ÍNDICE. Expediente. vestibular 2010 ufpe

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ÍNDICE. Expediente. vestibular 2010 ufpe"

Transcrição

1 ersão tualizada em 20/11/2009

2 Expediente ET-PET Lícia de ouza Leão Maia - Presidente rmando José Pessoa avalcanti - ice-presidente écio Fonseca José wami Pais de Melo Murilo ésar morim ilva ntônio arlos T. Lucena - olaborador Esther zoubel - olaboradora Telefone: (81) Produção ráfica e Web: M omunicação Jornalista Responsável: Hugo Pordeus - RT/PE 2626 Edição: Hálamo avalcante - RT/PE 3196 apa e Projeto ráfico: Paula Leal Web: Nivaldo ouza Junior ssistente de Editoração: Kléber ssunção (ET) Telefone/fax: (81) ÍNE RNRM ETBULR UFPE NRM ER Estrutura do Processo eletivo rupos - agas Processo de nscrição nstruções para o adastro de dentificação do candidato juste e omplementação do cadastro de dados pessoais Preenchimento do Formulário de nscrição Formalização do pedido de inscrição Regularidade do cadastro e do pedido de inscrição (ocumento de Regularidade de adastro, omprovante de gendamento do Teste de ptidão para ança e Teste de Habilidade em Música) omunicado de onfirmação de nscrição () Requerimento de tendimento Especial Testes e Etapas de Provas Teste de Habilidade/Teste de ptidão Primeira Etapa de Provas egunda Etapa de Provas Terceira Etapa de Provas (rupo 09) Recomendações para a Realização das Provas Folha de Respostas e aderno de Respostas às Questões iscursivas Folha de Respostas aderno de Redação e de Respostas às Questões iscursivas (Prova de Português 1) uidados na Marcação da Folha de Respostas (egunda Etapa) istas e Revisão de Provas da egunda Etapa ista, Revisão de Provas e Folhas de Respostas Recursos quanto à Formulação de tens ou abaritos das Provas Escritas/bjetivas istas da Folha de Respostas das Provas Escritas/bjetivas, e do aderno de Respostas às Questões iscursivas Revisão das Notas nas Provas Escritas/bjetivas e nas Questões iscursivas Eliminação, esempate e lassificação ritérios de Eliminação pós a Primeira Etapa ritérios de Eliminação pós a egunda Etapa (Pontos de orte) ritérios de Eliminação pós a Terceira Etapa (rupo 09) ritérios dicionais de Eliminação rgumento de lassificação Processo lassificatório agas Remanescentes e Reopção Repção por vagas remanescentes em Licenciatura em Letras (rupo 05) Repção por vagas remanescentes no Bacharelado em Música (rupo 06) Repção por vagas remanescentes nos ursos do rupo ronograma da Reopção Matrícula cadêmica Matrícula (Entrega de ocumentos) 31 NEX nexo 1 - Questionário ociocultural 32 nexo 2 - Programas 35 nexo 3 - Programas de Formação Pré-cadêmica (rupo 09) 45 nexo 4 - Escolha definitiva por um dos cursos/turno do onjunto Engenharias T (rupo 03) 47 UNERE FEERL E PERNMBU - Edital de Matrícula 49 Modelo de Formulário de Matrícula cadêmica 53 1

3 cronograma do vestibular 2010 MPRTNTE *Preste atenção em todas as datas do estibular 2010 para não perder nenhum evento do concurso. T EENT 28/08 a 01/10/2009 nscrições para o estibular 2010 UFPE (apenas via internet) 28/09/2009 Publicação nominal dos candidatos beneficiados com senção ntegral ou Parcial da taxa de inscrição 29/09 a 01/10/09 nscrição dos candidatos que obtiveram isenção da taxa de inscrição 2 Normas erais 14/09/2009 Último dia para pagamento de boleto referente a taxa de inscrição. 14/09/2009 Último dia para portador de necessidades especiais requerer atendimento especial durante a aplicação das provas. 20/10 a 30/10/2009 Período para consulta do ocumento de Regularidade de adastro - R - para conferência e alterações na inscrição. mpressão do omprovante de gendamento para o Teste de ptidão para 03/11/2009 ança (Licenciatura em ança) e para o Teste de Habilidade em Música (Licenciatura ou Bacharelado em Música). 08/11/2009 Teste de Habilidades Específicas olfejo - para todos os candidatos ao urso de Música (Bacharelado e Licenciatura) té 11/11/2009 ivulgação dos Resultados da Prova de olfejo - Teste de Habilidades Específicas nstrumento - para os candidatos ao urso 15/11/2009 de Música (Bacharelado/nstrumento e Bacharelado/anto) - Teste de ptidão para ança para os candidatos ao curso de Licenciatura em ança té 18/11/ Resultado Final do Teste de Habilidade em Música - Resultado Final do Teste de ptidão para ança 05/12 e 06/12/2009 plicação das provas da Primeira Etapa - Provas do ENEM /12 a 18/12/2009 Exibição do (omunicado de onfirmação de nscrição) no site da ovest e impressão sob responsabilidade do candidato 20/12 e 21/12/2009 plicação das provas da segunda etapa 22/12/2009 ata-limite para apresentação de recursos quanto ao gabarito das provas escritas/objetivas 05/02/2010 ata-limite para divulgação do resultado oficial do ENEM-2009 té 12/02/2010 Resultado do estibular UFPE 2010 Horário de início da aplicação das provas: - 20/12/2009: das 8h às 13h30-21/12/2009: das 8h às 12h bs: os candidatos deverão se apresentar ao local de prova indicado no com uma hora de antecedência.

4 NUR ETBULR UFPE 2010 UNERE FEERL E PERNMBU normas erais Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), através da ET-PET/FE-UFPE, divulga por intermédio deste manual as normas do oncurso estibular UFPE inscrição no estibular UFPE-2010 pressupõe a participação do interessado no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM-2009), evento promovido sob a responsabilidade do nstituto Nacional de Pesquisas Educacionais nísio Teixeira/NEP-ME. o formular seu pedido de inscrição no oncurso estibular UFPE-2010, o candidato aceita, de forma irrestrita, as condições e as normas descritas neste Manual do andidato, ficando automaticamente eliminado qualquer candidato que deixar de atender às prescrições nele estabelecidas. 1. etrutur PRE ELET processo seletivo será realizado em duas etapas iniciais, destinadas a todos os candidatos, e uma terceira etapa destinada aos candidatos aos cursos de Bacharelado em Estatística, Matemática e Química. primeira etapa será constituída do ENEM ontudo, os resultados do ENEM-2009 só poderão ser aproveitados se disponibilizados pelo NEP-ME até 05/02/2010. Ultrapassado este limite, aqueles resultados serão desconsiderados no processo classificatório e, neste caso, valerão os resultados obtidos pelos candidatos nas provas aplicadas sob responsabilidade da ET-PET. pós a primeira etapa, ocorrerão os testes de habilidade em Música, destinado a todos os candidatos ao curso de Música, e os testes de aptidão em ança, destinados aos candidatos à Licenciatura em ança. segunda etapa será realizada em dois dias consecutivos. Para fins de aplicação das provas nessa etapa, os cursos ofertados foram agrupados por área de conhecimento e unidades acadêmicas. distribuição dos cursos por grupos encontra-se entre as páginas 04 e 11. Na segunda etapa, as provas serão diferenciadas em função da escolha do curso e do grupo de preferência do candidato, ficando o conteúdo, a aplicação e a correção dos instrumentos de avaliação sob a responsabilidade da ET-PET/ FE-UFPE. terceira etapa constará de uma formação de caráter pré-acadêmico, na qual os candidatos aos cursos de Bacharelado em Estatística, Matemática ou Química deverão cursar duas disciplinas específicas, oferecidas e administradas pela UFPE, durante um semestre letivo. Todas as etapas terão caráter eliminatório e classificatório. 2. grupos/vagas s quadros a seguir apresentam os grupos de cursos por área de conhecimento e unidade acadêmica responsável por sua oferta. Para cada curso estará associado um código e fixado o número de vagas oferecidas por unidade acadêmica, por semestre de entrada e por turno de funcionamento. Particularmente, com relação à seleção do onjunto Engenharias T (entro de Tecnologia e eociências/ufpe), os candidatos aprovados e classificados no estibular UFPE-2010 se tornarão estudantes regulares da UFPE. Porém, a escolha definitiva do curso no onjunto Engenharias T ocorrerá após a aprovação do candidato ao fim de dois semestres letivos. 3 Normas erais

5 4 Normas erais rupo UFPE / ª ENTR 2ª ENTR NTE TRE/ NTE MNHÃ TRE MNHÃ/ TRE NTE TRE/ NTE MNHÃ TRE MNHÃ / TRE TTL E UR UR / UNE ÊM dministração aruaru dministração Recife (*) iências ontábeis Recife iências Econômicas aruaru iências Econômicas Recife Hotelaria Recife (*) curso de dministração (Recife), turno da manhã, nos dois últimos períodos, funciona exclusivamente no turno noturno.

6 rupo UFPE / ª ENTR 2ª ENTR NTE TRE/ NTE MNHÃ TRE MNHÃ/ TRE NTE TRE/ NTE MNHÃ TRE MNHÃ / TRE TTL E UR UR / UNE ÊM iências Políticas - Relações nternacionais/bacharelado) Recife iências ociais/bach. Recife iências ociais/licenc. Recife ireito Recife Filosofia/Bacharelado Recife Filosofia/Licenciatura Recife eografia/bacharelado Recife eografia/licenciatura Recife História Recife Museologia/Bacharelado Recife Pedagogia aruaru Pedagogia Recife erviço ocial Recife Normas erais

7 rupo UFPE / ª ENTR 2ª ENTR 6 Normas erais MNHÃ TRE TRE/NTE NTE MNHÃ/ TRE MNHÃ TRE TRE/NTE NTE MNHÃ / TRE TTL E UR UR / UNE ÊM rqueologia Recife iências tuariais Recife (*) iên. da omputação/bach. Recife Engenharia Biomédica Recife Eng. artográfica Recife (**) Engenharia ivil aruaru Eng. da omputação Recife Eng. de Produção aruaru Física/Bacharelado Recife Física/Licenciatura aruaru Física/Licenciatura Recife eologia Recife Matemática/Licenciatura aruaru Matemática/Licenciatura Recife ceanografia/bach. Recife Química ndustrial Recife Química/Licenciatura aruaru Química/Licenciatura Recife ist. de nformação/bach. Recife onjunto Engenharias T Recife Engenharia ivil Engenharia de limentos Engenharia de Energia Engenharia de Materiais Engenharia de Minas Engenharia de Produção Engenharia Elétrica/Eletrônica Engenharia Elétrica/Eletrotécnica Engenharia Mecânica Engenharia Química (*) s dois primeiros anos do curso de iências tuarias, do turno tarde/noite, funcionarão integralmente no turno manhã/tarde. (**) primeiro ano do curso de Engenharia artográfica, do turno noturno, funcionará integralmente no turno manhã/tarde.

8 rupo UFPE / ª ENTR 2ª ENTR NTE TRE/ NTE MNHÃ TRE MNHÃ/ TRE NTE TRE/ NTE MNHÃ TRE MNHÃ / TRE TTL E UR UR / UNE ÊM Biomedicina Recife iências Biológicas/Bach. Recife iências Biológicas/iências mbientais Recife iências Biológicas/Licen. Recife iências Biológicas/Licen. itória Educação Física/Bach. itória Educação Física/Licen. Recife Enfermagem Recife Enfermagem itória Farmácia Recife Fisioterapia Recife Fonoaudiologia Recife Medicina Recife Nutrição Recife Nutrição itória (*) dontologia Recife Psicologia Recife Terapia cupacional Recife (*) urso de Nutrição do ampus de itória poderá, a partir do 4º período, funcionar no turno M/T 7 Normas erais

9 8 Normas erais 80 rupo UFPE / ª ENTR 2ª ENTR NTE TRE/ NTE MNHÃ TRE MNHÃ/ TRE NTE TRE/ NTE MNHÃ TRE MNHÃ / TRE TTL E UR UR / UNE ÊM Biblioteconomia Recife inema Recife omunicação ocial/jornalismo Recife omunicação ocial/publicidade e Propaganda Recife omunicação ocial/radialismo (Rádio e T) Recife estão da nformação Recife Letras/Bacharelado Recife Letras/Licenciatura Recife Língua Portuguesa Língua Espanhola Língua nglesa Língua Francesa Licenciatura em ança Recife Licenciatura em Educação rtística/rtes ênicas Recife Licenciatura em Educação rtística/rtes Plásticas Recife ecretariado Recife

10 80 rupo UFPE / ª ENTR 2ª ENTR NTE TRE/ NTE MNHÃ TRE MNHÃ/ TRE NTE TRE/ NTE MNHÃ TRE MNHÃ / TRE TTL E UR UR / UNE ÊM Música/Licenciatura Recife Música-anto/Bacharelado Recife Música-nstrumento/Bacharelado Recife larinete ontrabaixo ravo Fagote Flauta oce Flauta Transversa boé Piano Trompa iolão iola iolino ioloncelo Normas erais

11 10Normas erais rupo UFPE / ª ENTR 2ª ENTR UR / UNE ÊM UR TTL E MNHÃ / TRE MNHÃ TRE TRE/ NTE NTE MNHÃ/ TRE MNHÃ TRE TRE/ NTE NTE rquitetura e Urbanismo Recife esign aruaru esign Recife Expressão ráfica/licenciatura Recife

12 11 Normas erais rupo UFPE / - 70 UR / UNE ÊM UR TTL E 1ª ENTR 2ª ENTR MNHÃ / TRE MNHÃ TRE TRE/ NTE NTE MNHÃ/ TRE MNHÃ TRE TRE/ NTE NTE Turismo Recife rupo UFPE / - 80 UR / UNE ÊM UR TTL E 1ª ENTR 2ª ENTR MNHÃ / TRE MNHÃ TRE TRE/ NTE NTE MNHÃ/ TRE MNHÃ TRE TRE/ NTE NTE Estatística Recife Matemática/Bacharelado Recife Química/Bacharelado Recife

13 12Normas erais 3. processo de inscrição interessado encontrará no site da ET- PET (www.covest.com.br) um formulário eletrônico a ser preenchido. cadastramento desses dados permitirá a criação de uma senha pessoal e intransferível que dará acesso a um ambiente personalizado na internet, no qual o candidato poderá consultar seus dados e obter informações referentes à sua participação no processo seletivo. e posse da senha, o candidato poderá completar seus dados cadastrais e, então, formalizar o seu pedido de inscrição, definindo sua preferência por unidade acadêmica, curso, semestre de entrada e turno. 3.1 NTRUÇÕE PR TR E ENTFÇÃ NT [ampo 1] - NME NT Este campo comporta até 39 caracteres. ntes de preenchê-lo, conte o número de letras de seu nome e verifique se há necessidade de abreviar algum sobrenome. Não abrevie o primeiro nem o último nome. No preenchimento do formulário, registre cada palavra sem espaço entre letras, deixando um espaço entre duas palavras consecutivas. EXEMPL: NE MR L U Z [ampo 2] - TR E PE FÍ - PF ( NT) o preencher o campo, informe o número completo de seu PF, incluindo os dígitos de controle. Não utilize o PF dos pais ou responsáveis. PF servirá como login para acesso à área pessoal do candidato em um ambiente personalizado na internet [ampo 3] - E-ML nforme seu endereço de correio eletrônico que permita eventuais contatos [ampo 4] - RETR E ENH rie e registre uma senha pessoal, com o mínimo de seis e o máximo de dez caracteres (letras e/ou números). Não incluir acentos ou caracteres especiais. senha servirá para acessar a área de consulta na internet a fim de obter informações referentes à participação do interessado no estibular UFPE o registrar a senha, o candidato deverá memorizá-la, ou anotá-la em local seguro, para futuros acessos ao cadastramento da sua inscrição via internet. 3.2 JUTE E MPLEMENTÇÃ - TR E PE [ampo 1] - NME NT candidato deve verificar a exatidão da grafia. Em caso de divergência, redigitar no próprio campo a correção [ampo 2] - EX elecione a opção Masculino ou Feminino [ampo 3] - ET L elecione a opção correspondente ao seu estado civil [ampo 4] - NMENT ndique dia, mês e ano de seu nascimento [ampo 5] - TR E PE FÍ - PF candidato deve verificar a exatidão dos dados [ampo 6] - UMENT E ENTE Preencha o primeiro campo com o número de sua carteira de identidade; o segundo, com o código do órgão expedidor; e o terceiro campo com a sigla do Estado que a expediu [ampo 7] - E-ML candidato deve verificar a exatidão da grafia. Em caso de divergência, redigitar no próprio campo a correção [ampo 8] - TELEFNE nforme, no primeiro campo, um número de telefone fixo, indicando o código de área, e no segundo campo, um telefone celular [ampo 9] - FLÇÃ Preencha o primeiro campo com o nome do seu pai, e o segundo campo, com o nome da mãe. Este campo comporta 39 caracteres. ntes de preenchê-lo, conte o número de letras dos nomes e verifique se há necessidade de abreviar algum sobrenome. Não abrevie o primeiro nem o último nome.

14 [ampo 10] - NT PRTR E NEEE EPE ssinale o campo correspondente à sua condição, escolhendo uma dentre as alternativas: deficiência visual (cegueira total ou visão subnormal/baixa visão); deficiência auditiva ou deficiência motora [ampo 11] - EP/ENEREÇ igitar primeiro o EP do seu endereço e a seguir fornecer as informações solicitadas no formulário. 3.3 PREENHMENT FRMULÁR E NRÇÃ [ampo 1] - NÇÃ E PRTPÇÃ N ETBULR Marque im ou Não para indicar seu desejo de participar do concurso na condição de experiência. onsidera-se por experiência a participação de qualquer candidato que não concluiu o Ensino Médio até a data da matrícula acadêmica.! TENÇÃ candidato que se inscrever por experiência não terá corrigida sua prova de Português 1 (Redação e Questões iscursivas), tampouco concorrerá às vagas ofertadas [ampo 2] - NENT E PLÍT N- TTUN E NLUÃ L UFPE Há incentivos para os candidatos que estudaram em escolas públicas estaduais, municipais, sediadas no Estado de Pernambuco, e em escolas privadas do interior do Estado de Pernambuco, desde que o interessado se enquadre em uma das seguintes condições: a) s candidatos às vagas na Unidade cadêmica da UFPE no Recife que concluíram, ou que vierem a concluir, integral e exclusivamente, em regime regular, os três anos do Ensino Médio em qualquer escola pública estadual ou municipal do estado de Pernambuco estarão habilitados a receber incremento de 10% em seu argumento de classificação, conforme explicitado no Quadro X (álculo do rgumento de lassificação). b) s candidatos que concorrem a uma vaga nas Unidades cadêmicas de itória de anto ntão ou do greste (aruaru) estarão habilitados a receber o incremento de 10% em seus argumentos de classificação desde que tenham concluído, ou venham a concluir, integral e exclusivamente, em regime regular, os três anos do Ensino Médio em qualquer escola pública (estadual ou municipal) ou particular do estado de Pernambuco fora da cidade do Recife e da sua Região Metropolitana. Para ser efetivamente beneficiado pelo incentivo, o interessado deverá apresentar, no ato da matrícula acadêmica, documentos comprobatórios de atendimento aos requisitos. não-apresentação de documentos comprobatórios, no ato da matrícula, acarretará o indeferimento da solicitação e, consequentemente, alterará a forma de cálculo do argumento de classificação do candidato, conforme metodologia descrita no item 7.5. andidato que concluiu, até o ato da matrícula acadêmica, o Ensino Médio obtido em exame supletivo (particular ou público), não preenche os requisitos para o incentivo [ampo 3] - PÇÃ PR UR/ UNE ÊM elecionar um curso/unidade acadêmica de acordo com a sua preferência. Em particular, o candidato que optar por Licenciatura em Letras deverá indicar sua preferência por habilitação, que poderá ser ensino do vernáculo ou de uma dentre as línguas Espanhol, Francês ou nglês. quele que optar pelo Bacharelado em Música deverá escolher entre as modalidades anto e nstrumento. No caso de escolha da modalidade instrumento, o candidato indicará ainda qual instrumento musical de sua preferência [subcampo 3.1] - LENTUR EM LETR candidato que optar por Licenciatura em Letras escolherá uma dentre as seguintes habilitações: Língua Portuguesa, Língua Espanhola, Língua Francesa, Língua nglesa [subcampo 3.2] - BHREL EM MÚ- / NTRUMENT MUL candidato que optar pelo curso de Bacharelado em Música/nstrumento especificará o instrumento no qual pretende ser avaliado no Teste de Habilidade em Música e em qual modalidade dentre as habilitações daquele curso pretende concorrer às vagas. QUR - Modalidade/nstrumento Musical larinete Piano iolão ontrabaixo (acústico) Trompa iolino ravo Flauta Transversa ioloncelo Fagote boé - Flauta oce iola - Normas erais 13

15 REPÇÃ E UR PR NT UR E MÚ E LENTUR EM NÇ as opções abaixo: 1 - nglês 2 - Espanhol 3 Francês 14Normas erais reopção de curso é uma oportunidade para quem faltar ou for considerado inapto nos testes de habilidades (Música) ou no teste de aptidão (ança), respectivamente. reopção visa permitir a continuidade desses candidatos no processo seletivo em busca da classificação em outro curso. candidato que concorrer às vagas dos cursos de Bacharelado em Música, na modalidade anto ou nstrumento, poderá reoptar pelo urso de Licenciatura em Música, bastando, para isso, indicar a(s) entrada(s) do curso pretendido, conforme instruções detalhadas no item 3.3.3; ou, alternativamente, o candidato poderá reoptar por um outro curso de qualquer outro grupo, exceto o curso de Licenciatura em ança. candidato inscrito para concorrer ao urso de Licenciatura em Música poderá reoptar por qualquer outro curso, exceto Bacharelados em Música (anto ou nstrumento) e Licenciatura em ança. candidato inscrito para concorrer às vagas do curso de Licenciatura em ança poderá reoptar por um outro curso, exceto os cursos do rupo [ampo 4] - REM E PREFERÊN PR ENTR E TURN ndique suas preferências de entrada/turno. candidato poderá optar por uma ou mais de uma entrada(s)/turno(s) no curso/unidade acadêmica que pretende concorrer, conforme consta nas tabelas das páginas 4 a 11 aso deixe de indicar uma das opções disponíveis, o candidato não concorrerá às vagas correspondentes àquele turno/entrada. NTE Í! s candidatos ao onjunto Engenharias T deverão preencher este campo com as opções de entrada que desejam ingressar após a conclusão do primeiro ano de vínculo com a UFPE na qualidade de aluno regular [ampo 5] - estabelecimento de ensino ndique o estabelecimento de ensino responsável pela sua formação [ampo 6] - LÍNU ETRNER (todos os grupos) s candidatos deverão escolher uma dentre [ampo 7] - LL E PLÇÃ PR Para a realização das provas, marque apenas uma dentre as localidades abaixo: QUR - Locais de plicação das Provas rcoverde (PE) aruaru (PE) Petrolina (PE) Recife/Região Metropolina (RMR) aranhuns (PE) itória de anto ntão (PE) * MPRTNTE eja qual for o motivo, caso não seja possível atender à preferência do candidato que optar por prestar provas fora da Região Metropolitana do Recife (RMR), a ET- PET se reservará o direito de alocar o candidato para prestar provas em outra cidade, diferente daquela assinalada neste campo [ampo 08] NÚMER E NRÇÃ N ENEM-2009 candidato deverá preencher o campo com seu número de inscrição no ENEM-2009 (12 dígitos) [ampo 09] - QUETNÁR ULTURL No nexo 1, o candidato encontrará perguntas relativas tanto a sua trajetória educacional quanto a sua situação familiar. Tais informações não interferem na sua classificação. ervem apenas para traçar o perfil sociocultural dos candidatos. 3.4 FRMLZÇÃ PE E NRÇÃ preenchimento do formulário de inscrição será efetuado apenas via nternet, no endereço eletrônico no período compreendido entre 18h do dia 28/08/2009 e 18h do dia 01/10/2009, pelo horário de Brasília. Não serão admitidas inscrições por qualquer outro meio beneficiado com a isenção integral ou parcial da taxa de inscrição, conforme relação nominal divulgada no dia 28 de setembro de 2009, deverá formalizar seu pedido de inscrição no estibular UFPE-2010, no período de 29/09

16 a 01/10/2009, no endereço eletrônico pós o preenchimento do formulário eletrônico de inscrição, o candidato deverá imprimir o boleto bancário (uia de Recolhimento da União - RU/MPLE) para pagamento da taxa de inscrição. valor de referência da taxa de inscrição é R$ 70,00 (setenta reais). e o interessado escolher um dos cursos de Música ou a Licenciatura em ança, pagará um adicional de R$ 10,00 (dez reais), referente à taxa do Teste de Habilidade Específica e ao Teste de ptidão para ança, respectivamente. s candidatos contemplados com a isenção parcial deverão fazer a sua inscrição, no período de 29/09 a 01/10/2009, imprimindo a RU/MPLE, no site e efetuar o pagamento de R$ 35,00 (trinta e cinco reais) pagamento da taxa de inscrição deverá ser feito no Banco do Brasil até o dia 14 de outubro de ó serão aceitas RU/MPLE impressas através do site da ET-PET (www. covest.com.br). quitação da uia de Recolhimento da União (RU/MPLE), munida de código de barras, deverá ser efetuada exclusivamente no Banco do Brasil requerimento de isenção de taxa de inscrição não implica formalização da inscrição no estibular UFPE-2010, mesmo no caso de deferimento do pedido. candidato beneficiado pela isenção integral ou parcial de taxa de inscrição estará sujeito ao cumprimento de todas as obrigações contidas neste manual, inclusive aquela referente à formalização da inscrição no concurso no endereço eletrônico deferimento do pedido de inscrição no estibular UFPE-2010 ficará condicionado à confirmação do recolhimento da taxa de inscrição (integral ou parcial) junto ao Banco do Brasil, ou à concessão de isenção integral Não serão acatados como prova de quitação da taxa de inscrição comprovantes de agendamento de pagamento ou de transferência bancária taxa de nscrição, uma vez paga, não será devolvida s informações prestadas no preenchimento do formulário de inscrição são da exclusiva responsabilidade do interessado preenchimento do formulário de inscrição pela internet não gera qualquer direito à participação do interessado no processo seletivo inexatidão de dados, informações truncadas ou preenchimento incompleto do requerimento de inscrição são motivos suficientes para indeferimento do pedido de inscrição ET-PET/FE não se responsabilizará por solicitação de inscrição via nternet não-recebida por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação ou outros fatores adversos que impossibilitem a transferência de dados ou a impressão da RU/ MPLE Não serão admitidas, em hipótese alguma, requerimento de inscrições fora do prazo ou em desacordo com as normas constantes deste Manual do andidato. 3.5 Regularidade do cadastro e do pedido de inscrição (ocumento de Regularidade de adastro, omprovante de gendamento do Teste de ptidão para ança e Teste de Habilidade em Música) Recebido o formulário de inscrição na forma de arquivo eletrônico e realizada a comprovação do pagamento da taxa de inscrição junto ao Banco do Brasil, ou confirmada a isenção daquela taxa, a ET-PET disponibilizará no endereço o ocumento de Regularidade de adastro - R, no qual constarão as informações necessárias para garantir a participação do interessado no estibular UFPE-2010, tal como solicitado no Formulário Eletrônico de nscrição R poderá ser visualizado entre 20/10 a 30/10/2009, para consulta, conferência de dados, correções ou alterações cadastrais. acesso ao R se dará mediante a identificação do candidato por meio de seu PF e senha. Nessa oportunidade, o candidato poderá anexar o arquivo digital com sua fotografia recente, no formato JPE, de tamanho máximo de 50kB candidato que não anexar sua fotografia no período de exibição do R deverá providenciar fotos (3x4 ou 2x2) para colar no omunicado de onfirmação de nscrição -, conforme descrito no item deste Manual aso o seu R não esteja disponível no endereço no dia 20/10/2009, o candidato deverá entrar em contato com a ET-PET pelo telefone (81) para solicitar providências Na constatação de erros ou divergências no R, o interessado poderá retificar diretamente os dados e as informações prestadas no Formulário Eletrônico de nscrição no site www. Normas erais 15

17 16Normas erais covest.com.br, até o dia 30/10/ aso não haja manifestação por parte do candidato quanto à veracidade e exatidão dos dados cadastrais exibidos no R, até o dia 30/10/2009, o candidato assumirá, de forma exclusiva, a responsabilidade sobre as informações, não havendo possibilidade de qualquer alteração no cadastro a partir dessa data No dia 03/11/2009, estará disponível para os candidatos a qualquer dos cursos de Música ou à Licenciatura em ança, o omprovante de gendamento do Teste de ptidão para ança (Licenciatura em ança) e do Teste de Habilidade em Música (Licenciatura ou Bacharelado em Música). Tal documento deverá ser impresso, sob responsabilidade daqueles candidatos, para ingresso no local da realização do teste No omprovante de gendamento do Teste de ptidão para ança ou do Teste de Habilidade em Música (para Licenciatura ou Bacharelado, respectivamente), constará o local, a data e o horário de apresentação do candidato para o exame requerido. 3.6 MUN E NFRMÇÃ E N- RÇÃ emissão do omunicado de onfirmação de nscrição - representa o deferimento do pedido de inscrição e a confirmação dos dados cadastrais, conforme especificados pelo candidato, e a confirmação dos registros desses dados pela ET-PET/FE-UFPE será disponibilizado para todos os candidatos, no endereço eletrônico para ser impresso pelos candidatos. lém de confirmar a inscrição, no processo seletivo, o servirá para informar o local, a data e o horário da realização das provas da segunda etapa estará disponível para ser impresso no período de 10/12 a 18/12/2009, no endereço sob a responsabilidade exclusiva do candidato aso o candidato, no período de exibição do R, não tenha transferido o arquivo digital da sua foto, ele deverá, após impressão de cada versão do, colar uma foto (3x4 ou 2x2) candidato deverá apresentar o, assinado e com foto, para ingresso na sala de aplicação das provas e testes inscrição mesmo deferida terá caráter condicional, podendo ser cancelada a qualquer tempo desde que verificadas falsidades ou inexatidões nas informações prestadas pelo candidato. 3.7 REQUERMENT E TENMENT EPEL andidato portador de necessidades especiais poderá solicitar condição especial para a realização das provas, mediante requerimento protocolado na sede da ET-PET, ou via postal (R), até o dia 14/09/2009, acompanhado de cópia do e laudo médico, com indicação do tipo de deficiência ou necessidade especial do qual é portador (-10) e com especificação de suas necessidades quanto ao atendimento personalizado. No requerimento, deverá constar o nome do médico que forneceu o atestado, telefones de contato e o RM do profissional. portador de necessidade especial que não requerer atendimento especial, até a data acima mencionada, ficará impossibilitado de realizar as provas em condições especiais. 4. TETE E ETP E PR 4.1 TETE E HBLE / TETE E PTÃ TETE E HBLE EM MÚ s candidatos que declararem preferência por qualquer dos cursos de Música farão Testes de Habilidades Específicas. avaliação das habilidades ocorrerá em duas fases, nas datas, horários e locais indicados no quadro a seguir. QUR - ronograma do Teste de Habilidade Específica em Música FE 1ª Fase - 2ª Fase - EENT Teste: prova de solfejo para todos os candidatos ao curso de Música (Bacharelado e Licenciatura) ivulgação do Resultado da Prova de olfejo (1ª Fase) Teste: execução de peças musicais para os candidatos com opção pelos cursos de Bacharelado/nstrumento e Bacharelado/anto Resultado do Teste de Habilidade em Música (2ª Fase) T/HR/ LL ata: 08/11/2009 Local: /UFPE Horário agendado (*) té 11/11/2009 Local: ede da ET-PET e no site www. covest.com.br ata: 15/11/2009 Local: /UFPE [8h] té 18/11/2009 Local: ede da ET-PET e no site /UFPE - entro de rtes e omunicação, campus da Unidade cadêmica do Recife, idade Universitária (U), Recife/PE. (*) s bancas funcionarão no horário de 8h às 12h e das 13h às 17h, com atendimento agendado.

18 s exigências em ambas as fases dos Testes de Habilidades Específicas terão como referência os programas constantes no nexo 2 deste manual s candidatos deverão se apresentar para a prova de olfejo, no entro de rtes e omunicação da UFPE (), no dia 08/11/2009, com uma hora de antecedência ao horário agendado para o início dos exames, munidos de documentos oficiais de identificação e do omprovante de gendamento do Teste de Habilidade em Música, no qual constará o horário de apresentação para exame primeira fase do teste terá caráter eliminatório no que concerne ao preenchimento das vagas nos cursos de Música (Licenciatura ou Bacharelado). Nessa primeira fase, o teste consistirá de uma prova de olfejo perante banca examinadora segunda fase, também eliminatória, destina-se exclusivamente aos candidatos aos cursos de Bacharelado/anto e Bacharelado/nstrumento, habilitados na primeira fase (Prova de olfejo). Nesta fase, os candidatos deverão executar peças musicais Para a segunda fase, os candidatos deverão se apresentar no entro de rtes e omunicação da UFPE (), no dia 15/11/2009, às 8h, munidos de documentos oficiais de identificação resultado da Prova de olfejo será expresso na escala de notas de zero a dez pontos. ausência ao teste ou obtenção de nota inferior a 3,0 (três) pontos inviabilizará o ingresso em qualquer dos cursos do rupo 06, e, consequentemente, a participação na segunda fase do Teste de Habilidade para os candidatos aos ursos de Bacharelado Na segunda fase do teste, restrita aos candidatos aos cursos de Bacharelado, serão atribuídas notas na escala de zero a dez, sendo que a nota inferior a 3,0 (três) pontos impossibilita o candidato concorrer àquelas vagas Em caso de falta ou obtenção de nota inferior a 3,0 (três) pontos na segunda fase, o candidato poderá estar apto para concorrer às vagas de Licenciatura em Música, desde que também tenha optado por aquele curso no momento de sua inscrição esde que, no momento da inscrição, haja reopção, o candidato que faltar ou obtiver nota inferior a 3,0 (três) pontos na segunda fase do teste de habilidades poderá prosseguir concorrendo a vagas em outro curso de outro grupo, exceto Licenciatura em ança TETE E PTÃ PR NÇ Teste de ptidão para ança se destina aos candidatos com preferência pelo curso de Licenciatura em ança, oferecido pelo epartamento de Teoria da rte e Expressão rtística do entro de rtes e omunicação - UFPE (Recife). Ele constará de um conjunto de atividades e exercícios corporais, acompanhados ou não de música, com o objetivo de avaliar o potencial do candidato para se expressar através da ança. avaliação individual do candidato ocorrerá mediante observação dos seguintes aspectos: postura; domínio corporal; ritmo; orientação espacial; percepção e memória do movimento; criatividade e comunicação e versatilidade. QUR - ronograma do Teste de ptidão para ança EENT presentação individual do candidato com execução de movimentos ou exercícios corporais definidos pela Banca Examinadora, acompanhados ou não de música. Resultado do Teste de ptidão para ança T/HR/ LL ata: 15/11/2009 Local: /UFPE Horário agendado (*) té 18/11/2009 Local: ede da - ET-PET e no site Local do teste: /UFPE - entro de rtes e omunicação, campus da Unidade cadêmica do Recife, idade Universitária, Recife/PE. (*) s bancas funcionarão no horário de 8h às 12h e das 13h às 17h, com atendimento agendado s candidatos deverão se apresentar no entro de rtes e omunicação - UFPE, U - Recife, no dia 15 de novembro de 2009, com uma hora de antecedência ao horário previsto, munidos de documentos oficiais de identificação e do omprovante de gendamento do Teste de ptidão para ança, no qual constará o horário de apresentação dos candidatos Na apresentação, os candidatos devem estar vestidos e calçados de modo a permitir liberdade de ação nos exercícios e a observação de movimentos pela Banca Examinadora escolha das músicas para acompanhamento dos exercícios ficará a cargo dos examinadores. s exercícios de Normas erais 17

19 18Normas erais dança e os movimentos deverão ser executados segundo modelos apresentados ao candidato pela banca examinadora no momento dos exames o Teste de ptidão para ança será atribuído o conceito apto ou inapto, sendo este último de caráter eliminatório para concorrer às vagas no curso de Licenciatura em ança s candidatos considerados inaptos ou que faltarem o teste de aptidão, poderão prosseguir com as provas da segunda etapa, caso tenham feito reopção por outro curso no ato da inscrição. 4.2 PRMER ETP E PR primeira etapa do estibular UFPE-2010 compreenderá as provas objetivas do ENEM- 2009, sendo estas aplicadas e corrigidas sob a responsabilidade do NEP-ME, de acordo com cronograma específico e regras próprias Qualquer que seja o curso/unidade acadêmica pretendido na UFPE, todo o candidato deverá prestar provas no ENEM-2009 no local e no horário previamente designado pelo NEP-ME lém de cronograma próprio, o ENEM-2009 possui normas específicas às quais o candidato, independente de sua inscrição no estibular UFPE-2010, deverá observar estritamente ndependente da aplicação de quaisquer outros critérios, a exclusão do candidato ou a falta a qualquer das provas do ENEM-2009 implica eliminação do processo classificatório no estibular UFPE NEP-ME disponibilizará um total de 5 (cinco) notas para os candidatos que se submeterem ao ENEM-2009, a saber: nota da prova de Linguagens, ódigos e suas Tecnologias(parte objetiva); nota da Redação; nota da prova de Matemática e suas Tecnologias; nota da prova de iências Humanas e suas Tecnologias e nota da prova de iências Naturais e suas Tecnologias s notas das provas objetivas aplicadas durante o ENEM-2009 serão transformadas em valores numéricos na escala de zero a dez pontos. nota da redação obtida pelo candidato no ENEM-2009 será desconsiderada para efeito de classificação no estibular UFPE EUN ETP E PR Todos os candidatos inscritos no estibular UFPE-2010 deverão realizar as provas da segunda etapa nos dias 20 e 21 de dezembro de 2009, conforme cronograma no Quadro prova de Português 1 inclui uma redação, valendo 08 (oito) pontos e 02 (duas) questões discursivas, cada uma delas valendo 01 (um) ponto. correção da redação e das questões discursivas ficará a cargo de banca especializada sob a responsabilidade da ET-PET prova de redação será aplicada no dia 20/12/2009 e deverá ser produzida no período das 8h às 13h30. texto solicitado deverá ser elaborado observando-se os seguintes critérios: 1. presentação eve conter: de 20 a 25 linhas, distribuídas em parágrafos, formados, na sua maioria, por mais de um período. 2. Esquema de construção e for solicitada a redação de um comentário opinativo, este deve conter: introdução, com apresentação, de forma geral, do tema proposto; desenvolvimento, com discussão - ampliada e aprofundada - das idéias e dos argumentos apresentados na introdução; conclusão, com retomada, de forma resumida, do desenvolvimento anterior, para fechamento do tema. e for solicitada a redação de uma carta formal, esta deve conter: local e data; vocativo; corpo do texto; fecho, e uma assinatura (José da ilva ou Maria da ilva). corpo do texto deve apresentar: introdução, com apresentação do propósito da carta; desenvolvimento, com exposição detalhada dos motivos que justificam a carta e com apresentação de argumentos relevantes e convincentes que fundamentem esses motivos; conclusão, com fechamento do texto. NTE Í! apresentação de um texto que fuja ao tipo ou gênero solicitados, ou ao tema proposto, resulta na atribuição da nota zero à redação. fuga parcial reduz à metade o valor da nota. 3. onteúdo mbos os gêneros de texto solicitados devem primar: pela coerência, com atenção aos princípios da continuidade temática, da progressão semântica e da nãocontradição; pela argumentatividade, com atenção aos dados históricos, políticos, culturais e às relações entre esses dados; com atenção, ainda, à relevância das informações para sustentação dos argumentos; pela organização e coesão,

20 QUR - ronograma e istribuição de Provas por rupo de urso (egunda Etapa) T HR PR 20/12 omingo 21/12 egundafeira 8h às 13h30 8h às 12h RUP PRTUUÊ 1 (*) X X X X X X X X X LÍNU ETRNER 1 (**) X X X X X X X X X HTR X X X X X X QUÍM X X ERF X X X MTEMÁT X X X FÍ X X LÍNU ETRNER 2 X X X LTERTUR BL PRTUUÊ 2 TER MUL EMETR RÁF (*) nclui uma redação e duas questões discursivas. (**) nclui 8 (oito) questões do tipo múltipla escolha de uma língua estrangeira (nglês, Francês ou Espanhol). X X X X X Normas erais com atenção à ordenação, à seqüência e à articulação hierárquica das idéias e dos argumentos, seja do particular ao geral, do simples ao complexo, do próximo ao remoto, da parte ao todo ou vice-versa; pelo vocabulário, com atenção à precisão e à adequação vocabular, observando os usos específicos da escrita formal de textos dissertativos. 4. orreção lingüística candidato deve observar: as convenções ortográficas (grafia e acentuação corretas das palavras); os sinais de pontuação; os padrões de morfossintaxe (regência verbal e nominal, concordância verbal e nominal, colocação das palavras, conjugação verbal) om as exceções da prova de Português 1 (Redação e duas questões discursivas), e da prova de Língua Estrangeira 1, com oito questões escritas/objetivas, com cinco alternativas, as demais conterão 16 questões escritas/ objetivas de proposições múltiplas e/ou questões de resposta numérica s questões discursivas girarão em torno de aspectos linguísticos, textuais e discursivos presentes em passagens da imprensa escrita (trechos de reportagens, por exemplo) ou em tiras, cartuns, gráficos e outros gêneros das linguagens do cotidiano Para as questões discursivas, os critérios de avaliação privilegiarão a coerência, a relevância, a clareza e a precisão vocabular da formação apresentada e consideram, ainda, o desempenho do candidato quanto aos usos formais da língua culta brasileira Em particular, a prova de EMETR RÁF será aplicada apenas aos candidatos vinculados ao rupo 07, e constará de 16 questões, das quais 14 questões do tipo proposição múltipla e/ou respostas numéricas, podendo, todas ou parte delas, alternativamente, demandar resoluções gráficas. s outras duas questões serão, obrigatoriamente, de traçado instrumental, para o qual será exigida justificativa por escrito da solução encontrada Para a prova de EMETR RÁF, a ET-PET fornecerá o conjunto de materiais para o traçado da resolução gráfica das questões, o qual será composto de par de esquadros, transferidor, compasso e borracha. candidato deverá portar lápis-grafite (apontador e/ou lapiseira) local de prova da segunda etapa será designado de acordo com as conveniências da ET-PET/FE-UFPE, independente do local de realização das provas no ENEM designação para o local de realização das provas respeitará a opção do candidato apenas no que tange à cidade escolhida para prestar provas, conforme solicitação no ato da inscrição indicação do prédio e da sala de prova do candidato nesta segunda etapa será divulgada, e estará disponível no 19

MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 ENGENHARIAS CTG (RECIFE) E ENGENHARIA CIVIL (AGRESTE)

MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 ENGENHARIAS CTG (RECIFE) E ENGENHARIA CIVIL (AGRESTE) MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 ENGENHARIAS CTG (RECIFE) E ENGENHARIA CIVIL (AGRESTE) JUNHO 2015 1/22 SUMÁRIO CRONOGRAMA DO VESTIBULAR 2015.2 - ENGENHARIAS CTG (RECIFE) E ENGENHARIA

Leia mais

EDITAL 05/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2

EDITAL 05/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 EDITAL 05/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2015.2, para os cursos de Bacharelado em Administração,

Leia mais

EDITAL 09/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 VAGAS REMANESCENTES

EDITAL 09/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 VAGAS REMANESCENTES EDITAL 09/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 VAGAS REMANESCENTES A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2015.2 Vagas remanescentes,

Leia mais

Edital - Processo Seletivo 2015 Verão FACULDADE DE ENGENHARIA E INOVAÇÃO TÉCNICO PROFISSIONAL EDITAL Nº 007 DE 10 DE SETEMBRO DE 2014

Edital - Processo Seletivo 2015 Verão FACULDADE DE ENGENHARIA E INOVAÇÃO TÉCNICO PROFISSIONAL EDITAL Nº 007 DE 10 DE SETEMBRO DE 2014 EDITAL PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR VERÃO 2015 1 Edital - Processo Seletivo 2015 Verão FACULDADE DE ENGENHARIA E INOVAÇÃO TÉCNICO PROFISSIONAL EDITAL Nº 007 DE 10 DE SETEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR

Leia mais

EDITAL 010/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES

EDITAL 010/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES EDITAL 010/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2015.1, para os cursos de Bacharelado em

Leia mais

EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES

EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2016.1, para os cursos de Bacharelado em

Leia mais

FACULDADE INTEGRADA DE ARAGUATINS - FAIARA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 01/2012

FACULDADE INTEGRADA DE ARAGUATINS - FAIARA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 01/2012 FACULDADE INTEGRADA DE ARAGUATINS - FAIARA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 01/2012 A FAIARA Faculdade Integrada de Araguatins, através de sua Comissão Permanente do Processo Seletivo CPPS, em conformidade

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2014.2 ENGENHARIAS CTG (RECIFE) E ENGENHARIA CIVIL (AGRESTE)

MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2014.2 ENGENHARIAS CTG (RECIFE) E ENGENHARIA CIVIL (AGRESTE) MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2014.2 ENGENHARIAS CTG (RECIFE) E ENGENHARIA CIVIL (AGRESTE) JUNHO 2014 1/24 SUMÁRIO CRONOGRAMA DO VESTIBULAR 2014.2 - ENGENHARIAS CTG (RECIFE) E ENGENHARIA

Leia mais

FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2016

FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2016 1. DA ABERTURA FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2016 O Diretor da Faculdade de Engenharia de Sorocaba FACENS, mantida pela Associação Cultural de

Leia mais

GRADUAÇÃO. Edital DG nº004- Vestibular PROCESSO SELETIVO - 2012.2

GRADUAÇÃO. Edital DG nº004- Vestibular PROCESSO SELETIVO - 2012.2 GRADUAÇÃO Edital DG nº004- Vestibular PROCESSO SELETIVO - 2012.2 ODiretor da FACULDADE INTERNACIONAL SIGNORELLI, credenciada pelo parecer CNE/CES41/2009, publicado no D.O.U. nº.38 de 26/03/2009, e pela

Leia mais

EDITAL 014/2014 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 - ENGENHARIA CIVIL E VAGAS REMANESCENTES

EDITAL 014/2014 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 - ENGENHARIA CIVIL E VAGAS REMANESCENTES EDITAL 014/2014 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 - ENGENHARIA CIVIL E VAGAS REMANESCENTES A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular

Leia mais

UNIVERSIDADE POSITIVO COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO CPS VESTIBULAR 2 o SEMESTRE DE 2010 CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA EDITAL n o 16 14/05/2010

UNIVERSIDADE POSITIVO COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO CPS VESTIBULAR 2 o SEMESTRE DE 2010 CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA EDITAL n o 16 14/05/2010 UNIVERSIDADE POSITIVO COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO CPS VESTIBULAR 2 o SEMESTRE DE 2010 CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA EDITAL n o 16 14/05/2010 A UNIVERSIDADE POSITIVO, por sua COMISSÃO DE PROCESSO

Leia mais

FACULDADE ARI DE SÁ EDITAL Nº 2, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2015, PROCESSO SELETIVO 2016.1

FACULDADE ARI DE SÁ EDITAL Nº 2, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2015, PROCESSO SELETIVO 2016.1 FACULDADE ARI DE SÁ EDITAL Nº 2, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2015, PROCESSO SELETIVO 2016.1 Em conformidade com as Portarias do MEC nº 1.120 de 16/07/1999 e nº 391 de 07/02/2002 e da Portaria nº 1449 de 23/12/1999

Leia mais

FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL M A N U A L D O C A N D I D A T O

FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL M A N U A L D O C A N D I D A T O 1 FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL M A N U A L D O C A N D I D A T O PROCESSO SELETIVO - INVERNO / 2014 Rua Profº Duílio Calderari, nº 600 Jardim Paulista CEP 83.430-000 Campina Grande do Sul PR. Fone:

Leia mais

Faculdades Unidas de Pesquisa, Ciências e Saúde CNPJ : 08.543.681/0001-46 www.faculdadefapec.com.br

Faculdades Unidas de Pesquisa, Ciências e Saúde CNPJ : 08.543.681/0001-46 www.faculdadefapec.com.br EDITAL 021/2015 DE 15 DE OUTUBRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 A Faculdades Unidas de Pesquisa, Ciências e Saúde FAPEC torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2016.1, para

Leia mais

Edital de convocação para o CONCURSO VESTIBULAR. UERJ Turismo 2010

Edital de convocação para o CONCURSO VESTIBULAR. UERJ Turismo 2010 Edital de convocação para o CONCURSO VESTIBULAR UERJ Turismo 2010 A Universidade do Estado do Rio de Janeiro torna público o presente Edital, com normas, rotinas e procedimentos relativos ao Concurso Vestibular

Leia mais

Faculdade de Tecnologia do Amapá Portaria, MEC Nº 1.956, de 06/07/2004. VESTIBULAR 1º SEMESTRE DE 2015/Edital de 07/10/2014

Faculdade de Tecnologia do Amapá Portaria, MEC Nº 1.956, de 06/07/2004. VESTIBULAR 1º SEMESTRE DE 2015/Edital de 07/10/2014 Processo Seletivo 2015.1 - EDITAL N 003-2014/COPEVE A Faculdade de Tecnologia do Amapá - META, situada na Rua Pedro Siqueira, N 333, Jardim Marco Zero Macapá AP, faz saber que estarão abertas as inscrições

Leia mais

EDITAL DE VESTIBULAR 1º SEMESTRE 2015

EDITAL DE VESTIBULAR 1º SEMESTRE 2015 EDITAL DE VESTIBULAR 1º SEMESTRE 2015 O Diretor da Instituição de Ensino Superior de Cacoal -FANORTE, com endereço na Rua Antônio de Paula Nunes n 1064 Bairro Centro- Cacoal/RO, CEP: 76963-868, no uso

Leia mais

USCS Virtual Edital/Manual do Candidato Vestibular EAD 2º Semestre 2014

USCS Virtual Edital/Manual do Candidato Vestibular EAD 2º Semestre 2014 USCS - UNIVERSIDADE MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL USCS Virtual Edital/Manual do Candidato Vestibular EAD 2º Semestre 2014 Inscrições: até 30/JULHO/2014 Prova: 3/AGOSTO/2014 Início das aulas: 9/AGOSTO/2014

Leia mais

FACULDADE DOM BOSCO CURITIBA / PARANÁ PROCESSO SELETIVO 2014-2 EDITAL Nº. 001/2014 SG

FACULDADE DOM BOSCO CURITIBA / PARANÁ PROCESSO SELETIVO 2014-2 EDITAL Nº. 001/2014 SG FACULDADE DOM BOSCO CURITIBA / PARANÁ PROCESSO SELETIVO 2014-2 EDITAL Nº. 001/2014 SG O diretor da Faculdade Dom Bosco de Curitiba-PR, mantida por Dom Bosco Ensino Superior Ltda., considerando os termos

Leia mais

EDITAL Nº 04/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2014/2

EDITAL Nº 04/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2014/2 EDITAL Nº 04/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2014/2 A Comissão Coordenadora do Processo Seletivo das Faculdades Integradas de Vitória FDV, para conhecimento de todos os interessados, torna público

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR MÚLTIPLO - IESM - PROCESSO SELETIVO IESM 2015.2 EDITAL Nº. 01/2015

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR MÚLTIPLO - IESM - PROCESSO SELETIVO IESM 2015.2 EDITAL Nº. 01/2015 INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR MÚLTIPLO - IESM - PROCESSO SELETIVO IESM 2015.2 EDITAL Nº. 01/2015 O Instituto de Ensino Superior Múltiplo - IESM, situado na Avenida Boa Vista, 700, bairro Parque São Francisco,

Leia mais

FEFISA FACULDADES INTEGRADAS DE SANTO ANDRÉ EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015

FEFISA FACULDADES INTEGRADAS DE SANTO ANDRÉ EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015 FEFISA FACULDADES INTEGRADAS DE SANTO ANDRÉ EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015 Dr a Dinah K. Zekcer, Diretora da FEFISA Faculdades Integradas de Santo André, faz saber que se encontram abertas as inscrições

Leia mais

O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVASF, no uso da atribuição que lhe confere o Estatuto da Universidade Federal do Vale do São Francisco,

O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVASF, no uso da atribuição que lhe confere o Estatuto da Universidade Federal do Vale do São Francisco, RESOLUÇÃO Nº 01/2009 Fixa critérios para o Processo Seletivo/Vestibular 2009.2 - UNIVASF referentes aos novos cursos de Graduação do projeto REUNI e preencher as vagas remanescentes dos cursos de Engenharia

Leia mais

INSTITUTO DOCTUM DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA FACULDADES UNIFICADAS DOCTUM DE TEÓFILO OTONI Credenciado pela portaria nº 135 de 08/02/2008 - MEC

INSTITUTO DOCTUM DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA FACULDADES UNIFICADAS DOCTUM DE TEÓFILO OTONI Credenciado pela portaria nº 135 de 08/02/2008 - MEC INSTITUTO DOCTUM DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA FACULDADES UNIFICADAS DOCTUM DE TEÓFILO OTONI Credenciado pela portaria nº 135 de 08/02/2008 - MEC EDITAL N.º 04/2009 PROCESSO SELETIVO SEGUNDO SEMESTRE DE 2009

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2016 / 1 Semestre

PROCESSO SELETIVO 2016 / 1 Semestre PROCESSO SELETIVO 2016 / 1 Semestre A Diretora Acadêmica do Centro Universitário Hermínio da Silveira - IBMR, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, na conformidade do que dispõe a Legislação

Leia mais

1.4. O Manual do Candidato estará disponível para os inscritos exclusivamente no sítio www.suprema.edu.br.

1.4. O Manual do Candidato estará disponível para os inscritos exclusivamente no sítio www.suprema.edu.br. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS 2º SEMESTRE 2015 EDITAL nº 04/2015 A Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora - FCMS/JF SUPREMA torna público que se encontram abertas

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO DE VAGAS REMANESCENETES 2º SEMESTRE DE 2015

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO DE VAGAS REMANESCENETES 2º SEMESTRE DE 2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO DE VAGAS REMANESCENETES 2º SEMESTRE DE 2015 O Diretor da, mantida pela Saint Paul Educacional Ltda., no uso de suas atribuições regimentais e da legislação vigente, por meio

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO2015/2

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO2015/2 EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO2015/2 CONSOLIDADO O Diretor da Faculdade Cenecista de Itaboraí FACNEC e Faculdade Itaboraí, com sede no município de Itaboraí, Estado do Rio de Janeiro, torna público,

Leia mais

FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS SANTA MARCELINA M U R I A É MG EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O ANO LETIVO DE 2016

FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS SANTA MARCELINA M U R I A É MG EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O ANO LETIVO DE 2016 FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS SANTA MARCELINA M U R I A É MG EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O ANO LETIVO DE 2016 A Diretora da FACULDADE DE FILOSOFIA CIÊNCIAS E LETRAS SANTA MARCELINA - FASM,

Leia mais

Turno de funcionamento. integral (noite/manhã)

Turno de funcionamento. integral (noite/manhã) CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES EDITAL DE 31 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR PARA O ANO DE 2016 (Processo Seletivo Vestibular 2016, Processo Seletivo Vestibular Complementar 2016/A e Processo

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2 SEMESTRE DE 2015 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2 SEMESTRE DE 2015 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2 SEMESTRE DE 2015 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM COMISSÃO ORGANIZADORA Solange Fonseca Landéia Ávila Raquel Munis Suelen Gomes 2 SUMÁRIO 1 - CURSOS OFERECIDOS 04 2 - AGENDA DO

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO2015/02 CONSOLIDADO

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO2015/02 CONSOLIDADO EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO2015/02 CONSOLIDADO O Diretor da Faculdade CNEC Ilha do Governador, com sede no município do Rio de Janeiro, Estado do RJ, torna público, na forma regimental e em consonância

Leia mais

PREFEITURA DE CARUARU CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº. 002/2006 - PMC

PREFEITURA DE CARUARU CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº. 002/2006 - PMC PREFEITURA DE CARUARU CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº. 002/2006 - PMC A Prefeitura Municipal de Caruaru/PE divulga a realização do CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS para o provimento dos cargos de Professor

Leia mais

PROVA UNIJUÍ. Locais de Realização da Prova Câmpus/Polo Ijuí, Câmpus Santa Rosa, Câmpus Panambi e Câmpus Três Passos.

PROVA UNIJUÍ. Locais de Realização da Prova Câmpus/Polo Ijuí, Câmpus Santa Rosa, Câmpus Panambi e Câmpus Três Passos. PROVA UNIJUÍ Data 08 de fevereiro de 2015 (domingo) Modalidades e Horários Cursos EaD Prova da Unijuí (Redação) Início às 8h30min e término às 11h30min. Cursos Presenciais Prova da Unijuí (Redação e 40

Leia mais

EDITAL Nº 35/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2015

EDITAL Nº 35/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2015 EDITAL Nº 35/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2015 A Comissão Coordenadora do Processo Seletivo das Faculdades Integradas de Vitória FDV, para conhecimento de todos os interessados, torna público

Leia mais

EDITAL DO VESTIBULAR UNIFESP/EPM 2004

EDITAL DO VESTIBULAR UNIFESP/EPM 2004 EDITAL DO VESTIBULAR UNIFESP/EPM 2004 O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO/ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA (Unifesp/EPM), no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o aprovado pelo Conselho

Leia mais

EDITAL. PROCESSO SELETIVO 2015 / 1 Semestre

EDITAL. PROCESSO SELETIVO 2015 / 1 Semestre 1 EDITAL PROCESSO SELETIVO 2015 / 1 Semestre A Diretora Acadêmica do Centro Universitário Hermínio da Silveira-IBMR, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, na conformidade do que dispõe a Legislação

Leia mais

1. PROCESSO SELETIVO...3 2. CURSOS OFERECIDOS...3 3. INSCRIÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO...6 4. FORMAS DE INGRESSO NA UNIVAP...7

1. PROCESSO SELETIVO...3 2. CURSOS OFERECIDOS...3 3. INSCRIÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO...6 4. FORMAS DE INGRESSO NA UNIVAP...7 SUMÁRIO 1. PROCESSO SELETIVO...3 2. CURSOS OFERECIDOS...3 3. INSCRIÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO...6 4. FORMAS DE INGRESSO NA UNIVAP...7 4.1 INGRESSO PELA NOTA DO ENEM...7 4.1.1 PERÍODO DE INSCRIÇÃO ENEM...7

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2016-1º SEMESTRE Nº 008/2015

PROCESSO SELETIVO 2016-1º SEMESTRE Nº 008/2015 PROCESSO SELETIVO 2016-1º SEMESTRE Nº 008/2015 O Diretor da NOVA FACULDADE, Pablo Fernandes Bittencourt, faz saber aos interessados que estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo do 1º Semestre

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE SANTARÉM ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL LUTERANA DO BRASIL Portaria Ministerial nº 1992 D.O.U.

CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE SANTARÉM ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL LUTERANA DO BRASIL Portaria Ministerial nº 1992 D.O.U. CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE SANTARÉM ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL LUTERANA DO BRASIL Portaria Ministerial nº 1992 D.O.U. de 20/12/06 ATO EDITAL Nº 07/2014 Nos termos do Art. 54 do Regimento do Centro Universitário

Leia mais

EDITAL DO 2 PROCESSO SELETIVO 2015 PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NO CURSO DE MEDICINA DA FACULDADE SÃO LUCAS FSL. 1 SEMESTRE 2015 - EDITAL n o 2/2015

EDITAL DO 2 PROCESSO SELETIVO 2015 PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NO CURSO DE MEDICINA DA FACULDADE SÃO LUCAS FSL. 1 SEMESTRE 2015 - EDITAL n o 2/2015 EDITAL DO 2 PROCESSO SELETIVO 2015 PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NO CURSO DE MEDICINA DA FACULDADE SÃO LUCAS FSL 1 SEMESTRE 2015 - EDITAL n o 2/2015 PROCESSO SELETIVO 19/10/2014 A Faculdade São Lucas FSL

Leia mais

UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO. TERMO ADITIVO PROCESSO SELETIVO 2º/2015- Vagas Remanescentes

UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO. TERMO ADITIVO PROCESSO SELETIVO 2º/2015- Vagas Remanescentes UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO TERMO ADITIVO PROCESSO SELETIVO 2º/2015- Vagas Remanescentes 1 PROVA TRADICIONAL 1.1 Dos Períodos de Inscrição, Horários e Locais: O Processo Seletivo da Universidade Cidade

Leia mais

Estadual 2015. Edital de Convocação para o Exame de Qualificação do Vestibular

Estadual 2015. Edital de Convocação para o Exame de Qualificação do Vestibular Edital de Convocação para o Exame de Qualificação do Vestibular Estadual 2015 A Universidade do Estado do Rio de Janeiro torna público o presente Edital, com normas, rotinas e procedimentos relativos ao

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS O Diretor Geral da Faculdade ISAEBRASIL, credenciada pela Portaria MEC n. 439 de 29 de abril de 2015, por sua Comissão de Vestibular, instituída em caráter permanente pela Portaria ISAE n.º 02/2015 de

Leia mais

VESTIBULAR TEMPORÃO JULHO DE 2010 ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE

VESTIBULAR TEMPORÃO JULHO DE 2010 ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE VESTIBULAR TEMPORÃO JULHO DE 2010 ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE FUNDAÇÃO EDUCACIONAL VALE DO SÃO FRANCISCO - faz saber aos interessados que estarão abertas, no período de 01 de julho a 17 de julho de

Leia mais

PROF. VALMAR CORRÊA DE ANDRADE

PROF. VALMAR CORRÊA DE ANDRADE RESOLUÇÃO Nº 679/2008. EMENTA: Estabele normas para o Processo Seletivo/Vestibular 2009 - UFRPE para os Cursos de Graduação em Licenciatura em Computação e Licenciatura em Física na modalidade de Ensino

Leia mais

ALTERAÇÃO 01. PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS CNPQ E SEBRAE nº 06/2015 PROCESSO SELETIVO PARA PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO

ALTERAÇÃO 01. PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS CNPQ E SEBRAE nº 06/2015 PROCESSO SELETIVO PARA PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO ALTERAÇÃO 01 PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS CNPQ E SEBRAE nº 06/2015 PROCESSO SELETIVO PARA PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO SERVIÇO DE APOIO AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

1.4. Cada candidato poderá concorrer a apenas uma das vagas ofertadas neste Edital e deverá usar o próprio CPF para inscrição.

1.4. Cada candidato poderá concorrer a apenas uma das vagas ofertadas neste Edital e deverá usar o próprio CPF para inscrição. UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV Edital Nº 03/2014/CCV Regulamenta o Teste de Nível das Casas de Cultura Estrangeira, para o período 2014.2. A Presidente da Coordenadoria de

Leia mais

03 de agosto. 17 de agosto às 10h00 ou às 14h00

03 de agosto. 17 de agosto às 10h00 ou às 14h00 EDITAL PROCESSO SELETIVO 2013 Segundo Semestre O Diretor Geral da Faculdade Nossa Cidade, mantida pelo Centro Educacional Nossa Cidade Ltda, com limite territorial na cidade de Carapicuíba em São Paulo,

Leia mais

CISNE FACULDADE DE QUIXADÁ PROCESSO SELETIVO 2015.2 EDITAL Nº 03/2015

CISNE FACULDADE DE QUIXADÁ PROCESSO SELETIVO 2015.2 EDITAL Nº 03/2015 CISNE FACULDADE DE QUIXADÁ PROCESSO SELETIVO 2015.2 EDITAL Nº 03/2015 O Instituto Educacional e Tecnológico de Quixadá e a CISNE Faculdade de Quixadá, com base no seu Regimento Interno e nas disposições

Leia mais

REGULAMENTO PARA REVALIDAÇÃO DE DIPLOMA ESTRANGEIRO DE BACHAREL EM NUTRIÇÃO

REGULAMENTO PARA REVALIDAÇÃO DE DIPLOMA ESTRANGEIRO DE BACHAREL EM NUTRIÇÃO REGULAMENTO PARA REVALIDAÇÃO DE DIPLOMA ESTRANGEIRO DE BACHAREL EM NUTRIÇÃO A Comissão de Graduação em Nutrição (COMGRAD-NUT) da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, no uso

Leia mais

SUMÁRIO INSCRIÇÕES... 3. 1. Local/Período... 3. 2. Horário... 3. 3. Taxa de inscrição... 3. 4. Vagas... 3. 5. Sistema de opções... 4 PROVA...

SUMÁRIO INSCRIÇÕES... 3. 1. Local/Período... 3. 2. Horário... 3. 3. Taxa de inscrição... 3. 4. Vagas... 3. 5. Sistema de opções... 4 PROVA... SUMÁRIO INSCRIÇÕES... 3 1. Local/Período... 3 2. Horário... 3 3. Taxa de inscrição... 3 4. Vagas... 3 5. Sistema de opções... 4 PROVA... 4 1. Data... 4 2. Conteúdos... 4 3. Critério de avaliação... 5 4.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio da Comissão Permanente do Vestibular

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 03/2008

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 03/2008 RESOLUÇÃO Nº 03/2008 Fixa critérios para o Processo Seletivo/Vestibular 2008.2 - UNIVASF referentes aos Cursos de Engenharia do Campus Juazeiro-BA. O DA UNIVASF, no uso da atribuição que lhe confere o

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO FACECA 2014/1 DETALHADO

EDITAL PROCESSO SELETIVO FACECA 2014/1 DETALHADO EDITAL PROCESSO SELETIVO FACECA 2014/01 CONSOLIDADO O Diretor da Faculdade Cenecista de Varginha Faceca, com sede no município de Varginha, Estado de Minas Gerais, torna público, na forma regimental e

Leia mais

UNIVERSIDADE POSITIVO COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO CPS VESTIBULAR 2014 CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA EDITAL N O 201 de 22/08/2013

UNIVERSIDADE POSITIVO COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO CPS VESTIBULAR 2014 CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA EDITAL N O 201 de 22/08/2013 UNIVERSIDADE POSITIVO COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO CPS VESTIBULAR 2014 CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA EDITAL N O 201 de 22/08/2013 A UNIVERSIDADE POSITIVO, por sua COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO,

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO 08/2015 DETALHADO

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO 08/2015 DETALHADO EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO 08/2015 DETALHADO A Diretora da Faculdade CNEC Gravataí, Recredenciada pela Portaria Ministerial nº 849, de 11/09/2013 D.O.U. de 12/09/2013, torna público, na forma regimental

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA PMT SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS SEMA

PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA PMT SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS SEMA 0 PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA PMT SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS SEMA EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSAS DO PROGRAMA SERVIDOR UNIVERSITÁRIO 2011 A Secretaria Municipal de Administração

Leia mais

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE PROCESSO SELETIVO 2013/2 - Agendado Edital - Consolidado O Diretor da Faculdade Cenecista de Osório, com sede no município de Osório, Estado do Rio Grande do Sul, nos termos da Portaria nº 1.120 de 16

Leia mais

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de São Carlos, no

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de São Carlos, no RESOLUÇÃO CEPE Nº 503, de 13 de julho de 2005. Regulamenta a execução do Processo Seletivo para ingresso nos cursos da UFSCar e dá outras providências. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade

Leia mais

FACULDADE METROPOLITANA SÃO CARLOS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE DE 2015

FACULDADE METROPOLITANA SÃO CARLOS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE DE 2015 FACULDADE METROPOLITANA SÃO CARLOS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE DE 2015 O Diretor da Faculdade Metropolitana São Carlos, credenciada pela Portaria Ministerial 062 de 22/01/2010, publicada em

Leia mais

VESTIBULAR 2015 2º SEMESTRE

VESTIBULAR 2015 2º SEMESTRE 1 VESTIBULAR 2015 2º SEMESTRE Cursos Habilitações Câmpus Turnos Duração Ciências Biológicas Biomedicina Bacharelado Belo Horizonte Noturno 8 semestres Enfermagem Bacharelado Alfenas Noturno 9 semestres

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2015

EDITAL PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2015 EDITAL PROCESSO SELETIVO CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA - UNILUS De ordem do Senhor Reitor do Centro Universitário Lusíada - UNILUS, Dr. Nelson Teixeira, torno público que estarão abertas as inscrições para

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO Nº 0003/14 CONSOLIDADO

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO Nº 0003/14 CONSOLIDADO EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO Nº 0003/14 CONSOLIDADO O Diretor da FACULDADE CENECISTA DE BENTO GONÇALVES - FACEBG, com sede no município de Bento Gonçalves, Estado/RS, torna público, na forma regimental

Leia mais

EDITAL Nº. 21/2015 PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR DE INVERNO-2015

EDITAL Nº. 21/2015 PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR DE INVERNO-2015 O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Vale do Iguaçu, mantidas pela Unidade de Ensino Superior Vale do Iguaçu, no uso de suas atribuições regimentais e demais disposições legais, torna público o

Leia mais

UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO - UNICID EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016

UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO - UNICID EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016 UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO - UNICID EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016 A Universidade Cidade de São Paulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO DISTRITO FEDERAL - UDF EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO DISTRITO FEDERAL - UDF EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016 CENTRO UNIVERSITÁRIO DO DISTRITO FEDERAL - UDF EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016 O Centro Universitário do Distrito Federal - UDF, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover

Leia mais

ANO 2014 2º SEMESTRE

ANO 2014 2º SEMESTRE SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 095/2014, de 25/04/2014 PROCESSO SELETIVO E MATRÍCULA DOS CANDIDATOS APROVADOS NO PROGRAMA

Leia mais

Guia do Vestibular / Manual do Candidato Processo Seletivo- Agendado 2014.2 Provas/Matrícula

Guia do Vestibular / Manual do Candidato Processo Seletivo- Agendado 2014.2 Provas/Matrícula Guia do Vestibular / Manual do Candidato Processo Seletivo- Agendado 2014.2 Provas/Matrícula A Faculdade do Vale do Itapecuru FAI, localizada no Município de Caxias/MA, credenciada através da Portaria

Leia mais

VESTIBULAR DE LICENCIATURA EM MÚSICA

VESTIBULAR DE LICENCIATURA EM MÚSICA 1. ABERTURA O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNAMBUCANO - IF SERTÃO-PE, no uso de suas atribuições legais, em conformidade com a Lei nº 9.394/96 (LDB), a Portaria

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO 2015/02 CONSOLIDADO

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO 2015/02 CONSOLIDADO EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO 2015/02 CONSOLIDADO A Diretora da Faculdade Cenecista de Rio Bonito - FACERB, com sede no município de Rio Bonito, Estado do Rio de Janeiro, torna público, na forma regimental

Leia mais

CISNE FACULDADE DE QUIXADÁ PROCESSO SELETIVO 2016 EDITAL Nº 04/2015

CISNE FACULDADE DE QUIXADÁ PROCESSO SELETIVO 2016 EDITAL Nº 04/2015 CISNE FACULDADE DE QUIXADÁ PROCESSO SELETIVO 2016 EDITAL Nº 04/2015 O Instituto Educacional e Tecnológico de Quixadá e a CISNE Faculdade de Quixadá, com base no seu Regimento Interno e nas disposições

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL PROCESSO SELETIVO 2015

CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL PROCESSO SELETIVO 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL PROCESSO SELETIVO 2015 O Centro Universitário Módulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo para ingresso no primeiro

Leia mais

EDITAL N 06/2013 PROCESSO SELETIVO 2014.1

EDITAL N 06/2013 PROCESSO SELETIVO 2014.1 EDITAL N 06/2013 PROCESSO SELETIVO 2014.1 A FACULDADE TERRA NORDESTE - FATENE, credenciada pelo MEC, portaria n 1.246 de 14/10/2008, torna pública a abertura de inscrições para o processo seletivo dos

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DE PERNAMBUCO FACULDADE SENAC - PE EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016.

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DE PERNAMBUCO FACULDADE SENAC - PE EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016. SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DE PERNAMBUCO FACULDADE SENAC - PE EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 O Presidente do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial em Pernambuco

Leia mais

2. Dos Cursos da FASF, Códigos, Turnos, Duração, Vagas, Número de Alunos por Turma, Prazo de Integralização e Atos de Legalização

2. Dos Cursos da FASF, Códigos, Turnos, Duração, Vagas, Número de Alunos por Turma, Prazo de Integralização e Atos de Legalização EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO AOS CURSOS PRESENCIAIS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DO ALTO SÃO FRANCISCO, TURMAS DE AGOSTO 2015. A Diretora da Faculdade de Filosofia,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHÃO EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHÃO EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHÃO EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS A Comissão Especial do Processo de Seleção de Estagiários, criada pelo Decreto n.º 151/2013, de 26 de março

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO DISTRITO FEDERAL. TERMO ADITIVO PROCESSO SELETIVO 2º/2015- Vagas Remanescentes

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO DISTRITO FEDERAL. TERMO ADITIVO PROCESSO SELETIVO 2º/2015- Vagas Remanescentes CENTRO UNIVERSITÁRIO DO DISTRITO FEDERAL TERMO ADITIVO PROCESSO SELETIVO 2º/2015- Vagas Remanescentes 1 PROVA TRADICIONAL 1.1 Dos Períodos de Inscrição, Horários e Locais: O Processo Seletivo do Centro

Leia mais

EDITAL TORNA PÚBLICO O PROCESSO SELETIVO CONCURSO VESTIBULAR PARA INGRESSO NOS CURSOS

EDITAL TORNA PÚBLICO O PROCESSO SELETIVO CONCURSO VESTIBULAR PARA INGRESSO NOS CURSOS EDITAL TORNA PÚBLICO O PROCESSO SELETIVO CONCURSO VESTIBULAR PARA INGRESSO NOS DE GRADUAÇÃO DA UNIJUÍ MODALIDADES PRESENCIAL E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EaD, NO 2º SEMESTRE DE 2014. A Vice-Reitora de Graduação

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR/2010

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR/2010 FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR/2010 1. NORMAS GERAIS As FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO, credenciadas através da Portaria Ministerial nº 1.823 de 27/05/2005, publicada

Leia mais

EDITAL DE VESTIBULAR FACSETE Nº 001/2015

EDITAL DE VESTIBULAR FACSETE Nº 001/2015 EDITAL DE VESTIBULAR FACSETE Nº 001/2015 A Diretora Geral da FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE, Professora Drª Dóris Camargo Martins de Andrade declara abertas as inscrições ao Processo Seletivo para matrículas

Leia mais

PROCESSOS DE INGRESSO INVERNO/2015 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES

PROCESSOS DE INGRESSO INVERNO/2015 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PROCESSOS DE INGRESSO INVERNO/2015 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES A Universidade de Caxias do Sul (UCS) torna pública a abertura de inscrições e as condições que regem os Processos Seletivos para ingresso

Leia mais

1. DO OBJETO 2. DAS INSCRIÇÕES

1. DO OBJETO 2. DAS INSCRIÇÕES EDITAL N 01 /2012-1 - VESTIBULAR, CONCURSO PRINCIPAL E PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CONTINUADO DO CENTRO UNIVERSITARIO DE MINEIROS UNIFIMES MANTIDO PELA FUNDAÇÃO INTEGRADA MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR

Leia mais

II. MODALIDADE PRESENCIAL: REDAÇÃO

II. MODALIDADE PRESENCIAL: REDAÇÃO EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS DE GRADUAÇÃO DA UNIJUÍ COM COMPLEMENTARES AO VESTIBULAR VERÃO 2015 MODALIDADES: PRESENCIAL E A DISTÂNCIA - 2015 A Vice-Reitora de Graduação da Universidade Regional

Leia mais

EDITAL N /2015 PROCESSO SELETIVO 2015.1

EDITAL N /2015 PROCESSO SELETIVO 2015.1 EDITAL N /2015 PROCESSO SELETIVO 2015.1 A FACULDADE TERRA NORDESTE - FATENE, credenciada pelo MEC, portaria n 1.246 de 14/10/2008, torna pública a abertura de inscrições para o processo seletivo dos cursos

Leia mais

1 PRÉ-REQUISITOS São pré-requisitos para a inscrição no processo seletivo do qual se refere esse Edital, regulamentado por meio deste instrumento:

1 PRÉ-REQUISITOS São pré-requisitos para a inscrição no processo seletivo do qual se refere esse Edital, regulamentado por meio deste instrumento: EDITAL DO 3 PROCESSO SELETIVO 2015 PARA TRANSFERÊNCIA DE CURSO DA ÁREA DA SAÚDE E CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NO CURSO DE MEDICINA DA FACULDADE SÃO LUCAS 1 SEMESTRE 2015 - EDITAL n o 3/2015 DATA: PROCESSO SELETIVO

Leia mais

Legislação do curso. Vagas. 45 Noturno 45

Legislação do curso. Vagas. 45 Noturno 45 De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições para o Processo Seletivo

Leia mais

EDITAL 01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015.1

EDITAL 01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015.1 EDITAL 01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015.1.2 CURSO DE ENFERMAGEM (BACHARELADO) CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (BACHARELADO) CURSO DE PEDAGOGIA (LICENCIATURA) A COMISSÃO EXECUTIVA DO VESTIBULAR (CEV) da FIED

Leia mais

EDITAL 10/2013 PROCESSO SELETIVO DE ABERTURA DE VAGAS

EDITAL 10/2013 PROCESSO SELETIVO DE ABERTURA DE VAGAS EDITAL 10/2013 PROCESSO SELETIVO DE ABERTURA DE VAGAS O (IFRS) -, em cumprimento às determinações da Lei nº 9.394/96 e legislação regulamentadora, comunica a abertura de Processo Seletivo 2013/2 aos Cursos

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO/2016 MEDICINA

EDITAL PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO/2016 MEDICINA EDITAL PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO/2016 MEDICINA De ordem do Magnífico Reitor do Centro Universitário Lusíada - UNILUS, Dr. Nelson Teixeira, torno público que as provas do Processo Seletivo Classificatório

Leia mais

Edital Processo Seletivo - 2º semestre de 2011

Edital Processo Seletivo - 2º semestre de 2011 Edital Processo Seletivo - 2º semestre de 2011 O Instituto de Ensino Superior João Alfredo de Andrade, por sua Comissão Organizadora do Processo Seletivo, instituída em caráter permanente pela Portaria

Leia mais

SISTEMA SERIADO DE AVALIAÇÃO SSA 2015 (TRIÊNIO 2012/2014 1ª FASE)

SISTEMA SERIADO DE AVALIAÇÃO SSA 2015 (TRIÊNIO 2012/2014 1ª FASE) SISTEMA SERIADO DE AVALIAÇÃO SSA 2015 (TRIÊNIO 2012/2014 1ª FASE) O Sistema Seriado Avaliação da Avaliação da Universidade de Pernambuco (SSA/UPE) objetiva o preenchimento de 40% das (quarenta por cento)

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL

CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL A REITORA do Centro Universitário de João Pessoa UNIPÊ faz saber, pelo presente EDITAL, que estão sendo abertas durante o período, de 15 de setembro de 2015 a 11 de março

Leia mais

Edital nº 13/2014 PROPP-UEMS de 30 de abril de 2014.

Edital nº 13/2014 PROPP-UEMS de 30 de abril de 2014. Edital nº 13/2014 PROPP-UEMS de 30 de abril de 2014. ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM DESENVOLVIMENTO REGIONAL E DE SISTEMAS PRODUTIVOS DA UEMS

Leia mais