Ritmos de Resistência - Lisboa!

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ritmos de Resistência - Lisboa!"

Transcrição

1 Ritmos de Resistência - Lisboa! Esta apresentação serve para facilitar o teu começo na banda e dar-te algumas informações que poderão ser úteis. Se tiveres mais questões não hesites em perguntar a qualquer membro da banda. O que deves saber antes de começares Orientação política da banda: A banda faz parte dos Rhythms of Resistance (RoR), uma rede internacional de bandas de samba que partilham uma orientação política comum e que fazem uso do samba em manifestações e iniciativas de acção directa. Somos uma rede internacional activista anti-capitalista que usa samba como uma forma de fazer acção política. Usamos tactical frivolity (criação de um ambiente colorido, festivo, extravagante), inspirados pelo carnaval, para confrontar e criticar os sistemas de dominação e apoiar directamente que lutam contra a exploração, discriminação e opressão. Rejeitamos qualquer falsa oposição entre militância e formas criativas de resistência. Mesmo que sejamos bandas diferentes, operando de uma forma descentralizada, esforçamos-nos por maximizar a participação no nosso processo colectivo. Vem connosco! Temos tudo pelo qual tocar. - Apresentação dos RoR Os princípios políticos da banda RoR Lisboa baseiam-se nos Hallmarks da PGA (Peoples' Global Action). 1. Rejeição absoluta do capitalismo, imperialismo e feudalismo, de todos os acordos comerciais, instituições e governos que promovem uma globalização destrutiva. 2. Rejeitamos todas formas e sistemas de dominação e discriminação social, incluindo, mas não se limitando, ao patriarcado, racismo ou fundamentalismo religioso de qualquer crença. Abraçamos a plena dignidade de todos os seres humanos. 3. Uma atitude de confronto, pois não pensamos que a defesa de interesses por meio de lobbys possa ter um impacto crucial nas instituições e organizações não democráticas e tendenciosas, nas quais o capital transnacional é o factor preponderante. 4. Apelamos à acção directa, à desobediência civil e ao apoio a movimentos de luta social, defendendo formas de resistência que maximizem o respeito pela vida e pelos direitos dos povos oprimidos, assim como a construção de alternativas locais ao capitalismo global. 5. Uma filosofia de organização baseada na descentralização e na autonomia. A PGA é um instrumento de coordenação, não é uma organização. A PGA não possui membros nem tem nem irá ter personalidade jurídica. Nao é representada por nenhuma organização ou pessoa individual. A Responsabilidade partilhada: Uma vez que a banda de samba é não-hierárquica, esta só funciona se estivermos envolvidos activamente e nos ajudarmos mutuamente. Isso inclui: o modo como tocamos, as discussões e decisões que tomamos (tanto nos ensaios, como nas reuniões e na mailing list), os instrumentos que temos (arranjá-los, arrumá-los, nunca os abandonar...), a forma como nos organizamos (dizer se podemos ou não ir a uma acção, por exemplo), a recepção de novos membros, bem como apoiarmo-nos mutuamente em manifestações e outras acções. Tanto nos ensaios como nas acções tenta ser o mais pontual possível! somos responsáveis por tudo na banda! A banda não poderia existir sem a participação activa de cada pessoa!

2 Os Ensaios Os ensaios têm lugar à 2ª feira às 18h30, na Associação Recreativa Taberna das Almas (ARTA), na Rua Regueirão do Anjos. A primeira 2ª feira de cada mês geralmente é dedicada à recepção de novos membros. Sugere-se a quem se queira juntar à banda que venha nestas 2ª feiras, de forma a facilitar a integração. Se vierem noutro dia pede-se que falem ou mandem um a alguém da banda de forma a combinar um pouco antes do ensaio (mais ou menos 1 hora antes), para aprender os principais sinais, ritmos e breaks. Isto permite que, quando começar o ensaio propriamente dito já consigas acompanhar o que se está a tocar. No início de cada ensaio averigua-se a hora a que cada pessoa tem de sair, de forma a podermos decidir quando vamos acabar e também a que horas deve ser a reunião que há sempre no meio ou no fim de cada ensaio. Na reunião fala-se do funcionamento da banda, de propostas de acções, de dúvidas que possam surgir... Se houver algo que não percebas, se precisares de mais informação ou se quiseres sugerir algo, estas reuniões são uma boa altura para fazeres isso. Por favor diz o mais activamente possível quando precisares de ajuda ou informação. As críticas construtivas são bem vindas e úteis para empreendermos mudanças positivas! A seguir ao ensaio alguém deve escrever e enviar para a mailing list uma breve descrição de como correu o ensaio e que decisões foram tomadas na reunião, de forma a que as pessoas que não puderam ir sejam informadas. Deve decidir-se no início do ensaio ou da reunião que pessoa fica responsável por enviar esta informação. Deve decidirse no início do ensaio ou da reunião que pessoa fica responsável por enviar esta informação. Os Instrumentos A banda é composta pelos seguintes instrumentos, em número variável: Deves escolher o instrumento de acordo com o teu gosto pessoal, com a disponibilidade de instrumentos e com as necessidades da banda. Recomendamos-te que te concentres nesse instrumento até que domines bem os ritmos mais tocados e os respectivos breaks. Depois poderás aprender outros instrumentos. Os instrumentos ficam guardados numa arrecadação na própria ARTA da qual têm de ser retirados no início do ensaio ou acções e onde devem ser arrumados, no final, com cuidado. Nunca abandones o teu instrumento! Quando tocamos numa manifestação ou acção é preciso combinarmos quem deve trazer que instrumento e também certificarmo-nos de que todas as pessoas presentes têm um instrumento para tocar. No final de uma acção deve-se voltar à ARTA para arrumar os instrumentos (embora possa não ser preciso irem todas as pessoas). Tudo isto faz parte das responsabilidades comuns a todos os membros da banda. Além destes instrumentos há sempre um maestro que indica o que vamos tocar, quando, se temos de tocar mais depressa, mais devagar e esse tipo de coisas. 0s Maestros dirigem usando sinais-de-mão e um apito. A tarefa de ser maestro deve ir rodando entre os membros da banda quer nos ensaios (para que possamos praticar) quer nas acções (para que não seja visto como um(a) líder). Para se ser maestro da banda apenas é necessário conhecer bem os sinais, saber marcar o tempo nos vários ritmos e conhecer o ritmo de alguns instrumentos (o que costuma ser mais útil para maestrar é o surdo). Aconselhamos todos os membros da banda a experimentarem ser maestros nos ensaios (após conhecerem bem os sinais e os ritmos) de forma a que qualquer pessoa possa conduzir a banda. devemos ajudar com opiniões construtivas à pessoa que está a ser maestro de modo a que esta também possa ir melhorando.

3 Os Ritmos e os Sinais Existe uma selecção de cerca de dez ritmos para os quais existe uma espécie de pauta, mas costumamos concentrar-nos em apenas quatro ou cinco de cada vez. Cada instrumento toca uma coisa diferente dentro de cada ritmo. Além do ritmo existem também alguns breaks (sequências rítmicas breves que diferem do ritmo principal e que se tocam no meio deste). Cada ritmo tem os seus breaks, embora haja alguns breaks que são comuns a todos os ritmos. Quer o ritmo quer os seus breaks têm o seu sinal respectivo, que deverás aprender. Para se tocar um ritmo é preciso aprendê-lo, seja lendo a pauta, seja ouvindo os outros a tocar o mesmo instrumento. A notação dos ritmos está disponível no formato.pdf nos links que te indicamos no final deste manual. Além disso, cada instrumento tem o seu próprio sinal, o qual é usado pelo maestro quando este quer dizer a um instrumento para tocar de uma determinada forma. Resumindo, para começares a tocar nos RoR-Lisboa deves: Aprender os cinco ritmos mais tocados com a ajuda da pauta ou dos mp3, e também com a ajuda das outras pessoas que toquem esse instrumento. Aprender os sinais mais importantes e usados em todos os ritmos, bem como os sinais correspondentes aos instrumentos, aos ritmos e aos breaks. Não fiques se as coisas não correrem bem ao início. Não fiques a pensar que o resto da banda está a ficar irritada porque estás a demorar a entrar no ritmo nós já fomos principiantes!). Se não souberes um break indicado pelo maestro não te preocupes: pára e escuta e tenta perceber quando é que se vai voltar ao ritmo de novo (é sempre mais fácil para ti e para o resto da banda se tu perceberes que estás a tocar erradamente e parares por ti Vai ao nosso site aonde poderás encontrar links para sites com todos os diferentes sinais-de-mão.

4 Como é feita a comunicação e decisão na banda Dado que nos organizamos de forma não-hierárquica, tentamos tomar todas as decisões através de consenso. Duas das estratégias que facilitam a tomada de decisões por consenso são os níveis de consenso e os sinais de mão. Mas há muitas outras estratégias (sente-te livre para propores o que achares mais conveniente)! Níveis de consenso: Quando se decide em consenso sobre alguma sugestão, cada pessoa escolhe um dos seguintes níveis de consenso, fazendo o respectivo sinal com a mão, de forma a demonstrar a sua posição em relação a algo e para se saber o nível de importância que isso tem para cada um(a) em relação ao resto do grupo. 1. Concordo. Um acordo total, todas as minhas necessidades estão satisfeitas. 2. Concordo com reservas. Não acho que esta solução seja a ideal, mas não vai contra as minhas necessidades por isso posso alinhar. 3. Abstenção/Fico de parte. Não concordo, mas tolero a sugestão. Aceito que os outros participem se quiserem, mas sobre estas condições eu não irei participar. 4. Veto. Estou tão contra esta sugestão que o grupo não deve de forma alguma prosseguir com ela. Não é possivel chegar a um consenso. Ou esta sugestão é bloqueada ou grupo deve dividir-se. O uso do veto coloca o indivíduo numa posição de grande poder e por este motivo o veto deve ser usado com cuidado e de forma consciente. O consenso só é atingido se não tiver sido usado nenhum veto e se houver um número de pessoas suficiente a usar o nível de consenso 1 ou 2, porque mesmo que não haja veto, se não houver ninguém que apoie realmente a sugestão, então a sugestão não tem realmente o apoio do grupo e não será adequada a este. Sinais-de-mão usados durante as discussões: És capaz de reparar no uso de sinais de mãos durantes as discussões e também durante os ensaios e as acções. É sempre útil aprenderes a usar estes sinais pois facilitam as discussões e as tomadas de decisões. Se não tiveres a certeza sobre algum deles, basta perguntares. Não te inibas de usá-los sempre que queiras para que a reunião seja o mais participativa e dinâmica possível! A lista dos sinais usados nas discussões é a seguinte:

5 Mailing-list: Aos principiantes é pedido que dêem o seu endereço de para que seja adicionado à nossa mailing list. A mailing list é usada para se combinar ensaios ou acções e também para se discutir questões e tomar decisões. Geralmente é importante dizer-se se se pode estar presente ou não nos ensaios e nas acções. Para além disso, para que os ensaios sejam mais produtivos, pode ser também útil discutir antecipadamente via mailing list que ritmos se tocará e que decisões têm de ser tomadas. Portanto se tiveres alguma proposta para ser discutida na reunião do próximo ensaio podes enviá-la antes para a mailing-list para as outras pessoas da banda irem pensando no assunto e ser mais fácil o processo de discussão durante a reunião. E as Acções? Tomamos decisões em grupo sobre as acções em que vamos tocar. Funcionamos enquanto grupo de afinidade. Todas as pessoas são livres de sugerir acções ou eventos de que oiçam falar (para além de que também costumamos ser convidados por pessoas que organizam manifestações e acções). É importante saber tão brevemente quanto possível quem poderá ir a uma acção para que se possa perceber se haverá pessoas suficientes para tocar (temos um mínimo de 7 pessoas para podermos tocar). Antes de cada acção há sempre uma reunião específica para preparar essa acção onde falamos enquanto grupo de afinidade. Decidimos também onde nos encontramos, se algumas pessoas vão buscar os instrumentos (se for caso disso), vestimos as nossas roupas e tomamos outras decisões que seja necessário tomar. Durante as acções é importante que nunca te afastes da banda, nem nunca deixes o teu instrumento abandonado. Em caso algum a banda pára de tocar, nem mesmo que a polícia comece a carregar sobre a manifestação. Apenas paramos quando o maestro o indicar. Se vires alguma situação de perigo a aproximar-se deves fazer o sinal de plenário para que o maestro dê ordem de paragem e devemos reunir em plenário (círculo interior com as pessoas que tocam instrumentos pequenos e círculo mais exterior com as pessoas que tocam instrumentos maiores com os instrumentos virados para fora do plenário). É nesse plenário que se decide o que se vai fazer. Onde podes saber mais Contacto Ritmos de Resistência Lisboa: Rhythms of Resistance: PGA Hallmarks:

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

Guia do VOLUNTÁRIO COM ASAS

Guia do VOLUNTÁRIO COM ASAS Guia do VOLUNTÁRIO COM ASAS O Guia do VoluntárioscomAsas tem como objectivo facilitar a sua integração nas Instituições promotoras alertando o para alguns deveres de cidadania, solidariedade, responsabilidade,

Leia mais

A Tua Frase Poderosa. Coaches Com Clientes: Carisma. Joana Areias e José Fonseca WWW.COACHESCOMCLIENTES.COM

A Tua Frase Poderosa. Coaches Com Clientes: Carisma. Joana Areias e José Fonseca WWW.COACHESCOMCLIENTES.COM A Tua Frase Poderosa Coaches Com Clientes: Carisma Joana Areias e José Fonseca WWW.COACHESCOMCLIENTES.COM Introdução Neste pequeno texto pretendo partilhar contigo onde os coaches falham ao apresentarem-se

Leia mais

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS QUE OPORTUNIDADES PÓS-LICENCIATURA ESPERAM? EXPECTATIVAS QUE INQUIETAÇÕES TÊM OS ALUNOS DE DC? MADALENA : M QUAL É A TUA PERSPECTIVA DO MERCADO

Leia mais

Eleição. para o Presidente da República

Eleição. para o Presidente da República Eleição para o Presidente da República O que é uma eleição? Uma eleição é quando votamos na melhor pessoa para defender os nossos interesses. Podemos decidir votar numa pessoa porque concordamos com as

Leia mais

- Então, pai, há alguma notícia importante nos jornais? - Nada de especial. Há muitas notícias sobre a política nacional e internacional e algumas

- Então, pai, há alguma notícia importante nos jornais? - Nada de especial. Há muitas notícias sobre a política nacional e internacional e algumas - Então, pai, há alguma notícia importante nos jornais? - Nada de especial. Há muitas notícias sobre a política nacional e internacional e algumas curiosidades. Se quiseres, depois deixo-te ler. - Tu sabes

Leia mais

A CAMINHADA DO POVO DE DEUS. Ir. KatiaRejaneSassi

A CAMINHADA DO POVO DE DEUS. Ir. KatiaRejaneSassi A CAMINHADA DO POVO DE DEUS Ir. KatiaRejaneSassi Os desafios da travessia Aqueles que viveram a maravilhosa experiência de conseguir libertar-se da dominação egípcia sentem no deserto o desamparo total.

Leia mais

GESTOS NUMA DISCUSSÃO Comunicação não verbal

GESTOS NUMA DISCUSSÃO Comunicação não verbal GESTOS NUMA DISCUSSÃO Comunicação não verbal PLENÁRIO / ASSEMBLEIA Com ambos os braços sobre a cabeça formando um telhado Plenário, reunir por favor! Este gesto indica o inicio de uma reunião. Também pode

Leia mais

CONSUMO DE ÁLCOOL & ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

CONSUMO DE ÁLCOOL & ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS CONSUMO DE ÁLCOOL & ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS O álcool é a «droga recreativa» mais utilizada em contexto universitário. Estudos recentes revelam que mais de metade dos estudantes universitários tiveram,

Leia mais

Segurança na Internet. Nuno Coelho

Segurança na Internet. Nuno Coelho Nuno Coelho Como Navegar em Segurança Quando navegas na Internet são poucos os salva-vidas e podem estar longe. É por isso que queremos que te tornes o teu próprio "salva-vidas" e fiques atento à tua própria

Leia mais

#93r. 11.7 O Apocalipse X Mateus 24

#93r. 11.7 O Apocalipse X Mateus 24 11.7 O Apocalipse X Mateus 24 #93r Há uma grande semelhança entre a sequência dos acontecimentos do período da Tribulação, descritos no livro do Apocalipse, com relação a Mateus 24. Vamos hoje, analisar

Leia mais

Comissão de Reabilitação de Massachusetts

Comissão de Reabilitação de Massachusetts Comissão de Reabilitação de Massachusetts Vida Comunitária Trabalho Elegibilidade para Benefícios por Deficiência Criar oportunidades para uma vida e trabalho independentes A Comissão de Reabilitação de

Leia mais

7 Maneiras Simples de Dizer "não" O Manual Simples e Completo

7 Maneiras Simples de Dizer não O Manual Simples e Completo 7 Maneiras Simples de Dizer "não" O Manual Simples e Completo Você tem dificuldade em dizer "não"? Você está sempre tentando ser gentil com os outros, em detrimento de si mesmo? Bem, você não está sozinho.

Leia mais

Agência certa. Guia de boas práticas para concursos de agências de publicidade e comunicação.

Agência certa. Guia de boas práticas para concursos de agências de publicidade e comunicação. Agência certa. Guia de boas práticas para concursos de agências de publicidade e comunicação. Introdução. Os profissionais de marketing têm que trabalhar em parcerias mutuamente benéficas com as suas agências

Leia mais

Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária.

Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária. POR ONDE COMEÇAR??? 1. Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária. Vai ganhar confiança, aprender

Leia mais

PAD II PROGRAMA DE APOIO AO DOCENTE MÓDULO 1 COMO ESTABELECER OBJETIVOS EDUCATIVOS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PROF. CLAUDIO ZAKI DIB DOMÍNIO AFETIVO

PAD II PROGRAMA DE APOIO AO DOCENTE MÓDULO 1 COMO ESTABELECER OBJETIVOS EDUCATIVOS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PROF. CLAUDIO ZAKI DIB DOMÍNIO AFETIVO DOMÍNIO AFETIVO 5.0 Caracterização por um valor ou um complexo de valor mais complexo 4.0 Organização 3.0 Valorização 2.0 Resposta 1.0 Recepção mais simples 1.0 - RECEPÇÃO Estar consciente de (ou prestar

Leia mais

anos Serviço Educativo ESCOLAS 2014/2015

anos Serviço Educativo ESCOLAS 2014/2015 40 anos Serviço Educativo ESCOLAS 2014/2015 Em busca da música perdida Em busca da música perdida Todos a bordo? Ignição. E aí vamos nóoooos! Em 2014/2015 o Conservatório de Música de Sintra aposta numa

Leia mais

Vai ao encontro! de quem mais precisa!

Vai ao encontro! de quem mais precisa! Vai ao encontro! 2ª feira, 05 de outubro: Dos mais pobres Bom dia meus amigos Este mês vamos tentar perceber como podemos ajudar os outros. Vocês já ouviram falar das muitas pessoas que estão a fugir dos

Leia mais

1. Motivação para o sucesso (Ânsia de trabalhar bem ou de se avaliar por uma norma de excelência)

1. Motivação para o sucesso (Ânsia de trabalhar bem ou de se avaliar por uma norma de excelência) SEREI UM EMPREENDEDOR? Este questionário pretende estimular a sua reflexão sobre a sua chama empreendedora. A seguir encontrará algumas questões que poderão servir de parâmetro para a sua auto avaliação

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

COMO PARTICIPAR EM UMA RODADA DE NEGÓCIOS: Sugestões para as comunidades e associações

COMO PARTICIPAR EM UMA RODADA DE NEGÓCIOS: Sugestões para as comunidades e associações COMO PARTICIPAR EM UMA RODADA DE NEGÓCIOS: Sugestões para as comunidades e associações R E A L I Z A Ç Ã O A P O I O COMO PARTICIPAR EM UMA RODADA DE NEGÓCIOS: Sugestões para as comunidades e associações

Leia mais

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos.

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos. Entrevista A2 1. Onde iniciaste o teu percurso na vida associativa? R.: Em Viana, convidaram-me para fazer parte do grupo de teatro, faltava uma pessoa para integrar o elenco. Mas em que associação? Na

Leia mais

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça?

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Caro amigo (a) Se sua empresa está sofrendo com a falta de clientes dispostos a comprar os

Leia mais

10 estratégias para gerar tráfego para seu blog

10 estratégias para gerar tráfego para seu blog Este E-book pode ser distribuído livremente. Autor : William Rossi http://www.sucessocomocriar.com/blog William Rossi - http://www.sucessocomocriar.com/blog Página 1 O maior problema que os blogueiros

Leia mais

BEM-VINDO a mais um Curso

BEM-VINDO a mais um Curso BEM-VINDO a mais um Curso Assessoria de Imprensa PROFESSOR INSTRUTOR: LUCYMARA CORREIA CERIMONIALISTA E MESTRE DE CERIMÔNIAS PEDAGOGA PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE PESSOAS E QUALIDADE DO SERVIÇO PÚBLICO A

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Porquê criar um grupo local?

Porquê criar um grupo local? Qual é a diferença entre a rede ex aequo e as demais associações/organizações LGBT nacionais? A associação rede ex aequo tem uma população alvo específica em relação à maior parte das organizações ou associações

Leia mais

MANUAL DO JOVEM DEPUTADO

MANUAL DO JOVEM DEPUTADO MANUAL DO JOVEM DEPUTADO Edição 2014-2015 Este manual procura expor, de forma simplificada, as regras do programa Parlamento dos Jovens que estão detalhadas no Regimento. Se tiveres dúvidas ou quiseres

Leia mais

MÓDULO 1. Psicoeducação, organização e planejamento

MÓDULO 1. Psicoeducação, organização e planejamento MÓDULO 1 Psicoeducação, organização e planejamento Psicoeducação e introdução a habilidades de organização e planejamento Sessão 1 (Corresponde aos Capítulos 1, 2 e 4 do Manual do paciente) MATERIAIS NECESSÁRIOS

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 5

Transcrição de Entrevista nº 5 Transcrição de Entrevista nº 5 E Entrevistador E5 Entrevistado 5 Sexo Feminino Idade 31 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica e Telecomunicações E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

Saber dar e receber Feedback

Saber dar e receber Feedback Saber dar e receber Feedback Imagem de http://sestudo.blogspot.com/ Um presidente da Câmara de Nova Iorque, Ed Koch, passeava nas ruas da cidade e perguntava às pessoas o que achavam do seu desempenho

Leia mais

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR INTRODUÇÃO Você está cansado de falsas promessas uma atrás da outra, dizendo

Leia mais

Resumo do mês de março Quer mais resumos? Todo mês em: http://www.thiagocompan.com.br

Resumo do mês de março Quer mais resumos? Todo mês em: http://www.thiagocompan.com.br Resumo do mês de março Quer mais resumos? Todo mês em: http://www.thiagocompan.com.br Jeff Sutherland criou um método para fazer mais em menos tempo com o máximo de qualidade! Usado por diversas empresas

Leia mais

MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE

MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE Objectivos gerais do módulo No final do módulo, deverá estar apto a: Definir o conceito de Help Desk; Identificar os diferentes tipos de Help Desk; Diagnosticar

Leia mais

Transcrição da entrevista aos Stakeholders realizada no dia 16 de junho de 2014 no âmbito do Mestrado em Educação e Comunicação Multimédia.

Transcrição da entrevista aos Stakeholders realizada no dia 16 de junho de 2014 no âmbito do Mestrado em Educação e Comunicação Multimédia. Transcrição da entrevista aos Stakeholders realizada no dia 16 de junho de 2014 no âmbito do Mestrado em Educação e Comunicação Multimédia. Q1. Na sua opinião, quais são as principais motivações que podem

Leia mais

Captação de recursos desde uma perspectiva cristã

Captação de recursos desde uma perspectiva cristã Seção 1 Captação de desde uma perspectiva cristã Como organizações cristãs, com uma visão e chamado de Deus, devemos buscar apoio de uma forma condizente. Desejamos nos assegurar de que a maneira como

Leia mais

Construint ponts de convivència i camins alternatius per a la gestió de conflictes. Trabalho de Equipa em Sala de Aula Inclusiva

Construint ponts de convivència i camins alternatius per a la gestió de conflictes. Trabalho de Equipa em Sala de Aula Inclusiva Construint ponts de convivència i camins alternatius per a la gestió de conflictes Trabalho de Equipa em Sala de Aula Inclusiva CONTEÚDO Porque é o trabalho de equipa importante em salas de aula inclusivas?

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

> SIGAM AS PISTAS... BOM TRABALHO PARA TODOS! NA CAPA

> SIGAM AS PISTAS... BOM TRABALHO PARA TODOS! NA CAPA As pistas e propostas de trabalho que se seguem são apenas isso mesmo: propostas e pistas, pontos de partida, sugestões, pontapés de saída... Não são lições nem fichas de trabalho, não procuram respostas

Leia mais

Como Começar a Usar o PECS

Como Começar a Usar o PECS Como Começar a Usar o PECS PASSO 1 - As instruções que me foram dadas pela professora com treinamento no Teacch e pela fonoaudióloga da primeira escola que meu filho freqüentou são as seguintes: Eu deveria

Leia mais

Corpo Ás As 10 Páginas Que Vão Transformar o Seu Corpo 2013 www.luisascensao.pt

Corpo Ás As 10 Páginas Que Vão Transformar o Seu Corpo 2013 www.luisascensao.pt Corpo Ás As 10 Páginas Que Vão Transformar o Seu Corpo www.luisascensao.pt Página 1 de 10 Termos e Condições Madeira, Portugal. Autor: Luís Ascensão (o Ás). Todos os direitos reservados. Copyright 2012,

Leia mais

Dia Europeu da Internet Segura (9 de Fevereiro)

Dia Europeu da Internet Segura (9 de Fevereiro) Dia Europeu da Internet Segura (9 de Fevereiro) Para celebrar o Dia Europeu da Internet Segura, dia 9 de Fevereiro, o SeguraNet propõe que os professores desenvolvam com os seus alunos actividades em sala

Leia mais

Como Eu Começo meu A3?

Como Eu Começo meu A3? Como Eu Começo meu A3? David Verble O pensamento A3 é um pensamento lento. Você está tendo problemas para começar seu A3? Quando ministro treinamentos sobre o pensamento, criação e uso do A3, este assunto

Leia mais

O Conselho da Europa é uma organização internacional com 47 países membros. O seu trabalho afecta a vida de 150 milhões de crianças e jovens.

O Conselho da Europa é uma organização internacional com 47 países membros. O seu trabalho afecta a vida de 150 milhões de crianças e jovens. Os Serviços de Saúde Amigos das Crianças Crianças e Jovens: digam-nos o que pensam! O Conselho da Europa é uma organização internacional com 47 países membros. O seu trabalho afecta a vida de 150 milhões

Leia mais

Lição. História Bíblica II Timóteo 3:16; II Pedro 1:20, 21; Salmos 119:4 Na lição de hoje, as crianças aprenderão que a

Lição. História Bíblica II Timóteo 3:16; II Pedro 1:20, 21; Salmos 119:4 Na lição de hoje, as crianças aprenderão que a FRUTOS-1 Descoberta Lição 1 4-6 Anos História Bíblica II Timóteo 3:16; II Pedro 1:20, 21; Salmos 119:4 Na lição de hoje, as crianças aprenderão que a CONCEITO CHAVE A Bíblia é o livro de Deus e nós sabemos

Leia mais

Técnicas de fecho de vendas

Técnicas de fecho de vendas Técnicas de fecho de vendas Índice Estratégias para a conversão de prospectos em clientes... 3 Algumas estratégias e técnicas de fecho de vendas... 4 Recolha de objecções... 4 Dar e depois 5rar o rebuçado

Leia mais

COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO

COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO DEFINIÇÕES OPERACIONAIS E INDICADORES COMPORTAMENTAIS Pag. 1 Elaborada por Central Business Abril 2006 para o ABRIL/2006 2 COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO

Leia mais

Fichas práticas para a campanha internacional de Tapori 2006/2007. Venham ouvir-nos e mudaremos o mundo!

Fichas práticas para a campanha internacional de Tapori 2006/2007. Venham ouvir-nos e mudaremos o mundo! www.tapori.org/pt Tapori international Chemin Galiffe 5 1201 Genève Suíça tapori@bluewin.ch Tél. 00.41/22.344.41.15 Fax. 00.41/22.344.47.77 Fichas práticas para a campanha internacional de Tapori 2006/2007

Leia mais

Sugestão de Planejamento da Semana Pedagógica

Sugestão de Planejamento da Semana Pedagógica GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA DIRETORIA REGIONAL DE ENSINO DE ARAGUAINA SETOR REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E ENSINO INTEGRAL Sugestão de Planejamento da Semana

Leia mais

Os Segredos da Internet / John Heine http://www.ganheaki.com

Os Segredos da Internet / John Heine http://www.ganheaki.com John Heine 2011 Acesse para obter mais informações! 1 Distribua livremente Você tem agora permissão para distribuir livremente este e-book, ou seja, você pode estar vendendo, ou distribuindo livremente,

Leia mais

Como criar um plano de ação estratégica. Estudantes Pela Liberdade. Tradução de Felipe Alessandro André. Revisão e adaptação de Juliano Torres.

Como criar um plano de ação estratégica. Estudantes Pela Liberdade. Tradução de Felipe Alessandro André. Revisão e adaptação de Juliano Torres. Como criar um plano de ação estratégica Estudantes Pela Liberdade 2013 Tradução de Felipe Alessandro André. Revisão e adaptação de Juliano Torres. Como criar um Plano de Ação Estratégica Resumo Com o estabelecimento

Leia mais

JOVENS COM UMA MISSÃO JOCUM ARACAJU PROJETO INTERCESSÃO INTERCESSORES E GRUPOS DE INTERCESSÃO

JOVENS COM UMA MISSÃO JOCUM ARACAJU PROJETO INTERCESSÃO INTERCESSORES E GRUPOS DE INTERCESSÃO JOVENS COM UMA MISSÃO JOCUM ARACAJU PROJETO INTERCESSÃO INTERCESSORES E GRUPOS DE INTERCESSÃO Miss. Gustavo Lima Silva (Beréu) & Wanessa S. B. Santos Silva (Brasil) Recife, 2010. SUMÁRIO INTRODUÇÃO...

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

Três Regras de Segurança nas Parcerias de Focusing. Por Ann Weiser Cornell

Três Regras de Segurança nas Parcerias de Focusing. Por Ann Weiser Cornell Três Regras de Segurança nas Parcerias de Focusing Por Ann Weiser Cornell Adaptado de um artigo de Ann Weiser Cornell da newsletter The Focusing Connection, Janeiro de 2000. Traduzido e adaptado por João

Leia mais

Danilo Nascimento Fundador do Segredos de Concurso www.segredosdeconcurso.com.br

Danilo Nascimento Fundador do Segredos de Concurso www.segredosdeconcurso.com.br Olá, concurseiro! É um grande prazer poder lhe dar algumas dicas básicas a respeito da sua preparação para um Concurso Público. Sei que esse é um grande sonho, e ter a oportunidade de colaborar com a construção

Leia mais

Livro Guia Ilustrado

Livro Guia Ilustrado Livro Guia Ilustrado 1 coordenação do projeto: Janja Kranjc (Center društvo za avtizem) elaboração do texto: Janja Kranjc, John Lawson, Marianne Kuzemtšenko, Liuba Iacoblev desígnio: Urška Alič za Zlata

Leia mais

CRIAÇÃO DE UM SITE COMPLETO EM FLASH

CRIAÇÃO DE UM SITE COMPLETO EM FLASH CRIAÇÃO DE UM SITE COMPLETO EM FLASH Introdução A criação de sites completamente em Flash é uma boa indicadora do grau de experiência que alguém pode ter com este software. Escusado será dizer que a criação

Leia mais

AS CRIANÇAS E A MISSA DOMINICAL

AS CRIANÇAS E A MISSA DOMINICAL Crianças na Missa AS CRIANÇAS E A MISSA DOMINICAL 1. É desejável que, na medida do possível, os pais possam participar juntos e com os filhos na Santa Missa dominical. É muito aconselhável que as crianças

Leia mais

Eu tenho direitos, tu tens direitos, ele/ela tem direitos...

Eu tenho direitos, tu tens direitos, ele/ela tem direitos... Eu tenho direitos, tu tens direitos, ele/ela tem direitos... Uma introdução aos direitos da criança Todas as pessoas têm direitos. Se fores um rapaz ou uma rapariga com menos de 18 anos, tens também certos

Leia mais

GAPsi - FCUL CONFRONTAR UM AMIGO

GAPsi - FCUL CONFRONTAR UM AMIGO CONFRONTAR UM AMIGO A amizade é algo de muito importante para a maioria das pessoas. É sempre bom ter alguém com quem podemos desabafar, alguém que nos ouve, alguém com quem podemos rir, chorar, partilhar

Leia mais

Conversando com os pais

Conversando com os pais Conversando com os pais Motivos para falar sobre esse assunto, em casa, com os filhos 1. A criança mais informada, e de forma correta, terá mais chances de saber lidar com sua sexualidade e, no futuro,

Leia mais

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE Mesmo não acreditando na Educação Criativa, o professor pode fazer uma experiência para ver o resultado. É o caso da professora deste relato. Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br

Leia mais

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf 1 Sumário Introdução...04 Passo 1...04 Passo 2...05 Passo 3...05 É possível Aprender Inglês Rápido?...07 O Sonho da Fórmula Mágica...07 Como Posso Aprender Inglês Rápido?...09 Porque isto Acontece?...11

Leia mais

Gestão Eficaz de Queixas e Reclamações

Gestão Eficaz de Queixas e Reclamações Gestão Eficaz de Queixas e Reclamações Bem vindos Ana Santos Martins 1 A Imagem da Empresa e a Qualidade do Serviço (1/3) A Qualidade do Serviço ao Cliente é sem dúvida, a melhor Imagem que as empresas

Leia mais

ORAÇÃO. Hinário. Pad.Sebastião. www.hinosdosantodaime.com.br 11/2013 1.0 Pág. 1

ORAÇÃO. Hinário. Pad.Sebastião. www.hinosdosantodaime.com.br 11/2013 1.0 Pág. 1 ORAÇÃO Hinário Pad.Sebastião www.hinosdosantodaime.com.br 11/2013 1.0 Pág. 1 Abertura dos Trabalhos - Pai Nosso - Ave Maria - Chave de Harmonia - Despacho do SANTO DAIME - ORAÇÃO - Padrinho Sebastião -

Leia mais

Como é que esta tecnologia me pode beneficiar?... 3. Etapas do Planeamento de uma Conferência Online... 4

Como é que esta tecnologia me pode beneficiar?... 3. Etapas do Planeamento de uma Conferência Online... 4 APRENDA A SER INOVADOR PARA FICAR À FRENTE DA CONCORRÊNCIA QUAIS OS PASSOS NECESSÁRIOS PARA PLANEAR E REALIZAR UMA CONFERÊNCIA ONLINE DE SUCESSO! COMO DAR AULAS NUMA SALA DE AULA VIRTUAL! CONTEÚDOS Como

Leia mais

Regulamento de Funcionamento do Grupo de Voluntariado

Regulamento de Funcionamento do Grupo de Voluntariado LAHUC LIGA DOS AMIGOS DOS HOSPITAIS DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA LAHUC Gabinete de Serviço Social O MELHOR DA VIDA TODOS OS DIAS Regulamento de Funcionamento do Grupo de Voluntariado Preâmbulo O Voluntariado

Leia mais

POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN

POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN "Pr. Williams Costa Jr.- Pastor Bullón, por que uma pessoa precisa se batizar? Pr. Alejandro Bullón - O Evangelho de São Marcos 16:16 diz assim: "Quem crer e for batizado,

Leia mais

De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK!

De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK! Treinamento de Consultoras De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK! Ferramentas de trabalho a serem desenvolvidas para crescer na Entender

Leia mais

PEÇA TEATRAL TÍTULO: RETRATO DOS FILHOS DAS FAMILIAS QUE ACOMPANHAM E DAS QUE NÃO ACOMPANHAM A VIDA ESCOLAR

PEÇA TEATRAL TÍTULO: RETRATO DOS FILHOS DAS FAMILIAS QUE ACOMPANHAM E DAS QUE NÃO ACOMPANHAM A VIDA ESCOLAR 1 MOBILIZAÇÃO SOCIAL PELA EDUCAÇÃO COMITÊ LOCAL DE ICATU Travessa Professor Francisco Castro, Nº 32 - Centro Icatu-MA / Fone (98) 3362-1188 / 88732737 E-mail: lucinhavidal2009@hotmail.com.br PEÇA TEATRAL

Leia mais

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins - GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins Planeta Contábil 2008 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/5 Lucros Bons e Lucros Ruins Podemos pensar que lucrar é sempre bom,

Leia mais

REGÊNCIA DO ALÉM CONTADOR (VOICE OVER)

REGÊNCIA DO ALÉM CONTADOR (VOICE OVER) REGÊNCIA DO ALÉM FADE IN SEQUÊNCIA # 01: CENA 01: EXT. IMAGENS DA CIDADE DE ARARAS DIA. Imagem do Obelisco da praça central da cidade, da igreja Matriz, Centro Cultural, rodoviária, Lago Municipal e cemitério.

Leia mais

Re: EC20130820509efox 22 mensagens

Re: EC20130820509efox 22 mensagens Miguel Queirós Re: EC20130820509efox 22 mensagens service 20 de Setembro de 2013 às 08:23 Obrigado por seu contato e pedimos desculpas pelo problema causado.

Leia mais

Plano de Formação da CVX-P

Plano de Formação da CVX-P da CVX-P Apresentado à VIII Assembleia Nacional CVX-P Fátima, Outubro 2004 Introdução... 2 Etapa 0: Acolhimento... 3 Etapa 1: Iniciação... 5 Etapa 2: Identificação... 6 Etapa 3: Missão... 7 1 Introdução

Leia mais

Texto: Zainab Aziz Redacção: Andrea Schmidt/Christine Harjes/Guy Degen Tradução: Maria Kremer

Texto: Zainab Aziz Redacção: Andrea Schmidt/Christine Harjes/Guy Degen Tradução: Maria Kremer LEARNING BY EAR - Aprender de Ouvido As Jovens 8º Episódio Higiene pessoal Texto: Zainab Aziz Redacção: Andrea Schmidt/Christine Harjes/Guy Degen Tradução: Maria Kremer Personagens: [Characters] Ancora:

Leia mais

Editor Direção-Geral de Educação Direção de Serviços de Educação Especial e de Apoios Socioeducativos

Editor Direção-Geral de Educação Direção de Serviços de Educação Especial e de Apoios Socioeducativos Ficha Técnica Titulo À DESCOBERTA Editor Direção-Geral de Educação Direção de Serviços de Educação Especial e de Apoios Socioeducativos Conceção Direção de Serviços de Educação Especial e de Apoios Socioeducativos

Leia mais

questionários de avaliação da satisfação CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS

questionários de avaliação da satisfação CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS questionários de avaliação da satisfação creche CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS 2ª edição (revista) UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Governo da República Portuguesa SEGURANÇA SOCIAL INSTITUTO DA

Leia mais

Todos nós temos momentos altos, no alto da roda, no cume da montanha. Mas também temos momentos difíceis

Todos nós temos momentos altos, no alto da roda, no cume da montanha. Mas também temos momentos difíceis ta da Autora Olá, Todos nós temos momentos altos, no alto da roda, no cume da montanha. Mas também temos momentos difíceis passados em verdadeiros vales e dias de deserto. Todos os nossos planos se desvanecem

Leia mais

Introdução Conselhos para educadores

Introdução Conselhos para educadores Introdução Conselhos para educadores INTRODUÇÃO A utilização da Internet constitui um desafio para a educação dos nossos filhos e dos nossos alunos. Acontece muito frequentemente que os deixamos a navegar

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO, MINISTRO DA DEFESA E SEGURANÇA KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA VISITA À ACADEMIA

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

CITIZENRIGHTS DIREITOSCIDADÃOS. Kit de Ferramentas Volume #1

CITIZENRIGHTS DIREITOSCIDADÃOS. Kit de Ferramentas Volume #1 CITIZENRIGHTS DIREITOSCIDADÃOS Kit de Ferramentas Volume #1 Olá! Módulo 1 SABER O Projeto Direitos-Cidadãos para as escolas Esta é a tua vez! Vocês são apenas alguns por sala de aula, mas no projeto internacional

Leia mais

OBJECTIVO 2015. Cinco anos para construir uma verdadeira Parceria Global para o Desenvolvimento PROPOSTA DE ACÇÃO FEC

OBJECTIVO 2015. Cinco anos para construir uma verdadeira Parceria Global para o Desenvolvimento PROPOSTA DE ACÇÃO FEC OBJECTIVO 2015 Cinco anos para construir uma verdadeira Parceria Global para o Desenvolvimento PROPOSTA DE ACÇÃO INTRODUÇÃO O ano de 2010 revela-se, sem dúvida, um ano marcante para o combate contra a

Leia mais

A Paralisia Decisória.

A Paralisia Decisória. A Paralisia Decisória. Começo este artigo com uma abordagem um pouco irônica, vinda de uma amiga minha, que, inconformada como a humanidade vêm se portando perante a fé em algo superior, soltou a máxima

Leia mais

DESOCUPAÇÃO DE IMÓVEIS ARREMATADOS EM LEILÃO

DESOCUPAÇÃO DE IMÓVEIS ARREMATADOS EM LEILÃO PROLEILOES.COM DESOCUPAÇÃO DE IMÓVEIS ARREMATADOS EM LEILÃO SAIBA COMO PROCEDER COM UM IMÓVEL OCUPADO ARREMATADO EM LEILÃO INTRODUÇÃO Boa parte dos imóveis que vão a leilão público estão ocupados, ou seja,

Leia mais

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010)

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 1 of 6 02/12/2011 16:14 Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 13:58:20 Bem-vindos ao Bate-papo Educarede! 14:00:54 II Seminário

Leia mais

GERIR ENERGIA: A VERDADE SOBRE A GESTÃO DO TEMPO

GERIR ENERGIA: A VERDADE SOBRE A GESTÃO DO TEMPO GERIR ENERGIA: A VERDADE SOBRE A GESTÃO DO TEMPO Gestão do tempo como gestão das energias Ninguém gere o tempo. Não conseguimos colocar as 17 horas antes das 15. 2004 só chega depois de 2003. Gerimos energias,

Leia mais

Resumo de: THE FOUR STEPS TO THE EPIPHANY de Steve Blank de Diogo Miguel Jesus, Engenharia Informática, Instituto Superior Técnico, Lisboa, 2011

Resumo de: THE FOUR STEPS TO THE EPIPHANY de Steve Blank de Diogo Miguel Jesus, Engenharia Informática, Instituto Superior Técnico, Lisboa, 2011 Resumo de: THE FOUR STEPS TO THE EPIPHANY de Steve Blank de Diogo Miguel Jesus, Engenharia Informática, Instituto Superior Técnico, Lisboa, 2011 INTRODUÇÃO Ouvir os potenciais futuros clientes, ir ao terreno

Leia mais

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero!

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! As pessoas com dificuldades de aprendizagem têm o poder para escolher os seus serviços de apoio. Este folheto está escrito em linguagem fácil. O que é um consumidor?

Leia mais

Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos 3D.ACDEMY.COM.BR COMO GERAR RENDA COM PROJETO VERSÃO 1.0

Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos 3D.ACDEMY.COM.BR COMO GERAR RENDA COM PROJETO VERSÃO 1.0 Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos CAIO HENRIQUE TEODORO DOS SANTOS Página 1 Versão 1.0 2013 Esforcei-me ao máximo para transmitir em poucas páginas algumas dicas

Leia mais

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS Frutos-1 Impact0 LIÇÃO 12 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS 9-11 Anos HISTÓRIA BÍBLICA João 1:12; I Pedro 3:15, 18 A Bíblia nos ensina

Leia mais

Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] 1

Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] 1 Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] Categorias Apresentação do instrumento [-] Mobilidade/ portabilidade [,] 0 0 Transcrição Alguns

Leia mais

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita!

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Hum, essa não é uma novidade. As outras também eram de certa forma inéditas, uma vez que o layout era baseado na estrutura dos Gurus, mas vamos lá,

Leia mais

CARTA ABERTA DO VOLUNTARIADO OURIQUE 2012

CARTA ABERTA DO VOLUNTARIADO OURIQUE 2012 CARTA ABERTA DO VOLUNTARIADO OURIQUE 2012 Vindos a Ourique no passado dia 14 de Abril de 2012, no âmbito do Encontro Distrital de Voluntariado, promovido pelo ORIKA-TE Contrato Local de Desenvolvimento

Leia mais

Guia GDI passo-a-passo de como estabelecer uma "Renda Vitalíca"

Guia GDI passo-a-passo de como estabelecer uma Renda Vitalíca Guia GDI passo-a-passo de como estabelecer uma "Renda Vitalíca" Conteúdo Parabéns e Bem-Vindo!... 2 Porque você deve deixar o DVD fazer todo o trabalho... 3 Alguns Recursos Valiosos... 4 Gravação de marketing

Leia mais

Preparação da época de exames

Preparação da época de exames Preparação da época de exames Sugestões para os estudantes Imagem de http://jpn.icicom.up.pt/imagens/educacao/estudar.jpg A preparação para os Exames começa no início do Semestre O ritmo de exposição da

Leia mais

ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Nós, representantes democraticamente eleitos dos Parlamentos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné- Bissau, Moçambique, Portugal,

Leia mais

Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa A Universidade de Lisboa está a fazer um estudo que procura saber como é que as crianças e os jovens portugueses utilizam a internet e o que pensam

Leia mais