de diferentes suportes, como, por exemplo, figuras, tabelas e textos. Os itens estão organizados, tendencialmente, segundo quatro temas: Terra no Espaço; Terra em Transformação; Sustentabilidade na Terra e Viver melhor na Terra. A prova inclui itens de seleção (escolha múltipla, associação/correspondência e/ou ordenação) e itens de construção (resposta curta, resposta restrita e/ou resposta extensa). Nos itens de resposta curta, a resposta pode resumir-se, por exemplo, a uma palavra, a uma expressão, a uma frase ou a um número. Nos outros itens de construção, deverá ser sempre apresentada a justificação devidamente fundamentada e coerente. A classificação é atribuída de acordo com os elementos de resposta solicitados e apresentados. Os critérios de classificação das respostas aos itens de resposta curta podem apresentar-se organizados por níveis de desempenho. O afastamento integral dos aspetos de conteúdo implica que a resposta seja classificada com zero pontos. A estrutura da prova sintetiza-se no Quadro 1, apresentado a seguir. 2

3 Quadro I- Quadro 1 Valorização dos temas/subtemas na prova Tema Subtemas/Conteúdos Competências Estrutura/Cotação (%) A Terra no espaço -Onde existe vida? Compreender os aspetos complementares de biosfera, litosfera, hidrosfera e atmosfera; Reconhecer a importância da atmosfera terrestre para a vida na Terra. Reconhecer a necessidade de proteção do ambiente para a vida na Terra. Grupo I 10% A Terra em transformação - Variedade de formas e revestimento do corpo dos animais; - Como se deslocam os animais; - Como se alimentam os animais; - Como se reproduzem os animais; - Morfologia das plantas com flor; - Microscópio constituição; Conhecimento da diversidade de formas e revestimento dos animais. Identificar diferentes revestimentos no corpo dos animais. Compreender que a forma e o revestimento do corpo dos animais está relacionada com o ambiente em que vivem. Reconhecer/Identificar diferentes modos de locomoção dos animais. Compreender que os diferentes tipos de dentição estão relacionados com os diferentes regimes alimentares. Relacionar o regime alimentar das aves com a forma dos bicos e das patas. Distinguir animais ovíparos de vivíparos. Identificar o sexo do animal através do dimorfismo sexual. Identificar as fases por que passam alguns animais desde a fase de ovo até atingir a fase adulta. Dar exemplos de plantas de diferentes ambientes (floresta, deserto, fundo do mar). Identificar os diferentes órgãos de uma planta com flor. Reconhecer/Identificar as funções das diferentes partes de uma planta com flor. Identificar os constituintes de um microscópio. Grupo II 40% - Importância da água para os seres vivos: Justificar a importância da água para os seres vivos. Sustentabilidade na Terra Viver melhor na Terra * Diversidade de materiais dissolvidos na água; * Qualidade da água; - Os alimentos como veículos de nutrientes; - Órgãos do sistema digestivo humano; - Sistema respiratório do homem; - A circulação do sangue; - Sistema reprodutor humano; Identificar as propriedades da água. Identificar produtos solúveis e insolúveis na água. Indicar processos de tratamento da água. Indicar/Identificar nutrientes que constituem os alimentos. Explicar o papel dos diferentes nutrientes. Indicar processos de conservação dos alimentos. Indicar os órgãos do sistema digestivo. Relacionar a estrutura dos diferentes órgãos do sistema digestivo com as funções que desempenham. Distinguir digestão, de absorção e de assimilação. Identificar a constituição do sistema respiratório do homem. Relacionar os movimentos respiratórios com a entrada e saída de ar nos pulmões. Reconhecer a importância dos constituintes do sangue. Identificar os constituintes do sangue. Indicar/Identificar transformações que ocorrem no corpo humano durante a puberdade. Identificar órgãos dos sistemas reprodutores masculino e feminino. Referir o papel das células sexuais na formação do novo ser. Grupo III 10% Grupo IV 40% 3

4 A prova pode incluir os tipos de itens discriminados no Quadro 2. Quadro 2 Tipologia, número de itens e cotação ITENS DE SELEÇÃO Tipologia de itens Escolha múltipla Associação/correspondência Ordenação Número de itens 18 a 22 Cotação por item (em pontos) 1 a 5 Resposta curta 10 a 15 1 a 6 ITENS DE CONSTRUÇÃO Resposta de Desenvolvimento 5 a 10 2 a 4 4. CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO A classificação a atribuir a cada resposta resulta da aplicação dos critérios gerais e dos critérios específicos de classificação apresentados para cada item e é expressa por um número inteiro ou decimal. As respostas ilegíveis são classificadas com zero pontos. ITENS DE SELEÇÃO Escolha múltipla A cotação total do item é atribuída às respostas que apresentem, de forma inequívoca, a única opção correta. São classificadas com zero pontos as respostas em que seja assinalada: uma opção incorreta; mais do que uma opção. Associação/correspondência A cotação total do item é atribuída às respostas que apresentem, de forma inequívoca, a única associação/correspondência integralmente correta e completa. São classificadas com zero pontos as respostas em que seja assinalada: uma associação/correspondência incorreta; uma associação/correspondência incompleta. Ordenação A cotação total do item só é atribuída às respostas em que a sequência apresentada esteja integralmente correta e completa. São classificadas com zero pontos as respostas em que: seja apresentada uma sequência incorreta; seja omitido, pelo menos, um dos elementos da sequência solicitada. Nos itens de seleção não há lugar a classificações intermédias. 4

5 ITENS DE CONSTRUÇÃO Nos itens de resposta curta, a classificação é atribuída de acordo com os elementos de resposta solicitados e apresentados, caso a resposta contenha elementos que excedam o solicitado, só são considerados para efeito de classificação os elementos que satisfaçam o que é pedido, segundo a ordem pela qual são apresentados na resposta. Porém, se os elementos referidos revelarem contradição entre si, a cotação a atribuir é de zero pontos. Nos itens cuja resposta pode envolver a apresentação de justificações e/ou composições, os critérios de classificação das respostas apresentam-se organizados por etapas e/ou por níveis de desempenho, a que correspondem cotações fixas. O enquadramento das respostas num determinado nív el de desempenho contempla aspetos relativos aos conteúdos, à organização lógico-temática e à utilização de terminologia científica, cuja valorização deve ser feita de acordo com os descritores apresentados no quadro. Nível 3 Nível 2 Nível 1 Composição coerente no plano lógico-temático (encadeamento lógico do discurso, de acordo com o solicitado no item). Utiliza a terminologia científica adequada/correta. Composição coerente no plano lógico-temático (encadeamento lógico do discurso, de acordo com o solicitado no item, podendo apresentar, ou não, elementos irrelevantes). Utiliza ocasionalmente terminologia científica não adequada e/ou com incorreções. Composição com falhas no plano lógico-temático, mesmo que com correta utilização de terminologia científica. 5. MATERIAIS O aluno realiza a prova no enunciado, apenas podendo usar, como material de escrita, caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Não é permitido o uso de corretor. 6. DURAÇÃO A prova tem a duração de 90 minutos. 5

Informação Prova de Equivalência à Frequência Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 02

Informação Prova de Equivalência à Frequência Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 02 DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 02 CICLO: 2º ANO DE ESCOLARIDADE: 6º 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de equivalência à frequência da

Leia mais

Agrupamento de Escolas de São Pedro da Cova

Agrupamento de Escolas de São Pedro da Cova Agrupamento de Escolas de São Pedro da Cova Escola Básica de São Pedro da Cova Ano Letivo 2015/2016 INFORMAÇÃO- PROVA CIÊNCIAS NATURAIS 2016 Prova Escrita de Ciências Naturais 2.ºCiclo do Ensino Básico

Leia mais

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro.

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALMANCIL (145142) Prova de equivalência à frequência de Ciências Naturais 3º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

Informação Prova de Exame de Equivalência à Frequência de Ciências Naturais

Informação Prova de Exame de Equivalência à Frequência de Ciências Naturais Informação Prova de Exame de Equivalência à Frequência de Ciências Naturais Prova de Ciências Naturais - 6º ano 2.º Ciclo do Ensino Básico Prova Escrita Código 02 abril / 2015 5 Páginas 1. Introdução O

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE Informação Prova de Equivalência à Frequência 2º Ciclo do Ensino Básico 2014/2015 Alunos com Necessidades Educativas Especiais Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 julho Aprovado

Leia mais

- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS

- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS Informação - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS 2016 Prova 02 Escrita ------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 2.º

Leia mais

2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril)

2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril) INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS 2016 Prova 02 / 2016 1ª e 2ª fase 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril) O presente documento divulga informação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N.º 1 DE MARCO DE CANAVESES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N.º 1 DE MARCO DE CANAVESES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N.º 1 DE MARCO DE CANAVESES INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE ESTUDO DO MEIO 2016 ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Informação n.º Data: (Republicação) Para: Inspeção-Geral de Educação. Direções Regionais de Educação. Escolas com 2.

Informação n.º Data: (Republicação) Para: Inspeção-Geral de Educação. Direções Regionais de Educação. Escolas com 2. Prova Final de Ciclo de Língua Portuguesa Prova 61 2012 2.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro Para: Direção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular Inspeção-Geral

Leia mais

Educação Musical. Código: 12. Agrupamento Vertical de Escolas de Abação. Escola EB 2,3 Abação. Informação n.º 1

Educação Musical. Código: 12. Agrupamento Vertical de Escolas de Abação. Escola EB 2,3 Abação. Informação n.º 1 Agrupamento Vertical de Escolas de Abação Escola EB 2,3 Abação Informação n.º 1 ---------------------------------------------------- Data: 12/05/2014 Prova de Equivalência à Frequência de Educação Musical

Leia mais

Domínios Conteúdos Objetivos Cotação

Domínios Conteúdos Objetivos Cotação Agrupamento de Escolas de Samora Correia INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS 2016 Prova 02 2ºCiclo do Ensino Básico - 6º ano (Decreto-Lei n.º 17/2016 de 4 de abril e Despacho

Leia mais

Expressões Artísticas

Expressões Artísticas AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALMANCIL (145142) Prova de equivalência à frequência Expressões Artísticas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

1. Introdução. Prova de Equivalência à Frequência de: Ensino Secundário

1. Introdução. Prova de Equivalência à Frequência de: Ensino Secundário Prova de Equivalência à Frequência de: Sociologia 12º Ano Ensino Secundário Decreto-Lei 39/2012, de 5 de julho. Portaria n.º 243/2012, de 10 de agosto. 1. Introdução O presente documento visa divulgar

Leia mais

Informação n.º Data: (Republicação) Para: Inspeção-Geral de Educação. Direções Regionais de Educação. Escolas com 3.

Informação n.º Data: (Republicação) Para: Inspeção-Geral de Educação. Direções Regionais de Educação. Escolas com 3. Prova Final de Ciclo de Língua Portuguesa Prova 91 2012 3.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro Para: Direção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular Inspeção-Geral

Leia mais

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: Ciências da Natureza

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: Ciências da Natureza Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: Ciências da Natureza 2º Ciclo do Ensino Básico Ano letivo de 2011/12 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência. 6º Ano de Escolaridade [Dec.Lei nº 139/2012] 2º ciclo do Ensino Básico

Informação - Prova de Equivalência à Frequência. 6º Ano de Escolaridade [Dec.Lei nº 139/2012] 2º ciclo do Ensino Básico Informação - Prova de Equivalência à Frequência 6º Ano de Escolaridade [Dec.Lei nº 139/2012] 2º ciclo do Ensino Básico Prova 02/ 2016 1- Informação O presente documento divulga informação relativa à prova

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA. 2º Ciclo do Ensino Básico / 6º Ano

INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA. 2º Ciclo do Ensino Básico / 6º Ano INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA Matemática Prova 52 / 1ª FASE 2º Ciclo do Ensino Básico / 6º Ano Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro 2014 1. Introdução O presente documento visa divulgar as

Leia mais

Prova Escrita e Prática de Biologia

Prova Escrita e Prática de Biologia INFORMAÇÃO ------------------------------------------------------------------------------------------------------- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita e Prática de Biologia

Leia mais

DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10. Ensino Básico: 3.º CICLO ANO DE ESCOLARIDADE: 9.º

DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10. Ensino Básico: 3.º CICLO ANO DE ESCOLARIDADE: 9.º DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10 Ensino Básico: 3.º CICLO ANO DE ESCOLARIDADE: 9.º O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência à frequência do 3.º Ciclo da

Leia mais

Informação Prova 320

Informação Prova 320 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO ESCOLA EB/S VIEIRA DE ARAÚJO VIEIRA DO MINHO INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA GEOLOGIA 12º ANO PROVA 320 / 2015 Ensino Secundário [Despacho normativo

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE Informação Prova de Equivalência à Frequência Ensino Secundário 2015/2016 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 julho Decreto -Lei nº 17/2016, de 4 de abril Aprovado em Conselho

Leia mais

Informação da Prova de Geografia - 9ºano

Informação da Prova de Geografia - 9ºano Ministério da Educação e Ciência Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães Prova de Equivalência à Frequência 3.º Ciclo do Ensino Básico Informação da Prova de Geografia - 9ºano Código 18 / 1ª e 2ª Fase

Leia mais

Matemática. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 62 INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

Matemática. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 62 INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Matemática 2016 Prova 62 2.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 2º. Ciclo

Leia mais

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de 2016 Prova de 2016 9.º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as caraterísticas da prova extraordinária

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA. Disciplina: Matemática. Prova: 82/ º Ciclo do Ensino Básico Modalidade da Prova: Escrita X Prática

INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA. Disciplina: Matemática. Prova: 82/ º Ciclo do Ensino Básico Modalidade da Prova: Escrita X Prática INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA Disciplina: Matemática Prova: 82/2016 3º Ciclo do Ensino Básico Modalidade da Prova: Escrita X Prática Escrita e Oral Introdução O presente documento visa divulgar

Leia mais

Informação - Prova final a nível de escola Português 2016

Informação - Prova final a nível de escola Português 2016 Informação - Prova final a nível de escola Português 2016 3.º Ciclo do Ensino Básico (Dec Lei n 139/2012, de 5 de julho) Prova 81 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da

Leia mais

Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos da Torre

Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos da Torre 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 2.º ciclo do ensino básico da disciplina de Educação Tecnológica, a realizar em 2014 pelos alunos

Leia mais

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO MUSICAL Maio de º Ano 2.º Ciclo do Ensino Básico

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO MUSICAL Maio de º Ano 2.º Ciclo do Ensino Básico MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO MUSICAL Maio de 2016 Prova de 2016 6.º Ano 2.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as caraterísticas da prova extraordinária

Leia mais

Informação n.º Data: Para: Direção-Geral da Educação. Inspeção-Geral de Educação e Ciência. Direções Regionais de Educação

Informação n.º Data: Para: Direção-Geral da Educação. Inspeção-Geral de Educação e Ciência. Direções Regionais de Educação Prova de Exame Nacional de Biologia e Geologia Prova 702 2013 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Para: Direção-Geral da Educação Inspeção-Geral de Educação e Ciência Direções Regionais de Educação Secretaria

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Ciências Naturais 2016 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 3.º Ciclo

Leia mais

Biologia Humana Código:

Biologia Humana Código: Curso Tecnológico Desporto 11º Ano Prova: T / P Nº de anos: 2 Duração: Teórica 90 min Prática 90 min + 30 min (tolerância) Decreto -Lei n.º 139/2012, de 5 de Julho. Deve ainda ser tida em consideração

Leia mais

BIOLOGIA Código:

BIOLOGIA Código: Científico Humanísticos / 12.º Ano Prova: T / P Nº de anos: 1 Duração: Teórica 90 min Prática 90 min + 30 min (tolerância) Decreto -Lei n.º 139/2012, de 5 de Julho. Deve ainda ser tida em consideração

Leia mais

1. Introdução. Prova de Equivalência à Frequência de: Ensino Secundário

1. Introdução. Prova de Equivalência à Frequência de: Ensino Secundário Prova de Equivalência à Frequência de: Economia C- 12º Ano Ensino Secundário Decreto-Lei 39/2012, de 5 Julho. Portaria nº243/2012, 10 de Agosto. 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10

Informação Prova de Equivalência à Frequência Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10 DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10 CICLO: 3º ANO DE ESCOLARIDADE: 9º 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de equivalência à frequência da

Leia mais

Data: Para: Inspecção-Geral de Educação. Direcções Regionais de Educação. Escolas com 3.º Ciclo CIREP FERLAP CONFAP

Data: Para: Inspecção-Geral de Educação. Direcções Regionais de Educação. Escolas com 3.º Ciclo CIREP FERLAP CONFAP Prova de Exame Nacional de Língua Portuguesa Prova 22 2011 3.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro Para: Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular Inspecção-Geral

Leia mais

Informação n.º Data: Para: Direção-Geral da Educação. Direções Regionais de Educação. AE/ENA com 2.º ciclo CIREP FERLAP CONFAP

Informação n.º Data: Para: Direção-Geral da Educação. Direções Regionais de Educação. AE/ENA com 2.º ciclo CIREP FERLAP CONFAP Prova Final de Ciclo de Matemática Prova 62 2013 2.º Ciclo do Ensino Básico Para: Direção-Geral da Educação Inspeção-Geral da Educação e Ciência Direções Regionais de Educação Secretaria Regional da Educação

Leia mais

1. Introdução. 3º Ciclo do Ensino Básico. Prova de Equivalência à Frequência de:

1. Introdução. 3º Ciclo do Ensino Básico. Prova de Equivalência à Frequência de: AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MEM MARTINS Sede: ES de Mem Martins EB23 Maria Alberta Menéres; EB1 de Mem Martins n.º 2; EB1 com JI da Serra das Minas n.º 1 Prova de Equivalência à Frequência de: Geografia

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova de Equivalência à Frequência de ECONOMIA C 12º Ano de Escolaridade Prova 312 2015 Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho 1. Introdução O presente documento

Leia mais

Agrupamento de Escolas de São Pedro da Cova

Agrupamento de Escolas de São Pedro da Cova Agrupamento de Escolas de São Pedro da Cova Escola Básica de São Pedro da Cova Ano Letivo 2015/2016 INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS PROVA ESCRITA 2016 Prova 06 2.ºCiclo do Ensino

Leia mais

2.º Ciclo do Ensino Básico (Despacho normativo n.º 1-G/2016, de 6 de abril)

2.º Ciclo do Ensino Básico (Despacho normativo n.º 1-G/2016, de 6 de abril) INFORMAÇÃO-PROVA CIÊNCIAS NATURAIS 2ºciclo 2016 Prova: Código 02 2.º Ciclo do Ensino Básico (Despacho normativo n.º 1-G/2016, de 6 de abril) O presente documento divulga informação relativa à prova de

Leia mais

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO Ciências da Natureza 2º Ciclo 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico, a realizar em 2013 pelos alunos que se encontram

Leia mais

Informação da Prova Final de Escola de Matemática

Informação da Prova Final de Escola de Matemática Informação da Prova Final de Escola de Matemática 3º Ciclo do Ensino Básico Prova 82 / 2014 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova final a nível de escola do 3.º ciclo

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALANDROAL INFORMAÇÃO DA PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA EQUIVALENTE À PROVA FINAL DE 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO /2015

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALANDROAL INFORMAÇÃO DA PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA EQUIVALENTE À PROVA FINAL DE 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO /2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALANDROAL INFORMAÇÃO DA PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA EQUIVALENTE À PROVA FINAL DE 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO - 2014/2015 1º ciclo PORTUGUÊS Ano de escolaridade 4º 1. Introdução

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Português 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Português 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Português 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO - 2017 Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 1.º

Leia mais

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 1-G/2016, de 6 de abril.

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 1-G/2016, de 6 de abril. Informação Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2016 Escola Básica de Porto Alto Escola Básica Prof. João Fernandes Pratas Prova de Equivalência à Frequência de Geografia (18) 3º Ciclo - 9.º Ano de

Leia mais

Científico Humanísticos/12.º ano

Científico Humanísticos/12.º ano Informação Prova de Equivalência à Frequência Científico Humanísticos/12.º ano N.º de anos: 1 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Portaria nº 243/2012, de 10 de agosto Prova: E Duração: 90 minutos

Leia mais

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro.

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALMANCIL (145142) Prova de equivalência à frequência de HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 2.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

DISCIPLINA: HISTÓRIA CÓDIGO DA PROVA: 19 CICLO: 3º ANO DE ESCOLARIDADE: 9º

DISCIPLINA: HISTÓRIA CÓDIGO DA PROVA: 19 CICLO: 3º ANO DE ESCOLARIDADE: 9º DISCIPLINA: HISTÓRIA CÓDIGO DA PROVA: 19 CICLO: 3º ANO DE ESCOLARIDADE: 9º 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de equivalência à frequência da disciplina

Leia mais

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova:

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10 CICLO: 3º ANO DE ESCOLARIDADE: 9º 1. Introdução O presente documento visa divulgar as caraterísticas da prova de exame de equivalência à frequência da

Leia mais

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de 2016 Prova de 2016 8.º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as caraterísticas da prova extraordinária

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO BIOLOGIA Prova 302 2015 12 º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 1. Introdução O presente documento divulga

Leia mais

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA Maio de 2016 Prova de 2016 8.º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as caraterísticas da prova extraordinária

Leia mais

Biologia. (Prova Escrita e Prática) Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho

Biologia. (Prova Escrita e Prática) Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Informação-Prova de Equivalência à Frequência Biologia (Prova Escrita e Prática) Prova 302 2015 12.º Ano de Escolaridade Duração da Prova: 180 minutos (+ 30 minutos de tolerância): (90 minutos na componente

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA

INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA Prova Final a Nível de Escola PORTUGUÊS Prova 51 2013 2.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova final do 2.º ciclo do ensino básico da disciplina

Leia mais

DISCIPLINA: Expressões Artísticas CÓDIGO DA PROVA: 23. CICLO: 1º Ciclo ANO DE ESCOLARIDADE: 4º

DISCIPLINA: Expressões Artísticas CÓDIGO DA PROVA: 23. CICLO: 1º Ciclo ANO DE ESCOLARIDADE: 4º DISCIPLINA: Expressões Artísticas CÓDIGO DA PROVA: 23 CICLO: 1º Ciclo ANO DE ESCOLARIDADE: 4º 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova final de equivalência a frequência

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. EDUCAÇÃO MUSICAL Prova 12 2016 2.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 2.º ciclo do ensino básico da disciplina

Leia mais

PORTUGUÊS Objeto de avaliação. 2º Ciclo do Ensino Básico Ao abrigo do Despacho normativo n.º 1-G/2016, de 6 de abril

PORTUGUÊS Objeto de avaliação. 2º Ciclo do Ensino Básico Ao abrigo do Despacho normativo n.º 1-G/2016, de 6 de abril Agrupamento de Escolas Padre João Coelho Cabanita INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA PORTUGUÊS 2016 Prova 61 2º Ciclo do Ensino Básico Ao abrigo do Despacho normativo n.º 1-G/2016, de 6 de abril

Leia mais

INFORMAÇÃO-Prova de Equivalência à Frequência 3º Ciclo do Ensino Básico. Despacho Normativo nº 1-G/2016 de 6 abril

INFORMAÇÃO-Prova de Equivalência à Frequência 3º Ciclo do Ensino Básico. Despacho Normativo nº 1-G/2016 de 6 abril INFORMAÇÃO-Prova de Equivalência à Frequência 3º Ciclo do Ensino Básico Despacho Normativo nº 1-G/2016 de 6 abril Disciplina: HISTÓRIA Código: 19 Tipo de Prova: ESCRITA 1. INTRODUÇÃO O presente documento

Leia mais

SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E CULTURA DIREÇÃO REGIONAL DA EDUCAÇÃO. INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE BIOLOGIA Código 302

SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E CULTURA DIREÇÃO REGIONAL DA EDUCAÇÃO. INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE BIOLOGIA Código 302 SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E CULTURA DIREÇÃO REGIONAL DA EDUCAÇÃO INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE BIOLOGIA Código 302 Ensino Secundário Ano Letivo 2015/2016 1. Objeto de avaliação

Leia mais

DISCIPLINA: Psicologia B CÓDIGO DA PROVA: 340

DISCIPLINA: Psicologia B CÓDIGO DA PROVA: 340 DISCIPLINA: Psicologia B CÓDIGO DA PROVA: 340 CICLO: Secundário ANO DE ESCOLARIDADE: 12º 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de equivalência à frequência

Leia mais

Informação Prova Final a nível de escola

Informação Prova Final a nível de escola Informação Prova Final a nível de escola Código da Prova: 81 9º ano Português Ano letivo 2015/2016 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova final do 3.º ciclo do Ensino

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA

INFORMAÇÃO-PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA INFORMAÇÃO-PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA Prova Final de Ciclo de Matemática código 82 Prova Escrita 3º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento divulga informação relativa à prova final

Leia mais

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de 2016 Prova de 2016 7.º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as caraterísticas da prova extraordinária

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência / Estudo do Meio. 1º Ciclo do Ensino Básico - 4º Ano

Informação Prova de Equivalência à Frequência / Estudo do Meio. 1º Ciclo do Ensino Básico - 4º Ano AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE OVAR SUL DGEstE Direção de Serviços Região Centro Sede: Escola Secundária Júlio Dinis Informação Prova de Equivalência à Frequência / 2012.2013 Estudo do Meio 1º Ciclo do Ensino

Leia mais

ESTUDO DO MEIO. 1.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril)

ESTUDO DO MEIO. 1.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril) INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ESTUDO DO MEIO 2016 Prova 22 2016 1.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril) O presente documento divulga informação relativa à prova

Leia mais

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO MATEMÁTICA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO MATEMÁTICA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO MATEMÁTICA Maio de 2016 Prova de 2016 7.º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as caraterísticas da prova extraordinária

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA GEOGRAFIA Prova escrita 2016 Prova 18. 9.º Ano de Escolaridade O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência à frequência do ensino

Leia mais

1º Ciclo AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO Estudo do Meio Informação Prova de Equivalência à Frequência INTRODUÇÃO

1º Ciclo AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO Estudo do Meio Informação Prova de Equivalência à Frequência INTRODUÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO 150915 1º Ciclo Estudo do Meio Informação Prova de Equivalência à Frequência INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Prova 21 2015 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 3º Ciclo

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PAREDE ESCOLA E. B. 2,3 DE SANTO ANTÓNIO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PAREDE ESCOLA E. B. 2,3 DE SANTO ANTÓNIO 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova final a nível de escola do 2º ciclo do Ensino Básico da disciplina de Português, a realizar em pelos alunos que se encontram

Leia mais

Informação Prova Final a Nível de Escola

Informação Prova Final a Nível de Escola ESCOLA E.B. 2,3 DE MARCO DE CANAVESES Informação Prova Final a Nível de Escola Português - 2º Ciclo 51 1. Introdução Ano Letivo 2014/2015 Prova Escrita abril 2015 O presente documento divulga informação

Leia mais

3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto - Lei nº 17/2016, de 4 de abril)

3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto - Lei nº 17/2016, de 4 de abril) INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA História 2016 Prova 19 / 2016 1ª e 2ª Fase 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto - Lei nº 17/2016, de 4 de abril) O presente documento divulga informações relativas

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA) PORTUGUÊS Abril de 2016 Prova 61 2016 2º Ciclo do Ensino Básico

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA ESCRITA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO VISUAL abril de 2015

INFORMAÇÃO PROVA ESCRITA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO VISUAL abril de 2015 Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços Região Algarve Agrupamento de Escolas Manuel Teixeira Gomes - Cód.145464 Escola EB 2,3 Professor José Buisel INFORMAÇÃO PROVA ESCRITA DE

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA História e Geografia de Portugal

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA História e Geografia de Portugal INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA História e Geografia de Portugal Prova 05 2015 2.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova final do 2.º Ciclo da disciplina

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA MATEMÁTICA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA MATEMÁTICA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA MATEMÁTICA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO - 2017 O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 2 º ciclo do ensino

Leia mais

Científico Humanísticos/12.º ano

Científico Humanísticos/12.º ano Científico Humanísticos/12.º ano N.º de anos: 1 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Portaria nº 243/2012, de 10 de agosto Prova: E Duração: 90 minutos 1. Introdução O presente documento visa divulgar

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MEM MARTINS Informação n.º /2013

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MEM MARTINS Informação n.º /2013 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MEM MARTINS Informação n.º /2013 Prova _342_ / 2013 Exame de Equivalência à Frequência de: QUÍMICA Ensino Secundário Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho. Portaria n.º 243/2012,

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. Informação Agrupamento de Escolas de Samora Correia Data: abril 2013 Prova de Equivalência à Frequência de Francês II (nível 3) 3º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar

Leia mais

1. Introdução INFORMAÇÃO - EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012

1. Introdução INFORMAÇÃO - EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PINHEIRO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA INFORMAÇÃO - EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012 1. Introdução O presente documento visa divulgar

Leia mais

Informação n.º Data: Para: Direção-Geral da Educação. Inspeção-Geral de Educação e Ciência. Direções Regionais de Educação

Informação n.º Data: Para: Direção-Geral da Educação. Inspeção-Geral de Educação e Ciência. Direções Regionais de Educação Prova de Exame Nacional de Latim A Prova 732 2013 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Para: Direção-Geral da Educação Inspeção-Geral de Educação e Ciência Direções Regionais de Educação Secretaria Regional

Leia mais

Informação Prova Prova código 302 de Biologia

Informação Prova Prova código 302 de Biologia Informação Prova Prova código 302 de Biologia Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Despacho normativo n.º 1-D/2016, de 4 de março O presente documento

Leia mais

DISCIPLINA: ESTUDO DO MEIO CÓDIGO DA PROVA: 22. Ensino Básico: 1.º CICLO ANO DE ESCOLARIDADE: 4.º

DISCIPLINA: ESTUDO DO MEIO CÓDIGO DA PROVA: 22. Ensino Básico: 1.º CICLO ANO DE ESCOLARIDADE: 4.º DISCIPLINA: ESTUDO DO MEIO CÓDIGO DA PROVA: 22 Ensino Básico: 1.º CICLO ANO DE ESCOLARIDADE: 4.º 1. Introdução O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência à frequência do 1.º

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE FRANCISCO RODRIGUES LOBO LEIRIA

ESCOLA SECUNDÁRIA DE FRANCISCO RODRIGUES LOBO LEIRIA ESCOLA SECUNDÁRIA DE FRANCISCO RODRIGUES LOBO LEIRIA INFORMAÇÃO Prova de Equivalência à Frequência Biologia Prova 302 2016 12 º Ano de Escolaridade 1. Introdução O presente documento visa responder ao

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA FINAL DE CICLO A NÍVEL DE ESCOLA

INFORMAÇÃO - PROVA FINAL DE CICLO A NÍVEL DE ESCOLA DIREÇÃO GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES D. S. R. Alentejo AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE TORRÃO, Alcácer do Sal - 1501443 Sede do A. E. : Escola Básica Bernardim Ribeiro, Alcácer do Sal - 135343 Escola

Leia mais

EDUCAÇÃO Física. Agrupamento de Escolas Professor Abel Salazar - Guimarães Informação-Prova de Equivalência à Frequência 2015/2016.

EDUCAÇÃO Física. Agrupamento de Escolas Professor Abel Salazar - Guimarães Informação-Prova de Equivalência à Frequência 2015/2016. EDUCAÇÃO Física Prova 26 2016 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 3.º ciclo do ensino básico da disciplina

Leia mais

Informação n.º Data: Para: Direção-Geral da Educação. Inspeção-Geral da Educação e Ciência. Direções Regionais de Educação

Informação n.º Data: Para: Direção-Geral da Educação. Inspeção-Geral da Educação e Ciência. Direções Regionais de Educação Prova de Exame Nacional de Economia A Prova 712 2013 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Para: Direção-Geral da Educação Inspeção-Geral da Educação e Ciência Direções Regionais de Educação Secretaria Regional

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova de Equivalência à Frequência FRANCÊS L.E II Prova 16 2013 Prova escrita 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE Informação Prova de Equivalência à Frequência 2.º Ciclo do Ensino Básico 2015/2016 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 julho Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril Aprovado

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Prova 06 2015 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 2º Ciclo

Leia mais

Informação Exames de Equivalência à Frequência 12º ano

Informação Exames de Equivalência à Frequência 12º ano Informação Exames de Equivalência à Frequência 12º ano Exame de equivalência à frequência - Ensino Secundário Formação Específica - Curso Científico Humanístico de Ciências e Tecnologias Decreto-Lei n.º139/2012

Leia mais

Prova Escrita de GEOGRAFIA

Prova Escrita de GEOGRAFIA INFORMAÇÃO ------------------------------------------------------------------------------------------------------- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO Prova Escrita de GEOGRAFIA Prova 018

Leia mais

Informação n.º Data: Para: Inspeção-Geral de Educação. Direções Regionais de Educação. Escolas com ensino secundário CIREP FERLAP

Informação n.º Data: Para: Inspeção-Geral de Educação. Direções Regionais de Educação. Escolas com ensino secundário CIREP FERLAP Prova de Exame Nacional de Economia A Prova 712 2012 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Para: Direção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular Inspeção-Geral

Leia mais

INGLÊS PROVA (06) 2ª FASE 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO

INGLÊS PROVA (06) 2ª FASE 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE: INGLÊS PROVA (06) 2ª FASE 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA

INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO 4.º ANO DE ESCOLARIDADE / MATEMÁTICA INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA INTRODUÇÃO O presente documento divulga informação relativa à prova final a nível

Leia mais

Informação da Prova de Exame de Equivalência à Frequência. Física Código:

Informação da Prova de Exame de Equivalência à Frequência. Física Código: Científico Humanísticos / 12.º Ano Prova: T / P Nº de anos: 1 Duração: Teórica 90 min Prática 90 min + 30 min (tolerância) Decreto -Lei n.º 139/2012, de 5 de Julho. Deve ainda ser tida em consideração

Leia mais

Tipo de Prova: ESCRITA

Tipo de Prova: ESCRITA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR ÓSCAR LOPES, MATOSINHOS 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS Prova 10 3.º Ciclo do Ensino Básico(Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de

Leia mais

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA Maio de º Ano 2.º Ciclo do Ensino Básico

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA Maio de º Ano 2.º Ciclo do Ensino Básico MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA Maio de 2016 Prova de 2016 5.º Ano 2.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as caraterísticas da prova extraordinária

Leia mais

1- Objeto de Avaliação

1- Objeto de Avaliação Informação - Prova de Equivalência à Frequência Ciências Naturais 3º ciclo do Ensino Básico (código:10) 2016 1- Objeto de Avaliação As Orientações Curriculares para o 3º ciclo do ensino básico da disciplina

Leia mais

Data: Para: Inspeção-Geral de Educação. Direções Regionais de Educação. Escolas com ensino secundário CIREP FERLAP CONFAP

Data: Para: Inspeção-Geral de Educação. Direções Regionais de Educação. Escolas com ensino secundário CIREP FERLAP CONFAP Prova de Exame Nacional de Biologia e Geologia Prova 702 2012 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Para: Direção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular Inspeção-Geral

Leia mais