math órtbethydydyenwdivasistdannú

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "math órtbethydydyenwdivasistdannú"

Transcrição

1 planetacó pióbóredakenavócó mótecla Línguas Ameaçadas na Europa mascú alye ltónómepeanvóúthóehjitst dócenó na stúcóes ainúemjaóseúnyang cóhastinúmcóss+itedissesmiidúnam Línguas Ameaçadas na Europa Endangered Languages in Europe maleachiitónlea kde ntainnmath órtbe thydydyenwdivasistdannúmencómóf CIDLeS - Centro Interdisciplinar de Documentação Linguística e Social óstejórdóadpvieystiryúiópasdplaneta Minde, Portugal Junho 2013 có pióbóredakenavócó móteclamascú a lye ltónómepeanvóúthóehjitstdócenó na stúcóes ainúemjaóseúnyangcóhasti númcóssitedissesmiidúnammaleachii tónlea kde ntainnmath órtbethydydye nwdivasistdannúmencómófóstejórdó adóvieystirale satimósbúórrebeaiviip melattilinceplanetacó pióbóredakenav ócó móteclamascú alye ltónómepeanv óúthóehjitstdócenó na stúcóes ainúem jaóseúnyangcóhastinúmcóssitedisses miidúnammaleachiitónlea kde ntainn 1 math órtbethydydyenwdivasistdannú

2 Índice 1. Dados gerais do evento Conferência Internacional sobre Línguas Ameaçadas na Europa (International Conference on Endangered Languages in Europe) Programa Provisório Orçamento detalhado Feira das Línguas (Language Fair) Programa Provisório Orçamento detalhado

3 1. Dados gerais do evento Em Outubro de 2013 o CIDLeS irá realizar um evento de cariz científico e cultural sobre Línguas Ameaçadas na Europa, no qual se inclui uma conferência internacional dedicada ao tema "Línguas Ameaçadas na Europa" (vide 2) que contará com especialistas internacionais da Linguística Documentacional e investigadores de minorias linguísticas na Europa. A componente sociocultural deste evento, inovadora a nível nacional e europeu, inclui uma Feira das Línguas na qual diversas comunidades europeias de línguas minoritárias apresentarão as suas línguas através de exposição e/ou de uma performance cultural e um Festival de Bandas de Línguas Ameaçadas (vide 3), tudo relacionado com o tema das línguas ameaçadas / minoritárias na Europa. O evento Línguas Ameaçadas na Europa tem como objectivo primordial divulgar a diversidade linguística e cultural da Europa, promover o intercâmbio cultural e reforçar a relação entre investigadores, alunos (principalmente do ensino superior) e comunidades de línguas. A participação activa de estudantes do ensino superior, como voluntários na organização do evento ou como palestrantes e/ou visitantes, além de pretendida e incentivada será determinante para o sucesso da iniciativa. Data: 17, 18 e 19 de Outubro de 2013 Calendarização: de Outubro: Conferência Internacional sobre Línguas Ameaçadas na Europa de Outubro: Feira das Línguas Festival de Bandas de Línguas Ameaçadas Local: Alcanena / Minde, Portugal Promotor: CIDLeS - Centro Interdisciplinar de Documentação Linguística e Social Rua Dr. António da Silva Ferreira Totta, nº Minde Tel: do evento: Website: Orçamento total: ,00 (vide orçamentos detalhados nas 2 e 3) Apoios: Parceiros: 3

4 2. Conferência Internacional sobre Línguas Ameaçadas na Europa (International Conference on Endangered Languages in Europe) Data: 17 e 18 de Outubro de 2013 Local: Centro de Ciência Viva do Alviela Carsoscópio Promotor: CIDLeS - Centro Interdisciplinar de Documentação Linguística e Social Website: Contacto: Descrição: A Conferência Internacional sobre Línguas Ameaçadas na Europa visa promover a discussão científica sobre a diversidade linguística na Europa e funcionar como plataforma interdisciplinar onde investigadores da área da Linguística Documentacional, das Tecnologias da Linguagem e todos os que trabalham com variedades linguísticas ameaçadas na Europa possam trocar ideias, delinear possíveis estratégias de cooperação no estudo e investigação da diversidade linguística na Europa e discutir métodos e técnicas de documentação, arquivo e revitalização. A reflexão sobre questões relacionadas com a política de língua e o multilinguismo será também um dos objectivos da conferência. No segundo dia da conferência será dada especial atenção às línguas ameaçadas na Península Ibérica e à temática dos neo-falantes de línguas ameaçadas. Na conferência haverá um slot especial para a apresentação de trabalhos de alunos em fase final de graduação ou pós-graduação, podendo assim receber o feedback de diversos investigadores de renome na área. Pretende-se desta forma também incentivar a discussão entre alunos e investigadores. Áreas temáticas da conferência: Variedades linguísticas ameaçadas na Europa Línguas ameaçadas na Península Ibérica Linguística Documentacional Tecnologias da linguagem Arquivo Revitalização Multilinguismo Neo-falantes Política de língua Palestrantes convidados: Ulrike Mosel (Universidade de Kiel) A Prof. Dr. Ulrike Mosel é um dos nomes mais representativos da Linguística Documentacional na Europa Central, com larga experiência na documentação de línguas ameaçadas em Vanuatu, tendo sido ela uma das co-iniciadoras do Programa DoBeS (Documentação de Línguas Ameaçadas) financiado durante mais de 12 anos pela Fundação Volkswagena e feito parte do seu comité de direcção; a ela se deve também a criação do primeiro mestrado na Alemanha exclusivamente dedicado a esta área de investigação. Mandana Seyfeddinipur (School of Oriental and African Studies, Londres) A Doutora Mandana Seyfeddinipur, além de larga experiência na documentação 4

5 linguística, principalmente dos gestos na comunicação, é a directora do programa Endangered Languages Documentation Programme da School of Oriental and African Studies em Londres, um dos programas actuais que dá mais apoio financeira para os trabalhos de documentação linguística. Sebastian Drude (Max-Planck-Institute for Psycholinguistics, Nijmegen) O Doutor Sebastian Drude além de linguísta com uma vasta experiência na documentação de línguas ameaçadas, principalmente na Amazónia, é o responsável máximo pelo The Language Archive no Max Planck Institut for Psycholinguistics em Nijmegen, na Holanda (um dos centros de investigação autónomos mais conceituado na Europa). The Language Archive é o maior arquivo digital onde se encontra entre outros um dos mais importantes arquivos de línguas ameaçadas (o arquivo DoBeS), restultante de recolhas feitas em projectos elaborados no âmbito do programa da Fundação Volkswagen. Fernando Ramallo (Universidade de Vigo) O Doutor Fernando Ramallo é sociolinguista na Universidade de Vigo, bastante conceituado no domínio da política de língua e trabalho sociolinguístico com minorias linguísticas na Península Ibérica, além de ser um dos membros fundadores da rede paneuropeia New Speakers in a Multilingual Europe: Opportunities and Challenges que apresentou uma proposta à Acção COST da União Europeia, tendo sido avaliada até ao momento com nota de excelente e passado, por isso, à última fase de avaliação. Foi o responsável pela única exposição realizada até ao momento na Península Ibérica sobre línguas ameaçadas no mundo Vigo Cidade Babel. Comité Científico: Annette Endruschat (Universidade de Regensburg) Michael Cysouw (Universidade de Marburg) Frank Seifart (Max-Planck-Institute for Evolutionary Anthropology, Leipzig) Wolfgang Schulze (Universidade de Munique) Xosé Afonso Pérez Álvarez (Universidade de Lisboa) Lachlan Mackenzie (ILTEC, Lisboa) Johannes Helmbrecht (Universidade de Regensburg) Peter-Arnold Mumm (Universidade de Munique) Nikolaus Himmelmann (Universidade de Colónia) Geoffrey Haig (Universidade de Bamberg) Kevin Scannell (Universidade de Saint Louis) Felix Rau (Universidade de Colónia) Kilu von Prince (Zentrum für Allgemeine Sprachwissenschaft, Berlim) Sebastian Nordhoff (Max-Planck-Institute for Evolutionary Anthropology, Leipzig) Do Comité Científico gostaríamos de destacar a experiência académica e de investigação nas áreas da conferência do Prof. Doutor Nikolaus Himmelmann da Unidersidade de Colónia (um dos fundadores da Linguística Documentacional), Prof. Doutor Michael Cysouw da Universidade de Marburg (galardoado em 2010 com uma Starter Grant do European Research Council para uma análise histórico-quantitativa de dados linguísticos provenientes de trabalhos de documentação linguística) e do Doutor Lachlan Mackenzie do ILTEC de Lisboa responsável pela participação portuguesa no projecto pan-europeu Language Rich Europe Multilingualism for Stable and Prosperous Societies. 5

6 Comité Organizador: Vera Ferreira Peter Bouda Francisco Vicente Rita Pedro António Lopes Ingrid Scholz Paulo Vicente Datas importantes: Entrega de resumos: 31 de Maio 2013 Notificação de aceitação: 15 de Julho 2013 Data limite para entrega da versão final dos artigos: 15 de Setembro ª fase de inscrição: 1 de Abril 30 de Agosto 2013 Data limite de inscrição: 10 de Outubro A organização aceita todas as línguas europeias como línguas de trabalho da conferência; recomenda, porém, o uso do inglês por questões de inteligibilidade e disseminação dos resultados. A chamada de comunicações (call for papers) foi lançada no dia 16 de Janeiro de 2013 e divulgado em diversas mailing lists da área da linguística (com destaque para a Linguist List - a maior mailing list na área da linguística), na Romanistik.de, Mercator, Linguapax, Comissão Europeia e diversas instituições de ensino superior nacionais e internacionais, incentivando jovens investigadores e alunos em final de graduação a apresentarem os seus trabalhos. Recebemos 87 resumos de 23 de investigadores a trabalhar em 22 países (Espanha, Alemanha, Rússia, Grécia, Estónia, Bélgica, Itália, França, Lituânia, Turquia, Polónia, Estados Unidos da América, Áustria, Austrália, Suécia, Hungria, República Checa, Letónia, Inglaterra, Croácia, Finlândia e Portugal) e manifestações de interesse de participação (já com inscrição) de investigadores do Nepal, Canada, Congo e do Comissário da União Africana. Participarão também na conferência representantes da rede europeia de neo-falantes (resultado de uma Acção COST aprovada em Maio deste ano pela União Europeia New Speakers in a Multilingual Europe: Opportunities and Challenges ). 2.1 Programa Provisório Programa 17 de Outubro :15-9:00 Registo 9:00-9:15 Abertura 9:15-10:15 Palestrante convidado 10:15-10:30 Coffee break Sessão A Sessão B 10:30-11:00 Apresentação Apresentação 11:00-11:30 Apresentação Apresentação 6

7 11:30-12:00 Apresentação Apresentação 12:00-12:30 Apresentação Apresentação 12:30-13:00 Apresentação Apresentação 13:00-14:00 Almoço 14:00-15:00 Palestrante convidado Sessão A Sessão B 15:00-15:30 Apresentação Apresentação 15:30-16:00 Apresentação Apresentação 16:00-16:30 Apresentação Apresentação 16:30-16:45 Coffee break 16:45-17:15 Apresentação Apresentação 17:15-17:45 Apresentação Apresentação 17:45-18:15 Apresentação Apresentação 18:15-19:15 Palestrante convidado 20:00 Jantar da Conferência 1 Programa 18 de Outubro :30-9:00 Registo 9:00-10:00 Palestrante convidado Sessão A Sessão B 10:00-10:30 Apresentação Apresentação 10:30-11:00 Apresentação Apresentação 11:30-11:45 Coffee break 11:45-12:15 Apresentação Apresentação 12:15-12:45 Apresentação Apresentação 12:45-14:00 Almoço 14:00-17:00 Mesa Redonda: Neo-falantes de línguas minoritárias 17:00-17:15 Coffee break 17:15-18:15 Workshop: Advances in Endangered Language Documentation and Revival Employing Community-Based Media and Online Technologies 18:15-18:30 Encerramento 17:15-17:45 Apresentação 17:45-18:15 Apresentação 1 O jantar da conferência terá lugar no restaurante dentro das Grutas de Mira de Aire. 7

8 2.2 Orçamento detalhado Ajudas de custo (viagem e alojamento) de palestrantes convidados (4 pessoas à 600 ) 2.400,00 Publicação de actas 1.000,00 Alimentação (almoços e coffee breaks) 800,00 Secretariado (1 pessoa / 3 meses) 1.800,00 Voluntariado (5 pessoas) 700,00 Publicidade e divulgação 300,00 Consumíveis 400,00 Total 7.400,00 8

9 3. Feira das Línguas (Language Fair) Data: 18 e 19 de Outubro de 2013 Local: Antiga fábrica de têxteis Emídio da Silva Raposo, Minde Promotor: CIDLeS - Centro Interdisciplinar de Documentação Linguística e Social Parceiros: Casa do Povo de Minde Website: Contacto: Descrição: A Feira das Línguas é uma iniciativa de cariz sócio-cultural que tem como objectivo primordial dar a conhecer ao público em geral, de forma interactiva e lúdica, a situação linguística na Europa, mais concretamente as línguas ameaçadas/minoritárias na Europa, incluindo as dos imigrantes. Este evento visa promover a discussão e o intercâmbio social, cultural e científico entre as várias comunidades de línguas ameaçadas na Europa e entre estas e o público em geral (incluindo alunos e investigadores), a divulgação do seu património cultural, bem como a divulgação de bandas de comunidades de línguas ameaçadas na Europa que fazem a sua música nas respectivas línguas autóctones. Neste sentido, diversas comunidades europeias de línguas minoritárias serão convidadas a participar nesta feira, tendo para tal três modalidades de participação: com stand, com performance cultural ou com ambos. Assim, cada comunidade terá um stand para expor a sua língua (através de produções literárias ou científicas, vídeos, CDs / DVDs, cartazes, etc. excepto comida), bem como 20 a 30 minutos para apresentar, através de um pequeno espectáculo cultural (música, teatro, cinema, dança, literatura, recitais etc.) a língua que representa. A actuação das bandas será à noite, nos dias 18 e 19 de Outubro, e está enquadrada no Festival de Bandas de Línguas Ameaçadas (Endangered Languages Music Festival) que será lançado neste evento. A Feira das Línguas pretende acima de tudo dar a voz aos falantes destas línguas. Este evento iniciar-se-á no dia 18 de Outubro à tarde com a presença de alunos das escolas do concelho e do país, do 1º ciclo ao ensino superior, promovendo a aprendizagem e o contacto directo com as várias comunidades representantes e falantes das diversas línguas ameaçadas na Europa, contribuindo desta forma para a promoção da diversidade linguística e para o discurso intercultural. No dia 19 de Outubro será feita a abertura oficial da Feira ao público em geral, a qual contará com a presença de representantes da administração local, nacional e estrangeira. Além disso, este evento albergará também o encerramento das comemorações dos 50 anos da elevação da Vila de Minde e as comemorações dos 80 anos da Casa do Povo de Minde, uma associação local com intervenção activa a nível cultural. O local escolhido para esta actividade - a antiga fábrica de têxteis Emídio da Silva Raposo, além de ser emblemático da história socioeconómica de Minde, está intrinsecamente ligado à génese do minderico, uma língua ameaçada (ISO [drc]) falada desde os finais do séc. XVII em Minde. O minderico surge como um sociolecto, a língua de um grupo 9

10 socioprofissional, neste caso os produtores e comerciantes de mantas, mas rapidamente se transforma na língua de comunicação quotidiana de todos os grupos sociais em Minde. Actualmente o minderico conta com cerca de 150 falantes activos (que usam a língua no diaa-dia) e aproximadamente 1000 falantes passivos (que entendem a língua mas não a falam), estando a sua existência bastante ameaçada. A escolha desta vila para a realização do evento prende-se com o facto de, pelo exposto, Minde conhecer bem a realidade das línguas ameaçadas e espelhar por si os problemas e desafios que comunidades de línguas ameaçadas enfrentam, além de ser esta a localidade na qual o CIDLeS está sediado. Com o objectivo de envolver a comunidade escolar, foi enviado um convite a todas as escolas em Portugal de 2º e 3º ciclos e do secundário para participarem no evento com um poster interdisciplinar alusivo à diversidade linguística e cultural na Europa. As escolas que pretendem participar deverão enviar os seus trabalhos até ao final do terceiro período do A exposição será apresentada na Feira das Línguas. No dia 30 de Janeiro foi lançada a chamada para participação de comunidades (call for community participation) em diversas mailing lists (com destaque para a Linguist List), na Romanistik.de, Mercator, Linguapax, Comissão Europeia, diversas instituições de ensino superior nacionais e internacionais e junto de diversas organizações internacionais que trabalham com ou representam comunidades de línguas minoritárias. Manifestaram interesse de participação, com entrega de propostas, a comunidade falante de minderico (Minde, Portugal), ladino (Itália), lígure (Itália, Mónaco, França), friulano (Itália), fala (Vale de Xálima, Espanha), galego (Galiza, Espanha), judeo-espanhol (Bósnia), laz (Turquia), manx (Ilha de Man), istrorromeno (Croácia) e de gaélico escocês (Escócia). Relativamente ao Festival de Bandas, temos já confirmada a banda basca Enkore e a banda Jonokognos que canta em friulano; em negociação estão as bandas Ganes que canta em ladino e Toibi que canta em bávaro. Além disso, teremos também duas bandas (Carro Velho e Bandalheira) que cantam em minderico. Datas importantes: Entrega das propostas de participação: 15 de Junho 2013 Notificação de aceitação: 30 de Junho 2013 Data limite de inscrição das comunidades: 31 de Agosto

11 3.1 Programa Provisório Programa 18 de Outubro de :00 Início da Feira das Línguas (abertura ao público estudantil) 15:00-15:30 Performance de comunidade 16:00-16:30 Performance de comunidade 17:00-17:30 Performance de comunidade 18:00-18:30 Performance de comunidade 19:00 Encerramento da feira ao público 19:30 Jantar das comunidades 21:30 Festival de Bandas de Línguas Ameaçadas Programa 19 de Outubro de :00 Abertura oficial da Feira 10:00-12:00 Comunicações oficiais de representantes políticos e culturais 12:00-12:30 Performance de comunidade 13:00-13:30 Performance de comunidade 13:30-14:30 Almoço 15:00-15:30 Performance de comunidade 16:00-16:30 Performance de comunidade 17:00-17:30 Performance de comunidade 18:00-18:30 Performance de comunidade 19:00 Encerramento da feira 19:30 Dinner 21:30 Festival de Bandas de Línguas Ameaçadas 11

12 3.2 Orçamento detalhado Ajudas de custo (comunidades) 6.000,00 Ajudas de custo (6 bandas) 3.000,00 Alimentação (almoços e jantares) 1.500,00 Aluguer do espaço 5.000,00 Seguro 500,00 Secretariado (1 pessoa) 600,00 Voluntariado (15 pessoas) 620,00 Consumíveis 1.100,00 Publicidade e divulgação 500,00 Total ,00 (Dra. Vera Ferreira, Presidente do CIDLeS) 12

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO 7.6.2008 C 141/27 V (Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO Convite à apresentação de propostas de 2008 Programa Cultura (2007-2013) Execução das seguintes acções do programa: projectos plurianuais

Leia mais

Centro Interdisciplinar de Documentação Linguística e Social. 29 de Setembro. Lisboa (Rua de São Nicolau 102)

Centro Interdisciplinar de Documentação Linguística e Social. 29 de Setembro. Lisboa (Rua de São Nicolau 102) Centro Interdisciplinar de Documentação Linguística e Social 29/30 de Setembro 29 de Setembro Minde Lisboa (Rua de São Nicolau 102) Informações e Inscrições: Web: www.cidles.eu E-mail: info@cidles.eu Tlf.:

Leia mais

Ano Europeu da Criatividade e Inovação

Ano Europeu da Criatividade e Inovação Ano Europeu da Criatividade e Inovação Imaginar criar inovar Índice A União Europeia O caminho da UE O Ano Europeu Criatividade e Inovação. Porquê? Criatividade e Inovação. Importância Criatividade e Inovação.

Leia mais

2º e 3º Ciclos Ensino Profissional

2º e 3º Ciclos Ensino Profissional 2º e 3º Ciclos Ensino Profissional Índice 1. A União Europeia O caminho da UE 2. Os Anos Europeus 3. 2010 Ano Europeu do Combate à Pobreza e Exclusão Social (AECPES) 4. 2010 AECPES. Pobreza e Exclusão

Leia mais

A Participação do Conselho Superior da Magistratura em Organizações Internacionais

A Participação do Conselho Superior da Magistratura em Organizações Internacionais A Participação do Conselho Superior da Magistratura em Organizações Internacionais O Conselho Superior da Magistratura é membro de duas organizações internacionais que promovem a cooperação e concertação

Leia mais

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 Esclarecimentos de dúvidas/informações adicionais: Carolina Peralta/Isabel Silva Gabinete de Relações Internacionais - GRI Rua de Santa Marta, 47, 1º Piso sala 112-1169-023

Leia mais

TRATADO DE LISBOA EM POUCAS

TRATADO DE LISBOA EM POUCAS EM POUCAS PALAVRAS OS PRIMEIROS PASSOS DATA/LOCAL DE ASSINATURA E ENTRADA EM VIGOR PRINCIPAIS MENSAGENS QUIZ 10 PERGUNTAS E RESPOSTAS OS PRIMEIROS PASSOS No século XX depois das Guerras No século XX, depois

Leia mais

A difícil concretização do processo de Bolonha no Ensino Superior

A difícil concretização do processo de Bolonha no Ensino Superior A difícil concretização do processo de Bolonha no Ensino Superior O SNESup e o Núcleo de Estudantes de Sociologia da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra realizaram mais um debate integrado

Leia mais

Parceria para Governo Aberto Open Government Partnership (OGP)

Parceria para Governo Aberto Open Government Partnership (OGP) Parceria para Governo Aberto Open Government Partnership (OGP) 1ª Conferência Anual de Alto-Nível da Parceria para Governo Aberto - OGP Roberta Solis Ribeiro Assessoria Internacional - CGU Conselho da

Leia mais

O PÓS-GUERRA E A CRIAÇÃO DA 1ª COMUNIDADE

O PÓS-GUERRA E A CRIAÇÃO DA 1ª COMUNIDADE O PÓS-GUERRA E A CRIAÇÃO DA 1ª COMUNIDADE Durante muito tempo os países da Europa andaram em guerra. A segunda Guerra Mundial destruiu grande parte do Continente Europeu. Para evitar futuras guerras, seria

Leia mais

E R A S M U S + ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Apresentação

E R A S M U S + ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Apresentação ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa Apresentação ERASMUS+ - Ensino Superior O Erasmus+ é o novo programa da UE dedicado à educação, formação, juventude e desporto. O programa tem início

Leia mais

Cap.12 Questões políticas e populacionais na Europa Desenvolvida

Cap.12 Questões políticas e populacionais na Europa Desenvolvida Cap.12 Questões políticas e populacionais na Europa Desenvolvida EDUCADORA: BIANCA CORREA AGOSTO DE 2015 ASPECTOS GERAIS 1 - Europa desenvolvida países com renda per capita superior a US$ 15 MIL, altamente

Leia mais

MNE DGAE. Tratado de Lisboa. A Europa rumo ao século XXI

MNE DGAE. Tratado de Lisboa. A Europa rumo ao século XXI Tratado de Lisboa A Europa rumo ao século XXI O Tratado de Lisboa Índice 1. Contextualização 1.1. Porquê um novo Tratado? 1.2. Como surgiu o Tratado de Lisboa? 2. O que mudará com o Tratado de Lisboa?

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística divulgou A Península Ibérica em Números - 2007

Instituto Nacional de Estatística divulgou A Península Ibérica em Números - 2007 'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR 21/12 Economia 20/12 Demografia Instituto Nacional de Estatística divulgou A Península Ibérica em Números - 2007 http://www.ine.pt/portal/page/portal/portal_ine/publicacoes?publicacoespub_boui=10584451&publicacoesm

Leia mais

Conferência Espaço de Arquitectura 2010

Conferência Espaço de Arquitectura 2010 Nota Introdutória: O tema da reabilitação urbana é um dos tópicos centrais da análise actual sobre Planeamento e Urbanismo e uma janela aberta para encontrar soluções na recuperação dos centros históricos

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Uma Rede de apoio à competitividade das empresas 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Quem somos Quem somos? Onde estamos? Criada pela Comissão Europeia no âmbito do Programa Quadro para a Competitividade

Leia mais

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL Changing lives. Opening minds. Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL ERASMUS + Uma porta aberta para a Europa : O novo programa

Leia mais

A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO

A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO Portugal situa-se no extremo sudoeste da Europa e é constituído por: Portugal Continental ou Peninsular (Faixa Ocidental da Península Ibérica) Parte do território

Leia mais

CRONOLOGIA DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA

CRONOLOGIA DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA CRONOLOGIA DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA 1950 9 de Maio Robert Schuman, Ministro dos Negócios Estrangeiros francês, profere um importante discurso em que avança propostas inspiradas nas ideias de Jean Monnet.

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO CONSELHO E AO PARLAMENTO EUROPEU

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO CONSELHO E AO PARLAMENTO EUROPEU COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 21.1.2003 COM(2003) 26 final COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO CONSELHO E AO PARLAMENTO EUROPEU PENSAR EM TERMOS DE PEQUENAS EMPRESAS NUMA EUROPA EM ALARGAMENTO COMUNICAÇÃO

Leia mais

P l a n o d e A c t i v i d a d e s

P l a n o d e A c t i v i d a d e s P l a n o d e A c t i v i d a d e s A n o d e 2 0 1 3 O ano de 2013 ficará assinalado pela comemoração dos 30 anos da TURIHAB Associação do Turismo de Habitação, ao serviço dos seus Associados e do Turismo.

Leia mais

Guia de Participação na MISSÃO PARA O CRESCIMENTO PORTUGAL

Guia de Participação na MISSÃO PARA O CRESCIMENTO PORTUGAL Guia de Participação na MISSÃO PARA O CRESCIMENTO PORTUGAL Encontro Internacional de Negócios Lisboa, 29 de Novembro de 2013 INTRODUÇÃO As PME portuguesas têm vindo a atravessar bastantes dificuldades

Leia mais

INTERVENÇÃO PRECOCE NA INFÂNCIA (IPI) ORIENTAÇÕES PARA AS POLÍTICAS

INTERVENÇÃO PRECOCE NA INFÂNCIA (IPI) ORIENTAÇÕES PARA AS POLÍTICAS INTERVENÇÃO PRECOCE NA INFÂNCIA (IPI) ORIENTAÇÕES PARA AS POLÍTICAS Introdução O presente documento pretende apresentar uma visão geral das principais conclusões e recomendações do estudo da European Agency

Leia mais

Apoio a crianças e jovens em situação de risco

Apoio a crianças e jovens em situação de risco Ficha de Projecto Dezembro/2006 Designação Parceria Acordo de Parceiros de 20.12.05 Gabinete para a Cooperação do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social de Portugal Gabinete do Ministro do Trabalho,

Leia mais

Directiva Europeia para a Igualdade de Tratamento no Emprego e na actividade profissional Inclusion Europe

Directiva Europeia para a Igualdade de Tratamento no Emprego e na actividade profissional Inclusion Europe Directiva Europeia para a Igualdade de Tratamento no Emprego e na actividade profissional Inclusion Europe Relatório A Inclusion Europe e os seus 49 membros de 36 países lutam contra a exclusão social

Leia mais

PARLAMENTO EUROPEU CONSTITUIÇÃO:

PARLAMENTO EUROPEU CONSTITUIÇÃO: CONSTITUIÇÃO: PARLAMENTO EUROPEU É a instituição parlamentar da União Europeia. Eleito por um período de 5 anos por sufrágio universal directo pelos cidadãos dos estados-membros Presidente do Parlamento

Leia mais

Mesa Redonda Interdisciplinar. A diversidade dos espaços linguísticos em Portugal e em contextos migratórios. 4a feira 23 de Abril de 2014

Mesa Redonda Interdisciplinar. A diversidade dos espaços linguísticos em Portugal e em contextos migratórios. 4a feira 23 de Abril de 2014 Mesa Redonda Interdisciplinar A diversidade dos espaços linguísticos em Portugal e em contextos migratórios 4a feira 23 de Abril de 2014 CES-Lisboa, Picoas Plaza, Rua do Viriato, 13, Lj. 117/118 - Telefone:

Leia mais

TABELA DE VALORES DE BOLSAS NO EXTERIOR

TABELA DE VALORES DE BOLSAS NO EXTERIOR Revogada pela RN 020/06 Resolução Normativa RN-007/2006 Revoga a RN 001/05 TABELA DE VALORES DE BOLSAS NO EXTERIOR O Presidente do CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO - CNPq,

Leia mais

Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido

Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido PROGRAMA ERASMUS+ AÇÃO 1 MOBILIDADE INDIVIDUAL PARA FINS DE APRENDIZAGEM ENSINO SUPERIOR 2015 TABELA DE BOLSAS DE MOBILIDADE ESTUDANTES PARA ESTUDOS E ESTÁGIOS TABELA 1 De Portugal Continental para: Valor

Leia mais

ACTA FINAL. FA/TR/EU/HR/pt 1. 1717 der Beilagen XXIV. GP - Staatsvertrag - 36 portugiesische Schlussakte (Normativer Teil) 1 von 20

ACTA FINAL. FA/TR/EU/HR/pt 1. 1717 der Beilagen XXIV. GP - Staatsvertrag - 36 portugiesische Schlussakte (Normativer Teil) 1 von 20 1717 der Beilagen XXIV. GP - Staatsvertrag - 36 portugiesische Schlussakte (Normativer Teil) 1 von 20 ACTA FINAL FA/TR/EU/HR/pt 1 2 von 20 1717 der Beilagen XXIV. GP - Staatsvertrag - 36 portugiesische

Leia mais

MINIGUIA DA EUROPA 2011 Comunicar com os Europeus Línguas Na Europa fala-se muitas línguas, cujas principais famílias são a germânica, a românica, a eslava, a báltica e a céltica. As instituições da União

Leia mais

ORGANIZAÇÃO PARA SEGURANÇA E COOPERAÇÃO NA EUROPA - OSCE

ORGANIZAÇÃO PARA SEGURANÇA E COOPERAÇÃO NA EUROPA - OSCE 1 ORGANIZAÇÃO PARA SEGURANÇA E COOPERAÇÃO NA EUROPA - OSCE INTRODUÇÃO 2 Prezados Ministros, Este material auxiliar foi pensado no intuito de situar cada nação que será representada em nosso comitê dentro

Leia mais

CENTRO EUROPEU DO CONSUMIDOR - PORTUGAL EUROPEAN CONSUMER CENTRE

CENTRO EUROPEU DO CONSUMIDOR - PORTUGAL EUROPEAN CONSUMER CENTRE ECC-Net: Travel App Uma nova aplicação para telemóveis destinada aos consumidores europeus que se deslocam ao estrangeiro. Um projeto conjunto da Rede de Centros Europeus do Consumidor Nome da app: ECC-Net:

Leia mais

Festejar o dia da Europa

Festejar o dia da Europa CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM Newsletter nº5 M A I O 2 0 0 7 Festejar o dia da Europa NESTA EDIÇÃO: O dia da Europa 9 de Maio European Schoonet Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida

Leia mais

A coerência dos normativos com as reais necessidades do desporto português. Albino Maria

A coerência dos normativos com as reais necessidades do desporto português. Albino Maria A coerência dos normativos com as reais necessidades do desporto português Albino Maria O ASSOCIATIVISMO NOS DIAS DE HOJE DO MODELO DE EXCLUSÃO AO MODELO DE INCLUSÃO DO LEMA MAIS FORTE, MAIS ALTO, MAIS

Leia mais

Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis

Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis 5ª feira, 4 de Maio I Reunião interna de parceiros europeus 14:00h 15:00h (UAL, sala 55) - Espaço de trabalho dos parceiros

Leia mais

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015 Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS O Preçário completo da Agência de Câmbios Central, Lda., contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

A cultura como referência

A cultura como referência Dossier de Imprensa A cultura como referência Primeiro festival de artes performativas a decorrer na região do Médio Tejo, este com dimensão internacional, teve a sua primeira apresentação em Alcanena,

Leia mais

Ano Lectivo 2006-2007

Ano Lectivo 2006-2007 Ano Lectivo 2006-2007 CLUBE EUROPEU da Escola Secundária de Viriato RELATÓRIO FINAL DAS ACTIVIDADES No âmbito dos Objectivos do Clube Europeu, foram desenvolvidas as seguintes actividades: 1. Comemoração

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção 02 Estratégia Nacional de

Leia mais

ITI Liderança em implantodontia.

ITI Liderança em implantodontia. ITI Liderança em implantodontia. Uma organização dedicada ao avanço do conhecimento e ao compartilhamento de experiência. Professor Dr. Daniel Buser Presidente ITI Dr. Stephen Chen Presidente Comitê de

Leia mais

Descubra um mundo de sensações O maior evento de exportação dos produtos agro-alimentares em Portugal. 22/23/24 Fevereiro 2010

Descubra um mundo de sensações O maior evento de exportação dos produtos agro-alimentares em Portugal. 22/23/24 Fevereiro 2010 Lisboa. Portugal International Trade Fair for Portuguese Food and Beverage Salão Internacional do Sector Alimentar e Bebidas 22/23/24 Fevereiro 2010 EDITION EDIÇÃO #1 Descubra um mundo de sensações O maior

Leia mais

1. 2. 3. 4. PASSO A PASSO. Links para saber mais. A União Europeia. Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012?

1. 2. 3. 4. PASSO A PASSO. Links para saber mais. A União Europeia. Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012? junho 2012 PASSO A PASSO 1. 2. 3. 4. A União Europeia Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012? Ano Europeu 2012: curiosidades iniciativas quiz Links para saber mais 1. A União Europeia 27 Estados-Membros

Leia mais

Construindo uma Cidadania Europeia Activa. 2011 Ano Europeu do Voluntariado

Construindo uma Cidadania Europeia Activa. 2011 Ano Europeu do Voluntariado Construindo uma Cidadania Europeia Activa 2011 Ano Europeu do Voluntariado Abril de 2011 O Caminho da União Europeia 1951 - Tratado de Paris CECA Comunidade Europeia do Carvão e do Aço 1957 - Tratado de

Leia mais

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME 15.06.2010 Institucional \ Breve Introdução A NEWVISION é uma empresa Portuguesa de base tecnológica, que tem como objectivo

Leia mais

Prémios europeus de iniciativa empresarial 2010 2 / 10

Prémios europeus de iniciativa empresarial 2010 2 / 10 MANUAL OPERACIONAL Prémios europeus de iniciativa empresarial 2010 2 / 10 Julho 2010 ÍNDICE 1. DEFINIÇÃO E JUSTIFICAÇÃO... 3 1.1. Um prémio que reconhece a excelência na iniciativa empresarial... 3 1.2.

Leia mais

Participação Social das Pessoas com Deficiência Inclusão e Acessibilidade Digital

Participação Social das Pessoas com Deficiência Inclusão e Acessibilidade Digital Participação Social das Pessoas com Deficiência Inclusão e Acessibilidade Digital U. Lusófona, 11 Jul 2009 Luis Magalhães UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento Ministério da Ciência, Tecnologia

Leia mais

Desses países, Portugal, Angola e Filipinas estabeleceram consulados-gerais na RAEM.

Desses países, Portugal, Angola e Filipinas estabeleceram consulados-gerais na RAEM. Relações Externas Como entidade não soberana, a Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) mantém contactos e relações estreitas com os países e regiões de todo o mundo. Desde sempre mantém relações

Leia mais

Membro da direcção da Revista Intervenção Social Investigadora do CLISSIS Doutoranda em Serviço Social

Membro da direcção da Revista Intervenção Social Investigadora do CLISSIS Doutoranda em Serviço Social A investigação do Serviço Social em Portugal: potencialidades e constrangimentos Jorge M. L. Ferreira Professor Auxiliar Universidade Lusíada Lisboa (ISSSL) Professor Auxiliar Convidado ISCTE IUL Diretor

Leia mais

MAIS PRÓXIMO DA COMUNIDADE

MAIS PRÓXIMO DA COMUNIDADE MAIS PRÓXIMO DA COMUNIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL Com vista a promover uma cultura de responsabilidade social, o Millennium bcp tem procurado desenvolver um conjunto de acções junto dos vários grupos

Leia mais

UE apoia o combate à violência e à intolerância no desporto

UE apoia o combate à violência e à intolerância no desporto COMISSÃO EUROPEIA COMUNICADO DE IMPRENSA UE apoia o combate à violência e à intolerância no desporto Bruxelas, 8 de Novembro de 2011 A Comissão Europeia concedeu subvenções a iniciativas destinadas a combater

Leia mais

INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA SERVIÇO DE SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET ATRAVÉS DE BANDA LARGA

INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA SERVIÇO DE SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET ATRAVÉS DE BANDA LARGA http://www.anacom.pt/template12.jsp?categoryid=168982 INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA DO SERVIÇO DE SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET ATRAVÉS DE BANDA LARGA 3º TRIMESTRE DE 2005 NOTA: O presente documento constitui

Leia mais

Operação PANGEA II. IIWA ( Internet Week of Action) 19 de Novembro 2009

Operação PANGEA II. IIWA ( Internet Week of Action) 19 de Novembro 2009 Operação PANGEA II IIWA ( Internet Week of Action) 1 19 de Novembro 2009 Operação PANGEA II Enquadramento - Combate à contrafacção a nível mundial realizado por agências do medicamento e autoridades competentes

Leia mais

NEGOCIAÇÕES DE ADESÃO DA BULGÁRIA E DA ROMÉNIA À UNIÃO EUROPEIA

NEGOCIAÇÕES DE ADESÃO DA BULGÁRIA E DA ROMÉNIA À UNIÃO EUROPEIA NEGOCIAÇÕES DE ADESÃO DA BULGÁRIA E DA ROMÉNIA À UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 31 de Março de 2005 (OR. en) AA 23/2/05 REV 2 TRATADO DE ADESÃO: ACTA FINAL PROJECTO DE ACTOS LEGISLATIVOS E OUTROS INSTRUMENTOS

Leia mais

NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS:

NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS: NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS: Acesso a cuidados de saúde programados na União Europeia, Espaço Económico Europeu e Suiça. Procedimentos para a emissão do Documento

Leia mais

HBL15 Trabalhar na Irlanda do Norte: Subsídio de Alojamento Um folhetim informativo do Executivo de Alojamento para Trabalhadores Migrantes

HBL15 Trabalhar na Irlanda do Norte: Subsídio de Alojamento Um folhetim informativo do Executivo de Alojamento para Trabalhadores Migrantes HBL15 Trabalhar na Irlanda do Norte: Subsídio de Alojamento Um folhetim informativo do Executivo de Alojamento para Trabalhadores Migrantes Este folheto explica as regras que se aplicam ao Benefício de

Leia mais

IX. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de Título de Viagem da RAEM

IX. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de Título de Viagem da RAEM IX. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de (países ordenados por continente) Ásia Brunei 14 dias --- Camboja 30 dias c) --- Coreia do Sul 90 dias --- Filipinas 14 dias --- Indonésia

Leia mais

Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades

Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades Vendas Novas - 02 de julho de 2013 aicep Portugal Global é uma agência pública de natureza empresarial, cuja missão é: Atrair investimento estrangeiro

Leia mais

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006 PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006 Versão: 1.0 Pág.: 1/7 1. ACESSO DIRECTO Chamadas DENTRO DO PAÍS Não Corp Corp Local 0,0201 0,0079 Local Alargado 0,0287 0,0105 Nacional 0,0287 0,0105 FIXO MÓVEL

Leia mais

MANUAL PROGRAMA DE ESTÁGIO IAESTE 2009/2010

MANUAL PROGRAMA DE ESTÁGIO IAESTE 2009/2010 MANUAL PROGRAMA DE ESTÁGIO IAESTE 2009/2010 Caro Participante, Seja bem-vindo ao Programa de intercâmbio de estágio oferecido mundialmente pela IAESTE! Leia atentamente este manual. Ele contém todas as

Leia mais

LÍDERES DA CPLP ENCONTRO DE JOVENS. Este desafio é nosso! Iº ENCONTRO DE JOVENS LÍDERES COMUNIDADE DE PAÍSES DA CPLP NA DIÁSPORA PORTUGUESA

LÍDERES DA CPLP ENCONTRO DE JOVENS. Este desafio é nosso! Iº ENCONTRO DE JOVENS LÍDERES COMUNIDADE DE PAÍSES DA CPLP NA DIÁSPORA PORTUGUESA ENCONTRO DE JOVENS Iº ENCONTRO DE JOVENS LÍDERES COMUNIDADE DE PAÍSES DA CPLP NA DIÁSPORA PORTUGUESA Aveiro, 22 a 24 de Junho de UNIVERSIDADE DE AVEIRO Entidades Promotoras Parceiros Apoios O que é o Festival

Leia mais

Formação Nacional de Formadores para a Participação Juvenil

Formação Nacional de Formadores para a Participação Juvenil Contexto Não é claro, nem na Convenção Europeia sobre os Direitos Humanos nem na Declaração Universal dos Direitos Humanos, como é que a participação (juvenil) na sociedade civil é assegurada como Direito

Leia mais

Ação Cultural Externa Relatório Anual 2011 - Indicadores DSPDCE - 2012

Ação Cultural Externa Relatório Anual 2011 - Indicadores DSPDCE - 2012 Ação Cultural Externa Relatório Anual 0 Indicadores DSPDCE 0 .Iniciativas apoiadas pelo IC a) Número (total): 0 b) Montante global:.0,0,* Áreas Geográficas África América Ásia Europa Médio Oriente e Magrebe

Leia mais

PROGRAMAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL

PROGRAMAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL PROGRAMAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL 1) Se eu pretender realizar mobilidade apenas no 2º semestre do próximo ano académico, quando é que devo apresentar a candidatura? 2) Quando é que devo efectuar o

Leia mais

'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR

'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR 'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR 22/01 Economia 25/01 Comércio Internacional 26/01 Taxas de Juro 29/01 Economia 31/01 Desemprego 31/01 Investimento Banco de Portugal divulgou Boletim Estatístico Janeiro 2007 http://epp.eurostat.ec.europa.eu/pls/portal/docs/page/pgp_prd_cat_prerel/pge_cat_prerel_year_2007/pge_

Leia mais

Intercâmbio Juvenil. Problem? Let s Solve It Lednice, República Checa 23 a 30 de Junho de 2013

Intercâmbio Juvenil. Problem? Let s Solve It Lednice, República Checa 23 a 30 de Junho de 2013 Intercâmbio Juvenil Problem? Let s Solve It Lednice, República Checa 23 a 30 de Junho de 2013 CRONOWORLD Quem somos? A CronoWorld é uma Cooperativa de responsabilidade limitada, sem fins lucrativos, multisectorial

Leia mais

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos ESTE ANO VOU CONHECER NOVAS PESSOAS ESTE ANO VOU ALARGAR CONHECIMENTOS ESTE ANO VOU FALAR OUTRA LÍNGUA ESTE ANO VOU ADQUIRIR NOVAS COMPETÊNCIAS ESTE ANO VOU VIAJAR ESTE ANO VOU SER ERASMUS Guia do Estudante

Leia mais

Últimos eventos. T- Story NEWSLETTER. Segundo seminário nacional. Outubro 2014. Edition N. 1

Últimos eventos. T- Story NEWSLETTER. Segundo seminário nacional. Outubro 2014. Edition N. 1 T- Story NEWSLETTER Outubro 2014 4ª Edição June 2013 Edition N. 1 Apresentamos a newsletter oficial do projeto T-Story - Storytelling Aplicado à Educação e Formação, um projeto financiado pela ação transversal

Leia mais

MÓDULO V B C D E PÓS-EURO

MÓDULO V B C D E PÓS-EURO O PÓS-EURO A B C D E MÓDULO V O Euro face às s principais moedas internacionais Pacto de Estabilidade e Crescimento O Tratado de Amesterdão O Tratado de Nice Reforçar e Reformar as Políticas da União na

Leia mais

SEPA - Single Euro Payments Area

SEPA - Single Euro Payments Area SEPA - Single Euro Payments Area Área Única de Pagamentos em euros APOIO PRINCIPAL: APOIO PRINCIPAL: Contexto O que é? Um espaço em que consumidores, empresas e outros agentes económicos poderão efectuar

Leia mais

DIREITO COMUNITÁRIO. Aula 4 As revisões dos instrumentos fundamentais: o aprofundamento 2

DIREITO COMUNITÁRIO. Aula 4 As revisões dos instrumentos fundamentais: o aprofundamento 2 DIREITO COMUNITÁRIO Aula 4 As revisões dos instrumentos fundamentais: o aprofundamento 2 As revisões dos tratados fundadores 07/02/1992: Assinatura do Tratado sobre a União Européia,, em Maastricht; 20/10/1997:

Leia mais

TRANSPORT LEARNING Cursos de formação para municípios e agências de energia

TRANSPORT LEARNING Cursos de formação para municípios e agências de energia TRANSPORT LEARNING Cursos de formação para municípios e agências de energia istockphoto Conteúdo Caro leitor, Sobre o projecto... 2 Criando uma base de conhecimento para as regiões de convergência da Europa...

Leia mais

2003-2005. www.iltec.pt www.dgidc.min-edu.pt www.gulbenkian.pt

2003-2005. www.iltec.pt www.dgidc.min-edu.pt www.gulbenkian.pt Primeiros resultados do projecto desenvolvido pelo Instituto de Linguística Teórica e Computacional (ILTEC) em colaboração com a Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular (Ministério da

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º- Âmbito de aplicação O presente Regulamento aplica -se à medida INOV-Art -

Leia mais

Concurso de Ideias. Congresso Ibérico de Jovens Engenheiros

Concurso de Ideias. Congresso Ibérico de Jovens Engenheiros Congresso Ibérico de Jovens Engenheiros Braga, Maio 2012 REGULAMENTO O Prémio rege-se pelo presente regulamento, sendo o Júri soberano na sua interpretação, aplicação, e resolução de eventuais lacunas.

Leia mais

Bento Alves. Assembleia Geral, 13 de março de 2015

Bento Alves. Assembleia Geral, 13 de março de 2015 Bento Alves Assembleia Geral, 13 de março de 2015 Agenda 1 O FSEND-RELACRE 2 Balanço da atividade (2013-2015) 3 3ª Conferência Nacional em END 4 Conclusões 5 Perspetivas Futuras 2 O FSEND-RELACRE Criado

Leia mais

GUIA DE CANDIDATURA ESTÁGIO ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMP)

GUIA DE CANDIDATURA ESTÁGIO ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMP) GUIA DE CANDIDATURA ESTÁGIO ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMP) INFORMAÇÃO GERAL 1. O que é um estágio Erasmus? O Estágio Erasmus é uma parte da sua formação académica (curricular ou extracurricular) efectuada

Leia mais

4Pro. Telemóvel Telefone Internet Televisão

4Pro. Telemóvel Telefone Internet Televisão 4Pro A oferta mais competitiva, desenhada para empresas e profissionais que lhe garante os melhores resultados 2 cartões de telemóvel com comunicações ilimitadas para todas as redes nacionais, para uma

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org De 27 de janeiro a 1º fevereiro de 2009 Belém Pará Brasil Pan-Amazônia O que é o Fórum Social Mundial?

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil

UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil

Leia mais

CURSOS E EXAMES DE ALEMÃO

CURSOS E EXAMES DE ALEMÃO CURSOS E EXAMES DE ALEMÃO Outubro 2015 Fevereiro 2016 Goethe-Institut Lisboa Sprache. Kultur. Deutschland. Cursos de alemão Aprenda alemão com profissionais: O Goethe-Institut em Lisboa oferece uma vasta

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA. Concurso. Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto

CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA. Concurso. Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto Concurso 2015 CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA PROJECTO APRESENTADO PARA EFEITO DE APRECIAÇÃO E RESPECTIVO

Leia mais

Embargo até 10H de 31-Maio-2012 COMUNICADO DE IMPRENSA ESPAD/2011. Lisboa, 31 de Maio de 2012

Embargo até 10H de 31-Maio-2012 COMUNICADO DE IMPRENSA ESPAD/2011. Lisboa, 31 de Maio de 2012 Embargo até 10H de 31-Maio-2012 COMUNICADO DE IMPRENSA Lisboa, 31 de Maio de 2012 O ESPAD European School Survey on Alcohol and other Drugs é um inquérito a nível europeu, que se realiza atualmente em

Leia mais

BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE SINTRA APRESENTAÇÃO DE PROJECTO POR ORGANIZAÇÃO

BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE SINTRA APRESENTAÇÃO DE PROJECTO POR ORGANIZAÇÃO 1/5 BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE SINTRA APRESENTAÇÃO DE PROJECTO POR ORGANIZAÇÃO REGº SM Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra Solicito a inserção do presente projecto no Banco Local de Voluntariado

Leia mais

APRENDER ALEMÃO EM PORTUGAL

APRENDER ALEMÃO EM PORTUGAL Goethe-Institut Portugal Goethe-Institut Portugal em Lisboa Campo dos Mártires da Pátria, 37 1169-016 Lisboa Tel.: 218 824 510 Fax: 218 850 003 cursos@lissabon.goethe.org Goethe-Institut Portugal no Porto

Leia mais

Ensino Superior em Portugal, Que Futuro? Maria da Graça Carvalho 1 de Fevereiro 2013, Lisboa Reitoria UL

Ensino Superior em Portugal, Que Futuro? Maria da Graça Carvalho 1 de Fevereiro 2013, Lisboa Reitoria UL Ensino Superior em Portugal, Que Futuro? Maria da Graça Carvalho 1 de Fevereiro 2013, Lisboa Reitoria UL Índice Investimento público e privado no Ensino Superior Propinas Investimento público e privado

Leia mais

Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt

Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos 2012 1 2 Sobre a COSEC O que é o Seguro de Créditos

Leia mais

Protocol Week Summer School. International School of Protocol in Brussels. 20 a 25 de Julho de 2009

Protocol Week Summer School. International School of Protocol in Brussels. 20 a 25 de Julho de 2009 Protocol Week Summer School International School of Protocol in Brussels 20 a 25 de Julho de 2009 Introdução A International School of Protocol in Brussels apresenta a sua primeira Protocol Week Summer

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA A CRIAÇÃO EUROPEIA. Maria do Rosário Baeta Neves Professora Coordenadora

UNIÃO EUROPEIA A CRIAÇÃO EUROPEIA. Maria do Rosário Baeta Neves Professora Coordenadora UNIÃO EUROPEIA A CRIAÇÃO EUROPEIA 1952 CECA (TRATADO DE PARIS 18 de Abril 1951) Países aderentes: França Alemanha Bélgica Holanda Luxemburgo Itália Objectivos do Tratado de Paris: Criação do Mercado Comum

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P.

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. PRESS RELEASE Lançamento do MAPA DE BOAS PRÁTICAS DE ACOLHIMENTO E INTEGRAÇÃO DE IMIGRANTES EM PORTUGAL,

Leia mais

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8B/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8B/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês Centro de Formação de Escolas dos Concelhos de Benavente, Coruche e Salvaterra de Magos Relatório Final de Avaliação Acção n.º 8B/2010 Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas

Leia mais

Grupo de Investigação de Interacções Discursivas 2011-2012

Grupo de Investigação de Interacções Discursivas 2011-2012 Grupo de Investigação de Interacções Discursivas 2011-2012 Composição do Grupo Investigadores doutorados: 7 Colaboradores doutorados : 1 Colaboradores não doutorados: 1 Bolseiros de doutoramento: 2 Bolseiros

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural Licença para Criar: Imigrantes nas Artes em Portugal Magda Nico, Natália Gomes, Rita Rosado e Sara Duarte Maio de 2007, Estudos OI 23 Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural (ACIDI)

Leia mais

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO EUROPEIA

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO EUROPEIA 28.10.2014 C 382/1 V (Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO EUROPEIA CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS EACEA/31/2014 Programa Erasmus+, Ação-chave 3 Apoio à reforma de políticas Cooperação com

Leia mais

Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa

Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa Ministério da Saúde Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa Assunto: Cartão Europeu de Seguro de Doença Nº: 20/DSPCS DATA: 18/05/04 Para: Todos os serviços dependentes do Ministério da Saúde Contacto

Leia mais

Atualidades. Blocos Econômicos, Globalização e União Européia. 1951 - Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA)

Atualidades. Blocos Econômicos, Globalização e União Européia. 1951 - Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA) Domínio de tópicos atuais e relevantes de diversas áreas, tais como política, economia, sociedade, educação, tecnologia, energia, ecologia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e segurança

Leia mais

CURSOS E EXAMES DE ALEMÃO

CURSOS E EXAMES DE ALEMÃO CURSOS E EXAMES DE ALEMÃO Fevereiro Junho 2016 Goethe-Institut Lisboa Sprache. Kultur. Deutschland. Cursos de alemão O Goethe-Institut oferece diversas modalidades para aprendizagem da língua alemã. Seja

Leia mais

Capacity building Relay Race Ca.Bu.Re.Ra CALL FOR PARTICIPANTS

Capacity building Relay Race Ca.Bu.Re.Ra CALL FOR PARTICIPANTS Capacity building Relay Race Ca.Bu.Re.Ra CALL FOR PARTICIPANTS I. O Projecto Capacity Building Relay Race CaBuReRa (http://www.caburera.org/) é um projecto de 1.680.000 milhões de Euros e é financiado,

Leia mais