PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1"

Transcrição

1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1

2 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para Prcediment de Cmercializaçã. Alterad nme deste Prcediment de Cmercializaçã para: AM.02 Atendiment a Agente da CCEE. Inserid índice. Alterada a numeraçã das seguintes seções: De 1 para 3 Prcess Origem; De 8 para 10 Premissas; De 2 para 4 Nme e Códig d Prcediment de Cmercializaçã; De 9 para 11 Fluxgrama; De 3 para 5 Públic Alv; De 10 para 12 Matriz de Operacinalizaçã; De 4 para 6 Objetiv; De 11 para 13 Crngrama Geral; De 6 para 8 Definições; De 12 para 14 Anexs. De 7 para 9 Ferramentas de Suprte; Alterada a descriçã e a numeraçã da seguinte seçã: De 5 - Aspects Regulatóris Envlvids para 7 Aspects Legais e Regulatóris. Inseridas as seguintes seções: 1 Aprvaçã; 2 Históric de Revisões. Alterads s nmes ds seguintes Macr-Prcesss da Cadeia de Valr para: PE Estabelecer Preçs de Liquidaçã de Diferenças; ME Registrar Dads de Mediçã. Inserids s seguintes Macr-Prcesss na Cadeia de Valr: RL Realizar Leilões; AC Administrar Cntrats. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 2 de 11

3 4. E DO PROCEDIMENTO DE COMERCIALIZAÇÃO Alterada a numeraçã da seçã de 2 para 4 Nme e Códig d Prcediment de Cmercializaçã. Alterada a numeraçã da seçã de 3 para 5 Públic Alv. 5. PÚBLICO ALVO Alterads s seguintes itens para: Agente da CCEE Superintendência da CCEE Alterada a numeraçã da seçã de 4 para 6 Objetiv. 6. OBJETIVO Alterada a descriçã d bjetiv para: Estabelecer s prcediments relativs a atendiment d públic em geral, via Central de Atendiment da CCEE, desde a slicitaçã até a sluçã final d prblema, diferenciand atendiment as Agentes da CCEE. 7. ASPECTOS LEGAIS E REGULATÓRIOS Alterada a descriçã e a numeraçã da seçã de 5 - Aspects Regulatóris Envlvids para 7 Aspects Legais e Regulatóris. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 3 de 11

4 Alterada a numeraçã da seçã de 6 para 8 Definições. Alterada a descriçã das seguintes Definições para: 8. DEFINIÇÕES N: data d cntat realizad. Senha de Atendiment: senha dispnibilizada pela Superintendência da CCEE a Agente, cm bjetiv de garantir a cnfiabilidade e a segurança na prestaçã da infrmaçã através da Central de Atendiment da CCEE. Sistema de Atendiment: sistema de registr e acmpanhament de Chamads, utilizad pela equipe da Superintendência da CCEE. Excluída a Definiçã de du. Alterads nme e a descriçã das seguintes Definições para: De Agente de Mercad para Agente da CCEE u Agente: cncessinári, permissinári, autrizad de serviçs e instalações de energia elétrica e Cnsumidres Livres integrantes da CCEE. De Superintendência d MAE para Superintendência da CCEE: é órgã executiv da CCEE Inseridas as seguintes Definições: Câmara de Cmercializaçã de Energia Elétrica (CCEE): pessa jurídica de direit privad, sem fins lucrativs, que atua sb autrizaçã d Pder Cncedente e regulaçã e fiscalizaçã da ANEEL, segund a Cnvençã de Cmercializaçã, instituída pela Resluçã Nrmativa ANEEL nº 109, de 26 de utubr de 2004, cm a finalidade de viabilizar as perações de cmpra e venda de energia elétrica entre s Agentes da CCEE, restritas a Sistema Interligad Nacinal (SIN), cuja criaçã fi autrizada ns terms d artig 4º da Lei nº , de 15 de març de 2004, e d Decret nº 5.177, de 12 de agst de Central de Atendiment da CCEE: é canal de cntat ds Agentes u públic em geral cm a Superintendência da CCEE. Sua respnsabilidade é prmver atendiment, registrand, esclarecend, direcinand e/u acmpanhand as slicitações/dúvidas ds Agentes u públic em geral junt à CCEE. Chamad: registr das slicitações efetuad n Sistema de Atendiment para qual é atribuíd um códig para acmpanhament d prcess tant pela Superintendência da CCEE quant pel Agente slicitante. Cnsumidr Livre: aquele que, atendid em qualquer tensã, tenha exercid a pçã de cmpra de energia elétrica, cnfrme definida ns arts. 15 e 16 da Lei nº 9.074, de 7 de julh de changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 4 de 11

5 8. DEFINIÇÕES Representante CCEE: até duas pessas indicadas pel(s) Representante(s) Legal(ais), cm bjetiv de facilitar a cmunicaçã entre a CCEE e Agente. Trata-se d cntat entre Agente e a Superintendência da CCEE. Alterada a numeraçã da seçã de 7 para 9 Ferramentas de Suprte. 9. FERRAMENTAS DE SUPORTE Alterada a descriçã da seguinte Ferramenta: Sistema de Atendiment - Sistema nde sã registradas as dúvidas, s esclareciments e as slicitações feitas para a Superintendência da CCEE, assim cm td históric d prcess de resluçã das mesmas. Alterada a numeraçã da seçã de 8 para 10 Premissas. Excluídas as seguintes Premissas: 10. PREMISSAS Cas nã seja pssível reslver um chamad até N+2 du, a Superintendência d MAE irá cntatar slicitante para infrmar sbre a situaçã d chamad, e frnecer a previsã de resluçã. Neste cas, chamad cntinuará em abert até que a pendência de infrmaçã seja slucinada, e slicitante será infrmad sbre a situaçã d chamad peridicamente, até que mesm seja encerrad O praz de 2 du para encerrar chamad u passar uma psiçã para slicitante é um praz máxim, pdend ser antecipad. Alterada a numeraçã e a descriçã das seguintes Premissas: De 10.1 para 10.3 Tds s cntats ds Agentes cm a Superintendência da CCEE devem ser realizads através da Central de Atendiment da CCEE, pel telefne , pel pel fax u pr carta, n endereç Alameda Sants, nº 745-9º andar Cerqueira César - Sã Paul SP CEP: De 10.5 para 10.7 As Senhas de Atendiment sã exclusivas ds Agentes da CCEE. Tais senhas sã geradas pela Superintendência da CCEE e enviadas as Representantes CCEE n mment da adesã d Agente, e deverã ser infrmadas sempre que slicitadas pela Central de Atendiment da CCEE durante prcess de atendiment. De 10.6 para 10.8 Cas a Superintendência da CCEE tenha dúvidas u necessite de maires esclareciments sbre Chamad registrad, essa entrará em cntat cm slicitante via Central de Atendiment da CCEE. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 5 de 11

6 10. PREMISSAS De 10.7 para A cntagem ds prazs estabelecids neste Prcediment de Cmercializaçã é realizada bservand-se apenas s dias úteis. Alterada a numeraçã da seguinte Premissa: De 10.2 para 10.5 Tds s cntats serã registrads n Sistema de Atendiment e um códig será gerad e frnecid a slicitante, para facilitar acmpanhament/identificaçã d Chamad em cntats futurs. Inseridas as seguintes Premissas: Para efeit d dispst n presente Prcediment de Cmercializaçã, as referências a "Agente da CCEE" u "Agente" referem-se tant as cncessináris, permissináris e autrizads de serviçs e instalações de energia elétrica e Cnsumidres Livres quant àqueles que adquirem energia elétrica na frma d 5º d art. 26 da Lei nº 9.427, de 26 de dezembr de Este Prcediment de Cmercializaçã também se aplica a públic em geral, cm exceçã das infrmações e dcuments de acess exclusiv as Agentes O cntat diret entre um Agente e a(s) área(s) envlvida(s) da Superintendência da CCEE só deverá crrer n cas de reuniões específicas O praz para respsta/sluçã de um chamad registrad n Sistema de Atendiment será resultante d grau de cmplexidade e urgência da slicitaçã. O slicitante será infrmad peridicamente quant à situaçã d chamad, até seu respectiv encerrament A Superintendência da CCEE pderá entrar em cntat cm Agente via Central de Atendiment da CCEE para encaminhament de infrmações e/u para slicitaçã de envi de infrmações pel Agente, em praz específic a ser estabelecid pela Superintendência da CCEE. Alterada a numeraçã da seçã de 9 para 11 Fluxgrama. Inserid títul 11.1 Cntat realizad pel Agente. 11. FLUXOGRAMA Alterad nme das seguintes atividades para: AM Cntatar Superintendência da CCEE. AM Analisar / Reslver Slicitaçã. AM Infrmar Sluçã e Encerrar Chamad, cas nã Existam Pendências de Infrmaçã. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 6 de 11

7 Excluídas as seguintes atividades: 11. FLUXOGRAMA AM Infrmar Sluçã e Encerrar Chamad (cm Praz Pendências de Infrmaçã slucinadas ); AM Infrmar Status d Chamad, cas Existam Pendências de Infrmaçã; AM Slucinar Chamad cm Pendência de Infrmaçã. Alterads s Respnsáveis: De Superintendência d MAE para Superintendência da CCEE. De Agente de Mercad para Agente da CCEE. Alterad prdut gerad das seguintes atividades para: AM Cntat cm a Superintendência da CCEE realizad. AM Senha de Atendiment frnecida, n cas de slicitaçã de infrmaçã exclusiva para s Agentes da CCEE. AM Registr d Chamad n Sistema de Atendiment cnfirmad a Agente da CCEE. AM Slicitaçã reslvida u clcada em análise. AM (1º Prdut Gerad) Resluçã d chamad infrmada a slicitante. AM (2º Prdut Gerad) Chamad encerrad n Sistema de Atendiment. Alterad praz das atividades AM e AM para: Infrmações Necessárias Cletadas. Alterad na legenda a definiçã de N para: data d cntat realizad. Excluíd na legenda a definiçã de du. Inserid Fluxgrama 11.2 Cntat realizad pela Superintendência da CCEE. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 7 de 11

8 Alterada a numeraçã da seçã de 10 para 12 Matriz de Operacinalizaçã. Inserid títul 12.1 Cntat realizad pel Agente, para a 1ª Matriz de Operacinalizaçã. Alterad nme das seguintes atividades para: 12. MATRIZ DE OPERACIONALIZAÇÃO AM Cntatar Superintendência da CCEE. AM Analisar / Reslver Slicitaçã. AM Infrmar Sluçã e Encerrar Chamad, cas nã Existam Pendências de Infrmaçã. Excluídas as seguintes atividades: AM Infrmar Sluçã e Encerrar Chamad (cm Praz Pendências de Infrmaçã slucinadas ); AM Infrmar Status d Chamad, cas Existam Pendências de Infrmaçã; AM Slucinar Chamad cm Pendência de Infrmaçã. Alterads s Respnsáveis: De Superintendência d MAE para Superintendência da CCEE. De Agente de Mercad para Agente da CCEE. Alterad n detalhament da atividade AM.02.01, 1º marcadr para: Entrar em cntat cm a Superintendência da CCEE via Central de Atendiment da CCEE através de: a) Telefne: ; b) Fax: ; c) d) Carta: Alameda Sants, 745-9º andar Cerqueira César - Sã Paul SP CEP: changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 8 de 11

9 Alterad detalhament da atividade AM para: 12. MATRIZ DE OPERACIONALIZAÇÃO Identificar slicitante e tip de infrmaçã/slicitaçã. Alterad n detalhament da atividade AM.02.03, 1º marcadr para: Frnecer a Senha de Atendiment. Alterad n detalhament da atividade AM.02.03, 2º marcadr para: Nta: Para infrmações gerais, nã é necessári senha; para infrmações específicas ds Agentes, é slicitada a Senha de Atendiment. Alterad detalhament da atividade AM para: Registrar as slicitações n Sistema de Atendiment. Alterad detalhament da atividade AM para: Receber da Superintendência da CCEE a cnfirmaçã de registr d Chamad, cm códig d mesm. Este códig será utilizad para cnsultas futuras referentes a este Chamad. Inserida a seguinte ferramenta da atividade AM : Telefne. Alterad detalhament da atividade AM para: Reslver a slicitaçã u buscar maires infrmações para a sluçã d Chamad. Inserid n detalhament da atividade AM a seguinte nta: O slicitante será infrmad peridicamente quant a status da slicitaçã, até que respectiv chamad seja slucinad. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 9 de 11

10 Inserida a seguinte ferramenta na atividade AM : 12. MATRIZ DE OPERACIONALIZAÇÃO Sistema de Atendiment. Alterad prdut gerad das seguintes atividades para: AM Cntat cm a Superintendência da CCEE realizad. AM Senha de Atendiment frnecida, n cas de slicitaçã de infrmaçã exclusiva para s Agentes da CCEE. AM Registr d Chamad n Sistema de Atendiment cnfirmad a Agente da CCEE. AM Slicitaçã reslvida u clcada em análise. AM (1º Prdut Gerad) Resluçã d chamad infrmada a slicitante. AM (2º Prdut Gerad) Chamad encerrad n Sistema de Atendiment. Alterad praz das atividades AM e AM para: Infrmações Necessárias Cletadas. Alterad na legenda a definiçã de N para: data d cntat realizad. Excluíd na legenda a definiçã de du. Inserida a Matriz de Operacinalizaçã 12.2 Cntat Realizad pela Superintendência da CCEE. Alterada a numeraçã da seçã de 11 para 13 Crngrama Geral. Inserid títul 13.1 Cntat realizad pel Agente. 13. CRONOGRAMA GERAL Excluíds s prduts gerads referentes às seguintes atividades: AM Infrmar Sluçã e Encerrar Chamad (cm Praz Pendências de Infrmaçã slucinadas ); AM Infrmar Status d Chamad, cas Existam Pendências de Infrmaçã; AM Slucinar Chamad cm Pendência de Infrmaçã. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 10 de 11

11 Alterads s Respnsáveis: 13. CRONOGRAMA GERAL De Superintendência d MAE para Superintendência da CCEE. De Agente de Mercad para Agente da CCEE. Alterad prdut gerad referente às seguintes atividades para: AM Cntat cm a Superintendência da CCEE realizad. AM Senha de Atendiment frnecida, n cas de slicitaçã de infrmaçã exclusiva para s Agentes da CCEE. AM Registr d Chamad n Sistema de Atendiment cnfirmad a Agente da CCEE. AM Slicitaçã reslvida u clcada em análise. AM (1º Prdut Gerad) Resluçã d chamad infrmada a slicitante. AM (2º Prdut Gerad) Chamad encerrad n Sistema de Atendiment. Alterad praz referente às atividades AM e AM para: Infrmações Necessárias Cletadas. Alterad na legenda a definiçã de N para: data d cntat realizad. Excluíd na legenda a definiçã de du. Inserid Crngrama Geral 13.2 Cntat realizad pela Superintendência da CCEE. 14. ANEXOS Alterada a numeraçã da seçã de 12 para 14 Anexs. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 11 de 11

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações SAZONALIZAÇAO DE CONTRATO DE LEILÃO DE VENDA EDITAL DE LEILÃO Nº 001 / 2002 - MAE PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment

Leia mais

Versão: 1 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 1.578, de 14 de outubro de 2005

Versão: 1 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 1.578, de 14 de outubro de 2005 Procedimento de Comercialização Versão: 1 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho AEEL nº 1.578, de 14 de outubro de 2005 CÓDIGO ÍDICE 1. APROVAÇÃO...3 2. HISTÓRICO DE REVISÕES...3 3. PROCESSO

Leia mais

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para Prcediment de Cmercializaçã. Inserid

Leia mais

Tratamento da Energia do PROINFA na CCEE. PdC Versão 1

Tratamento da Energia do PROINFA na CCEE. PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Tratament da Energia d PROINFA na CCEE PdC Versã 1 Versã 1 METODOLOGIA DO CONTROLE DE ALTERAÇÕES Text em realce refere-se à inserçã de nva redaçã. Text

Leia mais

Liquidação Financeira. PdC Versão 3 PdC Versão 4

Liquidação Financeira. PdC Versão 3 PdC Versão 4 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Liquidaçã Financeira PdC Versã 3 PdC Versã 4 Versã 3 Versã 4 METODOLOGIA DO Text em realce refere-se à inserçã de nva redaçã. Text tachad refere-se à exclusã

Leia mais

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações SAZONALIZAÇÃO DE CONTRATO INICIAL E DE ENERGIA ASSEGURADA PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para

Leia mais

PM 3.5 Versão 1 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 1 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações PdC CZ.01 PM 3.5 Versã 1 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para Prcediment de Cmercializaçã. Inserid índice. Alterada

Leia mais

Manutenção de Cadastro de Agentes da CCEE e Usuários do SCL. Versão 1 -> Versão 2

Manutenção de Cadastro de Agentes da CCEE e Usuários do SCL. Versão 1 -> Versão 2 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Manutençã de Cadastr de Agentes da CCEE e Usuáris d SCL Versã 1 -> Versã 2 Versã 2 METODOLOGIA DO CONTROLE DE ALTERAÇÕES Text em realce refere-se à inserçã

Leia mais

Excluídas as seguintes definições:

Excluídas as seguintes definições: Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Entre PM AM.08 APLICAÇÃO DE PENALIDADE POR INSUFICIÊNCIA DE CONTRATAÇÃO E PENALIDADE POR INSUFICIÊNCIA DE LASTRO DE VENDA & PdC AM.10 MONITORAMENTO DE INFRAÇÃO

Leia mais

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Geração de Guias para ST, DIFAL e FCP

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Geração de Guias para ST, DIFAL e FCP CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Geraçã de Guias para ST, DIFAL e FCP 1. Objetivs Gerar títuls n cntas a pagar cm ttal de ICMS-ST, DIFAL e/u FCP das ntas fiscais de saída. Página 2 de 6 2. Requisits 2.1. RF01 Geraçã

Leia mais

Estácio. Manual Visualizador

Estácio. Manual Visualizador Estáci Manual Visualizadr Versã Data da Mdificaçã Mdificad Pr Cmentáris 1.0 29/09/2015 Lrena Rangel Versã Inicial Visualizadr 2 Cnteúd... 1 1. Cnsultar Requisiçã... 5 2. Cnsultar Pedid... 7 3. Cnsultar

Leia mais

Legenda da Mensagem de Resposta à Verificação de Elegibilidade (respostaelegibilidade)

Legenda da Mensagem de Resposta à Verificação de Elegibilidade (respostaelegibilidade) Legenda da Mensagem de Respsta à Verificaçã de Elegibilidade (respstaelegibilidade) Mensagem : Respta à verificaçã de elegibilidade (respstaelegibilidade) - Flux : Operadra para Prestadr Códig da mensagem

Leia mais

Gestão de projetos de TI

Gestão de projetos de TI Seçã de Mdelagem de Prcesss Gestã de prjets de TI MPP - Manual de Plíticas e Prcediments Atualizad em AGOSTO/2016 Sumári 1. DO GESTOR DO PROCESSO... 3 2. DO AMPARO LEGAL... 3 3. DA POLÍTICA INSTITUCIONAL...

Leia mais

Manual Pedido de Certidão Online

Manual Pedido de Certidão Online 17 de utubr de 2016 Manual Pedid de Certidã Online Rua Bela Cintra, 746-11º andar - CEP 01415-000 - Sã Paul - SP Telefne: (11) 3122-6277 17 de utubr de 2016 Cntrle de Versã de Dcument Versã Data Autres

Leia mais

Proposta de mudança no cálculo dos royalties do petróleo: solução para a crise fiscal do RJ ou entrave para a atração de investimentos?

Proposta de mudança no cálculo dos royalties do petróleo: solução para a crise fiscal do RJ ou entrave para a atração de investimentos? 31/03/2017 Prpsta de mudança n cálcul ds ryalties d petróle: sluçã para a crise fiscal d RJ u entrave para a atraçã de investiments? Waldyr Barrs - diretr Agenda 1 Arcabuç Legal 2 Preç de Referência 3

Leia mais

Novo processo de devolução de peças para garantia Mudanças na aplicação web ewarranty e no processo de devolução de peças

Novo processo de devolução de peças para garantia Mudanças na aplicação web ewarranty e no processo de devolução de peças Nv prcess de devluçã de peças para garantia Mudanças na aplicaçã web ewarranty e n prcess de devluçã de peças Públic-alv e bjetiv Esse curs destina-se a cncessináris e ficinas envlvids n prcess de gerenciament

Leia mais

TransactionCentre Guia Referência Rápida Troca de Mensagens. Cancelamento

TransactionCentre Guia Referência Rápida Troca de Mensagens. Cancelamento TransactinCentre Guia Referência Rápida Trca de Cancelament Este dcument cntém a especificaçã ds ajustes necessáris para que seu Sistema de Autmaçã cumpra as tarefas de Cancelament de Transaçã Benefíci

Leia mais

Cronograma Geral da Contabilização. PdC Versão 2 PdC Versão 3

Cronograma Geral da Contabilização. PdC Versão 2 PdC Versão 3 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Crngrama Geral da Cntabilizaçã PdC Versã 2 PdC METODOLOGIA DO CONTROLE DE ALTERAÇÕES Text em realce refere-se à inserçã de nva redaçã. Text tachad refere-se

Leia mais

Regime Escolar Fruta Escolar /

Regime Escolar Fruta Escolar / Regime Esclar Fruta Esclar / Frmuláris 2016/2017 - Índice NOTA INTRODUTÓRIA...3 Pedid de Ajuda...4 1. Pedid de Ajuda...4 A. Página de Rst d Pedid...4 B. Pedid de Ajuda Página dis...6 C. Mapa de Medidas

Leia mais

Legenda da Guia de Tratamento Odontológico

Legenda da Guia de Tratamento Odontológico Legenda da Guia de Tratament Odntlógic Term Registr NS Nº da n prestadr Num. d Camp na Númer da principal 3 Data da autrizaçã Senha senha 1 2 4 5 6 Nme d camp na Registr NS Númer da n prestadr Númer da

Leia mais

Comunicado Cetip n 091/ de setembro de 2013

Comunicado Cetip n 091/ de setembro de 2013 Cmunicad Cetip n 091/2013 26 de setembr de 2013 Assunt: Aprimrament da Metdlgia da Taxa DI. O diretr-presidente da CETIP S.A. MERCADOS ORGANIZADOS infrma que, em cntinuidade às alterações infrmadas n Cmunicad

Leia mais

CRC-Nacional Central de Registro Civil de Minas Gerais Certidão Online - Serventia

CRC-Nacional Central de Registro Civil de Minas Gerais Certidão Online - Serventia CRC-Nacinal Central de Registr Civil de Minas Gerais Certidã Online - Serventia Manual d usuári Data: 16/07/2016 Versã dcument: 1.0 Prefáci 1. COMO ACESSAR O MÓDULO DA CERTIDÃO ONLINE... 03 2. HABILITANDO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO UFOP DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS COORDENADORIA DE SUPRIMENTOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO UFOP DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS COORDENADORIA DE SUPRIMENTOS OFÍCIO CIRCULAR CSU nº 001, de 05 de fevereir de 2016. ASSUNTO: Infrme sbre implementaçã da metdlgia de Centrs de Custs, mdificações ns Sistemas Integrads, Treinament e demais rientações Prezads Senhres,

Leia mais

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário MTur Sistema Artistas d Turism Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 9 4.1. CADASTRAR REPRESENTANTE... 9 4.2. CADASTRAR

Leia mais

Módulo Aquisição - Fluxo do Modelo Conceitual

Módulo Aquisição - Fluxo do Modelo Conceitual MAC439 - Labratóri de Banc de Dads 2 semestre/2004 Módul Aquisiçã - Flux d Mdel Cnceitual Grup: Andersn R. P. Buen Fernand de Suza Prad Lucian Mezzantte Sares Tessie Ikemri 1. Apresentaçã Este dcument

Leia mais

Versão 3.5 Versão 1 PdC Versão 1

Versão 3.5 Versão 1 PdC Versão 1 Prcedim ent de Cm ercializaçã Cntrle de Alterações PdC AG.0 2 MANUTENÇÃO DE CADASTRO DE AGENTES DA CCEE E USUÁRI OS DO SCL Versã 3.5 Versã 1 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment

Leia mais

Operação Metalose orientações básicas à população

Operação Metalose orientações básicas à população Operaçã Metalse rientações básicas à ppulaçã 1. Quem é respnsável pel reclhiment de prduts adulterads? As empresas fabricantes e distribuidras. O Sistema Nacinal de Vigilância Sanitária (Anvisa e Vigilâncias

Leia mais

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO UC_REQ-MK_ACF-001 27/01/2015 00 1 / 12 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 Objetiv... 2 Públic Alv... 2 Escp... 2 Referências... 2 DESCRIÇÃO GERAL DO PRODUTO... 2 Características d Usuári... 2 Limites, Supsições e

Leia mais

Manual de Operação WEB SisAmil - Gestão

Manual de Operação WEB SisAmil - Gestão Manual de Operaçã WEB SisAmil - Gestã Credenciads Médics 1 Índice 1. Acess Gestã SisAmil...01 2. Autrizaçã a. Inclusã de Pedid...01 b. Alteraçã de Pedid...10 c. Cancelament de Pedid...11 d. Anexs d Pedid...12

Leia mais

Tutorial de acesso ao Sistema de Gestão de Telefonia - Novartis

Tutorial de acesso ao Sistema de Gestão de Telefonia - Novartis Sã Paul, 17 de Setembr de 2014 Tutrial de acess a Sistema de Gestã de Telefnia - Nvartis Telefnia Móvel Page: 1 / 12 Sumári 1. PRIMEIRO ACESSO... 3 2. ACESSAR O SISTEMA DIRETAMENTE DO BROWSER DO SEU COMPUTADOR...

Leia mais

Âmbito do Documento. Modelo de Comunicação. Modelo de Comunicação. Prescrição eletrónica e dispensa de medicamentos para ambulatório hospitalar

Âmbito do Documento. Modelo de Comunicação. Modelo de Comunicação. Prescrição eletrónica e dispensa de medicamentos para ambulatório hospitalar Mdel de Cmunicaçã Prescriçã eletrónica e dispensa de medicaments para ambulatóri hspitalar Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes/ frnecedres

Leia mais

Conheça o Programa de Afiliados Ganhos Automáticos passo a passo.

Conheça o Programa de Afiliados Ganhos Automáticos passo a passo. Cnheça Prgrama de Afiliads Ganhs Autmátics pass a pass. O Ganhs Autmátics é um negóci que qualquer pessa pde desenvlver, pis vams dispnibilizar um Kit de Prduts e Serviçs cm fc em Ajudar e Dispnibilizar

Leia mais

Controle de Atendimento de Cobrança

Controle de Atendimento de Cobrança Cntrle de Atendiment de Cbrança Intrduçã Visand criar um gerenciament n prcess d cntrle de atendiment de cbrança d sistema TCar, fi aprimrad pela Tecinc Infrmática prcess de atendiment, incluind s títuls

Leia mais

Cadastrar Proposta de Evento

Cadastrar Proposta de Evento Pró-Reitria de Extensã e Cultura events@ufersa.edu.br Cadastrar Prpsta de Event Sistema Módul SIGAA Extensã Última Atualizaçã 25.03.2015 Esta funcinalidade permite a usuári cadastrar ações de extensã d

Leia mais

REGULAMENTO PARA O INOVA SENAI 2017

REGULAMENTO PARA O INOVA SENAI 2017 REGULAMENTO PARA O INOVA SENAI 2017 1. O INOVA SENAI 1.1 O que é INOVA SENAI é uma atividade técnica-cultural n frmat de cncurs que visa recnhecer publicamente as capacidades de invaçã, empreendedrism

Leia mais

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO PACOTE TURÍSTICO INTERNACIONAL

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO PACOTE TURÍSTICO INTERNACIONAL INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO PACOTE TURÍSTICO INTERNACIONAL MSC FANTASIA MARTINICA 2017/2018 Os valres infrmads sã para n máxim 2 cupantes pr cabine. Favr slicitar através d cntact center a ctaçã ds valres

Leia mais

Edital de 27 de julho de 2009 Bolsão Curso Clio

Edital de 27 de julho de 2009 Bolsão Curso Clio Edital de 27 de julh de 2009 Blsã Curs Cli Cncurs de Blsas pr Desempenh 1. Das dispsições preliminares 1.1 O Cncurs de Blsas d Curs Cli será rganizad pr esta mesma instituiçã e presente edital estará dispnível

Leia mais

PROCEDIMENTO DE MERCADO AM.02. Atendimento ao Agente de Mercado

PROCEDIMENTO DE MERCADO AM.02. Atendimento ao Agente de Mercado PROCEDIMETO DE MERCADO 3.0 ATEDIMETO AO AGETE DE MERCADO PROCEDIMETO DE MERCADO AM.02 ao Agente de Mercado Responsável pelo PM: Acompanhamento do Mercado COTROLE DE ALTERAÇÕES Versão Data Descrição da

Leia mais

CNI. Confederação Nacional da Indústria RESOLUÇÃO DE DIRETORIA N

CNI. Confederação Nacional da Indústria RESOLUÇÃO DE DIRETORIA N CNI Cnfederaçã Nacinal da Indústria RESOLUÇÃO DE DIRETORIA N 0112012 "Alteraçã da Resluçã de Diretria n. 0112008, que regulamenta a emissã, pela Cnfederaçã Nacinal da Indústria - CNI, de Atestad de Prdutr

Leia mais

Liquidação Financeira. PdC Versão 2 PdC Versão 3

Liquidação Financeira. PdC Versão 2 PdC Versão 3 Procedimento de Comercialização Controle de Alterações Liquidação Financeira PdC Versão 2 PdC Versão 3 METODOLOGIA DO Texto em realce refere-se à inserção de nova redação. Texto tachado refere-se à exclusão

Leia mais

Regulamento de uso. dos. Laboratórios

Regulamento de uso. dos. Laboratórios Regulament de us ds Labratóris Brasília/DF. Agst/2005 REGULAMENTO DE USO DOS LABORATÓRIOS Para s Labratóris de Infrmática da UNEB Uniã Educacinal de Brasília - UNEB Elabraçã Equipe TI Editraçã Viviane

Leia mais

Pré-Atendimento no Balcão

Pré-Atendimento no Balcão TransactinCentre Pré-Atendiment n Balcã Este dcument cntém a especificaçã ds ajustes necessáris para que seu Sistema de Autmaçã cumpra as tarefas de Geraçã de Pré-Autrizaçã n Balcã. O estabeleciment e

Leia mais

Novo Sistema Almoxarifado

Novo Sistema Almoxarifado Nv Sistema Almxarifad Instruções Iniciais 1. Ícnes padrões Existem ícnes espalhads pr td sistema, cada um ferece uma açã. Dentre eles sã dis s mais imprtantes: Realiza uma pesquisa para preencher s camps

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL - WINDOWS PHONE

SISTEMA OPERACIONAL - WINDOWS PHONE MANUAL PROTECT Versã R15 SISTEMA OPERACIONAL - WINDOWS PHONE Cpyright GVT 2015 www.gvtprtect.cm.br 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 GVT PROTECT... 3 2.1 REQUISITOS MÍNIMOS DE SISTEMA... 3 2.2 SISTEMAS OPERACIONAIS

Leia mais

ESTACIONAMENTO (CAMPUS DE CAMPOLIDE)

ESTACIONAMENTO (CAMPUS DE CAMPOLIDE) ESTACIONAMENTO (CAMPUS DE CAMPOLIDE) Infrmações gerais Para esclareciment u resluçã de qualquer assunt relacinad cm Acess de Viaturas a Campus de Camplide, s utilizadres d Campus deverã prceder da seguinte

Leia mais

Layout de integração com webservices de clientes. Serviço de autenticação do beneficiário

Layout de integração com webservices de clientes. Serviço de autenticação do beneficiário Layut de integraçã cm webservices de clientes Serviç de autenticaçã d beneficiári Alterações n dcument Data Autr Assunt Descriçã 20/04/2015 Gerald Felix Junir Legislaçã O layut fi alterad para inclusã

Leia mais

HDEV ERP. Sistema de Gestão Empresarial

HDEV ERP. Sistema de Gestão Empresarial HDEV ERP Sistema de Gestã Empresarial Nssa Empresa Sms uma empresa especializada em desenvlviment de sistemas já atuante n mercad desde 1987, estams presentes hje em 11 estads nacinais cm 22 móduls de

Leia mais

Documento de Referência Complementação do Seguro Saúde

Documento de Referência Complementação do Seguro Saúde Serviç Brasileir de Api às Micr e Pequenas Empresas - Sebrae Dcument de Referência Cmplementaçã d Segur Saúde Brasília DF 2017 Serviç Brasileir de Api às Micr e Pequenas Empresas SEBRAE Tds s direits reservads

Leia mais

nddcargo Manual de Utilização Portal Gratuito

nddcargo Manual de Utilização Portal Gratuito nddcarg 4.2.6.0 Manual de Utilizaçã Prtal Gratuit Históric de alterações Data Versã Autr Descriçã 15/04/2014 1 Deiviane F. R. de Suza Criaçã d dcument. 2 1. Intrduçã... 4 2. Funcinalidades d Prtal nddcarg...

Leia mais

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS Nova S.R.M. Adm. de Recursos e Finanças S.A.

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS Nova S.R.M. Adm. de Recursos e Finanças S.A. VALORES MOBILIÁRIOS Nva S.R.M. Adm. de Recurss e Finanças S.A. Versã 2.0 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. PUBLICO ALVO... 3 3. ABRANGÊNCIA... 3 4. PRINCÍPIOS... 3 5. BOAS PRÁTICAS... 4 6. RESTRIÇÕES A INVESTIMENTOS...

Leia mais

Seção de Modelagem de Processos. Férias. MPP - Manual de Políticas e Procedimentos

Seção de Modelagem de Processos. Férias. MPP - Manual de Políticas e Procedimentos Férias MPP - Manual de Plíticas e Prcediments Atualizad em 22/02/2016 SUMÁRIO MANUAL DE POLÍTICAS E PROCEDIMENTOS 1. D gestr d prcess... 3 2. D ampar legal... 3 3. Da plítica institucinal... 4 4. D diagrama

Leia mais

Comunicado Cetip n 046/ de maio de 2013

Comunicado Cetip n 046/ de maio de 2013 Cmunicad Cetip n 046/2013 27 de mai de 2013 Assunt: Nvas implementações para registr de instruments financeirs representativs de perações de crédit e d agrnegóci. O diretr-presidente interin da CETIP S.A.

Leia mais

Rescisão Complementar

Rescisão Complementar Rescisã Cmplementar Cm gerar rescisã cmplementar n sistema? N menu Móduls\ Rescisã\ Rescisã Cmplementar estã dispníveis as rtinas que permitem cálcul da rescisã cmplementar. É pssível calcular cmplementar

Leia mais

Conceitos Importantes de Telecomunicações pela Anatel

Conceitos Importantes de Telecomunicações pela Anatel Cnceits Imprtantes de Telecmunicações pela Anatel Serviç Telefônic Fix Cmutad (STFC) Crrespnde a nme técnic d serviç de telecmunicaçã realizad através da transmissã de vz e de utrs sinais destinads à cmunicaçã

Leia mais

Guia Sphinx: Instalação, Reposição e Renovação

Guia Sphinx: Instalação, Reposição e Renovação Guia Sphinx: Instalaçã, Repsiçã e Renvaçã V 5.1.0.8 Instalaçã Antes de instalar Sphinx Se vcê pssuir uma versã anterir d Sphinx (versões 1.x, 2.x, 3.x, 4.x, 5.0, 5.1.0.X) u entã a versã de Demnstraçã d

Leia mais

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0 Manual d Nv Páti Revenda Versã 2.0 1 Cnteúd INTRODUÇÃO... 3 1.LOGIN... 4 2.ANUNCIANTE... 4 2.1 Listar Usuáris... 4 2.2 Criar Usuári... 5 2.2.1 Permissões:... 6 3.SERVIÇOS... 7 3.1 Serviçs... 7 3.2 Feirã...

Leia mais

Adesão à CCEE. Versão 1 -> Versão 2

Adesão à CCEE. Versão 1 -> Versão 2 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Adesã à CCEE Versã 1 -> Versã 2 Versã 2 METODOLOGIA DO Text em realce refere-se à inserçã de nva redaçã Text tachad refere-se à exclusã de redaçã. Alterações

Leia mais

As cópias dos contratos, assim como outros documentos do projeto, a seguir relacionados serão fornecidos após celebração do contrato dos serviços:

As cópias dos contratos, assim como outros documentos do projeto, a seguir relacionados serão fornecidos após celebração do contrato dos serviços: Term de Referência para cntrataçã de Auditres Externs A Rede Nrte-Sul http://www.nrd-sued-netz.de é um departament da DGB Bildungswerk BUND, instituiçã educacinal pertencente à Cnfederaçã ds Sindicats

Leia mais

É o que queremos para todos: uma possível e compartilhada Felizcidade.

É o que queremos para todos: uma possível e compartilhada Felizcidade. O Cncurs de Ftgrafias da Dedetizar Sistema de Cntrle Ambiental, tem cm bjetiv selecinar imagens que ilustrarã Calendári de 2018 da empresa, elabrad há 12 ans. Tema FELIZCIDADE. Inspirad n Festival de Dança

Leia mais

Escolas Públicas de Danbury Procedimentos/Orientações sobre a Frequência do Aluno

Escolas Públicas de Danbury Procedimentos/Orientações sobre a Frequência do Aluno Esclas Públicas de Danbury Prcediments/Orientações sbre a Frequência d Alun Pesquisas mstram que as famílias ds estudantes estã mais precupadas em cntrlar sucess acadêmic de seus filhs que à frequência

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 71 maio de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 71 maio de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Bletim Ecnômic Ediçã nº 71 mai de 2014 Organizaçã: Mauríci Jsé Nunes Oliveira Assessr ecnômic A Bancarizaçã d país e a disparada das reclamações cntra s bancs 1 Queixas cntra bancs disparam Quand a relaçã

Leia mais

H. Problemas/outras situações na ligação com a Segurança Social;

H. Problemas/outras situações na ligação com a Segurança Social; Mdel de Cmunicaçã Certificads de Incapacidade Temprária Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes n âmbit ds CIT Certificads de Incapacidade Temprária.

Leia mais

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 (VALE Internacionalização) Página 1 de 8. Bracing Consulting, Lda.

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 (VALE Internacionalização) Página 1 de 8. Bracing Consulting, Lda. RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO BRACING PT2020 (VALE Internacinalizaçã) Página 1 de 8 Bracing Cnsulting, Lda. Rua d Tâmega, S/N. 4200 502 Prt Prtugal +351 917 000 020 inf@bracing

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Manual de Us (Para Detentres de Bens) Infrmações adicinais n Prtal da Crdenaçã de Patrimôni: www.cpa.unir.br 2013 Cnteúd O que papel Detentr de Bem pde fazer?... 2 Objetiv...

Leia mais

S3 - Explicação sobre endereço e/ou número de telefone dos EUA

S3 - Explicação sobre endereço e/ou número de telefone dos EUA S3 - Explicaçã sbre endereç e/u númer de telefne ds EUA Nme Númer da Cnta (se huver) A preencher seu Frmulári W-8 d IRS, vcê afirma nã ser cidadã u residente ds EUA u utra cntraparte ds EUA para efeit

Leia mais

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 (VALE Inovação) Página 1 de 8. Bracing Consulting, Lda.

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 (VALE Inovação) Página 1 de 8. Bracing Consulting, Lda. RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO BRACING PT2020 (VALE Invaçã) Página 1 de 8 Bracing Cnsulting, Lda. Rua d Tâmega, S/N. 4200 502 Prt Prtugal +351 917 000 020 inf@bracing cnsulting.cm

Leia mais

SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE CAPACITAÇÃO EM MOÇAMBIQUE 27 e 28 de Outubro em Chinhambudzi / Manica 30 e 31 de Outubro 2014 em Maputo

SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE CAPACITAÇÃO EM MOÇAMBIQUE 27 e 28 de Outubro em Chinhambudzi / Manica 30 e 31 de Outubro 2014 em Maputo SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE CAPACITAÇÃO EM MOÇAMBIQUE 27 e 28 de Outubr em Chinhambudzi / Manica 30 e 31 de Outubr 2014 em Maput Intrduçã Esta prpsta prevê a realizaçã de um seminári avaliaçã

Leia mais

Orientações ao Setor Resolução Normativa - RN 393/2015

Orientações ao Setor Resolução Normativa - RN 393/2015 Orientações a Setr Resluçã Nrmativa - RN 393/2015 Cm a publicaçã d nv nrmativ temátic referente às Prvisões Técnicas RN 393 de 09 de dezembr de 2015, nvs aspects deverã ser bservads pelas Operadras de

Leia mais

CAOMZ06 PT:

CAOMZ06  PT: Curs de Especializaçã de Lgística Planeament Estratégic Crdenadr: Eng.º Vasc Carvalh Índice Duraçã Ttal... 2 Destinatáris... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisits... 2 Objetiv Geral... 2 Objetivs Específics...

Leia mais

Gerenciamento de Riscos e Gestão do Capital

Gerenciamento de Riscos e Gestão do Capital RISKS Gerenciament de Riscs e Gestã d Capital 4º Trimestre 2013 Dcument de us intern RISKS Sumári Intrduçã... 3 1. Sbre Gerenciament de Riscs... 4 2. Patrimôni de Referência... 7 3. Ativs Pnderads pel

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 124\ 2014

PROJETO DE LEI Nº 124\ 2014 Estad d Ri de Janeir Gabinete d Vereadr Jean Carls de Almeida PROJETO DE LEI Nº 124\ 2014 Dispõe sbre O Prgrama de Treinament as Servidres Públics Municipal e Cargs Cmissinads, que exercem funções de atendiment

Leia mais

Projetos. Star Soft Industria de Software e Soluções

Projetos. Star Soft Industria de Software e Soluções Prjets STAR SOFT APPLICATION Star Sft Industria de Sftware e Sluções Índice Pré-requisits 3 Objetiv...3 Cadastrs...5 Gerais...5 Específics...5 Itens d Estque...6 Calendári d Prjet...6 Respnsável d Prjet...7

Leia mais

Programa IBP de Bolsas de Mestrado

Programa IBP de Bolsas de Mestrado 1. Infrmações Gerais Prgrama IBP de Blsas de Mestrad Term de Referência 8 Cicl - 2014 O Institut Brasileir de Petróle, Gás e Bicmbustíveis, ciente da imprtância da frmaçã de prfissinais cm capacitaçã adequada

Leia mais

CARTÃO CONSIGNADO SISTEMA AUTORIZADOR

CARTÃO CONSIGNADO SISTEMA AUTORIZADOR Versã Data de publicaçã Área(s) respnsável (is) Classificaçã Códig 01.2016 01/02/2016 Prduts Públic 3-SCOM02.10 CARTÃO CONSIGNADO SISTEMA AUTORIZADOR APROVAÇÕES Elabraçã Análises Revisã Cmpliance Validaçã

Leia mais

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário MTUR Sistema FISCON Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 5 4.1. CADASTRAR CONVENENTE... 5 4.2. INSERIR FOTOS DOS CONVÊNIOS...

Leia mais

MANUAL DE CANDIDATURA PARA SEDE CONGRESSOS DA OFTALMOLOGIA

MANUAL DE CANDIDATURA PARA SEDE CONGRESSOS DA OFTALMOLOGIA MANUAL DE CANDIDATURA PARA SEDE CONGRESSOS DA OFTALMOLOGIA 1. Intrduçã 2. Objetiv geral 3. Pré requisits 4. Requisits Principais a. Estruturais i. Área para a secretaria ii. Capacidade das salas iii. Numer

Leia mais

Lançamento Coberto de Opções

Lançamento Coberto de Opções Lançament Cbert de Opções RENDA FIXA UTILIZANDO OPÇÕES? ANALISTA RESPONSÁVEL: FABIO FRANCISCO GONCALVES CNPI-P BANRISUL S.A. CORRETORA DE VALORES MOBILIÁRIOS E CÂMBIO Rua Caldas Junir, 108 Prt Alegre -RS

Leia mais

Lançamento Coberto de Opções

Lançamento Coberto de Opções Lançament Cbert de Opções RENDA FIXA UTILIZANDO OPÇÕES? ANALISTA RESPONSÁVEL: FABIO FRANCISCO GONCALVES CNPI-P BANRISUL S.A. CORRETORA DE VALORES MOBILIÁRIOS E CÂMBIO Rua Caldas Junir, 108 Prt Alegre -RS

Leia mais

COORDENADORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Suporte técnico

COORDENADORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Suporte técnico COORDENADORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Suprte técnic O serviç de suprte técnic tem pr bjetiv frnecer atendiment as usuáris de prduts e serviçs de infrmática da Defensria Pública. Este serviç é prvid

Leia mais

1. Instruções para preenchido pelos Participantes

1. Instruções para preenchido pelos Participantes 1. Instruções para preenchid pels Participantes O Participante Cetip que deseja ser certificad a realizar a guarda física de ativs cartulares, deve preencher questinári a seguir e enviá-l à Cetip: CETIP

Leia mais

No dia 28 de Junho de 2013 às 20:28, Jaqueline Medeiros escreveu:

No dia 28 de Junho de 2013 às 20:28, Jaqueline Medeiros escreveu: Jaqueline Medeirs De: Jaqueline Medeirs Enviad em: sábad, 29 de junh de 2013 18:20 Para: 'Duglas Alexandre Pavanelli ds Sants' Cc: 'Juliana Ngueira' Assunt: RES: Slicitaçã de

Leia mais

INFORMATIVO DE ATUALIZAÇÃO DO SISTEMA SERVICE VERSÃO 1.69

INFORMATIVO DE ATUALIZAÇÃO DO SISTEMA SERVICE VERSÃO 1.69 INFORMATIVO DE ATUALIZAÇÃO DO SISTEMA SERVICE VERSÃO 1.69 Este Infrmativ tem pr finalidade apresentar as clientes, as recentes melhrias realizadas n Sistema Service. A nva versã ficará dispnível para atualizaçã

Leia mais

WEBSITE LOJAS JOMÓVEIS

WEBSITE LOJAS JOMÓVEIS WEBSITE LOJAS JOMÓVEIS Manual d Usuári Elabrad pela W3 Autmaçã e Sistemas Infrmaçã de Prpriedade d Grup Jmóveis Este dcument, cm tdas as infrmações nele cntidas, é cnfidencial e de prpriedade d Grup Jmóveis,

Leia mais

A proteção de nomes geográficos no processo de novos gtlds. V3 29 de agosto de 2014

A proteção de nomes geográficos no processo de novos gtlds. V3 29 de agosto de 2014 A prteçã de nmes gegráfics n prcess de nvs gtlds V3 29 de agst de 2014 Preparad pel subgrup de trabalh para a prteçã de nmes gegráfics nas próximas rdadas de nvs gtlds 1. Finalidade Durante 47 Encntr da

Leia mais

GRC - 21 Data da publicação: maio/2015

GRC - 21 Data da publicação: maio/2015 Resum Descreve a d PAULISTA. Sumári 1. Objetiv... 2 2. Públic-alv... 2 3. Definições... 2 3.1. Risc Sciambiental... 2 3.2. Escp da (PRSA)... 2 4. Gvernança da... 2 5. Avaliaçã e gestã d risc sciambiental...

Leia mais

Avaliação Imobiliária e Manutenção das Construções

Avaliação Imobiliária e Manutenção das Construções Avaliaçã Imbiliária e Manutençã das Cnstruções 1ª Épca 15 de junh de 2016 (11h30) (V1.26 V1.25) Nme: Númer: Duraçã ttal sem interval: 1,45 hras Ntas: I. Nã é permitida a cnsulta de quaisquer ntas u dcuments,

Leia mais

V SEMANA INTEGRADA: ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

V SEMANA INTEGRADA: ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE V SEMANA INTEGRADA: ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DATA DE REALIZAÇÃO DO EVENTO: 19 a 23 de junh de 2017. A prpsta da V Semana Integrada: Ensin, Pesquisa e Extensã visa prtunizar

Leia mais

PROGRAMA DE REALIZAÇÃO E APOIO A EVENTOS DE ESPORTE, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL

PROGRAMA DE REALIZAÇÃO E APOIO A EVENTOS DE ESPORTE, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE PROGRAMAS DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL PROGRAMA DE REALIZAÇÃO E APOIO

Leia mais

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA Crdenadria da Administraçã Tributária Diretria Executiva da Administraçã Tributária Manual d DEC Dmicíli Eletrônic d Cntribuinte Manual DEC (dezembr

Leia mais

BSP Business School São Paulo

BSP Business School São Paulo BSP Business Schl Sã Paul Manual de Slicitações Prcediments e Prazs Sumári Slicitações de Dcuments Atestad cm especificações...1 Atestad de ba cnduta...1 Atestad de frequência...2 Atestad de Matrícula...2

Leia mais

Técnica do Fluxograma

Técnica do Fluxograma Prf. Elmer Sens FSP 2013/2 Técnica d Fluxgrama Fluxgrama: é a representaçã gráfica que apresenta a seqüência de um trabalh de frma analítica, caracterizand as perações, s respnsáveis e /u unidades rganizacinais

Leia mais

Requisitos técnicos de alto nível da URS para registros e registradores

Requisitos técnicos de alto nível da URS para registros e registradores Requisits técnics de alt nível da URS para registrs e registradres 17 de utubr de 2013 Os seguintes requisits técnics devem ser seguids pels peradres de registr e registradres para manter a cnfrmidade

Leia mais

Governo edita nova medida provisória sobre Refis

Governo edita nova medida provisória sobre Refis 000 Nº 16 1º de junh de 2017 ALERTA GERENCIAL Gvern edita nva medida prvisória sbre Refis Inteir Ter Fi publicada, n final d dia de ntem em ediçã extra d diári ficial, a Medida Prvisória 783/2017, que

Leia mais

As Vantagens Competitivas Baseando-se na Redução do Tempo

As Vantagens Competitivas Baseando-se na Redução do Tempo PROCESSAMENTO DE PEDIDOS Temp é dinheir : a velcidade e a precisã das infrmações lgísticas ditam a eficiência peracinal da empresa. As atividades de prcessament de pedids pdem tmar mais de 50% d temp d

Leia mais

Lista dos dados a registar e armazenar em formato eletrónico no âmbito do sistema de monitorização (a que se refere o artigo 24.o)

Lista dos dados a registar e armazenar em formato eletrónico no âmbito do sistema de monitorização (a que se refere o artigo 24.o) Lista ds dads a registar e armazenar em frmat eletrónic n âmbit d sistema de mnitrizaçã (a que se refere artig 24.) L 138/34 ANEXO III É exigida a apresentaçã de dads para as perações apiadas pel FSE,

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS.

CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS. CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS. CONTRATANTE : Persnificad juridicamente através d aceite d Term de prestaçã de serviç - Análise Diagnóstica Online. O aceite caracteriza tacitamente a cntrataçã

Leia mais

Cursos Extracurriculares Ed. Infantil e Fund. I

Cursos Extracurriculares Ed. Infantil e Fund. I Curss Extracurriculares e Fund. I Prezads Pais u Respnsáveis, Para facilitar a dinâmica das famílias, Clégi ferece curss extracurriculares em diversas mdalidades para s aluns da Educaçã Infantil e d Ensin

Leia mais

INFORMATIVO DE ATUALIZAÇÃO DO SISTEMA SERVICE VERSÃO 1.80

INFORMATIVO DE ATUALIZAÇÃO DO SISTEMA SERVICE VERSÃO 1.80 INFORMATIVO DE ATUALIZAÇÃO DO SISTEMA SERVICE VERSÃO 1.80 Este Infrmativ tem pr finalidade apresentar as clientes, as recentes melhrias realizadas n Sistema Service. A nva versã ficará dispnível para atualizaçã

Leia mais

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO R.M. Infrmática Cmérci e Serviç Ltda CNPJ: 04.831.742/0001-10 Av. Rdrig Otávi, 1866, Módul 22 Distrit Industrial - Manaus - AM Tel./Fax (92) 3216-3884 http://www.amaznit.cm.br e-mail: amaznit@amaznit.cm.br

Leia mais

FEVEREIRO 8, 2016 PEDIDO DE PROPOSTA PROJETO DE ARQUITETURA E ESPECIALIDADES

FEVEREIRO 8, 2016 PEDIDO DE PROPOSTA PROJETO DE ARQUITETURA E ESPECIALIDADES FEVEREIRO 8, 2016 PEDIDO DE PROPOSTA PROJETO DE ARQUITETURA E ESPECIALIDADES Serve presente dcument para detalhar s requisits d pedid de prpsta de Arquitetura e Especialidades para cnstruçã de uma mradia

Leia mais