Lembro-me da primeira vez

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lembro-me da primeira vez"

Transcrição

1 Boletim Informativo da Igreja Evangélica Holiness do Brasil Ano XIX N o 64 Jan a Jun/2014 O desafio de ser relevante Adaptar-se sem conformar-se Lembro-me da primeira vez em que ouvi o seguinte: O que aconteceria se sua igreja desaparecesse da localidade?. A pergunta nos faz pensar sobre nossa relevância no meio em que estamos inseridos. As palavras de Jesus vós sois o sal da terra e se o sal não salgar para nada mais serve (Mt 5.13) nos fazem pensar sobre o real significado do nosso propósito na terra e se, de fato, estamos vivendo de acordo com ele. Com essa referência, relevante é aquele que, com sua vida, palavras e ações, promove impacto e exerce influência positiva sobre a vida de outros. Um mundo carente O mundo, e particularmente nossa nação, tem recebido muita influência religiosa, mas pouca que provém do ensino e da prática do verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo. Como discípulos do Senhor Jesus, temos nos tornamos conhecidos em diversas áreas, mas infelizmente somos pouco expressivos naquilo que deveria ser nossa principal tarefa: inundar a sociedade com a mensagem transformadora do Evangelho. Não estou considerando somente aquilo que é obviamente importante, a pregação da Palavra. Refiro-me principalmente à maneira como vivenciamos e transmitimos a Palavra de Deus através da nossa vida no cotidiano. A grande dificuldade é com- preender o paradoxo da nossa identificação com o mundo. Com afinco, buscamos ser iguais ao mundo para ser aceitos e ouvidos; no entanto, quanto mais parecidos com o mundo, menos podemos de influenciá-lo. Nossa semelhança com o mundo torna nosso discurso insípido e nossa presença na terra insignificante. A partir de Mt 5.13 e 14, podemos dizer que o mundo está sem sabor, sem vida, apodrecendo e em trevas; ele precisa de luz e salinidade para ser transformado. Quando a igreja se torna igual ao mundo, que diferença ela pode fazer se perde sua luminosidade e seu poder de salgar? Que benefício ela pode trazer se já não tem poder de contrastar e oferecer alternativa? E se a igreja não faz diferença, que relevância ela tem para as pessoas ao seu redor? O Desafio A complexidade é grande, especialmente porque somos tendenciosos aos extremos. Com certeza, não há resposta ou solução simplista, mas há um chamado para uma postura radical de não conformação com os valores e ensinos deste mundo (Rm 12.1). A tônica é: adaptar-se sem conformar-se. A mesma coisa que já foi dita de outra forma:... estar no mundo, mas sem ser do mundo (cf. Jo 17.11,16). A identidade e a mensagem da Igreja de Cristo jamais podem ser corrompidas, maculadas e negociadas nem mesmo a pretexto de ser mais atual e adequada, com fins de aceitação. Jamais podemos esquecer que o poder transformador do Evangelho reside no fato de ele ser genuinamente o Evangelho da Cruz. É esse Evangelho não mesclado, não maculado, não adulterado que tem poder para promover mudança na vida das pessoas e, consequentemente, na sociedade. Como Igreja, é preciso entender que só cumpriremos nosso propósito de ser relevantes se estivermos inteiramente comprometidos em viver os princípios do Evangelho na sua integralidade. Pr. Vagner de Paula 1º Vice Presidente da DC da IEHB e pastor da IEH de Campo Grande

2 Outubro/Novembro/Dezembro de 2013 Editorial Viver como cristão nos dias de hoje Vivemos tempos em que, no meio da correria deste mundo altamente tecnológico e tão cheio de demandas, nos perguntamos como é viver como cristãos. As influências vindas de vários lados ofuscam nossa mente. Por vezes, os valores bíblicos se confundem e acabam miscigenados a tal ponto com os valores do mundo corrente que nos dificultam discernir a verdadeira essência do cristianismo. Valores esses que deveríamos guardar com unhas e dentes. Neste número, temos histórias que se fazem rapidamente e com grandes mobilizações ao lado de histórias de revezes (aos olhos humanos), como a da evangelização em Macau. O irmão Chang, em Macau, tem levado mais de 15 anos para confirmar a sua fé em Jesus, num processo de longa perseverança do irmão e dos missionários que investem em sua vida. Podemos nos animar lembrando que em algum tempo, em algum lugar, algo pode frutificar, pois Deus é que é o Senhor de toda a obra. Que o Senhor nos ajude a não perder o foco da missão e a ajustar a prática dos seus valores nos dias em que vivemos. Fatos e Notas Cirurgia No dia 14 de março, o pastor jubilado Kinji Kajimura foi submetido a uma cirurgia em consequência de fratura de um fêmur, em Presidente Prudente. O pr. Kajimura é pai do também pastor Jessé Manabu Kajimura. A pra. Lica (Eliane Morishigue) foi submetida em Osasco a uma cirurgia de emergência para tratar de um problema de apendicite, no dia 21 de março. Nascimento Dario Kotaro Muta, filho do pr. Celso e de Eriko Muta, nasceu no dia 11 de março com 2,825 kg, de parto normal, no Japão. Dario Kotaro é o segundo filho do casal de pastores que atualmente serve na IEH de Oppama. peruano Francis Oishi e de Maria Oishi. Aca Pesca Diversificar os eventos para alcançar mais vidas assim foi definido o Aca Pesca, que aconteceu nos dias 8 e 9, no Aca. Panorama. Cerca de 30 pessoas da 2ª Região estiveram envolvidas em atividades de pesca, ao mesmo tempo em que desfrutavam de comunhão com os demais participantes e ainda puderam ouvir da palavra de Deus. O próximo Aca Pesca já está marcado para os dias 14 e 15 de março de ª Região Eleitos o novo Coordenador (pr. Marcos Nomura, da IEH de Maringá) e o Vice-coordenador (pr. Orlando Nakagawa, da IEH de Curitiba). A eleição foi feita por ocasião da reunião da Diretoria Regional, no dia 28 de março, em Curitiba. Terreno em Paranaguá No dia 30 de março, cerca de 45 pessoas participaram da consagração do terreno em Paranaguá, com a presença do presidente da DC, pr. Luiz Hashimoto. O terreno, localizado na rua Aluízio Ferreira de Abreu, 109 Via Eldorado, abrigará em breve a IEH de Paranaguá, que conta atualmente com cerca de 25 participantes. Falecimento A sra. Missako Nakaza, mãe da obreira Daniela Nakaza Sato, faleceu no dia 7 de abril em decorrência de agravamento de sua saúde por conta de um tumor no pâncreas. Aquisição de terreno A Congregação de Dracena adquiriu recentemente um terreno onde pretendem construir as instalações da igreja. O terreno, de 12m x 30m, está localizado na rua Alcebíades Vitorino de Souza, lote 4, quadra A, no bairro Frei Moacir III. 2 Daiki Oishi nasceu no dia 16 de maio com 4,300kg e 51 cm. Daiki nasceu de parto cesariana em Lima, Peru. Daiki é o segundo filho do missionário Consagração do Terreno de Paranaguá Reclamações, críticas ou sugestões? Mande um para Visite também o Hora H Online no endereço Yakisoba no Aba O Instituto Aba Holiness realizou um Yakisoba beneficente no dia 12 de abril, nas suas dependências. A renda será destinada à pintura da quadra esportiva utilizada nas atividades do projeto. Informações:

3 Fatos e Notas Participantes em ação no AcaPesca 2014 Retiro de Jovens 2ª Região As mocidades das igrejas da 2ª Região e da IEH de Três Lagoas estiveram reunidas em Panorama entre os dias 18 e 21 de abril para o Retiro de Páscoa. A pra. Katia Suzuki foi a preletora do retiro, que teve como tema: Como ser cristão nos dias de hoje. 3ª Região De 18 a 20 de abril, os jovens das igrejas do Paraná reuniram- -se no Aca. Shalom de Londrina para o seu encontro. O preletor foi o pr. Dom Carlo Reina. Informações: holiness3?ref=br_tf Retiro de pastores no Japão Aproveitando a oportunidade de visita do presidente da DC da CIEHB, os pastores e suas esposas realizaram um retiro entre os dias 30 de abril 1º de maio. Diretorias Regionais As novas diretorias regionais eleitas durante os concílios são: Japão Coordenador: pr. Adriano Kuroki (IEH de Toyohashi) Vice-Coordenador: pr. Celso Muta (IEH de Oppama) 1º Tesoureiro: Shigueyuki Nakamatsu (IEH de Hadano) 2º Tesoureiro: Sérgio Aoki (IEH de Toyota) 1º Secretário: Elba Kobori (IEH de Toyohashi) 2º Secretário: Fábio Urushibata (IEH de Hadano) 3ª Região Coordenador: pr. Marcos Nomura (IEH de Maringá) Vice-Coordenador: pr. Orlando Nakagawa (IEH de Curitiba) 1º Tesoureiro: pr. Gustavo Watarai (IEH de Londrina) 2º Tesoureiro: Luiz Suzuki (IEH de Assaí) 1º Secretário: pr. Alexandre Okamoto (IEH de Curitiba) 2º Secretário: pra. Eliana Shimano (IEH de Maringá) Adore Prático Adoração que leva a missão na prática. Esse foi o lema que guiou profissionais e estudantes de várias áreas e de várias igrejas para a realização do Adore Prático, no período de 1º a 4 de maio. As ações aconteceram no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, e foram realizadas em parceria com o Projeto CIES (Centro de Integração, Educação e Saúde). Festa Caipira Como em todos os anos, as igrejas da 1ª Região promoveram, no dia 31 de maio, a Festa Caipira. As igrejas entram com o material, a mão de obra para oferecer boa comida e o entretenimento aos presentes. A renda é revertida para o Instituto Amar Holiness, em Suzano, e o Instituto Aba Holiness, em Itaquera. 50 anos A IEH de Americanópolis comemorou 50 anos de trabalhos no dia 31 de maio, às 15 horas, nas suas dependências. Durante a comemoração, houve um momento de compartilhamento e agradecimento a Deus pelas bênçãos. Bazar do Aba O Instituto Aba Holiness, em Itaquera/SP, organizou um de seus bazares no dia 7 de junho. O evento foi realizado com a cooperação de vários voluntários e contou com a venda de usados e alimentos para consumo no local. A renda adquirida será revertida para o próprio Instituto Aba. Informações: Jovens 1ª Região O retiro de Jovens da 1ª Região acontece entre os dias 19 e 22 de junho, no Aca. Shalom, com o tema: #FazValerAPena. Os preletores do evento são os pastores Shinze Yahiro, de Londrina, e Kengo Sato, de São Bernardo do Campo. Informações: gmail.com X-Camp 4 O Aca. Panorama realiza a 4ª edição do X-Camp, entre os dias 19 e 22 de junho. Para os participantes, oficinas de skate, break, teatro, street dance, pirofagia, grafite, DJ, Batalha de Mc s. Informações: www. acampamentopanorama.com.br Agenda Festival do Japão As igrejas da 1ª Região estarão participando do Festival do Japão, que neste ano acontece entre os dias 4 e 6 de julho. Em sua 17ª edição, tem como sugestivo tema A origem da Felicidade. Como em anos anteriores, a igreja estará responsável pelo espaço da melhor idade. Informações com o pr. Maki Suzuki: Concílios Regionais Neste ano, as regiões realização seus concílios de forma distinta, segundo o seguinte calendário: 1ª Região: 5 a 7 de setembro, em local a ser definido posteriormente 2ª Região: 5 a 7 de setembro, no Aca. Panorama 3ª Região: 23 a 25 de maio, em Maringá 4ª Região: 19 a 22 de junho, em Dourados 5ª Região (Japão): 2 a 4 de maio Festival do Japão/MT A IEH de Cuiabá participará na 4ª edição do Festival do Japão, que será realizado na cidade entre os dias 12 e 14 de setembro, marcando a presença da igreja no meio da comunidade nikkei local. Encontro de Mulheres da 2ª Região As igrejas da 2ª Região realizarão nos dias 20 e 21 de setembro o encontro de mulheres, no Acampamento Panorama. As preletoras serão a pra. Noemi Hashimoto e Liana Goya. 3

4 Outubro/Novembro/Dezembro de 2013 Missões Três anos depois do Tsunami Os voluntários levam amor aonde a onda trouxe dor Um discurso teológico decorado e sem a devida reflexão não trará o mínimo de conforto às situações que encontramos em Tohoku. Muitas vezes, o próprio silêncio é muito mais eficaz do que palavras, comenta o pr. Adriano Kuroki sobre as lições de quem foi várias vezes levar o consolo e o amor de Deus às vitimas do tsunami. Março de O dia 11 ficou marcado na mente de muitas pessoas. Nesse dia, uma onda gigantesca atingiu a região nordeste (Tohoku) do Japão, trazendo muita desolação, interrompendo vidas, destruindo lavouras, separando famílias, desmoronando sonhos. Do Brasil, foram enviadas ofertas; dos brasileiros que vivem no Japão, foram enviadas pernas e braços, além das ofertas. Muitos quilômetros rodados, muitos ienes e horas doados. Mais de 15 viagens realizadas, a última delas em março deste ano. Faz tão bem! É o que sentem as duas brasileiras que vivem na região ao ver os brasileiros que levam auxilio voluntário. Sobre a chegada do evangelho ao povo, o pr. Adriano avalia: Fizemos boas amizades... nas moradias provisórias não falamos de Deus a não ser que houvesse um momento mais pessoal com alguém que desejasse saber mais. Caso contrário, simplesmente ficávamos juntos fazendo algum trabalho manual... O sentimento de gratidão é muito grande da parte de muitos deles. Deus queira que logo eles entendam que nossa ida a Tohoku é o próprio amor de Deus por eles. Carta de agradecimento à Igreja Holiness do Brasil Para nós, o dia de hoje, 11 de março, é especial. Já se passaram três anos desde a tragédia do tsunami que varreu o nordeste do Japão. Ao passar pelo mesmo dia pela quarta vez, ainda se podem ver muitas pessoas que perderam familiares e todos os bens, incluindo suas casas. Vivem em casas provisórias. Desde ontem estamos, em revezamento, realizando uma reunião de oração contínua na Ishinomaki Mission Network. Hoje de manhã fiquei orando nesse sistema das 8h às 9h. Agora, quando voltamos para ver os acontecimentos ligados a essa tragédia, vemos o quanto fomos sustentados e auxiliados por cristãos, igrejas, grupos de ajuda, cidadãos, amigos, e ficamos cheios de gratidão. O trabalho de retirar a lama das casas, dos campos de plantio e das estradas em locais em que as máquinas não podiam trabalhar foi feito por essas pessoas, com pás empunhadas por suas mãos. Desde o final de abril de 2011, junto com o Missionário Dean, temos recebido a ajuda de voluntários cristãos do mundo inteiro, que vão a locais onde as equipes de socorro não são frequentes. Na região do porto de Ishinomaki, casas novas e construções foram atingidas por ondas de mais de dois metros de altura. As grandes construções e as casas foram demolidas pela Defesa Civil, porém as estradas e os terrenos baldios ficaram tomados por montanhas de carros que foram arrastados para lá, telhas e entulho. O mau cheiro é nauseante. Em uma hora tão difícil, recebemos ajuda voluntária de pessoas da Igreja Holiness do Brasil. Serviram entre nós o pr. Adriano Kuroki, da Igreja de Toyohashi, além do pr. Muta (Celso), do pr. Kamiyama (Márcio) e de muitos irmãos e irmãs que retornaram aqui várias vezes. A grande maioria desses irmãos e irmãs trabalha nas fábricas do Japão em lugares distantes do local onde ocorreu o tsunami. Saíam após o término do serviço nas fábricas, revezando-se tanto para dirigir quanto para dormir e assim chegavam de manhã em Ishinomaki. E, sem descanso, começavam a tirar a lama e a limpar casas, em um trabalho bem pesado. Alguns vinham em seus dias de folga do trabalho, outros tiravam férias e passavam aqui vários dias. Eles mesmos se responsabilizavam por encontrar um lugar para pousar, trazendo até mesmo suas próprias refeições, servindo de modo sacrificial. Retornavam a suas casas à noite após o trabalho, para, no dia seguinte, estar em seus empregos. Quantos de nós e dos desabrigados foram encorajados e tocados vendo- -os agir dessa maneira! O pr. Adriano, em especial, amou nossa pequena Igreja na Casa Casa de oração de Ishinomaki e tem nos trazido muitas mensagens encorajadoras. Nós, e os membros de nossa igreja aprendemos a gostar do café brasileiro que o pr. Adriano sempre nos traz a cada visita. Não tenho palavras para expressar o quanto suas mensagens simples e diretas têm nos consolado e nos dado forças. Não podemos jamais nos esquecer do amor e do serviço ao Senhor por parte de todos. Vocês são os exemplos do Bom próximo. Expresso aqui minha gratidão do fundo do meu coração. No Amor do Senhor, Hajime Abe Responsável pela Casa de Oração 4

5 Missões Sem barreiras na terra dos hermanos Membros Holiness formam a primeira equipe da Jems América do Sul Um projeto missionário a se realizar Argentina seria no mínimo polêmico, conforme disse John Katagi, presidente da Jems (Japanese Evangelical Missionary Society). Afinal, qual a razão de evangelizar uma nação que, além de cristianizada, é rival histórica do Brasil nos campos político e esportivo? A primeira reação de muitos brasileiros foi uma certa aversão à ideia. A equipe foi composta por 10 pessoas, de 1 ano a 62 anos. Eram nove brasileiros e um americano. Várias idades e estados civis. As diferenças eram muitas, mas o entrosamento foi grande. John Katagi disse que foi uma das melhores equipes que ele liderou, sendo essa a primeira equipe brasileira da Jems. O resultado foi animador. O grupo descobriu uma Argentina que vai além do papa, dos alfajores e do futebol. Um país multirracial, poliglota e transcultural. E, especificamente, conheceram uma parte do corpo de Cristo na qual descobriram que aquilo que os une é muito maior do que qualquer barreira geográfica, cultural ou idiomática: Cristo. Isso basta para fazer uma igreja universal. Pastor John Katagi na EBF em Berisso As viagens A base da equipe foi em Buenos Aires, na Igreja Metodista Livre, mas viajou para três lugares no estado, chamado de Província de Buenos Aires. A primeira parte do trabalho aconteceu no Acampamento Nozomi En (seta azul), na cidade de Moreno, próxima à capital. Era um evento da Iglesia Evangélica Japonesa, que, sob a liderança do pastor Ruben Uesu, reuniu cerca de 70 pessoas de várias denominações orientais: chineses, taiwaneses, coreanos, japoneses, além de argentinos, colombianos, peruanos, entre outras etnias. O time brasileiro levou brincadeiras, trabalhos manuais, além de ajudar no louvor e nos momentos de testemunhos e mensagens. A semana encerrou-se com um culto na própria igreja. Em todas as mensagens, houve tradutores do português ou japonês para o castelhano. A segunda semana começou com a equipe na cidade de Berisso (seta vermelha), na Misión Puentes, que, sob a liderança do pastor brasileiro Paulo Ferreira, realiza um trabalho social e evangelístico em um bairro carente da cidade. Aqui, houve uma EBF (Escola Bíblica de Férias), e a equipe Holiness trabalhou junto com a equipe da Missão, que era brasileira e deu um clima de sentir-se em casa ao nosso pessoal. A segunda semana terminou com um deslocamento de 350 km ao norte, para uma cidade chamada Colón (seta verde), onde está a Iglesia dos Hermanos. O pastor Luis Yonamine foi quem cuidou da equipe e, nas suas palavras, o objetivo da igreja era abençoar a equipe brasileira da Jems, o que de fato aconteceu. O calor estava intenso, mesmo para os argentinos: sensação térmica de 47 graus, o que ocasionou alguns blecautes na Província de Buenos Aires. Mas a igreja deixou nosso pessoal à vontade e foi tão amável que chegou a constranger, segundo o pastor Elias Sugano. Lá também houve EBF e workshops. Um só corpo Por fim, no último domingo, já de volta à capital (seta laranja), o grupo se dividiu: uma parte foi para a igreja de Megumi En, e outra voltou para a Iglesia Evangélica Japonesa. Foram Escola Bíblica de Férias em Colón Colón Bolívia Brasil Chile Paraguai Argentina Uruguai duas semanas intensas de amizades, correria, calor, transculturalidade, oração, louvor, perguntas e respostas, e por fim, muita gratidão. Gratidão pelo cuidado do Pai sobre a saúde de cada um. Gratidão pelo suprimento financeiro. Gratidão pelas vidas e testemunhos preciosos que conheceram. Gratidão pela oportunidade de conviver com uma parte do Corpo de Cristo que está tão longe, mas simultaneamente perto, no sofrimento, nas conquistas e na visão do Reino, de forma que o sentimento de irmandade ultrapassava qualquer barreira de língua, cultura, raça, denominação e... até mesmo... time de futebol. Moreno Buenos Aires Berisso 5

6 Janeiro a Junho de Concílios Regionais Vede os campos que branquejam no oriente Ver, sentir, escutar, amar Passamos tempos preciosos com a família Moreira em Macau, com a família Muta em Oppama, com a família Kamiyama em Hadano, com o casal Kuroki em Toyohashi e com a família Tsukada em Niigata. Ver, sentir, escutar, amar foi o que tentamos fazer. Vimos um país se reerguendo após crise financeira, terremoto e tsunami. Vimos os pastores dando a vida, amando os brasileiros e se esforçando para se aproximar dos japoneses. Vimos irmãos que, com compromisso, estão firmes, alegres e animados, batalhando na obra do Senhor mesmo diante de tantas lutas e dificuldades. Vimos que o campo é vasto e imensamente desafiador, precisando de mais obreiros e líderes locais. Vimos esperançosos filhos de brasileiros que falam japonês se levantarem como candidatos ao ministério e desejam servir no Japão. Sentimos acolhimento pela Igreja Holiness do Japão através dos pastores Nakanishi, Nakamiti e Omae, que demonstraram o desejo de continuar e intensificar uma aproximação com a CIEHB. Sentimos o caloroso acolhimento de cada pastor e de suas igrejas e percebemos de perto as lutas que cada um e suas igrejas estão enfrentando. Deus nos proporcionou um tempo precioso de comunhão, oração e compartilhamento em um retiro de dois dias com os pastores em Oppama. Sentimos gozo e alegria vendo o ministério atuante e impactante do pr. Tsukada e família com aquele toque de Brasil ganho no tempo que pastorearam aqui. Escutamos o clamor dos nossos Luiz Hashimoto pastores, das nossas igrejas, dos nossos queridos irmãos. Diante disso, percebemos o grande desafio de os pastores trabalharem a questão do pastoreio mútuo. As igrejas estão lutando na questão financeira devido à crise. Muitos brasileiros estão retornando ao Brasil, afetando o caixa central responsável pelo sustento dos nossos pastores. As igrejas de Oppama e Kawasaki foram afetadas pela crise e a diminuição de membros. Os irmãos que ficaram estão firmes e novas pessoas estão chegando. Lá, ainda tivemos a consagração de Dário Kotaru Muta, filho de Celso e Erico. Comemoramos juntos os 5 anos de casamento e aniversário do pr. Celso. A igreja de Hadano, que utiliza o prédio da Igreja Holiness Japonesa, está num momento de aperto. O espaço para os cultos já não é suficiente. Estão orando por um outro local. Tem havido um bom trabalho com jovens e com o ministério Kings Kids (Grupo Shalon). A pra. Noemi pôde dar estudo aos jovens. Na igreja de Toyohashi e Toyota, têm surgido muitas pessoas novas, e um bom grupo está se preparando para o batismo. Há muitas visitas e acompanhamentos de pessoas enfermas. Uma igreja alegre e animada com vários casais jovens e bom número de crianças e adolescentes. Em Toyota, a pra. Noemi pôde falar sobre capelania hospitalar a um grupo que trabalha nessa área. Em Toyohashi, o pr. Luiz falou ao grupo de homens e a pra. Noemi, às mulheres. Os desafios continuam, e um deles é a continuidade na evangelização não só de brasileiros, mas também dos japoneses. Após as visitas e contatos com as igrejas, encerrou-se esse tempo com um Retiro com todas as igrejas Holiness brasileiras. Cerca de 80 pessoas participaram. Eu e minha esposa Noemi tivemos o privilégio de ser os preletores desse Retiro. Tempo muito especial de comunhão e oração por cada igreja e família de pastores. Aconteceu nesse tempo a reunião do Diretório Regional e a eleição do novo diretório para a gestão de As necessidades e os desafios continuam grandes e constantes. Diante deles, o que podemos fazer para ajudar? Podemos orar pelos pastores e pelas igrejas; contribuir financeiramente nessa fase de crise; consagrar tempo de nossa vida indo para o Japão cooperar com o trabalho, como fazedores de tendas. Experimentamos tempos preciosos e voltamos encorajados a orar mais por esse país e pelas igrejas que lá estão. Diretoria Japão. Da esq. para a dir.: Sérgio Aoki, Shigueyuki Nakamatsu, Celso Muta, Adriano Kuroki, Fábio Urushibata e Elba Kobori Pr. Luiz Hashimoto Presidente da CIEH do Brasil e pastor da IEH do Bosque

7 Concílios Regionais Unidos para transformar Terceira Região reflete sobre a obediência à Grande Comissão Na Estância Fonte da Vida, em Maringá, entre os dias 23 e 25 de maio, aconteceu o Concílio da 3ª Região, com o tema Caminhando em unidade, transformando a realidade. Houve grande participação, com cerca de 70 pessoas representando as cidades de Assaí, Curitiba, Londrina e Maringá, além de membros da DC. Durante o Concílio, as palavras ministradas foram sobre a obediência que devemos ter em relação à Grande Comissão (Mateus ) e a transformação que deve começar em nós, com quebrantamento, arrependimento e perdão assuntos que trouxeram reflexão e motivação para os presentes. Como o tema do Concílio falava sobre unidade, houve momentos de divisão em grupos para digestão após a mensagem, com breve relatório de cada igreja. Em outro período, houve divisão em grupos pequenos de acordo com o ministério para compartilhamento e elaboração de projetos para a Região. A manhã de domingo foi marcada por um tempo de intercessão por cada igreja e Santa Ceia, fortalecendo ainda mais a unidade na Região e em cada igreja. Eleição da Diretoria Regional ( ) Nesse Concílio, houve ainda a eleição de parte da Diretoria Regional. O coordenador, pr. Marcos Nomura, e o vice-coordenador, pr. Orlando Nakagawa, haviam sido eleitos anteriormente em uma reunião regional. Os eleitos nesse Concílio para a gestão foram: pr. Alexandre Okamoto (1º secretário), pra. Eliana Shimano (2ª secretária), pr. Gustavo Watarai (1º tesoureiro) e Luiz Suzuki (2º tesoureiro). Expectativas sobre a Região Muitos pontos em comum entre Participantes do Concílio da 3ª Região as igrejas foram vistos no Concílio, muitos ministérios puderam trocar experiências e sonhar juntos. O próximo passo é corresponder ao que foi proposto e buscar transformar a realidade a partir do que foi conversado e das expectativas geradas. Nas palavras do coordenador, pr. Marcos Nomura, os projetos, os sonhos e as ações que brotaram nos corações durante este Concílio serão uma grande alavanca para tornar nossa realidade diferente e transformada para melhor. Vamos continuar firmes e em unidade para cumprir os propósitos de Deus. Obedecendo ao Chamado de Deus Nair Yassuda, da IEH de Maringá, participava do Concílio Regional em 2010 quando sentiu o chamado de Deus para auxiliar no ministério de língua japonesa em sua igreja. Na época, a participação de Nair era apenas acompanhar sua mãe nas reuniões. Durante uma mensagem do Concílio, o versículo de 2 Timóteo impactou seu coração em relação a dar o melhor para Deus. No último dia, houve um apelo para quem quisesse servir a Deus ou se dispusesse a isso, ainda que sentisse muita insegurança. Então, ela disse: Está bem Deus, se o Senhor quer que eu ajude, vou ajudar. Após atender o apelo e conversar com os pastores, Nair participou por mais de um ano de estudos bíblicos, leitura e escrita em japonês. Ela já falava o idioma, mas nunca havia utilizado isso na igreja. Então, a pedido do pr. Shozo Hirose, começou a ajudar no louvor e depois com as traduções nas reuniões e nos cultos. O pregador enviava previamente a mensagem, ela estudava e traduzia nos cultos. Helena Nakasato, principalmente, e Nair Yassuda (à esquerda) e sua amiga Helena Nakasato da IEH de Maringá outras pessoas que também participam do ministério começaram a incentivar Nair a tentar realizar a tradução simultânea, porque acreditavam em sua capacidade, até que ela aceitou o desafio. Hoje, Nair participa semanalmente nas atividades às quintas- -feiras e nos cultos aos domingos, ajudando e traduzindo simultaneamente a mensagem. Ela testemunha que quando você obedece, Deus cuida de tudo, porque a partir do momento em que se dispôs, as portas foram se abrindo para que ela auxiliasse no ministério. O chamado de Deus que aconteceu em um Concílio passado demonstrou os frutos da obediência quatro anos depois. 7

8 Janeiro a Junho de Missões Macau, qual é a tua direção, Senhor? Os cultos retornam ao apartamento dos missionários O salão alugado em 2009 para acolher a Associação Cristã Evangélica Holiness em Macau, como existe legalmente a Igreja Evangélica Holiness em Macau, precisou ser devolvido em março de A alegria de alugar o salão foi grande. Era a primeira vez que se poderia se reunir em um lugar parecido com uma igreja, após anos de trabalho de evangelização em Macau. Ofertas chegaram do Japão e do Brasil, além de recursos da própria família de missionários. Irmãos foram do Japão em grupos para realizar o trabalho braçal de reforma do local. Até os chineses não cristãos ofertaram para aquela obra. Nesse local foi realizada a primeira santa ceia desse campo missionário, após os primeiros batismos em O missionário Moreira conta que ao se instalarem no salão alugado, era difícil a aceitação por parte dos vizinhos. No início, os chineses viam com certa desconfiança uma igreja com um missionário não chinês à frente. Somente nos dois últimos anos, após observar suas vidas e testemunhos, é que foram aos poucos sendo aceitos. Alguns chineses até aceitaram participar das atividades da igreja. Perder o salão sem uma previsão de alugar um novo espaço foi como um retrocesso e remeteu a uma lembrança passada amarga quando, por falta de recursos financeiros, os missionários tiveram que deixar um apartamento usado para as reuniões e transferir os cultos para o apartamento de moradia da família. Naquela ocasião, muitos que participaram deixaram de frequentar as reuniões por causa do costume de não frequentar a casa das pessoas, exceto uma vez ao ano, por ocasião do Ano Novo Chinês. Influenciado pela grande especulação imobiliária em função da presença dos cassinos na região, os aluguéis subiram de HK para HK. Um aumento de quase 500% em cinco anos. Mas os recursos não aumentaram na mesma proporção. A pequena igreja de cerca de 20 participantes, sendo seis deles da família dos missionários Moreira e efetivamente com cinco membros, entende que a igreja é mais do as paredes que os acolhem. Ainda assim, é forte o sentimento de perda e constantes as perguntas de Quando voltaremos a ter outro local para as nossas reuniões. O irmão Chang até se ofereceu em emprestar o dinheiro para o depósito inicial para alugar um novo local, mas não há fundos suficientes para arcar com alugueis tão altos. Para os chineses como o irmão Chang, voltar a realizar as reuniões da igreja no apartamento onde mora a família Moreira é muito ruim. Chang participa do trabalho com os missionários há 15 anos e planeja se batizar no ano que vem. O trabalho missionário é muitas vezes árduo e marcado por histórias humanamente ingratas, cujos frutos nem sempre são visíveis na sua geração. Que a seu tempo, o Deus Eterno e Infinito em Graça e Misericórdia dê a direção e os suprimentos necessários. Deus é o Senhor de toda a obra e nós os seus colaboradores. Qual é a nossa parte em tudo isso? Igreja de Macau, na ocasião da visita do pr. Eduardo Goya, em agosto de 2012 Pr. Eduardo Goya na fachada do salão alugado (foto de 2012)

9 Eventos Adoração deve resultar em missão Expressões de adoração marcam os dias de carnaval Entre os dias 1º e 4 de março de 2014 aconteceu no Acampamento Panorama o 3º Adore, evento que acontece bienalmente desde 2010 e reuniu mais de 300 pessoas entre jovens, adultos, casais e pastores. Neste ano, a proposta do Adore foi realizar um encontro de adoração que posteriormente resultasse em missão. Para um dos organizadores, o pr. Daniel Takashi Kihara, da IEH da Liberdade, o Adore é um encontro para que as pessoas não sejam tocadas somente no evento e depois tudo volte ao normal. O desejo é que cada um possa voltar a suas igrejas, ser cheio da presença de Deus e depois fazer algo para Jesus, começando em sua igreja local. Para auxiliar nesse objetivo, a organização do evento investiu bastante na preparação do local, com som, iluminação e palco preparados somente para essa ocasião. Além disso, houve workshops de street jazz, tecido acrobático, game-design, circo, skate, instrumentos, trabalho e adoração, semeando igrejas, missões urbanas, break dance, missão Peru, mídias sociais, intercessão e adoração, ministrados por membros da denominação e convidados. Leandro Yanaze, membro da IEH da Liberdade, foi um dos palestrantes do evento e ministrou workshop sobre game-design. Ele conta que as duas situações foram motivo para ser muito abençoado, pela oportunidade de relacionar as minhas pesquisas e atividades como professor com os valores e ensinamentos da Palavra. Assim, confirmei que as portas abertas da minha vida e as oportunidades de estudar vieram de Deus. A fala de Leandro é um exemplo para os jovens de que os estudos e o trabalho podem ser uma forma de servir ao Reino. Nos cultos, a ênfase foi a de uma vida comprometida com Deus, de chamado, além de um tempo muito especial de oração e ministração aos jovens. Flávio Amorosine, da congregação de Oriente, destacou que o chamado não é apenas pastoral, missionário; todos o possuem, e é preciso entregar os talentos e dons para que isso seja usado nas igrejas e comunidades para levar a Palavra de Deus. Tatiana Sugahara Muto, de Niterói, que participou pela primeira vez do Adore, disse: Aprendemos mais sobre outras maneiras de levar o amor de Deus para as pessoas que ainda não o conhecem. Além de ter gostado muito do tempo de comunhão com outras igrejas, ela acredita que o evento contribuiu para seu crescimento espiritual. Algo que também merece ser destacado foi o apoio dado pelos casais e pastores presentes, na organização, limpeza, intercessão e ministração. As sementes plantadas durante esse tempo podem dar muitos frutos, alguns em curto prazo, como é o caso do Adore Prático, e outros em médio e longo, considerando que os jovens que participaram são o futuro de nossa denominação. Que Deus conduza os passos nessa caminhada, para que outros eventos como esse abençoem a vida de muitas pessoas. Fotos: facebook.com/holinessadore 9

10 Janeiro a Junho de 2014 Eventos Adore Prático em Missão Arregaçar as mangas e botar a mão na massa Voluntários de várias cidades participaram, entre os dias 1º e 4 de maio, do evento Adore Prático, que reuniu ações mescladas de evangelismo, atendimentos na área da saúde, louvor, King s Kids e missão urbana. Os números são expressivos: perto de pessoas passaram pelo local, cerca de 300 voluntários receberam mais de 350 pessoas cadastradas para 250 atendimentos médicos. O pr. Takashi Kihara, um dos idealizadores do evento, resume o que move o Adore: Se a adoração não levar a missão, é pura emoção. Após a realização do Adore, no feriado de Carnaval deste ano, através de uma conversa com o dr. Roberto Kikawa, do Projeto CIES (www.projetocies.com. br), surgiu a ideia de se experimentar o que é servir a Deus na prática. Foi assim que, numa mobilização rápida de um mês e meio e com pouca divulgação, crianças, jovens, adultos, estudantes, profissionais e pastores reuniram-se em torno do serviço a Deus no centro da maior cidade do país, São Paulo. Os primeiros dias foram de preparo, treinamento e ensaios para crianças e jovens do King s Kids, equipe de saúde e demais irmãos. Foram períodos para ouvir o Senhor e ser ministrado. Na noite que antecedeu a ação no Anhangabaú, houve um culto especial de envio, em que cada participante pôde depositar ao pé de uma cruz de madeira seus sonhos e seus medos, como que entregando ao próprio Senhor Jesus. O ponto culminante foi a ação desenvolvida no dia 3 de maio no espaço da Arena do CIES, no Vale do Anhangabaú. Uma parte dos voluntários esteve envolvida em receber as pessoas e encaminhá- -las para o atendimento médico. Outra parte esteve na Cracolândia, local próximo dali, onde se encontram vários usuários de drogas, para levar amor, presença de Deus e alimento. Ao final da tarde, crianças e jovens do King s Kids dançaram para o Senhor tendo ao fundo o Edifício Martinelli e o Edifício Banespa, símbolos da cidade, num movimento significativo de abençoar a cidade de São Paulo. Sair para realizar a missão trouxe resultados não só para os que foram alvo da ação, mas também para os que participaram dela como parceiros de Deus. Pr. Takashi (à esq) e dr. Roberto (à dir.) compartilham com os presentes o desejo de servir a Deus de forma prática Equipe do apoio recebendo instruções 10

11 Depoimentos Acabei me envolvendo com o Adore por convite do Cléber, que é cirurgião vascular e participou do Adore deste ano. Eu sempre gostei de ações sociais, porque sempre tive em meu coração que o fato de ser médica era e é bênção e misericórdia de Deus. Também sempre acreditei que crescemos e somos ajudados quando ajudamos os outros. Aprendemos sobre compaixão, experimentamos amar o próximo e descobrimos que pequenas coisas fazem a diferença. Participar em família, conclui Liz, é fazer com que minhas filhas saibam que isso é importante para nós, um valor para nossa família! Acredito que é a forma prática de ensinarmos aos nossos filhos de sangue e espirituais que servir é muito bom, não com sacrifício, mas com alegria É mostrar que não é só na teoria, mas na prática podemos aplicar o que aprendemos na Bíblia!. Liz Yoshihara, médica especialista em acupuntura e geriatria, participou de todo o evento com o marido e as duas filhas. Entrar na Cracolândia é uma experiência chocante para muitas pessoas. Para Evelyn Sadoyama, psicóloga de Campo Grande que conhecia a Cracolândia apenas pelos noticiários, era como se estivesse entrando em outra cidade, pelas condições de abandono, sujeira e mau cheiro. Uma das coisas mais impressionantes é o amor que esses missionários têm pelas vidas. Eles não desistem delas, como Cristo. Lá, presenciei a conversa de uma das missionárias. Um rapaz chegou pedindo chinelos, pois haviam pegado os dele enquanto dormia. Ela apenas fez uma simples pergunta para ele: É só de chinelo que você precisa? Através disso, ela começou a falar e demonstrar o amor de Deus, para que ele tivesse uma esperança de sair da situação em que estava e voltar para os braços do Pai. É disso que aquelas vidas precisam: pessoas que não estão conformadas com esta sociedade. Até para o dr. Roberto, que está acostumado a experimentar o mover de Deus abrindo portas para o seu trabalho, foi tempo de ver a mão de Deus. Acredite, faltando seis dias, tínhamos apenas um esboço para receber cerca de 270 voluntários inscritos, apenas 53 pacientes listados, apenas 6 médicos, nenhum pediatra e a previsão de tempo fechado, com possibilidade de chuva. E nem tinha entregado ainda o convite ao Prefeito... Deus me falou bem cedo: Oh! Homem de pouca fé! Diante de tantos sinais que lhe tenho mostrado, ainda duvidas do que vou fazer! Ajoelhei-me de novo e pedi perdão e entreguei tudo e toda ação a Ele... Chegou sábado. Iniciamos com uma oração, e o tempo todo ensolarado. A Bia (King s Kids Liberdade) me perguntava se poderíamos apresentar o King s na praça central do Anhangabaú, e eu respondia que sim, pela fé. Faltando apenas uma hora para a apresentação, fui conduzido ao presidente da Associação Comercial local. Vi novamente os planos do Senhor. Há cerca de seis meses, parei numa loja na esquina da Santa Efigênia, onde fui comprar nobreaks para o CIES, e pedi desconto para o projeto social. Ao reencontrá-lo, dei-lhe um abraço e ele me perguntava se estava precisando de algo. Disse-lhe que queria apresentar o King s Kids na praça central. Aquele senhor ligou dali mesmo para o responsável do Palácio das Artes, que autorizou a apresentação e ainda ligou para Policia Militar, que ficou até às 20 horas fazendo a guarda o tempo todo. Isso não é incrível? Culto de Gratidão a Deus no final dos trabalhos Palestras médicas como parte da ação 11

12 Janeiro a Junho de 2014 Grão de Mostarda Uma história missionária para aquecer o coração As voltas que o mundo dá e o Senhor que sempre está lá Alguns anos atrás, por volta de 2005, quando ainda pastoreava a Igreja de São José dos Campos, recebemos lá na igreja um grupo dos Estados Unidos chamado Light Singers. O grupo faz parte de um ministério parecido com o dos Vencedores por Cristo e vinha se renovando ao longo dos anos. Nessa ocasião, conheci o pr. Tom, que fazia parte da equipe pastoral da Primeira Igreja Batista de São José dos Campos e realizava cultos em inglês. Numa conversa informal, fiquei sabendo que ele fez parte da primeira equipe do Light Singers, quando viveu a seguinte história. Lá pela década de 70, o pr. Tom foi dos Estados Unidos com grupo para uma missão de curto prazo ao Japão. Foi uma missão muito ingrata para todos os componentes do grupo. Lá, fizeram várias apresentações e evangelismo quase que diariamente, mas não houve nenhuma conversão. Ninguém atendeu a qualquer tipo de apelo. Chegaram até a questionar se alguém do grupo estaria em pecado ou coisa assim, o que estaria dificultando a obra do Senhor. Retornaram aos Estados Unidos extremamente frustrados e sentindo-se fracassados. Alguns até deixaram o ministério depois dessa experiência. Décadas se passaram, talvez uns 20 anos. Tom tornou-se pastor e veio como missionário para Manaus. Um dia, foi visitar um campo missionário no interior da selva entre um povo ribeirinho muito distante. Lá, conheceu um missionário japonês e inevitavelmente compartilhou sua frustrante experiência no Japão. O japonês, após fazer algumas perguntas, disse: Eu estava presente em uma de suas apresentações no Japão e foi a primeira vez que tive contato com o Evangelho. Não tomei nenhuma decisão naquele momento, mas depois procurei uma igreja evangélica para entender a fé cristã e me converti a Jesus Cristo! Agradeço de coração por terem ido ao Japão! Portanto, meus amados irmãos, mantenham-se fi rmes, e que nada os abale. Sejam sempre dedicados à obra do Senhor, pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil. (1 Coríntios NVI) Pr. Augusto Umeki (Guto) Diretor do Depto. de Missões, Membro da DC da IEHB e pastor da IEH de Pompeia Hora H é uma publicação da Igreja Evangélica Holiness do Brasil. Presidente: Luiz Hashimoto. Vice-presidente: Vagner de Paula. Redação: Liana Goya e Cibele Sugano. Edição: Liana Goya. Revisão: Edison Mendes de Rosa. Projeto gráfico e diagramação: Fernando Oki. Tiragem desta edição: exemplares. Correspondência: Rua Berta, 216 São Paulo/SP CEP

JOVENS COM UMA MISSÃO JOCUM ARACAJU PROJETO INTERCESSÃO INTERCESSORES E GRUPOS DE INTERCESSÃO

JOVENS COM UMA MISSÃO JOCUM ARACAJU PROJETO INTERCESSÃO INTERCESSORES E GRUPOS DE INTERCESSÃO JOVENS COM UMA MISSÃO JOCUM ARACAJU PROJETO INTERCESSÃO INTERCESSORES E GRUPOS DE INTERCESSÃO Miss. Gustavo Lima Silva (Beréu) & Wanessa S. B. Santos Silva (Brasil) Recife, 2010. SUMÁRIO INTRODUÇÃO...

Leia mais

Casas de Paz Uma estratégia para levar famílias a experimentar a paz que só Jesus pode oferecer.

Casas de Paz Uma estratégia para levar famílias a experimentar a paz que só Jesus pode oferecer. Casas de Paz Uma estratégia para levar famílias a experimentar a paz que só Jesus pode oferecer. 1) Introdução. Pouco antes da sua morte Jesus declarou aos seus discípulos: Deixo com vocês a paz. É a minha

Leia mais

UMA ESCOLA SABATINA MISSIONÁRIA

UMA ESCOLA SABATINA MISSIONÁRIA UMA ESCOLA SABATINA MISSIONÁRIA Uma das principais funções da Escola Sabatina é levar os membros a cumprirem a missão. Desde o início, havia uma clara certeza de sua função missionária: Há, na Escola Sabatina,

Leia mais

SERVIR COM ALEGRIA C O N F I R A

SERVIR COM ALEGRIA C O N F I R A 2014 UMA FAMÍLIA A SERVIÇO DO REI JESUS SERVIR COM ALEGRIA Boa Vista RR OUT./NOV./DEZ.- Celebrai com júbilo ao SENHOR, todas as terras. Servi ao Senhor com alegria; e entrai diante dele com canto. Sabei

Leia mais

Igreja Amiga da criança. Para pastores

Igreja Amiga da criança. Para pastores Igreja Amiga da criança Para pastores Teste "Igreja Amiga da Criança" O povo também estava trazendo criancinhas para que Jesus tocasse nelas. Ao verem isso, os discípulos repreendiam aqueles que as tinham

Leia mais

Lição 7 Compreendendo a Visão da nossa Igreja

Lição 7 Compreendendo a Visão da nossa Igreja Lição 7 Compreendendo a Visão da nossa Igreja 1. O PROPÓSITO DESTA LIÇÃO Nesta lição queremos estudar e compreender melhor a visão que Deus tem nos dado como Convenção para nossas Igrejas locais. Já explicamos

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

Samora Correia. Igreja Evangelica Assembleia de Deus Ministério Missão Transcultural. Pr. Milton Novais dos Santos. digigente local.

Samora Correia. Igreja Evangelica Assembleia de Deus Ministério Missão Transcultural. Pr. Milton Novais dos Santos. digigente local. Igreja Evangelica Assembleia de Deus Ministério Missão Transcultural Sede: Rua José Coelho Júnior, Lote 02, código Postal: 8125-629, Quarteira Pr. Milton Novais dos Santos digigente local Congregação:

Leia mais

O primeiro texto em II Rs 6:1 7 (versão RA), onde um servo perdeu um machado e o profeta Eliseu faz um ato profético e o machado flutua.

O primeiro texto em II Rs 6:1 7 (versão RA), onde um servo perdeu um machado e o profeta Eliseu faz um ato profético e o machado flutua. Vigie com os Valores e Ferramentas espirituais. Veremos dois textos que falam sobre perda, e tiraremos a lição para nossas vidas, para Não perdermos o que Deus já nos deu, e para que isso não aconteça,

Leia mais

INFORMAÇÕES PARA RECEBER UMA EQUIPE DE EVANGELISMO DA ESCOLA MISSIONÁRIA DE FÉRIAS (EMF)

INFORMAÇÕES PARA RECEBER UMA EQUIPE DE EVANGELISMO DA ESCOLA MISSIONÁRIA DE FÉRIAS (EMF) INFORMAÇÕES PARA RECEBER UMA EQUIPE DE EVANGELISMO DA ESCOLA MISSIONÁRIA DE FÉRIAS (EMF) Olá Pastor (a) / Amigo (a) de Missões. A JOCUM Jovens Com Uma Missão, situada em Campinas apresenta nesse informativo

Leia mais

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Copyright 2009 por Marcos Paulo Ferreira Eliézer dos Santos Magalhães Aridna Bahr Todos os direitos em língua portuguesa reservados por: A. D. Santos Editora Al. Júlia da Costa, 215 80410-070 - Curitiba

Leia mais

Igreja Cristã Maranata. Trabalho com Surdos. Orientações gerais. Trabalho de LIBRAS

Igreja Cristã Maranata. Trabalho com Surdos. Orientações gerais. Trabalho de LIBRAS Orientações gerais Trabalho de LIBRAS Orientações quanto ao. Vimos, através desta, informar sobre a conduta básica para recepção dos nossos irmãos surdos e sobre procedimentos no tocante à introdução e

Leia mais

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões Intercessão Missionária Como e Por que Interceder por Missões A Importância da Intercessão por Missões - Estamos em uma guerra Há necessidade de intercessores! - Nossa guerra não é pelo controle político

Leia mais

DICAS DA COORDENADORA ESTADUAL DE JCA

DICAS DA COORDENADORA ESTADUAL DE JCA DICAS DA COORDENADORA ESTADUAL DE JCA Queridas irmãs, é com temor e tremor que estou diante deste desafio do trabalho junto a JCA, mas sei que quem nos capacita é o Senhor da obra; certo de contar com

Leia mais

LIÇÃO 2 QUAL A IMPORTÂNCIA DAS CÉLULAS?

LIÇÃO 2 QUAL A IMPORTÂNCIA DAS CÉLULAS? LIÇÃO 2 QUAL A IMPORTÂNCIA DAS CÉLULAS? 1. Dê uma nota de 0 a 10 quanto a importância que você dá às células como prioridade para a vida de sua igreja. Explique sua nota. 2. Indique um dos aspetos da vida

Leia mais

REVENDO A VISÃO E A NOSSA ESTRUTURA

REVENDO A VISÃO E A NOSSA ESTRUTURA AS CINCO FUNÇÕES ESSENCIAIS DA CÉLULA REVENDO A VISÃO E A NOSSA ESTRUTURA A célula tem muitas funções na igreja local, mas queremos ver o que na nossa opinião seriam as funções mais essenciais e indispensáveis.

Leia mais

ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO

ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO ANOTAÇÕES Como Planejar Um Culto Sensível Aos Não-crentes INTRODUÇÃO Uma das características do ministério de Jesus é que ele atraía muitas pessoas A Bíblia diz que "Numerosas

Leia mais

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL 1 Ivocação ao Espirito Santo (oração ou canto) 2- Súplica inicial. (Em 2 coros: H- homens; M- mulheres) H - Procuramos para a Igreja/ cristãos

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

EVANGELISMO CRIATIVO Pr. Carlos Alberto. Leitura do Contexto Observar a realidade. Qualidade Total Eficiência do produto apresentado

EVANGELISMO CRIATIVO Pr. Carlos Alberto. Leitura do Contexto Observar a realidade. Qualidade Total Eficiência do produto apresentado EVANGELISMO CRIATIVO Pr. Carlos Alberto Leitura do Contexto Observar a realidade Qualidade Total Eficiência do produto apresentado Relacionamentos Capacidade de fazer amizades Conservando Resultados Discipulado

Leia mais

No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! SÉRIE: QUEM É JESUS? Jesus é o Cordeiro de Deus Data: / 09 / 2010 - Semana 4. No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! 1 / 7 1)

Leia mais

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE Introdução A CF deste ano convida-nos a nos abrirmos para irmos ao encontro dos outros. A conversão a que somos chamados implica

Leia mais

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal Personal Commitment Guide Guia de Compromisso Pessoal Nome da Igreja ou Evento Nome do Conselheiro Telefone 1. Salvação >Você já atingiu um estágio na vida em que você tem a certeza da vida eterna e que

Leia mais

Oficina: Implantando Pequenos Grupos. Palestrante: Jones Brandão

Oficina: Implantando Pequenos Grupos. Palestrante: Jones Brandão Oficina: Implantando Pequenos Grupos Palestrante: Jones Brandão Todos os direitos reservados à Igreja Batista Central de Fortaleza. Reprodução permitida para uso exclusivo em sua igreja. EPL 2012 - Encontro

Leia mais

+ Orani João Tempesta, O. Cist. Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ

+ Orani João Tempesta, O. Cist. Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ AMAI-VOS Domingo passado, ao celebrar o tema da misericórdia, tive a oportunidade de estar com milhares de pessoas tanto na Catedral Metropolitana como no anúncio e instalação do Santuário da Misericórdia,

Leia mais

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA TRILHO PEDRA VIVA ROTEIRO PARA PLANTAÇÃO DE VIDAS Um provérbio chinês nos lembra : se sua visão é para um ano, plante trigo; se sua visão é para uma década, plante árvores; se sua visão é para toda a vida,

Leia mais

APRESENTAÇÃO MBN. Fone: 011-98291-7300 Skype: albertoaconti E-mail: info@buenasnuevasbrasil.org http://buenasnuevasbrasil.org/

APRESENTAÇÃO MBN. Fone: 011-98291-7300 Skype: albertoaconti E-mail: info@buenasnuevasbrasil.org http://buenasnuevasbrasil.org/ APRESENTAÇÃO MBN Fone: 011-98291-7300 Skype: albertoaconti QUEM SOMOS? Somos um Ministério que tem a visão de equipar e treinar novos líderes, incentivar o surgimento do empreendedorismo e de profissionais

Leia mais

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco!

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco! Paixão do Povo de Cristo x Paixão de Cristo Texto Base: provérbios 24.10 na Linguagem de Hoje: Quem é fraco numa crise, é realmente fraco. Na Bíblia A Mensagem : Quem Desiste num momento de crise é porque

Leia mais

Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão:

Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão: II) NOSSA VISÃO Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão: A) Adorar a Deus em espírito e verdade Queremos viver o propósito para o qual Deus

Leia mais

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013 ROTEIRO PARA O DIA DE ORAÇÃO PELA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE RIO2013 Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude - CNBB CANTO DE ENTRADA (Canto a escolha) (Este momento de oração pode ser associado

Leia mais

MISSÃO E CRESCIMENTO DA IGREJA IGREJA: CORPO VIVO DE CRISTO. Estudo Bíblico

MISSÃO E CRESCIMENTO DA IGREJA IGREJA: CORPO VIVO DE CRISTO. Estudo Bíblico MISSÃO E CRESCIMENTO DA IGREJA IGREJA: CORPO VIVO DE CRISTO Estudo Bíblico Bispo Luiz Vergílio / Caxias do Sul/RS Abril de 2009 Ministerial de Pastores e Pastoras 1 MISSÃO DA IGREJA E CRESCIMENTO I. IGREJA

Leia mais

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO O que é uma pessoa cristã? É a pessoa que acredita que o Deus vivo é revelado em e por meio de Jesus Cristo, que aceita Jesus Cristo como Senhor e Salvador, que

Leia mais

MINISTÉRIO DA ASSEMBLEIA DE DEUS UNIDA

MINISTÉRIO DA ASSEMBLEIA DE DEUS UNIDA MINISTÉRIO DA ASSEMBLEIA DE DEUS UNIDA Pastor Miquéas Matos 2013 Pastor Vladimir Sales Presbítero Adilson dos Reis PESCAR ADU Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão

Leia mais

A Igreja Cristocêntrica

A Igreja Cristocêntrica 9 A Igreja Cristocêntrica Palavra Episcopal Espaço de adoração e acolhimento Oficial Vaga para estágio Pela Seara Agentes do Reino Metodismo ribeirinho Atos de amor Crianças carentes, indisciplinadas e

Leia mais

O INVESTIMENTO. 4 pontos principais para apresentar a mensagem do Evangelho a qualquer pessoa:

O INVESTIMENTO. 4 pontos principais para apresentar a mensagem do Evangelho a qualquer pessoa: Lição 5 O INVESTIMENTO QUEBRA GELO: Compartilhe qual foi o maior investimento que você fez em sua vida. Por que você investiu? O que lhe garantiu o sucesso? VERSO DA SEMANA: Estejam sempre preparados para

Leia mais

Conselho Missionário da Igreja. O que é? Como organizar?

Conselho Missionário da Igreja. O que é? Como organizar? Conselho Missionário da Igreja O que é? Como organizar? O que é? Como organizar? É o agente da Missão é o Corpo de Cristo e o comprometimento da Igreja surge a partir da oração, estudo dos princípios bíblia

Leia mais

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Carta Pastoral dirigida às igrejas da diocese de Rotemburgo-Estugarda na Quaresma Pascal de 2015 Bispo Sr. Dr.

Leia mais

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco Notícias de Família Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida 06 JUNHO 2014 Permanece conosco Vivemos dias de graça, verdadeiro Kairós com a Celebração

Leia mais

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 NO CAMINHO DO DISCIPULADO MISSIONÁRIO, A EXPERIÊNCIA DO ENCONCONTRO: TU ÉS O MESSIAS, O FILHO DO DEUS VIVO INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos

Leia mais

PROJETO solidário nacional em costa canal

PROJETO solidário nacional em costa canal PROJETO solidário nacional em costa canal Nelda Venturín, odn Rede de Coordenação Pastoral Colégios Companhia de Maria Argentina A experiência se desenvolve nos seis Colégios da Companhia de María na Argentina

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DA IGREJA METODISTA 1ª REGIÃO ECLESIÁSTICA SEDE REGIONAL

ASSOCIAÇÃO DA IGREJA METODISTA 1ª REGIÃO ECLESIÁSTICA SEDE REGIONAL Rio de Janeiro, 29 de fevereiro de 2008. CGE/011/08 Aos/Às Pastores e Pastoras Estimados/as irmãos e irmãs Jesus Cristo é o Senhor! Encaminho esta carta através do seu pastor/a, visto não possuirmos ainda

Leia mais

Momento com Deus Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 14/04/2013 AULA 02: O DILÚVIO

Momento com Deus Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 14/04/2013 AULA 02: O DILÚVIO Momento com Deus Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 14/04/2013 AULA 02: O DILÚVIO Versículo para Decorar: 1 Toda vez que o arco-íris estiver nas nuvens, olharei para ele e me lembrarei da aliança eterna

Leia mais

Você é um zero à direita!

Você é um zero à direita! Você é um zero à direita! A igreja é um corpo. Uma pequena parte do corpo, é uma célula. Uma micro-célula, é o discipulado. Para o corpo crescer, tudo precisa estar bem. Quando uma criança não cresce,

Leia mais

Sal da TERRA e luz do MUNDO

Sal da TERRA e luz do MUNDO Sal da TERRA e luz do MUNDO Sal da terra e luz do mundo - jovens - 1 Apresentação pessoal e CMV Centro Missionário Providência Canto: vós sois o sal da terra e luz do mundo... MOTIVAÇÃO: Há pouco tempo

Leia mais

Projeto e Metas para 2014

Projeto e Metas para 2014 Igreja Evangélica Assembleia de Deus-Imperatriz-MA Pastor Raul Cavalcante Pastor Wilson Filho Coord. Tribo da Área Tribo de Aser Pastor Presidente da IEADI ÁREA TRIBO DE ASER Projeto e Metas para 2014

Leia mais

Jörg Garbers, Mestre de Teologia

Jörg Garbers, Mestre de Teologia Jörg Garbers, Mestre de Teologia Introdução Pregação e prática Durante essa pregação uns vão pensar: Eu fiz e faço muitas coisas de maneira errada. Isso é normal. Cada um de nos falha e ficamos tristes.

Leia mais

Como realizar uma série de conferências com sucesso

Como realizar uma série de conferências com sucesso Como realizar uma série de conferências com sucesso Qual é o objetivo do Evangelismo? Reavivar a igreja. Buscar os afastados. Ganhar novas pessoas para Cristo. Preparação da igreja 1. Organize equipes

Leia mais

Ministério de Mulheres que oram, Heroínas da Fé

Ministério de Mulheres que oram, Heroínas da Fé Ministério de Mulheres que oram, Heroínas da Fé Pr. Presidente : Raul C. Batista e Miss. Ruthe Ribeiro Ministra do MMO: Lourdes Ramalho Assembléia de Deus de Imperatriz- MA Liderança Pr. Raul C. Batista

Leia mais

Semana Acadêmica na Faculdade Batista Pioneira 09 a 13 de março de 2015 Prof. Me Rui Osvaldo Teske rui@teske.com.br

Semana Acadêmica na Faculdade Batista Pioneira 09 a 13 de março de 2015 Prof. Me Rui Osvaldo Teske rui@teske.com.br Semana Acadêmica na Faculdade Batista Pioneira 09 a 13 de março de 2015 Prof. Me Rui Osvaldo Teske rui@teske.com.br O planejamento não diz respeito a decisões futuras, mas às implicações futuras de decisões

Leia mais

A DÁDIVA DE LIDERANÇA SOBRE O CONTENTAMENTO BÍBLICO. Filipenses 4:10-20

A DÁDIVA DE LIDERANÇA SOBRE O CONTENTAMENTO BÍBLICO. Filipenses 4:10-20 A DÁDIVA DE LIDERANÇA SOBRE O CONTENTAMENTO BÍBLICO Filipenses 4:10-20 Já aprendi a contentar-me com as circunstâncias em que me encontre. Sei passar falta, e sei também ter abundância; em toda maneira

Leia mais

Bases Nacionais. Congressos de Missões. Semanas Flechas. Projeto Mutirão

Bases Nacionais. Congressos de Missões. Semanas Flechas. Projeto Mutirão Bases Nacionais No ano de 2012 duas novas Bases Nacionais foram abertas, concluindo a direção de ter uma Base em cada região no Brasil. Congressos de Missões Mais Congressos de Missões tem sido ministrados

Leia mais

13. O DEUS QUE NOS COMPLETA Páginas 272-278

13. O DEUS QUE NOS COMPLETA Páginas 272-278 13. O DEUS QUE NOS COMPLETA Páginas 272-278 ENCONTRO: Se você pudesse levar um amigo para morar com você, quem seria? EXALTAÇÃO: Leia Efésios 4.1-15. Peça que compartilhem em que o Gf tem ajudado a cada

Leia mais

Lição 7 UM TEMPO A SÓS COM DEUS

Lição 7 UM TEMPO A SÓS COM DEUS Lição 7 UM TEMPO A SÓS COM DEUS Para que haja intimidade é preciso haver relacionamento. Se você deseja conhecer mais de Deus e ter intimidade com Ele, então você precisa se relacionar mais tempo com Ele.

Leia mais

RELATÓRIO DAS REUNIÕES NA ÁFRICA POR BRIAN KOCOUREK

RELATÓRIO DAS REUNIÕES NA ÁFRICA POR BRIAN KOCOUREK RELATÓRIO DAS REUNIÕES NA ÁFRICA POR BRIAN KOCOUREK Relatório das Reuniões em Mbanza Ngungu 2012 30 de agosto - 2 de setembro INTRODUÇÃO: Em setembro de 2007, durante as reuniões do irmão Brian em Mbanza

Leia mais

AGOSTO 2014 FELIZ CIDADE! JOÃO PESSOA 429 ANOS

AGOSTO 2014 FELIZ CIDADE! JOÃO PESSOA 429 ANOS Informativo Mensal da Primeira Primeira Igreja Igreja Batista Batista de de João JoãoPessoa Pessoa--Pb Pb Nº 12 AGOSTO 2014 FELIZ CIDADE! JOÃO PESSOA 429 ANOS 02 Janelas da Alma A LIBERDADE DA ALMA A VOZ

Leia mais

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO ORIENTAÇÕES GERAIS Bem-vindos à nova estação dos GFs: a estação do evangelismo! Nesta estação queremos enfatizar pontos sobre nosso testemunho de vida

Leia mais

COMUNIDADE CRIATIVA UM OLHAR PARA FORA

COMUNIDADE CRIATIVA UM OLHAR PARA FORA 15 2 COMUNIDADE CRIATIVA UM OLHAR PARA FORA Por que você deve dar este estudo Na semana passada estudamos sobre acolhimento, uma importante característica de nossa comunidade. Hoje vamos conversar sobre

Leia mais

Deus chama você para orar

Deus chama você para orar 1 Deus chama você para orar Deus tem um plano maravilhoso por meio do qual você pode ter uma influência de alcance mundial. Este plano não é apenas para alguns poucos escolhidos. É para você e para mim.

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

Discipulado Parte II Pastor Emanuel Adriano (Mano)

Discipulado Parte II Pastor Emanuel Adriano (Mano) Discipulado Parte II Pastor Emanuel Adriano (Mano) Estruturas Para Formar Discípulos Célula Evangelística: Esta estrutura ajuda nas ações de ganhar e consolidar. Ela tem dois objetivos principais: 1 )Despertar

Leia mais

A simplicidade do culto a Deus

A simplicidade do culto a Deus A simplicidade do culto a Deus Hoje quero falar sobre a simplicidade no culto a Deus. Se olharmos a vida de Jesus e dos discípulos, vamos descobrir o princípio da simplicidade na vida da igreja primitiva.

Leia mais

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem Tudo bem. Eu vou para casa! Foi o que uma moça disse a seu namorado, na República Central-Africana. Tudo começou porque ele ia fazer uma viagem

Leia mais

RECAPITULANDO... MATEUS 28:18-20

RECAPITULANDO... MATEUS 28:18-20 MÓDULO 1 RECAPITULANDO... MATEUS 28:18-20 18 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. 19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

AS CONEXÕES. QUEBRA GELO: Cite o nome de uma pessoa que mais te influenciou na vida. Comente como essa pessoa é, e explique como te influenciou.

AS CONEXÕES. QUEBRA GELO: Cite o nome de uma pessoa que mais te influenciou na vida. Comente como essa pessoa é, e explique como te influenciou. Lição 4 AS CONEXÕES QUEBRA GELO: Cite o nome de uma pessoa que mais te influenciou na vida. Comente como essa pessoa é, e explique como te influenciou. VERSO DA SEMANA: Sim, qualquer que seja o tipo de

Leia mais

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER INTRODUÇÃO: Qualquer que seja meu objetivo, ler é a atividade básica do aprendizado. Alguém já disse: Quem sabe ler, pode aprender qualquer coisa. Se quisermos estudar a Bíblia,

Leia mais

MDA - Tadel Treinamento Avançado de Líderes

MDA - Tadel Treinamento Avançado de Líderes 2015 MDA - Tadel Treinamento Avançado de Líderes Sidnei Souza [Digite o nome da empresa] 01/01/2015 Lição 2 O CORAÇÃO DO PASTOR REUNIÃO DO M.D.A Ganhar almas para Jesus (atos 2:37-47) Introdução No Brasil

Leia mais

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11)

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Mensagem 1 A metáfora do Caminho Introdução: A impressão que tenho é que Jesus escreveu isto para os nossos dias. Embora

Leia mais

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO 1 ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO LIÇÃO Nº 01 DIA 16/06/2014 INTRODUÇÃO: Vamos começar uma nova série de estudos em nossas células. Esta será uma série muito interessante

Leia mais

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo 10.14 O batismo do Espírito Santo #61 Estudamos o novo nascimento e vimos como o Espírito Santo realiza essa obra juntamente com a Palavra de Deus. Tínhamos que entender o novo nascimento e como alguém

Leia mais

CRIANÇAS E ADOLESCENTES MISSIONÁRIOS NA CARIDADE

CRIANÇAS E ADOLESCENTES MISSIONÁRIOS NA CARIDADE Vicente de Paulo dizia: "Que coisa boa, sem igual, praticar a Caridade. Praticá-la é o mesmo que praticar todas as virtudes juntas. É como trabalhar junto com Jesus e cooperar com ele na salvação e no

Leia mais

MANUAL DA VISÃO CELULAR

MANUAL DA VISÃO CELULAR MINISTÉRIO GERAÇÃO ELEITA MANUAL DA VISÃO CELULAR : 1.0 Data de Publicação: 16 de Janeiro de 2014 2 / 11 Identificação e Histórico do Documento Identificação do Documento: Nome do Documento: Atual: 1.00

Leia mais

Implantar o Seu Reino na Terra

Implantar o Seu Reino na Terra CHAMADOS PARA RESPLANDECER A LUZ DO SENHOR ENTRE TODOS OS POVOS Disse Jesus: Venham a mim todos que estão cansados e oprimidos e eu darei alivio para vocês Mat. 11.28 VISÃO DO MDA MÉTODO DE DISCIPULADO

Leia mais

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13 A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO Romanos 15:13 - Ora o Deus de esperança vos encha de toda a alegria e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo. Só Deus pode nos dar uma

Leia mais

ÁSIA ORIENTAL VOS FAREI PESCADORES DE HOMENS! Tema. E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens Mateus 4:19.

ÁSIA ORIENTAL VOS FAREI PESCADORES DE HOMENS! Tema. E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens Mateus 4:19. ÁSIA ORIENTAL 22 VOS FAREI PESCADORES DE HOMENS! Tema E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens Mateus 4:19 Versículo Chave REGIÃO ALVO Ásia Oriental é o nome de uma subregião da

Leia mais

Material: Uma copia do fundo para escrever a cartinha pra mamãe (quebragelo) Uma copia do cartão para cada criança.

Material: Uma copia do fundo para escrever a cartinha pra mamãe (quebragelo) Uma copia do cartão para cada criança. Radicais Kids Ministério Boa Semente Igreja em células Célula Especial : Dia Das mães Honrando a Mamãe! Principio da lição: Ensinar as crianças a honrar as suas mães. Base bíblica: Ef. 6:1-2 Texto chave:

Leia mais

VIGÍLIA DE LOUVOR JOVEM

VIGÍLIA DE LOUVOR JOVEM VIGÍLIA DE LOUVOR JOVEM Se espera de uma v i g í l i a jo v e m um bom planejamento, divulgação, objetivo e um tema definido acertando em cheio o objetivo proposto no planejamento da vigília. Em uma vigília

Leia mais

ESTUDOS BÍBLICOS COMUNIDADES DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA AUXILIADORA 30 de agosto a 28 de setembro de 2014

ESTUDOS BÍBLICOS COMUNIDADES DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA AUXILIADORA 30 de agosto a 28 de setembro de 2014 ESTUDOS BÍBLICOS COMUNIDADES DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA AUXILIADORA 30 de agosto a 28 de setembro de 2014 Tema: Bíblia, ação de Deus na vida. A proposta do estudo Bíblico em cada setor, onde se reuniriam

Leia mais

Geração compaixão A Revolução do Amor!

Geração compaixão A Revolução do Amor! 1 Geração compaixão A Revolução do Amor! A velocidade com que o tempo passa, nos mostra claramente a fugacidade da vida. Já estamos em 2016! E este será um ano diferente para a juventude adventista no

Leia mais

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Antes da Solene celebração, entregar a lembrança do centenário No Final terá um momento de envio onde cada pessoa reassumirá a missão. O sinal deste momento será a colocação

Leia mais

sinal de tristeza. Sinal de morte!

sinal de tristeza. Sinal de morte! CULTO FAMÍLIA: Reflexão sobre a morte e o luto Acreditamos que todos nós já sofremos a perda de alguém, seja familiar, amigo, vizinho ou apenas conhecido. Nos sentimos impotentes, indefesos, medrosos diante

Leia mais

Sempre Abundantes. IDE Curso E1 - Células. Lição 6 Multiplicando a sua célula

Sempre Abundantes. IDE Curso E1 - Células. Lição 6 Multiplicando a sua célula Sempre Abundantes IDE Curso E1 - Células Multiplicando a sua célula Vídeo: não desista agora! 2 Que lições aprendemos com este vídeo? Grupos de 4 a 6 pessoas Conversem sobre o vídeo e formulem duas lições

Leia mais

LECTIO DIVINA Domingo V da Páscoa Ano B

LECTIO DIVINA Domingo V da Páscoa Ano B LECTIO DIVINA Domingo V da Páscoa Ano B Autor: Ricardo Grzona e Cristian Buiani, frpo Tradução: Adriano Israel (PASCOM) PRIMEIR LEITURA: Atos dos Apóstolos 9, 26-31 SALMO RESPONSORIAL: Salmo 21 SEGUNDA

Leia mais

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação)

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação) O batismo do Espírito Santo (continuação) #62 Estamos falando sobre alguns dons do Espírito Santo; falamos de suas obras, dos seus atributos, como opera o novo nascimento e, por último, estamos falando

Leia mais

Orientações sobre Grupo de oração Jovem

Orientações sobre Grupo de oração Jovem Orientações sobre Grupo de oração Jovem A paz de Jesus queridos irmãos sentinelas de todo Brasil. Em virtude que no ENF surgirem muitas dúvidas sobre o Grupo de Oração jovem, rezei e discernir que é importante

Leia mais

Teste dos Dons Espirituais 1

Teste dos Dons Espirituais 1 1 Teste dos Dons Espirituais 1 Este teste é usado no contexto do seminário do MAPI Introdução a Dons Espirituais e Equipes de Ministério. Para mais informações veja o site do MAPI no link de ferramentas

Leia mais

1. QUAL É O MANDAMENTO?

1. QUAL É O MANDAMENTO? FAZER DISCÍPULOS Texto: Mateus 28:18-20 (18) E, aproximando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. (19) Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os

Leia mais

CULTO DE ABERTURA DO SEMESTRE FACULDADES EST- 24/02/2013 2 º DOMINGO DE QUARESMA LITURGIA DE ENTRADA

CULTO DE ABERTURA DO SEMESTRE FACULDADES EST- 24/02/2013 2 º DOMINGO DE QUARESMA LITURGIA DE ENTRADA CULTO DE ABERTURA DO SEMESTRE FACULDADES EST- 24/02/2013 2 º DOMINGO DE QUARESMA LITURGIA DE ENTRADA Assim nós invocamos a presença de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém. Hino: HPD II 330 Abraço de

Leia mais

SECRETARIA GERAL DO TRABALHO MASCULINO TEMA: "Sacerdócio Real".

SECRETARIA GERAL DO TRABALHO MASCULINO TEMA: Sacerdócio Real. SECRETARIA GERAL DO TRABALHO MASCULINO TEMA: "Sacerdócio Real". "José é um ramo frutífero, ramo frutífero junto a fonte; seus galhos se estendem sobre o muro." Gen. 49:22 UPH EM AÇÃO Sugestão para programações

Leia mais

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ EBD DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ OLÁ!!! Sou seu Professor e amigo Você está começando,hoje, uma ETAPA muito importante para o seu CRESCIMENTO ESPIRITUAL e para sua

Leia mais

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS Infância/Adolescencia MISSÃO MISSÃO. Palavra muito usada entre nós É encargo, incumbência Missão é todo apostolado da Igreja. Tudo o que a Igreja faz e qualquer campo.

Leia mais

Igreja Batista Renovada de Boituva www.igrejabatista.boituvasp.com.br

Igreja Batista Renovada de Boituva www.igrejabatista.boituvasp.com.br 34 Lição 5 A Quem deve ser batizado? Antes de subir ao céu, o Senhor Jesus Cristo ordenou aos seus discípulos: E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda a criatura. Quem crê e for batizado

Leia mais

Plano Pedagógico do Catecismo 6

Plano Pedagógico do Catecismo 6 Plano Pedagógico do Catecismo 6 Cat Objetivos Experiência Humana Palavra Expressão de Fé Compromisso PLANIFICAÇÃO de ATIVIDADES BLOCO I JESUS, O FILHO DE DEUS QUE VEIO AO NOSSO ENCONTRO 1 Ligar a temática

Leia mais

DOM SEG TER QUA QUI SEX SÁB 1 2 3 4 1º DIA CAMPANHA: À SOMBRA DA CRUZ 2 DIA CAMPANHA: À SOMBRA DA CRUZ 3 DIA CAMPANHA: À SOMBRA DA CRUZ

DOM SEG TER QUA QUI SEX SÁB 1 2 3 4 1º DIA CAMPANHA: À SOMBRA DA CRUZ 2 DIA CAMPANHA: À SOMBRA DA CRUZ 3 DIA CAMPANHA: À SOMBRA DA CRUZ JAN 2014 JANEIRO 1 2 3 4 FORMULA 1 DIA CAMPANHA: RECEBENDO O MILAGRE DAS MÃOS DE JESUS 5 6 7 8 9 10 11 1º DIA CAMPANHA: À SOMBRA DA CRUZ 2 DIA CAMPANHA: RECEBENDO O MILAGRE DAS MÃOS DE JESUS 12 13 14 15

Leia mais

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 INTRODUÇÃO O Evangelho de João registra 7 afirmações notáveis de Jesus Cristo. Todas começam com Eu sou. Jesus disse: Eu sou o pão vivo

Leia mais

Lição 9 Completar com Alegria

Lição 9 Completar com Alegria Lição 9 Completar com Alegria A igreja estava cheia. Era a época da colheita. Todos tinham trazido algo das suas hortas, para repartir com os outros. Havia muita alegria enquanto as pessoas cantavam louvores

Leia mais

Congregação dos Missionários de São Francisco de Sales

Congregação dos Missionários de São Francisco de Sales Congregação dos Missionários de São Francisco de Sales Província do Brasil Pe. Tomson Michael Aerathedathu (Provincial) Casa da formação São Francisco de Sales Rua João Antônio Prosdócimo, 364 Uberaba

Leia mais

Curso Bíblico. Lição 7 FAZEI DISCÍPULOS

Curso Bíblico. Lição 7 FAZEI DISCÍPULOS Curso Bíblico Lição 7 Lembre-se que é da vontade de Deus que todos os homens se salvem: Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao

Leia mais