Tratamento de Vulvodínea com ácido hialurônico

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tratamento de Vulvodínea com ácido hialurônico"

Transcrição

1 Tratamento de Vulvodínea com ácido hialurônico injeções de ácido hialurônico na vulva permitem alcançar a reparação desta área e cicatrização das fissuras melhorando a atrofia, reduzindo inflamação local, a secura e a dispareunia O método de injeção é extremamente simples e direto sob anestesia local. Oito dias após o procedimento, 8 a cada 10 pacientes não apresentam mais dispareunia. Em estudo realizado em 50 pacientes, 45 ficaram satisfeitos e após um período de 12 meses, as fissuras já não apareceram espontaneamente ou após a relação sexual. Uma segunda injeção foi necessária para 25% dos pacientes de seis meses depois.

2 Uso da toxina botulínica em desordens pélvicas e perineais masculinas A aplicação de toxina botulínica tem se mostrado eficaz no tratamento das seguintes desordens pélvicas e perineais masculinas: - Incontinência urinária - Hiperplasia prostática benigna - Ejaculação precoce - Dor pélvica/perineal - Fissura anal

3 Complicações de penoplastia com injeção de ácido hialurônico Formação de nódulos: Migração para o prepúcio Migração proximal As causas das complicações são associadas à: - Anatomia: aplicação da injeção em planos avasculares (o ácido hialurônico não vai se incorporar ao meio, mantendo-se isolado em nódulos) - Física: gravidade e aplicação na extremidade - Fisiologia: mobilidade - Mecânica: relação sexual - Volume - Durabilidade

4 Aplicação vaginal de ácido hialurônico Aplicação no ponto G para melhorar a sensibilidade sexual Aumento dos grandes lábios em caso de frouxidão da pele local

5 Indicações: Lipofilling na região vaginal Atrofia de grandes lábios, incontinência urinária, pós irradiação local. 1) Lipossucção com cânula de uma área doadora 2) Preparação da gordura 3) Técnica de aplicação com cânula Restauração do volume dos grandes lábios: Para atrofia grandes lábios, a quantidade injetada é de 4 a 8 cc de cada lado; a cânula é introduzida em dois pontos com distância de 2 cm centímetros sobre a origem de cada grandes lábios

6 Laser Er-YAG no tratamento da atrofia vulvo-vaginal pós menopausa O tratamento endovaginal não ablativo com Er-YAG consiste no aquecimento controlado da mucosa vaginal, produzindo o efeito imediato de contração do colágeno induzindo maior tensão às fibras de colágeno e neocolagênese. O resultado final é uma sensação de um tecido firme e melhora na elasticidade vaginal.

7 Laser CO2 para tratar atrofia vaginal Laser CO2 Heat shock response Ativa heat shock protein (HSP) Produção de TGF- beta Processo fibrogênico Produção de colágeno e matriz extra celular

8 Laser CO2 para tratar atrofia vaginal Em um trabalho que avaliou 77 pacientes com atrofia vaginal, houve melhora nos sintomas de queimação, prurido, secura vaginal, dispareunia e disúria. A pontuação de 0 a 10 de acordo com a intensidade dos sintomas foi melhorando proporcionalmente ao número de sessões realizadas.

9 Erbium laser para tratar a síndrome genitourinária pós menopausa A síndrome genitourinária inclui os sintomas da menopausa associados à alterações na vulva, vagina e trato urinário inferior relacionados à deficiência de estrogênio. Obejtivo: Avaliar a melhora dos sintomas da síndrome genitourinária em 115 pacientes tratadas com Erbium laser uma vez ao mês por 03 meses em comparação com 25 pacientes tratadas com estriol (1g de gel vaginal, contendo 50mcg de estriol 2x/semana por 3 meses). Resultado: Melhora dos sintomas com os dois tratamentos, com duração de 3 meses após o tratamento para o grupo tratado com estriol e com duração de 6 meses para o grupo tratado com erbium. Conclusão: Erbium laser é eficaz e seguro para tratamento dos sintomas da síndrome genitourinária

10 Radiofrequência para flacidez vaginal Métodos: 54 mulheres na pré menopausa foram tratadas com única sessão de radiofrequência monopolar e avaliadas a cada 1, 3, 6 e 12 meses quanto à flacidez vaginal e satisfação sexual. Resultados: o tratamento foi bem tolerado, sem eventos adversos graves relatados. A sensação de firmeza vaginal foi relatado em 1 mês com melhora contínua de até 6 meses. Aos 12 meses, 88% dos indivíduos relataram significativa e persistente sensação de firmeza. Conclusões: Única sessão de radiofrequência é capaz de alcançar uma melhoria significativa na flacidez vaginal e consequentemente satisfação sexual. Resultados demonstram a remodelação tecidual e a neoformação de colágeno utilizando a radiofrequência 90J/cm2, 5 passadas As figuras mostram aumento na ativação de fibroblastos, ausência de tecido de granulação ou colágeno hipertrófico

DICAS E PÉROLAS NA PRÁTICA DERMATOLÓGICA

DICAS E PÉROLAS NA PRÁTICA DERMATOLÓGICA DICAS E PÉROLAS NA PRÁTICA DERMATOLÓGICA LIP E RESURFACING FRACIONADO NÃO ABLATIVO: Efeito sinérgico quando aplicados no mesmo dia Pode maximizar efeitos da LIP Custo reduzido, menor downtime e melhores

Leia mais

Sylvia Cavalcanti. Dispareunia e vaginismo:qual a diferença e como fazer este diagnóstico?

Sylvia Cavalcanti. Dispareunia e vaginismo:qual a diferença e como fazer este diagnóstico? Sylvia Cavalcanti Dispareunia e vaginismo:qual a diferença e como fazer este diagnóstico? PRINCÍPIOS DA ESPÉCIE HUMANA ROGER X BUSCA DO PRAZER FUGA DA DOR Disfunções sexuais Disfunção do desejo Estímulo

Leia mais

Colágeno

Colágeno Colágeno Os preenchimentos injetáveis são umas das técnicas de rejuvenescimento facial mais populares. À medida que envelhecemos, os tecidos subjacentes que mantêm nossa pele com aparência jovem e firme

Leia mais

DISCIPLINA: SAÚDE DA MULHER

DISCIPLINA: SAÚDE DA MULHER Universidade Federal do Maranhão MESTRADO: SAÚDE DO ADULTO E DA CRIANÇA DISCIPLINA: SAÚDE DA MULHER MÓDULO: MECANISMO DA CARCINOGÊNESE DO HPV NAS LESÕES CERVICO-VAGINAIS 3ª Etapa - CITOLOGIA HORMONAL Prof.

Leia mais

Conheça! TimeWise Repair

Conheça! TimeWise Repair Conheça! imewise Repair Inovação e Tecnologia da Mary Kay em cuidados com a pele Com o passar dos anos, os processos naturais da pele desaceleram. Ocorre a perda de volume, a produção de colágeno e elastina

Leia mais

Processo Inflamatório e Lesão Celular. Professor: Vinicius Coca

Processo Inflamatório e Lesão Celular. Professor: Vinicius Coca Processo Inflamatório e Lesão Celular Professor: Vinicius Coca www.facebook.com/profviniciuscoca www.viniciuscoca.com O que é inflamação? INFLAMAÇÃO - Inflamare (latim) ação de acender, chama FLOGOSE phlogos

Leia mais

Síndrome caracterizada por: Urgência miccional (principal sintoma) COM ou SEM incontinência, Também associada a: Polaciúria. Noctúria......

Síndrome caracterizada por: Urgência miccional (principal sintoma) COM ou SEM incontinência, Também associada a: Polaciúria. Noctúria...... 27/06/16 Síndrome caracterizada por: Urgência miccional (principal sintoma) COM ou SEM incontinência, Também associada a: Polaciúria. Noctúria...... na ausência de causa infecciosa ou outra doença que

Leia mais

ENVELHECIMENTO. Definições do Envelhecimento, Acne e Lesões de conteúdo liquido. Envelhecimento cutâneo. Envelhecimento Intrínseco (fisiológico)

ENVELHECIMENTO. Definições do Envelhecimento, Acne e Lesões de conteúdo liquido. Envelhecimento cutâneo. Envelhecimento Intrínseco (fisiológico) Definições do Envelhecimento, Acne e Lesões de conteúdo liquido ENVELHECIMENTO Envelhecimento cutâneo O conceito de beleza atualmente em vigor e procurado pela grande maioria das pessoas é o da pele jovem,

Leia mais

Métodos anticoncepcionais

Métodos anticoncepcionais Métodos anticoncepcionais Métodos Anticoncepcionais Na sociedade atual, o planejamento familiar é muito importante para a qualidade de vida, pois só assim para garantir um futuro digno para os descendentes.

Leia mais

Profº Ms. Paula R. Galbiati Terçariol.

Profº Ms. Paula R. Galbiati Terçariol. Profº Ms. Paula R. Galbiati Terçariol. Cicatrização Após uma lesão, o processo de cicatrização é iniciado. O tecido lesionado passa por 4 fases de reparo da ferida: hemostasia, inflamação, proliferação

Leia mais

Reparação. Regeneração Tecidual 30/06/2010. Controlada por fatores bioquímicos Liberada em resposta a lesão celular, necrose ou trauma mecânico

Reparação. Regeneração Tecidual 30/06/2010. Controlada por fatores bioquímicos Liberada em resposta a lesão celular, necrose ou trauma mecânico UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ COORDENAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA DISCIPLINA DE PATOLOGIA VETERINÁRIA Reparação Prof. Raimundo Tostes Reparação Regeneração: reposição de um grupo de células destruídas

Leia mais

Dra Letícia Guimarães

Dra Letícia Guimarães Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica Residência em Dermatologia

Leia mais

Ferida e Cicatrização

Ferida e Cicatrização UNIFESP - EPM Disciplina de Cirurgia Plástica Titular: Profª Drª Lydia Masako Ferreira Ferida e Cicatrização Setor de Feridas Coordenadora: Profa. Regina Hayami Okamoto Profa. Leila Blanes Histórico Cerâmica

Leia mais

LIPOASPIRAÇÃO 01) P: QUANTOS QUILOS VOU EMAGRECER COM A LIPOASPIRAÇÃO?

LIPOASPIRAÇÃO 01) P: QUANTOS QUILOS VOU EMAGRECER COM A LIPOASPIRAÇÃO? LIPOASPIRAÇÃO Este procedimento cirúrgico tem a finalidade de remodelar o contorno corporal, através da remoção por aspiração controlada a vácuo, de gordura localizada em diferentes regiões do corpo, que

Leia mais

Ácido hialurônico versus Estradiol

Ácido hialurônico versus Estradiol Atualização em Farmacoterapia 1 Ácido hialurônico versus Estradiol Estudo compara a utilização tópica destes dois agentes no tratamento dos sinais e sintomas da vaginite atrófica 1. A aplicação tópica

Leia mais

Nos primeiros lugares das dores de cabeça da Urologia

Nos primeiros lugares das dores de cabeça da Urologia N i i l d d d b d Nos primeiros lugares das dores de cabeça da Urologia Câncer de próstata :malignidade mais diagnosticada em homens Incontinência urinária afeta diretamente qualidade de vida Cirurgia:

Leia mais

ANEXO I TABELA DE AVALIAÇÃO DE SINTOMAS DE BOYARSKY MODIFICADA

ANEXO I TABELA DE AVALIAÇÃO DE SINTOMAS DE BOYARSKY MODIFICADA ANEXO I TABELA DE AVALIAÇÃO DE SINTOMAS DE BOYARSKY MODIFICADA TABELA DE AVALIAÇÃO DE SINTOMAS DE BOYARSKY MODIFICADA. 1- HESITAÇÃO (OBSTRUTIVO) 0 Ocasional (ocorre em 20% ou menos das tentativas de urinar).

Leia mais

Capítulo 2 Aspectos Histológicos

Capítulo 2 Aspectos Histológicos 5 Capítulo 2 Aspectos Histológicos Alguns conceitos básicos sobre histologia humana, a caracterização dos tecidos, a regeneração e reparação dos mesmos em lesões e a cicatrização de feridas são aspectos

Leia mais

NEOPANTOL. (dexpantenol)

NEOPANTOL. (dexpantenol) NEOPANTOL (dexpantenol) Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A. Pomada dexpantenol 50 mg/g Neopantol - pomada - Bula para o profissional de saúde 1 I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO NEOPANTOL dexpantenol

Leia mais

CURSOS ICMDS FIOS DE BIOESTIMULAÇÃO TECIDUAL - ESTÉTICA FACIAL

CURSOS ICMDS FIOS DE BIOESTIMULAÇÃO TECIDUAL - ESTÉTICA FACIAL CURSOS ICMDS FIOS DE BIOESTIMULAÇÃO TECIDUAL - ESTÉTICA FACIAL OBJECTIVOS OBJETIVOS DO CURSO DE FIOS DE BIOESTIMULAÇÃO TECIDUAL O curso abordará tudo o que é relevante sobre a colocação de fios de bioestimulação

Leia mais

Curso: Integração Metabólica

Curso: Integração Metabólica Curso: Integração Metabólica Aula 8: Metabolismo muscular Prof. Carlos Castilho de Barros FORNECIMENTO DE AGL PARA O MÚSCULO Lipoproteínas TA músculo LLP AGL FABP AGL-alb LLP - lipase lipoprotéica FABP-

Leia mais

Page 1 O PAPEL DAS ATIVIDADES MOTORAS NO TRATAMENTO DA ASMA CRIANÇA ATIVIDADES MOTORAS ADAPTADAS IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES MOTORAS

Page 1 O PAPEL DAS ATIVIDADES MOTORAS NO TRATAMENTO DA ASMA CRIANÇA ATIVIDADES MOTORAS ADAPTADAS IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES MOTORAS ATIVIDADES MOTORAS ADAPTADAS O PAPEL DAS ATIVIDADES MOTORAS NO TRATAMENTO DA ASMA OBJETIVOS: Aumentar a mobilidade torácica Melhorar a mecânica respirátoria Reduzir o gasto energético da respiração Prevenir

Leia mais

Protocolo do Accent XL

Protocolo do Accent XL Protocolo do Accent XL O Accent XL é um equipamento de radiofreqüência, que opera na faixa 40.68MHZ, freqüência esta liberada para uso médico, podendo-se usar com altas energias. Dentre várias ponteiras

Leia mais

Atualização na candidíase de repetição Existem novas propostas de tratamento? Vera Fonseca

Atualização na candidíase de repetição Existem novas propostas de tratamento? Vera Fonseca TROCANDO IDÉIAS XX 16 e 17 de junho de 2016 Windsor Flórida Hotel - Rio de Janeiro - RJ Atualização na candidíase de repetição Existem novas propostas de tratamento? Vera Fonseca Conselheira do Conselho

Leia mais

Estudo publicado pela Sociedade Americana de Cirurgia Dermatológica 2014

Estudo publicado pela Sociedade Americana de Cirurgia Dermatológica 2014 EM DESTAQUE Estudo publicado pela Sociedade Americana de Cirurgia Dermatológica 2014 EFEITO DE UM CREME COM FATOR DE CRESCIMENTO EPIDERMAL EM HIPERPIGMENTAÇÃO PÓS-INFLAMATÓRIA, APÓS TRATAMENTO A LASER

Leia mais

As fases de cura das feridas incluem hemostasia, inflamação, proliferação e remodelamento (1).

As fases de cura das feridas incluem hemostasia, inflamação, proliferação e remodelamento (1). Suporte nutricional para cura de feridas Cura das lesões em menor período de tempo (1) A cicatrização de úlceras/feridas envolve uma série complexa de interações entre diferentes tipos celulares, mediadores

Leia mais

Procedimentos Cirúrgicos de Interesse Protético/Restaurador - Aumento de Coroa Clínica - Prof. Luiz Augusto Wentz

Procedimentos Cirúrgicos de Interesse Protético/Restaurador - Aumento de Coroa Clínica - Prof. Luiz Augusto Wentz 1 2 3 Procedimentos Cirúrgicos de Interesse Protético/Restaurador - Aumento de Coroa Clínica - Prof. Luiz Augusto Wentz Aumento de Coroa Clínica Qualquer procedimento (cirúrgico ou não-cirúrgico) que vise

Leia mais

INFLAMAÇÃO & REPARO TECIDUAL

INFLAMAÇÃO & REPARO TECIDUAL UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UnB PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA MOLECULAR INFLAMAÇÃO & REPARO TECIDUAL Mestranda: Diane Oliveira Sumário 1) Inflamação 1.1- Visão geral 1.2- Inflamação Aguda Estímulos

Leia mais

ESMED Produtos Médicos. DongBang Medical Group

ESMED Produtos Médicos. DongBang Medical Group Ed.06/2016 BR ESMED Produtos Médicos ESMED é a única e exclusiva importadora e distribuidora dos Fios Miracu no Brasil. Uma empresa que já nasce líder do segmento, conta com uma equipe treinada e traz

Leia mais

Cicatrização. Normal e patológica

Cicatrização. Normal e patológica Cicatrização Cicatrização Normal e patológica Cicatrização Tentativa biológica a que o organismo recorre para restaurar sua integridade Ordem --- Desordem Tratamento das feridas no passado Egípcios: Mel

Leia mais

Peeling Químico - Superficial

Peeling Químico - Superficial Peeling Químico - Superficial Os peelings químicos são um dos procedimentos cosméticos não invasivos mais populares realizados para rejuvenescer a aparência da pele. Com o tempo, fatores como danos causados

Leia mais

Ex-Presidente da Sociedade Goiana de Ginecologia e Obstetrícia. Mestre em Doenças Infecciosas e Parasitárias pelo IPTESP UFG

Ex-Presidente da Sociedade Goiana de Ginecologia e Obstetrícia. Mestre em Doenças Infecciosas e Parasitárias pelo IPTESP UFG Ex-Presidente da Sociedade Goiana de Ginecologia e Obstetrícia Mestre em Doenças Infecciosas e Parasitárias pelo IPTESP UFG Professor da Faculdade de Medicina da UFG. Sociedade Goiana de Ginecologia e

Leia mais

Elight + IPL + Rádiofrequência + Laser Díodo_02

Elight + IPL + Rádiofrequência + Laser Díodo_02 Elight + IPL + Rádiofrequência + Laser Díodo_02 1. ELIGHT (IPL COM RÁDIOFREQUÊNCIA, 8 FILTROS) 2. RÁDIOFREQUÊNCIA TRIPOLAR CORPO & ROSTO 3. LASER DÍODO CORPO & ROSTO Elimina celulite e gordura localizada

Leia mais

Envelhecer... Um tempo de beleza, permitindo que a vida desabroche com. ChroNOline

Envelhecer... Um tempo de beleza, permitindo que a vida desabroche com. ChroNOline Envelhecer... Um tempo de beleza, permitindo que a vida desabroche com ChroNOline INCI Name: Caprooyl tetrapeptide-3 (and) Dextran (and) Glycerin (and) Water CAS Number: 56-81-5, 7732-18-5, 9004-54-0 ENVELHECIMENTO

Leia mais

Maria da Conceição Muniz Ribeiro. Mestre em Enfermagem (UERJ)

Maria da Conceição Muniz Ribeiro. Mestre em Enfermagem (UERJ) Maria da Conceição Muniz Ribeiro Mestre em Enfermagem (UERJ) A principal meta da intervenção perioperatória é a prevenção de infecções na incisão. As ações tomadas pela equipe no perioperatório podem representar

Leia mais

adapaleno Medley Farmacêutica Ltda. gel dermatológico 1 mg/g

adapaleno Medley Farmacêutica Ltda. gel dermatológico 1 mg/g adapaleno Medley Farmacêutica Ltda. gel dermatológico 1 mg/g adapaleno Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 APRESENTAÇÃO Gel dermatológico de 1 mg/g: embalagem com 30 g. USO TÓPICO USO ADULTO E

Leia mais

Cartão de alerta do paciente em uso de tocilizumabe 1

Cartão de alerta do paciente em uso de tocilizumabe 1 Cartão de alerta do paciente em uso de tocilizumabe 1 Este cartão de alerta do paciente contém informações de segurança importantes das quais pacientes e seus cuidadores precisam estar cientes antes, durante

Leia mais

(Glycerin (and) Water (Aqua) (and) Butylene Glycol (and) Carbomer (and) Polysorbate-20 (and) Palmitoyl Oligopeptide (and) Palmitoyl Tetrapeptide-7)

(Glycerin (and) Water (Aqua) (and) Butylene Glycol (and) Carbomer (and) Polysorbate-20 (and) Palmitoyl Oligopeptide (and) Palmitoyl Tetrapeptide-7) MATRIXYL 3000 (Glycerin (and) Water (Aqua) (and) Butylene Glycol (and) Carbomer (and) Polysorbate-20 (and) Palmitoyl Oligopeptide (and) Palmitoyl Tetrapeptide-7) PELE ATÉ 5 ANOS MAIS JOVEM FORMAÇÃO GLOBAL

Leia mais

Hemorragia Genital na Pós-Menopausa

Hemorragia Genital na Pós-Menopausa Curso de Pós-Graduação em Geriatria Hemorragia Genital na Pós-Menopausa Avaliação e orientação diagnóstica Pedro Viana Pinto Introdução 5% motivos de consulta em Ginecologia Maioria dos casos têm etiologias

Leia mais

De preferência, rápido e sem muito esforço. Uma das soluções para esse dilema

De preferência, rápido e sem muito esforço. Uma das soluções para esse dilema Conheça três tratamentos modernos e eficazes para secar medidas Os primeiros ares do verão, nessa reta final da primavera, sempre trazem o desejo de um corpo mais magro e definido. Matéria publicada em

Leia mais

E FISIOTERAPIA EM UROPEDIATRIA CURSO TEÓRICO-PRÁTICO MINISTRANTE

E FISIOTERAPIA EM UROPEDIATRIA CURSO TEÓRICO-PRÁTICO MINISTRANTE RADIOFREQUÊNCIA NAS DISFUNÇÕES UROGENITAIS E FISIOTERAPIA EM UROPEDIATRIA CURSO TEÓRICO-PRÁTICO DATA 01 A 04 DE NOVEMBRO DE 2014 BELO HORIZONTE- MG MINISTRANTE Dra. Patrícia Lordêlo Especialista em Metodologia

Leia mais

PREENCHEDORES. Dra. Fernanda Tomé Alves

PREENCHEDORES. Dra. Fernanda Tomé Alves PREENCHEDORES Dra. Fernanda Tomé Alves TÉCNICA DE INJEÇÃO SUPERFICIAL Utilizar Ácido Hialurônico bem diluído para obtenção de contorno mais suave Restylane, Juvéderm Ultra, Belotero Diluição mais comum:

Leia mais

Sumário. 1. Visão geral da enfermagem materna Famílias e comunidades Investigação de saúde do paciente recém nascido...

Sumário. 1. Visão geral da enfermagem materna Famílias e comunidades Investigação de saúde do paciente recém nascido... Sumário Parte I Papéis e relacionamentos 1. Visão geral da enfermagem materna...23 O processo de enfermagem...25 Planejamento familiar...26 Gestação na infância ou na adolescência...26 Gestação após os

Leia mais

Bases Moleculares da Obesidade e Diabetes

Bases Moleculares da Obesidade e Diabetes Bases Moleculares da Obesidade e Diabetes Metabolismo Muscular Prof. Carlos Castilho de Barros http://wp.ufpel.edu.br/obesidadediabetes/ Atividade muscular Principais fontes de energia: 1- Carboidratos

Leia mais

CONTRACTUBEX. Biolab Sanus Farmacêutica Ltda. Gel. cepalin 100,00 mg alantoína 10,00 mg heparina sódica (50 UI) 0,40 mg

CONTRACTUBEX. Biolab Sanus Farmacêutica Ltda. Gel. cepalin 100,00 mg alantoína 10,00 mg heparina sódica (50 UI) 0,40 mg CONTRACTUBEX Biolab Sanus Farmacêutica Ltda. Gel cepalin 100,00 mg alantoína 10,00 mg heparina sódica (50 UI) 0,40 mg IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO MODELO DE BULA DO PACIENTE CONTRACTUBEX cepalin alantoína

Leia mais

Métodos: Bolsas térmicas Banhos (frios, quentes, de parafina) Lâmpadas de Infravermelhos Gelo (massagem, saco de gelo) Spray de frio Compressas frias

Métodos: Bolsas térmicas Banhos (frios, quentes, de parafina) Lâmpadas de Infravermelhos Gelo (massagem, saco de gelo) Spray de frio Compressas frias Daniel Gonçalves Objectivos: Aliviar dor Alterar o processo de cicatrização dos tecidos Alterar as propriedades plásticas dos tecidos conectivos (músculo, tendão, ligamento e cápsula articular) Métodos:

Leia mais

O que é e para que serve a Próstata

O que é e para que serve a Próstata O que é e para que serve a Próstata A próstata é uma glândula que faz parte do aparelho genital masculino. Está localizada abaixo da bexiga, atravessada pela uretra. Seu tamanho e forma correspondem a

Leia mais

LEGANCE (Butylene glycol Zingiber zerumbet Extract)

LEGANCE (Butylene glycol Zingiber zerumbet Extract) LEGANCE (Butylene glycol Zingiber zerumbet Extract) TRATAMENTO GLOBAL PARA BELEZA DAS PERNAS: TESTADO POR ANGIOLOGISTA AVALIAÇÃO DA MICROCIRCULAÇÃO POR LASER DOPPLER PRÉ E PÓS CIRURGIAS VASCULARES E TRATAMENTO

Leia mais

Conheça algumas doenças tipicamente femininas

Conheça algumas doenças tipicamente femininas Uol - SP 03/12/2014-11:51 Conheça algumas doenças tipicamente femininas Da Redação ANSIEDADE: este transtorno mental é caracterizado por preocupações, tensões ou medos exagerados, sensação contínua de

Leia mais

Caraterização das Infeções Vaginais incidência e prevalência

Caraterização das Infeções Vaginais incidência e prevalência Caraterização das Infeções Vaginais incidência e prevalência CANDIDÍASE VULVO-VAGINAL INFEÇÕES VAGINAIS - Enquadramento Sintomatologia do trato genital inferior Modificações patológicas ou mesmo fisiológicas

Leia mais

Cap. 8: A arquitetura corporal dos animais. Equipe de Biologia

Cap. 8: A arquitetura corporal dos animais. Equipe de Biologia Cap. 8: A arquitetura corporal dos animais Equipe de Biologia Histologia Estuda os tecidos orgânicos. Tecido: Agrupamento de células com as mesmas características e função. Além de suas próprias células,

Leia mais

A fase inicial do câncer de próstata apresenta uma evolução silenciosa e não causa sintomas, mas alguns sinais merecem atenção:

A fase inicial do câncer de próstata apresenta uma evolução silenciosa e não causa sintomas, mas alguns sinais merecem atenção: Novembro Azul O movimento mundialmente conhecido como Novembro Azul ou Movember visa conscientizar os homens sobre a importância da prevenção do câncer de próstata e tem o bigode como símbolo adotado para

Leia mais

Um encontro com o futuro

Um encontro com o futuro Um encontro com o futuro Catálogo de Produtos - PODOLOGIA Ultra Blue IS 600 mw É um equipamento que utiliza tecnologia LED especialmente indicado na podologia para reparação de unhas quebradas ou deformadas,

Leia mais

Concentre Coralline. Estudos: 1- Biodisponibilidade do Cálcio: Medida da penetração de diferentes fontes de cálcio nas células. Concentre Coralline:

Concentre Coralline. Estudos: 1- Biodisponibilidade do Cálcio: Medida da penetração de diferentes fontes de cálcio nas células. Concentre Coralline: Concentre Coralline É o extrato aquoso da Corallina officinalis., rico em cálcio e que oferece uma notável e imediata disponibilidade desse elemento para as células. Além do cálcio, Concentre Coralline

Leia mais

Bexiga Hiperativa: Diagnóstico e Tratamento. Marcelle Rodrigues Pereira R2 Orientadora: Dra. Rebecca Sotelo

Bexiga Hiperativa: Diagnóstico e Tratamento. Marcelle Rodrigues Pereira R2 Orientadora: Dra. Rebecca Sotelo Bexiga Hiperativa: Diagnóstico e Tratamento Marcelle Rodrigues Pereira R2 Orientadora: Dra. Rebecca Sotelo Diagnóstico Síndrome clínica que constitui-se por urgência, frequência e noctúria com ou sem incontinência

Leia mais

LASER DE ALTA INTENSIDADE A REVOLUÇÃO NA TECNOLOGIA DO LASER TERAPÊUTICO

LASER DE ALTA INTENSIDADE A REVOLUÇÃO NA TECNOLOGIA DO LASER TERAPÊUTICO LASER DE ALTA INTENSIDADE A REVOLUÇÃO NA TECNOLOGIA DO LASER TERAPÊUTICO geral@btlportugal.pt www.btlportugal.pt Todos os direitos reservados. Apesar de todo o cuidado em fornecer informação precisa e

Leia mais

SISTEMA REPRODUTOR HUMANO. Prof. Me. Cristino Rêgo 8º ANO Ensino Fundamental II

SISTEMA REPRODUTOR HUMANO. Prof. Me. Cristino Rêgo 8º ANO Ensino Fundamental II SISTEMA REPRODUTOR HUMANO Prof. Me. Cristino Rêgo 8º ANO Ensino Fundamental II SISTEMA REPRODUTOR MASCULINO FUNÇÕES BÁSICAS Produção de gametas (espermatogênese) Produção de hormônio (testosterona) Condução

Leia mais

Atualização em Terapêutica Dermatológica 1. Sulfato de zinco

Atualização em Terapêutica Dermatológica 1. Sulfato de zinco Atualização em Terapêutica Dermatológica 1 Sulfato de zinco Tratamento eficaz, seguro e de baixo custo para ceratose actínica, reduzindo a chance de progressão de células de carcinoma escamoso invasivo

Leia mais

P â ar metros de avalili ã aç o e en ermagem no trat amen o de B q ra i u titerapi pia

P â ar metros de avalili ã aç o e en ermagem no trat amen o de B q ra i u titerapi pia Enfª Sabrina Rosa de Lima E-mail: sabrina_rosa22@hotmail.com.br rosa22@hotmail Parâmetros de avaliação de enfermagem no tratamento t t de Braquiterapia BRAQUITERAPIA É o tratamento radioterápico onde a

Leia mais

Epiderme: Encontra-se na camada papilar da derme e pode adquirir espessuras diferentes em determinadas partes do corpo humano.

Epiderme: Encontra-se na camada papilar da derme e pode adquirir espessuras diferentes em determinadas partes do corpo humano. Sistema Tegumentar Epiderme: Encontra-se na camada papilar da derme e pode adquirir espessuras diferentes em determinadas partes do corpo humano. Esse sistema do corpo humano, também conhecido como pele,

Leia mais

Qualidade Precisão Segurança Experiência ESTADO DA ARTE. ALTA FREQUÊNCIA de 4MHz

Qualidade Precisão Segurança Experiência ESTADO DA ARTE. ALTA FREQUÊNCIA de 4MHz Qualidade Precisão Segurança Experiência ESTADO DA ARTE ALTA FREQUÊNCIA de 4MHz ANVISA 10 362610011 Wavetronic 6000 Touch, Eletrocirurgia de Alta Frequência tecnologia de 4MHz e exclusivo controle por

Leia mais

Reparo. Cicatrização e Regeneração. Profa. Dra. Katia Calvi Lenzi de Almeida

Reparo. Cicatrização e Regeneração. Profa. Dra. Katia Calvi Lenzi de Almeida Reparo Cicatrização e Regeneração Profa. Dra. Katia Calvi Lenzi de Almeida Regeneração Conceito Substituição do tecido morto ou lesado por células parenquimatosas do mesmo tipo, restituindo-se a estrutura

Leia mais

Prostatic Stromal Neoplasms: Differential Diagnosis of Cystic and Solid Prostatic and Periprostatic Masses

Prostatic Stromal Neoplasms: Differential Diagnosis of Cystic and Solid Prostatic and Periprostatic Masses Universidade Federal de São Paulo Escola Paulista de Medicina Departamento de Diagnóstico por Imagem Setor Abdome Prostatic Stromal Neoplasms: Differential Diagnosis of Cystic and Solid Prostatic and Periprostatic

Leia mais

BIOMODULAÇÃO NOS PROCEDIMENTOS PÓS-OPERATÓRIOS EM CIRURGIA PLÁSTICA. Profa. Maria Helena Lourenço Monteiro Pimenta Rossi

BIOMODULAÇÃO NOS PROCEDIMENTOS PÓS-OPERATÓRIOS EM CIRURGIA PLÁSTICA. Profa. Maria Helena Lourenço Monteiro Pimenta Rossi BIOMODULAÇÃO NOS PROCEDIMENTOS PÓS-OPERATÓRIOS EM CIRURGIA PLÁSTICA Profa. Maria Helena Lourenço Monteiro Pimenta Rossi A FOTOTERAPIA é considerada uma das maiores revoluções tecnológicas para as ciências

Leia mais

DRA. DOLORES GONZALEZ FABRA

DRA. DOLORES GONZALEZ FABRA DRA. DOLORES GONZALEZ FABRA MÉDICA RESPONSÁVEL PELA DERMATOCOSMIATRIA DA FACULDADE DE MEDICINA DO ABC. SERVIÇO DO PROF. LUIZ HENRIQUE C. PASCHOAL Musculatura de Expressão Facial x Toxina Botulínica Dra

Leia mais

Abordagem contemporânea da Bexiga hiperativa refratária

Abordagem contemporânea da Bexiga hiperativa refratária Abordagem contemporânea da Bexiga hiperativa refratária 43 anos, casada, gerente comercial Urgência miccional com perdas há 6 anos Intervalo entre as micções 1 hora Noctúria 3x/noite com perdas ao se levantar

Leia mais

Um encontro com o futuro

Um encontro com o futuro Um encontro com o futuro PROTOCOLOS NA ESTÉTICA - Corporal 1 2 3 Papel da Luz no Estímulo ao Colágeno Leds Azuis: A absorção da luz pelas células leva ao aparecimento de radicais livres de oxigênio (O--)

Leia mais

Prof. Ms. Marcelo Lima. Site:

Prof. Ms. Marcelo Lima.   Site: Prof. Ms. Marcelo Lima E-mail: profmarcelolima@yahoo.com.br Site: www.profmarcelolima.webnode.com.br INTRODUÇÃO 1. Funções: Proteção abrasões, perda de líquido, substâncias nocivas e microorganismos. Regulação

Leia mais

Cursos de Graduação em Farmácia e Enfermagem

Cursos de Graduação em Farmácia e Enfermagem Cursos de Graduação em Farmácia e Enfermagem Disciplina: Patologia Geral http://lucinei.wikispaces.com Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira 2012 ALTERAÇÕES DO CRESCIMENTO ALTERAÇÕES DA DIFERENCIAÇÃO CELULAR

Leia mais

Depilação a Laser

Depilação a Laser Depilação a Laser Depilação a laser é um dos procedimentos cosméticos mais comuns. Existem pelos indesejáveis em diversas regiões do corpo. Em geral, as pessoas encaram a presença de pelos em determinadas

Leia mais

Incontinência urinária Resumo de diretriz NHG M46 (setembro 2006)

Incontinência urinária Resumo de diretriz NHG M46 (setembro 2006) Incontinência urinária Resumo de diretriz NHG M46 (setembro 2006) Lagro-Janssen ALM, Breedveldt Boer HP, Van Dongen JJAM, Lemain TJJ, Teunissen D, Van Pinxteren B traduzido do original em holandês por

Leia mais

CRIOFREQUÊNCIA: A Sinergia entre a Radiofrequência 1050w e frio -10graus. Dra. Priscila Ferrari

CRIOFREQUÊNCIA: A Sinergia entre a Radiofrequência 1050w e frio -10graus. Dra. Priscila Ferrari CRIOFREQUÊNCIA: A Sinergia entre a Radiofrequência 1050w e frio -10graus Dra. Priscila Ferrari INSTAGRAM @pri_ferrari : HISTÓRIA DA RADIOFREQUÊNCIA : : 2002 1º FDA para foto rejuvenescimento Thermacool

Leia mais

aprendendo por imagem

aprendendo por imagem aprendendo por imagem Convivendo com a Incontinência Urinária Dr. Juliano Moro, Dr. Osamu Ikari Disciplina de Urologia, FCM UNICAMP Paciente de 56 anos, do sexo feminina com incontinência urinária desde

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina VET107 Anatomia e Fisiologia Animal

Programa Analítico de Disciplina VET107 Anatomia e Fisiologia Animal Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Veterinária - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas:

Leia mais

Lifting da Face - Terço Médio

Lifting da Face - Terço Médio Lifting da Face - Terço Médio A identidade humana é determinada primeiramente pelo rosto sua estrutura, aparência e expressões. As alterações determinadas pela idade que afetam a aparência do rosto podem

Leia mais

Áquila Lopes Gouvêa Enfermeira da Equipe de Controle de Dor Instituto Central do Hospital das Clínica da Faculdade de Medicina da USP

Áquila Lopes Gouvêa Enfermeira da Equipe de Controle de Dor Instituto Central do Hospital das Clínica da Faculdade de Medicina da USP SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ASSISTÊNCIA MULDISCIPLINAR AO PACIENTE POLITRAUMATIZADO Áquila Lopes Gouvêa Enfermeira da Equipe de Controle de Dor Instituto Central do Hospital das Clínica da Faculdade de Medicina

Leia mais

Conheça! TimeWise. Repair

Conheça! TimeWise. Repair Conheça! TimeWise Repair A última inovação da Mary Kay em cuidados com a pele A inovação Foco em sinais de idade avançados Atua combatendo as causas desses sinais Redução da aparência de linhas profundas

Leia mais

Fisiologia do Envelhecimento. Cristiane Hernandes da Silva Coordenação da Atenção ao Adulto e Idoso SMSA PBH 2009

Fisiologia do Envelhecimento. Cristiane Hernandes da Silva Coordenação da Atenção ao Adulto e Idoso SMSA PBH 2009 Fisiologia do Envelhecimento Cristiane Hernandes da Silva Coordenação da Atenção ao Adulto e Idoso SMSA PBH 2009 Pirâmides Etárias - Diferentes Regiões Globais anos: 2000 2050 Fonte: ONU Fisiologia do

Leia mais

Métodos. ''Anticoncepcionais''

Métodos. ''Anticoncepcionais'' Métodos ''Anticoncepcionais'' Os contraceptivos são as principais ferramentas de planejamento familiar. Para saber qual método adotar a mulher deve seguir as orientações de um médico, que levará em consideração

Leia mais

LITERATURA COLÁGENO HIDROLISADO PEPTÍDEOS DE COLÁGENO PEPTAN COLAGENO DO TIPO I

LITERATURA COLÁGENO HIDROLISADO PEPTÍDEOS DE COLÁGENO PEPTAN COLAGENO DO TIPO I COLÁGENO HIDROLISADO PEPTÍDEOS DE COLÁGENO PEPTAN COLAGENO DO TIPO I Uso: Interno/Externo Fator de Correção: Não se aplica Fator de Equivalência: Não se aplica Conhecendo o Colágeno O colágeno é uma proteína

Leia mais

TOP 10 RAZÕES PARA BEBER GEL DE ALOE VERA

TOP 10 RAZÕES PARA BEBER GEL DE ALOE VERA TOP 10 RAZÕES PARA BEBER GEL DE ALOE VERA Gel de Aloe Vera Imagine cortar uma folha de babosa e consumir o gel diretamente da planta. Um produto certificado pela Forever Living, o Aloe Vera Gel está tão

Leia mais

TECIDO CONJUNTIVO São responsáveis pelo estabelecimento e

TECIDO CONJUNTIVO São responsáveis pelo estabelecimento e Prof. Bruno Pires TECIDO CONJUNTIVO São responsáveis pelo estabelecimento e do corpo. Isso ocorre pela presença de um conjunto de moléculas que conectam esse tecido aos outros, por meio da sua. Estruturalmente

Leia mais

Sistemas e Serviços de Saúde Plano Nacional de Saúde, Dados Isabel de Souza 2. Isabel de Souza 09 às 13

Sistemas e Serviços de Saúde Plano Nacional de Saúde, Dados Isabel de Souza 2. Isabel de Souza 09 às 13 Posgraduação em Fisioterapia na Saúde da mulher_015 Ano 015 Inicio 16 de janeiro Fim 8 de novembro Mês Dias Introdução e Temas Complementar es à Saúde da Mulher : Sistemas de saúde, Gestão e marketing

Leia mais

Cuidado para a Região dos Olhos

Cuidado para a Região dos Olhos Cuidado para a Região dos Olhos Sobre a Área dos Olhos É indiscutível: a região em volta dos olhos é uma das primeiras a sentir os sinais do tempo. Essa área, que está em constante movimento, sofre um

Leia mais

TESTE DE AVALIAÇÃO. 02 novembro 2013 Duração: 30 minutos. Organização NOME: Escolha, por favor, a resposta que considera correta.

TESTE DE AVALIAÇÃO. 02 novembro 2013 Duração: 30 minutos. Organização NOME: Escolha, por favor, a resposta que considera correta. TESTE DE AVALIAÇÃO 02 novembro 2013 Duração: 30 minutos NOME: Escolha, por favor, a resposta que considera correta. 1. São indicação para a realização de RM todas as situações, excepto: ( 1 ) Mulher com

Leia mais

Protocolos e Indicações Clínicas do Laser de Diodo Cirúrgico

Protocolos e Indicações Clínicas do Laser de Diodo Cirúrgico s e Indicações Clínicas do Laser de Diodo Cirúrgico Nu Profa. Dra. Luciana Almeida Lopes e Prof. Dr. Hermes Pretel São Carlos 2009 Visite nosso site: www.nupen.com.br Nu Melanoplastia Melanoplastia, também

Leia mais

por apresentarem contração paradoxal do AP no primeiro atendimento fisioterapêutico; duas gestantes, por parto prematuro; duas, pela ocorrência

por apresentarem contração paradoxal do AP no primeiro atendimento fisioterapêutico; duas gestantes, por parto prematuro; duas, pela ocorrência 41 A série inicial de pacientes foi composta de 70 gestantes. Excluíramse 10 mulheres que participaram do estudo-piloto, sendo que nove mulheres, por apresentarem contração paradoxal do AP no primeiro

Leia mais

Células primitivas. Capacidade de auto- regeneração. Diferenciação em múltiplos fenótipos celulares/ linhagens

Células primitivas. Capacidade de auto- regeneração. Diferenciação em múltiplos fenótipos celulares/ linhagens Células primitivas Capacidade de auto- regeneração Diferenciação em múltiplos fenótipos celulares/ linhagens Embrionária Mesenquimal Placentária Derivadas do líquido amniótico Cordão umbilical Progenitoras

Leia mais

Sustentação do corpo Proteção dos órgãos nobres Cérebro Pulmões Coração.

Sustentação do corpo Proteção dos órgãos nobres Cérebro Pulmões Coração. ESQUELETO ARTICULAÇÃO LESÕES MUSCULARES, ESQUELÉTICAS E ARTICULARES Sustentação do corpo Proteção dos órgãos nobres Cérebro Pulmões Coração. Junção de ossos (dois ou mais) Estruturas Ligamentos Ligar ossos

Leia mais

MENOPAUSA E PELE. Dra Cintia Lima Procopio

MENOPAUSA E PELE. Dra Cintia Lima Procopio MENOPAUSA E PELE Dra Cintia Lima Procopio Graduação em Medicina pela Universidade de Cuiabá- UNIC. Pós-graduação em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro- UFRJ Titulo de Especialista

Leia mais

CATETERISMO CARDÍACO. Prof. Claudia Witzel

CATETERISMO CARDÍACO. Prof. Claudia Witzel CATETERISMO CARDÍACO CATETERISMO CARDÍACO Método diagnóstico invasivo É avaliada a presença ou não de estreitamentos nas artérias coronárias secundário às "placas de gordura" além do funcionamento das

Leia mais

IDEALIFT (Butylene Glycol Water Sorbitan Laurate hydroxyethylcellulose Acetyl Dipeptide-1 Cetyl Ester)

IDEALIFT (Butylene Glycol Water Sorbitan Laurate hydroxyethylcellulose Acetyl Dipeptide-1 Cetyl Ester) (Butylene Glycol Water Sorbitan Laurate hydroxyethylcellulose Acetyl Dipeptide-1 Cetyl Ester) COMBATE O EFEITO BOCHECHA DE BULDOGUE LIFTING PERCEPTÍVEL APÓS APENAS 1 MÊS DE USO PROMOVE RECONSTRUÇÃO DO

Leia mais

22 - Como se diagnostica um câncer? nódulos Nódulos: Endoscopia digestiva alta e colonoscopia

22 - Como se diagnostica um câncer? nódulos Nódulos: Endoscopia digestiva alta e colonoscopia 22 - Como se diagnostica um câncer? Antes de responder tecnicamente sobre métodos usados para o diagnóstico do câncer, é importante destacar como se suspeita de sua presença. As situações mais comuns que

Leia mais

Asma Brônquica. Profº. Enfº Diógenes Trevizan Especialização Urgência e Emergência

Asma Brônquica. Profº. Enfº Diógenes Trevizan Especialização Urgência e Emergência Asma Brônquica Profº. Enfº Diógenes Trevizan Especialização Urgência e Emergência Conceito: Doença caracterizada por ataques agudos e recorrentes de dispnéia, tosse e expectoração tipo mucóide. A falta

Leia mais

Peeling Químico - Médio

Peeling Químico - Médio Peeling Químico - Médio Os peelings químicos são um dos procedimentos cosméticos não invasivos mais populares realizados para rejuvenescer a aparência da pele. Com o tempo, fatores como danos causados

Leia mais

Workshops 06 de abril de 2017

Workshops 06 de abril de 2017 Workshops 06 de abril de 2017 Workshop 1 Ultra-Sonografia em Assoalho Pélvico / Pelvic Floor US Workshop Coordenador: Dr. Arceu Scanavini Neto Dia e horário: 06 de abril de 2017 08h00 as 16h30 Carga horária:

Leia mais

Biomecânica do Tecido Muscular

Biomecânica do Tecido Muscular Biomecânica do Tecido Muscular Ricardo Martins de Souza 2013 Biomecânica do Tecido Muscular 1 Unidade Motora Na coordenação da contração de todas as fibras é feita através de um subdivisão em unidades

Leia mais

Sistema reprodutor masculino e feminino: origem, organização geral e histologia

Sistema reprodutor masculino e feminino: origem, organização geral e histologia Sistema reprodutor masculino e feminino: origem, organização geral e histologia CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS DOS SISTEMAS TEGUMENTAR, LOCOMOTOR E REPRODUTOR Profa. Msc. Ângela Cristina Ito Sistema reprodutor

Leia mais

NANOFACTOR C Sodium Ascorbyl Phosphate Decapeptide 4

NANOFACTOR C Sodium Ascorbyl Phosphate Decapeptide 4 NANOFACTOR C Sodium Ascorbyl Phosphate Decapeptide 4 A forma mais ESTÁVEL da VITAMINA C potencializada com FATOR DE CRESCIMENTO (PEPTÍDEO BIOIDÊNTICO ) NANOLIPOSSOMADO elevada ESTABILIDADE e BIODISPONIBILIDADE

Leia mais