A transliteração leal ao Nome do Pai é "YAOHUH", pronunciando-se "IÁORRU", com a tônica na primeira sílaba.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A transliteração leal ao Nome do Pai é "YAOHUH", pronunciando-se "IÁORRU", com a tônica na primeira sílaba."

Transcrição

1 LENDO O NOME DO PAI SEM OS SINAIS MASSORÉTICOS יהוה A transliteração leal ao Nome do Pai é "YAOHUH", pronunciando-se "IÁORRU", com a tônica na primeira sílaba. VAMOS ENTENDER ISSO Seu Nome é escrito pelas quatro letras (YHWH), originalmente em caracteres hebraicos. Por serem quatro letras, denomina-se "tetragrama". O tetragrama é composto pelas letras "yod", "rê", "vav", "rê", sempre representados da direita para a esquerda. I - Yod antecedendo um sinal gutural tem o som de י A - Hê precedido de um sinal não gutural tem o som de ה O - Vav antecedendo um sinal gutural tem o som de ו rr - Hê final tem o seu próprio som R - (som mudo sem vogal) tem som de ה fraco e não forte, deve ser um som gutural fraco aspirado ascendendo Portanto temos aqui a pronuncia do Tetragrama IAORR (se lê iaorru). O que é mais importante? A escrita ou a fonética? Está claro que a resposta é FONÉTICA. A Resposta a essa pergunta está nas Escrituras. Yaoul (Joel) 2:32 Todo aquele que invocar o nome YHWH será salvo. Note que o texto NÃO DIZ que "aquele que ESCREVER o Nome será salvo", mas diz: aquele que INVOCAR o Nome será salvo..

2 Shaul concorda com essa afirmação quando diz que a emunáh (fé) vem pelo ouvir. Romanos 10: 17 Na verdade, a emunah (fé) vem por ouvir esta mensagem de boas novas - a Mensagem Poderosa acerca de hol-mehushkháy. Observe que ele diz que a emunáh vem pelo OUVIR. Não disse Vem pelo LER ou ESCREVER. Shaul complementa arrazoando sobre isso: Romanos 10: 13 Por que: "Todo aquele que chamar pelo Shúam (Nome) YÁOHUH será salvo" Mas como chamarão por ele aqueles que ainda não creem nele? E como hão de crer nele se nunca ouviram falar dele? E como ouvirão a seu respeito se ninguém lhes falar dele? E como irá alguém para lhes falar se não for enviado? É disso que falam as Qaotáv quando dizem: "Como são belos os pés daqueles que anunciam boas novas". IMPORTANTE A transliteração pode ser fonética ou literal. Na transliteração literal temos de representar TODAS as letras do Nome, e isso resultaria em YAOHUH (com o H final inclusive). Se optarmos pela transliteração fonética, que representa somente os fonemas, então seria IÁORRU. Então temos YAOHUH (literal) ou IÁORRU (fonética). No site usamos ambas, procurando explicar que a transliteração é literal ou fonética. YAOHU, Essa forma serve para o inglês, mas não serve para o português. No português, a forma "YAOHU" não é nem a fonética e nem a literal para o idioma português, porque suprime o "H" final na literal e se fôssemos considerar como fonética a pronúncia ficaria YAOU, uma vez que o "H" não tem som em português. Em inglês, YAOHU seria uma transliteração fonética, pois o "H" em inglês é sonoro e

3 gutural. Como aqui é um lugar para unidade, unificação de entendimento, ensino e aprendizado. Cremos que você vai entender a necessidade dessa unificação. OBSERVAÇÕES: O YOD ( y ) É a 10ª letra do alfabeto hebraico. A consoante Yod é transliterada como "Y". Tem o som de I como em Iguais. O Hê ( h ) - É a 5ª letra do alfabeto hebraico. Alguns dizem e escrevem rei. É transliterada como H, tem o som de R fraco e não forte como a palavra em inglês House e no hebraico hayom, hagoyim, etc... A letra HÊ no meio de uma palavra tem o som de RR. Nos casos em que o Hê final é pronunciado forte como um Hêt. Isso é representado, com um ponto dentro dele, chamado Mappiq, o qual indica que o Hê deve ser pronunciado, apesar de estar no final da palavra. ATENÇÃO - Não se deve confundir com o HET ou CHET (ח) - a 8ª letra do alfabeto hebraico. O hêt é gutural é bem mais duro e forte, seu som é e duplo RR (rr) como em Roupa ou em Rato. Também soando como o J no espanhol (ex. hijo), raspando-se a garganta com o Hê que tem um som fraco ascendente. É representada por H pontuado e transliterada como kh, como em rukha, Yaohukhánam, Yakhad, etc... Torna o vocábulo uma paroxítona. O VAV ( ו ) - É a 6ª letra do alfabeto hebraico. Tem o som de V, O, U. Quando é usado com o seu próprio som, corresponde ao nosso "V" como em "VALE". O VÁV pode assumir sons de vogais (O ou U) é também utilizada como conjunção de duas palavras que é chamado de vav conjuntivo ( e ) que se liga como um prefixo à palavra que o segue. DITONGO NO NOME SAGRADO? Sobre o ditongo no nome sagrado, veja está explicação: Em primeiro lugar, vamos resolver a questão do ditongo: Para existir um ditongo é preciso que hajam DUAS vogais, porque uma vogal só não faz ditongo.

4 Quando escrevemos YAOHUH ou YAOHUSHUA nós estamos representando um ditongo apenas pelo fato de que o som do massorético QAMATZ ser um som de "A" fechado para "O" que resulta em "AO". Então, na transliteração, e somente na transliteração, existe um ditongo. Contudo, o QAMATZ é uma única vogal em hebraico, e não duas, pelo que não existe nenhum ditongo no hebraico. Vamos tomar como exemplo o idioma inglês: em inglês a palavra "late", que significa "tarde", se pronuncia "leite", ou seja, a letra "a" nessa palavra soa como se fossem duas vogais "ei", embora na escrita seja apenas uma vogal. Existe algum ditongo na palavra inglesa "late"? Não, porque não há duas vogais na mesma sílaba. Contudo, para transliterarmos a palavra "late" para a leitura segundo os fonemas da língua portuguesa precisamos escrever duas vogais para obter a pronúncia "leite". Onde havia uma só vogal na língua original, temos agora duas na transliteração, porque as vogais em português não têm som de duas vogais. Não temos em português nenhuma vogal que tenha o som de "ei". Para obtermos esse som em português precisamos de duas vogais, e com isso a transliteração passa a possuir um ditongo que NÃO EXISTE NO IDIOMA ORIGINAL. Se nós formos pronunciar somente as vogais em inglês diremos: EI (é o A), II (é o E), AI (é o I), OU (é o O) e IU (é o U). Percebe-se que cada vogal em inglês é pronunciada COMO SE FOSSEM DUAS, embora seja uma única vogal. O mesmo ocorre com o QAMATZ hebraico, que é uma única vogal (e portanto não há nenhum ditongo) mas que soa como se fossem duas "AO". Os bons livros de hebraico mostram isso com toda a clareza. Assim, ninguém pense que há algum ditongo no Nome YAOHUH ou no Nome

5 YAOHUSHUA, porque o "AO" que aí aparece na transliteração é somente a representação da vogal QAMATZ que possui esse som, COMO SE FOSSEM DUAS. Se o Nome do Criador fosse escrito com o massorético PATAKH, então a transliteração seria YAHUH, mas como é escrito com QAMATZ, a transliteração correta é YAOHUH. No Nome YAOHUSHUA, o último "A" é aberto, resultado de um PATAKH, mas o QAMATZ inicial tem som de "AO" e não de "A" como o PATAKH. Veja aqui, contra fatos não existem argumentos:

INTRODUÇÃO AO HEBRAICO BÍBLICO DATA: 18 DE JUNHO DE 2016 LOCAL: IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS

INTRODUÇÃO AO HEBRAICO BÍBLICO DATA: 18 DE JUNHO DE 2016 LOCAL: IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS INTRODUÇÃO AO HEBRAICO BÍBLICO DATA: 18 DE JUNHO DE 2016 LOCAL: IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS PALESTRANTE: FERNANDO MARQUES BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHAREL EM TEOLOGIA PÓS-GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA POR

Leia mais

KULTURA CENTRO DE ESPERANTO ECOBRINQUEDOTECA. A a, B b, C c, Ĉ ĉ, D d, E e, F f, Ĝ ĝ, Ĥ ĥ, I i, Ĵ ĵ, K k, L l, M m, N n, O o, P p, R r, Ŝ ŝ, T t, U u,

KULTURA CENTRO DE ESPERANTO ECOBRINQUEDOTECA. A a, B b, C c, Ĉ ĉ, D d, E e, F f, Ĝ ĝ, Ĥ ĥ, I i, Ĵ ĵ, K k, L l, M m, N n, O o, P p, R r, Ŝ ŝ, T t, U u, KULTURA CENTRO DE ESPERANTO ECOBRINQUEDOTECA David Blanketo O ALFABETO O alfabeto é composto por 28 letras. A a, B b, C c, Ĉ ĉ, D d, E e, F f, Ĝ ĝ, Ĥ ĥ, I i, Ĵ ĵ, K k, L l, M m, N n, O o, P p, R r, Ŝ ŝ,

Leia mais

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ Aviso importante! Esta matéria é uma propriedade intelectual de uso exclusivo e particular do aluno da Saber e Fé, sendo proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, exceto em breves citações

Leia mais

Formação do alfabeto fenício a partir do protosinaítico

Formação do alfabeto fenício a partir do protosinaítico UMA BREVE HISTÓRIA DO ALFABETO O primeiro alfabeto consonantal foi protosinaítico (1500 a.c.), originado a partir da adaptação de hieróglifos egípcios, empreendida por mineiros que trabalhavam na Península

Leia mais

Lógica Proposicional Parte 2

Lógica Proposicional Parte 2 Lógica Proposicional Parte 2 Como vimos na aula passada, podemos usar os operadores lógicos para combinar afirmações criando, assim, novas afirmações. Com o que vimos, já podemos combinar afirmações conhecidas

Leia mais

Afirmações Matemáticas

Afirmações Matemáticas Afirmações Matemáticas Na aula passada, vimos que o objetivo desta disciplina é estudar estruturas matemáticas, afirmações sobre elas e como provar essas afirmações. Já falamos das estruturas principais,

Leia mais

Língua Falada e Língua Escrita

Língua Falada e Língua Escrita Língua Falada e Língua Escrita Língua Falada é a linguagem que usamos para nos comunicar, pronunciada pela boca, muitas vezes de modo informal, sem muitas regras e com algumas gírias; muito diferente da

Leia mais

À minha querida esposa Marina e aos amados filhos Paulo, Elizabeth, Cristina e Débora, companheiros de todos os momentos, dedico o presente livro.

À minha querida esposa Marina e aos amados filhos Paulo, Elizabeth, Cristina e Débora, companheiros de todos os momentos, dedico o presente livro. À minha querida esposa Marina e aos amados filhos Paulo, Elizabeth, Cristina e Débora, companheiros de todos os momentos, dedico o presente livro. SUMÁRIO PREFÁCIO...009 Unidade 01 NOÇÕES ORTOGRÁFICAS...011

Leia mais

Curso de Alfabetização em Hebraico Bíblico.

Curso de Alfabetização em Hebraico Bíblico. Curso de Alfabetização em Hebraico Bíblico www.qol-hatora.org O Hebraico Bíblico ד ג ג ב ב א daleth /d/ ghimel /ʁ/ guimel /g/ bheth /β/ beth /b/ aleph /ʔ/ ט ח ז ו ה ד teth /tˤ/ heth /ħ/ zayin /z/ waw /w/

Leia mais

Um conjunto é uma coleção de objetos. Esses objetos podem ser qualquer coisa. Costumamos chamar esses objetos de elementos do conjuntos.

Um conjunto é uma coleção de objetos. Esses objetos podem ser qualquer coisa. Costumamos chamar esses objetos de elementos do conjuntos. Capítulo 1 Conjuntos 1.1 Noção de conjuntos Um conjunto é uma coleção de objetos. Esses objetos podem ser qualquer coisa. Costumamos chamar esses objetos de elementos do conjuntos. 1. Uma coleção de revista

Leia mais

HIPÓTESES DE ESCRITA Certezas Provisórias. Dúvidas Temporárias

HIPÓTESES DE ESCRITA Certezas Provisórias. Dúvidas Temporárias HIPÓTESES DE ESCRITA Certezas Provisórias Todas as crianças passam por níveis de hipóteses conceituais de escrita até atingirem a alfabetização: Uns alunos são mais rápidos que outros para se alfabetizarem;

Leia mais

Acordo ortográfico - As Mudanças Principais

Acordo ortográfico - As Mudanças Principais Acordo ortográfico - As Mudanças Principais 1 Esta página identifica e descreve todas as regras de escrita que mudam com o Acordo Ortográfico de 1990 face ao Acordo de 1945, vigente em Portugal, PALOP

Leia mais

Curso de Alfabetização em Hebraico Bíblico.

Curso de Alfabetização em Hebraico Bíblico. Curso de Alfabetização em Hebraico Bíblico www.qol-hatora.org Princípios Básicos Lido da direita para a esquerda Originalmente, escrito sem vogais. (נ ק ד ות) Vogais representadas por pontos, chamados

Leia mais

CONTEÚDOS PARA AS PROVAS 1º BIMESTRE 1º ano

CONTEÚDOS PARA AS PROVAS 1º BIMESTRE 1º ano CONTEÚDOS PARA AS PROVAS 1º ano Unidades I e II (Diferenças físicas entre as pessoas, Corpo humano, Saúde e higiene, Órgãos do sentido) Unidades I e II (Diferenças culturais entre as pessoas, Composição

Leia mais

Revisão para o simulado

Revisão para o simulado Revisão para o simulado LÍNGUA PORTUGUESA Patrícia Lopes São as variações que uma língua apresenta, de acordo com as condições sociais, culturais, regionais e históricas em que é utilizada. Variedade linguística

Leia mais

Apresentação do método sintético

Apresentação do método sintético Maria Cristina Pereira Cotta e Angela Maria Rodrigues Marques Galvão O tempo passa e, em Educação, continuam as dúvidas quanto à escolha do método ideal para alfabetizar. Para acertar nessa escolha, a

Leia mais

SUMÁRIO. Agradecimentos...9 Plano detalhado da obra...13 Introdução...21

SUMÁRIO. Agradecimentos...9 Plano detalhado da obra...13 Introdução...21 SUMÁRIO Agradecimentos...9 Plano detalhado da obra...13 Introdução...21 1. O alfabeto hebraico...23 2. As vogais...41 3. Princípios básicos da formação e divisão das sílabas...49 4. O artigo...55 5. O

Leia mais

Conteúdo: - Alfabeto - letras k, w, y e vogais - Uso do dicionário FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER I DESAFIO DO DIA

Conteúdo: - Alfabeto - letras k, w, y e vogais - Uso do dicionário FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER I DESAFIO DO DIA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA A I Conteúdo: - Alfabeto - letras k, w, y e vogais - Uso do dicionário 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA A I Habilidades:

Leia mais

APRENDENDO ESCRITA DE SINAIS SignWriting

APRENDENDO ESCRITA DE SINAIS SignWriting APRENDENDO ESCRITA DE SINAIS SignWriting SERGIO S. RIBEIRO SignWriting Aprendendo a Escrita de Sinais I N T R O D U Ç Ã O SignWriting é um sistema visual escrito para todas as línguas de sinais ao redor

Leia mais

SOBRE O AUTOR. Primeiro fato:

SOBRE O AUTOR. Primeiro fato: ÍNDICE 1. Sobre o Autor... 3 2. O Nome do Criador e do Seu Ungido... 5 3. Os Absurdos do Unicismo... 49 4. Estudo dos Princípios Espirituais... 55 5. O Que é Fé?... 99 6. O Novo Nascimento em YAOHUSHUA...

Leia mais

Resolver uma equação do 1º grau é determinar o valor da incógnita [letra] que satisfaz a equação.

Resolver uma equação do 1º grau é determinar o valor da incógnita [letra] que satisfaz a equação. EQUAÇÃO DO º GRAU Definição: Uma equação do grau [com uma incógnita] é toda equação que pode ser reduzida à forma ax = b, onde a e b são números reais, com a 0. Veja alguns exemplos e suas formas reduzidas

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM 1º CICLO Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Novo Programa de Português /Metas Curriculares de Português do 1º Ciclo do

Leia mais

Engenharia Cartográfica Comunicação e Expressão. Maria Cecilia Bonato Brandalize º Semestre

Engenharia Cartográfica Comunicação e Expressão. Maria Cecilia Bonato Brandalize º Semestre Engenharia Cartográfica Comunicação e Expressão Maria Cecilia Bonato Brandalize 2015 1º Semestre Comunicação O que é? A comunicação humana é uma relação social que se estabelece entre duas ou mais pessoas

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1º Ciclo Ano letivo 2016/2017 Critérios de Avaliação Português 1º ciclo

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1º Ciclo Ano letivo 2016/2017 Critérios de Avaliação Português 1º ciclo Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1º Ciclo Ano letivo 2016/2017 Critérios de Avaliação Português 1º ciclo Domínios Ponderação (80%) Operacionalização/Indicadores Instrumentos de avaliação Oralidade

Leia mais

Parte 1 - Português INSS 2015/2016

Parte 1 - Português INSS 2015/2016 Parte 1 - Português INSS 2015/2016 Acentuação Gráfica Professora Luciane Sartori Contatos: Email: lucianesartori@bol.com.br Site: www.sartoriprofessores.com.br Facebook: Luciane Sartori III Página do Facebook:

Leia mais

PORTUGUÊS BANCO DO BRASIL. Marco Antonio Macarrão

PORTUGUÊS BANCO DO BRASIL. Marco Antonio Macarrão PORTUGUÊS BANCO DO BRASIL Marco Antonio Macarrão Acentuação Gráfica A, E, O (S) EM, ENS MONOSSÍLABO SIM NÃO TÔNICO OXÍTONA SIM SIM PAROXÍTONA* NÃO NÃO Acentuação Gráfica * PAROXÍTONAS TERMINADAS EM Ã OU

Leia mais

Diferentes abordagens de alfabetização

Diferentes abordagens de alfabetização ALFABETIZAÇÃO Diferentes abordagens de alfabetização MODELO 1 (MÉTODO FONÉTICO OU DIRETO) Identificar oralmente os fonemas da língua (sons). Corresponder o fonema ao grafema: mostrar a letra e a pronuncia

Leia mais

Também podemos representar um conjunto por meio de uma figura chamada diagrama de Venn (John Venn, lógico inglês, ).

Também podemos representar um conjunto por meio de uma figura chamada diagrama de Venn (John Venn, lógico inglês, ). O que é conjunto Frequentemente usamos a noção de conjunto. Assim, ao organizar a lista de amigos para uma festa, ao preparar o material escolar ou, então, ao formar um time, estamos constituindo conjuntos.

Leia mais

1 de 17 10/01/2012 21:58 Em primeiro lugar gostaríamos de esclarecer que o motivo que nos leva a disponibilizar, neste material, informações básicas sobre o idioma hebraico, não é a de formar especialistas

Leia mais

O PORTUGUÊS BRASILEIRO CANTADO

O PORTUGUÊS BRASILEIRO CANTADO O PORTUGUÊS BRASILEIRO CANTADO Prof. Dr. Flávio Carvalho Departamento de Música e Artes Cênicas/ UFU e-mail: fcarvalho@demac.ufu.br www.demac.ufu.br Resumo: Este Grupo de Trabalho pretende consolidar os

Leia mais

DISCIPLINA: MATEMÁTICA BÁSICA PROF. ELIONARDO ROCHELLY TEC. ALIMENTOS TEC. SISTEMAS INTERNET MATUTINO/VESPERTINO

DISCIPLINA: MATEMÁTICA BÁSICA PROF. ELIONARDO ROCHELLY TEC. ALIMENTOS TEC. SISTEMAS INTERNET MATUTINO/VESPERTINO DISCIPLINA: MATEMÁTICA BÁSICA PROF. ELIONARDO ROCHELLY TEC. ALIMENTOS TEC. SISTEMAS INTERNET MATUTINO/VESPERTINO Conjuntos A noção de conjunto em Matemática é praticamente a mesma utilizada na linguagem

Leia mais

Última chamada: novo acordo ortográfico passa a valer em 2016

Última chamada: novo acordo ortográfico passa a valer em 2016 Ortografia Última chamada: novo acordo ortográfico passa a valer em 2016 As novas normas da Língua Portuguesa passam a ser obrigatórias em 2016. Você está preparado? Bruna Nicolielo As regras do novo acordo

Leia mais

NOÇÕES DE FONÉTICA. Fonemas São as unidades sonoras mais simples da língua, ou seja, os sons distintivos que entram na formação do vocábulo.

NOÇÕES DE FONÉTICA. Fonemas São as unidades sonoras mais simples da língua, ou seja, os sons distintivos que entram na formação do vocábulo. Capítulo 1 NOÇÕES DE FONÉTICA Fonética é a parte da gramática que estuda os fonemas, em sua natureza física e fisiológica. Fonemas São as unidades sonoras mais simples da língua, ou seja, os sons distintivos

Leia mais

Definição. Diremos que um número inteiro d é um divisor de outro inteiro a, se a é múltiplo de d; ou seja, se a = d c, para algum inteiro c.

Definição. Diremos que um número inteiro d é um divisor de outro inteiro a, se a é múltiplo de d; ou seja, se a = d c, para algum inteiro c. Divisores Definição. Diremos que um número inteiro d é um divisor de outro inteiro a, se a é múltiplo de d; ou seja, se a = d c, para algum inteiro c. Quando a é múltiplo de d dizemos também que a é divisível

Leia mais

Conjuntos. Ou ainda por diagrama (diagrama de Venn-Euler):

Conjuntos. Ou ainda por diagrama (diagrama de Venn-Euler): Capítulo 1 Conjuntos Conjunto é uma coleção de objetos, não importando a ordem ou quantas vezes algum objeto apareça, exemplos: Conjunto dos meses do ano; Conjunto das letras do nosso alfabeto; Conjunto

Leia mais

I. Perguntas de gente boa

I. Perguntas de gente boa Graça e justiça ao alcance de todos nós Romanos 10:1-13 I. Perguntas de gente boa 1. Respeito, admiro e defendo a fé em Deus. Isto não basta? 2. Tenho elevados princípios de justiça e me esforço em viver

Leia mais

Estudo Resumido sobre a Bíblia sagrada.

Estudo Resumido sobre a Bíblia sagrada. Estudo Resumido sobre a Bíblia sagrada. Introdução - É muito importante estudarmos a Bíblia Sagrada, pois ela nos revela a vontade de DEUS e nos ensina a viver essa vontade de forma que através dela nos

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR ANTONIO DUARTE

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR ANTONIO DUARTE LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR ANTONIO DUARTE E-mail: professorantonioduarte@gmail.com Facebook: Antonio Duarte Quem teme perder já está vencido. jigoro kano FONOLOGIA Letra é uma representação gráfica do

Leia mais

Sejam todos bem vindos! Que estejamos sempre em oração para que Deus esteja presente em todo momento durante nossa Aula

Sejam todos bem vindos! Que estejamos sempre em oração para que Deus esteja presente em todo momento durante nossa Aula Sejam todos bem vindos! Que estejamos sempre em oração para que Deus esteja presente em todo momento durante nossa Aula Amizades, dentro e fora da igreja... E aí? Salmos 1:1-3 Bem-aventurado o homem que

Leia mais

Máximos e mínimos em intervalos fechados

Máximos e mínimos em intervalos fechados Universidade de Brasília Departamento de Matemática Cálculo 1 Máximos e mínimos em intervalos fechados No texto em que aprendemos a Regra da Cadeia, fomos confrontados com o seguinte problema: a partir

Leia mais

Fonêmica. CRISTÓFARO SILVA, Thaïs. Fonética e fonologia do português: roteiro de estudos e guia de exercícios. 9. ed. São Paulo: Contexto, 2009.

Fonêmica. CRISTÓFARO SILVA, Thaïs. Fonética e fonologia do português: roteiro de estudos e guia de exercícios. 9. ed. São Paulo: Contexto, 2009. Fonêmica CRISTÓFARO SILVA, Thaïs. Fonética e fonologia do português: roteiro de estudos e guia de exercícios. 9. ed. São Paulo: Contexto, 2009. Prof. Cecília Toledo cissa.valle@hotmail. com 1) Sali 2)

Leia mais

PC Polícia Civil do Estado de São Paulo PAPILOSCOPISTA

PC Polícia Civil do Estado de São Paulo PAPILOSCOPISTA PC Polícia Civil do Estado de São Paulo PAPILOSCOPISTA Concurso Público 2016 Conteúdo Teoria dos conjuntos. Razão e proporção. Grandezas proporcionais. Porcentagem. Regras de três simples. Conjuntos numéricos

Leia mais

EXPRESSÕES RELACIONAIS

EXPRESSÕES RELACIONAIS AULA 7 EXPRESSÕES RELACIONAIS 7.1 Operadores relacionais Uma expressão relacional, ou simplesmente relação, é uma comparação entre dois valores de um mesmo tipo. Esses valores são representados na relação

Leia mais

Hoje vamos aprender um pouquinho sobre Regência Verbal, já que em muitos casos a língua espanhola difere muito da portuguesa.

Hoje vamos aprender um pouquinho sobre Regência Verbal, já que em muitos casos a língua espanhola difere muito da portuguesa. Introdução Hoje vamos aprender um pouquinho sobre Regência Verbal, já que em muitos casos a língua espanhola difere muito da portuguesa. Entretanto, antes de passarmos a analisar a regência de alguns verbos,

Leia mais

Padrões de Verbos Fracos

Padrões de Verbos Fracos Padrões de Verbos Fracos Aula 92 פ''א Verbos Fracos Tipo 1 (a maioria) seguirá padrões de verbos I-gutural Tipo 1, mas com vogal tema Tipo 2 terá: Um א quiescente no Qal Impf. Uma vogal com o prefixo da

Leia mais

Como Aprender Inglês: O Guia Prático

Como Aprender Inglês: O Guia Prático Como Aprender Inglês: O Guia Prático Elaboramos um sistema passo-a-passo para você aprender inglês de maneira mais simples e efetiva! Lucas Campos Introdução Ao Guia...3 Passo 1 As 4 Habilidades...4 Passo

Leia mais

O nome, então, torna-se uma marca registrada daquela pessoa e às vezes daquela família.

O nome, então, torna-se uma marca registrada daquela pessoa e às vezes daquela família. Quando Moisés recebeu o chamado de Deus para liderar o êxodo, ele teve uma preocupação: saber dizer às pessoas qual o nome do Deus que o havia enviado. Afinal de contas, haviam vários deuses no Egito e

Leia mais

O QUE É FONOLOGIA? Fonologia é o ramo da Linguística que estuda o sistema sonoro de um idioma. Cuida de aspectos relacionados a:

O QUE É FONOLOGIA? Fonologia é o ramo da Linguística que estuda o sistema sonoro de um idioma. Cuida de aspectos relacionados a: FONOLOGIA / ACENTUAÇÃO GRÁFICA O QUE É FONOLOGIA? Fonologia é o ramo da Linguística que estuda o sistema sonoro de um idioma. Cuida de aspectos relacionados a: encontros vocálicos encontros consonantais

Leia mais

Parâmetros do som. 24 Capítulo 2

Parâmetros do som. 24 Capítulo 2 Parâmetros do som Ouvimos diversos sons produzidos por uma quantidade enorme de fontes sonoras. Sons diferentes e também sons que conhecemos e reconhecemos diariamente. Uma mesma nota musical pode ser

Leia mais

Como pronunciar TH em Inglês: dicas e macete infalível

Como pronunciar TH em Inglês: dicas e macete infalível Como pronunciar TH em Inglês: dicas e macete infalível Já perdi a conta de quantas pessoas me perguntam todos os dias sobre como pronunciar TH em Inglês. Meu próprio pai possui uma dificuldade extrema

Leia mais

27/02/2017. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM

27/02/2017. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM FÉ: Primeiro você coloca o pé, depois Deus coloca o chão. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM Para muitos, a

Leia mais

É importante não confundir letra com fonema. Fonema é som, letra é o sinal gráfico que representa o som.

É importante não confundir letra com fonema. Fonema é som, letra é o sinal gráfico que representa o som. Conceito de fonema Fonemas são as menores unidades sonoras da fala. São os sons elementares e distintivos que, articulados e combinados, formam as sílabas, os vocábulos e a teia da frase, na comunicação

Leia mais

Conversão de Bases. Introdução à Organização de Computadores 5ª Edição/2007 Página 54. Sistemas Numéricos - Aritmética. Prof.

Conversão de Bases. Introdução à Organização de Computadores 5ª Edição/2007 Página 54. Sistemas Numéricos - Aritmética. Prof. Conversão de Bases Introdução à Organização de Computadores 5ª Edição/2007 Página 54 1 NOTAÇÃO POSICIONAL - BASE DECIMAL O SISTEMA DE NUMERAÇÃO É FORMADO POR UM CONJUNTO DE SÍMBOLOS UTILIZADOS PARA REPRESENTAR

Leia mais

Raciocínio Lógico. Quantificadores Lógicos: Todo, Nenhum e Existente. Professor Edgar Abreu.

Raciocínio Lógico. Quantificadores Lógicos: Todo, Nenhum e Existente. Professor Edgar Abreu. Raciocínio Lógico Quantificadores Lógicos: Todo, Nenhum e Existente Professor Edgar Abreu www.acasadoconcurseiro.com.br Raciocínio Lógico QUANTIFICADORES LÓGICOS Chama-se argumento a afirmação de que

Leia mais

CENPRO - CONCURSOS MILITARES E TÉCNICOS

CENPRO - CONCURSOS MILITARES E TÉCNICOS CENPRO - CONCURSOS MILITARES E TÉCNICOS 1 CENTRO 3274 6537 JARAGUÁ 3443 5574 www.cursocenpro.com.br Revisão para o 1º simulado de Português CMBH 6º ano/ 9 Data: 22/05/12 NOME: SALA: FONÉTICA FONEMA, LETRA,

Leia mais

Relacionar o texto com conhecimentos anteriores. Compreender o essencial dos textos escutados e lidos.

Relacionar o texto com conhecimentos anteriores. Compreender o essencial dos textos escutados e lidos. METAS CURRICULARES 1º ANO Português ORALIDADE Respeitar regras da interação discursiva. Escutar discursos breves para aprender e construir conhecimentos. Produzir um discurso oral com correção. Produzir

Leia mais

Curso de Alfabetização em Hebraico Bíblico.

Curso de Alfabetização em Hebraico Bíblico. Curso de Alfabetização em Hebraico Bíblico www.qol-hatora.org O Hebraico Bíblico ד ג ג ב ב א daleth /d/ ghimel /ʁ/ guimel /g/ bheth /β/ beth /b/ aleph /ʔ/ ט ח ז ו ה ד teth /tˤ/ heth /ħ/ zayin /z/ waw /w/

Leia mais

Passando do português para a linguagem matemática.

Passando do português para a linguagem matemática. 1 Passando do português para a linguagem matemática. Professor Maurício 2 Um grande problema para quem está estudando matemática pela primeira vez é passar o enunciado (na forma de palavras e escrito em

Leia mais

O L Á! C O M O E S T Á?

O L Á! C O M O E S T Á? O L Á! C O M O E S T Á? U n i d a d e 1 9 U N I D A D E 1 A. Apresentação 1 - Leia e ouça o diálogo. Ler e ouvir Pablo: Olá! Como se chama? Ana: Chamo-me Ana. E você? Pablo: Sou o Pablo. Ana: De onde é?

Leia mais

IME, UFF 4 de novembro de 2013

IME, UFF 4 de novembro de 2013 Lógica IME, UFF 4 de novembro de 2013 Sumário e ferramentas Considere o seguinte texto, da aritmética dos números naturais. Teorema: Todo número inteiro positivo maior que 1 tem um fator primo. Prova:

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa e Metas Curriculares de Português 1º CICLO PORTUGUÊS 1º ANO TEMAS/DOMÍNIOS CONTEÚDOS

Leia mais

FONOLOGIA. Abaixo a relação dos ditongos decrescente e crescente:

FONOLOGIA. Abaixo a relação dos ditongos decrescente e crescente: FONOLOGIA FONOLOGIA É a parte da Gramática que estuda o comportamento dos fonemas de uma língua, tomando-os como unidades sonoras capazes de criar diferença de significados. Outros nomes: fonêmica, fonemática.

Leia mais

Fonêmica do português

Fonêmica do português Fonêmica do português CRISTÓFARO SILVA, Thaïs. Fonética e fonologia do português: roteiro de estudos e guia de exercícios. 9. ed. São Paulo: Contexto, 2009. Prof. Cecília Toledo cissa.valle@hotmail. com

Leia mais

Sistemas Numéricos - Aritmética. Conversão de Bases. Prof. Celso Candido ADS / REDES / ENGENHARIA

Sistemas Numéricos - Aritmética. Conversão de Bases. Prof. Celso Candido ADS / REDES / ENGENHARIA Conversão de Bases 1 NOTAÇÃO POSICIONAL - BASE DECIMAL Desde os primórdios da civilização o homem adota formas e métodos específicos para representar números, para contar objetos e efetuar operações aritméticas.

Leia mais

EJA 3ª FASE PROF.ª GABRIELA ROCHA PROF.ª QUEILA POLTRONIERI

EJA 3ª FASE PROF.ª GABRIELA ROCHA PROF.ª QUEILA POLTRONIERI EJA 3ª FASE PROF.ª GABRIELA ROCHA PROF.ª QUEILA POLTRONIERI ÁREA DO CONHECIMENTO Linguagens Matemática Ciências Humanas 2 TEMA 1º Bimestre Conhecendo a nossa história. 3 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 7

Leia mais

Teoria Elementar dos Conjuntos

Teoria Elementar dos Conjuntos Teoria Elementar dos Conjuntos Este capítulo visa oferecer uma breve revisão sobre teoria elementar dos conjuntos. Além de conceitos básicos importantes em matemática, a sua imprtância reside no fato da

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA MÓDULO 1. Fonética e Fonologia. Professora Rosane Reis

LÍNGUA PORTUGUESA MÓDULO 1. Fonética e Fonologia. Professora Rosane Reis LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 1 Fonética e Fonologia Por que devemos aprender fonética? Porque precisamos conhecer mais profundamente como as palavras faladas são representadas pela escrita,

Leia mais

2. Conversões de base

2. Conversões de base 0 2. Conversões de base Antes de começar a programar é preciso entender como o computador representa a informação. E quando falamos em informação estamos falando basicamente de números, pois os caracteres,

Leia mais

Para que possamos utilizar Sistemas de informação, primeiro precisamos entender onde nascem as informações.

Para que possamos utilizar Sistemas de informação, primeiro precisamos entender onde nascem as informações. DADO E INFORMAÇÃO 9 Dado Para que possamos utilizar Sistemas de informação, primeiro precisamos entender onde nascem as informações. Tudo começa através da interpretação de Dados O que são dados? DADO:

Leia mais

Planificação Anual 4º Ano

Planificação Anual 4º Ano Planificação Anual 4º Ano Ano Letivo 2014 / 2015 Educaç ão literári a Leitura e escrita Geometria e medida Oralidade Números e Operações 1º Período Português Matemática Estudo do Meio Revisões O meu corpo

Leia mais

A linguagem no âmbito social

A linguagem no âmbito social A linguagem no âmbito social A linguagem no âmbito social Sócio-linguística e preconceito linguístico A sócio linguística, estuda todas as relações existentes entre dois meios distintos. São eles: sociais

Leia mais

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2009.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2009. SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2009. 1º TEXTO: PRODUZIDO PARA LEITOR- PROFESSOR COM O OBJETIVO DE ESCLARECER O SIGNIFICADO DE LETRAMENTO. Letramento

Leia mais

CONJUNTO DOS NÚMEROS INTEIROS. No conjunto dos números naturais operações do tipo

CONJUNTO DOS NÚMEROS INTEIROS. No conjunto dos números naturais operações do tipo CONJUNTO DOS NÚMEROS INTEIROS No conjunto dos números naturais operações do tipo 9-5 = 4 é possível 5 5 = 0 é possível 5 7 =? não é possível e para tornar isso possível foi criado o conjunto dos números

Leia mais

Exercícios sobre divisão silábica

Exercícios sobre divisão silábica Exercícios sobre divisão silábica A divisão silábica se encontra submetida a critérios específicos, estando eles preconizados pela gramática normativa. Questão 1 Tendo em vista os conhecimentos dos quais

Leia mais

Introdução à Matemática

Introdução à Matemática Universidade Estadual de Goiás Unidade Universitária de Ciências Sócio-Econômicas e Humanas de Anápolis Introdução à Matemática Conjuntos e Conjuntos Numéricos Introdução A noção de conjunto Propriedades,

Leia mais

E-BOOK 7 PASSOS PARA FALAR FLUENTE

E-BOOK 7 PASSOS PARA FALAR FLUENTE E-BOOK 7 PASSOS PARA FALAR FLUENTE SOBRE O AUTOR Max Prado Maximiliano é professor de Inglês e Português e pós-graduado em Língua Inglesa. É, portanto, especialista no ensino de Língua Inglesa. Leciona

Leia mais

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23 Sumário... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância nominal)

Leia mais

Matemática Conjuntos - Teoria

Matemática Conjuntos - Teoria Matemática Conjuntos - Teoria 1 - Conjunto: Conceito primitivo; não necessita, portanto, de definição. Exemplo: conjunto dos números pares positivos: P = {2,4,6,8,10,12,... }. Esta forma de representar

Leia mais

1. Linguagem escrita - Apresentação

1. Linguagem escrita - Apresentação 1. Linguagem escrita - Apresentação Súmula História e paradoxo da linguagem escrita sob o ponto de vista neurológico; teorias de aquisição da linguagem escrita Objetivos Compreender que a linguagem escrita

Leia mais

o verbo "IR" possui uma forma neutra; possui também formas que marcam flexões pessoais que podem ser empréstimos da forma verbal em português,

o verbo IR possui uma forma neutra; possui também formas que marcam flexões pessoais que podem ser empréstimos da forma verbal em português, SEMED/2013 o verbo "IR" possui uma forma neutra; possui também formas que marcam flexões pessoais que podem ser empréstimos da forma verbal em português, representadas através de sinais soletrados ou do

Leia mais

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem...

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem... Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância

Leia mais

(versão preliminar) exceto possivelmente para x = a. Dizemos que o limite de f(x) quando x tende para x = a é um numero L, e escrevemos

(versão preliminar) exceto possivelmente para x = a. Dizemos que o limite de f(x) quando x tende para x = a é um numero L, e escrevemos LIMITE DE FUNÇÕES REAIS JOSÉ ANTÔNIO G. MIRANDA versão preinar). Revisão: Limite e Funções Continuas Definição Limite de Seqüências). Dizemos que uma seqüência de números reais n convergente para um número

Leia mais

Já falamos que, na Matemática, tudo se baseia em axiomas. Já estudamos os números inteiros partindo dos seus axiomas.

Já falamos que, na Matemática, tudo se baseia em axiomas. Já estudamos os números inteiros partindo dos seus axiomas. Teoria dos Conjuntos Já falamos que, na Matemática, tudo se baseia em axiomas. Já estudamos os números inteiros partindo dos seus axiomas. Porém, não é nosso objetivo ver uma teoria axiomática dos conjuntos.

Leia mais

Neste primeiro caso, mostro uma pintura que parece simples, mas ela esconde algo mais.

Neste primeiro caso, mostro uma pintura que parece simples, mas ela esconde algo mais. Exemplos Alguns desses exemplos nem mesmo são mensagem subliminar. Podem apenas se tratar de mais uma forma de expressão de Arte, uma mensagem subliminar não-intencional ou um mero engano. Mesmo assim,

Leia mais

APOSTÍLA DE HEBRAICO BÍBLICO - I

APOSTÍLA DE HEBRAICO BÍBLICO - I APOSTÍLA DE HEBRAICO BÍBLICO - I O Senhor הוה me deu uma língua erudita, para que eu saiba dizer, a seu tempo, uma boa palavra ao que está cansado. Ele desperta-me todas as manhãs, desperta-me o ouvido

Leia mais

NOVA ORTOGRAFIA. Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

NOVA ORTOGRAFIA. Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa NOVA ORTOGRAFIA Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Onde ocorrem as mudanças Países lusófonos: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Oficialização

Leia mais

O QUE MUDOU NA ORTOGRAFIA BRASILEIRA?

O QUE MUDOU NA ORTOGRAFIA BRASILEIRA? O QUE MUDOU NA ORTOGRAFIA BRASILEIRA? REFORMA ORTOGRÁFICA HISTÓRIA Países que falam português: Brasil Portugal Angola Moçambique Guiné-Bissau São Tomé e Príncipe Cabo Verde Timor-Leste POR QUÊ? POR QUÊ?

Leia mais

1 de 5 12/05/2011 01:45

1 de 5 12/05/2011 01:45 1 de 5 12/05/2011 01:45 Ainda falta aprendermos um Nome!!! Todas as referências escriturais ao Criador Pai são feitas por meio de seu Nome: YAOHUH (IÁORRU), sendo, muitas vezes, acompanhado do título UL

Leia mais

Projeção ortográfica de modelos com elementos diversos

Projeção ortográfica de modelos com elementos diversos Projeção ortográfica de modelos com elementos diversos A execução de modelos que apresentam furos, rasgos, espigas, canais, partes arredondadas etc., requer a determinação do centro desses elementos. Introdução

Leia mais

Resposta bereana: Quem é o verdadeiro Deus de I João 5:20?

Resposta bereana: Quem é o verdadeiro Deus de I João 5:20? Resposta bereana: Quem é o verdadeiro Deus de I João 5:20? Gostaria de colaborar com um comentário sobre 1 João 5:20, pois muitos que defendem a doutrina da trindade usam-no para confundir a cabeça das

Leia mais

PASSOS PARA A SALVAÇÃO I - OUVIR A PALAVRA DE DEUS - (Rm 10.17)

PASSOS PARA A SALVAÇÃO I - OUVIR A PALAVRA DE DEUS - (Rm 10.17) PASSOS PARA A SALVAÇÃO I - OUVIR A PALAVRA DE DEUS - (Rm 10.17) Para que você possa crer em Jesus você precisa primeiramente ouvir a sua palavra. A própria palavra de Deus é a verdade (Jo 17:17) e esta

Leia mais

Computação 2. Aula 3. Diego Addan Vetores de caracteres (strings)

Computação 2. Aula 3. Diego Addan Vetores de caracteres (strings) Computação 2 Aula 3 Vetores de caracteres (strings) Diego Addan diegoaddan@gmail.com Vetor de caracteres (Strings) Uma cadeia de caracteres, mais conhecida como string, é uma seqüência de caracteres (letras

Leia mais

O Alfabeto e a escrita de palavras simples

O Alfabeto e a escrita de palavras simples O Alfabeto e a escrita de palavras simples Professor-autor: Antonio Borges NOÇÕES BÁSICAS Diagramação: Regina Faustino Rio de Janeiro 14/08/2014 slide 1 de 47 IMPORTANTE: Para que você consiga ler corretamente

Leia mais

p a) Na primeira sequência. b) Na primeira sequência. 2. Alternativa b) 3. a) beneficente b) meteorologia c) sobrancelhas

p a) Na primeira sequência. b) Na primeira sequência. 2. Alternativa b) 3. a) beneficente b) meteorologia c) sobrancelhas Gramática 1ª série 1º bimestre / 2012 Gabarito Estudo Autônomo Exercícios da Gramática Reflexiva Profa. Patrícia Capítulo 4 p.62 1. Porque a palavra sexta e palavra cesta são pronunciadas da mesma forma.

Leia mais

Forma da Letra com Daghesh. Forma Final

Forma da Letra com Daghesh. Forma Final M UNIDADE 1 - ORTOGRAFIA Observe o texto abaixo. É o de Gênesis capítulo 1 verso 1 da Bíblia Hebraica. Note que os números à direita do texto. O maior indica o capítulo e o menor o versículo.! " # % $

Leia mais

O QUE MUDA? ALFABETO: Passa de 23 para 26 letras (k, w e y voltam de onde, na prática, jamais saíram). TREMA: É eliminado das palavras portuguesas e a

O QUE MUDA? ALFABETO: Passa de 23 para 26 letras (k, w e y voltam de onde, na prática, jamais saíram). TREMA: É eliminado das palavras portuguesas e a A UNIFICAÇÃO ORTOGRÁFICA DA LÍNGUA PORTUGUESA O QUE MUDA? ALFABETO: Passa de 23 para 26 letras (k, w e y voltam de onde, na prática, jamais saíram). TREMA: É eliminado das palavras portuguesas e aportuguesadas,

Leia mais

Unidades de Medidas - Parte I

Unidades de Medidas - Parte I Unidades de Medidas - Parte I Sistema Métrico Decimal Um dos legados da Revolução Francesa foi criar um sistema de medidas que fosse baseado em constantes naturais e não em padrões arbitrários como pé,

Leia mais

Departamento Curricular de Línguas

Departamento Curricular de Línguas Escola Básica Integrada c/ji Fialho de Almeida- Cuba Departamento Curricular de Línguas Ano Lectivo de 2007/2008 Critérios de avaliação Em reunião de Departamento Curricular de Línguas e de acordo com

Leia mais

Dicionário De Termos Gramaticais

Dicionário De Termos Gramaticais Dicionário De Termos Gramaticais Professor Leo Página 2 Este dicionário vai ajudar o candidato a entender melhor todos os assuntos gramaticais do português, além de auxiliá-lo na hora de estudar. Muitas

Leia mais