Nº 23 A - Domingo II da Páscoa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nº 23 A - Domingo II da Páscoa"

Transcrição

1 Nº 23 A - Domingo II da Páscoa Felizes os que acreditam sem terem visto. Felizes os que O vêem com os olhos da fé na Palavra que é escutada e saboreada. Felizes os que O vêem com os olhos da fé nos irmãos com quem partilhamos bens. Felizes os que acreditam sem terem visto. Felizes os que o vêem com os olhos da fé ao partir o pão no altar da Eucaristia. Felizes os que o vêem com os olhos da fé quando se reúnem dois ou três em oração. Felizes os que acreditam sem terem visto.

2 Leitura: Actos 2, Leitura dos Actos dos Apóstolos Os irmãos ( assim se chamavam os primeiros cristãos ), iam sempre ouvir os ensinamentos dos Apóstolos, à comunhão fraterna, à fracção do pão e às orações. Ao ver os muitos prodígios e milagres realizados pelos Apóstolos, toda a gente se enchia de respeito. Todos os que se tinham convertido à Fé viviam unidos e tinham tudo em comum. Vendiam as propriedades e tudo o que tinham, e distribuíam o dinheiro por todos, conforme as necessidades de cada um. Todos os dias iam ao templo, como se tivessem uma só alma, e partiam o pão como Jesus tinha ensinado, em suas casas; tomavam o alimento com alegria e simplicidade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E todos os dias aumentava o numero das pessoas que acreditavam em Jesus. Evangelho: Jo 20, Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João Depois, mostrou-lhes as mãos e o lado, onde estavam as feridas.os discípulos ficaram cheios de alegria ao verem o Senhor. Jesus disse-lhes de novo: - A paz esteja convosco. Assim como o Pai Me enviou, também eu vos envio a vós. Dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: - Recebei o Espírito Santo: àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados àqueles a quem os retiverdes serão retidos. Tomé, um dos Doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus. Disseram-lhe os outros discípulos: _- Vimos o Senhor. Mas ele respondeu-lhes: - Se não vir nas suas mãos o sinal dos pregos, se não meter o dedo no lugar dos pregos e a mão no sítio da ferida no seu lado, não acreditarei. Oito dias depois, estavam os discípulos outra vez em casa e Tomé estava com eles. Veio Jesus, estando as portas fechadas, colocou-se no meio deles e disse: - A paz esteja convosco. Depois disse a Tomé:- Põe aqui o teu dedo e vê as minhas mãos; aproxima a tua mão e mete-a no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente. Tomé respondeu-lhe: - Meu Senhor e Meu Deus! Disse-lhe Jesus: - Tu acreditaste porque Me viste. Felizes os que acreditam sem terem visto. Jesus fez ainda muitos outros milagres na presença dos seus discípulos, que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram escritos para acreditardes que Jesus é o Messias, o Filho de Deus, e para que, acreditando, tenhais a vida em seu nome.

3 Substitui, nas frases abaixo, o código pelas respectivas letras, para encontrares a mensagem principal do evangelho de hoje. VAMOS CONTINUAR A CELEBRAR O TEMPO DA PÁSCOA, E TENTAR CONTINUAR A FAZER AQUELAS PEQUENAS COISAS BOAS QUE CONSEGUIMOS FAZER NA QUARESMA. VAMOS VER SE CONSEGUIMOS MUDAR MESMO, E NÃO VOLTAMOS PARA TRÁS, COMO ANTES DA PÁSCOA.

4 Quando Jesus tinha 12 anos, foi com Maria e José a Jerusalém, em peregrinação, com muitas pessoas. No regresso, Maria pensava que Jesus vinha com José, e José pensava que Ele vinha com Maria. Quando se juntaram, perceberam que Jesus não estava com eles e ficaram muito preocupados. Voltaram para trás para o procurar, e encontraram-no no templo, a falar e ensinar os doutores que lá estavam, muito admirados com a sabedoria daquele menino. Quando o encontraram, a Mãe disse-lhe: Meu filho, estávamos tão preocupados contigo. Porque fizeste isso? Jesus respondeu: Não sabiam que eu devo preocupar-me com as coisas do meu Pai? Jesus referia-se a Deus, mas Maria e José não o compreenderam. Depois, voltaram para Nazaré.

5

6

Nº 22 C Domingo II da Páscoa Cristo ressuscitado, os primeiros apóstolos viram-te, tocaram-te, escutaram-te e acreditaram em ti. Nós, os teus amigos

Nº 22 C Domingo II da Páscoa Cristo ressuscitado, os primeiros apóstolos viram-te, tocaram-te, escutaram-te e acreditaram em ti. Nós, os teus amigos Nº 22 C Domingo II da Páscoa Cristo ressuscitado, os primeiros apóstolos viram-te, tocaram-te, escutaram-te e acreditaram em ti. Nós, os teus amigos de hoje não te contemplámos, nem escutámos a tua voz,

Leia mais

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João (Jo 20, 19-31)

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João (Jo 20, 19-31) 2º DOMINGO DA PÁSCOA (ANO C) 7 de Abril de 2013 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João (Jo 20, 19-31) Na tarde daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas as portas da casa onde

Leia mais

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João (Jo 20, 19-31)

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João (Jo 20, 19-31) 2º DOMINGO DA PÁSCOA ANO A 23 de Abril de 2017 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João (Jo 20, 19-31) Na tarde daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas as portas da casa onde

Leia mais

Orar a Palavra. ANO C II Domingo do Tempo Pascal «VIMOS O SENHOR!»

Orar a Palavra. ANO C II Domingo do Tempo Pascal «VIMOS O SENHOR!» ANO C II Domingo do Tempo Pascal «VIMOS O SENHOR!» «Vimos o Senhor!»: a presença de Jesus Ressuscitado transforma a vida dos seus discípulos: oferece a paz, alegria, confiança, missão, misericórdia, e,

Leia mais

Nº 27 - B - Pentecostes

Nº 27 - B - Pentecostes Nº 27 - B - Pentecostes 24.5.2015 Hoje celebramos a festa de Pentecostes, ou seja, a descida do Espírito Santo sobre os Apóstolos e Nossa Senhora. Antes de subir ao Céu, Jesus prometeu aos Apóstolos que

Leia mais

Pentecostes. O amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que habita em nós.

Pentecostes. O amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que habita em nós. Pentecostes O amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que habita em nós. Perdão Senhor PENTECOSTES Enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso Amor. Leitura

Leia mais

«Oito dias depois, veio Jesus...»

«Oito dias depois, veio Jesus...» Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João «20, 19-31» «Oito dias depois, veio Jesus...» Na tarde daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas as portas da casa onde os discípulos se

Leia mais

Nº 5 C Natal e Sagrada Família

Nº 5 C Natal e Sagrada Família Nº 5 C Natal e Sagrada Família Esta semana celebramos nascimento de Jesus, no dia de Natal e depois a festa da Sagrada Família. A Sagrada Família é composta por Maria, José e o Menino Jesus. A Sagrada

Leia mais

ÍNDICE. Jorge Tadeu 1- INTRODUÇÃO. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sob todas as formas sem autorização do autor.

ÍNDICE. Jorge Tadeu 1- INTRODUÇÃO. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sob todas as formas sem autorização do autor. 1 Graus de FÉ 2 Como Lutar contra o diabo 1- INTRODUÇÃO ÍNDICE Jorge Tadeu Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sob todas as formas sem autorização do autor. 1 - Introdução 3 1 INTRODUÇÃO

Leia mais

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...»

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA LEITURA I Actos 6,1-7 «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, aumentando o número dos discípulos, os helenistas

Leia mais

Evangelho: Jo 20, 1-9 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João

Evangelho: Jo 20, 1-9 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João Vida para Todos Aleluia! Aleluia! Cristo ressuscitou! Aleluia! Hoje é um dia de grande alegria, porque Jesus tinha sido morto e ressuscitou. Estivemos toda a Quaresma a prepararmonos para esta grande festa,

Leia mais

Enraízados e edificados em Cristo...

Enraízados e edificados em Cristo... Enraízados e edificados em Cristo...... firmes na fé. (Col 2,7 Lema das Jornadas Mundiais da Juventude 2011 ) Equipa do Caderno de Oração da Familia Missionária Verbum Dei de Lisboa: Enraizados e edificados

Leia mais

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

Nº 18 C - Domingo de Páscoa

Nº 18 C - Domingo de Páscoa Nº 18 C - Domingo de Páscoa-27.3.2016 Vida para Todos Aleluia! Aleluia! Cristo ressuscitou! Aleluia! Hoje é um dia de grande alegria, porque Jesus tinha sido morto e ressuscitou. Estivemos toda a Quaresma

Leia mais

Nº 28 A Ascensão do Senhor

Nº 28 A Ascensão do Senhor Nº 28 A Ascensão do Senhor - 1.6.2014 Ide por todo o mundo! Estarei sempre convosco! I de Ide Ide e anunciai a Boa Nova. Quando partilhais o que tendes com os outros, quando dais atenção a quem está sozinho

Leia mais

Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus,

Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum-20.1.13 Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, ia haver uma grande tristeza, porque o vinho se tinha

Leia mais

Igreja - Uma face em construção Parte I: Lançando os fundamentos

Igreja - Uma face em construção Parte I: Lançando os fundamentos Parte I: Lançando os fundamentos 1. Obediência - mesmo em contexto de perigo 2. Nada há a fazer sem serem cheios do Espírito 3. Nem tudo entendemos - Nem tudo saberemos 4. Uma visão local precisa dar lugar

Leia mais

DOMINGO VI DA PÁSCOA

DOMINGO VI DA PÁSCOA 237 DOMINGO VI DA PÁSCOA LEITURA I Actos 10, 25-26.34-35.44-48 «O Espírito Santo difundia-se também sobre os pagãos» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, Pedro chegou a casa de Cornélio. Este

Leia mais

Nº 14 B - Domingo VII do Tempo Comum Levanta-te e anda

Nº 14 B - Domingo VII do Tempo Comum Levanta-te e anda Nº 14 B - Domingo VII do Tempo Comum -19.2.2012 Levanta-te e anda No Evangelho de hoje ouvimos como os amigos de um paralítico tiveram que esforçar-se muito para pedir a Jesus que curasse o seu amigo,

Leia mais

Leitura: Rom 8, 8-11 Carta de S. Paulo aos Romanos

Leitura: Rom 8, 8-11 Carta de S. Paulo aos Romanos Acreditai! Nos amigos confiamos plenamente! Sabemos que jamais nos enganarão e que estarão presentes sempre que deles precisarmos. Nos amigos nós acreditamos: temos a garantia de que querem a nossa alegria.

Leia mais

Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa

Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa - 1.5.2016 A paz de Cristo A paz de Cristo Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Tu nos dás a tua paz, Senhor Jesus, mas também nos convidas ao esforço de fazer a paz. Para

Leia mais

«A FORÇA DO ESPIRITO»

«A FORÇA DO ESPIRITO» «A FORÇA DO ESPIRITO» O tema do próximo Domingo é, evidentemente, o Espírito Santo. Dom de Deus a todos os crentes, o Espírito dá vida, renova, transforma, constrói comunidade e faz nascer o Homem Novo.

Leia mais

Nº 8C 2º Domingo do Tempo Comum Bodas de Caná

Nº 8C 2º Domingo do Tempo Comum Bodas de Caná Nº 8C 2º Domingo do Tempo Comum-17.1.2016 Bodas de Caná Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, ia haver uma grande tristeza, porque

Leia mais

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa 1 Evangelho de João Este evangelho tem 21 capítulos. Evangelho do Filho de Deus / Divino. 1 - Autor: João, o apóstolo, ele foi o último dos apóstolos a morrer. 2 - Data: Alguns escritores acreditam que

Leia mais

Nº20A Domingo V da Quaresma Acreditai!

Nº20A Domingo V da Quaresma Acreditai! Nº20A Domingo V da Quaresma - 6.4.2014 Acreditai! Nos amigos confiamos plenamente! Sabemos que jamais nos enganarão e que estarão presentes sempre que deles precisarmos. Nos amigos nós acreditamos: temos

Leia mais

19 DE MARÇO 119 A tua casa e o teu reino permanecerão diante de Mim eternamente e o teu trono será firme para sempre». Palavra do Senhor. SALMO RESPON

19 DE MARÇO 119 A tua casa e o teu reino permanecerão diante de Mim eternamente e o teu trono será firme para sempre». Palavra do Senhor. SALMO RESPON 118 MARÇO 18 de Março S. Cirilo de Jerusalém, bispo e doutor da Igreja Comum dos Pastores da Igreja: pp. 486 ss. ou Comum dos Doutores da Igreja: pp. 527 ss. LEITURA I 1 Jo 5, 1-5: p. 606 SALMO RESPONSORIAL

Leia mais

II Domingo da Páscoa Ano B. Oitava da Páscoa (Pascoela) Domingo da Divina Misericórdia

II Domingo da Páscoa Ano B. Oitava da Páscoa (Pascoela) Domingo da Divina Misericórdia II Domingo da Páscoa Ano B Oitava da Páscoa (Pascoela) Domingo da Divina Misericórdia 157 158 II Domingo da Páscoa (Oito dias depois!...) 1.ª Leit. Act 4, 32-35; Salmo Sal 117, 2-4. 16ab-18. 22-24; 2.ª

Leia mais

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM Quarta-feira da 4ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Concedei-nos, Senhor

Leia mais

Missa do Dia. «Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar»

Missa do Dia. «Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar» 260 tempo pascal Missa do Dia LEITURA I Actos 2, 1-11 «Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar» Leitura dos Actos dos Apóstolos Quando chegou o dia de Pentecostes, os Apóstolos estavam

Leia mais

Nº 20 C 3º Domingo da Páscoa

Nº 20 C 3º Domingo da Páscoa Nº 20 C 3º Domingo da Páscoa - 10.4.2016 És o novo Sol que não tem ocaso. És a luz que não se apaga. És vencedor da morte para sempre. És o homem primeiro do mundo novo. És o começo da nova criação. És

Leia mais

18 de Março S. Cirilo de Jerusalém, bispo e doutor da Igreja. 19 de Março S. JOSÉ, ESPOSO DA VIRGEM SANTA MARIA

18 de Março S. Cirilo de Jerusalém, bispo e doutor da Igreja. 19 de Março S. JOSÉ, ESPOSO DA VIRGEM SANTA MARIA 118 MARÇO 18 de Março S. Cirilo de Jerusalém, bispo e doutor da Igreja Comum dos Pastores da Igreja: pp. 486 ss. ou Comum dos Doutores da Igreja: pp. 527 ss. LEITURA I 1 Jo 5, 1-5: p. 606 SALMO RESPONSORIAL

Leia mais

Jesus, Nome sobre todo nome! João Gilberto

Jesus, Nome sobre todo nome! João Gilberto Jesus, Nome sobre todo nome! João Gilberto Filipenses 2:9-11 Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, Filipenses 2:9-11 para que ao nome de Jesus se dobre

Leia mais

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37):

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): Quem é o meu próximo? perguntou o Doutor da Lei a Jesus, que em seguida lhe contou a Parábola do

Leia mais

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html.

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html. Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas ocantinhodasao.com.pt/public_html 12 Ano B ocantinhodasao.com.pt/public_html 1 RITOS INICIAIS Hoje,

Leia mais

Nº 12 C 1º Domingo da Quaresma A escolha certa

Nº 12 C 1º Domingo da Quaresma A escolha certa Nº 12 C 1º Domingo da Quaresma-14.2.2016 A escolha certa Conforme dissemos nos Xavierinhos da semana passada, a Quaresma começou na passada quartafeira, quarta-feira de cinzas. Como a maior parte dos meninos

Leia mais

IGREJA CONSISTENTE Na Adoração Nos Grupos de Conexão Na Contribuição No Serviço Na Missão. 20.

IGREJA CONSISTENTE Na Adoração Nos Grupos de Conexão Na Contribuição No Serviço Na Missão. 20. O desafio de se tornar uma igreja relevante 14.02 Na Adoração 21.02 Nos Grupos de Conexão 28.02 Na Contribuição Temporada Início 14/02 06.03 13.03 Na Missão 20.03 Na Cidade O desafio de se tornar uma igreja

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta feira da 3ª Semana da Quaresma À medida

Leia mais

Fora da Caixa. Quando a Igreja não cabe mais dentro da igreja

Fora da Caixa. Quando a Igreja não cabe mais dentro da igreja O Problema da Vela Karl Duncker (1945) O Problema da Vela Karl Duncker (1945) Conceito da Funcionalidade Fixa O Problema da Vela Karl Duncker (1945) De onde vem a nossa compreensão sobre Deus, fé, igreja

Leia mais

Segundo da Páscoa, 2ª Semana do Saltério (Livro II), cor litúrgica Branca

Segundo da Páscoa, 2ª Semana do Saltério (Livro II), cor litúrgica Branca Domingo, 1º de maio de 2011 Segundo da Páscoa, 2ª Semana do Saltério (Livro II), cor litúrgica Branca Hoje: Dia do Trabalhador Santos: José Operário, Grata, Peregrino, Solenidade de Nossa Senhora (Mãe

Leia mais

Nº19A Domingo IV da Quaresma

Nº19A Domingo IV da Quaresma Nº19A Domingo IV da Quaresma-30.3.2014 Viver na luz! Abri os olhos! Imagina alguém a viver sempre numa casa de janelas fechadas: sem ar, sem luz, sem ver ninguém, fechado em si próprio, impermeável a tudo.

Leia mais

Nº18A Domingo III da Quaresma

Nº18A Domingo III da Quaresma Nº18A Domingo III da Quaresma-23.3.2014 Conduz-me Jesus aos poços do teu Evangelho Conduz-me, Jesus, aos poços do teu Evangelho para beber junto de ti a água que mata a sede de felicidade. a água que me

Leia mais

A Ressurreição de Jesus

A Ressurreição de Jesus A Ressurreição de Jesus Fonte: Lc 24,13-32 ; 24, 50-53; Jo 20,24-29; 21,1-15 Introdução: Antes de morrer, Jesus disse que iria ressuscitar, mas nem todos entenderam! Domingo, de manhã cedo, Maria Madalena

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sexta-feira da 4ª Semana da Quaresma Ó Deus, que

Leia mais

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese VI Domingo TC Ano A Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese Admonição Inicial - Cântico Inicial - Sou Feliz 1- Sopra o vento de mansinho

Leia mais

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA)

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) Hoje encontramo-nos aqui reunidos para celebrar a Festa das Bem-Aventuranças. Bem Aventurado quer dizer FELIZ e buscar a vontade de Deus é ser Bem-Aventurado. Eis que Jesus, ao

Leia mais

Gr.Bíblico. Evangelho de. Nossa Senhora Conceição

Gr.Bíblico. Evangelho de. Nossa Senhora Conceição Evangelho de São Lucas Ano litúrgico C O Terceiro Envangelho O TEMPO DE JESUS E O TEMPO DA IGREJA Este evangelho põe em relevo as etapas da obra de Deus na História. Mais do que Mateus e Marcos, ao falar

Leia mais

Nº 14 C 3º Domingo da Quaresma

Nº 14 C 3º Domingo da Quaresma Nº 14 C 3º Domingo da Quaresma-28.2.2016 Ouvimos hoje, no Evangelho, a história de uma figueira que não dava fruto. O dono da figueira quis mandar cortá-la, porque disse que uma figueira que não dá fruto

Leia mais

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos.

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos. Nas quintas-feiras do mês de Maio, decorreram na Igreja de Oliveira de Azemeis, encontros de formação litúrgica, organizados pela vigararia sul da Diocese do Porto e orientados pelo P. Frei Bernardino

Leia mais

IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO

IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO IGREJA EM SAÍDA CULTURA DO ENCONTRO comunidade eclesial a V O C A Ç Ã O NASCE, CRESCE na IGREJA; é SUSTENTADA pela IGREJA. Todos os cristãos são constituídos missionários

Leia mais

DOMINGO V DA QUARESMA

DOMINGO V DA QUARESMA DOMINGO V DA QUARESMA LEITURA I Ez 37, 12-14 «Infundirei em vós o meu espírito e revivereis» Leitura da Profecia de Ezequiel Assim fala o Senhor Deus: «Vou abrir os vossos túmulos e deles vos farei ressuscitar,

Leia mais

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EIS O CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EUCARISTIA 19H DINAMIZAÇÃO DO 10º ANO DE CATEQUESE IGREJA MATRIZ DE VILA DO CONDE Cântico Inicial: Filho de Deus 1. Somos

Leia mais

III DOMINGO QUARESMA

III DOMINGO QUARESMA III DOMINGO DA QUARESMA Leitura do Livro do Êxodo Ex 20,1-17 Naqueles dias, Deus pronunciou todas estas palavras: «Eu sou o Senhor, teu Deus, que te tirei da terra do Egipto, dessa casa de escravidão.

Leia mais

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DA HORA 2010-2011 P = Presidente: Aquele que preside à oração. Qualquer pessoa o pode fazer, desde que tenha gosto e capacidade para tal.

Leia mais

IGREJA CONSISTENTE Na Adoração Nos Grupos de Conexão Na Contribuição No Serviço Na Missão. 20.

IGREJA CONSISTENTE Na Adoração Nos Grupos de Conexão Na Contribuição No Serviço Na Missão. 20. O desafio de se tornar uma igreja relevante 14.02 Na Adoração 21.02 Nos Grupos de Conexão 28.02 Na Contribuição Temporada Início 14/02 06.03 No Serviço 13.03 Na Missão 20.03 Na Cidade O desafio de se tornar

Leia mais

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Paróquia de Barco Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Missa com crianças Entrada: Linda noite, Linda noite Linda noite de Natal (bis) Introdução A imagem de Maria está aqui ao lado, porque hoje celebramos

Leia mais

O coração de um pastor

O coração de um pastor O coração de um pastor João 17:1-21 I. Um coração de submissão e obediência II. Um coração de intercessão e cuidado III. Um coração que glorifica a Deus Revisão de 09.04.2017 slide 1 João 20:1-9 1. No

Leia mais

Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum Deus renova todas as coisas

Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum Deus renova todas as coisas Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum-17.11.13 Deus renova todas as coisas Eu tive um sonho. Sonhei que os rios já não estavam poluídos, e as suas águas eram puras e cristalinas. Sonhei que. em vez de

Leia mais

Olhai os lírios do campo Olhai as aves do céu

Olhai os lírios do campo Olhai as aves do céu Olhai os lírios do campo Olhai as aves do céu No Evangelho de hoje, Jesus ensina-nos a não nos preocuparmos com as coisas que queremos ter, mas darmos atenção às coisas importantes da vida: - admirarmos

Leia mais

Mestra do Anúncio, Profecia do Amor

Mestra do Anúncio, Profecia do Amor Mestra do Anúncio, Profecia do Amor 1. Ouvindo o arauto da Mensagem, Ó terra eleita que o Espírito lavra, Também dizemos: oh! cheia de graça, Sois serva e mensageira da Palavra. Saudada por todas as gerações:

Leia mais

Maria e o mistério de Cristo. Prof. Thiago Onofre

Maria e o mistério de Cristo. Prof. Thiago Onofre Maria e o mistério de Cristo Prof. Thiago Onofre A realidade da Encarnação A Encarnação do Verbo de Deus é obra do Espírito Santo; Não é vontade humana, mas divina; São Lucas apresenta Maria como mediação

Leia mais

Roteiros Mensais para Grupos

Roteiros Mensais para Grupos Roteiros Mensais para Grupos JANEIRO 2017 INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA Ajudar a aprofundar e rezar com a INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA de cada mês, para mobilizar os grupos e a vida pessoal diante dos grandes

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL. Alfabeto Bíblico

REGULAMENTO OFICIAL. Alfabeto Bíblico REGULAMENTO OFICIAL Alfabeto Bíblico Tem como objetivo levar o competidor a encontrar na Bíblia versículos que comecem com cada letra do alfabeto da língua portuguesa e contenham em seu texto, uma palavra-chave,

Leia mais

«Simão, filho de João, tu amas-me?».

«Simão, filho de João, tu amas-me?». III Domingo da Páscoa «Simão, filho de João, tu amas-me?». Leitura dos Actos dos Apóstolos Actos 5, 27-32.40-41 Naqueles dias, o sumo sacerdote falou aos Apóstolos, dizendo: «Já vos proibimos formalmente

Leia mais

TEMOS QUE CRIAR ENRAIZAMENTO AOS PRINCÍPIOS.

TEMOS QUE CRIAR ENRAIZAMENTO AOS PRINCÍPIOS. Em João 6:66 vemos que um grupo de discípulos abandonam a Jesus. Todavia, o que me deixa curioso, é como alguém, sendo verdadeiramente convertido, consegue abandonar a Cristo? Ou pior; como aqueles discípulos

Leia mais

ü Levantarei do meio dos seus irmãos um profeta como você; porei minhas palavras na sua boca, e ele lhes dirá tudo o que eu lhe ordenar.

ü Levantarei do meio dos seus irmãos um profeta como você; porei minhas palavras na sua boca, e ele lhes dirá tudo o que eu lhe ordenar. ü Levantarei do meio dos seus irmãos um profeta como você; porei minhas palavras na sua boca, e ele lhes dirá tudo o que eu lhe ordenar. (Dt 18:18) ü...escolherei um dos seus filhos para sucedê-lo, um

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira S Vivendo Teologicamente S O que a teologia tem a ver com a vida diária? S A teologia geralmente é considerada como algo abstrato.

Leia mais

Palavra alimento. Nem só de pão vive o homem

Palavra alimento. Nem só de pão vive o homem Palavra alimento A tua palavra, Senhor Jesus, é o pão que me dá forças para escolher servir em vez de ser servido; para perdoar as ofensas em vez de guardar rancor. A tua Palavra, Senhor Jesus, é o alimento

Leia mais

IV Domingo Tempo Quaresma- ANO A

IV Domingo Tempo Quaresma- ANO A 1 Ambiente: A Já vimos, na semana passada, que o Evangelho segundo João procura apresentar Jesus como o Messias, Filho de Deus, enviado pelo Pai para criar um Homem Novo. Através do sinal da luz, o autor

Leia mais

130 TEMPO DA QUARESMA A minha alma espera pelo Senhor, mais do que as sentinelas pela aurora. Porque no Senhor está a misericórdia e com Ele abundante

130 TEMPO DA QUARESMA A minha alma espera pelo Senhor, mais do que as sentinelas pela aurora. Porque no Senhor está a misericórdia e com Ele abundante 129 DOMINGO V DA QUARESMA LEITURA I Ez 37, 12-14 «Infundirei em vós o meu espírito e revivereis» Leitura da Profecia de Ezequiel Assim fala o Senhor Deus: «Vou abrir os vossos túmulos e deles vos farei

Leia mais

V Domingo da Quaresma. Eu sou a ressurreição e a vida, diz o Senhor. Quem acredita em Mim nunca morrerá.

V Domingo da Quaresma. Eu sou a ressurreição e a vida, diz o Senhor. Quem acredita em Mim nunca morrerá. V Domingo da Quaresma Eu sou a ressurreição e a vida, diz o Senhor. Quem acredita em Mim nunca morrerá. V Domingo da Quaresma Eu sou a ressurreição e a vida, diz o Senhor. Quem acredita em Mim nunca morrerá.

Leia mais

Nº 36 C Domingo XXXI do Tempo Comum

Nº 36 C Domingo XXXI do Tempo Comum Nº 36 C Domingo XXXI do Tempo Comum-3.11.13 Como Zaqueu, quero acolher-te e mudar, Senhor Escuta-me, Senhor. Como Zaqueu, quero procurar-te, nem que seja preciso deixar coisas que me enchem a casa e a

Leia mais

É TEMPO DE RESTAURAR. Efésios Pra. Deisy Costa

É TEMPO DE RESTAURAR. Efésios Pra. Deisy Costa É TEMPO DE RESTAURAR Efésios 5.1-16 Pra. Deisy Costa v.1 Portanto, sede imitadores de Deus, como filhos amados... Qual era a missão de Jesus na terra? I Timóteo 2:4 que, deseja que todos os homens sejam

Leia mais

42ª Assembleia. Diocesana de Pastoral

42ª Assembleia. Diocesana de Pastoral A PAZ AMIGO A Paz amigo eu tenho em seu abraço em seu abraço amigo eu tenho a paz A Paz amigo eu tenho em seu abraço em seu abraço amigo eu tenho a paz A paz que acalma, a calma que faz a gente ser mais

Leia mais

Páscoa - 2º Domingo. Serra do Pilar, 3 abril 2016

Páscoa - 2º Domingo. Serra do Pilar, 3 abril 2016 Páscoa - 2º Domingo Serra do Pilar, 3 abril 2016 Este é o dia que esperamos, o dia anunciado, A Páscoa da libertação, celebremos Cristo Morto e Ressuscitado, princípio e fim da criação. Aleluia! Oremos,

Leia mais

Nº 16 C 2º Domingo da Quaresma

Nº 16 C 2º Domingo da Quaresma Nº 16 C 2º Domingo da Quaresma-21.2.2016 É bom estar com Jesus Jesus, quando os amigos me abandonarem e não tiver ninguém com quem desabafar, Jesus, quando me faltar a coragem para iniciar um novo dia

Leia mais

Salmo - Sl 65. Ah, ah, ah, minha alma glorifica ao Senhor!! Meu espírito exulta em Deus, meu salvador!! Entrada: Quem É Esta Que Avança Como Aurora

Salmo - Sl 65. Ah, ah, ah, minha alma glorifica ao Senhor!! Meu espírito exulta em Deus, meu salvador!! Entrada: Quem É Esta Que Avança Como Aurora Entrada: Quem É Esta Que Avança Como Aurora Quem é esta que avança como aurora Temível como exército em ordem de batalha Brilhante como o sol e como a lua Mostrando o caminho aos filhos seus Ah, ah, ah,

Leia mais

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA A Eucaristia é o sacramento que atualiza e faz a memória do sacrifício de Jesus: em cada Eucaristia temos a presença do Cristo que pela sua morte e ressurreição

Leia mais

DOMINGO V DA QUARESMA

DOMINGO V DA QUARESMA 129 DOMINGO V DA QUARESMA LEITURA I Ez 37, 12-14 «Infundirei em vós o meu espírito e revivereis» Leitura da Profecia de Ezequiel Assim fala o Senhor Deus: «Vou abrir os vossos túmulos e deles vos farei

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Terça-feira depois da Epifania Ó Deus, cujo Filho

Leia mais

Lição 1 O Obreiro na Família de Deus

Lição 1 O Obreiro na Família de Deus Lição 1 O Obreiro na Família de Deus Há poucos meses que o António é crente, e ele está extremamente feliz com as maravilhosas verdades que encontra no seu estudo frequente da Palavra de Deus. Ele tem

Leia mais

Cânticos para Missa Advento/2016

Cânticos para Missa Advento/2016 Santuário das Almas/Icaraí Cânticos para Missa Advento/2016 Data 17/12 www.oficinademusica.org Procissão de Entrada: Vamos Celebrar Todos reunidos na casa de Deus Com cantos de alegria e grande louvor

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo,

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo, ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, até ao dia em que foi elevado

Leia mais

SINAL DA CRUZ. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

SINAL DA CRUZ. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. [Ano] SINAL DA CRUZ 1 Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. A liturgia usa muito a linguagem dos sinais, dos gestos e das posições. O primeiro sinal o mais importante e o mais conhecido

Leia mais

Nº 19 C 5º Domingo da Quaresma

Nº 19 C 5º Domingo da Quaresma Nº 19 C 5º Domingo da Quaresma-13.3.2016 Perdão Quando explodem as desavenças e não nos entendemos. Quando os insultos caem como pedradas que ferem. Quando as nossas palavras violentas são como bofetadas.

Leia mais

PRIMEIRO DOMINGO DA QUARESMA

PRIMEIRO DOMINGO DA QUARESMA PRIMEIRO DOMINGO DA EVANGELHO: Mc 1, 12-15 Era tentado por Satanás e os Anjos serviam-n O ATITUDE: ARREPENDIMENTO E FÉ ARROZ Tu és o Pai que me salva. Ajudame, em especial quando me sinto indeciso entre

Leia mais

O Engajamento na Adoração

O Engajamento na Adoração O Engajamento na Adoração Atos 2:41-47 41. Os que aceitaram a mensagem foram batizados, e naquele dia houve um acréscimo de cerca de três mil pessoas. 42. Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à

Leia mais

Catequese. 3º Ano. Queremos seguir Jesus. 1º Bloco

Catequese. 3º Ano. Queremos seguir Jesus. 1º Bloco Catequese 3º Ano Queremos seguir Jesus 1º Bloco Exercícios Catequese 1- Ele está no meio de nós Lê com atenção: Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, segundo São Mateus: Naquele tempo, disse Jesus aos

Leia mais

Alegria em Tempos de Carnaval

Alegria em Tempos de Carnaval Alegria em Tempos de Carnaval Tecnologicamente Descartável Irracionalmente Hedonista Existe diferença entre Alegria e Felicidade? GRAFICO Momentos Felicidade Tempo Perene, ligada a autoconfiança, serenidade,

Leia mais

Eu Creio, Senhor! Entrega do Credo 5.º Ano Alvarelhos, 10 de Junho de 2012

Eu Creio, Senhor! Entrega do Credo 5.º Ano Alvarelhos, 10 de Junho de 2012 Eu Creio, Senhor! Entrega do Credo 5.º Ano Alvarelhos, 10 de Junho de 2012 INTRODUÇÃO Somos o grupo de crianças do 5º ano de catequese. Ao longo deste ano, fomos descobrindo que Deus tem um projeto para

Leia mais

Ascensão do Senhor. «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus»

Ascensão do Senhor. «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus» Ascensão do Senhor «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus» Perdão, Senhor. Leitura dos Actos dos Apóstolos Actos 1, 1-11 No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou

Leia mais

NOSSA SENHORA APARECIDA

NOSSA SENHORA APARECIDA NOSSA SENHORA APARECIDA Denilson Aparecido Rossi Nossa Senhora Aparecida 1 REFLETINDO No corrente ano de 2017, estamos celebrando os 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida. Lembramos que essa

Leia mais

Ressurreição! Clavius. Tribuno do Império Romano (Comandante do exército) Uma manhã

Ressurreição! Clavius. Tribuno do Império Romano (Comandante do exército) Uma manhã 27 DE MARÇO Clavius Tribuno do Império Romano (Comandante do exército) "Acho que isto [filmar Jesus de longe] tem a ver com o sentido último da fé. Afinal, o quanto precisamos estar perto e testemunhar

Leia mais

1ª Leitura - Ml 3,1-4

1ª Leitura - Ml 3,1-4 1ª Leitura - Ml 3,1-4 O Senhor a quem buscais, virá ao seu Templo. Leitura da Profecia de Malaquias 3,1-4 Assim diz o Senhor: 1Eis que envio meu anjo, e ele há de preparar o caminho para mim; logo chegará

Leia mais

FEVEREIRO. 2 de Fevereiro APRESENTAÇÃO DO SENHOR. Festa

FEVEREIRO. 2 de Fevereiro APRESENTAÇÃO DO SENHOR. Festa FEVEREIRO 2 de Fevereiro APRESENTAÇÃO DO SENHOR Festa Quando esta festa não ocorre ao domingo, escolhe-se apenas uma das seguintes leituras antes do Evangelho. LEITURA I Mal 3, 1-4 «Entrará no seu templo

Leia mais

FESTA DO PAI NOSSO. Igreja de S. José Coimbra

FESTA DO PAI NOSSO. Igreja de S. José Coimbra FESTA DO PAI NOSSO Igreja de S. José Coimbra 27 de Abril de 2014 ENTRADA Viemos com alegria Ao teu encontro senhor, Para te ouvir e te falar, Te bendizer e te louvar (bis) 1. Por teu Filho, Jesus Tu nos

Leia mais

Festa da Vida - V Domingo Páscoa A

Festa da Vida - V Domingo Páscoa A Festa da Vida - V Domingo Páscoa A Admonição inicial Nós, os jovens do 8º ano, estamos hoje em festa. O nosso catecismo tem como titulo SOMOS + e serviu para crescermos na fé (o jovem deve mostrar o catecismo).

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 4ª Semana da Páscoa 1) Oração Ó Deus, vida

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 19 DE DEZEMBRO SEGUNDA FEIRA 1) Oração Ó Deus, que revelastes

Leia mais

DOMINGO IV DO ADVENTO

DOMINGO IV DO ADVENTO 65 DOMINGO IV DO ADVENTO LEITURA I 2 Sam 7, 1-5.8b-12.14a.16 O reino de David permanecerá eternamente na presença do Senhor Leitura do Segundo Livro de Samuel Quando David já morava em sua casa e o Senhor

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais