O LIVRO DE. A Ira de Eliú LIÇÃO IV TRI-2016

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O LIVRO DE. A Ira de Eliú LIÇÃO IV TRI-2016"

Transcrição

1 IV TRI-2016 A Ira de Eliú O LIVRO DE JÓ

2 Introdução Finalmente, um pouco de sangue jovem, com novas perspectivas! Finalmente, alguém que vai endireitar as coisas e lutar contra o sistema teológico! Essa é a sensação que se tem quando Eliú, filho de Baraquel, o buzita, aparece do nada e, irado, começa o seu discurso. Como você vê a força da juventude se desenvolvendo em sua igreja? O que os jovens podem fazer que os mais velhos não conseguem realizar? Que papel a ira desempenha nessa situação? VERSO PARA MEMORIZAR Assim como os céus são mais altos do que a Terra, assim são os Meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os Meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos (Is 55:9).

3 Ainda que ele me mate, nele esperarei Jó 13:15 Domingo CONSOLADORES MISERÁVEIS Também ele será a minha salvação Jó 13:16 Que verdades são expressas nos seguintes textos? Jó 13:28 - E ele me consome Jó 15: Eis que ele não confia nos seus santos Jó 19: Porque eu sei que o meu Redentor vive Jó 28:28 - Eis que o temor do Senhor é a sabedoria COSMOVISÃO

4 ELIÚ ENTRA EM CENA Segunda Não mereço o que está acontecendo comigo. Ponto final. Eliú ficou irado com Jó, porque este pretendia ser mais justo do que Deus Considere as afirmações abaixo e assinale a(s) alternativa(s) correta(s): A. ( ) Eliú ficou indignado com os três amigos de Jó, pois eles não haviam encontrado meios de refutar Jó, e ainda assim o condenaram. B. ( ) Eliú acusou Jó de pretender ser mais justo do que Deus. C. ( ) Eliú acusou os amigos de Jó de serem coniventes com o pecado de Jó.

5 ELIÚ ENTRA EM CENA Segunda Não mereço o que está acontecendo comigo. Ponto final. Eliú ficou irado com Jó, porque este pretendia ser mais justo do que Deus Considere as afirmações abaixo e assinale a(s) alternativa(s) correta(s): A. ( X) Eliú ficou indignado com os três amigos de Jó, pois eles não haviam encontrado meios de refutar Jó, e ainda assim o condenaram. B. ( ) Eliú acusou Jó de pretender ser mais justo do que Deus. C. ( ) Eliú acusou os amigos de Jó de serem coniventes com o pecado de Jó.

6 ELIÚ ENTRA EM CENA Segunda Não mereço o que está acontecendo comigo. Ponto final. Eliú ficou irado com Jó, porque este pretendia ser mais justo do que Deus Considere as afirmações abaixo e assinale a(s) alternativa(s) correta(s): A. ( X) Eliú ficou indignado com os três amigos de Jó, pois eles não haviam encontrado meios de refutar Jó, e ainda assim o condenaram. B. ( X) Eliú acusou Jó de pretender ser mais justo do que Deus. C. ( ) Eliú acusou os amigos de Jó de serem coniventes com o pecado de Jó.

7 Leia Jó 34:-15. Quais verdades Eliú expressou nesse texto? Embora suas palavras fossem verdadeiras, por que elas foram inapropriadas àquela situação? DEUS NÃO PRATICA MALDADE DEUS DÁ SEGUNDO A OBRA DO HOMEM DEUS NÃO PROCEDE IMPIAMENTE DEUS PODE - SE QUISER, DESTRUIR O HOMEM ELIÚ DEFENDE DEUS Terça

8 CONCUPISCÊNCIA PECADO Quarta Cada um é tentado pela sua própria concupiscência, que o atrai e seduz. O pecado é um intruso, por cuja presença nenhuma razão se pode dar. É misterioso, inexplicável; (O Grande Conflito, p. 492, 493). A IRRACIONALIDADE DO MAL

9 O DESAFIO DA FÉ Quinta Conhecendo o contexto cósmico da história de Jó, podemos explicar de modo satisfatório o mal que aconteceu com ele? Leia Jó 1:1 2:. O RISCO DE SER O 5º AMIGO DE JÓ

10 O DESAFIO DA FÉ Quinta E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo. Rm :17 Conhecendo o contexto cósmico da história de Jó, podemos explicar de modo satisfatório o mal que aconteceu com ele? Leia Jó 1:1 2:. O RISCO DE SER O 5º AMIGO DE JÓ

11 O DESAFIO DA FÉ Quinta E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo. Rm :17 Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Hb 11:1 Conhecendo o contexto cósmico da história de Jó, podemos explicar de modo satisfatório o mal que aconteceu com ele? Leia Jó 1:1 2:. O RISCO DE SER O 5º AMIGO DE JÓ

12 ELEMENTOS DA VIDA CRISTÃ QUAL TEM SIDO SUA EXPERIÊNCIA REAL COM DEUS?

13

14 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE

15 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia

16 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Deus pede submissão Deus permite a provação Deus dá a Missão Deus dá revelação

17 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Deus pede submissão Deus permite a provação Deus dá a Missão Deus dá revelação Seguiu com Deus Correu para Deus Correu de Deus Recorreu a Deus

18 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Deus pede submissão Deus permite a provação Deus dá a Missão Deus dá revelação Seguiu com Deus Correu para Deus Correu de Deus Recorreu a Deus Oração na provação Oração na aflição Oração na angústia Oração na perseguição

19 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Deus pede submissão Deus permite a provação Deus dá a Missão Deus dá revelação Seguiu com Deus Correu para Deus Correu de Deus Recorreu a Deus Oração na provação Oração na aflição Oração na angústia Oração na perseguição Termina em adoração Termina em restauração Termina em condução Termina em confiança

20 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Deus pede submissão Deus permite a provação Deus dá a Missão Deus dá revelação Seguiu com Deus Correu para Deus Correu de Deus Recorreu a Deus Oração na provação Oração na aflição Oração na angústia Oração na perseguição Termina em adoração Termina em restauração Termina em condução Termina em confiança Salvação é Deus Salvação de Deus Salvação em Deus Soberania de Deus

21 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Deus pede submissão Deus permite a provação Deus dá a Missão Deus dá revelação Seguiu com Deus Correu para Deus Correu de Deus Recorreu a Deus Oração na provação Oração na aflição Oração na angústia Oração na perseguição Termina em adoração Termina em restauração Termina em condução Termina em confiança Salvação é Deus Salvação de Deus Salvação em Deus Soberania de Deus O Senhor proverá" Eu sei que o meu Redentor vive" Ao Senhor pertence a salvação" Me alegrarei no Senhor"

22 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE VOCÊ No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Deus pede submissão Deus permite a provação Deus dá a Missão Deus dá revelação Seguiu com Deus Correu para Deus Correu de Deus Recorreu a Deus Oração na provação Oração na aflição Oração na angústia Oração na perseguição Termina em adoração Termina em restauração Termina em condução Termina em confiança Salvação é Deus Salvação de Deus Salvação em Deus Soberania de Deus O Senhor proverá" Eu sei que o meu Redentor vive" Ao Senhor pertence a salvação" Me alegrarei no Senhor"

23 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE VOCÊ No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Lugar Deus pede submissão Deus permite a provação Deus dá a Missão Deus dá revelação Seguiu com Deus Correu para Deus Correu de Deus Recorreu a Deus Oração na provação Oração na aflição Oração na angústia Oração na perseguição Termina em adoração Termina em restauração Termina em condução Termina em confiança Salvação é Deus Salvação de Deus Salvação em Deus Soberania de Deus O Senhor proverá" Eu sei que o meu Redentor vive" Ao Senhor pertence a salvação" Me alegrarei no Senhor"

24 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE VOCÊ No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Lugar Deus permite a Deus pede submissão Deus dá a Missão Deus dá revelação Ação de Deus provação Seguiu com Deus Correu para Deus Correu de Deus Recorreu a Deus Oração na provação Oração na aflição Oração na angústia Oração na perseguição Termina em Termina em adoração Termina em condução Termina em confiança restauração Salvação é Deus Salvação de Deus Salvação em Deus Soberania de Deus Eu sei que o meu Ao Senhor pertence O Senhor proverá" Me alegrarei no Senhor" Redentor vive" a salvação"

25 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE VOCÊ No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Lugar Deus permite a Deus pede submissão Deus dá a Missão Deus dá revelação Ação de Deus provação Seguiu com Deus Correu para Deus Correu de Deus Recorreu a Deus Sua reação Oração na provação Oração na aflição Oração na angústia Oração na perseguição Termina em Termina em adoração Termina em condução Termina em confiança restauração Salvação é Deus Salvação de Deus Salvação em Deus Soberania de Deus Eu sei que o meu Ao Senhor pertence O Senhor proverá" Me alegrarei no Senhor" Redentor vive" a salvação"

26 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE VOCÊ No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Lugar Deus permite a Deus pede submissão Deus dá a Missão Deus dá revelação Ação de Deus provação Seguiu com Deus Correu para Deus Correu de Deus Recorreu a Deus Sua reação Oração na provação Oração na aflição Oração na angústia Oração na perseguição Orou? Termina em Termina em adoração Termina em condução Termina em confiança restauração Salvação é Deus Salvação de Deus Salvação em Deus Soberania de Deus Eu sei que o meu Ao Senhor pertence O Senhor proverá" Me alegrarei no Senhor" Redentor vive" a salvação"

27 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE VOCÊ No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Lugar Deus permite a Deus pede submissão Deus dá a Missão Deus dá revelação Ação de Deus provação Seguiu com Deus Correu para Deus Correu de Deus Recorreu a Deus Sua reação Oração na provação Oração na aflição Oração na angústia Oração na perseguição Orou? Termina em Termina em adoração Termina em condução Termina em confiança Atitude restauração Salvação é Deus Salvação de Deus Salvação em Deus Soberania de Deus Eu sei que o meu Ao Senhor pertence O Senhor proverá" Me alegrarei no Senhor" Redentor vive" a salvação"

28 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE VOCÊ No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Lugar Deus permite a Deus pede submissão Deus dá a Missão Deus dá revelação Ação de Deus provação Seguiu com Deus Correu para Deus Correu de Deus Recorreu a Deus Sua reação Oração na provação Oração na aflição Oração na angústia Oração na perseguição Orou? Termina em Termina em adoração Termina em condução Termina em confiança Atitude restauração Salvação é Deus Salvação de Deus Salvação em Deus Soberania de Deus Conceito Eu sei que o meu Ao Senhor pertence O Senhor proverá" Me alegrarei no Senhor" Redentor vive" a salvação"

29 ABRAÃO JÓ JONAS HABACUQUE VOCÊ No monte Na enfermidade No peixe Na torre de vigia Lugar Deus permite a Deus pede submissão Deus dá a Missão Deus dá revelação Ação de Deus provação Seguiu com Deus Correu para Deus Correu de Deus Recorreu a Deus Sua reação Oração na provação Oração na aflição Oração na angústia Oração na perseguição Orou? Termina em Termina em adoração Termina em condução Termina em confiança Atitude restauração Salvação é Deus Salvação de Deus Salvação em Deus Soberania de Deus Conceito Eu sei que o meu Ao Senhor pertence O Senhor proverá" Me alegrarei no Senhor" Testemunho Redentor vive" a salvação"

30 Sexta CONCLUSÃO Quando Eliú surgiu em cena, parecia que haveria uma brisa de ar fresco. Ele era jovem e estava irado, esperando que chegasse a sua vez de falar. Porém, ele também carecia de humildade e, no fim das contas, suas palavras não foram diferentes das dos outros amigos. O mal permanece inexplicável, e apenas uma fé humilde pode nos dar esperança. Preparado por: Pr. Wellington Almeida

31 Sexta CONCLUSÃO Quando Eliú surgiu em cena, parecia que haveria uma brisa de ar fresco. Ele era jovem e estava irado, esperando que chegasse a sua vez de falar. Porém, ele também carecia de humildade e, no fim das contas, suas palavras não foram diferentes das dos outros amigos. O mal permanece inexplicável, e apenas uma fé humilde pode nos dar esperança. Como vimos, o diabo não é mencionado sequer uma vez em nenhum dos longos discursos sobre a situação do pobre Jó e por que tudo aconteceu. Por quê? O que isso nos diz sobre a compreensão limitada daqueles homens, apesar de todas as verdades que possuíam? Preparado por: Pr. Wellington Almeida

32 Sexta CONCLUSÃO Quando Eliú surgiu em cena, parecia que haveria uma brisa de ar fresco. Ele era jovem e estava irado, esperando que chegasse a sua vez de falar. Porém, ele também carecia de humildade e, no fim das contas, suas palavras não foram diferentes das dos outros amigos. O mal permanece inexplicável, e apenas uma fé humilde pode nos dar esperança. Como vimos, o diabo não é mencionado sequer uma vez em nenhum dos longos discursos sobre a situação do pobre Jó e por que tudo aconteceu. Por quê? O que isso nos diz sobre a compreensão limitada daqueles homens, apesar de todas as verdades que possuíam? Próxima Lição (11) - Do meio da Tempestade Preparado por: Pr. Wellington Almeida

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Rebelião Redenção e Predo por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Vitória no deserto 6 LIÇÃO Predo por: Pr. Wellington Almeida O Conflito continua esboço LIÇÃO - I TRI 2016 6 INTRODUÇÃO DOM O EMANUEL SEG

Leia mais

A ALIANÇA LIÇÃO 11 IV TRIMESTRE Preparado por: Pr. Wellington Almeida

A ALIANÇA LIÇÃO 11 IV TRIMESTRE Preparado por: Pr. Wellington Almeida A ALIANÇA IV TRIMESTRE 2015 Preparado por: Pr. Wellington Almeida A ALIANÇA INTRODUÇÃO A primeira referência à nova aliança está em Jeremias, no contexto da volta de Israel do exílio e das bênçãos que

Leia mais

III TRIMESTRE 2015 LIÇÃO IONÁRIOS. Preparado por: Pr. Wellington Almeida

III TRIMESTRE 2015 LIÇÃO IONÁRIOS. Preparado por: Pr. Wellington Almeida III TRIMESTRE 2015 02 LIÇÃO MI S Preparado por: Pr. Wellington Almeida S IONÁRIOS ABRAÃO: O PRIMEIRO MISSIONÁRIO ESBOÇO ABRAÃO INTRODUÇÃO DOM - O Chamado SEG - O Testemunho TER - O Exemplo QUA - A Peregrinação

Leia mais

LIÇÃO IV TRIMESTRE 2015 ATOS SIMBÓLICOS. Preparado por: Pr. Wellington Almeida

LIÇÃO IV TRIMESTRE 2015 ATOS SIMBÓLICOS. Preparado por: Pr. Wellington Almeida ATOS SIMBÓLICOS 0 IV TRIMESTRE 2015 Preparado por: Pr. Wellington Almeida MAIS TRISTEZAS PARA O PROFETA INTRODUÇÃO Todo estudante da Bíblia sabe que ela está cheia de símbolos, isto é, coisas que representam

Leia mais

LIÇÃO evange ho 2 II TRI LUCAS O BATISMO E AS TENTAÇÕES

LIÇÃO evange ho 2 II TRI LUCAS O BATISMO E AS TENTAÇÕES II TRI 2015 DE LUCAS LIÇÃO evange ho 2 O BATISMO E AS TENTAÇÕES INTRODUÇÃO ESBOÇO Voz - Visão - Audição Preparando o Caminho Arrependimento - Batismo - Frutos Identificando Àquele que vem Identificação

Leia mais

Índice. Apresentação... 3

Índice. Apresentação... 3 Índice Apresentação... 3 Tempo do Advento 1. O Ano Litúrgico... 9 2. Origem do Ano Litúrgico... 10 3. O que quer dizer Advento?... 11 4. O que fazer no Advento?... 12 Primeiro Domingo do Advento... 14

Leia mais

O LIVRO DE. Maldito dia! LIÇÃO IV TRI-2016

O LIVRO DE. Maldito dia! LIÇÃO IV TRI-2016 IV TRI-2016 Maldito dia! O LIVRO DE JÓ VERSO PARA MEMORIZAR Tu és digno, Senhor e Deus nosso, de receber a glória, a honra e o poder, porque todas as coisas Tu criaste, sim, por causa da Tua vontade vieram

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO SENHOR DE JUDEUS E. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO SENHOR DE JUDEUS E. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida GENTIOS07 LIÇÃO SENHOR DE JUDEUS E O Evangelho Mateus de LIÇÃO - II TRI 2016 07 INTRODUÇÃO esboço Israel não era o único povo com o qual Deus Se importava.seria por

Leia mais

Comentário da Mensagem nº 43, de 04/06/1988

Comentário da Mensagem nº 43, de 04/06/1988 Comentário da Mensagem nº 43, de 04/06/1988 Vamos meditar a Mensagem nº 43, de 04/06/1988, que Nossa Senhora transmitiu em Anguera/BA, a Pedro Regis. Para ver a mensagem, clique aqui. Nossa Boa Mãe vem

Leia mais

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse ESCATOLOGIA BÍBLICA Apocalipse 7.9-17 A visão dos glorificados 9 Depois destas coisas, vi, e eis grande multidão que ninguém podia enumerar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do

Leia mais

AULA 02. Pr. Wellington Almeida

AULA 02. Pr. Wellington Almeida Pr. Wellington Almeida RELATÓRIOS DE LEITURAS LIVRO AUTOR pg / cap ENTREGA 1º Atos dos Apóstolos Ellen White cap. 1, 2, 3 12/04 2º Teologia e metodologia da missão Elias Brasil de Souza pag. 3-27 31/07

Leia mais

TI GO. Restauração cura oração LIÇÃO - 12 IV TRIMESTRE

TI GO. Restauração cura oração LIÇÃO - 12 IV TRIMESTRE cartas de TI GO 2014 IV TRIMESTRE LIÇÃO - Restauração cura oração RELEMBRANDO ESPERANDO A CHUVA SERÁ QUE ESTÁ REALMENTE PRÓXIMA"? QUEIXAS, MURMURAÇÕES E CRESCIMENTO MODELOS DE PACIÊNCIA CLARO COMO A LUZ

Leia mais

Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João

Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João 3.16-17 INTRODUÇÃO Do texto lido, faço à igreja duas perguntas: Por quejesus morreu na cruz? Para que Jesus morreu na cruz? O por que e o para

Leia mais

TRIMESTRE. O Filho LIÇÃO! 02.

TRIMESTRE. O Filho LIÇÃO! 02. TRIMESTRE O Filho LIÇÃO! 02 www.classedaescolasabatina.com.br LIÇÃO1 relembrando (I) Nosso Pai Celestial - vínculos (a) Santo - Celeste - Que vive - Justo (II) Revelação de Deus (a) Por nós (b) Pelo Filho

Leia mais

Importância da Ressurreição de Cristo

Importância da Ressurreição de Cristo Introdução à 22/08/2011 A doutrina de Cristo segundo as escrituras Importância da Ressurreição de Cristo O que as escrituras afirmam sobre a ressurreição de Cristo? 1. Doutrina fundamental do Cristianismo:

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO Inicio. Ministério de do. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO Inicio. Ministério de do. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida Cristo02 LIÇÃO Inicio Ministério de do O Evangelho Mateus de LIÇÃO - II TRI 2016 02 INTRODUÇÃO esboço Uma das grandes lutas da humanidade tem sido conhecer o significado

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO O Filho de Davi. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO O Filho de Davi. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO O Filho de Davi 01 O Evangelho Mateus de esboço INTRODUÇÃO Embora Mateus fosse um desprezado, o Senhor olhou para o coração dele e o escolheu para ser discípulo.

Leia mais

Slide 2

Slide 2 ( ) Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme Sua soberana vontade para o que for útil (I Co.12:1-12). www.portalebd.org.br Slide 2 O Uma

Leia mais

Lição 9 para 26 de novembro

Lição 9 para 26 de novembro Lição 9 para 26 de novembro Embora não tivesse a Palavra de Deus escrita tal como a conhecemos hoje, Jó tinha suficientes indícios do plano de salvação divina para apegar-se à esperança de um Salvador.

Leia mais

HINOS DA HARPA CRISTÃ VIOLINO 1 OSAD

HINOS DA HARPA CRISTÃ VIOLINO 1 OSAD o interessante. Você pode posicionar a caixa tas de Desenho para alterar a formatação HINOS DA HARPA CRISTÃ VIOLINO 1 OSAD NOME louvai-o com instrumentos de cordas... AGRADECIMENTOS Agradecemos ao Deus

Leia mais

O nome do Senhor é Torre Forte; o justo foge para ela e está seguro (Provérbios 18.10)

O nome do Senhor é Torre Forte; o justo foge para ela e está seguro (Provérbios 18.10) Nossa Torre Forte O nome do Senhor é Torre Forte; o justo foge para ela e está seguro (Provérbios 18.10) Introdução O nome do Senhor! Seria difícil começar uma declaração sobre o Refúgio divino de forma

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus RELEMBRAR A MISSÃO NOS EVANGELHOS 1. Jesus Cristo homem é o exemplo padrão para o exercício da Missão de Deus (intimidade

Leia mais

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Rebelião Redenção e Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 13 A Redenção LIÇÃO Preparado por: Pr. Wellington Almeida A Redenção 13 LIÇÃO - I TRI 2016 esboço INTRODUÇÃO Como veremos nesta semana,

Leia mais

O CHAMADO PROFÉTICO DE JEREMIAS LIÇÃO IV TRIMESTRE Preparado por: Pr. Wellington Almeida

O CHAMADO PROFÉTICO DE JEREMIAS LIÇÃO IV TRIMESTRE Preparado por: Pr. Wellington Almeida O CHAMADO PROFÉTICO DE JEREMIAS 0 IV TRIMESTRE 205 Preparado por: Pr. Wellington Almeida O CHAMADO PROFÉTICO DE JEREMIAS Autor do livro: Jeremias Natural de Anatote Filho de Hilquias, o sacerdote Contemporâneos:

Leia mais

Livro de Jó Porque o Justo sofre? Eliú o jovem irado (e sábio)! (Cap 32 a 37)

Livro de Jó Porque o Justo sofre? Eliú o jovem irado (e sábio)! (Cap 32 a 37) Livro de Jó Porque o Justo sofre? Eliú o jovem irado (e sábio)! (Cap 32 a 37) 1 Chega ao fim o, quase monótono, debate entre Jó e seus conselheiros... Eles desistiram (32:1); Eliú: Descendente de Buz e

Leia mais

LIÇÃO 13 - UMA VIDA DE FRUTIFICAÇÃO. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 13 - UMA VIDA DE FRUTIFICAÇÃO. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 13 - UMA VIDA DE FRUTIFICAÇÃO Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO AMOR É A BASE DO FRUTO DO ESPÍRITO Como cristãos o nosso viver é Cristo e assim seremos coparticipantes de sua natureza

Leia mais

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Rebelião Redenção e Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 A Igreja militante 12 LIÇÃO Preparado por: Pr. Wellington Almeida A Igreja Militante 12 LIÇÃO - I TRI 2016 esboço INTRODUÇÃO Um fato

Leia mais

JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas

JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas Série: Um Natal de Esperança (02/04). JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas 1.26-38 Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi, e ele

Leia mais

TERCEIRA SEMANA O PODER DA ORAÇÃO

TERCEIRA SEMANA O PODER DA ORAÇÃO TERCEIRA SEMANA O PODER DA ORAÇÃO Deus ouve e responde nossas orações. I A BASE DA ORACÃO: O NOME DE JESUS. E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho.

Leia mais

Teologia Bíblica de Missões SEFO 2013

Teologia Bíblica de Missões SEFO 2013 Teologia Bíblica de Missões SEFO 2013 2 ª Aula Fabio Codo Fábio Codo - http://teologiaaservicoevangelho.wordpress.com Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira Campo de Mogi das Cruzes

Leia mais

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões Intercessão Missionária Como e Por que Interceder por Missões A Importância da Intercessão por Missões - Estamos em uma guerra Há necessidade de intercessores! - Nossa guerra não é pelo controle político

Leia mais

O Grande Conflito entre Cristo e Satanás, que podemos observar através de toda a Bíblia, está presente de forma especial no livro de Jó.

O Grande Conflito entre Cristo e Satanás, que podemos observar através de toda a Bíblia, está presente de forma especial no livro de Jó. Lição 2 para 8 de outubro de 2016 O Grande Conflito entre Cristo e Satanás, que podemos observar através de toda a Bíblia, está presente de forma especial no livro de Jó. O Grande Conflito. O começo do

Leia mais

Igreja de Deus Unida,

Igreja de Deus Unida, Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional Guias de Estudo Bìblico Para a Juventude Volume 1 Lição 7 O Espírito Santo Deus, nosso Criador, compreende que todos nós enfrentamos circunstâncias que

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida JERUSALÉM10 LIÇÃO JESUS EM O Evangelho Mateus de LIÇÃO - II TRI 2016 10 INTRODUÇÃO esboço Os títulos de cada dia foram ajustados a proposta de termos uma idéia essencial

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM SÁBADO, DIA 25 DE JUNHO 1) Oração Cheguem à vossa presença,

Leia mais

LIÇÃO III TRI O papel da Igreja na. u nidade

LIÇÃO III TRI O papel da Igreja na. u nidade III TRI 201604 LIÇÃO com O papel da Igreja na u nidade SAB 16.07 INTRODUÇÃO Justiça e Misericórdia no AT - parte 2 VERSO PARA MEMORIZAR Toda criatura vivente que vive em enxames viverá por onde quer que

Leia mais

Escrito por Presb. Taciano Cassimiro Seg, 02 de Fevereiro de :25 - Última atualização Ter, 03 de Fevereiro de :07

Escrito por Presb. Taciano Cassimiro Seg, 02 de Fevereiro de :25 - Última atualização Ter, 03 de Fevereiro de :07 Falar sobre oração é fácil, difícil é pratica-la, é torna-la real em nosso dia a dia. Contudo somos ensinados nas Escrituras a orar sem cessar, 1 Ts 5.17. Cristo Jesus é nosso exemplo maior, é nosso modelo

Leia mais

Um Novo Olhar Sobre a Vida por David Batty

Um Novo Olhar Sobre a Vida por David Batty Um Novo Olhar Sobre a Vida por David Batty Lição 102 Primeira Edição Nome do Aluno Data do Início Data do Fim 2 Um Novo Olhar Sobre a Vida Lição 102 David Batty 1ª Edição Brasil As referências Bíblicas

Leia mais

O BEZERRO DE OURO Lição 40

O BEZERRO DE OURO Lição 40 O BEZERRO DE OURO Lição 40 1 1. Objetivos: Ensinar que os israelitas pecaram quando desobedeceram aos mandamentos de Deus e adoraram o bezerro de ouro. Ajudar o aluno a ter um desejo para adorar somente

Leia mais

Buscando a excelência no casamento. Adalberto Vargas da Rosa 6º ENCONTRO

Buscando a excelência no casamento. Adalberto Vargas da Rosa 6º ENCONTRO 6º ENCONTRO SUBMISSÃO: A ALEGRIA DA ESPOSA SUBMISSÃO: A ALEGRIA DA ESPOSA O mundo ordenado por Deus, através das suas instituições, para que as pessoas vivam em harmonia e protegidas. SUBMISSÃO: A ALEGRIA

Leia mais

Lição 1 EFEITOS RELEVANTES DE UMA VIDA DE ORAÇÃO. Pra. Rosa Maria Valadão IEBI Rio Grande, RS

Lição 1 EFEITOS RELEVANTES DE UMA VIDA DE ORAÇÃO. Pra. Rosa Maria Valadão IEBI Rio Grande, RS Lição 1 EFEITOS RELEVANTES DE UMA VIDA DE ORAÇÃO Pra. Rosa Maria Valadão IEBI Rio Grande, RS Texto Áureo Orem Continuamente. 1 Tessalonicenses 5.17 CONHECER: Aspectos doutrinários sobre o tema Vida em

Leia mais

LIÇÃO 13 PROVERBIOS I TRIMESTRE AS MULHERES E O VINHO

LIÇÃO 13 PROVERBIOS I TRIMESTRE AS MULHERES E O VINHO LIÇÃO 2015 PROVERBIOS AS MULHERES E O VINHO I TRIMESTRE RELEMBRANDO A HUMILDADE DOS SÁBIOS (títulos ajustados para clareza do foco) Quem voce acha que é? Quem voce acha que Deus é? Oração da Sabedoria

Leia mais

LIÇÃO III TRI O papel da Igreja na. u nidade

LIÇÃO III TRI O papel da Igreja na. u nidade III TRI 201605 LIÇÃO com O papel da Igreja na u nidade SAB 23.07 INTRODUÇÃO Como o evangelho transforma a comunidade VERSO PARA MEMORIZAR Percorria Jesus toda a Galileia, ensinando nas sinagogas, pregando

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração 30 DE DEZEMBRO Deus eterno e todo-poderoso, que

Leia mais

TRINDADE O DEUS TRIUNO DO CRISTIANISMO

TRINDADE O DEUS TRIUNO DO CRISTIANISMO TRINDADE O DEUS TRIUNO DO CRISTIANISMO Jörg Garbers Ms. De Teologia O QUE SIGNIFICA O TERMO? A palavra triuno pode ser facilmente subdividida em duas palavras: tri uno. Três elementos que formam uma unidade.

Leia mais

Data:...+/-63 d.c, Pedro teria sido martirizado um ano depois;

Data:...+/-63 d.c, Pedro teria sido martirizado um ano depois; Carta 1 Pedro Sermão manhã Ibfé 04Out2015 Pr. Cantoca Data:...+/-63 d.c, Pedro teria sido martirizado um ano depois; Local:...Babilônia (1 Pe 5.13) uns preferem simplesmente acreditar que era Babilônia

Leia mais

II TRI. LIÇÃO evange ho 13 LUCAS CRUCIFICADO E RESSURRETO

II TRI. LIÇÃO evange ho 13 LUCAS CRUCIFICADO E RESSURRETO II TRI 2015 DE LUCAS LIÇÃO evange ho 13 CRUCIFICADO E RESSURRETO VERSO PARA MEMORIZAR: quando disse: Importa que o Filho do Homem seja entregue nas mãos de pecadores, e seja crucificado, e ressuscite no

Leia mais

Apresentação no Templo

Apresentação no Templo Os Evangelhos, luz perene para os fiéis até o fim dos tempos, nada relatam sobre a vida diária no lar da Sagrada Família. E poucos detalhes nos transmitem dos principais episódios da infância de Jesus,

Leia mais

ENSÃO E REPRE REPR SÁLIA LIÇÃO IV TRIMESTRE 2015. Preparado por: Pr. Wellington Almeida

ENSÃO E REPRE REPR SÁLIA LIÇÃO IV TRIMESTRE 2015. Preparado por: Pr. Wellington Almeida ENSÃO E REPRE REPR SÁLIA E 04 IV TRIMESTRE 2015 Preparado por: Pr. Wellington Almeida REPREENSÃO E REPRESÁLIA Nesta semana, começaremos a examinar as provações de Jeremias, cujo ministério pareceu consistir

Leia mais

Confie no poder de Deus Efésios 6.10,11 Pr. Vlademir Silveira Série Armadura de Deus Mensagem # 1 IBMC 07/10/12

Confie no poder de Deus Efésios 6.10,11 Pr. Vlademir Silveira Série Armadura de Deus Mensagem # 1 IBMC 07/10/12 Introdução Confie no poder de Deus Efésios 6.10,11 Pr. Vlademir Silveira Série Armadura de Deus Mensagem # 1 IBMC 07/10/12 Série de 5 mensagens sobre a Armadura de Deus no livro de Efésios. Efésios 1.1

Leia mais

SOMOS VENCEDORES EM CRISTO JESUS. Quero usar a figura de um atleta - é alguém que sabe que tem um potencial pra vencer.

SOMOS VENCEDORES EM CRISTO JESUS. Quero usar a figura de um atleta - é alguém que sabe que tem um potencial pra vencer. SOMOS VENCEDORES EM CRISTO JESUS Quero usar a figura de um atleta - é alguém que sabe que tem um potencial pra vencer. Você sabia que no Reino de Deus todos nós somos atletas de Cristo? Paulo usa essa

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta-feira da 21ª Semana do Tempo Comum Ó Deus,

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 3ª Semana do Advento 1) Oração O Evangelho

Leia mais

O desafio de amar Desafios #7 1 Jo 4: 9-21

O desafio de amar Desafios #7 1 Jo 4: 9-21 1 Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons O desafio de amar Desafios #7 1 Jo 4: 9-21 9 Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco:

Leia mais

Época de vigor e alegria

Época de vigor e alegria Época de vigor e alegria Eclesiastes 11:9 Alegra-te, na tua mocidade, e anime-te o teu coração nos dias da tua mocidade, e anda pelos caminhos do teu coração, e pela vista dos teus olhos; sabe, porém,

Leia mais

1 Coríntios 15,4: E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé.

1 Coríntios 15,4: E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé. BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER PERGUNTA 30 PERGUNTA 30: Como nos aplica o Espírito a redenção adquirida por Cristo? Resposta: O Espírito aplica-nos a redenção adquirida por Cristo pelo chamado eficaz,

Leia mais

III TRIMESTRE 2015 LIÇÃO. S Preparado por: Pr. Wellington Almeida IONÁRIOS MISSÕES TRANSCULTURAIS

III TRIMESTRE 2015 LIÇÃO. S Preparado por: Pr. Wellington Almeida IONÁRIOS MISSÕES TRANSCULTURAIS III TRIMESTRE 2015 0 MI S IONÁRIOS S Preparado por: Pr. Wellington Almeida MISSÕES TRANSCULTURAIS MISSÕES TRANSCULTURAIS ESBOÇO INTRODUÇÃO DOM - A Mulher Samaritana SEG - O Oficial Romano TER - Lidando

Leia mais

PALAVRA & VIDA 3º TRIMESTRE/2017 LIÇÃO 08- CHEGOU A HORA DE RECEBER AS TERRAS DA PROMESSA!

PALAVRA & VIDA 3º TRIMESTRE/2017 LIÇÃO 08- CHEGOU A HORA DE RECEBER AS TERRAS DA PROMESSA! LIÇÃO 08- CHEGOU A HORA DE RECEBER AS TERRAS DA PROMESSA! Texto Bíblico: Josué 13.11-33. Objetivos da lição: Entender que Deus é fiel e cumpre suas promessas; Compreender que o tempo certo do cumprimento

Leia mais

1º Trimestre de 2017: Vida Cristã

1º Trimestre de 2017: Vida Cristã LIÇÃO 01 Salvação, a nova vida com Cristo Forme um quarteto. Pesquise sobre as fases da metamorfose da lagarta/ borboleta em comparação a conversão do cristão. + 10 pontos bônus (pela criatividade na apresentação:

Leia mais

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT)

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) 11-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Em que sentido toda a vida de Cristo é Mistério? Toda a vida

Leia mais

LIÇÃO 13 Últimos conselhos de Tiago TIAGO

LIÇÃO 13 Últimos conselhos de Tiago TIAGO LIÇÃO 13 Últimos conselhos de Tiago TIAGO 5.9-19 INTRODUÇÃO Apesar de reiterar as exortações feitas nos capítulos anteriores a guarda da língua; paciência nas tribulações e sofrimento; a importância de

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira S Vivendo Teologicamente S O que a teologia tem a ver com a vida diária? S A teologia geralmente é considerada como algo abstrato.

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 6: SOTERIOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

As promessas da encarnação cronologia. vivendopelapalavra.com. Por: Helio Clemente. Na criação:

As promessas da encarnação cronologia. vivendopelapalavra.com. Por: Helio Clemente. Na criação: As promessas da encarnação cronologia vivendopelapalavra.com Por: Helio Clemente Na criação: Gênesis 3,15: Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá

Leia mais

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Rebelião Redenção e Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 O grande LIÇÃO 9 e a Igreja conflito primitiva Preparado por: Pr. Wellington Almeida O grande conflito e a igreja esboço LIÇÃO - I TRI

Leia mais

De Adão a Jesus O perfil de 50 personagens que mudaram a História

De Adão a Jesus O perfil de 50 personagens que mudaram a História De Adão a Jesus O perfil de 50 personagens que mudaram a História 1 ADÃo O primeiro homem E tomou o SENHOR Deus o homem e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar. gênesis 2.15 Característica

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Paulo Adolfo O problema do mal O problema do mal Precisamos, minimamente, pincelar sobre o Problema do Mal (ou pelo menos

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração SÁBADO DA 34ª SEMANA DO TEMPO COMUM Levantai, ó

Leia mais

Igreja local: um lugar de aperfeiçoamento

Igreja local: um lugar de aperfeiçoamento Igreja local: um lugar de aperfeiçoamento Paulo, chamado para ser apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus, e o irmão Sóstenes, à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus

Leia mais

Paciência: Evitando as dissensões

Paciência: Evitando as dissensões Lição 6 Paciência: Evitando as dissensões Professor: Ev. Cleidimar Figueiredo www.canaatrindade.com.br Texto Áureo " Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação [...] (Rm 12.12). Verdade prática

Leia mais

a reforma JOSIAS LIÇÃO IV TRIMESTRE 2015 Preparado por: Pr. Wellington Almeida

a reforma JOSIAS LIÇÃO IV TRIMESTRE 2015 Preparado por: Pr. Wellington Almeida a reforma de JOSIAS 0 IV TRIMESTRE 2015 Preparado por: Pr. Wellington Almeida A REFORMA DE JOSIAS INTRODUÇÃO Assim, grande parte da Bíblia constitui a história de Deus advertindo Seu povo a não fazer escolhas

Leia mais

LISTAGEM DAS COLEÇÕES DE AUDIOS

LISTAGEM DAS COLEÇÕES DE AUDIOS R LISTAGEM DAS COLEÇÕES DE AUDIOS C001 Conferências de Set 2001 A Vida no Reino Delcio Meireles 8 C002 Conferências de Nov 2001 A Restauração Delcio Meireles 5 C003 Conferências de Mar 2002 Apocalipse

Leia mais

Nota: As palavras do Papa estão em negrito e os nossos acréscimos estão em itálico. CIC significa Catecismo da Igreja Católica.

Nota: As palavras do Papa estão em negrito e os nossos acréscimos estão em itálico. CIC significa Catecismo da Igreja Católica. A luz da Fé O Papa Francisco presenteia para todos nós sua primeira Encíclica, titulada Lumen Fidei (Luz da Fé). Logo abaixo apresentamos um trecho da referida Carta. O que seria a Luz da Fé? Nós precisamos

Leia mais

Você precisa dizer AMÉM

Você precisa dizer AMÉM Você precisa dizer AMÉM Quando ouvimos a pregação com o coração aberto, a fé de Deus é liberada ao nosso coração e então podemos desfrutar de todas as bênçãos do céu Gostaria de compartilhar o poder de

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. - A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério

Leia mais

Em busca de uma Espiritualidade Cristã Integral

Em busca de uma Espiritualidade Cristã Integral PAINEL FORMAÇÃO ESPIRITUAL PARA A VIDA TODA Em busca de uma Espiritualidade Cristã Integral jorge@ftsa.edu.br jorge.h.barro www.missaourbana.com.br Jorge Henrique Barro Introdução O tema da espiritualidade

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM SEGUNDA-FEIRA DA 34 SEMANA DO TEMPO COMUM 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

SUMÁRIO 1º ANO DO CURSO APRENDIZES DO EVANGELHO 2017

SUMÁRIO 1º ANO DO CURSO APRENDIZES DO EVANGELHO 2017 1º ANO DO CURSO APRENDIZES DO EVANGELHO 2017 CURSO DE RESPONSABILIDADE DO DEPARTAMENTO DE ENSINO DO CENTRO ESPÍRITA BEZERRA DE MENEZES DE CATANDUVA DIRIGENTE NAZIK BAUAB DE ALMEIDA SILVA SUMÁRIO 1ª AULA

Leia mais

O Poder de Jesus sobre a Natureza e os Demônios Lição 8-24 de Maio de 2015

O Poder de Jesus sobre a Natureza e os Demônios Lição 8-24 de Maio de 2015 O Poder de Jesus sobre a Natureza e os Demônios Lição 8-24 de Maio de 2015 1 2 "E disse-lhes: Onde está a vossa fé? E eles, temendo, maravilharam-se, dizendo uns aos outros: Quem é este, que até aos ventos

Leia mais

Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz, nº 2.968, de em Luzitânia/SP (Terça)

Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz, nº 2.968, de em Luzitânia/SP (Terça) Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz, nº 2.968, de 11.03.2008 em Luzitânia/SP (Terça) Queridos filhos, sabei que o Senhor está convosco e que nada ou ninguém poderá afastar-vos do Senhor se viverdes

Leia mais

Terço da Comunidade Filhos do Céu

Terço da Comunidade Filhos do Céu Terço da Comunidade Filhos do Céu O TERÇO O terço foi criado pelo fundador da comunidade Afonso Silva ( Painho ) para ser utilizado pelos consagrados e filhos na própria Comunidade Filhos do Céu que ao

Leia mais

TI GO PREPARANDO-SE LIÇÃO - 11 IV TRIMESTRE PARA COLHEITA

TI GO PREPARANDO-SE LIÇÃO - 11 IV TRIMESTRE PARA COLHEITA cartas de TI GO 2014 LIÇÃO - PREPARANDO-SE IV TRIMESTRE PARA COLHEITA RELEMBRANDO A Justiça será feita! Quando a riqueza se torna inútil O Clamor dos pobres Fartos e felizes Culpando as vítimas E CHOR

Leia mais

Ambos acontecerão no Centro de Eventos Ismael Sperafico, com programações específicas para cada Ministério.

Ambos acontecerão no Centro de Eventos Ismael Sperafico, com programações específicas para cada Ministério. Vivenciar os pilares daidentidade do Movimento, a unidade entre seus membros e o despertar para a missão. Estes são os três pilares fundamentais para um congresso da RCC, de acordo com o coordenador estadual

Leia mais

INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ. Itinerário para formar discípulos missionários

INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ. Itinerário para formar discípulos missionários INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ Itinerário para formar discípulos missionários CAPÍTULO I Um ícone bíblico: Jesus e a Samaritana Esperamos que o encontro de Jesus com a samaritana ilumine nossas reflexões sobre

Leia mais

A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã.

A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã. A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã. Uma missão irrenunciável da igreja como um todo e do cristão particularmente. O QUE É INDISPENSÁVEL PARA A EVANGELIZAÇÃO? Conversão

Leia mais

Israel Mazzacorati Ibaviva 2016

Israel Mazzacorati Ibaviva 2016 Israel Mazzacorati Ibaviva 2016 A Igreja é o Corpo de Cristo; o plano eterno e cósmico de Deus, realizado em Cristo Jesus, no poder e no testemunho do Espírito Santo, que se concretiza na história através

Leia mais

evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. O Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. O A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério terreno do Nosso Senhor

Leia mais

O Espírito Santo A DINVIDADE DO E A ESPIRITUALIDADE LIÇÃO I TRIMESTRE 2017

O Espírito Santo A DINVIDADE DO E A ESPIRITUALIDADE LIÇÃO I TRIMESTRE 2017 O Espírito Santo E A ESPIRITUALIDADE I TRIMESTRE 2017 Espírito A DINVIDADE DO santo PARA MEMORIZAR: A graça do Senhor Jesus Cristo, e o INTRODUÇÃO amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com

Leia mais

Paróquia Jesus, Maria e José Grupo de Oração Fonte de Misericórdia RCC/ Beberibe

Paróquia Jesus, Maria e José Grupo de Oração Fonte de Misericórdia RCC/ Beberibe Paróquia Jesus, Maria e José Grupo de Oração Fonte de Misericórdia RCC/ Beberibe Jovens sois forte a palavra de Deus permanece em vós. 1 Jo 2,14 O EVENTO: EMANUEL EMANUEL é o cumprimento da palavra que

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 25 de Abril - São Marcos Evangelista 1) Oração Ó Deus, que

Leia mais

ORAÇÃO DA MANHÃ. TEXTO BÍBLICO Matheus 5, Atos dos Apóstolos 1, 12 14

ORAÇÃO DA MANHÃ. TEXTO BÍBLICO Matheus 5, Atos dos Apóstolos 1, 12 14 ORAÇÃO DA MANHÃ TEXTO BÍBLICO Matheus 5, 13 16 Atos dos Apóstolos 1, 12 14 MÚSICA Cenáculo (Felipe de Freitas Araujo CD: O Mundo Todo é Nosso Campo de Batalha, Cancioneiro GM 2014: Espírito Santo, 163).

Leia mais

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA INTRODUÇÃO - Concluindo o estudo deste trimestre sobre evangelização, estudaremos a necessária integralidade desta atividade mais importante, da razão de ser da igreja. - A evangelização tem de ser integral.

Leia mais

Invocai o nome de Deus, nosso libertador

Invocai o nome de Deus, nosso libertador Invocai o nome de Deus, nosso libertador www.facebook.com/mensageiro sdeanguera Paz e Fogo, amados irmãos! Chegamos ao capítulo 12 do livro de Isaías, vemos aqui que o profeta louva a Deus pela libertação.

Leia mais

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos NOVENA À NOSSA SENHORA DE CARAVAGGIO 1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos Vós que consolastes a pobre Joaneta em meio à sua aflição familiar, concedei a graça que tanto necessito, intercedendo junto a Jesus

Leia mais

O Rev. Ronaldo Lidório comentou esse texto e trabalhou a MISSÃO.

O Rev. Ronaldo Lidório comentou esse texto e trabalhou a MISSÃO. 1 O LIVRO E O CORDEIRO O Rev. Ronaldo Lidório comentou esse texto e trabalhou a MISSÃO. 1) A Missão do Pai é Reinar 2) A Missão do Filho é Pagar o Preço; 3) A Missão da Igreja é servir ao Cordeiro Jesus.

Leia mais

Efésios 2: Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. 9 Não vem das obras, para que ninguém se

Efésios 2: Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. 9 Não vem das obras, para que ninguém se Efésios 2:8-10 8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. 9 Não vem das obras, para que ninguém se glorie; 10 Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus

Leia mais

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO A OBRA DO ESPÍRITO SANTO Lição 12 para 25 de março de 2017 Ao apresentar o Espírito Santo como nosso Consolador ou Ajudador, Jesus também nos indicou qual a sua obra principal: convencer o mundo. Também

Leia mais

em retribuição à rejeição da mais ampla oportunidade de salvação que já houve, mandará o maior juízo que já se abateu sobre a Terra.

em retribuição à rejeição da mais ampla oportunidade de salvação que já houve, mandará o maior juízo que já se abateu sobre a Terra. O Toda dispensação termina com um juízo. O Deus é justo (Sl.145:17) e, portanto, em retribuição à rejeição da mais ampla oportunidade de salvação que já houve, mandará o maior juízo que já se abateu sobre

Leia mais

Nº 36 C Domingo XXXI do Tempo Comum

Nº 36 C Domingo XXXI do Tempo Comum Nº 36 C Domingo XXXI do Tempo Comum-3.11.13 Como Zaqueu, quero acolher-te e mudar, Senhor Escuta-me, Senhor. Como Zaqueu, quero procurar-te, nem que seja preciso deixar coisas que me enchem a casa e a

Leia mais