AVALIAÇÃO FORMATIVA A GRAMÁTICA NOS EXAMES. 1. A seguinte lista de palavras inclui quatro conjunções. Assinala-as com X. enquanto

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AVALIAÇÃO FORMATIVA A GRAMÁTICA NOS EXAMES. 1. A seguinte lista de palavras inclui quatro conjunções. Assinala-as com X. enquanto"

Transcrição

1 Ano Lectivo 2008 / 2009 AVALIAÇÃO FORMATIVA LÍNGUA PORTUGUESA 9ºANO A GRAMÁTICA NOS EXAMES 1. A seguinte lista de palavras inclui quatro conjunções. Assinala-as com X. isto ou por portanto quase de tudo aliás aqui contudo cujo enquanto 2. Assinala com X os três enunciados da coluna B que estabelecem uma relação de subordinação temporal com o enunciado da coluna A. Coluna A Todos os olhares se voltaram para a rapariga Coluna B assim como para o acompanhante. ainda que de maneira discreta. de tal modo que ela ficou logo embaraçada. assim que ela entrou no café. já que ela trazia um enorme cão pela trela. pois era proibida a entrada a animais. mal ela chamou o empregado. quando ela pediu água para o cão. 3. Indica a função sintáctica de cada um dos elementos sublinhados nas seguintes frases. a) Por favor, traga-me uma água, senhor Ribeiro. b) A pobreza continua presente nos dias de hoje. c) Os colaboradores voluntários do Banco Alimentar são pessoas altruístas.

2 4. Reescreve na forma passiva a seguinte frase: O Eduardo tinha lido as notícias do dia. 5 - Responde aos itens que se seguem sobre o funcionamento da língua, de acordo com as orientações que te são dadas. 1. Lê a seguinte lista de palavras: médico Lisboa luminosidade refeição animal hóspede quieto farnel antónimo Agrupa-as de acordo com a posição da sílaba tónica: AGUDAS GRAVES ESDRÚXULAS 6. Classifica os verbos sublinhados na frase como transitivos ou intransitivos, transcrevendo-os para a coluna respectiva do quadro. Frase No final da aula, a Camila arrumou a mochila; depois, enquanto lanchava, trocou apontamentos com uma colega e foi estudar. Verbos transitivos Verbos intransitivos 7. A Joana, em conversa, disse o seguinte à Cristina: «Logo que possa, vou a casa da Beatriz buscar os livros de Português, porque, para a semana, tenho teste e ainda não estudei o suficiente.» Completa, agora, a frase que a Cristina teria de escrever, para reproduzir o que a Joana lhe disse. Deves, para isso, fazer todas as alterações necessárias. A Joana disse-me

3 8. Lê as seguintes frases: a) O Cuco, um sonhador, só gostava de aventuras misteriosas. b) Eu considero o Cuco um sonhador Assinala com X o quadrado correspondente à alternativa correcta. Na frase a), um sonhador desempenha a função sintáctica de complemento directo. predicativo do complemento directo. predicativo do sujeito. aposto. 9. Transcreve separadamente, nas linhas abaixo, as duas orações que constituem a frase complexa que se segue. Os navegadores que viajavam para a Índia foram surpreendidos pela tempestade. 10. A seguinte lista de palavras inclui quatro advérbios. Assinala-os com X. Com cujo devagar enfim ninguém ou perante porém qualquer quase quem sempre 11. Assinala com X os três enunciados da coluna B que estabelecem uma relação de concessão com o enunciado da coluna A. Coluna A A Maria vai estudar para Coimbra Coluna B ainda que preferisse ir para Lisboa. ao passo que o irmão vai para Évora. mesmo que os pais fiquem tristes. assim que acabar o 12.º ano. embora lhe custe separar-se da família. para ficar perto do primo. porque a tia vive lá. visto que a mãe assim decidiu. 12. Indica a função sintáctica de cada um dos elementos sublinhados nas seguintes frases. a) Há pessoas que consideram os insectos fascinantes.

4 b) Os insectos são realmente fascinantes. c) O mel é produzido pelas abelhas. 13. Completa as seguintes frases com as formas correctas dos verbos indicados entre parêntesis. a) Foste tu que (fazer) isto? b) Foram eles quem (dizer) isto? c) Queres ir ajudar a limpar a mata? A gente (ir). 14. Reescreve cada uma das duas frases seguintes, substituindo por pronomes pessoais os complementos indicados em cada caso e procedendo às alterações necessárias Complemento directo do verbo sublinhado: O António pediu aos amigos que o fossem visitar Complemento indirecto do verbo sublinhado: Devolvi-o à funcionária de serviço. 15. Completa as frases seguintes, fazendo a concordância entre o verbo indicado e o sujeito. Usa qualquer tempo e qualquer modo adequados ao contexto. a) Só eu e a Maria (responder) à questão. b) Tanto o Miguel como o Joaquim (assistir) ao jogo de futebol. c) És tu quem (costumar) fazer barulho nas aulas? d) Matemática, Ciências, Línguas, tudo (ser) interessante. e) Nem o cansaço nem a dor (fazer) a atleta desistir. 16. Lê atentamente, a seguinte frase: O Mário e os irmãos devolveram ontem os livros requisitados à Biblioteca. Assinala com um X o quadrado que corresponde à forma passiva da frase que leste: Os livros requisitados à Biblioteca tinham-nos ontem devolvido o Mário e os irmãos. Ontem, foram devolvidos pelo Mário e pelos irmãos os livros requisitados à Biblioteca. Quem devolveu ontem os livros requisitados à Biblioteca foram o Mário e os irmãos. A Biblioteca devolveu ao Mário e aos irmãos os livros que eles tinham requisitado ontem. 17. Transforma em frases complexas os pares de frases simples a seguir apresentados, utilizando conjunções ou locuções conjuncionais das subclasses indicadas entre parênteses. Faz as alterações necessárias à correcção das frases. a) Todos queriam ir ao concerto. Eles não tinham dinheiro. (conjunção ou locução conjuncional subordinativa concessiva)

5 b) O filme era muito longo. Deixei-me dormir a meio. (locução conjuncional subordinativa consecutiva) c) Não vou convosco à casa da Ana. Eu e a Ana zangámo-nos. (conjunção ou locução conjuncional subordinativa causal) d) Partimos de Lisboa às sete horas da manhã. Podemos ainda almoçar no Porto. (conjunção ou locução conjuncional subordinativa condicional) 18. Completa adequadamente as frases que se seguem. a) A palavra «profissão» é hiperónimo de. b) A palavra «bicicleta» é hipónimo de. c) A palavra «tristeza» é hipónimo de. d) A palavra «mamífero» é hiperónimo de. 19. Completa cada uma das frases seguintes, usando, nos tempos indicados, a forma correcta do verbo apresentado entre parênteses. a) Pretérito perfeito simples do indicativo O João e o Miguel não (querer) aceitar o convite de um amigo para trabalharem num restaurante. b) Pretérito mais-que-perfeito composto do indicativo O Jorge pintou um brinquedo que (encontrar) no sótão. c) Pretérito imperfeito do conjuntivo Se as plantas (poder) falar, talvez (haver) mais respeito pela natureza.

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA PADRE FRANCISCO SOARES LÍNGUA PORTUGUESA FICHA DE CONHECIMENTO EXPLÍCITO DA LÍNGUA EXERCÍCOS RETIRADOS DE PROVAS DE EXAME

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA PADRE FRANCISCO SOARES LÍNGUA PORTUGUESA FICHA DE CONHECIMENTO EXPLÍCITO DA LÍNGUA EXERCÍCOS RETIRADOS DE PROVAS DE EXAME ESCOLA BÁSICA INTEGRADA PADRE FRANCISCO SOARES LÍNGUA PORTUGUESA FICHA DE CONHECIMENTO EPLÍCITO DA LÍNGUA EERCÍCOS RETIRADOS DE PROVAS DE EAME 1. Lê as frases: a) O Cuco, um sonhador, só gostava de aventuras

Leia mais

ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA

ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA A. Gomes Ferreira J. Nunes de Figueiredo 2. CICLO Oo Introdução I. ONDE SE FALA A LÍNGUA PORTUGUESA II. A PALAVRA. A FRASE. SINTAXE E MORFOLOGIA MATÉRIA DAS UNIDADES

Leia mais

Frase simples e frase complexa

Frase simples e frase complexa Frase simples e frase complexa Orações coordenadas e subordinadas 1 I. Frase simples O O José telefonou à Joana. A A senhora traz umas flores. Eu saio. O O meu vizinho foi ao médico. Cada uma destas frases

Leia mais

3.ºTESTE CORREÇÃO. Agrupamento de Escolas de Peniche Português - 9.º Ano

3.ºTESTE CORREÇÃO. Agrupamento de Escolas de Peniche Português - 9.º Ano 3.ºTESTE CORREÇÃO Agrupamento de Escolas de Peniche Português - 9.º Ano 2014-15 Grupo I - Parte A 1. Versão A: CEGFABD Versão B: CBFDGEA 2.1. De início, os portugueses não se afastavam da costa porque

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS SOMA

CENTRO DE ESTUDOS SOMA FICHA DE TRABALHO FUNÇÕES SINTÁTICAS E SUBCLASSE DOS VERBOS 1. Identifica as funções sintáticas presentes nas frases, usando os números apresentados: 1- sujeito 2- predicado 3-complemento direto 4 - complemento

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU PLANIFICAÇÃO ANUAL

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU PLANIFICAÇÃO ANUAL ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU PLANIFICAÇÃO ANUAL Básico Disciplina: ESPANHOL Ano: 8.º Ano Lectivo. 2010/2011 COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ACTICIDADES/ ESTRATÉGIAS AULAS PREVISTAS INSTRUMENTOS

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CAUSAIS Principais conjunções causais: porque, visto que, já que, uma vez que, como (= porque). Exemplos: - Não pude comprar o CD porque estava em falta. - Ele

Leia mais

Artigo definido / artigo indefinido e seu emprego Nome Género Formação do feminino Formação do plural. Unidade 0

Artigo definido / artigo indefinido e seu emprego Nome Género Formação do feminino Formação do plural. Unidade 0 NÍVEL DE PROFICIÊNCIA LINGUÍSTICA A1/A2 COMPETÊNCIA COMUNICATIVA PARTE 1 PRAGMÁTICA LINGUÍSTICA Unidade 0 Vamos aprender Português! Identificar marcas da identidade cultural portuguesa / língua portuguesa

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS As ORAÇÕES SUBORDINADAS funcionam sempre como um termo essencial, integrante e acessório da oração principal.

Leia mais

Ano lectivo 2010 / 2011 Conteúdos programáticos essenciais

Ano lectivo 2010 / 2011 Conteúdos programáticos essenciais Ano de escolaridade: 5º Área curricular disciplinar de Língua Portuguesa Origem da língua portuguesa / noção de PALOP Alfabeto: vogais e consoantes Vogais e ditongos orais e nasais Divisão silábica Classificação

Leia mais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais Língua Portuguesa Nesta bimestral você aprendeu sobre diversos conceitos como Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe, e partir desses conceitos vamos revisar os principais assuntos estudados. Quando falamos

Leia mais

Língua Portuguesa 8º ano

Língua Portuguesa 8º ano Língua Portuguesa 8º ano Conteúdos por Unidade Didática 1º Período A - Comunicação Oral. Ideias principais.. Ideias secundárias..adequação comunicativa ( processos persuasivos; recursos verbais e não verbais)..

Leia mais

Programa Curso Português nível A1 e A2

Programa Curso Português nível A1 e A2 Unidade 1 : Olá! Como está? Programa Curso Português nível A1 e A2 Apresentar-se Cumprimentar Despedir-se Dar informações de carácter pessoal Nome Morada Estado civil Nacionalidades Países / Cidades Profissões

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Língua Portuguesa 6 º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Língua Portuguesa 6 º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Língua Portuguesa 6 º Ano Período Dias de aulas previstos 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª 6.ª 1.º período 13 12 12 12 14 2.º período 10 11 11 12 12 3.º período 8 8 8 8 9 (As Aulas

Leia mais

Língua Portuguesa 8º ano

Língua Portuguesa 8º ano Escutar para Aprender e Construir Conhecimento Tipologia textual: texto conversacional. Variação e normalização linguística. Língua padrão (traços específicos). Língua Portuguesa 8º ano Conteúdos 1º Período

Leia mais

Planificação periódica LÍNGUA PORTUGUESA

Planificação periódica LÍNGUA PORTUGUESA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Escola EB 2/3 João Afonso de Aveiro Planificação periódica LÍNGUA PORTUGUESA 6ºAno 2008/2009 Planificação 1º Período 6º Ano 2008-2009 UNIDADE Conteúdos Actividades O regresso

Leia mais

Escola Básica e Secundária À Beira Douro. Planificação de Língua Portuguesa 6º ano. Ano lectivo

Escola Básica e Secundária À Beira Douro. Planificação de Língua Portuguesa 6º ano. Ano lectivo Escola Básica e Secundária À Beira Douro Planificação de Língua Portuguesa 6º ano Ano lectivo 2010-2011 COMPETÊNCIAS Alargamento da compreensão a géneros formais e públicos do oral. Criação de autonomia

Leia mais

O contributo da avaliação formativa com feedback de qualidade para a melhoria dos resultados escolares

O contributo da avaliação formativa com feedback de qualidade para a melhoria dos resultados escolares PEEME -- O contributo da avaliação formativa com feedback de qualidade para a melhoria dos resultados escolares Helena Isabel Parreira Agrupamento nº de Escolas de Grândola Resultados da avaliação sumativa

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL- PORTUGUÊS

PLANIFICAÇÃO ANUAL- PORTUGUÊS PLANIFICAÇÃO ANUAL- PORTUGUÊS 6º Ano Utilizador 2105/2016 A planificação anual aqui apresentada segue a sequência do manual, os domínios de referência a desenvolver, as metas curriculares associadas, os

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS FRASE SIMPLES E FRASE COMPLEXA A frase pode ser constituída por uma ou mais orações. Uma oração é a unidade gramatical organizada à volta de um verbo. FRASE SIMPLES E

Leia mais

Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Cadaval Departamento de Línguas Planificação Anual de Língua Portuguesa 6º Ano de escolaridade

Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Cadaval Departamento de Línguas Planificação Anual de Língua Portuguesa 6º Ano de escolaridade Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Cadaval Departamento de Línguas Planificação Anual de Língua Portuguesa 6º Ano de escolaridade 1º Período 1/13 Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Cadaval Ano Lectivo

Leia mais

Novo Programa de Português do Ensino Básico

Novo Programa de Português do Ensino Básico Etapa 1 Para aprenderes mais sobre alguns elementos da língua de que precisas para emitir uma apreciação ou expressar uma opinião, vamos começar por rever os conhecimentos que já possuis acerca de um dos

Leia mais

Escrita (expressiva e lúdica) Texto narrativo Texto poético Texto descritivo Texto instrucional

Escrita (expressiva e lúdica) Texto narrativo Texto poético Texto descritivo Texto instrucional Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos Língua Portuguesa 6º ano Ano letivo 2012 2013 1º PERIODO CONTEÚDOS Expressão Oral Exposição oral Texto oral Leitura expressiva Leitura coral Dramatização de

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 Aulas Aula Conteúdo Página 1 Emprego das classes e palavras

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE PORTUGUÊS Básico II

PLANIFICAÇÃO DE PORTUGUÊS Básico II 1º Período PLANIFICAÇÃO DE PORTUGUÊS Básico II 5º Ano Ano Lectivo: 2010/2011 Estratégias. Nós e a Escola -Organização do material -Conhecer o Manual -Outros auxiliares de estudo -O uso do Dicionário -

Leia mais

Jogo das? Série de 5 (1)

Jogo das? Série de 5 (1) Jogo das? Série de 5 (1) Não há jogos que resultem no meio da confusão! Silêncio e respeito pelo trabalho dos outros! Há perguntas variadas. Jogam dois a dois. Respondem rapidamente às perguntas, sem recurso

Leia mais

Coordenação e subordinação. Porto Editora

Coordenação e subordinação. Porto Editora Coordenação e subordinação Frase simples complexa Frase simples Constituída apenas por um verbo ou por um complexo verbal. Ex.: A Maria brinca muito com o irmão. frase simples (constituída por um verbo)

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS PORTUGUÊS 8.º ANO 2015/2016

PLANO DE ESTUDOS PORTUGUÊS 8.º ANO 2015/2016 PLANO DE ESTUDOS PORTUGUÊS 8.º ANO 2015/2016 O aluno, no final do 8.º ano, deve ser capaz de: Domínio da diversificados e recorrendo a mecanismos de Produzir textos orais de Domínio da Domínio da Domínio

Leia mais

INSTITUTO DOS PUPILOS DO EXÉRCITO - CONCURSO DE ADMISSÃO - ANO LETIVO DE 2016/2017 2ª FASE

INSTITUTO DOS PUPILOS DO EXÉRCITO - CONCURSO DE ADMISSÃO - ANO LETIVO DE 2016/2017 2ª FASE INSTITUTO DOS PUPILOS DO EXÉRCITO - CONCURSO DE ADMISSÃO - ANO LETIVO DE 2016/2017 2ª FASE Candidato Nº Nº CONVENCIONAL Nome 7.º ANO PROVA DE PORTUGUÊS (Duração da prova: 50 minutos) Classificação: ( )

Leia mais

Português - Advérbios e preposições. 1. Copia dos teus apontamentos a definição de advérbio.

Português - Advérbios e preposições. 1. Copia dos teus apontamentos a definição de advérbio. A1 1. Copia dos teus apontamentos a definição de advérbio. 2. Dentro da classe dos advérbios, existe 3 subclasses. Identificaas e regista alguns exemplos. A1R 1. Os advérbios são palavras invariáveis em

Leia mais

Planificação Longo Prazo

Planificação Longo Prazo DEPARTAMENTO LÍNGUAS ANO LETIVO 2016 / 2017 DISCIPLINA Português ANO 7.ºANO Planificação Longo Prazo CONTEÚDOS TEXTOS DOS MEDIA E DO QUOTIDIANO 1.º período Notícia Frio arrasta centenas de corvos marinhos

Leia mais

Novo Programa de Português do Ensino Básico

Novo Programa de Português do Ensino Básico Etapa 2 Laboratório de Língua Para que possas redigir com consistência a tua apreciação crítica, é importante aprofundares os teus conhecimentos sobre alguns elementos gramaticais e sobre algumas construções

Leia mais

Escola E.B 2,3 Dr. António Francisco Colaço Língua Portuguesa 9º Ano Funcionamento da Língua Exercícios que saíram em exames

Escola E.B 2,3 Dr. António Francisco Colaço Língua Portuguesa 9º Ano Funcionamento da Língua Exercícios que saíram em exames ho Escola E.B 2,3 Dr. António Francisco Colaço Língua Portuguesa 9º Ano Funcionamento da Língua Exercícios que saíram em exames 2011/2012 Prof. Manuela Pereira 2º Período 1. Para cada uma das afirmações

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal.

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA SUBJETIVA Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. É necessário que você se apresente ao serviço amanhã. Foi anunciado que

Leia mais

Escola EB1 de Ficha de Avaliação Final de Língua Portuguesa 3º ano Nome: Data: / /2011

Escola EB1 de Ficha de Avaliação Final de Língua Portuguesa 3º ano Nome: Data: / /2011 Escola EB1 de Ficha de Avaliação Final de Língua Portuguesa 3º ano Nome: Data: / /2011 1 - Lê o texto com atenção. A Fada Oriana 1 5 10 15 20 25 Era uma vez uma fada chamada Oriana. Era uma fada boa e

Leia mais

P2-4 BIMESTRE. 01. Para cada palavra a seguir, indique uma preposição adequada e crie uma frase como exemplificação:

P2-4 BIMESTRE. 01. Para cada palavra a seguir, indique uma preposição adequada e crie uma frase como exemplificação: GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA: Português SÉRIE: 9 ano ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

Curso: 3.º Ciclo do Ensino Básico Disciplina: Português Ano: 7º, 8.º e 9.º

Curso: 3.º Ciclo do Ensino Básico Disciplina: Português Ano: 7º, 8.º e 9.º DOMÍNIOS A AVALIAR INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO Tipo 1 Leitura, Educação Literária, Gramática e Escrita. Testes de avaliação (leitura, educação literária, gramática e escrita) DOMÍNIO COGNITIVO (COMPETÊNCIAS

Leia mais

1º PERÍODO COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS DISCIPLINA: PORTUGUÊS 7º ANO ...

1º PERÍODO COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS DISCIPLINA: PORTUGUÊS 7º ANO ... ... DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS DISCIPLINA: PORTUGUÊS 7º ANO Conteúdos Aulas previstas 1º PERÍODO Textos jornalísticos (notícia, entrevista, reportagem, artigo de opinião, comentário, crónica) Textos biográficos

Leia mais

Português 3º ano João J. Concordância Verbal

Português 3º ano João J. Concordância Verbal Português 3º ano João J. Concordância Verbal Concordância Verbal Concordância do verbo com o sujeito composto I. Quando o sujeito composto estiver posicionado antes do verbo, este ficará no plural. Ex.:

Leia mais

Língua Portuguesa. Professoras: Fernanda e Danúzia

Língua Portuguesa. Professoras: Fernanda e Danúzia Língua Portuguesa Professoras: Fernanda e Danúzia Nesta bimestral você aprendeu sobre diversos conceitos como Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe, e partir desses conceitos vamos revisar os principais

Leia mais

Lista 6 - Língua Portuguesa 1

Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Períodos compostos LISTA 6 - LP 1 - PERÍODOS COMPOSTOS Períodos compostos Em listas anteriores, vimos alguns conceitos sintáticos importantes para o domínio da norma culta

Leia mais

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA S.I. DE CHAVILLE JUNHO 2009/ JUIN 2009 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA EPREUVE DE LANGUE PORTUGAISE 6 ème- IDENTIFICAÇÃO (A preencher pelo aluno) Nome do aluno: Data de nascimento: Nacionalidade: Morada: Nome

Leia mais

Exemplos de exercícios

Exemplos de exercícios Sintaxe Exemplos de exercícios Complemento oblíquo Percurso: 1. Constatação da existência de constituintes do GV selecionados pelo verbo (complemento direto, indireto e oblíquo). 2. Treino de reconhecimento

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa de Português do Ensino Básico, Metas Curriculares de Português do Ensino Básico

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE PORTUGUÊS 8.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE PORTUGUÊS 8.º ANO DE PORTUGUÊS 8.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No final do 8.º ano de escolaridade, o aluno deve ser capaz de: interpretar e produzir textos orais com diferentes graus de formalidade, finalidade

Leia mais

Caderno 1 GRUPO I. Prova Modelo de Português. Ouve atentamente a gravação e segue as instruções que te são dadas.

Caderno 1 GRUPO I. Prova Modelo de Português. Ouve atentamente a gravação e segue as instruções que te são dadas. 4 Prova Modelo de Português Nome: Data: / / Caderno 1 GRUPO I Ouve atentamente a gravação e segue as instruções que te são dadas. 1. Na história há três personagens. Uma delas é uma, que se chama Paulina.

Leia mais

PORTUGUÊS CIDA UNIDADE I I. PARTE. Pontuação Atividades: Micro: Prova: Total:

PORTUGUÊS CIDA UNIDADE I I. PARTE. Pontuação Atividades: Micro: Prova: Total: TIPO 2 PORTUGUÊS CIDA 7º UNIDADE I Orientações: Não será aceita a utilização de corretivo; não será permitido o empréstimo de material durante a avaliação; use somente caneta esferográfica azul ou preta;

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Faz a leitura dramatizada, acompanhada de gestos que imitam as ações.

LÍNGUA PORTUGUESA. Faz a leitura dramatizada, acompanhada de gestos que imitam as ações. 3º ANO Nome : Data : / / LÍNGUA PORTUGUESA INFORMAÇÃO : RUBRICA : Faz a leitura dramatizada, acompanhada de gestos que imitam as ações. Os cadernos novos É uma coisa que me diverte muito, arranjar cadernos

Leia mais

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15 Capítulo1 Capítulo2 A LÍNGUA E A LINGUAGEM............................................. 9 Linguagem: aptidão inata.............................................. 10 Funções.............................................................

Leia mais

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO PROFESSORA Bom dia meninos, estão bons? TODOS Sim. PROFESSORA Então a primeira pergunta que eu vou fazer é se vocês gostam

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA DISCIPLINA : LÍNGUA PORTUGUESA : 6ºano ANO LECTIVO: 2007/2008 PLANIFICAÇÃO ANUAL COMPETÊNCIAS GERAIS Mobilizar saberes culturais, científicos e tecnológicos para compreender a realidade e para abordar

Leia mais

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem...

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem... Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO LÍNGUA PORTUGUESA

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO  LÍNGUA PORTUGUESA CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO www.cenm.com.br 3 o DESAFIO CENM - 2015 LÍNGUA PORTUGUESA 1. Explique o uso do pronome demonstrativo na tira abaixo. Direção: ANO : 5 EF Complete as frases usando adequadamente

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS Prof. Marcos Lima Língua portuguesa, 9ºano FRASE COMPLEXA Numa frase complexa há duas (ou mais) orações ligadas por uma conjunção (ou locução conjuncional). Ex: Fui à

Leia mais

Alguns verbos problemáticos. Ser, estar e ficar

Alguns verbos problemáticos. Ser, estar e ficar Alguns verbos problemáticos Ser, estar e ficar 1 1. Ser / estar / ficar + adjectivo Ser exprime características e propriedades permanentes / inerentes de uma pessoa ou coisa. Rogério é brasileiro. A Maria

Leia mais

índice geral Prefácio, X/77

índice geral Prefácio, X/77 índice geral Prefácio, X/77 Capítulo I CONCEITOS GERAIS, / Linguagem, língua, discurso, estilo / Língua e sociedade: variação e conservação linguística, 2 Diversidade geográfica da língua: dialecto e falar,

Leia mais

Escrever com correcção

Escrever com correcção Escrever com correcção } Dicionário Priberam da Língua Portuguesa } http://www.priberam.pt/dlpo } FLIP Corrector ortográfico e sintáctico } http://www.flip.pt/tabid/294/default.aspx } Dúvidas Linguísticas

Leia mais

Preparação para a. Prova de Aferição. Português. 8.º ano

Preparação para a. Prova de Aferição. Português. 8.º ano Preparação para a Prova de Aferição Português Oo 8.º ano 72 II. Leitura Entrevista A entrevista é um texto conversacional, em que o jornalista, através de perguntas previamente elaboradas (em guião), procura

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO. (A preencher pelo aluno) (A preencher pelo professor) Nível:

ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO. (A preencher pelo aluno) (A preencher pelo professor) Nível: ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO Teste de Diagnóstico PPT (Português para Todos) 8 Páginas Duração: 90 minutos janeiro de 2016 (A preencher pelo aluno) Nome: (Indique o seu nome e apelido) Data:

Leia mais

PORTUGUÊS ABEL MOTA PREPARAR OS TESTES

PORTUGUÊS ABEL MOTA PREPARAR OS TESTES 7 PORTUGUÊS ABEL MOTA PREPARAR OS TESTES PARTE 1 LEITURA 1 A IMPRENSA 5 6 A imprensa e os jornais Classificação dos jornais Público-alvo Secções Géneros jornalísticos Do acontecimento ao leitor fazer Escolher

Leia mais

Apresentação 11 Lista de abreviações 13. Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM

Apresentação 11 Lista de abreviações 13. Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM Sumário Apresentação 11 Lista de abreviações 13 Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM O homem, a linguagem e o conhecimento ( 1-6) O processo da comunicação humana ( 7-11) Funções da

Leia mais

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE FUNÇÕES DO QUE? Aqui estudaremos todas as classes gramaticais a que a palavra que pertence. SUBSTANTIVO A palavra que será substantivo, quando tiver o sentido de qualquer coisa ou alguma coisa, é sempre

Leia mais

Língua. Portuguesa. Sintaxe da Oração

Língua. Portuguesa. Sintaxe da Oração Língua Portuguesa Sintaxe da Oração Frase Oração Período Frase: Bom dia! Ele resolveu a questão. Oração: Ele resolveu a questão. Espero que ele resolva a questão. Frase Oração Período Período Simples:

Leia mais

Período composto por coordenação

Período composto por coordenação Período composto por coordenação É o período composto por duas ou mais orações independentes. Estas orações podem ser assindéticas ou sindéticas. Orações coordenadas assindéticas Não apresentam conectivos

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23 Sumário... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância nominal)

Leia mais

VERBOS. Profª Giovana Uggioni Silveira

VERBOS. Profª Giovana Uggioni Silveira VERBOS Profª Giovana Uggioni Silveira AÇÃO ESTADO FENÔMENOS DA NATUREZA FORMAS NOMINAIS DO VERBO Infinitivo (amar, fazer, partir, comemorar, por, ser, ir) terminados em AR - 1ª conjugação terminados em

Leia mais

Planificação periódica de LÍNGUA PORTUGUESA. 5ºAno 2010/20011

Planificação periódica de LÍNGUA PORTUGUESA. 5ºAno 2010/20011 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Escola EB 2/3 João Afonso de Aveiro DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS Planificação periódica de LÍNGUA PORTUGUESA 5ºAno 200/200 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Escola EB 2/3 João

Leia mais

Avaliação de Diagnóstico Português 4º ano

Avaliação de Diagnóstico Português 4º ano Avaliação de Diagnóstico Português 4º ano Lê o texto com atenção Um pardal ferido 1 Mãe e filho viviam felizes. Mas o José, gorducho e olhos esbugalhados, de vez em quando desobedecia às suas ordens para

Leia mais

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14 Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética... 2 Fonemas...2 Letra...2 Sílaba...2 Número de sílabas...3 Tonicidade...3 Posição da sílaba tônica...3 Dígrafos...3 Encontros consonantais...3 Encontros vocálicos...4

Leia mais

INSTITUTO DOS PUPILOS DO EXÉRCITO - CONCURSO DE ADMISSÃO - ANO LETIVO DE 2016/2017 2ª FASE

INSTITUTO DOS PUPILOS DO EXÉRCITO - CONCURSO DE ADMISSÃO - ANO LETIVO DE 2016/2017 2ª FASE INSTITUTO DOS PUPILOS DO EXÉRCITO - CONCURSO DE ADMISSÃO - ANO LETIVO DE 2016/2017 2ª FASE Candidato Nº Nº CONVENCIONAL Nome Lê atentamente o texto que se segue. 10º ANO PROVA DE PORTUGUÊS (Duração da

Leia mais

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração.

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. CONJUNÇÃO É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. De acordo com o tipo de relação que estabelecem, as conjunções podem ser classificadas em coordenativas

Leia mais

01- Qual era o nome completo de Monteiro Lobato? R.: 02- Onde e quando ele nasceu? R.:

01- Qual era o nome completo de Monteiro Lobato? R.: 02- Onde e quando ele nasceu? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 2 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ==================================================================== TEXTO 1 UM ESCRITOR E AS CRIANÇAS

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Daniel. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Daniel. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2017. PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA: Português SÉRIE: 8 ano ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

DOMÍNIOS DE REFERÊNCIA/CONTEÚDOS

DOMÍNIOS DE REFERÊNCIA/CONTEÚDOS Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos de Português 6º ano Ano letivo 2015 2016 1º PERIODO DOMÍNIOS DE REFERÊNCIA/CONTEÚDOS Apresentação oral (de livros, provérbios, episódios do quotidiano, personagens

Leia mais

a) b) c) d) e) f) g) h) 2 1 3 3 2 1 3 3

a) b) c) d) e) f) g) h) 2 1 3 3 2 1 3 3 1. Cada alínea vale 1 ponto.[8 pontos] a) b) c) d) e) f) g) h) 2 1 3 3 2 1 3 3 2. Delimite e classifique as orações das frases que a seguir se apresentam: Cada alínea vale 1 ponto.[11 pontos] a) Quando

Leia mais

REGÊNCIA VERBAL PROF. OSMAR EDUARDO SENS

REGÊNCIA VERBAL PROF. OSMAR EDUARDO SENS REGÊNCIA VERBAL PROF. OSMAR EDUARDO SENS REGÊNCIA VERBAL Para se entender a regência verbal ou nominal é necessário conhecer as preposições. Por isso complete: 1. a) Preposição é uma palavra invariável

Leia mais

nosocômio alcaide cancela califom bilboquê

nosocômio alcaide cancela califom bilboquê 1 Releia os trechos a seguir, extraídos das páginas 206 a 208 de seu livro. a) Esta é boa! exclamou um viajante ao avistá-los. O animal vazio e o pobre velho a pé! Que despropósito! Será promessa, penitência

Leia mais

CONTEÚDOS DIVERSIFICADOS, DE ACORDO COM AS NECESSIDADES LINGUISTICAS, CURRICULARES E DE INTEGRAÇÃO DOS ALUNOS.

CONTEÚDOS DIVERSIFICADOS, DE ACORDO COM AS NECESSIDADES LINGUISTICAS, CURRICULARES E DE INTEGRAÇÃO DOS ALUNOS. COMPETÊNCIAS GERAIS Competências gerais de comunicação: competência lexical, competência gramatical, competência sociolinguística, competência pragmática, competência discursiva, competência estratégica.

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 15 Palavras QUE e SE

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 15 Palavras QUE e SE LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 15 Palavras QUE e SE AS PALAVRAS QUE E SE É acentuado e substituível por alguma coisa, qualquer coisa etc.; vem precedido de artigo ou numeral. Este professor

Leia mais

Prova Final de Português. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 61/1.ª Chamada. Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância: 30 minutos.

Prova Final de Português. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 61/1.ª Chamada. Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância: 30 minutos. PROVA FINAL DO 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Português/Prova 61/1.ª Chamada/2013 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ESTUDANTE Nome completo Documento de CC n.º ou BI n.º Emitido em Não

Leia mais

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO Observe os exemplos... Marisa comprou um carro. São termos essenciais da oração: Sujeito É o termo da oração sobre quem se declara alguma coisa Predicado É tudo aquilo

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL 2 ª FASE

ENSINO FUNDAMENTAL 2 ª FASE ENSINO FUNDAMENTAL 2 ª FASE CONTEÚDO 6 º ANO Língua Portuguesa 1) Produção de texto: Narração. Foco narrativo: narrador-observador. Estrutura do texto narrativo. Elementos narrativos. Uso do diálogo. Paragrafação.

Leia mais

Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática.

Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática. Fim de semana Gramática: atividades Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática. Dois programas diferentes 1. Complete as lacunas

Leia mais

As Metas Curriculares de Português, para o 3º Ciclo, apresentam cinco características essenciais:

As Metas Curriculares de Português, para o 3º Ciclo, apresentam cinco características essenciais: DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PORTUGUÊS º ANO A Ano Letivo: 204 / 205. Introdução / Metas Curriculares Na disciplina de Português o desenvolvimento do ensino será orientado por Metas Curriculares cuja definição

Leia mais

Orações Subordinadas Adverbiais

Orações Subordinadas Adverbiais Orações Subordinadas Adverbiais Finitas Consoante a natureza da relação existente entre a oração subordinada e a subordinante, aquela pode ser: 1. Temporal situa um acontecimento anterior ou posterior

Leia mais

a) Qual das formas verbais destacadas nas frases transmite a ideia de uma ação completamente concluída?

a) Qual das formas verbais destacadas nas frases transmite a ideia de uma ação completamente concluída? VERBO CONTINUAÇÃO III FLEXÃO DE TEMPO TEMPOS VERBAIS A) Modo Indicativo Leia esta piada: Chovia há três dias sem parar e o campo de futebol estava completamente inundado. Era domingo e sem futebol o pessoal

Leia mais

Escrever um verbete de enciclopédia

Escrever um verbete de enciclopédia 4. Identifica o grupo preposicional que é complemento na frase O pastor gostava do seu rebanho. 4.1 Explica por que razão esse grupo preposicional é um complemento. 4.2 Identifica-o. Escrever um verbete

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES. Básico DISCIPLINA: ESPANHOL ANO: 8º ano ANO LETIVO 2011/2012 ATIVIDADES ESTRATÉGIAS

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES. Básico DISCIPLINA: ESPANHOL ANO: 8º ano ANO LETIVO 2011/2012 ATIVIDADES ESTRATÉGIAS SCLA SCUNÁIA. SLAN ABU ABANTS Básico ISCILINA: SANHL AN: 8º ano AN LTIV 2011/2012 CMTÊNCIAS CNTÚS GAMÁTICS ATIVIAS STATÉGIAS AULAS VISTAS INSTUMNTS AVALIAÇÃ LTIV xpressão ral escrever pessoas, lugares

Leia mais

Pronome relativo A língua portuguesa apresenta 7 formas de pronomes e advérbios relativos consensuais: Que O que Quem O qual Onde Quanto Cujo

Pronome relativo A língua portuguesa apresenta 7 formas de pronomes e advérbios relativos consensuais: Que O que Quem O qual Onde Quanto Cujo Orações Subordinadas Relativas / Adjectivas (Bibliografia: Peres, J. e Móia, T., (1995), Áreas Críticas da Língua Portuguesa, Editorial Caminho, Lisboa) Não são argumentos de um predicador (ou seja, não

Leia mais

Tens alguma bagagem? Sim, tenho a minha mochila e um saco grande. Bom, eu fico com o saco e tu ficas com a mochila. Está bem?

Tens alguma bagagem? Sim, tenho a minha mochila e um saco grande. Bom, eu fico com o saco e tu ficas com a mochila. Está bem? Nível 1 CHEGADA Olá! És a Sandra? Sou, sim, e tu, és o João? Sim, finalmente! Como estás? Estou bem, e tu? Muito bem, obrigada. E a viagem, foi boa? Não foi má... Estou um pouco cansada e tenho sede. Está

Leia mais

A gente não quer só alimento. Queremos amor e paz [silepse de número - o verbo querer ficou no plural, e seu sujeito oculto (A gente) é singular]

A gente não quer só alimento. Queremos amor e paz [silepse de número - o verbo querer ficou no plural, e seu sujeito oculto (A gente) é singular] m) Silepse - É a concordância que se faz com a ideia, e não com a palavra expressa. É também chamada de concordância ideológica. Há três tipos de silepse: de gênero (a concordância se faz com a ideia feminina

Leia mais

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário PORTUGUÊS Gabarito do departamento de português sem resposta. a) Incorreta. As orações iniciadas pela partícula se são subordinadas substantivas objetivas diretas do verbo discutir. b) Correta. Todas as

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO:

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO: DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM 1) Balanceamento pelo método das tentativas; 2) Leis de Lavoisier e Proust; 3) Cálculo estequiométrico; 4) Estudo dos gases; 5) Soluções Estudo das concentrações;

Leia mais

FICHA DE TRABALHO DE LÍNGUA PORTUGUESA 4º ANO

FICHA DE TRABALHO DE LÍNGUA PORTUGUESA 4º ANO FICHA DE TRABALHO DE LÍNGUA PORTUGUESA 4º ANO Nome: Data: / / Observações: A GIRAFA QUE COMIA ESTRELAS - Lá estás tu outra vez com a cabeça nas nuvens! ralhava a mãe. E era verdade. Aos cinco anos, Filipa

Leia mais

AULA 11. Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA

AULA 11. Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA AULA 11 Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA Professor Marlus Geronasso Frase, período e oração Frase é todo enunciado suficiente por si mesmo para estabelecer comunicação. Expressa juízo,

Leia mais

Dados pessoais. Nome. Apelido. Morada. Estado Civil

Dados pessoais. Nome. Apelido. Morada. Estado Civil Competências Gerais Competências gerais de comunicação: competência lexical, competência gramatical, competência sociolinguística, competência pragmática, competência discursiva, competência estratégica.

Leia mais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais Índice de aulas Tipologias textuais Texto narrativo Ação e personagens Espaço e tempo Narrador e modalidades do discurso Narrativas de tradição popular Chocolate à Chuva: as férias de Mariana Chocolate

Leia mais

Manual Seq. 1: p. 17 Seq. 2: p. 58 AI: pp Identifica, nas frases seguintes, verbos principais e verbos copulativos.

Manual Seq. 1: p. 17 Seq. 2: p. 58 AI: pp Identifica, nas frases seguintes, verbos principais e verbos copulativos. 5 Manual Seq. 1: p. 17 Seq. 2: p. 58 AI: pp. 269-270 Classes de palavras Distinguir verbo principal e copulativo 1. Identifica, nas frases seguintes, verbos principais e verbos copulativos. Frases 1.1

Leia mais

Pronomes. Podem substituir ou acompanhar um nome ou substantivo. Ele esteve aqui ontem. Ele esteve aqui e criticou o seu projeto.

Pronomes. Podem substituir ou acompanhar um nome ou substantivo. Ele esteve aqui ontem. Ele esteve aqui e criticou o seu projeto. Pronomes Podem substituir ou acompanhar um nome ou substantivo. Ele esteve aqui ontem. Ele esteve aqui e criticou o seu projeto. Pessoais Possessivos Demonstrativos Relativos Indefinidos Interrogativos

Leia mais