Syndicate Manual do Jogo para PC

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Syndicate Manual do Jogo para PC"

Transcrição

1 Syndicate Manual do Jogo para PC 3 Introdução 4 Menu Principal 6 ecrã do Jogo 8 diário 9 combate 11 Invasão 1

2 Syndicate Manual do Jogo para PC 16 Melhorias 17 objectos Coleccionáveis 18 co-op Mode (Modo Cooperação) 19 Menu Co-op (Cooperação) 23 co-op Lobby (Sala de Espera do Modo Cooperação) 26 desbloqueáveis do modo cooperação 2

3 Introdução O negócio é a guerra No Syndicate, jogas como Miles Kilo, um exército de um homem só, apanhado no meio de uma guerra corporativa pelo poder e influência. Rodeado de corrupção e fraude, só podes confiar na tua inteligência e na tecnologia de ponta de bio-chips DART-6 implantada no teu cérebro. Armado com o mais avançado armamento da era digital, podes abrandar o tempo, invadir o mundo digital que te rodeia e atacar inimigos com técnicas sofisticadas de invasão informática. Nada te impedirá de descobrir a verdade. 3

4 Menu Principal Para jogares no modo para um jogador, seleciona CAMPAIGN (Campanha). Para jogares no modo cooperação, seleciona CO-OP (Cooperação). No submenu de Campanha, seleciona NEW GAME (Novo Jogo) para começares uma partida nova, CONTINUE CAMPAIGN (Continuar Campanha) para carregares o teu jogo guardado mais recente, ou CHAPTER SELECT (Selecionar Capítulo) para carregares um capítulo que já jogaste. 4

5 Menu Principal Options (Opções) O menu de Opções divide-se em quatro secções. Game (Jogo) Video (Vídeo) Audio (Áudio) Alternar a vibração do controlador, a ajuda à pontaria e as legendas. ajustar os níveis gama ou de contraste, definições gráficas e resolução do jogo. ajustar o volume principal e da música ou alternar entre diferentes perfis de colunas de som. Controls (Controlos) ajustar a sensibilidade dos eixos X e Y e os níveis de aceleração. Também podes inverter a visualização; alterar a disposição do rato ou teclado; ou ajustar a sensibilidade do rato. 5

6 Ecrã do Jogo HUD Principal Notificação de atualização Marcador de objetivo Modo Breach (Invasão) Energia DART Overlay Atualizações DART-6 6

7 Ecrã do Jogo Modo Breach (Invasão) As capacidades destacadas indicam a capacidade de invasão atualmente selecionada. Alterna entre as três premindo 1, 2, or 3. Atualizações DART-6 À medida que derrotas inimigos hostis, o DART-6 indica a tecnologia que acumulaste com base na precisão, estilo e método de eliminação dos inimigos. Quanto mais avançado for o método de execução, mais energia é recuperada para as capacidades de invasão e o DART Overlay. Energia DART Overlay Este indicador mede a quantidade restante de energia para o DART Overlay. Esta energia é regenerada automaticamente ao longo do tempo e é reposta quando matas inimigos. 7

8 Diário Para acederes ao Diário, prime TAB. Aqui podes melhorar o bio-chip DART-6, consultar os teus objetivos e aceder a uma base de dados de conhecimentos dentro do jogo através dos ecrãs Agent (Agente) e Infobank (Banco de Informações). Os atuais objetivos são apresentados no fundo do ecrã. Agent (Agente) Escolhe de entre uma variedade de melhoramentos para o bio-chip DART-6. Infobank (Banco de Informações) O Infobank é uma base de dados que organiza e apresenta todas as informações relevantes que encontras no mundo de jogo. Consulta-o para obteres descrições mais detalhadas das pessoas, locais e tecnologia importantes nesta sociedade do futuro. É também aqui que são registados todos os objetos colecionáveis adquiridos. 8

9 Combate DART Overlay O DART Overlay destaca inimigos, armas e alvos atacáveis depois de os avistares mesmo através de paredes. Também acelera as tuas reações, para que os inimigos pareçam mover-se mais devagar. Enquanto o DART Overlay está ativo, sofres menos 10 % de danos e provocas 10 % mais. No modo cooperação, o DART Overlay destaca os inimigos avistados pela tua equipa, bem como todas as armas e alvos que podes invadir. Também aumenta o teu débito de danos e a velocidade a que invades alvos em 10 %. Proteger-se Quando enfrentas uma rajada de tiros do inimigo, protege-te atrás de superfícies baixas. Para te agachares perto de superfície baixas, prime CTRL. Para subitamente saíres da proteção e disparares contra o inimigo, clica com o botão direito e mantém. 9

10 Combate Tiro Alternativo A maior parte das armas tem um modo de tiro alternativo que é ativado premindo V. Alguns modos de tiro alternativo afetam a cadência de tiro ou mudam completamente o tipo de munições. Faz experiências com todas as armas que encontrares para descobrires novas maneiras de as utilizares. Ataque Corpo a corpo Se estás a ficar com poucas munições, podes sempre usar os punhos. Para fazeres um ataque corpo-a-corpo mortal, aproxima-te e clica na roda do rato. Quando estiveres completamente desarmado, o teu ataque corpo-a-corpo desarma o inimigo e adiciona a sua arma ao teu arsenal. 10

11 Invasão Capacidades de Invasão Tens três potentes capacidades de invasão ao teu dispor. Alterna entre estas capacidades premindo 1, 2, or 3. Para usares a capacidade selecionada, mantém E premido enquanto um alvo passível de invasão está destacado no ecrã até o indicador ficar cheio. A utilização destas capacidades esvazia a reserva de energia individual de cada uma. Matar inimigos repõe energia nas três capacidades de invasão a velocidades diferentes. O DART Overlay mostra o fluxo de energia dos inimigos derrotados como dados digitais azuis. Breach Spike (Pico de Invasão) Para iniciares um Breach Spike, liberta E quando o indicador atingir a zona crítica indicada pela secção a branco. Se conseguires executar um Breach Spike executa a invasão e repõe ligeiramente a energia das três capacidades de invasão. 11

12 Invasão Backfire (Ricochete) O Backfire faz as munições das armas inimigas detonarem, atordoando o inimigo por breves segundos e infligindo danos. Logo a seguir, os inimigos sofrem o dobro dos dados de ataques durante um curto espaço de tempo. Suicide (Suicídio) Suicide ignora o bio-chip do alvo e obriga-o a suicidar-se. Persuade (Persuadir) O alvo desta capacidade sofre uma lavagem ao cérebro, tornando-se teu aliado e atacando os seus companheiros de equipa. Quando todos os inimigos das imediações forem eliminados, o alvo comete suicídio. 12

13 Invasão Interagir com o ambiente A invasão é o segredo para abrir certas portas, ativar elevadores e interagir com painéis de controlo. Uma grande variedade de mecanismos e puzzles requer que uses a tua capacidade de invasão para avançar. Neutralizar ameaças Granadas despoletadas, minas e torreões automatizados são alguns dos perigos que encontrarás em campo. Usa a invasão para neutralizar ou ativar explosivos. Ativa minas a uma distância segura para apanhares o inimigo desprevenido, e invade os torreões hostis para que se voltem contra o inimigo. 13

14 Invasão Liquid Armor (Armadura Líquida) A armadura líquida protege os drones UAV e os inimigos de alto nível. Invade o alvo para desativares a sua armadura líquida e os deixares vulneráveis a ataques. Certos inimigos possuem várias camadas de armadura líquida que deve ser invadida repetidamente antes do inimigo poder ser derrotado. Os inimigos equipados com armadura líquida possuem barras de saúde que indicam a força da sua armadura com segmentos destacados. A invasão proporciona-te uma janela de oportunidade temporária para abrir fogo e ultrapassar essas camadas de armadura. Não destruíres um inimigo durante esta janela de oportunidade tem como resultado o inimigo regenerar a sua armadura e repor esse segmento de saúde. 14

15 Invasão Jamming (Bloqueio) Alguns inimigos estão equipados com bloqueadores de invasão instalados em mochilas. Eles podem ser identificados à distância por uma esfera de distorção visível. Estes alvos e os das imediações não podem ser invadidos até a origem do bloqueio ser neutralizada. Quando mais te aproximares de um bloqueador mais o ecrã do teu DART-6 sofre interferências. 15

16 Melhorias À medida que avanças no jogo poderás melhorar as tuas capacidades. Os melhoramentos aumentam a eficiência da tua energia, melhoram o desempenho em combate ou concedem capacidades totalmente novas. Compra novos melhoramentos com pontos adquiridos por executares Chip-Rip nos inimigos. Criar uma rede de ligações entre certos melhoramentos concede um bónus à tua saúde. Chip-Rip Certos inimigos que encontras possuem bio-chips avançados. Para extraíres a sua valiosa tecnologia, reduz a sua saúde até ficarem atordoados. Enquanto estão vulneráveis, aproxima-te e extrai o bio-chip do cérebro da tua vítima. Coleciona bio-chips para desbloqueares melhoramentos adicionais. 16

17 Objectos Coleccionáveis Os objetos colecionáveis estão espalhados pelo jogo. À medida que os descobres, são adicionados à base de dados Infobank, onde podem ser consultados a qualquer altura. Business Cards (Cartões Comerciais) Estes cartões comerciais de tecnologia de ponta projetam bustos holográficos. Coleciona-os para descobrires mais sobre as diversas personagens importantes que estão envolvidas nos acontecimentos do jogo. Propaganda Tags (Tags de Propaganda) Podes encontrar tags de graffiti ocultos em diversas paredes espalhadas pelo mundo. Podes revelá-los ativando o DART Overlay e adicionando-os ao Infobank. Os tags da resistência contêm propaganda anti-syndicate destinadas a fomentar o descontentamento. Os tags dos Syndicates promovem subliminarmente os programas das empresas. 17

18 Co-op Mode (Modo Cooperação) Faz equipa e elimina a concorrência Joga missões reimaginadas do Syndicate original com os teus amigos no modo Co-op (Cooperação). Trabalha em conjunto para vencer a oposição em nove mapas diferentes, inspirados diretamente no jogo original. Compitam entre si pela maior quantidade de mortes e pontos enquanto desbloqueiam novas capacidades e melhoramentos para as armas. 18

19 Menu Co-op (Cooperação) Wall (Mural) O Mural mantém-te atualizado sobre as novidades do Syndicate. Aqui encontrarás informações e notícias, tais como investigações concluídas, novos membros que entram para o teu Syndicate, desafios pessoais e Contracts (Contratos). Lobby (Sala de Espera) Escolhe de entre uma variedade de definições para criares e personalizares uma partida em cooperação. 19

20 Menu Co-op (Cooperação) Agent (Agente) Aqui podes encontrar informações sobre o teu progresso em cooperação e desempenho. Também podes personalizar o equipamento e capacidades da tua personagem em cooperação, de entre as seguintes opções. Chip Upgrades (Melhoramentos ao Chip) Weapon Research (Investigação de Armas) Mudar o equipamento do teu Agente, melhorar capacidades existentes ou adquirir novas capacidades. Compra Melhoramentos ao Chip com os pontos que ganhas quando és promovido a um novo posto. Aceder a uma lista de todas as armas do jogo. Além de descrições detalhadas dos seus atributos, também podes ver uma lista de planos de melhoramento adquiridos para cada arma e decidir qual investigarás a seguir. 20

21 Menu Co-op (Cooperação) Application Research Encontras aqui as aplicações do modo cooperação e as suas funcionalidades. (Investigação as aplicações concedem uma vasta gama de capacidades. Estas podem ser de Aplicações) ofensivas ou defensivas, ou oferecer apoio para a tua equipa de cooperação. São concedidas novas aplicações e fichas quando cumpres missões. Gasta fichas para melhorares aplicações através de investigação para aumentares a sua eficácia. Ganhas fichas na primeira vez que cumpres uma missão com sucesso em cada nível de dificuldade. Recebes três fichas pelo modo Normal, quatro pelo Hard (Difícil) e cinco pelo Expert (Especialista). Stats (Estatísticas) Aqui podes encontrar estatísticas detalhadas do teu desempenho em cooperação e as classificações. 21

22 Menu Co-op (Cooperação) Syndicate Os Syndicates são clãs que podes criar com os teus amigos. Podes personalizar o nome do teu Syndicate, o seu tag e logótipo para criar uma identidade única para te e os teus amigos online. Infobank (Banco de Informações) O Infobank apresenta as informações acumuladas nos modos Campaign (Campanha) e Co-op (Cooperação). 22

23 Co-op Lobby (Sala de Espera do Modo Cooperação) Definições Personaliza a partida cooperativa de acordo com as tuas especificações, ou vê uma lista dos teus amigos e o seu estado Online. Play Quick Match (Jogar Partida Rápida) Inicia uma partida cooperativa com as definições atuais. 23

24 Co-op Lobby (Sala de Espera do Modo Cooperação) Map Selection (Seleção do Mapa) Escolhe de entre os mapas disponíveis ou define como Random (Aleatório). A história do modo cooperação tem três atos, mas só o primeiro capítulo do primeiro ato está disponível desde o início. Desbloqueia os capítulos restantes e os níveis de dificuldade mais altos cumprindo as missões disponíveis. Podes sempre participar nos jogos dos teus amigos, mesmo que ainda não tenhas desbloqueado uma missão ou nível de dificuldade específicos. 24

25 Co-op Lobby (Sala de Espera do Modo Cooperação) Dificuldade Define a dificuldade da missão. Quanto mais estrelas, mais difícil será a missão. Create Private Game (Criar Jogo Privado) Escolhe esta opção em vez de Play Quick Match (Jogar Partida Rápida) para garantir que só os teus amigos podem participar. 25

26 Desbloqueáveis do modo Cooperação Desafios Cumpre os diversos desafios executando ações específicas ou conseguinte um certo número de mortes com cada arma. Cumprir desafios recompensa-te com experiência adicional. Contracts (Contratos) Os contratos são-te atribuídos se os jogadores da tua lista de amigos ou o teu Syndicate tiverem um desempenho em combate melhor do que o teu. Ultrapassa o seu desempenho segundo os detalhes de cada Contrato para ganhares mais experiência. 26

27 Desbloqueáveis do modo Cooperação Tokens (Fichas) Há duas variedades de fichas: melhoramento de aplicação e melhoramento de arma. Cumpre missões em todos os níveis de dificuldade para ganhares fichas de melhoramento de aplicações. As fichas de melhoramento de armas são atribuídas quando executas Chip-Rip em inimigos de alto nível e também quando cumpres missões. As fichas são atribuídas a todos os membros da equipa. Usa as fichas para desbloquear novos planos de melhoramentos de armas e aplicações, e também para ganhares novas capacidades no modo Co-op (Cooperação). Os custos em fichas variam consoante o melhoramento de investigação que pretendes desbloquear. 27

28 Desbloqueáveis do modo Cooperação Blueprints (Planos) Usa fichas para comprar uma enorme variedade de planos de melhoramentos de armas e aplicações. As fichas são atribuídas por cumprires missões e por executares Chip-Rip em inimigos de níveis altos. Os planos e projetos mais potentes têm custos maiores em fichas. Antes de poderes usar o melhoramento, deves investigar planos e aplicações. Podes começar a tua investigação manualmente a partir do menu de investigação e colocar diferentes melhoramentos em fila de espera. Caso não tenha sido feita uma seleção manual, os melhoramentos são selecionados automaticamente por ordem. 28

Controlos do Jogo 3 Ecra do Jogo 7 O Combate no Pais das Maravilhas 8. Habilidades 12. Maravilhas no Pais das Maravilhas 14

Controlos do Jogo 3 Ecra do Jogo 7 O Combate no Pais das Maravilhas 8. Habilidades 12. Maravilhas no Pais das Maravilhas 14 Manual Indice Controlos do Jogo 3 Ecra do Jogo 7 O Combate no Pais das Maravilhas 8 Habilidades 12 Maravilhas no Pais das Maravilhas 14 Menu Principal 1 8 Dicas e Truques Gerais 20 2 Controlos de jogo

Leia mais

Instalar o Jogo NotA: para os requisitos de sistema, consulta http://www.ea.com/

Instalar o Jogo NotA: para os requisitos de sistema, consulta http://www.ea.com/ TM Índice O que é o Titanfall?... 2 Controlos... 3 Menu Principal... 7 Entrar num jogo... 7 O que é o Titanfall? Há vários anos que a IMC tem deslocado os cidadãos da Fronteira em busca de recursos naturais,

Leia mais

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor 20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor Manual do Utilizador Professor... 1 1. Conhecer o 20 Escola Digital... 4 2. Autenticação... 6 2.1. Criar um registo na LeYa Educação... 6 2.2. Aceder ao

Leia mais

Guia de Rede MediCap USB300

Guia de Rede MediCap USB300 Guia de Rede MediCap USB300 Aplica-se às versões de firmware 110701 e mais recentes 1 Introdução... 2 Instruções Preliminares... 2 Como Configurar o Acesso Através da Rede ao Disco Rígido do USB300...

Leia mais

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Página 1 Índice Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 1 O que é o EasyReader? 4 Abrir um livro 5 Abrir um novo livro de um CD/DVD 5 Abrir um novo livro

Leia mais

Manual de Access 2007

Manual de Access 2007 Manual de Access 2007 Índice Introdução... 4 Melhor que um conjunto de listas... 5 Amizades com relações... 6 A Estrutura de uma Base de Dados... 8 Ambiente do Microsoft Access 2007... 9 Separadores do

Leia mais

Rato Templarius Gladiator. Manual de instruções

Rato Templarius Gladiator. Manual de instruções Rato Templarius Gladiator Manual de instruções Desenvolvido pela Aerocool para o rato de jogo Templarius Gladiator Copyright 2012 Página Perfis de jogo 1 Opção da taxa de resposta 1 Definição principal

Leia mais

Guia Rápido. Versão 9.0. Mover a perícia - não as pessoas

Guia Rápido. Versão 9.0. Mover a perícia - não as pessoas Guia Rápido Versão 9.0 Mover a perícia - não as pessoas Copyright 2006 Danware Data A/S. Partes utilizadas sob licença de terceiros. Todos os direitos reservados. Revisão do documento: 2006080 Por favor,

Leia mais

Como Iniciar NSZ-GS7. Network Media Player. As imagens de ecrãs, as operações e as especificações estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Como Iniciar NSZ-GS7. Network Media Player. As imagens de ecrãs, as operações e as especificações estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Como Iniciar PT Network Media Player NSZ-GS7 As imagens de ecrãs, as operações e as especificações estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Como Iniciar: LIGAR/EM ESPERA Liga ou desliga o leitor.

Leia mais

Escola Secundária/3 Filipa de Vilhena

Escola Secundária/3 Filipa de Vilhena Inicia o teu computador em Windows e abre a Virtualbox. Corre o Windows 7. Vamos perceber qual o potencial da tecla Windows do nosso teclado. Para isso usa a seguinte combinação de teclas e vê o que sucede.

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2004

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2004 FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos ficheiros com os exemplos deste livro. Reservados todos

Leia mais

Breve história do computador e iniciação ao Microsoft Word

Breve história do computador e iniciação ao Microsoft Word Projecto de Acompanhamento Pedagógico de Internet Escola Superior de Educação de Viana do Castelo - IPVC Breve história do computador e iniciação ao Microsoft Word Já pensaste como surgiu o computador?

Leia mais

PORTO EDITORA AREAL EDITORES LISBOA EDITORA. Manual do Utilizador. Aluno. www.escolavirtual.pt

PORTO EDITORA AREAL EDITORES LISBOA EDITORA. Manual do Utilizador. Aluno. www.escolavirtual.pt PORTO EDITORA AREAL EDITORES LISBOA EDITORA Manual do Utilizador Aluno www.escolavirtual.pt 1 2 www.escolavirtual.pt Índice Escola Virtual Informação para Pais e Educadores 05 Escola Virtual Informação

Leia mais

LeYa Educação Digital

LeYa Educação Digital Índice 1. Conhecer o 20 Aula Digital... 4 2. Registo no 20 Aula Digital... 5 3. Autenticação... 6 4. Página de entrada... 7 4.1. Pesquisar um projeto... 7 4.2. Favoritos... 7 4.3. Aceder a um projeto...

Leia mais

1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento

1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento Configurar o Word FIGURA 1.26 Serviços ligados 1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento O Microsoft Office 2013 apenas tem disponíveis ligações a serviços de armazenamento proprietários da Microsoft.

Leia mais

Game Design: Creepy Castle

Game Design: Creepy Castle Game Design: Creepy Castle Flee or Die Todos Direitos Reservados 2013 Allan Elias Ramos Versão #1.0 12/04/2013 Índice 1. INTRODUÇÃO 3 2. VISÃO GERAL DO JOGO 4 QUANTO AO TIPO DE OBJETOS MANIPULADOS 4 QUANTO

Leia mais

Fancy Battles Game Design Document

Fancy Battles Game Design Document Fancy Battles Game Design Document 2011 Versão 0.1-29/03/2011 Primeira edição 0.2-28/04/2011 Definição de novo Gameplay Regras Controles 0.3-12/05/2011 Alterações no Gameplay Índice 1. Conceito Principal

Leia mais

Game Design: A segurança da humanidade em suas mãos

Game Design: A segurança da humanidade em suas mãos Game Design: A segurança da humanidade em suas mãos Todos Direitos Reservados 2013 Bruno Ruaro Confortin Versão # 1.01 22/04/2013 Índice 1. INTRODUÇÃO 4 2. VISÃO GERAL DO JOGO 5 QUANTO AO TIPO DE OBJETOS

Leia mais

PHC Contabilidade CS

PHC Contabilidade CS PHC Contabilidade CS A execução e o controlo de todas as tarefas contabilísticas da sua empresa ou organização O controlo total das necessidades contabilísticas nas vertentes geral, analítica e orçamental.

Leia mais

Guerras Khan 7: Sangue e Glória. Notas de Lançamento

Guerras Khan 7: Sangue e Glória. Notas de Lançamento Guerras Khan 7: Sangue e Glória Notas de Lançamento Melhoria nas Opções Todos os menus e recursos do menu opções são movidos para um pop-up com nova arte e descrições. Simulador de Batalha O Simulador

Leia mais

Agentes em Counter Strike

Agentes em Counter Strike Agentes Autónomos e Sistemas MultiAgente 2º Semestre, 2008-2009 Departamento de Engenharia Informática Enunciado do projecto Agentes em Counter Strike 27 de Abril de 2009 1 Introdução O objectivo do projecto

Leia mais

Migrar para o Access 2010

Migrar para o Access 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Access 2010 é muito diferente do Access 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as

Leia mais

Introdução à realização de macros

Introdução à realização de macros Introdução à realização de macros 1 Introdução Macros são ações que se executam automaticamente num documento do MS Office, tal como abrir um arquivo, selecionar um campo ou fazer um cálculo, isto é, é

Leia mais

Tutorial para hostear e/ou gerar missões para a GVV usando o BADC

Tutorial para hostear e/ou gerar missões para a GVV usando o BADC Tutorial para hostear e/ou gerar missões para a GVV usando o BADC As missões no sistema BADC são missões cooperativas e, quando lançadas através do HipperLobby, devem ser utilizados os slots da área COOPERATIVE

Leia mais

A corrida da tua vida

A corrida da tua vida Índice 1 Introdução 1 Controlos Predefinidos 2 Ecrã de Jogo 5 Os Carros 5 reposição de Pontos de Controlo 6 Postos de Gasolina 6 driver Abilities (Capacidades do Condutor) 7 driver Profile (Perfil de Condutor)

Leia mais

Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI)

Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI) Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI) 4. Montagem do Computador Disco rígido limpeza; Disco rígido verificação de erros (modo gráfico); Disco rígido verificação de erros (linha de comandos;

Leia mais

MANUAL DO XTRA CONTROLLER PRO

MANUAL DO XTRA CONTROLLER PRO MANUAL DO XTRA CONTROLLER PRO Manual do Xtra Controller Pro 1/10 ÍNDICE Clique em qualquer título deste índice para avançar até à secção correspondente 1. INTRODUÇÃO...3 2. FUNÇÃO TRAVELLING ZOOM...5 3.

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Outubro de 2003 ISBN: 972-8426-76-3 Depósito legal: 202574/03

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Outubro de 2003 ISBN: 972-8426-76-3 Depósito legal: 202574/03 FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos ficheiros com os exemplos deste livro. * O leitor consente,

Leia mais

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011 Manual Profissional BackOffice Mapa de Mesas v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar ZSRest Backoffice... 3 4. Confirmar desenho de mesas... 4 b) Activar mapa de mesas... 4 c) Zonas... 4 5. Desenhar

Leia mais

MANUAL de FORMAÇÃO INICIAÇÃO. Sara Mota Marco Alves

MANUAL de FORMAÇÃO INICIAÇÃO. Sara Mota Marco Alves SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE FORMAÇÃO E ADAPTAÇÕES TECNOLÓGICAS DIVISÃO DE ADAPTAÇÃO ÀS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

Leia mais

2.1.10. Trabalhar com CDs e DVDs

2.1.10. Trabalhar com CDs e DVDs 2.1.10. Trabalhar com CDs e DVDs Os procedimentos utilizados para gravar informação num CD ou num DVD variam conforme a forma como estes forem formatados. A formatação é efectuada em discos vazios e consiste

Leia mais

Migrar para o Excel 2010

Migrar para o Excel 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Excel 2010 é muito diferente do Excel 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as partes

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES:

PERGUNTAS FREQUENTES: PERGUNTAS FREQUENTES: (Para veres as respostas clica na pergunta) 1. O que fazer após a realização da candidatura? 2. Onde posso ver os dados para efectuar o pagamento da candidatura? 3. Como posso actualizar

Leia mais

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO DOMINE A 110% ACCESS 2010 A VISTA BACKSTAGE Assim que é activado o Access, é visualizado o ecrã principal de acesso na nova vista Backstage. Após aceder ao Access 2010, no canto superior esquerdo do Friso,

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Manual do utilizador. Aplicação de agente

Manual do utilizador. Aplicação de agente Manual do utilizador Aplicação de agente Versão 8.0 - Otubro 2010 Aviso legal: A Alcatel, a Lucent, a Alcatel-Lucent e o logótipo Alcatel-Lucent são marcas comerciais da Alcatel-Lucent. Todas as outras

Leia mais

Manual de Administração Intranet BNI

Manual de Administração Intranet BNI Manual de Administração Intranet BNI Fevereiro - 2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Conceitos... 5 3. Funcionamento base da intranet... 7 3.1. Autenticação...8 3.2. Entrada na intranet...8 3.3. O ecrã

Leia mais

INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTO E ACESSO AO SIMULADOR

INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTO E ACESSO AO SIMULADOR INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTO E ACESSO AO SIMULADOR 1 A tua equipa foi escolhida para dirigir uma companhia de produtos de cuidado da pele, cujos acionistas estão localizados na Europa. A tua empresa tem

Leia mais

Informática Aplicada

Informática Aplicada Informática Aplicada SO Windows Aula 3 Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2014 APRESENTAÇÃO Todo computador precisa de um sistema operacional. O Windows

Leia mais

Primeiros Passos com o Windows 10

Primeiros Passos com o Windows 10 Primeiros Passos com o Windows 10 Completou com sucesso a atualização para o Windows 10 e agora pode usar todas as funcionalidades do novo sistema operativo. Queremos dar-lhe uma breve orientação para

Leia mais

Como funciona o Kisom?

Como funciona o Kisom? O que é o Kisom? O Kisom é uma aplicação de música para smartphones que te permite encontrar e ouvires as tuas músicas favoritas de artistas nacionais e internacionais. Guarda e organiza facilmente a tua

Leia mais

Como criar um Utilizador no Windows

Como criar um Utilizador no Windows 2013-05-08 11:00:17 Olá, como estás? Hoje vamos falar de um assunto que te vai ajudar a organizar o teu computador, assim como o dos teus pais, se o utilizares para as tuas aventuras informáticas. Muitas

Leia mais

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Microsoft PowerPoint 2010 Colecção: Software

Leia mais

Manual de Utilização. Site Manager. Tecnologia ao serviço do Mundo Rural

Manual de Utilização. Site Manager. Tecnologia ao serviço do Mundo Rural Manual de Utilização Site Manager Tecnologia ao serviço do Mundo Rural Índice 1. Acesso ao Site Manager...3 2. Construção/Alteração do Menu Principal...4 3. Inserção/ Alteração de Conteúdos...7 4. Upload

Leia mais

Notas de liberação Controle de acesso e software de administração de segurança

Notas de liberação Controle de acesso e software de administração de segurança Controle de acesso e software de administração de segurança DN2028-1111 / Versão 5.01 Copyright 2011 Tyco SA Internacional. e suas Companhias Respectivas. Todos os direitos reservados. Todas as especificações

Leia mais

XD SPA. www.xdsoftware.pt

XD SPA. www.xdsoftware.pt 1. Introdução XD SPA é uma aplicação direcionada à gestão de Institutos de Beleza, Cabeleireiros e SPA s. É desenvolvido na mesma base da aplicação XD POS tirando todo o partido das mesmas funcionalidades

Leia mais

FIGURA 9.5 Definir tipo de rede

FIGURA 9.5 Definir tipo de rede FIREWALLS 289 A grande maioria das firewalls comerciais, assim como as que vamos ver a seguir, por predefinição, bloqueia todas as portas de entrada, de maneira que se quisermos facilitar o acesso ao nosso

Leia mais

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida Português Índice Instalação do Software... 1 Instalação do Controlador e Actualização do Controlador... 4 Motic Images Plus 2.0 ML...11 Calibração

Leia mais

Manual Resumido PR Master. Versão 4.5.12

Manual Resumido PR Master. Versão 4.5.12 Manual Resumido PR Master Versão 4.5.12 Introdução PR Master é o programa de configuração e gestão do sistema de controlo de acessos da Roger. Integra-se com os controladores PRxx1, PRxx2, leitores PRT

Leia mais

TENHA MAIS MÃO NAS SUAS CONTAS

TENHA MAIS MÃO NAS SUAS CONTAS de Finanças Pessoais Dicas para que conheça melhor esta nova ferramenta do activobank TENHA MAIS MÃO NAS SUAS CONTAS 02 ÍNDICE 03 1.VANTAGENS DO Gestor Activo 04 2.ATIVAÇÃO 04 Para ativar 05 Agora que

Leia mais

Guia de instalação do Player Displr Windows 7, 8.1 e 10

Guia de instalação do Player Displr Windows 7, 8.1 e 10 Guia de instalação do Player Displr Windows 7, 8.1 e 10 Versão 1.0 www.displr.com Índice 1- Requisitos mínimos do sistema... 3 2- Preparação da instalação... 3 3- Assistente de instalação... 4 3.1 Bem-vindo

Leia mais

Folha de Cálculo (Excel)

Folha de Cálculo (Excel) Tecnologias de Informação e Comunicação Folha de Cálculo (Excel) Professor: Rafael Vieira. 1. Introdução à folha de cálculo o nome folha de cálculo atribuído a este tipo de programas, deve-se, principalmente,

Leia mais

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo,

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, Módulo POS Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público. Por outras palavras,

Leia mais

My Storage para Microsoft Windows* XP

My Storage para Microsoft Windows* XP A Intel e o respectivo logótipo são marcas ou marcas registadas da Intel Corporation ou das respectivas subsidiárias nos Estados Unidos e noutros países. *Outros nomes e marcas podem ser reivindicados

Leia mais

Escola Secundária/3 Filipa de Vilhena. Exercício 1 - Resolução do ecrã TIC

Escola Secundária/3 Filipa de Vilhena. Exercício 1 - Resolução do ecrã TIC Vamos começar a explorar o Sistema Operativo Windows 7. Após ligares o Computador e o Sistema Operativo terminar de carregar aparecerá no ecrã uma área de trabalho semelhante à seguinte. Exercício 1 -

Leia mais

Os elementos básicos do Word

Os elementos básicos do Word Os elementos básicos do Word 1 Barra de Menus: Permite aceder aos diferentes menus. Barra de ferramentas-padrão As ferramentas de acesso a Ficheiros: Ficheiro novo, Abertura de um documento existente e

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

INOVATELL Documentação sobre a Transferência da Solução Tecnológica (Manual do Utilizador)

INOVATELL Documentação sobre a Transferência da Solução Tecnológica (Manual do Utilizador) Leonardo da Vinci, Projeto de Transferência de Inovação INOVATELL: INOVAtive Touchless technologies in Lifelong Learning for people with severe disabilities Acordo N.º LLP-LDV-TOI-2013-LT-0144 INOVATELL

Leia mais

60 Cartas de Florins (25x 1, 10x 5, 10x 10, 10x 20 e 5x 0 ) 1 Marcador de Dinheiro 1 Marcador de Jogada 1 Tabuleiro de Jogo, mostrando a cidade

60 Cartas de Florins (25x 1, 10x 5, 10x 10, 10x 20 e 5x 0 ) 1 Marcador de Dinheiro 1 Marcador de Jogada 1 Tabuleiro de Jogo, mostrando a cidade 1. Conteúdo Em cinco cores: Mestres Fichas de Trabalhadores 45 Aprendizes (9 por cor) 15 Homens mecânicos 10 Laboratórios: 5 pequenos (3/5 espaços) e 5 grandes (4/6 espaços) 60 Cartas de Componentes (12x

Leia mais

Mapas. Visualização de informação geográfica; Consulta e edição (mediante permissões) de informação geográfica;

Mapas. Visualização de informação geográfica; Consulta e edição (mediante permissões) de informação geográfica; Mapas Destinado especialmente aos Utilizadores do GEOPORTAL, nele são descritas e explicadas as diferentes funcionalidades existentes no FrontOffice (GEOPORTAL). O GEOPORTAL é baseado em tecnologia Web,

Leia mais

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU Imagina que queres criar o teu próprio site. Normalmente, terías que descarregar e instalar software para começar a programar. Com a Webnode não é preciso instalar nada.

Leia mais

A Internet 7 Criação de Páginas Web

A Internet 7 Criação de Páginas Web 7 - Criação de Páginas Web A Internet A Internet Empresas, instituições e pessoas individuais estão cada vez mais interessadas não só em aceder ao imenso manancial de informação disponibilizado pela Internet

Leia mais

18-10-2009. Microsoft Office 2007 Processador de texto. UFCD 3772 Informática na óptica do utilizador fundamentos. Formadora: Sónia Rodrigues

18-10-2009. Microsoft Office 2007 Processador de texto. UFCD 3772 Informática na óptica do utilizador fundamentos. Formadora: Sónia Rodrigues Objectivos da UFCD: Utilizar um processador de texto. Pesquisar informação na. Utilizar uma aplicação de correio electrónico. UFCD 3772 Informática na óptica do utilizador fundamentos Duração: 25 Horas

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

VISÃO GERAL DO JOGO 3 CONTROLES BÁSICOS DE INFANTARIA 4 CAMPANHA 7 MULTIJOGADOR 14 CAMPO DE TREINAMENTO 47 LOJA DO BATTLEFIELD 4 48 BATTLELOG 49

VISÃO GERAL DO JOGO 3 CONTROLES BÁSICOS DE INFANTARIA 4 CAMPANHA 7 MULTIJOGADOR 14 CAMPO DE TREINAMENTO 47 LOJA DO BATTLEFIELD 4 48 BATTLELOG 49 ÍNDICE VISÃO GERAL DO JOGO 3 CONTROLES BÁSICOS DE INFANTARIA 4 CAMPANHA 7 MULTIJOGADOR 14 CAMPO DE TREINAMENTO 47 LOJA DO BATTLEFIELD 4 48 BATTLELOG 49 CONTA ORIGIN (EA) 52 SUPORTE 53 VISÃO GERAL DO JOGO

Leia mais

Smartphone 5 IPS Quad Core

Smartphone 5 IPS Quad Core Smartphone 5 IPS Quad Core GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO PRIMEIROS PASSOS Instalando o cartão SIM e a bateria Desligue o telemóvel completamente. Retire a tampa traseira. Insira o cartão SIM no slot do cartão

Leia mais

BRIP. Índice. I Que recursos digitais tenho à minha disposição e de que forma os posso utilizar? 05

BRIP. Índice. I Que recursos digitais tenho à minha disposição e de que forma os posso utilizar? 05 BRIP Índice I Que recursos digitais tenho à minha disposição e de que forma os posso utilizar? 05 1 Aulas interativas 05 2 E-manuais 09 Temas 09 Pesquisa global de Recursos Educativos Digitais 11.1 Pesquisa

Leia mais

Manual do Utilizador Aluno

Manual do Utilizador Aluno Manual do Utilizador Aluno Escola Virtual Morada: Rua da Restauração, 365 4099-023 Porto PORTUGAL Serviço de Apoio ao Cliente: Telefone: (+351) 707 50 52 02 Fax: (+351) 22 608 83 65 Serviço Comercial:

Leia mais

TINA. Projecto de Tecnologias de Informação para Netos e Avós. Manual de TIC

TINA. Projecto de Tecnologias de Informação para Netos e Avós. Manual de TIC TINA Projecto de Tecnologias de Informação para Netos e Avós Manual de TIC Abril 2010 Manual de Formação Básica em TIC Vitor Gonçalves Raquel Patrício Abril 2010 2 ÍNDICE Introdução... 2 Windows... 2 Word...

Leia mais

Plantronics Blackwire C610 Blackwire C620

Plantronics Blackwire C610 Blackwire C620 Plantronics Blackwire C610 Blackwire C60 MANUAL DO UTILIZADOR BEM-VINDO Bem-vindo à família de auriculares Plantronics. A Plantronics oferece uma vasta gama de produtos de aplicações críticas para missões

Leia mais

Golfshot : Golf GPS Guia do Utilizador

Golfshot : Golf GPS Guia do Utilizador Golfshot : Golf GPS Guia do Utilizador Versão 3.0 Versão Cartão de Pontuação 3.0 Dicas Rápidas: Novo no 3.0: Menu Localização Menu Localização Pressiona o ícone da Bola de Golfe no canto superior esquerdo

Leia mais

User Guide. PRIMAVERA EXPRESS V7 Versão 1.0. Março de 2012. Pg 1

User Guide. PRIMAVERA EXPRESS V7 Versão 1.0. Março de 2012. Pg 1 User Guide PRIMAVERA EXPRESS V7 Versão 1.0 Março de 2012 Pg 1 1. Instalação Para poder efetuar o download do produto PRIMAVERA Express deve começar por se registar no site da PRIMAVERA, indicando os dados

Leia mais

CONHECENDO A ÁREA DE TRABALHO DO WINDOWS 7

CONHECENDO A ÁREA DE TRABALHO DO WINDOWS 7 CONHECENDO A ÁREA DE TRABALHO DO WINDOWS 7 A Área de trabalho é a principal área exibida na tela quando se liga o computador e faz logon no Windows. É onde se exibe tudo o que é aberto (programas, pastas,

Leia mais

Manual de Colaboração

Manual de Colaboração Manual de Colaboração 2 Introdução O zerozero.pt permite aos seus colaboradores a introdução de resultados e datas de jogos de diversas competições. Depois da óptima experiência desenvolvida com a nossa

Leia mais

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest/ZSPos FrontOffice... 4 4. Produto... 5 Activar gestão de stocks... 5 5. Armazém... 7 a) Adicionar Armazém... 8 b) Modificar Armazém... 8 c)

Leia mais

Blackwire C420 MANUAL DO UTILIZADOR

Blackwire C420 MANUAL DO UTILIZADOR Blackwire C420 MANUAL DO UTILIZADOR Bem-vindo Conteúdo da embalagem Bem-vindo à família de auriculares Plantronics. A Plantronics oferece uma vasta gama de produtos de aplicações críticas para missões

Leia mais

- Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação -

- Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação - ACSS Administração Central do Sistema de Saúde, I.P. - Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação - Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica Novembro de 2013 1/24 ÍNDICE ÍNDICE...

Leia mais

ZOOPDA Guia do Utilizador

ZOOPDA Guia do Utilizador ZOOPDA Guia do Utilizador I ZOOPDA INDICE I Como se Utiliza 1 1 Lançar... 3 Parições Ocorrências Medições... 4... 5... 6 Medições Agrupadas... 8 Cobrições... 9 2 Listar... 10 3 Sair... 13 Indice remissivo

Leia mais

Ministério das Finanças Instituto de Informática. Departamento de Sistemas de Informação

Ministério das Finanças Instituto de Informática. Departamento de Sistemas de Informação Ministério das Finanças Instituto de Informática Departamento de Sistemas de Informação Assiduidade para Calendários Específicos Junho 2010 Versão 6.0-2010 SUMÁRIO 1 OBJECTIVO 4 2 ECRÃ ELIMINADO 4 3 NOVOS

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011 Manual Avançado Gestão de Stocks Local v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Produto... 5 b) Activar gestão de stocks... 5 i. Opção: Faz gestão de stocks... 5 ii.

Leia mais

Introdução à aplicação móvel da plataforma Android. Instalação

Introdução à aplicação móvel da plataforma Android. Instalação Introdução à aplicação móvel da plataforma Android A aplicação (app) móvel SanDisk +Cloud Mobile App permite-lhe aceder ao seu conteúdo e gerir a sua conta a partir do seu dispositivo móvel. Com a aplicação

Leia mais

Como Desinstalar uma Aplicação no teu Windows

Como Desinstalar uma Aplicação no teu Windows 2013-04-30 19:00:50 Hoje vamos dar seguimento ao artigo onde começamos a melhorar a velocidade do nosso computador, lembras-te? Além de removermos alguns serviços do arranque, podemos também limpar programas

Leia mais

Manual de início rápido. Português VTE-1016

Manual de início rápido. Português VTE-1016 Manual de início rápido Português VTE-1016 7025695 1 Vamos começar! Liga o comando ao sistema PlayStation TV Podes utilizar o comando sem fios DUALSHOCK 3 ou DUALSHOCK 4 com o sistema PS TV: basta ligar

Leia mais

Procedimentos de Segurança

Procedimentos de Segurança Guia de utilização Janeiro 2008 Índice 1. Verificar a Validade do Certificado de...2 2. Adicionar econstroi aos sites fidedignos...5 3. Autorizar janelas de pop-up...8 Proibida a reprodução. Pág. 1 de

Leia mais

Manual de Utilização do Easy Reader Versão 6

Manual de Utilização do Easy Reader Versão 6 Manual de Utilização do Easy Reader Versão 6 Página 1 Conteúdo Manual de Utilização do Easy Reader Versão 6... 1 O que é o EasyReader?... 4 Atalhos Gerais do Windows... 5 Teclas de Atalho para Windows...

Leia mais

Escola Secundária de Emídio Navarro

Escola Secundária de Emídio Navarro Escola Secundária de Emídio Navarro Curso Secundário de Carácter Geral (Agrupamento 4) Introdução às Tecnologias de Informação Escrita e Organização de Documentos em Computador O processador de texto Microsoft

Leia mais

GUARDING EXPERT (ANDROID) SOFTWARE PARA TELEMÓVEIS

GUARDING EXPERT (ANDROID) SOFTWARE PARA TELEMÓVEIS 1 GUARDING EXPERT (ANDROID) SOFTWARE PARA TELEMÓVEIS Visão Geral O software para telemóvel Guarding Expert (Android) V3.2, foi projetado para telemóveis com base no sistema operativo Android (versão 2.3.3

Leia mais

Manual do Produto TIM Protect Família MANUAL DO PRODUTO. TIM Protect Família Versão 10.7

Manual do Produto TIM Protect Família MANUAL DO PRODUTO. TIM Protect Família Versão 10.7 MANUAL DO PRODUTO TIM Protect Família Versão 10.7 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 TIM Protect Família... 4 2.1 Instalação do TIM Protect Família... 5 2.1.1 TIM Protect Família instalado... 7 2.2 Ativação do

Leia mais

Aplicação da Qualidade. Manual do Utilizador. Versão 1 2006-05-30

Aplicação da Qualidade. Manual do Utilizador. Versão 1 2006-05-30 Aplicação da Qualidade Versão 1 2006-05-30 Índice 1. Introdução 2. Acesso à Aplicação 3. Menu principal 3.1. Processo 3.1.1. Registo da Ocorrência - Fase 1 3.1.2. Análise das Causas - Fase 2 3.1.3. Acção

Leia mais

1ª Edição Outubro de 2007

1ª Edição Outubro de 2007 1 Ficha Técnica Título: Manual de utilização da ELGG - Aluno Autoria: Célia Tavares Direcção Pedagógica e Técnica: Paula Peres Copyright: Projecto de Apoio On-line 1ª Edição Outubro de 2007 O Manual de

Leia mais

Basicão de Estatística no EXCEL

Basicão de Estatística no EXCEL Basicão de Estatística no EXCEL Bertolo, Luiz A. Agosto 2008 2 I. Introdução II. Ferramentas III. Planilha de dados 3.1 Introdução 3.2 Formatação de células 3.3 Inserir ou excluir linhas e colunas 3.4

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente Gráfico Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e que comunique com o exterior. Actualmente o Windows é

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR TABLET PARA O SETOR DA RESTAURAÇÃO

MANUAL DO UTILIZADOR TABLET PARA O SETOR DA RESTAURAÇÃO MANUAL DO UTILIZADOR TABLET PARA O SETOR DA RESTAURAÇÃO SDILAB Investigação e Desenvolvimento de Software, Lda. Parque Industrial de Celeirós - 1ª Fase, Lote C 4705 Celeirós Braga, Portugal +351 253 678

Leia mais

Apresentar Propostas vortalgov

Apresentar Propostas vortalgov Guia de utilização Apresentar Propostas Janeiro 2008 Índice Preâmbulo... 3 Acesso à Plataforma... 3 Área de Trabalho... 4 PPA / C. Públicos... 4 Funcionalidades da pasta PPA / C. Públicos - Activos...

Leia mais

MINIGUIA DO UTILIZADOR

MINIGUIA DO UTILIZADOR MINIGUIA DO UTILIZADOR ~ VERSÂO 1.6.1. Windows e Mac Guia Realizado por: André Vieira, 27063 Inês Conde, 26018 Docente: Sr. Prof. António Vieira INTRODUÇÃO Muitos de nós, numa noite escura, já olharam

Leia mais

MANUAL DO GESTOR DE FINANÇAS

MANUAL DO GESTOR DE FINANÇAS MANUAL DO GESTOR DE FINANÇAS Manual de utilização e dicas para que conheça melhor esta nova ferramenta do millenniumbcp.pt.. 1 02 ÍNDICE 03 1 PORQUÊ USAR O GESTOR DE FINANÇAS? 04 2 ADESÃO 04 Como aderir?

Leia mais

1. Ligar o Computador Ambiente de Trabalho

1. Ligar o Computador Ambiente de Trabalho 1. Ligar o Computador Ambiente de Trabalho O Ambiente de trabalho é a imagem que nos aparece no ecrã quando ligamos o computador. As imagens e as cores no ambiente de trabalho variam, mudam de computador

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Configuração do computador com o sistema operativo de interface gráfico O Windows permite configurar o computador de várias maneiras, quer através do Painel de controlo

Leia mais

Calculadora Virtual HP Prime

Calculadora Virtual HP Prime Calculadora Virtual HP Prime Número de peça HP: NW280-3002 Edição 2, fevereiro de 2014 Avisos Legais Este manual e os exemplos nele incluídos são fornecidos "tal como estão" e estão sujeitos a alteração

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE SISTEMA MULTIFUNÇÕES DIGITAL Página INTRODUÇÃO ANTES DA INSTALAÇÃO INSTALAR O DRIVER DA IMPRESSORA LIGAÇÃO A UM COMPUTADOR 9 CONFIGURAR O CONTROLADOR DA IMPRESSORA 0 COMO

Leia mais