Preservação Digital. Roteiro. Introdução 29/10/2009. Created with Print2PDF. To remove this line, buy a license at:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Preservação Digital. Roteiro. Introdução 29/10/2009. Created with Print2PDF. To remove this line, buy a license at: http://www.software602."

Transcrição

1 Preservação Digital Cristiane Yanase Hirabara de Castro Roteiro Introdução Conceitos básicos Estratégias de preservação digital Preservação de tecnologia Refrescamento Emulação Normalização Migração Bibliotecas digitais Autenticidade e metainformação Panorama geral Introdução A preservação de artefatos que resultam de processos intelectuais do ser humano, permite às gerações futuras compreender e contextualizar a história e a cultura dos seus povos[1]; Os museus, as bibliotecas e os arquivos assumem neste contexto um papel determinante, responsabilizando-se pela preservação e longevidade desses artefatos. [1]LEE, K.-H.; SLATERRY, O.; LU, R.; TANG, X.; McCRARY,V.. "The State of the Art and Practice in Digital Preservation," Journal of Research of the National Institute of Standards and Technology, vol. 107, no. 1, pp ,

2 Introdução Auxílio de ferramentas digitais; Vulnerabilidade à obsolescência; obsolência tecnológica: suportes físicos; domínio digital; Introdução A preservação digital é a atividade que garante que a comunicação entre um emissor e um receptor é possível, não só através do espaço, como também através do tempo [2]; [2] FERREIRA, Miguel. Introdução à Preservação Digital Conceitos, estratégias e actuais consensos. Guimarães, Portugal:Edição eletrônica, Definições e Conceitos básicos Preservação digital: conjunto de atividades ou processos responsáveis por garantir o acesso continuado a longo-prazo à informação e restante patrimônio cultural existente em formatos digitais [3]. [3] C. Webb, "Guidelines for the Preservation of Digital Heritage, United Nations Educational Scientific and Cultural Organization - Information Society Division,

3 Definições e Conceitos básicos consiste na capacidade de garantir que a informação digital permanece acessível e com qualidades de autenticidade suficientes para que possa ser interpretada no futuro recorrendo a uma plataforma tecnológica diferente da utilizada no momento da sua criação. Definições e conceitos básicos Objeto digital: todo e qualquer objeto de informação que possa ser representado através de uma seqüência de dígitos binários[4]; documentos de texto, fotos digitais, modelos de RV, páginas da web, softwares... [4]THIBODEAU,K.. "Overview of Technological Approaches to Digital Preservation and Challenges in Coming Years," resented at The State of Digital Preservation: An International Perspective, Washington D.C., Definições e conceitos básicos Níveis de abstração de um objeto digital [4]: Objeto físico; Objeto Lógico; Objeto Conceitual; Objeto Experimentado. [4]THIBODEAU,K.. "Overview of Technological Approaches to Digital Preservation and Challenges in Coming Years," resented at The State of Digital Preservation: An International Perspective, Washington D.C.,

4 Definições e conceitos básicos Objeto Experimentado Objeto conceitual Ser humano Objeto lógico Software Objeto físico Hardware Diferentes níveis de abstração de um objeto digital [2] [2] FERREIRA, Miguel. Introdução à Preservação Digital Conceitos, estratégias e actuais consensos. Guimarães, Portugal:Edição eletrônica, Definições e conceitos básicos Nível conceitual TIFF JPG PNG Nível Lógico Nível Físico DVD HD Flash O objeto digital observado de diferentes níveis de abstração [2] [2] FERREIRA, Miguel. Introdução à Preservação Digital Conceitos, estratégias e actuais consensos. Guimarães, Portugal:Edição eletrônica, Modelo de referência OAIS OAIS (Open Archival Information System): norma internacional que visa a identificação dos principais componentes funcionais e objetos de informação num sistema de arquivos com pretensões a longo prazo[5, 6]; descreve ainda as interfaces internas e externas do sistema e os objetos de informação que são manipulados no seu interior [5]. [5]B. F. Lavoie, "The Open Archival Information System Reference Model: Introductory Guide," Digital Preservation Coalition, Dublin, USA, Technology Watch Report Watch Series Report 04-01, 01, [6] Consultative Committee for Space Data Systems, reference Model for an Open Archival Information System (OAIS) - Blue Book. Washington: National Aeronautics and Space Administration, Disponível em: Acesso em 17/09/09. 4

5 Modelo de referência OAIS Planejamento de Preservação Produtor PIS Ingestão Informação Descritiva PIA Repositório de dados Gestão de dados PIA Informação Descritiva Acesso PID Consumidor Administração Administrador Modelo de Referência OAIS [6] [6] Consultative Committee for Space Data Systems, reference Model for an Open Archival Information System (OAIS) - Blue Book. Washington: National Aeronautics and Space Administration, Disponível em: Acesso em 17/09/09. Segundo LEE (2002): Emulação, Migração e Encapsulamento; Segundo THIBODEAO (2002): mapa bidimensional, posicionando no seu extremo esquerdo as estratégias centradas na preservação do objeto físico/lógico e no extremo oposto as estratégias centradas na preservação do objeto conceptual. [1]LEE, K.-H.; SLATERRY, O.; LU, R.; TANG, X.; McCRARY,V.. "The State of the Art and Practice in Digital Preservation," Journal of Research of the National Institute of Standards and Technology, vol. 107, no. 1, pp , [4]THIBODEAU,K.. "Overview of Technological Approaches to Digital Preservation and Challenges in Coming Years," resented at The State of Digital Preservation: An International Perspective, Washington D.C., APLICAÇÃO GENÉRICA Refrescamento Encapsulamento Máquina Virtual Universal Pedra de Rosetta Emulação Normalização/ Canonização Preservação de APLICAÇÃO Tecnologia GENÉRICA PRESERVAÇÃO DO OBJETO FÍSICO/LÓGICO Migração PRESERVAÇÃO DO OBJETO CONCEITUAL Classificação das diferentes estratégias de preservação digital [8] [4]THIBODEAU,K.. "Overview of Technological Approaches to Digital Preservation and Challenges in Coming Years," resented at The State of Digital Preservation: An International Perspective, Washington D.C.,

6 Preservação de Tecnologia: Conservação e manutenção de todo hardware e software necessários à correta apresentação do objeto lógico; O foco da preservação não se concentra no objeto conceitual, mas sim na preservação do objeto digital na sua forma original. Refrescamento: Consiste na transferência de informação de um suporte físico de armazenamento para outros mais atual [9, 10, 11]; [9] Task Force on Archiving of Digital Information, Commission on Preservation and Access and Research Libraries Group, Preserving digital information: report of the Task Force on Archiving of Digital Information. Washington, D.C.: Commission on Preservation and Access, [10] T. Hendley, "Comparison of Methods & Costs of Digital Preservation," British Library Research and Innovation Center, West Yorkshire 106, [11] [ D. Bearman, "Archival Methods," Archives and Museum Informatics, Pittsburgh, Techical Report 1, Emulação: Baseiam-se na utilização de um software (emulador) capaz de reproduzir o comportamento de uma plataforma de hardware ou software[12]. [12]J. Rothenberg, Commission on Preservation and Access and Council on Library and Information Resources, Avoiding technological quicksand: finding a viable technical foundation for digital preservation: a report to the Council on Library and Information Resources. Washington, DC: Council on Library and Information Resources,

7 Migração/Conversão[9]: Transferência periódica de material digital de uma dada configuração de hardware/software para uma outra, ou de uma geração de tecnologia para outra subsequente; [9] Task Force on Archiving of Digital Information, Commission on Preservation and Access and Research Libraries Group, Preserving digital information: report of the Task Force on Archiving of Digital Information. Washington, D.C.: Commission on Preservation and Access, Variantes de migração: Migração para suportes analógicos; Atualizações de versões; Conversão de formatos; Normalização; Migração a pedido; Migração distribuída. Migração: Normalização: simplificar o processo de preservação através da redução do número de formatos distintos que se encontram no repositório de objetos digitais [1,4]; [1]LEE, K.-H.; SLATERRY, O.; LU, R.; TANG, X.; McCRARY,V.. "The State of the Art and Practice in Digital Preservation," Journal of Research of the National Institute of Standards and Technology, vol. 107, no. 1, pp , [4]THIBODEAU,K.. "Overview of Technological Approaches to Digital Preservation and Challenges in Coming Years," resented at The State of Digital Preservation: An International Perspective, Washington D.C.,

8 Migração: Degradação: Migração a pedido: Migração: Migração distribuída: Formato A Conversor A-C Formato C Conversor C-E Formato E Conversor A-B Conversor B-C Conversor C-D Conversor D-E Formato B Conversor B-D Formato D Migração: Migração distribuída[12-14] 14]: Arquiteturas orientadas a serviço; Permite esconder as especificidades de cada conversor e da plataforma que o suporta; Resistência ao desaparecimento gradual de parte dos conversores; [12] M. Ferreira, "Automatic Evaluation of Migration Quality in Distributed Networks of Converters," Bulletin of the IEEE Technical Committee on Digital Libraries (TCDL), vol. 2, no. 1, [13] M. Ferreira, "CRiB - Conversion and Recommendation of Digital Object Formats Web site," [Online]. Available: [14] M. Ferreira, A. A. Baptista and J. C. Ramalho, "A Foundation for Automatic Digital Preservation," Ariadne, no. 48,

9 Bibliotecas digitais Atualmente, as bibliotecas digitais são exemplos mais comuns de iniciativas que englobam os conceitos relacionados à preservação digital. As bibliotecas digitais podem ser vistas como grandes repositórios de produção intelectual, sobretudo no que diz respeito à disseminação intelectual de grandes campos de pesquisas científicas em diversas áreas como a medicina, tecnologia, engenharia, entre outros. Metainformação de preservação Descreve e documenta os processos e atividades relacionadas com a preservação de materiais digitais[15]; Informações detalhadas sobre a sua proveniência, autenticidade, atividades de preservação, ambientes tecnológicos, etc ; [15] B. Lavoie and R. Gartner, "Technology Watch Report - Preservation Metadata," Online Computer Library Center Inc., Oxford University Library Services and Digital Preservation Coalition 05-01, 01, Bibliotecas digitais Aquisição Entrega pelo agente Captura pela biblioteca Recolha pela biblioteca Verificação Integridade física (meio) Integridade do conteúdo Integridade lógica Autenticação Registo Metadados Descrição bibliográfica (ver Instalação e manipulação Acesso Preservação Preservação Preservação física Refrescamento do meio Migração de suporte Preservação lógica Conversão de formatos Emulação Preservação intelectual Acesso Condições de uso Acesso local Acesso remoto 9

10 Requisitos Artefactos Impressos Artefactos digitais Preservação física Preservação lógica Preservação intelectual Relevante! Pouco relevante. Não relevante... Relevante! Relevante! Relevante! Panorama atual Ontologias, regras de inferência, axiomas Chia-Hung Lin, Jen-Shin Hong, Martin Doerr: Issues in an inference platform for generating deductive knowledge: a case study in cultural heritage digital libraries using the CIDOC CRM. Int. J. on Digital Libraries 8(2): (2008) Marcos Gonçalves, Edward Fox, Layne WatsonTowards a digital library theory: a formal digital library ontology. International Journal on Digital Libraries, Vol. 8, No. 2. (1 April 2008), pp Hidetsugu Nanba Natsumi Anzen Manabu Okumura. Automatic extraction of citation information in Japanese patent applications. International Journal on Digital Libraries.Volume 9, Issue 2 (November 2008). Pages

11 Serviços web, arquiteturas orientada a serviço e sistemas distribuídos Kenneth Sörensen, Jan Verelst, Marc Sevaux. Stimulating information sharing, collaboration and learning in operations research with labor.international Journal on Digital Libraries, Vol. 8, No. 2. (1 April 2008), pp W. Richardson, Venkat Srinivasan, Edward FoxKnowledge discovery in digital libraries of electronic theses and dissertations: an NDLTD case study.international Journal on Digital Libraries, Vol. 9, No. 2. (1 November 2008), pp C. Becker, H. Kulovits, A. Rauber, H. Hofman. "Plato: a service-oriented decision support system for preservation planning". In:"Proceedings of the 8th ACM/IEEE- CS joint conference on Digital libraries", 8th ACM/IEEE-CS joint conference on Digital libraries (JCDL 2008), Pittsburgh, Pennsylvania, Adam Jatowt, Kensuke Kanazawa, Satoshi Oyama, Katsumi Tanaka. Supporting analysis of future-related information in news archives and the web. International Conference on Digital Libraries. Proceedings of the 9th ACM/IEEE-CS joint conference on Digital libraries. Austin, TX, USA. Pages Estudo de caso quantitativos Marcia A. Mardis Ellen S. Hoffman Todd E. Marshall. A new framework for understanding educational digital library use: re-examining digital divides in U.S. schools. International Journal on Digital Libraries, Flora McMartin, Ellen Iverson, Alan Wolf, Joshua Morrill, Glenda Morgan and Cathryn Manduca. The use of online digital resources and educational digital libraries in higher education. Journal International Journal on Digital Libraries. Volume 9, Number 1 / August, J. Cousins, S. Chambers, E. van der Meulen. Uncovering cultural heritage through collaboration. International Journal on Digital Libraries, Vol. 9, No. 2. (1 November 2008), pp Daniel Hasan Dalip, Marcos André Gonçalves, Marco Cristo, Pável Calado: Automatic quality assessment of content created collaboratively by web communities: a case study of wikipedia. JCDL 2009: Bibliotecas digitais educacionais Katrien Verbert, Erik Duval. ALOCOM: a generic content model for learning objects. International Journal on Digital Libraries, Vol. 9, No. 1. (2008), pp Hilary Grierson, Andrew Wodehouse, Caroline Breslin, William Ion, David Nicol, Neal Juster. An evaluation study of a digital library of ideas: Workflow Model and classroom use [My Copy]. International Journal on Digital Libraries, Vol. 9, No. 1. (2008), pp Steven Bethard, Philipp Wetzer, Kirsten Butcher, James H. Martin, Tamara Sumner. Automatically characterizing resource quality for educational digital libraries. In: International Conference on Digital Libraries. Proceedings of the 9th ACM/IEEE-CS joint conference on Digital libraries Austin, TX, USA

12 Preservação de dados em 3D Julie Doyle, Herna Viktor, Eric Paquet. Long-term digital preservation: preserving authenticity and usability of 3-D data. International Journal on Digital Libraries. Volume 10, Issue 1 (April 2009). Pages ] Apresenta um quadro geral para a conservação a longo prazo digital de dados 3-D. Este quadro baseia-se em duas práticas de preservação pertinentes, emulação e metadados, que garantem a autenticidade ea usabilidade, respectivamente, de um objeto preservado digital permanecem intactas através do tempo. Uma avaliação do nosso quadro é apresentado que ilustra a viabilidade da nossa abordagem em manter a acessibilidade, a autenticidade ea usabilidade para os usuários finais no futuro. Reflexões conclusivas 12

18/08/2013. Autenticidade Digital PRESERVAÇÃO DIGITAL. Preservação Digital

18/08/2013. Autenticidade Digital PRESERVAÇÃO DIGITAL. Preservação Digital Autenticidade Digital PRESERVAÇÃO DIGITAL Preservação Digital 1 Introdução Urgência da sociedade contemporânea em transformar tudo para formatos digitais Textos, imagens, vídeos, música Economia de espaço

Leia mais

Jornada de Profissionais da Informação. Anabela Ribeiro aribeiro@iantt.pt. 2007 DGARQ/Arquivo Distrital da Guarda 28 de Novembro de 2007

Jornada de Profissionais da Informação. Anabela Ribeiro aribeiro@iantt.pt. 2007 DGARQ/Arquivo Distrital da Guarda 28 de Novembro de 2007 1 Jornada de Profissionais da Informação Anabela Ribeiro aribeiro@iantt.pt 2 1 Microfilmagem e A tecnologia micrográfica e digital nas organizações : Preservação da documentação Aumentar a qualidade e

Leia mais

PRESERVAÇÃO DIGITAL MIGUEL ÁNGEL MÁRDERO ARELLANO

PRESERVAÇÃO DIGITAL MIGUEL ÁNGEL MÁRDERO ARELLANO PRESERVAÇÃO DIGITAL MIGUEL ÁNGEL MÁRDERO ARELLANO 2 MOVIMENTO AMBIENTALISTA PRESERVAÇÃO DIGITAL OS DOCUMENTOS PROCESSADOS POR UM COMPUTADOR PODEM SER MANIPULADOS SEM DEIXAR QUALQUER VESTÍGIO, SENDO INSTÁVEIS

Leia mais

A AUTENTICIDADE NA PRESERVAÇÃO DA INFORMAÇÃO DIGITAL

A AUTENTICIDADE NA PRESERVAÇÃO DA INFORMAÇÃO DIGITAL 552 A AUTENTICIDADE NA PRESERVAÇÃO DA INFORMAÇÃO DIGITAL José Carlos Abbud Grácio (UNESP Marília) Bárbara Fadel (UNESP Marília / Uni-FACEF Franca) 1. Introdução O papel surgiu como um dos principais suportes

Leia mais

Preservação Digital. Documento Digital. Software (lógico) Hardware (físico) Informação (suporte + bits)

Preservação Digital. Documento Digital. Software (lógico) Hardware (físico) Informação (suporte + bits) Preservação Digital Documento Digital Hardware (físico) Software (lógico) Informação (suporte + bits) 1 Preservação Digital: introdução Efeitos negativos das tecnologias modernas Degradação ambiental Perda

Leia mais

METADADOS PARA A PRESERVAÇÃO DA INFORMAÇÃO DIGITAL

METADADOS PARA A PRESERVAÇÃO DA INFORMAÇÃO DIGITAL 354 METADADOS PARA A PRESERVAÇÃO DA INFORMAÇÃO DIGITAL José Carlos Abbud Grácio (UNESP) Bárbara Fadel (UNESP) 1. Introdução Com os avanços das tecnologias de informação e comunicação (TIC) as instituições

Leia mais

NORMAS E LEGISLAÇÃO NO BRASIL. Leis, medidas provisórias e decretos:

NORMAS E LEGISLAÇÃO NO BRASIL. Leis, medidas provisórias e decretos: NORMAS E LEGISLAÇÃO NO BRASIL Leis, medidas provisórias e decretos: Lei nº 5.433, de 8 de maio de 1968. Regula a microfilmagem de documentos oficiais e dá outras providências. Diário Oficial da República

Leia mais

Gestão e preservação de documentos digitais

Gestão e preservação de documentos digitais Gestão e preservação de documentos digitais I Congresso Nacional de Arquivologia Brasília novembro 2004 Contexto Internacional Na década de 90, a comunidade arquivística internacional dá início aos primeiros

Leia mais

Informação no OAIS. Ambiente. Escopo e Objetivos. Aplicabilidade. Responsabilidades do OAIS. Funcional OAIS OPEN ARCHIVAL INFORMATION SYSTEM OAIS

Informação no OAIS. Ambiente. Escopo e Objetivos. Aplicabilidade. Responsabilidades do OAIS. Funcional OAIS OPEN ARCHIVAL INFORMATION SYSTEM OAIS do no OPEN ARCHIVAL INFORMATION SYSTEM OPEN ARCHIVAL INFORMATION SYSTEM do no < ESCOPO objetivos origem > :: O modelo de referência Open Archival rmation System é um esquema conceitual que disciplina e

Leia mais

1 - Meta-Informação. Meta-informação tradicional (descritiva)

1 - Meta-Informação. Meta-informação tradicional (descritiva) Meta-Informação Definição de meta-informação Informação acerca da informação Âmbito varia com comunidades profissionais : requerida para manter sistemas de informação e de património [2] eficazes, autorizados,

Leia mais

Preservação Digital: estratégias para preservação de documentos a longo prazo

Preservação Digital: estratégias para preservação de documentos a longo prazo Preservação Digital: estratégias para preservação de documentos a longo prazo Dalba Roberta Costa de Deus Bibliotecária E-mail: dalbacosta@yahoo.com.br Pablo Diego Silva de Souza Jorge Bibliotecário E-mail:

Leia mais

Curso de Preservação Digital

Curso de Preservação Digital Curso de Preservação Digital Sistema LOCKSS Arthur Heleno Lima R de Souza Engenheiro de Computação http://carniana.ibict.br cariniana@ibict.br OBJETIVO DO CURSO Capacitar profissionais no entendimento

Leia mais

DOCUMENTOS DIGITAIS: CONSIDERAÇÕES SOBRE OS IMPACTOS DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO FRENTE A PRESERVAÇÃO DIGITAL

DOCUMENTOS DIGITAIS: CONSIDERAÇÕES SOBRE OS IMPACTOS DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO FRENTE A PRESERVAÇÃO DIGITAL DOCUMENTOS DIGITAIS: CONSIDERAÇÕES SOBRE OS IMPACTOS DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO FRENTE A PRESERVAÇÃO DIGITAL Digital Documents: Observations on the Impact of Information Technology Face to Digital Preservation

Leia mais

Um Mapeamento Sistemático da Pesquisa sobre a Influência da Personalidade na Engenharia de Software

Um Mapeamento Sistemático da Pesquisa sobre a Influência da Personalidade na Engenharia de Software 1 1 2 Um Mapeamento Sistemático da Pesquisa sobre a Influência da Personalidade na Engenharia de Software Shirley Jacinto (ssj@cin.ufpe.br) Orientador: Fabio Q. B. da Silva (fabio@cin.ufpe.br) Questões

Leia mais

PROPOSTA DE INFORMATIZAÇÃO DA GESTÃO, PRESERVAÇÃO E ACESSO A DOCUMENTOS ARQUIVÍSTICOS DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR.

PROPOSTA DE INFORMATIZAÇÃO DA GESTÃO, PRESERVAÇÃO E ACESSO A DOCUMENTOS ARQUIVÍSTICOS DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR. XV COLÓQUIO INTERNACIONAL DE GESTÃO UNIVERSITÁRIA CIGU Desafios da Gestão Universitária no Século XXI Mar del Plata Argentina 2, 3 e 4 de dezembro de 2015 ISBN: 978-85-68618-01-1 PROPOSTA DE INFORMATIZAÇÃO

Leia mais

Experiências de Avaliação (alunos) online

Experiências de Avaliação (alunos) online Experiências de Avaliação (alunos) online II Fórum de práticas e-learning na UM Colabora2012 Henrique Dinis Santos (hsantos@dsi.uminho.pt) Universidade do Minho Braga, 20 de Junho, 2012 A teacher is one

Leia mais

DEFINIÇÃO DE METADADOS PARA O REPOSITÓRIO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM DA EAD - UFSC

DEFINIÇÃO DE METADADOS PARA O REPOSITÓRIO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM DA EAD - UFSC DEFINIÇÃO DE METADADOS PARA O REPOSITÓRIO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM DA EAD - UFSC Projeto desenvolvido junto ao Departamento de EAD/UFSC 2007-2008. Equipe: Profª. Edna Lucia da Silva e Profª. Ligia Café

Leia mais

Computação Sensível ao Contexto

Computação Sensível ao Contexto Computação Sensível ao Contexto Percepção de Contexto em Ambientes Domiciliares Modelagem de Contexto Modelagem de Contexto + Modelagem de Usuário Fabrício J. Barth novembro de 2004 Sumário O que já foi

Leia mais

Digitarq 2 Nova arquitectura aplicacional para gestão de Arquivos Definitivos

Digitarq 2 Nova arquitectura aplicacional para gestão de Arquivos Definitivos Digitarq 2 Nova arquitectura aplicacional para gestão de Arquivos Definitivos José Carlos Ramalho 1, Miguel Ferreira 2, Luís Ferros 1, Maria João Pires Lima 3, António Sousa 3 1 Departamento de Informática

Leia mais

Cariniana. Rede Brasileira de Serviços de Preservação Digital P R E S E R V AÇ ÃO D I G I T AL D I S T R I B U Í D A

Cariniana. Rede Brasileira de Serviços de Preservação Digital P R E S E R V AÇ ÃO D I G I T AL D I S T R I B U Í D A Cariniana Rede Brasileira de Serviços de Preservação Digital P R E S E R V AÇ ÃO D I G I T AL D I S T R I B U Í D A http://carniana.ibict.br cariniana@ibict.br Cariniana Rede Brasileira de Serviços de

Leia mais

Introdução à Preservação Digital. Conceitos, estratégias e actuais consensos

Introdução à Preservação Digital. Conceitos, estratégias e actuais consensos 2 Introdução à Preservação Digital Conceitos, estratégias e actuais consensos MIGUEL FERREIRA 2006 3 Título Introdução à preservação digital Conceitos, estratégias e actuais consensos Autor Ano 2006 Miguel

Leia mais

Desafios práticos à preservação digital. RODA e SCAPE. Luís Faria. Seminário O Ambiente Digital Aberto: desafios e impactos. lfaria@keep.

Desafios práticos à preservação digital. RODA e SCAPE. Luís Faria. Seminário O Ambiente Digital Aberto: desafios e impactos. lfaria@keep. Desafios práticos à preservação digital RODA e SCAPE Luís Faria lfaria@keep.pt Seminário O Ambiente Digital Aberto: desafios e impactos 24 de Março de 2011 Desenvolvemos o futuro hoje... A era digital

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA OBSOLESCÊNCIA TECNOLOGICA VISANDO A PRESERVAÇÃO DIGITAL DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO: CASO BCO/UFSCar.

DIAGNÓSTICO DA OBSOLESCÊNCIA TECNOLOGICA VISANDO A PRESERVAÇÃO DIGITAL DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO: CASO BCO/UFSCar. DIAGNÓSTICO DA OBSOLESCÊNCIA TECNOLOGICA VISANDO A PRESERVAÇÃO DIGITAL DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO: CASO BCO/UFSCar. Tamie Aline Lança 1, Roniberto Morato do Amaral 2, Marina Penteado³ 1 Graduanda em Biblioteconomia

Leia mais

Israel Silva (6163) Trabalho realizado durante o 1º semestre do Mestrado Gestão da Informação no âmbito. da disciplina de Gestão da Informação.

Israel Silva (6163) Trabalho realizado durante o 1º semestre do Mestrado Gestão da Informação no âmbito. da disciplina de Gestão da Informação. U N I V E R S I D A D E D E A V E I R O DEPARTAMENTO DE ECONOMIIA,, GESTÃO E ENGENHARIIA IINDUSTRIIAL BIBLIOTECAS DIGITAIS (6163) Trabalho realizado durante o 1º semestre do Mestrado Gestão da Informação

Leia mais

SISTEMA DE APOIO À DECISÃO DE INFORMAÇÕES ESPACIAIS VIA WEB PARA TRANSPORTE PÚBLICO URBANO

SISTEMA DE APOIO À DECISÃO DE INFORMAÇÕES ESPACIAIS VIA WEB PARA TRANSPORTE PÚBLICO URBANO SISTEMA DE APOIO À DECISÃO DE INFORMAÇÕES ESPACIAIS VIA WEB PARA TRANSPORTE PÚBLICO URBANO Rony Marcelo Arteaga Velasquez Pastor Willy Gonzales-Taco SISTEMA DE APOIO À DECISÃO DE INFORMAÇÕES ESPACIAIS

Leia mais

Graduanda em Biblioteconomia e Ciência da Informação, UFSCar, São Carlos, SP

Graduanda em Biblioteconomia e Ciência da Informação, UFSCar, São Carlos, SP MODELO DE REFERÊNCIA PARA DIAGNÓSTICO DA OBSOLESCÊNCIA TECNOLÓGICA E DESENVOLVIMENTO DE UMA SOLUÇÃO COMPUTACIONAL VISANDO A PRESERVAÇÃO DIGITAL DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO: CASO BDTD/UFSCAR. Tamie Aline

Leia mais

PreservaAon Watch: um sistema de suporte à preservação digital

PreservaAon Watch: um sistema de suporte à preservação digital PreservaAon Watch: um sistema de suporte à preservação digital José Carlos Ramalho jcr@keep.pt KEEP SOLUTIONS www.keep.pt Luís Faria lfaria@keep.pt KEEP SOLUTIONS www.keep.pt Miguel Ferreira mferreira@keep.pt

Leia mais

PRESERVAÇÃO DA AUTENTICIDADE E DA INTEGRIDADE DE DOCUMENTOS EM BIBLIOTECAS DIGITAIS DE TESES E DISSERTAÇÕES

PRESERVAÇÃO DA AUTENTICIDADE E DA INTEGRIDADE DE DOCUMENTOS EM BIBLIOTECAS DIGITAIS DE TESES E DISSERTAÇÕES PRESERVAÇÃO DA AUTENTICIDADE E DA INTEGRIDADE DE DOCUMENTOS EM BIBLIOTECAS DIGITAIS DE TESES E DISSERTAÇÕES Amarílis Montagnolli Gomes Corrêa 1 1 Mestranda em Ciência da Informação, Escola de Comunicações

Leia mais

Projeto e Preservação de Repositórios Digitais

Projeto e Preservação de Repositórios Digitais Projeto e Preservação de Repositórios Digitais Marcos Sunye Universidade Federal do Paraná C3SL Centro de Computação Científica e Software Livre C3SL Centro de Computação Cientifica e Softwate Livre Maior

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Personal information Surname(s) / First name(s) Address(es) Custódio, Jorge Filipe Telephone(s) +351 919687707 Email(s) Personal website(s) Nationality(-ies) Rua Francisco Pereira

Leia mais

UMA ABORDAGEM PARA GESTÃO DE CONTEÚDOS EDUCACIONAIS

UMA ABORDAGEM PARA GESTÃO DE CONTEÚDOS EDUCACIONAIS UMA ABORDAGEM PARA GESTÃO DE CONTEÚDOS EDUCACIONAIS RESUMO: - PALAVRAS-CHAVES: ABSTRACT: The use of the Web as a platform for distance education (e-learning) has been one of the great alternatives for

Leia mais

FOTOGRAFIAS E CULTURAS ESCOLARES: UNIVERSO DIGITAL E PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA

FOTOGRAFIAS E CULTURAS ESCOLARES: UNIVERSO DIGITAL E PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA FOTOGRAFIAS E CULTURAS ESCOLARES: UNIVERSO DIGITAL E PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA Marcus Levy Albino Bencostta - UFPR Antonia de Meira - CNPq UFPR INTRODUÇÃO O projeto A imagem fotográfica no estudo das instituições

Leia mais

Dublin Core e MARC 21 : um estudo de correspondência de elementos de metadados

Dublin Core e MARC 21 : um estudo de correspondência de elementos de metadados Dublin Core e MARC 21 : um estudo de correspondência de elementos de metadados Maria das Dores Rosa Alves¹, Marcia Izabel Fugisawa Souza¹ ¹Embrapa Informática Agropecuária Caixa postal 6014 Campinas, SP

Leia mais

Criação e desenvolvimento do Repositório Institucional da Universidade do Minho

Criação e desenvolvimento do Repositório Institucional da Universidade do Minho Estoril, 13 de Maio de 2004 Criação e desenvolvimento do Repositório Institucional da Universidade do Minho Eloy Rodrigues, Matilde Almeida, Ângelo Miranda, Augusta Guimarães, Daniela Castro E-mail: {eloy,

Leia mais

BIBLIOTECAS DIGITAIS: CONCEITOS E PLANEJAMENTO. Liliana Giusti Serra

BIBLIOTECAS DIGITAIS: CONCEITOS E PLANEJAMENTO. Liliana Giusti Serra BIBLIOTECAS DIGITAIS: CONCEITOS E PLANEJAMENTO Liliana Giusti Serra INFORMAÇÃO - NOVA ECONOMIA Ciência da Informação Ciência da Computação CONTEÚDO Tecnologia de Rede BIBLIOTECAS DIGITAIS Interoperabilidade

Leia mais

Musert: Um Museu Virtual em 3D com Recomendação Personalizada de Conteúdo

Musert: Um Museu Virtual em 3D com Recomendação Personalizada de Conteúdo Musert: Um Museu Virtual em 3D com Recomendação Personalizada de Conteúdo Íthalo Bruno Grigório de Moura 1,2, João de Deus Lima 1, Francisco Milton Mendes Neto 1,2, Paulo Sérgio Sousa Maia 2 1 Programa

Leia mais

Estratégias de preservação digital para documentos arquivísticos: uma breve reflexão

Estratégias de preservação digital para documentos arquivísticos: uma breve reflexão Estratégias de preservação digital para documentos arquivísticos: uma breve reflexão Henrique Machado dos Santos Universidade Federal de Santa Maria henrique.gralha@gmail.com Daniel Flores Universidade

Leia mais

Uma Arquitetura de Linha de Produto Baseada em Componentes para Sistemas de Gerenciamento de Workflow

Uma Arquitetura de Linha de Produto Baseada em Componentes para Sistemas de Gerenciamento de Workflow Uma Arquitetura de Linha de Produto Baseada em Componentes para Sistemas de Gerenciamento de Workflow Itana M. S. Gimenes 1 itana@din.uem.br Fabrício R. Lazilha 2 fabricio@cesumar.br Edson A. O. Junior

Leia mais

A Biblioteca Digital do Senado Federal. DSpace

A Biblioteca Digital do Senado Federal. DSpace A Biblioteca Digital do Senado Federal eo DSpace André Luiz Lopes de Alcântara Chefe do Serviço de Biblioteca Digital Simone Bastos Vieira Diretora da Biblioteca do Senado Federal BIBLIOTECA DO SENADO

Leia mais

Interoperabilidade Semântica no LexML

Interoperabilidade Semântica no LexML Interoperabilidade Semântica no LexML João Alberto de Oliveira Lima Senado Federal do Brasil Brasília-DF joaolima@senado.gov.br Resumo. A interoperabilidade não se restringe apenas à capacidade de comunicação

Leia mais

Biblioteca digital: novo paradigma da informação

Biblioteca digital: novo paradigma da informação Biblioteca digital: novo paradigma da informação Murilo Bastos da Cunha Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Brasília, DF E-mail: murilobc@unb.br Introdução A Internet está revolucionando

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

Henrique Machado dos Santos Universidade Federal de Santa Maria henrique.gralha@gmail.com

Henrique Machado dos Santos Universidade Federal de Santa Maria henrique.gralha@gmail.com ARTIGO Recebido em: 23/03/2015 Aceito em: 16/06/2015 Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, v. 20, n. 43, p. 3-19, mai./ago., 2015. ISSN 1518-2924. DOI: 10.5007/1518-2924.2015v20n43p3

Leia mais

Requisitos de Ferramentas de Gestão de Projetos de Desenvolvimento de Software

Requisitos de Ferramentas de Gestão de Projetos de Desenvolvimento de Software Requisitos de Ferramentas de Gestão de Projetos de Desenvolvimento de Software Keyla Guimarães Macharet Brasil 1 1 Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) CEP

Leia mais

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Marcello de Lima Azambuja A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Dissertação de Mestrado Dissertation presented to the Postgraduate Program in Informatics of the Departamento

Leia mais

WEB SEMÂNTICA E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A CATALOGAÇÃO: UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURAS DE METADADOS E FRBR

WEB SEMÂNTICA E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A CATALOGAÇÃO: UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURAS DE METADADOS E FRBR PÔSTER WEB SEMÂNTICA E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A CATALOGAÇÃO: UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURAS DE METADADOS E FRBR Renata Eleuterio da Silva, Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa Santos Resumo: Os avanços

Leia mais

Virtual Museum Ontology: uma descrição ontológica de objetos virtuais 3D em Museus Virtuais

Virtual Museum Ontology: uma descrição ontológica de objetos virtuais 3D em Museus Virtuais Virtual Museum Ontology: uma descrição ontológica de objetos virtuais 3D em Museus Virtuais Felipe S. da Costa 1, Rafael G. de Oliveira 1, Everton F. C. de Almeida 1, Clézio L. Azevedo 1, Claudia M. F.

Leia mais

Andréa Gonçalves Gerente de Treinamento andrea.goncalves@proquest.com

Andréa Gonçalves Gerente de Treinamento andrea.goncalves@proquest.com Andréa Gonçalves Gerente de Treinamento andrea.goncalves@proquest.com O que sua equipe precisa saber para lidar com e-books Toda a equipe de atendimento da biblioteca deveria ter que usar os recursos da

Leia mais

O produtor, o agente e o arquivista... um triângulo amoroso...

O produtor, o agente e o arquivista... um triângulo amoroso... Disponível em www.bad.pt/publicacoes PAPER O produtor, o agente e o arquivista... um triângulo amoroso... Miguel Ferreira a, Luís Faria b, Pedro Penteado c a KEEP SOLUTIONS, Portugal, lfaria@keep.pt b

Leia mais

POLÍTICAS E ESTRATÉGIAS DE PRESERVAÇÃO DE DOCUMENTOS DIGITAIS

POLÍTICAS E ESTRATÉGIAS DE PRESERVAÇÃO DE DOCUMENTOS DIGITAIS POLÍTICAS E ESTRATÉGIAS DE PRESERVAÇÃO DE DOCUMENTOS DIGITAIS SONIA A. DE ASSIS BOERES * (msboeres@pop.com.br) MIGUEL A. MÁRDERO ARELLANO ** (arellano@unb.br) A busca por estratégias de preservação digital

Leia mais

REPOX: Uma infra-estrutura XML para a PORBASE

REPOX: Uma infra-estrutura XML para a PORBASE REPOX: Uma infra-estrutura XML para a PORBASE Nuno Freire Biblioteca Nacional Campo grande 83 1741-081 Lisboa E-mail: nuno.freire@bn.pt Hugo Manguinhas, José Borbinha INESC ID Rua Alves Redol 9, Apartado

Leia mais

PROGRAMA DE PUBLICAÇÃO DE TESES PROQUEST. Andréa Gonçalves Training & Consulting Partner

PROGRAMA DE PUBLICAÇÃO DE TESES PROQUEST. Andréa Gonçalves Training & Consulting Partner PROGRAMA DE PUBLICAÇÃO DE TESES PROQUEST Andréa Gonçalves Training & Consulting Partner Agenda ProQuest Dissertations and Theses Histórico da UMI e PQDT Como e por que usar a PQDT? Processo de publicação

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

Da adoção de boas práticas ao Plano de Preservação Digital

Da adoção de boas práticas ao Plano de Preservação Digital Da adoção de boas práticas ao Plano de Preservação Digital Encontro Internacional de Arquivos Da Produção à Preservação Informacional: desafios e oportunidades Évora, 3 e 4 de outubro de 2014 1. Preservação

Leia mais

O papel da Economia Digital na Dinamização do Interior. Carlos J. Costa carlos.costa@iscte.pt http://carlosjcosta.wordpress.com

O papel da Economia Digital na Dinamização do Interior. Carlos J. Costa carlos.costa@iscte.pt http://carlosjcosta.wordpress.com O papel da Economia Digital na Dinamização do Interior Carlos J. Costa carlos.costa@iscte.pt http://carlosjcosta.wordpress.com Índice Economia Digital Economia Digital Impactos Economia Open Source - Impactos

Leia mais

Eixo Temático: Organização e Representação da Informação e do Conhecimento

Eixo Temático: Organização e Representação da Informação e do Conhecimento 1 Eixo Temático: Organização e Representação da Informação e do Conhecimento DESENVOLVIMENTO DO PADRÃO DE METADADOS DUBLIN CORE: AS CONTRIBUIÇÕES DA DCMI INTERNATIONAL CONFERENCE ON DUBLIN CORE AND METADATA

Leia mais

Orientações práticas para arquivistas auxiliarem os doadores na preparação de seu arquivo pessoal digital para doação

Orientações práticas para arquivistas auxiliarem os doadores na preparação de seu arquivo pessoal digital para doação 1 Orientações práticas para arquivistas auxiliarem os doadores na preparação de seu arquivo pessoal digital para doação Rosely Curi Rondinelli Jorge Phelipe Lira de Abreu Setembro de 2015 2 Orientações

Leia mais

Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Humanas e da Educação Departamento de Biblioteconomia e Gestão da Informação

Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Humanas e da Educação Departamento de Biblioteconomia e Gestão da Informação PLANO DE ENSINO TECNOLOGIAS APLICADAS À BIBLIOTECAS DIGITAIS Departamento: Biblioteconomia e Gestão da Ano/semestre: 2014/2 Curso: Biblioteconomia Fase: 6ª Disciplina: Tecnologias Aplicadas à Bibliotecas

Leia mais

Preservação de documentos digitais

Preservação de documentos digitais Miguel Angel Arellano Doutorando em ciência da informação. E-mail: miguel@ibict.br O conteúdo, a estrutura e o contexto da informação digital devem ser associados às funcionalidades do software que preserva

Leia mais

ADAPTANDO UMA APLICAÇÃO PARA CLOUD: UMA ANÁLISE ENTRE OS ESFORÇOS UTILIZADOS

ADAPTANDO UMA APLICAÇÃO PARA CLOUD: UMA ANÁLISE ENTRE OS ESFORÇOS UTILIZADOS ADAPTANDO UMA APLICAÇÃO PARA CLOUD: UMA ANÁLISE ENTRE OS ESFORÇOS UTILIZADOS Cleverson Nascimento de Mello¹, Claudete Werner¹, Gabriel Costa Silva² ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil

Leia mais

Centros de Missão e de Usuários: atuais e tendências. CSE-200-4 Introdução à Tecnologia de Satélites Prof. Dr. Petrônio Noronha

Centros de Missão e de Usuários: atuais e tendências. CSE-200-4 Introdução à Tecnologia de Satélites Prof. Dr. Petrônio Noronha Centros de Missão e de Usuários: atuais e tendências CSE-200-4 Introdução à Tecnologia de Satélites Prof. Dr. Petrônio Noronha Ivan Márcio Barbosa Centro de Missão Criado com a MECB(Missão Espacial Completa

Leia mais

ARCHIVEMATICA COMO FERRAMENTA PARA ACESSO E PRESERVAÇÃO DIGITAL À LONGO PRAZO

ARCHIVEMATICA COMO FERRAMENTA PARA ACESSO E PRESERVAÇÃO DIGITAL À LONGO PRAZO ARCHIVEMATICA COMO FERRAMENTA PARA ACESSO E PRESERVAÇÃO DIGITAL À LONGO PRAZO Fabiana Fagundes Fontana fabifagundesfontana@gmail.com Daniel Flores dfloresbr@gmail.com Fabia Dalla Nora fabiadallanora@gmail.com

Leia mais

Processos e métodos de preservação digital do Património Arquivístico. Ana Mª Rodrigues

Processos e métodos de preservação digital do Património Arquivístico. Ana Mª Rodrigues Processos e métodos de preservação digital do Património Arquivístico Ana Mª Rodrigues 19 de Setembro de 2013 Objectivos da apresentação Relativamente ao Património Arquivístico Digital, apresentar os

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIBLIOTECONOMIA RAFAEL COBBE DIAS. PRESERVAÇÃO DIGITAL: análise dos periódicos da base BRAPCI.

CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIBLIOTECONOMIA RAFAEL COBBE DIAS. PRESERVAÇÃO DIGITAL: análise dos periódicos da base BRAPCI. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIBLIOTECONOMIA RAFAEL COBBE DIAS PRESERVAÇÃO DIGITAL: análise dos periódicos da base BRAPCI. Florianópolis, 2011. RAFAEL COBBE DIAS PRESERVAÇÃO

Leia mais

Um processo para construção de software mais transparente

Um processo para construção de software mais transparente Um processo para construção de software mais transparente Eduardo Almentero 1, and Julio Cesar Sampaio do Prado Leite 1 1 Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC - Rio, Brasil {ealmentero,

Leia mais

Scrum-Half: Uma Ferramenta Web de Apoio ao Scrum

Scrum-Half: Uma Ferramenta Web de Apoio ao Scrum Scrum-Half: Uma Ferramenta Web de Apoio ao Scrum Diego R. Marins 1,2, José A. Rodrigues Nt. 1, Geraldo B. Xexéo 2, Jano M. de Sousa 1 1 Programa de Engenharia de Sistemas e Computação - COPPE/UFRJ 2 Departamento

Leia mais

Um Simulador para Avaliação da Antecipação de Tarefas em Sistemas Gerenciadores de Workflow

Um Simulador para Avaliação da Antecipação de Tarefas em Sistemas Gerenciadores de Workflow Um Simulador para Avaliação da Antecipação de Tarefas em Sistemas Gerenciadores de Workflow Resumo. A fim de flexibilizar o fluxo de controle e o fluxo de dados em Sistemas Gerenciadores de Workflow (SGWf),

Leia mais

A Região Norte NUT III como valor acrescentado para o desenvolvimento digital da região e o potencial do Porto como Smart city

A Região Norte NUT III como valor acrescentado para o desenvolvimento digital da região e o potencial do Porto como Smart city A Região Norte NUT III como valor acrescentado para o desenvolvimento digital da região e o potencial do Porto como Smart city Amaro Correia, 19492@ufp.edu.pt Doutoramento em Ciências da Informação, SiTeGI,

Leia mais

Repositórios, Acesso Livre, Preservação Digital. Questões para hoje e amanhã

Repositórios, Acesso Livre, Preservação Digital. Questões para hoje e amanhã Repositórios, Acesso Livre, Preservação Digital Questões para hoje e amanhã Florianópolis 1.000.000 a.c - 2009 d.c Evolução da prática científica O compartilhamento dos dados das pesquisas mudou para práticas

Leia mais

1. Introdução. 2. Definindo a preservação digital

1. Introdução. 2. Definindo a preservação digital DataGramaZero - Revista de Ciência da Informação - v.5 n.1 fev/04 ARTIGO 01 A preservação digital e o modelo de referência Open Archival Information System (OAIS) Digital preservation and the Open Archival

Leia mais

Marcos Sunye, Universidade Federal do Paraná C3SL (Centro de Computação Científica e Software Livre)

Marcos Sunye, Universidade Federal do Paraná C3SL (Centro de Computação Científica e Software Livre) Bibliotecas Digitais e os desafios do Arquivamento Digital, uma visão da ciencia da computação Marcos Sunye, Universidade Federal do Paraná C3SL (Centro de Computação Científica e Software Livre) C3SL

Leia mais

Elaboração de videoaulas seguindo padrões de objetos de aprendizagem para disponibilização no serviço de educação a distância (EDAD) da RNP

Elaboração de videoaulas seguindo padrões de objetos de aprendizagem para disponibilização no serviço de educação a distância (EDAD) da RNP Elaboração de videoaulas seguindo padrões de objetos de aprendizagem para disponibilização no serviço de educação a distância (EDAD) da RNP Eduardo Barrére Liamara Scortegagna Atualizando o título: Elaboração

Leia mais

FONTES OU RECURSOS DE INFORMAÇÃO: CATEGORIAS E EVOLUÇÃO CONCEITUAL * 1. TENTANDO CLARIFICAR QUESTÕES CONCEITUAIS E DE TRADUÇÃO

FONTES OU RECURSOS DE INFORMAÇÃO: CATEGORIAS E EVOLUÇÃO CONCEITUAL * 1. TENTANDO CLARIFICAR QUESTÕES CONCEITUAIS E DE TRADUÇÃO 1 FONTES OU RECURSOS DE INFORMAÇÃO: CATEGORIAS E EVOLUÇÃO CONCEITUAL * Lena Vania Ribeiro Pinheiro, IBICT 1. TENTANDO CLARIFICAR QUESTÕES CONCEITUAIS E DE TRADUÇÃO Alguns termos técnicos de Ciência da

Leia mais

Teorias de e-learning Fábio Fernandes

Teorias de e-learning Fábio Fernandes Teorias de e-learning Fábio Fernandes O que é uma teoria? Uma teoria, nesse contexto, pode ser descrita como uma série de hipóteses que aplicam-se a todas as instâncias de um acontecimento ou assunto e

Leia mais

Gerir referências bibliográficas. APA 6th. EndNote Web

Gerir referências bibliográficas. APA 6th. EndNote Web Gerir referências bibliográficas APA 6th EndNote Web Sumário 1. EndNote Web: instalação do estilo bibliográficos APA 6th... 3 2. Tipologia de documentos: elementos a preencher... 4 2.1 Artigo científico...

Leia mais

Gerador de Sítios de Grupos de Pesquisa com Inclusão Automática de Conteúdo Baseada na Plataforma Lattes

Gerador de Sítios de Grupos de Pesquisa com Inclusão Automática de Conteúdo Baseada na Plataforma Lattes Gerador de Sítios de Grupos de Pesquisa com Inclusão Automática de Conteúdo Baseada na Plataforma Lattes Bruno Rego Salomé, Fátima L. S. Nunes, Marcos Lordello Chaim Escola de Artes, Ciências e Humanidades

Leia mais

AVALIAÇÃO DE UM PROCESSO E SOFTWARE PARA A PRODUÇÃO DE CONTEÚDOS DE ENSINO

AVALIAÇÃO DE UM PROCESSO E SOFTWARE PARA A PRODUÇÃO DE CONTEÚDOS DE ENSINO 1 AVALIAÇÃO DE UM PROCESSO E SOFTWARE PARA A PRODUÇÃO DE CONTEÚDOS DE ENSINO Rio Branco AC 05/2010 Luciete Basto de Andrade Albuquerque Universidade Federal do Acre luciete@brturbo.com.br Luiz Augusto

Leia mais

Sistemas de Gestão de Arquivos

Sistemas de Gestão de Arquivos Sistemas de Gestão de Arquivos de acordo com o MoReq2010 Ricardo Vieira (rjcv@tecnico.ulisboa.pt) 6/14/2014 Workshop BAD - Sistemas de Gestão de Arquivos 1 De acordo com a ISO 15489 (NP4438) Terminologia

Leia mais

Avaliação para a Aprendizagem e Alunos com Necessidades Educativas Especiais

Avaliação para a Aprendizagem e Alunos com Necessidades Educativas Especiais PROCESSO DE AVALIAÇÃO EM CONTEXTOS INCLUSIVOS PT Avaliação para a Aprendizagem e Alunos com Necessidades Educativas Especiais O objectivo deste artigo é disponibilizar uma síntese das questões-chave que

Leia mais

GESTÃO DA INFORMAÇÃO: APLICABILIDADE NOS REPOSITÓRIOS EDUCACIONAIS

GESTÃO DA INFORMAÇÃO: APLICABILIDADE NOS REPOSITÓRIOS EDUCACIONAIS GESTÃO DA INFORMAÇÃO: APLICABILIDADE NOS REPOSITÓRIOS EDUCACIONAIS Názia Holanda Torres 1 (UFPB) Isabel Cristina Pereira da Costa 2 (UFC) Resumo: Apresenta inicialmente o conceito de gestão da informação

Leia mais

Um consórcio de sucesso

Um consórcio de sucesso Um consórcio de sucesso Biblioteca Universitária Aglomerado de: Livros Dissertações Teses Artigos Comunicações Revistas... Biblioteca Universitária Digital Catálogo (OPAC) Informação bibliográfica sobre

Leia mais

Repositórios digitais para documentos arquivísticos

Repositórios digitais para documentos arquivísticos Repositórios digitais para documentos arquivísticos Fundação Casa de Rui Barbosa Memória & Informação 4 de abril de 2012 Claudia Lacombe Rocha Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos Roteiro Repositório

Leia mais

A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E OS ARQUIVOS. Daniela F. Gabriel João Paulo Lopes Vítor Mesquita O EXEMPLO DA CMP AO SERVIÇO DO CIDADÃO

A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E OS ARQUIVOS. Daniela F. Gabriel João Paulo Lopes Vítor Mesquita O EXEMPLO DA CMP AO SERVIÇO DO CIDADÃO 2015 CMP DMC DMAG Daniela F. Gabriel João Paulo Lopes Vítor Mesquita A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E OS ARQUIVOS O EXEMPLO DA CMP AO SERVIÇO DO CIDADÃO GTGDA - BAD, 18 de Junho de 2015 2015 CMP DMC DMAG

Leia mais

Weslley da Silva Fernandes Mathias

Weslley da Silva Fernandes Mathias Weslley da Silva Fernandes Mathias 1 Biblioteca digital é a biblioteca constituída por documentos primários, que são digitalizados sob a forma material (disquetes, CD-ROM, DVD), ou online através da internet,

Leia mais

Uso de Sistemas de Informação Multimídia em Acervos Permanentes

Uso de Sistemas de Informação Multimídia em Acervos Permanentes Uso de Sistemas de Informação Multimídia em Acervos Permanentes Flávio Humberto Cabral Nunes 1 Arnaldo de Albuquerque Araújo 1 Luiz Antônio Cruz Souza 2 1 UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais DCC

Leia mais

SIGMACast: Sistema de Informação Geográfica focado em aplicações meteorológicas e ambientais

SIGMACast: Sistema de Informação Geográfica focado em aplicações meteorológicas e ambientais SIGMACast: Sistema de Informação Geográfica focado em aplicações meteorológicas e ambientais Cíntia Pereira de Freitas¹; Wagner Flauber Araujo Lima¹ e Carlos Frederico de Angelis¹ 1 Divisão de Satélites

Leia mais

NAVEGAÇÃO SEMÂNTICA SOBRE UMA BASE DE METADADOS RDF IMPLEMENTADA NO PROJECTO OMNIPAPER* Teresa Susana Mendes Pereira, Ana Alice Baptista

NAVEGAÇÃO SEMÂNTICA SOBRE UMA BASE DE METADADOS RDF IMPLEMENTADA NO PROJECTO OMNIPAPER* Teresa Susana Mendes Pereira, Ana Alice Baptista NAVEGAÇÃO SEMÂNTICA SOBRE UMA BASE DE METADADOS RDF IMPLEMENTADA NO PROJECTO OMNIPAPER* Teresa Susana Mendes Pereira, Ana Alice Baptista Universidade do Minho Campus de Azurém, 4800-058, Guimarães, Portugal

Leia mais

Uma Ontologia para Engenharia de Requisitos de Software

Uma Ontologia para Engenharia de Requisitos de Software Uma Ontologia para Engenharia de Requisitos de Software Autor: Raul de Abreu Medeiros Júnior Orientadores: Arnaldo Dias Belchior Co-orientador: Pedro Porfírio Muniz Farias Nível: Mestrado Programa de pós-graduação

Leia mais

Participar na Europeana: Requisitos Técnicos

Participar na Europeana: Requisitos Técnicos Participar na Europeana: Requisitos Técnicos Nuno Freire Biblioteca Nacional de Portugal nuno.freire@bnportugal.pt Agenda Participar na Europeana requisitos técnicos Objectos digitais, formatos de dados,

Leia mais

SISTEMA DE METADADOS DO IBGE

SISTEMA DE METADADOS DO IBGE SISTEMA DE METADADOS DO IBGE Luigino Italo Palermo (IBGE/DI/COBAD 1 ) Resumo Este trabalho enfoca o Sistema de Metadados do IBGE, importante instrumento para uma efetiva administração de dados e também

Leia mais

Utilização do Ambiente virtual de aprendizagem TelEduc para a aprendizagem de línguas estrangeiras Girlene Medeiros (2013)

Utilização do Ambiente virtual de aprendizagem TelEduc para a aprendizagem de línguas estrangeiras Girlene Medeiros (2013) Utilização do Ambiente virtual de aprendizagem TelEduc para a aprendizagem de línguas estrangeiras Girlene Medeiros (2013) Questionamentos que devem ser enfrentados 1. Como você descreveria esse ambiente

Leia mais

A Preservação Digital de Documentos Governamentais: Um Problema de Interoperabilidade?

A Preservação Digital de Documentos Governamentais: Um Problema de Interoperabilidade? A Preservação Digital de Documentos Governamentais: Um Problema de Interoperabilidade? Eloi Juniti Yamaoka 1, Fernando Alvaro Ostuni Gauthier 2 1 UFSC/SERPRO eloijy@gmail.com/eloi.yamaoka@serpro.gov.br

Leia mais

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Prof a.:lillian Alvares Fóruns óu s/ Listas de discussão Espaços para discutir, homogeneizar e compartilhar informações, idéias

Leia mais

PRESERVAÇÃO DA ARTE ELETRÔNICA, UM DESAFIO MUSEAL

PRESERVAÇÃO DA ARTE ELETRÔNICA, UM DESAFIO MUSEAL 3064 PRESERVAÇÃO DA ARTE ELETRÔNICA, UM DESAFIO MUSEAL Elizabeth Cristina da Costa Monteiro UNIRIO Resumo Este trabalho apresenta uma contribuição ao campo da museologia, principalmente ao estudo do patrimônio

Leia mais

XML e Preservação Digital

XML e Preservação Digital XML e Preservação Digital José Carlos Ramalho 1 and Miguel Ferreira 1 and Rui Castro 2 and Luis Faria 2 and Francisco Barbedo 2 and Luis Corujo 2 1 Dep. Informática, Universidade do Minho 2 Instituto dos

Leia mais

Biblioteca Digital da UNIVATES utilizando a ferramenta DSpace. Alexandre Stürmer Wolf, Ana Paula Lisboa Monteiro, Willian Valmorbida

Biblioteca Digital da UNIVATES utilizando a ferramenta DSpace. Alexandre Stürmer Wolf, Ana Paula Lisboa Monteiro, Willian Valmorbida Biblioteca Digital da UNIVATES utilizando a ferramenta DSpace Alexandre Stürmer Wolf, Ana Paula Lisboa Monteiro, Willian Valmorbida Roteiro Biblioteca Digital da UNIVATES Bibliotecas: Conceitos Metas da

Leia mais

Autor(es) BRUNO TEODOSIO GONÇALVES. Orientador(es) CECÍLIA SOSA ARIAS PEIXOTO, FLÁVIA LINHALIS. Apoio Financeiro FAPIC/UNIMEP. 1.

Autor(es) BRUNO TEODOSIO GONÇALVES. Orientador(es) CECÍLIA SOSA ARIAS PEIXOTO, FLÁVIA LINHALIS. Apoio Financeiro FAPIC/UNIMEP. 1. 19 Congresso de Iniciação Científica ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE PADRÕES DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM PARA AMBIENTES COLABORATIVOS DE APRENDIZADO ELETRÔNICO Autor(es) BRUNO TEODOSIO GONÇALVES Orientador(es)

Leia mais

Open Archives. um marco na história das Bibliotecas Digitais

Open Archives. um marco na história das Bibliotecas Digitais Open Archives um marco na história das Bibliotecas Digitais Motivação Pontiac G6 Preço igual (EUA) USD $17,000 Motivação Dificuldades encontradas pelos pesquisadores no ciclo da comunicação científica

Leia mais

Uma Ontologia para Gestão de Segurança da Informação

Uma Ontologia para Gestão de Segurança da Informação Uma Ontologia para Gestão de Segurança da Informação Paulo Fernando da Silva, Henrique Otte, José Leomar Todesco, Fernando A. O. Gauthier Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento

Leia mais