Tranquila e saudável. Encosta da Serra

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tranquila e saudável. Encosta da Serra"

Transcrição

1 Encosta da Serra Fevereiro 2014 Nº 60 Tranquila e saudável Mulheres que mantêm uma rotina de bons hábitos e longe do estresse têm menos chances de desenvolver doenças cardiovasculares, cuja incidência tem crescido em pacientes do sexo feminino Página 5 ANS N.º Impresso Especial DR/RS Unimed Correios

2 ABERTURA Fevereiro 2014 Unimed-ES / 2 Expediente Revista Palavra do Presidente Encosta da Serra Temos muito a agradecer por tudo o que vivenciamos nos últimos meses. Em 2013 e também neste primeiro semestre de 2014, período em que a Unimed Encosta da Serra completou suas duas décadas de trabalho, promovemos uma série de atividades comemorativas que tiveram adesão expressiva de cooperados, clientes, parceiros e de toda a comunidade dos municípios onde estamos inseridos. Foi uma satisfação criar, executar e ver o resultado destes projetos alusivos ao aniversário da cooperativa como a corrida do Circuito Estadual Unimed, o lançamento de nosso novo website e a inauguração dos novos espaços do Pronto Atendimento Vale do Paranhana, em Taquara. Foram iniciativas em que tivemos grande apoio e, por isso, o nosso muito obrigado a todos que participaram e comemoraram com a gente esses 20 anos. Rua Federação, 2799 Taquara/RS CEP Fone: (51) Conselho de Administração Presidente Dr. Hendley Reschke Vice-presidente Dr. Dirceu Marílio Martins Filho Dr. Hendley Reschke, presidente da Unimed Encosta da Serra Esta edição da Revista da Unimed também é comemorativa: chegamos ao 60º número, trazendo informação relevante em saúde, com entrevistados da nossa região, aproximando clientes e profissionais com vistas a uma vida mais saudável, longeva e com qualidade. Para comemorar os 60 números publicados, apresentamos esta edição totalmente colorida, em uma formatação especial e inédita nos 8 mil exemplares distribuídos gratuitamente para nossos clientes e em todas as unidades próprias da Unimed Encosta da Serra. Em 2014, planejamos novos grandes esforços para trazer à região produtos e serviços cada vez melhores em todas as áreas em que atuamos. Contar com a adesão, a admiração e o reconhecimento das pessoas sobre nosso trabalho e nossas iniciativas é, para nós, a maior recompensa. Conselheiros Vogais Microrregião Chuvisqueiro Dr. Ramon Carlos Lang Microrregião Sede Dr. Alexandre Jodélis dos Santos Microrregião Paranhana Dr. Roberto Guimarães Kollet Dr. Luis Henrique Borges Dr. Clóvis Rogério Winck Microrregião Hortênsias Dr. Enio Luiz Boza Microrregião Serra Dra. Maria Cecília A. Silva Kramer NASCIMENTOS Boa leitura. Unimed ES disponibiliza IMPRESSÃO DE SEGUNDA VIA DE BOLETO NO SITE O ano de 2014 se iniciou com uma novidade para os clientes da Unimed Encosta da Serra: agora, é possível imprimir a segunda via do boleto bancário de seu contrato com a cooperativa por meio do site da Unimed ES. No endereço online, o cliente só precisa clicar no banner da página inicial para ser direcionado ao ambiente virtual do Banco Unicred em que é possível ter acesso a uma nova via do boleto, bastando digitar o CPF ou CNPJ do solicitante. Acesse o site: NOME DA MÃE NOME BEBÊ NOME PAI DATA NASC HOSPITAL Daiane Boufleur João Vitor Boufleur Carlito Boufleur 06/09/2013 Hospital Regina Luciana Carina Moeller Anna Catharina Moeller Petry Marcio Estevão Petry 13/09/2013 Hospital Osvaldo Alexandra Raquel Sander Veronica Beatriz Sander de Vargas Gabriel Moises Apolo de Vargas 23/09/2013 Hospital Bom Pastor Raquel Tatiane Wagner Eduardo Wagner Rothmund Cristiano Melha Rothmund 12/09/2013 Hospital Bom Pastor Janaina Aparecida da Silva Giovana Martins dos Santos Adilson Martins dos Santos 19/09/2013 Hospital Bom Pastor Tailise Brito da Silva Isis Silva Lahm diego Luis Lahm 23/09/2013 Hospital Bom Pastor Adriana Cristina dos Santos Davi dos santos Marcos Antonio dos Santos Junior 24/09/2013 Hospital Bom Pastor Roberta Raqueli Natal Soares da Rosa Davi Miguel Soares da Rosa Alexandro Honorio da Rosa 23/09/2013 Hospital Bom jesus Elisandra Menegon Reinheimer Miguel Otavio Reinheimer Marlon Gustavo Reinheimer 10/10/2013 Hospital Bom Pastor Dalva da Rocha Valenttina Rocha da Silva Paulo Roberto da Silva 27/09/2013 Hospital Arcaujo são miguel Patricia Rabello Holdefer Amanda Rabello Holdefer Alexandre Holdefer 01/10/2013 Hospital Regina Karine da Rosa Nowack Gustavo da Rosa Nowack Fernando hartmann Nowack 11/11/2013 Hospital Bom Pastor Tania Raquel de Araujo Martins Corado Martins fauth Davenir Felipe Fauth Livi 12/10/2013 Hospital Regina Tassia Catrine Henrich Helena Krummenauer Rafael krummenauer 29/10/2013 Hospital Bom Pastor Rosangela De fatima Domingues Bidal Layza Garcia Oliveira Ramon Jacir Oliveira Rosa 06/11/2013 Hospital Bom Pastor Garcia Roberta Muller Julia Muller Vedana Thiago Vedana 23/09/2013 Hospital Bom Pastor Mariana Koetz Perine Lucca Perine De Andrade Raphael Mendes De Andrade 05/09/2013 Moinhos de Ventos Franciele Scariot Jahn Pedro Scariot Jahn Diego Jahn 27/08/2013 Hospital Bom Pastor Luiza Helena Wilhelms Da Silva Gabriel Wilhelms Da Silva Sandro Eduardo Silva Da Silva 05/11/2013 Divina Providência Cintia Da Rosa Martins De Oliveira Amanda Martins De Oliveira Alexandre Anderson De Oliveira 18/11/2013 Hospital Bom Pastor Marcela Pereira Kehl Giovanna Pereira Kehl Paulo Cesar Kehl 05/11/2013 Hospital Bom Pastor Simone Cristiane G. Lampert Lorenzo Gunschnigg Lampert Pablo Andrigo Lampert 18/11/2013 Hospital Unimed Diretoria Executiva Diretor Administrativo Dr. Valter Augusto Heinz Diretor de Desenvolvimento Dr. Luís Alfredo Timmen Diretor Técnico Dr. Augusto Marques Ramos Conselho Técnico-Disciplinar Titulares Dr. Maurício Soares Delanoy Dr. Bernardo Aires Simas Dr. Raphael Cristiano Seibel Dr. Isnard Freitas Leivas Dr. Moacir Castelo Branco de Albuquerque Conselho Fiscal Titulares Dr. Paulo Celívio Willrich Dra. Márcia Elize Muhammad Karpss Dr. Odilon Schweitzer Klauberg Suplentes Dr. Marcelo Vannoni Pereira Dr. Arthur Norton Zwetsch Dr. João Carlos Bauer Schafer Superintendência Marilda Veiga Escritórios Unimed Igrejinha Rua General Ernesto Dornelles, 580 sala 01 Fone: (51) Sapiranga Rua Tiradentes, 411, Sala 07 Fone: (51) São Francisco de Paula Rua Dr. Frederico Tedesco, 117 Fone: (54) Três Coroas Rua 12 de Maio, 657 Fone (51) Parobé Rua Venceslau Escobar, 196 Fone: (51) Edição/Redação: Jéssica Fontoura MTB Diagramação/Arte-final: Fernando Maciel Tiragem: 8 mil exemplares

3 Conheça seu corpo Respire FUNDO! Conheça em detalhes os pulmões, órgãos extremamente vitais no transporte de oxigênio Fevereiro 2014 Unimed-ES / 3 Em média, você inspira e expira vezes por dia, fazendo circular quase 7 mil litros de ar em seu corpo. E isso tudo sem ao menos se dar conta, em um trabalho silencioso do sistema respiratório, cujos principais órgãos são os pulmões - vitais para a nossa sobrevivência. Os pulmões inauguram na Revista da Unimed a nova seção Conheça seu Corpo, que tem a intenção de detalhar em cada edição da publicação como funcionam determinados os órgãos do corpo humano. A principal função dos pulmões é o chamado processo de hematose, que consiste no transporte do oxigênio contido no ar atmosférico (tão necessário ao funcionamento das células do nosso organismo) até a corrente sanguínea. Após, há a eliminação do dióxido de carbono produzido pelo funcionamento celular para o meio externo, como explica o pneumologista da Unimed Encosta da Serra Dr. Leonardo Gilberto Haas Signori. Resumindo, eles são responsáveis pela troca gasosa tão imprescindível à nossa sobrevivência. Na respiração o ar entra e sai dos pulmões devido à contração e ao relaxamento do diafragma, diz o médico. Conforme ele, quando o diafragma se contrai, ele diminui a pressão nos pulmões e o ar que está fora do corpo entra rico em oxigênio (inspiração). Já quando o diafragma relaxa, a pressão dentro dos pulmões aumenta e o ar que estava dentro agora sai com o dióxido de carbono (expiração). A troca gasosa ocorre nos capilares sanguíneos dos alvéolos pulmonares. QUANDO OS PULMÕES NÃO FUNCIONAM BEM A privação de oxigênio para as células do organismo, seja por asfixia ou por alguma doença pulmonar que altere a troca gasosa, gera um quadro chamado de hipóxia, que rapidamente provoca dano celular, principalmente ao cérebro, e posterior morte do indivíduo, explica o pneumologista. Os pulmões também podem ter um grau menor de funcionamento inadequado, em função de obstrução ou restrição ao fluxo aéreo, provocando a sensação de falta de ar (dispneia) que muitas pessoas com doenças respiratórias apresentam, afirma Dr. Leonardo, ressaltando que sempre que os pulmões apresentam algum grau de disfunção eles acabam atingindo outros órgãos do organismo, em maior ou menor grau. De uma forma geral, as doenças que atingem os pulmões podem ser divididas em grandes grupos: infecciosas (pneumonia bacteriana, infecções virais, infecções fúngicas, tuberculose, abscesso pulmonar), inflamatórias (asma), relacionadas ao tabaco (bronquite crônica, enfisema, câncer de pulmão), doenças relacionadas ao trabalho (pneumoconiose dos mineiros de carvão, silicose) e doenças provocadas por medicamentos. Há também as doenças da pleura (derrame pleural, pneumotórax), doenças vasculares (embolia pulmonar, hipertensão arterial pulmonar), comprometimento pulmonar de doenças autoimunes (lúpus, esclerodermia), malformações, problemas congênitos, complicações pulmonares por doenças iniciadas em outros órgãos (edema agudo, síndrome hepato-pulmonar, metástases de tumores), entre outras. Os pulmões são dois órgãos de formato piramidal e consistência esponjosa, medindo aproximadamente 25 centímetros de comprimento cada (o pulmão esquerdo é um pouco mais comprido que o direito), que se localizam no tórax, protegidos pela caixa torácica, em íntima relação com o coração. São revestidos por uma membrana, chamada de pleura, e separados da cavidade abdominal pelo diafragma, principal músculo responsável pela respiração, destaca o médico. PARA A SAÚDE DOS PULMÕES Praticar exercícios físicos para melhorar a capacidade cardiopulmonar; Respirar pelo nariz para filtrar de forma mais adequada o ar respirado; Dr. Leonardo Signori CREMERS Não conter espirros e tosse, que funcionam como mecanismos de defesa da árvore respiratória; Evitar o hábito de fumar, que pode provocar ou agravar inúmeras doenças respiratórias; Consumir alimentos ricos em ferro e vitaminas A e C, que favorecem o transporte de oxigênio no sangue; Evitar ambientes muito úmidos, secos ou poluídos; manter uma higiene sempre adequada do domicílio. (Fonte: Leonardo Gilberto Haas Signori, pneumologista)

4 Boa forma Fevereiro 2014 Unimed-ES / 4 Ansiedade e obesidade: ELAS ANDAM JUNTAS Fatores psicológicos podem estar associados ao desequilíbrio alimentar e, consequentemente, ao ganho de peso Algumas frases já são clássicas em nossa rotina agitada. Por exemplo: hoje trabalhei demais, então mereço comer bem. Ou então: comer vai aliviar o meu estresse. Na alegria ou na tristeza, a comida se inseriu como válvula de escape na vida moderna. Pois esse tipo de comportamento ou postura frente aos desafios do dia a dia são associações positivas ao ato de comer, buscando as próprias justificativas ou pensamentos sabotadores que funcionam como motivadores da ansiedade e gatilhos para que se coma compulsivamente, explica o psicólogo da Unimed Encosta da Serra Anderson da Silva Greff. A relação entre a obesidade e a ansiedade é cíclica: uma pode ocasionar a outra. A nutricionista da Unimed Encosta da Serra Ana Carolina Arnhold diz que é importante descobrir qual é o real agente causador do ganho de peso. Em muitos casos, o grande vilão do sobrepeso ou da obesidade é a ansiedade. Quando, por exemplo, uma criança está muito ansiosa e estressada, existe uma tendência em comer mais e sem necessidade, por impulso, e isso a faz engordar. Por outro lado, quando já existe o sobrepeso ou obesidade, ela pode começar a desenvolver outros problemas, especialmente a ansiedade e o estresse, explica a nutricionista. Alguns estudos relatam que o tratamento destes pacientes deve incluir não somente a terapia nutricional, mas também auxilio psicológico, que pode ser oferecido através de uma equipe multidisciplinar. Por mais que o paciente esteja consciente de que deva melhorar seus hábitos alimentares e controlar o peso, muitos fatores emocionais o atrapalham para ter sucesso nesta etapa. É como um círculo vicioso: as pessoas pensam na comida, ficam ansiosas, têm o desejo e acabam comendo. Caso consigam fazer um automonitoramento dos pensamentos antes de terem as compulsões alimentares e fazerem a reestruturação cognitiva do ato de comer, ou seja, identificar quais consequências negativas que suas compulsões alimentares ocasionam (malefícios à saúde, baixa autoestima, não poder usar a roupa que gostaria), podem readquirir gradualmente seu controle alimentar, afirma o psicólogo. Anderson destaca ainda que o ato de comer em excesso é um comportamento adquirido e não inato, ou seja, não é uma postura que nasce com os seres humanos - por isso pode (e deve!) ser modificado. SACIANDO ALGO QUE NÃO É A FOME A nutricionista explica que comer pode ser uma forma de amenizar um problema. As pessoas compensam as emoções nas refeições, ou seja, encontram pretextos para alimentar-se por qualquer motivo, ora por estarem felizes com o pretexto de comemorar, ora tristes para compensar a dor ou a emoção negativa que estejam sentindo, explica Ana. O paciente tem que ter a consciência de que o alimento não tem relação nenhuma com o problema e que comer por ansiedade só lhe trará prejuízos. É preciso ter muita força de vontade e determinação para não deixar-se dominar pela emoção e cair nas compulsões da ansiedade, acrescenta. Os fatores genéticos também são importantes e devem ser considerados quando a obesidade é diagnosticada. Porém, se a paciente tem a pré-disposição genética para a obesidade, mas consegue controlar-se na alimentação, não descontando sua ansiedade nos alimentos, ele conseguirá controlar o seu ganho de peso, afirma Ana. Trabalhar demais, estar com muitas preocupações, ter problemas na família, entre outros desafios cotidianos são, naturalmente, questões complexas e que causam desequilíbrio em nossa rotina. Mas entregar-se à comida não irá resolver qualquer problema - muito pelo contrário! Da próxima vez em que você se sentir estressado ou ansioso, que tal trocar o pensamento da comida por uma caminhada pela cidade? Ou então dedicar-se à leitura de um livro ou uma revista (inclusive esta mesma, a Revista da Unimed!). É uma mudança que irá aliviar sua preocupação e poderá lhe trazer ainda outros benefícios, muito mais duradouros do que os poucos minutos de uma refeição calórica. Conversamos com o psicólogo da Unimed Encosta da Serra Anderson da Silva Greff para destacar alguns aspectos entre obesidade e ansiedade DE ONDE VEM A ANSIEDADE? A ansiedade é uma emoção inata (já nascemos com ela), serve para nos alertar de algum perigo que causaria danos a nossa integridade física ou psicológica, sendo, portanto, fundamental para nossa sobrevivência. Em razão disso, em muitos casos, a ansiedade é nossa aliada e serve para nos proteger de ameaças, desempenhando papel primordial nestas ocasiões. Entretanto, o problema surge quando não existe um perigo real ao indivíduo em situações cotidianas e ele fica ansioso assim mesmo, sendo a ansiedade excessiva, persistente e irrealista. HÁ COMO EVITAR A ANSIEDADE? Evitar completamente não, por ser uma emoção que nasce com o indivíduo, mas existem maneiras de se manejar e então amenizá-la. Algumas formas de amenização são a execução de exercícios de respiração, exercícios de relaxamento, além da prática de exercícios físicos e atividades prazerosas. Também a reestrutuação cognitiva (mudança de pensamento). DICAS ALIMENTARES DE COMO EVITAR A ANSIEDADE: Mastigar devagar: atente-se a este detalhe! Quando mastigamos devidamente os alimentos, sentimos o real sabor da comida e é através desta sensação de sabor que geraremos a saciedade. Lembrando que a mastigação, além de favorecer a saciedade, também favorecerá uma boa digestão e a absorção de nutrientes Fracionar as refeições e alimentar-se no mínimo cinco vezes por dia. Isto evitará a compulsão alimentar nas refeições principais Ana Carolina Arnhold Beber muita água ao longo do dia. Além de desempenhar diversas funções importantes em nosso corpo, a água também gera saciedade, pois engana a vontade de comer Alimentos ricos em fibras, como frutas e verduras, cereais integrais (aveia, chia, linhaça) e as leguminosas (como feijão, lentilha, grão de bico) atrasam o esvaziamento gástrico, tornando mais lenta a digestão e gerando assim maior saciedade Comer muita salada antes de alimentar-se na hora do almoço diminuirá o apetite para exagerar nas porções desta refeição Desconte sua ansiedade na prática de atividades físicas regulares, pois seu corpo produzirá endorfinas e assim terás melhora na sua qualidade de vida e bem-estar (Fonte: nutricionista Ana Carolina Arnhold) QUAIS SÃO OS SINAIS DE QUE A PESSOA ESTÁ COM ESSE PROBLEMA? Alguns sintomas físicos são alteração da frequência cardíaca, falta de ar, dor ou pressão no peito, tonturas, sudorese, náuseas, tremores, formigamentos, sensação de desequilíbrio, tensão muscular e boca seca. Os sintomas cognitivos podem ser medo de perder o controle, medo de algum dano físico ou de morte, temor pela avaliação negativa dos outros, diminuição da capacidade de concentração, entre outros. Por fim, pode acarretar em alterações emocionais como sentir-se nervoso, tenso ou irritado, sentir-se assustado ou aterrorizado, apreensivo e impaciente. Quando estes sinais aparecem frequentemente em situações cotidianas normais e a pessoa começa a tentar amenizá-los com projeções nos alimentos, como estratégias compensatórias para regularem o humor, pode ser um sinal de que alguma coisa está errada.

5 Cardiologia Fevereiro 2014 Unimed-ES / 5 As mulheres e o CORAÇÃO Cardiopatias em indivíduos do sexo feminino têm crescido, trazendo à tona a importância dos hábitos saudáveis O cardiologista da Unimed Encosta da Serra Dr. Daniel Pereira Kollet conta que, nas últimas décadas, houve aumento na incidência de infarto entre mulheres. Isto porque elas passaram a fumar e a beber mais, usam anticoncepcionais sem acompanhamento adequado e estão cada vez mais susceptíveis à obesidade e ao estresse por conta de cargos que vêm ocupando na sociedade, explica ele. Conforme o cardiologista, nos dados de mortalidade, destaca-se que 40% das brasileiras apresentavam aumento da cintura abdominal, mais de 20% fumavam, 18% eram exfumantes, 23% tinham níveis de pressão arterial acima do normal e 21% possuíam alteração dos níveis de colesterol. Cardiologia do Estado de São Paulo, as brasileiras encararam os distúrbios cardíacos como um mal tipicamente masculino. Trata-se de uma postura que acaba por ignorar sintomas, negligenciar cuidados e, assim, comprometer a qualidade e a expectativa de vida de milhares de mulheres, sujeitas ou vítimas de doenças do coração. Atualmente, 21 milhões de mulheres brasileiras correm o risco de sofrer um infarto e 39 mil morrem todos os anos em decorrência do mal o triplo das vítimas fatais de câncer de mama. COMO PREVENIR Ter uma alimentação saudável Não fumar Não beber em excesso Adotar um estilo de vida que ajude a diminuir o estresse do dia a dia, incluindo a prática de exercícios físicos Verificar o colesterol regularmente Ficar atento a fatores de risco como obesidade, diabetes e hipertensão Informar-se sobre seu histórico familiar de doenças do coração Segundo Dr. Daniel, as mulheres têm uma chance menor de apresentar infarto quando têm o ciclo menstrual funcionante, pois o hormônio natural estrogênio protege muito a progressão da doença coronariana obstrutiva ou aterosclerose. Mas quando a mulher chega na menopausa, o risco de doença cardiovascular se aproxima ao dos homens. O que não se sabia é que as mulheres, apesar de trabalharem tanto quanto os homens e terem problemas cardíacos em idade mais avançada, têm uma chance muito maior de morte cardíaca após o diagnóstico de algum problema no coração. De fato, a probabilidade de morte no primeiro infarto de uma mulher é maior que a do homem. A chance dela morrer é de 50%, enquanto que para eles é de 30%, diz o médico. O problema se agrava quando o assunto é informação. Menos da metade das mulheres se diz orientada sobre o risco de adquirir doenças cardíacas, segundo os dados da American Heart Association (Sociedade Americana do Coração). No Brasil, a questão se repete, com uma percepção equivocada por parte das mulheres sobre os cuidados com o coração. Segundo pesquisa realizada pela Editora Abril com a Sociedade de O QUE É INFARTO? O coração é um órgão nobre que trabalha continuadamente (no adulto normal passam 4 a 6 litros de sangue por minuto). Ele recebe nutrientes (glicose) e oxigênio para funcionar através de vasos sanguíneos chamados artérias coronárias. Quando uma redução prolongada desta irrigação sanguínea das coronárias acontece, inicia-se o processo chamado isquemia que, se persistir, evolui para morte (necrose) deste músculo cardíaco. Assim, o infarto do miocárdio acontece quando ocorre a necrose de uma parte da musculatura do coração. QUAIS OS CUIDADOS QUE AS MULHERES DEVEM TER? É preciso ter controle e atitude de prevenção aos tradicionais fatores de risco, como: obesidade, tabagismo, hipertensão, sedentarismo, histórico familiar de infarto, diabetes e estresse. Existem novos fatores de risco para a saúde cardiovascular das mulheres: doenças autoimunes, como lúpus e artrite reumatoide, complicações na gravidez - hipertensão e diabete gestacional - e depressão foram incluídas entre as ameaças para o sexo feminino. PALAVRA DO ESPECIALISTA Hoje em dia, a relação entre homens e mulheres que morrem por doença coronária é de 2,45 para 1, mas na década de 70 esta relação era de 10 para 1. É verdade que até os 50 anos, a incidência de infarto é cinco vezes maior nos homens, mas estes números mudam violentamente na quinta e sexta décadas de vida, quando a mulher perde a proteção do estrogênio natural, Dr. Daniel Pereira Kollet, cardiologista da Unimed Encosta da Serra (CREMERS 22391)

6 Urologia Fevereiro 2014 Unimed-ES / 6 Uma negação MASCULINA O mito do urologista para os homens resulta em índices preocupantes sobre consultas e exames preventivos Uma pesquisa feita pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) com 5 mil homens revela que 44% dos entrevistados nunca foi a uma consulta com um urologista nem faz exames preventivos. O levantamento foi feito em seis capitais brasileiras: Rio de Janeiro, Porto Alegre, São Paulo, Recife, Belo Horizonte e Brasília. A pesquisa mostra que 47% dos homens ouvidos nunca fez exames para detectar o câncer de próstata. Apenas 23% dos entrevistados faz o exame anualmente. Para o urologista da Unimed Encosta da Serra Dr. Sandro Luiz Muller da Silva, o número de homens que não procura um profissional é alto porque eles têm receio do desconhecido. Muitos têm medo de que haja alguma doença grave e que isso possa interferir na sua função sexual, além de que, culturalmente, são menos preocupados com a sua saúde do que a mulher, afirma o especialista. De acordo com Dr. Sandro, existem alguns mitos na urologia que afastam os homens do consultório. Um dos principais talvez seja o de que todo o paciente que é submetido à cirurgia de próstata ficará com sequela na esfera sexual. Apenas alguns pacientes podem ficar com esta alteração após a intervenção, diz Dr. Sandro, contando que outro mito é de que o exame de próstata causa dor. O exame é apenas desconfortável, mas não doloroso, e não demora mais do que 6 ou 8 segundos. ATENÇÃO DEPOIS DOS 40 Entre os 40 e 50 anos de idade, uma parcela da população masculina pode desenvolver sintomas urinários, que vão aumentando em incidência com a idade mais avançada. A grande maioria está relacionada à hiperplasia prostática benigna, que é uma patologia benigna, porém trazendo muito prejuízo à qualidade de vida dos homens, interferindo no sono e no seu convívio social, explica o urologista. A hiperplasia prostática é uma condição médica caracterizada pelo aumento benigno da próstata que pode provocar estreitamento da uretra com dificuldade de micção. Mas a visita ao urologista não é uma atividade exclusiva para homens. Como explica Dr. Sandro, a urologia é uma especialidade médica que trata tanto os problemas clínicos, quanto cirúrgicos referente ao trato urinário (rins, ureteres, bexiga) em homens e mulheres, e doenças referentes ao aparelho reprodutor masculino (próstata, vesícula seminais, pênis e testículos). É muito comum o atendimento de pacientes do sexo feminino, apresentando cistite, cólica renal, sangue na urina, tumores do trato urinário e incontinência urinária, dentre outras doenças, destaca o médico. PALAVRA DO ESPECIALISTA É importante a conscientização da população para o acompanhamento periódico com seu urologista. As consultas devem se iniciar já na adolescência, para orientações sexuais e autoexame do testículo (prevenção de tumor), e após os 45 anos, para preventivo de câncer de próstata naqueles pacientes com fator de risco (familiar de primeiro grau com tumor de próstata e população da raça negra) e para os demais a partir dos 50 anos de idade Dr. Sandro Luiz Muller da Silva, urologista da Unimed Encosta da Serra (CREMERS 25019). SINTOMAS Geralmente, o câncer de próstata em fase inicial não apresenta sintomas. Alguns pacientes podem, inclusive, nunca ter sintomas. Por isso é fundamental que o homem faça exames de rotina. Quando o tumor cresce, os sintomas mais comuns estão relacionados ao ato de urinar, como urgência, dificuldade e levantar várias vezes à noite para ir ao banheiro. DADOS - O câncer de próstata é mais incidente que o câncer de mama, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), que em sua estimativa 2012/2013 apontou novos casos de câncer de próstata e de mama - Se forem descobertos no início, 90% dos casos são curáveis. - Um a cada seis homens terá câncer de próstata e 1 a cada 36 morrerá da doença, afirma Dr. Aguinaldo Nardi, presidente da Sociedade Brasileira de Urologia. TRATAMENTO De acordo com a fase do tumor e as características do paciente, o médico poderá definir quais as melhores formas de tratamento. Nos estágios iniciais da doença (tumores localizados e localmente avançados) a prostatectomia radical é a indicação. Consiste em uma cirurgia para retirada da próstata e apresenta altos índices de cura. (Fonte: Sociedade Brasileira de Urologia)

7 CRM PEDIATRIA Dra. Carla Muller Rua Ernesto Alves, Fone: Taquara DRA. CARMEN SIRIA SIVIERO PACHECO CRM 5709 REUMATOLOGIA E CLÍNICA MÉDICA JÚLIO DE CASTILHOS, 2650/3 - TAQUARA CLÍNICA FISIOTERAPIA RIBEIRO LTDA Psicólogo - CRP 07/ Rua Arnaldo da Costa Bard, 2940 Sala Ed. Fleming - Taquara Fone: FISIOTERAPIA Rua Tristão Monteiro, 951 F.: Taquara Dr. Diogo Caron Angeli CRM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA Rua Emílio Lúcio Esteves, 1180, sala Taquara Fone: (51) Dr. Diogo Marílio Martins CRM OTORRINOLARINGOLOGISTA CRM TAQUARA Dr. Augusto Marques Ramos NEFROLOGIA Dr. César Augusto Niederauer OFTALMOLOGIA Taquara: Rua Gen. Emílio L. Esteves, Sala 34 Igrejunha: Rua Edmundo Laufer, Sala 403 Celular: (51) Rua Emílio Lúcio Esteves, 1340 Sala 11 - Edifício Oswaldo Cruz Taquara - RS Fone: Rua Federação, Taquara Fone: (51) CRM Rua Gen. Emílio Lúcio Esteves, 1042 sl 40 Fone: (51) Dra. Maria da Gloria Folmer Correa CRM ENDOCRINOLOGIA Rua Gen. Emílio Lúcio Esteves, Sala 407 Taquara (51) CLÍNICA MÉDICA Dr. Marco Antonio Faedrich Rua Guilherme Lahm, Taquara Fone: PROCTOLOGIA CRM Dr. Eduardo Miranda Lopes Gel. Emílio Lúcio Esteves, º andar - Sala 32 Fone: Taquara Dr. Helevom G. de Oliveira Rosa Clínica Médica e Medicina do Trabalho CRM Taquara: Rua Emílio Lúcio Esteves, Sala 11 - F.: Igrejinha: Rua Edmundo Lauffer, Sala F.: Dr. Dirceu M. Martins Filho CRM 6275 NEUROLOGIA ELETROENCEFALOGRAFIA Rua Federação, F.: Taquara CLÍNICA DE VACINAS CLÍNICA DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE R. General Emílio Lúcio Esteves, 1187 Fone: Taquara C E N T R O E S P E C I A L I Z A D O OFTALMOLOGIA E OTORRINOLARINGOLOGIA Clínica e Cirurgia dos Olhos, Ouvidos, Nariz e Garganta Audiometria, Lentes de Contato e Intra-Oculares Cirurgia de catarata com Faco Dr. Alberto E. Martins CRM 3284 Dr. Guilherme M. Martins CRM Rua Emílio Lúcio Esteves, Conj. 21/22 Fone: / Taquara Dr. João Carlos Schafer Clínica e Cirurgia - Oftalmologia e Otorrino LENTES DE CONTATO Rua Júlio de Castilhos, 2650/07 - Taquara Fones: / (resid.) CIRURGIA INFANTIL Dra. Jussara Lisbôa Rua Emílio Lúcio Esteves, 1104 Fone: Taquara Dr. Sandro Luiz Müller da Silva Membro Titular da Sociedade Brasileira de Urologia Especialidade: Urologia Endourologia Avaliação Urodinâmica Rua Emílio Lúcio Esteves, 1187 Fone: Taquara CRM Dr. Leandro Güthler Clínica e Cirurgia Urológica Taquara: Emílio L. Esteves, F.: Igrejinha: Edmundo Laufer, 299, sl F.: Urgências: ORTOPHISIO Centro de Reabilitação Física Fisioterapeuta Juliana Aguiar Birck Rua Júlio de Castilhos, 2265 / sala C Fones: / Dr. João Guilherme Borges Hackmann CRM 7077 ACUPUNTURA, ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA RUA GENERAL EMÍLIO LÚCIO ESTEVES, Sala ORTOPHISIO Dra. Marcia Muhammad Karpss CRM 5087 CRM Centro de Reabilitação Física Fisioterapeuta Juliana Aguiar Birck Rua Julio de Castilhos, 2265, sala C Taquara, Fones (51) ou Ginecologia Rua Cel. João Pinto, F.: Taquara CRM CRM Doenças Vasculares e Varizes Ecografia Vascular, Clínica e Cirurgia Dr. Mauro Werb Jr. TAQUARA: Gal. Emílio Lúcio Esteves, 1177 F.: GRAMADO: Clínica Vêneto - Av. das Hortências, 2040 Sala 20 - F.: Dra. Miriam Gressler Gomes NEFROLOGIA - CLÍNICA MÉDICA Rua Emílio Lúcio Esteves, Sala 103 Fones: / Taquara CREFITO F CREFITO F CRM CRM Dr. Daniel P. Kollet CRM Comunica mudança de endereço de consultório Cardiologia Ecocardiografia Clínica Médica Rua Guilherme Lahn, 1667 Centro Fone: Dra. Miriam Suseth Parode CRM Ginecologia Rua Emílio Lúcio Esteves, Sala 302 Fone: Taquara FISIOSUL Cátia Kuntze Guimarães Teixeira FISIOTERAPIA GERAL, FISIOTERAPIA ESTÉTICA e HIDROTERAPIA Rua Farrapos, 1068, Taquara - Fones: / Dr. Paulo E. Skusa Morassutti Cirurgia Geral - Cirurgia Pediátrica Rua Emílio Lúcio Esteve, 1187 Fone: Taquara ORTOCLÍNICA ORTOPEDIA - TRAUMATOLOGIA Dr. Clóvis P. P. Angeli CRM 3564 Dr. Diogo Caron Angeli CRM Dr. Geraldo C. Angeli CRM CRM Dr. Raphael Cristiano Saibel CRM Cardiologia - Clínica Médica Taquara: Emílio Lúcio Esteves, 1177 Fone: (51) Rua Emílio Lúcio Esteves, Taquara Fones: / PEDIATRIA CRM 5014 Dr. Renato Fagondes Rua Emílio Lúcio Esteves, 1187 Fone: Taquara Dr. Renato Lehnen CRM Ginecologia - Obstetrícia - Ecografia Rua Emílio Lúcio Esteves, 971 Fone: Taquara Dr. Renato Santos Coelho Pediatria Clínica e do Desenvolvimento e Comportamento Rua Emílio Lúcio Esteves, 1187, sala 304 Fone: / Taquara Dr. Rubem Ernesto Kunz Eletrocardiograma. Ergometria Holter 24h Ecocardiograma Rua Emílio Lúcio Esteves, 1149 Fone: Taquara Dr. Sergio Venero H. Dra. Etelvina Venero CRM CRM 6814 Pneumologia - Clínica Médica Endoscopia Respiratória (Fibrobroncoscopia) Clínica de Criança - Orientação Alimentar na Prevenção da Obesidade da Criança e do Adolescente Rua Ivo Borges, Taquara Fone: Fax: Crefito 8609 CRM CRM Dr. Leonardo Gilberto Haas Signori Dr. Sadi Gelson Muller Ginecologia - Obstetrícia - Ecografia Rua Emílio Lúcio Esteves, Sala 103 Fone: Taquara CRM Dr. Valter Augusto Heinz Clínica Médica - Cirurgia - Aparelho Digestivo Rua Nelson Renck, 2880, Centro, Taquara Fone (51) ou U CG UROLOGIA E CIRURGIA GERAL SERVIÇO DE UROLÓGIA E CIRURGIA GERAL Dr. Flávio Branco CRM Dr. Leandro Güthler CRM Rua Emílio Lúcio Esteves, 1104 Fone: Taquara Taquara (ao lado do Hospital de Caridade) Dr. Alvaro Ritter Scharnovski CRM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA Parobé: Hospital São Francisco de Assis - F.: Três Coroas: Hospital Dr. Osvaldo Diesel - F.: Gramado: Av das Hortênsias, Sl DRA. DANIELA KOHLRAUSCH Terapeuta Sexual GINECOLOGISTA Parobé: Rua Vera Cruz,326 sala 1 (51) e (51) Dr. Mauro Sávio S. Alves PEDIATRIA & CLÍNICA MÉDICA PAROBÉ CRM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA Parobé: Hospital São Francisco de Assis - F.: Igrejinha: Rua Nove de Fevereiro,600 - F.: CRM Dr. Paulo Celivio Willrich Rua Emílio Felten, 248 Fone: Parobé Dr. Luiz Roberto Wander DERMATOLOGISTA E ESPECIALISTA NO TRATAMENTO E NA RECUPERAÇÃO DA PELE CRM7337 Rua Theno José Berlitz, 50 - Parobé Fone: CRM MEDICINA DO TRABALHO CLÍNICA MÉDICA Dr. Jorge Antônio da S. Moares Rua Fernando Saft, Cj. 2 Centro - Fone: Parobé Dr. Reginaldo Brito Quintana ANGIOLOGIA-CIRURGIA VASCULAR Rua Theno José Berlitz,50 Parobé Fone CRM-RS Pneumologia, Espirometria e Clínica Médica IMACLIM Rua Nelson Renck, 2880 Centro Taquara RS Fones: , SOCIEDADE BENEFICIENTE PAROBÉ Hospital São Francisco de Assis R. Theno José Berlitz, 50 - Fone: Parobé CRM 8124 CRM CRM 10815

8 Cidades Ar a r Fevereiro 2014 Unimed-ES / 8 No v a Para curtir o verão na NOSSA REGIÃO Para quem fica nas cidades de abrangência da Unimed Encosta da Serra nos meses mais quentes, diversão é o que não falta para toda a família O verão é uma estação de dois times. Há o grupo das pessoas que gostam de viajar e ir às praias mesmo que isso, às vezes, seja sinônimo de filas e engarrafamentos. E há quem fique na cidade curtindo o calorzinho por gosto ou porque precise. Se você está no segundo time, preparamos alguns roteiros especiais para aproveitar o melhor dos 14 municípios de abrangência da Unimed Encosta da Serra nos meses mais quentes do ano. Nossa região é linda e oferece uma programação excelente para quem não for viajar! Paro Jaq u i R ioz TRÊS COROAS Como atrativo para o verão, Três Coroas conta com o Parque Municipal das Laranjeiras. Ele dispõe de amplo espaço com banheiros completos, churrasqueiras, área para camping, lazer e prática de esportes. Três C o C am b a rá Rolan Igreji n S api r São Fra n c is Taqua SAPIRANGA Um visual de tirar o fôlego, combinado com a prática de esportes radicais. No Morro do Ferrabraz, o visitante tem contato com uma das mais belas vistas panorâmicas do Estado, em meio à prática de voo livre. O local também é adequado para os adeptos da Mountain Bike. Grama CANELA O Parque do Lago fica aos fundos da Catedral de Pedra de Canela e possui infraestrutura para toda a família. Uma caminhada neste local, ao final do dia, pode ser um programa ao mesmo tempo saudável e revigorante! Can

9 Ara r icá v a Ha rtz ARARICÁ arobé aq u i ra n São quatro semanas de atividades ecológicas, artísticas e esportivas no período de recesso escolar envolvendo alunos da rede municipal de ensino de Araricá. As Ecoférias são um projeto divertido que fazem das férias na cidade um dos melhores programas para a criançada de Araricá. a ioz inh o RIOZINHO Famosa por suas quedas d água, Riozinho tem diversas opções para quem fica na cidade no verão. Uma delas é o Parque do Conduto, onde se pode aproveitar uma bela paisagem. s C o ro a s NOVA HARTZ a rá do S u l É por meio do roteiro cultural Roda D água que os turistas em Nova Hartz entram em contato com a história e as belezas naturais do município. o l a n te CAMBARÁ DO SUL Aventureiro ou não, você vai gostar de visitar os cânions de Cambará do Sul. No Fortaleza ou no Itaimbezinho, o visual é deslumbrante! ejinh a api ra ng PAROBÉ Parobé recebeu este nome em homenagem ao engenheiro João José Pereira Parobé, que foi responsável pela construção de uma estrada de ferro que passava pelo município. A cidade começou a se formar em torno da estação, cujo prédio abriga um museu que você pode visitar neste verão. TAQUARA O fim de tarde é o período do dia preferido pela maioria das pessoas para reunir a família, tomar um chimarrão, dar uma caminhada, praticar um esporte. O Parque do Trabalhador, em Taquara, é um dos locais escolhidos para quem opta por estas alternativas saudáveis de vida. a n c is c o de Pau IGREJINHA la Você já reparou como é linda a Praça Dona Luisa. Quem é da nossa região, tem o privilégio de poder aproveitar esse local público e bem cuidado em Igrejinha. ROLANTE quara Conhecida pelas cucas, Rolante tem um local em que é possível conhecer e adquirir essa iguaria tão característica do município. A Casa da Colônia fica no centro da cidade e comercializa produtos artesanais feitos em propriedades rurais de Rolante. amado JAQUIRANA Ca ne l a Há uma reprodução do Cristo Redentor na cidade. Está localizado no Morro da Cruz, na sede. Deste ponto é possível ter uma vista de toda a cidade e seus arredores. GRAMADO Pessoas do Brasil inteiro desembarcam diariamente em Gramado para conhecer as belezas da cidade, que estão tão próximas de nós! Você esteve recentemente no Lago Negro? Não? Então, vale a visita! SÃO FRANCISCO DE PAULA Para quem gosta de contato com a natureza e aventura, São Francisco de Paula tem muitas atrações: Parque da Cachoeira, Rally no Passo da Ilha, Lago Sâo Bernardo e Barragem do Salto são algumas delas. As informações são das assessorias de comunicação das prefeituras.

10 Dr. Clóvis Rogério Winck Ginecologia - Obstetrícia Rua Carlos Gomes, 261 Fone: Três Coroas CRM ECOGRAFIA TRÊS COROAS Dr. Paulo E. Paim Fernandes (CRM 9034) Dr. José Alberto Ritter (CRM 5960) Rua 12 de Maio, F.: Três Coroas CRM PEDIATRIA / CLÍNICA MÉDICA Dra. Liane Sauer Rua 12 de Maio, Fone: Três Coroas Dr. Mauro Frota Michalski Cirurgia Geral - Clínica Médica Ginecologia - Obstetrícia Rua 12 de Maio, F.: Três Coroas Dr. Paulo E. Paim Fernandes - Cirurgia CRM Ecografias - Clínica Médica Rua 12 de Maio, 573 F.: Três Coroas Dr. Paulo Renato de Azeredo Pediatria - Clínica de Vacinas Rua Carlos Gomes, 261 CRM Fone: Três Coroas Dra. Claudia R. Schulmann Ginecologia e Clínica Médica Rua Edmundo Laufer, 299, sl 205 Fone: Igrejinha Pediatria geral e especializadades TRÊS COROAS IGREJINHA Rua General Ernesto Dorneles, 168 Fone/Fax: Igrejinha CRM 4304 Dr. A. Henrique Herzer Nogueira Pediatria - CREMERS DERMATOLOGIA CRM Dr. Fabiano Pacheco Igrejinha: Rua Edmundo Lauffer, Sala 601 F.: Taquara: Rua Júlio de Castilhos, Sala 3 - F.: Dr. Isnard Freitas Leivas Clínica Médica / Medicina do Trabalho Igrejinha: Rua Edmundo Lauffer, Sala 501 Fone: CREMERS CRM CRM Clínica Médica e Cirurgia Geral Dra. Kelen Lopes Poganski CRM Igrejinha: R. Theobaldo Fleck, 40 2º andar - Sl. 1 Centro - Telefones: (51) / Dra. Karla Celina Rangel Daudt Ginecologia - Obstetrícia Rua Sete de Julho, 847, sl 06 Fone: Igrejinha Dr. Odilon Schweitzer Klauberg Geriatria / Medicina do Trabalho Rua Euclides da Cunha, 70 - Fone: Igrejinha Dr. Paulo Winck Clínica Médica Rua Arthur da Costa e Silva, Sala 2 Fone: Igrejinha Dr. Rafael Peters Ginecologia - Ecografia Rua 7 de Julho, Sala 4 - F.: Igrejinha Dr. Roberto G. Kollet Cardiologia e Clínica Médica Igrejinha: R. 7 de Julho, Sala 1 - F.: Três Coroas: Rua 12 de Maio, Fone: Tomografia Computadorizada Radiologia Digital Mamografia Digital Densitometria Óssea Ecografia e Ecodoppler IGREJINHA TAQUARA TRÊS COROAS PAROBÉ GRAMADO Rua das Fontes, 46 - F.: (54) Gramado CRM CRM 3751 Dr. André Airton Bender CRM Medicina do Trabalho DR. CARLOS NELZ CLÍNICA MÉDICA Rua Edmundo Lauffer, Bom Pastor (Junto ao hospital) Fones: e Rua 9 de Fevereiro, Bom Pastor Fones: e Rua Federação, Centro Junto a UNIMED-ES Fones: e Rua 12 de Maio, Centro Junto ao Hospital Dr. Oswaldo Diesel Fones: e Rua Venceslau Escobar, Centro Junto a UNIMED-ES em Parobé Fones: e CRM CRM CRM CRM Dr. Gilson da Costa Braga Jr. CRM PEDIATRIA ALERGIA RESPIRATÓRIA Borges de Medeiros, Sala 11 - F.: (54) Gramado DRA. KARLA ZATTI HAAS CRM PEDIATRIA RUA GARIBALDI 308 SALA GRAMADO FONE: (54) / (54) DRA. KARIN GOMES OZÓRIO CRM DERMATOLOGISTA RUA MADRE VERÔNICA, SALA FONE: Dr. Luciano A. Braganholo Ortopedista e Traumatologista Gramado: Rua Madre Veronica, Sala F Canela: Rua Augusto Pestana, F Dr. Marcio Moraes de Almeida Ginecologia e Obstetrícia Cirurgias por Videolaparoscopia Histeroscopia RUA GARIBALDI 251 SALA GRAMADO (54) GRAMADO: Clínica Vêneto - Av. das Hortências, 2040 Sala 20 - F.: (54) TAQUARA: Gal. Emílio Lúcio Esteves, 1177 F.: (51) CRM Doenças Vasculares e Varizes Ecografia Vascular, Clínica e Cirurgia Dr. Mauro Werb Jr. DR. RUI TAVARES SOARES CRM 5519 CIRURGIA PLÁSTICA Rua Madre Veronica, Conj Fone: (54) CLÍNICA OFTALMOLÓGICA Dra. Simone de Leon Martini Médica Pneumologista, Asma, Tosse, Doenças Respiratórias Dr. Flávio Martini Filho Especialista pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia Membro da Academia Americana de Oftalmologia Clínica e Cirurgia Rua Vigilante, 97 - Sala 01 - Bloco B - Cond. Granville Fone: (54) (54) Gramado SÃO FRANCISCO DE PAULA DR. MARCELO DA SILVA SOPRANO CRM CLÍNICA MÉDICA ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA RUA DR. FREDERICO TEDESCO 222 SALA 8 SÃO FRANCISCO DE PAULA - (54) Dr. Moacir Castello Branco de Albuquerque CREMERS CLÍNICA MÉDICA - CIRURGIA GERAL VIDEOENDOSCOPIA DIGESTIVA Adjunto do Colégio Brasileiro de Cirurgiões Av. Júlio de Castilhos, Cj.1 Fone: São Francisco de Paula CRM SBOT 9095 CRM CRM CRM DR. JOSÉ AGNELO FRANZEN CORREA CRM 5825 PEDIATRIA RUA AUGUSTO PESTANA CANELA (54) DR. MARCOS FARIAS VOGT CRM PNEUMOLOGIA RUA DONA CARLINDA, CANELA - FONE ROLANTE DR. PAULO TIMMEN CRM 3106 CLÍNICA MÉDICA Avenida Borges de Medeiros, 1954, sl 206, Rolante - telefone (51) Dr. Luís Alfredo Timmen CRM CLÍNICA MÉDICA E CARDIOLOGIA Eletrocardiograma, Teste Ergométrico e M.A.P.A. Rolante: Avenida Borges de Medeiros, 1954, sl 206 Fone: (51) Taquara: Rua Emílio Lúcio Esteves, 1180, sl 103 Fone (51): SAPIRANGA DR. ARLEI RIZZIERI CRM CIRURGIA VIDEOLAPAROSCÓPICA GERAL E GINECOLÓGICA RUA GETULIO VARGAS 574 SALA 3 - SAPIRANGA Dr. Airton Schmitt Cirurgia Geral e do Aparelho Digestivo Cirurgia Videolaparoscópica Sapiranga Avenida João Corrêa, 629, sl 301 Fone: DR. ARNALDO NEUMAN SANT ANNA CRM 5516 GINECOLOGIA SAPIRANGA: RUA GETULIO VARGAS 254 SALA PAROBÉ: R. THENO JOSÉ BERLITZ, 50 - FONE: GINECOLOGIA DRA. ANDREIA MEINE CRM DR. LEONARDO DA SILVA MYLIUS CRM RUA PADRE REUS 601 SALA 101 FONE: SAPIRANGA DR. HERIBERT ADAM Cirurgia Geral SAPIRANGA : RUA GETÚLIO VARGAS, 527 FONE Dr. José Morsch Neto Cardiologia - Cirurgia Cardiovascular Ergometria Eletrocardiograma - Mapa CRM CRM CRM THEOBALDO FLECK 62 SALA GRAMADO (54) CANELA Sapiranga Rua 7 de setembro, 303 sala 7 Fone: IGREJINHA Rua Edmundo Lauffer, 299 sala 402 Fone: (51) Ginecologia CRM Dra. Joele Brasil Leripio Rua 7 de Julho, Sala 4 Fone: Igrejinha DR. ENIO LUIZ BOZA CRM 9719 GASTROENTEROLOGIA RUA GARIBALDI 308 SALA GRAMADO (54) Dr. Gilnei dos Santos Marques Cirurgião Geral - Endoscopia Cirurgia do Aparelho Digestivo Rua Theobaldo Fleck, 50, sl 3 - Gramado Fones: (54) / (54) CRM Dr. Alexander d`ávila Pereira Santos CREMERS Clínica Médica - Cardiologia Teste Ergométrico - MAPA - Eletrocardiograma R. Melvin Jones, 89 - S F.:(54) / (54) DR. BEN-HUR LABATUT CRM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA RUA DONA CARLINDA CANELA (54) Endoscopia Nasal e da Laringe Cirurgias do ouvido, nariz e garganta AV. JOÃO CORRÊA, CENTRO - SAPIRANGA FONE: (51) CEL.: RUA THENO JOSÉ BERLITZ, 50 - PAROBÉ Dr. José Carlos Satoshi Makino CRM Pediatria e Clínica de Vacinas Igrejinha: Edmundo Lauffer, 90 (UNICLIN) - F.: Parobé: Fernando Saft, 316/02 - F.: Dr. Mauro Sávio S. Alves CRM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA Igrejinha: Rua 9 de Fevereiro, 600 F.: Parobé: Hospital São Francisco de Assis - F.: Dr. Alexandre Ludwig CRM Cardiologia, Eletrocardiograma e Clínica Médica Dr. Aline Ludwig CRM Nutrologia e Clínica Médica Rua Madre Verônica, 311, sala 206 GRAMADO - Fone: (54) DR. FERNANDO BAUERMANN LUMMERTZ CRM OFTALMOLOGIA OTORRINOLARINGOLOGIA AV. JULIO DE CASTILHOS 349 SALA CANELA (54) DR. FERNANDO VALLE CRM GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA Rua Dna. Carlinda, F.: (54) Canela

11 Adolescentes Fevereiro 2014 Unimed-ES / 11 De frente com a FAMÍLIA Prevenção de gestação precoce e de doenças sexualmente transmissíveis são exemplos de assuntos que devem ser abordados por pais e filhos Entrevista com Dra. Márcia Elize M. Karpss (CREMERS 16154) Ainda na infância, é comum nossos filhos nos surpreenderem com perguntas que não esperávamos ouvir. Mas é quando as crianças crescem e estão na adolescência que tomam mais consciência da sua sexualidade. Nesta fase, é muito importante o diálogo para que os jovens tenham um futuro com uma postura e visão saudáveis quanto ao sexo. Você já se imaginou tendo esta conversa com o seu filho? Pois não ensaie muito. Conforme a ginecologista da Unimed Encosta da Serra Dra. Márcia Elize Muhammad Karpss, a abordagem deve ser a mais natural possível: o tema sexo não deveria ser tabu. A sexualidade está presente no ser humano desde a vida intrauterina. Na infância também há manifestações e dúvidas que, se forem abordadas naturalmente, a tendência é de que na adolescência siga havendo naturalidade nas conversas, diz a ginecologista. E não pense que haverá data e hora marcada para a conversa fluir. Não há uma idade correta para falar com o jovem sobre o assunto. O momento certo é quando ele ou ela manifestar curiosidade. É preciso respeitar o tempo deles, respondendo o que é perguntado de forma franca e honesta, explica. Se não for assim, destaca a médica, os futuros adultos buscarão esclarecimentos em outras fontes, nem sempre confiáveis. Vale lembrar também que não há a necessidade de precipitar informações que talvez os filhos não estejam aptos a entender naquele momento. De acordo com Dra. Márcia, a abordagem deve ser no sentido de ajudar a exercer a sexualidade de forma saudável e sem expor-se a riscos. Falar de prevenção de gestação e de doenças sexualmente transmissíveis são exemplos de assuntos que podem ser levantados. Tomar cuidado para não passar uma mensagem punitiva, que pode dificultar o pleno exercício da sexualidade. Os valores de cada família devem ser respeitados, mas é importante ouvir e debater se o jovem tem pensamentos diferentes, acrescenta a médica. Neste contexto, é possível falar o que está interessando o jovem no momento, desde o afeto platônico ( eu gosto dele, mas ele não me dá a menor bola ) até o início dos relacionamentos, como o menino ou a menina com o qual seu filho está saindo ou conhecendo na escola. Nesta conversa, é preciso lembrar que o corpo é um bem precioso e que precisa ser respeitado. Uma consulta com um médico ginecologista é o caminho recomendado quando houver a necessidade de uso de métodos contraceptivos. Esse momento pode ser útil também para elucidar dúvidas que não possam ser esclarecidas no âmbito familiar ou questões que o jovem não se sinta à vontade para falar com os pais. Devemos lembrar que o fato de levar a jovem ao médico para ser orientada não precipita o início da atividade sexual. Muitos pais têm este conceito e não estimulam que elas procurem o médico e muitas vezes isto leva a uma gestação futura por falta de orientação adequada, afirma Dra. Márcia. Segundo dados do Ministério da Saúde, anualmente cerca de 445 mil meninas e adolescentes brasileiras, entre 10 e 19 anos, dão à luz. A cada ano, cerca de 20% das crianças que nascem no Brasil são filhas de adolescentes. E QUANDO OS FILHOS NÃO QUEREM FALAR SOBRE O ASSUNTO? Esta é uma situação delicada, pois acredito que não se deve invadir a privacidade dos indivíduos. Então não há como forçá-los a falarem de algo que não estão a fim. A sugestão de que procure um médico pode ajudar o jovem a encontrar alguém com quem possa discutir suas angústias e dúvidas. Mas é importante os pais se colocarem à disposição dos filhos para quando eles se sentirem à vontade para abordar o assunto. OS AMIGOS E OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO PODEM INFLUENCIAR OS JOVENS? Acredito que são grandes formadores de opinião. Dependendo do tipo de relacionamento que pais e filhos têm, talvez sejam os únicos acessos à informação. Porém, há que ter cuidado. Os amigos estão no mesmo barco, da descoberta e da experimentação e nem sempre são bem informados. Os meios de comunicação podem ser aliados das famílias, como uma boa maneira de introduzir o assunto, sem que haja constrangimento. É PRECISO TRATAR DO ASSUNTO COM NATURALIDADE? Sexo é um assunto natural. Faz parte da natureza e como tal deve ser tratado sem tabus. A maneira como este diálogo será desenvolvido dependerá de como o sexo é visto e vivenciado na família. Deixar os filhos exporem suas opiniões, mesmo que não sejam as suas, é um bom começo. Podemos nos colocar no lugar deles e tentar entender sua postura. Isso nos aproxima dos filhos. E não quer dizer que devemos concordar com tudo e nem mesmo permitir situações que os coloquem em risco.

12 Parceiro Fevereiro 2014 Unimed-ES / 12 Radioclin: uma história de PIONEIRISMO E EXCELÊNCIA Empresa destaca-se com seus serviços e atendimento junto a médicos e pacientes de toda a região. Em 2013, a Radioclin, parceira da Unimed Encosta da Serra, trouxe para Taquara o serviço de ressonância magnética, implementando o rol de serviços de Diagnósticos por Imagem. Veja os pontos que a empresa destaca sobre sua atuação e as inovações dos últimos 12 meses. RESSONÂNCIA MAGNÉTICA A Radioclin passou a oferecer serviços de alta complexidade em diagnósticos por imagem e medicina diagnóstica proporcionando à comunidade regional serviços diferenciados em exames e diagnósticos com maior segurança e precisão. Contribui desta forma com agilidade e resolutividade no tratamento dos pacientes e com a certeza de estar colaborando em proporcionar uma melhor qualidade de vida OS SERVIÇOS Em 2013, além do equipamento de ressonância magnética, houve a substituição do aparelho de densitometria óssea. Trata-se de um moderno equipamento que opera em plataforma digital, reduz substancialmente o tempo para a realização do exame e não oferece nenhum risco para o paciente nem ao técnico de radiologia, pois o índice de radiação é muito pequeno. Este equipamento é projetado para diagnosticar e monitorar as alterações ósseas. Permite também avaliar a indicação do risco de fratura relativo à osteoporose. Permite ainda a análise da composição corporal, com valores da porcentagem de gordura corpórea total e por segmento. Em 2013, também foi incorporado aos serviços já existentes na unidade de Taquara o serviço de ultrassonografia. A Radioclin adquiriu um moderno equipamento de alta tecnologia, que possui processador de última geração e que proporciona maior produtividade e velocidade aos exames. OS VALORES As crenças e valores sustentam nossas estratégias e decisões que orientam nosso comportamento. Somos abertos às mudanças e promovemos as adaptações necessárias proporcionando um bom fluxo das atividades desenvolvidas. Acreditamos em um mundo melhor, no desenvolvimento de nosso país, na prosperidade de nossa empresa e no crescimento pessoal e profissional de nossos colaboradores, que expressam nosso desejo em servir com excelência. GESTÃO Trabalhamos em equipe. A implantação de sistemas, principalmente o de gestão, é considerada uma tarefa difícil que envolve muitas questões organizacionais e técnicas. Necessidade de mudanças em processos e na cultura da clínica e da comunidade são problemas enfrentados e que a Radioclin trabalha combativamente para torná-los menos traumáticos possíveis. O maior desafio é como garantir esse tipo de implantação no tempo exigido e dentro do orçamento e cronograma previsto, satisfazendo as expectativas. Com isso, busca-se alcançar os resultados almejados. Neste cenário, as necessidades da implantação de sistemas de informação integrado na gestão da clínica geram oportunidades para as readequações necessárias. VANGUARDA Hoje, os pacientes da Radioclin têm seu histórico de atendimento registrado em um banco de dados através de sistemas desenvolvidos especialmente para nossa atividade e o resultado do armazenamento eletrônico é a redução dos gastos. A utilização de mídias como tecnologias limpas também se configuram pela resposta imediata na cultura dos pacientes e que reflete em redução de custos, assim como o gerenciamento da produção de imagens por métodos convencionais, através de filmes radiológicos pela substituição desta prática em produção de imagens impressas no papel em quantidades suficientes para apreciação do médico solicitante. Assim sendo, essas práticas de produção estão voltadas para a preservação do meio ambiente. ATENDIMENTO A Radioclin destaca-se como um centro de diagnóstico médico com notáveis conquistas no segmento imagenologia médica, utilizando-se de modernas tecnologias, sempre as de última geração. Está consolidada com um corpo clínico conceituado e atualizado, composto por especialistas das mais diversas áreas da medicina diagnóstica. Isto se traduz em confiança, garantindo o melhor em prevenção e diagnósticos precisos e orientativos para o tratamento e cura de doenças. São pessoas, com emoções, profissionalismo e ética, trabalhando para o processo investigativo e tratamento de outras pessoas, mas com a certeza de que a qualidade no atendimento e no direcionamento para a cura impulsiona-os ao constante desenvolvimento científico e para aquisição das mais avançadas tecnologias em mecanismos e procedimentos operacionais. PLANOS PARA O FUTURO A Radioclin trabalha com o planejamento bianual de projetos. Originalmente, estudando o cenário, de onde potencializam-se as ideias e concepções em estratégias. Sonhamos em estruturar uma unidade independente, concentrando todos os serviços de imagenologia médica de modo a oferecer acessibilidade, conforto e segurança aos pacientes, médicos, operadoras de saúde e fornecedores. Isso tudo se traduz em visão de futuro alinhado a estratégia na definição dos objetivos e metas da clínica em consolidar-se cada vez mais como um centro de referência em serviços de diagnósticos por imagem. SERVIÇOS Radiologia geral / ecografia geral / mamografia digital / densitometria óssea / tomografia computadorizada / ressonância magnética RADIOCLIN Matriz: Igrejinha, na Rua: Rua Dr. Edmundo Lauffer, 351 (junto ao hospital Bom Pastor) Fone: Unidades em Taquara (junto ao Pronto Atendimento da Unimed ES), Três Coroas (junto ao Hospital Dr. Oswaldo Diesel e Parobé (junto ao Núcleo de Atendimento da Unimed ES).

13 Alimentação Fevereiro 2014 Unimed-ES / 13 O que o ovo TEM DE BOM? Depois de ser conhecido como o vilão do coração, o ovo é reconhecido como um alimento saudável e fortíssimo aliado na hora da dieta Agora essa. Descobriram que ovo, afinal, não faz mal. Durante anos, nos aterrorizaram. Ovos eram bombas de colesterol. Não eram apenas desaconselháveis, eram mortais. Você podia calcular em dias o tempo de vida perdido cada vez que comia uma gema. (...) Sei não, mas me devem algum tipo de indenização. Extraídas da crônica Ovo, do escritor Luis Fernando Verissimo, as linhas que iniciam esta reportagem retratam de forma bem humorada a injustiça sofrida pelo ovo ao longo dos anos. Considerado fonte de proteína completa por ter todos os aminoácidos essenciais uma unidade deste alimento tem apenas 70 calorias, é prática, pode ser utilizada em diversas receitas e é muito saborosa. A nutricionista da Unimed Encosta da Serra Virginia Gallas salienta que além da qualidade de sua proteína, o ovo tem outros nutrientes importantes: ele ainda é rico em ferro, fósforo, cálcio e vitaminas A, B6 e B12. O ferro, por exemplo, ajuda a prevenir e combater algumas doenças, como a anemia. O fósforo e o cálcio trabalham em conjunto para manter a saúde dos ossos. A vitamina A traz benefícios aos ossos e à visão. A B6 atua nos músculos e nos tecidos, enquanto que a B12 fortalece o sistema nervoso e contribui para a formação do sangue, destaca Virgínia. PORÇÕES SAUDÁVEIS Há décadas, imaginava-se que o ideal era incluir o alimento no cardápio apenas duas vezes por semana. Atualmente, destaca a Virgínia, podemos utilizar o ovo quatro vezes por semana como prato principal ou como ingrediente de preparo. Mas a nutricionista alerta: o excesso dele pode elevar os níveis de colesterol e aumentar o risco de doenças cardiovasculares. A gema é a principal vilã, com cerca de 200 miligramas de colesterol. Mas a clara está isenta da gordura. O consumo deve ser COMO ESCOLHER O OVO? Observar se a casca está intacta e limpa Em linhas gerais, o ovo fresco tem casca porosa e seca. Já o ovo velho tem casca lisa, fina, brilhante e com linhas acinzentadas Já a diferença de coloração dos ovos não deve influenciar na compra A principal diferença entre os ovos brancos e amarelos é a raça da galinha CONSERVAÇÃO IDEAL DOS OVOS Conserve os ovos na geladeira, mas longe da porta, onde há variação de temperatura Só lave o alimento na hora de consumi-lo. Isso porque os ovos possuem uma membrana natural na sua casca que os protegem de bactérias Depois de refrigerado, consuma o alimento em até dez dias Guarde os ovos com a ponta para baixo para a gema ficar centralizada Gemas e claras duram dois dias na geladeira. Mas quando separadas, as claras têm validade maior: duram até uma semana Os ovos não podem ser congelados com casca. Eles devem ser ligeiramente batidos, com adição de sal ou açúcar controlado para aqueles indivíduos que têm colesterol elevado. Para esse grupo, é recomendado o consumo de dois ovos por semana e deve-se também considerado controle de alimentos que tenham ovos em sua composição, como bolos, tortas, massas e panquecas, afirma Virginia. Uma boa opção para quem precisa controlar o nível de colesterol é usar nas receitas mais claras do que gemas: por exemplo, uma omelete de duas claras e uma gema. Existem, porém, aquelas pessoas que devem consumir mais ovos do que outras. É o caso das crianças, que necessitam de porções maiores de proteína, cálcio e ferro, pois estão em fase de crescimento e desenvolvimento. E o ovo para essa turma é um grande aliado, diz a profissional. Conforme ela, além dos quatro ovos semanais, pode-se ingerir mais dois ovos como ingrediente na preparação de outros alimentos, como panquecas e tortas. DICAS PARA A ESCOLHA E PREPARO Prefira ovos caipiras: os ovos de galinhas criadas soltas possuem cerca de quatro vezes mais vitamina A do que os ovos de granja. Além disso, não contêm resíduos de antibióticos e de outros produtos químicos, pois não recebem rações comerciais. Evite as frituras: na hora de preparar os ovos, prefiraos cozidos ou como omeletes. Troque a manteiga ou margarina por um fio de azeite. Experimente também prepará-los à moda poché, como se fosse frito, mas em vez de gordura coloca-se um pouco de água no fundo da panela. Nada cru: tire do cardápio o consumo de ovo cru, pois o alimento pode conter salmonela, que causa a salmonellose - doença caracterizada por febre, vômitos e diarreia.

14 Viver bem Fevereiro 2014 Unimed-ES / 14 Dia do Idoso: COMEMORE COM SAÚDE Grupo da terceira idade tem crescido em tamanho e importância no cenário econômico e social do mundo Recentemente, foi comemorado o Dia Internacional do Idoso. De acordo com estimativas do IBGE, a população de idosos no Brasil deve passar de 14,9 milhões (7,4% do total), em 2013, para 58,4 milhões (26,7% do total), em Neste período, a expectativa média de vida do brasileiro deve aumentar dos atuais 75 para 81 anos de vida. A expectativa de vida está aumentando no Brasil, assim como em outros países desenvolvidos ou em desenvolvimento. Nos últimos anos, conseguimos melhoria nas condições de saneamento básico da população, desenvolvemos vacinas, melhoramos o acompanhamento no pré-natal das gestantes e, com isso, conseguimos diminuir as mortes na infância e adolescência. Além disso, a ciência avançou em relação à cura das neoplasias. Por fim, a medicina progrediu muito em relação ao tratamento da maioria das doenças, principalmente as denominadas doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, o que possibilita que as pessoas, mesmo consideradas doentes, vivam mais, explica Dra. Suzana Detoie Gums, clínica médica e diretora técnica do Centro de Promoção e Atenção à Saúde da Unimed Blumenau, acrescentando que uma pessoa é considerada idosa a partir dos 60 anos de idade. Para manter-se ativo e disposto durante a terceira idade, é importante que o idoso conserve hábitos que promovam bem-estar. Em relação ao bem-estar físico, é importante ter uma boa noite de sono, uma alimentação colorida, saudável e com a ingestão adequada de líquidos, e a prática de atividades físicas, como caminhadas ou hidroginástica, de acordo com as limitações físicas impostas pela própria idade. Em relação ao bem-estar mental, é importante manter a memória ativa, por meio de jogos ou atividades lúdicas. E em relação ao bem-estar social, é importante que o idoso conserve o convívio social, participando da vida familiar, realizando algum tipo de trabalho voluntário, estando disponível para ajudar um amigo ou vizinho e buscando a companhia de outros idosos, completa a especialista, que tem pós-graduação em Gestão da Promoção e Assistência à Saúde pela Fundação Unimed. Entretanto, é preciso ficar atento para que o idoso não ignore sua nova condição, com os limites impostos pela idade. O envelhecimento promove algumas alterações fisiológicas, como diminuição da força muscular e da flexibilidade articular. Saber respeitar estas limitações é fundamental. A família, por sua vez, também deve estar preparada para as mudanças desta fase e ficar alerta para evitar situações que possam diminuir a qualidade de vida ou fragilizar os idosos. Os familiares devem promover a manutenção da independência do idoso, permitindo que ele execute pequenas tarefas diárias, como secar a louça. É fundamental permitir que o idoso expresse suas ideias, valorizando suas opiniões. É preciso dar-lhe mais tempo para executar suas atividades, pois é normal que ele as execute mais lentamente. E ainda é preciso estar atento para a redução dos sentidos, como diminuição da visão, mantendo os ambientes iluminados, diz Suzana. E, SE VOCÊ AINDA NÃO ESTÁ NA TERCEIRA IDADE, A ESPECIALISTA DÁ ALGUMAS DICAS PARA CHEGAR LÁ DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL: Busque uma atitude positiva diante da vida, com foco nas conquistas, projetos e expectativas. Mantenha-se atento à sua saúde, buscando manter as consultas médicas necessárias em dia, o uso correto dos medicamentos prescritos pelo seu médico, a exposição adequada ao sol e cuidando da saúde bucal. Conserve uma vida sexual ativa e segura, procurando apoio do seu médico ao sinal de alterações, lembrando que, com o processo de envelhecimento, algumas mudanças físicas são comuns tanto para os homens como para as mulheres. Mantenha-se sempre ativo. A atividade física é a base de um envelhecimento saudável. O exercício físico regular melhora o controle glicêmico, diminui os fatores de risco para infarto e derrame, contribui para a perda de peso e melhora o bem-estar. Cuide da saúde financeira e do equilíbrio do orçamento doméstico. Isso é fundamental para ter uma velhice tranquila. Por fim, cultive a sua espiritualidade. A espiritualidade é um poderoso fator de suporte para enfrentar desafios, frustrações e sofrimentos. O cultivo de sentimentos amorosos, calorosos e próximos para com os outros ajuda a diminuir temores e inseguranças, auxiliando no enfrentamento dos obstáculos da vida.

15 NOTAS Uniair amplia sua frota com mais um HELICÓPTERO Fevereiro 2014 Unimed-ES / 15 CONHEÇA SEU MÉDICO Com Dr. Ben Hur Labatut, ortopedista e traumatologista da Unimed Encosta da Serra (CREMERS 20238) Mostrando que não para de crescer e superar suas próprias marcas, a Uniair Serviços Aéreos lançou oficialmente seu novo helicóptero Esquilo AS350 B2. A partir de agora, a frota da Uniair é composta por cinco aeronaves: dois helicópteros Esquilo AS350B2 com capacidade para um paciente e acompanhante (somente nas remoções pediátricas e neonatais) e equipe com um médico e uma enfermeira. Os aviões King Air C90GTI e King Air C90SE com capacidade para um paciente com um acompanhante e equipe com um médico e uma enfermeira. E o avião King Air B200GT, que pode transportar até dois pacientes, sendo a única aeronave no Brasil operando com duas macas. Núcleo de bebês Qual a importância das histórias infantis na vida de uma criança? Contar e ouvir histórias é fundamental para o ser humano. Parte do nosso genoma, por assim dizer. Sob a forma de mitos, as histórias proporcionam explicações para as coisas que parecem, ou podem parecer, misteriosas. De onde veio o mundo? De onde viemos? Mitos e histórias sempre proporcionam explicações que, mesmo fantasiosas (ou exatamente por isso), acalmam nossa ansiedade diante da vida e do universo. Tendo um princípio, um meio e um final, as diferentes formas de narrativa nos dão a consoladora ideia de que a vida faz sentido e de que temos algum controle sobre ela. Muitos são os autores que abordam este tema. O psicólogo Bruno Bettelhein ( ) em seu livro A psicanálise dos contos de fadas, sustenta que tais narrativas são importantes no desenvolvimento POR DENTRO DA UNIMED ENCOSTA DA SERRA Clara dos Santos, gerente de recursos humanos Trabalhar em um ambiente com clima organizacional agradável é uma premissa para qualquer empresa que queira servir bem seus clientes. Na Unimed Encosta da Serra, a Clara dos Santos, gerente de recursos humanos, responde por algumas das ações e iniciativas que fazem da cooperativa um ambiente tão aprovado por seus colaboradores no quesito clima e satisfação no trabalho. A Clara inaugura a seção Por Dentro da Unimed Encosta da Serra que, a cada edição da Revista da Unimed, irá contar um pouco da história e da vida dos colaboradores da cooperativa. Clara nasceu e cresceu em Parobé, morando na zona rural do município até os 15 anos. Apesar de todas as dificuldades que possam existir na zona rural, só tenho lembranças boas desse período, recorda Clara. Ela começou a trabalhar com recursos humanos emocional da criança ajudando-a a entender e sublimar impulsos agressivos. Segundo ele, todas as histórias desenvolvem a capacidade de fantasia infantil; oferecem escapes necessários falando aos medos internos da criança, às suas ansiedades e brabezas, seja como vencer a rejeição (como João e Maria), ou os conflitos edípicos (como em Branca de Neve). Os contos aliviam a pressão, dão uma alternativa de saída de uma situação difícil, acalmam e consolam a criança. Desde pequenas, mesmo quando ainda não sabem ler, as crianças devem se habituar a ouvir histórias. E quanto mais os pais se envolvem na brincadeira, melhor. Para os pais é mais uma forma de estar junto aos pequenos e fortificar os laços afetivos e para as crianças uma forma lúdica de acalmar suas angústias. Carina Daudt- psicóloga CRP 07/08213 inicialmente na indústria calçadista e, depois, no Hospital de Parobé, onde atuou por 12 anos, chegando à gerência administrativa e de recursos humanos. Em 2007, ingressou na Unimed Encosta da Serra. Aqui estou muito feliz, realizada profissionalmente, afirma. Formada em Administração de Empresas pela Faccat desde 1999, Clara é pós-graduada em Gestão Estratégica de Recursos Humanos e, desde 2010, também é acadêmica do curso de psicologia. Quando está fora do trabalho, Clara gosta de ler e também de escrever - já ganhou até prêmios por seu talento com a literatura. Ela também gosta de praia, reuniões com os amigos, beber um bom vinho no inverno e um chope gelado no verão. E uma carne feita na panela de ferro no fogão a lenha, destaca. É casada há 26 anos com Jair e é mãe de Jardel, 26 anos, e Bruna, 22 anos. A ESCOLHA PELA MEDICINA Sempre quis ser médico, foi minha primeira escolha profissional. Mas realizei vestibular para engenharia elétrica, apenas para teste, antes do término do Ensino Médio. Formei-me no curso de medicina na Universidade de Caxias do Sul em ESPECIALIZAÇÕES Realizei minha especialização na área de ortopedia e traumatologia no Instituto Jundiaiense de Ortopedia e Traumatologia, no Estado de São Paulo, por três anos. Em seguida, obtive a aprovação no exame para obtenção de título de especialista, recebendo o diploma de membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia. Logo após a especialização, realizei pós-graduação no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de São Paulo, no grupo de quadril adulto. ATUAÇÃO EM NOSSA REGIÃO Desde que cheguei à Região das Hortênsias, comecei a trabalhar na Cardiocor, na cidade de Canela, onde estou estabelecido até hoje. Aqui, iniciei um projeto com a Fundação da Clinorte-Clínica de Ortopedia e Traumatologia. UNIMED Sou cooperado da Unimed Encosta da Serra desde 1999, quando, ao chegar à região, após contato com diversos colegas, fui informado da credibilidade da empresa e de sua filosofia com relação a criar um ambiente para um trabalho de cooperação entre a classe médica e condições favoráveis para o exercício profissional. Trabalhei como plantonista do Pronto Atendimento Região das Hortênsias desde a sua inauguração, onde também assumi o cargo de diretor técnico. ATIVIDADES ATUAIS Hoje trabalho na Cardiocor, localizada na Rua Dona Carlinda, 746, no Centro de Canela, de segunda a sextafeira, com agendamento de consultas. Nas sextas-feiras, atuo também no ambulatório de ortopedia e traumatologia no Pronto Atendimento Região das Hortênsias. Realizo os procedimentos cirúrgicos e internações hospitalares no Hospital Arcanjo São Miguel, em Gramado. CURSOS Realizei recentemente o curso avançado em técnicas cirúrgicas, em São Paulo, e pretendo realizar um novo curso sobre artroplastia nos Estados Unidos. Vou participar, no mês de novembro, do Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia, em Curitiba. LAZER Gosto de estar com a família, viajar e pescar. O esporte que pratico é o tênis. Também gosto de automobilismo e de pedalar de vez em quando.

16 Encosta da Serra Satisfação em alta Recomendação positiva de clientes da Unimed Encosta da Serra com a cooperativa chega a 89,33%, segundo pesquisa da ANS Foram divulgados pela Agência Nacional de Saúde (ANS) os números de uma pesquisa sobre a satisfação de consumidores do país com planos de saúde. Os resultados apurados junto aos clientes da Unimed Encosta da Serra apontam que 89,33% dos entrevistados recomendariam seu plano de saúde e 80,9% se disseram satisfeitos ou muito satisfeitos com a cooperativa. São índices positivos que refletem o trabalho em busca da excelência e aprimoramento contínuo da Unimed Encosta da Serra. A avaliação da ANS se deu somente para operadoras com padrão de médio ou grande porte. A pesquisa foi toda elaborada pela agência governamental e teve rigorosa auditora para validação dos resultados no Rio Grande do Sul, somente a Unimed Encosta da Serra teve aceita sua pesquisa, cuja adesão foi voluntária entre 419 operadoras habilitadas à avaliação em todo o país. As perguntas feitas aos entrevistados durante a pesquisa tratavam de relação custo benefício, opções de rede de atendimento, qualidade dos serviços prestados, prazos para autorização de procedimentos, canais de atendimento e avaliação geral do plano de saúde. A amostragem foi composta por consumidores de planos de saúde com idade igual ou superior a 18 anos, com seleção aleatória. Os resultados da pesquisa de satisfação dos beneficiários, a partir do ano base 2012, compõem um novo indicador para o Programa de Qualificação da Saúde Suplementar da ANS. Esse novo indicador compõe o Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS). O índice é divulgado pela ANS todos os anos e visa facilitar a escolha do consumidor pelo plano de saúde mais adequado à sua situação.

Viva Bem! Cuide da Sua Saúde!

Viva Bem! Cuide da Sua Saúde! Viva Bem! Cuide da Sua Saúde! O Serviço Social da Construção Alimentação Saudável Quanto mais colorida for a sua alimentação, maior a presença de nutrientes no seu corpo e melhor será a sua saúde. 50%

Leia mais

O desafio de deixar de fumar

O desafio de deixar de fumar O desafio de deixar de fumar O uso do cigarro tem como objetivo a busca por efeitos prazerosos desencadeados pela nicotina, melhora ime - diata do raciocínio e do humor, diminuição da ansiedade e ajuda

Leia mais

24 motivos. academia. para entrar na

24 motivos. academia. para entrar na para entrar na academia Mais um ano se inicia e com ele chegam novas perspectivas e objetivos. Uma das principais promessas feitas é deixar o sedentarismo de lado e entrar na academia! Nesta época é comum

Leia mais

Idade, ela pesa 07/07/ 2015. Minhavida.com.br

Idade, ela pesa 07/07/ 2015. Minhavida.com.br Todo mundo quer viver muitos anos, não é mesmo? Mas você já se questionou se está somando mais pontos contra do que a favor na busca pela longevidade? Por isso mesmo, um estudo da Universidade da Califórnia,

Leia mais

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV)

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV) Doenças Cardiovasculares (DCV) O que são as Doenças Cardiovasculares? De um modo geral, são o conjunto de doenças que afetam o aparelho cardiovascular, designadamente o coração e os vasos sanguíneos. Quais

Leia mais

Unidade 4 Funções da nutrição

Unidade 4 Funções da nutrição Sugestões de atividades Unidade 4 Funções da nutrição 8 CIÊNCIAS Nutrição. As proteínas, encontradas em alimentos como leite, ovos, carne, soja e feijão, são fundamentais para nossa saúde. Justifique essa

Leia mais

Praticando vitalidade. Sedentarismo. corra desse vilão!

Praticando vitalidade. Sedentarismo. corra desse vilão! Praticando vitalidade Sedentarismo corra desse vilão! O que é sedentarismo? Sedentarismo é a diminuição de atividades ou exercícios físicos que uma pessoa pratica durante o dia. É sedentário aquele que

Leia mais

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Pressão controlada apresentação Chamada popularmente de pressão alta, a hipertensão é grave por dois motivos: não apresenta sintomas, ou seja,

Leia mais

ALAGOAS MACEIÓ URGÊNCIA GERAL URGÊNCIA ORTOPÉDICA URGÊNCIA PEDIÁTRICA HOSPITAL GERAL URGÊNCIA E EMERGÊNCIA URGÊNCIA CARDÍACA

ALAGOAS MACEIÓ URGÊNCIA GERAL URGÊNCIA ORTOPÉDICA URGÊNCIA PEDIÁTRICA HOSPITAL GERAL URGÊNCIA E EMERGÊNCIA URGÊNCIA CARDÍACA URGÊNCIA GERAL ALAGOAS URGÊNCIA ORTOPÉDICA URGÊNCIA PEDIÁTRICA HOSPITAL GERAL MACEIÓ URGÊNCIA E EMERGÊNCIA URGÊNCIA CARDÍACA RUA HUGO CORREIA PAES, 253. farol FONE: (82) 2123-7000 REDE CONTRATADA PARA

Leia mais

DECLARAÇÃO PESSOAL DE SAÚDE

DECLARAÇÃO PESSOAL DE SAÚDE 1 A presente declaração, deverá ser preenchida de próprio punho, pelo proponente, de forma clara e objetiva, respondendo SIM ou NÃO, conforme o caso. MUITO IMPORTANTE Chamamos a atenção de V.S.a. para

Leia mais

CENTRO DE DIAGNOSE E TERAPIA ANGIOTOMOGRAFIA BÁSICA, ESPECIAL E MASTERRUA PAULINO SOUSA 17 MONTE CASTELO SÃO LUÍS 98 32198943

CENTRO DE DIAGNOSE E TERAPIA ANGIOTOMOGRAFIA BÁSICA, ESPECIAL E MASTERRUA PAULINO SOUSA 17 MONTE CASTELO SÃO LUÍS 98 32198943 REDE MARANHÃO PRESTADOR TIPO ESPECIALIDADE REDE DE ATENDIMENTO ENDEREÇO Nº COMPLEMENTO BAIRRO MUNICÍPIO DDD TEL 1 TEL 2 NARA SUZETE FRANCA WITT ATENDIMENTO MULTIDISCIPLINAR FONOAUDIOLOGIA BÁSICA, ESPECIAL

Leia mais

EXERCÍCIO E DIABETES

EXERCÍCIO E DIABETES EXERCÍCIO E DIABETES Todos os dias ouvimos falar dos benefícios que os exercícios físicos proporcionam, de um modo geral, à nossa saúde. Pois bem, aproveitando a oportunidade, hoje falaremos sobre a Diabetes,

Leia mais

ESPECIAL 2014. SAÚDE da Mulher

ESPECIAL 2014. SAÚDE da Mulher ESPECIAL 2014 SAÚDE da Mulher ESPECIAL 2014 SAÚDE da MULHER APRESENTAÇÃO A mulher redefiniu seu papel na sociedade e tem hoje grandes desafios e variadas demandas que terminam por impactar no seu estilo

Leia mais

INFORMATIVO DE SAÚDE QUINTA REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR QUARTA COMPANHIA INDEPENDENTE 4ª EDIÇÃO

INFORMATIVO DE SAÚDE QUINTA REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR QUARTA COMPANHIA INDEPENDENTE 4ª EDIÇÃO O Projeto denominado 3º Circuito de Saúde de Frutal 2015 apresentou uma proposta planejada, enriquecedora e interdisciplinar, buscou a integração dos militares e da sociedade, no sentido de conscientização

Leia mais

sobre pressão alta Dr. Decio Mion

sobre pressão alta Dr. Decio Mion sobre pressão alta Dr. Decio Mion 1 2 Saiba tudo sobre pressão alta Dr. Decio Mion Chefe da Unidade de Hipertensão do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP)

Leia mais

Centro Médico Pedro Maques. Av. Mendonça Junior,1018, Gruta de Lourdes. Fone: (82) 3316-7870. Rua Hugo Correia Paes, 253, Farol. Fone: (82) 2123-7000

Centro Médico Pedro Maques. Av. Mendonça Junior,1018, Gruta de Lourdes. Fone: (82) 3316-7870. Rua Hugo Correia Paes, 253, Farol. Fone: (82) 2123-7000 www.plamed.com.br Rede Credenciada Por Município MACEIÓ Urgência e Emergência URGÊNCIA PEDIÁTRICA CONSULTAS ALERGOLOGIA E IMUNOLOGIA (ADULTO E PEDIATRIA) ANGIOLOGIA CARDIOLOGIA CIRURGIA CARDÍACA CIRURGIA

Leia mais

COLÉGIO ALEXANDER FLEMING SISTEMA RESPIRATÓRIO. Profª Fernanda Toledo

COLÉGIO ALEXANDER FLEMING SISTEMA RESPIRATÓRIO. Profª Fernanda Toledo COLÉGIO ALEXANDER FLEMING SISTEMA RESPIRATÓRIO Profª Fernanda Toledo RECORDAR Qual a função do alimento em nosso corpo? Por quê comer????? Quando nascemos, uma das primeiras atitudes do nosso organismo

Leia mais

RAZ_SOC ESPECIALIDADE I.DESCRICAO '' A.RUA BAIRRO CIDADE ESTADODDD_TELTEL SEMPER S/A SERVIÇO MEDICO PERMANENTE CIRURGIA DO APARELHO DIGESTIVO ALAMEDA

RAZ_SOC ESPECIALIDADE I.DESCRICAO '' A.RUA BAIRRO CIDADE ESTADODDD_TELTEL SEMPER S/A SERVIÇO MEDICO PERMANENTE CIRURGIA DO APARELHO DIGESTIVO ALAMEDA BIOCOR HOSPITAL D C LTDA RADIOLOGIA ALAMEDA DA SERRA, 217 VALE DO SERENO NOVA LIMA MG 31 3289-5000 BIOCOR HOSPITAL D C LTDA RADIOLOGIA ALAMEDA DA SERRA, 217 VALE DO SERENO NOVA LIMA MG 31 3289-5000 BIOCOR

Leia mais

D I R E T O R I A D E S A Ú D E

D I R E T O R I A D E S A Ú D E Saúde In Forma Junho/2013 Dia 26 de Junho Dia Nacional do Diabetes Diabetes é uma doença metabólica caracterizada por um aumento anormal da glicose ou açúcar no sangue. A glicose é a principal fonte de

Leia mais

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Objetivos: - Desenvolver uma visão biopsicossocial integrada ao ambiente de trabalho, considerando

Leia mais

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O QUE É ANDROPAUSA? Problemas hormonais surgidos em função da idade avançada não são exclusivos das mulheres. Embora a menopausa seja um termo conhecido

Leia mais

REDE CREDENCIADA POR MUNICÍPIO

REDE CREDENCIADA POR MUNICÍPIO REDE ALAGOAS REDE CREDENCIADA POR MUNICÍPIO MACEIÓ URGÊNCIA E EMERGÊNCIA RUA: HUGO CORREIA PAES,253, FAROL, URGÊNCIA PEDIÁTRICA RUA: HUGO CORREIA PAES,253, FAROL, ALERGOLOGIA E IMUNOLOGIA ANGIOLOGIA E

Leia mais

REDE CREDENCIADA MARÍTIMA SEGURO SAÚDE- MAIO 2014

REDE CREDENCIADA MARÍTIMA SEGURO SAÚDE- MAIO 2014 CATEGORIA_DIVULGAÇÃO ESPECIALIDADE_DIVULGAÇÃO NOME_FANTASIA_PONTO BAIRRO_PONTO SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO LABORATORIO / ANATOMIA PATOLOGICA CEDACLIN CENTRO SERVIÇO DE TERAPIA FISIOTERAPIA CEMED IMAGEM CENTRO

Leia mais

saúde Sedentarismo Os riscos do Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se!

saúde Sedentarismo Os riscos do Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se! saúde Sinal Canal de Comunicação da Sistel para os Usuários de Saúde Ano I - Nº 4 - Dezembro 2014 Os riscos do Sedentarismo Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se! O sedentarismo é resultado

Leia mais

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! Use canetas coloridas ou escreva palavras destacadas, para facilitar na hora de estudar. E capriche! Não se esqueça

Leia mais

Vamos falar sobre câncer?

Vamos falar sobre câncer? Vamos falar sobre câncer? O SIEMACO sempre está ao lado dos trabalhadores, seja na luta por melhores condições de trabalho, lazer e educação ou na manutenção da saúde, visando a promoção e ascensão social.

Leia mais

EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA.

EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA. 1 EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA. Tales de Carvalho, MD, PhD. tales@cardiol.br Médico Especialista em Cardiologia e Medicina do Esporte; Doutor em

Leia mais

Você sabe os fatores que interferem na sua saúde?

Você sabe os fatores que interferem na sua saúde? DICAS DE SAÚDE 2 Promova a sua saúde. Você sabe os fatores que interferem na sua saúde? Veja o gráfico : 53% ao estilo de vida 17% a fatores hereditários 20% a condições ambientais 10% à assistência médica

Leia mais

Tome uma injeção de informação. Diabetes

Tome uma injeção de informação. Diabetes Tome uma injeção de informação. Diabetes DIABETES O diabetes é uma doença crônica, em que o pâncreas não produz insulina em quantidade suficiente, ou o organismo não a utiliza da forma adequada. Tipos

Leia mais

Prevenção. Introdução. Passo 1. Tenha uma alimentação saudável. Passo 2. Não fique parado, movimente-se! Passo 3. Livre-se do cigarro

Prevenção. Introdução. Passo 1. Tenha uma alimentação saudável. Passo 2. Não fique parado, movimente-se! Passo 3. Livre-se do cigarro www.cardiol.br Introdução As doenças cardiovasculares (DCV) afetam anualmente, no Brasil, cerca de 17,1 milhões de vidas. Registramos no país mais de 300 mil mortes por ano decorrentes dessas doenças,

Leia mais

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida Colesterol O que é Isso? X O que é o Colesterol? Colesterol é uma gordura encontrada apenas nos animais Importante para a vida: Estrutura do corpo humano (células) Crescimento Reprodução Produção de vit

Leia mais

Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 08/09/2015

Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 08/09/2015 Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 08/09/2015 Jornal A Crítica - Cidades pág. C3 08 de Setembro de 2015. Jornal A Crítica - Cidades pág. C4 08 de Setembro de 2015 Av. Mário Ypiranga, 1695 Adrianópolis

Leia mais

Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro. A Escolha é Somente Tua

Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro. A Escolha é Somente Tua Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro A Escolha é Somente Tua 1 Tabagismo significa abuso de tabaco. É o vício de fumar regularmente um número considerável de cigarros, cigarrilhas, charutos ou tabaco

Leia mais

é a vez dos homens câncer.

é a vez dos homens câncer. Agora é a vez dos homens falarem sobre câncer. Agora é a vez dos homens falarem sobre câncer Uma publicação do SIEMACO Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação

Leia mais

Insuficiência respiratória aguda. Prof. Claudia Witzel

Insuficiência respiratória aguda. Prof. Claudia Witzel Insuficiência respiratória aguda O que é!!!!! IR aguda Incapacidade do sistema respiratório de desempenhar suas duas principais funções: - Captação de oxigênio para o sangue arterial - Remoção de gás carbônico

Leia mais

Saúde Naval MANUAL DE SAÚDE

Saúde Naval MANUAL DE SAÚDE Saúde Naval MANUAL DE SAÚDE IDOSO DOENÇAS MAIS COMUNS Com a chegada da terceira idade, alguns problemas de saúde começam a aparecer, conheça alguns dos mais comuns e saiba como se prevenir: 1 2 DIABETES

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

MENOPAUSA TERAPIA HORMONAL - TRH UMA CONQUISTA DA MULHER MODERNA - CONHEÇA UM POUCO MAIS!

MENOPAUSA TERAPIA HORMONAL - TRH UMA CONQUISTA DA MULHER MODERNA - CONHEÇA UM POUCO MAIS! MENOPAUSA TERAPIA HORMONAL - TRH UMA CONQUISTA DA MULHER MODERNA - CONHEÇA UM POUCO MAIS! A expectativa de vida de homens e mulheres está aumentando por diversos fatores, principalmente aos avanços da

Leia mais

PREVENÇÃO DAS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS PREVENIR É PRECISO MANUAL DE ORIENTAÇÕES AOS SERVIDORES VIGIAS DA PREFEITURA DE MONTES CLAROS

PREVENÇÃO DAS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS PREVENIR É PRECISO MANUAL DE ORIENTAÇÕES AOS SERVIDORES VIGIAS DA PREFEITURA DE MONTES CLAROS PREVENÇÃO DAS DOENÇAS MANUAL DE ORIENTAÇÕES AOS SERVIDORES CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS VIGIAS DA PREFEITURA DE MONTES CLAROS design ASCOM-PMMC PREVENIR É PRECISO DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS No

Leia mais

Mas se fumar é tão perigoso, por quê as pessoas começam a fumar? Introdução

Mas se fumar é tão perigoso, por quê as pessoas começam a fumar? Introdução Introdução O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo. Introdução Introdução Cerca de um terço da população mundial adulta (1

Leia mais

DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL

DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL As doenças do coração são muito freqüentes em pacientes com insuficiência renal. Assim, um cuidado especial deve ser tomado, principalmente, na prevenção e no controle

Leia mais

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Clínica Médica Trindade Razão Social: Clínica Médica Trindade CNPJ: 78.813.524/0001-99 Especialidade: Otorrinolaringologia, Urologia, Cardiologia, Dermatologia, Angiologia. Localização: Avenida Madre Benvenuta,

Leia mais

Tabela de Vendas. Saúde

Tabela de Vendas. Saúde Tabela de Vendas Tabela de Preços Ambulatorial + Hospitalar com Obstetrícia REGISTRO ANS ACOMODAÇÃO 0 a 18 anos Next 10 473.323/15-1 QC R$ 83,18 19 a 23 anos R$ 112,97 ÁREA DE ATUAÇÃO NEXT SEISA 24 a 28

Leia mais

DIRETÓRIO MÉDICO CAMBÉ

DIRETÓRIO MÉDICO CAMBÉ DIRETÓRIO MÉDICO CAMBÉ Atualizado em 08/07/14 Rua Paes Leme, 1107 Londrina PR 86010-610 www.maximusassistencial.com.br info@maximusassistencial.com.br (43) 3379-9700 2 Guia Médico Maximus Assistencial

Leia mais

Redações vencedoras I Concurso de Redação

Redações vencedoras I Concurso de Redação Redações vencedoras I Concurso de Redação 1 Lugar Aluno: Julia Stefani Moraes Professora: Regina M. Macedo de Melo Castro Informação: A melhor maneira de combater o câncer Penso que falar sobre este assunto

Leia mais

Porque se cuidar é coisa de homem. Saúde do homem

Porque se cuidar é coisa de homem. Saúde do homem Porque se cuidar é coisa de homem. Saúde do homem SAÚDE DO HOMEM Por preconceito, muitos homens ainda resistem em procurar orientação médica ou submeter-se a exames preventivos, principalmente os de

Leia mais

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Uma vida normal com diabetes Obesidade, histórico familiar e sedentarismo são alguns dos principais fatores

Leia mais

Parabéns!! Você está grávida!

Parabéns!! Você está grávida! Parabéns!! Você está grávida! Você está grávida e mudanças acontecerão no seu corpo e nas suas emoções. É um caminho, um tempo e uma experiência ímpar, que você não perceberá, mas fará de você uma nova

Leia mais

EXCLUSIVO ACUPUNTURA. AMANDA DAMASCENO SOARES Rua Barão de Maceió, 313 Centro Maceió 9988-6554 / 8854-1675

EXCLUSIVO ACUPUNTURA. AMANDA DAMASCENO SOARES Rua Barão de Maceió, 313 Centro Maceió 9988-6554 / 8854-1675 EXCLUSIVO ACUPUNTURA AMANDA DAMASCENO SOARES Rua Barão de Maceió, 313 9988-6554 / 8854-1675 FISIOTERAVIDA CLINICA DE FISIOTERAPIA LTDA EPP Rua Antonio Procópio, 330 3338-4585 Farol Maceió ALERGOLOGIA JOSE

Leia mais

PREVENÇÃO DE DOENÇAS

PREVENÇÃO DE DOENÇAS Page 1 of 7 PREVENÇÃO DE DOENÇAS (Adaptação baseada nas condutas propostas pela Academia Norte-Americana de Médicos de Família/Clínica Mayo, USA) O que a medicina atual preconiza em termos de prevenção

Leia mais

Informativo Mensal da Faculdade de Medicina do ABC Ano I - Nº 2 - agosto de 2015

Informativo Mensal da Faculdade de Medicina do ABC Ano I - Nº 2 - agosto de 2015 Informativo Mensal da Faculdade de Medicina do ABC Ano I - Nº 2 - agosto de 2015 Neste segundo número da Revista MedABC, os profissionais da Fundação do ABC e da Faculdade de Medicina do ABC trazem assuntos

Leia mais

CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso. Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva

CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso. Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva 2014 Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva/ Ministério da Saúde. Esta

Leia mais

NOVEMBRO AZUL: COMBATE E PREVENÇÃO AO CÂNCER DE PRÓSTATA

NOVEMBRO AZUL: COMBATE E PREVENÇÃO AO CÂNCER DE PRÓSTATA COMBATE E PREVENÇÃO AO ÍNDICE 03 04 07 12 19 24 Introdução Novembro Azul O câncer Você precisa se importar! Prevenção: Vencendo o preconceito Bons hábitos e Diagnóstico precoce são a melhor prevenção 27

Leia mais

Questionário: Risco de ter diabetes

Questionário: Risco de ter diabetes Questionário: Risco de ter diabetes ATENÇÃO! Este questionário não deve ser aplicado a gestantes e pessoas menores de 18 anos. Preencha o formulário abaixo. Idade: anos Sexo: ( ) Masculino ( ) Feminino

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 801 802 Médico Alergia e

Leia mais

Câncer de Próstata. Fernando Magioni Enfermeiro do Trabalho

Câncer de Próstata. Fernando Magioni Enfermeiro do Trabalho Câncer de Próstata Fernando Magioni Enfermeiro do Trabalho O que é próstata? A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. Ela é um órgão muito pequeno, tem

Leia mais

CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso. Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva

CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso. Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva 2014 Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva/ Ministério da Saúde. Esta

Leia mais

CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso. Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva

CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso. Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva Cartilha_Outubro Rosa_Mitos_26-09-2014.indd 1 08/10/2014 14:24:37 2014 Instituto Nacional

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA O SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL PARA MÉDICOS, PSICÓLOGOS, FISIOTERAPEUTAS E DEMAIS PRESTADORES DE SERVIÇOS MÉDICOS

QUESTIONÁRIO PARA O SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL PARA MÉDICOS, PSICÓLOGOS, FISIOTERAPEUTAS E DEMAIS PRESTADORES DE SERVIÇOS MÉDICOS QUESTIONÁRIO PARA O SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL PARA MÉDICOS, PSICÓLOGOS, FISIOTERAPEUTAS E DEMAIS PRESTADORES DE SERVIÇOS MÉDICOS O objetivo deste questionário é analisar as atividades

Leia mais

III EGEPUB/COPPE/UFRJ

III EGEPUB/COPPE/UFRJ Luiz Otávio Zahar III EGEPUB/COPPE/UFRJ 27/11/2014 O que é a próstata? A próstata é uma glândula pequena que fica abaixo da bexiga e envolve o tubo (chamado uretra) pelo qual passam a urina e o sêmen.

Leia mais

SAÚDE E TRATAMENTOS MÉDICOS

SAÚDE E TRATAMENTOS MÉDICOS SAÚDE E TRATAMENTOS MÉDICOS CENTRO DE PROMOÇÃO À SAÚDE Iwata-shi Kounodai 57-1 É um órgão da prefeitura que tem como objetivo principal: promover serviços visando o bem-estar e a saúde dos cidadãos e a

Leia mais

Luz Solar. 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres humanos.

Luz Solar. 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres humanos. Luz Solar 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? Raquitismo e Osteoporose 2. Em qual dia da criação, Deus criou a luz? 1 dia 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 801 Médico Alergia

Leia mais

REDE DE ATENDIMENTO DE CORONEL FABRICIANO

REDE DE ATENDIMENTO DE CORONEL FABRICIANO REDE DE ATENDIMENTO DE CORONEL FABRICIANO POSTO AUTORIZAÇÃO / ATENDIMENTO Rua Zacarias Roque, 45 Centro Cel Fabriciano 31 3841-5029 ALERGOLOGIA CLIMED CLINICA MÉDICA RUA ARGEMIRO JOSÉ RIBEIRO, 12-6º ANDAR

Leia mais

Saadi. Depois de 17 anos, o Congresso Brasileiro de Cirurgia ENTREVISTA

Saadi. Depois de 17 anos, o Congresso Brasileiro de Cirurgia ENTREVISTA Por Aline de Melo Pires Felicidade Saadi é a receita de Natural de Porto Alegre, 49 anos, o cirurgião Eduardo Saadi, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCC) fala das causas das

Leia mais

A MULHER E A ATIVIDADE FÍSICA

A MULHER E A ATIVIDADE FÍSICA A MULHER E A ATIVIDADE FÍSICA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA DEFICIENTE DIFICULDADES METODOLÓGICAS SEXO FRÁGIL (????) PARTICIPAÇÃO REDUZIDA EQUIPARAÇÃO DE RENDIMENTO CARACTERÍSTICAS GERAIS DO SEXO FEMININO

Leia mais

Com grande satisfação o recebemos na UH SAÚDE

Com grande satisfação o recebemos na UH SAÚDE Prezado (a) Associado (a) Com grande satisfação o recebemos na UH SAÚDE Somos uma Operadora de Planos de Saúde constituída fundamentalmente por hospitais e centros médicos que, preocupados com a qualidade,

Leia mais

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE Adolescência 11 aos 20 anos Mudanças: Amadurecimento biológico Sexual Psicológico Social Características Adolescência Mudança de interesses Conflitos com a família Maior

Leia mais

A rede referenciada poderá sofrer alterações, em conformidade com as normas da Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS.

A rede referenciada poderá sofrer alterações, em conformidade com as normas da Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS. P.SOCORRO - URG. E EMERGENCIAS 2 CARDIOLOGIA, CIRURGIA GERAL, CLINICA MEDICA, GINECOLOGIA, GINECOLOGIA/OBSTETRICIA, RETOSSIGMOIDOSCOPIA, TRAUMATO-ORTOPEDIA CARDIOLOGIA, CIRURGIA GERAL, CLINICA MEDICA,

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0

EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0 EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0 1- Que órgão do sistema nervoso central controla nosso ritmo respiratório? Bulbo 2- Os alvéolos são formados por uma única camada de células muito finas. Explique como

Leia mais

As principais causas de diabetes insípidus central são tumores que acometem a região hipotalâmica hipofisária, como por exemplo:

As principais causas de diabetes insípidus central são tumores que acometem a região hipotalâmica hipofisária, como por exemplo: Diabetes insípidus O que é Diabetes insípidus? Diabetes insípidus consiste em um distúrbio de controle da água no organismo, no qual os rins não conseguem reter adequadamente a água que é filtrada. Como

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (SERVIÇO DE CARDIOLOGIA E CIRURGIA CARDIOVASCULAR)

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (SERVIÇO DE CARDIOLOGIA E CIRURGIA CARDIOVASCULAR) HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (SERVIÇO DE CARDIOLOGIA E CIRURGIA CARDIOVASCULAR) REVISÃO DE DOENÇA DE ARTÉRIA CORONÁRIA Seu coração é uma bomba muscular poderosa. Ele é

Leia mais

Azul. Novembro. cosbem. Mergulhe nessa onda! A cor da coragem é azul. Mês de Conscientização, Preveção e Combate ao Câncer De Próstata.

Azul. Novembro. cosbem. Mergulhe nessa onda! A cor da coragem é azul. Mês de Conscientização, Preveção e Combate ao Câncer De Próstata. cosbem COORDENAÇÃO DE SAÚDE E BEM-ESTAR Novembro Azul Mês de Conscientização, Preveção e Combate ao Câncer De Próstata. Mergulhe nessa onda! A cor da coragem é azul. NOVEMBRO AZUL Mês de Conscientização,

Leia mais

A importância da Atividade Física

A importância da Atividade Física A importância da Atividade Física Introdução Mas o que é atividade física? De acordo com Marcello Montti, atividade física é definida como um conjunto de ações que um indivíduo ou grupo de pessoas pratica

Leia mais

P.SOCORRO - URG. E EMERGENCIAS 2

P.SOCORRO - URG. E EMERGENCIAS 2 P.SOCORRO - URG. E EMERGENCIAS 2 CARDIOLOGIA, CLINICA MEDICA CLINICA MEDICA, PEDIATRIA ESP. MEDICAS-CONSULTAS 3 ANGIOLOGIA GIROLAMO VITA SERV MEDICOS R SANTOS DUMONT 18 CARDIOLOGIA CLINICA RADIOLOGICA

Leia mais

Arquivo criado por RH VIDA. Entendendo ser importante, solicitamos e conseguimos autorização para sua divulgação.

Arquivo criado por RH VIDA. Entendendo ser importante, solicitamos e conseguimos autorização para sua divulgação. Arquivo criado por RH VIDA. Entendendo ser importante, solicitamos e conseguimos autorização para sua divulgação. Academia Snooker Clube Sorocaba - SP Paulo Dirceu Dias www.snookerclube.com.br paulodias@pdias.com.br

Leia mais

POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA

POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA O nosso corpo é uma máquina fantástica, que não foi feita para ficar parada. Se você estiver realmente decidido a ter uma atitude positiva em relação a sua saúde e ao seu

Leia mais

Informação é saúde. Assunto de. Homem

Informação é saúde. Assunto de. Homem Informação é saúde. Assunto de Homem Homem. Você sabia que os homens vivem em média 7 anos menos que as mulheres e que a cada 3 mortes de pessoas adultas, 2 são de homens? Isso se deve a alguns fatores,

Leia mais

esporte Do vício ao capa

esporte Do vício ao capa iate capa Do vício ao esporte por filipy barcelos fotos: ivan simas A Revista Iate buscou especialistas no assunto para mostrar como a nicotina age no corpo. Além disso, os profissionais dão dicas de como

Leia mais

Reeducação Alimentar na prevenção da Obesidade Professores: Ivo André Polônio; Edi Carlos Iacida; Ângela Cesira Maran Pilquevitch; Silvia Trevisan;

Reeducação Alimentar na prevenção da Obesidade Professores: Ivo André Polônio; Edi Carlos Iacida; Ângela Cesira Maran Pilquevitch; Silvia Trevisan; 1 Reeducação Alimentar na prevenção da Obesidade Professores: Ivo André Polônio; Edi Carlos Iacida; Ângela Cesira Maran Pilquevitch; Silvia Trevisan; Janaina Lopes; Eveline Batista Rodrigues; Cristiane

Leia mais

PARAR DE FUMAR. Uma decisão saudável. Programa de Controle do Tabagismo

PARAR DE FUMAR. Uma decisão saudável. Programa de Controle do Tabagismo PARAR DE FUMAR Uma decisão saudável Programa de Controle do Tabagismo Você sabe o que tem dentro do cigarro e outros produtos do tabaco? 4720 substâncias tóxicas, incluindo: Nicotina; Alcatrão; Monóxido

Leia mais

americaseguro.com.br Todos os direitos reservados Proibido copiar sem autorização

americaseguro.com.br Todos os direitos reservados Proibido copiar sem autorização UF CIDADE NOME-REF TEL1-REF TIPO-REF ESPECIALIDADE ACOMODACAO PI CAMPO MAIOR CEMED 032521097 CONSULTORIOS MEDICOS/CLINICAS ESPECIALIZADAS CLINICA MEDICA SEM INTERNACAO PI CAMPO MAIOR CEMED 032521097 CONSULTORIOS

Leia mais

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro Trabalho Elaborado por: Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro CORAÇÃO Olá! Eu sou o seu coração, trabalho dia e noite sem parar, sem descanso semanal ou férias.

Leia mais

Câncer de Pulmão. Prof. Dr. Luis Carlos Losso Medicina Torácica Cremesp 18.186

Câncer de Pulmão. Prof. Dr. Luis Carlos Losso Medicina Torácica Cremesp 18.186 Câncer de Pulmão Todos os tipos de câncer podem se desenvolver em nossas células, as unidades básicas da vida. E para entender o câncer, precisamos saber como as células normais tornam-se cancerosas. O

Leia mais

Cartilha. pela Saúde da Mulher

Cartilha. pela Saúde da Mulher Cartilha pela Saúde da Mulher Cólica Menstrual Excesso de Gorduras no Sangue A cólica menstrual ou dismenorreia é uma dor abdominal provocada pelas contrações uterinas que ocorrem durante a menstruação.

Leia mais

DOENÇAS DA PRÓSTATA. Prof. João Batista de Cerqueira Adjunto DSAU - UEFS

DOENÇAS DA PRÓSTATA. Prof. João Batista de Cerqueira Adjunto DSAU - UEFS DOENÇAS DA PRÓSTATA Prof. João Batista de Cerqueira Adjunto DSAU - UEFS O QUE É A PRÓSTATA? A próstata é uma glândula que tem o tamanho de uma noz, e se localiza abaixo da bexiga, envolvendo a uretra masculina.

Leia mais

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje.

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. CENTRO UNIVERSITÁRIO ASSUNÇÃO- Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. Profa. Dra. Valéria Batista O que é vida saudável? O que é vida saudável? Saúde é o estado de complexo bem-estar físico,

Leia mais

BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM

BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM Introdução ÍNDICE Boas práticas no dia a dia das clínicas de imagem A Importância de se estar conectado às tendências As melhores práticas no mercado de

Leia mais

Isso marca o início de uma nova e importante era para os pacientes, cuidadores e seus familiares.

Isso marca o início de uma nova e importante era para os pacientes, cuidadores e seus familiares. 1 Manual do Paciente Você não está sozinho Qualquer pessoa pode vir a desenvolver algum tipo de câncer ao longo da vida. No ano passado de 2008, mais de 1,3 milhões de novos cânceres foram diagnosticados

Leia mais

ÍNDICE: ESPECIALIDADES:

ÍNDICE: ESPECIALIDADES: ÍNDICE: ESPECIALIDADES: ACUPUNTURA... ANGIOLOGIA... CARDIOLOGIA... CLÍNICA MÉDICA... DERMATOLOGIA... ENDOCRINOLOGIA... FONOAUDIOLOGIA... GASTROENTEROLOGIA... GERIATRIA... GINECOLOGIA... INFECTOLOGIA...

Leia mais

Unidade I Energia: Conservação e transformação. Aula 5.1 Conteúdo: Sistema cardiovascular.

Unidade I Energia: Conservação e transformação. Aula 5.1 Conteúdo: Sistema cardiovascular. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade I Energia: Conservação e transformação. Aula 5.1 Conteúdo: Sistema cardiovascular. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

Central Nacional Unimed

Central Nacional Unimed ANS - nº 33967-9 Central Nacional Unimed Rede em Brasília - DF Anexo 1 Março/2010 Central Nacional Central Nacional Juntos pela vida. Juntos pela vida. Em Brasília, os clientes de intercâmbio contam com

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.763/05 (Publicada no D.O.U., de 09 Mar 2005, Seção I, p. 189-192)

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.763/05 (Publicada no D.O.U., de 09 Mar 2005, Seção I, p. 189-192) Página 1 de 17 RESOLUÇÃO CFM Nº 1.763/05 (Publicada no D.O.U., de 09 Mar 2005, Seção I, p. 189-192) Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 1.666/2003, que celebra o convênio de reconhecimento

Leia mais

Apesar de ser um tumor maligno, é uma doença curável se descoberta a tempo, o que nem sempre é possível, pois o medo do diagnóstico é muito grande,

Apesar de ser um tumor maligno, é uma doença curável se descoberta a tempo, o que nem sempre é possível, pois o medo do diagnóstico é muito grande, Cancêr de Mama: É a causa mais frequente de morte por câncer na mulher, embora existam meios de detecção precoce que apresentam boa eficiência (exame clínico e auto-exame, mamografia e ultrassonografia).

Leia mais

Células-tronco podem ser futuro para salvar pacientes que necessitam de reconstrução óssea

Células-tronco podem ser futuro para salvar pacientes que necessitam de reconstrução óssea Ano V Edição nº 45 Dezembro de 2015 AVANÇOS Células-tronco podem ser futuro para salvar pacientes que necessitam de reconstrução óssea Estudo de brasileira já apresenta bons resultados para tratar lábio

Leia mais

SulAmérica Saúde. Rede Referenciada 445 / GRUPAL GLOBAL TRAD ADAPTADO / ESPECIAL RN - MOSSORO. Saúde. sulamerica.com.br

SulAmérica Saúde. Rede Referenciada 445 / GRUPAL GLOBAL TRAD ADAPTADO / ESPECIAL RN - MOSSORO. Saúde. sulamerica.com.br SulAmérica Saúde Rede Referenciada 445 / GRUPAL GLOBAL TRAD ADAPTADO / ESPECIAL RN - MOSSORO Saúde Este documento foi gerado eletronicamente através do site sulamerica.com.br/saudeonline na data 03/03/2011

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 06/2015-EBSERH/HC-UFG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 16 DE JULHO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 06/2015-EBSERH/HC-UFG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 16 DE JULHO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 06/2015-EBSERH/HC-UFG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 16 DE JULHO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 004 Médico - Alergia e Imunologia

Leia mais