GESTÃO RESPONSÁVEL E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: A EXPERIÊNCIA DA NATURA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GESTÃO RESPONSÁVEL E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: A EXPERIÊNCIA DA NATURA"

Transcrição

1 PRÊMIO VALOR SOCIAL 2005 NATURA COSMÉTICOS CATEGORIA GRANDE PRÊMIO GESTÃO RESPONSÁVEL E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: A EXPERIÊNCIA DA NATURA I. SUMÁRIO EXECUTIVO A Natura é uma companhia de capital aberto, com 36 anos de existência, que desfruta de posição de liderança no mercado brasileiro de cosméticos e produtos de higiene pessoal. Com receita bruta de R$ 2,5 bilhões em 2004, surgiu como uma pequena loja e um laboratório inaugurados em 1969, em São Paulo. A empresa nasceu movida por duas paixões: pela cosmética como veículo de autoconhecimento e de transformação na vida das pessoas; e pelas relações humanas como grande expressão da vida. O compromisso de promover o bem-estar e de aprofundar os relacionamentos esteve sempre presente em suas atividades e orientou a interação da empresa com seus colaboradores, Consultoras e Consultores (sua rede de revendedores independentes), consumidores, fornecedores, parceiros, comunidade onde atua e, mais amplamente, com o meio ambiente. Esse compromisso está expresso na Visão e na Razão de Ser da empresa, expressas da seguinte forma: Visão: A Natura, por seu comportamento empresarial, pela qualidade das

2 relações que estabelece e por seus produtos e serviços, será uma marca de expressão mundial, identificada com a comunidade das pessoas que se comprometem com a construção de um mundo melhor através da melhor relação consigo mesmas, com o outro, com a natureza da qual fazem parte, com o todo. Razão de Ser: Nossa Razão de ser é criar e comercializar produtos e serviços que promovam o bem-estar/estar bem. Bem-estar é a relação harmoniosa, agradável, do indivíduo consigo mesmo, com seu corpo. Estar bem é a relação empática, bem-sucedida, prazerosa, com o outro, com a natureza da qual faz parte, com o todo. Desde sua fundação, a Natura adotou valores e crenças plenamente alinhados com os princípios da gestão responsável, como o modelo de venda direta, escolhido com base na importância do relacionamento para a empresa, o uso de refil e a campanha Mulher Bonita de Verdade, que dissemina o conceito de que a beleza de cada mulher independe dos padrões estabelecidos pela publicidade e que a auto-estima é o melhor caminho para alcançar o bem-estar. Também se destacam o programa Crer Para Ver, iniciado em 1995, cujo objetivo é financiar projetos que contribuam para a melhoria da qualidade da educação pública. Em 2000, a Natura lançou a linha Ekos, com produtos feitos a partir de ativos da biodiversidade brasileira extraídos de forma sustentável e, em 2004, o Programa Crer para Ver ampliou sua atuação com uma campanha nacional pela Educação de Jovens e Adultos (EJA). 2

3 A Natura tem colocado a responsabilidade social empresarial no centro de sua estratégia e de sua gestão, com base em dois pilares: o relacionamento ético e transparente com seus diversos públicos e a definição de metas compatíveis com o desenvolvimento sustentável. Para dar suporte a esse processo, foi criado o Sistema de Gestão de Responsabilidade Corporativa, que permite realizar o diagnóstico detalhado do relacionamento da Natura com seus diversos públicos e o levantamento de temas a serem incorporados ao planejamento estratégico. Com isso, todas as áreas da Natura passam a acompanhar, sistematicamente, as questões relativas à qualidade da relação com os diversos públicos, com base em aspectos como ética, transparência e eficiência dos canais de diálogo, inclusive para temas não-negociais. No caso de metas e indicadores ambientais, o canal de articulação com o planejamento estratégico é o Sistema de Gestão Ambiental Natura, desenvolvido com base na NBR ISO Concluída a implantação dessa norma, a Natura iniciou o processo para obter a certificação ISO A incorporação das práticas sócio-ambientais ao cotidiano da empresa foi favorecida pelo amadurecimento do Comitê de Sustentabilidade, criado há dois anos, que possibilitou o debate em profundidade sobre a aplicação dos pilares da gestão responsável no planejamento e na realização dos negócios. II. POLÍTICAS E PRÁTICAS DE GESTÃO Para a Natura, uma empresa é um conjunto de relações. Desenvolvê-la significa cuidar dessas relações e aperfeiçoá-las com respeito, transparência e dividindo valores e paixões. A Natura quer aumentar a 3

4 comunidade das pessoas que querem tornar o mundo melhor e, para isso, envolve todos os seus stakeholders em ações que buscam esse objetivo. A seguir, apresentamos as principais práticas desenvolvidas para os públicos de relacionamento da Natura. Colaboradores O Programa de Qualidade de Vida é um conjunto de benefícios e práticas criados para apoiar o colaborador na conquista de uma qualidade de vida melhor. Trabalha quatro dimensões: saúde física e mental, integração social e familiar, ambiente de trabalho e cultura e lazer, por meio de uma série de ações e benefícios que vão muito além do cumprimento da legislação e dos acordos sindicais. Por meio do Programa Natura Educação, a Natura oferece subsídios para pagamento (total ou parcial) de cursos diversos aos colaboradores e seus familiares. Existe ainda o Programa Educação Corporativa, que procura disseminar entre os colaboradores a visão de mundo da Natura e promover seu aperfeiçoamento pessoal e profissional. O Programa de Meio Ambiente treinou aproximadamente pessoas, entre colaboradores e terceiros, para atuar em conformidade com os requisitos da NBR ISO Além disso, os temas ligados ao meio ambiente continuam tendo destaque nos diversos programas de educação corporativa. O Programa de Incentivo à Contratação de Pessoas com Deficiência é um programa de acolhimento às pessoas com deficiência, prática que a 4

5 Natura já adotava antes de ser determinada por lei. Vale destacar, ainda, além dos programas já descritos, outras ações importantes envolvendo a gestão dos colaboradores internos. Respeito à diversidade, participação nos lucros e nos resultados da empresa e justiça nas relações de trabalho são o foco de ações que transcendem os direitos legais e que levaram a Natura a ser reconhecida como modelo no relacionamento com o colaborador e em gestão de clima. A empresa oferece ainda programas específicos para dependência de drogas e álcool, para a saúde da mulher e para portadores de HIV. As metas e indicadores de desempenho relacionados com as condições de trabalho, saúde e segurança são definidos com a participação dos empregados, incluídos no planejamento estratégico e divulgados amplamente. Consultoras e Consultores O principal programa envolvendo este público é o Crer para Ver, que tem como objetivo contribuir para melhorar a qualidade do ensino público, mobilizando a rede de relacionamentos da Natura. Consultoras e Consultores vendem voluntariamente os produtos do programa embalagens, canecas, agendas e camisetas criados por artistas gráficos e outros fornecedores da empresa. A renda obtida é usada para financiar projetos de educação, desenvolvidos pelas comunidades escolares, com o apoio da Fundação Abrinq, parceira do programa. Em 2004, o Crer para Ver iniciou uma campanha de mobilização de suas Consultoras e Consultores para aumentar o número de matrículas na 5

6 Educação de Jovens e Adultos (EJA) das escolas municipais e estaduais. O objetivo do Crer pra Ver EJA é dar uma nova oportunidade para milhões de brasileiros, maiores de 15 anos, que não puderam estudar ou abandonaram a escola antes de concluir o ensino fundamental. Apenas no primeiro semestre de 2005, mais de 32 mil jovens e adultos retornaram à escola incentivados por Consultoras Natura. O Movimento Natura é um programa de mobilização das Consultoras para que elas sejam promotoras do Bem Estar Bem, disseminando as crenças e os valores da Natura para os consumidores. Fornecedores Ser um fornecedor da Natura implica alinhar-se à sua política de responsabilidade social e sustentabilidade, comprometendo-se, entre outras coisas, a respeitar o Estatuto da Criança e do Adolescente e a legislação ambiental. Para este público, a Natura desenvolveu o Programa Qlicar (sigla que resume os aspectos qualidade, logística, inovação, contrato, atendimento e rastreabilidade) com o intuito de avaliar os fornecedores em relação às questões críticas para a sustentabilidade, de modo que a empresa possa assegurar a qualidade de todos os insumos, produtos e serviços adquiridos de terceiros. Comunidades do Entorno A Agenda 21 é um trabalho conjunto que integra governo, empresa e sociedade de Cajamar e de Itapecerica da Serra com o objetivo de elaborar 6

7 um plano de desenvolvimento sustentável para cada um dos municípios em que a Natura possui unidades operacionais. A linha 0800, do Projeto Fale com a Natura, foi criada para ser um canal direto de relacionamento entre a Natura e os municípios de Cajamar e Itapecerica da Serra. A idéia é que a população recorra a esse canal para defender os interesses coletivos, seja opinando sobre impactos e projetos socioambientais da Natura, seja sugerindo a implantação de novos projetos. Entre os projetos de geração de trabalho e renda está o de Agentes Culturais, um programa de formação de jovens líderes, com o objetivo de promover sua inserção no mercado de trabalho e fomentar a cultura do município. Consumidores A empresa conta com o Serviço Natura de Atendimento ao Consumidor (SNAC), que atua no gerenciamento da satisfação do cliente por meio de uma equipe preparada para prestar informações e oferecer indicações de produtos, bem como receber sugestões e críticas, tratando todas as manifestações e acompanhando o processo até a resolução final. Na propaganda, os vínculos com o consumidor se criam por meio de conceitos e histórias. Um anúncio de Perfume do Brasil, por exemplo, não fala apenas de um perfume, conta a história das comunidades que fornecem as essências, comenta o uso sustentável da biodiversidade e o valor de tudo o que é justo, genuíno e brasileiro. Outro grande tema veiculado na mídia impressa e eletrônica é o da beleza livre de estereótipos. A campanha Mulher Bonita de Verdade realça a beleza da mulher de 50, 60 anos, que 7

8 é própria da sua idade. Em sintonia com as transformações que vêm acontecendo no processo produtivo da empresa, a comunicação tem tratado de temas como o consumo consciente e a vegetalização, estimulando o envio de embalagens usadas para a reciclagem, o uso de refil e a escolha de produtos baseados em essências vegetais. Governo e Sociedade A Natura patrocina projetos e apóia organizações da sociedade civil e do governo que contribuam para o bem-estar da sociedade como um todo, especialmente para a proteção do equilíbrio da cadeia da vida e para a melhoria da qualidade das relações do indivíduo consigo mesmo, com o outro e com a natureza da qual faz parte. Também acredita que a empresa deve ser um agente de transformação social e que a melhor forma de ampliar suas iniciativas para o desenvolvimento da sociedade é estabelecer o diálogo com todas as esferas de governo, federal, estaduais e municipais. Por esse motivo, envolve-se com uma série de questões, no setor público, que dizem respeito não só à natureza do seu negócio, mas aos anseios mais legítimos da sociedade. Acionistas Com a abertura de seu capital e lançamento de ações na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), em maio de 2005, a Natura estruturou uma área específica para atendimento aos investidores, assim como a acionistas e analistas do mercado de capitais. O calendário de eventos e as informações destinadas aos acionistas ficam à disposição dos interessados no site de 8

9 Relações com Investidores da Natura e no da Bolsa de Valores de São Paulo. (www.natura.net/investidor e III. RESULTADOS Para apresentar o resultado de seus negócios, a Natura adota o modelo da GRI, Global Reporting Initiative, que permite comunicar as performances social, ambiental e econômica de forma integrada para o mercado e para todos os públicos de interesse. Cabe ressaltar que a Natura já publicava seu Relatório de forma ampla e transparente antes de ter obrigação legal, quando era companhia fechada. Também foi uma das pioneiras em apresentar seus resultados econômico-financeiros, ambientais e sociais de forma integrada e com a mesma importância. A Natura desenvolveu um Sistema de Gestão de Responsabilidade Corporativa em que todos os indicadores de projetos e ações socioambientais da empresa se integram à estrutura da GRI, tendo seus objetivos e metas reportados no Relatório Anual. O principal ganho desse sistema foi ter incorporado todas as metas de responsabilidade corporativa ao Balance Scorecard da empresa, permitindo monitorar a gestão dos negócios, de forma integrada, do ponto de vista do desenvolvimento sustentável, em consonância com as metas, crenças e valores da empresa. A seguir, apresentamos os principais resultados da Natura, divididos em três dimensões: Econômica/Financeira, Ambiental e Social. DIMENSÃO ECONÔMICA/FINANCEIRA 9

10 A receita bruta da Natura cresceu 33% em 2004 e totalizou R$ 2,5 bilhões. A expansão foi maior do que a apresentada pelo mercado e fez com que a participação da empresa no seu segmento de atuação (cosméticos, fragrâncias e produtos de higiene pessoal) passasse de 17,1% em 2003 para 18,9% no ano passado. Um dos principais fatores a impulsionar as vendas foi o investimento de R$ 47,4 milhões em pesquisa e desenvolvimento. Em 2004, 63% da receita foi proveniente de produtos lançados ou reformulados nos dois anos anteriores em 2003, esse número havia sido de 48,8%. Geração de Valor para a Sociedade A geração de oportunidades de trabalho e renda foi de para terceiros residentes, 259 para temporários, para colaboradores e 433 mil para Consultoras. O relacionamento cada vez mais próximo e a força da marca Natura têm estimulado a atração de Consultoras. A empresa encerrou 2004 com 407 mil Consultoras no Brasil, o que representa um crescimento de 14,6% em relação a Nos outros países em que a companhia está presente, esse número alcança 26 mil. A produtividade das Consultoras aumentou 10,2% no Brasil, em reais, e 10,7% nas operações internacionais, em dólares. Em relação às comunidades fornecedoras de ativos para a linha Ekos, em 2004, iniciou-se uma experiência-piloto com a comunidade de São Francisco do Iratapuru, de tradição castanheira, localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Iratapuru, no Amapá. Uma equipe multifuncional está trabalhando na montagem de um modelo de 10

11 desenvolvimento sustentável que possa ser utilizado em outros locais. Com o apoio da Natura, além de colher a castanha, a comunidade passou a extrair seu óleo, agregando valor ao produto. Também foi concluída a certificação florestal para seis ativos - castanha-do-brasil, breu-branco, copaíba, louro-rosa, cacau e guaraná - e definidas sete fontes de origem conhecida e de manejo sustentável para plantas utilizadas nessa linha de produtos. Uma outra parceria envolve a Natura e 46 famílias do entorno de Belém, plantadoras de priprioca, um tubérculo usado na produção do Perfume do Brasil. DIMENSÃO AMBIENTAL Impacto Ambiental das Operações A incorporação de práticas socioambientais ao cotidiano da empresa trouxe resultados significativos. Em 2004, a Natura conseguiu uma redução de 23% no consumo de água por unidade vendida. A reutilização da água aumentou de 29% em 2003 para 39,5% em No que diz respeito à energia, a empresa procura garantir que o crescimento industrial não tenha relação direta com o crescimento do consumo absoluto. Para isso, desenvolve sistemas e processos que permitam o uso racional da energia disponível. Em 2004 a empresa apresentou ganhos de escala, o que permitiu redução de 23% no consumo por unidade vendida. Quanto à geração de resíduos, conseguiu-se em 2004 uma redução de 12,3% por unidade vendida em relação a A incineração dos resíduos diminuiu de 6,4% em 2003 para 5,4% em 2004, e o descarregamento em aterros de 24,4% para 21,2%. O percentual de resíduos reciclados subiu de 11

12 69,2% para 73,4%. A Natura também entende que um dos principais impactos ambientais de suas atividades é decorrente da emissão atmosférica proveniente da distribuição de seus produtos. A empresa tem evoluído na revisão do modelo de transportes, por meio da contratação de transportadoras com frotas mais novas (para reduzir o nível de emissões atmosféricas), inspeção do nível de fumaça preta dos veículos contratados, novas definições de roteiro, consolidações de carga e, conseqüentemente, menor número de viagens. Conformidade Ambiental de Produtos e Serviços Para garantir que seus produtos e serviços sigam corretamente a legislação ambiental e causem o menor impacto possível, a Natura desenvolve uma série de ações que incluem Análise do Ciclo de Vida, uso de embalagens recicláveis ou feitas de papel reciclado, refil, otimização do transporte para reduzir emissão de CO 2, certificação de ativos para garantir o uso sustentável da biodiversidade e preservação do meio ambiente. Um dos recursos utilizados para minimizar o impacto ambiental de suas atividades é a Análise do Ciclo de Vida (ACV), uma metodologia que consiste em analisar e acompanhar todos os estágios das embalagens dos produtos, desde a origem da matéria-prima até o descarte, depois do uso. Desde 2004, seguindo um dos procedimentos do Sistema de Gestão Ambiental da Natura, nenhuma decisão de design de embalagem para lançamento de produtos foi tomada sem que houvesse uma avaliação do impacto comparativo das alternativas. 12

13 DIMENSÃO SOCIAL Gestão de Colaboradores Internos A Natura considera seus colaboradores como protagonistas na construção de uma empresa socialmente responsável e acredita que seu bem-estar pessoal e profissional e seu entusiasmo com as crenças e a cultura da empresa criam condições para a inovação e para o estabelecimento de relações de qualidade com outros públicos. Uma valiosa ferramenta para avaliar o nível de satisfação de seus colaboradores com a Natura é a Pesquisa de Clima Organizacional, aplicada anualmente. Os resultados da pesquisa mais recente, aplicada em dezembro de 2004 pela consultoria externa Hay Group do Brasil, apontaram um índice de 73% de favorabilidade, acima da média do mercado que é de 71%. Participaram desta rodada colaboradores, o que representa 89% de adesão, um ponto percentual a mais do que em 2003 (88%). A pesquisa também apontou que a favorabilidade alcançou o índice de 88% entre as promotoras de vendas, 79% entre os gestores e 74% entre colaboradores de nível operacional. Na análise de três dimensões críticas, o percentual de respostas favoráveis ficou acima dos números do mercado em geral: no item Processos Corporativos, que inclui os itens Remuneração/Benefícios e Qualidade de Vida, houve 73% de aprovação entre os entrevistados, contra 72% do mercado; em Gestão da Empresa, o índice foi de 85%, ao passo que no 13

14 mercado foi de 78%; e no tópico Motivação e Credibilidade, o percentual chegou a 86%, contra 84% do mercado. Relacionamento com os fornecedores Com a criação do projeto Qlicar, a Natura implementou uma política clara de avaliação de novos fornecedores e vem fazendo uma rígida seleção na escolha desses parceiros. A avaliação tem sido feita por meio da análise de toda a documentação relacionada ao licenciamento ambiental e dos questionários preenchidos pelos fornecedores. Do total de fornecedores avaliados até o momento, 19% foram avaliados como A (atendem entre 90% e 100% dos requisitos), 24% foram avaliados como AB (entre 80% e 89%) e 29% tiveram avaliação B (entre 60% e 79%). Nenhum fornecedor foi avaliado como C (menos de 60%). Essa política tem sido respeitada pelos fornecedores e é crescente o empenho no processo de melhoria contínua. Desde o lançamento do programa, vale destacar as iniciativas da Cínter, uma fornecedora de sabonetes, que implementou um plano de ação e evoluiu, em poucos meses, de uma avaliação A/B para A, e a Atta, fornecedora na área de alimentos, que iniciou o processo para obter a certificação ISO Promoção do Desenvolvimento Econômico Local A Natura vem procurando estreitar laços com as comunidades de Cajamar e Itapecerica da Serra, municípios paulistas onde se localizam suas unidades operacionais. Entre os programas em andamento, coordenados pela Gerência de Responsabilidade Corporativa da Natura, destaca-se a Agenda 14

15 21, um trabalho conjunto que integra governo, empresa e sociedade dos municípios onde a Natura está instalada com o objetivo de elaborar, de forma participativa, um plano de desenvolvimento sustentável local. Em Cajamar, formou-se um Grupo de Trabalho Tripartite, integrado pela Natura, pela prefeitura e pela ONG Mata Nativa. Sua primeira iniciativa foi encomendar à ONG Oficina Municipal um diagnóstico da cidade, para identificar todas as possibilidades de atuação e relacionamento locais e subsidiar o desenvolvimento de um plano de ação. Atualmente, uma comissão do Grupo Tripartite está empenhada em divulgar o diagnóstico e articular as lideranças de todos os bairros de Cajamar para integrar o Fórum da Agenda 21. A Certificação de Ativos Naturais ou Vegetais é um programa de certificação de insumos extraídos da flora brasileira, usados na linha Natura Ekos, com o objetivo de garantir o manejo sustentável das florestas, contribuir para a conservação da biodiversidade, melhorar as condições sociais dos trabalhadores e comunidades locais e promover seu desenvolvimento sustentável. Promoção do Desenvolvimento da Comunidade A Natura destina 1% de seu imposto de renda devido ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente de Cajamar e de Itapecerica da Serra, como parte de seu plano de investir no fortalecimento da sociedade civil e na disseminação da cultura de direitos, principalmente entre a população jovem. 15

16 O Programa Agentes Culturais, de formação de jovens líderes de Cajamar, tem o objetivo de promover sua inserção no mercado de trabalho e fomentar a cultura do município. Em 2003, a Natura e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) fizeram em parceria um curso de formação de agentes culturais, com 600 horas de aprendizagem sobre diversas competências ligadas à organização de eventos e ao turismo. Além de todos esses resultados, o relacionamento transparente e ético com seus diversos públicos, bem como o cuidado permanente com o desenvolvimento dessas relações, tem feito com que a marca Natura seja cada vez mais valorizada e reconhecida pela sociedade. Em 2005, ela foi eleita, pelo terceiro ano consecutivo, a Melhor Empresa para a Mulher Trabalhar pela revista Exame e pelo Great Place to Work. No ano passado, foi considerada a Empresa mais Admirada do Brasil, pela revista CartaCapital e InterScience, e foi eleita Empresa-Modelo em Responsabilidade Social pela revista Exame e pelo Instuto Ethos. O Instituto Datafolha, do jornal Folha de São Paulo, a apontou com Top of Mind da categoria Cosméticos. 16

Simpósio Internacional de Sustentabilidade

Simpósio Internacional de Sustentabilidade Simpósio Internacional de Sustentabilidade Tema: Case Natura de Sustentabilidade: Incorporando a Dimensão Socioambiental no Modelo de Negócios Renato Abramovich Diretor - Norte e Nordeste Agenda > Visão

Leia mais

terceiro trimestre de 2005

terceiro trimestre de 2005 apresentação institucional terceiro trimestre de 2005 1 1panorama da empresa 2 panorama da empresa Empresa de cosméticos, fragrâncias e higiene pessoal com receita bruta de R$2,5 bilhões no 2004 (9M05:

Leia mais

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02 Pagina 1/6 ÍNDICE 1. OBJETIVO...3 2. ABRANGÊNCIA / APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIAS...3 4. DEFINIÇÕES...3 5. DIRETRIZES E RESPONSABILIDADES...4 5.1 POLITICAS...4 5.2 COMPROMISSOS...4 5.3 RESPONSABILIDADES...5

Leia mais

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades;

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades; POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE OBJETIVO Esta Política tem como objetivos: - Apresentar as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente as inovações

Leia mais

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE 1) OBJETIVOS - Apresentar de forma transparente as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente

Leia mais

UNICAMP Fórum de Inovação. Natura Campus Inovação aberta. Sonia Tuccori. Gestão de Parcerias & Inovação Tecnológica

UNICAMP Fórum de Inovação. Natura Campus Inovação aberta. Sonia Tuccori. Gestão de Parcerias & Inovação Tecnológica UNICAMP Fórum de Inovação Natura Campus Inovação aberta Sonia Tuccori Gestão de Parcerias & Inovação Tecnológica agenda Natura história e estratégia de negócios Inovação em produtos e estratégia tecnológica

Leia mais

Plano de Sustentabilidade da Unilever

Plano de Sustentabilidade da Unilever Unilever Plano de Sustentabilidade da Unilever Eixo temático Governança Principal objetivo da prática Para a Unilever, o crescimento sustentável e lucrativo requer os mais altos padrões de comportamento

Leia mais

FUNDAMENTOS DA GESTÃO

FUNDAMENTOS DA GESTÃO Um dos pilares da Ultrapar está no virtuoso relacionamento que a companhia mantém com os diferentes públicos, graças a uma política baseada na ética, na transparência e no compartilhamento de princípios,

Leia mais

PRÊMIO. Identificação da Empresa: Viação Águia Branca S/A. Identificação da Experiência: Preservar é Reduzir, Reutilizar e Reciclar

PRÊMIO. Identificação da Empresa: Viação Águia Branca S/A. Identificação da Experiência: Preservar é Reduzir, Reutilizar e Reciclar PRÊMIO 2012 Identificação da Empresa: Viação Águia Branca S/A Identificação da Experiência: Preservar é Reduzir, Reutilizar e Reciclar Data ou Período de Aplicação da Experiência: 2011 e 2012 Categoria

Leia mais

Evento de Lançamento do Processo ISE 2015

Evento de Lançamento do Processo ISE 2015 Evento de Lançamento do Processo ISE 2015 25 de fevereiro de 2015 Carteira ISE 2015 R$ 1.224.784.660.586,93-49,87% do valor total de mercado (base 24/11/2014) Carteira ISE 2015 R$ 1.224.784.660.586,93-49,87%

Leia mais

RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2008/2010. Vonpar - Divisão Bebidas

RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2008/2010. Vonpar - Divisão Bebidas RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 200/200 Neste documento você terá o extrato em números dos dados contidos no Relatório de Sustentabilidade 200/200 da Vonpar. Conforme a versão digital animada (disponível

Leia mais

Questionário de Levantamento de Informações

Questionário de Levantamento de Informações Questionário de Levantamento de Informações Critérios para Inclusão de Empresas no Fundo Ethical 1 INTRODUÇÃO Nos últimos anos se observou um aumento significativo da preocupação das empresas com questões

Leia mais

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Em 2013, a Duratex lançou sua Plataforma 2016, marco zero do planejamento estratégico de sustentabilidade da Companhia. A estratégia baseia-se em três

Leia mais

PRINCÍPIOS E NORMAS DE CONDUTA EMPRESARIAL NA RELAÇÃO DE FURNAS COM SEUS FORNECEDORES

PRINCÍPIOS E NORMAS DE CONDUTA EMPRESARIAL NA RELAÇÃO DE FURNAS COM SEUS FORNECEDORES PRINCÍPIOS E NORMAS DE CONDUTA EMPRESARIAL NA RELAÇÃO DE FURNAS COM SEUS FORNECEDORES Outubro/2009 1/8 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2. ABRANGÊNCIA 3. OBJETIVOS 4. CÓDIGO DE CONDUTA EMPRESARIAL 4.1 NORMAS DE CONDUTA

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE 1. OBJETIVO E ABRANGÊNCIA Esta Política tem como objetivos: Apresentar de forma transparente os princípios e as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e direcionam

Leia mais

A beleza é resultado do trabalho de todos. Responsabilidade Compartilhada

A beleza é resultado do trabalho de todos. Responsabilidade Compartilhada Responsabilidade Compartilhada A beleza é resultado do trabalho de todos A preocupação e o fortalecimento do relacionamento com nossos públicos estão presentes em toda a história do Grupo Boticário. Desde

Leia mais

Governança Corporativa, Responsabilidade Ambiental e Social. Prof. Wellington

Governança Corporativa, Responsabilidade Ambiental e Social. Prof. Wellington Governança Corporativa, Responsabilidade Ambiental e Social Prof. Wellington APRESENTAÇÃO AULA 1 Wellington Prof de pós-graduação na USJT desde 2003 Sócio diretor da WP projetos e produções Coordenador

Leia mais

relatórioanualnatura2005 natura2005 relatórioanual

relatórioanualnatura2005 natura2005 relatórioanual Natura Argentina Av. del Libertador, 1295 1º piso Vicente López (1638) Capital Federal Argentina Tel. (54 11) 4837 6100 Fax (54 11) 4837 6005 Natura Chile Ricardo Lyon, 222 of 201 Providencia Santiago

Leia mais

O Desafio da Sustentabilidade no Setor Petroquímico

O Desafio da Sustentabilidade no Setor Petroquímico Seminário Nacional de Gestão Sustentável nos Municípios Relato de Experiências O Desafio da Sustentabilidade no Setor Petroquímico Porto Alegre, 28 de Março de 2008 Roteiro Empresa Cenários Conceitos Dimensão

Leia mais

Norma Permanente 4.1. GOVERNANÇA E GESTÃO 4.2. PRINCÍPIOS 4.3. INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO E INCENTIVADO

Norma Permanente 4.1. GOVERNANÇA E GESTÃO 4.2. PRINCÍPIOS 4.3. INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO E INCENTIVADO Resumo: Reafirma o comportamento socialmente responsável da Duratex. Índice 1. OBJETIVO 2. ABRANGÊNCIA 3. DEFINIÇÕES 3.1. PARTE INTERESSADA 3.2. ENGAJAMENTO DE PARTES INTERESSADAS 3.3. IMPACTO 3.4. TEMAS

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO SETOR SUCROALCOOLEIRO

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO SETOR SUCROALCOOLEIRO CANA SUL 2008 RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO SETOR SUCROALCOOLEIRO Maria Luiza Barbosa Campo Grande, 23 de agosto de 2008 RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL É a forma de gestão que se define pela

Leia mais

SUMÁRIO. 1ª edição / Setembro 2011

SUMÁRIO. 1ª edição / Setembro 2011 APRESENTAÇÃO O conceito de Responsabilidade Social Empresarial está relacionado com a ética e a transparência na gestão dos negócios e obrigatoriamente deve estar refletivo nas decisões cotidianas de todas

Leia mais

Economia,Mercado e Empresas de Construção Civil: a sustentabilidade na prática. Paulo Itacarambi Instituto Ethos Setembro de 2008

Economia,Mercado e Empresas de Construção Civil: a sustentabilidade na prática. Paulo Itacarambi Instituto Ethos Setembro de 2008 Economia,Mercado e Empresas de Construção Civil: a sustentabilidade na prática Paulo Itacarambi Instituto Ethos Setembro de 2008 Paulo Itacarambi SBCS08 1 Como Alcançar o Desenvolvimento Sustentável? Políticas

Leia mais

Profissionais de sustentabilidade Atuação, projetos e aspirações. Pesquisa 2015

Profissionais de sustentabilidade Atuação, projetos e aspirações. Pesquisa 2015 Profissionais de sustentabilidade Atuação, projetos e aspirações Pesquisa 2015 O agente do crescimento sustentável A Deloitte e a Associação Brasileira dos Profissionais de Sustentabilidade (ABRAPS) apresentam

Leia mais

Conheça a MRV Engenharia

Conheça a MRV Engenharia Conheça a MRV Engenharia MRV em Números Ficha técnica MRV Engenharia Número de empregados nas obras (média 2014)...23.704 Vendas Contratadas (R$ milhões) (2014)...R$ 6.005 Receita liquida (R$ milhões)

Leia mais

GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGUROS

GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGUROS GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGUROS 2015 E m um período de profundas mudanças socioambientais, torna-se ainda mais estratégico incluir a sustentabilidade

Leia mais

Se Ligue na Rede: um Caminho para a Sustentabilidade

Se Ligue na Rede: um Caminho para a Sustentabilidade SANEPAR Curitiba (PR) Se Ligue na Rede: um Caminho para a Sustentabilidade Categoria Controle da Poluição 1. Sobre a organização participante: Razão social: - 76484013000145 Nome fantasia: - SANEPAR Setor

Leia mais

X SEMINÁRIO DO FÓRUM NACIONAL DE GESTÃO DA ÉTICA NAS EMPRESAS ESTATAIS

X SEMINÁRIO DO FÓRUM NACIONAL DE GESTÃO DA ÉTICA NAS EMPRESAS ESTATAIS X SEMINÁRIO DO FÓRUM NACIONAL DE GESTÃO DA ÉTICA NAS EMPRESAS ESTATAIS PAINEL : FERRAMENTA PARA A GESTÃO DA ÉTICA E DOS DIREITOS HUMANOS RONI ANDERSON BARBOSA INSTITUTO OBSERVATORIO SOCIAL INSTITUCIONAL

Leia mais

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Setembro de 2010 Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente

Leia mais

Artaet Martins Asssessor de Sustentabilidade Grupo EcoRodovias CBR&C BRASVIAS

Artaet Martins Asssessor de Sustentabilidade Grupo EcoRodovias CBR&C BRASVIAS Artaet Martins Asssessor de Sustentabilidade Grupo EcoRodovias CBR&C BRASVIAS A EVOLUÇÃO DA SUSTENTABILIDADE NO GRUPO ECORODOVIAS 2 SUSTENTABILIDADE NO GRUPO ECORODOVIAS ECORODOVIAS Empresas do Grupo Ecovias

Leia mais

FUNDAMENTOS DA GESTÃO

FUNDAMENTOS DA GESTÃO A Ultrapar realizou em 2011 um programa de comunicação e disseminação do tema sustentabilidade entre seus colaboradores, com uma série de iniciativas voltadas para o engajamento e treinamento das pessoas.

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Publicado em: 27/02/2015 Válido até: 26/02/2020 Política de Responsabilidade Socioambiental 1. SUMÁRIO 2 2. OBJETIVO 2 3. ABRANGÊNCIA 2 4. IMPLEMENTAÇÃO 2 5. DETALHAMENTO 2 5.1. Definições 3 5.2. Envolvimento

Leia mais

SUSTENTABILIDADE: estratégia de geração de valor para a MMX. Agosto 2013

SUSTENTABILIDADE: estratégia de geração de valor para a MMX. Agosto 2013 SUSTENTABILIDADE: estratégia de geração de valor para a MMX Agosto 2013 ESTRATÉGIA EM SUSTENTABILIDADE Visão Uma estratégia de sustentabilidade eficiente deve estar alinhada com o core business da empresa

Leia mais

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO 2014 GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE O modelo de Gestão da Sustentabilidade do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE é focado no desenvolvimento de

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Introdução A consulta a seguir é um novo passo em direção às melhores práticas

Leia mais

Mais valias dos Relatórios de Sustentabilidade Um contributo da PT

Mais valias dos Relatórios de Sustentabilidade Um contributo da PT Mais valias dos Relatórios de Sustentabilidade Um contributo da PT A Responsabilidade Social Corporativa no Contexto da Internacionalização Abril, 2014 AGENDA QUEM SOMOS SUSTENTABILIDADE A IMPORTÂNCIA

Leia mais

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras 1. DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável, das áreas onde atuamos e

Leia mais

PROGRAMA DE ADOÇÃO DE PRINCÍPIOS SOCIOAMBIENTAIS

PROGRAMA DE ADOÇÃO DE PRINCÍPIOS SOCIOAMBIENTAIS A Copagaz A Copagaz, primeira empresa do Grupo Zahran, iniciou suas atividades em 1955 distribuindo uma tonelada de Gás Liquefeito de Petróleo - GLP por dia nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato

Leia mais

Marketing e Responsabilidade Social: o caso Natura.

Marketing e Responsabilidade Social: o caso Natura. Marketing e Responsabilidade Social: o caso Natura. Autoria: José Américo Martelli Tristão, Elias Frederico, Rosemari Fagá Viégas Resumo Este trabalho examina as práticas de marketing e responsabilidade

Leia mais

O Papel Fundamental do RH na Gestão da Empresa. Natura Alessandra da Costa Maio de 2011

O Papel Fundamental do RH na Gestão da Empresa. Natura Alessandra da Costa Maio de 2011 O Papel Fundamental do RH na Gestão da Empresa Natura Alessandra da Costa Maio de 2011 Agenda Contexto de Mercado Case Natura Perguntas Contexto Externo (1/3) Pesquisa Panorama Empresarial Brasil 2011,

Leia mais

Pacto Global. Comunicação de Progresso 2007. O Boticário

Pacto Global. Comunicação de Progresso 2007. O Boticário Pacto Global Comunicação de Progresso 2007 O Boticário 1 São José dos Pinhais, 28 de março de 2008. Ban Ki-moon Secretário Geral Organização das Nações Unidas Sr. Secretário Geral, O Boticário sempre acreditou

Leia mais

Seção 2 «Natural Value» Experiência de Gestão de Risco no Setor de Alimentos. Carrefour Brasil

Seção 2 «Natural Value» Experiência de Gestão de Risco no Setor de Alimentos. Carrefour Brasil Seção 2 «Natural Value» Experiência de Gestão de Risco no Setor de Alimentos Carrefour Brasil 03/09/2007 Grupo Carrefour Hoje Nossos Números N 1 do Varejo Europeu e N 2 no Mundo 97, 24 Bilhões de euros

Leia mais

Unindo forças por um mesmo objetivo

Unindo forças por um mesmo objetivo Unindo forças por um mesmo objetivo Seguindo o conceito do programa em fomentar iniciativas de coleta e reciclagem, a parceria vai ampliar a atuação do Programa de Reciclagem do Óleo de Fritura (PROL),

Leia mais

Responsabilidade Social Empresarial

Responsabilidade Social Empresarial Responsabilidade Social Empresarial Henry Ford: produto e preço - Gestão de Produto e Processo. Jerome McCarty e Philip Kotler: produto, preço, praça (ponto de venda) e promoção. - Gestão de Marketing.

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Promover a inserção de mulheres no mercado de trabalho por meio de projetos de geração de renda é o objetivo do Instituto Lojas

Leia mais

ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015

ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015 ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015 Critérios Descrições Pesos 1. Perfil da Organização Breve apresentação da empresa, seus principais produtos e atividades, sua estrutura operacional

Leia mais

Sustentabilidade aplicada aos negócios: um estudo de caso da empresa Natura S.A.

Sustentabilidade aplicada aos negócios: um estudo de caso da empresa Natura S.A. Sustentabilidade aplicada aos negócios: um estudo de caso da empresa Natura S.A. Autoria: Silas Dias Mendes Costa 1 e Antônio Oscar Santos Góes 2 1 UESC, E-mail: silas.mendes@hotmail.com 2 UESC, E-mail:

Leia mais

Agenda CRI Minas Inovações Ambientais 04Out2012 Nova Lima/MG

Agenda CRI Minas Inovações Ambientais 04Out2012 Nova Lima/MG Agenda CRI Minas Inovações Ambientais 04Out2012 Nova Lima/MG Conceitos e Premissas Evolução Tecnológica: Impacto Social Ambiental Conceitos e Premissas Esforço Governamental políticas e ações de mercado

Leia mais

Levantamento do Perfil de Responsabilidade Socioambiental nas Organizações

Levantamento do Perfil de Responsabilidade Socioambiental nas Organizações Levantamento do Perfil de Responsabilidade Socioambiental nas Organizações Brasília, 19 de abril de 2011 BLOCOS TEMÁTICOS COMPROMISSO PLANEJAMENTO E GESTÃO DESEMPENHO SUSTENTÁVEL CONTRIBUIÇÃO COM O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Bolsa de Valores de São Paulo - BOVESPA. Comunicação de Progresso - 2006

Bolsa de Valores de São Paulo - BOVESPA. Comunicação de Progresso - 2006 Bolsa de Valores de São Paulo - BOVESPA Comunicação de Progresso - 2006 Quem somos: Número de funcionários: 781 Número de empresas listadas: 391 Volume financeiro diário: R$ 2,4 bilhões Market Cap: R$

Leia mais

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL APRESENTAÇÃO A White Martins representa na América do Sul a Praxair, uma das maiores companhias de gases industriais e medicinais do mundo, com operações em

Leia mais

Comunicação Institucional Visão de Futuro

Comunicação Institucional Visão de Futuro Comunicação Institucional Visão de Futuro Organograma Presidente Comunicação Institucional Assistente Imagem Corporativa e Marcas Comitê Estratégico Imprensa Planejamento e Gestão Atendimento e Articulação

Leia mais

Filmes. Na mídia... Gestão de RH. Responsabilidade Social Empresarial. Prof. Rafael Marcus Chiuzi. Sesi responsabilidade social Duração: 2 09

Filmes. Na mídia... Gestão de RH. Responsabilidade Social Empresarial. Prof. Rafael Marcus Chiuzi. Sesi responsabilidade social Duração: 2 09 Gestão de RH Prof. Rafael Marcus Chiuzi Responsabilidade Social Empresarial Filmes Sesi responsabilidade social Duração: 2 09 Na mídia... Empresa socialmente responsável. Responsabilidade social corporativa.

Leia mais

Norma de Referência Selo de Conformidade ANFIR

Norma de Referência Selo de Conformidade ANFIR Histórico das alterações: Nº Revisão Data de alteração 00 20.01.204 Emissão inicial do documento. Sumário das Alterações Pág. 1 1. Resumo Esta norma estabelece requisitos técnicos para a concessão do Selo

Leia mais

Conjunto de pessoas que formam a força de trabalho das empresas.

Conjunto de pessoas que formam a força de trabalho das empresas. 1. OBJETIVOS Estabelecer diretrizes que norteiem as ações das Empresas Eletrobras quanto à promoção do desenvolvimento sustentável, buscando equilibrar oportunidades de negócio com responsabilidade social,

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL REDE GAZETA

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL REDE GAZETA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL REDE GAZETA Vitória, ES Janeiro 2010. 1ª Revisão Janeiro 2011. 2ª Revisão Janeiro 2012. POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA REDE GAZETA IDENTIDADE CORPORATIVA Missão

Leia mais

Conhecendo a Fundação Vale

Conhecendo a Fundação Vale Conhecendo a Fundação Vale 1 Conhecendo a Fundação Vale 2 1 Apresentação Missão Contribuir para o desenvolvimento integrado econômico, ambiental e social dos territórios onde a Vale atua, articulando e

Leia mais

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE)

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) É o chamado do Ministério da Educação (MEC) à sociedade para o trabalho voluntário de mobilização das famílias e da comunidade pela melhoria da

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual

Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Edina Biava Abrasca; Marco Antonio Muzilli IBRACON;

Leia mais

Incidência em políticas públicas: ampliando as possibilidades. Rafael Gioielli Instituto Votorantim / Brasil

Incidência em políticas públicas: ampliando as possibilidades. Rafael Gioielli Instituto Votorantim / Brasil Incidência em políticas públicas: ampliando as possibilidades Rafael Gioielli Instituto Votorantim / Brasil Políticas públicas e Investimento Social Privado MODELO MAIS COMUM MODELO ALTERNATIVO ISP INFLUENCIAR

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

Modalidade Caminho para a Inovação e Desenvolvimento em Sustentabilidade (CIDeS)

Modalidade Caminho para a Inovação e Desenvolvimento em Sustentabilidade (CIDeS) Modalidade Caminho para a Inovação e Desenvolvimento em Sustentabilidade (CIDeS) Estaleiro JURONG ARACRUZ com o projeto Navegar é preciso Conteúdo Caracterização da iniciativa O Estaleiro Jurong Aracruz

Leia mais

Fundação Itaú Social. Por uma educação integral,

Fundação Itaú Social. Por uma educação integral, Fundação Itaú Social Por uma educação integral, integrada e integradora Visão Itaú Ser o banco líder em performance e perene reconhecidamente sólido e ético, destacando-se por equipes motivadas, comprometidas

Leia mais

CORRELAÇÃO COM OUTRAS INICIATIVAS

CORRELAÇÃO COM OUTRAS INICIATIVAS CORRELAÇÃO COM OUTRAS INICIATIVAS do conteúdo dos Indicadores Ethos com outras iniciativas Com a evolução do movimento de responsabilidade social e sustentabilidade, muitas foram as iniciativas desenvolvidas

Leia mais

VALLOUREC UNIDADE FLORESTAL

VALLOUREC UNIDADE FLORESTAL VALLOUREC UNIDADE FLORESTAL A EMPRESA Fundada em 1969, o objetivo principal da Vallourec unidade Florestal é o plantio de florestas de eucalipto para, a partir delas, produzir o carvão vegetal, um dos

Leia mais

9) Política de Investimentos

9) Política de Investimentos 9) Política de Investimentos Política e Diretrizes de Investimentos 2010 Plano de Benefícios 1 Segmentos Macroalocação 2010 Renda Variável 60,2% 64,4% 28,7% 34,0% Imóveis 2,4% 3,0% Operações com Participantes

Leia mais

INDICADORES ETHOS. De Responsabilidade Social Empresarial Apresentação da Versão 2000

INDICADORES ETHOS. De Responsabilidade Social Empresarial Apresentação da Versão 2000 INDICADORES ETHOS De Responsabilidade Social Empresarial Apresentação da Versão 2000 Instrumento de avaliação e planejamento para empresas que buscam excelência e sustentabilidade em seus negócios Abril/2000

Leia mais

O Marketing como filosofia empresarial A organização como sistema aberto e os elementos de um sistema de Marketing moderno

O Marketing como filosofia empresarial A organização como sistema aberto e os elementos de um sistema de Marketing moderno O como filosofia empresarial A organização como sistema aberto e os elementos de um sistema de moderno Valor definido e comunicado aos clientes Fornecedores Empresa (profissional de ) Intermediários de

Leia mais

Responsabilidade Social Corporativa

Responsabilidade Social Corporativa Responsabilidade Social Corporativa João Paulo Vergueiro jpverg@hotmail.com Stakeholders GOVERNOS ORGANISMOS INTERNACIONAIS FORNECEDORES CONCORRENTES INDÚSTRIA DA COMUNICAÇÃO ACIONISTAS PROPRIETÁRIOS EMPRESA

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Síntese O Compromisso ALIANSCE para a Sustentabilidade demonstra o nosso pacto com a ética nos negócios, o desenvolvimento das comunidades do entorno de nossos empreendimentos,

Leia mais

AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DO FORNECEDOR

AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DO FORNECEDOR Prezado Fornecedor, A Innova S/A, empresa certificada nas normas ISO 9001:2000, ISO 14001:1996, OHSAS 18001, avalia seus fornecedores no atendimento de requisitos relativos a Qualidade, Meio Ambiente,

Leia mais

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Geraldo Soares IBRI; Haroldo Reginaldo Levy Neto

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

Programa SEMEAR Responsabilidade Socioambiental

Programa SEMEAR Responsabilidade Socioambiental Programa SEMEAR Responsabilidade Socioambiental Mostra Local de: Bocaiúva do Sul (Municípios de Adrianópolis, Bocaiúva do Sul, Colombo e Tunas de Paraná) Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos

Leia mais

Foco: sustentabilidade com ações na área de educação.

Foco: sustentabilidade com ações na área de educação. GOVERNANÇA A Fundação Bunge é uma organização comprometida com o desenvolvimento sustentável. Foco: sustentabilidade com ações na área de educação. Missão: contribuir para o desenvolvimento sustentável

Leia mais

Desde a criação do programa, a New Age implementou e tem monitorado diversas ações com foco ambiental, social e econômico.

Desde a criação do programa, a New Age implementou e tem monitorado diversas ações com foco ambiental, social e econômico. Faz parte da vontade da diretoria da New Age contribuir socialmente para um mundo melhor, mais justo e sustentável. Acreditamos que através da educação e com a experiência que temos, transportando tantos

Leia mais

GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM SUSTENTABILIDADE

GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM SUSTENTABILIDADE GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM SUSTENTABILIDADE GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM SUSTENTABILIDADE Comissão Técnica Nacional de Sustentabilidade novembro/2014 Sumário Desenvolver e aplicar análises ESG - ambiental,

Leia mais

AVALIAÇÃO PARA MELHORIA DA QUALIDADE DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA. Apresentação Geral, Objetivos e Diretrizes

AVALIAÇÃO PARA MELHORIA DA QUALIDADE DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA. Apresentação Geral, Objetivos e Diretrizes AVALIAÇÃO DA ATENÇÃO BÁSICA PROJETO AVALIAÇÃO PARA MELHORIA DA QUALIDADE DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA Apresentação Geral, Objetivos e Diretrizes Outubro de 2005 Justificativa A grande expansão da estratégia

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE BANRISUL

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE BANRISUL POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE BANRISUL A Política de Sustentabilidade Banrisul, aprovada pela Diretoria e pelo Conselho de Administração em 08.10.2012 e em 06.11.2012, respectivamente, tem como finalidade

Leia mais

Performance com Propósito. A promessa da PepsiCo

Performance com Propósito. A promessa da PepsiCo Performance com Propósito A promessa da PepsiCo Performance com Propósito A promessa da PepsiCo Na PepsiCo, Performance com Propósito significa gerar crescimento sustentável através do investimento em

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 Relatório de Sustentabilidade 2014 Sumário Executivo Março de 2015 A Brasil Kirin Jovem, mas cheia de história A Brasil Kirin faz parte de um dos maiores grupos de bebidas do mundo, a japonesa Kirin Holdings

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 Relatório de Sustentabilidade 2014 Sumário Executivo Março de 2015 BrKirin_RAS2014_Compacta.indd 1 02/06/15 13:03 A Brasil Kirin Jovem, mas cheia de história A Brasil Kirin faz parte de um dos maiores

Leia mais

Seminário Ambientronic

Seminário Ambientronic Seminário Ambientronic 27/04/2011 11.06.2010 Perfil da Empresa PERFIL Empresa de Tecnologia 100% nacional, controlada pelo Grupo Itaúsa Mais de 30 anos de presença no mercado brasileiro Possui 5.891 funcionários

Leia mais

Glossário do Investimento Social*

Glossário do Investimento Social* Glossário do Investimento Social* O IDIS Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social é uma organização da sociedade civil de interesse público, que tem como missão promover e estruturar o investimento

Leia mais

Produto mais sustentável

Produto mais sustentável Produto mais sustentável De maneira geral, um produto pode ser considerado mais sustentável por diversas razões: a) processo de fabricação com baixo impacto: consiste em produtos que eliminaram ingredientes

Leia mais

Fundação Dom Cabral EDUCAÇÃO DE LIDERANÇAS PARA A SUSTENTABILIDADE (ELS)

Fundação Dom Cabral EDUCAÇÃO DE LIDERANÇAS PARA A SUSTENTABILIDADE (ELS) Fundação Dom Cabral Ritual de Passagem: A Educação de Lideranças para a Sustentabilidade INSTRUMENTO PARA AVALIAÇÃO ALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO DE LIDERANÇAS PARA A SUSTENTABILIDADE (ELS) Prof. Raimundo Soares

Leia mais

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS 2014 1 Índice 1. Contexto... 3 2. O Programa Cidades Sustentáveis (PCS)... 3 3. Iniciativas para 2014... 5 4. Recursos Financeiros... 9 5. Contrapartidas... 9 2 1. Contexto

Leia mais

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial.

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. visão, missão e valores corporativos visão Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma Organização empresarial focada em siderurgia, com a missão de satisfazer

Leia mais

Critérios de Sustentabilidade Ambiental de Produtos. Luciana Betiol FGVCes Centro de Estudos em Sustentabilidade Outubro/2007

Critérios de Sustentabilidade Ambiental de Produtos. Luciana Betiol FGVCes Centro de Estudos em Sustentabilidade Outubro/2007 Critérios de Sustentabilidade Ambiental de Produtos Luciana Betiol FGVCes Centro de Estudos em Sustentabilidade Outubro/2007 Agenda Origem do estudo de Critérios de Sustentabilidade Ambiental de Produtos

Leia mais

Mensagem da Diretoria

Mensagem da Diretoria Balanço Social 2013 Mensagem da Diretoria Em 2013 as Empresas Rio Deserto completaram 95 anos de atividades. Somos uma das empresas mais antigas da região Sul de Santa Catarina, mas não podemos ser chamadas

Leia mais

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012)

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jaboticabal

Prefeitura Municipal de Jaboticabal LEI Nº 4.715, DE 22 DE SETEMBRO DE 2015 Institui a Política Municipal de estímulo à produção e ao consumo sustentáveis. RAUL JOSÉ SILVA GIRIO, Prefeito Municipal de Jaboticabal, Estado de São Paulo, no

Leia mais

Categoria Franqueador Sênior

Categoria Franqueador Sênior PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Sênior Dados da empresa Razão Social Cebrac - Consultoria e Franquia Ltda. Nome fantasia CEBRAC Data de fundação

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - ES PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Introdução O Programa Municipal de Educação Ambiental estabelece diretrizes, objetivos, potenciais participantes, linhas

Leia mais

e das pessoas; conceitos e informações socialmente responsável funcionais e institucionais; estimular o comportamento divulgar aos colaboradores

e das pessoas; conceitos e informações socialmente responsável funcionais e institucionais; estimular o comportamento divulgar aos colaboradores Levar todas as informações decisivas da empresa, de forma rápida e simples; jornalmural divulgar aos colaboradores conceitos e informações funcionais e institucionais; reconhecer o trabalho das áreas e

Leia mais

O Grupo Telefônica no Brasil e no Mundo

O Grupo Telefônica no Brasil e no Mundo Atualizado em: julho, 2011 O Grupo Telefônica no Brasil e no Mundo Dados financeiros (2010) Indicadores Mundo Brasil %BR/mundo Receita Líquida (1) 60,7 bilhões (1) Considera Telesp + 50% da Vivo até 3T2010

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Atuação da Organização 1. Qual(is) o(s) setor(es) de atuação da empresa? (Múltipla

Leia mais

Workshops de Revisão Março 2015

Workshops de Revisão Março 2015 Workshops de Revisão Março 2015 Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) GVces Criado em 2003, o GVces é uma iniciativa da

Leia mais

Ficha de Inscrição do 18º Prêmio Expressão de Ecologia

Ficha de Inscrição do 18º Prêmio Expressão de Ecologia Ficha de Inscrição do 18º Prêmio Expressão de Ecologia OBS: Apresentação obrigatória na primeira página do case 1. Informações cadastrais a) Identificação: empresa b) Nome: Walmart Brasil c) Setor: Comércio

Leia mais