JWebTester - Ferramenta para Testes de Aceitação Automatizados em Aplicações Web

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "JWebTester - Ferramenta para Testes de Aceitação Automatizados em Aplicações Web"

Transcrição

1 JWebTester - Ferramenta para Testes de Aceitação Automatizados em Aplicações Web Marcelo Aita Riss 1, João Carlos Damasceno Lima 2, Iara Augustin 2, Julio Correa 1, Tiago Antônio Rizzetti 2, Edmar Araujo 2 1 SIG - Soluções em Informática e Gestão Rua Alberto Pasqualini, 35 sala Santa Maria, RS {mriss, 2 GMOb - Grupo de Pesquisa em Sistemas de Computação Móvel Universidade Federal de Santa Maria Santa Maria, RS {caio, august, rizzetti, Abstract. The high quality software construction must be done by using best pratices of software analisys and modelling. The sistematic tests are a powerful tool to verify the systems funcionality and trustworthiness. This work reports an evaluation and development of tool to help the automated construction of acceptance tests for web applications at SIG - Soluções em Informática e Gestão. This evaluation had the main goal to verify tools in the market that could help in the functional test cases to aim at improve the number of functional test cases in the web systems constructed at enterprise. Resumo. A construção de softwares de qualidade exige boas técnicas de verificação de confiabilidade e funcionalidade de sistemas através de testes sistemáticos. Este trabalho apresenta um relato de experiḙncia na avaliação e desenvolvimento de ferramentas para automatizar testes funcionais de aceitação na empresa SIG - Soluções em Informática e Gestão. Essa avaliação teve como objetivo principal diagnosticar as ferramentas existentes no mercado, que poderiam facilitar a implementação de casos de testes funcionais, visando aumentar o número desses casos testes nos sistemas WEB desenvolvidos na empresa. Palavras Chave: automatizados. teste de software, Java, aplicações web, frameworks, testes 1. Introdução Dentre as estratégias de testes existem os testes de aceitação que, segundo Myers [MYERS, 1979], são testes funcionais executados para avaliar os critérios de validação, tendo como meta demonstrar a conformidade aos requisitos. Por outro lado, a automatização da criação e execução de testes pode reduzir até 80% do esforço empregado em testes manuais e permite a produção de software de qualidade melhor e com mais rapidez[fewster and GRAHAM, 2000]. Existem ferramentas no mercado que facilitam o desenvolvimento de testes funcionais automatizados, tais como IBM Rational Functional Tester for Java and Web ou actiwate, porém o custo pode ser considerado alto e, muitas vezes, essas ferramentas trazem recursos que estão atrelados a uma plataforma específica. Essas características das Projeto financiado pela FINEP-MCT-CNPq, período de 2005/2006

2 ferramentas levaram a empresa SIG - Soluções em Informática e Gestão a avaliar e propor o desenvolvimento de uma ferramenta de apoio na geração e automatização de testes funcionais de aceitação, visando resolver os seguintes problemas: (a) melhorar a qualidade e o tempo na programação de casos de testes funcionais automatizados por parte dos desenvolvedores, visto que usando os frameworks (HTTPUnit [HTTPUNIT, 2004] e JUnit [JUNIT, 2004]) disponíveis ficou inviável, por questões de tempo, trabalhar na programação dos testes; (b) contruir uma ferramenta que suprisse as deficiências das ferramentas estudadas na adequação a filosofia de desenvolvimento da empresa; (c) estimular o aumento do número de casos de testes funcionais. Com a evolução dos sistemas esse número passou a ficar estagnado, e os testes automatizados deixaram de cobrir algumas funcionalidades importantes. Basicamente a filosofia de desenvolvimento para aplicações WEB da empresa aposta muito em sistemas de integração contínua para a parte de programação Java. Sendo assim, existem scripts que rodam com freqüência dentro de servidores da empresa para: obter a última versão do controlador de fontes, compilar, distribuir no servidor web e realizar todos os planos de testes automatizados. Garantindo assim, que alterações dos programadores ou alterações de versão de frameworks utilizados não tenham causado impacto no sistema através da geração de novos defeitos. Os planos de testes fazem parte do processo de análise e são gerados durante a confecção dos casos de uso, de forma a testar e explorar esses casos de uso. Sendo assim, com o passar do tempo, os scripts de integração contínua passaram a ficar desatualizados em relação a testes funcionais, visto que devido a inviabilidade de tempo, a construção desses testes começou a ser postergada. Notou-se então que essa dificuldade na geração dos casos de testes era relativa aos frameworks utilizados e à abordagem de programação dos testes. Essa programação dos testes era feita manualmente em código Java, onde o programador deveria verificar as especificações de testes vindas da análise e realizar uma programação que simule a navegação WEB, através dos casos de teste. Essa programação começou a se tornar dispendiosa em termos de tempo, e verificou-se que a melhor abordagem seria a gravação dos testes, através da própria navegação, pelo desenvolvedor usando o browser. Além disso, essas navegação, no futuro, poderá ser feita por pessoas não especializadas em programação, usualmente testadores ou usuários. Esse trabalho relata a avaliação das ferramentas e dos frameworks que auxiliam na construção dos testes funcionais de aceitação, e descreve a implementação de uma ferramenta de construção desses testes para aplicações WEB, chamada JWebTester. O objetivo desta ferramenta é obter simplicidade de uso para usuários não especializados, e amenizar os problemas levantados no parágrafo anterior. Desta forma, as funcionalidades oferecidas pela ferramenta são: a) gerar e gerenciar os casos de teste através de código fonte da linguagem de programação utilizada; b) se enquadrar, de forma personalizada, na cultura de organizações que já utilizam testes automatizados através de scripts no processo de desenvolvimento de software; c) permitir a elaboração e execução de roteiros de testes por pessoas que desempenham papel diferenciado no processo de desenvolvimento, usualmente testadores e gerentes de teste; (d) permitir a gravação e reprodução dos casos de testes através de robôs, que irão monitorar e gravar as requisições WEB, e posteriormente gerar os casos de teste. A seqüência do artigo está organizada da seguinte forma: a seção 2 apresenta um quadro comparativo ferramentas avaliadas e frameworks utilizados no desenvolvimento de testes automáticos. Na seção 3 são descritas as características, a estrutura e as funcionalidades da ferramenta JWebTester. Além disso, é apresentado um estudo de caso que mostra o uso prático da ferramenta desenvolvida em uma aplicação WEB real. Na seção 4 são apresentadas as conclusões obtidas, as principais contribuições do trabalho, e

3 as perspectivas para trabalhos futuros. 2. Tecnologias para Testes Automáticos de Aplicações Web Uma vez que o teste de software freqüentemente é responsável por até 40% de todo o esforço despendido em um projeto de desenvolvimento de software [PRESSMAN, 1995], as ferramentas que podem reduzir o tempo de teste (sem reduzir a eficácia) são muito valiosas. Reconhecendo os benefícios potenciais, pesquisadores e profissionais desenvolveram uma primeira geração de ferramentas de teste automatizadas. Miller [MILLER, 1979], no final da década de 70, descreve uma série de categorias de ferramentas de teste: Analisadores estáticos, Auditores de código, Geradores de arquivos de teste, Geradores de dados de teste, Verificadores de teste, Bancadas de teste, Comparadores de saída. Hoje, dentre os frameworks e ferramentas mais utilizados para a realização de teste e apoio ao desenvolvimento de Software estão: JUnit [BECK, 2000], HttpUnit [HTTPUNIT, 2004], Swing [SUN, 2004], Ant [FOUNDATION, 2004a] e JMeter [FOUNDATION, 2004b] Ferramentas para Automatização de Testes de Aceitação em Aplicações WEB A tabela 1 mostra um quadro comparativo de algumas ferramentas para automação da geração de casos de testes funcionais para aplicações WEB. As ferramentas para análise foram escolhidas baseadas em um critério de maior adequação ou semelhança com o processo de desenvolvimento adotado na empresa. As características adotadas para as comparações foram aquelas definidas pela empresa, que tornariam a utilização viável dentro da sua cultura organizacional. Tabela 1: Comparativo entre as ferramentas de teste. JWebTester IBM Rational actiwate Site Tester Center Multiplataforma X X X X Open source X X Gera código X X X padrão Robô de captura X X X X Aceita usuários X X X não-programador Suporta dinâmica URL WebInject Analisando-se o quadro pode-se observar que, se a linha da característica Open Source for suprimida, a única ferramenta que atende a todos os requisitos desejados é o JWebTester. As outras ferramentas não atendem as demais características desejadas pela empresa, o que exigiria uma adequação da empresa a ferramenta e não uma inserção da ferramenta dentro do processo de desenvolvimento sem maior impacto. De todas, a que mais se mostrou viável para a empresa foi o actiwate, porque sua única deficiência era não possibilitar usuário sem experiência em programação. Contudo, essa era uma característica pretendida pela empresa no futuro, visando retirar a atividade de teste funcional e gravação dos casos de testes dos programadores, para usuários não especializados, usualmente testadores ou gerentes de teste.

4 3. JWebTester - UMA FERRAMENTA DE AUXÍLIO AO TESTE 3.1. Características de JWebTester JWebTester tem como objetivo auxiliar o desenvolvimento de testes de aceitação para aplicações WEB, através da captura de requisições e respostas HTTP, geração de casos de teste com as requisições capturadas, execução dos casos de teste e posterior análise de resultados. Suas principais funcionalidades são: Prover as funções de um servidor proxy configurável; Interceptação, captura das requisições e respostas HTTP através do servidor proxy e apresentação das informações capturadas ao usuário; Edição, adição e remoção de requisições HTTP; Filtragem do conteúdo da resposta HTTP que será testado ou comparado, através da criação de filtros por tags HTML ou expressões regulares; Geração de casos de testes com as requisições que foram previamente capturadas e selecionadas. Um caso de teste será um programa Java que poderá ser compilado e executado pelo executor de testes do framework JUnit. Além disso, esse programa Java poderá ser alterado posteriormente caso seja necessário; Gravação de planos de testes; Geração de casos de testes multiplataforma Estrutura Geral A arquitetura da ferramenta compõe-se de quatro módulos principais: o servidor proxy, o controlador proxy, as requisições capturadas e por último o caso de teste. O servidor proxy e o controlador proxy representam o robô da ferramenta. Na figura 1 são mostrados os quatro módulos através de um diagrama funcional [CORREA, 2004]. Figura 1: Diagrama funcional da ferramenta JWebTester

5 O Servidor Proxy do JWebTester é responsável pela monitoração da navegação do usuário pela aplicação WEB. O Controlador Proxy é responsável por receber as requisições e respostas capturadas com seus cabeçalhos, configurar, iniciar e finalizar o Servidor Proxy. As requisições recebidas são gravadas no plano de teste criado pelo usuário e encaminhadas para o módulo Requisições Capturadas. Além disso o Controlador disponibilizará, para edição, os dados da requisição e da resposta. O módulo Requisições Capturadas apresenta as requisições, tratadas e filtradas pelo Servidor e Controlador Proxy. Além disso, o módulo pode receber as requisições de planos de testes criados em outra ocasião. O módulo Caso de Teste gera um programa Java que o representa. A geração ocorre com as requisições selecionadas no módulo Requisições Capturadas e é auxiliada pelos frameworks HttpUnit e JUnit. Cada requisição se transformará em um método da classe Java gerada. Com o auxílio do HttpUnit o módulo efetua a requisição ao servidor HTTP e captura a resposta do servidor. Em seguida são aplicados os filtros de conteúdo à resposta e é gerado o código que compara o conteúdo filtrado com o conteúdo que será capturado, quando o caso de teste for executado. Cada vez que o caso de teste for executado a requisição será refeita, os filtros reaplicados à resposta, e o conteúdo filtrado será comparado com o conteúdo gravado durante a geração do caso de teste. Outra função do módulo é compilar o programa Java gerado para que ele possa ser executado posteriormente. Após o caso de teste ser compilado o módulo poderá invocar o test runner do JUnit para executar o caso de teste. O test runner irá invocar cada método a ser testado e irá mostrar o resultado do teste para futura análise Funcionamento de JWebTester para um Estudo de Caso Para demonstrar o funcionamento de JWebTester, é apresentado um estudo de caso para uma funcionalidade da aplicação WEB denominada Portal de Compras, desenvolvida pela empresa SIG - Soluções em Informática e Gestão. O Portal de Compras permite o acompanhamento de licitações, acesso a documentos de edital, acompanhamento online de pregões eletrônicos, fornecimento de informação direcionada para fornecedores específicos entre outras funcionalidades. O módulo Manutenção do Cadastro de Usuários Fornecedores do Portal de Compras foi utilizado para este estudo de caso. As principais transações do módulo são realizadas de forma interativa com o usuário através de um cliente HTTP que apresenta interfaces para acesso ao cadastro, listagem dos usuários cadastrados, e disponibiliza as ações: cadastrar novo usuário, alterar dados do usuário cadastrado, gerar e enviar senha para o de um usuário cadastrado, invalidar senha e excluir usuários. Após a confirmação das informações do Plano de Teste o usuário poderá configurar e iniciar o servidor proxy. Na janela Proxy, o usuário deve informar a porta onde o servidor aguardará conexões de clientes HTTP, as expressões regulares para a filtragem de URL e opcionalmente, informar um proxy para acesso externo, caso exista um sistema de firewall na rede do usuário. Iniciado o servidor proxy, os passos seguintes são executados externamente à ferramenta. O testador deve configurar o cliente HTTP para que use o proxy para acessar as páginas. Após a configuração do cliente HTTP, o testador deverá navegar pelo módulo da aplicação WEB que será testado. O testador deverá seguir o seguinte roteiro de teste: (1) Efetuar o cadastro de dois usuários fornecedores; (2) Listar os usuários cadastrados; (3) Gerar e enviar a senha para os dois usuários cadastrados; (4) Tentar excluir o segundo usuário cadastrado; (5) Alterar os dados do segundo usuário cadastrado e (6) Tentar invalidar a senha do primeiro usuário cadastrado.

6 Seguindo o roteiro de teste, o servidor proxy faz a captura das requisições efetuadas. As requisições são mostradas em uma janela e podem ser editadas ou excluídas. Além disso pode-se adicionar novas requisições. Uma das funcionalidades importantes do JWebTester é adição de filtros de conteúdo. Esses filtros, servem para selecionar o conteúdo da resposta de uma requisição que será excluído do teste. Os filtros são os seguintes: Árvore: Neste tipo de filtro o testador verá um árvore XML construída a partir das tags HTML do conteúdo da resposta. O testador poderá excluir um nó da árvore. O nó excluído não será testado durante a execução do caso de teste. O filtro conterá os nós excluídos pelo testador. Expressão Regular: Através de uma expressão regular, o testador poderá selecionar partes do conteúdo HTML que não será testado durante a execução do caso de teste. O filtro conterá a expressão regular que será aplicada ao conteúdo da resposta, e opcionalmente poderá ser aplicado a todas as requisições. No estudo de caso foram adicionados os dois tipos de filtros. No conteúdo das respostas existiam campos que indicavam a data e hora no momento da requisição. Esses campos não podem ser testados durante a execução do caso de teste, por isso aplicou-se o filtro de árvore para excluir os nós que continham data e hora. Outro campo possuía a senha do usuário que era gerada de maneira aleatória pela aplicação. Esse campo foi filtrado através de uma expressão regular. Após a aplicação dos filtros, o testador pode selecionar as requisições que farão parte do caso de teste. O próximo passo envolve a geração, compilação e execução do caso de teste. Neste momento a ferramenta refaz as requisições ao servidor HTTP, captura o conteúdo das respostas, aplica os filtros de conteúdo e grava o conteúdo filtrado para posterior comparação durante a execução do caso de teste. A figura 2 mostra a geração do caso de teste. Essa geração corresponde a gerar uma classe Java que estende a classe TestCase do framework JUnit. Esse código Java contém métodos para realizar as requisições e comparar o conteúdo HTML retornado, com aquele previamente gravado pela execução do robô, que foi capturado através da execução do proxy. Figura 2: Geração do programa Java que representa o caso de teste Finalizada a geração do caso de teste, o testador poderá compilar o programa gerado. Caso a compilação seja executada com sucesso, realiza-se o último passo do

7 processo de teste suportado pelo JWebTester, que é a invocação do executor de testes do framework JUnit que irá executar o caso de teste gerado e compilado. O executor de testes é responsável pela execução dos métodos de teste do programa Java gerado anteriormente e pela exibição dos resultados da execução. A ferramenta invocará o executor de testes do JUnit, como pode ser visto na figura 3. Figura 3: Executor de testes do framework JUnit Para finalizar, deve-se gravar o Plano de Teste, para que possa ser editado e gerado o caso de teste no futuro. Através desse estudo de caso pode-se observar as principais funcionalidades da ferramenta JWebTester, bem como tirar proveito dessas funcionalidades para testar uma aplicação WEB real. A tarefa de teste de aplicações WEB é uma tarefa custosa no processo de desenvolvimento dessas aplicações. O uso do JWebTester pode reduzir consideravelmente esse custo, além de desenvolver casos de teste mais abrangentes do que o processo manual. Outra característica do JWebTester é sua flexibilidade tanto na utilização, devido ao fato de possuir uma interface gráfica, quanto no suporte a múltiplos sistemas operacionais. O resultado dessa experiência no estudo de caso mostrou que a ferramenta, após a implementação de algumas extensões citadas na seção 4, poderá aumentar consideravelmente o número de casos de teste funcionais para os sistemas WEB desenvolvidos pela empresa. Isso porque a geração dos casos de testes através da navegação no browser e gravação dos robôs de testes reduzem o tempo de geração desses, tornando viável a sua implementação pelos programadores. A facilidade de uso demostrada na ferramenta, também mostrou que ela está apta a ser usada por usuários não especializados. Isso será implementado através de algumas alterações no processo de desenvolvimento de aplicações WEB na empresa. 4. Conclusões O crescimento significativo de aplicações WEB tem forçado uma melhora na prática de teste nessas aplicações. O teste de software ganhou importância para assegurar uma melhor qualidade dos produtos finais. Por conseqüência, o teste automatizado vem auxiliar o

8 projeto e implementação de aplicações WEB, aumentando o nível de qualidade e confiabilidade dos softwares desenvolvidos, diminuindo o esforço de manutenção e desenvolvimento dos testes. As ferramentas para a automatização dos testes em aplicações WEB avaliadas nesse trabalho, não se adequaram ao processo de desenvolvimento da empresa. Em geral são pouco flexíveis, atreladas a uma plataforma específica compromentendo a flexibilidade e portabilidade, ou apresentam baixo nível de automatização, ou apresentam preços elevados, o que dificulta a utilização devido ao alto investimento necessário. A ferramenta desenvolvida contemplou as características enumeradas no quadro comparativo da tabela 1 e sua utilização não exigiu alteração no processo de desenvolvimento da empresa. Demonstrando assim, a sua eficácia de utilização em empresas que começam a automatizar os seus processos de teste com vista a qualificação de seu produtos. O estudo de caso realizado demonstra que a ferramenta desenvolvida pode ser utilizada em larga escala e o próximo passo de validação da ferramenta será a geração de casos de teste para todo o projeto do portal de compras. Gerando assim estatisticas qualitativas e quantitativas dos casos de teste funcionais do sistema de portal de compras. As melhorias e extensões previstas para a ferramenta são: (1) implementação de ilhas de código, ou seja, de marcações que indiquem as alterações feitas externamente, para que sejam mantidas após nova geração de código pelo JWebTester; (2) adição de novos filtros de conteúdo, que tornem mais flexível a seleção do conteúdo que não deverá ser testado, como um mini-editor de texto onde o testador poderá excluir o texto que não deverá ser testado; (3) adicionar suporte a URLs dinâmicas; (4) possibilitar suporte a aplicações WEB que geram conteúdo aleatório para uma determinada requisição; (5) integração do JWebTester com ferramentas de controle e versionamento de código; (6) colocação do JWebTester como plugin para ferramentas de desenvolvimento (IDE s). Referências BECK, K. (2000). Extreme Programming Explained. Addison-Wesley, Upper Saddle River, NJ. CORREA, J. (2004). JWebTester - Uma Ferramenta para Testes de Aceitação Automatizados em Aplicações Web. Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. FEWSTER, M. and GRAHAM, D. (2000). Software Test Automation: Effective use of test execution tools. Addison-Wesley, Upper Saddle River, NJ. FOUNDATION, A. S. (2004a). The apache ant project. org/ant/. FOUNDATION, A. S. (2004b). Apache jmeter. jmeter/. HTTPUNIT (2004). Httpunit user manual. JUNIT (2004). Junit documentation. MILLER, E. (1979). Automated Tools for Software Engineering. IEEE Computer Society Press. MYERS, G. (1979). The Art of Software Testing. John Willey & Sons. PRESSMAN, R. S. (1995). Engenharia de Software. Makron Books, São Paulo, SP. SUN (2004). Java language specification. jsp.

SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE. Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl

SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE. Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl Roteiro de apresentação Introdução Objetivos Fundamentação Teórica Workflow Processo

Leia mais

Introdução a Servlets

Introdução a Servlets Linguagem de Programação para Web Introdução a Servlets Prof. Mauro Lopes 1-31 21 Objetivos Iniciaremos aqui o estudo sobre o desenvolvimento de sistemas web usando o Java. Apresentaremos nesta aula os

Leia mais

Test-Module: uma ferramenta para gerenciamento de testes de software integrada ao FireScrum

Test-Module: uma ferramenta para gerenciamento de testes de software integrada ao FireScrum Test-Module: uma ferramenta para gerenciamento de testes de software integrada ao FireScrum Audrey B. Vasconcelos, Iuri Santos Souza, Ivonei F. da Silva, Keldjan Alves Centro de Informática Universidade

Leia mais

Resumo de TCC Desenvolvimento de um sistema ERP com foco nas tecnologias de software livre / código aberto

Resumo de TCC Desenvolvimento de um sistema ERP com foco nas tecnologias de software livre / código aberto UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina CTC Centro Tecnológico INE Departamento de Informática e Estatística INE5631 Projetos I Prof. Renato Cislaghi Resumo de TCC Desenvolvimento de um sistema ERP

Leia mais

Análise de Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo para o Projeto PDSCE 1

Análise de Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo para o Projeto PDSCE 1 Análise de Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo para o Projeto PDSCE 1 Tiago Antônio Rizzetti, Fábio Lorenzi da Silva, Celio Trois, João Carlos Damasceno Lima, Iara Augustin, Diego Luis Kreutz. Curso

Leia mais

FERRARI FERRAmenta de Automação dos testes de RequIsitos de Desempenho e Estresse

FERRARI FERRAmenta de Automação dos testes de RequIsitos de Desempenho e Estresse FERRARI FERRAmenta de Automação dos testes de RequIsitos de Desempenho e Estresse Teresina, 28 de maio de 2008 1 Sumário 1. Introdução...03 2. Conceitos Iniciais 2.1 O que é Teste de Software?...04 2.2

Leia mais

MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S. Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick

MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S. Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick Roteiro Introdução Objetivos do trabalho Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

IBM Software Demos Rational Software Delivery Platform - Teste automatizado

IBM Software Demos Rational Software Delivery Platform - Teste automatizado Na parte final da demonstração, Jan, nossa testadora, usará o IBM Rational Functional Tester ou RFT para registrar um novo script de teste. O RFT está integrado ao IBM Rational Software Delivery Platform

Leia mais

WebUML: Uma Ferramenta Colaborativa de Apoio ao Projeto e Análise de Sistemas Descritos em Classes UML

WebUML: Uma Ferramenta Colaborativa de Apoio ao Projeto e Análise de Sistemas Descritos em Classes UML Carlos Henrique Pereira WebUML: Uma Ferramenta Colaborativa de Apoio ao Projeto e Análise de Sistemas Descritos em Classes UML Florianópolis - SC 2007 / 2 Resumo O objetivo deste trabalho é especificar

Leia mais

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Teste de Software

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Teste de Software Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE Teste de Software Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Introdução Teste é um conjunto de atividades que pode ser planejado antecipadamente

Leia mais

World Wide Web e Aplicações

World Wide Web e Aplicações World Wide Web e Aplicações Módulo H O que é a WWW Permite a criação, manipulação e recuperação de informações Padrão de fato para navegação, publicação de informações e execução de transações na Internet

Leia mais

Geração e execução de scripts de teste em aplicações web a partir de casos de uso direcionados por comportamento 64

Geração e execução de scripts de teste em aplicações web a partir de casos de uso direcionados por comportamento 64 direcionados por comportamento 64 5 Estudo de caso Neste capítulo serão apresentadas as aplicações web utilizadas na aplicação da abordagem proposta, bem como a tecnologia em que foram desenvolvidas, o

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PROJETOS DE SOFTWARE - SGPS

SISTEMA DE GESTÃO DE PROJETOS DE SOFTWARE - SGPS SISTEMA DE GESTÃO DE PROJETOS DE SOFTWARE - SGPS Lilian R. M. Paiva, Luciene C. Oliveira, Mariana D. Justino, Mateus S. Silva, Mylene L. Rodrigues Engenharia de Computação - Universidade de Uberaba (UNIUBE)

Leia mais

GeCA: Uma Ferramenta de Engenharia Reversa e Geração Automática de Código

GeCA: Uma Ferramenta de Engenharia Reversa e Geração Automática de Código GeCA: Uma Ferramenta de Engenharia Reversa e Geração Automática de Código Igor Steinmacher 1, Éderson Fernando Amorim 1, Flávio Luiz Schiavoni 1, Elisa Hatsue Moriya Huzita 1 1 Departamento de Informática

Leia mais

Testes de Software. Anne Caroline O. Rocha TesterCertified BSTQB NTI UFPB. Anne Caroline O. Rocha Tester Certified BSTQB NTI UFPB

Testes de Software. Anne Caroline O. Rocha TesterCertified BSTQB NTI UFPB. Anne Caroline O. Rocha Tester Certified BSTQB NTI UFPB Testes de Software 1 AULA 05 FERRAMENTAS TESTE DE CARGA E GERÊNCIA DE TESTE Anne Caroline O. Rocha Tester Certified BSTQB NTI UFPB Conteúdo Programático Aula 05 Ferramentas para gerência dos testes Ferramentas

Leia mais

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 Rational Quality Manager Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 1 Informações Gerais Informações Gerais sobre o RQM http://www-01.ibm.com/software/awdtools/rqm/ Link para o RQM https://rqmtreina.mvrec.local:9443/jazz/web/console

Leia mais

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES WEB UTILIZANDO A FERRAMENTA WEBSCHARTS

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES WEB UTILIZANDO A FERRAMENTA WEBSCHARTS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPUTAÇÃO E ESTATÍSTICA DESENVOLVENDO APLICAÇÕES WEB UTILIZANDO A FERRAMENTA WEBSCHARTS LÍCIO SÉRGIO FERRAZ DE BRITO MARCELO AUGUSTO SANTOS TURINE

Leia mais

Banco de Dados de Músicas. Andre Lima Rocha Campos Osório Pereira Carvalho

Banco de Dados de Músicas. Andre Lima Rocha Campos Osório Pereira Carvalho Banco de Dados de Músicas Andre Lima Rocha Campos Osório Pereira Carvalho Definição Aplicação Web que oferece ao usuário um serviço de busca de músicas e informações relacionadas, como compositor, interprete,

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Testes de Software Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.br Introdução Teste é um conjunto de atividades que pode ser planejado antecipadamente

Leia mais

Uma Ferramenta para Geração Automática de Testes Funcionais e Protótipos de Interface a partir de Casos de Uso

Uma Ferramenta para Geração Automática de Testes Funcionais e Protótipos de Interface a partir de Casos de Uso Uma Ferramenta para Geração Automática de Testes Funcionais e Protótipos de Interface a partir de Casos de Uso Ernesto C. Brasil 1, Thiago C. de Sousa 2 1 Centro de Ensino Unificado de Teresina (CEUT)

Leia mais

Sistema Gerenciador de Conteúdo OpenCms: um caso de sucesso no CEFET-MG

Sistema Gerenciador de Conteúdo OpenCms: um caso de sucesso no CEFET-MG Sistema Gerenciador de Conteúdo OpenCms: um caso de sucesso no CEFET-MG Marco T. A. Rodrigues*, Paulo E. M. de Almeida* *Departamento de Recursos em Informática Centro Federal de Educação Tecnológica de

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma Orientado a Objetos

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas. Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios

Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas. Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios Goiânia 12/2011 Versionamento 12/12/2011 Hugo Marciano... 1.0

Leia mais

Experiência em Automação do Processo de Testes em Ambiente Ágil com SCRUM e ferramentas OpenSource

Experiência em Automação do Processo de Testes em Ambiente Ágil com SCRUM e ferramentas OpenSource Experiência em Automação do Processo de Testes em Ambiente Ágil com SCRUM e ferramentas OpenSource Eliane F. Collins 1, Luana M. de A. Lobão 1, 2 1 Instituto Nokia de Tecnologia (INdT) Caixa Postal 7200

Leia mais

UM PROTÓTIPO DO SISTEMA PARA CONTROLE DE BIBLIOTECAS POR MEIO DE PÁGINAS WEB DINÂMICAS 1

UM PROTÓTIPO DO SISTEMA PARA CONTROLE DE BIBLIOTECAS POR MEIO DE PÁGINAS WEB DINÂMICAS 1 UM PROTÓTIPO DO SISTEMA PARA CONTROLE DE BIBLIOTECAS POR MEIO DE PÁGINAS WEB DINÂMICAS 1 Daniel de Faveri HONORATO 2, Renato Bobsin MACHADO 3, Huei Diana LEE 4, Feng Chung WU 5 Escrito para apresentação

Leia mais

Programação para a Internet. Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr sbacala@gmail.com www.facom.ufu.br/~bacala

Programação para a Internet. Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr sbacala@gmail.com www.facom.ufu.br/~bacala Programação para a Internet Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr sbacala@gmail.com www.facom.ufu.br/~bacala A plataforma WEB Baseada em HTTP (RFC 2068) Protocolo simples de transferência de arquivos Sem estado

Leia mais

GERADOR DE CÓDIGO JSP BASEADO EM PROJETO DE SGBD. Acadêmico: Maicon Klug Orientadora: Joyce Martins

GERADOR DE CÓDIGO JSP BASEADO EM PROJETO DE SGBD. Acadêmico: Maicon Klug Orientadora: Joyce Martins GERADOR DE CÓDIGO JSP BASEADO EM PROJETO DE SGBD Acadêmico: Maicon Klug Orientadora: Joyce Martins Roteiro Introdução Objetivos do trabalho Fundamentação teórica Desenvolvimento do trabalho Conclusão Extensões

Leia mais

2 Geração Dinâmica de Conteúdo e Templates de Composição

2 Geração Dinâmica de Conteúdo e Templates de Composição 2 Geração Dinâmica de Conteúdo e Templates de Composição Alguns dos aspectos mais importantes na arquitetura proposta nesta dissertação são: a geração dinâmica de conteúdo e a utilização de templates de

Leia mais

DESENVOLVIMENTO COM JAVA EE E SUAS ESPECIFICAÇÕES

DESENVOLVIMENTO COM JAVA EE E SUAS ESPECIFICAÇÕES DESENVOLVIMENTO COM JAVA EE E SUAS ESPECIFICAÇÕES Hugo Henrique Rodrigues Correa¹, Jaime Willian Dias 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil hugohrcorrea@gmail.com, jaime@unipar.br Resumo.

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011 CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011 O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Informatização de farmácias publicas utilizando software livre.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Informatização de farmácias publicas utilizando software livre. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Informatização de farmácias publicas utilizando software livre. MURILO NUNES ELIAS FLORIANÓPOLIS SC 2007/2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE

Leia mais

PRODUTO 1 (CONSTRUÇÃO DE PORTAL WEB)

PRODUTO 1 (CONSTRUÇÃO DE PORTAL WEB) RELATÓRIO DE ENTREGA DO PRODUTO 1 (CONSTRUÇÃO DE PORTAL WEB) PARA A ELABORAÇÃO DOS PLANOS MUNICIPAIS DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS PMGIRS PARA OS MUNICÍPIOS DE NOVO HORIZONTE, JUPIÁ, GALVÃO,

Leia mais

FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS

FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS PAULO ALBERTO BUGMANN ORIENTADOR: ALEXANDER ROBERTO VALDAMERI Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

GERAÇÃO DE RELATÓRIOS

GERAÇÃO DE RELATÓRIOS UNIOESTE Universidade Estadual do Oeste do Paraná CCET - CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Colegiado de Ciência da Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação GERAÇÃO DE RELATÓRIOS

Leia mais

3 Um Framework Orientado a Aspectos para Monitoramento e Análise de Processos de Negócio

3 Um Framework Orientado a Aspectos para Monitoramento e Análise de Processos de Negócio 32 3 Um Framework Orientado a Aspectos para Monitoramento e Análise de Processos de Negócio Este capítulo apresenta o framework orientado a aspectos para monitoramento e análise de processos de negócio

Leia mais

Questionário. A ferramenta auxilia na alocação de Não (0) x x x. Satisfatório (5) complexidade de um caso de uso? de uso (72) Sim (10)

Questionário. A ferramenta auxilia na alocação de Não (0) x x x. Satisfatório (5) complexidade de um caso de uso? de uso (72) Sim (10) Questionário Nível Avaliado Gerador de plano de teste Gerador de dados Função/característica do produto Gestão dos dados do plano de teste (51) Perguntas Pontuação Selenium BadBoy Canoo A ferramenta auilia

Leia mais

Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar as principais características de uma Aplicação Internet Rica.

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009 CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009 O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma Orientado a Objetos e com o uso

Leia mais

Melhoria no Desenvolvimento Ágil com Implantação de Processo de Integração Contínua Multiplataforma para Java e.net. Hudson

Melhoria no Desenvolvimento Ágil com Implantação de Processo de Integração Contínua Multiplataforma para Java e.net. Hudson QUALIDADE Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software - SBQS Instituto Nokia de Tecnologia Unit Test Sucess Bug INdT Melhoria no Desenvolvimento Ágil com Implantação de Processo de Integração Contínua

Leia mais

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG)

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG) Sistema de Informação Gerencial (SIG) Material de Apoio Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são sistemas ou processos que fornecem as informações necessárias para gerenciar com eficácia as organizações.

Leia mais

PEDRO FERNANDES DALLEGRAVE

PEDRO FERNANDES DALLEGRAVE PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ ESCOLA POLITÉCNICA CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO PEDRO FERNANDES DALLEGRAVE RELATÓRIO FINAL INTERPROXY APLICATIVO MOBILE PARA ANÁLISE HTTP Relatório final

Leia mais

Criando Aplicações PHP com. Zend e Dojo. Flávio Gomes da Silva Lisboa. Novatec

Criando Aplicações PHP com. Zend e Dojo. Flávio Gomes da Silva Lisboa. Novatec Criando Aplicações PHP com Zend e Dojo Flávio Gomes da Silva Lisboa Novatec Copyright 2013 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida a

Leia mais

Aplicativo Cliente/Servidor multicamadas para controle de uma rede de lojas via web utilizando Java

Aplicativo Cliente/Servidor multicamadas para controle de uma rede de lojas via web utilizando Java Aplicativo Cliente/Servidor multicamadas para controle de uma rede de lojas via web utilizando Java Aluno: Henrique Eduardo M. Oliveira Orientador: Prof. Dr. Leandro J. Komosinski Banca: Prof. M. Maria

Leia mais

Suporte à Engenharia Reversa para o ambiente SEA

Suporte à Engenharia Reversa para o ambiente SEA Otavio Pereira Suporte à Engenharia Reversa para o ambiente SEA Orientador: Ricardo Pereira e Silva Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC Departamento de Informática e Estatística - INE Florianópolis

Leia mais

Linha Silk: a maneira leve para testar, desenvolver e gerenciar

Linha Silk: a maneira leve para testar, desenvolver e gerenciar Linha : a maneira leve para testar, desenvolver e gerenciar Leve Criado apenas com a funcionalidade que você precisa Barato Do uso gratuito ao licenciamento flexível Eficiente Software fácil de usar e

Leia mais

Consumindo um Web Service através de uma Aplicação Comercial em Android. Alex Malmann Becker www.alex.porthal.com.br alex@porthal.com.

Consumindo um Web Service através de uma Aplicação Comercial em Android. Alex Malmann Becker www.alex.porthal.com.br alex@porthal.com. Consumindo um Web Service através de uma Aplicação Comercial em Android Alex Malmann Becker www.alex.porthal.com.br alex@porthal.com.br 08/2014 Agenda Introdução Conceitos Web Service Por que utilizar

Leia mais

PSQT Prêmio SESI Qualidade no Trabalho

PSQT Prêmio SESI Qualidade no Trabalho ANEXO II PSQT Prêmio SESI Qualidade no Trabalho Manutenção Evolutiva Modelo: 4.0 Sistema Indústria, 2008 Página 1 de 18 Histórico da Revisão Data Descrição Autor 06/12/2007 Necessidades para atualização

Leia mais

Um Sistema Web para apoio ao Gerenciamento de atividades de Teste de Software em Pequenas Empresas

Um Sistema Web para apoio ao Gerenciamento de atividades de Teste de Software em Pequenas Empresas Um Sistema Web para apoio ao Gerenciamento de atividades de Teste de Software em Pequenas Empresas Luciano Gomes Helvinger, Rodrigo Prestes Machado Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Faculdade

Leia mais

Conteúdo Programático de PHP

Conteúdo Programático de PHP Conteúdo Programático de PHP 1 Por que PHP? No mercado atual existem diversas tecnologias especializadas na integração de banco de dados com a WEB, sendo o PHP a linguagem que mais se desenvolve, tendo

Leia mais

Fase 1: Engenharia de Produto

Fase 1: Engenharia de Produto Fase 1: Engenharia de Produto Disciplina: Análise de Requisitos DURAÇÃO: 44 h O objetivo principal da disciplina é realizar uma análise das necessidades e produzir um escopo do produto. Representará os

Leia mais

Anexo I - DAS (Documento de Arquitetura de Software) Concurso de Desenvolvimento de Jogos SEBRAE

Anexo I - DAS (Documento de Arquitetura de Software) Concurso de Desenvolvimento de Jogos SEBRAE Anexo I - DAS (Documento de Arquitetura de Software) Concurso de Desenvolvimento de Jogos SEBRAE 1 Sumário Sumário... 2 1 INTRODUÇÃO... 3 1.1 Propósito... 3 1.2 Escopo... 3 1.3 Referências... 3 2 DIRETRIZES...

Leia mais

DMS Documento de Modelagem de Sistema. Versão: 1.4

DMS Documento de Modelagem de Sistema. Versão: 1.4 DMS Documento de Modelagem de Sistema Versão: 1.4 VERANEIO Gibson Macedo Denis Carvalho Matheus Pedro Ingrid Cavalcanti Rafael Ribeiro Tabela de Revisões Versão Principais Autores da Versão Data de Término

Leia mais

PROPOSTA DE SISTEMA PARA REGISTRO ELETRÔNICO DE PONTO COM GERENCIAMENTO REMOTO

PROPOSTA DE SISTEMA PARA REGISTRO ELETRÔNICO DE PONTO COM GERENCIAMENTO REMOTO PROPOSTA DE SISTEMA PARA REGISTRO ELETRÔNICO DE PONTO COM GERENCIAMENTO REMOTO Francisco Carlos Parquet Bizarria * José Walter Parquet Bizarria ** Ana Paula Müller Giancoli *** O presente trabalho tem

Leia mais

4 Desenvolvimento da ferramenta

4 Desenvolvimento da ferramenta direcionados por comportamento 38 4 Desenvolvimento da ferramenta Visando facilitar a tarefa de documentar requisitos funcionais e de gerar testes automáticos em uma única ferramenta para proporcionar

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº xxxxxxx Contrato por Produto Nacional

TERMO DE REFERÊNCIA Nº xxxxxxx Contrato por Produto Nacional Os presentes TERMOS são objetos do edital 002/2012 código: 002/2012/04. O consultor selecionado para o código desejado, será associado a um dos termos de referência conforme as necessidades da Agência

Leia mais

Model Checking of Statecharts using Automatic White Box Test Generation

Model Checking of Statecharts using Automatic White Box Test Generation Model Checking of Statecharts using Automatic White Box Test Generation Um artigo de: Doron Drusinsky (Cupertino, CA) Apresentado por: Charles-Edouard Winandy Disciplina: CSE310-4 Engenharia de Software

Leia mais

5 Um Modelo Generativo Orientado a Aspectos

5 Um Modelo Generativo Orientado a Aspectos 71 5 Um Modelo Generativo Orientado a Aspectos Nesse capítulo é apresentado um modelo generativo orientado a aspectos que é usado para instanciação de variabilidades OO e OA encontradas em arquiteturas

Leia mais

Sistema Datachk. Documento de Requisitos. Versão <1.2> Z u s a m m e n a r b e i t I d e i a s C o l a b o r a t i v a s

Sistema Datachk. Documento de Requisitos. Versão <1.2> Z u s a m m e n a r b e i t I d e i a s C o l a b o r a t i v a s Documento de Requisitos Versão Z u s a m m e n a r b e i t I d e i a s C o l a b o r a t i v a s 2010 2 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autores 27/04/2010 1.0 Criação da primeira versão

Leia mais

Table 1. Dados do trabalho

Table 1. Dados do trabalho Título: Desenvolvimento de geradores de aplicação configuráveis por linguagens de padrões Aluno: Edison Kicho Shimabukuro Junior Orientador: Prof. Dr. Paulo Cesar Masiero Co-Orientadora: Prof a. Dr. Rosana

Leia mais

Desenvolvimento de uma Plataforma Gráfica para a Descrição de Modelos de Sistemas Ambientais

Desenvolvimento de uma Plataforma Gráfica para a Descrição de Modelos de Sistemas Ambientais Desenvolvimento de uma Plataforma Gráfica para a Descrição de Modelos de Sistemas Ambientais Tiago F. M. Lima 1,2, Tiago G. S. Carneiro 2, Sérgio D. Faria 3 1 Programa de Pós-Graduação em Análise e Modelagem

Leia mais

Utilizando Testes de Unidade no Ciclo de Desenvolvimento de Software para Processamento e Análise de Imagens

Utilizando Testes de Unidade no Ciclo de Desenvolvimento de Software para Processamento e Análise de Imagens RESI Revista Eletrônica de Sistemas de Informação, Edição 10, nº 1, 2007. 1 Utilizando Testes de Unidade no Ciclo de Desenvolvimento de Software para Processamento e Análise de Imagens Sabrina Borba Dalcin,

Leia mais

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC Felipe Moreira Decol Claro 1, Késsia Rita da Costa Marchi 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil felipe4258@hotmail.com, kessia@unipar.br

Leia mais

Utilizando JMeter para realizar testes de carga em aplicações Web. Robinson Castilho castilho@bacarin.com.br Bacarin Software Ltda JUGMS

Utilizando JMeter para realizar testes de carga em aplicações Web. Robinson Castilho castilho@bacarin.com.br Bacarin Software Ltda JUGMS Utilizando JMeter para realizar testes de carga em aplicações Web Robinson Castilho castilho@bacarin.com.br Bacarin Software Ltda JUGMS Agenda Apresentação Motivação Visão Geral JMeter Principais elementos

Leia mais

Héstia Ferramenta de Apoio a Teste de Software com Base em Casos de Uso

Héstia Ferramenta de Apoio a Teste de Software com Base em Casos de Uso Héstia Ferramenta de Apoio a Teste de Software com Base em Casos de Uso Eduardo Pletsch Manini 1, Guilherme Silva Lacerda 2 1, 2 Centro Universitário Ritter dos Reis 90.840-440 Porto Alegre RS Brasil edumanini@gmail.com,

Leia mais

Aula 03 - Projeto Java Web

Aula 03 - Projeto Java Web Aula 03 - Projeto Java Web Para criação de um projeto java web, vá em File/New. Escolha o projeto: Em seguida, na caixa Categorias selecione Java Web. Feito isso, na caixa à direita selecione Aplicação

Leia mais

DESENVOLVIMENTO EM DISPOSITIVOS MÓVEIS UTILIZANDO BANCO DE DADOS

DESENVOLVIMENTO EM DISPOSITIVOS MÓVEIS UTILIZANDO BANCO DE DADOS DESENVOLVIMENTO EM DISPOSITIVOS MÓVEIS UTILIZANDO BANCO DE DADOS Leandro Guilherme Gouvea 1, João Paulo Rodrigues 1, Wyllian Fressatti 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil leandrog.gouvea@gmail.com,

Leia mais

Gerenciador Financeiro CITi. Gerenciador Financeiro CITi

Gerenciador Financeiro CITi. Gerenciador Financeiro CITi (Sistema de Gerenciamento Financeiro) Especificação dos Requisitos do Software Gerenciador Financeiro CITi Versão 1.0 Autores: Bruno Medeiros de Oliveira Igor Rafael Medeiros Pedro Araújo de Melo Tiago

Leia mais

Um Processo para Desenvolvimento de Aplicações Web Baseado em Serviços. Autores: Fábio Zaupa, Itana Gimenes, Don Cowan, Paulo Alencar e Carlos Lucena

Um Processo para Desenvolvimento de Aplicações Web Baseado em Serviços. Autores: Fábio Zaupa, Itana Gimenes, Don Cowan, Paulo Alencar e Carlos Lucena Um Processo para Desenvolvimento de Aplicações Web Baseado em Serviços Autores: Fábio Zaupa, Itana Gimenes, Don Cowan, Paulo Alencar e Carlos Lucena Tópicos Motivação e Objetivos LP e SOA Processo ADESE

Leia mais

Ambiente Web PHP Problemas Frameworks CakePHP Symfony Zend Framework Prado CodeIgniter Demonstração O livro

Ambiente Web PHP Problemas Frameworks CakePHP Symfony Zend Framework Prado CodeIgniter Demonstração O livro Desenvolvimento em PHP usando Frameworks Elton Luís Minetto Agenda Ambiente Web PHP Problemas Frameworks CakePHP Symfony Zend Framework Prado CodeIgniter Demonstração O livro Ambiente Web É o ambiente

Leia mais

3 Serviços na Web (Web services)

3 Serviços na Web (Web services) 3 Serviços na Web (Web services) 3.1. Visão Geral Com base na definição do Word Wide Web Consortium (W3C), web services são aplicações autocontidas, que possuem interface baseadas em XML e que descrevem

Leia mais

SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS

SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS Pablo dos Santos Alves Alexander Roberto Valdameri - Orientador Roteiro da apresentação Introdução Objetivos Motivação Revisão bibliográfica

Leia mais

Desenvolvimento Web. Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas. http://www.saymonyury.com.br

Desenvolvimento Web. Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas. http://www.saymonyury.com.br Desenvolvimento Web Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas http://www.saymonyury.com.br Vantagens Informação em qualquer hora e lugar; Rápidos resultados; Portabilidade absoluta; Manutenção facilitada

Leia mais

Desenvolvimento de aplicações web com JSP

Desenvolvimento de aplicações web com JSP Desenvolvimento de aplicações web com JSP Leandro Soares de Sousa, Paulo Henrique de Sousa Sistemas de Informação Centro Universitário Luterano de Palmas (CEULP/ULBRA) Cx. Postal 160 77054-970 Palmas TO

Leia mais

INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA

INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA O InterLIMS se apresenta

Leia mais

ANEXO VII PROCESSO E METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO PROCERGS MDP. Processo de Desenvolvimento de Sistemas

ANEXO VII PROCESSO E METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO PROCERGS MDP. Processo de Desenvolvimento de Sistemas ANEXO VII PROCESSO E METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO PROCERGS MDP Processo de Desenvolvimento de Sistemas MDP - Metodologia de Desenvolvimento PROCERGS - é uma estrutura básica de definição de processos

Leia mais

SolarWinds Kiwi Syslog Server

SolarWinds Kiwi Syslog Server SolarWinds Kiwi Syslog Server Monitoramento de syslog fácil de usar e econômico O Kiwi Syslog Server oferece aos administradores de TI o software de gerenciamento mais econômico do setor. Fácil de instalar

Leia mais

Aplicações Desktop: Swing/SubMacroForms. Carlos Renato Alves Gouveia Novembro/2008 cgouveia@fes.br

Aplicações Desktop: Swing/SubMacroForms. Carlos Renato Alves Gouveia Novembro/2008 cgouveia@fes.br Aplicações Desktop: Swing/SubMacroForms Carlos Renato Alves Gouveia Novembro/2008 cgouveia@fes.br Carlos Renato Alves Gouveia Especialista em Engenharia de Web Sites pela UFMS; Professor Universitário

Leia mais

Ambiente Web PHP Problemas Frameworks CakePHP Symfony Zend Framework Prado CodeIgniter Demonstração

Ambiente Web PHP Problemas Frameworks CakePHP Symfony Zend Framework Prado CodeIgniter Demonstração Desenvolvimento em PHP usando Frameworks Elton Luís Minetto Agenda Ambiente Web PHP Problemas Frameworks CakePHP Symfony Zend Framework Prado CodeIgniter Demonstração Ambiente Web É o ambiente formado

Leia mais

JMeter x WebLoad. Uma análise de duas soluções para execução de testes de desempenho para você decidir qual é a melhor para sua empresa.

JMeter x WebLoad. Uma análise de duas soluções para execução de testes de desempenho para você decidir qual é a melhor para sua empresa. JMeter x WebLoad_ Ferramentas para Teste de Desempenho JMeter x WebLoad Uma análise de duas soluções para execução de testes de desempenho para você decidir qual é a melhor para sua empresa. O artigo fornece

Leia mais

A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE

A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE Belo Horizonte, 06 de Maio de 2010 A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE Referente: CONSULTA PÚBLICA PARA CONTRATAÇÃO DE UMA SOLUÇÃO DE GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE

Leia mais

UMA ABORDAGEM SOBRE TESTES AUTOMATIZADO DE SOFTWARES EM AMBIENTES DE DESENVOLVIMENTO

UMA ABORDAGEM SOBRE TESTES AUTOMATIZADO DE SOFTWARES EM AMBIENTES DE DESENVOLVIMENTO UMA ABORDAGEM SOBRE TESTES AUTOMATIZADO DE SOFTWARES EM AMBIENTES DE DESENVOLVIMENTO Robson L. Nascimento 1, Késsia R. C. Marchi¹ 1 Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí-PR-Brasil robsonluisn@yahoo.com.br,

Leia mais

Especificações Técnicas

Especificações Técnicas Visual COBOL é a solução líder da indústria para o desenvolvimento de aplicações COBOL e implantação em sistemas Windows, Unix e Linux. Ele combina as melhores ferramentas de desenvolvimento de sua classe

Leia mais

Palavras-chave: i3geo, gvsig, Mapserver, integração, plugin. Contato: edmar.moretti@terra.com.br ou edmar.moretti@gmail.com

Palavras-chave: i3geo, gvsig, Mapserver, integração, plugin. Contato: edmar.moretti@terra.com.br ou edmar.moretti@gmail.com III Jornada Latinoamericana e do Caribe do gvsig Artigo: Integração do software i3geo com o gvsig Autor: Edmar Moretti Resumo: O i3geo é um software para a criação de mapas interativos para internet qu

Leia mais

SCC-0263. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br

SCC-0263. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br SCC-0263 Técnicas de Programação para WEB Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br 1 Cronograma Fundamentos sobre servidores e clientes Linguagens Server e Client side

Leia mais

Realização de Estimativas utilizando Análise de Pontos de Função

Realização de Estimativas utilizando Análise de Pontos de Função CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA DISCIPLINA: ENGENHARIA DE SOFTWARE PROFESSOR(A): MONALESSA PERINI BARCELLOS CÓDIGO: INF281 EMAIL: MONALESSA@INF.UFES.BR Realização de Estimativas utilizando

Leia mais

Sistema BuildParty para montagem e gerenciamento de eventos. Plano de Testes. Versão <1.1> DeltaInfo. Soluções para web Soluções para o mundo

Sistema BuildParty para montagem e gerenciamento de eventos. Plano de Testes. Versão <1.1> DeltaInfo. Soluções para web Soluções para o mundo Sistema BuildParty para montagem e gerenciamento de eventos Plano de Testes Versão DeltaInfo Soluções para web Soluções para o mundo DeltaInfo 2 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autores

Leia mais

Análise de ferramentas de teste automatizado de software

Análise de ferramentas de teste automatizado de software Análise de ferramentas de teste automatizado de software Thyago Peres Carvalho 1, Joslaine C. Jeske de Freitas 1 1 Universidade Federal de Goiás (UFG) Campus Jataí (CAJ) Caixa Postal 03 75.801-615 Jataí

Leia mais

Sistema de Memorandos On-Line. (Projeto Arquitetural)

Sistema de Memorandos On-Line. (Projeto Arquitetural) Universidade Federal de Campina Grande Pb Departamento de Sistemas e Computação Disciplina: Projeto em Computação I 2111185 Professora: Francilene Procópio Garcia, P.Sc Alunos: Arnaldo de Sena Santos;

Leia mais

MÓDULO Programação para Web 2

MÓDULO Programação para Web 2 MÓDULO Programação para Web 2 Sistemas Web na JEE OBJETIVO DO MÓDULO Arquitetura Web em aplicações JEE Conceitos iniciais Desenvolvimento Web Aplicações web tornam-se mais e mais importantes Mais e mais

Leia mais

Documento de Arquitetura

Documento de Arquitetura Documento de Arquitetura A2MEPonto - SISTEMA DE PONTO ELETRÔNICO A2MEPonto - SISTEMA DE PONTO ELETRÔNICO #1 Pág. 1 de 11 HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição Autor 28/10/2010 1 Elaboração do documento

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

DESENVOLVENDO APLICAÇÃO UTILIZANDO JAVA SERVER FACES

DESENVOLVENDO APLICAÇÃO UTILIZANDO JAVA SERVER FACES DESENVOLVENDO APLICAÇÃO UTILIZANDO JAVA SERVER FACES Alexandre Egleilton Araújo, Jaime Willian Dias Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil araujo.ale01@gmail.com, jaime@unipar.br Resumo.

Leia mais

J820. Testes de interface Web com. HttpUnit. argonavis.com.br. Helder da Rocha (helder@acm.org)

J820. Testes de interface Web com. HttpUnit. argonavis.com.br. Helder da Rocha (helder@acm.org) J820 Testes de interface Web com HttpUnit Helder da Rocha (helder@acm.org) O que é HttpUnit API Java para comunicação com servidores HTTP Permite que programas construam e enviem requisições, e depois

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO AMBIENTE EXPSEE SEGUNDO O MÉTODO CATALYSIS

ESPECIFICAÇÃO DO AMBIENTE EXPSEE SEGUNDO O MÉTODO CATALYSIS ESPECIFICAÇÃO DO AMBIENTE EXPSEE SEGUNDO O MÉTODO CATALYSIS RESUMO Este artigo apresenta a especificação de um sistema gerenciador de workflow, o ExPSEE, de acordo com a abordagem de desenvolvimento baseado

Leia mais

Testes de Software. Anne Caroline O. Rocha TesterCertified BSTQB NTI UFPB. Anne Caroline O. Rocha Tester Certified BSTQB NTI UFPB

Testes de Software. Anne Caroline O. Rocha TesterCertified BSTQB NTI UFPB. Anne Caroline O. Rocha Tester Certified BSTQB NTI UFPB Testes de Software 1 AULA 04 FERRAMENTAS DE AUTOMAÇÃO DE TESTES FUNCIONAIS Anne Caroline O. Rocha TesterCertified BSTQB NTI UFPB Conteúdo Programático Aula 04 Automação de testes funcionais Ferramentas

Leia mais

SIQ GQF Plugin s WEB (Aplicações WEB) Gestão da Qualidade de Fornecedores

SIQ GQF Plugin s WEB (Aplicações WEB) Gestão da Qualidade de Fornecedores SIQ GQF Plugin s WEB (Aplicações WEB) Gestão da Qualidade de Fornecedores Requerimentos do Software Versão para Microsoft Windows/Unix Dezembro 2006 Bem-Vindo ao to SIQ GQF Plugin s WEB - Gestão da Qualidade

Leia mais

FlexTest Um Framework Flexível para a Automação de Teste Funcional de Software

FlexTest Um Framework Flexível para a Automação de Teste Funcional de Software FlexTest Um Framework Flexível para a Automação de Teste Funcional de Software Camila Socolowski 1, 2, André Alarcon 2, André Temple de Antonio 2 1 Departamento de Engenharia de Computação e Automação

Leia mais

Desenvolvimento de aplicação web com framework JavaServer Faces e Hibernate

Desenvolvimento de aplicação web com framework JavaServer Faces e Hibernate Desenvolvimento de aplicação web com framework JavaServer Faces e Hibernate Tiago Peres Souza 1, Jaime Willian Dias 1,2 ¹Universidade paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil tiagop_ti@hotmail.com 2 Universidade

Leia mais

Uso de servlets nas aplicações web desenvolvidas para a plataforma java 1

Uso de servlets nas aplicações web desenvolvidas para a plataforma java 1 Uso de servlets nas aplicações web desenvolvidas para a plataforma java 1 Resumo Em uma interação feita em uma aplicação Web existem tarefas que devem ser executadas no servidor, tais como processamento

Leia mais

SISTEMA DE GERENCIAMENTO E CONTROLE DE DOCUMENTOS DE TCC E ESTÁGIO

SISTEMA DE GERENCIAMENTO E CONTROLE DE DOCUMENTOS DE TCC E ESTÁGIO SISTEMA DE GERENCIAMENTO E CONTROLE DE DOCUMENTOS DE TCC E ESTÁGIO Marcelo Karpinski Brambila 1, Luiz Gustavo Galves Mahlmann 2 1 Acadêmico do Curso de Sistemas de Informação da ULBRA Guaíba < mkbrambila@terra.com.br

Leia mais