PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1"

Transcrição

1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1

2 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para Prcediment de Cmercializaçã. Alterad nme deste Prcediment de Cmercializaçã para: AM.02 Atendiment a Agente da CCEE. Inserid índice. Alterada a numeraçã das seguintes seções: De 1 para 3 Prcess Origem; De 8 para 10 Premissas; De 2 para 4 Nme e Códig d Prcediment de Cmercializaçã; De 9 para 11 Fluxgrama; De 3 para 5 Públic Alv; De 10 para 12 Matriz de Operacinalizaçã; De 4 para 6 Objetiv; De 11 para 13 Crngrama Geral; De 6 para 8 Definições; De 12 para 14 Anexs. De 7 para 9 Ferramentas de Suprte; Alterada a descriçã e a numeraçã da seguinte seçã: De 5 - Aspects Regulatóris Envlvids para 7 Aspects Legais e Regulatóris. Inseridas as seguintes seções: 1 Aprvaçã; 2 Históric de Revisões. Alterads s nmes ds seguintes Macr-Prcesss da Cadeia de Valr para: PE Estabelecer Preçs de Liquidaçã de Diferenças; ME Registrar Dads de Mediçã. Inserids s seguintes Macr-Prcesss na Cadeia de Valr: RL Realizar Leilões; AC Administrar Cntrats. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 2 de 11

3 4. E DO PROCEDIMENTO DE COMERCIALIZAÇÃO Alterada a numeraçã da seçã de 2 para 4 Nme e Códig d Prcediment de Cmercializaçã. Alterada a numeraçã da seçã de 3 para 5 Públic Alv. 5. PÚBLICO ALVO Alterads s seguintes itens para: Agente da CCEE Superintendência da CCEE Alterada a numeraçã da seçã de 4 para 6 Objetiv. 6. OBJETIVO Alterada a descriçã d bjetiv para: Estabelecer s prcediments relativs a atendiment d públic em geral, via Central de Atendiment da CCEE, desde a slicitaçã até a sluçã final d prblema, diferenciand atendiment as Agentes da CCEE. 7. ASPECTOS LEGAIS E REGULATÓRIOS Alterada a descriçã e a numeraçã da seçã de 5 - Aspects Regulatóris Envlvids para 7 Aspects Legais e Regulatóris. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 3 de 11

4 Alterada a numeraçã da seçã de 6 para 8 Definições. Alterada a descriçã das seguintes Definições para: 8. DEFINIÇÕES N: data d cntat realizad. Senha de Atendiment: senha dispnibilizada pela Superintendência da CCEE a Agente, cm bjetiv de garantir a cnfiabilidade e a segurança na prestaçã da infrmaçã através da Central de Atendiment da CCEE. Sistema de Atendiment: sistema de registr e acmpanhament de Chamads, utilizad pela equipe da Superintendência da CCEE. Excluída a Definiçã de du. Alterads nme e a descriçã das seguintes Definições para: De Agente de Mercad para Agente da CCEE u Agente: cncessinári, permissinári, autrizad de serviçs e instalações de energia elétrica e Cnsumidres Livres integrantes da CCEE. De Superintendência d MAE para Superintendência da CCEE: é órgã executiv da CCEE Inseridas as seguintes Definições: Câmara de Cmercializaçã de Energia Elétrica (CCEE): pessa jurídica de direit privad, sem fins lucrativs, que atua sb autrizaçã d Pder Cncedente e regulaçã e fiscalizaçã da ANEEL, segund a Cnvençã de Cmercializaçã, instituída pela Resluçã Nrmativa ANEEL nº 109, de 26 de utubr de 2004, cm a finalidade de viabilizar as perações de cmpra e venda de energia elétrica entre s Agentes da CCEE, restritas a Sistema Interligad Nacinal (SIN), cuja criaçã fi autrizada ns terms d artig 4º da Lei nº , de 15 de març de 2004, e d Decret nº 5.177, de 12 de agst de Central de Atendiment da CCEE: é canal de cntat ds Agentes u públic em geral cm a Superintendência da CCEE. Sua respnsabilidade é prmver atendiment, registrand, esclarecend, direcinand e/u acmpanhand as slicitações/dúvidas ds Agentes u públic em geral junt à CCEE. Chamad: registr das slicitações efetuad n Sistema de Atendiment para qual é atribuíd um códig para acmpanhament d prcess tant pela Superintendência da CCEE quant pel Agente slicitante. Cnsumidr Livre: aquele que, atendid em qualquer tensã, tenha exercid a pçã de cmpra de energia elétrica, cnfrme definida ns arts. 15 e 16 da Lei nº 9.074, de 7 de julh de changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 4 de 11

5 8. DEFINIÇÕES Representante CCEE: até duas pessas indicadas pel(s) Representante(s) Legal(ais), cm bjetiv de facilitar a cmunicaçã entre a CCEE e Agente. Trata-se d cntat entre Agente e a Superintendência da CCEE. Alterada a numeraçã da seçã de 7 para 9 Ferramentas de Suprte. 9. FERRAMENTAS DE SUPORTE Alterada a descriçã da seguinte Ferramenta: Sistema de Atendiment - Sistema nde sã registradas as dúvidas, s esclareciments e as slicitações feitas para a Superintendência da CCEE, assim cm td históric d prcess de resluçã das mesmas. Alterada a numeraçã da seçã de 8 para 10 Premissas. Excluídas as seguintes Premissas: 10. PREMISSAS Cas nã seja pssível reslver um chamad até N+2 du, a Superintendência d MAE irá cntatar slicitante para infrmar sbre a situaçã d chamad, e frnecer a previsã de resluçã. Neste cas, chamad cntinuará em abert até que a pendência de infrmaçã seja slucinada, e slicitante será infrmad sbre a situaçã d chamad peridicamente, até que mesm seja encerrad O praz de 2 du para encerrar chamad u passar uma psiçã para slicitante é um praz máxim, pdend ser antecipad. Alterada a numeraçã e a descriçã das seguintes Premissas: De 10.1 para 10.3 Tds s cntats ds Agentes cm a Superintendência da CCEE devem ser realizads através da Central de Atendiment da CCEE, pel telefne , pel pel fax u pr carta, n endereç Alameda Sants, nº 745-9º andar Cerqueira César - Sã Paul SP CEP: De 10.5 para 10.7 As Senhas de Atendiment sã exclusivas ds Agentes da CCEE. Tais senhas sã geradas pela Superintendência da CCEE e enviadas as Representantes CCEE n mment da adesã d Agente, e deverã ser infrmadas sempre que slicitadas pela Central de Atendiment da CCEE durante prcess de atendiment. De 10.6 para 10.8 Cas a Superintendência da CCEE tenha dúvidas u necessite de maires esclareciments sbre Chamad registrad, essa entrará em cntat cm slicitante via Central de Atendiment da CCEE. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 5 de 11

6 10. PREMISSAS De 10.7 para A cntagem ds prazs estabelecids neste Prcediment de Cmercializaçã é realizada bservand-se apenas s dias úteis. Alterada a numeraçã da seguinte Premissa: De 10.2 para 10.5 Tds s cntats serã registrads n Sistema de Atendiment e um códig será gerad e frnecid a slicitante, para facilitar acmpanhament/identificaçã d Chamad em cntats futurs. Inseridas as seguintes Premissas: Para efeit d dispst n presente Prcediment de Cmercializaçã, as referências a "Agente da CCEE" u "Agente" referem-se tant as cncessináris, permissináris e autrizads de serviçs e instalações de energia elétrica e Cnsumidres Livres quant àqueles que adquirem energia elétrica na frma d 5º d art. 26 da Lei nº 9.427, de 26 de dezembr de Este Prcediment de Cmercializaçã também se aplica a públic em geral, cm exceçã das infrmações e dcuments de acess exclusiv as Agentes O cntat diret entre um Agente e a(s) área(s) envlvida(s) da Superintendência da CCEE só deverá crrer n cas de reuniões específicas O praz para respsta/sluçã de um chamad registrad n Sistema de Atendiment será resultante d grau de cmplexidade e urgência da slicitaçã. O slicitante será infrmad peridicamente quant à situaçã d chamad, até seu respectiv encerrament A Superintendência da CCEE pderá entrar em cntat cm Agente via Central de Atendiment da CCEE para encaminhament de infrmações e/u para slicitaçã de envi de infrmações pel Agente, em praz específic a ser estabelecid pela Superintendência da CCEE. Alterada a numeraçã da seçã de 9 para 11 Fluxgrama. Inserid títul 11.1 Cntat realizad pel Agente. 11. FLUXOGRAMA Alterad nme das seguintes atividades para: AM Cntatar Superintendência da CCEE. AM Analisar / Reslver Slicitaçã. AM Infrmar Sluçã e Encerrar Chamad, cas nã Existam Pendências de Infrmaçã. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 6 de 11

7 Excluídas as seguintes atividades: 11. FLUXOGRAMA AM Infrmar Sluçã e Encerrar Chamad (cm Praz Pendências de Infrmaçã slucinadas ); AM Infrmar Status d Chamad, cas Existam Pendências de Infrmaçã; AM Slucinar Chamad cm Pendência de Infrmaçã. Alterads s Respnsáveis: De Superintendência d MAE para Superintendência da CCEE. De Agente de Mercad para Agente da CCEE. Alterad prdut gerad das seguintes atividades para: AM Cntat cm a Superintendência da CCEE realizad. AM Senha de Atendiment frnecida, n cas de slicitaçã de infrmaçã exclusiva para s Agentes da CCEE. AM Registr d Chamad n Sistema de Atendiment cnfirmad a Agente da CCEE. AM Slicitaçã reslvida u clcada em análise. AM (1º Prdut Gerad) Resluçã d chamad infrmada a slicitante. AM (2º Prdut Gerad) Chamad encerrad n Sistema de Atendiment. Alterad praz das atividades AM e AM para: Infrmações Necessárias Cletadas. Alterad na legenda a definiçã de N para: data d cntat realizad. Excluíd na legenda a definiçã de du. Inserid Fluxgrama 11.2 Cntat realizad pela Superintendência da CCEE. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 7 de 11

8 Alterada a numeraçã da seçã de 10 para 12 Matriz de Operacinalizaçã. Inserid títul 12.1 Cntat realizad pel Agente, para a 1ª Matriz de Operacinalizaçã. Alterad nme das seguintes atividades para: 12. MATRIZ DE OPERACIONALIZAÇÃO AM Cntatar Superintendência da CCEE. AM Analisar / Reslver Slicitaçã. AM Infrmar Sluçã e Encerrar Chamad, cas nã Existam Pendências de Infrmaçã. Excluídas as seguintes atividades: AM Infrmar Sluçã e Encerrar Chamad (cm Praz Pendências de Infrmaçã slucinadas ); AM Infrmar Status d Chamad, cas Existam Pendências de Infrmaçã; AM Slucinar Chamad cm Pendência de Infrmaçã. Alterads s Respnsáveis: De Superintendência d MAE para Superintendência da CCEE. De Agente de Mercad para Agente da CCEE. Alterad n detalhament da atividade AM.02.01, 1º marcadr para: Entrar em cntat cm a Superintendência da CCEE via Central de Atendiment da CCEE através de: a) Telefne: ; b) Fax: ; c) d) Carta: Alameda Sants, 745-9º andar Cerqueira César - Sã Paul SP CEP: changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 8 de 11

9 Alterad detalhament da atividade AM para: 12. MATRIZ DE OPERACIONALIZAÇÃO Identificar slicitante e tip de infrmaçã/slicitaçã. Alterad n detalhament da atividade AM.02.03, 1º marcadr para: Frnecer a Senha de Atendiment. Alterad n detalhament da atividade AM.02.03, 2º marcadr para: Nta: Para infrmações gerais, nã é necessári senha; para infrmações específicas ds Agentes, é slicitada a Senha de Atendiment. Alterad detalhament da atividade AM para: Registrar as slicitações n Sistema de Atendiment. Alterad detalhament da atividade AM para: Receber da Superintendência da CCEE a cnfirmaçã de registr d Chamad, cm códig d mesm. Este códig será utilizad para cnsultas futuras referentes a este Chamad. Inserida a seguinte ferramenta da atividade AM : Telefne. Alterad detalhament da atividade AM para: Reslver a slicitaçã u buscar maires infrmações para a sluçã d Chamad. Inserid n detalhament da atividade AM a seguinte nta: O slicitante será infrmad peridicamente quant a status da slicitaçã, até que respectiv chamad seja slucinad. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 9 de 11

10 Inserida a seguinte ferramenta na atividade AM : 12. MATRIZ DE OPERACIONALIZAÇÃO Sistema de Atendiment. Alterad prdut gerad das seguintes atividades para: AM Cntat cm a Superintendência da CCEE realizad. AM Senha de Atendiment frnecida, n cas de slicitaçã de infrmaçã exclusiva para s Agentes da CCEE. AM Registr d Chamad n Sistema de Atendiment cnfirmad a Agente da CCEE. AM Slicitaçã reslvida u clcada em análise. AM (1º Prdut Gerad) Resluçã d chamad infrmada a slicitante. AM (2º Prdut Gerad) Chamad encerrad n Sistema de Atendiment. Alterad praz das atividades AM e AM para: Infrmações Necessárias Cletadas. Alterad na legenda a definiçã de N para: data d cntat realizad. Excluíd na legenda a definiçã de du. Inserida a Matriz de Operacinalizaçã 12.2 Cntat Realizad pela Superintendência da CCEE. Alterada a numeraçã da seçã de 11 para 13 Crngrama Geral. Inserid títul 13.1 Cntat realizad pel Agente. 13. CRONOGRAMA GERAL Excluíds s prduts gerads referentes às seguintes atividades: AM Infrmar Sluçã e Encerrar Chamad (cm Praz Pendências de Infrmaçã slucinadas ); AM Infrmar Status d Chamad, cas Existam Pendências de Infrmaçã; AM Slucinar Chamad cm Pendência de Infrmaçã. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 10 de 11

11 Alterads s Respnsáveis: 13. CRONOGRAMA GERAL De Superintendência d MAE para Superintendência da CCEE. De Agente de Mercad para Agente da CCEE. Alterad prdut gerad referente às seguintes atividades para: AM Cntat cm a Superintendência da CCEE realizad. AM Senha de Atendiment frnecida, n cas de slicitaçã de infrmaçã exclusiva para s Agentes da CCEE. AM Registr d Chamad n Sistema de Atendiment cnfirmad a Agente da CCEE. AM Slicitaçã reslvida u clcada em análise. AM (1º Prdut Gerad) Resluçã d chamad infrmada a slicitante. AM (2º Prdut Gerad) Chamad encerrad n Sistema de Atendiment. Alterad praz referente às atividades AM e AM para: Infrmações Necessárias Cletadas. Alterad na legenda a definiçã de N para: data d cntat realizad. Excluíd na legenda a definiçã de du. Inserid Crngrama Geral 13.2 Cntat realizad pela Superintendência da CCEE. 14. ANEXOS Alterada a numeraçã da seçã de 12 para 14 Anexs. changelg_pdc_am_02_ccee_minuta_17 Página 11 de 11

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações SAZONALIZAÇAO DE CONTRATO DE LEILÃO DE VENDA EDITAL DE LEILÃO Nº 001 / 2002 - MAE PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment

Leia mais

Versão: 1 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 1.578, de 14 de outubro de 2005

Versão: 1 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 1.578, de 14 de outubro de 2005 Procedimento de Comercialização Versão: 1 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho AEEL nº 1.578, de 14 de outubro de 2005 CÓDIGO ÍDICE 1. APROVAÇÃO...3 2. HISTÓRICO DE REVISÕES...3 3. PROCESSO

Leia mais

Tratamento da Energia do PROINFA na CCEE. PdC Versão 1

Tratamento da Energia do PROINFA na CCEE. PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Tratament da Energia d PROINFA na CCEE PdC Versã 1 Versã 1 METODOLOGIA DO CONTROLE DE ALTERAÇÕES Text em realce refere-se à inserçã de nva redaçã. Text

Leia mais

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para Prcediment de Cmercializaçã. Inserid

Leia mais

Liquidação Financeira. PdC Versão 3 PdC Versão 4

Liquidação Financeira. PdC Versão 3 PdC Versão 4 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Liquidaçã Financeira PdC Versã 3 PdC Versã 4 Versã 3 Versã 4 METODOLOGIA DO Text em realce refere-se à inserçã de nva redaçã. Text tachad refere-se à exclusã

Leia mais

PM 3.5 Versão 1 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 1 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações PdC CZ.01 PM 3.5 Versã 1 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para Prcediment de Cmercializaçã. Inserid índice. Alterada

Leia mais

Manutenção de Cadastro de Agentes da CCEE e Usuários do SCL. Versão 1 -> Versão 2

Manutenção de Cadastro de Agentes da CCEE e Usuários do SCL. Versão 1 -> Versão 2 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Manutençã de Cadastr de Agentes da CCEE e Usuáris d SCL Versã 1 -> Versã 2 Versã 2 METODOLOGIA DO CONTROLE DE ALTERAÇÕES Text em realce refere-se à inserçã

Leia mais

Excluídas as seguintes definições:

Excluídas as seguintes definições: Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Entre PM AM.08 APLICAÇÃO DE PENALIDADE POR INSUFICIÊNCIA DE CONTRATAÇÃO E PENALIDADE POR INSUFICIÊNCIA DE LASTRO DE VENDA & PdC AM.10 MONITORAMENTO DE INFRAÇÃO

Leia mais

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações SAZONALIZAÇÃO DE CONTRATO INICIAL E DE ENERGIA ASSEGURADA PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para

Leia mais

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Geração de Guias para ST, DIFAL e FCP

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Geração de Guias para ST, DIFAL e FCP CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Geraçã de Guias para ST, DIFAL e FCP 1. Objetivs Gerar títuls n cntas a pagar cm ttal de ICMS-ST, DIFAL e/u FCP das ntas fiscais de saída. Página 2 de 6 2. Requisits 2.1. RF01 Geraçã

Leia mais

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES PEFIN SERASA

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES PEFIN SERASA CATÁLOGO DE APLICAÇÕES PEFIN SERASA Objetiv Dispnibilizar a pçã de negativaçã ds clientes pessas físicas e/u jurídicas sbre dívidas nã pagas. Flux Prcess Página 2 de 14 Prcess 1. PEFIN 1.1 Menus Específics

Leia mais

POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLÉIAS

POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLÉIAS POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLÉIAS Maua Investiments LTDA Plíticas & Nrmas Internas Versã: 1.1 Data: Abr/2018 Maua Invetiments Ltda Sumári 1. Objetiv... 2 2. Princípis Gerais... 2

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO SUL - CREA-RS

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO SUL - CREA-RS APÊNDICE 1 TIPO DE PROCESSO: CAPACITAÇÃO FUNCIONAL (A) Curs (B) Treinament (C) Seminári/Event Versã Abril/2017 DESCRIÇÃO DO TIPO DE PROCESSO Nme d Tip de Prcess: CAPACITAÇÃO FUNCIONAL (A) Mdalidade: Curs

Leia mais

APÊNDICE 2 TIPO DE PROCESSO: REUNIÃO

APÊNDICE 2 TIPO DE PROCESSO: REUNIÃO APÊNDICE 2 TIPO DE PROCESSO: REUNIÃO Crdenadria das Inspetrias Representantes de Znal Znais Diretria das Inspetrias Inspetres Cmissões Especializadas e Cmissões Multimdais de Api à Fiscalizaçã Versã Fevereir/2017

Leia mais

C O M U N I C A D O E X T E R N O

C O M U N I C A D O E X T E R N O 6 de fevereir de 2019 C O M U N I C A D O E X T E R N O Participantes ds Mercads da B3 Segment Cetip UTVM Ref.: Alterações em Layuts de Arquivs, Decrrentes de Implementações n Módul Funds21, Previstas

Leia mais

Solicitação do Cliente

Solicitação do Cliente Cnsultria Slicitaçã d Cliente IDENTIFICAÇÃO Códig d Prvedr: 88 Nº Atendiment: 78620 Ambiente Ocrrência Aceite Cliente Extern X Web Nva Implementaçã Impress Desk X Melhria Email Mbile Custmizaçã Data d

Leia mais

TRIBUTÁRIO 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE O BENEFÍCIO:

TRIBUTÁRIO 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE O BENEFÍCIO: TRIBUTÁRIO 26/08/2014 Prtaria Cnjunta PGFN/RFB nº 15/2014 - Regulamentaçã d Artig 33, da Medida Prvisória nº 651/2014 - Cndições para Utilizaçã de Crédits Decrrentes de Prejuíz Fiscal e Base de Cálcul

Leia mais

Gestão de Suprimentos - HUGG

Gestão de Suprimentos - HUGG Gestã de Supriments - HUGG MPP - Manual de Plíticas e Prcediments Atualizad em 02/02/2016 SUMÁRIO 1. D gestr d prcess... 3 2. D ampar legal... 3 3. Da plítica institucinal... 4 4. D diagrama e prcediments

Leia mais

Legenda da Guia de Serviço Profissional / SADT

Legenda da Guia de Serviço Profissional / SADT Legenda da Guia de Serviç Prfissinal / SADT Term Registr ANS Nº da n prestadr Num. d Camp na 1 2 camp na Registr ANS Númer da n prestadr Tip Tamanh Frmat Descriçã Cndiçã de Preenchiment String 6 0 Registr

Leia mais

Estácio. Manual Visualizador

Estácio. Manual Visualizador Estáci Manual Visualizadr Versã Data da Mdificaçã Mdificad Pr Cmentáris 1.0 29/09/2015 Lrena Rangel Versã Inicial Visualizadr 2 Cnteúd... 1 1. Cnsultar Requisiçã... 5 2. Cnsultar Pedid... 7 3. Cnsultar

Leia mais

Tutorial para Uso do Sistema Help Desk. Cilindros

Tutorial para Uso do Sistema Help Desk. Cilindros Tutrial para Us d Sistema Help Desk Cilindrs Sumári 1. Intrduçã...04 2. Flux de Demandas...05 3. Abertura de chamads...06 4. Triagem de chamads...09 5. Atendiment as chamads...10 6. Cnclusã Técnica ds

Leia mais

Manual Pedido de Certidão Online

Manual Pedido de Certidão Online 17 de utubr de 2016 Manual Pedid de Certidã Online Rua Bela Cintra, 746-11º andar - CEP 01415-000 - Sã Paul - SP Telefne: (11) 3122-6277 17 de utubr de 2016 Cntrle de Versã de Dcument Versã Data Autres

Leia mais

Política de Privacidade do 69ª SBPC

Política de Privacidade do 69ª SBPC Plítica de Privacidade d 69ª SBPC Este Aplicativ reclhe alguns Dads Pessais ds Usuáris. RESUMO DA POLÍTICA DE PRIVACIDADE Os Dads Pessais sã cletads para s seguintes prpósits e usand s seguintes serviçs:

Leia mais

Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários de compra nos procedimentos de controle de estoque.

Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários de compra nos procedimentos de controle de estoque. Página 1 de 12 Descriçã Este manual tem cm principal finalidade, ajudar s usuáris de cmpra ns prcediments de cntrle de estque. Relaçã ds Tópics a serem vists neste manual - Cadastr Grups de Prduts; Sub-Grups

Leia mais

INFORMÁTICA - ORIENTAÇÃO N 035/ Cadastro de Turmas - IBSYSTEM

INFORMÁTICA - ORIENTAÇÃO N 035/ Cadastro de Turmas - IBSYSTEM INFORMÁTICA - ORIENTAÇÃO N 035/001-2008 Cadastr de Turmas - IBSYSTEM ELABORADO POR REVISADO POR APROVADO POR Cristiane Silveira César Hernand Santana Igr Santana Igr Santana DISTRIBUIÇÃO: é de ttal respnsabilidade

Leia mais

TransactionCentre Guia Referência Rápida Troca de Mensagens. Cancelamento

TransactionCentre Guia Referência Rápida Troca de Mensagens. Cancelamento TransactinCentre Guia Referência Rápida Trca de Cancelament Este dcument cntém a especificaçã ds ajustes necessáris para que seu Sistema de Autmaçã cumpra as tarefas de Cancelament de Transaçã Benefíci

Leia mais

Novo processo de devolução de peças para garantia Mudanças na aplicação web ewarranty e no processo de devolução de peças

Novo processo de devolução de peças para garantia Mudanças na aplicação web ewarranty e no processo de devolução de peças Nv prcess de devluçã de peças para garantia Mudanças na aplicaçã web ewarranty e n prcess de devluçã de peças Públic-alv e bjetiv Esse curs destina-se a cncessináris e ficinas envlvids n prcess de gerenciament

Leia mais

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO FGV LAW PROGRAM

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO FGV LAW PROGRAM ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO FGV LAW PROGRAM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA 2º semestre / 2014 O FGV Law Prgram da Escla

Leia mais

Programa de Serviços Polycom Premier

Programa de Serviços Polycom Premier DESCRIÇÃO DE SERVIÇOS POLYCOM Prgrama de Serviçs Plycm Premier O Prgrama de Serviçs Premier da Plycm prvê as Clientes suprte técnic pr telefne, repsiçã antecipada de peças, upgrades e updates de sftware

Leia mais

Legenda da Mensagem de Resposta à Verificação de Elegibilidade (respostaelegibilidade)

Legenda da Mensagem de Resposta à Verificação de Elegibilidade (respostaelegibilidade) Legenda da Mensagem de Respsta à Verificaçã de Elegibilidade (respstaelegibilidade) Mensagem : Respta à verificaçã de elegibilidade (respstaelegibilidade) - Flux : Operadra para Prestadr Códig da mensagem

Leia mais

Manual OSF Ordem de Serviço Farben

Manual OSF Ordem de Serviço Farben Manual OSF Ordem de Serviç Farben 1. Lgin O lgin permite acess a OSF, identificand setr que está acessand suprte, send que ambs s camps usuári e senha sã brigatóris, cnfrme imagem abaix: 2. Hme Nesta pçã

Leia mais

Gestão de projetos de TI

Gestão de projetos de TI Seçã de Mdelagem de Prcesss Gestã de prjets de TI MPP - Manual de Plíticas e Prcediments Atualizad em AGOSTO/2016 Sumári 1. DO GESTOR DO PROCESSO... 3 2. DO AMPARO LEGAL... 3 3. DA POLÍTICA INSTITUCIONAL...

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE - ONA NORMAS ORIENTADORAS

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE - ONA NORMAS ORIENTADORAS Títul: Dept: NO_3_AVALIAÇÃO DE DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL_14.06.2016 Códig Revisã Página NORMAS E SISTEMAS NO.NO.003 2 1 de 9 ELABORAÇÃO: VERSÃO DESCRIÇÃO DATA 1 PRIMEIRA VERSÃO DO DOCUMENTO NO SISTEMA

Leia mais

Proposta de mudança no cálculo dos royalties do petróleo: solução para a crise fiscal do RJ ou entrave para a atração de investimentos?

Proposta de mudança no cálculo dos royalties do petróleo: solução para a crise fiscal do RJ ou entrave para a atração de investimentos? 31/03/2017 Prpsta de mudança n cálcul ds ryalties d petróle: sluçã para a crise fiscal d RJ u entrave para a atraçã de investiments? Waldyr Barrs - diretr Agenda 1 Arcabuç Legal 2 Preç de Referência 3

Leia mais

Regime Escolar Fruta Escolar /

Regime Escolar Fruta Escolar / Regime Esclar Fruta Esclar / Frmuláris 2016/2017 - Índice NOTA INTRODUTÓRIA...3 Pedid de Ajuda...4 1. Pedid de Ajuda...4 A. Página de Rst d Pedid...4 B. Pedid de Ajuda Página dis...6 C. Mapa de Medidas

Leia mais

Cronograma Geral da Contabilização. PdC Versão 2 PdC Versão 3

Cronograma Geral da Contabilização. PdC Versão 2 PdC Versão 3 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Crngrama Geral da Cntabilizaçã PdC Versã 2 PdC METODOLOGIA DO CONTROLE DE ALTERAÇÕES Text em realce refere-se à inserçã de nva redaçã. Text tachad refere-se

Leia mais

Cartilha para Cadastro de Clientes e Fornecedores

Cartilha para Cadastro de Clientes e Fornecedores Cartilha para Cadastr de Clientes e Frnecedres Objetiv Cadastr de Clientes e Frnecedres Visand uma linguagem única entre Essilr e Lapas, esta cartilha e tem bjetiv de trnar melhr entendiment d cadastr

Leia mais

Portal Neogrid. Brasil. Guia de Atendimento Pós-entrega

Portal Neogrid. Brasil. Guia de Atendimento Pós-entrega Prtal Negrid Brasil Guia de Atendiment Pós-entrega Set/2017 Sumári Guia de atendiment Negrid... 3 Catálg de sluções... 3 Canais de atendiment... 3 Suprte Prtal Negrid... 3 Suprte telefônic... 3 Suprte

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO UFOP DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS COORDENADORIA DE SUPRIMENTOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO UFOP DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS COORDENADORIA DE SUPRIMENTOS OFÍCIO CIRCULAR CSU nº 001, de 05 de fevereir de 2016. ASSUNTO: Infrme sbre implementaçã da metdlgia de Centrs de Custs, mdificações ns Sistemas Integrads, Treinament e demais rientações Prezads Senhres,

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA. Emissão Inicial Dezembro Revisão 01 - Agosto Revisão 01 Agosto 2017

CÓDIGO DE CONDUTA. Emissão Inicial Dezembro Revisão 01 - Agosto Revisão 01 Agosto 2017 CÓDIGO DE CONDUTA Emissã Inicial Dezembr 2016 Revisã 01 - Agst 2017 1 Sumári REVISÕES... 2 Históric das Alterações... 2 INTRODUÇÃO... 3 Cmpsiçã... 3 Amplitude... 3 MÓDULO 1 COMPROMISSOS DE CONDUTA... 4

Leia mais

IARC. - Anexo 3 - Anexo à oferta de Infraestruturas Aptas ao Alojamento de Redes de Comunicações Eletrónicas

IARC. - Anexo 3 - Anexo à oferta de Infraestruturas Aptas ao Alojamento de Redes de Comunicações Eletrónicas IARC - Anex 3 - Anex à ferta de Infraestruturas Aptas a Aljament de Redes de Cmunicações Eletrónicas Prcediments de Gestã de Pedids v1.4.1 Índice 1. Intrduçã 3 2. Prcediments 3 2.1 Pedids de Infrmaçã de

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Plítica de Respnsabilidade Sciambiental JURISDIÇÃO GEOGRÁFICA AND BAH BRA ESP ISR LUX MEX MON PAN SUI URU USA X A infrmaçã cntida neste dcument é de us intern e prpriedade d Grup Andbank Brasil send pribida

Leia mais

DIGITAÇÃO DE REFINANCIAMENTO

DIGITAÇÃO DE REFINANCIAMENTO DIGITAÇÃO DE REFINANCIAMENTO 1 1º pass) Acessar Prtal Orienta, clicar n menu Outrs Canais e, em seguida, em Digitaçã de Prpstas. Digitar Usuári, a Senha, códig de segurança apresentad e clicar em Enviar

Leia mais

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO 1. OBJETIVO A plítica de treinament e desenvlviment tem cm bjetiv estabelecer cndições exigíveis para identificar as necessidades cletivas e individuais de treinament, prprcinand as prfissinais, qualificaçã

Leia mais

Em qualquer situação, deve ser incluída toda a informação que seja relevante para a análise e resolução da questão/situação.

Em qualquer situação, deve ser incluída toda a informação que seja relevante para a análise e resolução da questão/situação. Mdel de Cmunicaçã Regist Nacinal de Utentes WebRNU Revisã 2 Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes da aplicaçã d Regist Nacinal de Utentes

Leia mais

REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2017

REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2017 1 REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2017 PARTICIPANTES A Olimpíada Jurídica 2017 é uma cmpetiçã direcinada a aluns que estejam regularmente matriculads ns curss de graduaçã de Direit de Instituições de

Leia mais

Processo Seletivo Unificado - Estágio Governo do Estado de São Paulo. Edital 002/2018

Processo Seletivo Unificado - Estágio Governo do Estado de São Paulo. Edital 002/2018 Prcess Seletiv Unificad - Estági Gvern d Estad de Sã Paul Edital 002/2018 ( ESTE DOCUMENTO NÃO SUBSTITUI A LEITURA DO EDITAL ) Principais etapas d prcess e suas respectivas datas Event Iníci Fim Períd

Leia mais

CRC-Nacional Central de Registro Civil de Minas Gerais Certidão Online - Serventia

CRC-Nacional Central de Registro Civil de Minas Gerais Certidão Online - Serventia CRC-Nacinal Central de Registr Civil de Minas Gerais Certidã Online - Serventia Manual d usuári Data: 16/07/2016 Versã dcument: 1.0 Prefáci 1. COMO ACESSAR O MÓDULO DA CERTIDÃO ONLINE... 03 2. HABILITANDO

Leia mais

Módulo Aquisição - Fluxo do Modelo Conceitual

Módulo Aquisição - Fluxo do Modelo Conceitual MAC439 - Labratóri de Banc de Dads 2 semestre/2004 Módul Aquisiçã - Flux d Mdel Cnceitual Grup: Andersn R. P. Buen Fernand de Suza Prad Lucian Mezzantte Sares Tessie Ikemri 1. Apresentaçã Este dcument

Leia mais

Comunicado Cetip n 091/ de setembro de 2013

Comunicado Cetip n 091/ de setembro de 2013 Cmunicad Cetip n 091/2013 26 de setembr de 2013 Assunt: Aprimrament da Metdlgia da Taxa DI. O diretr-presidente da CETIP S.A. MERCADOS ORGANIZADOS infrma que, em cntinuidade às alterações infrmadas n Cmunicad

Leia mais

Formulários da Proposta

Formulários da Proposta 1 Frmuláris da Prpsta Ntas as fertantes: Instruções de cm cmpletar s frmuláris estã destacads em azul. Favr preencher e enviar s frmuláris cm parte da sua prpsta. Os seguintes frmuláris sã parte deste

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE CONTROLES INTERNOS - MCI

MANUAL DO SISTEMA DE CONTROLES INTERNOS - MCI 1/6 I. OBJETIVO Estabelecer as regras e prcediments a serem bservads pelas pessas vinculadas à Nectn Investiments S.A. Crretra de Valres Mbiliáris e Cmmdities ( Crretra ) n que se refere à realizaçã de

Leia mais

Tributação Padrão para Imobilizado

Tributação Padrão para Imobilizado Tributaçã Padrã para Imbilizad Intrduçã O sistema pssui cadastrs de tributaçã padrã para diverss prcesss cm peças, veículs, despesas, serviçs e inclusive a pssibilidade de indicar tributações padrã para

Leia mais

Gestão de Participantes da Semana de Integração Acadêmica

Gestão de Participantes da Semana de Integração Acadêmica Gestã de Participantes da Semana de Integraçã Acadêmica MPP - Manual de Plíticas e Prcediments Atualizad em 07/01/2016 Sumári 1. DO GESTOR DO PROCESSO... 2 2. DA POLÍTICA INSTITUCIONAL... 3 3. DO DIAGRAMA

Leia mais

Gestão de Projetos: utilizando metodologias ágeis

Gestão de Projetos: utilizando metodologias ágeis Gestã de Prjets: utilizand metdlgias ágeis Institut de Educaçã - Hspital d Craçã Gerenciar tdas as etapas d prjet de frma adequada e cmpetente é essencial para a melhria d desempenh ds prcesss existentes

Leia mais

SISTEMA GALGO FATURAMENTO CONSULTA AO DEMONSTRATIVO DE TRANSAÇÕES TARIFADAS PRODUTO PROCESSO GUIA DO USUÁRIO

SISTEMA GALGO FATURAMENTO CONSULTA AO DEMONSTRATIVO DE TRANSAÇÕES TARIFADAS PRODUTO PROCESSO GUIA DO USUÁRIO PRODUTO SISTEMA GALGO PROCESSO FATURAMENTO GUIA DO USUÁRIO CONSULTA AO DEMONSTRATIVO DE TRANSAÇÕES TARIFADAS INTRODUÇÃO Este guia tem bjetiv de apresentar as Usuáris Masters e Usuáris Finais das Entidades

Leia mais

Layout de integração com webservices de clientes. Serviço de autenticação do beneficiário

Layout de integração com webservices de clientes. Serviço de autenticação do beneficiário Layut de integraçã cm webservices de clientes Serviç de autenticaçã d beneficiári Objetiv Este dcument tem cm bjetiv rientar a cnstruçã de um cnjunt de webservices para autenticaçã de beneficiáris para

Leia mais

Data da última atualização Conheça seu Cliente

Data da última atualização Conheça seu Cliente Plítica Data da última atualizaçã Cnheça seu Cliente 15.03.2017 Área Respnsável Versã Cmpliance 14 1. Objetiv O prpósit desta Plítica é estabelecer regras e diretrizes para a crreta identificaçã d cliente,

Leia mais

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário MTur Sistema Artistas d Turism Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 9 4.1. CADASTRAR REPRESENTANTE... 9 4.2. CADASTRAR

Leia mais

Guia Rápido: Como Enviar um Registro de Negociações

Guia Rápido: Como Enviar um Registro de Negociações O R A C L E P R O C E S S D O C Guia Rápid: Cm Enviar um Registr de Negciações Este dcument descreve as etapas para enviar um Registr de Negciações na Oracle Partner Stre (OPS). Cm Enviar um Registr de

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE MERCADO

PROCEDIMENTOS DE MERCADO . PROCEDIMENTOS DE MERCADO COMITÊ TÉCNICO DE MERCADO CTM DEPARTAMENTO DE ESTUDOS ENERGÉTICOS - DEN SUMÁRIO 1. PREVISÃO DE MERCADO DE ENERGIA ELÉTRICA DE CURTO E LONGO PRAZOS...5 2. ACOMPANHAMENTO DE MERCADO

Leia mais

Legenda da Guia de Tratamento Odontológico

Legenda da Guia de Tratamento Odontológico Legenda da Guia de Tratament Odntlógic Term Registr NS Nº da n prestadr Num. d Camp na Númer da principal 3 Data da autrizaçã Senha senha 1 2 4 5 6 Nme d camp na Registr NS Númer da n prestadr Númer da

Leia mais

Casa Eficiente d. Instalação de pontos de carregamento de veículos elétricos

Casa Eficiente d. Instalação de pontos de carregamento de veículos elétricos 7.d Instalaçã de pnts de carregament de veículs elétrics 1 2 FICHA TÉCNICA Títul 7.d Instalaçã de pnts de carregament de veículs elétrics Cleçã Casa Catálg de sluções técnicas Ediçã Prgrama Casa Autria

Leia mais

DIGITAÇÃO DE CONTRATO NOVO

DIGITAÇÃO DE CONTRATO NOVO DIGITAÇÃO DE CONTRATO NOVO Criaçã: 10/12/2010 Atualizaçã: 01/02/2016 1 1º pass) Acessar Prtal Orienta, clicar n menu Outrs Canais e, em seguida, em Digitaçã de Prpstas. Digitar Usuári, a Senha, códig de

Leia mais

Tutorial de acesso ao Sistema de Gestão de Telefonia - Novartis

Tutorial de acesso ao Sistema de Gestão de Telefonia - Novartis Sã Paul, 17 de Setembr de 2014 Tutrial de acess a Sistema de Gestã de Telefnia - Nvartis Telefnia Móvel Page: 1 / 12 Sumári 1. PRIMEIRO ACESSO... 3 2. ACESSAR O SISTEMA DIRETAMENTE DO BROWSER DO SEU COMPUTADOR...

Leia mais

Operação Metalose orientações básicas à população

Operação Metalose orientações básicas à população Operaçã Metalse rientações básicas à ppulaçã 1. Quem é respnsável pel reclhiment de prduts adulterads? As empresas fabricantes e distribuidras. O Sistema Nacinal de Vigilância Sanitária (Anvisa e Vigilâncias

Leia mais

PROCEDIMENTO DE MERCADO AM.02. Atendimento ao Agente de Mercado

PROCEDIMENTO DE MERCADO AM.02. Atendimento ao Agente de Mercado PROCEDIMETO DE MERCADO 3.0 ATEDIMETO AO AGETE DE MERCADO PROCEDIMETO DE MERCADO AM.02 ao Agente de Mercado Responsável pelo PM: Acompanhamento do Mercado COTROLE DE ALTERAÇÕES Versão Data Descrição da

Leia mais

GUIA BÁSICO DE INFORMAÇÕES DO MERCADO DE ENERGIA ELÉTRICA PARA O CONSUMIDOR. Rodrik José S. M. A. Sousa Fabrício Y. K. Takigawa

GUIA BÁSICO DE INFORMAÇÕES DO MERCADO DE ENERGIA ELÉTRICA PARA O CONSUMIDOR. Rodrik José S. M. A. Sousa Fabrício Y. K. Takigawa GUIA BÁSICO DE INFORMAÇÕES DO MERCADO DE ENERGIA ELÉTRICA PARA O CONSUMIDOR Rdrik Jsé S. M. A. Susa Fabríci Y. K. Takigawa Flrianóplis, 2016 Apresentaçã O atual mercad de energia elétrica brasileir está

Leia mais

Âmbito do Documento. Modelo de Comunicação. Modelo de Comunicação. Prescrição eletrónica e dispensa de medicamentos para ambulatório hospitalar

Âmbito do Documento. Modelo de Comunicação. Modelo de Comunicação. Prescrição eletrónica e dispensa de medicamentos para ambulatório hospitalar Mdel de Cmunicaçã Prescriçã eletrónica e dispensa de medicaments para ambulatóri hspitalar Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes/ frnecedres

Leia mais

Regulamento de uso. dos. Laboratórios

Regulamento de uso. dos. Laboratórios Regulament de us ds Labratóris Brasília/DF. Agst/2005 REGULAMENTO DE USO DOS LABORATÓRIOS Para s Labratóris de Infrmática da UNEB Uniã Educacinal de Brasília - UNEB Elabraçã Equipe TI Editraçã Viviane

Leia mais

Cadastrar Proposta de Evento

Cadastrar Proposta de Evento Pró-Reitria de Extensã e Cultura events@ufersa.edu.br Cadastrar Prpsta de Event Sistema Módul SIGAA Extensã Última Atualizaçã 25.03.2015 Esta funcinalidade permite a usuári cadastrar ações de extensã d

Leia mais

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO UC_REQ-MK_ACF-001 27/01/2015 00 1 / 12 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 Objetiv... 2 Públic Alv... 2 Escp... 2 Referências... 2 DESCRIÇÃO GERAL DO PRODUTO... 2 Características d Usuári... 2 Limites, Supsições e

Leia mais

Guia rápido de instalação SAT Ceará

Guia rápido de instalação SAT Ceará Guia rápid de instalaçã SAT Ceará N dia 2 de Mai fi emitida a instruçã nrmativa 27 que disciplina sbre a emissã de CFe (cupm fiscal eletrônic) e NFCe (nta fiscal de cnsumidr eletrônica), para estad d Ceará.

Leia mais

O F Í C I O C I R C U L A R. Participantes dos Mercados da B3 Segmento BM&FBOVESPA

O F Í C I O C I R C U L A R. Participantes dos Mercados da B3 Segmento BM&FBOVESPA 7 de març de 2018 O F Í C I O C I R C U L A R Participantes ds Mercads da B3 Segment BM&FBOVESPA Ref.: Tratament das Psições de Empréstim de Ativs sbre Ações da LIQ Participações S.A. em virtude da Oferta

Leia mais

Javé-Nessí Informática Ltda - Portal AliançaNet

Javé-Nessí Informática Ltda  - Portal AliançaNet Javé-Nessí Infrmática Ltda www.javenessi.cm.br - cmercial@javenessi.cm.br Prtal AliançaNet Javé-Nessí Infrmática Ltda www.javenessi.cm.br - cmercial@javenessi.cm.br Apresentams Prtal AliançaNet. Nss prtal

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 09/2014 PREÂMBULO A Cnfederaçã Nacinal de Municípis CNM, inscrita n CNPJ/MF sb nº 00.703.157/0001-83, cm sede n SCRS 505, Blc C, Lte 01 3º

Leia mais

Nós não compartilharemos seus detalhes - Queremos dizer isso!

Nós não compartilharemos seus detalhes - Queremos dizer isso! Nós nã cmpartilharems seus detalhes - Querems dizer iss! Atualizaçã: 26 de març de 2019 O TecSft entende que a sua privacidade é imprtante para vcê e que vcê se imprta cm a frma cm seus dads pessais sã

Leia mais

ESTACIONAMENTO (CAMPUS DE CAMPOLIDE)

ESTACIONAMENTO (CAMPUS DE CAMPOLIDE) ESTACIONAMENTO (CAMPUS DE CAMPOLIDE) Infrmações gerais Para esclareciment u resluçã de qualquer assunt relacinad cm Acess de Viaturas a Campus de Camplide, s utilizadres d Campus deverã prceder da seguinte

Leia mais

Modelo de Comunicação Consulta a Tempo e Horas Âmbito do Documento Modelo de Comunicação Assunto: Corpo da mensagem:

Modelo de Comunicação Consulta a Tempo e Horas Âmbito do Documento Modelo de Comunicação Assunto: Corpo da mensagem: Mdel de Cmunicaçã Cnsulta a Temp e Hras Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes da aplicaçã Cnsulta a Temp e Hras - CTH, na sua cmpnente técnica.

Leia mais

REGULAMENTO PARA O INOVA SENAI 2017

REGULAMENTO PARA O INOVA SENAI 2017 REGULAMENTO PARA O INOVA SENAI 2017 1. O INOVA SENAI 1.1 O que é INOVA SENAI é uma atividade técnica-cultural n frmat de cncurs que visa recnhecer publicamente as capacidades de invaçã, empreendedrism

Leia mais

SERVIÇOS FINANCEIROS DIGITAIS EM MOÇAMBIQUE. A Regulação de Entidades Operadoras de Serviços Financeiros Digitais (SFD) 28 Maio 2018

SERVIÇOS FINANCEIROS DIGITAIS EM MOÇAMBIQUE. A Regulação de Entidades Operadoras de Serviços Financeiros Digitais (SFD) 28 Maio 2018 SERVIÇOS FINANCEIROS DIGITAIS EM MOÇAMBIQUE A Regulaçã de Entidades Operadras de Serviçs Financeirs Digitais (SFD) 28 Mai 2018 Desafis e Cnclusões 1. Regulaçã: factr de viabilizaçã u inibiçã? 2. Pilares

Leia mais

Novo Sistema Almoxarifado

Novo Sistema Almoxarifado Nv Sistema Almxarifad Instruções Iniciais 1. Ícnes padrões Existem ícnes espalhads pr td sistema, cada um ferece uma açã. Dentre eles sã dis s mais imprtantes: Realiza uma pesquisa para preencher s camps

Leia mais

Seção de Modelagem de Processos. Férias. MPP - Manual de Políticas e Procedimentos

Seção de Modelagem de Processos. Férias. MPP - Manual de Políticas e Procedimentos Férias MPP - Manual de Plíticas e Prcediments Atualizad em 22/02/2016 SUMÁRIO MANUAL DE POLÍTICAS E PROCEDIMENTOS 1. D gestr d prcess... 3 2. D ampar legal... 3 3. Da plítica institucinal... 4 4. D diagrama

Leia mais

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO PACOTE TURÍSTICO INTERNACIONAL

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO PACOTE TURÍSTICO INTERNACIONAL INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO PACOTE TURÍSTICO INTERNACIONAL MSC FANTASIA MARTINICA 2017/2018 Os valres infrmads sã para n máxim 2 cupantes pr cabine. Favr slicitar através d cntact center a ctaçã ds valres

Leia mais

PLANO DE APRENDIZAGEM

PLANO DE APRENDIZAGEM PLANO DE APRENDIZAGEM 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curs:Bacharelad em Administraçã Disciplina:Administraçã de Operações e Qualidade Códig: MAR44 Prfessr(a): Albenice Freire Nunes Lisbôa. e-mail: albenice.lisba@fasete.edu.br

Leia mais

Pré-Atendimento no Balcão

Pré-Atendimento no Balcão TransactinCentre Pré-Atendiment n Balcã Este dcument cntém a especificaçã ds ajustes necessáris para que seu Sistema de Autmaçã cumpra as tarefas de Geraçã de Pré-Autrizaçã n Balcã. O estabeleciment e

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERATIVO Ação social

PROCEDIMENTO OPERATIVO Ação social Página 1 de 5 I ÂMBITO Aplicável à prestaçã de api scial as estudantes d ensin superir, em especial àqueles em cndições de carência ecnómica cmprvada, de md a garantir que nã sejam excluíds pr incapacidade

Leia mais

Together We Empower. Ivone Rocha TELLES Advogados

Together We Empower. Ivone Rocha TELLES Advogados Ivne Rcha TELLES Advgads Decret-Lei n.º 39/2010, de 26 de abril Regula a rganizaçã, acess e exercíci das atividades de mbilidade elétrica, prcede a estabeleciment de uma rede de mbilidade elétrica e à

Leia mais

BM&FBOVESPA Bolsa de Valores, Mercadorias & Futuros. Certificação SINACOR IPN

BM&FBOVESPA Bolsa de Valores, Mercadorias & Futuros. Certificação SINACOR IPN BM&FBOVESPA Blsa de Valres, Mercadrias & Futurs Certificaçã SINACOR IPN Certificaçã SINACOR IPN Abaix crngrama de liberações d prdut SINACOR, ttalmente aderente a Plan de Certificaçã d Prgrama IPN divulgad

Leia mais

Pesquisa de Satisfação de Clientes HB SAÚDE Relatório de Auditoria e Parecer Técnico

Pesquisa de Satisfação de Clientes HB SAÚDE Relatório de Auditoria e Parecer Técnico Pesquisa de Satisfaçã de Clientes HB SAÚDE 2018 Relatóri de Auditria e Parecer Técnic Jã August Simões Abril/2018 AVALIAÇÃO DE CENÁRIO A HB SAÚDE (HB SAÚDE S/A) adta as nrmas gerais recmendadas pela ANS

Leia mais

Edital de 27 de julho de 2009 Bolsão Curso Clio

Edital de 27 de julho de 2009 Bolsão Curso Clio Edital de 27 de julh de 2009 Blsã Curs Cli Cncurs de Blsas pr Desempenh 1. Das dispsições preliminares 1.1 O Cncurs de Blsas d Curs Cli será rganizad pr esta mesma instituiçã e presente edital estará dispnível

Leia mais

V JORNADAS DO MÉDICO INTERNO DE PATOLOGIA CLÍNICA (V JMIPC),

V JORNADAS DO MÉDICO INTERNO DE PATOLOGIA CLÍNICA (V JMIPC), REGULAMENTO GERAL A participaçã nas V JORNADAS DO MÉDICO INTERNO DE PATOLOGIA CLÍNICA (V JMIPC), a realizar n Edifíci Esclar da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nva de Lisba, Hspital S. Francisc

Leia mais

ALERTA GERENCIAL Publicada lei do parcelamento do Funrural (PRR)

ALERTA GERENCIAL Publicada lei do parcelamento do Funrural (PRR) 000 Nº 02 16 de janeir de 2018 ALERTA GERENCIAL Publicada lei d parcelament d Funrural (PRR) Inteir Ter Fi publicada, n últim dia 10 de janeir, a Lei nº 13.606/2018 pr cnversã da Medida Prvisória nº 793/2017,

Leia mais

Programa de Capacitação Docente EDITAL. Subsistema: Treinamento e Desenvolvimento. Elaborado por: Recursos Humanos

Programa de Capacitação Docente EDITAL. Subsistema: Treinamento e Desenvolvimento. Elaborado por: Recursos Humanos Prgrama de Capacitaçã Dcente EDITAL Subsistema: Treinament e Desenvlviment Versã: 002 Data de Implantaçã: Elabrad pr: Aprvad pr: Data da revisã: 27/09/208 Recurss Humans Direçã Geral 4/09/208. Abrangência.

Leia mais

CNI. Confederação Nacional da Indústria RESOLUÇÃO DE DIRETORIA N

CNI. Confederação Nacional da Indústria RESOLUÇÃO DE DIRETORIA N CNI Cnfederaçã Nacinal da Indústria RESOLUÇÃO DE DIRETORIA N 0112012 "Alteraçã da Resluçã de Diretria n. 0112008, que regulamenta a emissã, pela Cnfederaçã Nacinal da Indústria - CNI, de Atestad de Prdutr

Leia mais

Conceitos Importantes de Telecomunicações pela Anatel

Conceitos Importantes de Telecomunicações pela Anatel Cnceits Imprtantes de Telecmunicações pela Anatel Serviç Telefônic Fix Cmutad (STFC) Crrespnde a nme técnic d serviç de telecmunicaçã realizad através da transmissã de vz e de utrs sinais destinads à cmunicaçã

Leia mais

Layout de integração com webservices de clientes. Serviço de autenticação do beneficiário

Layout de integração com webservices de clientes. Serviço de autenticação do beneficiário Layut de integraçã cm webservices de clientes Serviç de autenticaçã d beneficiári Alterações n dcument Data Autr Assunt Descriçã 20/04/2015 Gerald Felix Junir Legislaçã O layut fi alterad para inclusã

Leia mais