COP 2013 COMMUNICATION ON PROGRESS PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COP 2013 COMMUNICATION ON PROGRESS PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS"

Transcrição

1 COP 2013 COMMUNICATION ON PROGRESS PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS

2

3 2003 É criada a G-COMEX ÓLEO & GÁS com o objetivo de prover soluções logísticas sob medida para o mercado de óleo, gás, energia e indústria naval. Atuamos em boa parte das operações offshore de exploração, desenvolvimento e produção dos operadores internacionais (IOC s) nas bacias de Campos, Santos e Espírito Santo, desenvolveu soluções logísticas em obras de construção de plataformas de petróleo, FPSO s, gasodutos, oleodutos etc. Desenvolvemos estudos para implantação e administramos bases de apoio por onde materiais equipamentos etc. foram recebidos, inspecionados e rigorosamente controlados para o abastecimento das mais variadas operações offshore.

4 2006 Criamos a HR OIL, nossa divisão de soluções em Recursos Humanos que já atendeu quase 100% do mercado em recrutamento, seleção e terceirização na mão de obra técnica, seguindo a mesma filosofia de negócio: trabalhar de forma exclusiva para o mercado de óleo, gás, energia e indústria naval.

5 2008 Iniciamos nosso desafio de certificar de forma integrada os programas ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007 em parceria com a entidade certificadora Buerau Veritas Certification. Assinamos nosso compromisso com o Pacto Global das Nações Unidas em uma demonstração de nossa preocupação em sermos, mais que uma empresa com fins lucrativos, um agente ativo que agrega em sua missão a consciência social, ambiental e ética com fundamento de todas as relações e negócios.

6 2009 Alcançamos o objetivo de certificarmos O GRUPO G-COMEX de forma integrada nos programas ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007 através da entidade certificadora Buerau Veritas Certification Um novo negócio é implementado em nossa Organização, a G-COMEX BASE OFFSHORE. Trata-se de um complexo de excelência em Apoio Logístico que traz consigo, desde sua concepção todos os princípios relativos ao Pacto Global das Nações Unidas já incorporados.!

7 2011 G-COMEX BASE OFFSHORE tem seu Sistema de Gestão Integrado certificado pelo Bureau Veritas Certification. Em 2011 apresentamos aos nossos stakeholders nosso relatório de Comunicação de Progresso COP.! 2012 O Grupo recebe acreditação internacional certificações ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007.!!

8 2013 G-COMEX vence o Prêmio Naval de Qualidade e Sustentabilidade, realizado pelo SINAVAL e Fundação ARO, na categoria Caminhos para a Inovação e Desenvolvimento em Sustentabilidade (CIDes) pelo Projeto Social desenvolvido no Bairro do Cajú Zona Portuária do Rio de Janeiro.

9

10 Em nove anos conseguimos construir uma empresa em bases sólidas, tornando-a uma referência em soluções logísticas para o mercado de óleo, gás, energia e indústria naval brasileiro. Muitos foram os projetos em E&P e EPC que a G-COMEX pôde dar sua contribuição intelectual e operacional, fomos desafiados e buscamos incessantemente as soluções que permitiram que nossos clientes se mantivessem focados em seus negócios. Para nós logística não é um conceito amplo, sem definição, mas uma parcela importante do processo operacional, capaz de fazer a real diferença no resultado de um projeto.

11 Trazemos em nossa organização a responsabilidade com o ser humano e o meio ambiente, entendemos a importância de sermos éticos em nossas relações e por esse motivo em 2008 aderimos ao Pacto Global das Nações Unidas. Investimos na formação e preparo de nossos profissionais, valorizamos o aprendizado contínuo e incentivamos essa busca. Fazemos uma empresa capaz, responsável e preocupada em atender sob medida e com excelência nossos clientes em seus projetos. É parte da filosofia de trabalho da G-COMEX influir em toda a cadeia produtiva que integra, para que seus clientes e parceiros adotem e pratiquem os Princípios do Pacto Global em suas atividades. Em 2011 um conjunto de projetos foram implementados e fazem parte do relatório a seguir.

12 Com muito orgulho vejo uma empresa inserida em um mercado absolutamente exigente em seus padrões de qualidade e me sinto desafiado em mantê-la nesse alinhamento. Por todos esses motivos que, em nome da G-COMEX ÓLEO & GÁS Ltda e de seus colaboradores, reafirmo o compromisso da Empresa com o Pacto Global das Nações Unidas e apresento nossa Comunicação de Progresso de 2012.

13

14 Direitos Humanos Princípios do Trabalho Decente Princípios de Proteção Ambiental 1 Respeitar e Proteger os Direitos Humanos 2 Impedir violações de Direitos Humanos Apoiar a liberdade de associação no 3 Trabalho 4 Abolir o trabalho forçado 5 Abolir o trabalho infantil 6 7 Eliminar a discriminação no ambiente de trabalho Apoiar uma abordagem preventiva aos desafios ambientais 8 Promover a responsabilidade ambiental Princípio Anticorrupção 9 10 Encorajar tecnologias que não agridem o Meio Ambiente Combater a corrupção em todas as suas formas, inclusive extorsão e propina

15 Compromisso Sistema Ações Desempenho Como parte do modelo de Gestão, o GRUPO G-COMEX acredita que atuar de forma socialmente responsável é dever de todos dentro da Organização, tendo o compromisso contínuo com a qualidade de vida atual e das gerações futuras, por meio de um comportamento que contribua para o desenvolvimento econômico, social e ambiental. Recursos Humanos Recursos Humanos Qualidade de Vida > Criação de Setor específico de Recursos Humanos. > Revisão do Manual do Colaborador. >Integração de novos funcionários. (Orientações sobre seus direitos, benefícios, segurança no Ambiente de Trabalho, Meio Ambiente, Responsabilidade Social e Compromissos Éticos e Morais da Organização). Análise Ergonômica dos Postos de Trabalho (G-COMEX BASE OFFSHORE). Manutenção do Programa de Ginástica Laboral Manutenção do Programa de Acompanhamento Nutricional >Todos os colaboradores antigos receberam treinamento sobre os princípios constantes no Manual do Colaborador. >Todos os novos colaboradores recebem em seu primeiro dia de trabalho um treinamento de integração. Foi realizado estudo ergonômico com a finalidade de proporcionar aos nossos colaboradores um ambiente de trabalho que favoreça o seu conforto e qualidade de vida. Serviço à disposição de todos os funcionários lotados nas dependências da G-COMEX. Serviço à disposição de todos os funcionários lotados nas dependências da G-COMEX.

16 Compromisso Sistema Ações Desempenho Como parte do modelo de Gestão, a o GRUPO G- COMEX acredita que atuar de forma socialmente responsável é dever de todos dentro da Organização, tendo o compromisso contínuo com a qualidade de vida atual e das gerações futuras, por meio de um comportamento que contribua para o desenvolvimento econômico, social e ambiental. Recursos Humanos Benefícios Recursos Humanos Ações voltadas para a comunidade Vale Refeição / Auxílio Alimentação Assistência Médica Seguro de Vida Instituto Rumo Náutico Cooperativa Recooperar de Catadores de Materiais Recicláveis Colônia de Férias do Arsenal de Guerra do Estado do Rio de Janeiro Todos os colaboradores são atendidos por um desses programas, sendo conferido a eles o direito de optar pelo que melhor se encaixa em sua realidade. Todos os colaboradores e seus dependentes possuem plano de assistência médica. Todos os colaboradores contam com seguro de vida. Doamos a essa instituição em 2012 R$ ,00. Ampliação do Sistema de Coleta Seletiva para todas as Empresas que se localizam no Condomínio onde a G-COMEX está instalada. Doamos a essa iniciativa valor de R $ 4.000,00 além de contribuir com o fornecimento de mão de obra para esta atividade.

17 Compromisso Sistema Ações Desempenho Criação de Setor específico para tratar de Recursos Humanos / Revisão do Manual do Colaborador. Todos os colaboradores antigos receberam treinamento sobre os princípios constantes no Manual do Colaborador. Não admitimos qualquer tipo de violação aos Direitos Humanos em nossa Organização Recursos Humanos Gestão de Fornecedores Integração de novos funcionários. (Orientações sobre seus direitos, benefícios, segurança no Ambiente de Trabalho, Meio Ambiente, Responsabilidade Social e Compromissos Éticos e Morais da Organização). Implantação de um programa de qualificação de fornecedores com base em requisitos pertinentes à Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Colaborador e Responsabilidade Social. Todos os novos colaboradores recebem em seu primeiro dia de trabalho um treinamento de integração. 100% dos fornecedores cadastrados na Organização, ativos ou não atendem aos requisitos de qualificação prédefinidos pela Organização.

18 Compromisso Sistema Ações Desempenho O GRUPO G-COMEX respeita as iniciativas de associações sindicais, não exercendo nenhum tipo de ação repressora sobre os colaboradores ligados a essas Recursos Humanos Relacionamento com os Sindicatos. 100% dos colaboradores da G- COMEX são representados por sindicatos. instituições.

19 Compromisso Sistema Ações Desempenho O GRUPO G-COMEX não permite de forma alguma a exploração de trabalhadores. E não mantém relacionamento comercial ou contrata serviço de Organizações que adotem qualquer forma de trabalho forçado ou compulsório. Recursos Humanos Gestão de Fornecedores O GRUPO G-COMEX atende plenamente o que determina a Legislação Brasileira no que se refere a Jornada de Trabalho e por isso não permite em hipótese alguma que se excedam esses limites. Implantação de um programa de qualificação de fornecedores com base em requisitos pertinentes à Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Colaborador e Responsabilidade Social. 100% dos colaboradores da Organização são atingidos por essa determinação, inclusive seu quadro Executivo. 100% dos fornecedores cadastrados na Organização, ativos ou não atendem aos requisitos de qualificação prédefinidos pela Organização.

20 Compromisso Sistema Ações Desempenho O GRUPO G-COMEX é terminantemente contra o trabalho infantil. E adota para isso 02 compromissos distintos:! 1- Apoiar iniciativas do Terceiro Setor que promovam ações voltadas a recuperação de crianças e jovens que vivem sob risco social.! 2- Fomentar junto aos fornecedores o compromisso com práticas referentes a Responsabilidade Social. Recursos Humanos Ações voltadas para a comunidade Gestão de Fornecedores Instituto Rumo Náutico Cooperativa Recooperar de Catadores de Materiais Recicláveis Colônia de Férias do Arsenal de Guerra do Estado do Rio de Janeiro Implantação de um programa de qualificação de fornecedores com base em requisitos pertinentes à Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Colaborador e Responsabilidade Social. Doamos a essa instituição em 2012 R$ ,00. Ampliação do Sistema de Coleta Seletiva para todas as Empresas que se localizam no Condomínio onde a G- COMEX está instalada. Doamos a essa iniciativa valor de R$ 4.000,00 além de contribuir com o fornecimento de mão de obra para esta atividade. 100% dos fornecedores cadastrados na Organização, ativos ou não atendem aos requisitos de qualificação prédefinidos pela Organização.

21 Compromisso Sistema Ações Desempenho O GRUPO G-COMEX entende que a diversidade é um dos princípios que movem a Organização. Por este motivo não admite qualquer forma de discriminação relativa à raça, gênero, orientação sexual, cor, religião etc. Recursos Humanos Gestão de Fornecedores Diversidade no corpo de colaboradores da Organização. Implantação de um programa de qualificação de fornecedores com base em requisitos pertinentes à Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Colaborador e Responsabilidade Social. Em seu corpo gestor a G- COMEX possui 45% de mulheres ocupando funções estratégicas. 27% do total de colaboradores são negros. 25% do total de colaboradores não mulheres 100% dos fornecedores cadastrados na Organização, ativos ou não atendem aos requisitos de qualificação prédefinidos pela Organização.

22 Compromisso Sistema Ações Desempenho O GRUPO G-COMEX se compromete por meio de sua Política de Qualidade, Meio Ambiente e Saúde e Segurança do Colaborador reduzir os impactos ambientais decorrentes de suas atividades evitando assim todas as formas de poluição. Sistema de Gestão Integrado (Certificado pela ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007) Cooperativa Recooperar de Catadores de Materiais Recicláveis Através da implantação de Políticas, Práticas e Procedimentos, evitar toda e qualquer forma de poluição ocasionada pelas atividades da G-COMEX Implantação de um programa de qualificação de fornecedores com base em requisitos pertinentes à Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Colaborador e Responsabilidade Social. Ampliação do Sistema de Coleta Seletiva para todas as Empresas que se localizam no Condomínio onde a G- COMEX está instalada. Não foi registrado nenhum acidente/ incidente que ocasionasse ou tivesse potencial de ocasionar danos ao Meio Ambiente. 100% dos fornecedores cadastrados na Organização, ativos ou não atendem aos requisitos de qualificação pré-definidos pela Organização.

23 Compromisso Sistema Ações Desempenho O GRUPO G-COMEX se compromete por meio de sua Política de Qualidade, Meio Ambiente e Saúde e Segurança do Colaborador reduzir os impactos ambientais decorrentes de suas atividades evitando assim todas as formas de poluição. Sistema de Gestão Integrado (Certificado pela ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007) Cooperativa Recooperar de Catadores de Materiais Recicláveis Através da implantação de Políticas, Práticas e Procedimentos, evitar toda e qualquer forma de poluição ocasionada pelas atividades da G-Comex Implantação de um programa de qualificação de fornecedores com base em requisitos pertinentes à Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Colaborador e Responsabilidade Social. Ampliação do Sistema de Coleta Seletiva para todas as Empresas que se localizam no Condomínio onde a G-COMEX está instalada. Não foi registrado nenhum acidente/incidente que ocasionasse ou tivesse potencial de ocasionar danos ao Meio Ambiente. 100% dos fornecedores cadastrados na Organização, ativos ou não atendem aos requisitos de qualificação prédefinidos pela Organização.

24 No GRUPO G- COMEX a Gestão Ambiental é desenvolvida visando sempre a busca por ações inovadoras que estimulam as buscas por novas tecnologias e procedimentos que tenham como objetivo a diminuição dos impactos sobre o Meio Ambiente que nossas atividades tenham o potencial de causar.

25 O GRUPO G-COMEX tem como compromisso promover a Gestão de seus negócios baseada nos princípios da Governança Corporativa, que prioriza a Ética e a Transparência nas relações.

Declaração de Apoio Contínuo Amostra

Declaração de Apoio Contínuo Amostra Geral Período coberto pela sua Comunicação de Progresso (COP) De: A: Declaração de apoio continuado pelo Diretor Executivo (CEO) Forneça uma declaração do diretor executivo da sua empresa expressando apoio

Leia mais

Comunicação sobre Progresso (Communication on Progress COP) 2015 para o Pacto Global das Nações Unidas (UN Global Compact)

Comunicação sobre Progresso (Communication on Progress COP) 2015 para o Pacto Global das Nações Unidas (UN Global Compact) Comunicação sobre Progresso (Communication on Progress COP) 2015 para o Pacto Global das Nações Unidas (UN Global Compact) TORCOMP Usinagem e Componentes Ltda. Brasil Setor de Automóveis e Peças Período

Leia mais

COP UNIFORMES PARANÁ - 2014 RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DE PROGRESSO

COP UNIFORMES PARANÁ - 2014 RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DE PROGRESSO COP UNIFORMES PARANÁ - 2014 RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DE PROGRESSO CARTA DO GESTOR Lucas Peron Nesse primeiro ano como signatário do Pacto Global percebemos grandes avanços na empresa. Quando paramos

Leia mais

Pisoag do Brasil Ltda Diretor

Pisoag do Brasil Ltda Diretor Ban Ki-Moon Secretario Geral Nações Unidas New York NY 10017 USA Guarulhos, 13 de Maio de 2013 Sr. Secretario Geral, Gostaria de comunicar que a Pisoag do Brasil Ltda, apoia os Dez Principios do Pacto

Leia mais

ISO 9001 ISO 14001. Relatório Comunicação de Progresso COP 2014

ISO 9001 ISO 14001. Relatório Comunicação de Progresso COP 2014 Relatório Comunicação de Progresso COP 2014 Detalhes da Comunicação de Progresso Nome da Empresa Signatária Copastur Viagens e Turismo País Brasil Setor Turismo Agenciamento de Viagens Período de Relato

Leia mais

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02 Pagina 1/6 ÍNDICE 1. OBJETIVO...3 2. ABRANGÊNCIA / APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIAS...3 4. DEFINIÇÕES...3 5. DIRETRIZES E RESPONSABILIDADES...4 5.1 POLITICAS...4 5.2 COMPROMISSOS...4 5.3 RESPONSABILIDADES...5

Leia mais

RELATÓRIO DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COE INSTITUTO BRASILEIRO DE PESQUISA E GESTÃO DE CARBONO CO2 ZERO

RELATÓRIO DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COE INSTITUTO BRASILEIRO DE PESQUISA E GESTÃO DE CARBONO CO2 ZERO RELATÓRIO DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COE INSTITUTO BRASILEIRO DE PESQUISA E GESTÃO DE CARBONO CO2 ZERO DECLARAÇÃO DE APOIO CONTÍNUO DO DIRETOR PRESIDENTE Brasília-DF, 29 de outubro de 2015 Para as partes

Leia mais

Relatório de Comunicação e Engajamento COE Instituto Venturi Para Estudos Ambientais

Relatório de Comunicação e Engajamento COE Instituto Venturi Para Estudos Ambientais Relatório de Comunicação e Engajamento COE Instituto Venturi Para Estudos Ambientais Declaração de Apoio Continuo da Presidente 23/10/2015 Para as partes interessadas: É com satisfação que comunicamos

Leia mais

Rua Hugo Carotini, 661 Inst. da Previdência - CNPJ 03.634.047/0001-03 CCM 2.874.479-9 Insc. Est. 115.662.060.118. Comunicação de Progresso (COP)

Rua Hugo Carotini, 661 Inst. da Previdência - CNPJ 03.634.047/0001-03 CCM 2.874.479-9 Insc. Est. 115.662.060.118. Comunicação de Progresso (COP) Comunicação de Progresso (COP) Período avaliado 20/09/2013 a 20/09/2014 São Paulo, 19 de setembro de 2014 Aos nossos participantes: Tenho o prazer de confirmar que Demolidora Solon reafirma o seu apoio

Leia mais

Direitos Humanos. 1.As empresas devem apoiar e respeitar a proteção de direitos humanos reconhecidos internacionalmente; e

Direitos Humanos. 1.As empresas devem apoiar e respeitar a proteção de direitos humanos reconhecidos internacionalmente; e O Pacto Global advoga dez Princípios universais, derivados da Declaração Universal de Direitos Humanos, da Declaração da Organização Internacional do Trabalho sobre Princípios e Direitos Fundamentais no

Leia mais

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL APRESENTAÇÃO A White Martins representa na América do Sul a Praxair, uma das maiores companhias de gases industriais e medicinais do mundo, com operações em

Leia mais

Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611

Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611 Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611 CNPJ: 61.460.077/0001-39 / INSCR: 105.657.106.110 Gestão

Leia mais

PROGRAMA DE ADOÇÃO DE PRINCÍPIOS SOCIOAMBIENTAIS

PROGRAMA DE ADOÇÃO DE PRINCÍPIOS SOCIOAMBIENTAIS A Copagaz A Copagaz, primeira empresa do Grupo Zahran, iniciou suas atividades em 1955 distribuindo uma tonelada de Gás Liquefeito de Petróleo - GLP por dia nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato

Leia mais

PREMIER AMBIENTAL COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO PACTO GLOBAL ONU - 2015 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 1

PREMIER AMBIENTAL COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO PACTO GLOBAL ONU - 2015 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 1 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO PACTO GLOBAL ONU - 2015 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 1 PERFIL DA EMPRESA A Premier Ambiental é uma empresa de Consultoria em Gerenciamento de Requisitos Legais, implantação e manutenção

Leia mais

PRINCIPAIS NORTEADORES ESTRATÉGICOS DA UNIMED VALE DAS ANTAS/RS.

PRINCIPAIS NORTEADORES ESTRATÉGICOS DA UNIMED VALE DAS ANTAS/RS. UNIMED VALE DAS ANTAS, RS - COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE LTDA Ramo: Cooperativa Médica de Serviços de Saúde Período de Relato: de 27/02/2014 a 24/02/2015 E-mail: rh@valedasantas.unimed.com.br / gerencia@valedasantas.unimed.com.br

Leia mais

COMMUNICATION ON PROGRESS

COMMUNICATION ON PROGRESS COMMUNICATION ON PROGRESS (COP) 2014 1. Declaração de Compromisso Esta é a primeira comunicação de Progresso (COP) que fazemos abrangendo o período de Dezembro de 2013 a Dezembro de 2014. Quero reforçar

Leia mais

AMMPL (BME) Código de Conduta

AMMPL (BME) Código de Conduta AMMPL (BME) Código de Conduta 1 Código de Conduta da AMMPL (BME) I Introdução A Association Materials Management, Purchasing and Logistics (Associação de Gestão de Materiais, Compras e Logística, AMMPL

Leia mais

Norma Permanente 4.1. GOVERNANÇA E GESTÃO 4.2. PRINCÍPIOS 4.3. INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO E INCENTIVADO

Norma Permanente 4.1. GOVERNANÇA E GESTÃO 4.2. PRINCÍPIOS 4.3. INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO E INCENTIVADO Resumo: Reafirma o comportamento socialmente responsável da Duratex. Índice 1. OBJETIVO 2. ABRANGÊNCIA 3. DEFINIÇÕES 3.1. PARTE INTERESSADA 3.2. ENGAJAMENTO DE PARTES INTERESSADAS 3.3. IMPACTO 3.4. TEMAS

Leia mais

Relatório Pacto Global. Princípio 1: As empresas devem dar apoio e respeitar a proteção aos direitos humanos proclamados internacionalmente;

Relatório Pacto Global. Princípio 1: As empresas devem dar apoio e respeitar a proteção aos direitos humanos proclamados internacionalmente; Relatório Pacto Global Princípios de Direitos Humanos Princípio 1: As empresas devem dar apoio e respeitar a proteção aos direitos humanos proclamados internacionalmente; Um dos valores que sustentam a

Leia mais

PRINCÍPIOS E NORMAS DE CONDUTA EMPRESARIAL NA RELAÇÃO DE FURNAS COM SEUS FORNECEDORES

PRINCÍPIOS E NORMAS DE CONDUTA EMPRESARIAL NA RELAÇÃO DE FURNAS COM SEUS FORNECEDORES PRINCÍPIOS E NORMAS DE CONDUTA EMPRESARIAL NA RELAÇÃO DE FURNAS COM SEUS FORNECEDORES Outubro/2009 1/8 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2. ABRANGÊNCIA 3. OBJETIVOS 4. CÓDIGO DE CONDUTA EMPRESARIAL 4.1 NORMAS DE CONDUTA

Leia mais

INSTITUTO LOGODATA DE PESQUISA HUMANA E TECNOLOGICA

INSTITUTO LOGODATA DE PESQUISA HUMANA E TECNOLOGICA LOGOdata RELATÓRIO DE COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 2 0 1 1 Global Compact DETALHES DA COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO Somos o Instituto LOGOdata Somos uma organização sem fins lucrativos de direito privado. Estamos

Leia mais

Bolsa de Valores de São Paulo - BOVESPA. Comunicação de Progresso - 2006

Bolsa de Valores de São Paulo - BOVESPA. Comunicação de Progresso - 2006 Bolsa de Valores de São Paulo - BOVESPA Comunicação de Progresso - 2006 Quem somos: Número de funcionários: 781 Número de empresas listadas: 391 Volume financeiro diário: R$ 2,4 bilhões Market Cap: R$

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Atuação da Organização 1. Qual(is) o(s) setor(es) de atuação da empresa? (Múltipla

Leia mais

Índice. Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo

Índice. Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo Código de Conduta Índice Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo 3 4 5 6 9 Missão, Visão, Valores e Princípios Missão Visão Princípios Valores

Leia mais

Código. de Conduta do Fornecedor

Código. de Conduta do Fornecedor Código de Conduta do Fornecedor 03/2014 Índice 1. Considerações... 03 2. Decisões... 04 3. Diretrizes... 05 3.1. Quanto à Integridade nos Negócios... 05 3.2. Quanto aos Direitos Humanos Universais... 06

Leia mais

Na ANCESTRA, acrescentamos novos sinónimos à definição de Qualidade. Para nós, é também Excelência, Flexibilidade, Impacto. Acima de tudo, Perfeição.

Na ANCESTRA, acrescentamos novos sinónimos à definição de Qualidade. Para nós, é também Excelência, Flexibilidade, Impacto. Acima de tudo, Perfeição. COMMUNICATION ON PROGRESS MARCH 2014 MARCH 2015 APRESENTAÇÃO DA EMPRESA Na ANCESTRA, acrescentamos novos sinónimos à definição de Qualidade. Para nós, é também Excelência, Flexibilidade, Impacto. Acima

Leia mais

COMUNICATION ON PROGRESS 2013-2014

COMUNICATION ON PROGRESS 2013-2014 DECLARAÇÃO DE APOIO CONTÍNUO PELO CHEFE EXECUTIVO A RRV Engenharia confirma o apoio contínuo aos Dez Princípios do Pacto Global, relacionados aos Direitos Humanos, Direitos do Trabalho, Proteção do Meio

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Introdução A consulta a seguir é um novo passo em direção às melhores práticas

Leia mais

O Impacto da Gestão da Cadeia de Fornecedores na Sustentabilidade das Organizações

O Impacto da Gestão da Cadeia de Fornecedores na Sustentabilidade das Organizações Webinar O Impacto da Gestão da Cadeia de Fornecedores na Sustentabilidade das Organizações Juliana Scalon 4 de Setembro de 2013 Aprimore o desempenho dos fornecedores Para se sobressair no mercado atual

Leia mais

Os 10 Princípios Universais do Pacto Global

Os 10 Princípios Universais do Pacto Global Os 10 Princípios Universais do Pacto Global O Pacto Global advoga dez Princípios universais, derivados da Declaração Universal de Direitos Humanos, da Declaração da Organização Internacional do Trabalho

Leia mais

Acordo de Responsabilidade Social Corporativa Global entre a Rhodia e a ICEM. Versão renegociada 25 de março de 2008

Acordo de Responsabilidade Social Corporativa Global entre a Rhodia e a ICEM. Versão renegociada 25 de março de 2008 Acordo de Responsabilidade Social Corporativa Global entre a Rhodia e a ICEM Versão renegociada 25 de março de 2008 ACORDO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DO GRUPO RHODIA, entre: Grupo Rhodia, representado

Leia mais

Código de Fornecimento Responsável

Código de Fornecimento Responsável Código de Fornecimento Responsável Breve descrição A ArcelorMittal requer de seus fornecedores o cumprimento de padrões mínimos relacionados a saúde e segurança, direitos humanos, ética e meio ambiente.

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade

Relatório de Sustentabilidade Relatório de Sustentabilidade Relatório de Sustentabilidade NEWLAND EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS O Pacto Global é uma iniciativa desenvolvida pelo ex secretário-geral da ONU, Kofi Annan, com o objetivo

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DA SARAIVA

CÓDIGO DE CONDUTA DA SARAIVA CÓDIGO DE CONDUTA DA SARAIVA 2010 Pág.: 2 de 9 A maioria das empresas exige dos seus fornecedores um excelente produto/serviço, a preço competitivo. Além disso, para nós da Saraiva, é muito importante

Leia mais

Pacto Global da Nações Unidas (UN Global Compact) Relatório 2010. Comunicação sobre Progresso (Communication on Progress COP) www.acovisa.com.

Pacto Global da Nações Unidas (UN Global Compact) Relatório 2010. Comunicação sobre Progresso (Communication on Progress COP) www.acovisa.com. Pacto Global da Nações Unidas (UN Global Compact) Relatório 2010 Comunicação sobre Progresso (Communication on Progress COP) www.acovisa.com.br Boas-vindas Mensagem da Diretoria O compromisso com os princípios

Leia mais

EQUIPOMAN. Sistema de Gestão Integrada. Código de Ética

EQUIPOMAN. Sistema de Gestão Integrada. Código de Ética Sistema de Gestão Integrada Código de Ética CE-01/2012 Rev: 01 Data: 11/12/2012 1 Mensagem da Diretoria Prezados (as) Colaboradores (as), É com imensa satisfação que apresentamos o Código de Ética da EQUIPOMAN

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Síntese O Compromisso ALIANSCE para a Sustentabilidade demonstra o nosso pacto com a ética nos negócios, o desenvolvimento das comunidades do entorno de nossos empreendimentos,

Leia mais

Relatório de Comunicação e Engajamento COE. Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM

Relatório de Comunicação e Engajamento COE. Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM Relatório de Comunicação e Engajamento COE Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM Declaração de Apoio Continuo do Presidente 21/08/2015 Para as partes interessadas: Tenho o prazer de confirmar

Leia mais

Pacto Global Comunicação de Progresso

Pacto Global Comunicação de Progresso Pacto Global Comunicação de Progresso Arquivamento Mobiliário Piso Elevado Caviglia 2012 / 2013 São Paulo, 10 de maio de 2013. Ban Ki -moon Secretário Geral Organização das Nações Unidas Sr. Secretário

Leia mais

CURSO AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE: CONTEXTOS, FUNDAMENTOS E PRÁTICAS

CURSO AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE: CONTEXTOS, FUNDAMENTOS E PRÁTICAS CURSO AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE: CONTEXTOS, FUNDAMENTOS E PRÁTICAS Ana Júlia Ramos Pesquisadora Sênior AIII CERTIFICAÇÃO DE SISTEMA DE GESTÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL: RAC Modelos Internacionais de Normas

Leia mais

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da - 1 - Prêmio CNSeg 2012 Empresa: Grupo Segurador BBMAPFRE Case: Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE Introdução A Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE foi concebida em 2009 para disseminar o conceito

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

QUEM SOMOS. A IMAM Publicidade e Propaganda ltda foi fundada em 2004, devidamente inscrita no cadastro nacional

QUEM SOMOS. A IMAM Publicidade e Propaganda ltda foi fundada em 2004, devidamente inscrita no cadastro nacional PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 2012. Em 2012, a Imam não teve alteração em seus índices, mas estamos aperfeiçoando os métodos para melhorar nossa contribuição com os princípios

Leia mais

Pacto Global. Comunicação de Progresso 2007. O Boticário

Pacto Global. Comunicação de Progresso 2007. O Boticário Pacto Global Comunicação de Progresso 2007 O Boticário 1 São José dos Pinhais, 28 de março de 2008. Ban Ki-moon Secretário Geral Organização das Nações Unidas Sr. Secretário Geral, O Boticário sempre acreditou

Leia mais

COP 2011 - Visão Sustentável

COP 2011 - Visão Sustentável COP 2011 - Visão Sustentável A Visão Sustentável é uma consultoria brasileira especializada em Responsabilidade Social Corporativa e Sustentabilidade, trabalhando com o desenvolvimento de ferramentas e

Leia mais

6.2.2 RISCO SOCIOAMBIENTAL NA CONCESSÃO DE CRÉDITO 6.3 RELACIONAMENTO COM FUNCIONÁRIOS E COLABORADORES

6.2.2 RISCO SOCIOAMBIENTAL NA CONCESSÃO DE CRÉDITO 6.3 RELACIONAMENTO COM FUNCIONÁRIOS E COLABORADORES Índice 1. INTRODUÇÃO 2. PARTES INTERESSADAS. NORMATIVOS. ESTRUTURA DE GOVERNANÇA. PRINCÍPIOS 6. DIRETRIZES 6.1 NORMATIZAÇÃO 6.2 GERENCIAMENTO DO RISCO SOCIOAMBIENTAL 6.2.1 RISCO SOCIOAMBIENTAL DA INSTITUIÇÃO

Leia mais

SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10

SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10 SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10 C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA FILIAL RIO DAS OSTRAS/RJ FUNDAÇÃO:

Leia mais

Compromissos de Sustentabilidade. Coelce

Compromissos de Sustentabilidade. Coelce Compromissos de Sustentabilidade Coelce ÍNDICE 5 5 5 6 6 6 7 8 8 9 INTRODUÇÃO 1. DIRECIONADORES DAS RELAÇÕES E AÇÕES 1.1 Valores 1.2 Política de Sustentabilidade 2. COMPROMISSOS INSTITUCIONAIS 2.1 Pacto

Leia mais

www.imcdgroup.com CÓDIGO DE CONDUTA. IMCD

www.imcdgroup.com CÓDIGO DE CONDUTA. IMCD www.imcdgroup.com CÓDIGO DE CONDUTA. IMCD O SUCESSO DA IMCD É BASEADO NO ESTABELECIMENTO DE UM AMBIENTE QUE PROMOVE A RESPONSABILIDADE, CONFIANÇA E O RESPEITO. IMCD Código de Conduta 3 1. Introdução O

Leia mais

Pacto Global da ONU MEIO AMBIENTE, que são derivados da Declaração do Rio Sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento:

Pacto Global da ONU MEIO AMBIENTE, que são derivados da Declaração do Rio Sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento: O Código de Ética e Conduta da G.C. Global Catering reflete o compromisso de alcançar os objetivos empresariais com responsabilidade social, valorizando seu relacionamento com empregados, clientes e fornecedores,

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Código de Ética e Conduta O Código de Ética e Conduta do ESA - Externato Santo Antônio estabelece o comportamento esperado de todos aqueles que trabalham na, para e com a instituição, e tem por objetivo

Leia mais

Questionário para Instituidoras

Questionário para Instituidoras Parte 1 - Identificação da Instituidora Base: Quando não houver orientação em contrário, a data-base é 31 de Dezembro, 2007. Dados Gerais Nome da instituidora: CNPJ: Endereço da sede: Cidade: Estado: Site:

Leia mais

GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM SUSTENTABILIDADE

GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM SUSTENTABILIDADE GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM SUSTENTABILIDADE GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM SUSTENTABILIDADE Comissão Técnica Nacional de Sustentabilidade novembro/2014 Sumário Desenvolver e aplicar análises ESG - ambiental,

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS E RESPONSABILIDADE SOCIAL: CRIANDO VALOR PARA. Profa. MARIA ELIZABETH PUPE JOHANN

GESTÃO DE PESSOAS E RESPONSABILIDADE SOCIAL: CRIANDO VALOR PARA. Profa. MARIA ELIZABETH PUPE JOHANN GESTÃO DE PESSOAS E RESPONSABILIDADE SOCIAL: CRIANDO VALOR PARA O NEGÓCIO Profa. MARIA ELIZABETH PUPE JOHANN Maio de 2007 LEMBRANDO ESTRATÉGIAS... APARENTE PARADOXO: POR QUE A RICA SOCIEDADE AMERICANA

Leia mais

Geral. Período coberto pela sua Comunicação de Progresso. De: Janeiro 2014 A: Janeiro 2015

Geral. Período coberto pela sua Comunicação de Progresso. De: Janeiro 2014 A: Janeiro 2015 Geral Período coberto pela sua Comunicação de Progresso De: Janeiro 2014 A: Janeiro 2015 Declaração de apoio continuado pelo Diretor Executivo (CEO ) É com satisfação que a Engeblock Planejamento e Construções

Leia mais

MANUAL FORNECEDORES. Santo Ângelo (RS) 16/09/2015 REV.02

MANUAL FORNECEDORES. Santo Ângelo (RS) 16/09/2015 REV.02 Santo Ângelo (RS) 16/09/2015 REV.02 MANUAL FORNECEDORES A Fundimisa Fundição e Usinagem Ltda pretende com este Manual aprimorar a relação com seus fornecedores e padronizar informações entre as partes.

Leia mais

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN Resumo das diretrizes e critérios da COSERN/ Grupo Neoenergia para patrocínios a projetos socioculturais e ambientais. Guia Básico do Proponente 1 Índice Introdução 2 1.

Leia mais

Padrões para Fornecedores da GS1 BRASIL

Padrões para Fornecedores da GS1 BRASIL Padrões para Fornecedores da GS1 BRASIL O objetivo deste documento é informar aos fornecedores dos pontos e valores fundamentais de nosso processo de compras. A GS1 Brasil mantém a ética, a transparência

Leia mais

Introdução da Responsabilidade Social na Empresa

Introdução da Responsabilidade Social na Empresa Introdução da Responsabilidade Social na Empresa Vitor Seravalli Diretoria Responsabilidade Social do CIESP Sorocaba 26 de Maio de 2009 Responsabilidade Social Empresarial (RSE) é uma forma de conduzir

Leia mais

1. DIRECIONADORES DAS RELAÇÕES E AÇÕES

1. DIRECIONADORES DAS RELAÇÕES E AÇÕES 1 A Endesa Brasil é uma das principais multinacionais privadas do setor elétrico no País com ativos nas áreas de distribuição, geração, transmissão e comercialização de energia elétrica. A companhia está

Leia mais

Política de Comunicação de Marketing

Política de Comunicação de Marketing OBJETIVO Esta política tem como objetivos garantir o alinhamento das ações e projetos de comunicação de marketing da TIM, com sua Missão e seus princípios com relação à Sustentabilidade, de forma responsável,

Leia mais

Valores Pessoas; Trabalho em Equipe; Conduta Ética; Orientação ao Cliente; Orientação a Resultados; Inovação; e Comunidade e Meio Ambiente.

Valores Pessoas; Trabalho em Equipe; Conduta Ética; Orientação ao Cliente; Orientação a Resultados; Inovação; e Comunidade e Meio Ambiente. CÓDIGO DE ÉTICA EMPRESARIAL 1 INTRODUÇÃO O Código de Ética Empresarial da COELCE, apresenta os princípios direcionadores das políticas adotadas pela empresa e que norteiam as ações e relações com suas

Leia mais

Pacto Global Comunicação de Progresso

Pacto Global Comunicação de Progresso Pacto Global Comunicação de Progresso Grupo SustentaX 2009/2010 São Paulo, 29 de setembro de 2010 Ban Ki-moon Secretário Geral Organização das Nações Unidas Sr. Secretário Geral, Em nome do Grupo SustentaX

Leia mais

Rua Hugo Carotini, 661 Inst. da Previdência - CNPJ 03.634.047/0001-03 CCM 2.874.479-9 Insc. Est. 115.662.060.118. Comunicação de Progresso (COP)

Rua Hugo Carotini, 661 Inst. da Previdência - CNPJ 03.634.047/0001-03 CCM 2.874.479-9 Insc. Est. 115.662.060.118. Comunicação de Progresso (COP) Comunicação de Progresso (COP) Período avaliado 20/09/2014 a 16/09/2015 1. Princípios de Direitos Humanos Princípio 1: As empresas devem dar apoio e respeitar a proteção aos direitos humanos proclamados

Leia mais

Pacto Global Comunicação de Progresso (Communication on Progress) Faculdades Integradas Santa Cruz

Pacto Global Comunicação de Progresso (Communication on Progress) Faculdades Integradas Santa Cruz Pacto Global Comunicação de Progresso (Communication on Progress) Faculdades Integradas Santa Cruz DIREITOS HUMANOS Princípio 1 Apoiar e respeitar a proteção dos direitos humanos proclamados internacionalmente

Leia mais

O Grupo Atlas Copco. Código de Conduta Empresarial

O Grupo Atlas Copco. Código de Conduta Empresarial O Grupo Atlas Copco Código de Conduta Empresarial Índice O Grupo Atlas Copco 1 Primeiro na Mente Primeiro na Escolha 2 Valores Fundamentais 3 Relações 4 Sociedade e o ambiente 5 Colaboradores 6 Clientes

Leia mais

COMUNICADO DE PROGRESSO 2012/2013 (COP) PACTO GLOBAL ONU

COMUNICADO DE PROGRESSO 2012/2013 (COP) PACTO GLOBAL ONU COMUNICADO DE PROGRESSO 2012/2013 (COP) PACTO GLOBAL ONU SUMÁRIO 03 Declaração de apoio contínuo ao Pacto Global 04 Quem Somos 05 Nossa Missão, Visão e Valores 06 Pacto Global - ONU 07 Direitos Humanos

Leia mais

Compliance e a Valorização da Ética. Brasília, outubro de 2014

Compliance e a Valorização da Ética. Brasília, outubro de 2014 Compliance e a Valorização da Ética Brasília, outubro de 2014 Agenda 1 O Sistema de Gestão e Desenvolvimento da Ética Compliance, Sustentabilidade e Governança 2 Corporativa 2 Agenda 1 O Sistema de Gestão

Leia mais

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 INDICE POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 1. Objetivo...2 2. Aplicação...2 3. implementação...2 4. Referência...2 5. Conceitos...2 6. Políticas...3

Leia mais

Este Código de Conduta Ética foi impresso em papel couché, com tiragem de 1500 exemplares, em português.

Este Código de Conduta Ética foi impresso em papel couché, com tiragem de 1500 exemplares, em português. Este Código de Conduta Ética foi impresso em papel couché, com tiragem de 1500 exemplares, em português. Esta publicação é distribuída para os colaboradores da Recuperadora Sales Gama Ltda e seu público

Leia mais

Comparativo Ethos - Pacto Global

Comparativo Ethos - Pacto Global DISOFT das Nações Unidas Comunicação de Progresso Nesta comunicação de progresso do da ONU procuramos fazer uma análise dos indicadores e descrever práticas que melhor exemplifiquem os avanços da DISOFT

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DAS EMPRESAS ELETROBRAS. Política de Responsabilidade Social das Empresas Eletrobras

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DAS EMPRESAS ELETROBRAS. Política de Responsabilidade Social das Empresas Eletrobras Política de Responsabilidade Social das Empresas Eletrobras Versão 1.0 18/08/2014 1 Sumário 1. Objetivo... 3 2. Conceitos... 3 3. Diretrizes... 3 3.1. Diretrizes Gerais... 3 3.2. Diretrizes Específicas...

Leia mais

Introdução: Código de Conduta Corporativa

Introdução: Código de Conduta Corporativa Transporte Excelsior Ltda Código de Conduta Corporativa Introdução: A Transporte Excelsior através desse Código Corporativo de Conduta busca alinhar e apoiar o cumprimento de nossa Missão, Visão e Valores,

Leia mais

PACTO GLOBAL 2014 5º COP. Communication on Progress

PACTO GLOBAL 2014 5º COP. Communication on Progress PACTO GLOBAL 2014 5º COP Communication on Progress MENSAGEM DO PRESIDENTE Nossas estratégias e ações empresariais alinhadas a os princípios do Pacto Global Ao longo de seus 25 anos, o CTE desenvolveu metodologias

Leia mais

Sustentabilidade Corporativa na Economia Mundial

Sustentabilidade Corporativa na Economia Mundial Sustentabilidade Corporativa na Economia Mundial NAÇÕES UNIDAS PACTO GLOBAL O que é o Pacto Global da ONU? Nunca houve um alinhamento tão perfeito entre os objetivos da comunidade internacional e os do

Leia mais

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE 1) OBJETIVOS - Apresentar de forma transparente as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA EMPRESA LUZ E FORÇA SANTA MARIA S/A

CÓDIGO DE ÉTICA DA EMPRESA LUZ E FORÇA SANTA MARIA S/A CÓDIGO DE ÉTICA DA EMPRESA LUZ E FORÇA SANTA MARIA S/A O código de ética da Empresa Luz e Força Santa Maria S/A contempla as seguintes partes interessadas: empregados, fornecedores, meio ambiente, consumidores

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Publicado em: 27/02/2015 Válido até: 26/02/2020 Política de Responsabilidade Socioambiental 1. SUMÁRIO 2 2. OBJETIVO 2 3. ABRANGÊNCIA 2 4. IMPLEMENTAÇÃO 2 5. DETALHAMENTO 2 5.1. Definições 3 5.2. Envolvimento

Leia mais

Programa de Rotulagem de Sustentabilidade Selo SustentaX para Empresa Prestadora de Serviços de Limpeza Pós-Obra e Pré-Ocupação

Programa de Rotulagem de Sustentabilidade Selo SustentaX para Empresa Prestadora de Serviços de Limpeza Pós-Obra e Pré-Ocupação para Empresa Prestadora de Serviços de Limpeza Pós-Obra e Pré- Revisão de 11/05/21 2ª. Revisão 31/05/21 Revisão Técnica Nome: Eng. Alexandre Schinazi Cargo: Engenheiro CREA: 246223 Assinatura: Data: Aprovação

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO PROGRAMAÇÃO DO EVENTO Dia 08/08 // 09h00 12h00 PLENÁRIA Nova economia: includente, verde e responsável Nesta plenária faremos uma ampla abordagem dos temas que serão discutidos ao longo de toda a conferência.

Leia mais

PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS

PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO JUNHO 2015 CONTEÚDO MENSAGEM DE APOIO CONTINUADO AO PACTO GLOBAL...3 INFORMAÇÕES ORGANIZACIONAIS...4 CULTURA ORGANIZACIONAL...5 OS PRINCÍPIOS DO

Leia mais

POLÍTICA CORPORATIVA Código PC.00.001. PRESIDÊNCIA Revisão 00

POLÍTICA CORPORATIVA Código PC.00.001. PRESIDÊNCIA Revisão 00 Páginas 1/8 1. OBJETIVO O Código de Ética é um conjunto de diretrizes e regras de atuação, que define como os empregados e contratados da AQCES devem agir em diferentes situações no que diz respeito à

Leia mais

Código de Conduta de Fornecedor

Código de Conduta de Fornecedor Código de Conduta de Fornecedor www.odfjelldrilling.com A Odfjell Drilling e suas entidades afiliadas mundialmente estão comprometidas em manter os mais altos padrões éticos ao conduzir negócios. Como

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DE EMPRESAS DE PETRÓLEO & GÁS

ÊNFASE EM GESTÃO DE EMPRESAS DE PETRÓLEO & GÁS MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DE EMPRESAS DE PETRÓLEO & GÁS O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE PROCESSO AO PACTO GLOBAL 2012

COMUNICAÇÃO DE PROCESSO AO PACTO GLOBAL 2012 UNIMED VALE DO SINOS - SOCIEDADE COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO LTDA Ramo: Cooperativa Médica de Serviços de Saúde Período de Relato: de 29/09/2011 a 29/09/2012 Email: rse@vs.unimed.com.br Tel.: 55 (51)

Leia mais

POLÍTICA. Direitos Fundamentais nas Relações de Trabalho ÍNDICE

POLÍTICA. Direitos Fundamentais nas Relações de Trabalho ÍNDICE Folha 1/5 ÍNDICE 1. Objetivo.... 2 2. Abrangência... 2 3. Premissas... 2 Folha 2/5 1. Objetivo Estabelecer diretrizes que devem assegurar os direitos fundamentais nas relações de trabalho na Klabin e com

Leia mais

FUNDAMENTOS DA GESTÃO

FUNDAMENTOS DA GESTÃO A Ultrapar realizou em 2011 um programa de comunicação e disseminação do tema sustentabilidade entre seus colaboradores, com uma série de iniciativas voltadas para o engajamento e treinamento das pessoas.

Leia mais

Comunicação de Progresso COP 2014-2015

Comunicação de Progresso COP 2014-2015 Comunicação de Progresso COP 2014-2015 INFORMAÇÕES ORGANIZACIONAIS Com mais de 43 anos, hoje a COPASTUR VIAGENS E TURISMO é uma empresa consagrada no mercado e reconhecida pela agilidade e eficiência nos

Leia mais

Economia,Mercado e Empresas de Construção Civil: a sustentabilidade na prática. Paulo Itacarambi Instituto Ethos Setembro de 2008

Economia,Mercado e Empresas de Construção Civil: a sustentabilidade na prática. Paulo Itacarambi Instituto Ethos Setembro de 2008 Economia,Mercado e Empresas de Construção Civil: a sustentabilidade na prática Paulo Itacarambi Instituto Ethos Setembro de 2008 Paulo Itacarambi SBCS08 1 Como Alcançar o Desenvolvimento Sustentável? Políticas

Leia mais

Índice. 4. Princípios Os seguintes princípios norteiam as ações de Responsabilidade Socioambiental da Chevrolet Serviços Financeiros.

Índice. 4. Princípios Os seguintes princípios norteiam as ações de Responsabilidade Socioambiental da Chevrolet Serviços Financeiros. Índice 1. Objetivo... 1 2. Escopo e Partes Afetadas... 1 3. Definições... 1 4. Princípios... 1 5. Objetivos, metas e programas... 2 6. Papéis e Responsabilidades... 5 7. Regulamentação Aplicável... 6 1.

Leia mais

Renata Filardi/BRA/VERITAS18/10/2006 ÍNDICE: 1 INTRODUÇÃO 1.1 ESCOPO MANUAL 1.2 VISÃO E MISSÃO DO BUREAU VERITAS 1.2.2 - VISÃO 1.2.

Renata Filardi/BRA/VERITAS18/10/2006 ÍNDICE: 1 INTRODUÇÃO 1.1 ESCOPO MANUAL 1.2 VISÃO E MISSÃO DO BUREAU VERITAS 1.2.2 - VISÃO 1.2. Aprovado ' Elaborado por Renata Filardi/BRA/VERITAS em 18/10/2006 Verificado por Renato Catrib/BRA/VERITAS em 18/10/2006 Aprovado por Renato Catrib/BRA/VERITAS em 18/10/2006 ÁREA DGL Tipo MANUAL Número

Leia mais

Movimento Paraná Educando na Sustentabilidade

Movimento Paraná Educando na Sustentabilidade Movimento Paraná Educando na Sustentabilidade Sumário 1. Apresentação 4 2. Bases conceituais para o Movimento 6 2.1 Carta da Terra 6 2.2. Carta do Milênio 7 2.3. Pacto Global 8 2.3.1 PRME 9 2.3.1.1 Princípios

Leia mais

Pacto Global das Nações Unidas - Comunicação de Progresso 2012 (de 5/2011 a 5/2012)

Pacto Global das Nações Unidas - Comunicação de Progresso 2012 (de 5/2011 a 5/2012) Pacto Global das Nações Unidas - Comunicação de Progresso 2012 (de 5/2011 a 5/2012) Confirmo, por meio deste 2º COP, que a New Space Processamento e Sistemas Ltda., continua apoiando integralmente os Dez

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

17 DE. Política de Relacionamento com Fornecedores

17 DE. Política de Relacionamento com Fornecedores 17 DE NOVEMBRO DE 1889 Política de Relacionamento com Fornecedores Política de Relacionamento com Fornecedores POLÍTICA DE RELACIONAMENTO COM FORNECEDORES A Empresa A Centrais Elétricas de Santa Catarina

Leia mais

Política de Responsabilidade Corporativa. Março 2013

Política de Responsabilidade Corporativa. Março 2013 Política de Responsabilidade Corporativa Março 2013 Ao serviço do cliente Dedicamos os nossos esforços a conhecer e satisfazer as necessidades dos nossos clientes. Queremos ter a capacidade de dar uma

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA Para a QUAY, o Código de Ética e Conduta evidencia o propósito da empresa de buscar o constante aperfeiçoamento de seus valores, respeitando a

Leia mais

PACTO GLOBAL 2014 5º COP. Communication on Progress

PACTO GLOBAL 2014 5º COP. Communication on Progress PACTO GLOBAL 2014 5º COP Communication on Progress 2 MENSAGEM DO PRESIDENTE Nossas estratégias e ações empresariais alinhadas aos princípios do Pacto Global Ao longo de seus 25 anos, o CTE desenvolveu

Leia mais

[RELATÓRIO PACTO GLOBAL CTE]

[RELATÓRIO PACTO GLOBAL CTE] 2009-2010 CTE Centro de Tecnologia de Edificações [RELATÓRIO PACTO GLOBAL CTE] 1º. COP COMMUNICATION ON PROGRESS. Documento que apresenta o posicionamento do CTE e sua política de gestão, baseado nos 10

Leia mais