GESTÃO DE PESSOAS Prof. Saravalli.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GESTÃO DE PESSOAS Prof. Saravalli."

Transcrição

1 GESTÃO DE PESSOAS Prof. Saravalli Loanda/PR 2016

2 RECRUTAMENTO DE PESSOAL* * Silvana Quintanilha Alves O recrutamento é o meio onde as organizações buscam atrair seus candidatos, dentre ao quais serão selecionados os futuros participantes da empresa Pessoas e organizações convivem em um constante e interminável processo dialético. As pessoas e as organizações estão engajadas em um contínuo e interativo processo de atrair uns aos outros. Da mesma forma como os indivíduos atraem e selecionam as organizações, informando-se e formando opiniões a respeito delas, as organizações procuram atrair indivíduos e obter informações a respeito deles para decidir sobre o interesse de admiti-los ou não. O recrutamento é o meio onde as organizações buscam atrair seus candidatos, dentre ao quais serão selecionados os futuros participantes da empresa. O recrutamento é feito a partir das necessidades presentes e futuras de recursos humanos da organização. Consiste na pesquisa e intervenção sobre as fontes capazes de fornecer a organização um número suficiente de pessoas necessárias à consecução dos seus objetivos. Recrutamento é um conjunto de técnicas e procedimentos que visa atrair candidatos potencialmente qualificados e capazes de ocupar cargos e oferecer competências para a organização. A função do recrutamento é a de suprir a seleção de pessoal com matéria-prima básica para seu funcionamento adequado. O recrutamento é feito com base nos dados referentes às necessidades presentes e futuras de recursos humanos da organização e consiste nas atividades relacionadas com a pesquisa e intervenção sobre fontes capazes de fornecer à organização um número suficiente de candidatos, entre os quais, possivelmente, aqueles necessários à organização para consecução de seus objetivos. As organizações buscam recursos em seus ambientes, entre os quais pessoas capazes de oferecer talentos e competências necessários ao sucesso organizacional. Formas de Recrutamento: O objetivo principal do recrutamento é buscar pessoas para abastecer o processo de seleção, dessa forma existem várias maneiras e meios para a realização desse processo, que se dá de duas formas básicas: atraindo-se pessoas que já fazem parte da empresa, mas que trabalham em outros cargos; e buscando candidatos que não tenham vínculo direto com a empresa e que estão disponíveis no mercado de trabalho (LIMONGI-FRANÇA; ARELLANO, 2002). Recrutamento Interno: se baseia na busca por pessoas, dentro da própria empresa, para ocupar uma vaga em aberto, e pode servir de meio para a valorização das pessoas que trabalham na organização. Vantagens do recrutamento interno O recrutamento interno, segundo Ribeiro (2005) apresenta como vantagens o fato de ser mais barato, rápido, oferecer vantagens de crescimento para os funcionários já existentes e por motivar o funcionário aproveitado, e também os demais.

3 Assim, essa forma de recrutamento estimula o desenvolvimento profissional e gera perspectiva de crescimento aos funcionários dentro da empresa, além de ter como positivo, o conhecimento prévio do perfil de desempenho do candidato. Aliado a essas vantagens, Chiavenato (1999) destaca o melhor aproveitamento do potencial das pessoas da organização, incentivo a permanência dos funcionários e fidelidade destes para com a organização, pouca mudança ambiental e ausência de necessidade de socialização da organização de novos membros. Desvantagens do recrutamento interno O processo de recrutamento interno também possui desvantagens. Muitos autores apontam para a necessidade de cuidados ao escolher essa opção. Gil (2009), diz que esse meio pode criar dificuldades com os empregados, pois quando se entrevista uma pessoa e em seguida a recusa, isso pode prejudicar o relacionamento com ela. Junto a isso, pode ocorrer de um departamento manifestar desagrado quando vê seus funcionários sendo recrutado por outros. O recrutamento interno também impede a colocação de gente nova dentro da organização, não permitindo a renovação dos recursos humanos. Deve-se optar por esse meio apenas quando há a possibilidade de encontrar pessoas qualificadas para a vaga em questão, pois fazer o recrutamento interno somente para valorizar o pessoal já existente pode prejudicar a organização. Recrutamento Externo: consiste na procura de candidatos fora da organização. São várias as formas de realizar um recrutamento deste tipo. Dentre a mais conhecidas estão: cadastro de currículos, anúncio de jornal, cartazes e panfletos, agência de empregos, anúncio em emissora de rádio e serviço de alto falante, contatos com outras empresas, internet, etc. (RIBEIRO, 2005). Independente da forma de recrutamento externo escolhido deve-se sempre avaliar as variáveis que permeiam o processo, como a demora, o preço e a segurança do serviço utilizado. Geralmente esse meio é escolhido quando não foi possível a realização do recrutamento interno, e assim como este possui vantagens e desvantagens para a organização. Vantagens do recrutamento externo Essa forma de recrutamento possui vantagens que devem ser ponderadas levando em conta o contexto em que a empresa se insere no momento. Entre elas destacamse: aquisição de novas personalidades e talentos; inovação para a equipe de trabalho; atualização de estilo e tendência do mercado (LIMONGI-FRANÇA; ARELLANO, 2002). Com essa forma de recrutamento há uma renovação dos recursos humanos da empresa, o que pode ser muito benéfico para ela. Desvantagens do recrutamento externo

4 Esse meio de recrutamento traz consigo algumas desvantagens que podem afetar a organização e que devem ser levadas em consideração. Entre elas pode-se destacar o fato de ser, na maioria das vezes, um processo mais demorado e mais caro, e que apesar de logo em seguida vir o processo de seleção, os candidatos recrutados não são previamente conhecidos, como é o caso do que acontece no recrutamento interno. Recrutamento Misto: Chiavenato (1999) ensina que o recrutamento misto é uma solução formada a partir de diversos gêneros ou opiniões com a liberdade de escolher o que julgar melhor, abordando tanto as fontes internas quanto as externas dos recursos humanos para o recrutamento. O recrutamento misto pode ser adotado por três funções: inicialmente recrutamento externo seguido de recrutamento interno e recrutamento externo e recrutamento interno, concomitantemente. Chiavenato (1999) ainda afirma que pode ser adotada em três alternativas de sistema, sendo o recrutamento externo, seguido de recrutamento interno, caso não este último não tenha conseguido resultados desejáveis; aqui, é o caso em que a empresa está necessitando de pessoal já treinado, qualificado, então ela importa do mercado externo. Não encontrando candidatos à altura, busca em seu próprio pessoal, não considerando, de imediato, as exigências quanto às qualificações necessárias. Também pode ser feito o recrutamento interno, seguido de recrutamento externo. Neste caso, a empresa inicialmente dá oportunidade para o pessoal interno, não havendo candidatos à altura, parte em busca do recrutamento externo. E o recrutamento externo e recrutamento interno simultaneamente, ou seja, a empresa preocupa-se em primeiro lugar no preenchimento da vaga existente, seja através de importação de pessoal ou do aproveitamento de recursos humanos já existentes. Porém, para uma boa política de pessoal, geralmente há preferência aos candidatos internos sobre os externos no caso de igualdade de condições. Com isto a empresa cria uma forma sadia de competição profissional, dando oportunidade a seu pessoal e a chance de ingresso ao emprego a vários candidatos. Segundo Chiavenato (1994), uma empresa nunca faz um recrutamento interno sem fazer um recrutamento externo. Um sempre deve complementar o outro, pois quando um funcionário muda de posição, automaticamente um cargo ficará vago. Recrutamento Misto: Chiavenato (1999) ensina que o recrutamento misto é uma solução formada a partir de diversos gêneros ou opiniões com a liberdade de escolher o que julgar melhor, abordando tanto as fontes internas quanto as externas dos recursos humanos para o recrutamento. O recrutamento misto pode ser adotado por três funções: inicialmente recrutamento externo seguido de recrutamento interno e recrutamento externo e recrutamento interno, concomitantemente. Chiavenato (1999) ainda afirma que pode ser adotada em três alternativas de sistema, sendo o recrutamento externo, seguido de recrutamento interno, caso não este último não tenha conseguido resultados desejáveis; aqui, é o caso em que a empresa está necessitando de pessoal já treinado, qualificado, então ela importa do mercado externo. Não encontrando candidatos à altura, busca em seu próprio pessoal, não considerando, de imediato, as exigências quanto às qualificações necessárias. Também pode ser feito o recrutamento interno, seguido de recrutamento externo.

5 Neste caso, a empresa inicialmente dá oportunidade para o pessoal interno, não havendo candidatos à altura, parte em busca do recrutamento externo. E o recrutamento externo e recrutamento interno simultaneamente, ou seja, a empresa preocupa-se em primeiro lugar no preenchimento da vaga existente, seja através de importação de pessoal ou do aproveitamento de recursos humanos já existentes. Porém, para uma boa política de pessoal, geralmente há preferência aos candidatos internos sobre os externos no caso de igualdade de condições. Com isto a empresa cria uma forma sadia de competição profissional, dando oportunidade a seu pessoal e a chance de ingresso ao emprego a vários candidatos. Segundo Chiavenato (1994), uma empresa nunca faz um recrutamento interno sem fazer um recrutamento externo. Um sempre deve complementar o outro, pois quando um funcionário muda de posição, automaticamente um cargo ficará vago. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ALVES, Silvana Quintanilha. Recrutamento de Pessoal. Disponível em: Pessoal&idc_cad=qdx9nly9w. Acesso: 01/04/2016. Portal dos Administradores. Psicologado.com. 7ª Edição/2009 Idalberto Chiavenato

6 Atividade em Sala: 1) Defina Recrutamento de Pessoal. 2) Quais as formas de recrutamento de pessoas? Comente as vantagens e desvantagens: 3) Explique com suas palavras o seu entendimento acerca da afirmação de Chiavenato em sobre as três alternativas adotadas em relação ao recrutamento de pessoal.

Profa. Cláudia Palladino. Unidade II SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA

Profa. Cláudia Palladino. Unidade II SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA Profa. Cláudia Palladino Unidade II SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA Temática do recrutamento O recrutamento: É uma ação externa da empresa; Influência o mercado de recursos humanos; Absorve os candidatos de

Leia mais

RECRUTAMENTO & SELEÇÃO

RECRUTAMENTO & SELEÇÃO RECRUTAMENTO & SELEÇÃO SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 RECRUTAMENTO DE PESSOAS... 4 PLANEJAMENTO DO RECRUTAMENTO... 5 TIPOS DE RECRUTAMENTO... 6 RECRUTAMENTO INTERNO... 8 RECRUTAMENTO EXTERNO... 12 RECRUTAMENTO

Leia mais

Recrutamento e seleção.

Recrutamento e seleção. Recrutamento e seleção. www. 1 Recrutamento e Seleção. Distinguir os dois conceitos é fundamental! Recrutamento é divulgar as vagas disponíveis e atrair candidatos interessados nessas vagas; Seleção é

Leia mais

RECURSOS HUMANOS RECRUTAMENTO

RECURSOS HUMANOS RECRUTAMENTO RECURSOS HUMANOS RECRUTAMENTO Recrutamneto? Mercado: 1. Uma dimensão de espaço, zona geográfica ou territorial; Algarve, Trás-os-Montes, Beira Alta, Europa, EUA,... 2. Uma dimensão de tempo e de época

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS Prof. Saravalli

GESTÃO DE PESSOAS Prof. Saravalli GESTÃO DE PESSOAS Prof. Saravalli www.profsaravalli.com ademir_saravalli@yahoo.com.br Suprimento de pessoal Loanda/PR 2016 Suprimento de pessoal Objetivos Conhecer os conceitos de análise e descrição de

Leia mais

Administração e Organização II

Administração e Organização II Administração e Organização II Agregar Pessoas Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br Agregar Pessoas Recrutamento / Seleção Imagem: http://blog.acelerato.com/gestao/recrutamento-e-selecao-otimizando-o-processo-nas-organizacoes/

Leia mais

Nota: este módulo tem como objetivo apresentar o recrutamento externo, suas vantagens e desvantagens, bem como suas fontes e métodos.

Nota: este módulo tem como objetivo apresentar o recrutamento externo, suas vantagens e desvantagens, bem como suas fontes e métodos. MÓDULO VI Nota: este módulo tem como objetivo apresentar o recrutamento externo, suas vantagens e desvantagens, bem como suas fontes e métodos. Introdução A decisão pelo início do processo de recrutamento

Leia mais

Departamento Pessoal

Departamento Pessoal Departamento Pessoal Para desenvolver suas atividades a empresa precisa de pessoas, as. quais constituem os seus recursos humanos. Elas são fundamentais para que a empresa possa atingir seus objetivos

Leia mais

Módulo 9 O Mercado de Trabalho e as Atividades de Recrutamento

Módulo 9 O Mercado de Trabalho e as Atividades de Recrutamento Módulo 9 O Mercado de Trabalho e as Atividades de Recrutamento Novas expectativas e tendências no âmbito social e da educação; novas tendências tecnológicas, políticas e internacionais, são algumas razões

Leia mais

RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E SOCIALIZAÇÃO DE PESSOAS EM UMA EMPRESA DO RAMO ALIMENTÍCIO

RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E SOCIALIZAÇÃO DE PESSOAS EM UMA EMPRESA DO RAMO ALIMENTÍCIO RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E SOCIALIZAÇÃO DE PESSOAS EM UMA EMPRESA DO RAMO ALIMENTÍCIO Thainá Andrade NUNES 1 Thayná Eloyza Peixoto ALVES 2 Gilson Rodrigo Silvério POLIDORIO 3 RESUMO: Esse trabalho procurou

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso n.º 206 aprovado pela portaria Cetec nº 733 de 10/09/2015 Etec PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão de

Leia mais

19/09/2016. Recrutamento & Seleção

19/09/2016. Recrutamento & Seleção Recrutamento & Seleção Recrutamento & Seleção 1 Atividades da área de recrutamento & seleção Definir estratégia de recrutamento & seleção. Identificar e estabelecer parcerias com consultorias externas.

Leia mais

O PROCESSO DE RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E SOCIALIZAÇÃO DE PESSOAS NO CENTRO UNIVERSITÁRIO ANTÔNIO EUFRÁSIO DE TOLEDO DE PRESIDENTE PRUDENTE

O PROCESSO DE RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E SOCIALIZAÇÃO DE PESSOAS NO CENTRO UNIVERSITÁRIO ANTÔNIO EUFRÁSIO DE TOLEDO DE PRESIDENTE PRUDENTE O PROCESSO DE RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E SOCIALIZAÇÃO DE PESSOAS NO CENTRO UNIVERSITÁRIO ANTÔNIO EUFRÁSIO DE TOLEDO DE PRESIDENTE PRUDENTE Geovana Aparecida Cardoso SOUZA 1 Jeferson Moreira BICALHO 2 Gilson

Leia mais

Capítulo 5 Planejamento de pessoal e recrutamento

Capítulo 5 Planejamento de pessoal e recrutamento Capítulo 5 Planejamento de pessoal e recrutamento slide 1 Objetivos de aprendizagem 1. Listar as etapas do processo de recrutamento e seleção. 2. Explicar as principais técnicas utilizadas no planejamento

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM

Leia mais

TÍTULO: RECRUTAMENTO E SELEÇÃO O PAPEL DA ORGANIZAÇÃO NA ATRAÇÃO DE NOVOS TALENTOS PARA O DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL

TÍTULO: RECRUTAMENTO E SELEÇÃO O PAPEL DA ORGANIZAÇÃO NA ATRAÇÃO DE NOVOS TALENTOS PARA O DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL 16 TÍTULO: RECRUTAMENTO E SELEÇÃO O PAPEL DA ORGANIZAÇÃO NA ATRAÇÃO DE NOVOS TALENTOS PARA O DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO:

Leia mais

RECRUTAMENTO, SELEÇÃO DE PESSOAL E AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO PROFISSIONAL

RECRUTAMENTO, SELEÇÃO DE PESSOAL E AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO PROFISSIONAL RECRUTAMENTO, SELEÇÃO DE PESSOAL E AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO PROFISSIONAL DEFINIÇÃO Processo complexo, atrelado às propostas, políticas e objetivos organizacionais, ao mercado de trabalho, à situação social,

Leia mais

Profa. Cláudia Palladino. Unidade I SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA

Profa. Cláudia Palladino. Unidade I SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA Profa. Cláudia Palladino Unidade I SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA Objetivo da disciplina Aplicar as técnicas de recrutamento (atração e captação de pessoal) e de seleção para atender o perfil de uma vaga em

Leia mais

OBJETIVOS DA AREA DE RECURSOS HUMANOS. RH É a parte fundamental das organizações atuais; Interesses das Organizações x Interesses dos Funcionários;

OBJETIVOS DA AREA DE RECURSOS HUMANOS. RH É a parte fundamental das organizações atuais; Interesses das Organizações x Interesses dos Funcionários; OBJETIVOS DA AREA DE RECURSOS HUMANOS RH É a parte fundamental das organizações atuais; Interesses das Organizações x Interesses dos Funcionários; Organizações atuais - DP trabalhando em paralelo com o

Leia mais

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 13 ORGANIZAÇÃO DE VENDAS

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 13 ORGANIZAÇÃO DE VENDAS PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 13 ORGANIZAÇÃO DE VENDAS Índice 1. Organização de vendas...3 1.1. Recrutamento e seleção de vendedores... 4 1.2. Recrutamento... 4 1.2.1. Anúncios

Leia mais

Planejamento e Recrutamento de Recursos Humanos. Dra. Adriana Caldana

Planejamento e Recrutamento de Recursos Humanos. Dra. Adriana Caldana Planejamento e Recrutamento de Recursos Humanos Dra. Adriana Caldana Planejamento de Recursos Humanos (PRH) Processo de antecipar e fazer provisão para movimentação de pessoas em uma organização, dentro

Leia mais

Recrutamento & Seleção

Recrutamento & Seleção Aula 6 Recrutamento & Seleção Agenda 1 2 3 Estudo de Caso: SG Cowen New Recruits Recrutamento & Seleção Melhores práticas 1 SG Cowen New Recruits Estudo de caso Melhores MBAs 2014 #1 Harvard University

Leia mais

MANUAL DE PESSOAL. Estabelecer diretrizes básicas que nortearão as atividades de recrutamento e seleção de pessoal no âmbito da Empresa.

MANUAL DE PESSOAL. Estabelecer diretrizes básicas que nortearão as atividades de recrutamento e seleção de pessoal no âmbito da Empresa. ANUAL D PSSOAL ÓD : 5 RT : 09.07.2010 ÓDULO 5: RCRUTANTO SLÇÃO VG: 09.07.2010 1 CAPÍTULO 1: APRSNTAÇÃO 1 FNALDAD stabelecer diretrizes básicas que nortearão as atividades de recrutamento e seleção de pessoal

Leia mais

Lista de exercícios. Recrutamento e Seleção. Prof. Carlos Xavier.

Lista de exercícios. Recrutamento e Seleção. Prof. Carlos Xavier. INSTITUTO DE GESTÃO, ECONOMIA E POLÍTICAS PÚBLICAS Lista de exercícios Recrutamento e Seleção 1. (CESPE/STJ/Analista/2012) A seleção de pessoas procura solucionar dois problemas básicos nas organizações:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente

Plano de Trabalho Docente Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC Plano de Trabalho Docente - 2017 Plano de Curso no. 206 aprovado pela Portaria Cetec 733, de 10-9-2015, publicada no Diário Oficial de 11-9-2015 Poder Executivo

Leia mais

Política de Recrutamento e Seleção

Política de Recrutamento e Seleção POLÍTICA DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO Arquivo: Política de Recrutamento e Seleção_v1 Pg. 1/6 SUMÁRIO PÁGINA 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. OBJETIVOS... 3 3. PREMISSAS... 3 4. FORMAS DE RECRUTAMENTO... 3 5. ETAPAS

Leia mais

PROVA UFRGS/ Agente Administrativo - BANCA FAURGS Prof. Ricardo Conzatti Maio / 2015 Administração

PROVA UFRGS/ Agente Administrativo - BANCA FAURGS Prof. Ricardo Conzatti Maio / 2015 Administração CETEC PROVA UFRGS/2013 - Agente Administrativo - BANCA FAURGS Prof. Ricardo Conzatti Maio / 2015 Administração 33. A Gestão de Pessoas procura ajudar o administrador a desempenhar as funções de planejar,

Leia mais

A BUSCA POR NOVOS COLABORADORES ATRAVÉS DO RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

A BUSCA POR NOVOS COLABORADORES ATRAVÉS DO RECRUTAMENTO E SELEÇÃO A BUSCA POR NOVOS COLABORADORES ATRAVÉS DO RECRUTAMENTO E SELEÇÃO KATIANE SANTOS SILVA FACULDADE SÃO LUÍS DE FRANÇA ADMINISTRAÇÃO Resumo: Este artigo tem como objetivo descrever a importância do setor

Leia mais

Política: Recrutamento e Seleção

Política: Recrutamento e Seleção Política: Recrutamento e Seleção Última Atualização em 09/01/2013 As informações neste documento estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Copyright 2013 HBSIS. Todos os direitos reservados. Nenhuma

Leia mais

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO: CANDIDATO IDEAL X CARGO REAL. UM ESTUDO EM UMA EMPRESA EUROPEIA E LATINO-AMERICANA DE SOLUÇÕES TÉRMICAS TURN-KEY RESUMO

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO: CANDIDATO IDEAL X CARGO REAL. UM ESTUDO EM UMA EMPRESA EUROPEIA E LATINO-AMERICANA DE SOLUÇÕES TÉRMICAS TURN-KEY RESUMO RECRUTAMENTO E SELEÇÃO: CANDIDATO IDEAL X CARGO REAL. UM ESTUDO EM UMA EMPRESA EUROPEIA E LATINO-AMERICANA DE SOLUÇÕES TÉRMICAS TURN-KEY RESUMO Érica Fernanda Pereira de ANDRADE 1 Jenifer Karen Almeida

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Recrutamento, Seleção, Treinamento e Desenvolvimento GRH119 CH TEÓRICA

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Recrutamento, Seleção, Treinamento e Desenvolvimento GRH119 CH TEÓRICA ESCOLA DE NEGÓCIOS, DIREITO E HOSPITALIDADE PLANO DE ENSINO CURSO DISCIPLINA CÓDIGO Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Recrutamento, Seleção, Treinamento e Desenvolvimento GRH119

Leia mais

DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL: Um estudo sobre o processo de recrutamento e seleção Autora: Vanusa Schiavini Grando

DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL: Um estudo sobre o processo de recrutamento e seleção Autora: Vanusa Schiavini Grando 1 DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL: Um estudo sobre o processo de recrutamento e seleção Autora: Vanusa Schiavini Grando RESUMO O objetivo desta pesquisa é apresentar e compreender a manifestação do processo

Leia mais

Centro de Convenções do SEBRAE-CE

Centro de Convenções do SEBRAE-CE Centro de Convenções do SEBRAE-CE O evento O evento A 2ª Feira de Emprego e Estágio do Ceará é uma iniciativa da IDHEA, que pretende alcançar o mesmo sucesso da primeira edição, quando recebeu a visita

Leia mais

Recrutamento e Seleção com Foco em Competências

Recrutamento e Seleção com Foco em Competências MMA em Vendas - Módulo 09 - Recrutamento e Seleção PROF.: ALEXANDRE HENRIQUE SOUZA 1 Recrutamento e Seleção com Foco em Competências O que é Recrutamento? Recrutamento e Seleção com Foco em Competências

Leia mais

INTRODUÇÃO AOS RECURSOS HUMANOS

INTRODUÇÃO AOS RECURSOS HUMANOS INTRODUÇÃO AOS RECURSOS HUMANOS Definição A partir da década de 1970, passou-se a utilizar a expressão recursos humanos, para designar, no campo da Administração que trata dos problemas de pessoal, de

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE PROFISSIONAIS SEM EXPERIÊNCIA: CRITÉRIOS UTILIZADOS PELOS RECRUTADORES E SELECIONADORES

CONTRATAÇÃO DE PROFISSIONAIS SEM EXPERIÊNCIA: CRITÉRIOS UTILIZADOS PELOS RECRUTADORES E SELECIONADORES CONTRATAÇÃO DE PROFISSIONAIS SEM EXPERIÊNCIA: CRITÉRIOS UTILIZADOS PELOS RECRUTADORES E SELECIONADORES Renara Soares Antunes * Taisa Trombetta Demarco ** Resumo O objetivo do artigo foi analisar os critérios

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO EXT. E. E. PROFESSOR PEDRO SUMMERHAUZER EM QUINTANA Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação

Leia mais

Capítulo IV RECRUTAMENTO DE PESSOAS

Capítulo IV RECRUTAMENTO DE PESSOAS Capítulo IV RECRUTAMENTO DE PESSOAS INTRODUÇÃO OBJETIVOS DO CAPÍTULO: Descrever o mercado de trabalho e suas características; Descrever o mercado de RH e suas características; Definir o conceito de recrutamento

Leia mais

INSTRUMENTO DE APOIO GERENCIAL

INSTRUMENTO DE APOIO GERENCIAL INSTRUMENTO DE APOIO GERENCIAL 0461 61 IDENTIFICAÇÃO : Título: CAPACITAÇÃO DOS COLABORADORES. Atributo: COMPATIBILIDADE DE PERFIL. Processo: CAPACITAÇÃO DE PESSOAL. O QUE É: Instrumento que se presta a

Leia mais

O Desafio do gestor em desenvolver uma equipe

O Desafio do gestor em desenvolver uma equipe O Desafio do gestor em desenvolver uma equipe Guilherme Mendonça MENDONÇA 1 Jair Junior Pinheiro NATEL 2 Priscila silva DORNELAS Andrea Marcia Pennacchi MARCONDES 3 RESUMO: Este artigo analisa algumas

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS IGEPP - ANAC. Aula 2

GESTÃO DE PESSOAS IGEPP - ANAC. Aula 2 Disciplina: Gestão de Pessoas Organizador: Prof. Márcio Cunha Concurso: ANAC Aula 2 Nota: Podem incidir erros de digitação, impressão ou dúvidas conceituais. Em qualquer dessas hipóteses, solicitamos a

Leia mais

Tendências na área de Recursos Humanos

Tendências na área de Recursos Humanos Tendências na área de Recursos Humanos Confira a 6ª edição do maior censo de Recursos Humanos, realizado pelo RH Portal em 2016. Veja o que os profissionais estão falando sobre a realidade do RH no mercado

Leia mais

Profa. Cláudia Palladino. Unidade IV SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA

Profa. Cláudia Palladino. Unidade IV SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA Profa. Cláudia Palladino Unidade IV SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA Seleção, admissão e avaliação Nesta unidade vamos estudar: Seleção por competências; Processo Admissional; Avaliação do processo de recrutamento

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 10/2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 10/2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 10/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 10/2016 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

Curso Administração. Carga Horária Semestral Número de Créditos Teórica Prática Total Teórica Prática Total

Curso Administração. Carga Horária Semestral Número de Créditos Teórica Prática Total Teórica Prática Total . PLANO DE ENSINO - 2 o SEMESTRE/2011 Disciplina Administração de Recursos Humanos I Curso Administração Turno/Horário 4ª Feira 1 o e 2 o h 6ª Feira - 1º e 2ºh Professor(a) Nazaré da Silva Dias Ferrão

Leia mais

Prova de Psicologia Organizacional

Prova de Psicologia Organizacional 1. O treinamento é um processo cíclico e contínuo composto por quatro etapas. Qual a alternativa correta que apresenta as etapas citadas acima: (A) Diagnóstico, Desempenho, Implementação e Avaliação. (B)

Leia mais

UNIVERSIDADE CEUMA PROCESSO SELETIVO MANUAL DO CANDIDATO

UNIVERSIDADE CEUMA PROCESSO SELETIVO MANUAL DO CANDIDATO UNIVERSIDADE CEUMA PROCESSO SELETIVO MANUAL DO CANDIDATO Este manual é para você que busca desenvolver seus potenciais. Venha ser um EMPRESÁRIO JÚNIOR MAS O QUE É UMA EMPRESA JÚNIOR? Uma empresa júnior

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAS Por: Letícia Maria do Nascimento Orientador Prof. Rio de Janeiro 2010 UNIVERSIDADE CANDIDO

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS. Determinar as competências necessárias para a atuação dos profissionais na empresa;

GESTÃO DE PESSOAS. Determinar as competências necessárias para a atuação dos profissionais na empresa; 1. OBJETIVO Estabelecer política para gestão de pessoas que busca atuar na captação de talentos, no desenvolvimento dos profissionais, na mediação das relações entre os níveis hierárquicos, bem como proporcionar

Leia mais

O recrutamento de pessoas nas empresas do comércio varejista de vestuários de Santo Antônio/RN

O recrutamento de pessoas nas empresas do comércio varejista de vestuários de Santo Antônio/RN O recrutamento de pessoas nas empresas do comércio varejista de vestuários de Santo Antônio/RN Jaqueline Alves Florêncio 1, Thiago José de Azevêdo Loureiro 2 1 Aluna do curso Técnico Subsequente em Administração

Leia mais

O DESAFIO EM MANTER FUNCIONÁRIOS MOTIVADOS EM EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

O DESAFIO EM MANTER FUNCIONÁRIOS MOTIVADOS EM EMPRESAS DE PEQUENO PORTE Anais do IV Seminário Eniac 2012 IV Encontro Da Engenharia Do Conhecimento Eniac IV Encontro De Iniciação Científica Eniac PROJETO DE PESQUISA O DESAFIO EM MANTER FUNCIONÁRIOS MOTIVADOS EM EMPRESAS DE

Leia mais

Candidatos. Aplicados. Disponíveis. Recrutamento interno. Na própria empresa Reais. Noutras empresas. externo. Potenciais. Reais. Reais.

Candidatos. Aplicados. Disponíveis. Recrutamento interno. Na própria empresa Reais. Noutras empresas. externo. Potenciais. Reais. Reais. RECRUTAMENTO Meios de recrutamento Candidatos Na própria empresa Reais Aplicados Noutras empresas Disponíveis Potenciais Reais Potenciais Recrutamento interno externo Potenciais Recrutamento Reais RECRUTAMENTO

Leia mais

Procedimentos de Gestão da Qualidade. NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA ELABORADO POR Dr. Renato L. Filho. Coordenador da Qualidade

Procedimentos de Gestão da Qualidade. NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA ELABORADO POR Dr. Renato L. Filho. Coordenador da Qualidade Versão: 1 Pg: 1/6 NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA ELABORADO POR Dr. Renato L. Filho Coordenador da Qualidade 22/08/2016 DE ACORDO Dra. Débora Salles Supervisora da Qualidade 22/08/2016 APROVADO POR Dr. Renato

Leia mais

Facebook.com/concursovirtual Gestão de pessoas Trabalho em equipe O que é um grupo? Grupo primário x Grupo Secundário Os grupos podem ser formais ou informais. Formais - designados pela organização. Criados

Leia mais

Gestão de pessoas e desempenho organizacional

Gestão de pessoas e desempenho organizacional Aula 12 Gestão de pessoas e desempenho organizacional Agenda 1 Seminário 2 Medindo a performance do RH 1 Seminário 5 Competing on talent analytics. Davenport, Harris & Shapiro. Harvard Business Review,

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA ANALISE DOS DESAFIOS DE UM ADMINISTRADOR PARA UM PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

PROJETO DE PESQUISA ANALISE DOS DESAFIOS DE UM ADMINISTRADOR PARA UM PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE LINHARES - FACELI CURSO DE ADMINISTRAÇÃO LUCIANO COLATI PROJETO DE PESQUISA ANALISE DOS DESAFIOS DE UM ADMINISTRADOR PARA UM PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO LINHARES

Leia mais

Nesse artigo falaremos sobre:

Nesse artigo falaremos sobre: Este conteúdo faz parte da série: Consultores Ver 5 posts dessa série Nesse artigo falaremos sobre: O mundo da consultoria em Recursos Humanos 1. Planilha de Avaliação de Desempenho (por Competências)

Leia mais

Janete F. P. Feliciano Silva Keila Maria Ramazotti Mariana Gonçalves Luccas Apostila de Gestão de Pessoas IV

Janete F. P. Feliciano Silva Keila Maria Ramazotti Mariana Gonçalves Luccas Apostila de Gestão de Pessoas IV Janete F. P. Feliciano Silva Keila Maria Ramazotti Mariana Gonçalves Luccas Apostila de Gestão de Pessoas IV Primeira Impressão Vargem Grande do Sul 2015 Dados Internacionais de Catalogação na Publicação

Leia mais

UMA PONTE ENTRE O MEIO ACADÉMICO E PROFISSIONAL

UMA PONTE ENTRE O MEIO ACADÉMICO E PROFISSIONAL UMA PONTE ENTRE O MEIO ACADÉMICO E PROFISSIONAL GUIA DO CANDIDATO Queres saber mais sobre a Católica Students Corporation? Gostavas de te candidatar mas não sabes como o fazer? Não te preocupes: através

Leia mais

Seleção de pessoal. Para julgar com eficácia esses dois aspectos, é necessária, então, a coleta de dados do candidato sobre seus/suas:

Seleção de pessoal. Para julgar com eficácia esses dois aspectos, é necessária, então, a coleta de dados do candidato sobre seus/suas: Seleção de pessoal A etapa de seleção de pessoas é a que dá início a tudo, inserindo capital humano dentro da organização e fornecendo o recurso essencial para o funcionamento do PMC. O ponto principal

Leia mais

PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO: uma análise das dificuldades encontradas pelos colaboradores RESUMO

PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO: uma análise das dificuldades encontradas pelos colaboradores RESUMO PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO: uma análise das dificuldades encontradas pelos colaboradores Adalton Honório Junior FAFIJAN Jéssica Ferreira Costa FAFIJAN Oséias Souza Ferreira FAFIJAN Renato Teodoro

Leia mais

Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO DIRETORIA GERAL.

Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO DIRETORIA GERAL. Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO DIRETORIA GERAL Comunicado (Edital G.D.G. 044/2016) Edital para Seleção de Alunos Bolsistas e não

Leia mais

Gestão por Competências

Gestão por Competências Gestão por Competências 1 2 FUTUROS Capacitar Acompanhar Avaliar Investir Valorizar Reter ÁREA CRÍTICA Remanejar Traçar metas Disponibilizar MANTENEDORES Desenvolver Manter 3 4 Quem são os talentos de

Leia mais

Unidade II GESTÃO DE PESSOAS. Prof. Carlos Machado

Unidade II GESTÃO DE PESSOAS. Prof. Carlos Machado Unidade II GESTÃO DE PESSOAS Prof. Carlos Machado Políticas de provisão de recursos humanos O processo de provisão de pessoas visa determinar quem irá trabalhar na organização conhecido como processo de

Leia mais

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO RECRUTAMENTO E SELEÇÃO VAMOS PENSAR UM POUCO De onde vem a motivação no trabalho? De quem é a responsabilidade pela falta de motivação dos empregados? O que origina e mantém a queda de desempenho ou a

Leia mais

Situação. Overview. SEGMENTO: Varejo. PAÍS DE ORIGEM/ANO DE FUNDAÇÃO: Brasil, 1957

Situação. Overview. SEGMENTO: Varejo. PAÍS DE ORIGEM/ANO DE FUNDAÇÃO: Brasil, 1957 Situação Overview SEGMENTO: Varejo PAÍS DE ORIGEM/ANO DE FUNDAÇÃO: Brasil, 1957 O Magazine Luíza, a terceira maior rede do setor varejista no país e segunda maior em participação on-line, se destacou pela

Leia mais

COMUNICADO DE SELEÇÃO INTERNA

COMUNICADO DE SELEÇÃO INTERNA COMUNICADO DE SELEÇÃO INTERNA I INFORMAÇÕES GERAIS 1 VAGA Cargo: ORIENTADOR EDUCACIONAL Salário: R$ 4.259,76 Local de Trabalho: CFP 4.03 - Alumínio Carga Horária: 40h semanais. De segunda-feira: 07h30min

Leia mais

Resolução n SESI/CN0035/2015

Resolução n SESI/CN0035/2015 Li ^:3 1 conselho nacional dosesi.org.br Resolução n SESI/CN0035/2015 Altera o Regulamento de Processo Seletivo para a Contratação de Empregados e dá outras providências. O CONSELHO NACIONAL DO SERVIÇO

Leia mais

Tema 4: A Inserção no Mercado de Trabalho: Pré-requisito para Independência Financeira. Profa. Ma. Arley Lobo

Tema 4: A Inserção no Mercado de Trabalho: Pré-requisito para Independência Financeira. Profa. Ma. Arley Lobo Tema 4: A Inserção no Mercado de Trabalho: Pré-requisito para Independência Financeira Profa. Ma. Arley Lobo O Funcionamento e a Descrição das Etapas de um Processo Seletivo O que é um processo seletivo?

Leia mais

EDITAL 001/2017 DEFINIÇÃO DA EQUIPE COORDENADORA E REPRESENTANTES INSTITUCIONAIS

EDITAL 001/2017 DEFINIÇÃO DA EQUIPE COORDENADORA E REPRESENTANTES INSTITUCIONAIS NUGEEP NÚCLEO GAÚCHO DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Edital 001/017 EDITAL 001/017 DEFINIÇÃO DA EQUIPE COORDENADORA E REPRESENTANTES INSTITUCIONAIS O presente documento dá abertura oficial ao processo

Leia mais

POLÍTICAS DE RECURSOS HUMANOS CONHECENDO UM POUCO MAIS...

POLÍTICAS DE RECURSOS HUMANOS CONHECENDO UM POUCO MAIS... POLÍTICAS DE RECURSOS HUMANOS CONHECENDO UM POUCO MAIS... As avaliações e premiações são consideradas salários indiretos que tem como principal objetivo motivar, reter e consequentemente garantir bons

Leia mais

GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS: ANÁLISE DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO EM UMA EMPRESA DE RESÍDUOS DE PARANAVAÍ 1

GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS: ANÁLISE DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO EM UMA EMPRESA DE RESÍDUOS DE PARANAVAÍ 1 GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS: ANÁLISE DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO EM UMA EMPRESA DE RESÍDUOS DE PARANAVAÍ 1 MAJEVSKI, Amanda de Paula 2 MELLO, Camila de 3 GUALASSI, Rodrigo Junior 4 RESUMO: Recrutar e selecionar

Leia mais

RECRUTAMENTO EXTERNO: UM CAMINHO PARA AS ORGANIZAÇÕES

RECRUTAMENTO EXTERNO: UM CAMINHO PARA AS ORGANIZAÇÕES RECRUTAMENTO EXTERNO: UM CAMINHO PARA AS ORGANIZAÇÕES 2013 Kamila Cristina da Costa Psicóloga. Graduada pela Universidade de Cuiabá (UNIC). Pós-graduanda em Avaliação Psicológica pelo IPOG - Cuiabá. Cursando

Leia mais

Capítulo 3 Estratégia e análise de recursos humanos

Capítulo 3 Estratégia e análise de recursos humanos slide 1 Capítulo 3 Estratégia e análise de recursos humanos slide 2 Objetivos de aprendizagem 1. Explicar por que o planejamento estratégico é importante para todos os gestores. 2. Explicar com exemplos

Leia mais

Política de Suitability. Janeiro/2012 Versão 4.0

Política de Suitability. Janeiro/2012 Versão 4.0 Política de Suitability Janeiro/2012 Versão 4.0 1. INTRODUÇÃO A presente Política de Suitability disciplina os critérios utilizados pela XP Investimentos para a identificação e monitoramento do perfil

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2017

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2017 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2017 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 05/2017 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no St. de Grandes Áreas

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS EM SOCIEDADES DE ECONOMIA MISTA. Alex dos Santos Silva Faculdade Estácio de Sá

GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS EM SOCIEDADES DE ECONOMIA MISTA. Alex dos Santos Silva Faculdade Estácio de Sá GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS EM SOCIEDADES DE ECONOMIA MISTA. Alex dos Santos Silva Faculdade Estácio de Sá alex84economista@gmail.com RESUMO: Ser aprovado em um concurso público é o sonho de milhares

Leia mais

PROVA PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL

PROVA PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL Nome: Data: 12/07/2016 1. O Banco de Talentos é uma ferramenta que é resultado: (A) Da gestão de desempenho. (B) Da gestão por competências. (C) Da gestão da aprendizagem organizacional. (D) Da aplicação

Leia mais

11/04/2017. Aula 9. Gestão de Recursos Humanos. Agenda. Seminário 7. Gestão de RH

11/04/2017. Aula 9. Gestão de Recursos Humanos. Agenda. Seminário 7. Gestão de RH Aula 9 Gestão de Recursos Humanos Agenda Seminário 7 Gestão de RH 2 1 Gestão de RH Gestão de Recursos Humanos O conjunto de políticas, práticas e programas que tem por objetivo atrair, selecionar, socializar,

Leia mais

Anotações LIDERANÇA - MÓDULO 2 ESCOLA DAS RELAÇÕES HUMANAS

Anotações LIDERANÇA - MÓDULO 2 ESCOLA DAS RELAÇÕES HUMANAS ESCOLA DAS RELAÇÕES HUMANAS Em 1924, especialistas em eficiência da empresa Western Electric Company, em Hawthorne, Estados Unidos, iniciaram uma pesquisa que tinha por objetivo estudar os efeitos das

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 09/2016 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 05/2014 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

Visamos expandir nossa atuação para os quatro cantos do Brasil, consolidando nosso papel como empresa referência em prestação de serviços em Recursos

Visamos expandir nossa atuação para os quatro cantos do Brasil, consolidando nosso papel como empresa referência em prestação de serviços em Recursos 1 2 Visamos expandir nossa atuação para os quatro cantos do Brasil, consolidando nosso papel como empresa referência em prestação de serviços em Recursos Humanos e contribuindo efetivamente com o país

Leia mais

CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ)

CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ) INTEGRAÇÃO PROFISSIONAL DE TÉCNICOS SUPERIORES BACHARÉIS, LICENCIADOS E MESTRES CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ) GUIA DE CURSO ÍNDICE 1 - Objectivo do curso 2 - Destinatários 3 - Pré-requisitos

Leia mais

ENCONTRE SUA ESTRATÉGIA DE INSCRIÇÃO #MOVIMENTOSEJA #MOVIMENTOSEJA JUN 2016 JUN 20161

ENCONTRE SUA ESTRATÉGIA DE INSCRIÇÃO #MOVIMENTOSEJA  #MOVIMENTOSEJA JUN 2016 JUN 20161 ENCONTRE SUA ESTRATÉGIA DE INSCRIÇÃO #MOVIMENTOSEJA WWW.SEJATRAINEE.COM.BR #MOVIMENTOSEJA JUN 2016 JUN 20161 É hora de se inscrever A fase de inscrição costuma passar batida para muita gente. Por isso

Leia mais

Recrutamento e Seleção de Pessoas

Recrutamento e Seleção de Pessoas Recrutamento e Seleção de Pessoas Recrutamento de Pessoas Material Teórico Responsável pelo Conteúdo: Profa. Dione Souza Ofraseo Revisão Textual: Profa. Ms. Rosemary Toffoli Recrutamento de Pessoas Introdução

Leia mais

Unidade Rubiataba Curso de Direito

Unidade Rubiataba Curso de Direito REGULAMENTO DA COORDENAÇÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACER FACULDADES RUBIATABA I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. A Coordenação de Iniciação Científica da Facer Faculdades é um setor de estudos

Leia mais

CONSTRUÇÃO E GESTÃO DE MARCAS. Ingresso Agosto Informações: (51)

CONSTRUÇÃO E GESTÃO DE MARCAS. Ingresso Agosto Informações: (51) CONSTRUÇÃO E GESTÃO DE MARCAS Ingresso Agosto 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Branding: Construção e Gestão de Marcas Proporcionar aos interessados o desenvolvimento de habilidades

Leia mais

Administração de Recursos Humanos

Administração de Recursos Humanos Administração de Recursos Humanos Material Teórico Recrutamento e Seleção de Pessoal e Planejamento de Recursos Humanos Responsável pelo Conteúdo: Profa. Ms. Cristiane Fontana Revisão Textual: Profa.

Leia mais

COMO O CLIMA ORGANIZACIONAL VAI ATRAIR OS MELHORES TALENTOS PARA A SUA EMPRESA

COMO O CLIMA ORGANIZACIONAL VAI ATRAIR OS MELHORES TALENTOS PARA A SUA EMPRESA COMO O CLIMA ORGANIZACIONAL VAI ATRAIR OS MELHORES TALENTOS PARA A SUA EMPRESA COMO O CLIMA ORGANIZACIONAL VAI ATRAIR OS MELHORES TALENTOS PARA A SUA EMPRESA Com a retração do mercado de trabalho e o aumento

Leia mais

MANUAL DO AVALIADOR O

MANUAL DO AVALIADOR O MANUAL DO AVALIADOR O que é uma Feira de Ciência? É uma exposição que divulga os resultados de experimentos ou de levantamentos realizados, com rigor científico, por alunos, sob a orientação de um professor.

Leia mais

A força de trabalho em 2020

A força de trabalho em 2020 A força de trabalho em 2020 A iminente crise de talentos Visão geral Preparar a força de trabalho para 2020 é uma ação decisiva quando o que está em jogo é a estratégia, o crescimento e o desempenho dos

Leia mais

ESTUDO EXPLORATÓRIO DO PERFIL DA ÁREA DE RECURSOS HUMANOS NA CIDADE DE JUIZ DE FORA - MG

ESTUDO EXPLORATÓRIO DO PERFIL DA ÁREA DE RECURSOS HUMANOS NA CIDADE DE JUIZ DE FORA - MG ESTUDO EXPLORATÓRIO DO PERFIL DA ÁREA DE RECURSOS HUMANOS NA CIDADE DE JUIZ DE FORA - MG 1 RESUMO Gestão de Pessoas é uma nova perspectiva para a área de Recursos Humanos (RH) que implica em assumir um

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 01/2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 01/2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 01/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 01/2016 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

CAPITAL INTELECTUAL E SUAS INFLUÊNCIAS NAS ORGANIZAÇÕES

CAPITAL INTELECTUAL E SUAS INFLUÊNCIAS NAS ORGANIZAÇÕES CAPITAL INTELECTUAL E SUAS INFLUÊNCIAS NAS ORGANIZAÇÕES Gilson dos Santos Ribeiro Graduado em administração com habilitação em Recursos Humanos pela Faculdade de Sergipe FaSe. Aracaju/Se Brasil. E-mail:gilsonsrb@gmail.com

Leia mais

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 10 ESCOLHA DE ALTERNATIVAS DE DEPARTAMENTALIZAÇÃO

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 10 ESCOLHA DE ALTERNATIVAS DE DEPARTAMENTALIZAÇÃO PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 10 ESCOLHA DE ALTERNATIVAS DE DEPARTAMENTALIZAÇÃO Índice 1. Escolha de alternativas de...3 2. Previsão de vendas...4 3. Análise de mercado...5 3.1.

Leia mais

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO 1. OBJETIVO A política de recrutamento e seleção tem como objetivo formalizar o processo de recrutamento e seleção da empresa Irapuru. Este processo desempenha papel fundamental na organização, pois através

Leia mais

ADMINISTRATIVO Módulo 2

ADMINISTRATIVO Módulo 2 ADMINISTRATIVO Módulo 2 ÍNDICE CAPÍTULO 1...8 1.1 Controles Financeiros...9 1.1.1 Contas a Receber...9 1.1.2 Contas a Pagar...10 1.1.3 Movimentação Caixa Diário... 11 1.1.4 Controle de Contas Bancárias...12

Leia mais

Palavras-chave: Gestão de Pessoas. Recrutamento. Seleção. Socialização.

Palavras-chave: Gestão de Pessoas. Recrutamento. Seleção. Socialização. ANÁLISE DOS PROCESSOS DE RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E SOCIALIZAÇÃO DA EMPRESA POUPACRED PRESIDENTE PRUDENTE Fabiana YNOUE 1 Gilson POLIDORIO 2 Giovane SERIBELI³ Sérgio GARCIA 4 Victor SAMMI 5 As organizações

Leia mais

Administração. Recrutamento e Seleção. Professor Rafael Ravazolo.

Administração. Recrutamento e Seleção. Professor Rafael Ravazolo. Administração Recrutamento e Seleção Professor Rafael Ravazolo www.acasadoconcurseiro.com.br Administração Aula XX RECRUTAMENTO E SELEÇÃO São as atividades relacionadas à provisão de pessoas para a organização,

Leia mais