ESTADO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA GABINETE DO SECRETÁRIO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTADO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA GABINETE DO SECRETÁRIO"

Transcrição

1 ESTDO DE SERGIPE SECRETRI DE ESTDO D FZEND GBINETE DO SECRETÁRIO PORTRI Nº 365/ SEFZ, DE 13 DE JUNHO DE 2011 Disciplina a geração e guarda de arquivo digital por contribuinte usuário de equipamento emissor de cupom fiscal - ECF. O SECRETÁRIO DE ESTDO D FZEND DE SERGIPE, no uso das atribuições que lhe são conferidas nos termos do art. 90, inciso II, da Constituição Estadual; RESOLVE:rt. 1º O contribuinte usuário de equipamento Emissor de Cupom Fiscal - ECF fica obrigado a: I - disponibilizar, no Programa plicativo de ECF, a impressão de CNPJ/CPF do consumidor no Cupom Fiscal; II - gerar arquivo digital contendo informações relativas aos documentos emitidos pelo ECF e a identificação do: a) contribuinte usuário; b) equipamento ECF; c) Programa plicativo Fiscal - Emissor de Cupom Fiscal - PF-ECF; d) consumidor III - gravar o arquivo digital gerado em mídia ótica não regravável; IV conservar e manter sob sua guarda o arquivo digital gerado pelo prazo previsto no art. 173 do Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 10 de dezembro de 2002, para disponibilização ao fisco quando solicitado. 1º impressão do CNPJ/CPF do Consumidor no Cupom Fiscal que trata o inciso I, deve ser feita imediatamente acima da palavra CUPOM FISCL, para ECF s com Memória de Fita Detalhe e, na primeira linha do espaço para mensagem promocional, nos ECF s sem Memória de Fita Detalhe, conforme leiaute 5, do anexo V, do to Cotepe 43/04; 2º gravação do arquivo digital, conforme exigido no inciso III do caput deste artigo, será efetuada mensalmente, englobando informações compreendidas entre o primeiro e o último dia do mês correspondente. rt. 2 O arquivo digital, a que se refere o art. 1, deverá ser gerado a cada redução Z, e em se tratando de equipamento Emissor de Cupom Fiscal - ECF: I - com Memória de Fita-detalhe - MFD, conforme disposto no to Cotepe n 17, de 29 de março de 2004; II - sem Memória de Fita-detalhe - MFD, conforme leiaute constante no nexo I desta Portaria e conforme o disposto no art. 3 desta Portaria. 1 geração do arquivo digital, nos termos do inciso II do caput deste artigo (ECF sem MFD), deverá atender ainda, ao seguinte: I - o nome do arquivo deverá ter o formato FFM12345.DM, sendo: a) FF - a identificação do fabricante do ECF, conforme nexo II ; b) M - a identificação do modelo do ECF, conforme nexo III; c) os cinco últimos caracteres do número de fabricação do ECF; d) DM - a identificação do dia, mês e ano do movimento, codificados com números de 1 a 9 e letras de a Z, sendo que a letra corresponde ao número 10; II - no arquivo digital deverão constar os registros E00, E01, E02, E12, E13, E14, E15, E16, E21 e ED; III - deverá ser aplicada a função unidirecional MD5 - Message Digest n 5, uma única vez, em todo o arquivo digital, com exceção do registro ED, para fins de gerar um código que garanta a integridade do arquivo, o qual deverá ser assinado digitalmente, mediante uso do algoritmo RS de chave pública de 1024 bits, e informado no registro ED; IV - a alteração de dados no Registro de Fita-detalhe - RFD, a que se refere o inciso I do caput do art. 3, ou na base de dados utilizada pelo sistema integrado ao PF-ECF, conforme previsto no inciso II do caput do art. 3, deverá ser evidenciada nos registros do documento alterado, mediante substituição de brancos pelo caractere "?" no campo "modelo" dos registros E14 e E15 ou E16. com MFD): 2º Na hipótese do inciso I do caput deste artigo (ECF

2 I - o contribuinte deverá extrair diariamente do ECF o arquivo gerado a cada redução Z e conservá-lo em meio digital até que seja gravado o arquivo mensal de que trata o 2º do art. 1º desta portaria; II - em caso de dano no equipamento ECF que inviabilize a redução Z ou a geração e extração do respectivo arquivo digital, o contribuinte deverá, relativamente aos Cupons Fiscais emitidos no dia, gerar o arquivo digital com os Registros E00, E01, E02, E14, E15, E21 e ED, por meio de software adequado. rt. 3 Para atender ao disposto no inciso II do caput do art. 2 desta Portaria, o contribuinte usuário de ECF sem MFD poderá: I - gerar o Registro de Fita-detalhe - RFD no computador que envia comandos ao ECF, por meio da utilização de biblioteca desenvolvida pelo fabricante de ECF ou por PF-ECF que se comunica diretamente com a impressora fiscal; II - utilizar sistema integrado ao PF-ECF capaz de gerar arquivos que atendam às exigências do Sistema Integrado de Informações sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços - Sintegra, fazendo uso de sua base de dados para gerar o arquivo digital; III - digitalizar os dados da Fita-detalhe, se o equipamento utilizado for ECF do tipo Máquina Registradora - MR, Terminal Ponto de Venda - PDV ou Impressora Fiscal - IF comandada por micro terminal. 1 O Registro de Fita-detalhe - RFD, a que se refere o inciso I do caput deste artigo, é um arquivo digital, armazenado no disco rígido do computador, que contém dados de todos os documentos emitidos pelo ECF, a identificação do equipamento e de seu usuário. seguinte: 2º O Registro de Fita-detalhe - RFD deverá observar o I - deverá ser: a) criado um arquivo para cada dia de movimento do ECF; b) validado, por meio de código gerado por função unidirecional, de conhecimento exclusivo do desenvolvedor do RFD, para cada documento nele gravado; c) utilizado o caracter "#" na primeira posição da descrição do item, para fins de controle de item manufaturado pelo próprio contribuinte emitente; d) gerado arquivo digital, conforme estabelecido no art. 2 desta portaria, se acionado o comando para executar a redução Z; II - a alteração de um ou mais bytes do RFD não poderá invalidar todo o arquivo, mas somente o documento que teve seus bytes alterados; III - os dados de identificação do PF-ECF e de seu desenvolvedor deverão ser configurados em arquivo auxiliar pelo desenvolvedor. 3 Na hipótese da digitalização prevista do inciso III do caput deste artigo, caberá ao contribuinte usuário de ECF encontrar soluções para a digitalização das informações contidas na Fita-detalhe. rt. 4 obrigatoriedade de geração e guarda de arquivo digital prevista nesta Portaria deverá ser observada conforme cronograma constante no nexo IV.rt. 5 Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. racaju, 13 de junho de João ndrade Vieira da Silva Secretário de Estado da Fazenda

3 NEXO I (versão ) 1 - REGISTROS: Tipo: texto não delimitado; Tamanho: variável, acrescidos de CR/LF (Carriage Return/Line feed) ao final de cada registro; Organização: seqüencial; Codificação: SCII; 2 - FORMTO DOS CMPOS: Numérico (N): sem sinal, não compactado, alinhado à direita, suprimidos a vírgula e os pontos decimais, com as posições não significativas zeradas; lfanumérico (X): alinhado à esquerda, com as posições não significativas em branco; Data (D): somente os algarismos da data, no formato (MMDD); Hora (H): somente os algarismos da hora, no formato (HHMMSS); 3 - PREENCHIMENTOS DOS CMPOS Numérico: na ausência de informação, os campos deverão ser preenchidos com zeros; lfanumérico: na ausência de informação, os campos deverão ser preenchidos com brancos; Origem do dado: Memória Fiscal (MF), Memória de Fita-detalhe (MFD), Memória de Trabalho (MT), Redução Z (imagem de dados codificados impressa de acordo com o disposto na alínea "d" do inciso II da cláusula terceira do Convênio ICMS 85, de 28 de setembro de 2001); Data: na ausência de informação, os campos deverão ser preenchidos com brancos; Hora: na ausência de informação, os campos deverão ser preenchidos com brancos. 4 - ESTRUTUR DO RQUIVO: O arquivo compõe-se dos seguintes tipos de registros: Registro tipo E00 Identificação da Software House Registro tipo E01 Identificação do ECF; Registro tipo E02 Identificação do atual contribuinte usuário do ECF; Registro tipo E12 Relação de reduções Z; Registro tipo E13 Detalhe da Redução Z; Registro tipo E14 Cupom Fiscal, Nota Fiscal de Venda a Consumidor ou Bilhete de Passagem; Registro tipo E15 Detalhe do Cupom Fiscal, da Nota Fiscal de Venda a Consumidor ou do Bilhete de Passagem; Registro tipo E16 Demais documentos emitidos pelo ECF.

4 Registro tipo E21 Detalhe do Cupom Fiscal e Documento Não Fiscal Meio de Pagamento Registro ED ssinatura digital. 5 - MONTGEM DO RQUIVO: O conjunto de registros que compõem o arquivo obedecerá à ordem indicada no campo Tipo de Registro da tabela abaixo, e serão classificados de acordo com o campo Classificação da referida tabela. Tipo de RegistroNome do Registro E00 Identificação da Software House Classificação Denominação dos Campos de Classificação /D * 1º registro (único) - E01 Identificação do ECF 2º registro (único) E02 Identificação do atual contribuinte usuário do ECF 3º registro (único) Nº de fabricação Modelo E12 Relação de Reduções Z Nº do usuário CRZ CRO Nº de fabricação Modelo E13 Detalhe da Redução Z Nº do usuário CRZ Totalizador Nº de fabricação E14 Cupom Fiscal, Nota Fiscal de Venda a Consumidor ou Bilhete de Passagem Modelo Nº do usuário CCF, CVC ou CBP Nº de fabricação E15 Detalhe do Cupom Fiscal, Nota Fiscal de Venda a Consumidor ou Bilhete de Passagem Modelo Nº do usuário CCF, CVC ou CBP Nº do item Nº de fabricação E16 Demais documentos emitidos pelo ECF Modelo Nº do usuário COO Nº de fabricação E21 Detalhe do Cupom Fiscal e Documento Não Fiscal Meio de Pagamento Modelo Nº do usuário

5 COO, GNF ou CCF Meio de Pagamento ED ssinatura digital Último registro (único) - * indicação /D significa ascendente/descendente 6 - ESTRUTUR DOS REGISTROS: REGISTRO TIPO E00 IDENTIFICÇÃO D SOFTWRE HOUSE Nº Denominação do Campo Conteúdo Taman ho Posição Forma to 1 Tipo "E00" X 2 Número de fabricação 3 MF adicional 4 Número do usuário Número de fabricação do ECF Letra indicativa de MF adicional Número de ordem do usuário do ECF X X N 5 Tipo de ECF Tipo de ECF X 6 Marca do ECF Marca do ECF X 7 Modelo Modelo do ECF X 8 COO 9 Número do plicativo 10 CNPJ/CPF: 11 I.E: 12 I.M: Nome da Software House Nome do plicativo Versão do plicativo 16 Linha Linha 02 Nº do Contador de Ordem de Operação 6 relativo à troca de N plicativo Número de Ordem do plicativo CNPJ/CPF da Software House ou Desenvolvedor utônomo I.E: da Software House I.M: da Software House Nome comercial (razão social / denominação) do Software House Nome do plicativo 40 Versão do plicativo 10 Dados do Programa plicativo Dados do Programa plicativo N N N N X X X X X OBSERVÇÕES Campo 04: O número do usuário deverá ser iniciado por 01 para o primeiro usuário cadastrado na MF, incrementado de uma unidade para os demais usuários, se for o caso Campo 10: Deverá ser informado o número do CNPJ caso o desenvolvedor do PF-ECF seja pessoa jurídica, ou número do CPF no caso de desenvolvedor autônomo Campos 8, 9, 16 e 17 devem ser informados em branco ou zerados, conforme seu formato REGISTRO TIPO E01 - IDENTIFICÇÃO DO ECF Nº Denominação do Campo Conteúdo Tamanho Posição Formato 01 Tipo do registro "E01" X 02 Número de fabricação Nº de fabricação do ECF X

6 03 MF adicional Letra indicativa de MF adicional X 04 Tipo do ECF Tipo do ECF X 05 Marca Marca do ECF X 06 Modelo Modelo do ECF X Versão atual do 07 Versão do SB Software Básico do X ECF gravada na MF Data da gravação 08 Data da na MF da versão do 08 gravação do SB SB a que se refere D o campo Hora da gravação Hora da na MF da versão do 06 gravação do SB SB a que se refere H o campo Número Seqüencial do ECF CNPJ do usuário Comando de geração 13 CRZ inicial 14 CRZ final 15 Data Inicial 16 Data final Versão da biblioteca Versão do to/cotepe Nº de ordem seqüencial do ECF 03 no estabelecimento N usuário CNPJ do estabelecimento N usuário do ECF Código do comando utilizado para gerar 03 o arquivo, conforme X tabela abaixo Contador de Reduções Z do início do período a N ser capturado Contador de Reduções Z do final 06 do período a ser N capturado Data do Início do período a ser D capturado Data do fim do período a ser D capturado Versão da biblioteca do fabricante do 08 ECF geradora deste X arquivo Versão do to/cotepe X OBSERVÇÕES: Deve ser criado somente um registro tipo E01 para cada arquivo; Campo 11: Informar somente os caracteres relativos aos dígitos do número, sem máscaras de edição; Campo 12: Informar o código do comando a partir do qual o programa aplicativo gerou o arquivo, conforme a tabela abaixo: Função/Comando Geração do arquivo a partir de biblioteca de comandos do fabricante de ECF Geração do arquivo a partir de PF-ECF Geração do arquivo por outro meio que não os especificados anteriormente Código RFD PL LT Campo 13 ao Campo 16: Deverão ser informados valores gravados nas memórias, dentro do intervalo mencionado Campo 17: Deve ser preenchido com o formato NN.NN.NN, sendo: a) o primeiro e o segundo dígitos devem ser incrementados de uma unidade, a partir do valor inicial 01 (zero um), sempre que houver atualização da versão por motivo de mudança na legislação;

7 b) o terceiro e o quarto dígitos devem ser incrementados de uma unidade, a partir do valor inicial 00 (zero zero), sempre que houver atualização da versão por motivo de correção de defeito; c) os dois últimos dígitos podem ser utilizados livremente, a partir do valor inicial 00 (zero zero), excluídas as situações previstas nas alíneas anteriores Campo 18: Deve ser preenchido com o formato INSEF... NN.NN.NN: a) o primeiro e o segundo dígitos devem ser incrementados de uma unidade, a partir do valor inicial 01 (zero um), sempre que houver atualização da versão por motivo de mudança na legislação; b) o terceiro e o quarto dígitos devem ser incrementados de uma unidade, a partir do valor inicial 00 (zero zero), sempre que houver atualização da versão por motivo de correção de defeito; c) os dois últimos dígitos podem ser utilizados livremente, a partir do valor inicial 00 (zero zero), excluídas as situações previstas nas alíneas anteriores REGISTRO TIPO E02 IDENTIFICÇÃO DO TUL CONTRIBUINTE USUÁRIO DO ECF Nº Denominação do Campo Conteúdo Taman Posição Format ho o 01 Tipo "E02" X 02 Número de fabricação 03 MF adicional Nº de fabricação do ECF Letra indicativa de MF adicional X X 04 Modelo Modelo do ECF X 05 CNPJ CNPJ do estabelecimento usuário do ECF N 06 Inscrição Estadual 07 Nome do Contribuinte 08 Endereço Data do cadastro Hora do cadastro CRO (Contador de Reinício de Operação) GT (Totalizador Geral) Número do usuário Inscrição Estadual do estabelecimento usuário X Nome comercial (razão social / denominação) 40 do contribuinte usuário X do ECF Endereço do estabelecimento X usuário do ECF Data do cadastro do usuário no ECF D Hora do cadastro do usuário no ECF H Valor do CRO relativo ao cadastro do usuário N no ECF Valor acumulado no GT, com duas casas N decimais. Nº de ordem do usuário 02 do ECF N OBSERVÇÕES: Deve ser criado somente um registro tipo E02 para cada arquivo, contendo os dados relativos ao atual estabelecimento usuário do ECF; Campos 05 e 06: Informar somente os caracteres relativos aos dígitos do número, sem máscaras de edição; Campo 07: Deverá conter os primeiros 40 (quarenta) caracteres do nome do contribuinte usuário do ECF; Campo 08: Deverá conter os primeiros 120 (cento e vinte) caracteres do endereço do estabelecimento usuário do ECF;

8 Campo 13: O número do usuário deverá ser iniciado por 01 para o primeiro usuário cadastrado na MF, incrementado de uma unidade para os demais usuários, se for o caso REGISTRO TIPO E12 - RELÇÃO DE REDUÇÕES Z Nº Denominação do Campo Conteúdo Taman ho Posição Format o 01 Tipo "E12" X 02 Número de fabricação 03 MF adicional Nº de fabricação do ECF Letra indicativa de MF adicional X X 04 Modelo Modelo do ECF X 05 Número do usuário 06 CRZ 07 COO 08 CRO Data do movimento Data de emissão Hora de emissão Venda Bruta Diária Incidência de Desconto ISSQN Nº de ordem do usuário do ECF relativo à respectiva Redução Z N Nº do Contador de Redução Z relativo à N respectiva redução Nº do Contador de Ordem de Operação relativo à respectiva N Redução Z Nº do Contador de Reinício de Operação relativo à respectiva N Redução Z Data das operações relativas à respectiva D Redução Z Data de emissão da Redução Z D Hora de emissão da Redução Z H Valor acumulado neste totalizador relativo à respectiva Redução Z, N com duas casas decimais. Informar "S" ou "N", conforme tenha ocorrido ou não,a X parametrização para o desconto em ISSQN OBSERVÇÕES: Deve ser criado um registro tipo E12 para cada Redução Z emitida pelo ECF; CMPO 07: informar somente no caso de ECF homologado ou registrado com base nos Convênios ICMS 50/00 ou 85/01; nos demais casos, preencher com zeros; Campo 08: o CRO informado deve refletir a posição deste contador no momento da emissão da respectiva Redução Z Campo 13: Deverá ser preenchido com "S", no caso de incidir desconto no totalizador de ISSQN ou "N", no caso se não incidir REGISTRO TIPO E13 - DETLHE D REDUÇÃO Z Nº Denominação do Campo Conteúdo Tama nho Posição Forma to 01 Tipo "E13" X Número de 02 fabricação Nº de fabricação do ECF X 03 MF adicional Letra indicativa de MF adicional X 04 Modelo Modelo do ECF X 05 Número do Nº de ordem do usuário do N

9 usuário 06 CRZ 07 Totalizador Parcial 08 Valor acumulado ECF Nº do Contador de Redução Z relativo à respectiva N redução Código do totalizador conforme tabela abaixo X Valor acumulado no totalizador, relativo à 13 respectiva Redução Z, com N duas casas decimais OBSERVÇÕES: Deve ser criado um registro tipo E13 para cada totalizador parcial identificado na tabela abaixo e constante na Redução Z emitida pelo ECF; Campo 07: Tabela de Códigos dos Totalizadores Parciais: Código Nome do Totalizador Conteúdo do Totalizador xxtnnnn Tributado ICMS xxsnnnn Tributado ISSQN Valores de operações tributadas pelo ICMS, onde xx representa o número seqüencial do totalizador cadastrado no ECF e nnnn representa a alíquota efetiva do imposto com duas casas decimais. Exemplo: Exemplo: 01T1700 (totalizador 01 com alíquota de 17,00% de ICMS) Valores de operações tributadas pelo ISSQN, onde "xx" representa o número seqüencial do totalizador cadastrado no ECF e "nnnn" representa a alíquota efetiva do imposto com duas casas decimais. Exemplo: 02S0500 (totalizador 02 com alíquota de 5,00% de ISSQN) Fn In Nn FSn Isn NSn OPNF DT DS T S Can-T Can-S Valores de operações sujeitas ao ICMS, Substituição tributadas por Substituição Tributária, onde Tributária ICMS n representa o número do totalizador. Valores de operações Isentas do ICMS, Isento ICMS onde n representa o número do totalizador. Não-incidência ICMS Substituição Tributária ISSQN Isento ISSQN Não-incidência ISSQN Operações Não Fiscais Valores de operações com Não Incidência do ICMS, onde n representa o número do totalizador. Valores de operações sujeitas ao ISSQN, tributadas por Substituição Tributária, onde n representa o número do totalizador. Valores de operações Isentas do ISSQN, onde n representa o número do totalizador. Valores de operações com Não Incidência do ISSQN, onde n representa o número do totalizador. Somatório dos valores acumulados nos totalizadores relativos às Operações Não Fiscais registradas no ECF. Valores relativos a descontos incidentes Desconto ICMS sobre operações sujeitas ao ICMS Desconto ISSQN créscimo ICMS créscimo ISSQN Cancelamento ICMS Cancelamento ISSQN Valores relativos a descontos incidentes sobre operações sujeitas ao ISSQN Valores relativos a acréscimos incidentes sobre operações sujeitas ao ICMS Valores relativos a acréscimos incidentes sobre operações sujeitas ao ISSQN Valores das operações sujeitas ao ICMS, canceladas. Valores das operações sujeitas ao ISSQN, canceladas REGISTRO TIPO E14 - CUPOM FISCL, NOT FISCL DE VEND CONSUMIDOR E BILHETE DE PSSGEM Nº Denominação Conteúdo Taman Posição Format

10 do Campo ho o 01 Tipo "E14" X 02 Número de fabricação 03 MF adicional Nº de fabricação do ECF Letra indicativa de MF adicional X X 04 Modelo Modelo do ECF X Número do usuário CCF, CVC ou CBP, conforme o documento emitido COO (Contador de Ordem de Operação) Data de início da emissão Subtotal do Documento Nº de ordem do usuário N do ECF Nº do contador do respectivo documento emitido Nº do COO relativo ao respectivo documento Data de início da emissão do documento 08 Valor total do documento, com duas casas decimais N N D N Valor do desconto ou Percentual aplicado Desconto sobre o valor do N sobre subtotal subtotal do documento, com duas casas decimais. Indicador do Informar V para valor Tipo de monetário ou P para X Desconto percentual sobre subtotal Valor do acréscimo ou Percentual aplicado créscimo sobre o valor do N sobre subtotal subtotal do documento, com duas casas decimais. Indicador do Informar V para valor Tipo de monetário ou P para X créscimo percentual sobre subtotal Valor Total Líquido Valor total do Cupom Fiscal após desconto/acréscimo, com duas casas decimais. Informar "S" ou "N", conforme tenha Indicador de ocorrido ou não, o Cancelamento cancelamento do documento. Cancelamento de créscimo no Subtotal Ordem de aplicação de Desconto e créscimo Nome do adquirente CPF/CNPJ do adquirente N X Valor do cancelamento de acréscimo no N subtotal Indicador de ordem de aplicação de desconto/acréscimo em Subtotal. D ou caso X tenha ocorrido primeiro desconto ou acréscimo, respectivamente Nome do Cliente X CPF ou CNPJ do cliente (somente números) N OBSERVÇÕES: Deve ser criado um registro tipo E14 para cada Cupom Fiscal, Nota Fiscal de Venda a Consumidor ou Bilhete de Passagem emitido pelo ECF; não deve ser criado registro relativo a documento para cancelamento de documento anterior (vide item ); Campo 09: Não informar este campo caso ocorra o cancelamento do Cupom Fiscal em emissão antes da impressão da

11 totalização do documento Campo 14: Não informar este campo caso ocorra o cancelamento do Cupom Fiscal em emissão antes da impressão da totalização do documento Campo 15: caso tenha ocorrido o cancelamento do documento durante sua emissão ou imediatamente após por meio da emissão de documento para cancelamento de documento anterior, informar "S", caso contrário, informar "N" REGISTRO TIPO E15 - DETLHE DO CUPOM FISCL, D NOT FISCL DE VEND CONSUMIDOR OU DO BILHETE DE PSSGEM Nº Denominação do Campo Conteúdo Tama nho Posição Format o 01 Tipo "E15" X 02 Número de fabricação 03 MF adicional Número de fabricação do ECF Letra indicativa de MF adicional X X 04 Modelo Modelo do ECF X Número do usuário COO (Contador de Ordem de Operação) CCF, CVC ou CBP, conforme o documento emitido Número de ordem do usuário do ECF Número do COO relativo ao respectivo documento Número do contador do respectivo documento emitido Número do item 08 Número do item registrado no documento 09 Código do Produto ou Serviço 10 Descrição 11 Quantidade N N N N Código do produto ou serviço registrado no documento. Descrição do produto ou serviço constante no Cupom Fiscal Quantidade comercializada, sem a separação das casas decimais X Unidade Unidade de medida Valor unitário do 13 Valor unitário produto ou serviço, sem a separação das casas 3 decimais. 14 Desconto sobre item 15 créscimo sobre item 16 Valor total líquido 17 Totalizador parcial 18 Indicador de cancelamento 19 Quantidade cancelada Valor do desconto incidente sobre o valor do item, com duas casas decimais. Valor do acréscimo incidente sobre o valor do item, com duas casas decimais. Valor total líquido do item, com duas casas decimais Código do totalizador relativo ao produto ou serviço conforme tabela 0 abaixo. Informar "S" ou "N", conforme tenha ocorrido ou não, o cancelamento total do item no documento. Informar "P" quando ocorrer o cancelamento parcial do item. Quantidade cancelada, no caso de cancelamento parcial de item, sem a separação X N X N N N N X X N

12 das casas decimais. Valor cancelado, no 20 Valor cancelado caso de cancelamento parcial de item. 21 Cancelamento de acréscimo no item Valor do cancelamento de acréscimo no item Indicador de rredondamento ou Indicador de Truncamento relativo à rredondament regra de cálculo do 22 o ou valor total líquido do 5 Truncamento item, sendo T para (IT) truncamento ou para arredondamento Parâmetro de número Casas decimais de casas decimais da da quantidade quantidade Parâmetro de número Casas decimais de casas decimais de de valor unitário valor unitário N N X N N OBSERVÇÕES: Deve ser criado um registro tipo E15 para cada item (produto ou serviço) registrado no documento emitido pelo ECF; Campo 10 - Deve conter os primeiros cem caracteres da descrição do produto ou serviço constante no documento; Campo 17 - Vide tabela do subitem ; Campo 19 - Informar a quantidade cancelada somente quando ocorrer o cancelamento parcial do item; Campo 20 - Informar o valor cancelado somente quando ocorrer o cancelamento parcial do item; Campo 23: Informar o número de casas decimais da quantidade comercializada; Campo 24: Informar o número de casas decimais do valor unitário do produto ou serviço REGISTRO TIPO E16 - DEMIS DOCUMENTOS EMITIDOS PELO ECF Nº Denominação do Campo Conteúdo Taman ho Posição Forma to 01 Tipo E X 02 Número de fabricação 03 MF dicional Número de fabricação do ECF Letra indicativa de MF adicional X X 04 Modelo Modelo do ECF X Número do usuário COO (Contador de Ordem de Operação) GNF (Contador Geral de Operação Não Fiscal) GRG (Contador Geral de Relatório Gerencial) CDC (Contador de Comprovante de Crédito ou Débito) CRZ (Contador de Redução Z) Número de ordem do usuário do ECF Número do COO relativo ao respectivo documento N N Número do GNF relativo ao respectivo documento, quando houver N Número do GRG relativo ao respectivo documento (vide item ) Número do CDC relativo ao respectivo documento (vide item ) N N Número do CRZ relativo N ao respectivo

13 11 Denominação Data final de emissão Hora final de emissão documento (vide item ) Símbolo referente à denominação do documento fiscal, conforme tabela abaixo X Data final de emissão D Hora final de emissão, no formato hh:mm:ss H OBSERVÇÕES: Deve ser criado um registro tipo E16 para cada documento emitido, exceto para os documentos fiscais informados no registro tipo E14; Campo 08 - Informar apenas no caso de Relatório Gerencial; Campo 09 - Informar apenas no caso de Comprovante Crédito ou Débito; Campo 10 - Informar apenas no caso de Redução Z; Campo 11 - Tabela de símbolos dos demais documentos emitidos pelo ECF: Documento Leitura da Memória Fiscal Redução Z Leitura X Conferência de Mesa Registro de Venda Comprovante de Crédito ou Débito Comprovante Não-Fiscal Comprovante Não-Fiscal Cancelamento Relatório Gerencial Símbolo MF RZ LX CM RV CC CN NC RG REGISTRO TIPO E21 DETLHE DO CUPOM FISCL E DOCUMENTO NÃO FISCL - MEIO DE PGMENTO Nº Denominação do Campo Conteúdo Taman ho Posição Formato 01 Tipo "E21" X 02 Número de fabricação 03 MF adicional Número de fabricação do ECF Letra indicativa de MF adicional X X 04 Modelo Modelo do ECF X Número do usuário COO (Contador de Ordem de Operação) 07 CCF 08 GNF 09 Meio de pagamento 10 Valor pago 11 Indicador de estorno Número de ordem do usuário do ECF N Número do COO relativo ao respectivo Cupom Fiscal ou Comprovante Não Fiscal N Número do Contador de Cupom Fiscal 06 relativo ao respectivo N Cupom Fiscal emitido Número do Contador Geral Não Fiscal relativo ao respectivo N Comprovante Não Fiscal emitido Descrição do totalizador parcial de X meio de pagamento Valor do pagamento efetuado, com duas N casas decimais Informar "S" ou "N", conforme tenha X

14 ocorrido ou não, o estorno do pagamento, ou P para estorno parcial do pagamento Valor do estorno 12 Valor estornado efetuado, com duas casas decimais N OBSERVÇÕES: Deve ser criado um registro tipo E21 para cada pagamento efetuado no respectivo Cupom Fiscal ou Comprovante Não Fiscal, inclusive quando houver posterior estorno do mesmo, podendo resultar em novo registro E21 com o meio de pagamento efetivado em substituição REGISTRO TIPO ED - SSINTUR DIGITL Nº Denominação do Campo Tipo do 01 registro 02 ssinatura digital Conteúdo Tamanh Posição Format o o "ED" X ssinatura do Hash X OBSERVÇÕES: Os seguintes passos devem ser seguidos para gerar a ssinatura digital: plicar a função unidirecional MD5 uma única vez em todo o arquivo, com exceção do registro ED. O resultado será um código de 128 bits, ou 16 caracteres SCII, correspondendo a um número hexadecimal de 32 dígitos. Deverá ser utilizado nos cálculos o número hexadecimal, considerando-o como um único bloco Criar uma chave privada de 1024 bits, equivalente a um número hexadecimal de 256 dígitos Criptografar o código hexadecimal gerado no item , utilizando a chave do item , pelo algoritmo RS de chave pública. O resultado dessa critptografia, um número hexadecimal com até 256 dígitos, deverá ser informado no campo ssinatura digital. NEXO II Marca BLZE OKI PB STICK BEMTECH BETH CHRONOS CORISCO DRUM UTOMCO DTREGIS DIGIRTE DIGIST DISMC EGLE ELGIN EPSON GENERL Código (FF) O PB S BE BT CH CO DR DT D DS DI E EL EP GE

15 IBM ICSH INTERWY IONICS ITUTEC MECF NCR PERCEPTION PERTO PROCOMP QULID QUTRO ROBOMRKE T ROR SCHLTER SID SIGTRON SOND SWED TERMOPRINT ER TRENDS UNIGRPH UNISYS URNO YNCO ZNTHUS ZPM IB IC IN IO IP ME NC PC PE PR QL QT RB RR SC SD SG SI SW TP TR UG UN UR Y ZT ZP Marca Modelo NEXO III Código (M) OKI OKI 1E 1 STICK STICK STICK STICK L 2 BEMTECH ECF-IF MP-20 FI 1 BEMTECH ECF-IF MP-20 FI R 2 BEMTECH ECF-IF MP-40 FI 3 BEMTECH KIT ECF-IF MP-30 FI 4 BEMTECH MP-20 FI II ECF-IF 6 BEMTECH MP-20 FI II R ECF-IF 7 BEMTECH MP-40 FI II ECF-IF 8 BEMTECH MP-40 FI II R ECF-IF 9 BEMTECH MP/20 FI II ECF-IF BETH BETH 2E 1 CHRONOS CHRONOS-250 1E 1 CHRONOS CHRONOS-270 2E 2 CHRONOS MULTI CORISCO ECF-IF CT7000-V1 1

16 CORISCO ECF-IF CT7000V3 2 DRUM UTOMCO ECF-IF FS DRUM UTOMCO ECF-IF FS DRUM UTOMCO FS DRUM UTOMCO FS DRUM UTOMCO PRINT PLUS FS DTREGIS 1Q 1 DTREGIS 300-EP 2 DTREGIS 375-EP 3 DTREGIS 950-EP 4 DTREGIS DT DTREGIS IF/1 6 DTREGIS IF/1N 7 DTREGIS IF/2 8 DIGIRTE DIGIRTE 1 1 DIGIRTE DIGIRTE 1E 2 DIGIST 1E 1 DISMC 2001-II 1 EGLE PRINTER 2000 ECF-IF 1 EGLE EGLE PRINTER 2000 II ECF- IF 2 PRINTER 2000 II R ECF-IF 3 EGLE PRINTER 2001 ECF-IF 4 EGLE PRINTER 2002 II 5 EGLE PRINTER 2002 II ECF- IF 6 ELGIN ECF IF 400 2E 1 ELGIN ECF IF 500 1E 2 GENERL ECF-IF GP IBM BM 1 IBM BS 2 IBM ECF-IF FB 3 IBM IB 20 FI II ECF-IF 4 IBM IB 40 FI II ECF-IF 5 IBM IB-20 FI II R ECF-IF 6 IONICS IONICS 1E 1 ITUTEC KIT ECF-IF/1E 1 ITUTEC KIT POS 4000 ECF- IF/1E 2 ITUTEC KIT POS 4000 ECF- IF/3E 3 ITUTEC POS E 4 ITUTEC POS E 5 ITUTEC POS 4000 ECF-IF/1E 6 ITUTEC POS 4000 ECF-IF/1E BR 7

17 ITUTEC POS 4000 ECF-IF/3E 8 ITUTEC POS 4000 ECF-IF/3E BR 9 ITUTEC POS ECF IF/2E M ITUTEC POS4000 ECF-IF/1E II B ITUTEC POS4000 ECF-IF/3E II C MECF ECF 1E MECF ECF MECF MECF COMPCT FCR 3 NCR ECF-IF 72EPS-01 1 NCR ECF-IF 72EPS-02 2 NCR ECF-IF NCR ECF-IF NCR ECF-IF PROCOMP ECF PROCOMP ECF PROCOMP ECF PROCOMP ECF QULID CSH TOP ECF-IF 1 QUTRO ESY PF 1 QUTRO ESY IIF 2 QUTRO ECF-IF ESY PF 3 ROBOMRKET RM 1 1 ROR IF ROR 1E 1 SCHLTER D PRINT 1 SCHLTER D PRINT ECF 2 SCHLTER ECF IF SCFI 1E 3 SCHLTER S PRINT 4 SCHLTER T PRINT 5 SCHLTER T PRINT-ECF 6 SID SID SID SID SID SIGTRON FS SIGTRON FS SIGTRON FS367 3 SIGTRON PRINT PLUS- FS SIGTRON PRINT PLUS-FS SIGTRON PRINT PLUS-FS SIGTRON PRINT PLUS-FS 200 G 7 SIGTRON PRINT PLUS-FS SIGTRON PRINT PLUS-FS SIGTRON PRINT PLUS-FS 300 SIGTRON PRINT PLUS-FS 315 B SIGTRON PRINT PLUS-FS 320 C SIGTRON PRINT PLUS-FS 335 D SIGTRON PRINT PLUS-FS 350 E

18 SIGTRON PRINT PLUS-FS 365 F SIGTRON PRINT PLUS-FS 370 G SIGTRON PRINT PLUS-FS 395 H SWED IF S-7000 III 1 SWED IF S-7000I 2 SWED IF S-7000IE 3 SWED IF S-7000II 4 SWED IF S-9000I 5 SWED IF S-9000IE 6 SWED IF S-9000II 7 SWED IF S-9000IIE 8 SWED IF S-9000IIIE 9 TRENDS TRENDS 1.0 E 1 UNIGRPH UN-FI 1 UNIGRPH UN-FI 2E 2 UNISYS BR 1002-ECF 1 UNISYS BR-20 IF2 ECF-IF 2 UNISYS BR-40 IF2 ECF-IF 3 UNISYS BR400-IF ECF-IF 4 UNISYS BRB 375 ECF-IF 5 UNISYS ECF-IF BR401-IF 6 URNO ECF-IF URNO/1EFREST 1 URNO ECF-IF URNO/2EFCR 2 URNO KIT URNO/2EFC 3 URNO URNO/1EFC 4 URNO URNO/2EFC 5 URNO URNO/2EFE 6 URNO ZPM/1EF 7 YNCO ECF-IF YNCO YNCO ECF-IF YNCO ZNTHUS 1e 1 ZNTHUS 2E-ECF 2 ZNTHUS ECF-IF QZ ZNTHUS IZ 11-ECF 4 ZNTHUS IZ 21-ECF 5 ZNTHUS IZ10-ECF 6 ZNTHUS IZ20-ECF 7 ZNTHUS IZ22 8 ZNTHUS IZ41-ECF 9 ZNTHUS IZ51 ZNTHUS QZ 1001 B ZNTHUS QZ1000 C ZNTHUS QZ2000 D ZPM ZPM/1EF 1 ZPM ZPM/2EFC 2

19 ITEM MRC MODELO CODIGO 1 BLZE S BLZE PB MSD 6600 IF 1 4 BEMTECH ECF-IF MP-50 FI B 5 BEMTECH KIT ECF-IF FM-20 FI C 6 BEMTECH MP-20 FI DUL ECF-IF D 7 BEMTECH MP-2000 TH FI F 8 BEMTECH MP-2100 TH FI G 9 BEMTECH MP-25 FI H 10 BEMTECH MP-50 FI I 11 BEMTECH MP-6000 TH FI J 12 BEMTECH MP-20 FI L 13 BEMTECH MP-20 FI R M 14 BEMTECH MP-40 FI N 15 BEMTECH MP-20 FI II O 16 BEMTECH MP-20 FI II R P 17 BEMTECH MP-40 FI II Q 18 BEMTECH MP-40 FI II R R 19 BEMTECH MP-7000 TH FI S 20 BEMTECH BR 40 IF2 ECF IF U 21 BEMTECH MP 4000 TH FI T 22 BEMTECH MP 3000 TH FI 5 23 BEMTECH MP 6100 TH FI V 24 BEMTECH MCH 3 X 25 CHRONOS CC CHRONOS CHRONOS-260 1E 5 27 CORISCO KIT ECF-IF CT7000 V CORISCO KIT ECF-IF CT7000 V2B 4 29 CORISCO KIT ECF-IF CT7000 V2C 5 30 CORISCO KIT ECF-IF CT7000 V2D 6 31 CORISCO KIT ECF-IF CT7000 V2E 7 32 CORISCO KIT ECF-IF CT7000V DRUM UTOMCO DRUM UTOMCO DRUM UTOMCO ECF-PDV FS FS2100T 7 FS DRUM UTOMCO FS600 USB F 37 DRUM UTOMCO FS700 H 9 38 DRUM UTOMCO FS700 L

20 39 DRUM UTOMCO FS700 M B 40 DRUM UTOMCO MCH 1 C 41 DRUM UTOMCO MCH 2 D 42 DRUM UTOMCO MRH 3 E 43 DTREGIS 3202DT 9 44 DTREGIS 6000EP 45 DTREGIS 675EP B 46 DTREGIS BBY C 47 DTREGIS DT12000 D 48 DTREGIS ECF/PDV DT12000 TEF E 49 DTREGIS ECF-MR DT 560 F 50 DTREGIS Lite G 51 DTREGIS 675-EP H 52 DTREGIS ECF PDV DT12000 I 53 DTREGIS MT100 J 54 DIGIRTE 2E 3 55 EGLE PRINTER 2000 II MFD 7 56 ELGIN ECF IF 400 1E-EP 3 57 ELGIN ECF-IF 600-2E-OL 4 58 ELGIN ECF-MR S 5 59 ELGIN ECF-MR S ELGIN ECF-MR S 7 61 ELGIN ECF-MR 800-S 8 62 ELGIN ECF-MR 800S ELGIN ELGIN FIT 64 ELGIN FX7 B 65 ELGIN IF 6000TH C 66 ELGIN X5 D 67 EPSON TM-H6000 FB 1 68 EPSON TM-H6000 FBII 2 69 EPSON TM-T81 FBII 3 70 EPSON TM-T88 FB 4 71 EPSON TM-T88 FBII 5 72 EPSON TM T88 FBIII 6 73 EPSON TM T81 FBIII 7 74 EPSON H6000 FBIII 8 75 GENERL ECF-MR G GENERL G GENERL G GENERL G-910E 5 79 GENERL G GENERL G-930E 7 81 GENERL G

PORTARIA CAT- 60, de 28-6-2007

PORTARIA CAT- 60, de 28-6-2007 PORTRI CT- 60, de 28-6-2007 de 18 3/7/2007 11:36 PORTRI CT- 60, de 28-6-2007 (DOE 29/06/2007) ltera a Portaria CT-52/07, de 6-6-2007, que dispõe sobre geração e guarda de arquivo digital por contribuinte

Leia mais

Portaria CAT- 52, de 6-6-2007

Portaria CAT- 52, de 6-6-2007 Portaria CT- 52, de 6-6-2007 Page 1 of 18 Portaria CT- 52, de 6-6-2007 (DOE 07/06/2007) Dispõe sobre geração e guarda de arquivo digital por contribuinte usuário de equipamento Emissor de Cupom Fiscal

Leia mais

Portaria CAT- 52, de 6-6-2007

Portaria CAT- 52, de 6-6-2007 Portaria CT- 52, de 6-6-2007 (DOE 07-06-2007) Com as alterações das Portarias CT-95/07, de 28-09-2007 (DOE 29-09-2007), CT-122/07, de 20-12-2007 (DOE 21-12-2007), e CT- 107/08, de 25-08-2008 (DOE 26-08-2008).

Leia mais

ATO COTEPE/ICMS N 17, DE 29 DE MARÇO DE 2004

ATO COTEPE/ICMS N 17, DE 29 DE MARÇO DE 2004 TO COTEPE/ICMS N 17, DE 29 DE MRÇO DE 2004 Publicado no DOU de 30.03.04. Vide tos COTEPE/ICMS 43/05, 46/06, 08/07, 05/08, 26/08, 10/09, que alteram o presente to. (não sistematizado) Dispõe sobre as especificações

Leia mais

NOTA FISCAL PAULISTA

NOTA FISCAL PAULISTA NOTA FISCAL PAULISTA Página 1 Índice O que é Nota Fiscal Paulista...03 Arquivo de Notas Fiscais (Cat85/102)...06 Arquivo de Cupons Fiscais (Cat52)...12 Página 2 1. O que é Nota Fiscal Paulista? É um projeto

Leia mais

TABELA NACIONAL DE CÓDIGOS DE IDENTIFICAÇÃO DE ECF - Página: 1

TABELA NACIONAL DE CÓDIGOS DE IDENTIFICAÇÃO DE ECF - Página: 1 TABELA NACIONAL DE CÓDIGOS DE IDENTIFICAÇÃO DE ECF - Página: 1 01 01 01 ECF-IF AOKI AOKI 1E FCP-402 1 0 NAO NAO ATO 067/00 9999999999 01 01 02 ECF-IF AOKI AOKI 1E FCP-500 1 0 NAO NAO ATO 036/01 9999999999

Leia mais

ATO COTEPE/ICMS N 10, DE 9 DE MAIO DE 2003

ATO COTEPE/ICMS N 10, DE 9 DE MAIO DE 2003 Ministério da Fazenda Conselho Nacional de Política Fazendária ATO COTEPE/ICMS N 10, DE 9 DE MAIO DE 2003 Dispõe sobre as especificações técnicas para geração do arquivo eletrônico a que se refere a alínea

Leia mais

TABELA NACIONAL DE CÓDIGOS DE IDENTIFICAÇÃO DE ECF - Página: 1 - Emissão: 15/03/2011-19:27:30

TABELA NACIONAL DE CÓDIGOS DE IDENTIFICAÇÃO DE ECF - Página: 1 - Emissão: 15/03/2011-19:27:30 TABELA NACIONAL DE CÓDIGOS DE IDENTIFICAÇÃO DE ECF - Página: 1 - Emissão: 15/03/2011-19:27:30 01 01 01 ECF-IF AOKI AOKI 1E FCP-402 1 0 N N ATO 067/00 9999999999 01 01 02 ECF-IF AOKI AOKI 1E FCP-500 1 0

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Perguntas Técnicas mais Freqüentes (FAQ Técnico)

Nota Fiscal Paulista. Perguntas Técnicas mais Freqüentes (FAQ Técnico) Nota Fiscal Paulista Perguntas Técnicas mais Freqüentes (FAQ Técnico) Versão 1.3 30/07/2010 Índice Analítico 1. Objetivo deste Documento 3 2. Envio de arquivo de Notas Fiscais Modelo 1 4 2.1 Arquivo validado

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Perguntas Técnicas mais Freqüentes (FAQ Técnico)

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Perguntas Técnicas mais Freqüentes (FAQ Técnico) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA Nota Fiscal Paulista Perguntas Técnicas mais Freqüentes (FAQ Técnico) Versão 1.3 30/07/2010 Índice Analítico 1. Objetivo deste

Leia mais

Índice Procedimentos comuns a todas ecf s Procedimentos comuns a todas ecf s - Retaguarda Procedimentos comuns a todas ecf s - Pdv Dll

Índice Procedimentos comuns a todas ecf s Procedimentos comuns a todas ecf s - Retaguarda Procedimentos comuns a todas ecf s - Pdv Dll Guia de configuração para impressoras fiscais Versão 2.09 Ultima revisão 19/04/2012 Índice Procedimentos comuns a todas ecf s... 3 Na impressora fiscal... 3 Procedimentos comuns a todas ecf s - Retaguarda...

Leia mais

Qtde Lacres Externos SL. Qtde Lacres Ext Fab. MFD Lacre MFD

Qtde Lacres Externos SL. Qtde Lacres Ext Fab. MFD Lacre MFD CNIEE Tipo Marca Modelo Versão SB Qtde Lacres Externos SL Qtde Lacres Ext Fab MFD Lacre MFD Ato Ato MG Formato do Num. De Fabricação 010101 ECF-IF AOKI AOKI 1E FCP-402 1 0 N N ATO 067/00 00190-2 9999999999

Leia mais

CARTILHA DO ECF Janeiro de 2010

CARTILHA DO ECF Janeiro de 2010 CARTILHA DO ECF Janeiro de 2010 Índice Introdução... 1 O que é o ECF?... 1 Quem está obrigado a utilizar o ECF?... 1 Quais vantagens da utilização de um ECF?... 1 A Memória de Fita-Detalhe... 2 A Memória

Leia mais

RAZÃO SOCIAL E-MAIL TELEFONE MUNICIPIO

RAZÃO SOCIAL E-MAIL TELEFONE MUNICIPIO MARCA: BEMATECH MP-20 FI MP-20 FI II MP-20 FI II R MP-20 FI R MP-2000 TH FI MP-2100 TH FI MP-25 FI MP-3000 TH FI MP-40 FI MP-40 FI II MP-4000 TH FI MP-4200 TH FI MP-50 FI MP-6000 TH FI MP-7000 TH FI BEMATECH

Leia mais

NOTA FISCAL PAULISTA PHOENIX

NOTA FISCAL PAULISTA PHOENIX NOTA FISCAL PAULISTA PHOENIX ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 INSTRUÇÕES INICIAIS... 3 CADASTROS... 4 CADASTRO DAS EMPRESAS... 4 CADASTRO DOS CLIENTES... 4 CADASTRO DE SOFTWARE HOUSE... 5 Histórico de Versão do

Leia mais

Softmatic Sistemas Integrados de Informática

Softmatic Sistemas Integrados de Informática Softmatic Sistemas Integrados de Informática Nota Fiscal Paulista Phoenix Rua Padre Estevão Pernet 215 Tatuapé Manual de Utilização ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 INSTRUÇÕES INICIAIS...3 CADASTROS...4 CADASTRO

Leia mais

CARTILHA DO PAF-ECF. Abril de 2009

CARTILHA DO PAF-ECF. Abril de 2009 CARTILHA DO PAF-ECF Abril de 2009 Introdução Este documento é destinado a técnicos, usuários e operadores de ECF. E tem o objetivo de melhorar o entendimento sobre o ECF (Emissor de Cupom Fiscal) e sobre

Leia mais

LEGISLAÇÃO APLICÁVEL. Caracteres seqüenciais livres atribuídos pelo fabricante

LEGISLAÇÃO APLICÁVEL. Caracteres seqüenciais livres atribuídos pelo fabricante TERMO DESCRITIVO FUNCIONAL Os representantes das unidades federadas signatárias do Protocolo ICMS 41/06 mediante realização de análise funcional do equipamento ECF abaixo identificado emitem o presente

Leia mais

TERMO DESCRITIVO FUNCIONAL

TERMO DESCRITIVO FUNCIONAL TERMO DESCRITIVO FUNCIONAL Os representantes das unidades federadas signatárias do Protocolo ICMS 41/06 mediante realização de análise funcional do equipamento ECF abaixo identificado emitem o presente

Leia mais

ATO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE ABRIL DE 2008

ATO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE ABRIL DE 2008 1 de 33 24/6/2008 19:04 TO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE BRIL DE 2008 Publicado no DOU de 16.04.08. Ver Conv. ICMS 15/08, que dispõe sobre normas e procedimentos relativos à análise de PF-ECF destinado a enviar

Leia mais

LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PAF-ECF VERSÃO 1.8 Junho/2012 POL0652013 WEBSOFTWARE LTDA APLICATIVO: WEBSOFTWARE PDV. Versão: 4.0

LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PAF-ECF VERSÃO 1.8 Junho/2012 POL0652013 WEBSOFTWARE LTDA APLICATIVO: WEBSOFTWARE PDV. Versão: 4.0 LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PAF-ECF VERSÃO 1.8 Junho/2012 POL0652013 WEBSOFTWARE LTDA APLICATIVO: WEBSOFTWARE PDV Versão: 4.0-1 - Nº DO LAUDO: POL0652013 1 - EMPRESA DESENVOLVEDORA REQUERENTE: a) Razão

Leia mais

EMISSOR DE CUPOM FISCAL - Aspectos Relacionados à Emissão da Leitura X

EMISSOR DE CUPOM FISCAL - Aspectos Relacionados à Emissão da Leitura X EMISSOR DE CUPOM FISCAL - Aspectos Relacionados à Emissão da Leitura X Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 12.07.2012. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - LEITURA X 2.1 - Representação de Valores

Leia mais

Nossos canais de suporte ao desenvolvedor estarão disponíveis para esclarecer qualquer outra dúvida que possa surgir, após a sua leitura.

Nossos canais de suporte ao desenvolvedor estarão disponíveis para esclarecer qualquer outra dúvida que possa surgir, após a sua leitura. STK (Start Kit DARUMA) Mapa da Leitura X Impressora Daruma Esse STK foi criado com o objetivo de reunir em um único lugar todas as informações referentes aos dados constantes em uma Leitura X, por isso,

Leia mais

LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PAF-ECF VERSÃO 1.7 Setembro/2011 POL1592012 WEBSOFTWARE LTDA APLICATIVO: WEBSOFTWARE PDV. Versão: 3.

LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PAF-ECF VERSÃO 1.7 Setembro/2011 POL1592012 WEBSOFTWARE LTDA APLICATIVO: WEBSOFTWARE PDV. Versão: 3. LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PAF-ECF VERSÃO 1.7 Setembro/2011 POL1592012 WEBSOFTWARE LTDA APLICATIVO: WEBSOFTWARE PDV Versão: 3.0-1 - Nº DO LAUDO: POL1592012 1 - EMPRESA DESENVOLVEDORA REQUERENTE: a)

Leia mais

MENSAGENS. L i n h a S w e d a T e r m i c a pág. 91

MENSAGENS. L i n h a S w e d a T e r m i c a pág. 91 MENSAGENS código Descrição 000 Não há mensagem ou indicação de erro 001 Não utilizado 002 Erro: Estando o documento já cancelado o aplicativo envia o comando de cancelamento! (comando: 08) 003 Erro: Estando

Leia mais

Portaria COORDENADOR DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - CAT nº 130 de 01.07.2009

Portaria COORDENADOR DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - CAT nº 130 de 01.07.2009 Portaria COORDENADOR DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - CAT nº 130 de 01.07.2009 DOE-SP: 02.07.2009 Altera a Portaria CAT-55/98, de 14-7- 1998, que dispõe sobre o uso, credenciamento e demais procedimentos

Leia mais

ATO COTEPE/ICMS Nº 43/04, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2004.

ATO COTEPE/ICMS Nº 43/04, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2004. ATO COTEPE/CMS Nº 43/04, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2004. (DOU 03.12.04) Aprova os leiautes dos documentos emitidos pelo equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF). A Comissão Técnica Permanente do CMS (COTEPE/CMS),

Leia mais

RAZÃO SOCIAL E-MAIL TELEFONE MUNICIPIO

RAZÃO SOCIAL E-MAIL TELEFONE MUNICIPIO MARCA: BEMATECH MP-20 FI II MP-20 FI II R MP-2000 TH FI MP-2100 TH FI MP-25 FI MP-3000 TH FI MP-40 FI II MP-4000 TH FI MP-4200 TH FI MP-4200 TH FI II BEMATECH IND E COM DE EQUIP ELETRON SA GRUPO.SUPERVISAORAT@BEMATECH.COM.BR

Leia mais

TERMO DESCRITIVO FUNCIONAL

TERMO DESCRITIVO FUNCIONAL TERMO DESCRITIVO FUNCIONAL Os representantes das unidades federadas signatárias do Protocolo ICMS 41/06 mediante realização de análise funcional do equipamento ECF abaixo identificado emitem o presente

Leia mais

ATO COTEPE ICMS Nº 24 DE 21/07/2010 DOU de 22/07/2010

ATO COTEPE ICMS Nº 24 DE 21/07/2010 DOU de 22/07/2010 SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ ATO COTEPE ICMS Nº 24 DE 21/07/2010 DOU de 22/07/2010 Dispõe sobre as especificações técnicas para a geração de arquivo eletrônico

Leia mais

LEITURA DE DADOS GRAVADOS EM DISPOSITVOS DE MEMÓRIA ELETRÔNICA DE EQUIPAMENTOS ECF

LEITURA DE DADOS GRAVADOS EM DISPOSITVOS DE MEMÓRIA ELETRÔNICA DE EQUIPAMENTOS ECF LEITURA DE DADOS GRAVADOS EM DISPOSITVOS DE MEMÓRIA ELETRÔNICA DE EQUIPAMENTOS ECF - Programa eecfc - MANUAL OPERACIONAL Versão 3.5 Fevereiro/2009 Atualizado com a versão 3.12 do eecfc ÍNDICE 1) INTRODUÇÃO...

Leia mais

RESOLUÇÃO SEF Nº 3.046 DE 02 DE JULHO DE 1999 Dispõe sobre a autorização de equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF), e dá outras providências.

RESOLUÇÃO SEF Nº 3.046 DE 02 DE JULHO DE 1999 Dispõe sobre a autorização de equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF), e dá outras providências. Publicada no D.O.E. de 06.07.1999 RESOLUÇÃO SEF Nº 3.046 DE 02 DE JULHO DE 1999 Dispõe sobre a autorização de equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF), e dá outras providências. O SECRETÁRIO DE ESTADO

Leia mais

CARTILHA DO PAF-ECF Abril de 2009

CARTILHA DO PAF-ECF Abril de 2009 CARTILHA DO PAF-ECF Abril de 2009 Introdução Este documento é destinado a técnicos, usuários e operadores de ECF. E tem o objetivo de melhorar o entendimento sobre o ECF (Emissor de Cupom Fiscal) e sobre

Leia mais

SWEDA GUIA DE ADAPTAÇÃO À IMPRESSORA FISCAL MFD SWEDA (COMANDOS ESC-PONTO) IF ST100 IF ST1000 21/10/2004

SWEDA GUIA DE ADAPTAÇÃO À IMPRESSORA FISCAL MFD SWEDA (COMANDOS ESC-PONTO) IF ST100 IF ST1000 21/10/2004 SWEDA GUIA DE ADAPTAÇÃO À IMPRESSORA FISCAL MFD SWEDA (COMANDOS ESC-PONTO) IF ST100 IF ST1000 21/10/2004 1. INTRODUÇÃO...2 2. COMANDOS ALTERADOS... 2 2.1. PROGRAMAR TABELA DE TAXAS (.33)... 2 2.2.

Leia mais

TERMO DESCRITIVO FUNCIONAL

TERMO DESCRITIVO FUNCIONAL TERMO DESCRITIVO FUNCIONAL Os representantes das unidades federadas signatárias do Protocolo ICMS 41/06 mediante realização de análise funcional do equipamento ECF abaixo identificado emitem o presente

Leia mais

ANEXO XIII Manual de Orientação para Estabelecimento Usuário de Equipamento de Processamento de Dados

ANEXO XIII Manual de Orientação para Estabelecimento Usuário de Equipamento de Processamento de Dados NEXO XIII Manual de Orientação para Estabelecimento Usuário de Equipamento de Processamento de Dados (REPUBLICDO pelo Dec.11777, de 29.08.05) 1 PRESENTÇÃO 1.1 Este manual visa a orientar a execução dos

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA SUBSECRETARIA DA RECEITA PROGRAMA NOTA LEGAL. www.notalegal.df.gov.br

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA SUBSECRETARIA DA RECEITA PROGRAMA NOTA LEGAL. www.notalegal.df.gov.br GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA SUBSECRETARIA DA RECEITA PROGRAMA NOT@ FISCAL LEGAL www.notalegal.df.gov.br ESCLARECIMENTOS SOBRE O USO DO EMISSOR DE CUPOM FISCAL NO PROGRAMA

Leia mais

Manual de Orientação do Convênio 57/95

Manual de Orientação do Convênio 57/95 Manual de Orientação do Convênio 57/95 Nova redação dada ao Manual de Orientação pelo Conv. ICMS 31/99, efeitos a partir de 01.02.00, para as operações internas, e a partir de 01.04.00, para as operações

Leia mais

Sistema Comercial Geração 4

Sistema Comercial Geração 4 Sistema Comercial Geração 4 Modernidade e eficiência em automação comercial. Permite a emissão de cupom fiscal e processar todas as funções pertinentes a essa função, adequadas ao que orienta a legislação

Leia mais

LEGISLAÇÃO APLICÁVEL/ DATA DO PROTOCOLO

LEGISLAÇÃO APLICÁVEL/ DATA DO PROTOCOLO TERMO DESCRITIVO FUNCIONAL Os representantes das unidades federadas signatárias do Protocolo ICMS 41//06 mediante realização de análise funcional do equipamento ECF abaixo identificado emitem o presente

Leia mais

Portaria CAT nº 32/1996 ANEXO 1 MANUAL DE ORIENTAÇÃO

Portaria CAT nº 32/1996 ANEXO 1 MANUAL DE ORIENTAÇÃO Portaria CAT nº 32/1996 ANEXO 1 MANUAL DE ORIENTAÇÃO Nova redação dada ao Anexo 1 pela Portaria CAT nº 92/02, efeitos a partir de 3/01/03. Redações anteriores: Portarias CAT nºs 13/97 (vig.: 21/2/97),

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA 31506_31506

ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA 31506_31506 Page 1 of 12 ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA 31506_31506 DECRETO Nº 31.506, DE 10 DE AGOSTO DE 2010 PUBLICADO NO DOE DE 11.08.2010 ALTERADO PELO DECRETO Nº: - 31.848/10, DE 07.12.10 -

Leia mais

Guia Informativo. Adequação da automação Softpharma

Guia Informativo. Adequação da automação Softpharma Guia Informativo Adequação da automação Softpharma SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 2. REGULAMENTAÇÃO... 5 2.1. Obrigatoriedade do uso do ECF... 5 3. ADEQUAÇÕES NO PROCESSO DE VENDA... 5 3.1. Cupom Fiscal...

Leia mais

ATO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE ABRIL DE 2008

ATO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE ABRIL DE 2008 TO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE BRIL DE 2008 Publicado no DOU de 16.04.08. Ver Conv. ICMS 15/08, que dispõe sobre normas e procedimentos relativos à análise de PF-ECF destinado a enviar comandos de funcionamento

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO 1 APRESENTAÇÃO 1.1 Este manual visa a orientar a execução dos serviços destinados à emissão de documentos e escrituração de

MANUAL DE ORIENTAÇÃO 1 APRESENTAÇÃO 1.1 Este manual visa a orientar a execução dos serviços destinados à emissão de documentos e escrituração de MNUL DE ORIENTÇÃO 1 PRESENTÇÃO 1.1 Este manual visa a orientar a execução dos serviços destinados à emissão de documentos e escrituração de livros fiscais e a manutenção de informações em meio magnético,

Leia mais

LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PAF-ECF FAE0242014. Objetiva Software e Franquias LTDA-ME

LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PAF-ECF FAE0242014. Objetiva Software e Franquias LTDA-ME LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PAF-ECF FAE0242014 Objetiva Software e Franquias LTDA-ME APLICATIVO: Objetiva Varejo PDV Versão: 5.0 1 1 EMPRESA DESENVOLVEDORA REQUERENTE: a) Razão Social: Objetiva Software

Leia mais

ATO HOMOLOGATÓRIO ECF Nº 05/2012

ATO HOMOLOGATÓRIO ECF Nº 05/2012 1 ATO HOMOLOGATÓRIO ECF Nº 05/2012 A GERENTE FISCAL, no uso de suas atribuições, Considerando o disposto no Regulamento do ICMS aprovado pelo Decreto n 1.090-R, de 25 de outubro de 2002, inciso II do art.

Leia mais

LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL EMISSOR CUPOM FISCAL. SS Tecnologia da Informação LTDA - ME APLICATIVO: ADAPTA Versão: 06.

LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL EMISSOR CUPOM FISCAL. SS Tecnologia da Informação LTDA - ME APLICATIVO: ADAPTA Versão: 06. LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL EMISSOR CUPOM FISCAL SS Tecnologia da Informação LTDA - ME APLICATIVO: ADAPTA Versão: 06.04 i100072010 LAUDO: i10 007 2010 1 - EMPRESA DESENVOLVEDORA

Leia mais

Apostila PDV Frente de Caixa

Apostila PDV Frente de Caixa Apostila PDV Frente de Caixa Sumário Sincronização dos dados...4 Menu PDV...4 Abrir PDV...4 PDV (Ctrl+V)...4 Processos de Vendas...5 Venda em Dinheiro...5 Venda em Cartão de Débito...6 Venda em Cartão

Leia mais

SWEDA GUIA DE PESQUISA RÁPIDA AOS RECURSOS IMPLEMENTADOS (COMANDOS STX) IF ST120 IF ST200 21/05/2007

SWEDA GUIA DE PESQUISA RÁPIDA AOS RECURSOS IMPLEMENTADOS (COMANDOS STX) IF ST120 IF ST200 21/05/2007 SWEDA GUIA DE PESQUISA RÁPIDA AOS RECURSOS IMPLEMENTADOS (COMANDOS STX) IF ST0 IF ST00 /05/007. INTRODUÇÃO..... VERSÃO DO PROTOCOLO DE COMANDOS..... RECURSOS ACRESCENTADOS À VERSÃO E DO PROTOCOLO DE COMANDOS.....

Leia mais

MANUAL PROGRAMAÇÃO SÉRIE LOGGER II REVISÃO 1.03

MANUAL PROGRAMAÇÃO SÉRIE LOGGER II REVISÃO 1.03 MANUAL DE PROGRAMAÇÃO SÉRIE LOGGER II REVISÃO 1.03 1 Revisões deste manual... 3 1. Introdução...4 2. O Firmware da Impressora Fiscal... 4 3. Protocolo de Comunicação... 34 Anexo I s de Dados... 44 Anexo

Leia mais

Portaria CAT - 6, de 7-1-2009

Portaria CAT - 6, de 7-1-2009 Portaria CAT - 6, de 7-1-2009 Dispõe sobre o procedimento de pedido para o estorno do valor do imposto indevidamente debitado em Notas Fiscais de Serviço de Comunicações, modelo 21 ou Notas Fiscais de

Leia mais

ATO COTEPE/ICMS 23, DE 10 DE JUNHO DE 2015

ATO COTEPE/ICMS 23, DE 10 DE JUNHO DE 2015 ATO COTEPE/ICMS 23, DE 10 DE JUNHO DE 2015 Publicado no DOU de 15.06.15 Altera o ATO COTEPE/ICMS 9/13, que dispõe sobre a especificação de requisitos do Programa Aplicativo Fiscal - Emissor de Cupom Fiscal

Leia mais

PORTARIA N.º 1.505/2002-SEFAZ DE 26 DE NOVEMBRO DE 2002 ANÉXO ÚNICO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO CONTRIBUINTE

PORTARIA N.º 1.505/2002-SEFAZ DE 26 DE NOVEMBRO DE 2002 ANÉXO ÚNICO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO CONTRIBUINTE PORTARIA N.º 1.505/2002-SEFAZ DE 26 DE NOVEMBRO DE 2002 ANÉXO ÚNICO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO CONTRIBUINTE OBSERVAÇÃO: Para alteração desta portaria e de seu anexo foram utilizadas as nomenclaturas: Texto

Leia mais

Procedimentos Básicos com Impressoras Fiscais Bematech

Procedimentos Básicos com Impressoras Fiscais Bematech Sumário Introdução... 2 BemaFI32... 2 Retorno Estendido MFD... 3 Identificação de erros... 4 Tabela de identificação de erros... 5 Trabalhando com o BemaFI32... 14 Leitura X :... 14 Redução Z :... 14 Realizando

Leia mais

UTILIZANDO COMUNICAÇÃO DIRETA COM A IMPRESSORA FISCAL BEMATECH

UTILIZANDO COMUNICAÇÃO DIRETA COM A IMPRESSORA FISCAL BEMATECH UTILIZANDO COMUNICAÇÃO DIRETA COM A IMPRESSORA FISCAL BEMATECH MP-20 FI II MP-40 FI II Rev 0.0 VXSRUWHÃÉÃVROXo}HV Confiança para ir mais longe. ÍNDICE Conceitos Básicos... 01 O Cupom Fiscal... 02 A Fita

Leia mais

ATO COTEPE/ICMS 46, DE 11 DE AGOSTO DE 2014. Publicado no DOU de 14.08.14

ATO COTEPE/ICMS 46, DE 11 DE AGOSTO DE 2014. Publicado no DOU de 14.08.14 ATO COTEPE/ICMS 46, DE 11 DE AGOSTO DE 2014 Publicado no DOU de 14.08.14 Altera o ATO COTEPE/ICMS 9/13, que dispõe sobre a especificação de requisitos do Programa Aplicativo Fiscal - Emissor de Cupom Fiscal

Leia mais

ATO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE ABRIL DE 2008

ATO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE ABRIL DE 2008 TO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE BRIL DE 2008 1 de 72 05/09/2011 17:30 TO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE BRIL DE 2008 Publicado no DOU de 16.04.08. Vide Conv. ICMS 15/08, que dispõe sobre normas e procedimentos

Leia mais

Parâmetros. Instalação

Parâmetros. Instalação Gera Arquivo para a Receita (GeraArq 8) Este aplicativo permite gerar um arquivo para ser enviado à Receita Federal com os registros de nota/ cupons fiscais impressos pelos sistema. Instalação Para fazer

Leia mais

LEITURA DE DADOS GRAVADOS EM DISPOSITVOS DE MEMÓRIA ELETRÔNICA DE EQUIPAMENTOS ECF

LEITURA DE DADOS GRAVADOS EM DISPOSITVOS DE MEMÓRIA ELETRÔNICA DE EQUIPAMENTOS ECF LEITURA DE DADOS GRAVADOS EM DISPOSITVOS DE MEMÓRIA ELETRÔNICA DE EQUIPAMENTOS ECF - Programa eecfc - MANUAL OPERACIONAL Versão 4.0 Outubro/2011 Atualizado com a versão 3.24 do eecfc ÍNDICE 1) INTRODUÇÃO...

Leia mais

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - ESCRITURAÇÃO DA REDUÇÃO Z. Matéria Elaborada com base na legislação vigente em: 07.12.2010.

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - ESCRITURAÇÃO DA REDUÇÃO Z. Matéria Elaborada com base na legislação vigente em: 07.12.2010. ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - ESCRITURAÇÃO DA REDUÇÃO Z Matéria Elaborada com base na legislação vigente em: 07.12.2010. SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO 2 - OBRIGAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DO CUPOM FISCAL 2.1 - Dispensa

Leia mais

Orientação para inclusão dos Anexos da DIEF (DIEF versão 2.1.2)

Orientação para inclusão dos Anexos da DIEF (DIEF versão 2.1.2) Orientação para inclusão dos Anexos da DIEF (DIEF versão 2.1.2) 1º Passo: Para as declarações com período de referência a partir de 07/2015, os contribuintes devem continuar fazendo a declaração normalmente

Leia mais

ANEXO 7 MODELOS DE LIVROS E DOCUMENTOS FISCAIS TERMO DE APRESENTAÇÃO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DA FAZENDA TERMO DE APRESENTAÇÃO

ANEXO 7 MODELOS DE LIVROS E DOCUMENTOS FISCAIS TERMO DE APRESENTAÇÃO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DA FAZENDA TERMO DE APRESENTAÇÃO ANEXO 7 MODELOS DE LIVROS E DOCUMENTOS FISCAIS TERMO DE APRESENTAÇÃO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DA FAZENDA TERMO DE APRESENTAÇÃO ESCRITURAÇÃO FISCAL DO A ESCRITURAÇÃO FISCAL A SEGUIR REGISTRADA, REGIDA

Leia mais

Manual de Orientação Sweda do PAF (Versão 01.06) Manual de Orientação Sweda do PAF Versão 01.06

Manual de Orientação Sweda do PAF (Versão 01.06) Manual de Orientação Sweda do PAF Versão 01.06 Manual de Orientação Sweda do PAF Versão 01.06 Funções Sweda para a implementação do PAF-ECF ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS DO PAF-ECF (ER-PAF-ECF) VERSÃO 01.06 ANEXO I REQUISITOS TÉCNICOS FUNCIONAIS REQ.

Leia mais

REQUISITOS GERAIS REQ. ITEM DESCRIÇÃO I 1 O PAF-ECF e o Sistema de Gestão ou de Retaguarda não devem possibilitar ao usuário possuir informação

REQUISITOS GERAIS REQ. ITEM DESCRIÇÃO I 1 O PAF-ECF e o Sistema de Gestão ou de Retaguarda não devem possibilitar ao usuário possuir informação REQUISITOS GERAIS I 1 O PAF-ECF e o Sistema de Gestão ou de Retaguarda não devem possibilitar ao usuário possuir informação contábil diversa daquela que é, por lei, fornecida à Fazenda Pública, conforme

Leia mais

EQUIPAMENTO EMISSOR DE CUPOM FISCAL - ECF

EQUIPAMENTO EMISSOR DE CUPOM FISCAL - ECF EQUIPAMENTO EMISSOR DE CUPOM FISCAL - ECF Susie de P.L.Marino Setembro/2010 EQUIPAMENTO EMISSOR DE CUPOM FISCAL ACUMULADORES FISCAIS TOTALIZADORES E CONTADORES Totalizador e Contador são acumuladores de

Leia mais

Manual Prático do MerchSintegra

Manual Prático do MerchSintegra Manual Prático do MerchSintegra Bento Gonçalves Setembro de 2010 Índice 1. Introdução... 3 2. O MerchSintegra... 4 2.1. Configurador... 4 2.2. Inconsistências... 16 2.2.1. Gerar Nota Entrada... 16 2.2.2.

Leia mais

Manual PAF-ECF SUPERANDO DESAFIOS. Autora: Laila M G Gechele Revisores: Marcelo Barby e Osni Marin Doc. Vrs. 02 Aprovado em: dezembro de 2012

Manual PAF-ECF SUPERANDO DESAFIOS. Autora: Laila M G Gechele Revisores: Marcelo Barby e Osni Marin Doc. Vrs. 02 Aprovado em: dezembro de 2012 SUPERANDO DESAFIOS Autora: Laila M G Gechele Revisores: Marcelo Barby e Osni Marin Doc. Vrs. 02 Aprovado em: dezembro de 2012 Nota de copyright Copyright 2012 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os

Leia mais

SINTEGRA Convênio ICMS 57/95

SINTEGRA Convênio ICMS 57/95 Soluções em Gerenciamento e Produtividade SINTEGRA Convênio ICMS 57/95 Ficam obrigados às disposições deste Convênio os seguintes contribuintes: Todas as empresas que emitirem documento fiscal e/ou escriturar

Leia mais

VERSÃO SATECF 4.1. DADOS CADASTRAIS M.M. INFORMÁTICA http://www.mminformatica.com.br/arquivos/dados_cadastrais.pdf

VERSÃO SATECF 4.1. DADOS CADASTRAIS M.M. INFORMÁTICA http://www.mminformatica.com.br/arquivos/dados_cadastrais.pdf DADOS CADASTRAIS M.M. INFORMÁTICA http://www.mminformatica.com.br/arquivos/dados_cadastrais.pdf VERSÃO SATECF 4.1 Razão Social: Comercial M.M. Informática Ltda Endereço: Rua das Gaivotas, 586 3º e 4º andar

Leia mais

ATO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE ABRIL DE 2008

ATO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE ABRIL DE 2008 ATO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE ABRIL DE 2008 Publicado no DOU de 16.04.08. Ver Conv. ICMS 15/08, que dispõe sobre normas e procedimentos relativos à análise de PAF-ECF destinado a enviar comandos de funcionamento

Leia mais

BEMATECH S.A. FF (COD. FABRICANTE): BE MM (MODELO): 09 Ano de fabricação do equipamento. Caracteres seqüenciais livres atribuídos pelo fabricante

BEMATECH S.A. FF (COD. FABRICANTE): BE MM (MODELO): 09 Ano de fabricação do equipamento. Caracteres seqüenciais livres atribuídos pelo fabricante TERMO DESCRITIVO FUNCIONAL Nº 017/2009 BEMATECH S.A. TERMO DESCRITIVO FUNCIONAL Os representantes das unidades federadas signatárias do Protocolo ICMS 41/06 mediante realização de análise funcional do

Leia mais

http://www.fazenda.gov.br/confaz/confaz/atos/atos_cotepe/2009/ato%20cotepe%...

http://www.fazenda.gov.br/confaz/confaz/atos/atos_cotepe/2009/ato%20cotepe%... Página de Publicado no DOU de 0..09 ATO COTEPE/ICMS Nº 6, DE 7 DE NOVEMBRO DE 009 Altera o Ato COTEPE ICMS 06/08, que dispõe sobre a especificação de requisitos do Programa Aplicativo Fiscal - Emissor

Leia mais

PORTARIA Nº 79 CAT, DE 10.09.2003

PORTARIA Nº 79 CAT, DE 10.09.2003 PORTARIA Nº 79 CAT, DE 10.09.2003 Data D.O.E.: 11.09.2003 Uniformiza e disciplina a emissão, escrituração, manutenção e prestação das informações dos documentos fiscais emitidos em via única por sistema

Leia mais

DECRETO Nº 46.233, DE 29 DE AGOSTO DE 2005

DECRETO Nº 46.233, DE 29 DE AGOSTO DE 2005 DECRETO Nº 46.233, DE 29 DE AGOSTO DE 2005 Regulamenta a emissão de cupom fiscal pelos contribuintes do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza - ISS. JOSÉ SERRA, Prefeito do Município de São Paulo,

Leia mais

ATO HOMOLOGATÓRIO ECF Nº 09/06

ATO HOMOLOGATÓRIO ECF Nº 09/06 ATO HOMOLOGATÓRIO ECF Nº 09/06 O GERENTE FISCAL, no uso de suas atribuições, Considerando o disposto no Regulamento do ICMS aprovado pelo Decreto n 1.090-R, de 25 de outubro de 2002, 1 do art. 695, Considerando

Leia mais

http://www.fazenda.gov.br/confaz/confaz/atos/despacho/2010/dp506-10.htm

http://www.fazenda.gov.br/confaz/confaz/atos/despacho/2010/dp506-10.htm 1 de 5 16/12/2010 14:40 DESPACHO DO SECRETÁRIO-EXECUTIVO Em 02 de Dezembro de 2010 Publicado no DOU de 03.12.10 Dataregis Termo Descritivo Funcional nº 020/2010. Nº 506 - O Secretário Executivo do Conselho

Leia mais

Sped Fiscal do Shop Control 8

Sped Fiscal do Shop Control 8 Sped Fiscal do Shop Control 8 O Sped Fiscal do Shop Control 8 gera o arquivo de Escrituração Fiscal Digital (EFD) que faz parte do projeto SPED. O layout deste arquivo encontra-se no site http://www.fazenda.gov.br/confaz/confaz/atos/atos_cotepe/2008/ac009_08.htm

Leia mais

ESTADO DA BAHIA MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA USUÁRIOS DE SISTEMA DE PROCESSAMENTO DE DADOS CONVÊNIO ICMS

ESTADO DA BAHIA MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA USUÁRIOS DE SISTEMA DE PROCESSAMENTO DE DADOS CONVÊNIO ICMS ESTDO D BHI MNUL DE ORIENTÇÃO PR USUÁRIOS DE SISTEM DE PROCESSMENTO DE DDOS CONVÊNIO ICMS 57/95 (daptado para o Estado da Bahia) (tualizado até o Convênio ICMS 111 de 26/09/2008) 1 PRESENTÇÃO 1.1 - Este

Leia mais

GAL 16.03 PS1. 2013 Linx. 31/07/2013 Equipe de Documentação documentacao@linx.com.br

GAL 16.03 PS1. 2013 Linx. 31/07/2013 Equipe de Documentação documentacao@linx.com.br 2013 Linx 31/07/2013 Equipe de Documentação documentacao@linx.com.br 1 2013 Linx Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste material pode ser reproduzida por qualquer forma ou meio - gráfico, eletrônico,

Leia mais

Portaria CAT-79, de 10-9-2003

Portaria CAT-79, de 10-9-2003 COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA Portaria CAT-79, de 10-9-2003 Uniformiza e disciplina a emissão, escrituração, manutenção e prestação das informações dos documentos fiscais emitidos em via única

Leia mais

PORTARIA SSER N.º 17 DE 28 DE SETEMBRO DE 2009

PORTARIA SSER N.º 17 DE 28 DE SETEMBRO DE 2009 Portaria SSER Publicada no D.O.E. de 29.09.2009, pág. 05 Este texto não substitui o publicado no D.O.E Índice Remissivo: Letra E - Emissor de Cupom Fiscal (ECF) PORTARIA SSER N.º 17 DE 28 DE SETEMBRO DE

Leia mais

Funções Sweda para implementação do PAF-ECF. Funções Sweda para a implementação do PAF-ECF

Funções Sweda para implementação do PAF-ECF. Funções Sweda para a implementação do PAF-ECF Funções Sweda para a implementação do PAF-ECF ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS DO PAF-ECF (ER-PAF-ECF) VERSÃO 01.04 ANEXO I REQUISITOS TÉCNICOS FUNCIONAIS REQ. ITEM DESCRIÇÃO FUNÇÕES SWEDA CONNECT C O PAF-ECF

Leia mais

Novo Leiaute da Nota Fiscal Eletrônica Versão 3.10 e Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e

Novo Leiaute da Nota Fiscal Eletrônica Versão 3.10 e Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e Novo Leiaute da Nota Fiscal Eletrônica Versão 3.10 e Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e Agente Fiscal de Rendas Newton Oller de Mello Delegacia Regional Tributária do Litoral Secretaria da Fazenda

Leia mais

ROTEIRO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL - EMISSOR DE CUPOM FISCAL PAF-ECF

ROTEIRO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL - EMISSOR DE CUPOM FISCAL PAF-ECF Roteiro de Análise Funcional de Programa Aplicativo Fiscal (PAF-ECF) 1/124 ROTEIRO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL - EMISSOR DE CUPOM FISCAL PAF-ECF Versão 1.0 xxxx/2014 Aplicável à

Leia mais

PAF-ECF utilizando os comandos ESC e STX ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS DO PAF-ECF (ER-PAF-ECF) VERSÃO 01.04 ANEXO I REQUISITOS TÉCNICOS FUNCIONAIS

PAF-ECF utilizando os comandos ESC e STX ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS DO PAF-ECF (ER-PAF-ECF) VERSÃO 01.04 ANEXO I REQUISITOS TÉCNICOS FUNCIONAIS PAF-ECF utilizando os comandos ESC e STX ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS DO PAF-ECF (ER-PAF-ECF) VERSÃO 01.04 ANEXO I REQUISITOS TÉCNICOS FUNCIONAIS REQ. ITEM DESCRIÇÃO Protocolo ESC Protocolo STX O PAF-ECF

Leia mais

Anexo Único. Leiaute do arquivo digital da Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A (a que se refere o artigo 2º, I, da Portaria CAT 102/2007)

Anexo Único. Leiaute do arquivo digital da Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A (a que se refere o artigo 2º, I, da Portaria CAT 102/2007) Anexo Único Leiaute do digital da Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A (a que se refere o artigo 2º, I, da Portaria CAT 102/2007) 1. Cada digital deverá conter informações relativas às Notas Fiscais, modelo 1

Leia mais

REGULAMENTO DO ICMS DA PARAÍBA. CAPÍTULO VII DAS OPERAÇÕES COM USO DE EQUIPAMENTO EMISSOR DE CUPOM FISCAL - ECF Seção I. Das Disposições Gerais

REGULAMENTO DO ICMS DA PARAÍBA. CAPÍTULO VII DAS OPERAÇÕES COM USO DE EQUIPAMENTO EMISSOR DE CUPOM FISCAL - ECF Seção I. Das Disposições Gerais REGULAMENTO DO ICMS DA PARAÍBA CAPÍTULO VII DAS OPERAÇÕES COM USO DE EQUIPAMENTO EMISSOR DE CUPOM FISCAL - ECF Seção I Das Disposições Gerais Art. 337. Este Capítulo fixa normas reguladoras para o uso

Leia mais

LAY-OUT ARQUIVOS DE INTEGRAÇÃO (Notas Fiscais e CTRC)

LAY-OUT ARQUIVOS DE INTEGRAÇÃO (Notas Fiscais e CTRC) EMPRESA: LAY-OUT ARQUIVOS DE INTEGRAÇÃO (Notas Fiscais e CTRC) NOME DO ARQUIVO Existem dois nomes possíveis: um para as notas de saída e outro para as notas de entrada. - Saídas : O nome do arquivo deve

Leia mais

EMISSOR DE CUPOM FISCAL

EMISSOR DE CUPOM FISCAL Secretaria de Estado da Fazenda Roteiro de Análise Funcional de Programa Aplicativo Fiscal 1/34 Governo do Estado de Minas Gerais ROTEIRO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL EMISSOR DE CUPOM

Leia mais

LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL EMISSOR CUPOM FISCAL

LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL EMISSOR CUPOM FISCAL LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL EMISSOR CUPOM FISCAL SS Tecnologia da Informação LTDA - ME Aplicação: ADAPTA Versão: 06.04.40 1 i100192011 LAUDO: i10 019 2011 1. EMPRESA DESENVOLVEDORA

Leia mais

ATO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE ABRIL DE 2008

ATO COTEPE/ICMS N 6, DE 14 DE ABRIL DE 2008 ATO COTEPE/ICMS N 6, DE DE ABRIL DE 008 Publicado no DOU de 6.0.08. Ver Conv. ICMS 5/08, que dispõe sobre normas e procedimentos relativos à análise de PAF-ECF destinado a enviar comandos de funcionamento

Leia mais

ROTEIRO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL - EMISSOR DE CUPOM FISCAL PAF-ECF

ROTEIRO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL - EMISSOR DE CUPOM FISCAL PAF-ECF Roteiro de Análise Funcional de Programa Aplicativo Fiscal (PAF-ECF) 1/125 ROTEIRO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL - EMISSOR DE CUPOM FISCAL PAF-ECF Versão 1.0 xxxx/2013 Aplicável à

Leia mais

Versão 1.0 xxxx/2013 Aplicável à versão 02.01 da ER-PAF-ECF

Versão 1.0 xxxx/2013 Aplicável à versão 02.01 da ER-PAF-ECF Roteiro de Análise Funcional de Programa Aplicativo Fiscal (PAF-ECF) 1/126 ROTEIRO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL - EMISSOR DE CUPOM FISCAL PAF-ECF Versão 1.0 xxxx/2013 Aplicável à

Leia mais

Manual do sistema Lojamix PDV

Manual do sistema Lojamix PDV Manual do sistema Lojamix PDV Versão 1.10 Data da última atualização 07/11/2011 SUMÁRIO LISTA DE FIGURAS...3 LISTA DE Siglas...4 Primeiros passos...5 Acessando o ambiente de configuração...5 Acessando

Leia mais

No uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor e considerando o disposto no art. 4 o do Decreto nº 9.734/05.

No uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor e considerando o disposto no art. 4 o do Decreto nº 9.734/05. RESOLUÇÃO SMF Nº 02 DE 23 DE AGOSTO DE 2006. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FAZENDA Dispõe sobre as especificações do equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF), fixa normas para sua utilização e dá outras providências.

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA GERAL DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA CAT Nº 29/99 D.O.E. 03.09.

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA GERAL DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA CAT Nº 29/99 D.O.E. 03.09. GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA GERAL DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA CAT Nº 29/99 D.O.E. 03.09.99 Revisa a Instrução Normativa CAT nº 04/99 que homologou

Leia mais

LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL EMISSOR CUPOM FISCAL

LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL EMISSOR CUPOM FISCAL LAUDO DE ANÁLISE FUNCIONAL DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL EMISSOR CUPOM FISCAL LIBERALI SUPRIMENTOS DE INFORMATICA LTDA. Aplicativo: FLEPDV Versão: 1.5.0 FVC0562014 LAUDO: FVC0562014 1 - EMPRESA DESENVOLVEDORA

Leia mais