Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java"

Transcrição

1 Linguagem Java

2 Objetivos Compreender como desenvolver algoritmos básicos em JAVA Aprender como escrever programas na Linguagem JAVA baseando-se na Linguagem Portugol aprender as sintaxes equivalentes entre as linguagens

3 Linguagem Java Desenvolvida pela Sun Microsystem ORACLE comprou a SUN Portável a diferentes plataformas Orientada a Objetos Código interpretado Permite que o programa execute mais de um thread (linha de execução).

4 Linguagem Java Ambiente Java de Compilação: Compilador JAVAC: Código Fonte Media.Java Javac Bytecode Media.class Interpretação Código de Máquina

5 Declarações de variáveis Atribuição Saída de Dados Entrada de Dados Estruturas de Seleção Estruturas de Repetição Estrutura de um Programa JAVA Analogia Portugol Studio X Java

6 Declaração de Variáveis Tipos de dados inteiro, real, caracter Variáveis real p1, p2, p3, media inteiro soma caracter sexo Tipos de dados int, float, double, character Variáveis float p1, p2, p3, media; int soma; char sexo; Portugol Studio JAVA Instruções do JAVA terminam com ;

7 Atribuição Guarda um valor em uma variável O tipo de dado DEVE ser compatível com o tipo da variável Portanto, se uma variável é do tipo inteiro, somente podemos atribuir um valor do tipo inteiro a ela inteiro soma caracter sexo soma = 0 sexo = M Portugol Studio int soma; char sexo; soma = 0; sexo = M ; JAVA

8 Saída de Dados Há várias maneiras de se fazer SAÍDA DE DADOS em JAVA Pode-se mandar mensagens para o usuário no monitor de vídeo através de BOTÕES, CAIXAS DE DIÁLOGO, FORMS, etc NESTE CURSO, pelo menos inicialmente, vamos utilizar SAÍDA DE DADOS via CONSOLE (sem interface gráfica)

9 Saída de Dados Exibindo uma mensagem FIXA escreva( Digite o valor da compra ) ou escreva ( \ndigite o valor da compra ) Portugol Studio System.out.print( Digite o valor da compra ); ou System.out.println( Digite o valor da compra ); JAVA NOTAS: o S do System é MAIÚSCULO print versus println println PULA O CURSOR DE LINHA depois de imprimir

10 Saída de Dados Exibir um conteúdo de variável escreva( Media =, media) escreva ( Idade =, id, Altura =, altu) Portugol Studio System.out.print( Media = + media); JAVA System.out.println( Idade = + id + Altura = + altu); NOTAS: Usa se o + e não a VÍRGULA para imprimir texto mesclado com variável

11 ENTRADA DE DADOS Há várias maneiras de se fazer ENTRADA DE DADOS em JAVA Pode-se obter valores do teclado ou mouse através de BOTÕES, CAIXAS DE DIÁLOGO, FORMS, etc NESTE CURSO, pelo menos inicialmente, vamos utilizar ENTRADA DE DADOS via BUFFER DE TECLADO (sem interface gráfica)

12 12 Bacharelado em Ciência e Tecnologia Comando de entrada Como ler os dados do teclado e guardar na memória do computador? É necessário criarmos um buffer para guardar os dados digitados no teclado e depois transferí-los para a memória (variável) buffer É o buffer do teclado Scanner entrada = new Scanner(System.in);

13 Comando de Entrada Após ter criado o buffer do teclado, basta transferir esse dado para a variável desejada A leitura é dada associando o tipo de entrada ao tipo da variável que receberá o dado Tipo de Dado String int double float char boolean Usar entrada.nextline(); entrada.nextint(); entrada.nextdouble(); entrada.nextfloat(); entrada.nextline().charat(0); entrada.nextboolean(); entrada é o nome da variável de buffer previamente declarada

14 Entrada de Dados Lendo uma variável via teclado // declaração das variáveis inteiro idade real salario escreva( Digite a idade : ) leia (idade) escreva( Digite o salario: ) leia (salario) // declaração das variáveis int idade; double salario = 0; Scanner entrada = new Scanner(System.in); System.out.println( Digite a Idade : ); idade = entrada.nextint(); System.out.println("Qual o salario?"); salario = entrada.nextdouble(); Portugol Studio JAVA Para utilizar a classe de entrada de dados Scanner será necessário usar a instrução a seguir, antes da declaração das variáveis: import java.util.scanner;

15 Estruturas de Seleção se ( idade > 15 ) { escreva ( pessoa já pode votar ) } senão { escreva ( não pode votar ainda ) } if ( idade > 15 ) { System.out.println( pessoa já pode votar ); } else { System.out.println( não pode votar ainda ); } Portugol Studio Em JAVA os BLOCOS são delimitados por { } JAVA

16 Estrutura de repetição (enquanto / while)... inteiro soma, cont soma = 0 cont = 1 enquanto ( cont <= 10 ) { soma = soma + cont cont = cont + 1 } escreva( A soma dos 10 primeiros números =, soma)... int soma = 0, cont = 1; while ( cont <= 10 ) { } soma = soma + cont; cont = cont + 1; System.out.print( A soma dos 10 primeiros números = + soma); Portugol Studio JAVA

17 Estrutura de repetição (para/ for)... inteiro soma, cont soma = 0 para (cont = 1; cont <= 10; cont = cont +1 ) { soma = soma + cont } Portugol Studio escreva( A soma dos 10 primeiros números =, soma)... int soma = 0, cont; for ( cont =1; cont <= 10 ; cont = cont + 1 ) { soma = soma + cont; } System.out.print( A soma dos 10 primeiros números = + soma); JAVA

18 Estrutura de um programa JAVA

19 Estrutura de um programa Portugol Studio programa { // } funcao inicio(cadeia parametros[]) { } Inicia o programa comentário tipo nome_variável Comando1 Comando2... Comando3 Bloco de instruções Inicio do algoritmo ou bloco Declaração de Constantes e Variáveis Fim do programa ou do bloco

20 Estrutura de um programa JAVA Class NomedaClasse { public static void main ( String args[ ] ) { } } Início do bloco //aqui tem um comentário instrução 1; instrução 2; instrução 3; instrução n; Fim bloco Fim do programa Nome do programa Declaração de constantes e variáveis Bloco de instruções ATENÇÃO!!!!!!!! Inicio do programa comentário JAVA É CASE SENSITIVE AS INSTRUÇÕES DEVEM TERMINAR SEMPRE COM ;

21 Linguagem Java

22 Objetivos Compreender como desenvolver algoritmos básicos em JAVA Aprender como escrever programas na Linguagem JAVA baseando-se na Linguagem Portugol aprender as sintaxes equivalentes entre as linguagens

23 Analogia Portugol Studio X Java Principais Tipos de Dados Tipos Básicos de Dados Operadores Aritméticos Operadores Lógicos Operadores Relacionais Operadores Unários Regras de Precedência Regras para nomeação em Java

24 TIPOS DE DADOS Descrição Bacharelado em Ciência e Tecnologia PRINCIPAIS TIPOS DE DADOS EXISTENTES Em PORTUGOL Studio Em Java Caractere caracter char Literal cadeia String (classe) Inteiro inteiro int Inteiro longo Não se aplica long Real (ponto flutuante) real float Real longo Não se aplica double Booleano Não se aplica boolean

25 Tipos básicos de dados Inteiro (int): números inteiros sem parte fracionária, podendo ser negativo, nulo ou positivo Real (float, double): números com parte fracionária, podendo ser negativo, nulo ou positivo float 7 casas de precisão após a vírgula double 15 casas de precisão após a vírgula Literal (char, String): conjunto de caracteres alfanuméricos números (0...9), letras (A...Z, a...z) e símbolos Para um caracter usar aspas simples Para um conjunto de caracteres usar aspas dupla

26 Tipos básicos de dados Lógico (boolean): poderá assumir valores Verdadeiro ou falso true verdadeiro false falso

27 Constante Definição Valor fixo que NÃO se modifica durante a execução de um programa Exemplos Número Valor Lógico (Verdadeiro ou falso) Sequência de Caracteres Classificação Numérica Literal Lógica

28 Constante Numérica Nos algoritmos utiliza a notação decimal As constantes numéricas podem Possuir ou não uma parte fracionária Ter uma parte exponencial Fator 10 elevado a um número inteiro Exemplos E10 ( idêntico a 7.8 * )

29 Constante Numérica Pode ser positiva ou negativa Depende do sinal que precede a constante Caso não exista sinal positiva Expoente também pode possuir um sinal (indica o deslocamento da virgula) Caso não exista sinal positiva Os números fracionários sempre serão representados Exemplos através da notação de ponto E-10 (idêntico a 26*10-10 ) 3,4 (Erro não representa um número em java)

30 Constante Lógica Só pode ser Verdadeiro TRUE 1 Falso FALSE 0 Utilizado em preposições Lógicas

31 Constante Literal Qualquer sequência de caracteres Letras, dígitos, símbolos Especiais Em java Todas as constantes literais que aparecem no algoritmo devem estar entre aspas Exemplos: José da Silva Mensagem 26/02/75 X1W!Z2

32 32 Bacharelado em Ciência e Tecnologia Constantes Literais Não confunda!!!! false false

33 33 Operadores São meios pelos quais incrementamos, decrementamos, comparamos e avaliamos dados dentro do computador Temos três tipos de operadores: Operadores Aritméticos Operadores Relacionais Operadores Lógicos

34 Operadores Aritméticos Descrição Em Portugol Studio Em Java Multiplicação * * Divisão real / / Divisão inteira Não se aplica / Módulo % % Adição + + Subtração - - Incremento Decremento -- --

35 Exemplo Qual o resultado da avaliação da expressão 10-4 * , 18, 3? Depende da prioridade da avaliação dos operadores

36 Ordem de Prioridade Menor + - / * Exemplos 6 * (2-1) *5 ( ) Maior

37 Operadores Lógicos Estabelecem uma relação de comparação entre valores ou expressões Resultam sempre em um valor lógico Verdadeiro (true) ou falso (false)

38 Operadores Lógicos Descrição Em Portugol Studio Em Java E e && OU ou NÃO não!

39 Operadores Lógicos Os operadores lógicos mais utilizados são: E && OU NÃO! Tais operadores retornam valores lógicos como (V)erdadeiro ou (F)also Eu vou almoçar se tiver macarronada ou frango! Eu vou almoçar se tiver macarronada e frango!

40 Operadores Lógicos Tabela-verdade para os operadores && e A B A && B A B V V V V V F F V F V F V F F F F && somente resulta em VERDADEIRO quando todas as sentenças avaliadas são verdadeiras somente resulta em FALSO quando todas as sentenças avaliadas são falsas

41 Operadores Lógicos O operador! (não) faz a negação de uma sentença: Pedro mora na Vila Rica Ao aplicar o operador! (não), a sentença passa a ser: Pedro NÃO mora na Vila Rica A! A V F F V Precedência dos operadores:!, && ou

42 Operadores Relacionais Descrição Em Portugol Studio Em Java Maior > > Maior ou igual >= >= Menor < < Menor ou igual <= <= Igualdade = = = = Desigualdade! =! =

43 Pré-fixado Pós-fixado Bacharelado em Ciência e Tecnologia Operadores Unários Operador de Incremento em Java: Função: Incrementar o operando em 1 unidade Trabalha de dois modos: Pré-fixado ++num A variável num é incrementada antes de seu valor ser usado Pós-fixado num++ A variável num é incrementada depois de seu valor ser usado num = 5; x = ++num; num = 5; x = num++; x=6 num=6 x=5 num=6

44 Pré-fixado Bacharelado em Ciência e Tecnologia Pós-fixado Operadores Unários Operador de Decremento em Java: Função: Decrementar o operando em 1 unidade Trabalha de dois modos: Pré-fixado --num A variável num é decrementada antes de seu valor ser usado Pós-fixado num-- num = 5; x = --num; A variável num é decrementada depois de seu valor ser usado num = 5; x = num--; x=4 num=4 x=5 num=4

45 Operador Observação Precedência de Operadores JAVA ( ) Parênteses para agrupar expressões x++, y-- --x, --y,! *, /, % Incremento e decremento pós-fixado Incremento e decremento pós-fixado, negação Operadores aritméticos de multiplicação, divisão e módulo observação: % não respeita a propriedade associativa com multiplicação/divisão +, - Operadores aritméticos de adição e subtração <, >, <=, >= Operadores relacionais ==,!= Operadores de igualdade e diferença && Operador lógico e Operador lógico ou = Operador de atribuição

46 46 Bacharelado em Ciência e Tecnologia Regras para nomear variáveis em JAVA Pode conter um ou mais caracteres; Deve começar sempre por uma letra; Pode ser seguidos por letras e números; casa21 Não pode ter espaços entre as letras; casa 21 (errado!!) usar_underline_para_separar Não pode conter caracteres especiais; (?, #,!, etc...) Não pode ser uma palavra reservada; float, int, for,... Ser sucinto e utilizar nomes coerentes

47 Regras para nomear variáveis Fique atento!!! Os nomes de variáveis abaixo são iguais??? NomeCliente nomecliente nomecliente Não, pois variáveis em Java são case-sensitive nomes com letras maiúsculas são diferenciados de nomes com letras minúsculas!!

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java Linguagem Java Objetivos Compreender como desenvolver algoritmos básicos em JAVA Aprender como escrever programas na Linguagem JAVA baseando-se na Linguagem Portugol aprender as sintaxes equivalentes entre

Leia mais

Processamento da Informação BC-05045

Processamento da Informação BC-05045 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Processamento da Informação BC-05045 Prof. Dr. Francisco Isidro francisco.massetto@ufabc.edu.br UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Aula 2 Tipos de Dados, Variáveis, Entrada e Saída

Leia mais

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java Linguagem Java Objetivos Compreender como desenvolver algoritmos básicos em JAVA Aprender como escrever programas na Linguagem JAVA baseando-se na Linguagem Portugol aprender as sintaxes equivalentes entre

Leia mais

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Professor: Max Pereira http://paginas.unisul.br/max.pereira Ciência da Computação IDE Eclipse IDE (Integrated development environment) Criar um projeto

Leia mais

Lição 4 Fundamentos da programação

Lição 4 Fundamentos da programação Lição 4 Fundamentos da programação Introdução à Programação I 1 Objetivos Ao final desta lição, o estudante será capaz de: Identificar as partes básicas de um programa em Java Reconhecer as diferenças

Leia mais

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões.

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. 1 Estruturas da linguagem C 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. Identificadores Os identificadores seguem a duas regras: 1. Devem ser começados por letras

Leia mais

Módulo Lógica Programação com aplicações em Java. Projeto khouse Profissionalizante Profª Larissa Brandão

Módulo Lógica Programação com aplicações em Java. Projeto khouse Profissionalizante Profª Larissa Brandão Educação Módulo Lógica e Ética de Programação com aplicações em Java Projeto khouse Profissionalizante Profª Larissa Brandão Educação e Ética Fundamentos da Programação Objetivos: Reconhecer as diferenças

Leia mais

Variáveis primitivas e Controle de fluxo

Variáveis primitivas e Controle de fluxo Variáveis primitivas e Controle de fluxo Material baseado na apostila FJ-11: Java e Orientação a Objetos do curso Caelum, Ensino e Inovação, disponível para download em http://www.caelum.com.br/apostilas/

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S PROGRAMAÇÃO I VA R I Á V E I S, C O N S TA N T E S, O P E R A D O R E S E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S Variáveis 2 Variáveis são locais onde são armazenados os valores na memória. Toda variável é

Leia mais

Linguagem C: Introdução

Linguagem C: Introdução Linguagem C: Introdução Linguagem C É uma Linguagem de programação genérica que é utilizada para a criação de programas diversos como: Processadores de texto Planilhas eletrônicas Sistemas operacionais

Leia mais

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Métodos Computacionais Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Tópicos da Aula Hoje aprenderemos a escrever um programa em C que pode realizar cálculos Conceito de expressão Tipos de

Leia mais

Estruturas de Repetição em Java

Estruturas de Repetição em Java 1 Linguagem de Programação Estruturas de Repetição em Java A realização da repetição controlada por contador requer: 1. Uma variável de controle (ou contador de loop). 2. O valor inicial da variável de

Leia mais

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza.

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza. Fundamentos de Programação Turma CI-240-EST Josiney de Souza josineys@inf.ufpr.br Agenda do Dia Aula 3 (12/08/15) Saídas Entradas Operadores Atribuição Aritméticos Expressões Aritméticas Saída Permite

Leia mais

01/08/2011. Tipos de dados Numéricos Alfanuméricos Lógicos. Numéricos. Tipos de dados. Dados Numéricos Inteiros. Dados Numéricos Reais.

01/08/2011. Tipos de dados Numéricos Alfanuméricos Lógicos. Numéricos. Tipos de dados. Dados Numéricos Inteiros. Dados Numéricos Reais. Engenharia de Controle e Automação Programação I Prof. Ricardo Sobjak ricardo.sobjak@ifsc.edu.br Tipos de dados Numéricos Alfanuméricos Lógicos Tipos de dados Os tipos de dados primitivos ou básicos são

Leia mais

Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos Programação Orientada a Objetos Professor: Diego Oliveira Conteúdo 05: Linguagem Java Conteúdo da Aula Linguagem Java Tipos Primitivos Operadores Aritiméticos Operadores Lógicos Precedência de Operadores

Leia mais

Introdução à Computação MAC0110

Introdução à Computação MAC0110 Introdução à Computação MAC0110 Prof. Dr. Paulo Miranda IME-USP Aula 2 Variáveis e Atribuições Memória Principal: Introdução Vimos que a CPU usa a memória principal para guardar as informações que estão

Leia mais

Manual de conversão de Pseudo-algoritmo para Java

Manual de conversão de Pseudo-algoritmo para Java Manual de conversão de para Criação e atribuição de valores à variáveis Objetivo inteiro: n; int n; real: valor; double valor; lógico: achou; boolean achou; string: nome; String nome; caractere: sexo;

Leia mais

TÉCNICO DE INFORMÁTICA - SISTEMAS

TÉCNICO DE INFORMÁTICA - SISTEMAS 782 - Programação em C/C++ - estrutura básica e conceitos fundamentais Linguagens de programação Linguagem de programação são conjuntos de palavras formais, utilizadas na escrita de programas, para enunciar

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ Profª ª Danielle Casillo OPERADORES Um operador é um símbolo

Leia mais

Algoritmos: Conceitos Fundamentais. Slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza

Algoritmos: Conceitos Fundamentais. Slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza Algoritmos: Conceitos Fundamentais Slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza DADOS E EXPRESSÕES Uso da Informação Computador manipula informações contidas em sua memória. Classificadas

Leia mais

Universidade de Mogi das Cruzes Implementação Orientada a Objetos - Profª. Danielle Martin. Guia da Sintaxe do Java

Universidade de Mogi das Cruzes Implementação Orientada a Objetos - Profª. Danielle Martin. Guia da Sintaxe do Java Guia da Sintaxe do Java TIPOS PRIMITIVOS DE DADOS DO JAVA São os tipos nativos de dados do Java, que podem ser usados na declaração de atributos, variáveis, parâmetros. Tipo primitivo Tamanho Valor padrão

Leia mais

INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C

INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C Aula 01 Programação em Microinformática Prof. Allbert Velleniche de Aquino Almeida E-mail: professor@allbert.com.br Site: http://www.allbert.com.br Histórico O C nasceu na década

Leia mais

Capítulo 2 Operadores. A função scanf()

Capítulo 2 Operadores. A função scanf() Capítulo 2 Operadores A função scanf() A função scanf() é outra das funções de E/S implementadas em todos os compiladores e nos permite ler dados formatados da entrada padrão (teclado). Sintaxe: scanf(

Leia mais

Fábio Rodrigues / Israel Lucania

Fábio Rodrigues / Israel Lucania Fábio Rodrigues / Israel Lucania Variável é um local na memória principal, isto é, um endereço que armazena um conteúdo. Em linguagem de alto nível nos é permitido dar nomes a esse endereço, facilitando

Leia mais

Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica.

Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica. Computação L2 Linguagem C++ ovsj@cin.ufpe.br Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica. Alfabeto São os símbolos ( caracteres ) permitidos na linguagem: Letras (maiúsculas e minúsculas);

Leia mais

Programação com Acesso a BD. Programação com OO Acesso em Java

Programação com Acesso a BD. Programação com OO Acesso em Java Programação com OO Acesso em Java a BD Curso: Técnico em Informática Campus: Ipanguaçu José Maria Monteiro Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC-Rio Departamento Clayton Maciel de Informática

Leia mais

Curso básico de JavaScript Aula 2

Curso básico de JavaScript Aula 2 Tópicos 1 JavaScript é case sensitive... 1 2 Comentários... 1 3 Saídas do JavaScript... 1 4 Entrada de dados usando window.prompt( )... 3 5 Variáveis... 3 1.1 Regras para criar uma variável... 3 6 Literais...

Leia mais

Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES. Linguagem C. Linguagem C Estrutura Básica. Constante (literais) Linguagem C Primeiro Programa

Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES. Linguagem C. Linguagem C Estrutura Básica. Constante (literais) Linguagem C Primeiro Programa Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES Linguagem C - Introdução Linguagens de Máquina Representação numérica Difícil utilização e compreensão Específica para cada máquina Linguagens Simbólicas(Assembly)

Leia mais

Algoritmo e Programação Matemática

Algoritmo e Programação Matemática Algoritmo e Programação Matemática Fundamentos de Algoritmos Parte 1 Renato Dourado Maia Instituto de Ciências Agrárias Universidade Federal de Minas Gerais Dados A funcionalidade principal de um computador

Leia mais

Resolução de Algoritmos

Resolução de Algoritmos Resolução de Algoritmos Disciplina: Algoritmos e Programação Luciano Moraes Da Luz Brum Universidade Federal do Pampa Unipampa Campus Bagé Email: lucianobrum18@gmail.com Tópicos Resolução dos exercícios

Leia mais

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Dados em Algoritmos Quando escrevemos nossos programas, trabalhamos com: Dados que nós fornecemos ao programa Dados

Leia mais

7 Operadores e Expressões

7 Operadores e Expressões 7 Operadores e Expressões 7.1 Definição de operador, expressão e operando Um operador é um símbolo utilizado para identificar que uma determinada operação deve ser realizada sobre um ou mais parâmetros,

Leia mais

Ambientação com a Sintaxe de Java: parte 1

Ambientação com a Sintaxe de Java: parte 1 Ambientação com a Sintaxe de Java: parte 1 Prof. Gustavo Wagner FATEC-PB Programas em Java Texto do programa: arquivo com extensão.java Arquivo contém ao menos uma classe Nome do arquivo deve ser IGUAL

Leia mais

Tipos, Literais, Operadores

Tipos, Literais, Operadores Tipos, Literais, Operadores Identificadores São palavras utilizadas para nomear variáveis, métodos e classes Na linguagem Java, o identificador sempre começa por letra, sublinhado(_) ou cifrão ($) Não

Leia mais

Programação de Computadores para GI

Programação de Computadores para GI Programação de Computadores para GI Aula 05 Java - Identificadores Nomes que o programa manipula: variáveis, constantes, subprogramas e classes Não devem começar com números nem com _ Não existe tamanho

Leia mais

Aula 08 Estruturas de Condição. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes

Aula 08 Estruturas de Condição. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes Aula 08 Estruturas de Condição Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Entrada de Dados; Estruturas de Controle: Estrutura de Sequência;

Leia mais

Organização de programas em Java

Organização de programas em Java Organização de programas em Java Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Vamos programar em Java! Mas... Como um programa é organizado? Quais são os Cpos de dados disponíveis? Como variáveis podem

Leia mais

Algoritmos Computacionais

Algoritmos Computacionais Material produzido por professores da UFABC Objetivos Aprender a sintaxe e a semântica de instruções de saída e de entrada de dados na linguagem PORTUGOL Aprender alguns operadores pra uso na parte de

Leia mais

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES Prof. André Backes LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve

Leia mais

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES Prof. André Backes LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve

Leia mais

Introdução a Programação. Curso: Sistemas de Informação Programação I José R. Merlin

Introdução a Programação. Curso: Sistemas de Informação Programação I José R. Merlin Introdução a Programação Curso: Sistemas de Informação Programação I José R. Merlin Programas Programas são instruções para o computador executar uma tarefa Estas instruções seguem uma lógica Lógica: modo

Leia mais

Algoritmos. Algoritmos. Linguagem de programação. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Sintaxe do comando para incluir bibliotecas no programa:

Algoritmos. Algoritmos. Linguagem de programação. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Sintaxe do comando para incluir bibliotecas no programa: Algoritmos Algoritmos Leandro Tonietto Unisinos ltonietto@unisinos.br http://www.inf.unisinos.br/~ltonietto/inf/pg1/algoritmosi_java.pdf Mar-2008 Possuem sintaxe flexível e são mais úteis para descrição

Leia mais

Linguagem C. Prof.ª Márcia Jani Cícero

Linguagem C. Prof.ª Márcia Jani Cícero Linguagem C Prof.ª Márcia Jani Cícero A estrutura Básica de um Programa em C Consiste em uma ou várias funções ou programas. main( ) // primeira função a ser executada // inicia a função // termina a função

Leia mais

ALGORITMOS 3ª Aula. 3. Introdução Tipos de dados, variáveis e operadores Tipos de dados

ALGORITMOS 3ª Aula. 3. Introdução Tipos de dados, variáveis e operadores Tipos de dados 3. Introdução Segundo alguns especialistas, qualquer programa de computador pode ser escrito utilizando apenas três estruturas básicas: Seqüência, Condição e Repetição. Isto significa que, na construção

Leia mais

JAVA. Professor: Bruno Toledo

JAVA. Professor: Bruno Toledo JAVA Professor: Bruno Toledo Funcionamento de uma LP Em uma Linguagem de Programação (LP) como C e Pascal, temos o seguinte quadro quando vamos compilar um programa. Código fonte em c Teste.c Gera código

Leia mais

Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C. Prof. Ramon Figueiredo Pessoa

Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C. Prof. Ramon Figueiredo Pessoa Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C Prof. Ramon Figueiredo Pessoa 1 Variáveis e tipos Variáveis são simplesmente posições de memória que o compilador aloca ao programa Mas quantas posições

Leia mais

Operadores. Tipo de operadores. Aritméticos. Relacionais. Lógicos. Bit a bit. Cálculos aritméticos: soma, subtracção, multiplicação, divisão, etc.

Operadores. Tipo de operadores. Aritméticos. Relacionais. Lógicos. Bit a bit. Cálculos aritméticos: soma, subtracção, multiplicação, divisão, etc. Operadores Tipo de operadores Aritméticos Cálculos aritméticos: soma, subtracção, multiplicação, divisão, etc. Relacionais Comparação entre entidades. Lógicos Bit a bit 1 Operadores Aritméticos Operadores

Leia mais

PROGRAMAS BÁSICOS EM C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia

PROGRAMAS BÁSICOS EM C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia PROGRAMAS BÁSICOS EM C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia Calculo da área de um triângulo Algoritmo Área Var base,

Leia mais

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento Hello World Linguagem C printf("hello world!\n"); main é a função principal, a execução do programa começa por ela printf é uma função usada para enviar dados para o vídeo Palavras Reservadas auto double

Leia mais

Orientação a Objetos e Java

Orientação a Objetos e Java Orientação a Objetos e Java Daves Martins davesmartins@yahoo.com.br Mestre em Computação de Alto Desempenho pela UFRJ Especialista em Banco de Dados Analista Web Orientação a Objetos e Java Características

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1. Estruturas Básicas. Aula Tópico 4

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1. Estruturas Básicas. Aula Tópico 4 Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1 Estruturas Básicas Aula Tópico 4 1 Problema 3 Exibir o maior número inteiro que pode ser representado no computador. 2 Qual o maior número inteiro? Para

Leia mais

Revisões de PG. Programação Orientada por Objetos (POO) Centro de Cálculo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Revisões de PG. Programação Orientada por Objetos (POO) Centro de Cálculo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Revisões de PG (POO) Centro de Cálculo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Pedro Alexandre Pereira (palex@cc.isel.ipl.pt) Compilar e executar programas em Java Ficheiro fonte (Prog.java) Ficheiro

Leia mais

Material III-Bimestre Introdução e conceitos fundamentais da Linguagem C#

Material III-Bimestre Introdução e conceitos fundamentais da Linguagem C# Universidade do Vale do Paraíba Colégio Técnico Antônio Teixeira Fernandes Disciplina POO -2017 Material III-Bimestre Introdução e conceitos fundamentais da Linguagem C# http://www1.univap.br/~wagner Prof.

Leia mais

Aula 3 Conceitos de memória, variáveis e constantes Cleverton Hentz

Aula 3 Conceitos de memória, variáveis e constantes Cleverton Hentz Aula 3 Conceitos de memória, variáveis e constantes Cleverton Hentz Sumário de Aula } Conceito de Memória } Variáveis e Tipos de Dados } Constantes 2 Conceito de Memória } A memória de um computador é

Leia mais

PORTUGUÊS ESTRUTURADO: INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PROF. ALEXANDRO DOS SANTOS SILVA

PORTUGUÊS ESTRUTURADO: INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PROF. ALEXANDRO DOS SANTOS SILVA PORTUGUÊS ESTRUTURADO: INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PROF. ALEXANDRO DOS SANTOS SILVA SUMÁRIO Introdução Conceitos básicos Formato básico Tipos primitivos Variáveis Constantes Operadores Operações

Leia mais

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo Programação Básica Estrutura de um algoritmo Código-fonte Como vimos na aula anterior um algoritmo pode ser representado usando um fluxograma Um algoritmo pode também ser representado usando texto Esse

Leia mais

Comando Portugol (Visualg) Java

Comando Portugol (Visualg) Java Variável tipo inteiro i: inteiro short i; int i; long i; byte i; Variável tipo real d: real float d; double d; Variável tipo lógico b: logico boolean b; Variável tipo texto s: caractere char s; String

Leia mais

Introdução. 17-out-08 Leandro Tonietto 2

Introdução. 17-out-08 Leandro Tonietto 2 Programação II Leandro Tonietto Algoritmos e Programação em C++ Curso de Segurança da Informação ltonietto@unisinos.br http://www.inf.unisinos.br/~ltonietto/tsi/ica/programacao2.pdf out-08 Introdução O

Leia mais

11 - Estrutura de um programa em C

11 - Estrutura de um programa em C 11 - Estrutura de um programa em C directivas para o compilador { main ( ) declarações instruções } -É possível utilizar comentários, exemplo: /* Comentário */ que não são traduzidos pelo compilador, pois

Leia mais

Programação de Computadores:

Programação de Computadores: Instituto de C Programação de Computadores: Introdução ao FORTRAN Luis Martí Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense lmarti@ic.uff.br - http://lmarti.com Introdução ao FORTRAN Cinco aspectos

Leia mais

Desenvolvendo aplicações Java

Desenvolvendo aplicações Java José Roberto Madureira Junior Adaní Cusin Sacilotti Adriana Rodrigues Reginaldo Sacilotti Desenvolvendo aplicações Java Primeira Edição São Paulo 2017 Sumário 1 INTRODUÇÃO AO JAVA... 1 1.1 A PLATAFORMA

Leia mais

Variável. Expressões. Atribuição. Tipos básicos Declaração. Aritméticas Lógicas. Professor Leandro Augusto Frata Fernandes

Variável. Expressões. Atribuição. Tipos básicos Declaração. Aritméticas Lógicas. Professor Leandro Augusto Frata Fernandes Programação de Computadores III Aula 3 Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2011.1/tcc-03.063 Roteiro da Aula

Leia mais

Português Estruturado

Português Estruturado Português Estruturado Português Estruturado Para que o algoritmo possa ser executado por uma máquina é importante que as instruções sejam corretas e sem ambigüidades. O português estruturado é, na verdade,

Leia mais

PHP: <?php echo("hello World");?> Printa Hello World na página do navegador, mais fácil do que no Java.

PHP: <?php echo(hello World);?> Printa Hello World na página do navegador, mais fácil do que no Java. Nome: Vinícius Meng 3º ano Escrever em tela: public class HelloWorld { public static void main (String[] args) { System.out. println ("Hello World"); Printa Hello World na tela do terminal. echo("hello

Leia mais

Introdução a Linguagem C

Introdução a Linguagem C Introdução a Linguagem C Rafael Silva Guimarães Instituto Federal do Espírito Santo rafaelg@ifes.edu.br http://rafaelguimaraes.net 22 de Dezembro de 2014 Rafael Silva Guimarães Introdução a Linguagem C

Leia mais

Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões

Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões Professor: Max Pereira http://paginas.unisul.br/max.pereira Ciência da Computação Primeiro Programa em Java public class OlaPessoal

Leia mais

Módulo 1. Introdução. AEDS I C++ (Rone Ilídio)

Módulo 1. Introdução. AEDS I C++ (Rone Ilídio) Módulo 1 Introdução AEDS I C++ (Rone Ilídio) Introdução Linguagens de Programação Fonte Compilador Executável SO I Hardware C++ - Características Evolução do C, ou seja, possui a mesma sintaxe É uma linguagem

Leia mais

quadrado(a)*0.5 -((a+2)*f(x,(1.0+n)/x)) Arquitectura de Computadores (2008/2009) - Linguagem C - Expressões 2

quadrado(a)*0.5 -((a+2)*f(x,(1.0+n)/x)) Arquitectura de Computadores (2008/2009) - Linguagem C - Expressões 2 Linguagem C Expressões Expressões em C Cast, condições, atribuições Operadores lógicos de bits Precedência dos operadores Expressões em C Uma expressão é a forma de calcular um valor num programa: quadrado(a)*0.5

Leia mais

Introdução à Linguagem C++

Introdução à Linguagem C++ Introdução à Linguagem C++ C++: Definição C++ C A Linguagem de Programação C++ pode ser definida como uma extensão da Linguagem C; Todo código de programação em Linguagem C pode a priori ser compilado

Leia mais

Organização de programas em Java

Organização de programas em Java Organização de programas em Java Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Vamos programar em Java! Mas... Como um programa é organizado? Quais são os tipos de dados disponíveis? Como variáveis

Leia mais

Variáveis, Tipos de Dados e Operadores

Variáveis, Tipos de Dados e Operadores ! Variáveis, Tipos de Dados e Operadores Engenharias Informática Aplicada 2.o sem/2013 Profa Suely (e-mail: smaoki@yahoo.com) VARIÁVEL VARIÁVEL É um local lógico, ligado a um endereço físico da memória

Leia mais

Estrutura do programa

Estrutura do programa Linguagem C Estrutura do programa Exemplo: #include #include main() { printf( Ola, mundo! ); system( pause ); }

Leia mais

Noções de algoritmos - Aula 1

Noções de algoritmos - Aula 1 Noções de algoritmos - Aula 1 Departamento de Física UFPel Definição de algoritmo Sequência ordenada e finita de operações para a realização de uma tarefa. Tarefa: Experimento de Física I. Passo 1: Reunir

Leia mais

Aula 3. Objetivos Sequências de escapes ; Um aplicativo que adiciona inteiro; Aritmética.

Aula 3. Objetivos Sequências de escapes ; Um aplicativo que adiciona inteiro; Aritmética. Objetivos Sequências de escapes ; Um aplicativo que adiciona inteiro; Aritmética. Sequências de escape \n Nova linha. Posiciona o cursor de tela no início da próxima linha. \t Tabulação horizontal. Move

Leia mais

Java 2 Standard Edition Tipos, literais, operadores e controle de fluxo

Java 2 Standard Edition Tipos, literais, operadores e controle de fluxo Java 2 Standard Edition Tipos, literais, operadores e controle de fluxo Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Operadores e controle de fluxo da execução Este módulo explora as estruturas procedurais da

Leia mais

Java Variáveis e Controle Fluxo

Java Variáveis e Controle Fluxo Java Variáveis e Controle Fluxo 1 Variáveis primitivas p Todo bloco em java é delimitado por chaves ({ } ); p Dentro de um bloco, podemos declarar variáveis e usa las; p Em Java, toda variável tem um tipo

Leia mais

AULA TEÓRICA 4. Tema 2. Introdução a programação em Java (Continuação) Tema 3. Instruções básicas de entrada e saída

AULA TEÓRICA 4. Tema 2. Introdução a programação em Java (Continuação) Tema 3. Instruções básicas de entrada e saída AULA TEÓRICA 4 Tema 2. Introdução a programação em Java (Continuação) Ø Expressões. Ø Operadores de incrementação e de decrementação unária de variáveis. Ø Classe Math. Ø Conversões de tipo. Ø Expressões

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Primeiro programa em C #include int main() { int num1, num2, result; scanf("%d",&num1); scanf("%d",&num2); result = num1 + num2; printf("%d",

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I IEC012. Linguagem C - Guia de bolso - Prof. César Melo

Algoritmos e Estruturas de Dados I IEC012. Linguagem C - Guia de bolso - Prof. César Melo Algoritmos e Estruturas de Dados I IEC012 Linguagem C - Guia de bolso - Prof. César Melo Histórico A linguagem C é uma linguagem de programação inventada na década de 1970 por Dennis Ritchie Brian Kennigaham.

Leia mais

Introdução a classes e objetos. Prof. Marcelo Roberto Zorzan

Introdução a classes e objetos. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Introdução a classes e objetos Prof. Marcelo Roberto Zorzan Aula de Hoje Abstração de Dados Classes e Objetos Definição de Métodos Métodos com parâmetro Abstração de Dados Processo mental através do qual

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 2. Revisão Variáveis Estrutura de um algoritmo Estruturação de operações Ferramenta Portugol Studio

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 2. Revisão Variáveis Estrutura de um algoritmo Estruturação de operações Ferramenta Portugol Studio CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 2 Revisão Variáveis Estrutura de um algoritmo Estruturação de operações Ferramenta Portugol Studio Revisão da aula anterior 1. Hardware e Software Básico/Aplicativo. 2.

Leia mais

Operadores e Estruturas de Decisão. Vanessa Braganholo

Operadores e Estruturas de Decisão. Vanessa Braganholo Operadores e Estruturas de Decisão Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Aula de hoje Operadores Aritméticos (usados em contas) Relacionais (usados em comparações numéricas) Lógicos (usados em comparações

Leia mais

Introdução à Linguagem de Programação Java 1 INTRODUÇÃO À LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA

Introdução à Linguagem de Programação Java 1 INTRODUÇÃO À LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA 1 INTRODUÇÃO À LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA 2 INDICE 1. COMENTÁRIOS... 4 1.1. Comentário de uma linha... 4 1.2. Comentário de múltiplas linhas... 4 2. IMPRESSÃO DE TEXTOS... 5 2.1. Imprimindo um texto

Leia mais

UNIDADE I AULA II. Introdução à programação Java

UNIDADE I AULA II. Introdução à programação Java UNIDADE I AULA II Introdução à programação Java Java é uma linguagem sensível ao caixa, ou seja, distingue maiúsculas de minúsculas: nome é diferente de Nome, por exemplo. Comentários São os textos usados

Leia mais

Introdução à Computação (IC) Linguagem C: Variáveis e Constantes

Introdução à Computação (IC) Linguagem C: Variáveis e Constantes Introdução à Computação (IC) Linguagem C: Variáveis e Constantes Prof.ª Dr.ª Symone Gomes Soares Alcalá Universidade Federal de Goiás (UFG) Regional Goiânia (RG) Campus Aparecida de Goiânia (CAP) Faculdade

Leia mais

Introdução à Programação em Java Constantes, expressões e variáveis

Introdução à Programação em Java Constantes, expressões e variáveis Constantes, expressões e variáveis Prof. Rodrigo Hausen Constante Valor definido pelo programador que não pode ser alterado durante a execução do programa. Exemplos em Java: numéricas inteiras: 1, 3, 9,

Leia mais

Criar a classe Aula.java com o seguinte código: Compilar e Executar

Criar a classe Aula.java com o seguinte código: Compilar e Executar Introdução à Java Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br Programação Orientada a Objetos Código Exemplo da Aula Criar a classe Aula.java com o seguinte código: public class Aula { public static void

Leia mais

Vetores Unimensionais

Vetores Unimensionais Vetores Unimensionais Objetivos Entender a importância e a necessidade do uso de Vetores Definição de Manipulação de Vetores Inserir elementos em um vetor (usando laços ou não) Imprimir elementos de um

Leia mais

#include <stdio.h> Void main() { printf( Cheguei!\n"); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C

#include <stdio.h> Void main() { printf( Cheguei!\n); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C #include Void main() { printf( Cheguei!\n"); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C ANTES DO C ERA A LINGUAGEM B B foi essencialmente uma simplificação da linguagem BCPL. B só tinha um tipo de dado, que

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If...

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If... Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If... Else Switch Prof. Renato Pimentel 1 Operações relacionais Operações

Leia mais

CONCEITOS DE ALGORITMOS

CONCEITOS DE ALGORITMOS CONCEITOS DE ALGORITMOS Fundamentos da Programação de Computadores - 3ª Ed. 2012 Editora Prentice Hall ISBN 9788564574168 Ana Fernanda Gomes Ascênsio Edilene Aparecida Veneruchi de Campos Algoritmos são

Leia mais

Organização de programas em Java

Organização de programas em Java Organização de programas em Java Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Vamos programar em Java! Mas... Como um programa é organizado? Quais são os Cpos de dados disponíveis? Como variáveis podem

Leia mais

Orientação a Objetos e a Linguagem Java

Orientação a Objetos e a Linguagem Java Orientação a Objetos e a Linguagem Java Afrânio Assis afranio@gmail.com Novembro/2006 1 Tipos, Literais, Operadores e Controle de Fluxo Novembro/2006 2 Identificadores Identificadores são palavras utilizadas

Leia mais

MsC. João Maria MsC. Liviane Melo

MsC. João Maria MsC. Liviane Melo Disciplina: Programação Orientada à Objetos AULA 02 Corpo docente: MsC. Alexandro Vladno Edmilson Campos MsC. Fábio Procópio Esp. Felipe Dantas MsC. João Maria MsC. Liviane Melo 2 Tipo Tamanho Alcance

Leia mais

Programação de Computadores:

Programação de Computadores: Instituto de C Programação de Computadores: Introdução a Algoritmos (Parte II) Luis Martí Instituto de Computação Universidade ederal luminense lmarti@ic.uff.br - http://lmarti.com Roteiro da Aula de Hoje

Leia mais

Estruturas de Repetição e String. Vanessa Braganholo

Estruturas de Repetição e String. Vanessa Braganholo Estruturas de Repetição e String Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Aula de hoje... Estruturas de repetição while...do do...while for String Manipulação de textos 2 Estruturas de Repetição Permitem que

Leia mais

Java - Introdução. Professor: Vilson Heck Junior. vilson.junior@ifsc.edu.br

Java - Introdução. Professor: Vilson Heck Junior. vilson.junior@ifsc.edu.br Java - Introdução Professor: Vilson Heck Junior vilson.junior@ifsc.edu.br Agenda O que é Java? Sun / Oracle. IDE - NetBeans. Linguagem Java; Maquina Virtual; Atividade Prática. Identificando Elementos

Leia mais

Expressões, Atribuições, Entrada e Saída. Givanaldo Rocha

Expressões, Atribuições, Entrada e Saída. Givanaldo Rocha Expressões, Atribuições, Entrada e Saída Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha Expressões Expressão: em termos computacionais, está ligado ao conceito de

Leia mais

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C Profa. Elaine Faria UFU - 2017 Linguagem de Programação Para que o computador consiga ler um programa e entender o que fazer, este programa deve ser escrito

Leia mais

Linguagem C: Ponteiros. Prof. Leonardo Barreto Campos 1

Linguagem C: Ponteiros. Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Linguagem C: Ponteiros Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Sumário Ponteiros; Variáveis ponteiros; Operadores de ponteiros; Expressões com ponteiros; Atribuição de ponteiros; Aritmética de ponteiros; Comparação

Leia mais