/ JUN E JUL 2015 / FECOMÉRCIOAC 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.fecomercioacre.com.br / JUN E JUL 2015 / FECOMÉRCIOAC 1"

Transcrição

1 / JUN E JUL 2015 / FECOMÉRCIOAC 1

2 2 FECOMÉRCIOAC / JUN E JUL 2015 /

3 / JUN E JUL 2015 / FECOMÉRCIOAC 3

4 16 câmara de comércio de peças e acessórios da cnc debate inspeção veicular Dirigentes debateram em maio ações visando aprovação em projeto. Os riscos trabalhistas 34 Conheça os problemas que podem ser evitados nas empresas. 4 FECOMÉRCIOAC / JUN E JUL 2015 /

5 08 alta DO DOLAR Veja como economizar em viagens internacionais. 10 CONTRA O DESPERDÍCIO Veja como a luz solar é utilizada na economia. ÍNDICE fecomércioac EM REVISTA SUMÁRIO / JUN E JUL 2015 REVISTA BIMESTRAL ANO 9 N CONHEÇA O MOTOCAR Segurança de um carro e agilidade de uma moto. 14 brasileiros CONECTADOS Segundo Pnad, 85,6 milhões de brasileiros aderiram ao uso da internet em cartório Saiba sobre a redução nos preços das principais taxas. 22 terceirização Fecomércio não acredita em desemprego por conta de nova medida. 38 ARTESANATO ACREANO CONQUISTA ESPAÇO NO SHOPPING Sucesso de público e aceitação que expôs a beleza e qualidade da produção de decoração. 22 limite DE endividamento Agora, crédito chega a 40% do salário. 42 bem VINDO, VERÃO Conheça as delícias que amenizam o calor acreano. 24 DO PAPEL À ARTE Arquiteta conquista riobranquenses com origame. 50 senac Senac encerra programação da 3ª Semana de Enfermagem. 28 CASA INTELIGENTE Empresários idealizam wi-home para priorizar seguranças. 52 sesc Odontosesc: levando sorriso à população do interior do acre. / JUN E JUL 2015 / FECOMÉRCIOAC 5

6 Editorial Erros trabalhistas que precisam ser evitados O direito trabalhista é a disciplina que cuida da relação entre a empresa e o empregado, estabelecendo os direitos e deveres das duas partes nessa relação. Com base nessa premissa, a Fecomércio em Revista, elaborou uma matéria especial sobre esse tema. Vale a pena a leitura! Os dirigentes empresariais que integram a Câmara Brasileira do Comércio de Peças e Acessórios para Veículos (CBCPAVE) debateram em abril ações, visando aprovar o projeto que introduz a Inspeção Técnica Veicular (ITV). Prevista no Código de Trânsito, a proposição tramita no Congresso Nacional desde O presidente do Sindicato do Comércio de Peças e Acessórios de Veículos do Estado do Acre, Valdemir Alves Nascimento, Leandro Domingos Teixeira Pinto PRESIDENTE DA FECOMÉRCIO/AC comenta que a regularização é benéfica e está sendo tratada em alguns estados do país e que cada estado terá que se adaptar de acordo com a sua realidade. Algumas pessoas procuram alternativas na hora de economizar os gastos, que vão desde as contas de energia elétrica ao reaproveitamento de certos materiais. Em Rio Branco, um escritório de advocacia inovou no consumo de eletricidade e instalou a primeira unidade empresarial de geração de energia solar, com oito placas solares. A intenção é possibilitar a autonomia de geração de energia para o funcionamento de todos os equipamentos de informática, telefonia, segurança e iluminação. Segundo um dos advogados do escritório, Marco Antônio Dantas, com a implantação do sistema, houve redução de até 30% no valor da conta de energia. Leitura obrigatória dessa edição. Essa edição também traz uma matéria especial sobre tecnologia e segurança. Esta é a intenção dos empresários Aguinaldo Passos e Valmir Gomes que, juntos, tiveram a ideia de criar a wi-home: uma casa automatizada responsável por garantir a tranquilidade e bons sonos aos donos, principalmente aqueles mais relapsos. A Prefeitura Municipal de Rio Branco homenageou em maio a Fecomércio/AC e o Sesc, pela campanha Sesc Solidário A ação arrecadou e distribuiu produtos para os desabrigados da enchente histórica do Acre. Por meio dos projetos Mesa Brasil, foram entregues um montante de R$ 2,5 milhões convertidos em kits de alimentação, limpeza, higiene, fraldas, colchões e outros produtos aos desabrigados das enchentes nos municípios de Rio Branco, Xapuri, Brasileia, Assis Brasil, Epitaciolândia, Sena Madureira, Tarauacá e Porto Acre. O prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, acompanhado da primeira dama, Gicélia Viana, responsável pelo movimento Rio Branco Amiga; o presidente da Fecomércio, Leandro Domingos; a diretora regional do Sesc, Débora Dantas; além de autoridades locais, estiveram presente. Com o tema Cuidando com carinho de quem cuida, o Senac realizou a 3º Semana de Enfermagem, durante os dias 28 e 29 de maio, mais de 500 pessoas estiveram presentes nas atividades. Teatro e ciclo de palestras deram visibilidade a diversos fatores de conhecimento e responsabilidade do profissional em saúde no contexto social bem como a saúde do profissional. Favorável ao projeto responsável por regulamentar e expandir a terceirização no país, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Acre (Fecomércio/AC), diz que a medida deve gerar mais mão-de-obra. O projeto de lei foi aprovado na Câmara dos Deputados sob o número de PL 4.330/2004 e chegou ao Senado em abril. Segundo o presidente da Fecomércio, Leandro Domingos, a medida não vai gerar demissões, pois, não são todos os setores que vão utilizar a terceirização. A Fecomércio entende que a terceirização faz parte da organização produtiva das companhias há muito tempo. A atividade se intensificou com a abertura da economia e a maior inserção das empresas brasileiras nas cadeias produtivas globais, e a atividade não pode ser confundida com a precarização do trabalho, completa Domingos. 6 FECOMÉRCIOAC / JUN E JUL 2015 /

7 Expediente Palavra do Leitor DIRETORIA-EXECUTIVA: Presidente: Leandro Domingos Teixeira Pinto Vice-presidente: Bruno Cotta Paiva Vice-presidente: Marcos Antônio Carneiro Lameira Vice-presidente: Gilmar Pessoa de Queiroz Vice-presidente: José Luiz Revollo Junior Vice-presidente: Francelina Barreiros Amaral Gurgel 1 Diretor-secretário: Valdemir Alves do Nascimento 2 Diretor-secretário: André Pereira Paiva 1 Diretor-tesoureiro: José Garcia de Medeiros 2 Diretor-tesoureiro: Maria Odete Alves de Oliveira CONSELHO DE REPRESENTANTES: Leandro Domingos Teixeira Pinto, Theobaldo Mota da Silva, José Santos de Souza, Gilmar Pessoa de Queiroz, Simone Silva de Freitas Felix, Valdemir Alves do Nascimento, José Luiz Revollo Junior. Assessora de Imprensa Sistema Fecomércio/AC Nayara Lessa Editor(a)-Chefe: Nayara Lessa Jornalista Fecomércio, Sesc e Senac: Nayara Lessa, Anne Nascimento, Deise Leite e Sandro de Brito Repórter Fotográfica: Rose Peres Estagiário de Jornalismo: Daniel Scarcello Colaboradores: Antonio Oliveira Santos, Deise Leite, Luiz Antônio Pontes, Daiane Domingues, Sandro de Brito e Nilson Euclides Capa: Lino Nogueira Diagramação: Lino Nogueira Tiragem: exemplares Impressão: Sólida Gráfica Dúvidas e Sugestões: Edição nº 57 da Fecomércio em Revista A Fecomércio em Revista dá uma boa perspectiva do mercado e economia, não apenas local, mas nacional e internacionalmente. As pessoas têm mais noção do que está acontecendo no mundo do comércio, o que, de fato, reflete no desenvolvimento. Condomínio Antonio Oliveira Santos Av.Getúlio Vargas, 2473, 4 Andar - Bosque CEP.: (68) Diretora Regional: Débora Dantas Condomínio Antonio Oliveira Santos Av. Getúlio Vargas, 2473, 2 andar - Bosque CEP.: (68) Diretora Regional: Hirlete Meireles Pinto Condomínio Antonio Oliveira Santos Av.Getúlio Vargas, 2473, 1 Andar - Bosque CEP.: (68) Jussara Aguiar, estudante universitária Com a Fecomércio em Revista, podemos nos atualizar e ler matérias interessantes a respeito da economia. E o importante é que, com assuntos como estes, percebemos que economia pode ser bem explicada por meio de exemplos no nosso dia-a-dia. E são histórias como estas que a revista nos mostra, ensinando, sempre um pouco, a respeito do nosso cotidiano. Thalles Feitosa, comerciante / JUN E JUL 2015 / FECOMÉRCIOAC 7

8 TEXTO Daniel Scarcello FOTOS Cedidas Alta do dólar: Como economizar em viagens internacionais Desde o início do ano o dólar chegou a atingir altas cotações em relação ao real. No último dia 26 de maio, a moeda americana fechou em alta pela quarta sessão seguida, chegou a R$3,15, maior valor desde 1 de abril, quando encerrou o dia cotado a R$3,1725. Além de afetar na exportação de produtos, o alto valor da moeda alterou algumas questões quando o assunto é viajar. Em temporada de férias, procuramos saber de que forma o dólar mudou os Kelly Gouveia e sua família em Miami e Orlando (E.U.A.) planos dos viajantes acreanos. Kelly Gouveia, funcionária pública, viajou por 12 dias com a família para Miami e Orlando (E.U.A.), em maio. A viagem estava planejada desde agosto de 2014, época em que o dólar variou entre R$2,24 e R$2,26. Quando o preço do dólar começou a subir, as passagens, estadia e aluguel do carro já estavam pagos. Decidiram, então, manter a viagem, mas com algumas alterações. A alta do dólar teria feito a gente recuar, sim, se já não tivéssemos pago quase tudo. Cancelar nos causaria maior prejuízo, complementa a contadora. Ao invés de utilizar o cartão de crédito, uma das alternativas da família foi comprar à vista. Kelly conta que optaram por levar mais dinheiro em mãos para ter um controle melhor e evitar as taxas e dos cartões. O que também mudou foram os planos de fazer compras nos Estados Unidos. A prioridade foi conhecer os parques (Disney, Universal, etc) e fazer os passeios planejados, e as famosas lojas outlets tiveram que ficar de lado. Mesmo assim, a família não se arrependeu. Para quem sonha em fazer essa viagem, vale a pena. Basta se planejar e saber que os gastos serão limitados, opina. Lucinete Lima e a família não foram para nenhum país americano, mas fizeram compras em Euro, que já é uma moeda mais cara que o dólar e ficou mais ainda neste período, custando quase R$4,00. A viagem para quatro pessoas começou no meio de abril e durou 15 dias, com roteiro que passava por Madrid, Lisboa, Londres, Paris, Roma e Barcelona. Lucinete conta que,apesar dos preços altos, houve planejamento e algumas medidas que fizeram da viagem um passeio em conta. Para a professora de educação física, a solução é o pla- 8 FECOMÉRCIOAC / JUN E JUL 2015 /

9 nejamento: o que a família fez, foi pesquisar e antecipar tudo que era possível. As passagens foram compradas dois meses antes, e a acomodação foi uma novidade para eles. Lucinete encontrou um site de confiança que disponibiliza casas e apartamentos disponíveis para alugar em todo o mundo. Desta forma, a família alugou um apartamento, dispensando o gasto em hotéis. As refeições também ficaram a escolha do grupo, pois poderiam ser feitas em casa ou compradas num restaurante. Além disso, a maioria dos trechos feitos de trem ou metrô já havia sido pesquisada. Procuramos tudo em conta, desde a passagem até a hospedagem. Nos metrôs e trens, pegávamos a classe econômica e, mesmo assim, fizemos uma boa viagem. Ficou bem em conta, compensou, declara. As agências de viagem, como Lucinete Lima e a família em passeio de viagem por quatro países da europa. a CVC, também não foram afetadas e o planejamento foi, mais uma vez, o responsável. Segundo a assessoria de marketing, os consumidores costumam planejar a viagem ao exterior com antecedência e preferem absorver essas diferenças no parcelamento em até 10 vezes sem juros. Além disso, a agência trabalha com câmbio reduzido, o que oferece cotações mais atrativas que a de mercado e, por fazer reservas em grandes volumes aos fornecedores, a operadora consegue preços estáveis. A equipe enfatiza a importância da antecipação de compras e o planejamento financeiro para quem não quer extrapolar nas contas. A CVC já está comercializando algumas de suas programações de viagens com preços definidos para embarques até dezembro de / JUN E JUL 2015 / FECOMÉRCIOAC 9

10 TEXTO Anne Nascimento FOTOS Cedidas Contra o desperdício Veja como o uso da luz solar pode economizar a conta da energia elétrica Implantação do sistema chega a reduzir em até 30% o valor da conta de energia Algumas pessoas procuram alternativas na hora de economizar os gastos, que vão desde as contas de energia elétrica ao reaproveitamento de certos materiais. Em Rio Branco, um escritório de advocacia inovou no consumo de eletricidade e instalou a primeira unidade empresarial de geração de energia solar, com oito placas solares. A intenção é possibilitar a autonomia de geração de energia para o funcionamento de todos os equipamentos de informática, telefonia, segurança e iluminação. Segundo um dos advogados do escritório, Marco Antônio Dantas, com a implantação do sistema, houve redução de até 30% no valor da conta de energia. Para se ter uma ideia, toda a energia dos computadores, lâmpadas, sistema de segurança e portão eletrônico é alimentada pelas placas. Só não alimentam o ar-condicionado, explica. Para Dantas, o investimento, de aproximadamente R$ 30 mil, pode parecer caro a uma primeira vista, mas vale a pena. Devo esperar aproximadamente três anos para ter o retorno, e é um pouco caro. Mas não me arrependo nem um pouco. Não está à venda, este sistema, comenta, bem humorado. Oito placas solares foram instaladas no prédio A instalação das placas solares, para Dantas, valeu por duas razões: a primeira é que o aproveitamento da energia vem da própria luz do sol, em abundância no Estado. Enquanto eu estou reduzindo minha conta de energia, eu aproveito a luz solar. E, aos finais de semana, quando o prédio está fechado, o relógio começa a fornecer energia à rede pública. Então, se eu passar um mês fechado, minha conta será em dinheiro a receber, e não a pagar, enfatiza. Ajudando ao meio ambiente Não bastasse a viabilidade do investimento, o advogado considera que a adoção do sistema de geração de energia fotovoltaica a solar se justifica pelo fato de o Brasil ser o maior país com irradiação solar do mundo, além de contribuir com o meu ambiente. A energia solar não polui durante o seu uso, não gera ruído e nunca acaba, enfatiza Dantas. 10 FECOMÉRCIOAC / JUN E JUL 2015 /

11 O pesquisador climático Davi Friale também utilizou, há alguns anos, o sistema fotovoltaico, e diz não se arrepender. Era apenas uma placa, mas ela garantia que eu não ficasse sem energia, alimentando as luzes, explica. À época da aquisição, ainda segundo Friale, a cidade vivia momentos de muitos picos de energia. E, assim, enquanto as outras pessoas estavam sem energia, eu continuava com a minha, e tudo de modo mais barato e sustentável. O pesquisador acredita que mais pessoas devam tomar a medida. É um custo um pouco caro, mas vale a pena. O retorno em dinheiro pode não vir imediatamente, mas é algo que traz satisfação, principalmente porque você contribui com a natureza, não polui de modo algum, e ainda tem uma garantia de economia. Como funcionam? As placas solares podem ser utilizadas de duas maneiras: na primeira, utiliza-se a luz do sol apenas para o aquecimento, geralmente da água. Seria uma superfície escura que absorve a energia solar e a transforma em calor. Um outro modo de se utilizar a estrutura é aquela que converte a energia solar diretamente em eletricidade. A placa, neste sentido, é composta de células solares, feitas de materiais semicondutores, como o silício. Quando as partículas da luz solar chamadas de fótons colidem com os átomos destes materiais, provocam o deslocamento dos elétrons, gerando corrente elétrica. Segundo um dos advogados do escritório, Marco Antônio Dantas, com a implantação do sistema, houve redução de até 30% no valor da conta de energia / JUN E JUL 2015 / FECOMÉRCIOAC 11

12 TEXTO Daniel Scarcello FOTOS Rose Peres conheça o motocar: Segurança de um carro e agilidade de uma moto Mundo afora, o Motocar também é chamando de Tuk Tuk, e é bastante utilizado em países como a Índia, Bolívia e Tailândia Praticidade, economia, segurança e conforto. Estes foram os principais benefícios priorizados por Giordanno Vinicius Sperotto quando decidiu trazer um novo veículo para Rio Branco e abrir a concessionária Karina, em Desde então, ele começou a vender os triciclos - chamados de Motocar que, aos poucos, são vistos pelas ruas. Mundo afora, o Motocar também é chamando de Tuk Tuk, e é bastante utilizado em países como a Índia, Bolívia e Tailândia. Coloridos e diferentes, eles chamam atenção por onde passam, e consistem na estrutura de uma moto com uma carroceria. Na concessionária, dois modelos estão disponíveis: o de passageiro, capaz de transportar até três pessoas; e o de transporte de carga, que possui a versão de compartimento de cargas aberto e fechado, todos movidos à gasolina e produzidos no Brasil. 12 FECOMÉRCIOAC / JUN E JUL 2015 /

13 Segundo o empresário, ele escolheu trazer os triciclos por unirem as qualidades do carro, como a segurança e o conforto; com as da moto, que são economia e agilidade. Não tinha nada entre esses dois meios de locomoção, mas existia a necessidade de um veículo econômico e seguro que se precisava atender, opina Sperotto. No quesito segurança, Sperotto aponta a homologação do Conselho Nacional de Trânsito(CONTRAN) e do Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), órgãos que podem autorizar o veículo. Além disso, alguns itens, como as três rodas que garantem maior estabilidade, vidro laminado, rodas de liga livre e os dispositivos de todos os carros (freio de mão e cinto de segurança) ajudam a quem pilota. Não bastasse, os automóveis deste tipo aguentam peso de até 350 quilos, andam cerca de 22 a 25 quilômetros com 1 litro de gasolina e custam de R$14.500,00 até R$19.000,00. No caso da versão para passageiros, possui banco para duas pessoas, proteção contra sol e chuva, bagageiro e não é necessário o uso do capacete. Giordanno destaca ainda que a concessionária é montadora e o custo de manutenção é baixo Caso exista qualquer problema, o cliente pode resolver aqui mesmo na concessionária, com peças nacionais. Este é um meio de transporte diferente que acreditamos facilitar a vida de quem utiliza. Uma das primeiras empresas a utilizar o Motocar foi a Frigoaves, do mercado atacadista distribuidor. Noril Kadawaky, o proprietário, relata que sempre tinha a necessidade de fazer entregas rápidas na semana, mas não queria colocar uma caçamba numa moto, que não é feita para isso. Queria algo que fosse regular e seguro. Em novembro de 2014, decidiu comprar o Motocar com carroceria fechada e com material isolante térmico para transportar produtos frios. Foi uma alternativa que eu queria testar e está atendendo nossa expectativa, comenta. Para dirigir o triciclo, é preciso tirar a Carteira Nacional de Habilitação tipo A. Noril afirma que, mesmo com a carteira, os funcionários tiveram dificuldade para manusear o veículo inicialmente, mas em pouco tempo pegaram o jeito. O Motocar não é utilizado todos os dias pela empresa, pois normalmente as entregas são agendadas e muitas cargas são transportadas, mas também é comum aparecerem pequenos clientes de última hora. Não podíamos atender esses clientes de qualquer forma, sempre me preocupei com a segurança tanto dos funcionários quanto dos produtos. O Motocar foi uma alternativa que eu queria testar e está atendenda nossa expectativa, comenta o empresário. / JUN E JUL 2015 / FECOMÉRCIOAC 13

14 TEXTO Nayara Lessa FOTOS Rose Peres/ internet Brasileiros conectados foram 85,6 milhões em 2013 A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) constatou que 49,4% da população brasileira de 10 anos ou mais de idade, tinha se conectado à Internet e 48,0% (31,2 milhões) dos domicílios possuíam acesso à rede mundial de computadores. O celular, por sua vez, já é utilizado em mais da metade dos domicílios com internet. Na visão do governo, o aparelho tende a se firmar como instrumento de inclusão digital. A pesquisa foi divulgada em abril. Ao todo, 85,6 milhões de pessoas utilizaram a rede em 2013, 7,2 milhões delas exclusivamente por celulares, tabletes e outras ferramentas, informou em abril o Instituto Brasileiro de Geogra- fia e Estatística (IBGE), que divulgou um suplemento da (Pnad) 2013 sobre tecnologias de informação e comunicação (TICs). O microcomputador foi o principal meio de acesso à internet nos domicílios (78,3%), mas o acesso via telefone móvel celular estava presente em 65,7% dos domicílios, enquanto o tablete em 12,6% deles. A banda larga estava presente em 94,7% (66 mil) dos domicílios com internet, sendo que 55,7% (39 mil) conectavamse em banda larga fixa (43 mil) em banda larga móvel. No Acre, a Pnad constatou que 37,6% da população de 10 anos ou mais de idade (233 mil pessoas) tinham se conectado à internet e 32,2% (69 mil) dos domicílios possuíam acesso à internet. No cenário nacional, a utilização da internet era mais frequente entre os jovens de 15 a 19 anos (55,17%) e crescia a escolaridade, variando de 8,9% na população sem instrução ou com menos de quatro anos de estudo, até 82,9% entre as pessoas com 11 a 14 anos de estudo. A proporção de pessoas que acessavam era crescente conforme a renda, ultrapassando os 50% a partir da classe de dois a três salários mínimos. Nos 195 mil domicílios acrianos com televisão, foram contabilizados 278 mil aparelhos, sendo 91 mil de tela fina e 187 mil de tubo. Entre os domicílios com televisão 15% recebiam sinal digital de TV aberta, enquanto a antena parabólica estava presente 14 FECOMÉRCIOAC / JUN E JUL 2015 /

15 em 47,4% dos domicílios com televisão. Já a Tv por assinatura estava presente em 16,9% dos domicílios com televisão. No Estado do Acre, em 2013, pouco mais de um terço da população (33,9%) não tinha telefone celular, embora o percentual de pessoas com celular tenha avançado 36,9 pontos percentuais desde 2005, quando 68,3% da população não possuía telefone celular. A ausência do celular foi observada, geralmente, entre as pessoas com os menores rendimentos (46,8%) e baixa escolaridade. Dados de outras entidades mostram que o acesso móvel é o que cresce com mais força no País. Em 2014, mais de 50 milhões de linhas de banda larga móvel foram ativadas, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Entre as adições que ocorreram nos últimos meses, em média, 97% foram pela internet móvel (smartphone e tablet). As pessoas querem estar cada vez mais conectadas e o acesso móvel permite isso, afirmou Lara Torchi Esteves, que é Coordenadora da PNAD Contínua/AC e Analista de Planejamento, Gestão e Infra-estrutura em Informações Geográficas e Estatísticas do IBGE. As amigas Wemilly Tomás, Karina Cunha, Beatriz Souza e Dayelle Soares, todas de 14 anos, afirmam que usam muito o telefone celular para acessar a internet e também pelo computador. O celular é mais fácil de manusear, podemos levar para qualquer lugar. Por ele, posso acessar às redes sociais, como também fazer pequenas pesquisas em sala de aula, afirma a jovem Karina Cunha. O IBGE mostrou ainda que o número de pessoas do país que utilizaram o computador para acessar a rede ficou em 78,3 milhões em 2013, contra 78,7 milhões dois anos antes. Esse contingente vinha crescendo a taxas de dois dígitos desde 2005, mas agora está muito próximo da quantidade de domicílios que possuem computador com internet. O fato é considerado evidência de que a ausência do equipamento no lar é uma limitação para a expansão da internet. Sabemos que a renda afeta. Pelo celular, muita gente acessa, mas tablets e computadores são bens mais caros, comentou Maria Lucia Vieira, gerente da Pnad. Daqui para frente, o celular tende a crescer no papel de viabilizar o primeiro contato dos brasileiros com a internet, algo já percebido nos últimos tempos, principalmente com a desoneração dos smartphones em O primeiro contato é por meio do smartphone. Mas isso é só o primeiro passo, afirmou Araújo. O plano do Ministério é investir mais em infraestrutura física para dar mais oportunidades de acesso à população. / JUN E JUL 2015 / FECOMÉRCIOAC 15

16 TEXTO Nayara / Ascom CNC FOTO Ascom CNC Câmara de Comércio de Peças e Acessórios da CNC debate inspeção veicular Os dirigentes empresariais que integram a Câmara Brasileira do Comércio de Peças e Acessórios para Veículos (CBCPAVE) debateram em maio ações visando aprovar o projeto que introduz a Inspeção Técnica Veicular (ITV). Prevista no Código de Trânsito, a proposição tramita no Congresso Nacional desde O vice-presidente Administrativo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Darci Piana, que abriu a reunião em Brasília, disse que o tema é delicado e que vem sendo discutido há tempo demais. Ele enfatizou a necessidade de o setor privado levar subsídios que deem suporte para que deputados e senadores cheguem a uma definição. A ITV tem como objetivo inspecionar e atestar as reais condições dos itens de segurança e de controle de emissão de gases poluentes. Para o coordenador da CBCPAVE, Ari dos Santos, a inspeção é benéfica para a saúde pública, em particular, e para a sociedade como um todo em termos de controle da poluição e defesa do meio ambiente. É também uma questão de segurança e econômica, enfatiza. Na inspeção veicular, verifica-se a emissão de gases dos veículos que, no caso dos mais antigos, é muito elevada. É possível, a partir dessa análise, encaminhar a correção de vários problemas, contribuindo para a redução da poluição. Com a ITV, os automóveis ficarão mais seguros e menos poluentes. O presidente do Sindicato do Comércio de Peças e Acessórios de Veículos do Estado do Acre, Valdemir Alves Nascimento, comenta que a regularização é benéfica e está sendo tratada em alguns estados do país e comenta que cada estado terá que adaptar de acordo com a sua realidade. Quando não é feita a inspeção veicular, o cliente fica vulnerável, tudo esta ligado a manutenção preventiva e ambiental. Não estamos preocupados somente com a questão financeira, mas também com a saúde, analisa Valdemir. Outro destaque da reunião da (CBCPAVE), órgão consultivo da Presidência da CNC, foi a aplicação nos Estados de protocolos do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), que alteram a Margem do Valor Agregado (MVA) das autopeças em regime de substituição tributária quando a indústria paga antecipadamente ao governo. A lei prevê que os Estados são autônomos para definir qual o valor usado. Por diversos fatores, explicou o coordenador da Câmara, as entidades ligadas ao setor de autopeças e as secretarias de Fazenda não dispõem de recursos para realizar levantamentos com instituições respeitáveis de pesquisa que deem subsídios. Por conta disso, os governos estaduais têm seguido o modelo de São Paulo, que tem o maior MVA do Brasil. Isso tem prejudicado os estados menores, com arrecadação pequena. O que queremos é implementar um trabalho em que cada Estado as entidades discutam com as secretarias de Fazenda qual o MVA ideal. O remédio que se aplica em São Paulo talvez cure, mas num Estado pequeno mata, concluiu Ari dos Santos. Também participou da reunião o secretário-geral da CNC, Marcos Arzua. Com informações da CNC. 16 FECOMÉRCIOAC / JUN E JUL 2015 /

17 TEXTO Nayara Lessa FOTOS Rose Peres/Internet Lei reduz taxas de cartórios Na hora de comprar, transferir imóveis, autenticar documentos, dentre outras obrigações em cartórios, existem aquelas séries de taxas e impostos que precisam ser pagos à vista. Quem quer casa, pesquisa endereço e preço, mas nem sempre se lembra do cartório. Depois, a gente se atenta para esse detalhe, mas eu não tinha nem pensado nisso, explica o jovem Samuel Feitosa. As despesas obrigatórias para o negócio variam conforme o estado do país. Recentemente, o Tribunal de Justiça do Acre reformulou a tabela de taxas e serviços oferecidos pelos cartórios do Estado e foi uma boa notícia tanto para a classe empresarial como também para toda população acriana, que utilizam os serviços dos Cartórios do Estado. A Fecomércio, juntamente com outras instituições representativas, encaminhou documento ao Tribunal de Justiça do Estado do Acre, tratando a respeito da insatisfação quanto às altas taxas cobradas pelas Serventias de Registros. A má qualidade dos serviços prestados à população, de acordo com o documento, também é uma reclamação constante. A tabela que estava sendo praticada pelo TJ é uma das mais caras do país. A privatização dos cartórios não trouxe beneficio algum. Outra questão é a respeito da inacessibilidade aos Oficiais Registradores, os quais sempre estão em viagem, ou possuem outras funções, delegando a solução de questões, por vezes complexas, a pessoas que não possuem autonomia ou competência para tanto, relata o superintendente da Fecomércio, Egídio Garó. O superintendente completa ainda que / JUN E JUL 2015 / FECOMÉRCIOAC 17

18 Presidente da Associação dos Notários e Registradores do Acre (Noreg/AC) Antônio Sérgio todo o processo não se reflete apenas nas transações imobiliárias, mas também nos cartórios de registro civil, especificamente no Acre, onde as taxas, se comparadas a outros Estados com as mesmas características como Amapá, Roraima e Tocantins,são consideradas abusivas Esses últimos apresentam valores bem abaixo daqueles praticados no Estado do Acre, o que gera, além da elevação dos custos envolvidos nos procedimentos de registro, uma maior morosidade em todas as etapas dos processos que necessitem a prática desses atos, finaliza Garó. O Tribunal de Justiça do Acre publicou a decisão para o exercício financeiro de 2015, no Diário Oficial Eletrônico. A atualização realizada anteriormente havia superado a variação percentual do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com a nova atualização, a habilitação de um casamento, por exemplo, que custaria R$ 78,45, passa, agora, para R$ 58,17. Já uma escritura pública, para um imóvel cujo valor estivesse na casa de R$ 80 até R$ 100 mil, custaria R$ Com a atualização da tabela, porém, essa escritura custará R$ 1.473,05, quase R$ 400 de diferença. O presidente da Associação dos Notários e Registradores do Acre (Noreg/AC), Antônio Sérgio, explica que a decisão dos preços não é estipulada pelos cartórios como muitos pensam. Nossos preços são com base no que é estabelecido por lei e pelas tabelas de emolumentos divulgada pelo TJ, explica Antônio. A tabela anteriormente publicada sofreu correção de mais de 28% e, por força da nova decisão administrativa, editada pela corregedora geral da Justiça, desembargadora Regina Ferrari, passou a expressar a inflação real (6,33%), o que favorece diretamente os cidadãos que procuram os serviços cartorários. Dessa forma, a população pagará menos nas taxas de certidões, interdições e tutelas. Também ficam mais baratas as certidões de nascimento, casamento e óbito; bem como escritura pública, os registros de imóveis, registros de loteamentos, averbação e até o pacto antenupcial. Lei de Registros Públicos Uma informação pouco divulgada trata da Lei de Registros Públicos em que os serviços de cartórios podem ficar 50% mais barato para quem está comprando o primeiro imóvel. É um benefício que pouca gente conhece, mas que já está em vigor há quase 40 anos. A Lei de Registros Públicos é de 1973 e diz que o desconto se aplica se for o primeiro imóvel, para moradia própria e financiado com recursos do Sistema Financeiro de Habitação. Com informações do TJAC. 18 FECOMÉRCIOAC / JUN E JUL 2015 /

19 Não deixe seu Fim de Ano passar em BRANCO SÓLIDA CALENDÁRIOS SACOLAS E EMBALAGENS CADERNOS E AGENDAS BRINDES APLICAÇÃO DE VERNIZ TOTAL E LOCALIZADO, HOT- STAMPING, RELEVO SECO, CORTES ESPECIAIS Av. São Paulo, Qd. 103-A, Lt Jardim Maria Inês CEP Aparecida de Goiânia - Goiás / JUN E JUL 2015 / FECOMÉRCIOAC 19

20 Comprar, alugar ou vender TEXTO Karoline Oliveira FOTOS Rose Peres Em um ambiente de vai e vem da economia, as pessoas estão preocupadas com o que realmente vale à pena gastar. Pensando no melhor investimento a fazer, a Fecomércio em Revista pesquisou, foi atrás e entrevistou pessoas experientes sobre o que seria mais rentável na área de imóveis: comprar, alugar ou vender. E descobrimos que nas três formas há ganhos. A diferença está naquilo que mais combina com cada investidor e seus interesses. Um sentimento de bom senso vem à tona quando se diz respeito a investir pesado em algo a curto, médio ou longo prazo. Mas nem sempre é fácil como parece e, nesses casos, alguns pontos devem ser observados. O interessado em imóvel para uso pessoal ou para empresa deve avaliar a quantidade de tempo que pretende permanecer no local e averiguar as referências de localização (se são boas ou desfavoráveis). Caso a situação seja favorável, quem comprar estará no lucro e, certamente, quem vender com boa negociação e inteligência, também terá ganhos. O proprietário e corretor da MCM Imóveis, Marcelo Mendonça, por exemplo, garante que quando comparado com locações à longo prazo, a compra é o melhor negócio. As vantagens podem ser positivas em um primeiro momento com o aluguel, mas com o passar do tempo o melhor retorno se dá com a compra, contou. Porém, há quem compre uma casa ou terreno para investir em reforma ou construção, respectivamente, a fim de vendê-la futuramente. Mendonça garante que trabalhar dessa forma é lucrati- 20 FECOMÉRCIOAC / JUN E JUL 2015 /

Como comprar o seu imóvel. Um jeito único de vender.

Como comprar o seu imóvel. Um jeito único de vender. Como comprar o seu imóvel Um jeito único de vender. NOSSA MISSÃO A Impacto Engenharia investe constantemente em um relacionamento mais estreito com seus clientes e assim oferece um jeito único de servir,

Leia mais

O melhor crédito para você

O melhor crédito para você 1016324-4 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

Use bem o seu dinheiro

Use bem o seu dinheiro 1016323-6 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

Sciesp. Clipping 17.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1

Sciesp. Clipping 17.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 Sciesp Clipping 17.06 A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 DESTAK FGTS amplia teto da renda para imóvel com juro menor Famílias

Leia mais

Pesquisa de Orçamento Doméstico

Pesquisa de Orçamento Doméstico Fonte: Sistema Fecomércio MG EE A Pesquisa de Orçamento Doméstico de Belo Horizonte é um balizador do comportamento das famílias, relativo aos seus compromissos correntes e financeiros. A falta de planejamento,

Leia mais

Análise de Endividamento do Consumidor

Análise de Endividamento do Consumidor Belo Horizonte - 2015 A Análise Mensal do Endividamento do Consumidor traça o quadro de endividamento e inadimplência dos consumidores da capital. Essas informações são importantes porque englobam dados

Leia mais

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros!

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! Consórcio Imobiliário na prática Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! 1 Sobre a empresa A A+ Consórcios iniciou suas atividades com o objetivo de gerir

Leia mais

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos.

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos. PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos. Na pessoa física as taxas de juros tiveram uma pequena elevação sendo esta a décima quinta

Leia mais

seu dinheiro Consórcio ou financiamento? #103 Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel

seu dinheiro Consórcio ou financiamento? #103 Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel #103 seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel Consórcio ou financiamento? Poupança com ganho real Investimento volta a superar a inflação

Leia mais

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das camadas populares.

Leia mais

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRA E CONFIANÇA DO CONSUMIDOR

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRA E CONFIANÇA DO CONSUMIDOR DEZEMBRO/2010 PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRA E CONFIANÇA DO CONSUMIDOR RELATÓRIO MENSAL DA PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRA E CONFIANÇA DO CONSUMIDOR DE MANAUS, ANO 2010 - N 12 MANAUS AM 67,2% dos consumidores

Leia mais

O Código de Defesa do Consumidor 7. Como ser um consumidor bem informado? 8. O que é relação de consumo? 10. Conheça os seus direitos 11

O Código de Defesa do Consumidor 7. Como ser um consumidor bem informado? 8. O que é relação de consumo? 10. Conheça os seus direitos 11 SUMÁRIO O Código de Defesa do Consumidor 7 Como ser um consumidor bem informado? 8 O que é relação de consumo? 10 Conheça os seus direitos 11 Prazos para reclamar 17 O que é cadastro 19 Dicas importantes

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS - LEIAM COM ATENÇÃO! DOCUMENTOS NECESSÁRIOS (Apresentar cópia dos documentos para análise, conforme o perfil familiar)

INFORMAÇÕES GERAIS - LEIAM COM ATENÇÃO! DOCUMENTOS NECESSÁRIOS (Apresentar cópia dos documentos para análise, conforme o perfil familiar) PROGRAMA AUXÍLIO PERMANÊNCIA - PAPE/UNIFESP CALOUROS 2012 INFORMAÇÕES GERAIS - LEIAM COM ATENÇÃO! 1. O Programa Auxílio Permanência- PAPE destina-se aos estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

CONSUMIR? SEU DINHEIRO VOCÊ SABE #212. Especialista diz que brasileiro não sabe comprar

CONSUMIR? SEU DINHEIRO VOCÊ SABE #212. Especialista diz que brasileiro não sabe comprar #212 SEU DINHEIRO A SUA REVISTA DE FINANÇAS PESSOAIS VOCÊ SABE CONSUMIR? Especialista diz que brasileiro não sabe comprar COMO PARAR ANTES DO TEMPO CONHEÇA A MELHOR ESTRATÉGIA PARA LARGAR O BATENTE AOS

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org sintetel@sintetel.org. CLARO S/A APRESENTA PROPOSTA VERGONHOSA Depois de enrolar ao máximo o início das negociações, a Claro S/A teve a cara de pau de oferecer APENAS 6% de reajuste salarial, índice muito abaixo da inflação.

Leia mais

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa Perfil Adimplente

Leia mais

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Todas as linhas de crédito para pessoas jurídicas subiram. Para pessoas físicas, houve aumento nos juros do comércio,

Leia mais

www.anefac.com.br Rua 7 de abril. 125 - conj. 405 - CEP 01043-000 República - São Paulo-SP - Telefone: 11 2808-320 PESQUISA DE JUROS

www.anefac.com.br Rua 7 de abril. 125 - conj. 405 - CEP 01043-000 República - São Paulo-SP - Telefone: 11 2808-320 PESQUISA DE JUROS PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em maio/2014, sendo esta a décima segunda elevação seguida, quinta elevação no ano. Estas elevações podem ser atribuídas

Leia mais

cartilha educação financeira

cartilha educação financeira cartilha educação financeira cartilha educação financeira A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA A educação financeira é decisiva para o bem-estar presente e futuro das famílias, contudo, ela nem sempre

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

PESQUISA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA SPC BRASIL. Janeiro 2014

PESQUISA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA SPC BRASIL. Janeiro 2014 PESQUISA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA SPC BRASIL Janeiro 2014 PESQUISA DO SPC BRASIL REVELA QUE 81% DOS BRASILEIROS SABEM POUCO OU NADA SOBRE SUAS FINANÇAS PESSOAIS Os brasileiros ainda estão muito distantes

Leia mais

Plano de Negócios. Fast Break

Plano de Negócios. Fast Break Plano de Negócios Fast Break Aislan Amadio 1 José Marcio Alves Thomé 2 Valéria Figueiredo 3 Vagner Roberto da Costa 4 Maria Eliza Zandarim 5 Resumo O presente estudo tem como objetivo demonstrar e de estruturar

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 5: Serviços Bancários Objetivo Conscientizar nossos clientes sobre os serviços bancários e as funções de cada funcionário O conteúdo deste material é baseado

Leia mais

Táxi em São Paulo parklets

Táxi em São Paulo parklets Táxi em São Paulo A atividade de taxista existe na Capital paulista desde 1902. Naquela época, poucas pessoas possuíam automóveis e o táxi era um meio de transporte muito requisitado. Atualmente, aproximadamente

Leia mais

Pra que serve tudo isso?

Pra que serve tudo isso? Capítulo 1 Pra que serve tudo isso? Parabéns! Você tem em mãos a base para o início de um bom planejamento financeiro. O conhecimento para começar a ver o dinheiro de outro ponto de vista, que nunca foi

Leia mais

Manual de Conduta Escritórios Brasília

Manual de Conduta Escritórios Brasília Manual de Conduta Escritórios Brasília 1 Prezado parceiro, você acaba de ingressar em um novo modelo de gestão de negócios. Seja bem-vindo. 2 Com o único objetivo de aprimorar o seu negócio vamos apresentar

Leia mais

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a Entre nós www.marinhodespachantes.com Novas oportunidades! de todos nossos clientes, parceiros, amigos e colaboradores em 2012 e renovar nosso contrato de amizade para 2013 Elza Aguiar Presidente Todo

Leia mais

Financiando meus sonhos

Financiando meus sonhos Financiando meus sonhos O futuro pertence a quem crê na beleza de seus sonhos. Eleanor Roosevelt, Ex-Primeira Dama Q uando você sonha acordado com o futuro, que tipo de trabalho pensa que pode ter? Os

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO. seja um

Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO. seja um Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO seja um A Boa Vista Serviços é uma empresa genuinamente brasileira, atualizada e inovadora, constituída para a operação do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Leia mais

Matemática. Aula: 02/10. Prof. Pedro. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Matemática. Aula: 02/10. Prof. Pedro. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Matemática Aula: 02/10 Prof. Pedro UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA ALUNOS

Leia mais

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano.

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano. PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano. Esta elevação é reflexo da elevação da Taxa Básica de Juros (Selic)

Leia mais

COMÉRCIO DE RUA É O PREFERIDO ENTRE OS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA

COMÉRCIO DE RUA É O PREFERIDO ENTRE OS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA COMÉRCIO DE RUA É O PREFERIDO ENTRE OS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA Priscila Zanotti Pizol e Luciana Zamprogne A Futura foi às ruas para saber mais a respeito do setor varejista da Grande Vitória, conhecer

Leia mais

1 Onde estou e aonde quero chegar

1 Onde estou e aonde quero chegar Seu futuro é agora O Programa RENDA MAIS da Fundação Atlântico tem como objetivo fomentar o conhecimento sobre educação financeira e previdenciária junto aos seus Participantes. No módulo de Educação Financeira

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em fevereiro/2015. Estas elevações podem ser atribuídas aos seguintes

Leia mais

www.paranoashopping.com.br Seja muito bem vindo ao portal de compras do Paranoá e região!

www.paranoashopping.com.br Seja muito bem vindo ao portal de compras do Paranoá e região! www.paranoashopping.com.br Seja muito bem vindo ao portal de compras do Paranoá e região! Já pensou em vender seus produtos e serviços pela internet? O Brasil é o 3 país onde mais se faz compras pela internet,

Leia mais

ORÇAMENTO DOMÉSTICO PLANEJAMENTO DE COMPRAS FORMAS DE PAGAMENTO ECONOMIA DOMÉSTICA

ORÇAMENTO DOMÉSTICO PLANEJAMENTO DE COMPRAS FORMAS DE PAGAMENTO ECONOMIA DOMÉSTICA junho/2014 ORÇAMENTO DOMÉSTICO PLANEJAMENTO DE COMPRAS FORMAS DE PAGAMENTO ECONOMIA DOMÉSTICA A elaboração do orçamento doméstico nem sempre é uma tarefa fácil. Definir quais são as suas necessidades e

Leia mais

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança 03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança Render 5 Vezes Mais por Leandro Sierra Índice Apresentação...03 Introdução... 04 Passo 1...05 Passo 2... 08 Educação Financeira para a Segurança do seu Investimento...

Leia mais

IMA Institute of Management Accountants PESQUISA DE JUROS

IMA Institute of Management Accountants PESQUISA DE JUROS PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em outubro/2013, sendo esta a sexta elevação no ano. Esta elevação pode ser atribuída à última elevação da Taxa de Juros

Leia mais

SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS

SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS OUTUBRO/2013 FECOMERCIO/TO Hugo de Carvalho Presidente Anselmo da Silva Moraes Vice Presidente Silmara Lustosa Ribeiro Superintendente INSTITUTO FECOMÉRCIO/TO Hugo de

Leia mais

CARTILHA DO. Consumidor

CARTILHA DO. Consumidor CARTILHA DO Consumidor OAB-BA GESTÃO 2013-2015 Luiz Viana Queiroz PRESIDENTE Fabrício de Castro Oliveira VICE-PRESIDENTE Ilana Kátia Vieira Campos SECRETÁRIA-GERAL Antônio Adonias Aguiar Bastos SECRETÁRIO-GERAL

Leia mais

5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem

5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem 5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem 2 ÍNDICE >> Introdução... 3 >> O que é software na nuvem... 6 >> Vantagens do software na nuvem... 8 >> Conclusão... 13 >> Sobre a Frota Control... 15 3 Introdução

Leia mais

Ofereça um atendimento de alto nível e surpreenda

Ofereça um atendimento de alto nível e surpreenda Ofereça um atendimento de alto nível e surpreenda Para profissionais do mercado imobiliário por Índice Introdução... 2 Seja o primeiro a responder... 3 Mantenha seu material em ordem... 4 Tenha o necessário

Leia mais

Soluções permitem o monitoramento a distância das instalações da casa, visando redução de consumo e alto desempenho

Soluções permitem o monitoramento a distância das instalações da casa, visando redução de consumo e alto desempenho Casa do futuro Soluções permitem o monitoramento a distância das instalações da casa, visando redução de consumo e alto desempenho Por Heloisa Medeiros A rápida evolução de produtos e equipamentos eletrônicos

Leia mais

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso.

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. Cliocar Acessórios: A construção de um negócio A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. 2 Conteúdo Resumo executivo... 2 Conhecendo o mercado... 2 Loja

Leia mais

M = C. (1 + (i. T)) Juros compostos:- Como calcular juros compostos: montante, capital inicial, fórmula, taxa, tempo, etc.

M = C. (1 + (i. T)) Juros compostos:- Como calcular juros compostos: montante, capital inicial, fórmula, taxa, tempo, etc. Material de Estudo para Recuperação 9 ano. Juros Simples O regime de juros será simples quando o percentual de juros incidirem apenas sobre o valor principal. Sobre os juros gerados a cada período não

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em janeiro/2015. Estas elevações podem ser atribuídas aos seguintes

Leia mais

Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal

Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Ministério das Comunicações Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD Suplementar 2013 Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular

Leia mais

ELABORACAO DE PLANO DE NEGÓCIOS.

ELABORACAO DE PLANO DE NEGÓCIOS. ELABORACAO DE PLANO DE NEGÓCIOS. Resumo efetuado a partir do Manual Como Elaborar um plano de negócios SEBRAE/ 2013 Profa. Célia Regina Beiro da Silveira ESTRUTURA DO PLANO DE NEGÓCIOS PARA O 1º CONCURSO

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC -

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC - ORIENTAÇÕES: a) Apresentar cópia simples dos documentos de todos os membros do grupo familiar (pessoas que vivem na mesma casa,

Leia mais

CLIPPING. Jornal: Diário do Amazonas Editoria: Plus Página: 23 Data: 06/06/2012 Elaborada: ( ) Espontânea ( x ) Ass. Comunicação

CLIPPING. Jornal: Diário do Amazonas Editoria: Plus Página: 23 Data: 06/06/2012 Elaborada: ( ) Espontânea ( x ) Ass. Comunicação Jornal: Diário do Amazonas Editoria: Plus Página: 23 Data: 06/06/2012 Jornal: Dez Minutos Editoria:Canal Página: 11 Data: 06/06/2012 Jornal: Dez Minutos Editoria:Capa Página: Data: 06/06/2012 SESC promove

Leia mais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Fonte: O Globo Data: 16/09/2015 Seção: Economia Versão: Impresso (página 25) e Online Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Retomada de cobrança

Leia mais

Seu maior bem é o seu nome. Cuide dele.

Seu maior bem é o seu nome. Cuide dele. Seu maior bem é o seu nome. Cuide dele. Saiba como limpar o nome. E mantê-lo limpo. Todos sabemos como é precioso o nosso nome e que dificuldades aparecem para todo mundo. Em muitos momentos da vida nos

Leia mais

Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso

Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso 01 Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE-SP nas seguintes áreas: Organização Empresarial Finanças

Leia mais

COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna.

COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna. COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna. aprendaaviajarbarato.com.br ALINE BALTAZAR 1 Don t let your dreams be dreams... Jack Johnson

Leia mais

MÍDIA KIT. A maior e melhor revista de decoração e design

MÍDIA KIT. A maior e melhor revista de decoração e design MÍDIA KIT A maior e melhor revista de decoração e design NÓS PENSAMOS NO DIA A DIA DO NOSSO LEITOR CASA CLAUDIA inspira e ajuda o leitor a tornar sua casa mais bela, confortável e restauradora nos diferentes

Leia mais

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA?

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? Que nome estranho! O que é isso? Essa expressão, Margem de Contribuição, pode soar estranha aos ouvidos, mas entender o que significa ajudará muito

Leia mais

Mercado mobile, setor bancário e oportunidades de negócio. Copyright 1997-2013 MJV Tecnologia & Inovação. Todos os direitos reservados.

Mercado mobile, setor bancário e oportunidades de negócio. Copyright 1997-2013 MJV Tecnologia & Inovação. Todos os direitos reservados. Mercado mobile, setor bancário e oportunidades de negócio Copyright 1997-2013 MJV Tecnologia & Inovação. Todos os direitos reservados. 1 Este artigo é baseado em estatísticas recentes e discute, brevemente,

Leia mais

VAMOS PLANEJAR... As três palavras mágicas para um bom planejamento financeiro...

VAMOS PLANEJAR... As três palavras mágicas para um bom planejamento financeiro... FASCÍCULO IV VAMOS PLANEJAR... Se você ainda não iniciou seu planejamento financeiro, é importante fazê-lo agora, definindo muito bem seus objetivos, pois, independentemente da sua idade, nunca é cedo

Leia mais

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMOVEIS - 4ª REGIÃO RUA CARIJOS 244 10º ANDAR EDIFICIO WALMAP BELO HORIZONTE-MG Telefone: (31) 3271-6044 Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Ano do : 2014 : 01/01/2014

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO (Leia com bastante atenção toda a ficha, antes de responder)

FICHA DE INSCRIÇÃO (Leia com bastante atenção toda a ficha, antes de responder) Nome do Aluno: FICHA DE INSCRIÇÃO (Leia com bastante atenção toda a ficha, antes de responder) O Programa Bom Aluno tem como alvo bons alunos, que querem estudar e progredir academicamente e pessoalmente.

Leia mais

Viabilidade de Negócios. Serviço

Viabilidade de Negócios. Serviço Viabilidade de Negócios Serviço SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ANALISANDO A VIABILIDADE DO NEGÓCIO... 12 3. INVESTIMENTOS FIXOS... 17 4. GASTOS FIXOS MENSAIS... 23 5. CAPITAL DE GIRO INICIAL... 38 6. INVESTIMENTO

Leia mais

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio Plano de Negócios Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa Modelo de Planejamento prévio Fraiburgo, 2015 Plano de Negócios Um plano de negócios é uma descrição do negócio

Leia mais

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo:

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo: LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

Manual Prático do Usuário

Manual Prático do Usuário Página 12 Saiba mais Em quanto tempo seu cliente recebe o produto Como é emitida a Nota fiscal e recolhido os impostos Pergunte ao Suporte Todos os pedidos serão enviados em até 24 horas úteis, após a

Leia mais

TRANSFORMANDO OPORTUNIDADES EM RESULTADOS:

TRANSFORMANDO OPORTUNIDADES EM RESULTADOS: TRANSFORMANDO OPORTUNIDADES EM RESULTADOS: O Médio Vale do Itajaí é uma das regiões mais desenvolvidas de SC. Um fator primordial para esse potencial econômico é a sua tradição industrial, que faz com

Leia mais

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo IV

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo IV Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo IV Capítulo Quatro O Guia Definitivo para enfrentar suas Dívidas Em algum nível, mesmo que rudimentar, todos sabemos que o endividamento é perigoso.

Leia mais

O Feirão DA SUA CASA.

O Feirão DA SUA CASA. O Feirão DA SUA CASA. Tudo o que você queria saber sobre o financiamento da CAIXA para comprar, construir ou reformar sua casa. E tudo sobre o Programa Minha Casa Minha Vida para quem ganha até R$ 4.900,00.

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação!

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Para realizar sua contemplação providenciar a documentação solicitada abaixo e levar até uma loja do Magazine Luiza ou representação autorizada

Leia mais

Mobilidade Urbana COMO SE FORMAM AS CIDADES? 06/10/2014

Mobilidade Urbana COMO SE FORMAM AS CIDADES? 06/10/2014 Mobilidade Urbana VASCONCELOS, Eduardo Alcântara de. Mobilidade urbana e cidadania. Rio de Janeiro: SENAC NACIONAL, 2012. PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL LUCIANE TASCA COMO SE FORMAM AS CIDADES? Como um

Leia mais

A P R E S E N T A Ç Ã O C O M E R C I A L

A P R E S E N T A Ç Ã O C O M E R C I A L A P R E S E N T A Ç Ã O C O M E R C I A L A EMPRESA Há mais de 30 anos no mercado, a Betha Espaço se consolidou como uma das maiores imobiliárias do Espírito Santo. Líder em Locação no estado, apresenta

Leia mais

Caros Passageiros e Pais SEJAM BEM VINDOS À AEROTUR DISNEY 2011! A Viagem já começou no momento em que você fez a sua inscrição e nós temos certeza de que todos vivem momentos de muitos sonhos, expectativas

Leia mais

Vol. II. Condomínios Residenciais. Manual de Segurança. Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br

Vol. II. Condomínios Residenciais. Manual de Segurança. Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br Vol. II Condomínios Residenciais Manual de Segurança Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br F Apresentação inal de um dia de trabalho. O provável morador acaba de chegar em frente ao seu prédio, esperando

Leia mais

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Novo Negócio 12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Vinícius Gonçalves Equipe Novo Negócio Espero sinceramente que você leia este PDF até o final, pois aqui tem informações muito importantes e que

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS SERVIÇO SOCIAL (Verificar em qual situação se enquadra e apresentar os documentos conforme especificado).

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS SERVIÇO SOCIAL (Verificar em qual situação se enquadra e apresentar os documentos conforme especificado). Sociedade dos Irmãos da Congregação de Santa Cruz COLÉGIO NOTRE DAME DE CAMPINAS Rua Egberto Ferreira de Arruda Camargo nº 151 Bairro Notre Dame Campinas - SP INFORMAÇÕES IMPORTANTES: Os documentos relacionados,

Leia mais

Em 2012, a Abril Mídia lançou a 1ª edição do HOTEL PRO, uma publicação focada nas necessidades da indústria hoteleira.

Em 2012, a Abril Mídia lançou a 1ª edição do HOTEL PRO, uma publicação focada nas necessidades da indústria hoteleira. Em 2012, a Abril Mídia lançou a 1ª edição do HOTEL PRO, uma publicação focada nas necessidades da indústria hoteleira. Um grande sucesso editorial, ela vai agora para a segunda edição (com lançamento em

Leia mais

Lista de casamento. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos. Funciona da seguinte maneira:

Lista de casamento. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos. Funciona da seguinte maneira: Lista de casamento Sugestão de texto de e-mail para o cliente Prezada Srª. XXX, boa tarde. Primeiramente gostaria de agradecer seu importante contato. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos.

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em setembro/2013, sendo esta a quinta elevação no ano. Esta elevação

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013

EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013 EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 POPULAÇÃO... 3 4 COLETA DE DADOS... 3 5 RESULTADOS... 4 Ilustração 1 -

Leia mais

RISCOS NA INTERNET: COMO NEGOCIAR SEU IMÓVEL COM SEGURANÇA

RISCOS NA INTERNET: COMO NEGOCIAR SEU IMÓVEL COM SEGURANÇA RISCOS NA INTERNET: COMO NEGOCIAR SEU IMÓVEL COM SEGURANÇA Apresentamos nas folhas a seguir, a cartilha da campanha RISCOS NA INTERNET: COMO NEGOCIAR SEU IMÓVEL COM SEGURANÇA, que traz sugestões de como

Leia mais

Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos AULA 9

Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos AULA 9 Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos AULA 9 AULA 9 Assunto: Plano Financeiro (V parte) Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE JANEIRO DE 2014 PONTA GROSSA Este relatório, referente ao mês de Janeiro de 2014, da Pesquisa Conjuntural

Leia mais

Os prós e os contras de comprar um imóvel novo

Os prós e os contras de comprar um imóvel novo Os prós e os contras de comprar um imóvel novo Antes de comprar um imóvel na planta ou um novo pronto para morar veja quais são as suas vantagens e desvantagens São Paulo O preço de um imóvel corresponde

Leia mais

Para aa Fornecedores. Rede de Obras. Serviço de Informações Oportunidades d de obras para comercial, marketing e vendas

Para aa Fornecedores. Rede de Obras. Serviço de Informações Oportunidades d de obras para comercial, marketing e vendas Para aa Fornecedores Rede de Obras Serviço de Informações Oportunidades d de obras para comercial, marketing e vendas Informações de acordo com a sua necessidade Com o objetivo de atender a sua empresa

Leia mais

Uma publicação da. Texto Eneida Ana Cirello - Igor Apanavicius - Magda Solange Pedroso Padovan

Uma publicação da. Texto Eneida Ana Cirello - Igor Apanavicius - Magda Solange Pedroso Padovan Uma publicação da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor - PROCON/SP Texto Eneida Ana Cirello - Igor Apanavicius - Magda Solange Pedroso Padovan Revisão Técnica Andréa Sanchez - Claudete Ottoni dos

Leia mais

PESQUISA DIA DOS PAIS - NATAL

PESQUISA DIA DOS PAIS - NATAL PESQUISA DIA DOS PAIS - NATAL 1 Natal, julho de 2015 Sumário 1. ASPECTOS TÉCNICOS... 3 2. SÍNTESE DOS RESULTADOS... 4 Presentes... 4 Gastos... 4 Local e quando compra... 4 Estratégias... 5 Passeio... 5

Leia mais

RAIO X DO CONSUMO JORNAL O GLOBO

RAIO X DO CONSUMO JORNAL O GLOBO RAIO X DO CONSUMO JORNAL O GLOBO Publicado em 12 de junho de 2009 Ficou pronta a 1 pesquisa do Simerj, Sindicato do Varejo de eletroeletrônicos do Rio, em parceria com a Fecomércio-RJ. As entidades ouviram,

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org sintetel@sintetel.org. TELECOMUNICAÇÕES TÊM MAIOR PRODUTIVIDADE DO SETOR DE SERVIÇOS, DIZ IBGE A Pesquisa Anual de Serviços 2013, divulgada nesta quarta-feira, 23, pelo IBGE, apontou para um total de 1,2 milhão de empresas,

Leia mais

PORTARIA N o 268, DE 30 DE JULHO DE 2013. (publicada no DOU de 31/07/2013, seção I, página 100)

PORTARIA N o 268, DE 30 DE JULHO DE 2013. (publicada no DOU de 31/07/2013, seção I, página 100) PORTARIA N o 268, DE 30 DE JULHO DE 2013. (publicada no DOU de 31/07/2013, seção I, página 100) A MINISTRA DE ESTADO DO PLANEAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições que lhe confere o inciso

Leia mais

CARTILHA TIRA - DÚVIDAS (Elaborada por Bel Contabilidade Eireli EPP)

CARTILHA TIRA - DÚVIDAS (Elaborada por Bel Contabilidade Eireli EPP) CARTILHA TIRA - DÚVIDAS (Elaborada por Bel Contabilidade Eireli EPP) Edição 2013 01) O que é Microempreendedor Individual - MEI? Considera-se Microempreendedor Individual - MEI o empresário individual

Leia mais

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE No ato de entrega dos documentos o candidato deve apresentar os originais e as cópias para conferência. 1.Documentos Diversos a) Cópia de documento de identificação (ou certidão de nascimento, quando menor

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG 06/08/2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG Professores

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Consumidor Orçamento Doméstico. Abril 2013

Pesquisa de Opinião do Consumidor Orçamento Doméstico. Abril 2013 Pesquisa de Opinião do Consumidor Abril Belo Horizonte MG Abril de Apresentação Acompanhar o consumidor através da organização de seu orçamento doméstico é uma ferramenta valiosa para auxiliar a tomada

Leia mais

Com esse guia, nós vamos te ajudar a organizar a gestão das viagens da sua empresa.

Com esse guia, nós vamos te ajudar a organizar a gestão das viagens da sua empresa. Com esse guia, nós vamos te ajudar a organizar a gestão das viagens da sua empresa. Economizar é a prioridade e sabemos que é possível ter até 40% de economia se a empresa nunca teve nenhum tipo de controle

Leia mais

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015 Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 O cenário econômico nacional em 2014 A inflação foi superior ao centro da meta pelo quinto

Leia mais